FUNTEF - PR

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO, PESQUISA E DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DA UTFPR - FUNTEF-PR

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 001/2013

Notícia:   Funtef - PR abre seleção para Técnico de Nível Médio

O Diretor Executivo da Fundação de Apoio á Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da UTFPR, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, resolve divulgar a abertura das inscrições e estabelecer normas para a realização de Processo Seletivo destinado a selecionar Candidatos para o provimento de vagas, sob o Regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT), para atender á Fundação de Apoio á Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da UTFPR - FUNTEF Curitiba, para o cargo de Técnico de Nível Médio nas funções de Laboratorista e Técnico em Mecânica.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O Processo Seletivo será regido por este Edital e executado em duas etapas. A primeira de caráter eliminatório e classificatório, a segunda de caráter eliminatório, visando o provimento gradual de vagas do Quadro de Pessoal da FUNTEF-PR, para os cargos referidos no Anexo I deste Edital.

1.1.1. O Processo Seletivo consistirá em prova de conhecimentos específicos e pertinentes área a que se destina o cargo (conforme Anexo I).

1.2. O Processo Seletivo será realizado no Município de Curitiba - Paraná

1.3. Os Candidatos aprovados e selecionados no Processo Seletivo será contratados, conforme a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, por um período experimental de 90 (noventa) dias (Art. 443 § 2º alínea c da CLT). Ao final deste período será efetuada avaliação do desempenho e da adaptação do candidato com a finalidade de determinar sua efetivação ou não O contrato de trabalho passará a vigorar por prazo indeterminado em caso de efetivação.

2. DAS CONDIÇÕES PARA ADMISSÃO

2.1. Por ocasião da contratação, será exigido do Candidato aprovado no Processo Seletivo:

2.1.1. Ter sido aprovado e classificado no Processo Seletivo, de que trata este Edital.

2.1.2. Ter sido considerado apto no exame médico pré-admissional.

2.1.3. Carteira de Trabalho e Previdência Social.

2.1.4. Ter idade mínima de 18 anos na data da admissão

2.1.5. Certidão de Casamento, se houver.

2.1.6. Cédula de Identidade.

2.1.7. Cadastro de Pessoa Física - CPF.

2.1.8. Diploma ou Certificado de Conclusão do grau de escolaridade exigido para o cargo, de curso concluído até a data de admissão em Instituição reconhecida pelo MEC.

2.1.9. Prova de quitação com o Serviço Militar para os Candidatos do sexo masculino (certificado de reservista ou de dispensa de incorporação).

2.1.10. Prova de quitação com as obrigações eleitorais (apresentando os comprovantes da última eleição ou certidão de quitação eleitoral).

2.1.11. Ser brasileiro nato ou naturalizado ou, se estrangeiro, com permanência definitiva no Brasil, nos termos da Lei. No caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do Decreto n.º 70.436, de 18 de abril e 1972.

2.1.12. Apresentar outros documentos que se fizerem necessários, época da admissão.

2.2. Os documentos constantes no item anterior deverá ser apresentados na forma de fotocópia com o original para conferência ou fotocópia autenticada.

2.3. A falta de comprovação de qualquer um dos requisitos especificados no item 2.1 impedirá a admissão do candidato e o mesmo será eliminado do Processo Seletivo.

2.4. Os candidatos que forem considerados inaptos quando da realização do exame médico pré-admissional, ou que não se sujeitarem á realização do mesmo, será eliminados do processo.

2.5. Os candidatos classificados será convocados, obedecida rigorosamente a ordem de classificação final do Processo Seletivo para apresentarem a documentação necessária a contratação e assumirem as vagas.

2.6. É facultado ao Candidato, quando da convocação, optar pelo chamamento em última oportunidade, por uma única vez, alertando-se, porém, que pode ocorrer o término da validade do Processo Seletivo, sem o aproveitamento do Candidato.

2.7. O Candidato que, convocado para a admissão, recusar, deixar de assumir a vaga ou não atender qualquer pré-requisito deste Edital será considerado desclassificado do Processo Seletivo.

2.8. Os candidatos classificados no Processo Seletivo comprometem-se a manter atualizado o seu endereço junto á FUNTEF-PR. A não atualização poderá gerar prejuízos ao candidato, sem nenhuma responsabilidade para a FUNTEF-PR.

2.9. O candidato convocado para a admissão que deixar de apresentar-se no local indicado no prazo estabelecido será considerado desistente e, portanto, desclassificado do Processo Seletivo.

3. DAS INSCRIÇÕES

3.1. A inscrição do candidato deverá ser efetuada somente via INTERNET, no endereço eletrônico www.funtefpr.org.br, onde existirá um link com o formulário para preenchimento destinado á participação no Processo Seletivo.

3.1.1. O Candidato poderá efetuar sua inscrição, a partir das 10h00 do dia 20/12/2013 até ás 23h59 do dia 15/01/2014.

3.1.2. O Candidato deverá pagar a importância correspondente á taxa de inscrição descrita no Anexo I deste Edital, a título de ressarcimento de despesas com material e serviços.

3.1.3. O pagamento deverá ser efetuado apenas em dinheiro, vedado o pagamento através de cheque.

3.1.4. Não será aceitos pedidos de isenção de pagamento do valor da inscrição, seja qual for o motivo alegado.

3.1.5. No ato da inscrição, o Candidato terá obrigatoriamente, que optar por um único cargo, não sendo aceitos quaisquer pedidos de alteração de cargo para o qual o Candidato se inscreveu.

3.1.6. Após o preenchimento do formulário de inscrição e a conferência dos dados o Candidato deverá imprimir o boleto bancário, e pagá-lo em qualquer Banco ou Lotérica, até o dia 17/01/2014.

3.1.7. Antes de efetuar o recolhimento da taxa de inscrição o Candidato deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos, conforme Anexo I, para a participação no Processo Seletivo, pois a taxa, uma vez paga, só será restituída em caso de anulação do Processo Seletivo.

3.1.8. A inscrição somente será confirmada após a identificação eletrônica do pagamento (data de pagamento conforme item 3.1.6) da taxa de inscrição.

3.1.9. A partir de 22/01/2014, o Candidato deverá consultar, via Internet, se sua inscrição foi homologada, verificando o local de sua prova.

3.2. Não haverá inscrição condicional ou extemporânea, nem tampouco por correspondência.

3.3. As informações no preenchimento da inscrição só de exclusiva responsabilidade do Candidato.

3.4. O Candidato que fizer declarações falsas ou inexatas, na ficha de inscrição, terá a mesma cancelada e anulados todos os atos dela decorrentes.

3.5. Candidatos que necessitarem de condições especiais para realização da prova, deverá informá-las na ficha de inscrição, para que a COCPE - Comissão de Concursos e Processos Seletivos Externos da FUNTEF-PR, possa verificar sua pertinência.

3.5.1. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização da prova, deverá levar um acompanhante, o qual ficará em sala reservada e será responsável pela guarda da criança.

3.5.2. Os Candidatos abrangidos pelo item 3.5 deverá verificar, a aceitação da solicitação, na confirmação da inscrição, conforme item 3.1.9.

3.5.3. Os candidatos portadores de necessidades especiais que necessitarem de alguma condição especial para fazer a prova, e não informarem devidamente conforme o item 3.5 perderá o direito de exigir tais condições.

3.6. Em hipótese alguma o Candidato poderá prestar prova sem que esteja confirmada a sua inscrição.

3.7. Será disponibilizada no endereço eletrônico www.funtefpr.org.br a íntegra do Edital do Processo Seletivo.

4. DAS PROVAS

4.1. Questões Discursivas:

4.1.1. As provas terá conteúdos de acordo com o grau de escolaridade exigido, relação de conteúdo programático e número de questões de acordo com os quadros do Anexo I deste Edital.

4.1.1.1. Para cada questão discursiva, será analisado o grau de conhecimento do tema demonstrado pelo candidato, a coerência e clareza na exposição das idéias em relação ao conteúdo proposto no Anexo I.

4.1.2. O Candidato deverá transcrever as respostas das questões discursivas, para a Folha de Respostas de forma clara e sem rasura, que serão único documento válido para a correção das mesmas.

4.1.3. Será de inteira responsabilidade do Candidato, cumprir as instruções contidas no caderno de provas.

4.1.4. O preenchimento da Folha de Respostas será de inteira responsabilidade do Candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas neste Edital, no próprio caderno de provas e na própria Folha de Respostas, sendo que em hipótese alguma haverá substituição da Folha de Respostas por erro do candidato.

4.1.5. Será consideradas como não escritas as provas ou trechos de provas que forem ilegíveis ou feitos em grafite.

4.2. Questões Objetivas:

4.2.1. As questões terá conteúdos de acordo com o grau de escolaridade exigido, relação de conteúdo programático e número de questões de acordo com os quadros do Anexo I deste Edital.

4.2.1.1. Para cada questão haverá 05 alternativas, sendo somente uma a correta.

4.2.2. O Candidato deverá assinalar, com a caneta de tinta preta ou azul-escuro, apenas uma resposta para cada questão, de forma clara e sem rasura, que serão único documento válido para a correção das mesmas.

4.2.2.1. Ao assinalar mais de uma resposta ou fazê-las em grafite, a mesma será anulada.

4.2.3. Será de inteira responsabilidade do Candidato, cumprir as instruções contidas no caderno de provas.

4.2.4. O preenchimento será de inteira responsabilidade do Candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas neste Edital, no próprio caderno de provas e na própria Folha de Respostas, sendo que em hipótese alguma haverá a sua substituição por erro do candidato.

5. DA PRESTAÇÃO DAS PROVAS

5.1. A prova será realizada no dia 26 de janeiro de 2014, nos locais indicados previamente na confirmação de inscrição, conforme item 3.1.9 deste Edital.

5.1.1. A prova será realizada no horário das 14h00min ás 17h00min, num total de 3 horas, já incluído o tempo para preenchimento e marcação da Folha de Respostas.

5.1.2. Os portões de acesso aos locais de prova ficará abertos das 13h15min ás 13h45min para a entrada de Candidatos.

5.1.3. Os Candidatos que chegarem após as 13h45min encontrará os portões fechados perdendo o direito de fazer a prova.

5.1.4. O Candidato só poderá entregar a sua Folha de Respostas e retirar-se da sala, depois de decorridos no mínimo 01 hora de seu início.

5.1.5. O horário a ser seguido ao horário oficial de Brasília.

5.2. A prova deverá ser realizada pelo Candidato, não sendo permitida a interferência e/ou participação de outras pessoas.

5.3. Ao terminar a prova, o Candidato deverá entregar ao fiscal da sala, obrigatoriamente, a Folha de Respostas devidamente assinada.

5.4. Para a realização da prova o Candidato deverá portar documento de identificação, caneta esferográfica tinta azul-escuro ou preta, lapiseira ou lápis e borracha.

5.4.1. Não será permitidas consultas bibliográficas, nem a utilização de outros materiais.

5.5. No dia de realização da prova, NÃO será permitido ao Candidato permanecer no local da prova portando armas ou aparelhos eletrônicos (bip, telefone celular, relógio do tipo data bank, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, etc.). Caso contrário, estes deverá ser recolhidos pela Coordenação ou conforme orientações no local. O descumprimento da presente instrução implicará na eliminação do Candidato.

5.6. Não será permitido ao Candidato fumar nos ambientes internos.

5.7. Somente será permitida prestação da prova ao Candidato que exibir o documento oficial de identidade, no original ao adentrar no local de provas e em seguida assinar a lista de presença sob pena de ser considerado ausente.

5.7.1. Caso o original dos documentos abaixo citados tenham sido roubados ou furtados, o Candidato deverá comprovar essa condição por meio de BO (Boletim de Ocorrência) com data de expedição não superior a 30 dias.

5.7.2. Será considerados como documentos oficiais de identidade: Carteiras expedidas pelos Ministérios Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública e pelos Corpos de Bombeiros Militares. Carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores do exercício profissional (Ordens, Conselhos, etc.). Certificado de Reservista, Carteiras Funcionais do Ministério Público e da Magistratura, Carteiras Funcionais expedidas por órgão público que por lei federal valem como identidade. Carteira do Trabalho e Carteira Nacional de Habilitação (modelo novo, com foto).

5.7.3. Havendo alguma dificuldade de identificação, será coletada a impressão datiloscópica do Candidato, como forma de identificação. Caso o Candidato se recuse na coleta, este será desclassificado.

5.8. NÃO será permitido durante a realização das provas, ausentar-se do recinto, a não ser em casos especiais, e acompanhado por um membro da equipe de aplicação da Prova.

5.9. Não será aplicadas provas em hipótese alguma, fora do espaço físico ou dos horários predeterminados neste Edital e comunicados através do site do Processo Seletivo.

5.10. É de responsabilidade exclusiva do Candidato a identificação correta do seu local de realização das provas e o comparecimento no horário determinado.

5.11. Não haverá segunda chamada para as provas, importando a ausência do Candidato na sua eliminação sumária do Processo Seletivo.

5.12. Os pertences pessoais, deverá ser guardados sob a carteira, inclusive aparelhos celulares, que deverá permanecer desligados durante todo o período de permanência dos candidatos em sala.

5.13. Terá sua prova anulada e será automaticamente eliminado do Processo Seletivo o Candidato que, durante a realização da prova:

5.13.1. For surpreendido dando ou recebendo auxílio para a execução de qualquer prova.

5.13.2. Descumprir o item 5.5 e 5.6.

5.13.3. Faltar com a devida urbanidade para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, com as autoridades presentes e/ou com os Candidatos.

5.13.4. Recusar-se a entregar a Folha de Respostas ao término do tempo destinado para sua realização.

5.13.5. Afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal.

5.13.6. Descumprir as instruções contidas neste Edital e na Folha de Respostas.

5.13.7. Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.

5.13.8. Utilizar ou tentar usar meios fraudulentos para obter aprovação própria ou de terceiros no Processo Seletivo.

5.13.9. Se, a qualquer tempo, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o Candidato utilizado processos ilícitos ou apresentado declaração falsa ou inexata, quanto a aspecto relevante á sua participação no Processo Seletivo, sua prova será anulada e ele será automaticamente eliminado.

6. DOS RECURSOS

6.1. O candidato que desejar interpor recurso ás questões objetivas, deverá fazê-los nos dias 27 e 28/01/2014.

6.2. O candidato que desejar interpor recurso ás questões discursivas, deverá fazê-los nos dias 10 e 11/02/2014.

6.3. O recurso deverá ser formalizado, devidamente fundamentado, mediante requerimento eletrônico específico que estará disponível na internet, www.funtefpr.org.br no link específico para este Teste Seletivo.

7. DOS CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

7.1. Será considerados aprovados os candidatos que atingirem a nota final igual ou superior a 50 (cinquenta) pontos.

7.2. As questões discursivas tem peso 6 (seis) na composição da nota final e será avaliadas na escala de 0 (zero) a 10 (dez) pontos, cada uma.

7.3. As questões objetivas tem peso 4 (quatro) na composição da nota final e valem 10 (dez) pontos, cada uma.

7.4. A última etapa do Processo Seletivo se constitui de exames médicos, aos quais, o candidato será submetido após a convocação e aceitação da vaga, sendo esta também de caráter eliminatório.

7.5. Os exames médicos têm a finalidade de verificar as condições físicas necessárias ao desempenho das funções do cargo postulado.

8. CRITÉRIOS DE DESEMPATE

8.1. Maior de 60 anos, conforme Estatuto do Idoso;

8.2. Maior nota nas questões discursivas;

8.3. Maior nota nas questões objetivas;

8.4. Maior Idade, sendo considerado ano, mês, dia e hora.

9. DOS RESULTADOS

9.1. O gabarito provisório das questões objetivas será divulgado dia 26/01/2014 á partir das 20h (vinte), na Internet, no mesmo endereço eletrônico do Processo Seletivo.

9.2. O gabarito definitivo das questões objetivas será divulgado dia 05/02/2014 á partir das 14h (quatorze), na Internet, no mesmo endereço eletrônico do Processo Seletivo.

9.3. O resultado das questões discursivas será divulgado dia 07/02/2014 á partir das 14h (quatorze), na Internet, no mesmo endereço eletrônico do Processo Seletivo.

9.4. A classificação Final do Processo Seletivo será divulgada, até o dia 17/02/2014, na Internet, no mesmo endereço eletrônico do Processo Seletivo, não se admitindo recurso desse resultado.

9.5. A publicação de que trata o sub-item anterior contemplará a lista geral de todos os candidatos obedecida a ordem de classificação.

10. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

10.1. Não será fornecidos atestados, certificados ou certidões relativos á classificação ou notas de candidatos, valendo para tal fim os resultados publicados no endereço eletrônico do Processo Seletivo, www.funtefpr.org.br

10.2. O Processo Seletivo terá validade de 01 (um) ano a contar da data de homologação do resultado final do Processo Seletivo, podendo ser prorrogado por igual período, desde que haja interesse por parte da FUNTEF-PR, na forma do disposto no inciso III do art. 37 da Constituição Federal.

10.3. A inscrição do Candidato importa no conhecimento e aceitação das condições previstas para o Processo Seletivo, tais como se acham estabelecidas neste Edital.

10.4. Não será fornecidas por telefone, informações a respeito de datas, de locais e de horário de aplicação das provas, sendo estas informações retiradas somente do Edital ou do endereço eletrônico do Processo Seletivo.

10.5. Será mantidos pelo prazo de 02 (dois) anos, inexistente ação pendente, apenas o cadastro efetivado pela internet, a Folha de Respostas e os demais papeis será incinerados.

10.6. Os casos omissos deste Edital será resolvidos pela COCPE - Comissão de Concursos e Processos Seletivos Externos da FUNTEF-PR.

10.7. A qualquer tempo, poder-se-á anular a inscrição, prova ou tornar sem efeito a nomeação de candidato, desde que verificadas falsidades ou inexatidões de declarações ou irregularidades na inscrição, nas provas ou nos documentos.

10.8. Os itens deste edital poderá sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, até a data da convocação dos candidatos para a prova correspondente, circunstância que será mencionada em edital ou aviso a ser publicado.

Curitiba, 18 de dezembro de 2013

José Sollak
Diretor Executivo - FUNTEF-PR

ANEXO I

Edital de Processo Seletivo Nº 001/2013

TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 30,00

1. Técnico de Nível Médio

Salário inicial: R$ 2.026,00 + Benefícios (auxílio alimentação, vale-transporte). Carga horária semanal: 20h (vinte).

1.1 Laboratorista - (01 vaga)

Requisitos: Nível Médio Completo. Curso Técnico em Química ou Mecânica. Conhecimentos em planejamento, coordenação e execução de processos laboratoriais, realização de amostragens, em análises químicas e físico-químicas.

Atividades: Planejamento de atividades de laboratório. Formulação de amostras de fluidos. Realização de testes e análises químicas e físico-químicas. Execução de testes laboratoriais. Controle de processos laboratoriais.

Programa:

1) Planejamento de Testes e Análises Químicas

2) Formulação de Amostras de Fluidos para Análises Físico-químicas

3) Princípios de Análise Instrumental

4) Conceitos Básicos sobre Escoamento de Fluidos Em Tubos

Bibliografia:

1. FONSECA, Martha Reis Marques da. Completamente Química: físico-química. vol. 1, 2 e 3. Sá Paulo, Editora FTD, 2001.

2. USBERCO, Joá; SALVADOR, Edgard. Química, 6 ed. Sá Paulo: Editora Saraiva, 1999.

3. RUSSEL, John Blair. Química geral. 2. ed. Vol 1 e 2. Sá Paulo, SP: Makron Books, 1994-2008.

4. JEFFERY, G. H., BASSET, J., MENDHAM, J., DENNEY, R. C., VOGEL. Análise Química Quantitativa, 5ª ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2002.

5. VOGEL, Arthur Israel. Análise química quantitativa. 5. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 1992.

6. SKOOG, Douglas A.; HOLLER, F. James; NIEMAN, Timothy A.. Princípios de Análise Instrumental. 5. ed. Porto Alegre: Editora Bookman, 2002.

7. SOLOMONS, T. W. Graham; e FRYHLE, Craig. B.; JOHNSON, Robert G. Química Orgânica: guia de estudo e manual de soluções para acompanhar, Vol. 1 e 2, 9ª ed. Rio de Janeiro, RJ; LTC, 2009.

8. FOUST, Alan S. et al. Princípios das Operações Unitrias. 2 ed. Rio de Janeiro: LTC, 1982.

9. SCHIOZER, Dayr. Mecânica dos Fluidos. 2. Ed. Rio de Janeiro: LTC- Livros Técnicos e Científicos, 1996.

1.2 Técnico em Mecânica - (Cadastro de Reserva)

Requisitos: Nível Médio Completo. Curso Técnico em Mecânica.

Atividades: Confecção de peças que requeira medição, usinagem e solda. Montagem e instalação de equipamentos.

Programa:

1) Processo de soldagem a arco elétrico com proteção de escória com eletrodos revestidos.

2) Processo de soldagem a arco elétrico com proteção de escória com arco submerso.

3) Processo de soldagem a arco elétrico com proteção de escória com eletrodo tubular.

4) Processo de soldagem a arco elétrico com proteção de gases e eletrodo não consumível (TIG).

5) Processo de soldagem a arco elétrico com proteção de gases e eletrodo consumível (MIG/MAG).

6) Processo de soldagem por resistência elétrica.

7) Geometria das ferramentas

8) Materiais para ferramentas de corte

9) Usinabilidade dos metais

10) Fluidos de corte

11) Torneamento, Furação, Fresamento

12) Usinagem com ferramentas de geometria não definida

13) Retificação

14) Processos não convencionais

15) Critérios de Seleção de Instrumentos de Medição;

16) Principais fontes de erros de medição;

17) Técnicas de medição dimensional (com instrumentos de medida: Paquímetros, Micrômetros, Relógio Comparador, Relógio Apalpador, Blocos Poderá, Goniômetros).

Bibliografia:

1) WAINER, E. Soldagem Processos e Metalurgia, Sá Paulo, Edgar Blucher, 1992..

2) MARQUES, P. V. Soldagem - Fundamentos e Tecnologia - 3ª Ed.

3) Welding Handbook Volume 3, Welding Processes, AWS, 2007.

4) STEMMER, C. E., Ferramentas de corte volume 1 e 2, Editora da UFSC.

5) DINIZ, A. E., MARCONDES, F. C., COPPINI, Nº L., Tecnologia da Usinagem dos Metais. Artiliber Editora, Sá Paulo, 4º edição, 2003,

6) LIRA, F. A. Metrologia na Indústria. 8ª Edição, Sá Paulo: Editora Érica, 2009.

7) ALBERTAZZI, A.; SOUSA, A. R., Fundamentos de Metrologia Científica e Industrial. Sá Paulo: Editora Manole, 2008.

8) NAKASHIMA, P., PARADINHA, A. S., SECCO, A., VIEIRA, E., GORDO, N., Apostila Instrumentos de Medição - Tele curso 2000.

2. CONFIGURAÇÃO DE ETAPAS E PESOS:

ETAPAS

PROVAS

PESOS

TIPO

Nº QUESTÕES

Específica

6

Classificatória e Eliminatória

05 (Discursivas)

Específica

4

05 (Objetivas)

Exame Médico Admissional

Eliminatória