Prefeitura de São Francisco do Sul - SC

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO SUL

ESTADO DE SANTA CATARINA

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 004/2007

O Prefeito Municipal de São Francisco do Sul, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais, mediante as condições estipuladas neste Edital e Lei Complementar 008, de 30.10.2003 e Leis Municipais ns 924/87, 050/91, 185/96, 121/2002, TORNA PÚBLICO que realizará CONCURSO PÚBLICO para provimento de vagas e formação de cadastro reserva do Quadro Permanente de Pessoal da Prefeitura, conforme tabela abaixo, com a execução técnico-administrativa da empresa AOCP - Assessoria em Organização de Concursos Públicos Ltda.

1. QUADRO DE CARGOS, VAGAS, CARGA HORÁRIA, VENCIMENTOS, TAXAS DE INSCRIÇÃO E REQUISITOS

CARGO

VAGAS

CARGA HORÁRIA SEMANAL

VENCIMENTOS

TAXA DE INSCRIÇÃO

REQUISITOS

AGENTE EXECUTIVO

14

40h

R$ 441,42

R$ 50,00

Ensino Médio completo.

AUXILIAR DE BIBLIOTECA

04

40h

R$ 380,00

R$ 50,00

Ensino Médio completo.

AUXILIAR DE COZINHA

10

40h

R$ 380,00

R$ 30,00

Ensino Fundamental completo.

AUXILIAR EXECUTIVO

07

40h

R$ 408,72

R$ 30,00

Ensino Fundamental completo.

BIBLIOTECÁRIO

01

40h

R$ 817,07

R$ 70,00

Ensino Superior em Biblioteconomia e registro no respectivo Conselho de Classe.

BIÓLOGO

01

40h

R$ 1.200,58

R$ 70,00

Ensino Superior (Bacharelado) em Biologia.

CONTADOR

01

40h

R$ 817,07

R$ 70,00

Ensino Superior em Ciências Contábeis e registro no respectivo Conselho de Classe.

COZINHEIRO

07

40h

R$ 380,00

R$ 30,00

Ensino Fundamental completo.

DESENHISTA PROTETISTA

02

40h

R$ 441,42

R$ 50,00

Ensino Médio completo e Curso na área reconhecido pelo MEC, (Desenhista, Cadista ou Projetista).

ENGENHEIRO CIVIL

02

40h

R$ 1.200,58

R$ 70,00

Ensino Superior em Engenharia Civil e registro no respectivo Conselho de Classe.

ENGENHEIRO SANITARISTA

01

40h

R$ 1.200,58

R$ 70,00

Ensino Superior em Engenharia Civil, Especialização na área (Saneamento) e registro no respectivo Conselho de Classe.

GUARDA DE SEGURANÇA

18

40h

R$ 380,00

R$ 30,00

Ensino Fundamental completo.

MOTORISTA

01

40h

R$ 380,00

R$ 50,00

Ensino Médio completo e Carteira Nacional de Habilitação categoria "C".

MUSEÓLOGO

01

40h

R$ 817,07

R$ 70,00

Ensino Superior em Museologia, e registro no respectivo Conselho de Classe.

OPERÁRIO

40

40h

R$ 380,00

R$ 30,00

Ensino Fundamental incompleto.

PROGRAMADOR DE COMPUTADOR

01

40h

R$ 556,09

R$ 50,00

Ensino Médio completo e Curso Profissionalizante na área.

RECEPCIONISTA

05

40h

R$ 380,00

R$ 30,00

Ensino Fundamental completo.

SERVENTE

19

40h

R$ 380,00

R$ 30,00

Ensino Fundamental completo.

TÉCNICO EM CONTABILIDADE

01

40h

R$ 556,09

R$ 50,00

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Contabilidade e registro no respectivo Conselho de Classe.

2. REQUISITOS

2.1 São requisitos básicos para o ingresso no serviço publico municipal:

a) ser brasileiro nato ou naturalizado;

b) encontra-se no pleno gozo de seus direitos civis e políticos;

c) estar quite com obrigações civis, militares e eleitorais;

d) possuir 18 (dezoito) anos completos na data de nomeação;

e) Ter aptidão física e mental;

f) Aprovação e habilitação prévia no Concurso Público.

3. INSCRIÇÕES

3.1 DA INSCRIÇÃO VIA INTERNET

3.1.1 As inscrições para todos os cargos serão recebidas VIA INTERNET através do preenchimento de formulário próprio disponibilizado no site www.aocp.com.br no período das 08h00 do dia 12/11/2007 até as 24h00 do dia 25/11/2007, observado o horário de Brasília/DF.

3.1.2 No ato da Inscrição, o candidato deverá:

3.1.2.1 Preencher o Formulário de Inscrição disponibilizado no site www.aocp.com.br, optando por apenas um cargo público, no qual declarará estar ciente das condições exigidas para admissão ao cargo e se submeter às normas expressas no edital.

3.1.2.2 Imprimir o boleto bancário e pagar a respectiva taxa de inscrição na rede bancária ou nas casas lotéricas.

3.1.3 O boleto referente à inscrição deverá ser pago até o seu vencimento, sendo que as inscrições efetuadas nos dias 24 e 25/11/2007 poderão ser pagas até o dia 26/11/2007.

3.1.4 O comprovante definitivo de inscrição será o recibo de pagamento autenticado.

3.1.5 O candidato que não recolher o valor da taxa de inscrição, através da quitação do boleto bancário, terá sua inscrição cancelada.

3.2 DA INSCRIÇÃO PRESENCIAL

3.2.1 Serão recebidas inscrições pessoalmente, para tanto os interessados deverão comparecer, no período de 12/11/2007 a 23/11/2007, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), no horário das 09h00m às 11h30m, e das 14h00 às 16h30m, munidos de documento de identidade oficial, ao Prédio da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, situado na Praça Dr. Getúlio Vargas, 01, Centro, São Francisco do Sul - SC.

3.2.2 O interessado deverá preencher o Formulário de Inscrição disponibilizado, optando por apenas um cargo público, no qual declarará estar ciente das condições exigidas para admissão ao cargo e se submeter às normas expressas no edital.

3.2.3 Após o preenchimento do formulário, o(a) atendente entregará ao candidato o boleto bancário referente a respectiva taxa de inscrição, que deverá ser pago nas casas lotéricas ou na rede bancária.

3.2.4 O boleto referente à inscrição deverá ser pago até o seu vencimento, sendo que as inscrições efetuadas no dia 23/11/2007 poderão ser pagas até o dia 26/11/2007.

3.2.5 O comprovante definitivo de inscrição será o recibo de pagamento autenticado.

3.2.6 O candidato que não recolher o valor da taxa de inscrição, através da quitação do boleto bancário, terá sua inscrição cancelada.

3.3 INFORMAÇÕES GERAIS

3.3.1 O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, a não ser por anulação plena deste concurso.

3.3.2 Declaração falsa ou inexata dos dados constantes no requerimento de inscrição determinará o cancelamento da inscrição e a anulação de todos os atos dela decorrentes, em qualquer época, sem prejuízo das sanções penais cabíveis.

3.3.3 É de exclusiva responsabilidade do candidato a exatidão dos dados cadastrais informados no ato da inscrição.

3.3.4 Não será aceito, em hipótese alguma, pedido de alteração do cargo/função ou local de trabalho, quando for o caso, para o qual o candidato se inscreveu.

3.3.5 Não serão aceitas inscrições efetuadas por fax, por via postal ou pelos correios e as pagas em cheque, que venha a ser devolvido por qualquer motivo.

3.3.6 São considerados documentos de identidade as carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores, Cédulas de Identidade fornecidas por Ordens ou Conselhos de Classe, que por lei federal valem como documento de identidade, como, por exemplo, as do CREA, OAB, CRC, etc., a Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como a Carteira Nacional de Habilitação com foto, nos termos da Lei n° 9.503 art. 159, de 23/9/97.

3.3.7 A falsificação de declarações ou de dados e/ou outras irregularidades na documentação verificada em qualquer etapa do presente concurso, implicará na eliminação automática do candidato sem prejuízo das cominações legais. Caso a irregularidade seja constatada após a admissão do candidato, o mesmo será demitido pela Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul - SC.

3.3.8 Será permitida a inscrição por procuração pública ou particular, com firma reconhecida, mediante entrega do respectivo mandato, acompanhado de cópia autenticada do documento de identidade do inscrito e apresentação da identidade do procurador.

3.3.9 O inscrito por procuração assume a total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador no formulário de inscrição, arcando com as conseqüências de eventuais erros de preenchimento.

4. INSCRIÇÃO DE PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS

4.1 Aos portadores de necessidades especiais serão reservadas 3% (três por cento) das vagas nos casos em que houver compatibilidade entre a deficiência e o cargo/função a exercer. Neste caso a nomeação dar-se-á da seguinte forma: a cada 33 (trinta e três) nomeações de candidatos aprovados na lista geral será nomeado 01 (um) candidato da lista especial para portadores de deficiência, caso o candidato portador de deficiência se encontre entre os 33 (trinta e três) primeiros da lista geral será contratado nesta ordem, de acordo com o §1°, do Art. 13, da Lei Complementar 008/2003, observada a exigência de compatibilidade entre a deficiência e as atribuições dos referidos cargos e funções a ser aferida em perícia médica oficial, quando dos exames admissionais.

4.2 O candidato que quiser concorrer às vagas reservadas para portadores de necessidades especiais, indicadas no item 1, deverá fazer sua opção no requerimento de inscrição.

4.3 No ato da inscrição, o candidato portador de necessidade especial declarará, no espaço próprio, a necessidade da qual é portador.

4.4 O candidato que não declarar a necessidade especial da qual é portador, conforme previsto no item 4.2, não poderá alegar, posteriormente, essa condição, para reivindicar as prerrogativas deste Edital.

4.5 No ato da inscrição, o candidato portador de necessidades especiais especificará, se for o caso, a sua necessidade de adaptação para a realização da prova a ser prestada, respeitadas as características estabelecidas neste Edital, não lhe cabendo qualquer reivindicação no dia da prova ou, posteriormente, caso não faça essa especificação.

4.6 A realização de prova em condições específicas para o candidato portador de necessidades especiais, assim consideradas aquelas que possibilitem a prestação do exame respectivo, é condicionada à solicitação prévia pelo candidato, conforme o item 4.5 e sujeita à apreciação e deliberação da Comissão Especial e da AOCP, observada a legislação específica.

4.7 Não haverá leitura de prova. Os candidatos deficientes visuais deverão requerer prova em braile. Aos candidatos que requererem as provas em braile, serão oferecidas provas no SISTEMA BRAILE, devendo suas respostas para prova objetiva ser respondidas em BRAILE pelo candidato. Os referidos candidatos deverão levar para esse fim, no dia da aplicação da prova, reglete e punção, podendo ainda, utilizar-se de soroban.

4.8 Aos candidatos que requererem prova ampliada, serão entregues cartões de respostas e provas ampliadas, com tamanho de letra correspondente a fonte 24, cabendo aos candidatos sua leitura e marcação das respostas no respectivo cartão.

4.9 O candidato portador de necessidades especiais participará do concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo, à avaliação e aos critérios de aprovação e classificação.

4.10 O candidato portador de necessidades especiais deverá encaminhar para a AOCP, até o dia 26/11/2007 (será observada a data de postagem), laudo médico comprovando sua deficiência. O envio deverá ser através dos Correios, utilizando o serviço de carta registrada com AR, para a AOCP - Concursos Públicos - Rua Neo Alves Martins, 1377, Sala 01, Zona 03, Maringá, PR - CEP: 87050-110 com os dizeres: CONCURSO SÃO FRANCISCO DO SUL - PNE. O candidato que não enviar o laudo, ou o fizer fora do prazo, não concorrerá às vagas reservadas.

4.11 Não serão considerados como deficiência os distúrbios de acuidade visual passíveis de correção simples do tipo miopia, astigmatismo, estrabismo e congêneres.

5. HOMOLOGAÇÃO

5.1 Será divulgado dia 30/11/2007 a relação dos candidatos que tiverem suas inscrições homologadas, assim como o horário e o local de realização das provas. A relação será disponibilizada nos sites www.aocp.com.br; www.saofranciscodosul.sc.gov.br e por ato afixado no Saguão, situado no átrio do edifício sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul - SC.

5.2 As provas serão realizadas no dia 16/12/2007, sendo os locais e horários tornados públicos:

a) Através de documento de confirmação de inscrição obtido no site www.aocp.com.br no dia 07/12/2007 e,

b) Através de listagem afixada no Saguão, situado no átrio do edifício sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, na Praça Dr. Getulio Vargas, 01, Centro, no dia 07/12/2007.

5.3 É de responsabilidade do candidato a verificação da homologação de sua inscrição, bem como dos locais de prova, dos seus dados pessoais, bem como demais informações pertinentes, sendo que em caso de ocorrência de divergência, o candidato devera solicitar a correção a AOCP - Concursos Públicos - Rua Neo Alves Martins, 1377, Sala 01, Zona 03, Maringá, PR - CEP: 87050-110, Fone/Fax (44) 3029-4222, exceto quando a mesma se constituir em alteração das condições expressas na ficha de inscrição.

5.4 Quanto ao resultado da homologação, caberá pedido de reconsideração, sem efeito suspensivo, à Comissão Especial do Concurso, no prazo máximo de 2 (dois) dias úteis, contado da data de publicação da relação mencionada no item 5.1, do presente edital. O recurso aqui mencionado deverá ser preenchido em formulário próprio, no site www.aocp.com.br, o qual será entregue, eletronicamente, ao final do envio (após completado o preenchimento).

5.5 O Presidente da Comissão, quando for o caso, decidirá sobre o pedido de reconsideração e divulgará o resultado através de edital, no prazo máximo de 3 (três) dias úteis, contados da data da divulgação da lista mencionada no subitem 5.1, do presente edital.

6. CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS

6.1 As provas para os cargos de que trata este Edital serão aplicadas em São Francisco do Sul - SC, em 16/12/2007, em horário e local a ser informado através do edital de homologação das inscrições mencionado no subitem 5.2.

6.2 O candidato somente poderá concorrer para um cargo/função.

6.3 O candidato deverá comparecer, com antecedência mínima de trinta minutos do horário fixado para o fechamento dos portões de acesso aos locais das provas, considerado o horário oficial de Brasília, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, seu documento oficial de identificação e seu comprovante definitivo de inscrição impresso pelo site da AOCP.

6.4 Em hipótese alguma será permitido ao candidato:

a) prestar a prova sem que esteja portando um documento oficial de identidade que contenha, no mínimo, retrato, filiação e assinatura.

b) prestar prova sem que o seu pedido de inscrição esteja previamente confirmado.

c) ingressar no estabelecimento de exame, após o fechamento dos portões.

d) prestar provas fora do horário ou espaço físico predeterminados.

6.5 Não será permitido o ingresso ou a permanência de pessoa estranha ao certame, em qualquer local de prova, durante a realização das provas.

6.6 No caso de perda ou roubo do documento de identidade, o candidato deverá apresentar certidão que ateste o registro da ocorrência em órgão policial expedida há, no máximo, trinta dias da data da realização da prova e, ainda, ser submetido à identificação especial, compreendendo a coleta de assinatura e impressão digital.

6.7 Não haverá segunda chamada para a prova objetiva em etapa única, deste concurso, ficando o candidato ausente, por qualquer motivo, eliminado do processo.

6.8 O horário de início das provas será o mesmo, ainda que realizadas em diferentes locais.

6.9 Após ser identificado e instalado em seu local de prova, o candidato não poderá consultar ou manusear qualquer material de estudo ou leitura, enquanto aguarda o início das provas.

6.10 Após identificado e instalado, o candidato somente poderá ausentar-se da sala acompanhado de um Fiscal.

6.11 Durante as provas não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos, nem utilização de livros, códigos, manuais, impressos ou anotações, calculadoras, relógios digitais, agendas eletrônicas, pagers, telefones celulares, BIP, Walkman, gravador ou qualquer outro equipamento eletrônico.

6.12 Os telefones celulares, pagers e quaisquer outros aparelhos de comunicação deverão permanecer desligados durante todo o tempo de realização das provas, do contrário o candidato que infringir esta determinação será automaticamente eliminado do concurso.

6.13 É vedado o ingresso de candidato portando arma nos locais de realização da prova.

6.14 Será, também, eliminado do concurso o candidato que incorrer nas seguintes situações:

a) deixar o local de realização da prova sem a devida autorização.

b) tratar com falta de urbanidade examinadores, auxiliares, fiscais ou autoridades presentes.

c) proceder de forma a tumultuar a realização das provas.

d) estabelecer comunicação com outros candidatos ou com pessoas estranhas, por qualquer meio.

e) usar de meios ilícitos para obter vantagem para si ou para outros.

f) deixar de atender às normas contidas no caderno de provas e às demais orientações expedidas pela AOCP.

6.15 Em nenhuma hipótese haverá substituição da folha de respostas, por erro do candidato.

6.16 Ao terminar a prova, o candidato entregará, obrigatoriamente, ao Fiscal de Sala sua folha de respostas assinada.

6.17 As provas objetivas terão a duração conjunta de 4 (quatro) horas, para todos os cargos de que trata este Edital, incluído o tempo de marcação na folha de respostas.

6.18 O candidato somente poderá deixar o local da prova 45 (quarenta e cinco) minutos após o seu início.

6.19 Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala de prova somente poderão entregar as respectivas provas e retirar-se do local, simultaneamente.

6.20 O candidato, ao encerrar a prova objetiva, entregará ao fiscal de sua sala, a folha de resposta devidamente assinada e o caderno de provas, podendo reter para si, apenas a folha do caderno de provas onde consta a copia da folha de resposta oficial.

6.21 A Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul e a AOCP, não assumem qualquer responsabilidade quanto ao transporte, alimentação e/ou alojamento dos candidatos quando da realização das provas deste Concurso Publico.

6.22 As provas serão disponibilizadas no site www.aocp.com.br, no primeiro dia útil subseqüente a aplicação das provas.

7. PROVAS

7.1 Para os cargos de Bibliotecário, Biólogo, Contador, Desenhista Projetista, Engenheiro Civil, Engenheiro Sanitarista, Museólogo, Programador de Computador e Técnico em Contabilidade a avaliação deste concurso público constará de prova escrita objetiva (eliminatória e classificatória).

7.1.1 A prova escrita objetiva terá 40 (quarenta) questões, distribuídas e avaliadas conforme tabela 7.1:

TABELA 7.1

PROVA ESCRITA OBJETIVA

MATÉRIA
(ver anexo I)

NÚMERO DE QUESTÕES

VALOR POR QUESTÃO

VALOR TOTAL

CONH. ESPECÍFICOS

20

3,00

60,00

CONH. GERAIS E ATUALIDADES

10

2,00

20,00

PORTUGUÊS

10

2,00

20,00

TOTAL

100,00

7.1.2 A nota final será aquela obtida na prova escrita objetiva.

7.1.3 O candidato deverá obter 50,00 (cinqüenta) pontos ou mais para ser considerado aprovado.

7.1.4 A classificação final será efetuada pela ordem decrescente da nota final obtida por cada candidato e, em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver maior idade, dentre os candidatos com idade superior a 60 anos até o último dia de inscrição, conforme artigo 27, parágrafo único, do Estatuto do Idoso (Lei n.° 10.741, de 1.° de outubro de 2003) - critério válido para todos os cargos;

b) tiver maior nota na prova de Conhecimentos Específicos;

c) tiver maior nota na prova de Conhecimentos Gerais e Atualidades;

d) for o mais idoso, exceto os enquadrados na letra "a" deste subitem.

7.2 Para os cargos de Auxiliar de Biblioteca, Auxiliar de Cozinha, Cozinheiro, Guarda de Segurança, Operário, Recepcionista e Servente a avaliação deste concurso público constará de prova escrita objetiva (eliminatória) e prova prática (eliminatória e classificatória).

7.2.1 A prova escrita objetiva terá 40 (quarenta) questões, distribuídas e avaliadas conforme tabela 7.2:

TABELA 7.2

PROVA ESCRITA OBJETIVA

MATÉRIA
(ver anexo I)

NÚMERO DE QUESTÕES

VALOR POR QUESTÃO

VALOR TOTAL

PORTUGUÊS

20

2,00

40,00

CONH. GERAIS E ATUALIDADES

20

2,00

40,00

VALOR TOTAL DA PROVA ESCRITA

80,00

PROVA PRÁTICA

As instruções das provas práticas para os referidos cargos constarão no Anexo I (Programas das provas) e também edital de convocação para as mesmas.

VALOR TOTAL DA PROVA PRÁTICA

20,00

7.2.2 O candidato deverá obter 40,00 (quarenta) pontos ou mais na prova escrita objetiva para poder participar da prova prática.

7.2.3 A nota final será aquela obtida na prova escrita objetiva somada com a nota obtida na prova prática. O candidato deverá obter 50,00 (cinqüenta) pontos ou mais na nota final para ser considerado aprovado.

7.2.4 A classificação final será efetuada pela ordem decrescente da nota final obtida por cada candidato e, em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver maior idade, dentre os candidatos com idade superior a 60 anos até o último dia de inscrição, conforme artigo 27, parágrafo único, do Estatuto do Idoso (Lei n.° 10.741, de 1.° de outubro de 2003) - critério válido para todos os cargos;

b) tiver maior nota na Prova Prática;tiver maior nota na Prova de Conhecimentos Gerais e Atualidades;

c) for o mais idoso, exceto os enquadrados na letra "a" deste subitem.

7.3 Para os cargos de Agente Executivo, Auxiliar Executivo e Motorista a avaliação deste concurso público constará de prova escrita objetiva (eliminatória) e prova prática (eliminatória e classificatória).

7.3.1 A prova escrita objetiva terá 40 (quarenta) questões, distribuídas e avaliadas conforme tabela 7.3:

TABELA 7.3

PROVA ESCRITA OBJETIVA

MATÉRIA
(ver anexo I)

NÚMERO DE QUESTÕES

VALOR POR QUESTÃO

VALOR TOTAL

CONH. ESPECÍFICOS

20

2,00

40,00

CONH. GERAIS E ATUALIDADES

10

2,00

20,00

PORTUGUÊS

10

2,00

20,00

VALOR TOTAL DA PROVA ESCRITA

80,00

PROVA PRÁTICA

As instruções das provas práticas para os referidos cargos constarão no Anexo I (Programas das provas) e também edital de convocação para as mesmas.

VALOR TOTAL DA PROVA PRÁTICA 20,00

7.3.2 O candidato deverá obter 40,00 (quarenta) pontos ou mais na prova escrita objetiva para poder participar da prova prática.

7.3.3 A nota final será aquela obtida na prova escrita objetiva somada com a nota obtida na prova prática. O candidato deverá obter 50,00 (cinqüenta) pontos ou mais na nota final para ser considerado aprovado.

7.3.4 A classificação final será efetuada pela ordem decrescente da nota final obtida por cada candidato e, em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver maior idade, dentre os candidatos com idade superior a 60 anos até o último dia de inscrição, conforme artigo 27, parágrafo único, do Estatuto do Idoso (Lei n.° 10.741, de 1.° de outubro de 2003) - critério válido para todos os cargos;

b) tiver maior nota na Prova Prática;

c) tiver maior nota na prova de Conhecimentos Gerais e Atualidades;

d) for o mais idoso, exceto os enquadrados na letra "a" deste subitem.

7.4 As questões serão objetivas, com 5 (cinco) alternativas cada uma, sendo que cada questão terá apenas 1 (uma) alternativa correta.

7.5 Na prova escrita será atribuída pontuação 0,0 (zero) a questões com mais de uma opção assinalada, questões sem opção, com rasuras ou preenchidas a lápis.

7.6 Realizarão as provas práticas (nos cargos em que houver previsão) os candidato pré-classificados até 10 (dez) vezes o número de vagas previsto para o respectivo cargo, respeitando-se um mínimo de 30 (trinta) candidatos (desde que obtenham a nota mínima exigida na prova escrita objetiva) e o máximo de 300 (trezentos) candidatos.

7.7 Para realização das provas práticas, os candidatos concorrentes ao cargo de Motorista deverão, obrigatoriamente, apresentarem CNH na categoria exigida nos requisitos, bem como fotocópia da mesma para arquivamento no processo do concurso.

7.8 A prova pratica de digitação para os candidatos aos cargos de Agente Executivo, Auxiliar Executivo, Recepcionista e Auxiliar de biblioteca será avaliada quanto à produção (número de toques líquidos por minuto -NTL) e ao número de erros (ERROS) cometidos na transcrição do texto, da seguinte forma: NTL é igual a (NTB-3xERROS)divido por 10, em que NTB é o número de toques brutos(que corresponde à totalização dos toques dados pelo candidato). Serão computados como ERROS qualquer omissão ou excesso de letras, sinais e acentos; letras, sinais e acentos errados; falta de espaço entre palavras; duplicação de letras; espaço a mais entre as palavras ou letras; falta ou uso indevido de maiúsculas; parágrafos desiguais; falta de parágrafos; colocação de parágrafo onde não existe.

7.8.1. Será computado um erro para cada ocorrência citada anteriormente, considerando-se erro cada toque em discordância com o texto original.

7.8.2. Aos candidatos que não alcançarem o mínimo de cem toques líquidos por minuto, será atribuída nota zero e estarão automaticamente eliminados do concurso.

7.8.3. Para os candidatos não-eliminados na forma do subitem anterior, será calculada a nota na prova prática de digitação (NPPD) que será obtida da seguinte forma: 2,50+2,50x(NTL-100)/(MNTL-100), em que NTL éo número de toques líquidos do candidato e MNTL é o maior número de toques líquidos entre os candidatos.

7.8.4. Será aprovado na prova prática de digitação o candidato que obtiver pelo menor 2,50 pontos.

7.8.5. Todos os cálculos citados no subitem 7.8 serão considerados até a segunda casa decimal, arredondando-se para o número imediatamente superior, se o algarismo da terceira casa decimal for igual ou superior a cinco.

7.9. A prova prática para o cargo de SERVENTE consistirá em efetuar limpeza de uma área, que será de tamanho igual para todos os candidatos, com o correto emprego de produtos e utensílios de limpeza.

7.9.1. A área que o candidato desempenhará a tarefa será sorteada entres os candidatos na ordem de classificação da prova escrita.

7.9.2. O tempo para a execução da tarefa será cronometrado e a sua duração será avaliada para o cálculo da nota da prova prática. O tempo máximo para a execução da tarefa será de 15(quinze) minutos, findo o qual a tarefa será interrompida, atribuindo-se a nota ao trabalho executado pelo candidato até o momento da interrupção.

7.10. A prova prática para o cargo de OPERÁRIO consistirá na capina e:ou serviço de roçada, varrição e remoção do material resultante e abertura de valas, de área igual para todos os candidatos, com o correto emprego de utensílios e ferramentas.

7.10.1. A área que o candidato desempenhará a tarefa será sorteada entres os candidatos na ordem de classificação da prova escrita.

7.10.2 O tempo para a execução da tarefa será cronometrado e a sua duração será avaliada para o cálculo da nota da prova prática. O tempo máximo para a execução da tarefa será de 20(quinze) minutos, findo o qual a tarefa será interrompida, atribuindo-se a nota ao trabalho executado pelo candidato até o momento da interrupção.

7.11 A prova prática para o cargo de MOTORISTA consistirá na realização de teste de volante em veículo, consistindo em ligar o veículo, dirigir em linha reta, curva, aclive, declive e estacionar em local determinado e marcado.

7.11.1. Para a prova de MOTORISTA, os veículos para a sua realização serão automóvel, caminhão, veículo tipo van.

7.11.2. Os candidatos, seguindo a ordem de desclassificação na prova escrita objetiva, sortearão o veículo em que serão submetidos ao teste a que se refere o item 7.11

7.11.3. Não haverá tempo máximo para as tarefas de dirigir em linha reta, curva, aclive, declive.

7.11.4. O candidato poderá fazer no máximo duas(2) tentativas para estacionar o veículo em local determinado e marcado, no tempo máximo de 5(cinco) minutos.

7.11.5 A prova prática para o cargo de COZINHEIRA consistira na preparação de refeição para 60 pessoas utilizando os devidos utensílios e ingredientes necessários a preparação dos alimentos.

7.11.6. A prova prática para o cargo de AUXILIAR DE COZINHA consistirá no auxilio ao preparo de refeições, como cortar temperos, lavar alimentos, limpar os utensílios utilizados pela cozinheira e outras atividades a fim.

7.12 A relação com os nomes dos candidatos convocados, local e horário para a realização das provas praticas será divulgada no site www.aocp.com.br e www.saofranciscodosul.sc.gov.br, e afixada no Saguão da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul - SC e no site www.aocp.com.br no dia 16/01/2008.

7.13 A relação com os nomes dos candidatos aprovados será divulgada no site www.saofranciscodosul.sc.gov.br, afixada no Saguão da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul - SC e no site www.aocp.com.br.

8. DESCLASSIFICAÇÃO

8.1 Será desclassificado o candidato que:

a) Não estiver presente na sala ou local de provas no horário determinado para o seu início.

b) For surpreendido, durante a execução das provas, em comunicação com outro candidato, utilizando-se de material não autorizado ou praticando qualquer modalidade de fraude.

9. DIVULGAÇÃO DO GABARITO

9.1 O gabarito oficial da prova escrita objetiva será divulgado no dia posterior ao da aplicação da prova, nos sites www.aocp.com.br, www.saofranciscodosul.sc.gov.br, e afixada no Saguão, situado no átrio do edifício sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, na Praça Dr. Getulio Vargas, 01, Centro, no dia 17/12/2007.

10. RESULTADO

10.1 Os candidatos que obtiveram nota igual e/ou a 50 nas provas de conhecimentos gerais e atualidades e conhecimentos específicos, serão classificados por cargo em ordem decrescente das notas obtidas dessas provas, expressa com duas casas decimais.

10.2 A relação com os nomes dos candidatos do que trata o subitem 10.1, será publicado através de edital, nos sites www.aocp.com.br e www.saofranciscodosul.sc.gov.br, também será afixado no Saguão, situado no átrio do edifício sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, na Praça Dr. Getulio Vargas, 01, Centro, no dia 09/01/2008.

10.3 Também será publicada (caso haja) a relação dos candidatos classificados portadores de necessidades especiais.

10.4 O resultado final deste Concurso, será afixado no Saguão, situado no átrio do edifício sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, na Praça Dr. Getulio Vargas, 01, Centro e nos sites www.aocp.com.br e www.saofranciscodosul.sc.gov.br no dia 30/01/2008.

10.5 A homologação final deste Concurso publico, será efetuado por cargo, cujo Edital será afixado no Saguão, situado no átrio do edifício sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, na Praça Dr. Getulio Vargas, 01, Centro e nos sites www.aocp.com.br e www.saofranciscodosul.sc.gov.br no dia 06/02/2008.

11. RECURSO

11.1 Caberá interposição de recursos, fundamentados, à AOCP, no prazo de 2 (dois) dias úteis, contados do primeiro dia subseqüente à data de divulgação dos objetos do recurso, assim entendidos:

a) contra questão e gabarito da prova objetiva.

b) contra o resultado da prova objetiva.

c) contra o resultado final.

11.2 O recurso aqui mencionado deverá ser preenchido em formulário próprio disponível no site www.aocp.com.br, o qual será entregue eletronicamente ao final do envio (após completado o preenchimento).

11.3 Admitir-se-á um único recurso por questão, para cada candidato, relativamente ao gabarito oficial, não sendo aceitos recursos coletivos.

11.4 Na hipótese de alteração do gabarito oficial, por força de provimento de algum recurso, as provas objetivas serão recorrigidas de acordo com o novo gabarito.

11.5 Recurso interposto em desacordo com este Edital não será considerado.

11.6 Recurso interposto fora do prazo estabelecido neste Edital não será analisado.

11.7 O prazo para interposição de recurso é preclusivo e comum a todos os candidatos.

11.8 Os recursos serão recebidos sem efeito suspensivo, exceto no caso de ocasionar prejuízos irreparáveis ao candidato.

11.9 A Comissão Especial do Concurso Público, após análise dos pedidos, decidirá sobre sua aceitação e publicará, quando couber, o resultado do pedido através de edital.

12. DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIA

12.1 Fica delegada competência a AOCP para:

a) divulgar o Concurso;

b) deferir e indeferir as inscrições;

c) elaborar, aplicar, corrigir, e julgar as provas objetivas;

d) julgar os pedidos de recursos, conjuntamente com a Comissão Especial Examinadora;

e) prestar informações sobre o Concurso.

13. CONVOCAÇÃO

13.1 O candidato aprovado será convocado obedecendo a ordem de classificação, na medida em que surgirem vagas, no interesse da Administração.

13.2 Será de inteira responsabilidade do candidato a atualização de seu endereço junto a Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul - SC, quando houver alteração do endereço informado na ficha de inscrição.

13.3 Para o ato de nomeação o candidato deverá, obrigatoriamente, apresentar Atestado Médico emitido por médico assistente do município ou junta médica oficial, e:

a) Fotocópia da Carteira de Identidade.

b) Fotocópia do Cadastro de Pessoa Física - CPF.

c) Fotocópia do Título de Eleitor com comprovante de votação nas últimas eleições.

d) Fotocópia do Certificado de reservista (se do sexo masculino).

e) Uma foto 3x4 recente e tirada de frente.

f) Fotocópia do n inscrição do PIS/PASEP.

g) Fotocópia da CTPS - foto e filiação.

h) Atestado de Antecedentes Criminais.

i) Demais documentos que se fizerem necessários, posteriormente informados.

13.4 O candidato, após a convocação, deverá comparecer à sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul - SC, no prazo máximo de 15 (QUINZE) dias, munido de documento de identidade original juntamente com os documentos citados no item 13.3.

13.5 O candidato que deixar de comparecer no prazo previsto perderá automaticamente a vaga, sendo convocado o candidato seguinte, na ordem de classificação.

13.6 O candidato convocado será submetido a exame médico pré-admissional, caso seja considerado inapto para exercer a função, não será admitido, perdendo automaticamente a vaga.

14. DISPOSIÇÕES FINAIS

14.1 Não serão admitidos servidores com vínculo de trabalho por prazo determinado ou indeterminado, em empregos/cargos/funções nesta ou em outra repartição/instituição pública, exceto nos casos de acúmulo legal, de acordo com a Constituição Federal.

14.2 As condições do exercício do cargo dos candidatos aprovados e nomeados serão reguladas pelo regime Estatutário.

14.3 Os documentos emitidos no exterior deverão estar acompanhados de tradução pública juramentada.

14.4 Os casos omissos até a homologação final do concurso serão resolvidos pela Comissão Especial do Concurso e, após, pelo Prefeito Municipal de São Francisco do Sul - SC.

14.5 O resultado deste Concurso Público terá validade de 24 (vinte e quatro) meses a contar da data de publicação da homologação do resultado final.

14.6 E vedada a inscrição neste Concurso Publico, de quaisquer membros da Comissão do Concurso e da AOCP. Será destituído o membro da Comissão Especial, que tenha qualquer grau de parentesco com candidatos cuja inscrição tenha sido homologada.

14.7 O foro para dirimir qualquer questão relacionada com o Concurso Público de que trata este Edital, é o da Comarca de São Francisco do Sul/SC.

São Francisco do Sul, 10 de novembro de 2007.

ODILON FERREIRA DE OLIVEIRA
PREFEITO MUNICIPAL

ÁLVARO ANTONIO DA SILVEIRA
Secretario Municipal de Administração

ANEXO I DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 004/2007

PROGRAMAS DAS PROVAS ESCRITAS OBJETIVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS

CONHECIMENTOS COMUNS AOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

PORTUGUÊS

Compreensão e interpretação de texto. Ortografia. Acentuação gráfica. Pontuação. Divisão silábica. Substantivos e adjetivos (gênero, número e grau). Verbos (tempos e modos). Fonética e Fonologia: Encontros vocálicos e consonantais. Dígrafos. Morfologia: Classes de palavras: artigo, substantivo, adjetivo, pronome, numeral e verbo e sua flexões; advérbio, conjunção, preposição e interjeição. Poética. Versificação. Elementos de comunicação. Sintaxe - Período composto por Coordenação e Subordinação. Figuras de sintaxe. Noções de semântica. Produção textual: coerência e coesão, tipos composição, elementos da comunicação e funções da linguagem. Concordância verbal e nominal. Regência.

CONHECIMENTOS GERAIS

Noções gerais sobre a vida econômica, social, política, tecnologia, relações exteriores, segurança e ecologia com as diversas áreas correlatas do conhecimento juntamente com suas vinculações histórico-geográficas em nível nacional e internacional.

CONHECIMENTOS COMUNS AOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO

PORTUGUÊS

Compreensão e interpretação de texto. Ortografia. Acentuação gráfica. Pontuação. Divisão silábica. Substantivos e adjetivos (gênero, número e grau). Verbos (tempos e modos). Fonética e Fonologia: Encontros vocálicos e consonantais. Dígrafos. Morfologia: Classes de palavras: artigo, substantivo, adjetivo, pronome, numeral e verbo e sua flexões; advérbio, conjunção, preposição e interjeição. Poética. Versificação. Elementos de comunicação. Sintaxe - Período composto por Coordenação e Subordinação. Figuras de sintaxe. Noções de semântica. Produção textual: coerência e coesão, tipos composição, elementos da comunicação e funções da linguagem. Concordância verbal e nominal. Regência.

CONHECIMENTOS GERAIS

Noções gerais sobre a vida econômica, social, política, tecnologia, relações exteriores, segurança e ecologia com as diversas áreas correlatas do conhecimento juntamente com suas vinculações histórico-geográficas em nível nacional e internacional.

CONHECIMENTOS COMUNS AOS CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL

PORTUGUÊS

Estudo do texto. Fonética: Acentuação gráfica, ortografia. Morfologia: Classes de palavras

CONHECIMENTOS GERAIS

Noções gerais sobre a vida econômica, social, política, tecnologia, relações exteriores, segurança e ecologia com as diversas áreas correlatas do conhecimento juntamente com suas vinculações histórico-geográficas em nível nacional e internacional.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

AGENTE EXECUTIVO

Legislação Municipal (Lei Complementar 008/2003), Noções de Secretariado, Conhecimentos Básicos de Informática.

AUXILIAR EXECUTIVO

Legislação Municipal (Lei Complementar 008/2003), Noções de Secretariado, Conhecimentos Básicos de Informática.

BIBLIOTECÁRIO

Representação temática - CCD (Classificação Decimal de Dewey). Representação descritiva - AACR2, MARC21. Normalização NBR 6023, ago/2002 (referências-elaboração), NBR 10520, ago/2002 (citações em documentos-apresentações. Bases de dados. Documentos eletrônicos. Redes de informação. Serviços de referencia. Comutação bibliográfica. Catalogação cooperativa. Catalogos "on-line". Formação e desenvolvimento da coleção Marketing. Recursos Humanos. Estudo de comunidade e de usuários. Administração e Planejamento de bibliotecas. Manifesto da Unesco para bibliotecas públicas - 1994. Indexação.

BIÓLOGO

Identificação de equipamentos e materiais básicos utilizados em laboratórios de Biologia. Conhecimento sobre os procedimentos de preparo de soluções. Conhecimento sobre o microscópio Óptico. Técnicas de preparações citológicas e histológicas para observação em microscopia óptica. Citologia e Histologia: conhecimentos gerais sobre as células e tecidos. Classificação e características dos seres vivos: Reino Monera, Protista, Fungi, Vegetal e Animal. Nomenclatura científica e categorias taxonômicas. Zoologia: características gerais; conceitos e classificação dos principais grupos de animais. Botânica: características gerais e classificação dos principais grupos vegetais. Bioquímica: componentes químicos dos seres vivos Microbiologia: doenças causadas por fungos, bactérias e vírus; agente etiológicos, ciclo evolutivo e medidas profiláticas. Ecologia: conceitos e importância, biosfera (fluxo de matéria e energia na biosfera); comunidade e ecossistema: relações entre os seres vivos (harmônicas e desarmônicas); Sucessões ecológicas: ecossistema e seus componentes, cadeias e teias. elementares; poluição; conceito, exemplos de produtores, consumidores e decompositores.

CONTADOR

CONHECIMENTO ESPECÍFICO: CONTABILIDADE GERAL - A Escrituração Contábil; Os registros das operações típicas de uma empresa; A avaliação dos ativos e passivos; A elaboração das demonstrações contábeis. CONTABILIDADE PÚBLICA - Contabilidade Pública; Plano de Contas; Orçamento; Receita e Despesa Pública; Demonstrações Contábeis; Balanço Geral; Sistemas de Controle Interno e Externo; Gestão Fiscal. AUDITORIA CONTÁBIL - Características; O trabalho de auditoria; As tomadas e prestações de contas; Legislação. PERÍCIA CONTÁBIL - Conceito; Aspectos Profissionais; Aspectos Técnicos, Doutrinários, Processual e Operacional; Legislação. TEORIA DA CONTABILIDADE - A Contabilidade; Os Princípios Fundamentais de Contabilidade; As escolas ou doutrinas na história da Contabilidade. NOÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO - Fontes e Hierarquia da Norma; Estado e Constituição; Poderes do Estado; A Pessoa e seus Atributos; Tipos de Sociedades; Contratos; Crimes contra a ordem econômica; Tributos e suas espécies; Créditos Tributários; Contratos de trabalho em relação aos empregos; Direitos Trabalhistas;

DESENHISTA PROJETISTA

AutoCad 2007 e versões anteriores (Principais comandos).

ENGENHEIRO CIVIL

Edificações e Meio Ambiente de Trabalho: Levantamentos topográficos e geotécnicos. Projeto e execução de estruturas de concreto simples e armado. Projeto e execução de estruturas de aço e madeira. Projeto e execução de instalações elétricas de baixa tensão e de telefonia; luminotécnica. Projeto e execução de instalações prediais de água fria, água quente, águas pluviais e de esgoto sanitário. Projeto e execução de fundações e estruturas de arrimo. Projeto e execução de instalações de proteção contra incêndio. Elementos da construção: muros e paredes; pisos, contra-pisos e pavimentos; telhados e terraços; esquadrias; revestimentos; impermeabilizações e isolamentos térmicos e acústicos. Condicionamento e habitabilidade das construções. Tecnologia dos materiais de construção. Orçamento, discriminação e especificação técnica. Custos da construção. Planejamento, gerenciamento e controle de obras. Qualidade da construção. Patologia das construções. Fiscalização e controle de obras. Administração para empresas. Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção.

ENGENHEIRO SANITARISTA

Química ambiental: Águas naturais e potáveis. Topografia: Noções de coordenadas, nivelamento e planialtimetria. Qualidade da água: Importância da água na engenharia sanitária. Características físicas e químicas das águas de abastecimento. Padrões de potabilidade. Microbiologia Sanitária: Noções de bacteriologia aplicada ao Sanitarismo. Biologia Sanitária. Hidrobiologia sanitária. Práticas de laboratório. Interpretação de análises laboratoriais sanitárias. Hidráulica. Conceitos de hidrostática e hidrodinâmica. Geologia Aplicada a Engenharia Sanitária e Ambiental. Ação geológica da água (de superfície e subterrânea). Hidrologia e Climatologia. Ciclo hidrológico. Escoamento superficial, infiltração, evapotranspiração. Elementos e fatores climáticos. Poluição das águas. Graus de poluição. Alterações provocadas pela poluição. Sistemas e Graus de tratamento de águas residuárias. Legislação. Autodepuração. Aspectos técnicos, econômicos, sanitários e legais do controle da poluição. Poluição atmosférica. Classificação dos poluentes. Padrões de qualidade do ar. Metodologia de controle da poluição atmosférica. Monitoramento. SAA - Sistema de Abastecimento de Água. Captação, adução, Tipos de tratamento, reservação e distribuição. SES - Sistema de Esgoto Sanitário. Coleta, direcionamento, tipos de tratamento e destinação final. Drenagem Urbana. Sistemas de drenagem urbana - concepção, dimensionamento (canais, galerias, bueiros, dissipadores, etc.). Saúde Ambiental: Saúde pública. Epidemiologia geral. Doenças transmissíveis e seus controles. Gestão e Planejamento Ambiental. Políticas de desenvolvimento. Instrumentos de gestão. Legislação ambiental. Planejamento no sistema da gestão ambiental. Análise de risco. ISSO 14.000 e Sistemas de gestão.

MOTORISTA

Código de Transito Brasileiro.

MUSEÓLOGO

Homem, sociedade, memória e patrimônio integral; cultura material; crenças e valores; teoria museológica; Museologia como disciplina científica; teoria do objeto, método. Museologia aplicada e acervos históricos, artísticos e ambientais; museu, documentação e preservação; museus, educação e comunicação - interpretação do real e sua adequação às sociedades alvo; estudos sobre a função social do museu; elementos para a criação de exposições; planejamento e programação e exposições; metodologia e técnicas de análise de público em museus; análise das políticas e metodologias do turismo cultural aplicadas à Museologia.

PROGRAMADOR DE COMPUTADOR

Fundamentos de: Aquisição e organização de software. Levantamento de requisitos. Programação e análise de algoritmos. Paradigma de análise estruturada. Testes e métricas de software. Software livre (open source). Hardware, redes de computadores. Banco de dados distribuídos, web service.

TÉCNICO EM CONTABILIDADE

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE CONTABILIDADE. Conta: Conceito, funções e estrutura. Débito, crédito e saldo. Demonstrações contábeis. CONTABILIDADE PÚBLICA: Contabilidade Pública; Plano de Contas; Orçamento; Receita e Despesa Pública; Demonstrações Contábeis; Balanço Geral;
Sistemas de Controle Interno e Externo; Gestão Fiscal.

PROVAS PRÁTICAS

CARGOESPECIFICAÇÃO
Agente ExecutivoDigitação
Auxiliar de BibliotecaDigitação.
Auxiliar de CozinhaPreparação de alimentos.
Auxiliar ExecutivoDigitação.
CozinheiroPreparação de alimentos.
Guarda de SegurançaResistência Física.
MotoristaDireção / Manutenção Básica.
OperárioAbertura de Valas.
RecepcionistaDigitação.
ServenteLimpeza de Ambiente.

ANEXO II DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N º 004/2007

DESCRIÇÃO DOS CARGOS

AGENTE EXECUTIVO

Executa serviços gerais administrativos das diversas unidades administrativas, emitindo relatórios com base na legislação municipal, classificação de documentos e correspondência, transcrição de dados, cálculos, lançamentos, prestação de informações, protocolo, arquivo, atendimento ao público, atendimento telefônico, digitação em geral (computador), e outras atividades afins.

AUXILIAR DE BIBLIOTECA

Atuar no tratamento, recuperação e disseminação da informação e executar atividades especializadas e administrativas relacionadas à rotina de unidades ou centros de documentação ou informação, quer no atendimento ao usuário, quer na administração do acervo, ou na manutenção de bancos de dados. Participar da gestão administrativa, elaborar e realizar de projetos de extensão cultural. Colaborar no controle e na conservação de equipamentos. Participam de treinamentos e programas de atualização, e outras atividades afins.

AUXILIAR DE COZINHA

Auxilia nas tarefas correspondentes ao preparo, conservação, armazenagem e distribuição de refeições, selecionando os ingredientes necessários para atender aos cardápios estabelecidos e outras atividades afins.

AUXILIAR EXECUTIVO

Auxiliar na execução de serviços administrativos de menor complexidade das diversas unidades administrativas, sob orientação de seus superiores, como a classificação de documentos e correspondência, transcrição de dados, cálculos, lançamentos, prestação de informações, protocolo, arquivo, atendimento ao público, atendimento telefônico, digitação em geral (computador), e outras atividades afins.

BIBLIOTECÁRIO

Organizar, coordenar, supervisionar e executar trabalhos relativos às atividades biblioteconômicas, desenvolver recursos informacionais; disseminar informações com objetivo de facilitar o acesso e a geração do conhecimento; desenvolver estudos, pesquisa e aplicação de métodos de catalogação, classificação, referência e conservação do acervo bibliográfico; armazenar e recuperar as informações de caráter geral ou específico, seja em bibliotecas ou em centros de documentação e informação, e outras atividades afins.

BIÓLOGO

Desenvolver atividades de pesquisas biológicas, elaborar projetos, coordenar equipes, coletar, tratar e analisar material biológico , dados e informações, gerar conhecimentos, métodos e técnicas e divulgar resultados de pesquisa. Prestar assessoria e consultoria técnica e científica, como também planejar cursos e eventos , e outras atividades afins.

CONTADOR

Registrar atos e fatos contábeis; controlar o ativo permanente; gerenciar custos; preparar obrigações acessórias, tais como: declarações acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes e administrar o registro dos livros nos órgãos apropriados; elaborar demonstrações contábeis; realizar auditoria interna e externa; atender solicitações de órgãos fiscalizadores e realizar perícia, e outras atividades afins.

COZINHEIRO

Executar tarefas correspondentes ao preparo e à distribuição de refeições, requisitando e selecionando os ingredientes necessários para atender aos cardápios estabelecidos; armazenar e controlar o estoque de materiais e mantimentos; preparar e servir as refeições e outras atividades afins.

DESENHISTA PROJETISTA

Auxiliar arquitetos e engenheiros no desenvolvimento de projetos de construção civil, urbanísticos e arquitetura; apoiar a coordenação de equipes; auxiliar a engenharia na coordenação de projetos; projetar obras de pequeno porte, coletando dados, elaborando ante-projetos, desenvolvendo projetos, dimensionando estruturas e instalações, especificando materiais, detalhando projetos executivos e atualizando projetos conforme obras; detalhar projetos de grande porte, e outras atividades afins.

ENGENHEIRO CIVIL

Desenvolver projetos de engenharia civil; executar obras; planejar e orçar; coordenar a operação e a manutenção dos mesmos. Controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executados. Elaborar normas e documentação técnica, e outras atividades afins.

ENGENHEIRO SANITARISTA

Desenvolver projetos de engenharia relativos às obras e instalações de saneamento básico ; executar obras; planejar, orçar; coordenar a operação e a manutenção dos mesmos. Controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executados. Elaboram normas e documentação técnica, e outras atividades afins.

GUARDA DE SEGURANÇA

Executar, sob orientação, as tarefas relativas à proteção dos próprios municipais e públicos em geral; executa ronda nas escolas, repartições, praças e parques; zelar pela segurança dos servidores, pessoas e bens municipais; zela pelos eventos municipais bem como outras operações de apoio conforme solicitações e, a partir de orientações recebidas dos superiores. Executa serviços de vigilância, segurança e recepção dos bens públicos municipais, baseando-se em regras de conduta predeterminadas, para assegurar a ordem do prédio e a segurança total, e outras atividades afins.

MOTORISTA

Dirige e conserva veículos automotores, da frota da Administração Pública, tais como ambulâncias, caminhões, ônibus, microônibus e peruas escolares, manipulando os comandos de marcha, direção e demais mecanismos, conduzindo-os e operando-os em programas determinados de acordo com as normas de trânsito e segurança do trabalho e as instruções recebidas, para efetuar o transporte de materiais, pessoas e estudantes, e outras atividades afins.

MUSEÓLOGO

Organizar documentação de arquivos institucionais e pessoais, criar projetos educativos em museus e exposições, organizar acervos museológicos públicos. Dar acesso à informação, conservar acervos. Preparar ações educativas ou culturais, planejar e realizar atividades técnico-administrativas, orientar implantação das atividades técnicas. Participar da política de criação e implantação de museus e instituições arquivísticas, e outras atividades afins.

OPERÁRIO

Executar tarefas braçais sob supervisão, que não exijam conhecimentos e habilidades especiais.

PROGRAMADOR DE COMPUTADOR

Desenvolver sistemas e aplicações, determinando interface gráfica, critérios ergonômicos de navegação, montagem da estrutura de banco de dados e codificação de programas; projetar, implantar e realizar manutenção de sistemas e aplicações; selecionar recursos de trabalho, tais como metodologias de desenvolvimento de sistemas, linguagem de programação e ferramentas de desenvolvimento. Planejar etapas e ações de trabalho, entre outras atividades afins.

RECEPCIONISTA

Recepcionar e prestar serviços de apoio aos munícipes e visitantes; prestar atendimento telefônico e fornecer informações; averiguar suas necessidades e dirigir ao lugar ou à pessoa procurados; agendar serviços; observar normas internas de segurança, conferindo documentos e notificando seguranças sobre presenças estranhas; organizar informações e planejar o trabalho do cotidiano, entre outras atividades afins.

SERVENTE

Realizar serviços de limpeza e conservação das áreas internas dos prédios públicos; controlar e conservar o mobiliário, equipamentos e materiais; auxiliar na manutenção da disciplina, da ordem e limpeza em geral; executar outras tarefas relacionadas com sua área de atuação, que forem determinadas pela chefia imediata, e outras atividades afins.

TÉCNICO EM CONTABILIDADE

Realizar atividades inerentes à contabilidade pública. Identificar documentos e informações, atender à fiscalização e proceder consultoria. Executar a contabilidade geral, operacionalizar a contabilidade de custos e efetuar contabilidade gerencial, e outras atividades afins.