UFU - Universidade Federal de Uberlândia - MG

CONCURSO PÚBLICO PARA TÉCNICO-ADMINISTRATIVO

TABELA DE CARGOS / REMUNERAÇÃO

CARGOSN° VAGASCLASSETAXA INSCRIÇÃOREMUNERAÇÃOCARGA HORÁRIA
Auxiliar de Enfermagem16

C

R$ 24,00R$ 943,40

40 hs

Técnico em Contabilidade02

D

R$ 27,00R$ 1093,66

40 hs

Técnico em Eletro- eletrônica02

D

R$ 27,00R$ 1093,66

40 hs

Técnico em Enfermagem10

D

R$ 27,00R$ 1093,66

40 hs

Técnico Laboratório / Análises Clínicas04

D

R$ 27,00R$ 1093,66

40 hs

Técnico Laboratório / Analise da Qualidade Ambiental do Solo01

D

R$ 27,00R$ 1093,66

40 hs

Técnico Laboratório / Histologia01

D

R$ 27,00R$ 1093,66

40 hs

Técnico de Tecnologia da Informação01

D

R$ 27,00R$ 1093,66

40 hs

Técnico de Radiologia03

D

R$ 27,00R$ 1093,66

24 hs

Assistente Social05

E

R$ 32,00R$ 1267,85

40 hs

Nutricionista02

E

R$ 32,00R$ 1267,85

40 hs

Odontólogo01

E

R$ 32,00R$ 1267,85

30 hs

Ortoptista01

E

R$ 32,00R$ 1267,85

40 hs

Técnico em Assuntos Educacionais01

E

R$ 32,00R$ 1267,85

40 hs

EDITAL Nº. 20/2005

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto na Portaria do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MPOG nº. 121 de 07/06/05, publicada no D.O.U. de 08/06/05 e na Portaria do Ministério da Educação MEC nº. 2.557 de 15/07/05, publicada no D.O.U. de 19/07/05, torna público que estarão abertas as inscrições ao Concurso Público destinado ao provimento de cargos das Classes C, D e E, da carreira de Técnico-Administrativo, conforme os quadros dos Anexos I e II deste Edital, observados os termos da Lei n° 8.112, de 11 de dezembro de 1990, do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, aprovado pela Lei n° 11.091 de 12 de janeiro de 2005, da Portaria do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MPOG nº. 450 de 07/11/2002, das disposições do Estatuto e do Regimento Geral da Universidade e da legislação pertinente e complementar, mediante as normas e condições contidas neste Edital.

01. DA INSCRIÇÃO

1.1. Forma de inscrição: por meio da Internet, no endereço eletrônico www.ingresso.ufu.br/concurso.

1.2. O candidato que não possuir acesso a Internet poderá realizar sua inscrição no seguinte endereço: Avenida João Naves de Ávila s/nº, Campus Santa Mônica, Bloco 1A, sala COPEV, no período de 03 a 07 de outubro de 2005 e dia 10 de outubro de 2005, no horário de 8h as 1 2h e das 1 3h às 1 7h.

1.2.1. A Universidade não se responsabiliza por pedido de inscrição via Internet, não recebido por defeitos de ordem técnica que prejudiquem os computadores ou impossibilitem a transferência dos dados, falhas de comunicação ou congestionamento das linhas de comunicação.

1.2.2. O candidato que não se inscrever por intermédio da Internet, poderá fazê-lo, pessoalmente ou por meio de procuração específica para esse fim, sendo necessário anexar o respectivo Termo de Procuração, não sendo exigido o reconhecimento de firma, cópia legível de documento of icial de identidade - do procurador e do candidato - dispensada a autenticação. Nesta hipótese, o candidato assumirá as conseqüências de eventuais erros do seu procurador.

1.3. Horário das inscrições: Pela Internet, a qualquer hora do dia ou da noite, no período de 03 a 10 de outubro de 2005.

1.4. Valor da inscrição e seu pagamento: O valor da inscrição para cada cargo está disponível no quadro do Anexo I, do presente Edital, devendo o pagamento ser realizado no período de 03 a 11 de outubro de 2005 na rede bancária.

1.4.1. Não será permitida a transferência do valor pago como taxa de inscrição para outra pessoa, assim como a transferência da inscrição para pessoa diferente daquela que a realizou.

1.4.2. Não serão aceitas inscrições condicionais, via fax, via correio eletrônico ou fora do prazo.

1.4.3. A inscrição do candidato implica no conhecimento tácito e aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital e em seus Anexos, das quais não poderá alegar desconhecimento.

1.4.4. O candidato de baixa condição socioeconômica que necessitar de redução da taxa de inscrição do Concurso, conforme Resolução n° 03/97, do Conselho Diretor da UFU, deverá procurar a Divisão de Assistência ao Estudante - DIASE, situada na Rua Duque de Caxias n° 285, nos dias 19 a 22 de setembro de 2005, das 8h30min às 17h30min, portando a Carteira de Identidade, para marcação da solicitação de redução da taxa de inscrição e recebimento das orientações necessárias para o processo de análise socioeconômica.

1.5. Procedimentos para a inscrição: O candidato deverá acessar o endereço eletrônico www.ingresso.ufu.br/concurso e seguir rigorosamente todas as instruções nele contidas, as quais fazem parte deste Edital, como se nele estivessem integralmente transcritas. Neste endereço o candidato encontrará o Edital, o requerimento de inscrição, o boleto bancário em forma de arquivo eletrônico, o programa de provas e sugestão bibliográfica, observado o seguinte:

1.5.1. O pagamento deverá ser realizado na rede bancária.

1.5.2. O requerimento de inscrição deve ser preenchido por inteiro e com toda atenção, de modo que dele constem informações exatas e verídicas, sob pena de cancelamento da inscrição.

1.5.3. O preenchimento do CPF é obrigatório.

1.5.4. Realizada a inscrição, não serão permitidas alterações.

1.5.5. O candidato deverá optar por um único cargo e respectiva área, de acordo com o disposto nos Anexos I e II.

1.6. Comprovante definitivo de inscrição: estará disponível na Internet para todos os candidatos, a partir de 17 de outubro de 2005, no endereço eletrônico www.ingresso.ufu.br/concurso.

1.6.1. O candidato que não tenha acesso à Internet deverá procurar o comprovante definitivo de inscrição no seguinte endereço: Avenida João Naves de Ávila s/nº, Campus Santa Mônica, Bloco 1A, sala COPEV, a partir de 17 de outubro de 2005.

1.7. Requisitos básicos para a inscrição:

a) ter idade mínima de 18 anos completos até a data do encerramento das inscrições;

b) conhecer e estar de acordo com as exigências contidas no presente Edital. 1.7.1. Antes de efetuar a inscrição e/ou o pagamento da taxa, o candidato deverá tomar conhecimento do disposto neste Edital e em seus Anexos e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para investidura no cargo que pretender.

1.7.2. Em hipótese alguma a taxa de inscrição será devolvida.

1.8. Participação de candidato portador de deficiência: Ao candidato portador de deficiência é assegurado o direito de se inscrever no concurso, desde que as atribuições do cargo pretendido sejam compatíveis com a deficiência de que o candidato é portador.

1.8.1. São reservadas 10% (dez por cento) das vagas oferecidas para cada cargo ou especialidade, para portadores de deficiência, de acordo com o disposto no art. 5°, § 2°, da Lei n° 8.112/1990 e o que dispõe o Decreto n° 3.298, de 20 de dezembro de 1999.

1.8.2. Não se aplica o disposto no subitem anterior aos cargos para os quais o número de vagas seja inferior a 10 (dez).

1.8.3. No ato da inscrição, o candidato deverá informar a deficiência da qual é portador e se necessita de condições especiais para realização das provas.

1.8.4. Na hipótese de aprovação do candidato deficiente, este será submetido à Junta Médica Oficial da UFU, a qual irá atestar se sua deficiência se enquadra nos requisitos que o autorizaram a concorrer às vagas reservadas.

1.8.5. Caso a Junta Médica Oficial da UFU reconheça incompatibilidade entre a deficiência e o cargo a ser ocupado, o candidato não será considerado apto à nomeação.

1.8.6. O candidato convocado deverá comparecer à perícia médica munido de laudo médico que ateste o tipo de deficiência em que se enquadra, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID). Somente serão consideradas como pessoas portadoras de deficiência, aquelas que se enquadrarem nas categorias constantes do Art. 4° do Decreto n°3298/99.

1.8.7. Não serão considerados como deficiência visual os distúrbios de acuidade visual, passíveis de correção.

1.8.8. A publicação do resultado final do concurso será feita em duas listas, contendo na primeira, a classificação de todos os candidatos, inclusive a dos portadores de deficiência, e outra lista, somente com a classificação destes últimos.

1.8.9. As vagas definidas para os deficientes que não forem providas por falta de candidatos, por reprovação no concurso ou na perícia médica, serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem sequencial de classificação para os cargos pertinentes.

02. DAS FASES DO CONCURSO.

2.1. Para os cargos da Classe E (Assistente Social, Nutricionista, Odontólogo, Ortoptista e Técnico em Assuntos Educacionais), o concurso consistirá de duas fases:

2.2. A primeira fase, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de uma prova objetiva de múltipla escolha e de uma redação.

2.2.1. A primeira fase terá peso 06 (seis).

2.2.2. A prova objetiva consistirá de 25 (vinte cinco) questões objetivas, das quais 05 (cinco) de Língua Portuguesa, 05 (cinco) de Conhecimentos em Políticas Públicas de Saúde, 15 (quinze) de Conhecimentos Específicos. Cada questão objetiva constará de 4 (quatro) alternativas, das quais apenas uma deve ser assinalada, respeitando-se o enunciado. Cada questão de Conhecimentos Específicos valerá 4,0 (quatro) pontos, Conhecimentos em Políticas Públicas de Saúde 3,0 (três) pontos e Língua Portuguesa 2,0 (dois) pontos.

2.2.3. A prova de Redação valerá 15(quinze) pontos e consistirá na produção de um texto curto, de, no mínimo, 10 linhas, de um dos seguintes gêneros: história, relato, carta formal e informal, reportagem, texto de opinião. A folha de redação possui 15 linhas, espaçadas de 0,6 cm, e seu comprimento é de 21 cm. Será atribuída nota zero ao candidato que elaborar sua redação com menos de 10 linhas ou se na folha constar assinaturas, recados ou quaisquer sinais estranhos que, de alguma forma, indiquem sua possível identificação.

2.2.4. Serão atribuídos para a primeira fase 100 (cem) pontos.

2.3. A segunda fase consistirá na apresentação de títulos, e terá caráter classificatório, com peso 04 (quatro), visando valorar o conhecimento do candidato em função do grau de instrução adicional que o mesmo possui e sua experiência profissional, além da exigência como pré-requisito.

2.3.1. Destina-se apenas aos candidatos aprovados na primeira etapa.

2.3.2. A pontuação será atribuída conforme tabela de valorização de títulos constante no Anexo III deste Edital.

2.3.3.Os títulos deverão ser apresentados na mesma ordem da tabela de valorização (Anexo III).

2.3.4.Os títulos somente serão pontuados quando comprovados documentalmente com as cópias, acompanhadas dos originais.

2.3.5. O candidato que não apresentar títulos nesta segunda fase receberá nota zero, mas não será eliminado do concurso, por tratar-se de fase simplesmente classificatória.

2.4. Para os cargos das Classes C e D (Auxiliar de Enfermagem, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem, Técnico em Eletroeletrônica, Técnico de Laboratório/área, Técnico em Radiologia e Técnico de Tecnologia da Informação), o concurso consistirá de duas fases.

2.5. A primeira fase, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de uma prova objetiva de múltipla escolha e de uma redação.

2.5.1. A primeira fase terá peso 06 (seis).

2.5.2. A prova objetiva constará de 25 (vinte cinco) questões de múltipla escolha, das quais 05 (cinco) da Língua Portuguesa, 05 (cinco) de Conhecimentos em Políticas Públicas de Saúde e 15 (quinze) de Conhecimentos Específicos. Cada questão objetiva constará de 4 (quatro) alternativas, das quais apenas uma será correta. Cada questão de Conhecimentos Específicos valerá 4,0 (quatro) pontos, Conhecimentos em Políticas Públicas de Saúde 3,0 (três) pontos e Língua Portuguesa 2,0 (dois) pontos.

2.5.3. A prova de redação será do tipo gênero discursivo e valerá 15(quinze) pontos, e consistirá na produção de um texto curto, de, no mínimo, 10 linhas, de um dos seguintes gêneros: história, relato, carta formal e informal, reportagem, texto de opinião. A folha de redação possui 15 linhas, espaçadas de 0,6 cm, e seu comprimento é de 21 cm. Será atribuída nota zero ao candidato que elaborar sua redação com menos de 10 (dez) linhas, ou se na folha constar assinaturas, recados ou quaisquer sinais estranhos que, de alguma forma, indiquem sua possível identificação.

2.5.4. Serão atribuídos para a primeira fase 100 (cem) pontos.

2.6. A segunda fase consistirá de análise da experiência profissional de cada candidato e terá caráter classificatório, com peso 04 (quatro), e destina-se, apenas, aos candidatos aprovados na primeira fase.

2.6.1. A pontuação será atribuída conforme tabela de valorização profissional constante no Anexo III deste Edital, devendo os documentos serem apresentados na mesma ordem que constam no Anexo III.

2.6.2. A experiência profissional somente será pontuada quando comprovada documentalmente com as cópias acompanhadas dos originais.

2.6.3. O candidato que não apresentar o comprovante de experiência profissional receberá nota zero, mas não será eliminado do concurso, por tratar-se de fase simplesmente classificatória.

2.7. A primeira fase para todos os cargos será realizada no dia 06/11/2005.

2.7.1. O horário e o local onde serão realizadas as provas estarão disponíveis a partir do dia 17/10/2005, no site www.ingresso.ufu.br/concurso juntamente com o comprovante de inscrição.

2.7.2. É de exclusiva responsabilidade do candidato, verificar a confirmação do local de prova.

2.8. O candidato deverá comparecer ao local designado para a prova 30 (trinta) minutos antes do horário previsto para o início das provas, munido de comprovante de inscrição e documento de identidade original.

2.8.1. Serão considerados documentos de identidade: Carteiras expedidas pelos Ministérios Militares, pela Secretaria de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelo Corpo de Bombeiros Militar, Carteiras expedidas pelos Órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, Conselhos, etc.); Passaporte, Certificado de Reservista, Carteiras Funcionais do Ministério Público, Carteiras Funcionais expedidas por Órgãos Públicos que por Lei Federal valham como identidade, Carteira de Trabalho e Carteira Nacional de Habilitação (somente o modelo novo com foto).

2.9. O cartão-resposta deverá ser preenchido e a Redação redigida com a CANETA FORNECIDA PELA COPEV.

2.10. Na correção do cartão-resposta será atribuída nota zero à questão com mais de uma opção assinalada, sem opção assinalada, ou com rasura.

2.11. Em nenhuma hipótese haverá substituição do cartão-resposta por erro do candidato.

2.12. A duração da prova será de 04 (quatro) horas, incluindo o tempo para o preenchimento do cartão-resposta.

2.13. É de responsabilidade do candidato, entregar o cartão-resposta e a folha de redação ao fiscal no final da prova, sob pena de ser eliminado do concurso.

2.14. Na primeira etapa, o candidato só poderá retirar-se da sala depois de decorridas 02 (duas) horas do seu início.

2.15. Durante a realização das provas não será admitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos, utilização de chapéus ou bonés, bolsas, bottons, broches, brincos, cabelos longos soltos, nem a utilização de livros, manuais, impressos ou anotações, máquinas calculadoras (também em relógios), telefones celulares, Pager, bips, aparelhos de controle remoto, de alarme de carro, walkman, gravador ou qualquer outro receptor de mensagens, sob pena de ser retirado do local e ter a sua prova anulada.

2.16. Terá sua prova anulada e será retirado da sala o candidato que provocar qualquer tumulto, prejudicando o regular andamento das provas, ou se recusar a atender àquilo que lhe for solicitado pelos fiscais.

2.17. O gabarito da primeira etapa será disponibilizado no site www.ingresso.ufu.br/concurso a partir das 19h do dia 06/11/2005.

2.18. A lista de aprovados da primeira etapa para todos os cargos será divulgada no dia 25/11/2005 às 17h, no site www.ingresso.ufu.br/concurso na Pró - Reitoria de Recursos Humanos à Rua Duque de Caxias, 285 - Centro e na Portaria Central do Hospital de Clínicas de Uberlândia à Av. Pará, s/nº - Campus Umuarama.

2.19. A nota obtida na primeira etapa será divulgada no dia 25/11/2005 às 17h, no site www.ingresso.ufu.br/concurso.

2.20. Os candidatos aprovados na primeira etapa deverão fazer a entrega da documentação referente ao Anexo III, nos dias 07, 08 e 09/12/2005, na Pró - Reitoria de Recursos Humanos à Rua Duque de Caxias, 285 - Centro, no horário de 8h às 11h e de 14 h às 17h.

2.21. A nota obtida, exclusivamente, na segunda etapa será divulgada dia 19/12/2005 às 1 7h, no site www.ingresso.ufu.br/concurso.

3. DA APROVAÇÃO NO CONCURSO E CLASSIFICAÇÃO DOS HABILITADOS.

3.1. A nota mínima que o candidato deverá alcançar na primeira etapa é de 60 (sessenta) pontos, num máximo de 100 (cem) pontos. Somente estarão aptos a participar da segunda etapa do concurso, os candidatos classificados em ordem decrescente do total de pontos obtidos com base na relação de cinco candidatos por vaga, para os cargos que apresentam até 10 vagas; e na relação de três candidatos por vaga, para os cargos que possuem acima de 10 vagas.

3.2. A classificação final dos candidatos far-se-á pela soma algébrica, após a ponderação das notas das provas da primeira e da segunda fase, conforme descrito nos itens 2.2 e subitens, 2.3 e subitens, 2.5 e subitens, e 2.6 e subitens.

3.3. Havendo empate na primeira etapa do concurso, terá preferência, sucessivamente, o candidato que: a) obtiver maior pontuação nas questões de conhecimento específico da primeira etapa; b) obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos em Políticas Públicas de Saúde; c) obtiver maior nota na prova de Língua Portuguesa; d) obtiver maior nota na Redação, e) obtiver maior nota mínima seqüencial e f) tiver maior idade.

3.4) Havendo empate na segunda etapa do concurso, terá preferência, sucessivamente, o candidato que: a) obtiver maior nota na segunda etapa; b) obtiver maior pontuação nas questões de conhecimento específico da primeira etapa; c) obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos em Políticas Públicas de Saúde; d) obtiver maior nota na prova de Língua Portuguesa; e) obtiver maior nota na Redação; f) obtiver maior nota mínima seqüencial e g) tiver maior idade.

4. DOS RECURSOS.

4.1. O candidato que desejar interpor recurso, disporá de 1 (um) dia útil, a contar do dia subseqüente ao da divulgação do resultado de cada etapa, para protocolar, pessoalmente ou por meio de seu procurador constituído, requerimento nesse sentido, junto ao Setor de Protocolo, à Rua Duque de Caxias, n°285, Centro, no horário de 8h às 11 h e 1 4h às 1 7h..

4.1.1. O recurso será apreciado pela Banca Examinadora, a qual emitirá parecer no prazo de 3 (três) dias úteis, após o seu recebimento.

4.1.2. No recurso, o candidato deverá indicar com precisão a(s) questão (es) a ser (em) revisada(s), fundamentando com lógica e consistência seus argumentos.

4.1.3. Não será aceito recurso por via postal, por fax e nem manuscrito.

4.1.4. Se do exame do recurso resultar anulação de questão, os pontos a ela correspondentes serão atribuídos a todos os candidatos concorrentes à etapa respectiva, independentemente da formulação qualquer outro recurso.

4.1.5. Diante das alegações apresentadas pelo recorrente, e não sendo da competência da Banca Examinadora o exame do recurso, o mesmo será dirigido ao Reitor, que o decidirá, no prazo legal.

4.2. A UFU, em face da revisão automática de todas as provas de redação, não será concedida revisão das mesmas e segunda chamada de qualquer prova.

4.3. O candidato poderá solicitar vista da prova de Redação, da qual receberá uma cópia, ficando a despesa de reprodução por sua conta.

4.3.1. A vista de prova deverá ser solicitada no dia 28/11/2005, nos horários de 8h às 11 h e de 1 4h às 1 7h, na sala da COPEV, e será realizada somente pelo candidato munido de um Documento Original de Identidade, no dia 05/12/2005, nos horários de 8h às 11 h e de 14h às 1 7h, na sala da COPEV.

4.4. Cabe recurso, com efeito suspensivo, contra o resultado final do concurso público, unicamente por estrita argüição de ilegalidade, nos casos de inobservância de disposições legais ou regimentais.

4.4.1. O recurso será encaminhado ao Reitor, no prazo de 01 (um) dia útil, a contar da data de publicação do resultado final, e deverá ser protocolado junto ao Setor de Protocolo, à Rua Duque de Caxias, n° 285, Centro, no horário de 8h as 11h e 14h às 17h.

4.5. Ainda que não haja recurso, pode o Reitor avocar toda a documentação do concurso, anulando-o, se necessário, caso tenha ciência do cometimento de alguma irregularidade no seu processamento ou no seu resultado.

5. DA DIVULGAÇÃO DO RESULTADO

5.1. O resultado final do concurso será divulgado no dia 28/12/2005, às 17h, no site www.ingresso.ufu.br/concurso na Pró-Reitoria de Recursos Humanos à Rua Duque de Caxias, 285, Centro e Portaria Central do Hospital de Clínicas de Uberlândia, à Avenida Pará, s/nº - Campus Umuarama.

6. DA HOMOLOGAÇÃO DO CONCURSO

6.1. O resultado final do concurso será homologado pelo Reitor, respeitado o disposto no art. 42, do Decreto nº. 3.298/99 mediante publicação no D.O.U. e em jornal local, obedecida à classificação nas provas em ordem decrescente de notas, em até 02 (duas) vezes o número de vagas previsto no edital para cada cargo (Portaria 450 de 06/11/2002, art. 13).

7. PRAZO DE VALIDADE DO CONCURSO

7.1. O prazo de validade do concurso será de 1 (um) ano, a contar da data de publicação da primeira homologação, podendo ser prorrogado por igual período, conforme estabelece a Portaria 450 de 06/11/2002, art. 13 e o Decreto 4.175 de 27/03/2002 e no interesse da Administração.

8. DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NOS CARGOS

8.1. Ser brasileiro nato ou naturalizado ou, ainda, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo § 1º do art. 12, da Constituição Federal.

8.2. Estar em gozo dos direitos políticos.

8.3. Estar em dia com as obrigações militares e eleitorais.

8.4. Possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo, registro no Conselho de Classe e demais exigências para o exercício do cargo, conforme consta do Anexo II deste edital.

8.5. Ter a idade mínima de 18 anos completos até a data do encerramento das inscrições.

8.6. Possuir aptidão física e mental para o cargo pretendido.

8.7. Não ter sofrido, no exercício da Função Pública, penalidade incompatível com a investidura em Cargo Público Federal, prevista no art. 137, parágrafo único da Lei nº. 8.112/90.

8.8. Não acumular cargos, empregos e funções públicas, exceto aqueles permitidos na lei, assegurada a hipótese de opção dentro do prazo para a posse, determinado no § 1º do art. 13, da Lei 8.112/90.

9. DO PROVIMENTO DAS VAGAS E DO APROVEITAMENTO DOS CANDIDATOS HABILITADOS

9.1. O provimento das vagas ocorrerá no nível inicial do cargo, com a remuneração correspondente e definida em Lei.

9.2. Os candidatos aprovados serão nomeados obedecendo rigorosamente a ordem de classificação.

9.3. A aprovação do candidato não assegurará o direito ao seu ingresso automático no cargo para o qual se habilitou, mas apenas a expectativa de ser nele investido.

9.4. A posse do candidato no cargo fica condicionada à apresentação de todos os documentos comprobatórios dos requisitos relacionados no item 8.

9.5. O candidato aprovado, que for convocado para assumir o cargo, somente será nomeado se for considerado apto física e mentalmente para o cargo pretendido, por meio de avaliação clínica médico-ocupacional e laboratorial realizada pelo Setor de Saúde Ocupacional da Universidade, sendo a rotina básica complementada por exames clínico e/ou laboratorial especializados, sempre que necessários.

9.6. A convocação dos candidatos aprovados para se manifestarem, no prazo determinado, sobre a aceitação ou não do cargo, será realizada exclusivamente através de correspondência, não se responsabilizando a Universidade pela mudança de endereço sem comunicação prévia, por escrito, por parte do candidato.

9.7. O não pronunciamento do candidato aprovado no prazo estabelecido para esse fim facultará à Universidade a convocação dos candidatos seguintes, perdendo o mesmo o direito de investidura no cargo ao qual se habilitou.

10. DISPOSIÇÕES FINAIS

10.1. Será excluído do concurso o candidato que:

a) fizer, a qualquer momento, declaração falsa ou incompleta;

b) deixar de comparecer à primeira etapa do concurso;

c) tiver atitude incorreta ou descortês com os examinadores, executores, auxiliares ou autoridades presentes durante a realização da prova;

d) for, durante a realização da prova, surpreendido em comunicação com outro candidato, verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma, bem como aquele que utilizar livros, notas, impressos e/ou materiais não determinados nas Orientações ao Candidato;

e) for responsável por falsa identificação pessoal;

f) não entregar o cartão-resposta ao fiscal no final da prova, ou quando solicitado pelo mesmo.

10.1.1. Será excluído do concurso, ainda, por ato do Reitor da Universidade, o candidato que utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos para obter benefícios próprios ou de terceiros, em qualquer etapa do processo seletivo.

10.2. Não será permitido o ingresso de candidatos, em hipótese alguma, no local de provas, após o fechamento dos portões.

10.3. Somente será admitido à sala de provas o candidato que estiver previamente inscrito, lhe sendo solicitado o documento oficial de identificação, conforme o estabelecido no item 2.8.1, deste Edital.

10.3.1. A COPEV, a seu critério exclusivo, poderá fotografar e colher impressões digitais do candidato, para efeitos de identificação, caso seja necessário.

10.3.2. O candidato, ao tomar conhecimento deste Edital, sem oposição, declara estar de acordo com a providência de que trata o subitem anterior, acaso ocorra.

10.4. Em nenhuma hipótese será permitido o ingresso ou a permanência de pessoas estranhas no estabelecimento de aplicação das provas.

10.5. Os candidatos aprovados e classificados deverão manter atualizados seus endereços na Pró-Reitoria de Recursos Humanos da Universidade, Rua Duque de Caxias, 285 - Centro, responsabilizando-se por prejuízos decorrentes da não atualização.

10.6. Só serão fornecidos atestados, cópias de documentos, certificados ou certidões, relativos a notas de candidatos reprovados, mediante requerimento nesse sentido, devendo o interessado indicar a finalidade de sua pretensão, nos termos da Lei nº. 9.051, de 18 de maio de 1995.

10.7. Na ocorrência de caso fortuito ou força maior que impeça, parcial ou integralmente, a realização do concurso, a UFU reserva a si o direito de cancelar, substituir datas, realizar novas provas, sem qualquer ônus para a Instituição e para os candidatos.

10.8. Os ANEXOS I, II e III mencionados neste edital estão disponibilizados para consulta no site www.ingresso.ufu.br/concurso e à Avenida João Naves de Ávila s/nº, Campus Santa Mônica, Bloco 1A, sala COPEV, no período de 03 a 07 de outubro de 2005 e dia 10 de outubro de 2005, no horário de 8h as 12h e 13h às 17h.

1 0.9.Os casos omissos serão resolvidos pelo Reitor.

Uberlândia, 25 de agosto de 2005.

ARQUIMEDES DIÓGENES CILONI
REITOR

... TEXTO INCOMPLETO

==> CONTINUAÇÃO - ANEXOS (clique aqui)

65103

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231