Prefeitura de Carmo da Cachoeira - MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA

ESTADO DE MINAS GERAIS

EDITAL Nº 19 /2008

A Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG, divulga a abertura de inscrições e estabelece normas para o Concurso Público de Provas que realizará através da AMBASP - Associação dos Municípios da Micro-Região do Baixo Sapucaí, destinado a selecionar candidatos para provimento de cargos de seu quadro permanente, de acordo com a Legislação Municipal, com o disposto no art. 19 do ADCT da CF/88 e na forma determinada neste edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. Os cargos, a escolaridade, o número de vagas, o vencimento, a carga horária e a taxa de inscrição estão estabelecidos no quadro a seguir:

Cargos

Escolaridade/Pré-Requisito

Total de Vagas (*)

Vagas Reservadas a Portadores de Necessidades Especiais (**)

Vencimento (02/2008) (R$)

Carga Horária

Taxa de Inscrição (R$)

Médico do PSF

Ensino Superior/Medicina e registro no CRM

4

1

4.676,07

40 horas semanais

327,00

Médico Cardiologista

Ensino Superior/Medicina com certificado de especialização na área (residência) e registro no CRM

1

-

947,69

20 horas semanais

66,00

Enfermeiro do PSF

Ensino Superior/ Enfermagem e registro no COREN

4

1

1.601,00

40 horas semanais

112,00

Fisioterapeuta da Família

Ensino Superior/Fisioterapia e registro no Conselho de Classe

1

-

947,69

40 horas semanais

66,00

Nutricionista

Ensino Superior/ Nutrição e registro no Conselho de Classe

1

-

915,54

40 horas semanais

64,00

Farmacêutico/Bioquímico

Ensino Superior/ Farmácia-Bioquímica e registro no CRF

1

-

947,69

40 horas semanais

66,00

Fonoaudiólogo

Ensino Superior/ Fonoaudiologia e registro no Conselho de Classe

1

-

947,69

40 horas semanais

66,00

Dentista do PSF

Ensino Superior/ Odontologia e registro no CRO

3

1

1.601,00

40 horas semanais

112,00

Contador

Ensino Superior/ Ciências Contábeis e registro no CRC

1

-

947,69

40 horas semanais

66,00

Coordenador de Tecnologia da Informação

Ensino Superior/ Informática

1

-

947,69

40 horas semanais

66,00

Especialista: Supervisor Educacional

Ensino Superior/ Licenciatura plena em Pedagogia , com especialização em Supervisão Educacional

1

-

751,43

40 horas semanais

52,00

Auxiliar de Secretaria de Educação

Ensino Normal Superior ou Licenciatura plena

1

-

631,87

30 horas semanais

44,00

Auxiliar de Enfermagem do PSF

Ensino Médio completo, com curso complementar de Auxiliar de Enfermagem e registro no COREN

4

1

536,20

40 horas semanais

37,00

Agente Administrativo

Ensino Médio Completo

4

1

751,43

40 horas semanais

52,00

Agente de Consultório Dentário

Ensino Fundamental Completo

3

1

380,36

40 horas semanais

26,00

Auxiliar Administrativo

Ensino Fundamental Completo

7

1

536,20

40 horas semanais

37,00

Monitor de Esportes

Ensino Fundamental Completo

2

1

458,19

40 horas semanais

32,00

Fiscal de Obras

Ensino Fundamental Completo

1

-

536,20

40 horas semanais

37,00

Motorista

Ensino Fundamental Incompleto e CNH - Carteira Nacional de Habilitação "D" ou "E"

5

1

458,19

40 horas semanais

32,00

Operador de Máquina Pesada (***)

Ensino Fundamental Incompleto, CNH - Carteira Nacional de Habilitação "C", "D" ou "E"

3

1

484,12

40 horas semanais

33,00

Tratorista

Ensino Fundamental Incompleto e CNH - Carteira Nacional de Habilitação "C", "D" ou "E"

1

-

458,19

40 horas semanais

32,00

Operário

Ensino Fundamental Incompleto

6

1

380,36

40 horas semanais

26,00

Operário Qualificado/ Pedreiro

Ensino Fundamental Incompleto

2

1

408,78

40 horas semanais

28,00

Zelador

Ensino Fundamental Incompleto

4

1

380,36

40 horas semanais

26,00

Gari

Ensino Elementar (Saber ler e escrever)

2

1

380,36

40 horas semanais

26,00

Legenda:

(*) Total de vagas, incluída a vaga para Candidatos Portadores de Necessidades Especiais.

(**) Reserva de vagas para Candidatos Portadores de Necessidades Especiais, em atendimento ao Decreto Federal nº 3.298, de 20/12/1999 e alterações posteriores.

(***) O candidato deve operar motoniveladora, retroescavadeira, trator de esteira, rolo compressor, guindaste, etc.

2. DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA NO CARGO

O candidato aprovado no Concurso Público que trata este Edital será investido no cargo, se atender as seguintes exigências:

a) ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1° do artigo 12 da Constituição Federal e Decreto nº 70.436, de 18/04/72;

b) não ter sido demitido ou exonerado do Serviço Público através de inquérito administrativo e/ou sentença judicial transitada em julgado;

c) estar quite com as obrigações eleitorais;

d) estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;

e) ter idade mínima de 18 anos, na data da posse;

f) ter aptidão física e mental para exercício das atribuições do cargo, comprovada por médico especialista em Medicina do Trabalho, para o ato de posse;

g) não receber proventos de aposentadoria, conforme o artigo 37, § 10 da Constituição Federal, com a redação da Emenda Constitucional n° 20, de 15 de dezembro de 1998, exceto quando permitida a acumulação de proventos de aposentadoria e remuneração de cargos e nem estar com idade de aposentadoria compulsória, ou seja, 70 (setenta) anos de idade;

h) possuir escolaridade prevista no subitem 1.1. na data da posse;

i) conhecer e estar de acordo com as condições do presente edital.

3. DA INSCRIÇÃO

Período: 03/03/2008 a 14/03/2008

Horário: 08:00 h às 11:00 h e de 13:00 h às 17:00 h, de segunda à sexta-feira.

Local: Sagüão da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG, Rua

Dr.Veiga Lima, 582 - Centro.

4. DAS CONDIÇÕES E DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO

4.1. Poderão se inscrever candidatos de ambos os sexos que satisfaçam os requisitos do item 2 e seus subitens deste Edital. Os documentos e informações apresentados em desacordo com os requisitos previstos no item 2 e seus subitens, são de inteira responsabilidade do candidato.

4.1.1. O candidato deverá apresentar no ato da inscrição, pessoalmente ou por procurador habilitado, os seguintes documentos:

a) Original e fotocópia (legível) da cédula de identidade ou de um documento equivalente, de valor legal, cujo original será devolvido ao candidato, após autenticação da fotocópia, feita pelo responsável da inscrição;

b) requerimento constante na própria ficha de inscrição, assinado pelo candidato ou seu procurador, no qual declara atender às condições exigidas para inscrição no item 2 e submeter-se às normas expressas neste Edital; inclusive a de possuir a habilitação exigida com seu respectivo diploma e/ou certificado.

O candidato deverá conferir o preenchimento da sua Ficha de Inscrição e entregá-la devidamente assinada.

No ato da inscrição, o candidato receberá seu respectivo comprovante assinado pelo atendente conferidor. A inscrição só terá validade se o comprovante estiver devidamente assinado.

c) original do comprovante do recolhimento da taxa de inscrição, efetuado no Banco Itaú S/A através de depósito, em nome da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG, Agência nº 3204, Conta nº 01940-4. A taxa de inscrição é cobrada a título de ressarcimento de despesas com material e serviços; a taxa de inscrição poderá ser paga em qualquer agência, de qualquer cidade, do banco relacionado acima.

Não serão aceitos comprovantes de depósitos de caixas eletrônicos ou via internet;

d) No caso de PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS, cópia do laudo médico, atestando a deficiência, de acordo com o item 4.2.10.6 deste Edital.

4.2. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.

4.2.1. No caso de pagamento com cheque, este somente será aceito se do próprio candidato ou de seu procurador habilitado, sendo considerada sem efeito a inscrição se o cheque for devolvido por qualquer motivo.

4.2.2. O valor da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, nem serão aceitos pedidos para a alteração de cargo.

4.2.3. Não serão aceitos pedidos de isenção de pagamento do valor da taxa de inscrição, seja qual for o motivo alegado.

4.2.4. Na impossibilidade da presença do candidato no ato da inscrição, esta somente poderá ser realizada através de procuração outorgada para este fim.

4.2.4.1. Será permitida a inscrição por procuração, mediante entrega do respectivo mandato, acompanhado do original e fotocópia (legível) do documento de identidade do candidato e do seu procurador. Na procuração particular não há necessidade de reconhecimento de firma.

4.2.4.2. O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador, arcando com as conseqüências de eventuais erros de seu representante no preenchimento do formulário de inscrição e em sua entrega.

4.2.4.3. No ato da inscrição o candidato ou seu procurador deverá assinar declaração de que o candidato entregará na ocasião da posse, os documentos pertinentes aos requisitos do item 2 e seus subitens deste Edital, se ele for aprovado e nomeado; a não apresentação destes documentos, desclassificará o candidato.

4.2.4.4. A declaração referida no item 4.2.4.3, consta na ficha de inscrição que será assinada pelo candidato ou seu procurador.

4.2.4.5. O comprovante de inscrição será entregue ao procurador, após efetuada a inscrição.

4.2.5. Não será efetuada, em hipótese alguma, a inscrição do candidato que no ato da mesma não apresentar a documentação completa relacionada no subitem 4.1.1. deste Edital.

4.2.5.1. No ato de conferência da documentação, se for constatada a não apresentação dos documentos necessários no ato da inscrição, mesmo que posteriormente comprovada, anulará, automaticamente, a inscrição do candidato, que em hipótese alguma terá a taxa de inscrição devolvida.

4.2.6. As informações prestadas no ato da inscrição são de responsabilidade do candidato, dispondo a Comissão do direito de excluir do processo seletivo, em qualquer época, aquele que fornecer dados incorretos ou inverídicos.

4.2.7. Não será aceita inscrição condicional e/ou extemporânea por via postal, fax ou correio eletrônico.

4.2.8. Só o pagamento da taxa de inscrição não significa que o candidato esteja inscrito no Concurso Público.

4.2.9. O candidato só poderá se inscrever em apenas um cargo.

4.2.9.1. As atribuições dos cargos deste Concurso, constam do Anexo III deste Edital.

4.2.10. Dos Candidatos Portadores de Necessidades Especiais:

4.2.10.1. Fica assegurado o direito, nos termos da Lei Federal nº 7.853/89 e Decreto Federal nº 3.298/99 e alterações posteriores aos candidatos Portadores de Necessidade Especiais, participar do concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, para provimento de cargo cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que é portador.

4.2.10.2. Em cumprimento ao disposto no Decreto Federal nº 3.298/99 e alterações posteriores, ser-lhes-á reservado o percentual de 5% (cinco por cento) das vagas existentes, das que vierem a surgir ou das que forem criadas no prazo de validade do Concurso.

4.2.10.2.1. Conforme § 2º do art. 37 do Decreto Federal nº 3.298/99, caso a aplicação do percentual de que trata o item anterior resulte em número fracionado, este será elevado até o primeiro número inteiro subseqüente.

4.2.10.3. Consideram-se pessoas Portadoras de Necessidades Especiais aquelas que se enquadrarem nas categorias discriminadas no artigo 4º do Decreto 3.298/99 e suas alterações, assim definidas:

1. Deficiência física: alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia,, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho das funções.

2. Deficiência auditiva: perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas freqüências de 500 Hz, 1.000 Hz , 2.000 Hz e 3.000 Hz.

3. Deficiência visual: cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60º; ou a ocorrência simultânea de quaisquer condições anteriores.

4. Deficiência mental: funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação antes dos dezoito anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como: comunicação, cuidado pessoal, habilidades sociais, utilização dos recursos da comunidade, saúde e segurança, habilidades acadêmicas, lazer e trabalho.

5. Deficiência múltipla: associação de duas ou mais deficiências.

4.2.10.4. Ao candidato abrangido pelo item anterior é assegurado o direito de se inscrever na condição de Portador de Necessidades Especiais, desde que declare esta condição no ato da inscrição, no espaço próprio da ficha de inscrição, indicando a espécie da deficiência e se necessita de condições especiais para se submeter às etapas de seleção previstas neste Edital, apresentando inclusive o laudo médico atestando a deficiência, nos termos do item 4.1.1., alínea d.

4.2.10.5. O candidato que não informar no ato da inscrição a condição especial prevista no item acima, não poderá utilizar-se deste benefício posteriormente.

4.2.10.6. O candidato que se inscrever na condição de Portador de Necessidades Especiais deverá anexar à sua ficha de inscrição, o Laudo Médico atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID), bem como, a provável causa da deficiência.

4.2.10.6.1. O Laudo Médico deverá ser original e expedido no prazo máximo de 90 (noventa) dias antes do término das inscrições.

4.2.10.6.2. O Laudo Médico apresentado terá validade somente para este Concurso Público e não será devolvido. Após a investidura do candidato no cargo, a deficiência não poderá ser argüida para justificar a concessão de aposentadoria.

4.2.10.7. O candidato Portador de Necessidades Especiais classificado, que vier a ser convocado para os procedimentos pré-admissionais, será submetido à perícia médica e avaliação perante uma junta multiprofissional designada pela Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG, que fornecerá o laudo comprobatório, com decisão final e irrecorrível sobre a qualificação do candidato como Portador de Necessidades Especiais ou não e sobre o grau da deficiência, que determinará também estar ou não o mesmo capacitado para o exercício do cargo.

4.2.10.7.1. A avaliação de que trata o item anterior ficará condicionada à apresentação, pelo candidato, de documento de identidade original e terá por base o Laudo Médico encaminhado no período das inscrições.

4.2.10.8. Não serão considerados como deficiência os distúrbios de acuidade visual ou auditiva passíveis de correção simples pelo uso de lentes ou de aparelhos específicos.

4.2.10.9. O candidato Portador de Necessidades Especiais participará do concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere a conteúdo, avaliação, critérios de aprovação, horário e local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.

4.2.10.9.1. O candidato, Portador de Necessidades Especiais, que necessitar de tempo adicional para execução da prova, deverá fazer essa solicitação no local indicado na ficha de inscrição, com justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência, no ato da inscrição.

4.2.10.9.2. Os portadores de deficiência visual (cegos), deverão levar no dia da aplicação da prova, reglete e punção, podendo ainda, utilizar-se de soroban.

4.2.10.9.3. Aos portadores de deficiência visual (amblíopes) que solicitarem prova especial AMPLIADA, serão oferecidas provas com tamanho de letra correspondente a corpo 24.

4.2.10.10. O candidato que, no ato da inscrição, declarar-se Portador de Necessidades Especiais, se classificado nas provas, além de figurar na lista geral de classificação, terá seu nome publicado em relação à parte, ambas por cargo, observada a respectiva ordem de classificação.

4.2.10.11. O candidato que após a avaliação da perícia médica não for considerado Portador de Necessidades Especiais nos termos do Decreto nº 3.298/99 permanecerá somente na lista geral de classificação do cargo/função para o qual se inscreveu.

4.2.10.12.As vagas reservadas aos candidatos Portadores de Necessidades Especiais que não forem providas por falta de candidatos, por reprovação ou eliminação do processo seletivo ou na perícia médica, serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação.

5. DO REGIME JURÍDICO ÚNICO E JORNADA DE TRABALHO

5.1. O Regime Jurídico Único é o estatutário, conforme dispõe a Legislação Municipal.

5.2. Jornada de Trabalho descrita no item 1.1., conforme legislação municipal que dispõe sobre a matéria.

6. DAS PROVAS

O processo seletivo constará de Prova Objetiva de Múltipla Escolha e Prova Prática.

6.1. A PROVA OBJETIVA DE MÚLTIPLA ESCOLHA, de caráter eliminatório, será aplicada para todos os cargos, conforme descrito no Anexo I deste Edital.

6.1.1. À cada prova será atribuído um valor de 0 (zero) a 100 (cem) pontos.

6.1.2. Sobre os pontos obtidos nas provas incidirão os pesos, desde que o candidato tenha alcançado a nota mínima. Os pesos constam do Anexo I, relativo às provas.

6.1.3. Será desclassificado o candidato que não alcançar o mínimo de 50 (cinqüenta) pontos nas provas eliminatórias e na média ponderada das provas.

6.1.4. A classificação geral dos candidatos será feita pela nota da prova objetiva de múltipla escolha ou pela média ponderada das provas, quando houver prova prática.

6.1.5. Os programas de prova para as questões objetivas de múltipla escolha constam do Anexo II deste Edital a ser fornecido ao candidato no ato da inscrição.

6.1.6. O gabarito das provas será afixado no Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG, a partir das 13 horas do primeiro dia útil posterior à realização das provas objetivas de múltipla escolha.

6.2. A PROVA PRÁTICA, de caráter eliminatório, será aplicada para os candidatos aos cargos de Motorista , Operador de Máquina Pesada e Tratorista, e constarão de:

6.2.1. Para Motorista, Exame de Direção em veículo a ser definido pela Administração Municipal, avaliado por examinador habilitado, consumando em Laudo de Avaliação Técnica, avaliando desta forma a capacidade prática do candidato no exercício e desempenho das tarefas do cargo, conforme critérios pré-estabelecidos, a seguir:

* 10 (dez) pontos para cada subitem distribuídos nos 3 (três) itens abaixo relacionados:

I - Preparação para viagem

- Cuidado com os pneus

- Óleo do Motor

- Nível de água

- Abastecimento

II - Deslocamento

- Partida correta e atenção na saída com o veículo

- Comportamento e segurança no trânsito

- Habilidade e cuidado com o veículo

III - Conhecimento de manutenção

- Troca de óleo

- Lubrificação

- Outros cuidados

6.2.2. Para o cargo de Operador de Máquina Pesada e Tratorista, teste prático compreendendo avaliação do conhecimento e da habilidade prática e técnica no desempenho das atividades inerentes ao cargo.

6.2.3. Os candidatos submetidos à Prova Prática para Motorista, Operador de Máquina Pesada e Tratorista, serão avaliados na mesma data da Prova Objetiva de Múltipla Escolha, com início após o término da mesma, em local a ser informado na ocasião.

6.2.4. Os candidatos aos cargos de Motorista, Operador de Máquina Pesada e Tratorista deverão apresentar, obrigatoriamente, ao aplicador da prova prática, a carteira de habilitação exigida para o cargo, sem a qual não poderão fazer a prova prática, sendo considerado eliminado do concurso.

6.2.5. A Prova Prática será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos e será aprovado o candidato que obtiver, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) dos pontos.

7. DAS CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS

7.1. Informações sobre a data, local e horário de realização das provas serão divulgadas pela Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira- MG, por meio de Edital de Convocação publicado nas fontes de publicidade citadas no item 11.8.1 deste edital e ainda serão afixadas no Quadro de Publicação Oficial dos Atos da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG.

7.1.1. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar a publicação de todos os atos e editais referentes ao concurso, bem como, certificar-se da data, local e horário da aplicação das provas, através das fontes de publicidade citadas no item 11.8.1 deste edital e/ou do Quadro de Publicação Oficial dos Atos da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG.

7.2. Os candidatos deverão comparecer ao local das provas com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário fixado para o seu início, munidos de caneta esferográfica azul ou preta, lápis, borracha, ficha de inscrição e documento de identidade.

7.2.1. Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitirem com clareza, a identificação do candidato.

7.2.2. Não se admitirá a entrada, no recinto das provas, de candidato que não estiver munido do documento de identidade apresentado no ato da inscrição e da ficha de inscrição.

7.2.3. Não será permitida a entrada de candidatos após o início das provas.

7.3. A ausência do candidato em qualquer das provas, importará na eliminação automática do mesmo.

7.3.1. A saída do candidato do recinto onde se realizarão as provas, será permitida somente após a entrega de sua prova ou momentaneamente, em situações especiais, desde que acompanhado de um fiscal de prova.

7.3.2. O candidato, que se retirar do recinto, durante a realização da prova, sem autorização, estará, automaticamente, excluído do concurso.

7.3.2.1. Por motivo de segurança, os candidatos somente poderão sair do recinto das provas após decorrida 1 (uma) hora do início das mesmas, exceto quando houver provas com duração de 1 (uma) hora, nas quais os candidatos poderão se retirar do recinto das provas, após decorridos 20 (vinte) minutos do início das mesmas.

7.3.3. Durante as provas não será admitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos, nem a utilização de livros, manuais, impressos ou anotações, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefone celular, Bip, walkman, gravador ou qualquer outro receptor de mensagens; o candidato que usar destes artifícios será eliminado do concurso.

7.4. Não haverá segunda chamada para as provas, nem sua realização fora da data, horário ou espaço físico pré-determinados, seja qual for o motivo alegado.

7.5. Ao terminar a prova o candidato entregará, obrigatoriamente, ao fiscal da sala o Caderno de Provas juntamente com a Folha de Respostas.

7.5.1. O candidato deverá transcrever suas respostas, na Folha de Respostas, com caneta esferográfica azul ou preta.

7.6. Não serão computadas questões com mais de uma opção assinalada, sem opção assinalada, com emenda ou rasura e/ou alternativa marcada à lápis, ainda que legíveis.

7.7. Para sigilo do julgamento, é vedado ao candidato, sob pena de nulidade da sua prova, inserir na folha de respostas, afora o local reservado para esse fim, ou no corpo da prova, o seu nome, assinatura, ou qualquer outro sinal que o possa identificar.

8. DO PROCESSO DE CLASSIFICAÇÃO FINAL E DESEMPATE

8.1. Será eliminado o candidato que não alcançar o mínimo exigido de 50% (cinqüenta por cento) do total geral de pontos da Prova Objetiva de Múltipla Escolha ou Prova Prática.

8.2. A classificação final dos candidatos será feita pela soma do número de títulos à nota da prova objetiva de múltipla escolha ou à média ponderada das provas, quando houver prova prática.

8.3. Os candidatos aprovados serão classificados em ordem decrescente da nota final.

8.4. Ocorrendo empate no resultado final terá preferência, sucessivamente, para classificação o candidato que:

a) Obtiver o maior número de pontos na prova eliminatória;

b) obtiver o maior número de pontos na prova prática;

c) tiver maior idade.

9. DOS RECURSOS

9.1. Caberá recurso, em única e última instância, à Comissão Examinadora do presente Concurso Público, em forma de requerimento, devidamente fundamentado e com referência à fonte que o embasou.

9.2. Somente se admitirá revisão de prova para correção de erros materiais, devendo o pedido ser protocolado no horário e local estabelecidos no item 3 deste edital, nos 2 (dois) dias úteis após a data do "reconhecimento de provas", em forma de requerimento, contendo: nome completo, assinatura, data, nome do cargo pretendido e número de inscrição.

9.3. Os recursos deverão ser protocolados no horário e local estabelecidos no item 3 deste edital, nos 2 (dois) dias úteis após a data do "reconhecimento de provas", sendo que a Prefeitura Municipal os encaminhará à Comissão Examinadora do Concurso, devendo serem apresentados da seguinte forma:

a) digitado, datilografado ou escrito em letra de forma;

b) dentro de um envelope, no qual deverá constar os seguintes dados: nome do cargo pretendido, nome completo do candidato e número de inscrição do candidato;

c) folhas separadas para questões diferentes;

d) indicação do número da questão, da resposta marcada pelo candidato e da resposta considerada no gabarito oficial;

e) para cada questão, argumentação lógica e consistente, bem como, fotocópia da bibliografia pesquisada;

f) na folha deverá constar o nome completo do candidato, o número de inscrição, o nome do cargo pretendido, questões recorridas, o endereço completo, inclusive com o respectivo CEP e a assinatura do candidato.

9.3.1. Admitir-se-á um único recurso por prova, para cada candidato, relativamente ao gabarito e/ou ao conteúdo das questões.

9.3.2. Após julgamento dos recursos interpostos, os pontos correspondentes às questões porventura anuladas serão atribuídos a todos os candidatos, indistintamente, que não obtiveram os pontos na correção inicial.

9.3.3. Se, por força de decisão favorável a impugnações, houver modificação do gabarito divulgado antes dos recursos, as provas serão corrigidas de acordo com o gabarito definitivo, não se admitindo recurso dessa modificação decorrente das impugnações.

9.3.4. Caberá recurso contra o resultado final, nos 2 (dois) dias úteis a contar da divulgação do resultado final, a ser entregue no local e horário estabelecido no item 3 deste Edital, desde que se demonstre erro material na classificação.

9.4. Serão rejeitados, liminarmente, os recursos que não estiverem redigidos em termos próprios ou não devidamente fundamentados com referência à fonte que embasou a argumentação do candidato, ou ainda aqueles a que se der entrada fora dos prazos preestabelecidos.

9.5. Quanto à Prova Prática e Avaliação Médica não caberá recurso.

10. DOS PROCEDIMENTOS PRÉ-ADMISSIONAIS

10.1. A Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG responsabilizar- se-á pelos procedimentos pré-admissionais que compreenderão:

a) Comprovação dos pré-requisitos relacionados no item 2 deste Edital, através da exigência de todos os documentos documentos necessários para a posse no cargo;

b) Avaliação médica.

10.1.1. Comprovação dos pré-requisitos:

Serão convocados para comprovação dos pré-requisitos, na época da admissão, os candidatos aprovados de acordo com a classificação e nomeados.

10.1.2. A comprovação dos pré-requisitos de cada cargo terá caráter eliminatório e deverão ser entregues em fotocópia.

10.1.3. Os documentos a serem apresentados, obrigatoriamente, pelo candidato aprovado e nomeado, para efeito de posse no cargo, são os seguintes:

a) Fotocópia da certidão de nascimento, quando solteiro;

b) Fotocópia da certidão de casamento, quando casado;

c) fotocópia da certidão de nascimento, para quem tem filhos menores de 14 (catorze) anos; e quando for filho maior de 7 (sete) anos, o atestado de freqüência escolar;

d) fotocópia da carteira de vacinação para quem tem filhos até 5 (cinco) anos;

e) fotocópia do CPF;

f) fotocópia da Carteira de Identidade;

g) fotocópia do Cartão de Cadastramento no PIS/PASEP (se tiver);

h) laudo médico favorável, fornecido por médico especialista em Medicina do Trabalho, acompanhado dos seguintes exames:

- VDRL

- Hemograma completo

- EAS

- Glicemia

- Urina HCG (mulher)

i) 01 (uma) fotografia 3x4;

j) fotocópia do Título de Eleitor com o comprovante de votação na última eleição;

k) fotocópia do Certificado de Reservista, se do sexo masculino;

l) fotocópia do comprovante de capacitação legal de que trata o item 1.1., para o exercício do cargo (diploma, certificado), com o registro no órgão profissional competente, quando cabível;

m) declaração de bens;

n) declaração quanto à sua condição relativa à acumulação de cargos públicos;

o) fotocópia de comprovante de residência atual.

10.2. Avaliação médica:

Considerando as exigências das atividades inerentes ao cargo pretendido será realizada avaliação médica do candidato, por médico especialista em Medicina do Trabalho, na época da admissão, com o objetivo de averiguar suas condições somáticas e de higidez. Essa avaliação terá caráter eliminatório.

10.2.1 Na avaliação médica não serão atribuídas notas, sendo o candidato apenas qualificado como "apto" ou "inapto".

10.3 O candidato que, por qualquer motivo, faltar a qualquer uma das etapas previstas neste Edital, será automaticamente eliminado deste Concurso Público.

11. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

11.1. O CONCURSO SERÁ REALIZADO ATRAVÉS DA COMISSÃO EXAMINADORA, NOMEADA EM PORTARIA PELO PREFEITO MUNICIPAL, PARA ESSA FINALIDADE.

11.2. Caberá à Comissão Examinadora decidir sobre o local de realização das provas, elaboração, aplicação e correção das mesmas, critérios de julgamento, divulgação dos resultados e apreciação de recursos sobre estes.

11.3. O chefe de Administração Municipal, representando a Secretaria de Administração da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG terá a responsabilidade de acompanhar a realização das Provas e encaminhar os recursos à Comissão Examinadora que fornecerá o resultado das devidas avaliações.

11.4. O Concurso terá validade por 02 (dois) anos a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, se assim o desejar a Administração Municipal.

11.5. A aprovação neste Concurso Público não assegura direito à nomeação, mas esta, quando ocorrer, obedecerá rigorosamente à ordem de classificação dos candidatos, inclusive dos portadores de necessidades especiais, ao número de vagas fornecido e seu prazo de validade.

11.6. Ao entrar em exercício, o servidor ficará sujeito a estágio probatório, durante o qual sua eficiência e capacidade serão objetos de avaliação para o desempenho do cargo.

11.7. A AMBASP e a Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG não se responsabilizarão por quaisquer cursos, textos ou apostilas referentes a este Concurso Público.

11.8. Incorporar-se-ão a este Edital, para todos os efeitos legais, quaisquer editais complementares que vierem a ser publicados pela Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira- MG na Imprensa Oficial de "Minas Gerais" e nas fontes de publicidade citadas no item 11.8.1.

11.8.1. Todas as instruções, convocações, avisos e editais complementares deste edital serão publicados no jornal "Gazeta de Varginha", do município de Varginha - MG e divulgados no site www.camaradecachoeira.mg.gov.br da Câmara Municipal de Carmo da Cachoeira - MG e no Quadro de Publicação Oficial dos Atos da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG.

11.9. O candidato aprovado deverá manter, junto ao Setor de Pessoal da Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG, durante o prazo de validade do Concurso Público, seu endereço atualizado, visando a eventual convocação. Não lhe caberá qualquer reclamação, caso não seja possível à Prefeitura convocá-lo, por falta desta atualização.

11.10. Não serão fornecidos atestados, certificados ou certidões relativos à seleção, classificação ou notas de candidatos, valendo, para tal fim, os resultados publicados pela Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira - MG, nas fontes de publicidade citadas no item 11.8.1.

11.11. Será excluído do concurso, por ato da Comissão Examinadora, o candidato que:

a) se apresentar após o horário estabelecido;

b) não comparecer a qualquer etapa deste Concurso Público, seja qual for o motivo alegado;

c) não apresentar o Cartão de Inscrição e documento de identidade exigido;

d) estando inscrito para os cargos de Motorista, Operador de Máquina Pesada ou Tratorista quando da prova prática, não apresentar ao aplicador a carteira de habilitação exigida para o cargo;

e) for surpreendido, durante a realização das provas, em comunicação com outro candidato ou com pessoas estranhas, oralmente ou por escrito, ou por qualquer outra forma, bem como utilizando livros, notas ou impressos, ou ainda que venha a tumultuar a sua realização;

f) for responsável por falsa identificação pessoal;

g) ausentar-se do recinto da prova, a não ser momentaneamente, em casos especiais e desde que na companhia do fiscal de prova;

h) fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;

i) utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa do processo seletivo;

j) agir com incorreção ou descortesia, para com qualquer membro da equipe encarregada de aplicação das provas e com autoridades presentes;

k) não devolver, integralmente, o material recebido;

l) não atender às determinações regulamentares deste Edital.

12. Por razões de ordem técnica e de segurança, o candidato não poderá levar o caderno de provas. No entanto, 1 (um) exemplar dos cadernos das provas ficarão à disposição dos candidatos junto ao órgão organizador do Concurso Público (AMBASP), caso haja necessidade de consultá-los. Para tanto, deverá ser deferido o pedido pela Comissão Examinadora.

12.1. O Concurso será homologado pelo Senhor Prefeito Municipal de Carmo da Cachoeira - MG.

13. Os casos omissos ou duvidosos serão resolvidos pela Comissão Examinadora do Concurso Público, nomeada em Portaria pelo Prefeito Municipal.

Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira, 12 de fevereiro de 2008

Godofredo José Caldeira Reis
Prefeito Municipal de Carmo da Cachoeira - MG

· AMBASP - Associação dos Municípios da Micro-Região do Baixo Sapucaí

Rua da Maçonaria, 82 - Vila Bueno - Varginha/MG

Fone: (35) 3221-6361

Horário de atendimento: das 9h às 11h e das 14h às 17:30h

ANEXO I

CARGO

PROVA

TIPO

PESO

Nº DE QUESTÕES

VALOR DE CADA QUESTÃO

TEMPO DE DURAÇÃO

CARACTERÍSTICA

Todas as especialidades de Nível Superior de Escolaridade

Conhecimentos Básicos Específicos

ME (*)

-

50

2,0

3 horas

Elimina-tória

Agente Administrativo e Auxiliar Administrativo

Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

ME (*)

03

40

2,5

2 horas

Elimina-tória

Auxiliar de Enfermagem do PSF e Agente de Consultório Dentário

Conhecimentos Básicos Específicos e Língua Portuguesa

ME (*)

-

40

2,5

2 horas

Elimina-tória

Monitor de Esportes

Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

ME (*)

-

40

2,5

2 horas

Elimina-tória

Fiscal de Obras

Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

ME (*)

-

40

2,5

2 horas

Elimina-tória

Motorista, Operador de Máquina Pesada e Tratorista

Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

Entrevista Técnica

ME (*)

Prática

01

02

20

-

5,0

-

1 hora

-

Elimina-tória

Elimina-tória

Operário, Operário Qualificado/Pedreiro, Zelador e Gari

Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

ME (*)

-

20

5,0

1 hora

Elimina-tória

(*) Múltipla escolha

ANEXO II

PROGRAMAS

ATENÇÃO: A bibliografia sugerida para os programas das provas constitui apenas referência para os estudos do candidato. Quando não houver indicação de data da publicação, recomenda-se que este recorra, preferentemente, às edições mais recentes das obras listadas. Quando não houver sugestão de bibliografia, recomenda-se que o candidato oriente-se pelos itens do Programa específico, baseando-se em edições mais recentes das obras pesquisadas.

1. NÍVEL SUPERIOR DE ESCOLARIDADE

1.1. MÉDICO DO PSF

1.1.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com a Medicina Geral, Saúde Pública e da Comunidade.

1.1.1.1. Programa Básico

- O papel do médico na comunidade e o Programa de Saúde da Família (PSF).

- Estrutura de saúde do País e do Estado - Sistema Único de Saúde, Constituição Brasileira.

- Doenças do aparelho cardiovascular: hipertensão arterial; insuficiência cardíaca; arritmia cardíaca; coronariopatias.

- Doenças do aparelho respiratório; doenças pulmonares obstrutivas crônicas; broncopulmonar.

- Doenças do aparelho geniturinário; insuficiência renal crônica; urolitíase; glomerulonefrites.

- Doenças do aparelho digestivo; úlcera péptica; diarréia; neoplasia gastro-intestinal; pancreatite.

- Doenças do fígado e vias biliares; insuficiência hepática; cálculos biliares; icterícias.

- Doenças hematológicas: anemias; leucemias.

- Doenças endocrinológicas: hipotiroidismo; hipertiroidismo; diabetes mellitus.

- Doenças neurológicas: cefaléias; doenças vasculares cerebrais; epilepsia.

- Doenças infecciosas e parasitárias: zoonoses; epidemiologia.

- Atendimentos emergenciais.

- Acompanhamento das doenças endêmicas e epidêmicas na comunidade

- Clínica e acompanhamento da área pediátrica:

. Cuidados com o recém-nascido

. Higiene

. Cefaléias

. Desnutrição e carência vitamínica

. Desidratação

. Baixa estatura

. Obesidade

. Diarréia aguda

. Diarréia crônica

. Parasitoses

. Afecções respiratórias agudas

- Avaliação do crescimento e desenvolvimento

- Alimentação da criança

- Imunizações

- Abordagem psicológica da criança.

- Afecções respiratórias crônicas e recorrentes.

- Tuberculose.

- A criança com exantema.

- Problemas dermatológicos da criança.

- Problemas da área genital.

- Problemas agudos do trato urinário.

- Nefropatia crônica.

- Imunodeficiência.

- Distúrbios hemorrágicos.

- Anemias.

- Problemas oftalmológicos.

- Crianças com distúrbio cardíaco.

- Ferimentos superficiais, corpos estranhos, queimadura e grandes traumas.

- Afecções cirúrgicas de superfície.

- Distúrbios convulsivos e equivalentes.

- Hipertensão intracraniana.

- Meningoencefalites.

- Hepatites.

- Diagnóstico diferencial das adenopatias.

- Diabetes mellitus e hipoglicemia.

- Hipotiroidismo, bócio, hipertiroidismo.

- Distúrbios das glândulas supra-renais.

- Febre, tosse e vômito - Abordagem sintomática.

- Dor abdominal.

- Constipação intestinal.

- Intoxicações.

- Acidente por animais peçonhentos.

- Terapêutica medicamentosa.

- Retardo mental.

- Má formação congênita.

- Doenças da criança recém-nata; prematura e termo completo.

- Erros inatos do metabolismo.

1.2. MÉDICO CARDIOLOGISTA

1.2.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com Medicina Geral,

Cardiologia e Saúde Pública.

1.2.1.1. Programa Básico

- Doenças coronarianas

- Febre reumática

- Cardiopatias congênitas

- Infarto agudo do miocárdio

- Endomiocardiopatias

- Métodos propedêuticos em cardiologia

- Eletrocardiografia

- Insuficiência cardíaca: psicopatologia, avaliação da função cardíaca, tratamento

- Arritmias cardíacas, classificação, tratamento farmacológico, elétrico cirúrgico

- Marcapasso

- Hipertensão arterial sistêmica

- Hipertensão pulmonar

- Embolia pulmonar

- Cardiopatias valvulares

- Cardiopatias infantis (congênita e adquirida)

- Endocardite infecciosa

- Insuficiência coronária aguda e crônica

- Miocardiopatias e miocardites

- Pericardites

- Distúrbios neurológicos e cardiopatias

- Distúrbios endocrinológicos, nutricionais e cardiopatias

- Hipotensão arterial e síncope

Questões gerais sobre:

- Doenças do aparelho cardiovascular: hipertensão arterial; insuficiência cardíaca; arritmia cardíaca; coronariopatias

- Doenças do aparelho respiratório: doenças pulmonares obstrutivas crônicas; broncopulmonar

- Doenças do aparelho geniturinário: insuficiência-renal e crônica; urolitíase; glomerulonefrites

- Doenças do aparelho digestivo: úlcera péptica; diarréia; neoplasia gastro-intestinal; pancreatite

- Doenças do fígado e vias biliares; insuficiência hepática; cálculos biliares; icterícias

- Doenças hematológicas: anemias; leucemias

- Doenças endocrinológicas: hipotiroidismo; hipertiroidismo; diabetes mellitus

- Doenças neurológicas: cefaléias; doenças vasculares cerebrais; epilepsia

- Doenças infecciosas e parasitárias: zoonoses; epidemiologia

- Atendimentos emergenciais

1.3. ENFERMEIRO DO PSF

1.3.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com Enfermagem, saúde e sanitarismo, saúde pública e da comunidade

1.3.1.1. Programa Básico

- Processo saúde/doença - relação saúde/doença, medidas do nível de saúde da população

- O papel do enfermeiro na comunidade e o Programa de Saúde da Família (PSF)

- Estrutura de saúde do País e do Estado - Sistema Único de Saúde, Constituição Brasileira

- A enfermagem na hierarquização dos serviços - componentes da equipe de supervisão da saúde de nível central e local

- Epidemiologia: conceito, aplicação em saúde, vigilância epidemiológica, doenças de notificação compulsória

- Programa Nacional de Imunização - diretrizes gerais, participação de enfermagem na prevenção e controle

- Situação das grandes endemias no País

- Profilaxias da raiva humana: diretrizes gerais, participação de enfermagem na prevenção e controle

- Programa materno-infantil: atuação da enfermagem nos programas do Ministério da Saúde e sobretudo o PSF

- Atuação da enfermagem na assistência aos portadores de doenças crônico-degenerativas

- Infecção hospitalar

- A enfermagem e os programas de saúde mental

- A enfermagem na área pediátrica

- A enfermagem/obstetrícia

- O atendimento ambulatorial

- Enfermagem emergencial

- Farmacologia

1.4. FISIOTERAPEUTA DA FAMÍLIA

1.4.1 Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com Fisioterapia, Saúde Pública e da Comunidade.

1.4.1.1. Programa Básico

- O papel do Fisioterapeuta na comunidade e o Programa de Saúde da Família (PSF)

- Estrutura de Saúde do País e do Estado - Sistema Único de Saúde, Constituição Brasileira

- Técnicas de avaliação: teste de coordenação; teste de sensibilidade; avaliação funcional; análise da marcha

- Lesões traumáticas: queimaduras, fraturas, lesões da medula espinhal

- Lesões progressivas: Parkensonismo; esclerose múltipla; artrite reumatóide

- Lesões vasculares: amputações; lesão vascular periférica; hemoplegia; lesão da artéria coronária

- Planejamento de reabilitação: processo de planejamento; aspectos psicológicos da reabilitação

- Aparelhos de assistência: aparelho de órtex, prótese; cadeira de roda e outros equipamentos

- Eletromiografia clínica e testes de velocidade de condução nervosa

- Fisioterapia e atividades extra-hospitalares.

1.5. NUTRICIONISTA

1.5.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com Nutrição, Saúde Pública e Higiene.

1.5.1.1. Programa Básico

- Administração de Serviços de Alimentação:

. Estrutura administrativa e organizacional do Serviço de Alimentação

. Administração do material financeiro e o pessoal

. Aspectos físicos e material do Serviço de Alimentação (funcionamento)

. Programa de Alimentação do trabalhador

- Fundamentos Dietéticos:

. Características dos alimentos, aquisição e seleção de gêneros alimentícios

. Técnicas culinárias

. Condições sanitárias, higiene e conservação de alimentos

. Classificação e composições dos nutrientes

. Recomendações e padrões dietéticos

. Planejamento de refeições normais

- Fundamentos Dietoterápicos:

. Métodos especiais de alimentação em hospitais

. Patologias das nutrições e roteiros dietoterápicos

- Nutrição Aplicada:

. Conceitos, classe, etiologia e metabolismo

. Tipos contaminantes

. Alergia alimentar

. Política de Segurança dos Alimentos

1.6. FARMACÊUTICO-BIOQUÍMICO

1.6.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com o Programa Básico.

1.6.1.1. Programa Básico

- Manipulação de medicamentos

- Aviamento de fórmulas oficinais e magistrais

- Análises de matéria-prima e produtos elaborados para controle de qualidade

- Controle de receituário e de consumo de drogas

- Controle de estoque de medicamentos

- Farmacologia

- Soluções: normalidade e molaridade

- Química orgânica

- Eletroquímica

- Ácidos e bases

- Reações químicas e estequiometria

- Soluções líquidas

- Gases

- Termoquímica

- Cinética e equilíbrio químico

- Microbiologia básica

- Bioquímica básica

- Parasitologia

- Ética profissional

- Noções sobre saúde pública

1.7. FONOAUDIÓLOGO

1.7.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com Fonoaudiologia e Saúde Pública.

1.7.1.1. Programa Básico

- Bases multifuncionais da fonoaudiologia

- Fundamentos da biologia, ligados ao aparelho fonoaudiológico

- Fundamentos da psicologia geral e do desenvolvimento

- Fundamentos básicos necessários à profissão de:

. Ortodontia

. Neurologia

. Audiologia

- Patologias, prevenções e correções:

. Da voz

. Da fala

. Da audição

. Da linguagem

- Foniatria

- Educação e reabilitação do deficiente auditivo

- Testes e medidas audiológicas

- Musicoterapia

- O papel do fonoaudiólogo na escola

- Terapêuticas específicas da:

. Pré-dislexia

. Desgrafia

. Disortografia

- Distúrbios de aprendizagem.

1.8. DENTISTA DO PSF

1.8.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com Odontologia, Higiene, Saúde Pública e da Comunidade.

1.8.1.1. Programa Básico

- O papel do Dentista na comunidade e o Programa de Saúde da Família

- Odontologia Comunitária - A odontologia no Brasil. Conceito de saúde e doença. Política de saúde no Brasil.

- Semiologia - anamnese - exame clínico, meios complementares de diagnóstico

- Radiologia - técnicas radiológicas, intrabucal, interpretação de radiografia

- Anestesiologia - técnicas de anestesia intra bucais, soluções anestésicas - acidentes - sua prevenção, diagnósticos e tratamentos

- Cárie - etiologia, diagnóstico e prevenção

- Doença periodontal - etiologia, diagnóstico, prevenção e tratamento

- Pulpotomia - etiologia, diagnóstico, prevenção

- Endodontia - indicação, contra-indicação, técnicas

- Exodontia - indicação, contra-indicação, técnicas acidentes, diagnóstico, prevenção e tratamento

- Doenças gerais - com manifestação bucais, diagnósticos e tratamento

- Dentisteria - preparo de cavidade, de materiais protetores e restauradores

- Odontopediatria - psicologia infantil, semiologia odonto pediátrica, biogenia dos dentes decíduos e permanentes. Anomalias da dentição decídua e permanente. Primeiro molar permanente: sua importância, aspectos preventivos, restauradores e endodônticos. Preparo de cavidade e restaurações em dentes decíduos. Endodontia em dentes decíduos, extrações seriadas.

1.9. CONTADOR

1.9.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com o Programa Básico.

1.9.1.1. Programa Básico

- Contabilidade Pública:

. Orçamento - Classificação da receita e despesa, previsão, cronograma orçamentário;

. Execução Orçamentária - Arrecadação de Receita, Empenho, Fases do empenho, tipo do empenho, dotação orçamentária, restos a pagar, créditos adicionais, recursos para abertura de créditos adicionais;

. Execução Contábil - Lançamento débito e crédito, Ativo Financeiro e Permanente, Passivo Financeiro e Permanente, Consolidação Contábil, almoxarifado, patrimônio;

. Balanços e Demonstrativos Contábeis - Balanço Orçamentário,Balanço Financeiro, Balanço Patrimonial, Demonstrativo das Variações Patrimoniais, Comparativo do Balanço Patrimonial do Exercício Anterior com o Encerrado, Demonstrativo da Divida Fundada e Flutuante, Demonstrativo dos Devedores Diversos;

. Prestação de Contas - Relatório Resumido da Execução Orçamentária, Gestão Fiscal, Prestação de Contas Anual;

. Licitação e Contratos (Lei 8.666/93 e alterações);

. Lei 101 (Lei Responsabilidade Fiscal) - Planejamento, Execução Orçamentária, Gestão Fiscal;

- Contabilidade Geral:

. Código de Ética Profissional;

. Patrimônio - Conceito, componentes e aspectos, capital, ativo, passivo e situação líquida;

. Métodos e processos de escrituração e sua correção;

. Contas: débito, crédito e saldo: teoria, classificação funcional e estrutura de contas; plano de contas contábil;

. Normas Contábeis.

1.10. COORDENADOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

1.10.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com o Programa Básico.

1.10.1.1. Programa Básico

- Algoritmos e estruturas de dados. Estruturas de controle básicas. Elaboração de algoritmos. Análise de complexidade de algoritmos. Representação e manipulação de matrizes, listas, filas, pilhas e árvores.

- Linguagens e técnicas de programação. Programação estruturada. Conceitos de orientação a objetos. Programação orientada a objetos. Programação pascal em ambiente Delphi. Linguagem JAVA. Programação em lote em windows. VBScript.

- Banco de dados. Conceitos e fundamentos. Modelo relacional. Língua-gem de consulta estruturada ( SQL).

- Redes de computadores. Topologias de rede. Modelo OSI. Arquitetura TCP/IP e seus principais protocolos. Interconexão de redes. Equipamentos( gateways, hubs, repetidores, bridges, switches, roteadores). Estrutura da Internet global. Domínios, servidores DNS e entidades de registro. Funcionamento dos principais serviços de rede. Servidores de email, servidores web, servidores proxy. NAT, DHCP. Rede sem fio: Conceitos, instalação, configuração, criptografia e segurança. Redes VPN.

- Sistemas Operacionais. Conceitos, funções, estrutura. Processos: Escalonamento, comunicação interprocessos. Gerência de recursos, deadlocks.Gerência de memória. Sistemas operacionais windows XP

e Windows Vista. Instalação e configuração dos principais serviços. Gerenciamento de usuários. Log de eventos. Registro do Windows. Sistema de arquivos NTFS e FAT 32. Diretórios e direitos de acesso. Compartilhamento e segurança.

- Organização e arquitetura de computadores. Processadores: Monoprocessamento, multiprocessamento. Hierarquia de memória. Entrada e saída. Lógica digital.

- Segurança. Conceitos de segurança da informação. Classificação da informação, segurança física e segurança lógica. Ataques e proteções relativos a hardware, sistemas operacionais e aplicações. Vírus de computador, cavalo de Tróia, worm. Antivírus. Sistemas de backup.

Tipos de backups. Planos de contingência. Meios de armazenamentos para backups. Certificação digital: Assinatura digital, criptografia, legislação.

- Fundamentos sobre aplicações web. Conceitos sobre HTML, XML, Javascript. Conceitos sobre protocolo http. Conceitos sobre o servidor Web Apache e o servidor de aplicações TomCat. Arquitetura de aplicações web.

- Gestão de projetos. Conceitos básicos. Áreas de gerenciamento de projetos. Fases de projetos.

SUGESTÕES BILIOGRÁFICAS:

- CAMARÃO, C.; FIGUEIREDO, L. Programação de computadores em Java. LTC.

- CANTU, M.Dominando o Delphi 2005, a Bíblia. Prentice Hall Brasil.

- DATE, C. J. Introdução a Sistemas de Banco de Dados. Campus.

- DEITEL, H. Java: Como Programar. Prentice Hall Brasil.

- FONTES, E. Segurança da Informação. Saraiva.

- GONÇALVES, E. Tomcat - Guia Rápido do Administrador. Ciência Moderna.

- PATTERSON, D.; HENNESSY, J. Organização e Projetos de Computadores. Campus.

- PETERSON, L.; DAVIE, B. Redes de computadores: Uma Abordagem Sistêmica. Campus.

- TANEMBAUM, A. Redes de computadores. Campus.

- TANEMBAUM,A. Sistemas Operacionais Modernos.Prentice- Hall.

- TORRES, G. Redes de Computadores: Curso Completo. Axcel.

- VARGAS, R. V. Gerenciamento de Projetos. Brasport.

- VOLPI, M. M. Assinatura Digital: Aspectos Técnicos, Práticos e Legais. Axcel Books.

- ZIVIANI, N. Projeto de algoritmos. Thompson.

- Manuais de produtos relacionados ao programa da prova.

1.11. ESPECIALISTA: SUPERVISOR EDUCACIONAL

1.11.1. Conhecimentos Básicos Específicos

- Questões de múltipla escolha relacionadas com o Programa Básico.

1.11.1.1. Programa Básico

1. A educação escolar no contexto das transformações da sociedade contemporânea: Que educação? Que escola? Que conhecimentos? Que procedimentos de ensino? Que recursos didáticos? Que professor? Que aluno? Que avaliação?

2. Perspectivas atuais da educação

3. A educação na LDB (Lei n° 9.394/96 e posteriores alterações)

4. Uma visão geral da escola

- Aspectos físicos e materiais da escola, sua importância e adequação.

- Aspectos administrativos:

. Fundamentos da gestão escolar

. Princípios e funções da gestão escolar

. Abrangência da gestão escolar

. O gestor escolar; formação e funções

. Fatores que interferem no comportamento e no relacionamento humano no trabalho: relações humanas, liderança, comunicação, clima organizacional.

- Aspectos pedagógicos:

. A equipe pedagógica

. Planejamento educacional (em âmbito governamental, a nível de escola e a nível de sala de aula).

. Planejamento a nível de escola (Projeto pedagógico - Planejamento do currículo - Planos de curso - Planos de aula).

. A organização escolar (Matrícula - organização das turmas - distribuição de professores por turma - material didático - o cotidiano da escola - o currículo - a avaliação etc...)

. A sala de aula e suas práticas (Tendências pedagógicas mais presentes na prática escolar - Elementos do processo didático (Objetivos -Conteúdos- Procedimentos didáticos - Recursos didáticos - Avaliação).

. O professor, sua formação e atuação.

5. A Supervisão Educacional

. Relação entre o contexto econômico, sociopolítico e a Supervisão Educacional.

. Reflexão crítica sobre a Supervisão Educacional.

. Concepções sobre a Supervisão Educacional: individualista ou compartilhada.

. Funções e atribuições da Supervisão Educacional.

. A Supervisão Educacional na LDB.

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

. BELLO, R. de A. Administração escolar (Cap. XII). São Paulo: Editora do Brasil, 1969.

. FALCÃO FILHO, J. Leão. Relações entre o supervisor pedagógico e os professores. In: Revista AMAE.

. GADOTTI, M. Perspectivas atuais da educação.Porto Alegre: Artmed, 2000.

. GARCIA, R.L. Um currículo a favor das classes populares. In: Cadernos CEDES n°5. Campinas.

. LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL (Lei n° 9.394/96 e posteriores alterações).

. LIBÂNEO, J.C. et allii. Educação escolar: políticas, estruturas e organização. São Paulo: Cortez, 2003.

. LUCKESI, C.C. Avaliação da aprendizagem. São Paulo: Cortez, 1995.

. LUCKESI, C.C. Filosofia da educação (Cap.3). São Paulo: Cortez, 1995.

. MEDINA, A.S. Supervisão escolar - da ação exercida à ação repensada. Porto Alegre: AGE / RS, 2002.

. MOTTA, P.R. Gestão contemporânea: a ciência e a arte de ser dirigente. Rio de Janeiro: Record, 1991.

. PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS - Introdução. Vol I. Brasília: MEC.

. PLACCO et allii. O coordenador pedagógico e o cotidiano da escola. São Paulo: Loyola, 2003.

. VEIGA, I.R. (Org) .Técnicas de ensino: Por que não? Campinas: Papirus, 1993.

. SILVA JÚNIOR, C. (Org) . Nove olhares sobre a supervisão. Campinas: Papirus, 1997.

1.12. AUXILIAR DE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

1.12.1. Conhecimentos Básicos Específicos e Língua Portuguesa

- Questões de múltipla escolha relacionadas com o Programa Básico.

1.12.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

1. A educação escolar no contexto das transformações da sociedade contemporânea: Que educação? Que escola? Que conhecimentos? Que procedimentos de ensino? Que recursos didáticos? Que professor? Que aluno? Que avaliação?

2. Perspectivas atuais da educação

3. A educação na Lei Federal n° 9394/96 - LDB e posteriores alterações)

4. Uma visão geral da escola

- Aspectos físicos e materiais da escola, sua importância e adequação

- Aspectos administrativos:

. Fundamentos da gestão escolar

. Princípios e funções da gestão escolar

. Abrangência da gestão escolar

. O gestor escolar; formação e funções.

- Aspectos pedagógicos:

. A equipe pedagógica

. Planejamento educacional (em âmbito governamental, a nível de escola e a nível de sala de aula).

. Planejamento a nível de escola (Projeto pedagógico - Planejamento do currículo - Planos de curso - Planos de aula).

. A organização escolar (Matrícula - organização das turmas - distribuição de professores por turma - material didático - o cotidiano da escola - o currículo - a avaliação etc...)

. A sala de aula e suas práticas (Tendências pedagógicas mais presentes na prática escolar - Elementos do processo didático (Objetivos - Conteúdos - Procedimentos didáticos - Recursos didáticos - Avaliação).

. O professor, sua formação e atuação.

- Conhecimentos e práticas específicas para o (a) Auxiliar de Secretaria de Educação:

. Ética profissional

. Fatores que interferem no relacionamento e no comportamento humano no trabalho: relações humanas, liderança, comunicação, clima organizacional.

. Programas, projetos e planos em nível de Secretaria da Educação.

. Arquivos (público e privado), protocolo, documentação escolar, correspondências e atos oficiais.

. NOÇÕES DE INFORMÁTICA: operação e conhecimentos sobre o equipamento eletrônico (COMPUTADOR), Windows, Word, Excel e Internet.

1.12.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Leitura e interpretação de texto

- Noções gerais da gramática:

. Fonética: fonema e letra - ortografia - acentuação gráfica - divisão silábica - emprego de letras - emprego das iniciais maiúsculas - emprego do til - do trema - do apóstrofo - do hífen - pontuação.

. Morfologia: Classes de palavras: Identificação do substantivo, do adjetivo, do artigo, do numeral, do pronome, do verbo, do advérbio, da preposição, da conjunção e da interjeição - flexão do substantivo, do adjetivo e do verbo - emprego dos pronomes, dos tempos e modos verbais - emprego do infinitivo - emprego do verbo haver - crase.

. Sintaxe: Termos da oração (Essenciais, integrantes e acessórios)

- Concordância verbal e nominal - regência nominal e verbal.

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

. BELTRÃO, O. et allii. Correspondência, linguagem e comunicação. São Paulo: Atlas...

. GADOTTI, M. Perspectivas atuais da educação. Porto Alegre: Artmed, 2000. (apenas o capítulo da apresentação do livro).

. GARCIA, R.L. Um currículo a favor das classes populares. In: Cadernos

CEDES n°5. Campinas. (apenas o capítulo citado).

- Lei n° 8.666/93 e posteriores alterações - Dispõe sobre Licitações e Contratos.

- Lei n° 8.159/91 - Dispõe sobre a Política Nacional de arquivos públicos e privados.

. LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL (Lei n° 9.394/96 e posteriores alterações).

. LIBÂNEO, J.C. Didática. São Paulo: Cortez, 1991. (especialmente os capítulos: 6, 7, 8, 9, 10 e 11).

. LIBÂNEO, J.C. et allii. Educação escolar: políticas, estruturas e organização. São Paulo: Cortez, 2003.

. LUCKESI, C.C. Avaliação da aprendizagem. São Paulo: Cortez, 1995.

. LUCKESI, C.C. Filosofia da educação . São Paulo: Cortez, 1995. (apenas o capítulo 3)

. MEDEIROS, J.B. Manual da secretária. São Paulo, Atlas.

. MOTTA, P.R. Gestão contemporânea: a ciência e a arte de ser dirigente. Rio de Janeiro: Record, 1991.

. PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS - Introdução. Vol I. Brasília: MEC

. CEGALLA, D.P. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa -Edição 2005.

. NET, P.C. e INFANTE, U. Gramática da Língua Portuguesa, São Paulo. Editora: Scipione, 1997.

. Informática: livre escolha.

2. NÍVEL MÉDIO DE ESCOLARIDADE

2.1. AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO PSF

2.1.1. Conhecimentos Básicos Específicos e Língua Portuguesa

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

2.1.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- O Papel do Auxiliar de Enfermagem na comunidade e o Programa de Saúde da Família (PSF)

- Trabalho em grupo com Agentes de Saúde do PSF

- Assistência de enfermagem em situações de emergência

- Assistência de enfermagem ambulatorial

- Assistência de enfermagem a pacientes hospitalizados em clínica: médica, cirúrgica, pediátrica, obstétrica e ginecológica

- Assistência de enfermagem de doenças infecto-contagiosas: doença e infância, cólera, AIDS

- Técnicas básicas de enfermagem

- Código de ética profissional

- Relacionamento profissional

- Esterilização, desinfecção e limpeza

- Vacinação

- Curativos

2.1.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Interpretação de texto

- Ortografia

- Fonética

- Morfologia

- Sintaxe

- Emprego de verbos.

2.2. AGENTE ADMINISTRATIVO

2.2.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

2.2.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- NOÇÕES DE INFORMÁTICA: operação e conhecimentos sobre o equipamento eletrônico (COMPUTADOR), Windows, Word, Excel e Internet

- Noções básicas sobre Administração Pública

- Direitos e deveres do Servidor Público (Constituição Federal e Estadual e Emenda Constitucional n° 19)

- Noções básicas sobre Licitações e Contratos (Lei n° 8.666/93 e posteriores alterações)

- Noções sobre arquivos Público e Privado

- Redação Oficial: Correspondência Oficial e Atos Oficiais (entendimento e técnica redacional)

- Organização de reuniões

- Organização de eventos e solenidades: noções de cerimonial

- Relações Públicas e Humanas

- Ética Profissional.

2.2.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Interpretação de texto

- Ortografia

- Fonética

- Morfologia

- Sintaxe

- Emprego de verbos

2.2.1.3. Programa Básico (Matemática)

Aritmética: sistemas de numeração; operações e problemas com números naturais: divisibilidade, múltiplos e divisores, critérios de divisibilidade, números primos; operações e problemas envolvendo números racionais na forma fracionária e na forma decimal; números reais. Geometria Plana: ângulos, triângulos e quadriláteros; áreas e perímetros das principais figuras planas; semelhança de triângulos; relações métricas nos triângulos retângulos; círculo e circunferência. Unidades de Medidas: comprimento, superfície, volume, tempo, capacidade e massa. Matemática Comercial: razão e proporção; divisão proporcional; regra de três simples e composta; porcentagem, juros simples. Estatística Básica: conceitos e organização de dados estatísticos.

Problemas de raciocínio lógico.

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

- Informática: livre escolha

- MEIRELLES, Hely Lopes - Direito Administrativo Brasileiro - Malheiros Editores - S.Paulo

- MEDEIROS, João Bosco e HERNANDES, Sônia - Manual da Secretária - Editora ATLAS - S. Paulo

- BELTRÃO, Odacir e Mariúsa - Correspondência - Linguagem e Comunicação - Editora ATLAS - S.Paulo

- PAES, Marilena Leite. Arquivo: teoria e prática - Fundação Getúlio Vargas - 1997 - Rio de Janeiro

- Constituições Federal e Estadual e Emenda Constitucional n° 19 - Disposições sobre Servidores Públicos

- Lei n° 8.666/93 e posteriores alterações - Dispõe sobre Licitações e Contratos

- Lei n° 8.159/91 - que dispõe sobre a Política Nacional de arquivos públicos e privados

- Gramática da Língua Portuguesa (livre escolha)

- Livros de matemática para o ensino médio (livre escolha).

3. NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO DE ESCOLARIDADE

3.1. AGENTE DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

3.1.1. Conhecimentos Básicos Específicos e Língua Portuguesa

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos, incluindo Higiene, Saúde Pública e da Comunidade.

3.1.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Odontologia Comunitária - A odontologia no Brasil - Conceito de Saúde e doença - Política de Saúde no Brasil

- O papel do Agente de Consultório Dentário na comunidade e o Programa de Saúde da Família (PSF)

- Noções sobre Relações Públicas e Humanas

- Esterilização, desinfecção e higiene

- Instrumentos de uso rotineiro

- Materiais odontológicos

- Bio-segurança: doenças infecto-contagiosas (AIDS e outras)

- Noções sobre psicologia infantil

- Noções de emergência de primeiros socorros

- Assistência a cirurgia bucal em consultórios

- Programa básico de saúde bucal

- Atendimentos de rotinas ao paciente.

3.1.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Interpretação de texto

- Ortografia

- Fonética

- Morfologia

- Sintaxe

- Emprego de verbos

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

- BARATIERI, L. Narciso - Procedimentos Preventivos e Restauradores, Quinfessence, Livraria e Editora Santos, 1989

- PHILLIPS, R.W. Materiais Dentários Skiners, Intermericana, 2ª. Edição, 1978

- Brasil, Ministério da Saúde - Secretaria de Organização da Unidade do Sistema Unificado de Saúde. Modelos Assistenciais no Sistema Único de Saúde

- LUCAS, Simone Dutra. Materiais dentários: manual para ACD e THD. Belo Horizonte, Littera Maciel, 1997

- SAMARANAYAKE, L. P. Controle da infecção para a equipe odontológica.

2ª. ed. São Paulo, Santos, 1995

- BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência à Saúde. Programa Nacional de doenças sexualmente transmissíveis/AIDS. Hepatites, AIDS e Herpes na prática odontológica. Brasília, 1996

- Marcos, B. - Pontos de Epidemiologia

- PUC-MG - Apostila do Curso de Aux. Odontológico

- Dentística - Procedimentos Preventivos e Restauradores. Cury, Jayme - Cap. 2 - Baratieri, L.N. Livraria. Editora Santos, 1980

- Kraus, B.O. - Risco de cárie

- Gramática da Língua Portuguesa (livre escolha).

3.2. AUXILIAR ADMINISTRATIVO

3.2.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

3.2.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Operação e conhecimentos sobre o equipamento eletrônico (COMPUTADOR), Windows, Word, Excel e Internet

- Noções básicas sobre Administração Pública

- Direitos e deveres do Servidor Público (Constituições Federal e Estadual e Emenda Constitucional n° 19)

- Noções básicas sobre Licitações e Contratos (Lei n° 8.666/93 e posteriores alterações)

- Noções sobre arquivos Público e Privado

- Noções sobre Protocolo de documentos

- Redação Oficial: Correspondência Oficial e Atos Oficiais

- Atendimento telefônico

- Relações Públicas e Humanas

- Ética profissional

3.2.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Interpretação de texto

- Ortografia

- Fonética

- Morfologia

- Sintaxe

- Emprego de verbos

3.2.1.3. Programa Básico (Matemática)

- Números naturais - Operações, expressões aritméticas

- Aritmética em N - Números pares, ímpares, múltiplos, divisibilidade MDC e MMC

- Números inteiros - Números opostos, valor absoluto, operações

- Números racionais - Representação por fração, equivalência, operações, problemas

- Números reais - Operações, problemas

- Função de 1° grau - Equações, inequações e resolução de problemas

- Geometria - Ponto, reta, plano, posição relativos entre retas e planos

- Ângulos - Classificação, medidas, bissetriz

- Polígonos - Perímetro e área

- Círculo e Disco - Perímetro e área

- Sólidos - Cubos, paralelepípedos, volume

- Paralelismo e perpendicularismo de retas e planos

- Função proporcionalidade - Divisão proporcional, porcentagem, regra de três simples, juros

- Sistema de Medidas - Comprimento, superfície, volume e massa

- Problemas de raciocínio lógico.

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

- INFORMÁTICA: livre escolha

- MEIRELLES, Hely Lopes - Direito Administrativo Brasileiro - Malheiros Editores - S. Paulo

- MEDEIROS, João Bosco e HERNANDES, Sônia - Manual da Secretária - Editora ATLAS - S.Paulo

- BELTRÃO, Odacir e Mariúsa - Correspondência - Linguagem e Comunicação - Editora ATLAS - S. Paulo

- PAES, Marilena Leite. Arquivo: teoria e prática - Fundação Getúlio Vargas - 1997 - Rio de Janeiro

- Constituições Federal e Estadual e Emenda Constitucional n° 19 - Disposições sobre Servidores Públicos

- Lei n° 8.666/93 e posteriores alterações - que dispõe sobre Licitações e Contratos

- Lei nº 8.159/91 - Dispõe sobre a Política Nacional de arquivos públicos e privados

- Gramática da Língua Portuguesa (livre escolha)

- Livros de Matemática para o Ensino Fundamental (livre escolha).

3.3. MONITOR DE ESPORTES

3.3.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

3.3.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Noções de primeiros socorros

- Conhecimento básico do treinamento desportivo (qualidades físicas)

- Conhecimento geral desportivo

- Teoria e prática do esporte comunitário e de massa

- Organização de eventos

- Material utilizado

- Colônia de férias

- O esporte como veículo socializante.

3.3.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Interpretação de texto

- Ortografia

- Fonética

- Morfologia

- Sintaxe

- Emprego dos verbos

3.3.1.3. Programa Básico (Matemática)

- Números naturais - Operações, expressões aritméticas

- Aritmética em N - Números pares, ímpares, múltiplos, divisibilidade MDC e MMC

- Números inteiros - Números opostos, valor absoluto, operações

- Números racionais - Representação por fração, equivalência, operações, problemas

- Números reais - Operações, problemas

- Geometria - Ponto, reta, plano, posição relativos entre retas e planos

- Ângulos - Classificação, medidas, bissetriz

- Polígonos - Perímetro e área

- Círculo e Disco - Perímetro e área

- Sólidos - Cubos, paralelepípedos, volume

- Paralelismo e perpendicularismo de retas e planos

- Função proporcionalidade - Divisão proporcional, porcentagem, regra de três simples, juros

- Sistema de Medidas - Comprimento, superfície, volume e massa

- Problemas de raciocínio lógico

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

- ALVES, Orlando José. Noções de primeiros socorros. 5ª. ed., Rio de Janeiro Associação brasileira para prevenção de Acidentes, 1978

- BIAGGIO, Ângela M. Brasil. Psicologia do desenvolvimento, 7ª.ed., Vozes, 1983

- CAMPOS, Dinah Martins de Souza. Psicologia de aprendizagem, 16ªed., Vozes, 1984

- COOPER, Keneth H. O Método de Cooper (capacidade aeróbica). São Paulo, Edibolso, 1976

- COSTA, Lamartine Pereira.Teoria e prática do esporte comunitário e de massa. Rio de Janeiro. Palestra, 1981

- PINI, Mário Carvalho. Fisiologia esportiva. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1978

- TUBINO, Manoel José Gomes. Metodologia do treinamento desportivo.2ª. ed., São Paulo, Ibrasa, 1980.

- Gramática da Língua Portuguesa (livre escolha)

- Livros de Matemática para o Ensino Fundamental (livre escolha)

3.4. FISCAL DE OBRAS

3.4.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

3.4.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Conhecimentos gerais da Legislação Edilícia (conceitos legais)

- Conhecimentos de informática (ambiente Windows/Internet)

- Interpretação de texto, redação descritiva

- Conhecimento na busca de informações em campo e em pesquisa de bancos de dados ou bibliotecas

- Conhecimentos de Geometria plana/espacial e descritiva; desenho de arquitetura: formatos, escalas, símbolos e convenções.

- Noções de arquitetura e meio ambiente: fatores condicionantes, planejamento e construção

- Elementos da construção: fundações, estruturas, paredes e revestimentos, coberturas

- Condições gerais das edificações: alinhamentos e afastamentos, classificação dos compartimentos, vãos, áreas, circulações em mesmo nível, circulações de ligação de níveis diferentes, orientação e insolação

- Elementos básicos do projeto: plantas, cortes, fachadas e detalhes

- Projeto de reforma e modificação: acréscimo e demolição

- Instalações prediais: Hidráulicas, sanitárias e elétricas

- Desenho topográfico: leitura e interpretação da planta topográfica

- Licença e aprovação de projetos

- Execução e conclusão de obras

- Habite-se

- Lavratura de atos cabíveis: notificação, intimação e autos de infração e apuração

3.4.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Interpretação de texto

- Ortografia

- Fonética

- Morfologia

- Sintaxe

- Emprego de verbos

3.4.1.3. Programa Básico (Matemática)

- Números naturais - Operações, expressões aritméticas

- Aritmética em N - Números pares, ímpares, múltiplos, divisibilidade MDC e MMC

- Números inteiros - Números opostos, valor absoluto, operações

- Números racionais - Representação por fração, equivalência, operações, problemas

- Números reais - Operações, problemas

- Função de 1° grau - Equações, inequações e resolução de problemas

- Geometria - Ponto, reta, plano, posição relativos entre retas e planos

- Ângulos - Classificação, medidas, bissetriz

- Polígonos - Perímetro e área

- Círculo e Disco - Perímetro e área

- Sólidos - Cubos, paralelepípedos, volume

- Paralelismo e perpendicularismo de retas e planos

- Função proporcionalidade - Divisão proporcional, porcentagem, regra de três simples, juros

- Sistema de Medidas - Comprimento, superfície, volume e massa

4. NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

4.1. MOTORISTA

4.1.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

4.1.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Verificação das condições de funcionamento do veículo

- Transporte de pessoas e materiais

- Orientação sobre carregamento e descarregamento de cargas

- Segurança de passageiros e cargas

- Pequenos reparos de urgência

- Revisões e manutenção de veículos

- Código Nacional de Trânsito

- Tráfego

4.1.1.2. Programa Básico (língua Portuguesa)

- Noções básicas de Língua Portuguesa: divisão de sílabas, plurais, antônimos (significado contrário) sinônimos (mesmo significado), ortografia (escrita correta), acentuação gráfica, gênero (feminino e masculino), verbo: tempo, número, pessoa e conjugação.

4.1.1.3. Programa Básico (Matemática)

- As quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e Divisão

- Uso simples de fração: metade e terça parte

- Uso simples de dobro e triplo

- Relógio/hora

- Números pares e ímpares

- Seqüências numéricas

- Resolução de problemas.

4.1.2. Prova prática/Oral

- Direção de um veículo, observando também as técnicas de execução dos serviços e conhecimentos das leis de trânsito.

4.2. OPERADOR DE MÁQUINA PESADA

4.2.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

4.2.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Serviços de escavação, terraplanagem e nivelamento de solos

- Técnicas para manutenção de estradas vicinais

- Carregamento e descarregamento de materiais

- Manutenção de equipamento: limpeza e lubrificação de máquinas e de seus implementos

- Manutenção preventiva do equipamento e testes de funcionamento

- Medidas de segurança para a operação e estacionamento das máquinas pesadas.

4.2.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Noções básicas de Língua Portuguesa: divisão de sílabas, plurais, antônimos (significado contrário) sinônimos (mesmo significado), ortografia ( escrita correta), acentuação gráfica, gênero (feminino e masculino), verbo: tempo, número, pessoa e conjugação.

4.2.1.3. Programa Básico (Matemática)

- As quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e divisão

- Uso simples de fração: metade e terça parte

- Uso simples de dobro e triplo

- Relógio/hora

- Números pares e ímpares

- Seqüências numéricas

- Resolução de problemas.

4.2.2. Prova Prática/Oral

- Operar máquinas pesadas, observando as técnicas de execução dos serviços.

4.3. TRATORISTA

4.3.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

4.3.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Técnicas de operação de trator agrícola (pneus): Arar, gradear e sulcar terra; roçar; fazer limpeza na cidade com carreta, auxiliando no carregamento e descarregamento das cargas transportadas

- Trabalhar com motor screper a rasto

- Manutenção de equipamento: limpeza e lubrificação de máquinas e implementos

- Manutenção preventiva do equipamento e teste de funcionamento

- Medidas de segurança para operação e estacionamento de máquinas pesadas

- Noções do Código Nacional de Trânsito no que se refere a este tipo de máquina.

4.3.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Noções básicas de Língua Portuguesa: divisão de sílabas, plurais, antônimos (significado contrário) sinônimos (mesmo significado), ortografia (escrita correta), acentuação gráfica, gênero (feminino e masculino), verbo: tempo, número, pessoa e conjugação.

4.3.1.3. Programa Básico (Matemática)

- As quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e divisão

- Uso simples de fração: metade e terça parte

- Uso simples de dobro e triplo

- Relógio/hora

- Números pares e ímpares

- Seqüências Numéricas

- Resolução de problemas.

4.3.2. Prova Prática/Oral

- Condução de um trator agrícola e amostragem do trabalho possível de ser realizado, tais como, gradeamento e aração.

4.4. OPERÁRIO

4.4.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

4.4.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Conhecimentos relacionados às atividades ligadas à Profissão para a qual se candidatou. As atribuições do cargo estão descritas no Anexo III, deste Edital.

4.4.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Noções básicas de Língua Portuguesa: divisão de sílabas, plurais, antônimos (significado contrário) sinônimos (mesmo significado), ortografia (escrita correta), acentuação gráfica, gênero (feminino e masculino), verbo: tempo, número, pessoa e conjugação.

4.4.1.3. Programa Básico (Matemática)

- As quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e divisão

- Uso simples de fração: metade e terça parte

- Uso simples de dobro e triplo

- Relógio/hora

- Números pares e ímpares

- Seqüências numéricas

- Resolução de problemas.

4.5. OPERÁRIO QUALIFICADO - PEDREIRO

4.5.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

4.5.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Conhecimentos gerais das atividades inerentes ao Cargo, noções e normas de segurança do trabalho, higiene e comportamento

- Prevenção de riscos no ambiente de trabalho

- Organização do trabalho e processos de trabalho, medidas de proteção coletiva, medidas de proteção individual, proteção contra incêndio e primeiros socorros

- Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho, coleta e armazenamento de lixo

- Conhecimentos gerais de uso e manuseio de instrumentos de trabalho

- Dispositivos legais de uma obra: construção e materiais - escolhendo materiais

- Iniciando uma construção - o terreno - o canteiro de obras - locação de obra

- Fundações ou sapatas - dimensões - espessuras das ferragens - quantidade de sapatas - concretagem das sapatas

- Concreto e ferragens para fundações

- Alicerces - concreto e ferragens dos alicerces

- Paredes e colunas - vãos de porta e janelas - cintas protetoras - concreto e ferragem das colunas e cintas

- Lajes de cobertura de piso - pré-moldada - concreto batido - lajes pré-moldadas com isopor

- Muros e calçadas

- Instalação elétrica e instalação hidráulica e sanitária - noções básicas

- Acabamento - colocação de portas e janelas - emboço e reboco - chapiscado - penteado - grafite - rebaixamento de teto - azulejo nas paredes - tipos de pisos - colocação de aparelhos sanitários - pintura

- Os telhados

- A leitura das plantas - cálculo do consumo de materiais

- Traços de argamassa e concreto e proporções

- Questões situacionais baseadas nas atividades a serem desenvolvidas no cargo.

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

- Segurança e Medicina do Trabalho : Atlas (Manuais de Legislação - 16) edição atualizada

- SIGNORI, qualidade de vida no trabalho: Rio de Janeiro: Taba Cultural, 1999

- ZANETI, Izabel C.B.B. - Além do Lixo, Reciclar: Um processo de Transformação. Ed. Terra, Brasília, 1997

- www.lixo.com.br

- MANUAL DO CONSTRUTOR - EDIÇÃO COMPLETA - Editora Provenzano

- Outros livros que abrangem o programa proposto.

4.5.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Noções básicas de Língua Portuguesa: divisão de sílabas, plurais, antônimos (significado contrário) sinônimos (mesmo significado), ortografia (escrita correta), acentuação gráfica, gênero (feminino e masculino), verbo: tempo, número, pessoa e conjugação.

4.5.1.3. Programa Básico (Matemática)

- Quantidade; volume; comprimento; massa; altura; formas geométricas; relógio/hora. Identificação de abreviatura do sistema de medida; identificar partes fracionárias de desenhos. Problemas envolvendo dinheiro. As quatro operações simples (adição, subtração, multiplicação e divisão). Números pares e ímpares. Algarismos romanos. Seqüência numérica.

4.6. ZELADOR

4.6.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

4.6.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Atributos Profissionais: apresentação pessoal, responsabilidade, urbanidade, ética profissional

- Principais atribuições: cumprimento de leis e regulamentos, proteção do patrimônio público, defesa e preservação dos recursos ambientais, segurança das autoridades municipais, apoio na condução de um trabalho educativo de segurança pública junto à comunidade, pronto atendimento nas informações solicitadas pelo público, atendimento básico de primeiros socorros.

- A organização do trabalho diário: preenchimento de atas e registro de ocorrência do trabalho diário, controle e guarda do material necessário ao desenvolvimento do trabalho.

4.6.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Noções básicas de Língua Portuguesa: divisão de sílabas, plurais, antônimos (significado contrário) sinônimos (mesmo significado), ortografia( escrita correta), acentuação gráfica, gênero (feminino e masculino), verbo: tempo, número, pessoa e conjugação.

4.6.1.3. Programa Básico (Matemática)

- As quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e divisão

- Uso simples de fração: metade e terça parte

- Uso simples de dobro e triplo

- Relógio/hora

- Números pares e ímpares

- Seqüências numéricas

- Resolução de problemas.

5. NÍVEL DE ESCOLARIDADE ELEMENTAR (Saber ler e escrever)

5.1. GARI

5.1.1. Conhecimentos Básicos Específicos, Língua Portuguesa e Matemática

- Questões de múltipla escolha relacionadas com os Programas Básicos.

5.1.1.1. Programa Básico (Conhecimentos Básicos Específicos)

- Conhecimentos gerais das atividades inerentes ao cargo; noções e normas de segurança do trabalho; higiene e comportamento. Prevenção de riscos no ambiente de trabalho. Organização do trabalho e processos de trabalho. Medidas de proteção coletiva; medidas de proteção individual; proteção contra incêndio e primeiros socorros. Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho; coleta e armazenamento do lixo. Conhecimentos gerais de uso e manuseio de instrumentos de trabalho.

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS:

- Segurança e Medicina do Trabalho - Atlas (Manuais de Legislação - 16) edição atualizada

- SIGNORINI, qualidade de vida no trabalho. Rio de Janeiro: Taba Cultural, 1999

- ZANETI, Izabel C.B.B. - Além do Lixo, Reciclar: Um processo de Transformação. Ed. Terra Uma, Brasília, 1997

- www.lixo.com.br

- Outros livros que abrangem o programa proposto.

5.1.1.2. Programa Básico (Língua Portuguesa)

- Noções básicas de Língua Portuguesa: divisão de sílabas, plurais, antônimos (significado contrário) sinônimos (mesmo significado), ortografia (escrita correta), acentuação gráfica, gênero (feminino e masculino), verbo: tempo, número, pessoa e conjugação.

5.1.1.3. Programa Básico (Matemática)

- As quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e divisão

- Uso simples de fração: metade e terça parte

- Uso simples de dobro e triplo

- Relógio/hora

- Números pares e ímpares

- Seqüências numéricas

- Resolução de problemas.

ANEXO III

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

1 - MÉDICO DO PSF

Atribuições: Realizar consultas clínicas aos usuários da sua área adstrita; Executar as ações de assistência integral em todas as fases do ciclo da vida: criança, adolescente, mulher, adulto e idoso; Realizar consultas e procedimentos na USF e, quando necessário, no domicílio; Realizar as atividades clínicas correspondentes às áreas prioritárias na intervenção na Atenção Básica, definidas na norma operacional da Assistência à Saúde-NOAS 2001; Aliar a atuação clínica à prática da saúde coletiva; Fomentar a criação de grupos de patologias específicas, como de hipertensos, de diabéticos, de saúde mental, etc; Realizar o pronto atendimento médico nas urgências e nas emergências; Encaminhar aos serviços de maior complexidade, quando necessário, garantindo a continuidade do tratamento da USF, por meio de um sistema de acompanhamento e de referência e contra-referência; Realizar pequenas cirurgias ambulatoriais; Indicar internação hospitalar; Solicitar exames complementares; Verificar e atestar óbito.

2 - MÉDICO (cardiologista)

Atribuições: Trabalho profissional que consiste em exercer atividades de curso superior no campo da medicina preventiva e discussão em educação para a saúde; Realizar exames clínicos, fazer diagnósticos, prescrever tratamento, realizar pequenas cirurgias; Exercer medicina preventiva; Cumprir e fazer cumprir o regulamento, normas e rotinas em vigor; Realizar outras tarefas de acordo com as atribuições próprias das respectivas funções, inclusive administrativas.

3 - ENFERMEIRO DO PSF

Atribuições: Realizar cuidados diretos de enfermagem nas urgências e emergências clínicas, fazendo a indicação para a continuidade da assistência prestada; Realizar consulta de enfermagem, solicitar exames complementares, prescrever/transcrever medicações, conforme protocolos estabelecidos nos Programas do Ministério da Saúde e as disposições legais da profissão; Planejar, gerenciar, coordenar, executar e avaliar a USF; Executar as ações de assistência integral em todas as fases do ciclo de vida: criança, adolescentes, mulher, adulto e idoso. No nível de suas competências, executar assistência básica e ações de vigilância epidemiológica e sanitária; Realizar ações de saúde em diferentes ambientes, na USF e, quando necessário, no domicílio; Realizar as atividades correspondentes às áreas prioritárias de intervenção na atenção básica, definidas na Norma Operacional de Assistência a Saúde-NOAS 2001; Aliar a atuação clínica à prática da saúde coletiva; Organizar e coordenar a criação de grupos de patologias específicas, com de hipertensos, de diabéticos, de saúde mental, etc; Supervisionar e coordenar ações para capacitação dos Agentes Comunitários de Saúde e de auxiliares de enfermagem, com vistas ao desempenho de suas funções. O ocupante do cargo deverá cumprir horário de expediente fixado em 8 (oito) horas diárias, num total de 40 (quarenta) horas semanais.

4 - FISIOTERAPEUTA DA FAMÍLIA

Atribuições: Trabalho profissional que consiste em exercer atividades em nível de curso superior no campo da fisioterapia; Promover atendimento individual a pacientes; Realizar exames clínicos, fazer diagnósticos, prescrever tratamentos; Cumprir e fazer cumprir o regulamento, normas e rotinas em vigor; Realizar outras tarefas de acordo com as atribuições próprias das respectivas funções, inclusive administrativas.

5 - NUTRICIONISTA

Atribuições: Planejar, coordenar e supervisionar as atividades de seleção, de compra e armazenamento de alimentos; Coordenar e executar os cálculos de valor nutritivo, rendimento e custo das refeições/preparações culinárias; Planejar, implantar, coordenar e supervisionar as atividades de pré-preparo, de preparo, distribuição e transporte de refeição e/ou preparações culinárias; Avaliar tecnicamente preparações culinárias; Desenvolver manuais técnicos, rotinas de trabalho e receituários; Efetuar controle periódico do resto-ingestão; Planejar, implantar, coordenar e supervisionar as atividades de higienização de ambientes, veículos de transporte de alimentos, equipamentos e utensílios; Estabelecer e implantar formas e métodos de controle de qualidade de alimentos, de acordo com a legislação vigente; Coordenar, supervisionar e executar programas de treinamento e reciclagem de recursos humanos; Detectar e encaminhar ao hierárquico e autoridade competente, relatórios sobre condições da UAN impeditivas da boa prática profissional e/ou que coloquem em risco a saúde humana; Desenvolver pesquisas e estudos relacionados à sua área de atuação; Efetuar controle periódico dos trabalhos executados. Promover avaliação nutricional e do consumo alimentar das crianças; Promover adequação alimentar considerando necessidades específicas da faixa etária atendida; Promover, programas de educação alimentar e nutricional, visando crianças, pais, professores, funcionários e diretoria; Executar atendimento individualizado de pais de alunos, orientando sobre alimentação da criança e da família; Integrar a equipe multidisciplinar com participação plena na atenção prestada à clientela; Planejar, implantar e coordenar a UAN de acordo com as atribuições estabelecidas para a Área de Alimentação Coletiva; Em Coordenação: Planejar, implementar e controlar as atividades técnicas e administrativas do ano letivo; Executar atividades técnicas e administrativas inerentes à coordenação; Colaborar com as autoridades de fiscalização profissional e/ou sanitária; Efetuar o controle periódico dos trabalhos executados.

6 - FARMACÊUTICO BIOQUÍMICO

Atribuições: Supervisionar, orientar e realizar exames hematológicos, imunológicos, microbiológicos e outros, empregando aparelhos e reagente apropriados; Interpretar, avaliar e liberar os resultados dos exames para fins de diagnóstico clínico; Verificar sistematicamente os aparelhos a serem utilizados nas análises, ajustando-os e calibrando-os, quando necessário, a fim de garantir seu perfeito funcionamento e a qualidade dos resultados; Controlar a qualidade dos produtos e reagentes utilizados, bem como dos resultados das análises; Efetuar os registros necessários para controle dos exames realizados; Realizar estudos e pesquisas relacionadas com sua área de atuação; Elaborar pareceres, informes técnicos e relatórios, realizando pesquisas, entrevistas, fazendo observações e sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento ou aperfeiçoamento de atividades em sua área de atuação; participar de atividades administrativas de controle e de apoio referentes à sua área de atuação; Participar das atividades de treinamento e aperfeiçoamento do pessoal técnico e auxiliar, realizando-as em serviço ou em aulas e palestras, a fim de contribuir para o desenvolvimento qualitativo dos recursos humanos em sua área de atuação; Proceder à manipulação dos insumos farmacêuticos como medição, pesagem e mistura, utilizando instrumentos especiais e fórmulas químicos, para atender à produção de remédios e outros preparados; Analisar produtos farmacêuticos acabados e em fase de elaboração de seus insumos, valendo-se de métodos químicos para verificar qualidade, pureza e quantidade de cada elemento; Proceder a manipulação, análise, estudos de reações e balanceamento de fórmulas, utilizando substâncias, métodos químicos, físicos, estatísticos e experimentais, para obter remédios e outros preparados; Realizar estudos, análises e testes com plantas medicinais, utilizando técnicas e aparelhos especiais, para obter princípios ativos e matérias-primas; Realizar programas junto à vigilância sanitária e à farmácia municipal; Realizar outras atribuições compatíveis com sua especialização profissional.

7 - FONOAUDIÓLOGO

Atribuições: Trabalho que consiste no desenvolvimento da linguagem oral e escrita. Distúrbios de aprendizagem, deficiência auditiva, mudez, gagueira, atraso de linguagem, alterações da articulação do som em derrame cerebral, mal de Parkinson, câncer do aparelho fonador, etc; Dislexia, disfalias, disfonia, disartria, afasia, psicomotricidades; Atuar em educação em saúde; Cumprir e fazer cumprir o regulamento, normas e rotinas em vigor; Realizar outras tarefas afins.

8 - DENTISTA DO PSF

Atribuições: Trabalho profissional de odontologia que consiste no tratamento clínico e cirúrgico das afecções ou anomalias dentárias, bem como atividades de prevenção e promoção de saúde oral; Exercer atividades de nível relacionadas à odontologia; Fazer amamnese, anotando o nome dos clientes e os serviços executados; Realizar exames dos dentes e bocas de pacientes; Prestar assistência a superior hierárquico em assuntos de ordem técnica e administrativa da um idade odontológica; Cumprir o regulamento, normas e rotinas em vigor; Realizar outras tarefas de acordo com as atribuições próprias da Unidade Administrativa e da natureza do seu trabalho.

9 - CONTADOR

Atribuições: Trabalho de contabilidade que consiste em executar atividades de preparo, confecção, conferência e registro de documentos e atividades contábeis; Promover escrituração analítica das operações, orçamentárias e patrimoniais, em consonância com o plano de contas e instruções de serviço; Acompanhar e cumprir as exigências relacionadas a orçamento, balancetes, balanços, empenhos, contratos e convênios de receita ou despesas, enfim todas as tarefas necessárias ao bom andamento da administração pública de matéria contábil, financeira e fiscal entregue ao departamento respectivo; Realizar outras tarefas afins.

10 - COORDENADOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Atribuições: Analisar os programas, prever e escolher os recursos necessários ao processamento: terminais, impressoras, unidades de disco e outros; Selecionar e colocar em funcionamento programas básicos e aplicativos, de acordo com a programação; digitar os dados de entrada, observando os programas em execução, detectando problemas ou falhas na execução das tarefas e providenciando soluções; Manter cópias de segurança dos sistemas e informações existentes; Emitir relatórios enviando-os às unidades administrativas, de acordo com as normas preestabelecidas; Prestar orientações aos usuários dos sistemas e programas utilizados na Prefeitura; Tomar os cuidados e providências de conservação e manutenção recomendadas pelos fabricantes dos equipamentos, bem como administrar a rede física e lógica das Secretarias; Gerenciar o site do município, envolvendo a home page e domínios; Gerenciar os aspectos de segurança física e lógica da área de informática; Executar outras atribuições afins.

11 - ESPECIALISTA - SUPERVISOR EDUCACIONAL

Atribuições: Coordenar o processo de construção coletiva e execução da Proposta Pedagógica, dos Planos de Estudo e dos Regimentos Escolares; Investigar, diagnosticar, planejar, implementar e avaliar o currículo em integração com outros profissionais da Educação e integrantes da comunidade; Supervisionar o cumprimento dos dias letivos e horas/aula estabelecidos legalmente; Velar pelo cumprimento do plano de trabalho dos docentes nos estabelecimentos de ensino; Assegurar o processo de avaliação da aprendizagem escolar e a recuperação dos alunos com menor rendimento em colaboração com todos os segmentos da comunidade escolar, objetivando a definição de prioridades e a melhoria da qualidade de ensino; Planejar, executar, avaliar os encaminhamentos, de forma permanente, dos conselhos de classe, das reuniões pedagógicas, reuniões de pais, de planejamento, grupos de estudo e projetos; Promover atividades de estudo e pesquisa na área educacional, estimulando o espírito de investigação e a criatividade dos profissionais da Educação; Emitir parecer concernente à Supervisão; Acompanhar estágios, planejar e coordenar atividades de atualização no campo educacional; Propiciar condições para a formação permanente dos educadores em serviço; Promover ações que objetivem a articulação dos educadores com as famílias e a comunidade, criando processos de integração com a escola; Assessorar os sistemas educacionais nos aspectos concernentes à ação pedagógica; Realizar e divulgar as referências bibliográficas e de outros materiais pedagógicos na área de educação, visando fundamentalmente atualizar e redimensionar a ação pedagógica dos profissionais na escola; Participar de cursos, seminários, encontros e outros, buscando a fundamentação e redimensionamento da ação específica dos especialistas, com vistas a subsidiar uma postura de pesquisa e investigação, frente a prática pedagógica; Manter-se constantemente atualizado com vistas a garantir padrões mais elevados de eficiência e de eficácia no desenvolvimento do processo, de melhoria curricular em função das atividades que desempenha; Elaborar relatório/síntese das ações realizadas anualmente na unidade educativa; Realizar outras atividades correlatas com a função.

12 - AUXILIAR DE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

Atribuições: Assessorar em assuntos de sua Unidade; Planejar, orientar, controlar, supervisionar, acompanhar e avaliar a execução dos trabalhos desenvolvidos pela Unidade; Coordenar a elaboração do Plano Municipal de Educação; Colaborar e submeter, à apreciação e aprovação do Secretário Municipal de Educação, a proposta de planos, programas e projetos a serem desenvolvidos pela equipe pedagógica; Apreciar e pronunciar-se em assuntos relativos à Unidade, quando solicitado; Propor ao Secretário Municipal de Educação medidas destinadas ao aperfeiçoamento ou redirecionamento de programas, projetos e atividades em execução na Secretaria, com vistas à otimização dos seus projetos; Encaminhar ao Secretário Municipal de Educação relatórios periódicos referentes às atividades da Unidade; Participar na elaboração e divulgação das diretrizes curriculares pertinentes ao Ensino Fundamental, Educação Infantil e as modalidades de Educação de Jovens e Adultos, Educação Especial e dos projetos educacionais; Promover a articulação do secretário com instituições públicas e privadas, nacionais, internacionais e estrangeiras; Auxiliar no pleno funcionamento da Secretaria, ajudando na programação das atividades necessárias, auxiliando na coordenação, organização e respondendo, com a supervisão dos especialistas da escola, pele expediente geral; Participar das reuniões da escola ou da Secretaria Municipal de Educação sempre que solicitado e comparecer a processos de formação sempre que convocado.

13 - AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO PSF

Atribuições: Noções de anatomia, fisiologia e microbiologia. Imunização: Doenças preveníveis por imunização, vacinas (rede de frio, validade, via de administração, esquema do Ministério da Saúde); Administração de medicamentos: via oral, via parenteral (ID,SC,IM,IV), outras vias; Curativos: material utilizado e cuidados com a sua utilização tipos de ferimentos, procedimentos; Limpeza, assepsia, anti-sepsia, desinfecção e esterilização: conceitos, importância, indicações; Atenção à mulher: métodos anticoncepcionais, gravidez (alterações fisiológicas, assistência do auxiliar de enfermagem no pré-natal, complicações da gravidez); assistência de enfermagem no parto, no puerpério (normal e patológico) e na amamentação; Doenças sexualmente transmissíveis; Atenção à criança: cuidados com o recém-nascido e prematuro, patologias do recém-nascido, noções de crescimento e desenvolvimento, assistência de enfermagem nas IVAS e nas IRAS, terapia de reidratação oral, assistência à criança desidratada e à criança desnutrida, parasitoses, doenças transmissíveis comuns na infância; Atenção ao adulto: patologias crônicas, hipertensão arterial sistêmica, diabetes, noções sobre oncologia, assistência à saúde do trabalhador (principalmente doenças profissionais); Noções de primeiros socorros, dados vitais, oxigenoterapia, sondagem gástrica, vesical, lavagem intestinal, aplicações quentes e frias, massagens, observações de sinais e sintomas; Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico no pré e pós-operatório, terminologia cirúrgica; Código de ética profissional, Lei do exercício profissional; Termos técnicos na enfermagem; Cumprir o regulamento, normas e rotinas em vigor; Enfim serviços pertinentes à área.

14- AGENTE ADMINISTRATIVO

Atribuições: Trabalho administrativo direcionado ao setor público, conhecimentos estruturais da função; Habilidade datilográfica e em computador, possuir capacidade de redação de portarias, convênios e memorandos para o andamento da administração; Deve demonstrar capacidade de interpretação da norma legal, com entendimento da estrutura; Ser capaz de apontar soluções para a administração pública em nível de pessoal, relações públicas, trato com autoridades, organização de eventos, solenidades, etc; Executar serviços de digitação; Conhecimento de técnicas de redação e também, estruturalmente, aritmética, matemática e português; Cumprir o regulamento, normas em vigor; Enfim executar tarefas em nível de segundo grau completo voltado para o setor público.

15 - AGENTE DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

Atribuições: Participar do processo de planejamento, acompanhamento e avaliação das ações desenvolvidas no território de abrangência das unidades básicas de saúde da família; Identificar as necessidades e expectativas da população em relação à saúde bucal; Estimular e executar medidas de promoção da saúde, atividades educativas e preventivas em saúde bucal; Executar ações básicas de vigilância epidemiológicas em sua área de abrangência; Organizar o processo de trabalho de acordo com as diretrizes do PSF e do plano de saúde municipal; Sensibilizar as famílias para a importância da saúde bucal na manutenção da saúde; Programar e realizar vistas domiciliares de acordo com as necessidades identificadas; Desenvolver ações intersetoriais para promoção da saúde bucal; Proceder à desinfecção e esterilização de materiais e instrumentos utilizados; Realizar procedimentos educativos e preventivos nos usuários para o atendimento clínico, como evidenciação de placa bacteriana, orientações à escovação com uso de fio dental sob acompanhamento do THD; Preparar o instrumental e materiais para uso (sugador, espelho sonda e demais materiais necessários para o trabalho); Instrumentalizar o cirurgião dentista ou THD durante a realização de procedimentos clínicos; Cuidar da manutenção e conservação dos equipamentos odontológicos; Agendar e orientar o paciente quanto ao retorno para a manutenção do tratamento; Acompanhar e apoiar o desenvolvimento dos trabalhos da equipe de saúde da família no tocante a saúde bucal; Realizar procedimentos coletivos como escovação supervisionada, evidenciação de placa bacteriana e bochechos fluorados na unidade básica de saúde da família e espaços sociais identificados; Registrar o SIAB os procedimentos de sua competência realizados.

16- AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Atribuições: Execução de tarefas burocráticas variadas de secretaria. Compreende o exercício de atividades em nível de primeiro grau de ensino no campo de serviços de secretaria; Atendimento telefônico, prestação de informações, recepção, recebimento de correspondências e volumes, preenchimento de fichas, talões, arquivo, protocolo, fotocópia, conferir e fazer cálculos, etc; Fornecer dados e documentos necessários ao bom andamento do serviço; Atender com presteza as solicitações dos órgãos competentes; Manter atualizada toda a documentação que lhe for confiada; Possuir conhecimento elementar de gramática e aritmética; Executar serviços de datilografia e digitação; Ter senso de organização; Conhecer métodos de rotinas burocráticas de secretaria, especialmente atendimento ao público; Desincumbir-se de todas as atividades que por sua natureza, estão no âmbito de sua competência e cumprir o regulamento, normas e rotinas em vigor.

17 - MONITOR DE ESPORTES

Atribuições: Desenvolver com estudantes e outras pessoas interessadas, as práticas de desportos e educação física; Ensinar, aos estudantes e a outras pessoas interessadas, técnicas dos diversos desportos e educação física; Instruir os participantes de atividades esportivas sobre os princípios e regras inerentes a cada modalidade esportiva praticada; Acompanhar as práticas desportivas; Participar da organização de campeonato e torneios no Município, elaborando regulamentos e tabelas, bem como, determinando os melhores locais para a realização dos eventos, a fim de incentivar a prática de esportes na comunidade; Executar outras atribuições afins.

18- FISCAL DE OBRAS

Atribuições: Verificar e orientar o cumprimento da regulamentação urbanística concernente a obras públicas e particulares; Vistoriar imóveis recém-construídos ou reformados, inspecionando o funcionamento das instalações sanitárias e o estado de conservação das paredes, telhados, portas e janelas, a fim de opinar nos processos de concessão de habite-se; Verificar o licenciamento de construção ou reforma, embargando as que não estiverem providas de competente autorização ou que estejam em desacordo com o autorizado; Embargar construções clandestinas, irregulares ou ilícitas; Solicitar a autoridade competente a vistoria de obras que lhe pareçam em desacordo com as normas vigentes; Verificar a colocação de andaimes e tapumes nas obras em execução, bem como a carga e descarga de material na via pública; Verificar a existência de habite-se nos imóveis construídos, reformados ou que tenham sofrido obras de vulto; Acompanhar os arquitetos e engenheiros da Prefeitura nas inspeções e vistorias realizadas; Inspecionar a execução de reformas de próprios municipais; Verificar alinhamentos e cotas indicados nos projetos; Intimar, autuar, interditar, estabelecer prazos e tomar outras providências com relação aos violadores dasleis, normas e regulamentos concernentes às obras particulares; Realizar indicâncias especiais para instrução de processos ou apuração de denúncias e reclamações; Coletar dados para a atualização de cadastro urbanístico do Município; Realizar plantões fiscais e emitir relatórios sobre os resultados das fiscalizações efetuadas; Articular-se com fiscais de outras áreas, sempre que necessário; Redigir memorandos, ofícios, relatórios e demais documentos relativos aos serviços de fiscalização executados; Formular críticas e propor sugestões que visem aprimorar e agilizar os trabalhos de fiscalização, tornando-os mais eficazes; Executar outras atividades inerentes ao cargo.

19- MOTORISTA

Atribuições: Dirigir veículos motorizados para transporte de pessoas ou cargas; Cuidar da limpeza, conservação e manutenção dos veículos e fazer-lhes pequenos reparos quando da sua utilização; Preencher fichas de controle; Cumprir o regulamento, normas, rotinas em vigor; Realizar outras tarefas de acordo com as atribuições próprias da respectiva função, inclusive administrativas.

20 - OPERADOR DE MÁQUINA PESADA

Atribuições: Realizar as funções observando normas de segurança e equipamentos obrigatórios; Ter conhecimentos básicos das máquinas; Dirigir e operar máquinas pesadas; Operar máquinas na execução de trabalho de terraplenagem, escavações, movimentação de terras e preparação de terrenos para fins específicos; Operar máquinas para a execução de limpeza de ruas e desobstrução de estradas; Zelar pela manutenção e conservação das máquinas e equipamentos utilizados; Atender às normas de segurança e higiene do trabalho; Executar outras atividades correlatas que lhe forem atribuídas.

21 - TRATORISTA

Atribuições: Operar tratores; Zelar pela conservação e guarda das máquinas e equipamentos.

22 - OPERÁRIO

Atribuições: Executar serviços braçais como capinas, roçagem, confecção de cercas, plantar, coletar; Conhecimento, uso e manutenção de ferramentas; Varrição de superfícies diversas; Carregamento e empilhamento de tijolos, blocos, etc; Carregamento de terra, areia e entulhos em caminhões; Conhecimento e uso dos utensílios e trabalho braçal; Executar outras atividades correlatas que lhe forem atribuídas.

23 - OPERÁRIO QUALIFICADO - Pedreiro

Atribuições: Trabalho especializado, que consiste em realizar atividades de construções civis, reformas e manutenção de próprios públicos, executando serviços de alvenaria, concreto, assentamento de tijolos, ladrilhos, etc.; Zelar pela guarda e conservação dos equipamentos de trabalho e limpeza do local da obra; Atender às normas de segurança do trabalho; Executar outras atividades inerentes ao cargo.

24 - ZELADOR

Atribuições: Manter vigilância sobre depósitos de materiais, pátios, áreas abertas, centro de esportes, escolas, obras em execução e edifícios onde funcionam repartições municipais; Percorrer sistematicamente as dependências de edifícios da Prefeitura e áreas adjacentes, verificando se portas, janelas, portões e outras vias de acesso estão fechadas corretamente e observado pessoas que lhe pareçam suspeitas, para possibilitar a tomada de medidas preventivas; Fiscalizar a entrada e saída de pessoas nas dependências de edifícios municipais, prestando informações e efetuando encaminhamentos, examinando autorizações, para garantir a segurança do local; Zelar pela segurança de materiais e veículos postos sob sua guarda; controlar e orientar a circulação de veículos e pedestres nas áreas de estacionamento público municipal, para manter a ordem e evitar acidentes; vigiar materiais e equipamentos destinados a obras; praticar os atos necessários para impedir a invasão de edifícios públicos municipais, inclusive com a ajuda policial quando necessária; comunicar imediatamente à autoridade superior quaisquer irregularidade encontradas; entrar em contato, quando necessário, com órgãos públicos, comunicando a emergência e solicitando socorro; zelar pela limpeza das áreas sob sua vigilância; percorrer toda as vias públicas que contenham edificações e outros similares pertencentes ao órgão público; trabalhar em parceria com a policia civil, militar, conselho tutelar e outros que se fizerem necessário ao fiel cumprimento do dever; executar outras atividades inerentes ao cargo.

25 - GARI

Atribuições: Efetuar limpeza de ruas, parques, jardins e outros logradouros públicos, varrendo e recolhendo detritos; Transportar o lixo aos depósitos apropriados; Realizar suas tarefas observando: Noções de limpeza, conhecimento, uso e manutenção de ferramentas, conhecimento e uso dos utensílios de trabalho braçal; Destinação do lixo doméstico e hospitalar, Executar outras atividades correlatas que lhe forem atribuídas.