Concurso para Delegado da Polícia Federal foi suspenso temporariamente

Sexta-feira, 13 de julho de 2012

Concurso para Delegado da Polícia Federal foi suspenso temporariamente

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), em atenção à decisão liminar proferida pelo Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) nos autos da Reclamação nº. 14.145, comunica que o concurso público para provimento de vagas no cargo Delegado de Polícia Federal está temporariamente suspenso e que novas informações referentes às datas serão divulgadas no endereço eletrônico www.cespe.unb.br em data oportuna.

De acordo com notícia publicada na última quinta-feira, 12, na página eletrônica www.stf.jus.br, a suspensão temporária se deve a decisão liminar do STF de que houve descumprimento do Recurso Extraordinário (RE) 676335, no qual há a obrigatoriedade de reserva de vagas para pessoas com deficiência.

Para mais informações consulte o edital completo e suas alterações.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Publicada retificação do concurso para Delegado da Polícia Federal

Fica esclarecido que a prova oral terá duração de 20 minutos para a arguição do candidato.

Para mais informações consulte o edital completo e suas alterações.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

150 vagas para Delegado em concurso da Polícia Federal

A partir do próximo dia 18 de junho, profissionais da área de Direito interessados em concorrer a 150 vagas ofertadas ao cargo de Delegado da Polícia Federal poderão realizar inscrições no concurso público 011/2012.

De acordo com informações contidas no edital de abertura, publicado no Diário Oficial da União de segunda-feira, 11, constam como vantagens da função o salário de R$ 13.368,68 mensal e a jornada de trabalho de 40h semanais.

Entre as atividades a serem desenvolvidas pelos contratados estão a instauração de procedimentos de investigação, orientação e comando; supervisão e execução de missões de caráter sigiloso; participação na execução de medidas de segurança orgânica, entre outras.

Segundo a empresa responsável pelo concurso, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), os participantes do certame serão submetidos inicialmente, a sete fases de avaliação, sendo elas prova objetiva; discursiva; exame de aptidão física; exame médico; avaliação psicológica; prova oral e avaliação de títulos. Na sequência, os aprovados passarão por investigação social e/ou funcional, podendo também, passar por exame antidrogas, no decorrer de todo o concurso. Por fim, os habilitados na fase anterior serão matriculados no curso de Formação Profissional.

Para fazer parte da concorrência, o interessado deverá se inscrever de 18 de junho a 9 de julho pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br, com limite das 23h59 no último dia e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 150,00, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), disponível no site de inscrição. Aos que não dispuserem de acesso à internet serão disponibilizados terminais de atendimento em todas as capitais dos Estados (conferir endereços no edital completo - item 4.3).

Detalhamento das etapas

  • Prova objetiva - 120 questões de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Previdenciário, Direito Financeiro e Tributário, Direito Internacional Público e Direito Empresarial - prevista para o dia 19 de agosto, na parte da manhã, em todas as capitais e no Distrito Federal;
  • Prova discursiva - três questões dissertativas e uma peça profissional sobre Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Administrativo - prevista para o dia 19 de agosto, no período da tarde, em todas as capitais e no Distrito Federal;
  • Ambas serão realizadas em locais e horários a serem divulgados em 9 de agosto, pela página eletrônica do certame.
  • Exame de aptidão física - teste em barra fixa, teste de impulsão horizontal, corrida de 12 minutos e natação 50 metros - 13 e 14 de outubro;
  • Exame médico - avaliação médica, exames laboratoriais e complementares - 21 de outubro;
  • Avaliação psicológica - composta por testes de capacidade de concentração e atenção; tipos de raciocínio; controle emocional (emotividade, segurança, estabilidade emocional, extroversão, vulnerabilidade, entre outros); relacionamento interpessoal (confiança, altruísmo, ponderação, assertividade, complacência, entre outros); capacidade de memória; características de personalidade (senso de dever, autodisciplina, ordem, dinamismo, persistência, entre outros) - 2 de dezembro;
  • Prova oral - arguição sobre Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Administrativo - 24, 25 e 26 de novembro;
  • Avaliação de títulos - diplomas de pós-graduação, mestrado e doutorado em Direito; exercício no cargo de Delegado de Polícia e exercício em cargo público de natureza policial - 3 e 4 de dezembro;
  • Investigação social - âmbitos social, funcional, civil e criminal;
  • Curso de Formação Profissional - Academia Nacional de Polícia, em Brasília (DF) em regime de internato - 4 de fevereiro a 21 de junho de 2013, com início as 7h30 de segunda-feira e término as 18h de sábado.

Para conferir mais detalhes sobre o concurso basta conferir o edital completo.

Fonte: www.in.gov.br.

Jornalista: Iara Valiente

Links

Compartilhar:

Twitter Facebook Delicious Google Bookmarks

Destaques:

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231