Concursos no Estado do Rio de Janeiro oferecem seis mil vagas em 2011

Terça-feira, 24 de maio de 2011

Concursos no Estado do Rio de Janeiro oferecem seis mil vagas em 2011

Segurança e Educação são as áreas mais contempladas. Secretaria de Planejamento fará terceiro concurso para gestor público com 80 vagas:

A Lei do Orçamento para 2011 prevê a abertura de seis mil vagas no estado, das quais 3.484 já autorizadas para concursos que serão realizados este ano. Além disso, serão nomeados 10.904 servidores de concursos de 2010. Para o secretário de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy Barbosa, a política de realização de Concursos Públicos, adotada desde o primeiro mandato do governador Sérgio Cabral, ajudou a construir um estado mais moderno e eficiente.

  • Tudo foi pensado para modernizar a administração do Estado do Rio de Janeiro que, posso garantir, está dando um salto de 30 anos através do uso intensivo da tecnologia da informação, da valorização e da renovação do seu quadro de pessoal e do respeito pelos aposentados e pensionistas, que acompanharam a mesma revisão remuneratória oferecida aos servidores ativos - disse o secretário.

De 2007 a 2010, o estado do Rio de Janeiro abriu 57.963 vagas. No primeiro ano da primeira gestão, foram abertas 2.175 vagas.

  • O governo estadual vem realizando, desde 2007, uma política de valorização do servidor, com a renovação da força de trabalho através da realização de concursos públicos todos os anos. Essa valorização também vem acontecendo com a política remuneratória, que concedeu melhorias salariais e planos de cargos e salários para diversas categorias - afirmou o secretário.

Na Segurança Pública, está prevista a contratação de 7 mil Policiais Militares, 544 Civis, 300 Inspetores e 50 Delegados. Na Educação, serão 4.362 Professores da Secretaria de Educação, 940 Professores e 209 Servidores de apoio da Faetec, 26 Professores e 37 Servidores de apoio da Uenf.

Outros setores também serão contemplados. Na Secretaria de Fazenda, serão 330 Servidores, sendo 100 Auditores Fiscais, 100 para o Controle Interno, 100 Oficiais de Fazenda e 30 Analistas de Finanças. Para a carreira de Gestor Público, haverá mais 80 contratações na Secretaria de Planejamento e Gestão, 40 na Secretaria de Saúde e 14 no Rioprevidência, que também fará concurso para 40 Assistentes.

  • Na área jurídica, vamos fazer concurso para 32 Procuradores, nomear 50 Defensores Públicos e mais 400 Servidores de Apoio da Defensoria Pública. O DRM (Serviço Geológico do Rio de Janeiro) vai abrir 16 vagas. Vamos nomear os 400 Técnicos do Detran, aprovados no primeiro Concurso do órgão. O Procon também realizará sua primeira seleção, com 181 vagas - informou Sérgio Ruy.

Concurso para gestor atrai talentos para ajudar o Estado a modernizar gestão

De acordo com Sérgio Ruy, o primeiro concurso para a carreira de gestor público foi realizado pela Secretaria de Planejamento em 2009. Uma segunda seleção aconteceu em 2010 e todos os anos serão realizados concursos. Este ano, serão abertas mais 80 vagas. Outros órgãos também estão realizando concursos semelhantes, como o Rioprevidência e as Secretarias de Fazenda e de Saúde.

  • Os novos gestores estão sendo fundamentais para construir esse perfil moderno e eficiente da Administração Pública. São carreiras que exigem nível superior em qualquer área e quanto mais ampla for a gama de conhecimento do candidato, tanto melhor - afirmou.

Sangue novo e vitalidade na administração pública

Formada em Direito, Vanessa Nunes Lopes, de 25 anos, é especialista em políticas e gestão governamental. Ela prestou concurso em 2009, concorrendo com 5 mil candidatos às 60 vagas oferecidas (40 para Especialista e 20 para Analista de Orçamento). A possibilidade de trabalhar em algo que tivesse impacto direto na vida do cidadão foi o que motivou Vanessa a prestar o concurso:

  • Achei que tinha uma proposta mais dinâmica. A sensação que tive, ao ler o edital, era de que ia trabalhar em um projeto que fosse produzir efeitos mais imediatos na vida do cidadão - explicou.

Segundo Vanessa, ela e os novos servidores aprovados nos concursos de 2009 e 2010 estão conseguindo mudar a cara da gestão no Estado.

  • Estamos conseguindo implantar técnicas mais modernas. Fazer arquivo de documentação, de memória, para que as políticas tenham mais continuidade. Elas precisavam de um tratamento mais contínuo para que os resultados começassem a aparecer de fato - ressaltou.

Entre os feitos dos novos gestores, Vanessa ressaltou a elaboração da Lei. 5572, que contemplou mais de cinco mil servidores de diversas carreiras.

  • Conseguimos atualizar os vencimentos de todos os servidores, estabelecer gratificação por desempenho, adicional por qualificação. Foi nosso principal êxito. O trabalho abrangeu 13 secretarias da administração direta, agrupando todos os cargos que eram de uma estrutura muito antiga e fez um plano único - destacou.

Mais informações através do endereço eletrônico www.rj.gov.br.

Links

Compartilhar:

Twitter Facebook Delicious Google Bookmarks

Destaques:

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231