2.313 vagas para Investigador e Escrivão da Polícia Civil - SP

Segunda-feira, 22 de setembro de 2008

2.313 vagas para Investigador e Escrivão da Polícia Civil - SP

A Academia de Polícia "Dr. Coriolano Nogueira Cobra", abre inscrições para o Concurso Público de Provas para ingresso na classe inicial da série de classes da carreira de Escrivão de Polícia - EP 1/2008 e Investigador de Polícia - IP 1/2008, da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Sobre as inscrições:

  • O preenchimento do requerimento de inscrição será realizado exclusivamente pela Internet, através do endereço eletrônico do Banco Nossa Caixa S.A. www.nossacaixa.com.br, ou "link" existente na página da Polícia Civil do Estado de São Paulo www.policiacivil.sp.gov.br, a partir da 0h00 do dia 22 de setembro de 2008 até às 16h00 do dia 3 de outubro de 2008, considerando-se o horário oficial de Brasília.
  • De acordo com a Lei nº 12.782/07, haverá redução do valor da taxa de inscrição, ao candidato que seja estudante regularmente matriculado, e perceber remuneração mensal inferior a dois salários mínimos, ou estar desempregado. Os documentos para a comprovação do atendimento aos requisitos, deverão ser entregues à Secretaria de Concursos Públicos, à Praça Professor Reynaldo Porchat, nº 219, Cidade Universitária, São Paulo-SP, CEP-05.508-100, ala 13, térreo, "Setor de Recepção de Documentos", pessoalmente ou por procurador, nos dias úteis, das 9h00 às 18h00, até o dia 10 de outubro de 2008, ou, ainda, pelos Correios, via "sedex" ou "aviso de recebimento", com postagem, igualmente, até o dia 10 de outubro de 2008. Deverá constar no envelope referência ao concurso: "EP 1/2008" ou "IP 1/2008".

O valor da taxa de inscrição será de R$ 32,74 para ambos cargos, e deverá ser efetuado até o último dia das inscrições.

Os cargos oferecidos são os seguintes:

  • Nível Médio: Investigador de Polícia (1.449), Escrivão de Polícia (864).

Os cargos terão vencimentos a partir de R$ 1.729,82 podendo chegar a R$ 2.324,82, correspondentes à soma dos valores do salário base, da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial, do Adicional de Insalubridade, do Adicional de Local de Exercício e da Ajuda de Custo Alimentação, baseando-se na quantidade de habitantes existentes na cidade onde irá servir.

Sobre a realização das Provas:

O concurso será realizado em três fases sucessivas e eliminatórias, sendo:

a - Prova Preambular: questões objetivas de múltipla escolha;

b - Prova Escrita: dissertação e questões objetivas; e

c - Prova Oral.

  • A Prova Preambular terá a duração de 4 horas, devendo o candidato permanecer no local de sua aplicação nas primeiras 3 horas, sob pena de desligamento do concurso. Serão submetidos à fase subseqüente - Prova Escrita - os candidatos aprovados, em número de quatro vezes o de vagas postas em disputa.
  • Os candidatos aprovados na Prova Escrita serão convocados para participarem dos Testes de Aptidões Psicológica e Física - TAP e TAF, não eliminatórios e não classificatórios. O TAP será realizado pela Seção de Psicotécnica da Academia de Polícia e consistirá na aplicação de instrumentos e técnicas psicológicas voltadas à verificação de prognóstico do desempenho das atividades relativas ao cargo pretendido.

Todas as convocações serão feitas por editais publicados no Diário Oficial do Estado (www.imesp.com.br), não havendo, por conseguinte, comunicações individuais e postadas para os endereços oferecidos pelos candidatos.

Os candidatos nomeados e empossados serão admitidos para o Curso de Formação Técnico-Profissional de acordo com o Regulamento da Academia de Polícia.
O prazo de validade de concurso é de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Links

Compartilhar:

Twitter Facebook Orkut Delicious Google Bookmarks

Veja também:

Destaques:

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231