Prefeitura de Abaeté (Concurso Público) - MG

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ABAETÉ

ESTADO DE MINAS GERAIS

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO - Nº 01 /2007

O MUNICÍPIO DE ABAETÉ/MG, torna público que fará realizar Concurso Público de Provas Objetivas, Práticas e de Resistência Física de caráter eliminatório e de Provas de Títulos de Caráter classificatório, através da empresa REIS & REIS AUDITORES ASSOCIADOS, para provimento de cargos do quadro permanente de servidores, de acordo com as normas estabelecidas neste Edital.

1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 Os cargos, vagas, qualificação mínima exigida, jornada de trabalho, vencimento mensal, valor da taxa de inscrição são os constantes do ANEXO I deste Edital.

1.2 O Cronograma de Concurso é o constante do ANEXO III deste Edital, cujas datas deverão ser rigorosamente respeitadas.

1.3 Os meios oficiais de divulgação dos atos deste concurso serão: Quadro de avisos da Prefeitura Municipal e no site www.reisauditores.com.br e, cabe ao candidato informar-se sobre quaisquer retificações, resultados, julgamento de recursos e quaisquer outros atos ocorridos.

1.4 Este Concurso Público será coordenado pela Comissão Especial do Concurso instituída pela Portaria n.º 067 de 12/11/2.007 da PREFEITURA MUNICIPAL DE ABAETÉ/MG.

2 - DO REGIME JURÍDICO E DO LOCAL DE TRABALHO

2.1 - O regime jurídico único dos servidores públicos do MUNICÍPIO DE ABAETÉ/MG é o Estatutário, instituído pela Lei Municipal nº. 1.660 de 09/12/1997.

2.2 - Local de Trabalho: Sede da PREFEITURA MUNICIPAL DE ABAETÉ/MG ou Secretarias, Departamentos e Respectivas Coordenadorias, conforme necessidade da administração.

3 - DAS CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO

3.1 - Ser brasileiro nato ou naturalizado ou a quem for deferida a igualdade nas condições previstas no parágrafo 1º do artigo 12 da Constituição Federal.

3.2 - Estar em dia com as obrigações eleitorais.

3.3 - Estar em dia com as obrigações do serviço militar, se do sexo masculino.

3.4 - Estar em gozo dos direitos políticos.

3.5 - Possuir, na data da posse, idade igual ou superior a 18 (dezoito) anos.

3.6 - Aptidão física e mental, a ser comprovado por perícia médica oficial, nos termos da legislação vigente.

3.7 - Estar ciente que deverá possuir, na data da posse, a qualificação mínima exigida para o cargo.

3.8 - Não ter sido demitido por justa causa de serviço público;

3.9 - Não registrar antecedentes criminais, salvo se cumprida a pena.

3.10 - Conhecer e estar de acordo com as exigências contidas no presente Edital.

4 - DAS INSCRIÇÕES

4.1 - PRESENCIAL:

a) LOCAL: Secretaria Municipal de Assist. Social, Ação Comunitária e Trabalho, com endereço à Av. Simão da Cunha, 215 - 1º andar - Centro - na cidade de Abaeté, Estado de Minas Gerais.

b) PERÍODO: 19/11/2007 a 23/11/2007, exceto sábados, domingos e feriados.

c) HORÁRIO: 08:30h às 11:00h e de 13:00h às 17:30h. Apenas no dia 19/11/2007 as inscrições terão início às 10:00 h.

4.1.1 DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA:

4.1.1.1 - O candidato deverá apresentar no ato da solicitação da inscrição, pessoalmente, ou através de procuração pública ou particular com firma reconhecida, os seguintes documentos:

a) Original e fotocópia legível (frente/verso) da cédula de identidade ou outro documento equivalente, de valor legal (do candidato e do procurador, se for o caso).

b) Comprovante de pagamento da taxa de inscrição, cujo valor será recolhido no ato da inscrição.

4.1.1.2. Após apresentação da documentação exigida, o candidato ou seu procurador, deverá assinar documento, no local da inscrição, no qual declare seus dados pessoais, cargo pretendido e que atende às condições exigidas para se inscrever e submeter-se às normas expressas neste edital.

4.1.1.3 - A declaração falsa ou inexata dos dados constantes no requerimento de inscrição, bem como a apresentação de documentos ou informações falsas ou inexatas, implica o cancelamento da inscrição e anulação de todos os atos decorrentes, em qualquer época.

4.2 - VIA INTERNET:

a) Será admitida a inscrição via INTERNET, no endereço www.reisauditores.com.br, solicitada a partir das 09:00 horas do dia 19/11/2007 até às 17:00 horas do dia 23/11/2007 (horário oficial de Brasília/DF), desde que efetuado seu pagamento dentro do horário de expediente bancário, através de depósito em conta corrente ou transferência bancária ao Banco do Brasil, conta nº 4.903-4, Agência 1614-4, em nome da Reis e Reis Auditores Associados.

b) A inscrição efetuada via internet somente será validada após confirmação, por parte do candidato, do recolhimento do valor da inscrição através de depósito ou transferência bancária, não sendo aceito depósito em caixa rápido ou caixa eletrônico de auto-atendimento.

c) O candidato que optar pela inscrição via internet, após o procedimento indicado no item anterior, deverá proceder da seguinte forma:

- envio pelo Correio, do recibo original de depósito bancário e ainda fotocópia da carteira de identidade ou documento equivalente, devidamente autenticado em cartório, postado impreterivelmente até o último dia das inscrições, para o endereço: Rua da Bahia, 1004 - conj. 904 - Centro - Belo Horizonte/MG - Cep.: 30160-011, sob o título "CONCURSO PÚBLICO - PM Abaeté".

d) Não serão acatadas inscrições cujo pagamento do valor da inscrição tenha sido efetuado em desacordo com as opções oferecidas no ato do preenchimento da inscrição via internet, seja qual for o motivo alegado.

e) Os valores de inscrição pagos em desacordo com o estabelecido neste Edital não serão devolvidos, seja qual for o motivo alegado.

f) A Reis & Reis Auditores Associados não se responsabiliza por inscrições via internet não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilite a ransferência dos dados, ou pelo descumprimento das instruções para inscrição via internet constante neste Edital.

4.3 - DOS DEFICIENTES FÍSICOS.

4.3.1- Das vagas previstas no Anexo I, 10% (dez por cento) das vagas totais existentes são destinadas a candidatos portadores de deficiência, observada a exigência de compatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo, a ser aferida em perícia médica oficial, quando dos exames pré­admissionais.

4.3.3 Na hipótese de aplicação do percentual resultar em número fracionado igual ou superior a 0,5 (cinco décimos), a fração será arredondada para 01 (uma) vaga.

4.3.4 Após efetuar inscrição, o candidato deve enviar Laudo Médico citado no subitem 4.3.5 por SEDEX, ou protocolar junto à Empresa Reis e Reis Auditores Associados - Concurso Público da PREFEITURA MUNICIPAL DE ABAETÉ/MG, Rua da Bahia, 1004 - conj. 904 - Centro - Belo Horizonte, CEP 30160-011. O Laudo Médico deverá dar entrada no endereço indicado em até 3 (três) dias úteis após o último dia das inscrições.

4.3.5 O candidato portador de deficiência que, no ato da inscrição, não declarar essa condição e/ou não enviar, no prazo previsto, o Laudo Médico, não poderá interpor recurso em favor de sua situação. O laudo médico deverá dispor sobre a espécie e o grau ou nível da deficiência da qual o candidato é portador, com expressa referência ao código correspondente de Classificação Internacional de Doença - CID, bem como o enquadramento previsto no Art. 4º do Decreto Federal nº 3298/99, alterado pelo Decreto Federal nº 5.296/2004.

4.3.6 Caso o candidato não realize a inscrição de acordo com o disposto, não será considerado como portador de deficiência apto para concorrer às vagas reservadas, mesmo que tenha assinalado tal opção no Formulário de Inscrição.

4.3.7 Quando da convocação para o exame pré­admissional, será eliminado da lista de portadores de deficiência o candidato cuja deficiência, assinalada no Formulário de Inscrição, não se confirme.

4.3.8 As solicitações de condições especiais, bem como de recursos especiais, serão atendidas obedecendo aos critérios de viabilidade e de razoabilidade.

4.3.9 Não serão considerados como deficiência os distúrbios de acuidade visual passíveis de correção simples do tipo miopia, astigmatismo, estrabismo e congêneres.

4.3.10 Os candidatos aprovados no Concurso Público serão submetidos a exames médicos e complementares, que irão avaliar a sua condição física e mental.

4.3.11 Não havendo candidatos aprovados para as vagas reservadas aos portadores de deficiência, estas serão preenchidas pelos demais concursados, com estrita observância da ordem de classificação.

4.3.12 As pessoas portadoras de deficiência, resguardadas as condições especiais previstas no Decreto Federal nº 3.298/99, participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, avaliação e aos critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.

4.3.13 Os candidatos que no ato da inscrição declararem-se portadores de deficiência, se aprovados no Concurso Público, terão seus nomes divulgados na lista geral dos aprovados e em lista à parte.

4.4 - OUTRAS INFORMAÇÕES:

4.4.1 O pagamento da importância relativa à taxa de inscrição deverá ser efetuado em dinheiro, transferência bancária e cheque do próprio candidato, sendo automaticamente cancelada a inscrição na hipótese de pagamento mediante cheque sem provisão de fundos.

4.4.2 A taxa de inscrição, uma vez paga, não será devolvida sob hipótese alguma, salvo no caso de não realização do Concurso, por culpa ou omissão exclusiva dos responsáveis pela realização do concurso.

4.4.3 Os valores de inscrição pagos em desacordo com o estabelecido neste Edital não serão devolvidos, seja qual for o motivo alegado.

4.4.4 Não haverá, sob qualquer pretexto, inscrição provisória ou condicional.

4.4.5 Não serão recebidas inscrições por via postal, fax-símile, exceto na forma prevista no item 4.2, condicional ou extemporânea.

4.4.6 Não serão aceitas inscrições contendo dados incompletos.

4.4.7 O candidato poderá concorrer a apenas um cargo.

5 - DAS PROVAS

O Concurso Público constará de Provas Objetivas, Práticas e de Resistência Física de Caráter eliminatório e de Provas de Títulos de caráter classificatório.

5.1 - A Prova Objetiva de Múltipla Escolha, de caráter eliminatório, será aplicada para todos os cargos e terá duração máxima de 3 (três) horas, com início às 09:00 h.

5.1.1 - O candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas, depois de decorridos 30 minutos do efetivo horário de início das provas.

5.1.2 - A cada prova de múltipla escolha será atribuído um valor de 100 (cem) pontos.

5.1.3 - A classificação geral dos candidatos será feita pela média aritmética dos pontos obtidos em cada prova.

5.2 Os tipos de provas objetivas de múltipla escolha para cada cargo/categoria são os dispostos no ANEXO II do presente Edital.

5.3 No decorrer da prova, se o candidato observar qualquer anormalidade de prova trocada, ou seja, lhe for entregue prova de outro cargo, ou anormalidade gráfica, deverá manifestar-se junto ao Fiscal de Sala, que, consultará a coordenação do concurso, que proporá a solução imediata e registrará ocorrência para posterior análise da banca examinadora.

5.4 Sempre que o candidato observar qualquer anormalidade na prova, como as descritas no item 5.3, deverá manifestar-se no momento da prova, sob pena de não poder apresentar, posteriormente, eventual recurso.

5.5 Será aprovado o candidato que totalizar o mínimo de 50% (Cinqüenta por cento) do total geral de pontos do conjunto da Prova Objetiva de Múltipla Escolha.

5.4 O Programa de Prova e as Indicações bibliográficas, para as questões de múltipla escolha de TODOS OS CARGOS é o constante do ANEXO V do presente edital.

5.4.1 - As Indicações Bibliográficas apresentadas são apenas Sugestões, não implicando na obrigatoriedade de o conteúdo das provas ater-se apenas a elas, assim como não impede que o candidato utilize de outras bibliografias em seus estudos.

5.5 - A Prova Prática, de caráter eliminatório, será aplicada somente aos candidatos aprovados na Prova Objetiva de Múltipla Escolha, previstas para os cargos de Motorista de Ambulância, Operador de Máquinas Pesadas e Operador de Máquinas Leves.

5.5.1 - Os candidatos deverão comparecer ao local designado para a prova prática com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos, munido da Carteira Nacional de Habilitação exigida para o cargo (Anexo I) quando for o caso, e original do documento de identidade.

5.5.2 Somente submeter-se-ão à prova prática os candidatos aos cargos determinados, desde que aprovados na prova objetiva de múltipla escolha. Para o cargo de motorista de ambulância somente serão convocados para a prova prática os 20 primeiros colocados, por ordem decrescente de pontuação obtida na Prova Objetiva de Múltipla Escolha.

5.5.3 - A Prova Prática para o cargo Motorista de Ambulância constará de prática de direção em veículo tipo Ambulância, definido pela Comissão Especial do Concurso, compatível com as atividades a serem desempenhadas, avaliada por examinador habilitado, consumando em Laudo de Avaliação Técnica, avaliando desta forma a capacidade prática do candidato no exercício e desempenho das tarefas do cargo.

Será exigido do candidato o deslocamento correto até um Hospital do município de Belo Horizonte/MG. O ponto de partida definido é o Estádio Governador Magalhães Pinto - Mineirão, situado à Av. Antônio Abraão Caram, 1001 - Pampulha - Belo Horizonte/MG, e o Hospital destino do candidato será sorteado, no ato de realização da prova, visando avaliar o conhecimento e o desempenho dos candidatos em relação a esse tipo de trabalho.

Em caso de motivo de força maior que impossibilite a fixação do ponto de partida no "Estádio Mineirão", será definido outro local, previamente divulgado a todos os candidatos, até o dia 18/12/2007.

A prova será realizada no dia 22/12/2007 às 09:00 horas e, o transporte do candidato até o ponto de partida e, o retorno à Abaeté será de ônus da Prefeitura Municipal, cuja convocação constando horário e local de saída do município de Abaeté será divulgado no dia 18/12/207. É de exclusiva responsabilidade do candidato apresentar-se no local e horário marcado e divulgado pela Prefeitura Municipal.

No horário de início das provas, será realizado sorteio dentre os Hospitais relacionados a seguir, para cada um dos candidatos concorrentes, conforme critério a ser estabelecido pela coordenação do Concurso Público:

a) Biocor Hospital de Doenças Cardiovasculares: R. Paisagem, 280;

b) Hospital Arapiara: Av. Contorno, 2983;

c) Hospital da Baleia: R. Juramento, 1464;

d) Hospital Belo Horizonte: Av. Presidente Antônio Carlos, 1694;

e) Hospital Felício Rocho: Av. Contorno, 9530;

f) Hospital Infantil São Camilo: Av. Silviano Brandão, 1600;

g) Hospital Luxemburgo: R. Gentios, 1350;

h) Hospital Madre Tereza: Av. Raja Gabaglia, 1002;

1) Hospital Mário Penna: Av. Churchill, 232;

j) Hospital Mater Dei: R. Gonçalves Dias, 2700;

k) Hospital Previdência Israel Pinheiro - IPSEMG: Al. Ezequiel Dias, 225;

l) Hospital Sarah Kubtshech: Av. Amazonas, 5953;

m) Hospital Semper: Al. Ezequiel Dias, 389;

n) Hospital Universitário São José: R. Aimorés, 2896;

o) Hospital Vera Cruz: Av. Barbacena, 653;

p) Pronto Socorro João XXIII - Hospital Cícero Sávio Nunes: Av. Professor Alfredo Balena, 400;

5.5.3.1 - A Prova Prática para Motorista de Ambulância será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos e será aprovado o candidato que obtiver, no mínimo, 50% (Cinqüenta por cento) dos pontos, conforme critérios preestabelecidos, separados por tipo de falta, a seguir:

FALTA GRAVÍSSIMA - ELIMINAÇÃO DO CANDIDATO

- Desconhecer o trajeto solicitado, não conseguindo chegar ao destino que lhe for determinado;

- Errar por mais de duas vezes o trajeto determinado; - Solicitar informação a transeuntes sobre o trajeto até o Hospital sorteado;

Desta forma, o candidato que por qualquer motivo, desconhecer o trajeto solicitado será considerado eliminado do concurso público.

I - FALTA GRAVE - MENOS 15 PONTOS POR FALTA:

- Errar o trajeto determinado (erro admitido por apenas 2 vezes. No 3Q. Erro o candidato será eliminado);

- deixar de observar a sinalização da via, sinais de regulamentação, de advertência e indicação;

- exceder a velocidade indicada para a via;

- deixar de usar o cinto de segurança;

- perder o controle da direção do veículo em movimento.

II - FALTA MÉDIA - MENOS 7,5 PONTOS POR FALTA:

- apoiar o pé no pedal da embreagem com o veículo engrenado e em movimento;

- interromper o funcionamento do motor sem justa razão, após o início da prova;

- arrancar sem soltar o freio de mão;

- não colocar o veículo na área balizada em, no máximo, duas tentativas.

III - FALTA LEVE - MENOS 2,5 PONTOS POR FALTA:

- provocar movimentos irregulares no veículo, sem motivo justificado;

- engrenar as marchas de maneira incorreta;

- não ajustar devidamente os espelhos retrovisores;

- usar incorretamente os instrumentos do painel.

5.5.5 - DA PROVA PRÁTICA PARA OS CARGOS DE OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS E OPERADOR DE MÁQUINAS LEVES, será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos e será aprovado o candidato que obtiver, no mínimo, 50% (Cinqüenta por cento) dos pontos, conforme critérios preestabelecidos, separados por tipo de falta, avaliados da forma a seguir:

5.5.5.1 - A Prova Prática para o cargo de Operador de Máquinas Pesadas constará de prática de direção e operação em máquina a ser definida pela Comissão de Concurso. O candidato será avaliado por examinador habilitado, incluindo manuseio e operação do equipamento, onde serão observados cuidados com a higiene, segurança do trabalho, riscos de acidentes, cuidados e tarefas específicas de cada máquina, consumando em Laudo de Avaliação Técnica, avaliando desta forma a capacidade prática do candidato no exercício e desempenho das tarefas do cargo, separados por tipo de falta a seguir:

- Segura a Máquina no freio;

- Tranco;

- Manuseio e operação do equipamento;

- Funcionamento e domínio das funções da Máquina; - Equipamentos de segurança e noções de higiene;

Observação: Cada critério a ser observado vale 20,0 (vinte) pontos.

5.5.5.2 - A Prova Prática para o cargo de Operador de Máquinas Leves constará de prática de direção e operação em máquina a ser definida pela Comissão de Concurso. O candidato será avaliado por examinador habilitado, incluindo manuseio e operação do equipamento, onde serão observados cuidados com a higiene, segurança do trabalho, riscos de acidentes, cuidados e tarefas específicas de cada atividade consumando em Laudo de Avaliação Técnica, avaliando desta forma a capacidade prática do candidato no exercício e desempenho das tarefas do cargo, separados por tipo de falta a seguir:

- Segura a Máquina no freio;

- Tranco;

- Manuseio e operação do equipamento;

- Funcionamento e domínio das funções da Máquina; - Equipamentos de segurança e noções de higiene;

Observação: Cada critério a ser observado vale 20,0 (vinte) pontos

5.6 - O Teste de Resistência Física, de caráter eliminatório, será aplicado aos candidatos dos cargos de Gari e Serviços Gerais. Somente submeter-se-ão ao Teste de Resistência Física os candidatos aos cargos determinados, desde que aprovados na prova objetiva de múltipla escolha.

5.6.1 - O Teste de Resistência Física avaliará a resistência e a força física dos candidatos por meio de teste de corrida de 17 minutos e realização de flexões de tronco, definido no item 5.6.9, que será avaliado em 100 (cem) pontos.

5.6.1.1 - Será considerado eliminado do Teste de Resistência Física e, consequentemente, eliminado do concurso público o candidato que:

a) não alcançar a distância mínima a ser percorrida,, dentro do tempo estabelecido e não realizar as flexões de tronco estipuladas;

b) não comparecer para a realização do teste;

5.6.2 - O candidato deverá, quando da convocação, providenciar atestado médico expedido por órgão público ou privado de saúde, com finalidade específica para participação nos testes estipulados no presente edital. Será válido apenas o atestado emitido no período de 45 dias anteriores à data marcada para a realização do Teste de Resistência Física, obedecendo ao modelo padrão apresentado no Anexo VI, comprovando estar o candidato em pleno gozo de saúde física e mental, apto, portanto, para ser submetido ao Teste de Resistência Física.

5.6.3 - O candidato deverá comparecer ao local designado para o Teste de Resistência Física com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos, munido do original do Atestado Médico e original do documento de identidade, quando deverá assinar a lista de presença, sob pena de ser considerado ausente.

5.6.4 - O Teste de Resistência Física tem por objetivo avaliar a resistência muscular e aeróbica do candidato, consideradas indispensáveis ao exercício das atividades inerentes aos cargos de Gari e Serviços Gerais.

5.6.5 - O candidato deverá estar trajando vestimenta adequada para a prática de esportes, ou seja, basicamente, calção e camiseta, ou agasalhos, e calçando algum tipo de tênis.

5.6.6 - Não haverá repetição na execução do teste, exceto nos casos em que a banca examinadora concluir pela ocorrência de fatores de ordem técnica, não provocados pelo candidato, que tenha prejudicado seu desempenho.

5.6.7 - O aquecimento e preparação para o teste são de responsabilidade do próprio candidato, não podendo interferir no andamento do concurso.

5.6.8 - Em caso de condições climáticas não favoráveis, a critério da banca examinadora, o Teste de Resistência Física poderá ser cancelado ou interrompido, acarretando o adiamento do teste para nova data, estipulada e divulgada, e os candidatos realizarão todos os testes novamente, desprezando-se os resultados já obtidos.

5.6.9 - O teste de Resistência Física consistirá em corrida de 17 minutos e 20 flexões de tronco.

TESTE CORRIDA DE 17 MINUTOS - HOMEM:

O candidato deve percorrer, em uma pista de atletismo, ou em uma área demarcada, a distância total de 1.700 metros no tempo máximo de 17 (dezessete) minutos, sendo permitido andar durante o teste. O teste terá início pela voz de comando "Atenção... Já!" e será encerrado por dois silvos longos de apito no 17º minuto. Aos 15 minutos de corrida, será emitido um silvo longo de apito para fim de orientação aos candidatos. O número de candidatos por bateria deverá ser estabelecido de forma a não causar prejuízo ao desempenho desses e não dificultar a contagem de voltas dadas.

O candidato que completar o percurso determinado dentro do tempo permitido e as flexões, obterá pontuação total no teste - 100 pontos.

FLEXÕES DE TRONCO - HOMEM:

Ao terminar o percurso de 1700 metros o candidato deverá iniciar imediatamente uma série de 20 flexões de tronco, sem interrupções.

TESTE CORRIDA DE 17 MINUTOS - MULHER:

O candidato deve percorrer, em uma pista de atletismo, ou em uma área demarcada, a distância total de 1.500 metros no tempo máximo de 17 (dezessete) minutos, sendo permitido andar durante o teste. O teste terá início pela voz de comando "Atenção... Já!" e será encerrado por dois silvos longos de apito no 17º minuto. Aos 15 minutos de corrida, será emitido um silvo longo de apito para fim de orientação aos candidatos. O número de candidatos por bateria deverá ser estabelecido de forma a não causar prejuízo ao desempenho desses e não dificultar a contagem de voltas dadas.

O candidato que completar o percurso determinado dentro do tempo permitido e as flexões de tronco, obterá pontuação total no teste - 100 pontos.

FLEXÕES DE TRONCO - MULHER:

Ao terminar o percurso de 1500 metros o candidato deverá iniciar imediatamente uma série de 20 flexões de tronco, sem interrupções.

5.6 - A Prova de Títulos por Tempo de Serviço, de caráter classificatório, consistirá em atribuição de 10 (dez) pontos aos servidores estáveis, da forma definida no art. 19 do ADCT - Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Federal de 1988, ou seja, o servidor admitido pelo município de Abaeté antes de 05/10/1983, aprovado na prova objetiva de múltipla escolha, prática e teste de resistência física.

5.7 - A prova de Títulos por Cursos, de caráter classificatório, terá seus pontos computados apenas aos candidatos aprovados nas Provas Objetiva de Múltipla Escolha, Prática e Teste de Resistência Física, e será valorizada em até 10 (dez) pontos. Serão desconsiderados os pontos que excederem a este limite, obedecendo ao critério de pontuação estabelecido a seguir:

Dos Cursos

Descrição

Pontos

Curso de especialização ou aperfeiçoamento com carga horária mínima de 100 (cem) horas, limitados a no máximo dois cursos.

01 (um) ponto por Certificado

Curso de especialização ou aperfeiçoamento com carga horária mínima de 180 (cento e oitenta) horas, limitados a no máximo dois cursos.

02 (dois) pontos por Certificado

Pós-Graduação (Lato Sensu)

03 (três) pontos por Certificado

Mestrado

04 (quatro) pontos por Certificado

Doutorado

05 (cinco) pontos por Certificado

a) O Curso será considerado desde que compatível com o cargo optado pelo candidato e desde que mencione no respectivo certificado a carga horária correspondente.

b) Os Títulos referentes a Cursos deverão ser apresentados em fotocópia autenticada do certificado/certidão de conclusão, reconhecido oficialmente pelo Órgão/ Instituição competente.

c) Será vedada, após entrega dos certificados, qualquer substituição, inclusão ou complementação.

d) A Avaliação dos títulos será feita pela Comissão Especial de Concurso Público, devidamente assessorada pela Reis & Reis Auditores Associados.

e) Os títulos deverão ser protocolados pelos candidatos na Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG ou, via SEDEX, para a empresa Reis e Reis Auditores Associados à Rua da Bahia, 1004 - conj. 904 - Centro - Belo Horizonte/MG, até a data definida no calendário do concurso (Anexo III).

f) Somente serão aceitos e avaliados os títulos entregues no prazo estabelecido.

6 - REALIZAÇÃO DAS PROVAS

6.1 - Caso haja necessidade de condições especiais para se submeter às provas, o candidato portador de deficiência, ou não, deverá solicitá-las, por escrito, à Empresa Organizadora do Concurso Público - Reis e Reis Auditores Associados, cujo protocolo deverá dar-se à Rua da Bahia, 1004 - conj. 904 - Centro - Belo Horizonte/MG, até o terceiro dia útil após o encerramento das inscrições, indicando claramente quais os recursos especiais necessários.

6.2 - As Provas Objetivas de Múltipla Escolha serão realizadas no dia 09/12/2007, às 09:00 horas, em local(is) que serão divulgados no dia 05/12/2007, no Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e através do site www.reisauditores.com.br.

6.3 O candidato deverá comparecer ao local de realização das provas com, no mínimo, 01 (uma) hora de antecedência, portando documento de identidade original, comprovante de inscrição, lápis preto nº 2, borracha e caneta esferográfica azul ou preta, e só poderá ausentar-se do recinto de provas, depois de decorridos 30 (trinta) minutos do início das mesmas.

6.4 As provas objetivas serão aplicadas no município de ABAETÉ-MG e terão duração máxima de 03 (três) horas.

6.5 A prova prática para os candidatos aprovados nos cargos descritos no item 5.5 e o teste de Resistência física para os candidatos aprovados nos cargos descritos no item 5.6 será realizada no município de Abaeté no dia 22/12/2007, exceto para o cargo de Motorista de Ambulância, cujas provas práticas serão realizadas nesta mesma data, porém, no município de Belo Horizonte/MG.

6.6 Estará afixada no quadro de avisos da Prefeitura Municipal e disponível no site www.reisauditores.com.br a partir do dia 18/12/2007, a planilha indicando o local e horário em que os candidatos submeter-se-ão à Prova Prática e ao Teste de Resistência Física.

6.7 É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de prova e o comparecimento no local, data e horário determinado, correndo às suas expensas as despesas de deslocamento necessárias.

6.8 Além da afixação das planilhas dos locais de provas e divulgação no site www.reisauditores.com.br, o candidato poderá emitir o comprovante definitivo de inscrição no site www.reisauditores.com.br, ou na Prefeitura Municipal de Abaeté.

6.9 O ingresso do candidato na sala onde se realizarão as provas só será permitido no horário estabelecido, mediante a apresentação do Comprovante de Inscrição e de Documento de Identidade Oficial (original), preferencialmente o usado na inscrição.

6.10 Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc); Passaporte; Certificado de Reservista; Carteiras Funcionais do Ministério Público; Carteiras Funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal valham como identidade; Carteira de Trabalho; Carteira Nacional de Habilitação (somente modelo com foto).

6.11 Não serão aceitos como documento de identidade: certidões de nascimento, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo sem foto), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados, cópias e protocolos.

6.12 O candidato que não apresentar documento de identidade oficial original, na forma definida no subitem 6.10 deste Edital, não poderá fazer as provas e será automaticamente eliminado do Concurso Público.

6.13 Em hipótese alguma serão realizadas provas fora do local, cidade, data e horário determinado.

6.14 Será excluído deste Concurso Público o candidato que faltar, chegar atrasado à prova, ou que, durante a sua realização, for colhido em flagrante comunicação com outro candidato ou com pessoas estranhas, oralmente, por escrito ou através de equipamentos eletrônicos, ou, ainda, que venha a tumultuar a realização das provas, podendo responder legalmente pelos atos ilícitos praticados.

6.15 Não será permitido ao candidato entrar ou permanecer com aparelhos eletrônicos (bip, telefone celular, relógio do tipo data bank, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador etc.). Caso o candidato leve algum aparelho eletrônico, este deverá ser recolhido à Coordenação e devolvido ao final das provas. O descumprimento da presente instrução implicará na eliminação do candidato, caracterizando-se tal ato como tentativa de fraude.

6.16 É expressamente proibido ao candidato entrar ou permanecer com armas no local de realização das provas, ainda que detenha o porte legal de arma, sob pena de sua desclassificação.

6.17 Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquinas calculadoras ou similares, anotações, impressos, livros ou qualquer outro material de consulta. O uso de máquina calculadora será permitido apenas para o cargo de Engenheiro Civil.

6.18 Não será permitida a entrada de candidatos após o início das provas.

6.19 O candidato não poderá ausentar-se da sala de realização das provas, sem acompanhamento de fiscal, após ter assinado a lista de presença.

6.20 O candidato, ao terminar a prova, entregará ao fiscal, juntamente com a folha de respostas, seu caderno de questões.

6.21 Não haverá segunda chamada para as provas. O não comparecimento a quaisquer das provas resultará na eliminação automática do candidato.

6.22 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para aplicação das provas em virtude de afastamento de candidato da sala de provas.

6.23 As provas objetivas serão corrigidas por meio de processamento eletrônico de leitura ótica.

6.24 As respostas das provas objetivas deverão ser transcritas para a Folha de Respostas, que é o único documento válido para correção eletrônica. Em nenhuma hipótese haverá substituição da Folha de Respostas, sendo da responsabilidade exclusiva do candidato os prejuízos advindos de marcações feitas incorretamente, emenda ou rasura, ainda que legível.

6.25 No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação das provas e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao conteúdo das provas e/ou aos critérios de avaliação.

6.26 A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança.

6.27 Terá suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do concurso o candidato que, durante a realização de qualquer uma das provas:

6.27.1 - usar ou tentar usar meios fraudulentos e/ou ilegais para a sua realização;

6.27.2 - for surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução de quaisquer das provas;

6.27.3 - utilizar-se de régua de cálculo, livros, máquinas de calcular e/ou equipamento similar, dicionário, notas e/ou impressos que não forem expressamente permitidos, telefone celular, gravador, receptor e/ou pagers e/ou comunicar-se com outro candidato; exceto no caso citado no item 6.17;

6.27.4 - faltar com a devida cortesia para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, com as autoridades presentes e/ou com candidatos;

6.27.5 - recusar-se a entregar o material das provas ao término do tempo destinado para a sua realização.

6.27.6 - afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

6.27.7 - ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de respostas e o caderno de provas;

6.27.8 - descumprir as instruções contidas no caderno de provas, na folha de respostas ou neste Edital, a critério da comissão fiscalizadora do concurso;

6.27.9 - perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido;

6.27.10 - utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos, para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa do processo seletivo;

6.27.11 - fizer, em qualquer momento, declaração falsa ou inexata.

6.28 Se, a qualquer tempo, for constatado por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, suas provas serão anuladas e ele será automaticamente eliminado do concurso.

6.29 Não será permitido que as marcações na folha de respostas sejam feitas por outras pessoas, salvo em caso de candidato que tenha solicitado condição especial para esse fim. Nesse caso, se necessário, o candidato será acompanhado por um fiscal devidamente treinado.

7 - DA CLASSIFICAÇÃO FINAL E DESEMPATE

7.1 A classificação final dos candidatos será ordenada por cargo, em ordem decrescente, de acordo com o total de pontos obtidos no somatório das provas Objetiva de Múltipla Escolha, Prática, Teste de Resistência Física e títulos, quando houver.

7.2 Apurado o total de pontos, na hipótese de empate entre os candidatos, será dada preferência, para efeito de classificação, sucessivamente, ao candidato que:

7.2.1- obtiver o maior número de pontos na Prova de Conhecimentos Específicos;

7.2.2- obtiver o maior número de pontos na Prova de Língua Portuguesa;

7.2.3- obtiver o maior número de pontos na Prova Prática, quando houver;

7.2.4 - obtiver o maior número de pontos na prova de títulos, quando houver;

7.2.5- for o mais idoso.

7.3 O Resultado Final do Concurso será publicado no quadro de avisos da Prefeitura Municipal e no site www.reisauditores.com.br.

8 - DOS RECURSOS

8.1 Caberá interposição de recursos devidamente fundamentados, perante a Comissão Especial de Concurso, no prazo de 02 (dois) dias úteis, contados do primeiro dia subseqüente à data de publicação do objeto de recurso contra:

8.1.1- as inscrições,

8.1.2- questões da Prova e Gabarito oficial correspondente, a contar do dia seguinte ao da sua divulgação;

8.1.3- resultados das Provas, desde que se refira a erros de cálculo das notas.

8.2 Os recursos deverão ser apresentados dentro do prazo estabelecido, de forma legível e protocolados pelos candidatos, na Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG no horário de 09:00 às 11:00 e 13:00 às 17:00h, com indicação do concurso, nome do candidato, número de inscrição e assinatura, conforme modelo ANEXO IV deste Edital. Deverá ser utilizado um formulário para cada questão da Prova Objetiva de Múltipla Escolha, no caso de recursos contra questões da Prova e gabarito oficial correspondente.

8.3 Não serão aceitos recursos enviados por via postal, fax-símile ou qualquer outro meio que não o previsto neste Edital.

8.4 Serão indeferidos os recursos que não atenderem aos dispositivos aqui estabelecidos.

8.5 O prazo para interposição de recursos é preclusivo e comum a todos os candidatos.

8.6 Após o julgamento dos recursos sobre gabaritos e questões objetivas, os pontos correspondentes às questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os candidatos, indistintamente e eventuais alterações no gabarito preliminar serão divulgadas;

8.7 Os pareceres contendo a decisão relativa ao recurso estará à disposição do candidato recorrente, nas datas determinadas no Cronograma de Concurso, na Prefeitura Municipal de Abaeté, até a data de homologação deste Concurso.

8.8 Para contagem do prazo de interposição de recursos, excluir-se-á o dia da publicação e incluir-se-á o dia do vencimento, desde que coincidam com dia de funcionamento normal da Prefeitura Municipal de Abaeté, ou seja, se não houver expediente normal, o período previsto, será prorrogado para o primeiro dia seguinte de funcionamento normal dessa instituição.

8.9 A Comissão Especial de Concurso, devidamente assessorada pela Reis e Reis Auditores Associados é a última instância para recursos, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

9 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

9.1 Toda informação referente à realização do Concurso será fornecida pela Prefeitura Municipal de ABAETÉ, através da Comissão Especial do Concurso, devidamente assessorada pelos responsáveis técnicos da empresa Reis & Reis Auditores Associados.

9.2 O prazo de validade do presente Concurso Público é de 02 (dois) anos, contados da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração, mediante ato do Prefeito Municipal.

9.3 Ao entrar em exercício, o candidato ficará sujeito ao cumprimento do estágio probatório de 03 (três) anos, durante o qual sua eficiência e capacidade serão objeto de avaliação para o desempenho do cargo.

9.4 A inscrição do candidato importará no conhecimento das presentes instruções e na aceitação tácita das condições do Concurso Público, tais como se acham estabelecidas neste Edital.

9.5 Não serão fornecidos atestados ou certificados ou certidões, relativas à habilitação, classificação ou nota de candidatos, valendo para tal fim a publicação do resultado final e homologação do Concurso Público.

9.6 A PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ABAETÉ e a REIS & REIS AUDITORES ASSOCIADOS não se responsabilizam por quaisquer cursos, textos, apostilas e outras publicações referentes a este Concurso Público.

9.7 O candidato deverá manter junto ao Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de ABAETÉ, durante o prazo de validade do Concurso Público, seu endereço atualizado, visando eventuais convocações, não lhe cabendo qualquer reclamação caso esta não seja possível, por falta da citada atualização.

9.8 A aprovação no Concurso Público não assegura direito à nomeação, mas esta, quando ocorrer, obedecerá rigorosamente à ordem de classificação dos candidatos, o prazo de validade do concurso e limites de vagas existentes, bem como as que vierem a vagar ou que forem criadas posteriormente. Isto vale dizer que a administração poderá nomear candidatos aprovados além das vagas previstas no anexo I, obedecendo sempre à ordem final de classificação.

9.9 O candidato aprovado, quando nomeado, terá o prazo máximo de 30 (trinta) dias para tomar posse.

9.10 Quando a posse do candidato não ocorrer dentro do prazo previsto, sua nomeação será considerada sem efeito.

9.11 O candidato empossado deverá assumir suas atividades em dia, hora e local definido pela Administração, sendo que somente após esta data, ser-lhe-á garantido o direito à remuneração.

9.12 No ato da posse no cargo o candidato deverá apresentar, obrigatoriamente, os documentos a seguir relacionados, não sendo aceitos protocolos referentes a quaisquer dos documentos exigidos. Além disso o candidato deverá apresentar o documento original para conferência e autenticação pelo Departamento de Recursos Humanos:

a) fotocópia da certidão de nascimento ou casamento ou averbações, se houver, comprovando ter 18 anos completos;

b) fotocópia da certidão de nascimento dos filhos menores de 18 anos, se houver;

c) fotocópia da Cédula de Identidade ou Carteira de Identidade Profissional (Curso Superior) e CPF;

d) cartão de Cadastramento no PIS/PASEP (se possuir);

e) exame médico admissional, de caráter eliminatório, que incluirá avaliação médica e psicológica, de forma a auferir que o candidato encontra-se apto para o cargo, através de Laudo Médico realizado pela equipe multidisciplinar nomeada pelo Prefeito Municipal;

f) 2 (duas) fotografias 3x4 recentes e coloridas;

g) fotocópia do Título de Eleitor com o comprovante de votação na última eleição;

h) fotocópia do Comprovante de Endereço (atualizado);

i) fotocópia do Certificado de Reservista, de isenção ou de dispensa (se do sexo masculino e com idade inferior a 46 anos);

j) declaração de que não possui antecedentes criminais, salvo se cumprida a pena;

k) declaração de que nunca foi demitido do serviço público por justa causa;

l) declaração de bens e valores que constituem seu patrimônio e declaração quanto ao exercício ou não de outro cargo, emprego ou função pública;

m) declaração de que se encontra em gozo dos direitos políticos;

n) fotocópia do comprovante de capacitação legal para o exercício do cargo, bem como registro no órgão competente, quando cabível, conforme exigido no anexo I.

9.13 Os casos omissos ou duvidosos serão resolvidos pela Comissão Especial do Concurso Público da Prefeitura Municipal de ABAETÉ .

9.14 - Também integra este Edital de Concurso Público os Anexos:

- Anexo I: Cargos, Vagas, Qualificação Mínima, Jornada de Trabalho, Vencimento inicial e taxa de inscrição;

- Anexo II: Cargos, Provas e Número de Questões;

- Anexo III: Cronograma

- Anexo IV: Modelo de Formulário para Recurso;

- Anexo V: Conteúdo Programático da Prova Objetiva de Múltipla Escolha;

- Anexo VI: Atestado Médico (Padrão);

- Anexo VII: Descrições e atribuições inerentes a cada cargo;

Caberá ao Prefeito Municipal de Abaeté a homologação do resultado final.

Prefeitura Municipal de Abaeté, 12 de novembro de 2007.

Cláudio de Sousa Valadares
Prefeito do Município

Comissão de PROCESSO SELETIVO
SIMPLIFICADO:

Presidente:
Membro:
Membro:
Membro:
Membro:
Membro:
Membro:

CARGOS, VAGAS, QUALIFICAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA, JORNADA DE TRABALHO, VENCIMENTO INICIAL E TAXA DE INSCRIÇÃO.

Cód. do cargo

Denominação do Cargo

Nº de vagas

Vagas deficientes

Área de Conhecimento (Escolaridade / Qualificação Mínima Exigida)

Carga Horária Semanal

Vencto Mensal Inicial (R$)

Taxa de Inscrição (R$)

01

Arquivista

01

 

Graduação ou Curso Técnico em Arquivologia

40

638,32

20,00

02

Assistente de Administração I

05

02

Ensino Fundamental Completo

44

452,85

12,00

03

Auxiliar de Secretaria

01

01

Ensino Médio Completo

30

476,68

13,00

04

Enfermeiro (Policlínica)

01

 

Curso Superior em Enfermagem com registro no COREN

40

1.137,67

31,00

05

Enfermeiro (Pronto Atendimento Médico)

01

 

Curso Superior em Enfermagem com registro no COREN

20

758,45

20,00

06

Engenheiro Civil

01

 

Curso Superior em Engenharia Civil com registro no CREA

20

758,45

20,00

07

Fiscal de Tributos

01

 

Ensino Médio Completo

44

452,85

12,00

08

Gari

33

 

Alfabetizado

44

380,00

10,00

09

Mecânico de Máquinas Leves

01

 

Alfabetizado + Experiência Profissional de no mínimo 2 anos comprovada em Carteira de Trabalho ou documento equivalente

44

452,85

12,00

10

Mecânico de Máquinas Pesadas

01

 

Alfabetizado + Experiência profissional de no mínimo 2 anos comprovada em Carteira de Trabalho ou documento equivalente.

44

638,62

17,00

11

Monitor de Esportes

01

 

Ensino Médio Completo

44

380,00

10,00

12

Motorista

07

 

Ensino Fundamental Incompleto + Carteira Nacional de Habilitação categoria "D" + experiência profissional mínima de 01 ano comprovada por Carteira de Trabalho ou documento equivalente emitido por Órgão Público da Administração Direta ou Indireta

44

380,00

10,00

13

Motorista de Ambulância

06

 

Ensino Fundamental Incompleto + Carteira Nacional de Habilitação Cat. "D" + experiência mínima de 2 anos em ambulância comprovada em Carteira de Trabalho ou documento equivalente expedido por órgão da Administração Pública Direta ou Indireta + idade superior a 21 anos + Curso especializado para transporte de emergência

Escala de 12 por 36 horas

617,65

17,00

14

Nutricionista

02

 

Curso Superior em Nutrição com registro no Conselho Competente.

40

758,45

20,00

15

Operador de Limpeza de Rede de Esgotos

02

 

Alfabetizado

44

380,00

10,00

16

Operador de Máquinas Leves

05

 

Ensino Fundamental Incompleto + Carteira Nacional de Habilitação categoria "C".

44

380,00

10,00

17

Operador de Máquinas Pesadas

01

 

Alfabetizado + Carteira Nacional de Habilitação categoria "C"

44

380,00

10,00

18

Pedagogo

03

02

Graduação em pedagogia com especialização em supervisão escolar

25

715,00

19,00

19

Professor de Educação Física

01

 

Curso Superior em Educação Física, oficialmente autorizado ou reconhecido, e, se diploma emitido por instituição estrangeira, deve ser reavaliada na forma da legislação em vigor + Registro no Conselho Regional de Educação Física

25

6,35/aula

14,00

20

Professor do Centro de Educação Infantil - PCEI

06

02

Habilitação em qualquer dos seguintes cursos: Curso de Magistério - Nível Médio. Graduação em Pedagogia. Normal Superior ou Projeto Veredas.

30

400,00

11,00

21

Professor PII - Matemática

01

01

Licenciatura Plena Específica na Disciplina

25

6,35/aula

14,00

22

Servente Escolar

21

05

Ensino Fundamental Incompleto

30

380,00

10,00

23

Serviços Gerais

14

 

Alfabetizado

44

380,00

10,00

24

Técnico em Raio X

01

 

Curso Técnico ou Superior em Radiologia com registro no Conselho Competente.

20

638,62

17,00

25

Telefonista

01

 

Ensino Fundamental Completo

30

380,00

10,00

26

Vigia Escolar

03

 

Alfabetizado

44

380,00

10,00

27

Vigilante Patrimonial

04

 

Alfabetizado

44

380,00

10,00

TOTAL

125

13

-

TOTAL GERAL

125

CARGOS, PROVAS E NÚMERO DE QUESTÕES

Cargos

Provas/Nível

Nº de Questões

Denominação do Cargo

· MECÂNICO DE MÁQUINAS LEVES

· MECÂNICO DE MÁQUINAS PESADAS

· OPERADOR DE LIMPEZA DE REDE DE ESGOTOS

· VIGIA ESCOLAR

· VIGILANTE PATRIMONIAL

TESTE DE APTIDÃO

NÍVEL ALFABETIZADO

20

· GARI

· SERVIÇOS GERAIS

TESTE DE APTIDÃO

TESTE DE RESISTÊNCIA FÍSICA

NÍVEL ALFABETIZADO

20 PONTOS

· OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

TESTE DE APTIDÃO

PROVA PRÁTICA

ALFABETIZADO

20 PONTOS

· SERVENTE ESCOLAR

PORTUGUÊS MATEMÁTICA

ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO

15

15

· OPERADOR DE MÁQUINAS LEVES

PORTUGUÊS

MATEMÁTICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

PROVA PRÁTICA

ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO

10

10

10

· MOTORISTA

· MOTORISTA DE AMBULÂNCIA

PORTUGUÊS

MATEMÁTICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO

10

10

10

PONTOS

· ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO I

· TELEFONISTA

LÍNGUA PORTUGUESA

MATEMÁTICA

ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

15

15

· AUXILIAR DE SECRETARIA

· FISCAL DE TRIBUTOS

· MONITOR DE ESPORTES

· TÉCNICO EM RAIO X

LÍNGUA PORTUGUESA

MATEMÁTICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ENSINO MÉDIO COMPLETO

10

10

10

· ARQUIVISTA

· ENGENHEIRO CIVIL

LÍNGUA PORTUGUESA

MATEMÁTICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ENSINO SUPERIOR

10

10

10

· PEDAGOGO

· PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

· PROFESSOR DO CENTRO DE EDUC. INFANTIL

· PROFESSOR PII - MATEMÁTICA

LÍNGUA PORTUGUESA

CONHECIMENTOS DIDÁTICO-PEDAGÕGICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ENSINO MÉDIO/ SUPERIOR

10

10

10

· ENFERMEIRO

· NUTRICIONISTA

LÍNGUA PORTUGUESA

SAÚDE PÚBLICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ENSINO SUPERIOR

10

10

10

CRONOGRAMA PREVISTO PARA A REALIZAÇÃO DO CONCURSO

DATA

HORÁRIO

ATIVIDADE

LOCAL

13/11/2007

16:00

Publicação da íntegra do Edital

Órgão Oficial de Publicação do Município de Abaeté, quadro de avisos da Prefeitura Municipal e no Site www.reisauditores.com.br

14/11/2007

-

Publicação de Extrato do Edital

Diário Oficial do Estado de Minas Gerais

19 a 23/11/2007

08:30 às 11:00 e 13:00 às 17:30

Período de Inscrições dos candidatos ao concurso público

Presencial na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho, com endereço à Av. Simão da Cunha, 215 - 1º. andar - Centro - Abaeté/MG ou pela internet, no site www.reisauditores.com.br

28/11/2007

16:00

Divulgação da relação de inscrições

Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e no Site www.reisauditores.com.br

29 e 30/11/2007

08:30 às 11:00 e 13:00 às 17:30

Prazo para protocolo de recurso sobre as inscrições

Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG

04/12/2007

16:00

Julgamento dos recursos sobre as inscrições

Prefeitura Municipal à Praça Dr. Amador Álvares, 167 - Centro - Abaeté/MG

05/12/2007

16:00

Divulgação da Planilha indicando o local e horário de realização das Provas Objetivas de Múltipla Escolha e disponibilização de impressão do comprovante de inscrição pela internet.

Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e no Site www.reisauditores.com.br

09/12/2007

09:00

Realização da Prova Objetiva de Múltipla Escolha.

Local e horário de realização: a divulgar

10/12/2007

16:00

Divulgação dos gabaritos da Prova Objetiva de Múltipla Escolha

Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e no Site www.reisauditores.com.br

11 e 12/12/2007

08:30 às 11:00 e 13:00 às 17:30

Prazo para protocolo de recurso sobre os gabaritos da Prova Objetiva de Múltipla Escolha.

Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG e sede Prefeitura Municipal à Praça Dr. Amador Álvares, 167 - Centro - Abaeté/MG

18/12/2007

16:00

Disponibilização do julgamento dos recursos sobre os gabaritos da Prova Objetiva de Múltipla Escolha

Prefeitura Municipal à Praça Dr. Amador Álvares, 167 - Centro - Abaeté/MG

18/12/2007

16:00

Divulgação do Resultado Parcial contendo notas da Prova Objetiva de Múltipla Escolha e Convocação de Candidatos Aprovados nos cargos que exigem prova prática e Divulgação da Planilha indicando Local e Horário de realização das Provas Práticas e do teste de resistência física.

Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG e Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e no Site www.reisauditores.com.br

19/12/2007

Até as 17:00

Último dia de Prazo para protocolo de Títulos

Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG, ou via SEDEX para a Reis e Reis Auditores Associados, à Rua da Bahia, 1004 - conj. 904 - Centro - Belo Horizonte/MG - Cep. 30160-011.

19 e 20/12/2007

08:30 às 11:00 e 13:00 às 17:30

Prazo para protocolo de recursos sobre Resultado Parcial, referente às notas das Provas Objetivas de Múltipla Escolha.

Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG

22/12/2007

09:00

Realização das Provas Práticas e Teste de Resistência física, para os cargos determinados.

Local e horário de realização: A divulgar, sendo que os candidatos ao cargo de Motorista de Ambulância realizarão a prova no município de Belo Horizonte/MG - sendo o Ponto de Partida o Estádio Mineirão, ou, na impossibilidade, em outro a ser divulgado até o dia 18/12/2007.

26/12/2007

16:00

Divulgação do Resultado Geral contendo notas das Provas Objetivas de Múltipla Escolha, Práticas, Teste de Resistência Física, Títulos e Classificação.

Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e no Site www.reisauditores.com.br

27 e 28/12/2007

08:30 às 11:00 e 13:00 às 17:30

Prazo para protocolo de recursos sobre Resultado Geral, referente às notas da Prova Prática, Teste de Resistência Física, Títulos e Classificação.

Secretaria Municipal de Assistência Social, Ação Comunitária e Trabalho com endereço na Avenida Simão da Cunha, 215, 1º andar, Centro - Abaeté/MG

03/01/2008

16:00

Julgamento dos recursos sobre o Resultado Geral

Prefeitura Municipal à Praça Dr. Amador Álvares, 167 - Centro - Abaeté/MG

03/01/2008

16:00

Divulgação do resultado final, apto à homologação pelo prefeito.

Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e no Site www.reisauditores.com.br

ANEXO IV

MODELO DE FORMULÁRIO PARA RECURSO

___________________________, ___ de _______________ de 2007.

À
Comissão Especial de Concurso
Prefeitura do Município de Abaeté/MG

Ref: Recurso Administrativo - Concurso Público Edital nº 0 1/2007.

( ) Inscrições.

( ) Gabarito Oficial - Revisão de Questões da Prova.

( ) Resultado da Prova Objetiva de Múltipla Escolha

( ) Resultado do Teste de Resistência Física

( ) Resultado da Prova Prática

( ) Resultado da Prova de Títulos

( ) Resultado Geral - Classificação

Prezados Senhores, Eu, ____________________________________________________________, candidato(a) ao cargo de ___________________________, CI nº ______________________, inscrito sob o nº ________, no concurso público desta Prefeitura, venho através deste, solicitar:
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________.

Atenciosamente,

_______________________________
(assinatura candidato)

Carimbo com nº de protocolo da Prefeitura Municipal.

ANEXO V

PROGRAMA DE PROVA OBJETIVA DE MÚLTIPLA ESCOLHA

CARGOS DE NÍVEL ALFABETIZADO

GARI; MECÂNICO DE MÁQUINAS LEVES; MECÂNICO DE MÁQUINAS PESADAS; OPERADOR DE LIMPEZA DE REDE DE ESGOTOS; OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS; SERVIÇOS GERAIS; VIGIA ESCOLAR; VIGILANTE PATRIMONIAL;

TESTE DE APTIDÃO: Associação de Idéias a partir de Imagens Propostas.

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

MOTORISTA; MOTORISTA DE AMBULÂNCIA; OPERADOR DE MÁQUINAS LEVES; SERVENTE ESCOLAR;

PORTUGUÊS PARA TODOS OS CARGOS: Leitura e Interpretação de Texto; Ortografia; Acentuação gráfica; Encontros vocálicos e consonantais, Dígrafos; Divisão silábica; Adjetivo; Artigo; Verbo: tempo, número, pessoa e conjugação. Indicações Bibliográficas:

1. ANDRÉ, Hildebrando Affonso de. Gramática Ilustrada. São Paulo. Moderna.

2. CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo. Nacional.

3. FARACO e MOURA. Gramática Nova. São Paulo. Ática.

Outros livros que abrangem o programa proposto

MATEMÁTICA PARA TODOS OS CARGOS: Relógio/Hora. Identificação de abreviatura do sistema de medida. Identificar partes fracionárias de desenhos. Problemas envolvendo dinheiro. As quatro operações simples (adição, subtração, multiplicação e divisão). Números pares e ímpares. Algarismos romanos. Seqüência numérica.

Indicações Bibliográficas:

1. GIOVANNI, José Ruy. A Conquista da Matemática, método experimental. SP. FTD. 1986.

2. CASTILHO, Sônia Fiúza da Rocha, DUARTE, Ana Lúcia Amaral. Matemática Orientada. Bhte. Ed. Vigília. Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA MOTORISTA: Conhecimentos Gerais das Atividades Inerentes ao Cargo, noções e normas de segurança do trabalho, higiene e comportamento. Prevenção de Riscos no Ambiente de Trabalho; Organização do Trabalho e processos de trabalho, medidas de proteção coletiva, medidas de proteção individual, proteção contra incêndio e primeiros socorros; Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho, coleta e armazenamento do lixo. Código Nacional de Trânsito - Lei Federal nº 9.602, de 21/01/98 (Legislação de Trânsito). Normas gerais de circulação e conduta; sinalização de trânsito; direção defensiva; primeiros socorros; meio ambiente e cidadania; noções de mecânica.

Indicação Bibliográfica:

1 - Segurança e Medicina do Trabalho -: Atlas ( Manuais de Legislação-16) edição atualizada,

2 - SIGNORINI, qualidade de vida no trabalho: Rio de Janeiro: Taba Cultural; 1999

3 - ZANETI, Izabel C.B.B. - Além do Lixo, Reciclar: Um processo de Transformação.Ed. Terra Una, Brasília. 1997

4 - www.lixo.com.br

Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA MOTORISTA DE AMBULÂNCIA: Conhecimentos Gerais das Atividades Inerentes ao Cargo, noções e normas de segurança do trabalho, higiene e comportamento. Prevenção de Riscos no Ambiente de Trabalho; Organização do Trabalho e processos de trabalho, medidas de proteção coletiva, medidas de proteção individual, proteção contra incêndio e primeiros socorros; Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho, coleta e armazenamento do lixo.Conhecimentos Gerais das Atividades Inerentes ao Cargo. Código Nacional de Trânsito - Lei Federal nº 9.602, de 21/01/98 (Legislação de Trânsito). Normas gerais de circulação e conduta; sinalização de trânsito; direção defensiva; primeiros socorros; meio ambiente e cidadania; noções de mecânica.

Indicação Bibliográfica:

1 - Segurança e Medicina do Trabalho -: Atlas ( Manuais de Legislação-16) edição atualizada,

2 - SIGNORINI, qualidade de vida no trabalho: Rio de Janeiro: Taba Cultural; 1999

3 - ZANETI, Izabel C.B.B. - Além do Lixo, Reciclar: Um processo de Transformação.Ed. Terra Una, Brasília. 1997

4 - www.lixo.com.br

Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA OPERADOR DE MÁQUINAS LEVES: Conhecimentos Gerais das Atividades Inerentes ao Cargo, noções e normas de segurança do trabalho, higiene e comportamento. Prevenção de Riscos no Ambiente de Trabalho; Organização do Trabalho e processos de trabalho, medidas de proteção coletiva, medidas de proteção individual, proteção contra incêndio e primeiros socorros; Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho, coleta e armazenamento do lixo.. Código Nacional de Trânsito - Lei Federal nº 9.602, de 21/01/98 (Legislação de Trânsito). Normas gerais de circulação e conduta; sinalização de trânsito; direção defensiva; primeiros socorros; meio ambiente e cidadania; noções de mecânica. Identificação dos símbolos universais de instrumentos e comandos utilizados nos tratores agrícolas; identificação dos painéis, controles e instrumentos dos tratores agrícolas; manutenções periódicas dos tratores, máquinas e implementos agrícolas; precauções de segurança com tratores, máquinas e implementos agrícolas; prática de direção

Indicação Bibliográfica:

1 - Segurança e Medicina do Trabalho -: Atlas ( Manuais de Legislação-16) edição atualizada,

2 - SIGNORINI, qualidade de vida no trabalho: Rio de Janeiro: Taba Cultural; 1999

3 - ZANETI, Izabel C.B.B. - Além do Lixo, Reciclar: Um processo de Transformação.Ed. Terra Una, Brasília. 1997

4 - www.lixo.com.br

Outros livros que abrangem o programa proposto

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO I; TELEFONISTA

PORTUGUÊS PARA TODOS OS CARGOS: TEXTO: Interpretação de texto informativo ou literário. FONÉTICA: fonema e letra; classificação dos fonemas (vogais, semivogais e consoantes); encontros vocálicos; encontros consonantais; dígrafos; sílabas; tonicidade das sílabas. ORTOGRAFIA: Emprego das letras maiúsculas e minúsculas; acentuação gráfica; representação das unidades de medida; emprego do hífen. MORFOLOGIA: Famílias de palavras; afixos; processos de formação de palavras; reconhecimento, emprego, flexões e classificações das classes gramaticais. SINTAXE: A estrutura da oração (classificação e emprego dos termos); a estrutura do período composto (classificação e emprego das orações); emprego dos sinais de pontuação; regência verbal e nominal; a ocorrência da crase, concordância verbal e nominal.

Indicações Bibliográficas:

1.Gramática Nova . Faraco & Moura.

2.Novíssima Gramática. Domingos Paschoal Cegalla.

3. Curso Prático de Gramática Ernani Terra.

4.Gramática Ilustrada. Hildebrando A. de André.

Outros livros que abrangem o programa proposto

MATEMÁTICA PARA TODOS OS CARGOS: Sistema de medida, Sistema métrico decimal, unidade de comprimento, unidades usuais de tempo, Razões, Proporções, Grandezas direta e inversamente proporcionais, Regra de três simples e composta, Porcentagem, Juros, Conjuntos Numéricos, MDC e MMC, Equações e inequações de 1º grau, Sistema de equações, Problemas de operações e equações, Produtos Notáveis, Fatoração, Equações do 2º grau, Relações Métricas no triângulo retângulo, Razões trigonométricas no triângulo retângulo, Teorema de Tales, Teorema de Pitágoras, Áreas de figuras planas.

Indicações Bibliográficas:

1.BONGIOVANNI, VISSOTO E LAUREANO, 5ª a 8ª série. 7ª edição. Matemática Vida. Ed. Ática, 1982.

2.IEZZI, Gelson, 1939. Matemática 5ª a 8ª série. Dolce Oswaldo, Machado Antônio - SP. Atual

3. GIOVANNI, José Ruy, CASTRUCCI, Benedito, JÚNIOR, José Ruy Giovanni. A Conquista da Matemática - Teoria e Aplicação 5ª a 8ª série, Edição renovada. Editora FTD. SP, 1992.

4.IMENES, Luiz Márcio, LELLIS, Matemática 5ª a 8ª série. Editora Scipione. 1998.

Outros livros que abrangem o programa proposto

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO COMPLETO

AUXILIAR DE SECRETARIA; FISCAL DE TRIBUTOS; MONITOR DE ESPORTES; TÉCNICO EM RAIO X;

PORTUGUÊS PARA TODOS OS CARGOS: 1 - Compreensão de texto literário ou informativo. 2 - Conhecimentos Lingüísticos: Fonética: fonemas, encontros vocálicos e consonantais, dígrafos, sílabas, tonicidade. Morfologia: a estrutura da palavra, formação de palavras, as classes de palavras. Ortografia: emprego das letras, acentuação gráfica. Pontuação: emprego dos sinais de pontuação. Sintaxe: os termos da oração, as orações no período composto, concordância verbal e nominal, regência verbal e nominal, ocorrência da crase, colocação de palavras. Semântica: sinonímia e antonímia, homografia, homofonia, paronímia, polissemia.

Indicações Bibliográficas:

1.MESQUITA, Roberto Melo - Gramática da Língua Portuguesa - Editora Saraiva.

2.CAMPEDELLI, Samira Youssef e SOUZA, Jésus Barbosa - Gramática do texto - texto da gramática - Editora Saraiva.

3.PASQUALE e ULISSES - Gramática da Língua Portuguesa - Editora Scipione.

4.TERRA, Ernani - Curso Prático de Gramática - Editora Scipione.

5. SACCONI, Luiz Antônio - Nossa Gramática - Teoria e Prática - Atual Editora.

Outros livros que abrangem o programa proposto

MATEMÁTICA PARA TODOS OS CARGOS: Conjuntos; Conjuntos numéricos; Funções; Relações; Função polinominal do 1º e 2º grau; Função modular; Função exponencial; Função logarítima; Progressões aritméticas e geométricas; Matrizes; Determinantes; Sistemas Lineares; Análise combinatória; Binômio de Newton; Conjuntos de números complexos; Polinômios; Trigonometria - Aplicação no triangulo retângulo, Funções circulares, Relações e identidades trigonométricas, Transformações trigonométricas; Equações trigonométricas; Inequação trigonométricas; Relações de triângulos quaisquer; Geometria - Semelhança de figuras geométricas planas, Relações métricas no triângulo retângulo, Polígonos regulares inscritos na circunferência, relações métricas, Área das figuras geométricas planas, Poliedros, Prismas, Pirâmide, Cilindro, Cone, Esfera; Geometria analítica - Introdução à geometria analítica plana, Estudo da reta no plano, cartesiano, Estudo da circunferência no plano cartesiano.

Indicações Bibliográficas:

1.BIANCHINI, Edwaldo E PACCOLA Herval / Vol. Único - Ed. Moderna - 1995 / São Paulo.

2.FACCHINI, Walter - Vol. Único / Ed. Saraiva - 1997 / São Paulo.

3. GIOVANNI, José Ruy - BONJORNO, José Roberto - JUNIOR José Ruy Giovanni - Matemática Fundamental / Vol. Único - Ed. FTD - 1994 - São Paulo.

4. BEZERRA, Manoel Jairo - PUTNOKI José Castro - "JOTA" / Vol. Único - Ed. Scipione - 1994. Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA AUXILIAR DE SECRETARIA: NOÇÕES DE INFORMÁTICA: I - Conceitos básicos de operação de microcomputadores. II - Conceitos básicos de operação com arquivos em ambiente de rede Windows. III - Noções básicas de operação de microcomputadores e periféricos em rede local. IV - Conhecimento de interface gráfica padrão Windows. V - Conceitos básicos para utilização dos softwares do pacote Microsoft Office, tais como: processador de texto, planilha eletrônica e aplicativo para apresentação. VI - Conhecimento básico de consulta pela Internet e recebimento e envio de mensagens eletrônicas

Indicações Bibliográficas:

Manuais do Microsoft Office / windows/ word / Excel e Internet

Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA FISCAL DE TRIBUTOS: Conhecimentos Gerais das Atividades Inerentes ao Cargo. 1. Receita Pública: Conceito; Classificação; Estágios; Escrituração contábil; Dívida ativa. FISCALIZAÇÃO. 2. Técnicas de Auditoria e avaliação do controle interno. Normas do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais. 3. Lei Complementar 101/2000 - Lei de Responsabilidade Fiscal; Lei Orgânica Municipal; Código Tributário Municipal e Lei Complementar 116/2003 - ISSQN; Lei 8987/95 - Concessão de Serviços Públicos; Constituição da República Federativa do Brasil: Título III: Capítulo IV (Dos Municípios) e Capítulo VII (Da Administração Pública) e Título VI (Da Tributação e do Orçamento); Lei 8429/92 - Improbidade Administrativa. NOÇÕES DE INFORMÁTICA: I - Conceitos básicos de operação de microcomputadores. II - Conceitos básicos de operação com arquivos em ambiente de rede Windows. III - Noções básicas de operação de microcomputadores e periféricos em rede local. IV - Conhecimento de interface gráfica padrão Windows. V - Conceitos básicos para utilização dos softwares do pacote Microsoft Off ice, tais como: processador de texto, planilha eletrônica e aplicativo para apresentação. VI - Conhecimento básico de consulta pela Internet e recebimento e envio de mensagens eletrônicas.

Indicações Bibliográficas:

- Legislação Federal: Lei nº 4.320/64; Lei Complementar nº 101/2000; Lei nº 8.987/95; Lei nº 9.074/95; Lei nº 10.028/00; Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 e posteriores Emendas Constitucionais;

- Contabilidade Pública / João Angélico;

- Contabilidade Pública / Heilio Kohama;

- Lei de Responsabilidade Fiscal Comentada: LC nº 101/00 / Adauto Viccari Junior..., Flávio da Cruz (coordenador) - São Paulo: Atlas, 2000.

- Controladoria: uma abordagem da gestão econômica - GECON / Armando Catelli (coordenador). - São Paulo: Atlas, 1999.

- Código Tributário do Município de Abaeté/MG;

- Constituição Federal e Código Tributário Nacional;

- Manuais do Microsoft Off ice / windows/ word / Excel e Internet

- Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA MONITOR DE ESPORTES: Os conteúdos em educação física: jogos, esportes, ginásticas e dança enquanto práxis, conceitos, princípios, finalidades e objetivos da educação física; condicionamento físico e organização desportiva; fundamentos técnicos e táticos: regras, equipamentos e instalações utilizadas nos seguintes desportos: atletismo, basquetebol, futebol, ginásticas, handebol, natação, recreação e voleibol.

Indicações Bibliográficas:

1.BETTI, Mauro. Educação Física e sociedade. São Paulo: Editora Movimento, 1991.

2.BRACHT, Valter. Educação Física e aprendizagem Social. Porto Alegre: Magister, 1992.

3.CASTELANI FILHO, Lino. Educação Física no Brasil: uma história que não se conta. São Paulo: Papirus, 1998.

4.COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez Autores Associados, 1992.

5. MAC ARDLE, W. D; KATCH, v. 1. Fisiologia do exercício: energia, nutrição e desempenho humano. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986.

6.SAMULSKI, D. Psicologia do esporte: teoria e aplicação prática. Belo Horizonte: Imprensa universitária / UFMG, 1993.

7.ZAKHAROV, Andrei. Ciência do treinamento esportivo. Rio de Janeiro: Grupo Palestra, 1992.

8.SCHMIDT, R. Aprendizagem e performance motora. São Paulo: Movimento, 1993.

9.KUNZ, Elenor. Transformação didático-pedagógica do esporte. Ijuí: Unijuí, 1994.

10. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DESPORTO. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física. Brasília: MEC/SEF, 1997, 96 p.

10. Outros Livros que abrangem o programa proposto.

ESPECÍFICA PARA TÉCNICO EM RAIO X: 1) Exames radiológicos (diversos): abdome; tórax; coluna vertebral; membros; C.V.B. (com contraste). 2) Exames radiológicos do crânio: pontos de referência; linhas e planos; posições fundamentais do crânio; posições especiais do crânio; posições especiais da face. 3) Técnicas radiológicas do crânio: sela turcica; canal óptico; seios da face; temporomandibular; cavum; arcos zigomático; órbitas; rochedo. 4) Técnicas radiológicas: articulações, pulmões, arcos costais, esterno (técnica de Cahoon), coluna cervical, coluna torácica, coluna lombar, coluna lombo-sacra, abdome simples, abdome agudo, aparelho urinário, membros inferiores e superiores, bacia (escanometria). 5) Câmara escura: componentes; manipulação; cuidados especiais; procedimentos.

Indicações Bibliográficas:

Livros que abrangem o programa proposto.

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO - GERAL ARQUIVISTA; ENGENHEIRO CIVIL;

PORTUGUÊS PARA TODOS OS CARGOS: Leitura e interpretação de texto. Noções gerais de gramática. Fonologia - ortografia - acentuação gráfica - estrutura e formação de palavras - verbos: tempo, modo, emprego - substantivos: classificação e emprego - flexão de gênero, número e grau, formação e análise - artigo - adjetivo: conceito, classificação correspondência e locuções adjetivas, flexões - advérbios: classificação, flexão, grau - Pronomes: conceito, classificação - estudo dos numerais - preposição - conjunções - interjeições - Sintaxe: frase, oração, período - pontuação - tipos de frases - complementos verbais e nominais - vozes verbais - orações subordinadas - orações coordenadas - concordância verbal e nominal - regência verbal e nominal - Problemas gerais da língua culta: grafia de palavras e expressões - crase - Derivação prefixal e sufixal - Recursos fonológicos, morfológicos, sintáticos, semânticos.

Indicações Bibliográficas:

1.CUNHA, Celso. Nova Gramática do Português Contemporâneo. Rio de Janeiro. Nova . Fronteira, 1985.

2.GERALDI, João Wanderley (org.). O texto na sala de aula - Leitura e Produção. Assoeste. Cascavel - Pr, 1985.

3.KLEIMAN, Ângela. Texto e Leitor: Aspectos congnitivos da leitura. Campinas, São Paulo: Pontes, 1999.

4.NETO, Pasquale Cipro & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo. Editora Scipione, 1997. 5. FARACO & MOURA. Gramática Nova. 1 1ª edição. São Paulo. Editora Ática, 1997.

Outros livros que abrangem o programa proposto

CONHECIMENTOS ATUAIS PARA TODOS OS CARGOS: A prova versará sobre questões de conhecimentos gerais da história e da atualidade do município de Abaeté em seus aspectos político, social, econômico, histórico e cultural. Domínio de tópicos atuais, relevantes e amplamente divulgados, em áreas diversificadas, tais como: Ciências, Política, Economia, Geografia, História do Brasil e do Município, Organização Administrativa Municipal, atualidades locais, nacionais e internacionais, noções de cidadania, meio ambiente (ecologia), poderes executivo, legislativo e judiciário, símbolos nacionais.

Fontes de Estudo: www.ibge.gov.br, www.iepha.mg.gov.br, www.igam.mg.gov.br, Constituição Federal do Brasil, Revistas e jornais informativos.

ESPECÍFICA PARA O CARGO DE ARQUIVISTA: Objetivos e funções de bibliotecas, papel do profissional da informação. Organização de bibliotecas e espaços culturais. Formação e desenvolvimento do acervo. Serviços meios e serviços fins: conceituação, funcionamento, avaliação. Indexação de documentos: análise do assunto, linguagens de indexação, sistemas de classificação bibliográfica - CDD e CDU. Recuperação de informação: funções e estruturas dos catálogos. Serviços de atendimento ao usuário de biblioteca: serviço de referência, empréstimo domiciliar, disseminação da informação. Treinamento de usuário. Ação e importância em centros culturais, bibliotecas e instituições afins. Estrutura da biblioteca: Caracterização, atividades afins.

Indicações Bibliográficas:

Livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA O CARGO DE ENGENHEIRO CIVIL: Norma ABNT - NBR 7229, Técnica da Construção, características dos materiais de construção, fundações, alvenaria estrutural, cálculo estrutural, resistência dos materiais, estrutura isostática. Indicações Bibliográficas:

Livros que abrangem o programa proposto

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO/ SUPERIOR COMPLETO - EDUCAÇÃO

PEDAGOGO; PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA; PROFESSOR DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL; PROFESSOR PII - MATEMÁTICA;

PORTUGUÊS: Leitura e interpretação de texto. Noções gerais de gramática. Fonologia - ortografia - acentuação gráfica - estrutura e formação de palavras - verbos: tempo, modo, emprego - substantivos: classificação e emprego - flexão de gênero, número e grau, formação e análise - artigo - adjetivo: conceito, classificação correspondência e locuções adjetivas, flexões - advérbios: classificação, flexão, grau - Pronomes: conceito, classificação - estudo dos numerais - preposição - conjunções - interjeições - Sintaxe: frase, oração, período - pontuação - tipos de frases - complementos verbais e nominais - vozes verbais - orações subordinadas - orações coordenadas - concordância verbal e nominal - regência verbal e nominal - Problemas gerais da língua culta: grafia de palavras e expressões - crase - Derivação prefixal e sufixal - Recursos fonológicos, morfológicos, sintáticos, semânticos.

Indicações Bibliográficas:

1.CUNHA, Celso. Nova Gramática do Português Contemporâneo. Rio de Janeiro. Nova Fronteira, 1985.

2.KLEIMAN, Ângela. Texto e Leitor: Aspectos congnitivos da leitura. Campinas, São Paulo: Pontes, 1999.

3.NETO, Pasquale Cipro & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo. Editora Scipione, 1997.

4.FARACO & MOURA. Gramática Nova. 11ª edição. São Paulo. Editora Ática, 1997.

5. Outros livros que abrangem o programa proposto

CONHECIMENTOS DIDÁTICOS PEDAGÓGICOS PARA O PROFESSOR DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL: Legislação Educacional. Referencial Curriculares Nacionais para a educação infantil. Prática Pedagógica: o professor em relação a si mesmo e o seu papel docente; o professor em relação ao aluno; o professor em relação sociedade e a escola; o professor como intelectual reflexivo e transformador. Competências e habilidades na ação docente. Competências para ensinar e para aprender. Habilidades didáticas para ação docente. Educação e Inclusão. Currículo escolar - formação do humano. Currículo por competência. Linguagem na escola. Alfabetização e letramento. Alfabetização Matemática. Autonomia cognitiva e moral. A relação professor/aluno. Aprendizagem colaborativa baseada em projetos. Avaliação da Aprendizagem. Gestão democrática.

Indicações Bibliográficas:

1.Brasil, MEC, A Nova LDB 9394/96 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

2.Brasil. MEC. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, volumes 1,2 e 3.

3. MORIN, E, Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez: Brasília, D.F.. UNESCO, 2000.

4. PERRENOUD, P. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre. Artes Médicas Sul, 1999.

5. PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar . Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

6. PERRENOUD, P. A prática reflexiva no ofício de professor: profissionalização e razão pedagógica. Porto Alegre: Artmed, 2002.

7. PERRENOUD, P. Avaliação - da excelência à regulação das aprendizagens - entre duas lógicas. Porto alegre: Aetmed, 1999.

8. VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico. Campinas: Papirus, 2004.

9. MELLO, Maria C. de; RIBEIRO, Amélia E. do A. Competências e Habilidades - da teoria à prática. Rio de Janeiro: WAK, 2003.

10. Outros livros que abrangem o programa proposto

CONHECIMENTOS DIDÁTICOS PEDAGÓGICOS PARA OS CARGOS DE PEDAGOGO; PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA E PROFESSOR PII - MATEMÁTICA: Legislação Educacional. Parâmetros Curriculares Nacionais. Os processos pedagógicos e o professor como profissional reflexivo. Os desafios da docência na sociedade do conhecimento. Prática Pedagógica: o professor em relação a si mesmo e o seu papel docente; o professor em relação ao aluno; o professor em relação sociedade e a escola; o professor como intelectual reflexivo e transformador. Competências e habilidades na ação docente. Competências para ensinar e para aprender. Habilidades didáticas para ação docente. Os desafios do paradigma emergente e a ação docente. Educação e Inclusão. Currículo escolar - formação do humano. Currículo por competência. Autonomia cognitiva e moral. Linguagem na escola. Alfabetização e letramento no ensino fundamental. O Estatuto da Criança e do Adolescente. Reorganização do Ensino - tempo e espaços. A escola e seus sujeitos. A relação professor/aluno. Aprendizagem colaborativa baseada em projetos. Contratos didáticos num paradigma emergente ou plano consensual de aprendizagem. Avaliação da Aprendizagem: diagnóstica, somativa, formativa e a avaliação contínua por portfólios. Projeto Político Pedagógico. Planejamento Participativo. Plano de Aula. Gestão democrática. Autonomia Pedagógica da Escola.

Indicações Bibliográficas:

1. Brasil, MEC, A Nova LDB 9394/96 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

2.ANTUNES, C. O paradigma emergente e a prática pedagógica. 3ed Curitiba: Champagnat, 2003.

3. MORIN, E, Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez: Brasília, D.F.. UNESCO, 2000.

4. PERRENOUD, P. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre. Artes Médicas Sul, 1999.

5. PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar . Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

6. PERRENOUD, P. A prática reflexiva no ofício de professor: profissionalização e razão pedagógica. Porto Alegre: Artmed, 2002.

7. PERRENOUD, P. Avaliação - da excelência à regulação das aprendizagens - entre duas lógicas. Porto alegre: Aetmed, 1999.

8. VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico. Campinas: Papirus, 2004.

9.ZABALA, A. Enfoque globalizador e pensamento complexo. Porto Alegre: ARTMED, 2002.

10. MORAES, Maria C. O paradigma educacional emergente. Campinas: Papirus, 1997.

11. MUSSAK, Eugenio. Metacompetência - uma nova visão do trabalho e da realização pessoal. São Paulo: Gente, 2003.

12. MELLO, Maria C. de; RIBEIRO, Amélia E. do A. Competências e Habilidades - da teoria à prática. Rio de Janeiro: WAK, 2003.

13. COLL, César; MARCHESI, Álvaro; PALÁCIOS, Jesús (orgs). Desenvolvimento psicológico e educação.: transtornos de desenvolvimento e necessidades educativas especiais, Vol. 3, 2 ed., Porto Alegre: ARTMED, 2004.

14. SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão, Construindo Uma Sociedade Para Todos. 3 ed. Rio de Janiro: WVA editora, 1999.

15. BRASIL, Secretaria de educação Especial ( Seesp). Educar na Diversidade. Brasília, 2005. Disponível em: www.mec.gov.br/seesp.

16. MANTOAN, M.T.E. Educação Inclusiva. Rio de Janeiro:Dp&A, 2003

17. Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA PEDAGOGO - Supervisão Escolar: A história da Supervisão Pedagógica no Brasil. Reflexão crítica sobre a Supervisão Pedagógica. Relação entre Supervisor Pedagógico X Professores. Fatores que interferem no processo ensino-aprendizagem. As concepções de aprendizagem e as práticas pedagógicas. Planejamento como instrumento da praxis pedagógica: níveis de planejamento. Plano de ensino-aprendizagem: estrutura, seleção, criação, organização dos conteúdos e da metodologia. Relação professor aluno. Projeto Educativo: conceito e metodologia de elaboração. Avaliação escolar: finalidade, avaliação x concepção de educação. A didática em diferentes correntes pedagógicas. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9394/96). O professor como sujeito histórico de transformação. A construção do conhecimento x postura do professor. Princípios e fundamentos dos parâmetros curriculares nacionais: objetivos gerais do ensino fundamental, avaliação e orientações didáticas. Gestão democrática da escola como fator de melhoria da qualidade de ensino. A elaboração do currículo e as concepções curriculares. Ética profissional.

Indicações Bibliográficas

1. SILVA JR, Celestino Alves; RANGEL, Mary (orgs). Nove olhares sobre a supervisão. Campinas: Papirus, 1997.

2. MEDINA, Antonia da Silva. Supervisão Escolar - da ação exercida à ação repensada. Porto Alegre: AGE/RS, 2002.

3. RANGEL, Mary (org.). Supervisão Pedagógica - princípios e práticas. Campinas: Papirus, 2001.

4. FERREIRA, Naura S. C.(org.) Supervisão Educacional para uma escola de qualidade - da formação à ação. 5.ed São Paulo:Cortez, 2006.

5. SAVIANI, N. Escola e democracia. 31ªed. Campinas: Autores associados, 1997.

6. NÉRICI, Imídeo Guiseppe. Introdução à supervisão escolar. São Paulo, Atlas, 1986.

7. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Planejamento: plano de Ensino-Aprendizagem e Projeto Educativo. Cadernos Pedagógicos do Libertad, 1995.

8. LIBÂNEO, José Carlos. Didática. Ed. Cortez, 1994.

9. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar. São Paulo. Cortes, 1995. 2º ed.

10. RODRIGUES, Neidson. Por uma nova escola: o transitório e o permanente na educação. São Paulo, Cortez, 1993.

11. VASCONCELOS, Celso dos Santos. Avaliação : concepção dialética - libertadora do processo de avaliação escolar. Cadernos pedagógicos do Libertad, 1995.

12. VASCONCELOS, Celso dos Santos. Para onde vai o Professor ? Resgaste do Professor como sujeito de transformação. Cadernos pedagógicos do Libertad. 1998.

13. GROSSI, Esther Pillar, (org). Paixão de Aprender. Petrópolis. Vozes, 1992.

14. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre Alfabetização. São Paulo. Cortez, 1995.

15. PERRENOUD, Philippe. Dez Novas Competências para Ensinar. Tradução: Patrícia C. Ramos. Porto Alegre. ARTMED - Artes Médicas. Sul, 2000.

16. PERRENOUD, Philippe. Avaliação - Excelência à Regulação das Aprendizagens entre duas Lógicas. Tradução: Patrícia C. Ramos. Porto Alegre.

17. Paramêtros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares naionais/secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997. V. 1

18. TORRES, Rosa Maria. Que (e como) é necessário aprender? São Paulo: Papirus, 1994.

19. Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA: Educação Física no contexto da Educação; Educação Física, esporte e sociedade; História da Educação Física no Brasil; Função social da Educação Física; Papel do professor de Educação Física; Metodologia do ensino da Educação Física: Atletismo; Basquetebol; Ginástica Olímpica; Handebol; Voleibol e outros; Educação Física e lazer; Corporeidade; Aprendizagem motora; Fisiologia do exercício; Teoria do treinamento esportivo; Psicologia da aprendizagem; Psicologia do esporte; Avaliação em Educação Física; Metabolismo no exercício; Respostas Cardiorespiratórias ao exercício; Crescimento, desenvolvimento e atividade física. Planejamento do ensino de Educação Física: Concepções; Objetivos; Conteúdos.

Indicações Bibliográficas:

1.BETTI, Mauro. Educação Física e sociedade. São Paulo: Editora Movimento, 1991.

2.BRACHT, Valter. Educação Física e aprendizagem Social. Porto Alegre: Magister, 1992.

3.CASTELANI FILHO, Lino. Educação Física no Brasil: uma história que não se conta. São Paulo: Papirus, 1998.

4.COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez Autores Associados, 1992.

5. MAC ARDLE, W. D; KATCH, v. 1. Fisiologia do exercício: energia, nutrição e desempenho humano. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986.

6.SAMULSKI, D. Psicologia do esporte: teoria e aplicação prática. Belo Horizonte: Imprensa universitária / UFMG, 1993.

7.ZAKHAROV, Andrei. Ciência do treinamento esportivo. Rio de Janeiro: Grupo Palestra, 1992.

8.SCHMIDT, R. Aprendizagem e performance motora. São Paulo: Movimento, 1993.

9.KUNZ, Elenor. Transformação didático-pedagógica do esporte. Ijuí: Unijuí, 1994.

10. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DESPORTO. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física. Brasília: MEC/SEF, 1997, 96 p.

11. Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA PROFESSOR DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL: Os fundamentos filosóficos da educação. Fundamentos biológicos do desenvolvimento infantil. Psicologia do Desenvolvimento. Teorias da Aprendizagem. Implicações da Teoria de Piaget e Vygostky na Educação Infantil. Educação infantil e a inclusão. Educação Infantil e Currículo - currículo por competência. Fundamentos teóricos e metodológicos da Educação Infantil. Projeto Político Pedagógico. Educação Infantil e o brincar. Arte e literatura na Educação Infantil. Construção do número. Corporeidade e movimentos na Educação Infantil. Desenvolvimento da linguagem oral e escrita. Observação, registro e avaliação na Educação Infantil.

Indicações Bibliográficas:

1.Brasil. MEC. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, volumes 1,2 e 3.

2.Brasil, MEC. A Nova LDB 9394/96 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

3.ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - Lei nº 8.069, de 13/07/1.990: Constituição e Legislação relacionada - São Paulo: Cortez, 1991.

4.Constituição da República Federativa do Brasil - Capítulo III: Da Educação, da Cultura e do Desporto.

5.BRASIL. Resolução CEB 01, de 7/04/1 999. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil.

6.OLIVEIRA, Z. M. et alii. Creches: crianças, faz de conta & Cia. 13ª edição, Petrópolis: Vozes, 2005.

7.OLIVEIRA, Z. M. (org.). Educação Infantil: muitos olhares. São Paulo: Cortez, 1994.

8.VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico. Campinas: Papirus, 2004.

9.MELLO,Maria Cristina e Ribeiro; AMARAL, Amélia Escotto do (org.). Competências e Habilidades: da teoria à prática. Rio de Janeiro: Wak, 2003.

10. MOYLES, Janet R. Só Brincar? - O papel do brincar na educação infantil. Porto Alegre: Armed, 2002.

11. LUCKESI, Cipriano Carlos. Filosofia da Educação. São Paulo. Cortez, 1.994.

12. DAVIS, Cláudia e OLIVEIRA, Zilma. Psicologia na Educação. São Paulo: Cortez, 1994.

13. KAMII, Constance. - A Criança e o Número . Campinas: Papirus, 1986.

14. FERREIRO, Emilia; TEBROSKY, A. Psicogênese da Língua escrita. Porto Alegre: Artemed, 1985.

15. PERRENOUD, Philippe. Dez Novas Competências para Ensinar. Tradução: Patrícia C. Ramos. Porto Alegre. ARTMED - Artes Médicas. Sul, 2000.

16. PERRENOUD, Philippe. Avaliação - Excelência à Regulação das Aprendizagens entre duas Lógicas. Tradução: Patrícia C. Ramos. Porto Alegre. ARTMED - Artes Médicas. Sul, 2000.

17. CUNHA, Maria Antonieta A. Literatura Infantil: teoria e prática. São Paulo: Ática, 1983.

18. FERRAZ, M. Heloísa C. de T.; FUSARI, M. F. de Rezende e. Metodologia do Ensino de Artes. São Paulo: Cortez, 1993

19. STOKE, Patrícia; HARF, Ruth. Expressão corporal na pré-escola. São Paulo: Hummus, 1987.

20. Outros livros que abrangem o programa proposto

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO - SAÚDE ENFERMEIRO; NUTRICIONISTA;

PORTUGUÊS PARA TODOS OS CARGOS: Leitura e interpretação de texto. Noções gerais de gramática. Fonologia - ortografia - acentuação gráfica - estrutura e formação de palavras - verbos: tempo, modo, emprego - substantivos:

classificação e emprego - flexão de gênero, número e grau, formação e análise - artigo - adjetivo: conceito, classificação correspondência e locuções adjetivas, flexões - advérbios: classificação, flexão, grau - Pronomes: conceito, classificação - estudo dos numerais - preposição - conjunções - interjeições - Sintaxe: frase, oração, período - pontuação - tipos de frases - complementos verbais e nominais - vozes verbais - orações subordinadas - orações coordenadas - concordância verbal e nominal - regência verbal e nominal - Problemas gerais da língua culta: grafia de palavras e expressões - crase - Derivação prefixal e sufixal - Recursos fonológicos, morfológicos, sintáticos, semânticos.

Indicações Bibliográficas:

1.CUNHA, Celso. Nova Gramática do Português Contemporâneo. Rio de Janeiro. Nova . Fronteira, 1985.

2.GERALDI, João Wanderley (org.). O texto na sala de aula - Leitura e Produção. Assoeste. Cascavel - Pr, 1985.

3.KLEIMAN, Ângela. Texto e Leitor: Aspectos congnitivos da leitura. Campinas, São Paulo: Pontes, 1999.

4.NETO, Pasquale Cipro & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo. Editora Scipione, 1997.

5.FARACO & MOURA. Gramática Nova. 11ª edição. São Paulo. Editora Ática, 1997.

6.Outros livros que abrangem o programa proposto

CONHECIMENTOS DE SAÚDE PÚBLICA PARA TODOS OS CARGOS - Noções básicas de vigilância epidemiológica e sanitária. Indicadores de saúde. Sistema de notificação. Endemias/Epidemias: situação atual, medidas de controle e tratamento. Distritos sanitários enfoque estratégico. Noções de higiene social, sanitária e mental.

Indicações Bibliográficas:

1.ROUQUAYROL, M.C. Epidemiologia e Saúde. 4ª edição. Rio de Janeiro.: MED, 1993.

2. MENDES, Eugênio Vilaça. Distrito sanitário: O processo social de mudança das práticas sanitárias do sistema único de saúde. Rio de Janeiro. Hucitec - Abrasco, 1993.

3.VENEJOHW, J.P e MORROW, R.M. Epidemiologia para os municípios.

4.Programa nacional de vigilância sanitária. 1992. Editora Hucitec. Rio de Janeiro. 1993.

5.O.P.S. Controle das doenças transmissíveis do homem. Washington D.C. 13º edição, 1985.

6.Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA O CARGO DE ENFERMEIRO: Técnicas básicas de enfermagem. Assistência de enfermagem na atenção integral à mulher no ciclo grávido-puerperal. Assistência de enfermagem na atenção integral à criança. Crescimento e desenvolvimento. Controle das infecções respiratórias agudas. Controle das doenças diarréicas e prevenção a acidentes e intoxicações. Assistência de Enfermagem ao adulto. Conceito, causas, sinais e sintomas de patologias: insuficiência cardíaca congestiva, hipertensão arterial, infarto agudo do miocárdio, asma, pneumonias, hemorragias digestivas, diabetes mellitus, acidentes vascular cerebral. Traumatismos. Imunização. Cadeia de Frio. Doenças Transmissíveis, doenças sexualmente transmissíveis, doenças parasitárias, doenças transmissíveis imunizáveis e não imunizáveis: agente, forma de transmissão, prevenção, sinais e sintomas, assistência de enfermagem e vigilância epidemiológica. Primeiros Socorros. Lei do Exercício profissional.

Indicações Bibliográficas:

1.BRUNNER, Enfermagem Médica Cirúrgica 7ª edição, Interamericana, Rio de Janeiro.

2. NEVES, Jaime. Diagnóstico e Tratamento das doenças infecciosas e parasitárias. 2ª edição, Guanabara Koogan, Rio de Janeiro.

3.SHULL, Patrícia Dwyer. Enfermagem básica teoria e prática. 1ª edição, Rideel, São Paulo.

4.Sociedade Brasileira de Pediatria. Manual de acidentes e intoxicações na infância e adolescência. Rio de Janeiro.

5.Ministério da Saúde. Cadernos da 9ª Conferência Nacional de Saúde. Brasília, 1992.

6.Ministério da Saúde. Doenças Evitáveis por Imunização. Brasília, 1993.

7. Ministério da Saúde. Capacitação de Enfermeiros em Saúde Pública para o S.U.S: Controle das Doenças Transmissíveis. Brasília, 1990.

8. Ministério da Saúde. Programa de assistência integral à saúde da criança. Assistência e controle das doenças diarréicas. Brasília, 1987.

9.Ministério da Saúde. Programa de assistência integral à saúde da mulher. Bases de ação programática.

10. Ministério da Saúde. Doenças infecciosas e parasitárias. Aspectos clínicos, vigilância epidemiológica e de controle -guia de bolso. Brasília, 1999.

11. Outros livros que abrangem o programa proposto

ESPECÍFICA PARA O CARGO DE NUTRICIONISTA: Indicações Bibliográficas:

Livros que abrangem o programa proposto

ANEXO VI

ATESTADO MÈDICO
(PADRÃO)

TIMBRE/CARIMBO DO ÓRGÃO DE SAÚDE OU DA CLÍNICA DE SAÚDE

Atesto, sob as penas da Lei, que o(a) Senhor(a) _________________________________________ portador(a) do RG n° _______________________, UF _____________ , nascido(a) em ___/___/ _____, encontra-se apto (a) à realização de testes de esforços físicos intensos (TAF), podendo participar dos testes de Resistência física (Teste de barra fixa e de corrida de resistência de doze minutos), do Concurso Público promovido pela Prefeitura Municipal de ABAETÉ, para o cargo de Gari e Serviços Gerais.

Local e data,___________________________

Nome e assinatura do Médico e CRM

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:

· A data do atestado não poderá ultrapassar 45 (quarenta e cinco dias) anteriores da data à realização dos testes de Resistência física - ACOMPANHAR CRONOGRAMA DO EDITAL DE CONVOCAÇÃO.

· Nome, assinatura do profissional que elaborou o atestado.

· Carimbo do profissional: Nome e CRM.

ANEXO VII

DESCRIÇÕES E ATRIBUIÇÕES INERENTES AOS CARGOS

ARQUIVISTA: planejamento organização e direção de serviços de arquivo, planejamento, orientação, e acompanhamento do processo documental e informativo, planejamento, orientação e direção das atividades de identificação das espécies documentais e participação no planejamento de novos documentos e controle de multicópias, planejamento, organização e direção de serviços ou centros de documentação e informação constituídos de acervos arquivísticos e mistos, planejamento, organização e direção de serviços de microfilmagem aplicada aos arquivos e orientação do planejamento da automação aplicada aos arquivos, orientação quanto à classificação arranjo e descrição de documentos e orientação da avaliação e seleção de documentos para fins de preservação, criação de medidas necessárias à conservação de documentos, elaboração de pareceres e trabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos e assessoramento aos trabalhos de pesquisa científica ou técnico-administrativa, desenvolvimento de estudos sobre documentos culturalmente importantes;

ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO I: Realizar tarefas de administração, classificando, arquivando e registrando documentos e fichas; recebendo, estocando e fornecendo materiais; operando equipamentos de reprodução de documentos em geral; redigindo cartas, ofícios, e outros textos; digitando textos, planilhas, quadros em geral e outros; exercendo atribuições de recepção, atendimento e prestação de informações ao público; e secretariando diretores.

AUXILIAR DE SECRETARIA: Auxiliar na escrita escolar em geral, participar de cursos para aperfeiçoamento necessários a sua área de atuação, participar de reuniões escolares, etc., executar outras tarefas pertinentes ao Cargo.

ENFERMEIRO: Planejar, organizar, supervisionar e executar serviços de enfermagem, participar da elaboração, análise e avaliação dos programas e projetos de saúde, desenvolver atividades de orientação de recursos humanos e de educação de saúde, segundo diretrizes que norteiam a política institucional em saúde. Fazer prescrição e executar planos de assistência e cuidados de enfermagem, colaborar na investigação epidemiológica e sanitária, etc., executar outras tarefas pertinentes ao Cargo.

ENGENHEIRO CIVIL: Assegurar a eficácia da elaboração, implementação e acompanhamento de projetos e programas de construção de obras públicas. Garantir a manutenção dos prédios públicos como: prédios, vias públicas, estradas vicinais, monumentos, rede de água e esgoto e de iluminação pública, etc. Garantir a fiscalização de projetos de obras públicas realizadas por terceiros. Garantir a atualização profissional através de participação em programas específicos e da produção de trabalhos.

FISCAL DE TRIBUTOS: Instruir o contribuinte da legislação tributária; coligir, examinar, selecionar e preparar elementos necessários à execução da fiscalização externa; fazer o cadastramento de contribuintes, bem como o lançamento, a cobrança e o controle do recebimento dos tributos.

GARI: Carregar e descarregar caminhão, fazer a limpeza de ruas através de varreção, levar e remover o lixo de detritos das ruas e prédios municipais, proceder à limpeza de oficinas, baias, cocheiras e depósitos de lixo e detritos orgânicos, inclusive gabinete, sanitários públicos e prédios municipais, executar outras tarefas correlatas.

MECÂNICO DE MÁQUINAS LEVES: Desmontar e montar tratores agrícolas; confeccionar pinos de centro, roldanas, arruelas, buchas para dínamo e motor de arranque, parafusos e porcas diversas; fazer o embuchamento de dínamo e de motor de arranque; examinar, desmontar, reparar e montar motores de explosão, caixas de câmbio e diferenciais de veículos e tratores e instalações elétricas e hidráulicas; substituir peças quebradas ou desgastadas, que prejudiquem o bom funcionamento de máquinas; tornar peças e ajusta-lás às máquinas a que pertencem; engraxar, lubrificar veículos, máquinas e aparelhos de natureza diversa; orientar e fiscalizar as tarefas que eventualmente são executadas por auxiliares; experimentar máquinas depois de reparadas; relacionar e controlar o material necessário à execução do serviço; elaborar relatórios das tarefas executadas e do material gasto; desempenhar tarefas afins.

MECÂNICO DE MÁQUINAS PESADAS: Conhecimento de operação de tratores de esteiras, tratores de pneus, escavadeiras hidráulicas, retro-escavadeiras, pás carregadeiras, scrapers, motoniveladores e caminhões caçambas. Normas de segurança no trabalho; manutenção de rotina; conservação de equipamentos; troca de óleo e filtros de motores, hidráulicos, transmissões e comandos finais; verificação de níveis de água, óleos e fluídos de freios; verificação dos filtros de ar do motor; verificação de elementos filtrantes diesel; correção de pequenas avarias e manutenção dos equipamentos em boas condições mecânicas; elétricas e operacionais.

MONITOR DE ESPORTES: Assessorar no ensino à prática de esporte, desenvolver a prática dos seguintes esportes: futebol de salão, vôlei, basquete e handebol nas categorias infanto-juvenil e adulto, desempenhar tarefas afins, etc., executar outras tarefas pertinentes ao Cargo.

MOTORISTA: Conduzir veículos automotores destinados ao transporte de cargas em caminhões trucados e "tocos"; recolher o veículo à garagem ou local destinado quando concluída a jornada do dia, comunicando qualquer defeito porventura existente; manter os veículos em perfeitas condições de funcionamento; encarregando-se do transporte carga que lhe foi confiada; promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo; bem como calibração dos pneus; promover a limpeza do veículo através de lavagem.

MOTORISTA DE AMBULÂNCIA: Conduzir veículos automotores destinados ao transporte de pacientes em situação de emergência; recolher o veículo à garagem ou local destinado quando concluída a jornada do dia, comunicando qualquer defeito porventura existente; manter os veículos em perfeitas condições de funcionamento; promover abastecimento de combustíveis, água e óleo; bem como calibração dos pneus; promover a limpeza do veículo através de lavagem.

NUTRICIONISTA: Executar atividades de fiscalização correspondentes à área de sua habilitação profissional; indústria, distribuidora, transportadora e comércio de alimentos. Atestar condições sanitárias dos estabelecimentos inspecionados para fins de alvará de funcionamento. Realizar pesquisas de laboratório e trabalhos de saúde pública relacionados com nutrição e alimentação. Programar, planejar e executar trabalhos de educação alimentar. Sugerir medidas que visem ao aperfeiçoamento da legislação municipal e eficácia da ação fiscalizadora. Elaborar, implantar, manter e avaliar planos e/ou programas de alimentação e nutrição para a população. Propor e coordenar a adoção de normas, padrões e métodos de educação e assistência alimentar, em estabelecimentos escolares, hospitalares e outros. Elaborar informes técnicos para divulgação de normas e métodos de higiene alimentar, visando à proteção materno-infantil. Orientar a execução dos cardápios, verificando as condições dos gêneros alimentícios, sua preparação e cozimento, sem desperdício de seus valores nutritivos. Recomendar os cuidados higiênicos necessários ao preparo e à conservação dos alimentos para gestantes, nutrizes e lactentes.

OPERADOR DE LIMPEZA DE REDE DE ESGOTOS: Executar atividades manuais semiqualificadas em edificações, nas vias públicas, rodovias e congêneres; Executar trabalhos braçais pertinentes a obras e serviços urbanos e rurais; Executar trabalhos de desentupimento de redes de esgotos sanitários públicos e residenciais; Executar serviços de limpeza do local de trabalho e conservação de equipamentos; Atender às normas de segurança e higiene do trabalho; Executar outras tarefas afins.

OPERADOR DE MÁQUINAS LEVES: Trabalho qualificado, com atividades rotineiras, que consiste em operar trator de Pneu. Entre outras as atividades incluem; aração, gradiação e demais atividades coleta de lixo urbano, transporte de carga. Recolher a máquina à garagem ou local destinado quando concluída a jornada do dia, comunicando qualquer defeito porventura existente; manter a máquina em perfeitas condições de funcionamento, promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo, bem como calibração de pneus, promover a limpeza da máquina através de lavagem.

OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS: Trabalho qualificado, com atividades rotineiras, que consiste em operar máquinas pesadas como carregadeira, retro-escavadeira, trator, patrol (motoniveladora) e outras máquinas, de acordo com a legislação pertinente. Entre outras as atividades incluem; realizar aberturas de ruas, redes de esgotos, estradas, terraplanagem, cortes, nivelamentos, coleta de lixo, aração de terrenos, etc. Recolher a máquina à garagem ou local destinado quando concluída a jornada do dia, comunicando qualquer defeito porventura existente; manter a máquina em perfeitas condições de funcionamento, promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo, bem como calibração de pneus, promover a limpeza da máquina através de lavagem.

PEDAGOGO: Coordenar o planejamento e implementação da Proposta Político-Pedagógica, tendo em vista as diretrizes definidas no Plano de Desenvolvimento. Participar da elaboração do Plano de Desenvolvimento da Escola. Assessorar os professores na escolha e utilização dos procedimentos e recursos didáticos mais adequados ao atingimento dos objetivos curriculares. Participar da elaboração do Calendário Escolar. Participar, com o corpo docente, do processo de avaliação externa e da análise de seus resultados. Analisar os resultados obtidos com as atividades de capacitação docente, na melhoria dos processos de ensino e de aprendizagem. Realizar a orientação dos alunos, articulando o envolvimento da família no processo educativo. Realizar atividades afins.

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA: coordenar, planejar, programar, supervisionar, dinamizar, dirigir, organizar, avaliar e executar trabalhos, programas, planos e projetos, bem como prestar serviços de auditoria, consultoria e assessoria, realizar treinamentos especializados, participar de equipes multidisciplinares e interdisciplinares, elaborar informes técnicos, científicos e pedagógicos, todos na área de atividades físicas e do desporto.

PROFESSOR DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL (PCEI): Executar atividades diárias de recreação com crianças e trabalhos educacionais de artes diversas; desenvolver materiais pedagógicos, acompanhar crianças em passeios, visitas e festividades sociais; proceder, orientar e auxiliar as crianças no que se refere a higiene pessoal; auxiliar a criança a desenvolver a coordenação motora e psicomotora; observar a saúde e o bem estar das crianças, levando-as quando necessário, para atendimento médico e ambulatorial; orientar os pais quanto à higiene infantil, comunicando-lhe os acontecimentos do dia; levar ao conhecimento do chefe imediato qualquer incidente ou dificuldade ocorridas; vigiar e manter a disciplina das crianças sob sua responsabilidade, confiando-as aos cuidados de seu substituto ou responsável, quando afastar-se, ou ao final do período de atendimento; apurar a freqüência diária e mensal dos menores;

PROFESSOR PII - MATEMÁTICA: Regência de aulas nos anos finais do ensino fundamental, no conteúdo curricular próprio do cargo que ocupa; planejamento de aulas; participação no planejamento e desenvolvimento do PDE; avaliação contínua do rendimento escolar; participação de reuniões pedagógicas; participação de cursos de aperfeiçoamento profissional; promoção da participação dos pais na vida da escola; outras tarefas pertinentes à natureza do cargo.

SERVENTE ESCOLAR: Limpeza das dependências da escola e conservação dos prédios escolares; recebimento e acondicionamento e zelo pelos gêneros alimentícios; preparação da merenda escolar; auxiliar da manutenção da horta escolar quando houver, prestação de informações à direção sobre situação da merenda escolar; participação de cursos de cantineira.

SERVIÇOS GERAIS: Desenvolver atividades de servente de pedreiro, consertar cercas, demolir concreto e ou asfalto, descarregar cargas, lavar e polir automóveis, recolher lixo, sucatas e entulhos em geral, colocando-os em vasilhame apropriado para serem transportados ao depósito de lixo, limpar áreas da Prefeitura, raspando, varrendo, lavando, capinando, etc., utilizando as ferramentas e utensílios adequados percorrer os logradouros, ruas, praças, parques e jardins conforme roteiro estabelecido para varrer e ou recolher o lixo, despejar o lixo amontoado ou acondicionado em embalagens nos caminhões, carrinhos ou outros depósitos, valendo-se de ferramentas manuais, preparar a terra, adubando-a irrigando-a e efetuando outros tratos necessários para proceder o plantio de árvores, flores, arbustos e folhagens, preparar canteiros e arruamentos, colocando anteparas de madeira ou de outros materiais seguindo os contornos estabelecidos para atender a estética local, fazer o plantio de sementes e mudas renovar parques e jardins, transplantar mudas efetuando a limpeza das mesmas utilizando ferramentas adequadas, capinar áreas em geral, providenciar a poda de árvores, folhas e folhagens, observar e cumprir as normas de higiene e segurança do trabalho, executar outras tarefas pertinentes ao Cargo.

TÉCNICO EM RAIO X: Operar, de acordo com orientação dos radiologistas, equipamentos de radiologia, radiognóstico e outros aparelhos, para fins médicos e/ou odontológicos, etc., executar outras tarefas pertinentes ao Cargo.

TELEFONISTA: Trabalho na área administrativa, de atividades rotineiras, que consiste em atender e efetuar ligações telefônicas externas e internas; providenciar as ligações interurbanas solicitadas pelas autoridades da Prefeitura.

VIGIA ESCOLAR: Rondar prédios escolares, depósitos de materiais ou áreas pré determinadas, para evitar furtos, roubos incêndios e depredações; percorrer as dependências internas, apagando luzes fechando torneiras e desligando aparelhos; abrir e fechar portas e portões, responsabilizando-se pelas chaves, fiscalizar a entrada e saída de pessoas e acompanhar visitas dentro de horários estabelecidos, investigar anormalidades, tomando as providências que o caso exigir; receber e transmitir recados; desempenhar tarefas afins, etc., executar outras tarefas pertinentes ao Cargo.

VIGILANTE PATRIMONIAL: Funções de exercício de vigilância sobre: As praças públicas para evitar depredação e outras ações de vândalos; Os prédios públicos municipais, assim compreendidos a sede da Prefeitura e das Secretarias Municipais, postos de saúde e pontos de atendimento ao público nas áreas de atuações municipais; O cemitério público, garagem de veículos e máquinas e outros prédios e bens municipais.