UFPel - Universidade Federal de Pelotas - RS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UFPEL - UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

CENTRO DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES E CONCURSOS

EDITAL CGIC Nº 125, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2011

Notícia:   Vagas para Professores Mestre e Doutor na FAT e Cearte da UFPel

A UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS, por meio do Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos, torna público o presente Edital de Abertura de Inscrições para provimento de cargo de docente, da carreira do Magistério Superior, conforme Portaria Normativa Interministerial nº 22, de 30/04/2007, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 02/05/2007, Portaria Interministerial nº 224/2007, publicada no DOU de 23/07/2007, Portaria Normativa Interministerial nº 8, de 26/08/2008, publicada no DOU de 27/08/2008, dos Ministérios da Educação e do Planejamento, Orçamento e Gestão, mediante CONCURSO PÚBLICO que será realizado de acordo com as normas vigentes: Decreto nº 6944, de 21/08/2009, Portaria MEC nº 243, de 03/3/2011, e Lei nº 8.112 de 11/12/1990, conforme os dados que seguem.

1. DAS INSCRIÇÕES

1.1. As inscrições para o concurso estarão abertas pelo prazo de vinte e cinco (25) dias, contado a partir da data de publicação deste Edital no Diário Oficial da União, para as classes de Professor Adjunto e Professor Assistente, conforme Anexo I.

1.2. Período das inscrições: de 09 de novembro a 05 dezembro de 2011.

1.3. As inscrições serão recebidas no Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos, localizado na Rua Gonçalves Chaves, 3126, Pelotas - RS - Fone: (53) 3222-4060, de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 11h30min e das 14h30min às 17h30min.

1.3.1. A taxa de inscrição, conforme valores abaixo especificados, deverá ser recolhida no Banco do Brasil S.A., através de GUIA DE RECOLHIMENTO DA UNIÃO (GRU), que poderá ser gerada através do portal da UFPel (www.ufpel.edu.br) e para o seu preenchimento devem ser utilizados os seguintes números: UG 154047, Gestão 15264 e Código do recolhimento 28883-7.

a) Professor Adjunto, Dedicação Exclusiva: R$ 160,00 (cento e sessenta reais);

c) Professor Assistente, Dedicação Exclusiva: R$ 110,00 (cento e dez reais);

1.3.2. Poderão requerer isenção da taxa de inscrição, os candidatos que se enquadrem nas disposições do Decreto nº 6593, de 02/10/2008, disponível no site http://cgic.ufpel.edu.br/wp/, no link Concursos - Concursos Públicos - Normas para Concursos. Para tanto, deverão preencher o formulário Anexo IV e entregá-lo no Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos - CGIC (Rua Gonçalves Chaves, 3126 - Centro - Pelotas - RS), no período de 09 a 18 de novembro de 2011, no horário das 8h30min às 11h30min e das 14h30min às 17h30min. O CGIC responderá ao requerimento até o dia 25 de novembro de 2011, no próprio pedido formalizado pelo candidato.

1.3.3. A taxa de inscrição, uma vez paga, não será restituída em hipótese alguma.

1.4. No ato da inscrição, o candidato apresentará, além de satisfazer outras exigências legais, estatutárias e regimentais, cópia autenticada dos documentos a seguir relacionados ou cópias simples acompanhadas dos respectivos originais:

a) Titulação exigida conforme Anexo I, expedida por instituição de ensino superior nacional reconhecida ou por instituição estrangeira, a qual deverá estar revalidada na data da posse no cargo;

b) Prova de quitação com o serviço militar, para brasileiros;

c) Título de eleitor e prova de quitação com as obrigações eleitorais, para brasileiros;

d) Passaporte atualizado, com visto para estrangeiros. No momento da posse, o passaporte deverá ser reapresentado, segundo as normas do Conselho Nacional de Imigração e com visto permanente.

e) Uma (1) fotografia 3x4cm;

f) Cédula de identidade;

g) Recibo de pagamento da taxa de inscrição, conforme subitem 1.3.1;

h) Curriculum Lattes atualizado. Não serão aceitos volumes encadernados ou com espiral, apenas o currículo simplificado, sem os documentos comprobatórios.

1.4.1. Para a inscrição, o candidato não necessitará entregar o comprovante da titulação exigida, conforme parágrafo único do art. 19 do Decreto nº 6944/2009, disponível no site http://cgic.ufpel.edu.br/wp/, no link Concursos - Concursos Públicos - Normas para Concursos.

1.4.2. Os documentos comprobatórios do Curriculum Lattes - cópias autenticadas ou cópias simples acompanhadas dos originais - serão entregues à Comissão Examinadora, impreterivelmente, até o início do sorteio do ponto para a Prova Didática, obedecendo a sequência da planilha aprovada pela Resolução nº 04, de 02/06/2011, do COCEPE.

1.4.3. A inscrição poderá ser feita pessoalmente ou por procurador legalmente habilitado ou por via postal (SEDEX), desde que a data de postagem esteja dentro do período de inscrições e que a entrega no destino (CGIC) aconteça até o dia 12 de dezembro de 2011.

1.4.3.1. A inscrição por via postal, exclusivamente por SEDEX, deverá ser remetida para o endereço: CENTRO DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES E CONCURSOS DA UFPEL - Rua Gonçalves Chaves nº 3126 - Pelotas - RS - CEP 96015-560.

1.4.3.2. A inscrição via SEDEX, se efetuada, será por conta e risco do candidato, não se responsabilizando a UFPel por extravios ou outras ocorrências que impeçam a efetiva inscrição do candidato.

1.4.4. Além dos itens listados no subitem 1.4, o candidato deverá entregar a Ficha de Inscrição (Anexo III), em duas (2) vias, preenchida e assinada.

1.5. É vedada a inscrição condicional, via fax e/ou extemporânea.

1.6. A inscrição implica o conhecimento e a concordância, por parte do candidato, das condições estabelecidas para a realização dos concursos, fixadas nas Normas de Concurso para Professor Adjunto e Assistente - Regimento da UFPel e Resoluções / COCEPE nºs 14, de 22/12/2003 (prova Didática e Escrita) e 04, de 02/06/2011 (julgamento dos Títulos), as quais passam a fazer parte integrante deste Edital e estão disponíveis no site http://cgic.ufpel.edu.br/wp/, no link Concursos - Concursos - Normas para Concursos.

2. DAS PROVAS

2.1. Nos termos do Decreto nº 6944 (art. 19, XIV), de 21/8/2009, o período provável de realização das provas é de 02 a 20 de janeiro de 2011.

2.2. O candidato será notificado, sobre a data de realização do concurso, através de correspondência registrada, enviada para o endereço informado na ficha de inscrição.

2.3. A Prova Didática será realizada em sessão pública e gravada para efeito de registro e avaliação, conforme art. 13, § 3º, do Decreto 6944/2009.

2.4. Os programas das áreas em concurso constam do Anexo II deste Edital.

3. DA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

3.1. Os pedidos de inscrição serão apreciados, conforme o caso, pelo Conselho do Centro ou pelo Conselho Departamental da Unidade e, uma vez aceitos, deverão ser homologados pelo Conselho Coordenador do Ensino, da Pesquisa e da Extensão (COCEPE).

3.2. A homologação das inscrições será publicada no site http://cgic.ufpel.edu.br/wp/, no link Concursos - Concursos Públicos - Concursos Docentes e no DOU.

4. DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

4.1. A UFPel divulgará, através do DOU, em Edital, a relação dos candidatos classificados de acordo com a homologação dos resultados pelo COCEPE, conforme disciplina o art. 16 (Anexo II) do Decreto nº 6944/2009.

4.1.1. Os candidatos não classificados no número máximo de aprovados de que trata o Anexo II do Decreto nº 6944/2009, ainda que tenham atingido nota mínima, estarão automaticamente reprovados no concurso público.

4.1.2. Nenhum dos candidatos empatados na última classificação de aprovados será considerado reprovado, nos termos do art. 16 do Decreto supracitado.

5. DOS RECURSOS

5.1. Serão admitidos recursos relacionados ao processo de homologação das inscrições e/ou resultado final do concurso, no prazo de até dois (2) dias úteis a partir da publicação no DOU dos respectivos editais.

5.2. Os pedidos de recursos deverão ser dirigidos ao COCEPE, através de requerimento devidamente fundamentado, que indique com precisão os itens objeto do pedido.

5.3. Esse requerimento deverá ser entregue exclusivamente no endereço Praça 7 de Julho, 180 - Centro - Pelotas, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h. Não serão aceitos os recursos interpostos fora do prazo, enviados por via postal, via fax ou meio eletrônico (e-mail), ou em desacordo com este edital, sob pena de serem preliminarmente indeferidos.

6. DO PROVIMENTO DAS VAGAS

6.1. A nomeação nas classes objeto deste edital, no nível 1, com a remuneração abaixo especificada, será feita no Regime Jurídico Único, após a publicação dos resultados finais no DOU.

Classe/Reg. Trab.

Venc. Básico

Retribuição por Titulação

Grat. Esp. do Magist. Superior

Total

Prof. Adjunto/DE

R$ 2.318,71

R$ 3.916,88

R$ 1.098,08

R$ 7.333,67

Prof. Assistente/DE

R$ 2.001,86

R$ 1.592,90

R$ 1.056,83

R$ 4.651,59

6.1.1. Ao servidor caberá, ainda, o auxílio alimentação no valor de R$ 304,00 (trezentos e quatro reais).

6.2. A posse no cargo, de acordo com o artigo 14 da Lei 8.112/90, ficará condicionada à aprovação em inspeção médica a ser realizada pelo Serviço Médico Pericial da UFPEL e ao atendimento das condições constitucionais e legais.

6.3. Ao pessoal do magistério superior são peculiares as seguintes atribuições:

a) as pertinentes a pesquisa, ensino e extensão que, desenvolvidas de forma simultânea e indissociável, visem à aprendizagem, à produção do conhecimento, à ampliação e à transmissão do saber e da cultura, e

b) as relacionadas ao exercício de direção, assessoramento, chefia e coordenação na própria Universidade, além de outras previstas na legislação vigente e determinadas pela administração superior.

6.3.1. Ao assumir o cargo, será exigida disponibilidade de horário, compatível com as necessidades do curso ou programa e do regime de trabalho para o qual fez concurso, podendo a jornada semanal ser cumprida nos turnos diurno e noturno.

6.3.2. O docente submetido ao regime de Dedicação Exclusiva (DE) fica obrigado a prestar 40 horas semanais de trabalho, em dois turnos diários completos, e estará impedido de exercer outra atividade remunerada pública ou privada.

7. DA VALIDADE DO CONCURSO

O concurso será válido por um (1) ano a contar da data de publicação do Edital de homologação dos resultados finais no DOU, prorrogável por igual período.

8. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

8.1. A Universidade enviará correspondência registrada a cada candidato, quando se fizer necessário, e considerará notificado/avisado o candidato a partir da postagem de correspondência (com Aviso de Recebimento - AR).

8.1.1. Na eventualidade de ser concedido prazo ao candidato, o início da contagem será a partir do recebimento pela UFPel do AR da empresa de Correios, independentemente do sucesso ou frustração da localização efetiva do destinatário.

8.1.2. O candidato é o único responsável pela atualização do registro de seu endereço na UFPel - o que deve ser feito por escrito -, bem como pela disponibilidade de nesse endereço receber correspondências.

8.2. Maiores informações pelo fone: (53) 3222-4060 ou e-mail: cgic@ufpel.edu.br.

8.3. O inteiro teor deste Edital estará disponível no site http://cgic.ufpel.edu.br/wp/, no link Concursos - Concursos Públicos - Concursos Docentes.

Rosalina Vieira dos Anjos
Diretoria de Concursos/CGIC

Prof. Antonio Cesar Gonçalves Borges
Reitor

ANEXO I - Áreas em Concurso

Unidade/Departamento/ Processo/Classe

Área/Vagas/Regime de Trabalho

Titulação Exigida

Tipos de Provas

Faculdade de Administração e Turismo / Administração e Turismo / Proc. nº 23110.008649/2011-98 / Professor Adjunto

Turismo / 1 vaga / Dedicação Exclusiva

Bacharelado em Turismo com Doutorado em áreas afins ao Turismo

Escrita Didática Títulos

Centro de Artes / Conservatório de Música / Proc. nº 23110.000281/2011-10 / Professor Adjunto

Musicologia e Etnomusicologia / 1 vaga / Dedicação Exclusiva

Bacharelado ou Licenciatura em Música com Doutorado em Música ou área afim, cuja tese contemple a área de Musicologia/Etnomusicologia

Escrita Didática Títulos

Centro de Artes / Conservatório de Música / Proc. nº 23110.009171/2011-13 / Professor Assistente

Canto / 1 vaga / Dedicação Exclusiva

Bacharelado ou Licenciatura em Canto com Mestrado cuja Dissertação na área de concentração contemple a área do concurso.

Didática Títulos Prática

ANEXO II - Programas

Área de Conhecimento: Turismo

Programa:

1. Pós Modernidade e o Turismo

2. Comunicação e Turismo

3. Gastronomia e Turismo

4. Eventos e Turismo

5. Transportes e Turismo

6. Gestão de Meios de Hospedagem

7. Gestão de Operadoras e Agências de Viagens

8. Gestão de Destinos Turísticos

9. Planejamento de Destinos Indutores do Turismo

10. Projetos Turísticos

Bibliografia Sugerida:

ARAÚJO, W. M. C.; BOTELHO, R. A.; GINANI, V. Et al. Da alimentação à Gastronomia (Coleção Turismo, Hotelaria e Gastronomia) Brasília: Editora UnB, 2005.

BAHL, M.. Agrupamentos Turísticos Municipais. Curitiba: Pretexto, 2004.

BARRETO, M.. Planejamento e Organização em Turismo. Campinas: Papirus, 2001.

BAUMAN, Z.. Globalização: as consequências humanas. Rio de Janeiro: Zahar, 1999.

BENI, M.C.. Análise estrutural do turismo. 7.ed. São Paulo: Editora SENAC/SP, 2002

______ . Globalização do turismo: megatendências do setor e a realidade brasileira. São Paulo: Aleph, 2003.

BIGNAMI, R.. A imagem do Brasil no turismo. São Paulo: Aleph, 2002.

CASTELLI, G.. Administração Hoteleira. 7.ed. Caxias do Sul: EDUCS, 2000.

CASTROGIOVANNI, A.C.; GASTAL, S.. Turismo na pós-modernidade: (dês)inquietações. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003.

CARNEIRO, H.. Comida e Sociedade: uma história de alimentação. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

CASCUDO, L. Da C.. História da alimentação no Brasil. 3.ed. São Paulo: Global, 2004.

CESCA, C. G. G. Organização de Eventos. São Paulo: Summus, 1997.

DAGNINO, E. (org). Sociedade Civil e Espaço Público no Brasil. São Paulo: Paz e Terra, 2002. DE LA TORRE, F. Agências de viagens e transportes. São Paulo: Roca, 2003.

________ . Administração Hoteleira. Parte I - Departamentos (Tradução de Dolores Martin Rodriguez Corner). São Paulo: Roca, 2001.

FEATHERSTONE, M. (org.). O desmanche da cultura: globalização, pós-modernismo e identidade. São Paulo: Studio Nobel, SESC, 1997.

GASTAL, S.. Turismo, imagens e imaginários. São Paulo: Aleph, 2005.

GIRON, L. S.; POZENATO, K. M.; LEBRETON, M. (Orgs.) Interfaces: cultura, comunicação e turismo. Caxias do Sul: EDUCS, 2009.

HARVEY, D.. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança social. São Paulo: Loyola, 1992.

LEMOS, L. Turismo. Que negócio é este? Uma análise econômica do Turismo. Campinas: Papirus, 1999. MATIAS, M.. Organização de Eventos: procedimentos e técnicas. São Paulo: Manole, 2001.

MEDLIK, S.; INGRAM, H. Introdução à Hotelaria: gerenciamento e serviços. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

MELO NETO, F. P. de. Criatividade em Eventos. São Paulo: Contexto, 2004.

MOLINA, S. O Pós-Turismo. São Paulo, Ed. Aleph, 2003.

NEWTON, R.. O gestor de projetos. (Tradução de Daniel Vieira). São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.

NIELSEN, C.. Turismo e mídia: o papel da comunicação na atividade turística. São Paulo: Contexto, 2002. PAGE, S.. Transporte e turismo. Porto Alegre: Bookmann, 2000.

PETROCCHI, M.. Gestão de Pólos Turísticos. São Paulo: Futura, 2001.

REIS, J. R.; LEAL, R. (orgs). Direitos Sociais e Políticas Públicas: desafios contemporâneos. (Tomo 8). Santa Cruz: EDUNISC, 2008.

SANTOS, B.. Pela Mão de Alice: o Social e o Político na pós-modernidade. 9ª ed, ed. Cortez, 1995.

_________ . A crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. São Paulo: Cortez, 2000. p. 239.

SERSON, F. M. Hotelaria: A busca da excelência. São Paulo: Marcos Cobra, 1999.

TYLER, D.; GUERRIER, Y.; ROBERTSON, M. (Orgs.). Gestão do Turismo Municipal: Teoria e prática de planejamento turístico nos centros urbanos. São Paulo: Futura, 2001.

TOMELIN, C. A. Mercado de Agências de Viagens e Turismo. São Paulo: Aleph, 2001.

URRY, J. O olhar do turista - lazer e viagens nas sociedades contemporâneas. 2ª ed. São Paulo: SESC/Studio Nobel, 1996.

WATT, D. C. Gestão de Eventos em lazer e turismo. Porto Alegre: Bookmann, 2004.

Área de Conhecimento: Musicologia e Etnomusicologia

Programa:

1. Estudos Musicológicos segundo a perspectiva pós-estruturalista: relação entre os planos textual e contextual para a geração de conhecimento na Musicologia;

2. A Nova Musicologia e a etnomusicologia na perspectiva da transdisciplinaridade;

3. Pesquisa em Musicologia e etnomusicologia Histórica: tendências e perspectivas;

4. Pesquisa em Musicologia Sistemática: atualidades, tendências e perspectivas;

5. A pesquisa musicológica, etnomusicológica e as novas tecnologias;

6. A iconografia musical como fonte de estudos musicológicos e etnomusicológicos;

7. Estudos de gênero e sexualidade: atualidades e perspectivas;

8. Tratamento e catalogação de documentos na Nova Musicologia e na Etnomusicologia;

9. Estudos musicológicos e etnomusicológicos: convergências e divergências nos estudos e debates da atualidade;

10. Métodos e técnicas de abordagem da diversidade musical na formação dos profissionais da área da música.

OBS.: Na Prova de Títulos o candidato deverá anexar gravação musical própria (atual) utilizando canto ou instrumentos (com exceção de piano e violão), com repertório de 30 minutos e obras de livre escolha.

Área de Conhecimento: Canto

Programa:

1. Abordagens pedagógicas e estratégias frente aos problemas de afinação no ensino de canto

2. Historiografia das metodologias do ensino do canto até os tempos atuais

3. Estratégias pedagógicas para a organização do estudo de uma obra vocal

4. Pressupostos pedagógicos para o ensino de canto em curso de música popular

5. Convergência e aplicabilidade da técnica do canto em diversos gêneros e estilos nas esferas erudita e popular

6. Abordagens pedagógicas para o desenvolvimento e aprimoramento das técnicas expandidas para voz

7. A utilização de novas tecnologias e performance e ensino do canto (incluindo o uso de microfones)

8. Concepções de performance na música vocal

9. O Bacharel em Canto e o mercado de trabalho brasileiro: possibilidades de inserção no mercado e as demandas técnicas de interpretação nas esferas erudita e popular; o papel da versatilidade estilística do cantor frente às oportunidades de trabalho; a atuação do bacharel na docência privada e institucional

10. Anatomia, fisiologia e mecânica vocal

Prova Prática:

- Leitura à primeira vista composta especialmente para a prova, contemplando uma gama de notações para voz e técnicas de canto (do repertório popular e erudito de diferentes linhas estéticas)

- Recital de 40 minutos de livre escolha, contemplando diversidade de estilos e gêneros em repertório contemporâneo e popular

ANEXO III - Ficha de Inscrição (preencher em 2 vias)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
CENTRO DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES E CONCURSOS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL CGIC Nº 125/2011

FICHA DE INSCRIÇÃO Nº ____________________

Doc. Identidade nº _________________________________ CPF __________________________

NOME:________________________________________________________________________

FILIAÇÃO: Pai -_________________________________________________________________

Mãe -__________________________________________________________________________

Data de Nascimento:________________________________ Estado Civil:_____________________

Naturalidade:_____________________________________ Nacionalidade:____________________

Endereço:___________________________________________________ Nº _________________

Complemento:_____________________________ Bairro:_________________________________

Cidade:____________________________ Estado: ______ CEP:____________________________

Telefone:________________________________________ Celular:__________________________

E-mail:__________________________________________________________________________

Candidato ao cargo de _____________________________________________________________

Área: __________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________

Processo UFPel nº 23110.______________ /______-____

Observação: Tendo em vista que a UFPEL notificará os candidatos através de via postal, solicitamos a atenção ao preencher os campos referentes ao endereço.

Data: _____ de __________ de 2011.

____________________________________
Assinatura do Candidato

ANEXO IV

REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DE PAGAMENTO DE TAXA DE INSCRIÇÃO
(Preencher em 2 vias e anexar cópia simples do documento de identidade e do CPF)

Ao
Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos - CGIC
UFPel

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

NOME COMPLETO DO CANDIDATO:

DATA DE NASCIMENTO: ______/______/______

ENDEREÇO RESIDENCIAL: Cidade:

UF:

CEP:

TELEFONE:

NIS (formato c/11 algarismos):

CPF:

CARTEIRA DE IDENTIDADE nº

Expedidor:

Data de Expedição: _____/____/

_____ Órgão

NOME COMPLETO DA MÃE:

Eu, acima identificado, venho requerer isenção do pagamento da taxa de inscrição do Concurso Público regido pelo Edital CGIC nº 125/2011, nos termos do Decreto nº 6593, de 02/10/2008.

Para tanto, declaro estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com o Número de Identificação Social - NIS acima especificado e que atendo à condição de membro de família de baixa renda de que trata o Decreto nº 6135/2007.

Declaro, ainda, estar ciente de que as informações, que estou prestando, são de minha inteira responsabilidade e que, no caso de declaração falsa, estarei sujeito às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do art. 10 do Decreto nº 83.936, de 6 de setembro de 1979.

Pelotas, _____ de __________________ de 2011.

____________________________
Assinatura do Candidato

Recebimento pelo CGIC/UFPel