UFPE - Universidade Federal de Pernambuco - PE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - UFPE

CONCURSO PÚBLICOS PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR

(PROFESSOR TITULAR)

EDITAL Nº 55, DE 10 DE SETEMBRO DE 2012

Notícia:   UFPE divulga cancelamento do Edital nº 55/2012 para Professor em Recife

Publicado no Diário Oficial da União nº 179, de 14 de setembro de 2012.

O Reitor da Universidade Federal de Pernambuco, com fundamento no Art. 12, § 2º, do Decreto nº 94.664/1987, nos Artigos 119 a 121 do Regimento Geral da UFPE, nas Resoluções nº 03/2006 e nº 02/2012 do Conselho Universitário da UFPE, no Decreto Presidencial nº 6.097 de 24 de abril de 2007, na Portaria Normativa Interministerial nº 22 de 30 de abril de 2007, do Ministério da Educação e do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, publicada no D.O.U. nº 83 de 02 de maio de 2007, e, no Decreto Presidencial nº 6.944 de 21 de agosto de 2009, publicado no D.O.U. nº 161 de 24 de agosto de 2009, torna público que estão abertas as inscrições para Concursos Públicos de Provas e Títulos, para provimento de cargos docentes da Carreira do Magistério Superior, classe de Professor Titular.

1. REGIME JURÍDICO, VAGAS, REMUNERAÇÃO E LOTAÇÃO

1.1. Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais, previsto na Lei nº 8.112/1990.

1.2. São oferecidas 15 (quinze) vagas de Professor do Magistério Superior, para a Classe de Titular, distribuídas por Campus, Centros, Departamentos Acadêmicos, Áreas, Subáreas e quantidades, constantes do Anexo 1 a este Edital, parte integrante deste para todos os fins.

1.3. Remuneração segundo a Medida Provisória nº 568, de 11/05/2012:

Professor Titular, regime de trabalho dedicação exclusiva (DE):
Vencimento Básico: R$ 4.978,08, acrescido de:
RT - Retribuição por Titulação: R$ 7.247,17

1.4. Atribuições do Cargo: atividades pertinentes à docência de nível superior na área do concurso e participação nas atividades de pesquisa, extensão e administração da Universidade Federal de Pernambuco no Campus, Centro Acadêmico e Departamento para o qual o candidato prestar concurso, obedecidos os horários de funcionamento dos respectivos Campi, Centros Acadêmicos e Departamentos.

2. INSCRIÇÕES

2.1. Requisitos: Poderão candidatar-se Professores Associados, Professores Adjuntos, Doutores, Livre-Docentes e pessoas de notório saber.

2.2. Período: 180 (cento e oitenta) dias, contados a partir da data da publicação deste Edital no Diário Oficial da União.

2.3. Local: o candidato deve requerer sua inscrição na Secretaria da Diretoria do Centro Acadêmico ao qual esteja vinculado o Departamento para o qual se destina o concurso, de 2ª a 6ª feira, nos horários e endereços indicados no Anexo 1 a este Edital.

2.4. Admitir-se-á a inscrição por procuração, em instrumento público ou particular, este com firma reconhecida do outorgante, acompanhada de cópia autenticada das Cédulas de Identidade do candidato e de seu procurador. Ao servidor público é proibido atuar como procurador junto a repartições públicas, conforme o disposto no item XI do Artigo 117, da Lei Nº 8.112/90.

2.5. Admitir-se-á inscrição por via postal, registrada e com aviso de recebimento, postada até a data do último dia de inscrição e recebida até 3 (três) dias úteis após a data de encerramento das inscrições.

2.6. As inscrições por via postal devem ser endereçadas exclusivamente à Direção do Centro Acadêmico ao qual o candidato está solicitando sua inscrição, cujo endereço encontra-se no Anexo 1 a este Edital. As inscrições por correspondência serão verificadas quando do seu recebimento pela Secretaria do Centro Acadêmico no que se refere ao cumprimento dos requisitos para sua aceitação. São de inteira e exclusiva responsabilidade do candidato as informações e a documentação por ele fornecidas para a inscrição, as quais não poderão ser alteradas ou complementadas, exceto o documento de que trata o item 2.7.

2.7. Taxa de Inscrição: o pagamento da taxa de R$ 170,00 (cento e setenta reais) deverá ser efetuado através de Guia de Recolhimento da União (GRU), disponível na página eletrônica da Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos - PROACAD (www.ufpe.br/proacad).

2.7.1. Não serão admitidos comprovantes de agendamento de pagamento perante instituições financeiras.

2.8. Pedidos de isenção de taxa de inscrição:

2.8.1. A isenção de taxa de inscrição será concedida aos candidatos que comprovarem insuficiência de recursos para arcar com seu pagamento, conforme estabelece o Decreto nº 6.593/2008.

2.8.2. Para pleitear a isenção de taxa de inscrição o candidato deverá, cumulativamente, atender os seguintes requisitos:

a) Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007 e informar o Número de Identificação Social -NIS;

b) Pertencer à família de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135 de 2007;

2.8.3. O candidato deverá apresentar os seguintes documentos:

a) Requerimento de Isenção de Taxa de Inscrição, conforme modelo disponível na página eletrônica da PROACAD (www.ufpe.br/proacad).

b) "Declaração de Pertinência à Família de Baixa Renda" conforme modelo disponível na página eletrônica da PROACAD (www.ufpe.br/proacad).

c) Comprovante de inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) de que trata a alínea a do item 2.8.2.

2.8.4. O candidato é responsável pela veracidade das informações prestadas ao Centro Acadêmico. A declaração falsa sujeitará o candidato às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do Art. 10 do Decreto nº 83.936 de 06 de setembro de 1979.

2.8.5. O requerimento de isenção de taxa de inscrição não implica formalização da inscrição no concurso, mesmo no caso de deferimento do pedido. O candidato beneficiado pela isenção da taxa de inscrição deverá cumprir as obrigações contidas neste Edital, inclusive aquela referente à formalização da inscrição no concurso na Secretaria da Diretoria do Centro Acadêmico ao qual esteja vinculado o Departamento ou Núcleo a que se destina o concurso.

2.8.6. Os pedidos de isenção da taxa de inscrição serão analisados pelo Conselho Departamental de cada Centro Acadêmico por ocasião do julgamento das inscrições e integrarão a publicação de que trata o item 2.15.

2.8.7. Indeferido o pedido de isenção, o candidato deverá comprovar em até 2 (dois) dias úteis após referida publicação o recolhimento da taxa a que se refere o item 2.7, sob pena de cancelamento de sua inscrição.

2.9. Documentos exigidos no ato de inscrição:

a) Requerimento (em formulário próprio disponibilizado na Página Eletrônica da PROACAD - www.ufpe.br/proacad) de solicitação de inscrição ao Diretor do Centro Acadêmico, ao qual esteja vinculado o Departamento para o qual se destina o concurso;

b) Cópia autenticada da Cédula de Identidade (RG) ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto - frente e verso;

c) Cópia autenticada do Cadastro de Pessoa Física (CPF) - frente e verso, no caso deste não constar no documento de identidade;

d) Cópia autenticada do Passaporte ou de Cédula de Identidade de Estrangeiro, quando se tratar de estrangeiro;

e) Curriculum Vitae comprovado, com cópia dos trabalhos produzidos, inclusive os realizados em co-autoria. Os trabalhos aceitos para publicação deverão, além de sua cópia, ser acompanhados com cópia da carta de aceitação da revista ou editora, não sendo aceitos trabalhos apenas submetidos aos editores ou em preparação;

f) Memorial circunstanciado, em dez (10) cópias, sendo 01 cópia impressa e 09 cópias em meio digital (mídia não regravável, formato PDF), no qual sejam comprovados os trabalhos publicados, as atividades realizadas pertinentes ao concurso e as demais informações que permitam avaliação de seus méritos;

g) Trabalho escrito em dez (10) cópias, sendo 01 cópia impressa e 09 cópias em meio digital (mídia não regravável, formato PDF), com base em conteúdo relevante descrito no Memorial, de escolha do candidato, compatível com a área em concurso, nos casos em que esta modalidade de prova for estabelecida pelo Conselho Departamental do Centro Acadêmico e constar das Informações Complementares a este Edital.

h) Comprovante de Pagamento da Taxa de Inscrição de acordo com o que estabelece o item 2.7 deste Edital, ou Requerimento de Isenção da Taxa de Inscrição.

2.9.1. A comprovação do atendimento à Titulação Mínima Exigida (Perfil do Candidato) indicados no Anexo 1 será feita mediante a juntada dos títulos ou diplomas ali indicados.

2.9.2. Será admitida a inscrição de candidatos que possam comprovar terem defesa de tese agendada para até o dia 10 de junho de 2013 em programa de pós-graduação que atenda ao Perfil do Candidato constante no Anexo 1.

2.9.3. Os titulares de diploma estrangeiro devem comprovar o atendimento à Titulação Mínima Exigida (Perfil do Candidato) constante no Anexo 1 mediante comprovação de seu reconhecimento ou revalidação. Será admitida a inscrição de candidatos titulares de diplomas estrangeiros ainda não revalidados ou reconhecidos, desde que hajam requerido o reconhecimento ou revalidação até o dia 10 de dezembro de 2012.

2.9.4. Sem prejuízo do direito à participação no certame dos candidatos nas situações previstas nos itens 2.9.2 e 2.9.3, não serão pontuados na prova de títulos os títulos acadêmicos pendentes na data da inscrição no concurso, salvo se o candidato já tiver concluído o curso de pós-graduação e ainda não possuir o diploma, hipótese em que poderá este ser substituído por Declaração Oficial da Instituição onde o título foi obtido, assinada pelo Coordenador do Programa de Pós-Graduação.

2.9.5. Os dados informados no ato da inscrição e o pagamento da taxa são de inteira e exclusiva responsabilidade do candidato ficando expresso que somente haverá devolução da taxa de inscrição em caso de cancelamento do concurso por conveniência da administração.

2.10. O candidato com deficiência deverá requerer, no ato da inscrição, condições diferenciadas e/ou necessárias para a realização do concurso, indicando claramente quais os recursos especiais necessários (equipamentos, materiais, etc). A solicitação de condições especiais será atendida obedecendo a critérios de viabilidade e razoabilidade.

2.11. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e, que será responsável pela guarda da criança. A candidata que não levar um acompanhante não fará as provas.

2.12. A não-solicitação de que trata o item 2.10 implica sua não-concessão no dia de realização das provas.

2.13. Não será admitida inscrição condicionada a posterior complementação ou juntada de informações ou documentos indicados no item 2.9 deste Edital, exceto o documento de que trata o item 2.8.

2.14. O julgamento das inscrições pelo Conselho Departamental do Centro Acadêmico ao qual o candidato está solicitando sua inscrição será publicado no Boletim Oficial da Universidade, e disponibilizado na página eletrônica da PROGEPE (www.ufpe.br/progepe).

2.14.1. São motivos para indeferimento de inscrição:

a) Não-apresentação de qualquer documento exigido no item 2.9 deste Edital, inclusive em via autenticada quando ali exigido;

b) Não-indicação no Requerimento de Inscrição, da Área e Subárea para a qual o candidato realizará o concurso, salvo nos casos em que de outro modo se puder aferir, inequivocamente, a área/subárea a que o candidato deseje concorrer;;

c) Inscrições postadas para locais diferentes daqueles referidos no item 2.6 deste Edital;

d) Inscrições via postal postadas ou recebidas após dias e horários definidos no item 2.5. deste Edital;

e) Não-atendimento ao perfil definido no Anexo 1 a este Edital para a Área/Subárea para a qual o candidato realizará o concurso conforme itens 2.9.1, 2.9.2 e 2.9.3.

f) pagamento da Taxa de Inscrição não realizado na forma prevista no item 2.7., salvo para aqueles candidatos cujo pedido de isenção de pagamento da taxa de inscrição for deferido.

g) Constatação de qualquer irregularidade nos documentos apresentados.

2.14.2 - É de responsabilidade exclusiva do candidato o acompanhamento da publicação da homologação das inscrições e do julgamento do pedido de isenção da taxa de inscrição no Boletim Oficial da Universidade, disponibilizada na página eletrônica da PROGEPE (www.ufpe.br/progepe).

2.15. A qualquer tempo serão anuladas inscrição, provas, nomeação e posse do candidato, se verificada a falsidade de declarações prestadas ou qualquer irregularidade nas provas ou nos documentos apresentados.

2.16. O título de Doutor ou de Mestre deve ser expedido por instituição de ensino superior nacional credenciada pelo MEC ou por universidade estrangeira, devidamente reconhecido ou revalidado em território nacional. Na hipótese do candidato já ter concluído o curso de pós-graduação e ainda não possuir o diploma, poderá este ser substituído por Declaração Oficial da instituição onde o título foi obtido, assinada pelo Coordenador do Programa de Pós-Graduação.

2.16.1. Os documentos comprobatórios do Currículum Vitae e do Memorial emitidos em língua estrangeira deverão ser acompanhados de tradução para a Língua Portuguesa, realizada por tradutor juramentado. Tal exigência não se aplica à tese de doutorado, dissertação de mestrado, artigos e livros publicados e nem a documentos emitidos em Língua Inglesa ou Língua Espanhola.

2.17. A Universidade Federal de Pernambuco não se responsabiliza por extravio ou atraso no recebimento de documentos enviados pela via postal.

3. REALIZAÇÃO DAS PROVAS

3.1. As provas do concurso serão iniciadas no prazo de até 60 (sessenta) dias a contar da data de encerramento das inscrições, em datas e horários previstos no Cronograma do Concurso que será afixado na Secretaria da Diretoria do Centro Acadêmico e dos Departamentos que realizarão os concursos, disponibilizado na página eletrônica da PROACAD (www.ufpe.br/proacad) e comunicado aos candidatos via telegrama com antecedência mínima de 10 (dez) dias da data de seu início.

3.2. A Comissão Examinadora do Concurso deve estar presente, com a totalidade de seus membros, em todas as fases do concurso (da instalação dos trabalhos à apresentação dos resultados)

3.3. O concurso para a classe de Professor Titular constará de 3 (três) partes: I - julgamento de títulos, com peso três; II - defesa pública de Memorial, com peso quatro; e III - prova escrita ou didática ou didática-prática, com peso três.

3.4. No julgamento dos títulos, devidamente comprovados, serão considerados: títulos acadêmicos; atividades profissionais, científicas, literárias ou artísticas e atividades didáticas.

3.5. As pontuações para o julgamento dos títulos serão definidas pelo Conselho Departamental dos Centros Acadêmicos onde os concursos serão realizados. Estas constarão das Informações Complementares a este Edital e serão publicadas no Boletim Oficial da UFPE (disponível na página eletrônica da PROGEPE - www.ufpe.br/progepe) e na página eletrônica da PROACAD (www.ufpe.br/proacad) a partir da data de publicação deste Edital.

3.5.1. Apenas aqueles títulos acadêmicos, atividades profissionais, científicas, literárias ou artísticas e atividades didáticas devidamente comprovadas serão objeto de atribuição de nota.

3.6. No julgamento das atividades será levado em conta o conceito do estabelecimento em que as mesmas atividades se realizaram, sua duração e extensão.

3.7. O Memorial deverá ser escrito em língua portuguesa e expor, de forma analítica e crítica, as atividades desenvolvidas pelo candidato na carreira de magistério superior, abordando os aspectos significativos de sua trajetória profissional e apresentar a contribuição do candidato para cada área em que sua atuação profissional tenha sido relevante, informando os resultados alcançados e seus desdobramentos.

3.8. A defesa do Memorial será feita oralmente pelo candidato, em sessão pública, vedada a sua assistência pelos demais candidatos, e terá a duração de 50 (cinquenta) a 60 (sessenta) minutos, seguida de arguição, com duração máxima de uma hora por examinador: até 30 (trinta) minutos para arguição e até 30 (trinta) minutos para resposta do candidato.

3.9. Além do valor intrínseco da defesa do Memorial e das respostas do candidato às arguições, a Comissão Examinadora avaliará os seguintes aspectos: 1- metodologia utilizada na elaboração e na defesa do memorial; 2 - domínio dos temas e ideias vinculadas às atividades acadêmicas e à produção intelectual do candidato, bem como a relação com a área de conhecimento do concurso; 3 - contemporaneidade, extensão, profundidade e evolução dos conhecimentos do candidato na área de conhecimento do concurso; 4 - adequação e atualidade das referências bibliográficas citadas; 5 -informações sobre o nível de liderança acadêmica do candidato.

3.10. A prova escrita, didática ou didática-prática consistirá em apresentação e defesa de trabalho escrito ou oral, em língua portuguesa, com base em conteúdo relevante descrito no Memorial, de escolha do candidato, ou por outra forma, compatível com a área em concurso, estabelecida pelo Conselho Departamental do Centro Acadêmico e constante das Informações Complementares a este Edital. A prova será pública e terá a duração máxima de quatro (4) horas, podendo, a critério da Comissão Examinadora, em se tratando de prova didática-prática, ser desdobrada em até duas partes. No julgamento da prova será considerado o domínio do tema, o poder de sistematização, a elaboração pessoal, a qualidade e o rigor em sua realização.

3.11. A defesa do Memorial e a prova didática ou didática-prática serão abertas ao público, vedada a presença de candidatos concorrentes e serão gravadas em meio magnético ou eletrônico de voz.

3.12. O Memorial e o Trabalho Escrito (nos casos em que esta modalidade de prova for estabelecida pelo Conselho Departamental do Centro Acadêmico e constar das Informações Complementares a este Edital), ficarão prejudicados: a) se forem elaborados com a inobservância das normas prescritas; b) se ficar provado não serem de autoria do candidato; ou c) serem produtos de plágio.

3.13. Quando houver mais de um candidato inscrito em concurso, estes serão chamados à realização das atividades do concurso pela ordem de inscrição.

3.14. É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de prova e o comparecimento no horário determinado. O não-comparecimento do candidato a qualquer uma das provas previstas no horário fixado implicará na sua eliminação do concurso.

3.15. Nos dias de realização das provas, não será permitido ao candidato e ao público presente, entrar e/ou permanecer no local do exame com aparelhos eletrônicos, exceto aqueles que serão utilizados pelo candidato como apoio didático para a apresentação das provas.

3.16. O horário de comparecimento ao local de provas é único para todos os candidatos, independentemente da ordem de sua realização. Não será admitido o ingresso do candidato no local de realização das provas após o horário fixado para o seu início.

4. JULGAMENTO FINAL E CLASSIFICAÇÃO:

4.1. A apuração dos resultados será realizada em sessão pública, em dia e horário previsto no Cronograma do Concurso, com a presença de todos os membros da Comissão Examinadora. Para tanto serão abertos, sucessivamente, os envelopes com as notas dos títulos, defesa do Memorial e prova escrita, didática ou didática-prática de cada um dos candidatos, atribuídas pelos membros da Comissão Examinadora, individualmente lançadas em quadro branco.

4.2. A apuração das notas para habilitação dos candidatos obedecerá às seguintes normas:

4.2.1. A nota final, atribuída por cada examinador a cada candidato, será o resultado das somas das notas dos títulos, defesa do Memorial e de cada prova, multiplicada cada uma por seus respectivos pesos e dividida por dez (10);

4.2.2. O resultado final de cada candidato corresponderá à soma das notas finais atribuídas por cada examinador dividida pelo número dos examinadores;

4.2.3. Será considerado habilitado o candidato que alcançar, no mínimo, a nota 7 (sete) no seu resultado final;

4.2.4. Empates eventuais entre os candidatos serão decididos consoante critérios constantes dos respectivos editais de concurso;

4.2.5. Os candidatos serão indicados ao Reitor, para o provimento do cargo, segundo a ordem decrescente do resultado final.

4.3. Serão homologadas e publicadas no Diário Oficial da União as relações dos candidatos aprovados nas Áreas e Subáreas indicadas no Anexo 1 a este Edital, nos termos do Artigo 16 do Decreto Presidencial nº 6.944 de 21 de agosto de 2009.

5. DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO

5.1. O candidato deverá:

a) ter sido aprovado e classificado no concurso;

b) possuir a titulação exigida para o provimento do cargo de Professor Titular (portador do Diploma de Doutor expedido por instituições de ensino superior nacionais credenciadas ou por universidades estrangeiras, reconhecidos ou revalidados pela Universidade; ou possuir o título de Livre-Docente expedido por instituições de ensino superior reconhecidas pelo Conselho Nacional de Educação; ou possuir reconhecimento do notório saber, pelo Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPE) ou integrar o quadro de docentes de instituição de ensino superior na classe de Professor Associado ou Professor Adjunto.

c) Ser brasileiro ou estrangeiro portador do visto permanente;

d) estar quite com as obrigações militares e eleitorais, quando for o caso;

e) Contar com aptidão, física e mental, para o exercício das atribuições do cargo, consoante laudo da Junta Médica Oficial;

f) Não acumular cargos, empregos e funções públicas, mesmo na inatividade, exceto aqueles permitidos pela Constituição Federal, assegurada a hipótese de opção dentro do prazo para posse previsto no § 1º do Art. 13 da Lei 8.112/1990;

g) não ter sofrido, no exercício da função pública, penalidade incompatível com a investidura em cargo público federal, conforme Art. 137, parágrafo único, da Lei nº 8.112/1990;

5.2. Não se exigirá aos candidatos estrangeiros o cumprimento das exigências contidas na letra d do item 5.1.

6. DISPOSIÇÕES GERAIS

6.1. A nomeação dos aprovados e classificados obedecerá às normas legais pertinentes, à ordem de classificação, ao prazo de validade do concurso e às regras deste Edital.

6.2. O prazo de validade do concurso será de 01 (um) ano, contado a partir da data da publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado por igual período. 6.3. São assegurados recursos ao candidato:

6.3.1. Da inscrição no concurso ao Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão, no prazo de 3 (três) dias contado a partir da publicação do ato de homologação das inscrições;

6.3.2. Dos atos praticados pelo Pleno do Departamento no curso do certame ao Conselho Departamental, e das decisões deste ao Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão, no prazo de 3 (três) dias contado a partir da intimação dos respectivos atos;

6.3.3. Do resultado final ao Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão, dentro do prazo de 10 (dez) dias a partir da publicação do ato de homologação do resultado final do concurso público no Diário Oficial da União.

6.4. A devolução da documentação dos candidatos reprovados ou desclassificados, poderá ser procedida pelo Departamento ou Núcleo ou Centro Acadêmico responsável pelo concurso, após 30 dias da publicação da homologação do resultado no Diário Oficial da União. Para tal, o candidato deverá encaminhar requerimento ao Chefe do Departamento, Coordenador do Núcleo ou Diretor do Centro Acadêmico, quando for o caso. No caso de impossibilidade do candidato de receber a documentação pessoalmente, admitir-se-á a devolução de documentos por procuração, em instrumento público ou particular, este com firma reconhecida do outorgante, acompanhada de cópia autenticada das Cédulas de Identidade do candidato e de seu procurador.

6.5. Não cabe à UFPE qualquer dispêndio de recursos para proceder a devolução a que se refere o item 6.4.

6.6. A inscrição do candidato no concurso implica o conhecimento e a aceitação das condições estabelecidas no presente Edital.

6.7. É de inteira responsabilidade do candidato o acompanhamento das publicações dos editais, informações, avisos e congêneres, seja pelo Diário Oficial da União, Boletim Oficial da UFPE, pelos quadros de aviso dos Centros Acadêmicos e dos Departamentos responsáveis pelo concurso ou pelas páginas eletrônicas da UFPE.

6.8. Os casos omissos serão resolvidos pelo Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPE.

6.9. O Anexo 1 e as Informações Complementares integram este Edital para todos os fins, não podendo o candidato alegar desconhecimento das normas e exigências ali estabelecidas.

6.10. Este Edital e o Programa e Informações Complementares ao mesmo encontram-se disponíveis na página eletrônica da PROACAD (www.ufpe.br/proacad) e publicadas no Boletim Oficial da UFPE disponível na página eletrônica da PROGEPE (www.ufpe.br/progepe).

ANÍSIO BRASILEIRO DE FREITAS DOURADO
REITOR

Edital nº 55, de 10de setembro de 2012 - UFPE

Anexo 1 - Quadro de Discriminação e Distribuição das Vagas - Professor Titular

CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO
Avenida da Arquitetura, S/N, Campus Universitário, Cidade Universitária, Recife - PE - CEP: 50.740-550
Tel.: (81) 2126-8301 / 8319
Horário de Atendimento: 8h às 12h - 14h às 17h

DEPARTAMENTO

Área(s)/ Subárea(s)

Regime de Trabalho

Nº de Vagas

Titulação Mínima Exigida/ Perfil do Candidato

Ciência da Informação

Ciência da Informação

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Ciência da Informação.

Design

Design e Ergonomia

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor, em Design ou em áreas afins.

Comunicação Social

Processos Comunicacionais

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto, ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor, em Comunicação ou em áreas afins.

 

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA
Avenida Jornalista Aníbal Fernandes, s/n, Campus Universitário, Cidade Universitária, Recife - PE - CEP. 50.740-560
Tel.: (81) 2126-8400 / 8401
Horário de Atendimento: 8h às 12h - 14h às 17h

DEPARTAMENTO

Área(s)/ Subárea(s)

Regime de Trabalho

Nº de Vagas

Titulação Mínima Exigida/ Perfil do Candidato

Departamento de Química Fundamental

Áreas: Físico-Química, Química Analítica, Química Inorgânica, Química de Materiais e Química Orgânica.

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Química ou em áreas afins.

 

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
Avenida da Engenharia, S/N, Campus Universitário, Cidade Universitária, Recife - PE - CEP. 50.740-600
Tel.: (81) 2126-8508 / 8568
Horário de Atendimento: 8h às 12h - 14h às 17h

DEPARTAMENTO

Área(s)/ Subárea(s)

Regime de Trabalho

Nº de Vagas

Titulação Mínima Exigida/ Perfil do Candidato

Neuropsiquiatria

Neurologia e Neurocirurgia

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Neurologia ou Neurocirurgia. Graduado em Medicina. Título de Especialista em Neurologia ou Neurocirurgia. É obrigatório que o candidato tenha os três títulos.

Cirurgia

Área: Cirurgia - Subárea: Cirurgia Geral

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Medicina.

Cirurgia

Área: Cirurgia - Subárea: Cirurgia Urológica

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Medicina.

Clínica e Odontologia Preventiva

Área: Odontologia - Subárea: Patologia Oral

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Odontologia. Graduação em Odontologia.

Fisioterapia

Fisioterapia

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Fisioterapia ou áreas afins. Graduação em Fisioterapia.

Materno Infantil

Neonatologia e Puericultura

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Pediatria ou em Saúde da Criança e do Adolescente ou em outras áreas das Ciências da Saúde. Graduação em Medicina com Residência Médica em Pediatria ou com Título de Especialista em Pediatria.

Medicina Social

Área: Saúde Coletiva - Subáreas: Epidemiologia ou Política, Planejamento e Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde.

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre- Docente ou Doutor em Saúde Pública ou em Saúde Coletiva, com Graduação em curso da área da saúde.

 

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
Avenida dos Funcionários, S/N, Campus Universitário, Cidade Universitária, Recife - PE - CEP: 50.740-; 580
Tel.: (81) 2126-8361 / 8360
Horário de Atendimento: 8h às 12h - 14h às 17h

DEPARTAMENTO

Área(s)/ Subárea(s)

Regime de Trabalho

Nº de Vagas

Titulação Mínima Exigida/ Perfil do Candidato

Departamento de Serviço Social

Serviço Social, Desigualdade Social e Direitos Sociais

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Serviço Social ou áreas afins. Bacharel em Serviço Social.

 

CENTRO DE EDUCAÇÃO
Avenida da Arquitetura, S/N, Campus Universitário, Cidade Universitária, Recife - PE, CEP: 50.740-550
Tel.: (81) 2126-8320 / 8321
Horário de Atendimento: 8h às 12h - 14h às 17h

DEPARTAMENTO

Área(s)/ Subárea(s)

Regime de Trabalho

Nº de Vagas

Titulação Mínima Exigida/ Perfil do Candidato

Métodos e Técnicas de Ensino

Área: Educação: prática docente e formação de professores

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente na área de Prática Docente e Formação de Professores ou Doutor na área de Educação ou área afim à área do concurso.

 

CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
Avenida da Arquitetura, S/N, 4º andar salas 404,405,406,407 - Campus Universitário, Cidade Universitária, Recife - PE - CEP: 50.740-550
Tel.: (81) 2126-8260 / 8261
Horário de Atendimento: 8h às 12h - 14h às 17h

DEPARTAMENTO

Área(s)/ Subárea(s)

Regime de Trabalho

Nº de Vagas

Titulação Mínima Exigida/ Perfil do Candidato

Departamento de Ciência Política

Área: Ciência Política - Subárea: Estado e Governo

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente ou Doutor em Ciência Política ou em áreas afins.

Departamento de Ciência Política

Área: Ciência Política - Subárea: Relações Internacionais

DE

01

Professor Associado ou Professor Adjunto ou Pessoa de Notório Saber ou Livre-Docente Doutor em Ciência Política ou áreas afins.