Prefeitura de Populina - SP

PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA

ESTADO DE SÃO PAULO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 01/2007

A PREFEITA MUNICIPAL DE POPULINA, no uso de suas atribuições, por contrato celebrado com o IDEP - INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA, torna público a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização de Concursos Públicos, destinado a selecionar candidatos para provimento nos cargos efetivos, sob Regime Estatutário, conforme subitem 1.2 - Quadro de Cargos.

1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 Este Concurso Público, de acordo com a Legislação que trata da matéria, bem como por este Edital, será executado pelo INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA e destina-se a selecionar candidatos para provimento de cargos efetivos da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA.

1.2 Os Concursos Públicos destinam-se ao preenchimento de vagas existentes dos seguintes cargos do Quadro de Cargos de Provimento Efetivo, conforme quadro abaixo:

CÓDIGO DO CONCURSO

CARGOS

VAGAS

ESCOLARIDADE E REQUISITOS

CARGA HORÁRIA SEMANAL

VENCIMENTOS - R$

TIPO DE PROVA

101

Assistente Social

01

Ensino superior em Serviço Social com registro no órgão de classe competente

40

1.208,78

Objetiva

102

Auxiliar de Consultório Odontológico

01

Curso Técnico em Consultório Odontológico

40

543,15

Objetiva

103

Auxiliar de Farmácia

01

Curso Técnico em Farmácia

40

543,15

Objetiva

104

Auxiliar de Visitador Domiciliar

02

Ensino Fundamental Incompleto

40

516,52

Objetiva

105

Braçal I

06

Ensino Fundamental Incompleto

40

569,77

Objetiva

106

Controlador de Bens

01

Ensino Médio Completo

40

1.634,78

Objetiva

107

Engenheiro Civil

01

Ensino superior em Engenharia Civil, com registro no órgão de classe competente

40

1.102,27

Objetiva

108

Escriturário I

03

Ensino Médio

40

463,27

Objetiva

109

Farmacêutico

01

Curso superior de Farmácia e registro no órgão de classe competente.

20

782,77

Objetiva

110

Gari

10

Ensino Fundamental Incompleto

40

463,27

Objetiva

111

Lavador

01

Ensino Fundamental Incompleto

40

543,15

Objetiva

112

Médico Veterinário

01

Curso superior de Medicina Veterinária e registro no órgão de classe competente

40

1.315,28

Objetiva

113

Motorista

14

Ensino Fundamental Incompleto com CNH Categoria "D"

40

702,90

Objetiva

114

Operador de Máquina Rodoviária

02

Fundamental Incompleto com CNH

40

702,90

Objetiva

115

Psicóloga

01

Curso superior de psicologia, com registro no órgão classe competente.

20

782,77

Objetiva

116

Professor de Educação Básica - PEB I

03

Magistério

20

756,15

Objetiva

117

Tratorista

03

Fundamental Incompleto com CNH

40

649,65

Objetiva

118

Vigia

03

Ensino Fundamental Incompleto

40

489,90

Objetiva

119

Zelador

03

Ensino Fundamental Incompleto

40

543,15

Objetiva

120

Zelador de Cemitério

01

Ensino Fundamental Incompleto

40

569,77

Objetiva

Os cargos e salários são os constantes da Lei Complementar n°. 10/2005 (Estatuto do Magistério Público do Município de Populina) e Lei Complementar n°. 12/2005 (Reorganização e Reestruturação do Quadro de Funcionários e Servidores).

2- DAS VAGAS PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS - PNE

2.1 Para os candidatos Portadores de Necessidades Especiais - PNE é assegurado 5% das vagas nos presentes Concursos Públicos, desde que as atribuições dos cargos sejam compatíveis com a deficiência de que são portadoras, em obediência ao disposto nos Decretos Federais n° 3.298, de 20 de dezembro de 1989 e 5.296 de 02 de dezembro de 2004.

2.1.1 Das vagas de portadores de necessidades especiais: Para o cargo de Professor de Educação Básica - PEB I , Vigia, Zelador, será reservado o equivalente a 5% das vagas.

2.1.2 No ato da inscrição, o candidato portador de deficiência declarará, no espaço próprio da ficha de inscrição, a deficiência da qual é portador.

2.1.3 A inscrição do candidato portador de deficiência que não atender ao item 2.1.1 poderá ser tornada nula, em qualquer época.

2.1.4 O candidato que não declarar, no ato da inscrição, sua condição de portador de deficiência, não poderá alegar posteriormente essa condição, para reivindicar a prerrogativa legal.

2.1.5 Os candidatos PNE,deverão declarar NO ATO DA INSCRIÇÃO, se necessitam de algum atendimento especial para a realização das provas objetivas, declarando no Formulário de Inscrição, no espaço reservado para este fim, para que sejam tomadas as providências cabíveis, com antecedência. Os que não fizerem tal solicitação, não terão as provas preparadas, seja qual for o motivo alegado.

2.1.6 A realização de provas em condições especiais para o candidato portador de deficiência, assim considerada aquela que possibilite a prestação do exame respectivo, é condicionada à solicitação prévia pelo mesmo, sujeita à apreciação e deliberação Comissão Organizadora do Concurso s e depende da possibilidade de operacionalização pelo IDEP - Instituto de Desenvolvimento ao Ensino e Pesquisa, observada a legislação específica.

2.1.7 Os candidatos que, no ato da inscrição, se declararem portadores de deficiência, se classificados nas provas, além de figurarem na lista geral de classificados, terão seus nomes publicados em relação à parte, observada a respectiva ordem de classificação.

2.2 Os candidatos PNE deverão encaminhar o atestado médico contendo a descrição da deficiência com o respectivo CID, pelos Correios via SEDEX, ao Setor de Protocolo do INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA, no prazo e endereço indicado abaixo:

De 17/12/2007 até 11/01/2008. Vale a data que consta no carimbo de postagem do Correio e somente serão considerados os atestados que forem postados até 11/01/2008.

2.2.1 O envelope contendo o atestado médico deverá ser encaminhado para Setor de Protocolo do IDEP - Instituto de Desenvolvimento ao Ensino e Pesquisa, situado na Av. Yojiro Takaoka, n°. 4384 - Conj. 112 - Alphaville - Santana de Parnaíba - SP, CEP 06541-038.

2.2.3 Os candidatos PNE participarão da seleção em igualdade de condições com os demais candidatos de acordo com a legislação e o previsto neste Edital. 2.3 Havendo parecer médico oficial contrário à condição de deficiente, o nome do candidato será excluído da lista correspondente e concorrerá juntamente com os demais candidatos.

2.4 Não ocorrendo a aprovação de candidatos PNE em número suficiente para preencher as vagas reservadas, estas serão preenchidas pelos demais candidatos aprovados no respectivo Concurso.

2.5 Inexistindo candidatos portadores de deficiência, as vagas reservadas deverão ser preenchidas por candidatos não portadores de deficiência.

2.6 Se aprovado e classificado para o provimento dos cargos, o candidato PNE será submetido à avaliação a ser realizada pelo Serviço Médico da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA, ou por terceiros designados pela mesma, na forma da lei, a fim de ser apurada a categoria de sua deficiência e a compatibilidade da deficiência com o exercício das atribuições do cargo.

2.7 Caso o candidato inscrito como PNE não se enquadre nas categorias definidas no art. 4°, incisos I a V, do Decreto Federal n°. 3.298, de 20 de dezembro de 1999, seu nome será excluído da Lista de Candidatos Portadores de Necessidades Especiais e passará a constar apenas na Lista de Classificação Final.

3- DAS ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

A síntese das atribuições e qualificações de cada Cargo destes Concursos constam do Anexo I deste Edital.

4- DA DIVULGAÇÃO

A divulgação oficial de todas as etapas referentes a estes Concursos Públicos se dará através de Editais e/ou Avisos publicados nos seguintes meios e locais:

4.1 No Diário Oficial do Estado de São Paulo.

4.2 Nos quadros de publicações da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA, situada na Rua 13 de Maio, n°. 1211.

4.3 Nos jornais de circulação regional.

4.4 É de responsabilidade exclusiva do candidato o acompanhamento das etapas destes Concursos através dos meios de divulgação acima citados.

5- DAS INSCRIÇÕES

5.1 Para efetuar as inscrições o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para investidura no cargo.

5.2 As inscrições para os Concursos deverão ser realizadas somente pessoalmente, no Centro Catequético de Populina, situada na Rua Santa Rita, s/n em Populina, no período de 10/12/2007 a 14/12/2007, no horário das 9:30 às 12:00 horas e das 13:30 ás 16:30 horas.

5.3 A correta interpretação do atendimento aos requisitos do cargo é de inteira responsabilidade do candidato.

5.4 O IDEP - INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA não se responsabiliza por informações inseridas erroneamente ou por descuido de preenchimento do candidato.

5.5 O candidato, para maior celeridade de sua inscrição, deverá PRIMEIRAMENTE recolher o valor de sua inscrição via depósito em dinheiro na conta corrente em nome do IDEP -INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA, no BANCO BRADESCO, AG: 2774 CONTA CORRENTE Nº.: 0010 110-9.

5.6 O comprovante de pagamento/depósito original da inscrição deverá ser apresentado no ato da inscrição e será retido no ato da mesma, quando o candidato receberá o comprovante definitivo de inscrição. Caso o candidato queira, o mesmo deverá providenciar uma cópia do comprovante para si, antes do preenchimento do formulário de inscrição.

5.7 Os valores das inscrições para os cargos previstos neste Edital são os seguintes:

NÍVEL DE ESCOLARIDADE

VALOR DA INSCRIÇÃO

FUNDAMENTAL INCOMPLETO, TÉCNICO, MÉDIO COMPLETO

R$ 30,00

SUPERIOR , MAGISTÉRIO

R$ 70,00

5.8 Somente a confirmação do depósito em dinheiro do valor da inscrição será considerada válida. Qualquer outra forma de pagamento invalida a inscrição.

5.9. O candidato, ao efetivar sua inscrição assume inteira responsabilidade pelas informações que fizer constar no formulário, sob as penas da lei.

5.10 É vedada a inscrição condicional ou extemporânea, via postal, por FAX, e ou outra forma que não a estabelecida neste edital.

5.11 O valor relativo à inscrição não será devolvido em hipótese alguma, exceto no caso previsto na Lei Estadual n° 13.801, de 26 de dezembro de 2000, que dispõe sobre a devolução da taxa de inscrição em concurso público não realizado.

5.12 A inscrição poderá ser feita por procurador com poderes específicos, mediante entrega de procuração do interessado, acompanhada de cópia legível do documento de identidade do candidato.

5.13 O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador, arcando com as conseqüências de eventuais erros de seu representante no preenchimento do formulário de inscrição e em sua entrega.

5.14 Efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alteração de cargo.

5.15 Havendo inscrições múltiplas do mesmo candidato em cargos cujas provas ocorram em um único turno, prevalecerá a inscrição de data mais recente.

5.16 As inscrições efetuadas de acordo com o disposto neste item serão homologadas pela PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA, significando tal ato que o candidato está habilitado a participar das demais etapas do Certame.

5.17 Será encaminhado a cada candidato, correspondência pelos correios, comunicando-lhe dados de sua inscrição, o cargo para o qual se inscreveu, a data de realização da prova, seu local de prova (escola/sala) com respectivo endereço e horário.

5.18 É obrigação do candidato conferir todos os seus dados e caso haja divergência, deverá o candidato comunicar ao Fiscal de Sala no dia da prova. 5.19 Caso o candidato não receba o respectivo comunicado em até 05 dias úteis antes da data programada para a realização das provas, poderá obter as mesmas informações no mural da prefeitura, onde constarão as informações gerais.

5.20 A PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA não se responsabilizam por quaisquer atos ou fatos decorrentes de informações e endereço incorretos ou incompletos fornecidos pelo candidato.

5.21 A inscrição nos presente Concurso Público implica no conhecimento e na expressa aceitação das condições estabelecidas neste Edital, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento.

5.22 O requerimento de inscrição, bem como o valor pago referente à taxa de inscrição são pessoais e intransferíveis.

5.23 Não haverá isenção total ou parcial do valor da inscrição.

6- DA PROVA OBJETIVA - CLASSIFICATÓRIA E ELIMINATÓRIA

6.1 A Prova Objetiva para todos os cargos constantes do Quadro do subitem 1.2 tem caráter eliminatório e classificatório.

6.2 As Provas Objetivas serão realizadas em escolas do Município de POPULINA.

6.3 As questões da Prova Objetiva são do tipo múltipla escolha e cada questão conterá 5 (cinco) alternativas de resposta sendo somente 1 (uma) correta.

6.4 A relação de disciplinas, a quantidade de questões por disciplina, o valor de cada questão e a pontuação necessária para aprovação estão descritos no Anexo II deste Edital.

6.5 As provas serão realizadas em locais a serem divulgados conforme item 4- DA DIVULGAÇÃO e distribuídas de acordo com o quadro abaixo, AINDA A SEREM CONFIRMADAS.

 

TURNO MANHÃ (8h às 12h)

TURNO TARDE (14h às 18h)

SÁBADO (02/02/2008)

A SER DIVULGADO

A SER DIVULGADO

DOMINGO (03/02/2008)

A SER DIVULGADO

A SER DIVULGADO

6.6 Os Conteúdos Programáticos dos Cargos constam do Anexo III.

6.7 A duração da prova objetiva para todos os cargos será de 4 (quatro) horas.

6.8 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de 1 (uma) hora do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, Comprovante de Inscrição e, obrigatoriamente, do documento de identificação com foto.

6.9 Serão considerados documentos de identificação: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores do exercício profissional; passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente o modelo novo, com foto).

6.10 O documento de identificação deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato e de sua assinatura. Não serão aceitos como documentos de identificação: CPF (CIC), certidões de nascimento, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo antigo sem foto), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade nem cópias de documentos de identificação, ainda que autenticados, ou protocolos de entrega de documentos.

6.11 Não será admitido o ingresso de candidatos no local de realização das provas após o horário fixado para o seu início.

6.12 Ao entrar na sala o candidato recebe seu Cartão de Respostas, o qual deve ser assinado e ter seus dados conferidos.

6.13 Não haverá segunda chamada para a Prova Objetiva. O não comparecimento na Prova Objetiva, qualquer que seja a alegação, acarretará a eliminação automática do candidato do certame.

6.14 É vedado ao candidato prestar a prova objetiva fora do local, data e horário divulgados pela organização dos Concursos Públicos.

6.15 O candidato somente poderá retirar-se do local de realização da prova, após 1h (uma hora) do início da mesma.

6.16 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em virtude do afastamento do candidato da sua sala.

6.17 Durante a realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação, informações referentes ao conteúdo e aos critérios de avaliação das mesmas.

6.18 Será automaticamente ELIMINADO do certame o candidato que, durante a realização da prova:

a) usar ou tentar usar meios fraudulentos ou ilegais para a sua realização;

b) for surpreendido dando ou recebendo auxílio na resolução da prova;

c) utilizar-se de anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta;

d) utilizar-se de quaisquer equipamentos eletrônicos que permitam o armazenamento ou a comunicação de dados e informações;

e) faltar com a devida urbanidade para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, as autoridades presentes ou candidatos;

f) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

g) ausentar-se da sala, durante a prova, portando o Cartão de Respostas ou Caderno de Questões;

h) descumprir as instruções contidas no Caderno de Questões;

i) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.

6.19 Serão consideradas respostas incorretas as questões que contiverem mais de uma ou nenhuma alternativa assinalada, ou que contiver emenda ou rasura ou não preenchidas pelo candidato no Cartão de Respostas.

6.20 O candidato deverá transcrever as respostas da prova objetiva para o Cartão de Respostas, que será o único documento válido para a correção. O preenchimento do Cartão de Respostas é de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder de conformidade com as instruções específicas contidas na capa do Caderno de Questões. Não haverá substituição do Cartão de Respostas por erro do candidato.

6.21 Será eliminado do concurso o candidato que não obtiver no mínimo 50% (cinqüenta por cento) de acerto do total de questões da prova para o cargo a que está concorrendo.

6.22 Ao terminar a Prova Objetiva, o candidato entregará ao Fiscal de Sala, obrigatoriamente, o Cartão de Respostas devidamente assinado.

7- DA CONVOCAÇÃO PARA AS PROVAS

As convocações para a Prova Objetiva, serão divulgadas através de Avisos, conforme disposto do item 4- DA DIVULGAÇÃO, deste Edital.

8- DOS RECURSOS

8.1 O candidato poderá interpor recurso no prazo de 02 (dois) dias úteis a contar do primeiro dia subseqüente às publicações, conforme item 4 - DA DIVULGAÇÃO nos seguintes casos:

a) referente às inscrições não homologadas;

b) referente às questões das Provas Objetivas e Gabaritos;

8.2 Os recursos deverão ser protocolados na PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA, na situada na Rua 13 de Maio, n°. 1211, no período e horário a serem divulgados através de Aviso, conforme item 4- DA DIVULGAÇÃO deste Edital.

8.3 Para cada questão recorrida deverá ser utilizado um formulário denominado Recurso Administrativo (Anexo IV), onde devem ser fundamentadas as razões pelas quais o recorrente discorda do gabarito ou conteúdo da questão.

8.4 O Requerimento de Recurso (Anexo V), devidamente preenchido, deverá capear o(s) recurso(s) administrativo(s) referidos no subitem 8.3.

8.5 O(s) Recurso(s) Administrativo(s) e o Requerimento de Recurso deverão ser digitados ou datilografados ou preenchidos com letra de forma.

8.6 Não serão aceitos recursos enviados por via postal, via e-mail e fac-símile ou qualquer outro meio que não o previsto neste Edital.

8.7 Após o julgamento dos recursos sobre gabaritos e questões objetivas, os pontos correspondentes às questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os candidatos, indistintamente, do mesmo modo, quando houver alteração de gabarito, ela valerá para todos os candidatos independentemente de terem recorrido.

8.8 Eventuais alterações de gabarito, após análise de recursos, serão divulgadas conforme item 4 - DA DIVULGAÇÃO, deste Edital.

8.9 A Comissão Examinadora do IDEP - INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA é a última instância para recursos, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

8.10 Serão indeferidos os recursos que não atenderem os dispositivos aqui estabelecidos.

9- DA CLASSIFICAÇÃO

A Classificação Final observará a ordem numérica decrescente da pontuação obtida na Prova Objetiva, segundo o cargo para qual foi inscrito e aplicando os critérios de desempate conforme item 10- DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE.

10- DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

10.1 Em caso de igualdade na pontuação final do Concurso, o desempate se dará adotando-se os critérios abaixo, pela ordem e na seqüência apresentada, obtendo melhor classificação o candidato que tiver:

a) idade mais elevada dos candidatos com 60(sessenta) anos ou acima, nos termos do parágrafo único do artigo 27 da Lei Federal n° 10741/2003, na data do término das inscrições;

b) obtido a maior pontuação em Conhecimentos Específicos (quando for o caso);

c) obtido a maior pontuação em Língua Portuguesa;

d) obtido a maior pontuação em Matemática (quando for o caso);

e) obtido a maior pontuação em Noções de Informática (quando for o caso);

f) obtido a maior pontuação em Conhecimentos Gerais (quando for o caso);

g) obtido a maior pontuação em Estatuto do Funcionário (quando for o caso);

10.2 Persistindo o empate entre os candidatos, depois de aplicados todos os critérios acima, o desempate se dará através de sorteio.

10.3 O sorteio de que trata o item acima, será realizado ordenando-se as inscrições dos candidatos empatados, de acordo com o seu número de inscrição, de forma crescente ou decrescente, conforme o resultado do primeiro prêmio da extração da Loteria Federal do dia imediatamente anterior ao dia de aplicação da Prova Objetiva, conforme os seguintes critérios:

a) se a soma dos algarismos do número sorteado no primeiro prêmio da Loteria Federal for par, a ordem será a crescente;

b) se a soma dos algarismos da Loteria Federal for ímpar, a ordem será a decrescente.

11 - DOS TÍTULOS

11.1 Concorrerão à contagem de pontos por TÍTULOS, para efeito somente de classificação, os candidatos aos cargos de Nível Superior que no ato de sua inscrição, entregarem os comprovantes de títulos, de acordo com a tabela abaixo discriminada, sendo desconsiderados os demais.

11.2 Os candidatos preencherão no momento da inscrição, requerimento dirigido à Comissão de Concurso Público, anexando os documentos estipulados no item subitem 11.1.

11.3 Não serão considerados, para fins de pontuação, protocolos dos documentos, devendo estes serem apresentados em cópias reprográficas autenticadas.

11.4 Os certificados expedidos em língua estrangeira deverão ser revalidados pelo órgão competente.

11.5 Todos os documentos apresentados não serão devolvidos em hipótese alguma, pois farão parte da documentação de classificação do candidato.

11.6 TABELA DE TÍTULOS

ESPECIFICAÇÃO DO TÍTULO

VALOR UNITÁRIO

VALOR MÁXIMO

COMPROVANTES

A) Título de Doutorado relacionada à sua Área.

6,00

6,00

Diploma devidamente registrado ou declaração

B) Título de Mestrado relacionado à sua área.

3,00

3,00

Certificado de conclusão de curso

C) Título de Pós-Graduado relacionado à sua área.

1,50

1,50

Certificado / declaração de conclusão de curso

NORMAS RELATIVAS AOS TÍTULOS:

11.7 Não serão aceitos títulos fora do prazo determinado para sua entrega.

11.8 Não serão avaliados títulos não especificados na tabela.

11.9 Será permitida a apresentação dos títulos por procuração mediante entrega do respectivo mandato, acompanhado de cópia do documento de identificação do procurador e apresentação do comprovante de inscrição.

11.10 Não serão aceitos protocolos de documentos, os quais deverão ser apresentados em cópias reprográficas autenticadas ou acompanhados do original, para serem vistadas pelo receptor.

11.11 Os cursos realizados no exterior deverão ser reavaliados por universidades oficiais que mantenham cursos congêneres, credenciados junto aos órgãos competentes.

11.12 Após a entrega dos títulos pelo candidato, não será permitida, em hipótese alguma, a juntada ou substituição de quaisquer documentos.

11.13 Os documentos relativos aos títulos serão analisados pelo IDEP - INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA e pela Comissão de Concurso Público, que será responsável pelo deferimento ou indeferimento e a respectiva contagem de pontos, de acordo com o presente Edital.

12- DA PUBLICAÇÃO DOS RESULTADOS

12.1 O Gabarito Preliminar (antes da análise dos recursos) será divulgado, conforme item 4- DA DIVULGAÇÃO, em até 05 (cinco) dias úteis após a realização da prova objetiva e, ao término da análise dos recursos, será divulgado o Gabarito Definitivo.

12.2 A Classificação Final contendo os resultados obtidos nas Provas Objetivas, será divulgada através de Avisos conforme disposto no item 4- DA DIVULGAÇÃO, deste Edital.

13- DO PROVIMENTO DAS VAGAS

13.1 O provimento dos Cargos obedecerá rigorosamente à ordem de classificação dos candidatos aprovados.

13.2 Os aprovados que vierem a ingressar no Quadro de Pessoal PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA, serão regidos pelo Regime Estatutário, conforme Lei Complementar Municipal 10/2005 ; LC nº. 12/2005 e LC nº. 02/1995.

13.3 Os aprovados que vierem a ingressar no Quadro de Pessoal da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA estarão sujeitos à jornada de trabalho correspondente ao Plano de Cargos e Vencimentos (Lei Complementar Municipal 10/2005 ; LC nº. 12/2005 e LC nº. 02/1995), inclusive com as alterações que vierem a se efetivar, bem como poderão ser convocados para laborar em regime de plantão para o bom desempenho do serviço.

13.4 Ficam comunicados os candidatos classificados, de que sua posse no Cargo, só lhes será dada se atenderem às exigências a seguir:

a) ter sido aprovado no presente concurso;

b) ser brasileiro nato ou naturalizado, ou cidadão português a quem foi conferida a igualdade, nas condições previstas no Decreto Federal n° 70.391, de 12/01/72;

c) estar quite com as obrigações eleitorais;

d) estar quite com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino;

e) possuir escolaridade mínima exigida em cada Cargo, na data da posse, conforme Anexo I deste Edital;

f) ter 18 (dezoito) anos completos na data da posse;

g) não estar incompatibilizado com investidura do Cargo, inclusive em razão de demissão por atos de improbidade, comprovados por meio de sindicância e ou inquérito Administrativo, na forma da Lei;

h) possuir habilitação para o exercício da função;

i) ser considerado apto nos exames clínicos e complementares;

j) se deficiente físico, apresentar atestado médico da deficiência de que é portador;

l) no ato da posse, os candidatos dos cargos de nível técnico e superior deverão apresentar cópia autenticada do diploma e seu comprovante de inscrição no órgão de classe da sua profissão.

14- DA HOMOLOGAÇÃO E DA VALIDADE

14.1 O resultado final homologado pela PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA será divulgado por cargo e conterá os nomes dos candidatos classificados, obedecendo à estrita ordem de classificação.

14.2 A validade do Concurso Público será de 2 (dois) anos a partir da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado pelo prazo máximo de 2 (dois) anos, a critério da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA.

15-DA CONVOCAÇÃO PARA INGRESSO

15.1 Durante o período de validade deste Concurso Público, fica o candidato aprovado obrigado a manter atualizado junto a PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA seus dados cadastrais e endereço, sob pena de perder a vaga que lhe corresponderia quando da convocação.

15.2 Para a Posse, o candidato deve satisfazer as condições definidas na Lei Complementar Municipal 10/2005 ; LC nº. 12/2005 e LC nº. 02/1995.

15.3 A divulgação da Convocação dos Aprovados nestes Concursos se dará através de Avisos conforme disposto no item 4- DA DIVULGAÇÃO, deste Edital, devendo o candidato comparecer no local e horário estabelecido pela PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA no prazo de 10 (dez) dias úteis após a convocação.

15.4 Por ocasião do ingresso, serão exigidos dos candidatos classificados os documentos relativos à confirmação das condições estabelecidas nos subitens 1.2 e 13 deste Edital, sendo que a não apresentação de quaisquer deles importará na exclusão do candidato da lista de classificados.

15.5 O candidato aposentado por aposentadoria especial não poderá ingressar na PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA em cargo/função cujo exercício da atividade infrinja disposição contida na Lei nº 9.032/95.

15.6 No ato da contratação, o candidato não poderá estar aposentado por invalidez e nem possuir idade de aposentadoria compulsória, ou seja, 70 anos. Também não poderá receber proventos de aposentadoria oriundo de cargo, emprego ou função exercidos perante a União, Estado, Distrito Federal, Município e suas autarquias, empresas ou fundações, conforme preceitua o Art. 37, § 10 da Constituição Federal, com a redação de Emenda Constitucional n° 20 de 15/12/98, ressalvada as acumulações permitidas pelo inciso XVI do citado dispositivo constitucional, os cargos eletivos e os cargos ou empregos em comissão.

16-DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

16.1 O edital completo, incluindo seus anexos, bem como todas as etapas, inclusive a publicação da classificação final, serão afixados no mural da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA.

16.1 PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA e o INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA não assumem qualquer responsabilidade quanto ao transporte, alojamento e/ou alimentação dos candidatos, quando da realização das etapas deste certame.

16.2 O candidato que fizer qualquer declaração falsa ou inexata ao se inscrever, ou que não possa satisfazer todas as condições enumeradas neste Edital, terá cancelada sua inscrição e serão anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que tenha sido aprovado nas provas e exames ou nomeado.

16.3 A aprovação e classificação final, geram, para o candidato, apenas a expectativa de direito à nomeação. Os candidatos aprovados neste concurso serão convocados na medida das necessidades de pessoal da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA.

16.4 Por justo motivo, da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA, a realização de 01 (uma) ou mais provas do presente concurso poderá ser adiada, sem a necessidade de prévio aviso, devendo, no entanto, ser comunicado aos candidatos por novo Edital ou por comunicação direta, as novas datas em que se realizarão as provas.

16.5 A qualquer tempo poder-se-á anular a inscrição, a prova ou a nomeação do candidato, desde que verificada quaisquer falsidades nas declarações ou quaisquer irregularidades na prova ou nos documentos apresentados.

16.6 Alterações da legislação constante dos objetos de avaliação ocorridas após a data de publicação deste Edital não serão objetos de avaliação na prova deste concurso público.

16.7 Todas as demais informações sobre o presente Concurso, serão divulgadas conforme o disposto no item 4- DA DIVULGAÇÃO, cabendo, no entanto, ao candidato, a responsabilidade de manter-se informado e informar seu endereço certo para recebimento de correspondências.

16.8 Os casos omissos, pertinentes à realização deste Concurso Público serão dirimidos, pela Comissão de Concurso da PREFEITURA MUNICIPAL DE POPULINA, em conjunto com o INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA.

17- ÍNDICE DE ANEXOS

ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

ANEXO II - DETALHAMENTO DAS PROVAS OBJETIVAS ANEXO III - CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

ANEXO IV - RECURSO ADMINISTRATIVO

ANEXO V - REQUERIMENTO DE RECURSO

POPULINA, 05 de Dezembro de 2007.
Maria Regina Salmazo Custódio
PREFEITA MUNICIPAL

ANEXO I
ATRIBUIÇÃO DOS CARGOS

CARGOSATRIBUIÇÕES DO CARGO
Assistente Social

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino superior em Serviço Social com registro no órgão de classe competente.

DESCRIÇÃO: Prestação de serviços no âmbito social a indivíduos e grupos, identificando e analisando seus problemas e necessidades materiais, financeiras e psicossociais para prevenir ou eliminar desajustes promovendo a integração dos servidores municipais e da comunidade.

ATIVIDADES: elaborar e acompanhar a implantação de projetos sociais, na comunidade, creches e escolas; aconselhar e orientar indivíduos afetados em seu equilíbrio emocional, baseando-se no conhecimento e comportamento das pessoas, aplicando a técnica do serviço social para possibilitar seu desenvolvimento e conseguir seu ajustamento ao meio social; promover a participação consciente dos indivíduos em grupos, desenvolvendo suas potencialidades e promovendo atividades educativas, recreativas e culturais para assegurar o progresso coletivo e a melhoria do comportamento individual; assistir ao trabalhador em problemas referentes à adaptação profissional por diminuição da capacidade de trabalho, orientando-o em sua relações;executar outras atividades correlatas.

Auxiliar de Consultório Dentário

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Curso Técnico em Consultório Dentário

DESCRIÇÃO: Serviço auxiliar e de suporte em consultório dentário.

ATIVIDADES:. orientar os pacientes sobre higiene dental; marcar consultas; preencher e anotar fichas clínicas; manter em ordem arquivo e fichário clínico; responsabilizar-se pela manutenção, conservação e funcionamento dos equipamentos odontológicos; manipular material odontológico; preparar o paciente para o atendimento; instrumentar e auxiliar o odontólogo e o técnico em higiene dental junto à cadeira operatória; executar outras atividades correlatas.

Auxiliar de Farmácia

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Curso Técnico em Farmácia

DESCRIÇÃO: Executar tarefas de preenchimento de formulários e pedidos, recepcionar pacientes e clientes, controlar quantidade de medicamentos.

ATIVIDADES: auxiliar o farmacêutico naquilo em que este determinar; ministrar injeções e vacinas nos pacientes; elaborar e manter atualizado o controle de estoque farmacêutico; preparar, desinfetar e esterilizar material e instrumentos de trabalho; fazer o atendimento da farmácia e o dispensamento de medicamentos; zelar pela conservação do material utilizado na execução de suas tarefas; executar outras atividades correlatas;

Auxiliar de Visitador Domiciliar

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino Fundamental Incompleto

ATIVIDADES/DESCRIÇÃO: Auxiliar na execução de tarefas do Visitador Domiciliar, colaborando com o bem atendimento e presteza do trabalho, executar outras atividades correlatas;

Braçal I

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino fundamental incompleto

DESCRIÇÃO: Execução de serviços braçais e auxiliares variados.

ATIVIDADES: executar serviços braçais tais como carregamento e empilhamento de tijolos, blocos, trabalho braçal; cavação e compactação de valetas, confecção de cercas, plantio e colheita; executar serviços de aterro e desaterro; fazer carregamento e descarregamento de caminhões; carregar terra, areia e entulhos em caminhões; zelar no uso e pela manutenção de ferramentas; realizar trabalhos de limpeza, varrição, capinação, roçagem e distribuição de ração ao gado; executar serviços auxiliares de alvenaria, pintura e obras; zelar pela limpeza e higiene; executar outras atividades correlatas.

Controlador de bens

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino Médio Completo

DESCRIÇÃO: Controlar e registrar os bens públicos municipais

ATIVIDADES: Controlar os bens do município, registrando-os como patrimônio, zelando pelo bom uso e conservação dos bens públicos, como também organizar e registrar os bens considerados inservíveis; executar outras tarefas correlatas.

Engenheiro Civil

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino superior em Engenharia Civil, com registro no órgão de classe competente

DESCRIÇÃO: Elaboração, execução e supervisão de atividades inerentes ao campo da Engenharia Civil.

ATIVIDADES: elaborar projetos de construções, preparando plantas e especificações da obra, indicando os tipos e qualidade dos materiais, equipamentos e mão de obra necessários, efetuando cálculos e orçamento aproximado dos custos, para apreciação do superior hierárquico; elaborar, executar e dirigir projetos de engenharia civil, estudando características e preparando planos, métodos de trabalho e demais dados requeridos para possibilitar e orientar a construção, manutenção e reparo de obras e assegurar os padrões técnicos exigidos;

prestar assessoramento às obras públicas e manutenção de praça; executar outras atividades correlatas.

Escriturário I

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino Médio

DESCRIÇÃO: Executar tarefas de apoio administrativo em geral

ATIVIDADES: Executar tarefas de apoio administrativo de maior complexidade, em diversas unidades organizacionais da prefeitura municipal, digitando, conferindo documentos e processos, efetuando lançamentos e controles dentre outras atividades correlatas.

Farmacêutico

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Curso superior de Farmácia e registro no órgão de classe competente.

DESCRIÇÃO: Executar tarefas relacionadas com a composição e distribuição de medicamentos, parasitologia básica, hematologia básica, toxicológicas e clínicas bem como efetuar fiscalização nas farmácias, laboratórios, postos e distribuidoras de medicamento; dentre outras atividades correlatas.

Gari

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino Fundamental Incompleto

DESCRIÇÃO: Zelar pela limpeza de ruas e espaços públicos em geral.

ATIVIDADES: Limpar ruas e logradouros, coletando o lixo e depositando-o no caminhão de lixo, entre outras tarefas correlatas; Limpar ruas e logradouros, a executar serviços simples de limpeza e arrumação, de zeladoria, nas diversas unidades da Prefeitura, entre outras tarefas correlatas.

Lavador

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino Fundamental Incompleto

DESCRIÇÃO: Zelar pela limpeza interna e externa de bens e espaços públicos em geral.

ATIVIDADES: Executar tarefas que se destinam à limpeza, lavagem e conservadoria interna e externa nas edificações públicas, bem como nas diversas unidades da Prefeitura, entre outras tarefas correlatas.

Médico Veterinário

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Curso superior de Medicina Veterinária e registro no órgão de classe competente.

DESCRIÇÃO: Efetuar exames veterinários, estabelecendo diagnósticos, prescrevendo medicamentos e outras formas de tratamento para os diversos tipos de lesões, enfermidades e transtornos do organismo animal; Realizar inspeção sanitária e controle de qualidade de produtos de origem animal e de estabelecimentos que comercializam com gêneros alimentares e similares. Realizar tratamento clínico e cirúrgico de pequenos e grandes animais, orientar a população quanto à prevenção e combate de moléstias infecto-contagiosas e parasitárias de animais, através da difusão e aplicação de métodos profiláticos e terapêuticos; executar outras tarefas correlatas.

Motorista

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino fundamental Incompleto com CNH categoria "D".

DESCRIÇÃO:Conduzir veículos, transportando pessoas, pacientes, cargas e/ou materiais aos locais preestabelecidos e, ainda:

ATIVIDADES: conhecer as normas de trânsito brasileiras, direção defensiva, noções de primeiros socorros, mecânica, normas de segurança do trânsito e sinalização; dirigir automóveis utilizados no transporte oficial de passageiros; vistoriar o veículo a ser utilizado, verificando o nível de água, óleo, combustível, lubrificante e outros; executar a programação e itinerário estabelecidos pela ordens de serviço; inspecionar as partes vitais do veículo, comunicando a quem de direito as falhas verificadas; providenciar o abastecimento do veículo; executar reparos de emergência no veículo; executar outra atividades correlatas.

Operador de Máquina Rodoviária

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino fundamental Incompleto com CNH.

DESCRIÇÃO:Conduzir veículos da espécie, manobras, conhecimentos sobre os instrumentos do painel de comando.

ATIVIDADES: conhecer as normas de trânsito brasileiras, direção defensiva, noções de primeiros socorros, mecânica, normas de segurança do trânsito e sinalização; vistoriar o veículo a ser utilizado, verificando o nível de água, óleo, combustível, lubrificante e outros; executar a programação e itinerário estabelecidos pelas ordens de serviço; inspecionar as partes vitais do veículo, comunicando a quem de direito as falhas verificadas; Manutenção do veículo; Direção e operação veicular de máquinas leves e pesadas motorizadas e não motorizadas.

Psicólogo

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Curso superior de psicologia, com registro no órgão classe competente.

DESCRIÇÃO: Coordenar, orientar e executar tarefas especializadas referentes ao estudo do comportamento humano e a dinâmica da personalidade com vistas à orientação psico-pedagógica, ocupacional, clínica e ao ajustamento individual.

ATIVIDADES: Na função clínica, proceder ao exame de indivíduos com problemas de comportamento familiar ou social ou distúrbios psíquicos; desenvolver trabalhos com alunos que apresentem dificuldades, promovendo sua integração e crescimento, visando o desenvolvimento educacional; analisar a influência de fatores hereditários, ambientais e outros que atuam sobre o indivíduo, entrevistando o paciente, consultando ficha de atendimento, aplicando testes e outros métodos de verificação para orientar-se no diagnóstico e tratamento psicológico adequado; realizar estudos e diagnósticos psicológicos de servidores com problemas de ajustamento e promover a sua reintegração; executar outras tarefas correlatas.

Professor de Educação Básica - PEB I

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Magistério

DESCRIÇÃO: Regência de classe de educação infantil, no ensino fundamental, de 1ª à 4ª série.

ATIVIDADES: participar da elaboração da proposta pedagógica de sua unidade escolar; cumprir o plano de trabalho estabelecido de acordo com a proposta pedagógica de sua unidade escolar; elaborar programas e planos de aula, relacionando e confeccionando material didático a ser utilizado, em articulação com a equipe de orientação pedagógica; ministrar aulas, repassando aos alunos os conteúdos definidos nos planos de aula; elaborar, aplicar e corrigir testes, provas e outros instrumentos usuais de avaliação para verificação do aproveitamento dos alunos e da eficácia dos métodos adotados; executar outras atribuições afins.

Tratorista

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino fundamental Incompleto com CNH.

DESCRIÇÃO:Conduzir veículos da espécie, manobras, conhecimentos sobre os instrumentos do painel de comando.

ATIVIDADES: conhecer as normas de trânsito brasileiras, direção defensiva, noções de primeiros socorros, mecânica, normas de segurança do trânsito e sinalização; vistoriar o veículo a ser utilizado, verificando o nível de água, óleo, combustível, lubrificante e outros; . executar a programação e itinerário estabelecidos pelas ordens de serviço; inspecionar as partes vitais do veículo, comunicando a quem de direito as falhas verificadas; Manutenção do veículo; Direção e operação veicular de máquinas leves e pesadas motorizadas e não motorizadas; Operar tratores e reboques montados sobre rodas, para carregamento e descarregamento de materiais, roçadas de terrenos, preparo da terra e desobstrução de vias públicas; executar outras atribuições afins.

Vigia

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino fundamental Incompleto

ATIVIDADES: Executar serviços de vigilância e segurança dos bens públicos municipais, baseando-se em regras de conduta predeterminadas, para assegurar a ordem do prédio e segurança do local; Executar tarefas de vigilância nas entidades, rondando suas dependências, observando a entrada e saída de pessoas e bens, objetivando a proteção do patrimônio público municipal; executar outras atribuições afins.

Zelador

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino Fundamental Incompleto

DESCRIÇÃO: Zelar pelos bens públicos municipais

ATIVIDADES: Zelar pelo bom uso e conservação dos bens públicos, atuando em todas as dependências públicas municipais para o qual for designado, atuando com presteza e zelando pelo bom funcionamento do serviço público; executar outras tarefas correlatas.

Zelador de Cemitério

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA: Ensino Fundamental Incompleto

DESCRIÇÃO: Zelar pelo bom funcionamento do cemitério

ATIVIDADES:Zelar pelo cumprimento das exigências de sepultamento, exumação e localização de sepulturas; Abre e fecha portões do cemitério, bem como controlar o horário de visitas; participa do trabalho de caiação de muros, paredes e similares;Executa serviços de limpeza e conservação, varrendo e recolhendo matérias, instrumentos e equipamentos que utiliza; executa outras tarefas correlatas determinado por superior, colaborando para o permanente aprimoramento da prestação de serviços..

ANEXO II
DO TIPO DE PROVA - Nº QUESTÕES - VALORAÇÃO E CRITÉRIOS PARA APROVAÇÃO

NÍVEL DE ENSINO - FUNDAMENTAL INCOMPLETO - 1ª A 4ª SÉRIES

CARGOS

VALORAÇÃO PARA PROVA OBJETIVA, COMPOSIÇÃO E N° DE QUESTÕES:

CRITÉRIO PARA APROVAÇÃO

Língua Portuguesa

Matemática

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Específicos

Total De Questões

Valor por Questão

Auxiliar de Visitador Domiciliar

10

10

10

-

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Braçal I

10

10

10

-

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Gari

10

10

10

-

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Lavador

10

10

10

-

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Motorista

10

05

05

10

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Operador de Máquinas Rodoviárias

10

05

05

10

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Tratorista

10

05

05

10

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Vigia

10

10

10

-

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Zelador

10

10

10

-

30

0,333

Vide itens 9 e 10

Zelador de Cemitério

10

10

10

-

30

0,333

Vide itens 9 e 10

NÍVEL DE ENSINO - MÉDIO E TÉCNICO

CARGOS

VALORAÇÃO PARA PROVA OBJETIVA, COMPOSIÇÃO E N° DE QUESTÕES:

CRITÉRIO PARA APROVAÇÃO

Língua Portuguesa

Matemática

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Específicos

Total De Questões

Valor por Questão

Auxiliar de Consultório Odontológico

10

05

10

15

40

0,25

Vide itens 9 e 10

Auxiliar de Farmácia

10

05

10

15

40

0,25

Vide itens 9 e 10

Controlador de Bens

10

05

10

15

40

0,25

Vide itens 9 e 10

Escriturário I

10

05

10

15

40

0,25

Vide itens 9 e 10

Professor de Educação Básica - PEB I

10

10

05

15

40

0,25

Vide itens 9 e 10

NÍVEL DE ENSINO - SUPERIOR ESPECÍFICO

CARGOS

VALORAÇÃO PARA PROVA OBJETIVA, COMPOSIÇÃO E N°. DE QUESTÕES:

CRITÉRIO PARA APROVAÇÃO

Língua Portuguesa

Conhecimentos Básicos de Computação

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Específicos

Total De Questões

Valor por Questão

Assistente Social

15

-

10

25

50

0,20

Vide itens 9 e 10

Engenheiro Civil

10

05

10

25

50

0,20

Vide itens 9 e 10

Farmacêutico

10

05

10

25

50

0,20

Vide itens 9 e 10

Médico Veterinário

10

05

10

25

50

0,20

Vide itens 9 e 10

Psicólogo

15

-

10

25

50

0,20

Vide itens 9 e 10

ANEXO III

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

- NÍVEL DE ENSINO - FUNDAMENTAL INCOMPLETO - 1ª A 4ª SÉRIES

PARA TODOS OS CARGOS: Lei Fundo de Previdência n°. 1.107/2006 e Lei Complementar n°. 02/1995 - Estatuto do Funcionário, ambas do Município de Populina. CONHECIMENTOS OBJETIVOS envolvendo Língua Portuguesa: Substantivos: próprio, comum, simples, composto, coletivo, gênero, número e grau; Plural de substantivos e adjetivos; pontuação;Artigos; Preposição; Pronomes; adjetivos; Verbos; Comparação de palavras entre si: sinônimo e antônimo; Acentuação e sinais gráficos; Ortografia; Sinais de pontuação; Análise e interpretação de textos;Divisão silábica; Sílaba Tônica; Ordem alfabética; concordância; Classificação das palavras quanto ao número de sílabas;Matemática: Conjunto dos números naturais: quatro operações fundamentais - resolução de problemas sobre as quatro operações; Sistema de numeração decimal: números até bilhão; Noções de: dúzia, arroba, metade, dobro, triplo,um quarto ou quarta parte, um terço ou terça parte; Medidas de: comprimento, superfície, massa, capacidade e tempo - transformações - problemas; Número decimal: operações. Sistema Monetário Nacional - Real; Perímetro e área de quadrado e retângulo; Operações com frações; Operações com números decimais.Conhecimentos Gerais: Elementos de política brasileira, Panorama da economia nacional. Cultura Geral, História e Geografia do Brasil e do Município, Meio Ambiente e Cidadania; Atualidades Locais, Nacionais e Internacionais e Curiosidades; Siglas Nacionais e Internacionais; Países: Capitais, Continentes e Adjetivos Pátrios; Unidades Monetárias dos Países; Estados Brasileiros e suas capitais com respectivos adjetivos pátrios; FONTES: Imprensa escrita, falada e televisiva;

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

OPERADOR DE MÁQUINAS RODOVIÁRIA/ TRATORISTA/MOTORISTA LEGISLAÇÃO E REGRAS DE CIRCULAÇÃO: Legislação e Sinalização de Trânsito; Normas gerais de circulação e conduta; manobras; Sinalização de Trânsito; Direção defensiva; Primeiros Socorros; Proteção ao Meio Ambiente; Cidadania; Noções de mecânica básica de autos; Código de Trânsito Brasileiro e seus Anexos, Decreto n° 62.127 de 16/01/68 e Decreto n° 2.327 de 23/09/97.

OPERADOR DE MÁQUINAS RODOVIÁRIA - E MAIS: Condução de veículos da espécie;manobras;conhecimentos sobre os instrumentos do painel de comando; manutenção do veículo; direção e operação veicular de máquinas leves e pesadas, motorizadas e não motorizadas.

TRATORISTA E MAIS: Condução de veículos da espécie;manobras;conhecimentos sobre os instrumentos do painel de comando; manutenção do veículo; direção e operação veicular; acoplagem de implementos diversos.

- NÍVEL DE ENSINO - MÉDIO / TÉCNICO / MAGISTÉRIO

PARA TODOS OS CARGOS: Lei Fundo de Previdência n°. 1.107/2006 e Lei Complementar n°. 02/1995 - Estatuto do Funcionário, ambas do Município de Populina. CONHECIMENTOS OBJETIVOS envolvendo: Língua Portuguesa: FONOLOGIA: Conceitos básicos; Classificação dos fonemas; Sílabas; Encontros Vocálicos; Encontros Consonantais; Dígrafos; Divisão silábica. ORTOGRAFIA: Conceitos básicos; O Alfabeto português; Orientações ortográficas. ACENTUAÇÃO: Conceitos básicos; Acentuação tônica; Acentuação gráfica; Os acentos; Aspectos genéricos das regras de acentuação; As regras básicas; As regras especiais; Hiatos; Ditongos; Formas verbais seguidas de pronomes oblíquos; Acentos diferenciais. MORFOLOGIA: Estrutura e formação das palavras; Conceitos básicos; Processos de formação das palavras; Derivação e Composição; Prefixos; Sufixos; Composição; Tipos de Composição; Estudo dos Verbos Regulares e Irregulares; Classes de palavras. SINTAXE: Termos Essenciais da Oração; Termos Integrantes da Oração; Termos Acessórios da Oração e Vocativos; Orações Subordinadas e Coordenadas; Concordância Verbal e Nominal; Regência Verbal e Nominal; Colocação dos Termos da Oração; Colocação dos pronomes oblíquos e átonos; uso da próclise, uso da ênclise; funções e emprego do "que" e "se". PROBLEMAS GERAIS DA LÍNGUA CULTA: O uso do hífen; O uso da Crase; Emprego dos Sinais de Pontuação; Interpretação e análise de textos. ESTILÍSTICA: Figuras de linguagem: Figuras de palavras ou tropos, Figuras de pensamento, Figuras de construção ou sintaxe, Vícios de linguagem. Matemática: Conjuntos Numéricos (naturais, inteiros, racionais, reais) - Potenciação, radiciação, fatoração,equações do 1° 2° graus, Inequações, Estudo e variação do trinômio do segundo, gráficos,Funções polinomiais do 1° e 2° graus, gráficos das funções, função exponencial, função logarítmica, função modular. Funções trigonométricas, trigonometria no triângulo retângulo, equações trigonométricas, Adição de arcos, arcos duplos e triplos, transformações trigonométricas. Inequações trigonométricas. Progressões, grandezas proporcionais diretas e inversas, regra de três simples e composta,Porcentagem,Juros simples e compostos. Matrizes e Determinan-tes,Sistemas Lineares, Análise Combinatória Simples,Binômio de Newton, Probabilidades, conjuntos numéricos,números complexos, polinômios, Equações algébricas. Geometria analítica, Cônicas,Geometria Plana, Geometria Métrica, Áreas e volumes,Geometria de Posição, Sistema Monetário Nacional (Real); Sistema de medidas: comprimento, superfície, massa, capacidade, tempo e volume. Conhecimentos Gerais: Elementos de política brasileira, Panorama da economia nacional. Cultura Geral, História e Geografia do Brasil e do Município, , Meio Ambiente e Cidadania; Atualidades Locais, Nacionais e Internacionais e Curiosidades; Siglas Nacionais e Internacionais; Países: Capitais, Continentes e Adjetivos Pátrios; Unidades Monetárias dos Países; Estados Brasileiros e suas capitais com respectivos adjetivos pátrios; História dos Estados Brasileiros - Ivan Alves Filho; FONTES: Imprensa escrita, falada e televisiva;

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

AUXILIAR DE CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO:Fundamentos de Enfermagem: Princípios de biossegurança; Antissepsia e assepsia em serviços de assistência odontológica; Desinfecção e esterilização em serviços de assistência odontológica; Produtos para antissepsia e assepsia, desinfecção e esterilização em serviços de assistência odontológica; Materiais, equipamento e instrumental odontológico: principais materiais e peças de instrumental odontológico e sua utilização; Controle de estoque e abastecimento da clínica; Lubrificação do equipamento; Cuidados com substâncias tóxicas. Técnicas auxiliares em Odontologia: técnicas de trabalho a 4 e 6 mãos; Técnicas de manipulação de instrumental odontológico; Preparo de amálgama e resina composta; Preparação de bandejas clínicas; Procedimentos para revelação e arquivamento de radiografias; Preenchimento de fichas clínicas; Nomenclatura de dentes e superfícies dentárias; Preparo do paciente para a consulta.

AUXILIAR DE FARMÁCIA: Legislação Farmacêutica e Ética Profissional; Medicamentos controlados e entorpecentes; Administração de Farmácia, dispensação, controle de estoque de medicamentos, normas, rotinas; Sistema Único de Saúde; Sistemas de Dispensação e Distribuição de Medicamentos: Coletivo, Individualizado, Combinado, Dose Unitária. Padronização de Medicamentos; Conhecimentos básicos de Farmacologia: Farmacoeconomia; Logística e Técnica de Abastecimento. Estoque; Ênfase em Saúde Coletiva.

CONTROLADOR DE BENS: Introdução à contabilidade; Bens, Direitos e Obrigações; Patrimônio; Classificação dos bens segundo a Contabilidade.

ESCRITURÁRIO I: Introdução à contabilidade; Bens, Direitos e Obrigações; Patrimônio; Situação líquida; Débito e crédito; Método das partidas dobradas; Lançamento; Diário, razão, contas correntes, caixa; Livros obrigatórios; Balancete de verificação; Lei de Responsabilidade Fiscal; Lei Orgânica do Município.

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA - PEB I - Objetivos da Educação Infantil; Ampliação do repertório vocabular; A criança Pré-Escolar e suas linguagens; Atendimento à criança pré-escolar provinda de ambientes pouco estimuladores; Atividade de estimulação para a leitura na pré-escola; A educação artística a serviço da criatividade na pré-escola; Sucata, um desafio à criatividade; Situações estimuladoras na área do pensamento operacional concreto; O desenvolvimento das percepções: o processo de formação de conceitos; A criança pré-escolar e o meio social; Ciências na Educação Infantil - importância; Uma escola Piagetiana; A aprendizagem da linguagem e a linguagem como instrumento de aprendizagem; A consciência moral e o espírito cívico segundo Jean Piaget; Estatuto da Criança e do Adolescente; A criança e o número; Avaliação; Planejamento; Projeto Pedagógico: caminho para a autonomia; Pedagogia de Freinet (Revista do Professor); Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional; Referencial Curricular Nacional; Como trabalhar a harmonização na pré-escola; A importância do lúdico na aprendizagem. Reflexões sobre alfabetização; Concepções de linguagem e escrita; Pensamento e Linguagem - Teorias sobre o desenvolvimento da linguagem (Piaget e Stern). A formação e o desenvolvimento dos conceitos científicos na infância; A interação social e o desenvolvimento da moralidade; Origem da escrita e sua apropriação pela criança; As relações entre ensino e aprendizagem na sala de aula; A metodologia nas áreas do conhecimento; A importância do jogo na educação; A língua escrita numa perspectiva interacionista; A leitura infantil e produção de textos; A criança enquanto ser em transformação; Planejamento e Proposta Pedagógica; Reflexões sociológicas sobre uma pedagogia da Liberdade; Ação educativa e violência - O diálogo como minimizador da violência - As diferentes manifestações da violência no dia-a-dia da escola; Avaliação da aprendizagem; Estatuto da criança e do adolescente; Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96); Parâmetros Curriculares do Ensino Fundamental; Temas transversais em Educação; A construção do conhecimento na escola; Planejamento de Projetos Didáticos.

NÍVEL DE ENSINO - SUPERIOR ESPECÍFICO

PARA TODOS OS CARGOS: Lei Fundo de Previdência n°. 1.107/2006 e Lei Complementar n°. 02/1995 - Estatuto do Funcionário, ambas do Município de Populina. CONHECIMENTOS OBJETIVOS- Língua Portuguesa: FONOLOGIA: Conceitos básicos; Classificação dos fonemas; Sílabas; Encontros Vocálicos; Encontros Consonantais; Dígrafos; Divisão silábica. ORTOGRAFIA: Conceitos básicos; O Alfabeto português; Orientações ortográficas. ACENTUAÇÃO: Conceitos básicos; Acentuação tônica; Acentuação gráfica; Os acentos; Aspectos genéricos das regras de acentuação; As regras básicas; As regras especiais; Hiatos; Ditongos; Formas verbais seguidas de pronomes oblíquos; Acentos diferenciais. MORFOLOGIA: Estrutura e formação das palavras; Conceitos básicos; Processos de formação das palavras; Derivação e Composição; Prefixos; Sufixos; Composição; Tipos de Composição; Estudo dos Verbos Regulares e Irregulares; Classes de palavras. SINTAXE: Termos Essenciais da Oração; Termos Integrantes da Oração; Termos Acessórios da Oração e Vocativos; Orações Subordinadas e Coordenadas; Concordância Verbal e Nominal; Regência Verbal e Nominal; Colocação dos Termos da Oração; Colocação dos pronomes oblíquos e átonos; uso da próclise, uso da ênclise; funções e emprego do "que" e "se". PROBLEMAS GERAIS DA LÍNGUA CULTA: O uso do hífen; O uso da Crase; Emprego dos Sinais de Pontuação; Interpretação e análise de textos. ESTILÍSTICA: Figuras de linguagem: Figuras de palavras ou tropos, Figuras de pensamento, Figuras de construção ou sintaxe, Vícios de linguagem. Computação: Informática: Windows (todas as versões). Pacote Ms-Office (97/2000/XP/2003); Internet (buscas, webmail, browsers). Internet Explorer 6.0 Conhecimentos Gerais: Elementos de política brasileira, Panorama da economia nacional. Cultura Geral, História e Geografia do Brasil e do Município, , Meio Ambiente e Cidadania; Atualidades Locais, Nacionais e Internacionais e Curiosidades; Siglas Nacionais e Internacionais; Países: Capitais, Continentes e Adjetivos Pátrios; Unidades Monetárias dos Países; Estados Brasileiros e suas capitais com respectivos adjetivos pátrios; História dos Estados Brasileiros - Ivan Alves Filho; FONTES: Imprensa escrita, falada e televisiva;

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

ASSISTENTE SOCIAL- Código de ética profissional. Ética na relação indivíduo e sociedade. Ética e valor. Ética e serviço social. Ética e transformação social. O processo familiar e a rede profissional. Família: A família como sociedade de classes. A visão da família no discurso do assistente social. A prática profissional dos assistentes sociais junto a família. Grupo: Como iniciar um grupo. Estruturação. Critérios para inclusão. Metodologia. O técnico como facilitador. Reações características de grupo de saúde. O acesso à saúde. A política da desigualdade. A regionalização das carências. Da carência dos serviços à reivindicação dos direitos. Saúde mental. Estado e a Política Social; A política Social nas áreas de saúde, trabalho e assistência pública; O Serviço Social como instrumento da Política Social; Metodologia do Serviço Social; Instrumentos e Técnicas de entrevista, de grupos, de orientação familiar, para elaboração de diagnóstico situacional; O Assistente Social no desempenho das funções administrativas; Planejamento, implantação e execução de projetos assistenciais; Ética social e ética profissional Saúde Coletiva.

ENGENHEIRO CIVIL - 1 Projetos de obras civis. 1.1 Arquitetônicos. 1.2 Estruturais (concreto, aço e madeira). 1.3 Fundações. 1.4 Instalações elétricas e hidrossanitárias. 2 Projetos especiais. 2.1 Elevadores. 2.2 Ventilação/exaustão. 2.3 Ar condicionado. 2.4 Telefonia. 2.5 Prevenção contra incêndio. 2.6 Estação de tratamento de água. 2.7 Estação de tratamento de esgoto. 2.8 Estação elevatória de água. 2.9 Estação elevatória de esgoto. 3 Especificação de materiais e serviços. 4 Programação de obras. 4.1 Orçamento e composição de custos unitários, parciais e totais: levantamento de quantidades. 4.2 Planejamento e cronograma físico-financeiro: PERT-CPM. 5 Acompanhamento de obras. 6 Construção. 6.1 Organização do canteiro de obras: execução de fundações (sapatas, estacas e tubulões). 6.2 Alvenaria. 6.3 Estruturas e concreto. 6.4 Aço e madeira. 6.5 Coberturas e impermeabilização. 6.6 Esquadrias. 6.7 Pisos e revestimentos. 6.8 Pinturas, instalações (água, esgoto, eletricidade e telefonia). 7 Fiscalização. 7.1 Acompanhamento da aplicação de recursos (medições, emissão de fatura etc.). 7.2 Controle de materiais (cimento, agregados aditivos, concreto usinado, aço, madeira, materiais cerâmicos, vidro etc.). 7.3 Controle de execução de obras e serviços. 8 Drenagem, barragens, hidráulica, hidrologia, solos e obras de terra (barragens, estradas, aterros etc.). 9 Saneamento básico e saneamento ambiental (disposição de resíduos, aterros sanitários etc.). 10 Infra-estrutura urbana e rural. 11 Estradas e pavimentação. 12 Legislação e engenharia legal. 13 Legislação ambiental. 14 Licitações e contratos: legislação específica para obras de engenharia civil. 15 Vistoria e elaboração de pareceres. 16 Princípios de planejamento e de orçamento público. 17 Elaboração de orçamentos. 18 Noções de segurança do trabalho. 19 Noções de geoprocessamento. 20 Noções de avaliação de imóveis urbanos. 21 Noções de legislação ambiental. 21.1 Resolução CONAMA n.° 237/97: licenciamento ambiental (licença prévia, licença de instalação, licença de operação). 21.2 Resolução CONAMA n.° 001/86: estudo de impacto ambiental e relatório de impacto ambiental. 22 Noções de projeto assistido por computador (AutoCAD).

FARMACÊUTICO - Legislação Farmacêutica e Ética Profissional; Medicamentos controlados e entorpecentes; Administração de Farmácia, dispensação, aviamento de receitas, controle de estoque de medicamentos, normas, rotinas e recursos humanos; Conceitos básicos de drogas que atuam no organismo: princípio de ação de medicamentos; Absorção, distribuição, farmacocinética, biotransformação e excreção de drogas; Legislação aplicável: Lei 8.666/93; Política Nacional de Medicamentos. Sistema Único de Saúde; Prescrição Médica. Sistemas de Dispensação e Distribuição de Medicamentos: Coletivo, Individualizado, Combinado, Dose Unitária. Padronização de Medicamentos; Conhecimentos básicos de Farmacologia: Farmacoeconomia; Logística e Técnica de Abastecimento. Estoque; Ênfase em Saúde Coletiva.

MÉDICO VETERINÁRIO - Métodos Epidemiológicos aplicados à saúde pública. Planejamento, implantação e avaliação de Programas de Controle de Animais Sinantrópicos, Vetores e Peçonhentos. Doenças infecto-contagiosas de importância em Saúde Pública Veterinária: Determinada por bactérias.Tuberculose. Brucelose. Leptospirose. Salmoneloses. Estreptococciases. Estafilococciases. Determinadas por vírus. Raiva.Encefalites equinas. Determinadas por protozoários. Leishmaniose.Febre Amarela e Hantavirose. Enfermidades transmitidas por alimentos Toxoplasmose. Determinadas por nematóides. Ascaridíase.Ancilostomiase. Determinadas por cestóides. Teníases. Cisticercoses. Equinococoses. Zoonoses: Conceituação e classificação de zoonoses. Controle da raiva. Controle de roedores. Legislação: Constituição Federal - Seção Saúde. Constituição Estadual - Seção Saúde.Código Sanitário Estadual -Decreto 12.342/78.

PSICÓLOGO - Conceitos, atuação e ética do psicólogo. Teorias psicogenéticas e do desenvolvimento. Construção do Conhecimento e Deficiência. A Instituição Escolar, Infância e Juventude, Ensino e Aprendizagem, Educação Especial. A política social no Brasil como determinante no processo de organização das instituições escolares. Trabalho em equipe multiprofissional. Psicodiagnóstico. Estudo das teorias Freudiana e Junguiana. Transformações dos conceitos e metodologias das deficiências. As relações familiares. Psicoterapias grupal e individual para crianças, familiar e outros. Sistema Único de Saúde - SUS, suas regras, princípios e organização.

POPULINA, 05 de Dezembro de 2007.
IDEP - INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO E PESQUISA
Empresa Organizadora do Concurso Público nº. 001/2007