Secretaria de Estado de Educação - RJ

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

EDITAL Nº 01/2008

Notícia:   Vagas para Professor Docente I na Secretaria de Estado de Educação - RJ

DISPÕE SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA PROVIMENTO DO CARGO EFETIVO DE PROFESSOR DOCENTE I

A SECRETÁRIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, e tendo em vista a autorização exarada no processo n° E-01/62760/2008, torna público que fará realizar Concurso Público destinado a selecionar candidatos para formação de Cadastro de Reserva visando ao provimento do cargo de Professor Docente I, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro, mediante as condições estabelecidas neste Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O Concurso Público será regido por este Edital e executado pela Fundação Escola de Serviço Público do Estado do Rio de Janeiro, FESP-RJ, segundo o calendário previsto no cronograma apresentado no Anexo I.

1.2. O Concurso Público será realizado para formação de Cadastro de Reserva visando ao provimento de cargo efetivo de Professor Docente I, do Quadro Permanente do Magistério da Secretaria de Estado de Educação.

1.3. O Concurso Público constará de Prova Objetiva e de Prova de Títulos, que serão realizadas em conformidade com o item 6 deste Edital.

1.4. A Prova Objetiva será realizada no município sede da Coordenadoria Regional para a qual o candidato fez opção para exercício.

1.5. O candidato será classificado de acordo com a pontuação obtida na área/disciplina, considerando-se a Coordenadoria Regional de sua opção para exercício, e, em uma segunda listagem, pela pontuação obtida na área/disciplina, independentemente da Coordenadoria Regional de opção.

1.6. As áreas/disciplinas, a habilitação mínima, a carga horária e os vencimentos constam do Anexo II.

1.7 Os candidatos deverão utilizar o telefone 0800 2822299 para consultas relativas ao certame e os telefones 21 2334-7125/7128/7130 para envio de fax.

2. DA PARTICIPAÇÃO DOS CANDIDATOS DEFICIENTES

2.1. Na forma do art.37, VIII, da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 e do art. 338, I, da Constituição do Estado do Rio de Janeiro, regulamentados pela Lei Estadual n°. 2.298 de 28 de julho de 1994, com alteração dada pela Lei Estadual n°. 2 482/95, quando da convocação para a posse, a cada 20 (vinte) candidatos convocados, será convocado 01 (um) candidato dentre aqueles que concorrem como deficientes, de acordo com as vagas disponíveis nas respectivas áreas/disciplinas e Coordenadorias Regionais, respeitada a ordem de classificação no Concurso.

2.2. O candidato com deficiência participará do certame em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao horário, ao local de aplicação, ao tempo de realização das provas e à nota mínima exigida para todos os candidatos, sendo-lhe assegurada a acessibilidade ao recinto onde se realizará as provas.

2.3. O acesso à prova dos candidatos com deficiência e sua eventual aprovação não implicam o reconhecimento da deficiência declarada ou a compatibilidade da deficiência com a atividade pertinente ao cargo a que concorre, a qual será determinada por meio de exame médico.

2.4. Os candidatos que se declararem deficientes, se aprovados, terão seus nomes publicados na relação geral e em relação à parte, observada a rigorosa ordem de classificação.

2.5. Os candidatos que se declararem deficientes, se aprovados e convocados, serão submetidos a exame médico, a ser realizado pela Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional da Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil - SESDEC, devendo estar munidos de laudo médico original, cuja validade não ultrapasse 90 (noventa) dias na data de término das inscrições.

2.5.1. O laudo a que se refere o item 2.5 deverá atestar a espécie e o grau/nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente, segundo a Classificação Internacional de Doenças (CID).

2.6. O candidato deficiente, se aprovado e investido no cargo, não poderá solicitar movimentação por amparo especial nem readaptação de qualquer natureza, com base na deficiência indicada na inscrição para o concurso.

3. DOS REQUISITOS PARA A ADMISSÃO

Para admissão no cargo, o candidato deverá:

3.1. Ter sido aprovado e classificado no Concurso Público, na forma estabelecida neste Edital.

3.2. Apresentar o mesmo CPF utilizado no ato da inscrição.

3.3. Possuir a habilitação mínima exigida no ato da posse, em conformidade com o disposto no Anexo II do Edital.

3.4. Ser brasileiro, nato ou naturalizado, ou ter nacionalidade portuguesa, desde que amparado pelo Decreto nº. 70.436, de 18/04/1972, na forma do disposto no artigo 12, §1º, da Constituição Federal e Emenda Constitucional nº. 19, de 04/06/1998, Artigo 3º.

3.5. Gozar dos direitos políticos.

3.6. Estar quite com as obrigações eleitorais.

3.7. Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino.

3.8. Ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos completos, na data da posse.

3.9. Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada em exame médico pré­admissional, realizado pela Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional da Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil - SESDEC.

3.10. Ter situação regularizada perante o conselho regional de classe, quando for o caso, na forma da legislação específica.

3.11. Não ter sido demitido a bem do serviço público, em qualquer Poder, nas esferas Estadual, Municipal ou Federal.

4. DA INSCRIÇÃO NO CONCURSO

4.1. O valor único da taxa de inscrição é de R$ 30,00 (trinta reais).

4.2. O candidato deverá ter inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) em seu próprio nome, que deverá ser apresentada posteriormente, em caso de aprovação e classificação, no ato da convocação para exercício.

4.3. Ao se inscrever, o candidato deverá optar pela área/disciplina e Coordenadoria Regional para exercício observando o Anexo II e V do Edital, apontando se concorre como candidato regular ou deficiente.

4.4. As inscrições serão realizadas exclusivamente via internet.

4.5. O candidato deverá:

4.5.1. Acessar o sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br, onde estarão disponíveis o Edital, o requerimento de inscrição, o boleto de pagamento e o formulário que deverá ser utilizado como folha de rosto do envelope no qual serão acondicionados os Títulos, conforme modelo constante no Anexo VI.

4.5.2. Preencher o requerimento de inscrição no período previsto no Cronograma do Concurso no Anexo I.

4.5.3. Imprimir o boleto bancário disponibilizado ao final do procedimento de inscrição.

4.5.4. Efetuar o pagamento da taxa de inscrição em qualquer instituição bancária, obrigatoriamente por meio do boleto bancário, emitido após a conclusão do preenchimento do requerimento de inscrição.

4.6. A emissão do boleto bancário deverá ser feita no período de inscrições, estabelecido no Cronograma do Anexo I.

4.6.1. O mesmo deverá ser pago na data do vencimento, preferencialmente nas agências do banco Itaú, observando o horário do expediente bancário.

4.7. A inscrição só será efetivada após a confirmação, pela instituição bancária, do pagamento do boleto bancário.

4.7.1. O candidato deverá certificar-se de que sua inscrição foi efetuada pela Internet depois de 04 (quatro) dias úteis após o pagamento do boleto bancário. Caso não tenha sido efetivada a inscrição, comparecer à FESP RJ, situada na Av. Carlos Peixoto no 54, sala 204 - Botafogo - Rio de Janeiro RJ, entre 10h e 16h, portando o boleto bancário pago e o Requerimento de Inscrição impresso ou enviá-los por fax.

4.8. O valor referente à taxa de inscrição não será devolvido, salvo em caso de cancelamento do certame por conveniência da Administração Pública.

4.8.1. Não serão aceitos depósitos bancários em favor da FESP-RJ como forma de pagamento da taxa de inscrição.

4.9. O candidato, caso necessite de prova em condições especiais, deverá, no ato do preenchimento do requerimento de inscrição:

4.9.1. Indicar, se necessário, o método através do qual deseja realizar a prova: com intérprete de Libras, em braile, com ledor ou prova ampliada.

4.9.2. Solicitar a realização da prova em sala de fácil acesso, no caso de dificuldade de locomoção.

4.10. O candidato deficiente deverá no ato do preenchimento do requerimento de inscrição, assinalar sua condição no campo apropriado a este fim.

4.11. O candidato que, no requerimento de inscrição, não declarar ser deficiente concorrerá somente às vagas regulares que vierem a ser ofertadas.

4.12. O candidato deverá indicar, no requerimento de inscrição, o nome da Coordenadoria Regional e a área/ disciplina para exercício, sendo de sua inteira responsabilidade o correto preenchimento.

4.13. A FESP-RJ não se responsabiliza por inscrição não recebida por quaisquer motivos, sejam de ordem técnica dos equipamentos, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação ou quaisquer outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

4.14. As informações relativas ao certame estarão disponíveis no sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br e não eximem o candidato do dever de acompanhar, por meio do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, as publicações de todos os atos e editais referentes ao concurso.

4.15. O candidato é responsável pelas informações prestadas no requerimento de inscrição, arcando com as conseqüências advindas de eventuais erros.

4.15.1 O candidato antes do pagamento deverá conferir, se as informações constantes no boleto bancário estão corretas.

4.16 Qualquer alteração de informações, constantes dos itens 4.9 ao 4.12, posterior ao pagamento da inscrição só poderá ser realizada nos 2(dois) dias úteis subseqüentes ao primeiro dia de divulgação do Cartão de Confirmação de Inscrição (vide Anexo I), através de solicitação devidamente justificada, cabendo a FESP o deferimento ou indeferimento do pedido.

4.16.1 Os pedidos previstos no item 4.16 devem ser encaminhados via fax.

4.17. O candidato terá exclusiva responsabilidade pelas informações cadastrais fornecidas, sob as penas da Lei.

4.18. O Manual do Candidato estará disponível no sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br.

4.19. A FESP-RJ disponibilizará postos de atendimento nas Coordenadorias Regionais e em sua sede situada à Avenida Carlos Peixoto 54, Térreo, Botafogo, Rio de Janeiro, onde os candidatos poderão fazer sua inscrição.

4.19.1. As inscrições nos postos de atendimento serão feitas de 2ª a 6ª feira, exceto em feriados ou pontos facultativos, das 10h às 16h, dentro do período de inscrições estabelecido no Cronograma constante do Anexo I.

4.20. Caso pretenda, nos termos do dispositivo normativo expresso pelo art. 72 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição do Estado do Rio de Janeiro de 1989, obter isenção do pagamento da taxa de inscrição, o candidato deverá protocolizar requerimento, na sede da FESP-RJ, de acordo com o cronograma constante no Anexo I, dirigido ao Diretor da Diretoria de Recrutamento e Seleção da FESP-RJ, que incluirá a qualificação completa do requerente, os fundamentos do pedido de isenção, cópia do comprovante de residência, cópia de comprovante de renda do requerente e/ou de quem este dependa economicamente, declaração de dependência econômica firmada por quem provê o sustento do requerente (quando for o caso), declaração de renda do núcleo familiar e demais documentos eventualmente necessários à comprovação da alegada hipossuficiência de recursos (Portaria FESP/RJ nº 8.291, de 11 de março de 2008 e a Ordem de Serviço DRS nº 001 de 04 de abril de 2008).

4.20.1. O Requerimento de que trata o subitem anterior estará disponível a todos os candidatos interessados no sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br

4.20.2. O candidato deverá, primeiramente, efetuar sua inscrição pela Internet, para posteriormente requerer a Isenção pretendida.

4.20.3. O candidato que pretender obter a isenção da taxa de inscrição ficará responsável, civil e criminalmente, pelas informações e documentos que apresentar.

4.20.4. Após o término do período de inscrição, a FESP-RJ providenciará, em seu sítio eletrônico, no protocolo de sua Sede e no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, divulgação das isenções deferidas.

4.20.5. O candidato inscrito terá exclusiva responsabilidade pelas informações cadastrais fornecidas, sob as penas da Lei.

5. DA CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO

5.1. No período previsto no Cronograma, o candidato deverá imprimir o seu Cartão de Confirmação de Inscrição - CCI, através do sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br, onde estarão informados a data, o horário e o local de realização da prova objetiva.

5.2. Os postos de atendimento mencionados no item 4.19 estarão disponíveis para efeito de impressão dos cartões de confirmação de inscrição de 2ª a 6ª feira, das 10h às 16h, dentro do período de confirmação de inscrições estabelecido no Cronograma constante do Anexo I.

5.3. Serão de responsabilidade exclusiva do candidato as conseqüências advindas da não verificação de seus dados no Cartão de Confirmação de Inscrição.

5.4. A inscrição vale, para todo e qualquer efeito, como forma de expressa aceitação, por parte do candidato, de todas as condições, normas e exigências constantes deste Edital e demais instrumentos reguladores, dos quais o candidato não poderá alegar desconhecimento.

6. DAS PROVAS

O Concurso Público constará de 2 (duas) etapas distintas:

6.1. PROVA OBJETIVA

6.1.1. A Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, terá duração de 4 (quatro) horas e será composta de 3 (três) blocos, assim caracterizados:

6.1.1.1. Bloco 1 - Proficiência Básica para a Função Docente - Domínio da Linguagem

Será comum a todos os candidatos e terá como objetivo fundamental avaliar a capacidade do professor de ler, compreender e interpretar textos de linguagem verbal e visual, essenciais a todas as áreas/disciplinas que estruturam as atividades pedagógicas da escola.

Nesse sentido, serão avaliadas, dentre outras, as seguintes habilidades: compreender, analisar e interpretar textos, identificar o tema, distinguir fato de opinião relativa ao tema, inferir o sentido, localizar informações explícitas, identificar informações implícitas e reconhecer diferentes formas de tratar a informação sobre o mesmo tema.

Este bloco será formado por 25 (vinte e cinco) questões, considerando-se eliminado o candidato que não alcançar, no mínimo, 15 (quinze) acertos.

6.1.1.2. Bloco 2 - Conhecimentos Pedagógicos

Será comum a todos os candidatos, com ênfase em conhecimentos referentes, à Metodologia, Legislação Educacional e Políticas Públicas, que visam à eqüidade e à qualidade da Educação.

Este bloco será formado por 10 (dez) questões, considerando-se eliminado o candidato que não alcançar, no mínimo, 05 (cinco) acertos.

6.1.1.3. Bloco 3 - Conhecimentos Específicos

Será específico para cada disciplina, direcionado aos conhecimentos/conteúdos que serão trabalhados em sala de aula, com ênfase em compreensão de fenômenos, resolução de situações-problema, construção de argumentações e elaboração de propostas.

Este bloco será formado por 30 (trinta) questões, considerando-se eliminado o candidato que não alcançar, no mínimo, 15 (quinze) acertos.

6.1.2. Todas as questões, nos três blocos, serão de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas e uma única opção correta, valendo 1 (um) ponto cada questão, no total de 65 (sessenta e cinco) pontos, em conformidade com o Anexo III.

6.1.3. As questões serão elaboradas com base nos Conteúdos Programáticos, descritos no Anexo IV.

6.1.4. Serão eliminados do concurso os candidatos que não alcançarem o valor mínimo de acertos estabelecido para cada bloco da Prova Objetiva, em conformidade com o Anexo III.

6.1.5. O candidato terá acesso à imagem do seu cartão de respostas no sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br a partir da data prevista no cronograma constante no Anexo I.

6.2. PROVA DE TÍTULOS

6.2.1. A Prova de Títulos é de caráter exclusivamente classificatório, com valor máximo de 20 (vinte) pontos, para os títulos dos candidatos concorrentes às Disciplinas da Base Nacional Comum e 22(vinte dois) pontos para os títulos dos concorrentes às áreas/disciplinas de Educação Profissional Técnica de Nível Médio.

6.2.2. No período constante no cronograma do Anexo I, os candidatos aprovados, deverão proceder a entrega dos títulos, na sede da FESP ou nos postos de inscrição situados na Coordenadoria Regional de sua opção, observando os prazos previstos no Cronograma - Anexo I.

6.2.3. Os títulos, devidamente autenticados, serão acondicionados dentro de envelope tamanho ofício, identificado por formulário, devidamente preenchido e colado na parte externa do envelope, cujo modelo se encontra no Anexo VI deste Edital e que estará disponível no sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br.

6.2.3.1. Os títulos entregues deverão ser quantificados pelo candidato no formulário próprio constante no Anexo VI, devidamente conferidos no ato da entrega pelo representante da FESP, a quem competirá emitir recibo a ser entregue ao candidato.

6.2.4. Não será aceita, sob qualquer pretexto, a entrega do envelope com os títulos fora do prazo constante no Anexo I.

6.2.5. Os candidatos que não apresentarem os títulos serão classificados apenas pelos pontos obtidos na Prova Objetiva.

6.2.6. Serão avaliados somente os títulos dos candidatos aprovados na Prova Objetiva.

6.2.7. Para a comprovação da conclusão de cursos de Doutorado ou de Mestrado, serão aceitos somente os documentos, relacionados no item 6.2.12 desse Edital, expedidos por instituição cujo curso seja devidamente reconhecido.

6.2.8. Só serão aceitos títulos de Mestrado e Doutorado obtidos em programas de pós-graduação strictu sensu reconhecidos pela CAPES/MEC ou com validade no Brasil.

6.2.9. Para comprovação da conclusão de cursos de Especialização serão aceitos somente os documentos, relacionados no item 6.2.12 desse Edital, de instituições reconhecidas em que conste a carga horária mínima de 360 (trezentas e sessenta) horas, em conformidade com as normas do Conselho Nacional de Educação.

6.2.10. A avaliação dos documentos será realizada por Banca Examinadora indicada pela FESP-RJ.

6.2.11. As cópias de títulos não autenticadas, não serão consideradas para efeito de pontuação.

6.2.12 Critérios para pontuação de títulos:

6.2.12.1.Disciplinas da Base Nacional Comum e Disciplinas Pedagógicas:

Cargo

Títulos na disciplina a que concorre

Valor unitário em pontos

Valor máximo em pontos

Comprovantes

Professor Docente I

Doutorado

05

05

Diploma e/ou Certidão

Mestrado

04

04

Diploma e/ou Certidão

Especialização com carga horária mínima de 360 horas

02

04

Certificado e/ou Certidão

Máximo de pontos

13

 

 

Cargo

Títulos em outras disciplinas

Valor unitário em pontos

Valor máximo em pontos

Comprovantes

Professor Docente I

Doutorado

03

03

Diploma e/ou Certidão

Mestrado

02

02

Diploma e/ou Certidão

Especialização com carga horária mínima de 360 horas

01

02

Certificado e/ou Certidão

Máximo de pontos

07

 

6.2.12.2. Áreas/Disciplinas da Educação Profissional Técnica de Nível Médio:

Cargo

Títulos na área a que concorre

Valor unitário em pontos

Valor máximo em pontos

Comprovantes

Professor Docente I

Doutorado

05

05

Diploma ou Certidão

Mestrado

04

04

Diploma ou Certidão

Especialização com carga horária mínima de 360 horas

02

04

Certificado ou Certidão

Licenciatura Plena ou Complementação Pedagógica

02

02

Diploma e/ou Certificado de Conclusão

Máximo de Pontos

15

 

 

Cargo

Títulos em outras área/disciplinas.

Valor unitário em pontos

Valor máximo em pontos

Comprovantes

Professor Docente I

Doutorado

03

03

Diploma ou Certidão

Mestrado

02

02

Diploma ou Certidão

Especialização com carga horária mínima de 360 horas

01

02

Certificado ou Certidão

Máximo de Pontos

07

 

7. DAS CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

7.1. Em cada local de provas, haverá pelo menos um Executor designado pela FESP-RJ, que será responsável pela aplicação da Prova Objetiva.

7.2. O candidato deverá comparecer ao local de prova com antecedência mínima de uma hora do horário determinado para seu início, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, cartão de confirmação de inscrição, documento de identidade original.

7.3. Serão considerados como documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelo Corpo de Bombeiros; Carteira de Trabalho e Previdência Social, Certificado de Reservista, Passaporte (dentro da validade), Carteira Nacional de Habilitação (modelo novo) e carteiras de identidade expedidas por órgãos ou conselhos regionais de classe.

7.4. O documento de identidade deverá estar em perfeito estado de conservação, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato (retrato e assinatura).

7.5. Não serão aceitos protocolos ou quaisquer outros documentos que não possibilitem a identificação do candidato, bem como a verificação de sua assinatura.

7.6. Nenhum candidato fará prova fora do dia, horário e local fixados.

7.7. Não haverá, sob qualquer pretexto, segunda chamada nem justificativa de falta, sendo considerado eliminado do Concurso o candidato que faltar à prova objetiva.

7.8. Não será permitida a entrada dos candidatos após o fechamento dos portões, sob hipótese alguma.

7.9. Somente após decorrida 1 (uma) hora do início da prova, o candidato poderá retirar-se da sala de prova, mesmo que tenha desistido do Concurso.

7.10. O tempo de duração da Prova Objetiva será de 4 (quatro) horas, incluindo a marcação do cartão de respostas.

7.11. No caso de prova realizada com o auxílio de um fiscal ledor, este, além de auxiliar na leitura da prova, também transcreverá as respostas para o cartão de respostas do candidato, sempre sob a supervisão de outro fiscal devidamente treinado. Ao término da prova, será lavrado um termo no qual o candidato concordará com as marcações que foram efetuadas.

7.12. Em nenhuma hipótese haverá substituição do cartão de respostas, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato os prejuízos advindos de marcações efetuadas incorretamente, emendas ou rasuras, ainda que legíveis.

7.13. Ao candidato somente será permitido levar o caderno de questões da Prova Objetiva após duas horas do início da prova.

7.14. Ao terminar a prova, o candidato entregará, obrigatoriamente, ao fiscal de sala, o cartão de respostas devidamente assinado e o seu caderno de questões da Prova Objetiva, ressalvado o disposto no item 7.13.

7.15. Os 3 (três) últimos candidatos deverão permanecer em sala, sendo liberados somente quando todos tiverem concluído a prova ou o tempo tiver se esgotado e após serem registrados seus nomes na ata das provas, pela fiscalização.

7.16. O candidato que insistir em sair da sala, descumprindo o disposto nos itens 7.9 e 7.15, deverá assinar termo de desistência e, caso se negue, será lavrado termo de ocorrência, testemunhado pelos dois outros candidatos, pelos fiscais e por um Executor.

7.17. Qualquer observação por parte dos candidatos será igualmente lavrada na Ata, ficando seus nomes e números de inscrição registrados pelos fiscais.

7.18. Não será permitido o ingresso de pessoas estranhas ao Concurso no local de realização da prova, com exceção dos acompanhantes dos candidatos deficientes e das candidatas que estejam amamentando, que ficarão em dependências designadas pelo Executor.

7.19. Não haverá prorrogação do tempo previsto para a aplicação da Prova Objetiva.

7.20. O candidato não poderá alegar desconhecimento do local de realização da prova como justificativa de sua ausência. O não comparecimento à prova, qualquer que seja o motivo, será considerado como desistência do candidato e resultará em sua eliminação do Concurso.

8. DA EXCLUSÃO DO CONCURSO

Será excluído do Concurso o candidato que:

8.1. Faltar ou chegar atrasado à Prova Objetiva.

8.2. Utilizar ou manter ligado, no local da prova, telefone celular, bip, walkman, rádio, receptor/transmissor, gravador, agenda eletrônica, notebook, calculadora, palmtop, relógio digital com receptor ou qualquer outro meio de comunicação ativa ou passiva.

8.3. Dispensar tratamento incorreto ou descortês a qualquer pessoa envolvida ou autoridade presente à aplicação da prova, bem como perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido.

8.4. Utilizar-se, no decorrer da prova, de qualquer fonte de consulta, máquina calculadora ou similar, ou for surpreendido em comunicação verbal, escrita ou gestual com outro candidato.

8.5. Ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando o cartão de respostas.

8.6. Ausentar-se da sala sem o acompanhamento do fiscal, após ter assinado a lista de presença.

8.7. Recusar-se a entregar o cartão de respostas ao término do tempo destinado para a realização da Prova Objetiva.

8.8. Deixar de assinar o cartão de respostas e a lista de presença.

8.9. Estabelecer comunicação com outros candidatos, tentar ou usar meios ilícitos ou fraudulentos, efetuar ou solicitar empréstimos de material ou, ainda, praticar atos de indisciplina contra as demais normas contidas neste Edital.

8.10. Comportar-se de maneira desrespeitosa ou inconveniente.

8.11. Utilizar-se de processos ilícitos, constatados após a prova, e, a qualquer tempo, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafotécnico, o que acarretará a anulação de sua prova e a sua eliminação automática do certame.

8.12. Deixar de apresentar-se, quando convocado, ou não cumprir, nos prazos estabelecidos, os procedimentos necessários para a convocação.

8.13. Deixar de apresentar qualquer um dos documentos que atendam aos requisitos estipulados neste Edital.

9. DO RECURSO DA PROVA OBJETIVA

9.1. O candidato que julgar-se prejudicado poderá recorrer, após a publicação do gabarito, no período descrito no cronograma do Concurso.

9.2. O recurso deverá ser redigido em formulário próprio, por questão, com indicação precisa e devidamente fundamentada daquilo em que o candidato julgar-se prejudicado.

9.3. O candidato deverá comprovar suas alegações com a citação de artigos da legislação, itens, páginas de livros e nomes de autores, juntando, sempre que possível, cópia dos comprovantes.

9.4. O candidato deverá utilizar-se do formulário que estará disponível no sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br e entregá-lo até as 16h do último dia da data prevista no cronograma constante no Anexo I, no Protocolo da FESP-RJ, situado à Avenida Carlos Peixoto 54, Térreo, Botafogo, Rio de Janeiro, de 2ª a 6ª feira, no horário das 10 h às 16h.

9.5. O recurso da Prova Objetiva deverá vir acompanhado do comprovante original de pagamento, no valor de R$ 9,00 (nove reais) por conteúdo, depositado em espécie por meio de depósito identificado na conta n.° 03626-4 do Banco Itaú, agência 5673, em favor da FESP-RJ.

9.5.1. Ficam dispensados do recolhimento da taxa os candidatos beneficiados pela isenção da taxa de inscrição.

9.6. O recolhimento incorreto da referida taxa acarretará o indeferimento do recurso.

9.7. A taxa relativa ao recurso não será devolvida no caso de indeferimento do recurso.

9.8. Será indeferido liminarmente o recurso que não estiver fundamentado ou for interposto fora do prazo previsto no cronograma.

9.9. Não serão aceitos recursos encaminhados por fax ou correio eletrônico.

9.10. A Banca Examinadora é soberana em suas decisões, razão pela qual serão indeferidos liminarmente recursos adicionais.

9.11. Após o julgamento dos recursos interpostos, os pontos correspondentes às questões porventura anuladas serão atribuídos a todos os candidatos. Se houver alteração, por força de impugnações, do gabarito oficial, tal alteração valerá para todos os candidatos, independentemente de terem recorrido ou não.

9.12. Os pareceres dos recursos serão anexados aos respectivos processos e ficarão à disposição dos candidatos, para ciência, no Protocolo da FESP-RJ.

10. DA RECONTAGEM DE PONTOS DA PROVA DE TÍTULOS

10.1. Após a publicação do resultado preliminar da Avaliação de Títulos, será concedido ao candidato o direito à recontagem de pontos, exclusivamente para retificação de eventual erro material, no prazo estabelecido no Cronograma do Concurso. Neste caso, o candidato deverá encaminhar requerimento à FESP-RJ, via fax, conforme divulgado no item 1.7.

11. DO RESULTADO FINAL E DA CLASSIFICAÇÃO

11.1. O resultado final do concurso e a classificação dos candidatos serão publicados no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro e disponibilizados no sítio eletrônico www.fesp.rj.gov.br, sendo relacionados apenas os candidatos aprovados.

11.2. Os candidatos aprovados serão classificados em rigorosa ordem decrescente das notas finais, iguais à soma dos pontos obtidos na Prova Objetiva e na Prova de Títulos.

11.3. Em caso de igualdade de pontos na classificação final serão adotados os seguintes critérios de desempate, nessa ordem:

1°) maior idade, dentre aqueles com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, em atendimento à Lei n° 10.741, de 1° de outubro de 2003;

2°) maior número de pontos em Conhecimentos Específicos;

3°) maior número de pontos em Proficiência Básica para a Função Docente - Domínio da Linguagem;

4°) maior número de pontos em Conhecimentos Pedagógicos;

5°) maior idade, dentre os candidatos com idade inferior a 60 anos.

12. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

12.1. O candidato aprovado será responsável pela atualização de seu endereço residencial. A atualização deverá ser feita:

12.1.1. Durante a realização do concurso, na FESP-RJ;

12.1.2. Enquanto o Concurso estiver dentro do prazo de validade, na Central de Atendimento ao Servidor - CASE/SEEDUC, situada à Avenida Erasmo Braga 118, Térreo e/ou na Coordenadoria de Seleção e Controle de Pessoas, Rua da Ajuda, 5 - 26° andar, Centro, Rio de Janeiro.

12.2. É de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos da não atualização do seu endereço.

12.3. A Secretaria de Estado de Educação e a FESP-RJ se reservam o direito de promover as correções que se fizerem necessárias, em qualquer fase do Concurso ou posterior ao Concurso, em razão de atos ou fatos não previstos, respeitados os princípios que norteiam a atividade da Administração Pública.

12.4. O Concurso terá validade de 2 (dois) anos a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogada uma única vez, por igual período, por decisão do Governador.

12.5. Após a publicação do resultado final, na medida das necessidades da Administração, os candidatos aprovados serão convocados por Edital e por correspondência pessoal, em ordem rigorosa de classificação, para apresentar à Coordenadoria Regional, pela qual optou no ato de inscrição, o documento comprobatório de habilitação para o exercício do cargo na área/disciplina para a qual concorreu.

12.5.1. Não havendo candidatos aprovados nos locais de opção do exercício, os excedentes de outras Coordenadorias Regionais, relacionados em uma única lista de reserva, poderão ser convocados, obedecida a ordem de classificação, à medida da necessidade de cada Coordenadoria Regional.

12.5.2. Caso um candidato da lista de reserva mencionada no item 12.5.1 seja convocado para assumir uma vaga em local de exercício diferente da opção feita no momento da inscrição, poderá não aceitar a vaga oferecida e permanecer na lista de reserva, na mesma colocação e aguardar uma nova convocação.

12.5.3 O candidato que, convocado para uma vaga no local de exercício para o qual fez opção recusar essa vaga, será excluído do concurso público.

12.5.3.1 Na hipótese descrita no item anterior, o candidato poderá optar pela renúncia à sua classificação inicial, passando a ocupar o último lugar na relação de aprovados, de acordo com a área/disciplina e a Coordenadoria Regional de opção, posição na qual poderá aguardar uma nova convocação.

12.5.4. Além do documento requisitado no item 12.5, o candidato deverá apresentar todos os demais documentos necessários para sua admissão inclusive o CPF declarado no ato de inscrição para o Concurso.

12.6. Os candidatos convocados serão encaminhados à Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional - SESDEC para realização do exame médico pré-admissional.

12.6.1. Para o candidato inscrito como deficiente será emitido laudo sobre a compatibilidade da deficiência declarada com as atribuições do cargo.

12.7. O candidato convocado, se habilitado e considerado apto no exame médico pré-admissional, será admitido no cargo e encaminhado para exercício nas vagas disponíveis nas unidades escolares dentro da área de abrangência da Coordenadoria Regional para a qual fez sua opção.

12.8. O professor admitido no cargo não poderá ser removido da área da Coordenadoria Regional para a qual fez sua opção pelo prazo de 3 (três) anos, contados do início do efetivo exercício.

12.8.1. Essa regra será aplicada aos candidatos convocados pela lista de reserva mencionada no item 12.5.1.

12.9. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar as publicações de todos os atos pertinentes ao Concurso.

12.10. Este Edital estará à disposição na internet nos sítios eletrônicos www.fesp.rj.gov.br e www.educacao.rj.gov.br.

12.11. Os editais, avisos e resultados pertinentes ao Concurso serão publicados no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro e disponibilizados nos sítios eletrônicos www.fesp.rj.gov.br e www.educacao.rj.gov.br.

12.12. A convocação dos candidatos aprovados é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Educação.

12.13. A prestação de declaração falsa ou inexata ou a não apresentação de qualquer documento exigido implicará insubsistência de inscrição, nulidade de habilitação ou perda dos direitos decorrentes, sem prejuízo das sanções aplicáveis à falsidade de declaração, ainda que o fato seja constatado posteriormente.

12.14. A inscrição vale, para todo e qualquer efeito, como forma de expressa aceitação, por parte do candidato, de todas as condições, normas e exigências constantes deste Edital, bem como dos atos que forem expedidos sobre o Concurso.

12.15. Os casos omissos serão resolvidos pela Secretaria de Estado de Educação e pela FESP-RJ.

ANEXO I - Cronograma

Atividades

Período Previsto

Divulgação/Publicação do Edital no D.O.E.R.J.

10/10/2008

Período de Inscrições

13/10/2008 a 31/10/2008

Pedido de isenção de taxa de inscrição

13/10/2008 a 17/10/2008

Divulgação/publicação da Relação dos Pedidos de Isenção da Taxa de Inscrição Deferidos e Indeferidos

24/10/2008

Recebimento dos Recursos de Indeferimento do Pedido de Isenção de Taxa de inscrição

28/10/2008

Divulgação/publicação da Decisão final dos Recursos referentes ao Indeferimento dos Pedidos de Isenção da Taxa de Inscrição

30/10/2008

Consulta/Impressão do Cartão de Confirmação de Inscrição via Internet

14/11/2008

Recebimento do Cartão de Confirmação de Inscrição

14/11/2008

Alteração de dados Cadastrais

17/11/2008 a 18/11/2008

Aplicação da Prova Objetiva

23/11/2008

Divulgação dos Gabaritos da Prova Objetiva

25/11/2008

Interposição de Recursos contra os Gabaritos da Prova Objetiva

25/11/2008 a 02/12/2008

Publicação e Divulgação do Resultado dos Julgamentos dos Recursos contra os Gabaritos da Prova Objetiva

12/12/2008

Publicação e Divulgação do Resultado Preliminar da Prova Objetiva e Convocação para entrega de Títulos

12/12/2008

Entrega de Títulos

12 a 19/12/2008

Divulgação do Cartão de Respostas da prova Objetiva

12/12/2008

Interposição de Recursos contra a contagem de pontos da prova objetiva

12/12/2008 a 16/12/2008

Publicação de Divulgação do Resultado dos Julgamentos dos Recursos contra a contagem de pontos da prova Objetiva

18/12/2008

Publicação e Divulgação do Resultado Final da Prova Objetiva

18/12/2008

Entrega de Títulos para candidatos aprovados após recurso contra a contagem de pontos da prova objetiva.

19/12/2008 a 23/12/2008

Divulgação do Resultado Preliminar da Avaliação de Títulos

06/01/2009

Interposição de Recursos contra o Resultado Preliminar da Avaliação de Títulos

06/01/2009 a 9/01/2009

Divulgação do Resultado do Julgamento dos Recursos contra o Resultado Preliminar da Avaliação de Títulos

16/01/2009

Divulgação do Resultado Final da Avaliação de Títulos

16/01/2009

Divulgação/Publicação do Resultado Final do Concurso no D.O.E.R.J.

16/01/2009

ANEXO II
ÁREAS/DISCIPLINAS, HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA, CARGA HORÁRIA SEMANAL E VENCIMENTO MENSAL DO PROFESSOR DOCENTE I ( Início de Carreira)

BASE NACIONAL COMUM

ÁREA DE ATUAÇÃO

DISCIPLINAS

HABILITAÇÃO MÍNIMA

CARGA HORÁRIA SEMANAL

VENCIMENTO BASE MENSAL

6° AO 9° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO

· LÍNGUA PORTUGUESA

· ALEMÃO

· ESPANHOL

· FRANCÊS

· INGLÊS

· ITALIANO

· ARTES

· EDUCAÇÃO FÍSICA

· CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS

· BIOLOGIA

· MATEMÁTICA

· QUÍMICA

· FÍSICA

· HISTÓRIA

· GEOGRAFIA

· FILOSOFIA

· SOCIOLOGIA

LICENCIATURA PLENA NA DISCIPLINA ESPECÍFICA E REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE CLASSE, NA FORMA DA LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA, QUANDO FOR O CASO

16 HORAS

R$ 607,26

CURSO NORMAL EM NÍVEL MÉDIO

· PEDAGÓGICAS

LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA PARA EXERCER FUNÇÕES DE MAGISTÉRIO NA MODALIDADE NORMAL, OU LICENCIATURA EM PEDAGOGIA NOS TERMOS DA RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, DE 15 DE MAIO DE 2006

 

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO

ÁREA DE ATUAÇÃO

DISCIPLINAS

HABILITAÇÃO MÍNIMA

CARGA HORÁRIA SEMANAL

VENCIMENTO BASE MENSAL

CURSOS TÉCNICOS

· ADMINISTRAÇÃO

LICENCIATURA PLENA NA ÁREA /DISCIPLINA A QUE CONCORRE

OU

GRADUAÇÃO OU PÓS‑GRADUAÇÃO NA ÁREA/DISCIPLINA A QUE CONCORRE E PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO (COMPLEMENTAÇÃO PEDAGÓGICA) NA FORMA DA LEGISLAÇÃO EM VIGOR, CONCLUÍDO OU A CONCLUIR, APRESENTANDO CERTIFICADO DE CONCLUSÃO NO PRAZO DE 02 (DOIS) ANOS, A PARTIR DA DATA DA ADMISSÃO.

16 HORAS

R$ 607,26

· CONTABILIDADE

· DIREITO E LEGISLAÇÃO

· INFORMÁTICA

· ENFERMAGEM

· ANÁLISES CLÍNICAS

· MEIO AMBIENTE

· PRÓTESE DENTÁRIA

· ODONTOLOGIA

· PRODUÇÃO VEGETAL

· PRODUÇÃO ANIMAL

· DESENHO E TOPOGRAFIA

· MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA

· ARQUITETURA

· CONSTRUÇÃO CIVIL

· ELETRÔNICA

· ELETROTÉCNICA

· MECÂNICA

· TURISMO

· COMUNICAÇÃO SOCIAL

* E REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE CLASSE, NA FORMA DA LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA, QUANDO FOR O CASO.

ANEXO III
QUADRO DE PROVAS

Conteúdo

Nº de Questões

Nº Mínimo de Acertos para Aprovação

Proficiência Básica para a Função

25

15

Docente

 

 

Conhecimentos Pedagógicos

10

05

Conhecimentos Específicos

30

15

ANEXO IV
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

PROFICIÊNCIA BÁSICA PARA A FUNÇÃO DOCENTE - DOMÍNIO DA LINGUAGEM (PARA TODAS AS DISCIPLINAS)

Procedimentos de Leitura: informações explícitas e implícitas em um texto; sentido de palavras e expressões; tema de um texto; fato e opinião relativa a esse fato. Suporte, Gênero e/ou do Enunciador do Texto: Interpretação de texto com auxílio de material gráfico diverso; textos de diferentes gêneros. Relação entre Textos: diferentes formas de tratar uma informação; posições distintas entre duas ou mais opiniões relativas ao mesmo fato ou tema. Coerência e Coesão no Processamento do Texto: relações entre partes de um texto; identificação da tese de um texto; relação entre tese e argumentos; partes principais e secundárias em um texto; conflito gerador do enredo e elementos que constroem a narrativa; relação causa/conseqüência entre partes e elementos do texto; relações lógico-discursivas presentes no texto. Relações entre Recursos Expressivos e Efeitos de Sentido: efeitos de ironia ou humor em textos variados; efeito de sentido decorrente do uso da pontuação e de outras notações, da escolha de uma determinada palavra ou expressão e/ou da exploração de recursos ortográficos e/ou morfossintáticos. Variação Lingüística: marcas lingüísticas que evidenciam o locutor e o interlocutor de um texto.

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS (PARA TODAS AS DISCIPLINAS)

Fundamentos da Educação: aspectos filosóficos, psicológicos, sociológicos, biológicos e antropológicos. A História do Pensamento Pedagógico Brasileiro: teoria da educação, as diferentes correntes do pensamento pedagógico brasileiro. A Organização da Educação Brasileira: aspectos legais, aspectos políticos; o projeto político pedagógico, planejamento, diagnóstico, a avaliação e seus diferentes processos. Aspectos teóricos e metodológicos da prática escolar, a diversidade na educação. O currículo, sua estruturação e organização. A democratização da educação e o processo de gestão participativa. A Educação Especial e a Inclusão na Educação.

Sugestões Bibliográficas:

ALARCÃO, Isabel. Escola reflexiva e nova racionalidade. Porto Alegre, Artmed, 2001.

BELLONI, Maria Luiza. O que é mídia-educação. Campinas. Autores Associados, 2001

BRASIL, Lei n 9394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília. MEC.

BRASIL, Parâmetros curriculares nacionais. Brasília. MEC, 1997.

CANDAU, Vera Maria (org.). Didática, currículo e saberes escolares. Rio de Janeiro, DP& A, 2001.

CARVALHO, Rosita E. Removendo barreiras para a aprendizagem: educação inclusiva. Porto Alegre. Mediação, 2000.

COLL, César. Psicologia e currículo. São Paulo. Ática, 1999.

COLL, César e Cols. Os Conteúdos na Reforma: ensino, aprendizagem de conceitos, procedimentos e atitudes. Porto Alegre. Artmed, 2000.

DELORS, Jacques. A educação para o século XXI: questões e perspectivas. Porto Alegre. Artmed, 2005

FREIRE, P., Pedagogia da autonomia. São Paulo. Paz e Terra, 1996.

GADOTTI, Moacyr. Uma só escola para todos. Caminhos da autonomia escolar. Petrópolis, Vozes, 2000.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação: mito e desafio. Porto Alegre. Mediação, 2003.

LIBÂNEO, José Carlos, OLIVEIRA, João Ferreira de, TOSCHI, Mira Seabra. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo. Cortez, 2005.

LUCKESI, Cipriano. Avaliação da aprendizagem escolar. São Paulo. Cortez, 2006.

LUCKESI, Cipriano. Filosofia da Educação

ROMANELLI, Otaiza de Oliveira. História da Educação no Brasil. Petrópolis. Vozes, 1988.

SANTOS, Mônica P. dos & PAULINO, Marcos M. (orgs.). Inclusão em educação: cultura, políticas e práticas. São Paulo. Cortez, 2006.

SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia. São Paulo. Cortez, 1998.

SAVIANI, Dermeval. A nova lei de educação- LDB: trajetória, limites e perspectivas. São Paulo. Autores Associados, 1997.

VEIGA, Ilma Passos (org,). Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, Papirus, 1996.

VEIGA, Ilma Passos (org,). Quem sabe faz a hora de construir o projeto político pedagógico. Campinas, Papirus, 2007.

WEISZ, Telma. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo. Ática, 2002.

ZABALA, Antoni. A prática educativa. Como ensinar. Porto Alegre. Artmed, 1998.

ALEMÃO - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Conhecimentos de língua alemã: Fonética e fonologia; Ortografia; Morfologia: verbos (tempo, modo e voz; verbos auxiliares modais); substantivos, pronomes, artigos, adjetivos, numerais; advérbios; preposições e conjunções; Sintaxe; Subordinação e coordenação.

Didática do alemão como língua estrangeira: Métodos e abordagens de ensino da língua alemã, sua adequação ao Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas e sua relação com os Parâmetros Curriculares Nacionais; aspectos interculturais no ensino de língua estrangeira;

Conhecimentos gerais de cultura da Alemanha, Áustria e Suíça.

Conhecimentos gerais de literatura de expressão alemã.

Sugestões Bibliográficas:

BAUMANN-EISENACK, Barbara; OBERLE, Birgitta. Deutsche Literatur in Epochen. München: Hueber, 1996.

BRASIL, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais, códigos e suas tecnologias. Língua estrangeira moderna. Brasília: MEC, 1999.

DROSDOWSKI, Günther; EISENBERG, Peter. Grammatik der deutschen Gegenwartssprache. Mannheim: Dudenverl., 1995

Entdecke Deutschland, Österreich und die Schweiz. Landeskundefolder. Stuttgart: Klett International, 2007.

FUNK, Hermann. Grammatik lehren und lernen. Berlin: Langenscheidt, 1992.

GLABONIAT et al. (2002): Profile Deutsch. München: Langenscheidt, 2007.

HINTEREDER, Peter Tatsachen über Deustschland. Frankfurt am Main: Societäts-Verl., 2005. Disponível no site: <www.tatsachen-ueber-deutschland.de/de/>

LUSCHER, Renate. Deutschland nach der Wende: Daten, Texte, Aufgaben für Deutsch als Fremdsprache. Ismaning : Hueber, 2001.

NEUNER, G; HUNFELD, H. Methoden des fremdsprachlichen Unterrichts (Fernstudieneinheit 4), München: Langenscheidt, 1993.

ROSENFELD, Anatol. História da literatura e do teatro alemães. São Paulo: Perspectiva; Edusp; Editora da Unicamp, 1993.

WELKER, Herbert Andreas. Gramática alemã Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1992.

ARTES - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Fundamentos históricos, filosóficos e psicopedagógicos da Educação Artística. História do ensino das artes no Brasil. Metodologias e procedimentos pedagógicos, recursos materiais e objetivos do ensino das linguagens da arte na escola.

Conhecimentos específicos das diferentes linguagens da arte: Teatro (Artes Cênicas), Artes Visuais e Música - quanto ao desenvolvimento infantil, à prática específica e a história das artes universal e brasileira, em seus vários períodos até os movimentos contemporâneos.

Sugestões Bibliográficas:

BARBOSA, Ana Mãe (org.), Inquietações e mudanças no ensino da arte. São Paulo: Cortez, 2002.

CÁURIO, Rita. Brasil musical - viagem a jato pelos sons e ritmos populares. 2ª ed. Rio de Janeiro: Art Boureau, 1996.

COSTA, Cacilda Teixeira da. Arte no Brasil - 1950 a 2000 - movimentos e meios. São Paulo: Alameda Casa Editorial, 2004.

HINO NACIONAL BRASILEIRO - www.planalto.gov.br/ccivil03/Constituição/hino. htm

MARTINS, Miriam Celeste, Gisa Picosque, M. Terezinha Guerra. Didática do Ensino da Arte - A Língua do Mundo. Poetizar, fruir e conhecer arte. São Paulo: FTD, 1998.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Parâmetros Curriculares Nacionais: Arte - terceiro e quarto ciclos do ensino Fundamental: Secretaria de Educação Fundamental. Brasília : MEC/SEF, 1998.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias(parte específica Arte). Brasília : Secretaria de Educação Média e Tecnológica/MEC, 1999.

PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Ed. Ática, 1991.

SCHAFER, Murray. O ouvido pensante. São Paulo: UNESP, 1991.

SPOLIN, Viola. Improvisação para o teatro. São Paulo: Ed. Perspectiva,1979.

BIOLOGIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Organização dos Seres Vivos - Teoria celular. Composição química da célula (elementos químicos mais freqüentes, as biomoléculas). Células procariotas / células eucariotas. A Organização Celular - A membrana celular (constituição, transporte de substâncias). O citoplasma (constituição, morfologia e fisiologia das organelas, fotossíntese, respiração e fermentação). O núcleo (a organização dos componentes). O ciclo celular (mitose, meiose). A natureza do material genético (estrutura do DNA, replicação do DNA, transcrição de RNA, síntese de proteínas). Histologia Animal e Vegetal - Tecidos animais (epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso). Tecidos vegetais (condutores e meristemáticos). Seres Vivos - Classificação. Nomenclatura. Reinos. Vírus. Parasitoses (doenças humanas). Anatomia e Fisiologia Animal Comparada - Grandes funções vitais. Estratégias adaptativas a diferentes ambientes. Hereditariedade - Reprodução humana. Gametogênese. Embriologia e histogênese. Genética - Os trabalhos de Mendel (1ª e 2ª Lei de Mendel). Probabilidade aplicada à genética. Genealogias. Polialelia e grupos sangüíneos (ABO, Rh). Gens letais. Interação gênica e herança quantitativa. Ligação gênica. Cromossomos sexuais e herança. Anomalias genéticas. Ecologia - Estudos das comunidades. Fluxo de matéria e energia (cadeias e teias alimentares, ciclos biogeoquímicos). Interação entre os seres vivos na comunidade. Estudos das populações (densidade populacional, potencial biótico, resistência do meio). Agressões à biosfera (poluição, inversão térmica, efeito estufa, chuvas ácidas, camada de ozônio, eutrofização). Evolução - Origem da vida. Teorias evolutivas. Mecanismos de especiação. Evidências da evolução. Genética de populações. Evolução humana.

Sugestões Bibliográficas:

AMABIS, José Mariano e MARTHO, Gilberto Rodrigues. Biologia. Vols 1, 2 e 3. Ed. Moderna, 2005.

FAVARETTO, José Arnaldo e MERCADANTE, Clarinda. Biologia. Vol. Único. Ed. Moderna, 2005.

FROTA-PESSOA, Oswaldo. Biologia. Vols 1, 2 e 3. Ed. Ática, 2005.

JÚNIOR, César da Silva e SASSON, Sezar. Biologia. Vols. 1, 2 e 3. Ed. Saraiva, 2005.

LAURENCE, J. Biologia. Vol. Único. Ed. Nova Geração, 2005

LINHARES, Sérgio e CEWANDSZNAJDER, Fernando. Biologia Hoje. Vol. único. Editora Ática, 2005.

LOPES, Sônia e ROSSO, Sérgio. Biologia. Vol. único. Editora Saraiva, 2005.

PAULINO, Wilson Roberto. Vols. 1, 2 e 3. Ed. Ática, 2005.

PARÂMETROS Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Ministério da Educação. Brasília : Ministério da Educação/Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 1999.

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Ciências no Ensino Fundamental - caracterização da área; fases e tendências dominantes; ciências naturais, cidadania e tecnologia; aprender e ensinar ciências naturais: a experi-mentação; Ciências e métodos científicos; abordagem metodológica de conteúdos; temas e atividades; objetivos gerais, conteúdos e avaliação para o ensino fundamental ; orientações didáticas. O Universo - origem. O Sistema Solar, o Sol como fonte de energia, movimentos da Terra e da Lua e suas conseqüências. Rochas e solos - origem e estrutura da Terra, origem, tipos, composição e modificações das rochas, exploração e conservação do solo, combustíveis fósseis. Ar atmosférico - composição, relações com os seres vivos, poluição do ar, pressão atmosférica e suas variações, ventos, noções básicas de meteorologia. Água - propriedades físicas e químicas, ciclo da água, relações com os seres vivos, poluição da água, purificação da água, tratamento de água e esgoto. Meio Ambiente e Sociedade - conceitos ecológicos, ciclos biogeoquímicos, estudo das populações, interações, cadeias, teias e pirâmides ecológicas, relações entre os seres vivos, reciclagem, energias alternativas, poluição e desequilíbrio ecológico. Seres vivos - Evolução: Lamarck e Darwin, mutação e seleção natural, biodiversidade. Citologia: célula, membrana, citoplasma e núcleo, atividades celulares, reprodução e desenvolvimento. Animais e vegetais: classificação e caracterização geral dos filos, funções vitais, adaptações ao ambiente e representantes mais característicos. Biologia humana - origem e evolução do homem, anatomia e fisiologia humanas, doenças carenciais e parasitárias: métodos de prevenção e tratamento. Saúde no Ensino Fundamental - concepção, objetivos, conteúdos, avaliação, orientações didáticas. Orientação Sexual no Ensino Fundamental - concepção, objetivos, conteúdos, orientações didáticas. Genética - Leis de Mendel, grupos sangüíneos, sexo e herança genética. Fundamentos de Química - estrutura e propriedades da matéria, estrutura atômica, elementos químicos, íons, moléculas, átomos isótopos, isóbaros e isótonos, tabela periódica, misturas e combinações: separação de misturas, reações químicas, óxidos, bases, ácidos e sais. Fundamentos de Física - força, movimento, energia cinética e potencial, gravidade, massa e peso, trabalho e potência, máquinas simples, movimentos ondulatórios, fenômenos luminosos, calor e termodinâmica, estados físicos da matéria e mudanças de estado, eletricidade, magnetismo.

Sugestões Bibliográficas:

ALVARENGA, B. e MÁXIMO, A. Curso de Física. São Paulo: Scipione, 2000.

AMABIS e MARTHO. Biologia - vols 1, 2 e 3. São Paulo: Moderna, 1997.

CRUZ, Daniel. Ciências Educação Ambiental. Vols. O Meio Ambiente, Os Seres Vivos, O Corpo Humano, Química e Física. 18 ed. São Paulo: Ática, 1996.

DELIZOICOV, D. e ANGOTTI, J. Metodologia do Ensino de Ciências. São Paulo: Cortez, 2000.

GASPAR, Alberto. Experiências de Ciências para o Primeiro Grau. São Paulo: Ática, 1992.

GASPAR, Alberto. Física - Volume Único. São Paulo: Ática, 2001.

GEWANDSZNAJDER, F. Coleção Ciências - O Planeta Terra, A Vida na Terra, Nosso Corpo, Matéria e Energia. 2 Ed. São Paulo: Ática: 2004.

HARTWIG, D., SOUZA, E. e MOTA, R. Química - vols 1, 2 e 3. São Paulo: Scipione, 1999.

LINHARES, S. e GEWANDSZNAJDER, F. Biologia Hoje - Programa Completo. São Paulo: Ática, 1999.

MEC - Parâmetros Curriculares Nacionais : Ciências Naturais; Meio Ambiente e Saúde; Orientação Sexual. Brasília : MEC/SEF, 1998.

PERUZZO, T. e CANTO, E. Química - Na Abordagem do Cotidiano - Volume Único. São Paulo: Moderna, 1996.

SARIEGO, J.C. Educação Ambiental: as ameaças ao planeta azul. São Paulo: Scipione, 1995.

VASCONCELLOS, J. e GEWANDSZNAJDER, F. Programa de Saúde, São Paulo: Ática, 1999.

DISCIPLINAS PEDAGÓGICAS - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Fundamentos da Educação: aspectos filosóficos, psicológicos, sociológicos, biológicos e antropológicos. A História do Pensamento Pedagógico Brasileiro: teoria da educação, as diferentes correntes do pensamento pedagógico brasileiro. A Organização da Educação Brasileira: aspectos legais, aspectos políticos; o projeto político pedagógico, planejamento, diagnóstico, pedagogia de projetos, a avaliação e seus diferentes processos. A formação de professores para as séries iniciais do ensino fundamental: realidade atual, avanços e retrocessos. O Professor do Ensino Fundamental na Lei 9394/96. O Papel do professor na sociedade do conhecimento e as novas possibilidades tecnológicas no processo ensino/aprendizagem e no acesso ao conhecimento. Aspectos teóricos e metodológicos da prática escolar, a diversidade na educação. Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem. A Questão da Alfabetização. O currículo, sua estruturação e organização. A democratização da educação e o processo de gestão participativa. A Educação Especial e a Inclusão na Educação. A Educação de Jovens e Adultos

Sugestões Bibliográficas:

ABRAMOVICH, Fanny. Quem educa quem? São Paulo. Summus, 1985.

ALARCÃO, Isabel. Escola reflexiva e nova racionalidade. Porto Alegre, Artmed, 2001.

AQUINO, Júlio (org.). Erro e fracasso na escola. São Paulo. Summus 1997.

BEE, Helen. A criança em desenvolvimento. Trad. Maria Adria Veríssimo Veronese. 7a. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

BELLONI, Maria Luiza. O que é mídia-educação. Campinas. Autores Associados, 2001

BRASIL, Lei n 9394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília. MEC.

BRASIL, Parâmetros curriculares nacionais. Brasília. MEC, 1997.

CANDAU, Vera Maria (org.). Didática, currículo e saberes escolares. Rio de Janeiro, DP& A, 2001.

CARVALHO, Rosita E. Removendo barreiras para a aprendizagem: educação inclusiva. Porto Alegre. Mediação, 2000.

COLL, César. Psicologia e currículo. São Paulo. Ática, 1999.

COLL, César e Cols. Os Conteúdos na Reforma: ensino, aprendizagem de conceitos, procedimentos e atitudes. Porto Alegre. Artmed, 2000.

COLL, César; PALACIOS, Jesus & Marchesi, Álvaro (orgs.). Desenvolvimento Psicológico e Educação: Psicologia da Educação (vol.3) Porto Alegre: ArtMed, 1995.

CONTRERAS, José. A autonomia dos professores. São Paulo. Cortez, 2002.

DELORS, Jacques. A educação para o século XXI: questões e perspectivas. Porto Alegre. Artmed, 2005.

FERNANDES, Alicia. A inteligência Aprisionada. Porto Alegre. Artes Médicas. 1989.

FERREIRO, Emilia. Reflexões sobre alfabetização. São Paulo. Cortez, 1987.

FREIRE, P., Pedagogia da autonomia. São Paulo. Paz e Terra, 1996.

GADOTTI, Moacyr. Uma só escola para todos. Caminhos da autonomia escolar. Petrópolis, Vozes, 2000.

GHIRARDELLI, Paulo. O que é Pedagogia. São Paulo. Brasiliense, 1995.

GIROUX, H. Os professores como intelectuais. São Paulo. Cortez, 2002.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação: mito e desafio. Porto Alegre. Mediação, 2003.

LIBÂNEO, José Carlos, OLIVEIRA, João Ferreira de, TOSCHI, Mira Seabra. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo. Cortez, 2005.

LUCKESI, Cipriano. Avaliação da aprendizagem escolar. São Paulo. Cortez, 2006.

LUCKESI, Cipriano. Filosofia da Educação

OLIVEIRA, Dalila Andrade (org.). Gestão democrática da educação: desafios contemporâneos. Petrópolis. Vozes, 1997.

PEREIRA, Luiz & FORACCHI, Marialice M. Educação e Sociedade. São Paulo. Nacional.

PERRENOUD,Philippe e THURLER, Mônica. As competências para ensinar no século XXI. Porto Alegre. Artmed, 2001.

ROMANELLI, Otaiza de Oliveira. História da Educação no Brasil. Petrópolis. Vozes, 1988.

SANTOS, Mônica P. dos & PAULINO, Marcos M. (orgs.). Inclusão em educação: cultura, políticas e práticas. São Paulo. Cortez, 2006.

SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia. São Paulo. Cortez, 1998.

SAVIANI, Dermeval. A nova lei de educação- LDB: trajetória, limites e perspectivas. São Paulo. Autores Associados, 1997.

VASCONCELLOS, Celso. Para onde vai o professor? Resgate do professor como sujeito de transformações. São Paulo. Liberdad, 2003.

VEIGA, Ilma Passos (org,). Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, Papirus, 1996.

VEIGA, Ilma Passos (org,). Quem sabe faz a hora de construir o projeto político pedagógico. Campinas, Papirus, 2007.

WEISZ, Telma. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo. Ática, 2002.

ZABALA, Antoni. A prática educativa. Como ensinar. Porto Alegre. Artmed, 1998.

EDUCAÇÃO FÍSICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Educação Física e sociedade; fundamentos didático-pedagógicos da educação física; atividade física e saúde; crescimento e desenvolvimento; aspectos da aprendizagem motora; aspectos sócio-históricos da educação física; política educacional e educação física; cultura e educação física; aspectos da competição e cooperação no cenário escolar.

Sugestões Bibliográficas:

ASSIS de OLIVEIRA, Sávio. A reinvenção do esporte: possibilidade da prática pedagógica. Campinas: Autores Associados, 2001.

BRASIL, Secretaria de Ensino Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais 3° e 4° ciclos do Ensino Fundamental: Educação Física. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL, Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio. Brasília: MEC, 1999.

CASTELLANI FILHO, Lino. Política educacional e educação física. Campinas: Autores Associados, 1998.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de educação física. São Paulo: Cortez, 1993.

DAÓLIO, Jocimar. Educação física e o conceito de cultura. Campinas: Autores Associados, 2004.

DARIDO, Suraya Cristina. Educação Física na escola: questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

DARIDO, Suraya Cristina; SOUZA Jr, Osmar Moreira de. Para ensinar educação física. Campinas: Papirus, 2007.

FARIA JUNIOR, Alfredo Gomes de, et al. Pratica de ensino em educação física: estágio supervisionado. Rio de Janeiro, Interamericana, 1982.

FARIA JUNIOR, Alfredo Gomes de, et al. Uma introdução à Educação Física. Niterói: Corpus, 1999.

FREIRE, João Batista. Educação de corpo inteiro. Teoria e prática da educação física. São Paulo: Scipione, 1997.

GALLAHUE, David L.; OZMUN, John C. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. São Paulo: Phorte, 2003.

HILDEBRANT - STRAMANN, Reiner. Textos pedagógicos sobre o ensino da educação física. Ijuí: Unijuí, 2003.

OLIVEIRA, Vitor Marinho de. Consenso e conflito - educação física brasileira. Rio de Janeiro: Shape, 2005.

ESPANHOL - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

O substantivo e o adjetivo: gênero, número e grau. O uso de determinantes do substantivo: o artigo, o demonstrativo e o possessivo. Os pronomes. Os numerais. O emprego do verbo: tempos e modos. Os advérbios e as locuções adverbiais. O uso das preposições e conjunções. O léxico espanhol: as dificuldades específicas dos lusofalantes (heterogenêricos, heterotônicos e heterosemânticos). A unidade e a diversidade da língua espanhola ("dichos, refranes y frases hechas"). Acentuação gráfica. Numerais. Sintaxe da frase.

Sugestões Bibliográficas:

BUITRAGO, Alberto. Diccionario de dichos y frases hechas. Madrid : Espasa Calpe, 1999.

HOYOS, Balbina Lorenzo. Diccionario de Falsos Amigos. São Paulo : Página Aberta, 1992.

JUNCEDA, Luis. Diccionario de refranes. Madrid : Espasa Calpe, 1998.

MATTE BOM, Francisco. Gramática comunicativa del español. Madrid : Edelsa, 1995, 2v.

PARÂMETROS Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Ministério da Educação. Brasília : Ministério da Educação/Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 1999.

REAL ACADEMIA ESPAÑOLA. Diccionario de la lengua española. Madrid : Espasa Calpe, 1995, 2v.

SANCHÉZ, Aquilino & SARMIENTO, Ramón. Gramática Básica del Espanhol - Norma y uso. Madrid : SGEL, 1996.

SECO, Manuel. Diccionario de dudas y dificultades de la lengua española. Madrid : Espasa Calpe, 1994.

SECO, Manuel. Gramática esencial de español. Madrid : Espasa Calpe, 1989.

FILOSOFIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS FILOSÓFICOS (Eixos Temáticos):

Conceituação de Filosofia: A gênese e o conceito de Filosofia. A questão do ser na Antigüidade. Filosofia, Mito, Sofística e Ciências.

Ontologia: As concepções do realismo, do idealismo e do existencialismo. A questão do ser e do ente. Epistemologia: O problema do conhecimento para o racionalismo, o empirismo e o ceticismo. Filosofia da História.

Ética: O bem e a felicidade. Liberdade e determinismo. Deus, mente e corpo. Razão e afetos. Responsabilidade. Política: Estado, sociedade e poder. Regimes e formas de governo. A riqueza e a divisão do trabalho. Público e privado.

Estética: A questão da autonomia da estética. A universalidade do belo. A indústria cultural. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica.

Ensino de filosofia: Educação e Filosofia. História do ensino de filosofia no Brasil. Justificativas e metodologias do ensino de filosofia no nível médio.

Sugestões Bibliográficas:

ADORNO, Theodor e HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Tradução de Guido Antonio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1985.

ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. Tradução de Mauro W. Barbosa de Almeida. São Paulo: Perspectiva, 1997.

ARISTÓTELES. "Arte poética", in A poética clássica. Tradução de Jaime Bruna. São Paulo: Cultrix, 2005.

ARISTÓTELES. "Livro A (primeiro)", in Metafísica. Tradução de Marcelo Perine. São Paulo: Edições Loyola, 2001.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política (Obras escolhidas; v. 1). Tradução de Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

DESCARTES, René. Meditações. Tradução de J. Guinsburg e Bento Prado Junior. Col. Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Tradução de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1999.

HEGEL, G. W. F. "Prefácio", in Fenomenologia do espírito. Tradução de Paulo Meneses. Petrópolis: Vozes, 2000.

HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo - Parte I. Trad. M. Cavalcante. Petrópolis: Ed. Vozes, 1998.

HUME, David. Investigação sobre o Entendimento Humano. Tradução de Anoar Aiex. Col. Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

KANT, Immanuel. "Introdução", in Crítica da razão pura. Tradução de Valerio Rohden e Udo Baldur Moosburger. Col. Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

KANT, Immanuel. "Primeiro livro: analítica do belo", in Crítica da faculdade do juízo. Tradução de Valerio Rohden e António Marques. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

KOHAN, Walter (org). Filosofia: Caminhos para o seu ensino. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos (Terceiro manuscrito). Tradução de José Carlos Bruni. Col. Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

REZENDE, Antonio. Curso de filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed.; Seaf, 1997.

MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Ed., 1997.

NIETZSCHE, Friedrich. Segunda consideração intempestiva. Tradução de Marco Antônio Casanova. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2003.

PARÂMETROS Curriculares Nacionais: Ensino Médio. "Conhecimentos em filosofia", in Parte IV - Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 1999.

PLATÃO. "Livro VII" e "Livro X", in A República. Tradução de Carlos Alberto Nunes. Pará: Universidade Federal do Pará, 1976.

SARTRE, Jean-Paul. O existencialismo é um humanismo. Tradução de Vergílio Ferreira. Col. Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

SOUZA, José Cavalcante (org). Os Pré-Socráticos. Col. Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

SPINOZA. Ética. Tradução de Tomaz Tadeu. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

FÍSICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Introdução - Notações científicas. Algarismos significativos. Operações com algarismos significativos. Ordem de grandeza. Mecânica - Cinemática - Cinemática escalar: posição, variação de posição, velocidade escalar média e num instante, aceleração escalar média e num instante. Movimentos uniformes e uniformemente variados: descrição analítica e gráfica. Movimentos variados quaisquer. Cinemática vetorial: vetor posição em relação a um pólo; vetor variação de posição (vetor deslocamento); vetores velocidades média e num instante; vetores aceleração média e num instante; componentes tangencial e normal (centrípeta) da aceleração. Movimento em queda livre: na vertical, em um lançamento oblíquo e em um lançamento horizontal. Movimento relativo em relação a um referencial em translação em relação a outro referencial fixo; princípio da relatividade galileana; referenciais inerciais. Cinemática do Sistema Rígido: translação; rotação (velocidade angular média e num instante; aceleração angular média e num instante); movimento de rotação uniforme; período e freqüência; movimento de rotação uniformemente variado (descrição analítica e gráfica). Dinâmica - Dinâmica da partícula: as leis de Newton; forças de atrito estático e de deslizamento; dinâmica do movimento de uma partícula em trajetórias retilíneas e curvilíneas. Os grandes teoremas da mecânica; trabalho e energia cinética; potência; teorema da energia cinética; impulso e momento linear; teorema do momento linear (quantidade de movimento). Energia mecânica e sua conservação: forças conservativas e não conservativas; energia potencial gravitacional; forças de origem elástica; energia potencial elástica; energia mecânica; teorema da conservação da energia mecânica. Momento linear e sua conservação: teorema da conservação do momento linear; interações unidimensionais; coeficiente de restituição. Gravitação - As leis de Kepler. Lei da gravitação universal. Aceleração da gravidade. Dinâmica do movimento planetário, segundo Newton, para órbitas circulares. Conservação da energia mecânica no movimento planetário. Estática do sistema rígido - Momento de uma força em relação a um eixo. Centro de massa. Condições de equilíbrio de um sistema rígido. Binário. Teorema das três forças. Tipos de equilíbrio. Máquinas simples em equilíbrio: alavanca (tipos de alavanca), plano inclinado, roldanas fixas e móveis. Associações de máquinas simples. Hidrostática - Pressão. Propriedades dos líquidos. Teorema dos pontos isóbaros. Teorema de Stevin. Experimento de Torricelli. Teorema de Pascal e Teorema de Arquimedes. Termologia - Temperatura e termômetros de líquido: escalas Celsius e Kelvin; escalas arbitrárias. Dilatação térmica: dilatação linear, superficial e volumétrica; como a densidade varia com a temperatura; dilatação anômala da água. Calorimetria: conceito de calor; calor específico de uma substância; capacidade térmica; cálculo do calor sensível; equação fundamental da calorimetria; calorímetros. Mudanças de fase: fusão (franca) e solidificação: suas leis; vaporizações (ebulição) e condensação: suas leis; calor de mudança de fase; cálculo do calor latente; aplicação da equação fundamental da calorimetria em situações em que ocorram mudanças de fase. Gases perfeitos: coordenadas termodinâmicas; equilíbrio termodinâmico; processos quase-estáticos: isobárico, isométrico, isotérmico e adiabático; trabalho num processo; 1ª Lei da Termodinâmica; energia interna de um gás perfeito; análise energética em processos quase-estáticos; 2ª Lei da Termodinâmica; processos cíclicos; ciclo de Carnot; máquinas térmicas e refrigeradores. Óptica Geométrica - Luz: velocidade da luz no vácuo e em meios transparentes. Índice de refração. Reflexão e refração da luz: suas leis. Desvio angular. Refringência e reflexão total. Objetos e imagens reais e virtuais em relação a um sistema óptico. Espelhos planos e esféricos (condições de Gauss). Equações de Gauss e da ampliação linear. Determinação gráfica de imagens. Lentes esféricas e delgadas (condições de Gauss). Equações Gauss e da ampliação linear. Determinação gráfica de imagens. Ondas - Movimento ondulatório - Ondas: conceito de ondas e suas classificações (mecânica e eletromagnética). Ondas mecânicas transversais e longitudinais. Ondas periódicas: período, freqüência e comprimento de onda. Reflexão e refração: suas leis. Superposição e interferência. Ondas estacionárias. Princípio de Huygens. Difração. Som - Ondas sonoras. Características do som. Cordas vibrantes. Tubos acústicos abertos e fechados. Ressonância. Efeito Doppler. Eletromagnetismo - Eletrostática - Carga elétrica e sua conservação. O átomo: prótons, elétrons e neutrons. Transferência de carga. Condutores e isolantes. Tipos de eletrização. Lei de Coulomb. Campo e potencial elétrico de uma carga e de um sistema de cargas pontuais. Campo elétrico uniforme. Campo e potencial elétrico de um condutor em equilíbrio eletrostático. Linhas de força e superfícies eqüipotenciais. Eletrodinâmica - Corrente elétrica em um condutor (sentidos real e convencional). Intensidade da corrente elétrica. Resistores: Lei de Ohm; resistores ôhmicos e não ôhmicos. 1ª Lei de Kirchhoff. Associação de resistores. Potência consumida por um resistor. Curto-circuito. Gráficos tensão-corrente. Geradores: força eletromotriz e resistência interna. Receptores (motores): força contra eletromotriz e resistência interna. Gráficos tensão-corrente. 2ª Lei de Kirchhoff. Circuitos elétricos simples. Galvanômetros: amperímetros e voltímetros. Ligação à terra. Eletromagnetismo - ímãs naturais e suas propriedades. Campo magnético de ímãs. Magnetismo terrestre. O experimento de Oersted. Campo magnético criado por corrente elétrica em um fio e em uma esfera circular. Bobinas. Forças de origem magnética sobre cargas elétricas em movimento. Movimento de partículas carregadas em um campo magnético uniforme. Fluxo magnético. Indução eletromagnética. Leis de Faraday e de Lenz.

Sugestões Bibliográficas:

AMALDI, Ugo. Imagens da Física - curso completo. Scipione: 1995.

BONJOMO e CLINTON. Temas de Física. Editora FTD, 2000.

GASPAR, Alberto. Física. Editora Ática. 1. ed., 2000.

GUIMARÃES, Luiz Alberto e FONTE BOA, Marcelo. Física para o 2º grau. Editora Harbra, 1. ed., 1998.

MÁXIMO, Antonio e BEATRIZ, Alvarenga. Curso de Física. Scipione, 5. ed., 2000.

RAMALHO, NICOLAU e TOLEDO. Os Fundamentos da Física. Editora Moderna, 7. ed., 2004.

FRANCÊS - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Interpretação e compreensão de textos. Modalizadores do discurso. A estruturação de textos: modos e tipos. Coesão e coerência textuais: as relações anafóricas/catafóricas e dêiticas. Articuladores textuais: advérbios, preposições, conjunções, expressões, pontuação. Adequação vocabular: sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos. Sintaxe do verbo. Emprego e valor dos tempos e modos verbais. A concordância dos tempos. Discurso direto e indireto.

Sugestões Bibliográficas:

AZEVEDO, Domingos. Grande Dicionário, Francês-Português. Lisboa: Livraria Bertrand.

BOULARÈS, M. & FÉROT, J.P.L. Grammaire Progressive du Français, niveau avancé Paris: Clé International.

CARVALHO, Olívio de. Dicionário de Português-Francês. Porto: Porto Editora.

CHARAUDEAU. Grammaire du sens et de l'expression. Paris: Hachette.

POISSON-QUINTON, Sylvie & MIMRAN, Reine & MAHÉO-LE COADIC, Michèle. Grammaire Expliquée du Français, niveau intermédiaire. Paris: Clé International.

REY-DEBOVE, Josette & REY, Alain. Le Nouveau Petit Robert. Paris.

GEOGRAFIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

A história do pensamento geográfico - Conceitos, temas e teorias da Geografia. A questão do método e a crítica do conhecimento. Meio ambiente, natureza e pensamento geográfico. A Geografia, os Parâmetros Curriculares e a Cartografia - A Geografia no contexto dos Parâmetros Curriculares (5ª a 8ª Séries): O conhecimento geográfico e sua importância social. Categorias. Objetivos Gerais. Metodologia. Cartografia: os mapas e as visões de mundo - Localização: coordenadas geográficas. Escalas. Projeções. O Espaço Mundial - A Geopolítica Mundial: Da Guerra Fria à nova ordem mundial: do mundo bipolar ao mundo multipolar. As transformações políticas no mundo contemporâneo; blocos econômicos supranacionais; a atual divisão internacional do trabalho. Meio natural, meio técnico e meio técnico-científico-informacional. A era da Globalização. A produção da globalização; a globalização e território na América Latina. Conflitos étnicos atuais, a questão das nacionalidades; movimentos separatistas; terrorismo. O Espaço Industrial: localização das indústrias (fatores determinantes); tipos de indústria; o processo de industrialização nos países pioneiros; grandes potências industriais; os países de industrialização recente e os subdesenvolvidos. Os diferentes modelos de produção industrial. A revolução técnico-científica. A produção mundial de energia e suas diferentes fontes. O Espaço Agrário: as novas relações cidade x campo; os sistemas agrícolas; a agropecuária em países desenvolvidos e subdesenvolvidos. A modernização das atividades agrícolas. Os Espaços Urbano e Regional: as cidades e as metrópoles; urbanização em países desenvolvidos e subdesenvolvidos; rede e hierarquia urbana; megacidades e cidades globais. Segregação no ambiente urbano. Infraestrutura e serviços urbanos. Região e organização espacial. A População e Espaço Geográfico: dinâmica, crescimento, distribuição e estrutura da população; teorias demográficas; migrações internacionais. O Espaço da Circulação: transportes e comunicação no mundo atual. A Geografia das redes.A natureza e sua importância para o homem: Os diferentes componentes do quadro natural (clima, vegetação, relevo, geologia, solos, hidrografia, águas oceânicas). Quadro natural: recursos e aproveitamento econômico. Domínios morfoclimáticos; natureza/questões socioculturais; problemas ambientais urbanos; mudanças ambientais globais e meio ambiente. A natureza da globalização e a globalização da natureza. Impactos das sociedades sobre o meio ambiente. Estratégias de uso e conservação na natureza. O Espaço Geográfico do Brasil - A Natureza do Território Brasileiro: grandes paisagens naturais; geomorfologia, relevo e solos; domínios morfoclimáticos; principais bacias hidrográficas e águas territoriais brasileiras. A Formação territorial do Brasil: A ocupação e a construção do território nacional. A organização do Estado brasileiro. O Brasil e suas diferentes regionalizações. Políticas territoriais. As regiões brasileiras e os contrastes regionais. O Brasil na Economia Global: O Brasil na economia-mundo. O Brasil e o mercado mundial. O Espaço Industrial Brasileiro: O processo de industrialização no Brasil. Concentração e dispersão espacial da indústria; o Sudeste como pólo industrial do país e a desconcentração industrial; as fontes de energia no Brasil. O Espaço Agrário Brasileiro: A produção agropecuária no Brasil; modernização do espaço agrário; as relações de trabalho no campo; a reforma agrária. Conflitos no campo. O Espaço Urbano Brasileiro: A organização do espaço urbano. Hierarquia e rede urbana; funções urbanas; urbanização, favelização, periferização e metropolização; estrutura interna das cidades brasileiras. Problemática socioespacial das metrópoles brasileiras. A questão do trabalho nas cidades: a expansão da economia informal. Segregação nas cidades brasileiras. A População e o Espaço Geográfico Brasileiro: Estrutura da população; dinâmica demográfica. Investimentos e políticas demográficas; distribuição da população pelo território. Migrações. Meio Ambiente: Questões e problemas ambientais no campo e nas cidades. Desenvolvimento urbano e impactos ambientais nas metrópoles brasileiras. A sustentabilidade e a conservação do meio ambiente. O planejamento ambiental no Brasil.

Sugestões Bibliográficas

BECKER, Bertha K. e EGLER, Cláudio. Brasil - uma nova potência regional na economia mundo. Bertrand Brasil. Rio de Janeiro, 1993.

BECKER, Bertha e MIRANDA, Mariana (orgs). A Geografia Política do desenvolvimento sustentável. Editora UFRJ. Rio de Janeiro, 1997.

BECKER, Bertha K. et alii (orgs). Geografia e Meio Ambiente no Brasil. HUCITEC. São Paulo, 1995.

BOLIGIAN, L. e ALVES, A.. Geografia - espaço e vivência. São Paulo: Atual, 2007.

CASSETI, V. Ambiente e Apropriação do Relevo. São Paulo: Contexto, 1991.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. Volume I. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CASTRO, Iná Elias et alii (org). Brasil: questões atuais da reorganização do território. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1994.

CAMARGO, L.H.R. A ruptura do meio ambiente. Bertrand Brasil. Rio de Janeiro, 2005.

CASTRO, I.E., GOMES, P.C.C. e CORRÊA, R.L. (orgs.) Geografia: Conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

CHRISTOFOLETTI, Antonio. Geomorfologia. São Paulo: Edgard Blucher, 2ª ed.1980.

COELHO, M. A.. e TERRA, L.. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Moderna, 2003.

CORRÊA, R. L. O espaço urbano. São Paulo: Ática, 1999.

CORRÊA, R. L. Região e Organização Espacial. São Paulo: Ática, 1986.

CORRÊA, Roberto Lobato. Trajetórias Geográficas. Bertrand Brasil. Rio de Janeiro, 1997.

CUNHA, Sandra Baptista e GUERRA, Antonio José Teixeira (organizadores). Geomorfologia do Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2ª ed. 2001.

DREW, D. Processos interativos Homem-Meio Ambiente. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994.

GEIGER, P.P. As formas do espaço brasileiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

GOMES, P.C.C. A condição urbana: ensaios de geopolítica da cidade. Bertrand Brasil. Rio de Janeiro, 2002.

GOMES, P.C.C. Geografia e modernidade. Bertrand Brasil. Rio de Janeiro, 1996.

GUERRA, Antônio José Teixeira e CUNHA, Sandra Baptista da (organizadores). Geormofologia e Meio Ambiente. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 3a ed. 2000.

GUERRA, Antônio José Teixeira e CUNHA, Sandra Baptista da (organizadores). Geormofologia: uma atualização de bases e conceitos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 4a ed. 2001.

HARVEY, David. A Condição Pós-Moderna. São Paulo, Ed. Loyola, 1992.

IANNI, O. A era do globalismo. 5ª edição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

IBGE. Atlas Geográfico Escolar. Rio de Janeiro: IBGE, 2002.

MAGNOLI, D. e ARAÚJO, R. Geografia: a construção do mundo - Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Moderna, 2005.

MAGNOLI, D. e ARAÚJO, R. Projeto de Ensino de Geografia. Natureza, Tecnologias, Sociedades. Geografia do Brasil. São Paulo: Moderna, 2005.

MAGNOLI, D. e ARAÚJO, R. Projeto de Ensino de Geografia. Natureza, Tecnologias, Sociedades. Geografia Geral. São Paulo: Moderna, 2005.

MAGNOLI, D. O mundo contemporâneo: os grandes acontecimentos mundiais da Guerra Fria aos nossos dias. São Paulo: Atual, 2004.

MEC. Parâmetros Curriculares Nacionais (5ª a 8ª série) - Geografia. Brasília, 1998.

MORAES, A.C.R. Geografia: pequena história crítica. São Paulo: Hucitec, 1991.

MOREIRA, I. O Espaço Geográfico. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Editora Ática, 2002.

MOREIRA, J. C. e SENE, E. Geografia para o ensino médio - Geografia geral e do Brasil - Série Parâmetros. São Paulo: Editora Scipione, 2002.

PORTO-GONÇALVES, C. W. O desafio ambiental. Rio de Janeiro: Record, 2004.

PORTO-GONÇALVES, C. W. A globalização da natureza e a natureza da globalização. Civilização Brasileira. Rio de Janeiro, 2006.

ROSS, J.L.S. Geomorfologia: Ambiente e Planejamento. São Paulo: Contexto, 1990.

ROSS, J. L. S. (org). Geografia do Brasil. São Paulo: EDUSP, 1996.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo; razão e emoção. São Paulo: EDUSP, 2002.

SANTOS, M. Por uma outra globalização - do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2002.

SANTOS M. Técnica, espaço, tempo: Globalização e meio técnico científico informacional, São Paulo, Hucitec, 1994.

SANTOS, M. e SILVEIRA, M. L. O Brasil. Território e Sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SENE, E. e MOREIRA, J. C. Geografia Geral e do Brasil. Espaço Geográfico e Globalização. São Paulo: Scipione, 2006.

SILVEIRA, M. L. (org.). Continente em chamas - globalização e território na América Latina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

SOUZA, M. L. O desafio metropolitano: um estudo sobre a problemática socioespacial nas metrópoles brasileiras. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

SPOSITO, E.S. Geografia e Filosofia: contribuição para o ensino do pensamento geográfico. São Paulo: UNESP, 2004.

TAMDJIAN, J.O e MENDES, I.L. Geografia Geral e do Brasil: estudos para a compreensão do espaço. São Paulo: FTD, 2004.

HISTÓRIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Antiguidade Clássica: o mundo greco-romano. O período medieval: a Alta e a Baixa Idade Média. O mundo Moderno: o antigo Regime e o absolutismo; a expansão européia; os sistemas coloniais na América; o Renascimento; a Reforma Protestante. Brasil: colônia,império e República Velha.A Revolução Industrial; o iluminismo; Ilustração. O Mundo Contemporâneo: Revolução Francesa; Nacionalismo ; Liberalismo ; Imperialismo;1ª Guerra Mundial. A Revolução russa; a crise de 1929-1933.2ª Guerra Mundial; o período entreguerras. Nazismo. Fascismo. A Guerra Fria; O Brasil: Estado Novo. Golpe de 1964 e a nova República. Crise do socialismo. Crise da social democracia. A descolonização afro-asiática; o Oriente Médio.A América Latina no século XX; a nova ordem econômica internacional.Globalização.Neoliberalismo. A 3ª Revolução Industrial. Atualidades do Brasil e do Mundo.

Sugestões Bibliográficas:

ANDERSON, Perry. Passagem da Antiguidade ao Feudalismo. São Paulo: Brasiliense, 2000.

ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado Absolutista. São Paulo: Brasiliense, 1985.

ARAUJO, Maria Celina Soares D'. O Estado Novo. RJ. Jorge Zahar Ed.2000.

CARDOSO, Ciro Flamarion S. Uma Introdução à História. São Paulo: Brasiliense, 1982.

CARDOSO, Ciro Flamarion e BRIGNOLI, Héctor Pérez. História econômica da América Latina. Rio de Janeiro : Edições Graal, 1988.

CARVALHO, José Murilo de. A formação das almas: o imaginário da República no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

CARVALHO, José Murilo de, Cidadania no Brasil:o longo caminho.Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.2001.

CATANI, Afrânio Mendes. O Que é Capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1999.

FALCON, Francisco e RODRIGUES, A. Edmilson, A Formação do Mundo Contemporâneo. A construção do Mundo Moderno XIV ao XVIII. Rio de Janeiro: Campus, 2006.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 2002.

FLORENZANO, Maria Beatriz B. O mundo antigo: economia e sociedade. Série: Tudo é História. Editora Brasiliense : São Paulo, 1986.

FLORENZANO, Modesto, As Revoluções burguesas. Série: Tudo é História. São Paulo, brasiliense, 1981.

FRANCO Jr., Hilário. A Idade Média - o nascimento do Ocidente. São Paulo: Brasiliense, 1986.

GREMAUD, Amaury Patrick et all. Formação Econômica do Brasil. São Paulo: Atlas, 1997.

HOBSBAUM, Eric. A Era das Revoluções: 1789/1848. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

HOBSBAUM, Eric. A Era dos Extremos: o breve século XX 1914-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

HOBSBAUM, Eric. Da Revolução Industrial Inglesa ao Imperialismo. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1979.

HOBSBAUM, Eric. A Era dos Impérios 1875-1914. Rio de Janeiro, Editora Paz e Terra, 1989.

KOSHIBA, Luiz. História: origens, estruturas e processos. SP. Ed. Atual.2000.

KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayse. (org).História do Brasil no Contexto da História Ocidental. SP. ED. Atual.2003.

LESSA, Renato. A Invenção Republicana. São Paulo: Vértice / IUPERJ, 1988.

LINHARES, M. Yedda (org.). História Geral do Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 1990.

MATTOS, Ilmar Rohloff de, O tempo saquarema. São Paulo, HCITEC, 1987.

MELLO, João Manuel Cardoso de.O Capitalismo Tardio. SP. Brasiliense. 1982.

MENDONÇA, Sônia Regina de e FONTES, Virgínia. História do Brasil Recente - 1964-1992. São Paulo: Ática, 1996.

MENDONÇA, Sônia Regina de. Estado e economia no Brasil: opções de desenvolvimento. Rio de Janeiro : Graal, 1985.

MOTA, Carlos Guilherme. História Moderna e Contemporânea. São Paulo: Editora Moderna, 1986.

PEDRO, Antonio; CÁCERES, Florival (org). História Geral. SP. Ed. Moderna.1986.

PRADO, Maria Lígia. O Populismo na América Latina. São Paulo: Brasiliense, 1981.

REIS FILHO, Daniel A., FERREIRA, Jorge e ZENHA, Celeste (org). O Século XX: o tempo das certezas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000. v.I.

REIS FILHO, Daniel A., FERREIRA, Jorge e ZENHA, Celeste (org). O Século XX: o tempo das crises. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000. v.II.

REIS FILHO, Daniel A.; FERREIRA, Jorge e ZENHA, Celeste (org.). O Século XX: o tempo das dúvidas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000. v.III.

SAES, Décio. República da Capital: Capitalismo e Processo Político no Brasil. 1 ed. São Paulo: Boitempo, 2001.

SILVA, Janice Theodoro da. Descobrimentos e civilização. Sâo Paulo: Ática, 1987. (Série Princípios)

SILVA, Sergio. Expansão Cafeeira e Origens da Indústria no Brasil. São Paulo: Alfa Omega, 1981.

STONE, Lawrence, Causas da Revolução Inglesa 1529-1642. São Paulo, EDUSC, 2000.

VIOTTI DA COSTA, Emília. Da Monarquia à República: Momentos Decisivos. 5 ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

INGLÊS - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Métodos e abordagens de ensino da língua inglesa e sua relação com os Parâmetros Curriculares Nacionais - língua estrangeira. Compreensão de textos. Relação texto-contexto. Conceito de gênero textual e de tipo de texto. Verbos: tempo, modo e voz; auxiliares modais; ‘phrasal verbs'. Substantivos, pronomes, artigos, adjetivos, possessivos, numerais. Expressando tempo, maneira e lugar: os advérbios e preposições. Subordinação e coordenação. Coesão. Marcadores discursivos. Discurso direto e relatado. Inglês escrito e falado: contrastes principais.

Sugestões bibliográficas:

Parâmetros Curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua estrangeira. (1998) Secretaria de Educação Fundamental. Brasília. MEC.

http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/pcn estrangeira.pdf

NUTTALL, C. (1996) Teaching Reading Skills in a Foreign Language. London : Heinemann. Parte 3. RICHARDS, J., ROGERS, T., SWAN, M (2001) Approaches and Methods in Language Teaching. Cambridge : Cambridge University Press. 2nd edition capítulos 1 a 5

UR , P. (1996) A Course in Language Teaching: practice and theory. Cambridge : Cambridge University Press. Partes 1, 2 e 3.

Ou HARMER, J. (1997) How to Teach English. London : Longman.

SINCLAIR, J. (Org.) (1990) Collins Cobuild English Grammar. London: Harper Collins.

ITALIANO - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Concepções metodológicas da Língua Italiana. Compreensão escrita em Língua Italiana. Compreensão e interpretação de Textos. Domínio de vocabulário e expressões idiomáticas. Elementos de linguagem: fonéticos­fonológicos, morfológicos, sintáticos e semânticos.

Sugestões Bibliográficas

BALBONI, Paolo E. Le Sfide di Babele. Insegnare le lingue nelle società complesse. Novara: De Agostini, 2006.

BALBONI, Paolo E. & SANTIPOLO, M. ( a cura di) L'italiano nel mondo. Mete e metodi dell'insegnamento dell'italiano nel mondo. Un'indagine qualitativa. Roma: Bonacci,2003.

BECCARIA, Gian Luigi. Per difesa e per amore. La lingua italiana oggi. Milano: Garzanti, 2006.

BUDINI, Paola. Dicionário Italiano-Português. Amici ma non troppo. 2°. ed., Rio de Janeiro: Martins Fontes, 2002.

DARDANO, Maurizio & TRIFONE, Pietro. Grammatica Italiana. Bologna: Zanichelli, 1999.

GABRIELLI, Aldo. Dizionario dei verbi italiani. Milano: Lorsche, 2001.

PAVAN, E. (a cura di). Il lettore di italiano all'estero. Roma: Bonacci, 2005.

PITTANO, Giuseppe. Sinonimi e contrari. Dizionario fraseologico delle parole equivalenti, analoghe e contrarie. Bologna: Zanichelli, 2006.

SENSINI, Marcello. Grammatica della Lingua Italiana. Milano: Mondadori, 1999.

SERIANNI, Luca. Grammatica Italiana. Torino: UTET Università, 2006.

LÍNGUA PORTUGUESA / LITERATURA BRASILEIRA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Compreensão e interpretação de texto. Modos de organização textual: descrição, narração e dissertação.Argumentação. Qualidades do parágrafo e da frase em geral. Unidade, coerência e ênfase. Coesão, concisão, paralelismo sintático e semântico.Coerência e coesão textual. Intertextualidade. Concisão. Clareza. Níveis de linguagem. Valor semântico e emprego dos conectivos. Frase, período e oração.Estrutura sintática da frase; ordem direta e indireta da estrutura frasal. A construção do texto: o parágrafo como unidade de composição; tópico frasal e suas diferentes feições. Como desenvolver o parágrafo. Semântica: o sentido das palavras - adequação vocabular, denotação, conotação, polissemia e ambigüidade. Homonímia, sinonímia, antonímia e paronímia. Generalização e especificação - o concreto e o abstrato. Vocabulário: paráfrase, resumo e ampliação.A norma culta. Ortografia oficial. Pontuação. Acentuação gráfica e sinais diacríticos. Prosódia e ortoepia. Emprego das classes gramaticais. Flexões nominais. Flexão verbal: verbos regulares, irregulares, defectivos e anômalos; vozes verbais, locuções verbais e tempos compostos. Processos de coordenação e subordinação (valores sintáticos e semânticos). Regência nominal e verbal. Crase. Concordância nominal e verbal. Sintaxe de colocação: deslocamento e valor semântico-gramatical - posição do pronome átono. Sintaxe da oração e do período. Estrutura e formação de palavras.

Gêneros literários.O processo literário brasileiro: estilos literários.Periodização da Literatura Brasileira. Gêneros textuais. Funções da linguagem. A narrativa e seus subgêneros. Elementos da narrativa. O poema e suas formas. O Barroco e o Arcadismo. O épico e o lírico. O Romantismo: características principais, autores e obras representativos. A ficção realista/naturalista. O Modernismo: características principais, autores e obras representativos; romance, conto e crônica modernos.

Sugestões Bibliográficas:

ABREU, Antônio Suárez: Curso de redação.11 ed. São Paulo: Ática, 2001.

BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37 ed.Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2000.

BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix.

CÂNDIDO, Antônio. Formação da literatura brasileira. São Paulo: Martins Editora.

COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: 2000.

GARCIA, Othon Moacir. Comunicação em prosa moderna.19 ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2000.

HOUAISS, Antônio.Dicionário Houaiss da língua portuguesa.Rio de Janeiro: Objetiva: 2001.

PLATÃO & FIORIN. Lições de texto: leitura e redação. 4 ed. São Paulo: Ática, 2000.

PLATÃO & FIORIN. Para entender o texto. São Paulo: Ática, 1990.

SACCONI, Luiz Antonio. Nossa gramática.15 ed. São Paulo: Atual Editora, 1999.

MATEMÁTICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Lógica - Sentenças e proposições. O uso de conectivos, a negação, a conjunção e a disjunção. Equivalência de proposições. Proposições condicionais e bicondicionais. Quantificadores. Conjuntos numéricos - Os sistemas de numeração. Números naturais, inteiros, racionais e reais. Conceitos, operações e propriedades. Estimativas com números e aproximações numéricas aplicadas à situações-problema. Progressões - Seqüência. Progressões aritmética e geométrica. Aplicações. Funções - Relações. Par ordenado. Plano Cartesiano. Produto cartesiano. Relações binárias. Relações de equivalência e de ordem. Representação gráfica. Aplicações de funções na resolução de problemas. Domínio, contradomínio, imagem. Sobrejeção, injeção, bijeção, função inversa e função composta. Função constante e função idêntica. Análise das representações gráfica, tabular e algébrica de funções de 1° e 2° graus, polinomiais, trigonométricas, exponenciais e logarítmicas. Equações, inequações e sistemas. Inequação produto e inequação quociente. Estatística - Construção e interpretação de tabelas e gráficos. Inferências e medições com base em amostras. Média, mediana e moda. Variância e desvio padrão. Aplicação de probabilidade e combinatória. Princípio multiplicativo, arranjo, combinação e permutação. Proporcionalidade. Contagem. Razões e proporções. Regra de três simples e composta. Porcentagem e fator de correção. Juros. Matrizes. Sistemas lineares e determinantes - Aplicações de diferentes tipos de matrizes. Determinantes. Operações. Propriedades. Sistemas lineares. Geometria Analítica - Distância entre dois pontos e entre ponto e reta. Divisão de segmentos. Coeficiente angular. Condição de alinhamento. Equações da reta e da circunferência. Posições relativas. Perpendicularidade. Tangência. Lugares geométricos. Elipse. Hipérbole. Parábola. Geometria - Conceitos primitivos e axiomática euclidiana. Medida e forma. Retas. Triângulos, quadriláteros e demais polígonos. Circunferências e círculos. Definições. Aplicações de propriedades geométricas. Construção de modelos geométricos. Representações planas e espaciais em desenhos e mapas. Congruência e semelhança. Sólidos geométricos. Poliedros, prismas, pirâmides. Cilindro, cone e esfera. Ângulos. Definições, aplicações e propriedades. Relações métricas. Perímetros, áreas e volumes. Unidades de medidas de Sistema Internacional. Resolução de problemas - A resolução de problemas como postura metodológica do professor. Construção, equação e interpretação de problemas.

Sugestões Bibliográficas:

PAIVA, Manoel. Matemática: conceitos, linguagem, aplicações. Volumes 1, 2 e 3. São Paulo: Editora Moderna, 2002.

MACHADO, Antonio dos Santos. Matemática no Ensino Médio. Volumes 1, 2 e 3. São Paulo: Editora Atual.

LIMA, Elon Lages e outros. A Matemática do Ensino Médio. Volumes 1, 2 e 3. Coleção do Professor de Matemática. Rio de Janeiro: SBM, 2002.ISBN 85-85818-10-7.

BOYER, C.B., EVES, H. e outros. Coleção Tópicos de história da Matemática para uso em sala de aula. São Paulo: Editora Atual, 1999.

QUÍMICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Aspectos Macroscópicos - Método Científico. Riscos e benefícios da Química. Questões atuais da Química. Elementos e átomos. Compostos e Moléculas. Propriedades físicas. Misturas e substâncias puras. Fenômenos químicos e físicos. Fracionamento de misturas. Unidades de medidas. Estrutura atômica Origens da teoria atômica. Modelos atômicos. Composição e características dos átomos. Elementos químicos. Radioatividade. Radiação eletromagnética. Energia e fótons. Propriedades ondulatórias do elétron. Equação de Planck. Espectros atômicos de raias e Teoria de Bohr. Configuração eletrônica - Camadas, subcamadas, orbitais e spin. O princípio da exclusão de Pauli. Regra de Hund. Paramagnetismo e diamagnetismo. Hibridização de orbitais. Classificação Periódica - Histórico. Leis da Periodicidade. A tabela periódica. Propriedades periódicas. Ligações interatômicas e intermoleculares - Teoria da ligação da valência. Teoria dos orbitais moleculares. Orbitais moleculares. Tipos de ligações químicas. Compostos iônicos, moleculares e metálicos. Geometria molecular. Polaridade das ligações e das moléculas. Determinação de fórmulas dos compostos. Forças intermoleculares. Propriedades dos líquidos. Sólidos metálicos e iônicos. Sólidos moleculares e reticulados. Propriedades físicas dos sólidos. Princípios da reatividade - Reações químicas. Equilíbrio. Propriedades dos compostos em solução aquosa. Ácidos e bases. Equações iônicas. Tipos de reações em solução aquosa. Reações ácido-base. Reações com desprendimento de gás. Cálculos químicos - Grandezas químicas. Estequiometria - Relações ponderais. Análise química. Estequiometria de reações. Funções Inorgânicas - Estrutura, classificação e nomenclatura de compostos inorgânicos. Gases - Propriedades dos gases. Lei dos gases. Misturas gasosas e pressões parciais. Teoria cinética molecular dos gases. Difusão e efusão. Soluções e comportamento das soluções - Classificação. Unidades de concentração. O processo de dissolução. Diluições e misturas. Propriedades coligativas. Lei de Raoult.

Energia, Formas e Unidades - Calor específico e transferência de energia térmica. Energia e mudança de estado. Entalpia. Lei de Hess. Funções de estado. Determinação de entalpia. Energia livre e entropia. Aplicações da termodinâmica. Cinética química - Velocidade. Ordem e molecularidade das reações. Fatores que influenciam nas velocidades das reações. Equilíbrio químico - Constantes de equilíbrio. Princípio de Le Chatelier. Equilíbrio iônico. Lei da diluição de Ostwald. Produto iônico da água - pH e pOH. Solução tampão. Hidrólise. Produto de solubilidade. Eletroquímica - Óxido-redução. Pilhas. Eletrólise. Equação de Nernst. Química orgânica - Conceito, classificação, nomenclatura e propriedades físicas dos compostos orgânicos. Isomeria plana e estereoisomeria. Reatividade das moléculas orgânicas. Mecanismos das reações. Efeito indutivo e mesomérico. Caráter ácido e básico dos compostos orgânicos. Reações orgânicas: substituição, adição, eliminação, oxidação, combustão, redução e polimerização. Petróleo e derivados, Glicídios, Lipídios: glicerídios e cerídios, Aminoácidos e proteínas e Polímeros sintéticos.

Sugestões Bibliográficas:

ALLINGER, N. et al. Trad. Por Alencastro, R. B., Peixoto, J. S. e Pinho, L. R. N. Química Orgânica. Rio de Janeiro: Guanabara Dois S. A., 1985.

ATKINS, P. Físico-Química. vol. 1, 2 e 3. Rio de Janeiro: LTC, 2004.

BRADY, J. E. e HUMISTON, G. E. Química Geral. vol. 1 e 2. Rio de Janeiro: LTC, 1996.

KOTZ, J. C. e TREICHEL, P. J. Química e Reações Químicas. vol. 1 e 2. Rio de Janeiro: Thomson Pioneira, 2005.

PARÂMETROS Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Ministério da Educação. Brasília : Ministério da Educação/Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 1999.

RUSSEL, J. B. Química Geral. vol. 1 e 2. São Paulo: Makron, 1994.

PERUZZO,F.M.e CANTO,E.L. Química na Abordagem do Cotidiano. vol. 1, 2 e 3. São Paulo: Moderna, 2006.

USBERCO,J. e SALVADOR.E. Química. vol 1, 2 e 3. São Paulo: Saraiva, 2005

SOCIOLOGIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Fundamentos teóricos metodológicos. Fato social e ação social. História da sociologia. Principais conceitos: sociedade e individuo; estrutura e função; diferenciação social; Conceito de trabalho: divisão social do trabalho. Estratificação social; dominação social; conflito e mudança social; educação, cultura, linguagem, valores, idéias e ideologias; instituições; comportamentos, racionalidade e irracionalidade; lei moral; carisma; tradição e modernidade; urbanização, cidadania. Principais correntes do pensamento sociológico: funcionalismo, marxismo, sociologia compreensiva, teoria crítica da sociedade. Sociologia no Brasil: cultura brasileira; identidade nacional, estado e poder; estratificação social, dependência e desenvolvimento; movimentos sociais; estado , sociedade e educação; questões relacionadas ao ensino aprendizagem da sociologia. A sociologia e o ensino médio. A sociologia e as novas tecnologias. Exclusão e Inclusão.

Sugestões Bibliográficas:

APAP, Georges & Cols. A construção dos saberes da cidadania. Porto Alegre. Artmed. 2002.

ARENDT, Hannah. A condição humana. Rio de Janeiro. Forense, 1993.

BECKER, Howard S. Métodos de pesquisa em ciências sociais. São Paulo. Hucitec, 1992.

BRASIL. Parecer CNE/CEB n 38/2006. Inclusão obrigatória das disciplinas de Filosofia e Sociologia no currículo do ensino médio. Brasília, MEC, 2006.

CARVALHO, José Murilo. Cidadania no Brasil: o longo caminho. Rio de Janeiro. Civilização Brasileira, 2002.

CASTELS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo. Paz e Terra, 1999.

COSTA, Cristina. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. São Paulo. Moderna, 1997

CUNHA, Luiz Antônio. Educação e desenvolvimento social no Brasil. Rio de Janeiro. Francisco Alves.

DIAS,Maria Luiza. Vivendo em família. São Paulo, Moderna, 1992.

FAORO, Raimundo. Os donos do poder: formação do patronato político brasileiro. Rio de Janeiro, Globo, 1989.

GIDDENS, Anthony. A transformação da intimidade. São Paulo. UNESP, 1999.

HOBSBAWM, Eric. A era dos extremos. São Paulo, Companhia das Letras. 2007.

LEVY, Pierri. Cibercultura. São Paulo, 1999.

SANTOS, Mônica P. dos & PAULINO, Marcos M. (orgs.). Inclusão em educação: cultura, políticas e práticas. São Paulo. Cortez, 2006.

OLIVEIRA, Luiz Fernandes & COSTA, Ricardo César Rocha. Sociologia para Jovens do século XXI. Rio de Janeiro. Ao Livro Técnico, 2007.

OLIVEIRA, Pérsio Santos. Introdução à Sociologia. São Paulo. Ática, 2000.

PEREIRA, Luiz & FORACCHI, Marialice M. Educação e Sociedade. São Paulo. Nacional.

SASTRE, G. Temas transversais em Educação- Bases para uma formação integral. São Paulo. Ática, 1997.

TOMAZI,Nelson. Iniciação à sociologia. São Paulo. Atual. 1993.

ADMINISTRAÇÃO - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Administração Geral: Conceito; o papel dos gerentes; Escolas e Teorias; Empresa e Ambiente; Administração Participativa. Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais: Dimensionamento e Controle de Estoques; Armazenamento; Movimentação; Compras; Distribuição e Transporte. Administração Financeira: Conceito, Valor do Dinheiro no tempo; Orçamento de Capital; Custo de Capital; Estrutura de Capital; Financiamento de Capital de Giro; Demonstrativos Financeiros, Quocientes e Índices de análise. Administração de Produção: Conceito; Planejamento; Analise de Investimentos; Planejamento e Controle de Produção; Controle de Qualidade. Administração de Recursos Humanos: Conceito; Planejamento Estratégico de Gestão de Pessoas; Avaliação do Desempenho Humano; Treinamento; Desenvolvimento de Pessoas e de Organização; Higiene, Segurança e Qualidade de Vida; Avaliação da Função de Gestão de Pessoas.

Sugestões Bibliográficas:

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas. RJ: Elsevier.

DIAS, Marco Aurélio. Administração de Materiais: Uma abordagem Logística. SP: Atlas.

GIACOMONI, James. Orçamento Público. SP: Atlas.

GROPPELLI, A. A. et al. Administração Financeira. SP: Saraiva.

IUDÍCIBUS, Sérgio de, Análise de Balanços. 7a. ed. SP: Atlas.

LEONE. George Sebastião Guerra. Custos: Planejamento, Implantação e Controle.

MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Teoria Geral da Administração. SP: Atlas.

ROCHA, Dúlio. Fundamentos Técnicos da Produção. SP: Makron Books

ANÁLISES CLÍNICAS - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Controle de Qualidade: Garantia da qualidade, técnicas de controle de qualidade, monitoramentos de precisão e exatidão no contexto das análises clínicas. Princípios da instrumentação e organização de laboratório clínico. Biossegurança: Equipamentos de proteção, Descontaminação, esterilização, desinfecção e anti-sepsia, tratamento do lixo, descarte. Prevenção dos acidentes de laboratório, normas e condutas de emergência nos acidentes de laboratório. Bioquímica: Bioquímica humana: Metabolismo de carboidratos, lipídeos e proteínas. Enzimas, aminoácidos e vitaminas. Dosagens bioquímicas no sangue, métodos enzimáticos manuais e automatizados. Eletroforese de proteínas, lipoproteínas e hemoglobina. Imunoeletroforese e cromatografia em análises clínicas. Parasitologia: Métodos de concentração para exame parasitológico de fezes: Faust, Hoffman, Baerman, Ritchie, Stoll, Graham; Identificação de protozoários intestinais, ovos, larvas e formas adultas de helmintos, colheita e métodos de coloração para o exame parasitológico e gota espessa. Identificação de plasmódios e outros hemoparasitas, profilaxia das doenças parasitárias e ciclo evolutivo dos protozoários e helmintos. Imunologia: Princípios de Imunologia, Imunidade inata e adquirida, Imunidade celular e humoral. Sistema HLA, sistema complemento, reações antígeno-anticorpo, reações sorológicas para sífilis, provas sorológicas para doenças reumáticas, provas de aglutinação nas doenças infecciosas, imunoglobulinas, reações de imunofluorescência. Uroanálise: Formação da Urina, colheita, conservantes, exame qualitativo, caracteres gerais, propriedades físicas, exame químico. Elementos anormais e sedimentoscopia, Microbiologia: Infecções virais. Esterilização: métodos físicos, e químicos, princípios e tipos. Coleta de amostras para exames, métodos de coloração, Meios de cultura, condições gerais de preparo, armazenamento. Isolamento e identificação de bactérias de interesse médico. Determinação de sensibilidade das bactérias aos antimicrobianos. Hematologia: Hematopoiese, colheita, anticoagulantes, contagem de leucócitos e plaquetas. Automação em hematologia. Determinação de hemoglobina, de hematócrito e dos índices hematimétricos. Métodos de coloração, contagem de reticulócitos. Interpretação do hemograma, leucograma e alterações dos leucócitos, alterações das hemácias e das plaquetas. Coagulograma completo, princípio dos testes e suas aplicações diagnósticas. Princípios de imuno-hematologia: sistemas eritrocitários e provas utilizadas em hemoterapia clínica.

Sugestões Bibliográficas:

CARLI, Geraldo Attilio de. Parasitologia Clínica. Editora Atheneu - 2° edição. São Paulo.

EDWARD R. ASHWOOD, Carl A. Burtis. Tietz Fundamentos de Química Clínica. Editora Elsevier. São Paulo.

HENRY, John Bernard. Diagnósticos Clínicos e Tratamento por Métodos Laboratoriais. Editora Manole LTDA - 20 º edição. São Paulo.

LEHNINGER, Albert L.éster. Princípios de Bioquímica. Editora Sarvier LTDA - 4 º edição. 2004. São Paulo.

REY, Luis. Parasitologia: Parasitos e Doenças Parasitárias do Homem nos Trópicos Ocidentais. Guanabara Koogan. 4° edição. Rio de Janeiro.

TEIXEIRA, P. & Valle, S. Biossegurança: Uma abordagem Multidisciplinar. Editora FIOCRUZ. 1996. Rio de Janeiro.

ARQUITETURA

Desenho de Arquitetura: Escalas, formatos, símbolos e convenções. Normas da ABNT. Elementos básicos do projeto: Plantas, cortes e fachadas. Projeto de Arquitetura: Fases e etapas de desenvolvimento do projeto. Adequação do edifício às características geoclimáticas do sítio e do entorno urbano. Projeto urbanístico: Desenho urbano. Redes de infra-estrutura urbana, circulação viária, espaços livres, percursos de pedestres. Renovação e preservação urbana. Loteamentos, remembramento e desmembramento de terrenos. Projeto paisagístico: Conceitos de composição em paisagismo. Paisagem urbana. Paisagismo de jardins e grandes áreas. Arborização urbana, equipamento e mobiliário urbanos. Sistemas prediais de redes: redes hidráulicas, sanitárias e elétricas. Elementos da construção: Fundações, estruturas, paredes e revestimentos. Arquitetura contemporânea: Antecedentes históricos, cenários mundial e brasileiro. Meio ambiente: fatores condicionantes. Dados geoclimáticos e ambientais. Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências. Levantamentos: Noções de topografia, levantamento arquitetônico e urbanístico. Patrimônio arquitetônico: Áreas de proteção. Preservação de conjuntos. Tombamentos.

Sugestões Bibliográficas:

ABNT. Representação de projetos de arquitetura. NBR 6942.

ABNT. Elaboração de projetos de edificações - arquitetura. ABNT 13531.

ABNT. Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências a edificações, espaço mobiliário e equipamentos urbanos. NBR 9050.

BENEVOLO, Eduardo. Historia de la Arquitectura Moderna. Editorial Gustavo Gili S.A., 2ª ed., 1974.

BORGES, Alberto de Campos. Topografia aplicada à engenharia civil. São Paulo: Editora Edgar Blücher Ltea, 1992, 2 vols.

BRUAND, Yves. Arquitetura Contemporânea no Brasil. São Paulo: Editora Perspectiva S.A, 1981.

CARDÃO, Celso. Técnica da Construção. vols. I e II. Belo Horizonte: Edições Engenharia e Arquitetura, 1983.

CHAVES, Roberto. Manual do Construtor . Rio de Janeiro: Editora Tecnoprint Ltda., 1979.

LEI FEDERAL nº 6766.

CREDER, Hélio. Instalações Hidráulicas e Sanitárias. Rio de Janeiro e São Paulo: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A, 1991.

CREDER, Hélio. Instalações Elétricas. Rio de Janeiro e São Paulo: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A, 2000.

MASCARÓ, Juan. Desenho Urbano e Custos de Urbanização. Brasília: MHU, 1987.

MONTENEGRO, Gildo A. Desenho Arquitetônico. São Paulo: Editora Edgar Blücher Ltda., 1978.

PIANCA, João Baptista. Manual do Construtor. Porto Alegre: Editora Globo, 1976, 5 vols.

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Noções básicas sobre as Ciências Humanas. Visão crítica da cultura. Noções básicas de teoria da comunicação. Conhecimento das diferentes áreas da Comunicação Social (jornalismo, publicidade, rádio, televisão, fotografia, cinema, internet, editoração e assessoria de imprensa) e de suas linguagens específicas. Noções básicas de técnicas para criação, produção e edição de produtos culturais em meios impressos, audiovisuais e digitais. Noções básicas de história da comunicação no Brasil.

Sugestões Bibliográficas:

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. "A indústria cultural". In. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1985.

BARTHES, Roland. O óbvio e o obtuso. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

BENJAMIN, Walter. "A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica". In. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BUCCI, Eugênio. Sobre ética e imprensa. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

CANDIDO, Antonio. "Literatura e cultura de 1900 a 1945". In. Literatura e sociedade. São Paulo: T. A. Queiroz, 2000.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

ECO, Umberto. "Cultura de massa e ‘níveis' de cultura". In. Apocalípticos e integrados. São Paulo: Perspectiva, 1998.

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS. Manual nacional de assessoria de imprensa. Rio de Janeiro: CONJAI, 1994.

FOLHA DE SÃO PAULO (JORNAL). Manual geral da redação. São Paulo: Folha de São Paulo, 1987.

FREITAG, Barbara. A teoria crítica ontem e hoje. São Paulo: Brasiliense, 2004.

GARCIA, Othon M. Comunicação em prosa moderna: aprenda a escrever, aprendendo a pensar. Rio de Janeiro: FGV, 1978.

LAGE, Nilson. Linguagem jornalística. São Paulo: Ática, 2001.

LÉVI-STRAUSS, Claude. "Raça e história". In. Raça e ciência I. São Paulo: Perspectiva, 1970.

MATTELART, Arman; MATTELART, Michèle. História das teorias de comunicação. São Paulo: Edições Loyola, 1999.

MORAES, Dênis de. O planeta mídia: tendências da comunicação na era global. Campo Grande: Letra livre, 1998.

PIGNATARI, Decio. Informação. Linguagem. Comunicação. São Paulo: Perspectiva, 1968.

SODRÉ, Muniz. Reinventando a cultura. Petrópolis: Vozes, 1999.

SODRÉ, Nelson Werneck. A história da imprensa no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1966.

CONSTRUÇÃO CIVIL - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Serviços preliminares - Levantamentos Topográficos; Estudos Geotécnicos; Cronogramas; Orçamentos; Padronização de Plantas e Croquis. Movimento de terras - Cortes e aterros. Materiais de Construção - Concreto Simples; Concreto Armado; Argamassas; Materiais Cerâmicos; Materiais Betuminosos; Madeira; Aço. Técnicas da Construção - Sistemas de Fundações; Sistemas de Piso; Sistemas de Paredes; Sistemas de Cobertura; Portas e Janelas. Instalações Elétricas. Instalações Hidráulicas Prediais - Instalações de Água Potável; Instalações de Esgotos Sanitários e de Águas Pluviais; Tecnologia dos Materiais de Instalações Hidráulicas e Sanitárias. Sistemas Urbanos de Hidráulica Aplicada - Sistemas de Abastecimento de Água; Sistemas de Esgoto Sanitário; Sistemas de Água Pluvial.

Sugestões Bibliográficas:

AZEVEDO NETTO, José Martiniano, Manual de Hidráulica. Ed. Edgard Blucher Ltda.

AZEREDO, Hélio Alves. O Edifício até sua Cobertura. Ed. Edgard Blucher Ltda.

AZEREDO, Hélio Alves. O Edifício e seu Acabamento. Ed. Edgard Blucher Ltda.

CARDÃO, Celso. Técnica da Construção. Ed. Engenharia e Arquitetura.

CHING, Francis, ADAMS, Cassandra. Técnicas de Construção Ilustradas. Ed. Bookman.

CREDER, Hélio. Instalações Elétricas. Livros Técnicos e Científicos Ed. S. A.

CREDER, Hélio. Instalações Hidráulicas e Sanitárias. Livros Técnicos e Científicos Ed. S. A.

CREDER, Hélio. Manual do Instalador Eletricista. Livros Técnicos e Científicos Ed. S. A.

ESPARTEL, Lelis. Curso de Topografia. Ed. Globo.

MACINTYRE, A. J., Instalações Hidráulicas. Ed. Guanabara.

NORMAS TÉCNICAS DA ABNT.

PETRUCCI, Eládio G. Concreto de Cimento Portland. Ed. Globo.

PETRUCCI, Eládio G. Materiais de Construção. Ed. Globo.

CONTABILIDADE - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Contabilidade: Conceito; Campo de Aplicação; Finalidade; Princípios; Escrituração; Avaliações de Ativos e Passivos; Métodos de Avaliação de Investimentos; Equivalência patrimonial; Demonstrações Contábeis - Estrutura, Composição e Elaboração; Consolidação das Demonstrações; Fusão, Cisão e Incorporação. Alterações da Lei 11.638/07; Análise das Demonstrações Contábeis: Vertical, Horizontal, Índices e Quocientes. Custos: Gastos - Custo, Despesa e Perda; Classificações de Custos e de Despesas; Custos Primário, de Transformação e de Produtos Fabricados; Custeios por Absorção; Variável e ABC; Análise de Custo x Volume x Lucro; Margem de Contribuição; Ponto de Equilíbrio; Formação de Preço com base no Custo.

Sugestões Bibliográficas:

IUDÍCIBUS, Sérgio de, et al, Manual de Contabilidade das Sociedades por Ações (Aplicável às demais Sociedades) / FIPECAFI. SP: Atlas.

IUDÍCIBUS, Sérgio de, Análise de Balanços. SP: Atlas.

LEONE. George Sebastião Guerra. Custos: Planejamento, Implantação e Controle. SP: Atlas.

MATARAZZO, Dante C, Análise Financeira de Balanços. SP: Atlas.

SÁ, Antonio Lopes de, et al. Dicionário de Contabilidade. 10a. ed. SP: Atlas.

SILVA, Lino Martins da, Contabilidade Governamental: um enfoque administrativo. SP Atlas.

SZUSTER, Natan, et al. Contabilidade Geral. SP: Atlas.

DESENHO E TOPOGRAFIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Desenho técnico. Conhecimento básico dos meios de expressão e representação de projetos de arquitetura e urbanismo. Familiarização com os instrumentos, meios e materiais utilizados para expressão e representação. Normas e convenções (ABNT e DIN). Linhas, texturas, desenhos de projeto, projeto de execução, detalhes. Normalização das pranchas, escalas gráficas, selo e indicações de apoio à leitura de projetos. Modelos reduzidos. Plantas, cortes e fachadas. Coberturas. Geometria Descritiva. Estudo de pontos, retas e planos. Interseções entre planos e retas e entre planos. Métodos descritivos: mudanças de planos e rebatimentos. Superfícies de revolução: cilindro, cone, esfera, toro, parabolóides, hiperbolóides, elipsóides e helicóides. Perspectiva. Conceitos fundamentais de perspectiva. Sistema Mongeano. Processo de construção da perspectiva cônica. Perspectiva cavalera e axonométrica. História da Arte. Elementos e conceitos básicos para a compreensão do fenômeno artístico no contexto cultural dos diferentes períodos históricos. Manifestações artísticas da Pré-História e dos povos da Antigüidade, o mundo clássico Greco - Romano. Arte na Idade Média. Renascimento, Maneirismo, Barroco, Rococó e Neoclassicismo. Impressionismo. Topografia: Norte verdadeiro e magnético. Ângulos horizontais, Ângulos verticais, Coordenadas polares e retangulares Curvas de nível. Métodos de Levantamento planialtimétricos. Interpretação de plantas. Plano de locação, métodos de locação, Locação de planos horizontais

Sugestões Bibliográficas:

ALMEIDA SOBRINHO, A. S. Topografia. UFRJ, Rio de Janeiro, 1988.

BAZIN, G. História da arte: da pré-história aos nossos dias. São Paulo : Difusão Européia do Livro ; Lisboa : Bertrand, 1953.

CHIGIR, M. Curso de desenho de perspectiva exata. Gráfica editorial, 1980.

CLAUDI, C. Manual de perspectiva. Barcelona: Gustavo Gili, 1925.

GAMBRICH, E.H. História da arte. Rio de Janeiro : BLTC, 1981. 654 p.

GIANAZZA, G. A perspectiva. Rio de Janeiro : Ediouro, 1983.

LACOURT, H. Noções e fundamentos de geometria descritiva. Rio de Janeiro, Ed. Guanabara Koogan, 1995.

MONTENEGRO, G. Desenho arquitetônico para cursos técnicos de 2o grau e faculdades de arquitetura. Ed. Edgard Blucher, São Paulo, 1985.

NORMAS TÉCNICAS DA ABNT

OBERG, L. Desenho arquitetônico. 22 ed. Rio de Janeiro, Livro Técnico, 1983.

PRINCIPE JÚNIOR, A. R.. Noções de Geometria Descritiva. vol. 1 e 2. Ed. Nobel, 33ª edição, 1982.

ROCHA, A. F. Tratado teórico e prático de topografia. 1970.

RODRIGUES, J.C. Topografia. Livros Técnicos e Científicos, Rio de Janeiro, 1979.

DIREITO E LEGISLAÇÃO - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Introdução ao Estudo do Direito: Objeto e finalidade. O Direito e as ciências afins. O Mundo Ético. Direito e Moral. Estrutura e validade da norma jurídica. Fontes do Direito. Fatos e Atos Jurídicos. Relação Jurídica. Sujeito de Direito e personalidade jurídica. Interpretação do Direito. Divisão do Direito.

Noções de Direito Constitucional: Da Constituição: conceito, objeto, elementos e classificação. Aplicabilidade e interpretação das normas constitucionais. Princípios fundamentais constitucionais. Poder constituinte: poder constituinte originário e derivado; limites ao poder de emenda. Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais; direitos sociais. Das garantias constitucionais. Direito de nacionalidade: espécies, formas de aquisição e perda da nacionalidade; tratamento diferenciado entre brasileiro nato e naturalizado. Direitos políticos: direito de voto, elegibilidade e direitos políticos negativos. Organização do Estado e dos poderes: Organização político-administrativa; União, Estados, Municípios e Distrito Federal; repartição de competências. Poder Legislativo: Congresso Nacional, suas casas legislativas e funções; comissões parlamentares de inquérito, Tribunais de Contas. Processo legislativo: conceito, classificação; processo legislativo ordinário e espécies normativas. Poder Executivo: Presidente e Vice-Presidente da República; modo de investidura e posse no cargo de Presidente da República; Ministros de Estado. Poder Judiciário: órgãos, composição dos Tribunais; funções e garantias do Poder Judiciário. Ministério Público: posicionamento constitucional, princípios, funções e garantias do Ministério Público. Ordem Social: Seguridade Social; Educação, Cultura e Desporto.

Noções de Direito Administrativo: Fontes e Princípios Administrativos. Organização Administrativa Brasileira: a função administrativa, estrutura da administração direta, desconcentração e descentralização administrativa. Entidades da Administração Indireta: autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista. Órgãos Públicos: conceito e classificação. Poderes e Deveres do Administrador Público. Poderes administrativos. Atos Administrativos: conceito, elementos constitutivos, atributos, classificação, espécies, atos vinculados e atos discricionários, formas de extinção. Serviços Públicos: competência, classificação, princípios setoriais; execução direta e indireta. Servidores Públicos: normas constitucionais; regime jurídico, cargos públicos; espécies, formas de provimento e vacância; acesso aos cargos, empregos e funções públicas; estabilidade, aposentadoria, pensão e responsabilidade funcional. Domínio Público: conceito, classificação e uso dos bens públicos; características e espécies.

Noções de Direito Civil: Da lei: conceito e características; da elaboração; vigência; cessação da eficácia; classificação; aplicação da lei no tempo e no espaço; interpretação das leis. Das Pessoas: noção de pessoa; pessoas físicas: começo e fim da pessoa; capacidade jurídica e capacidade de fato, absoluta e relativamente incapazes; emancipação, da individualização das pessoas; direitos da personalidade; ausência; pessoas jurídicas: conceito; elementos; classificação; domicílio; das pessoas jurídicas de direito privado: início; sociedades e associações; das Fundações. Bens: classificação; espécies. Fato jurídico: conceito e classificação; negócio jurídico: manifestação de vontade; classificação; da inexistência, nulidade e anulabilidade dos negócios jurídicos; defeitos dos negócios jurídicos; modalidades; prescrição e decadência.

Noções de Direito Penal: Introdução ao Direito Penal: conceito; características. Fontes do Direito Penal e lei penal. Aplicação da Lei Penal. Fato Típico. Antijuridicidade. Culpabilidade. Concurso de Pessoas. As penas. Crimes em espécie.

Noções de Direito Tributário: Normas gerais de direito tributário: conceitos e espécies de normas tributárias, vigência, aplicação, interpretação, integração. Princípios constitucionais tributários: legalidade, igualdade, capacidade contributiva, irretroatividade, proibição de confisco, anualidade e anterioridade. Princípios que regem a função do fisco. Relação jurídica tributária: conceito, natureza, relação jurídica tributária material e formal. Obrigação tributária: fato gerador da obrigação tributária; conceito, subsunção, espécies; elemento objetivo do fato gerador; aspecto material, temporal e quantitativo; elemento subjetivo do fato gerador; sujeito ativo, passivo, solidariedade, capacidade tributária, domicílio tributário, contribuinte e responsável tributário. Crédito tributário: conceito. Constituição: o lançamento: características, eficácia, efeitos, atributos, princípios e modalidades do lançamento. Suspensão: conceito, moratória, depósito, reclamações e recursos administrativos, liminares em mandado de segurança e em outras demandas. Extinção: pagamento e suas modalidades; imputação, consignação, pagamento indevido, compensação, transação, remissão; prescrição e decadência. Exclusão: conceito, isenção, natureza, classificação, princípios, direitos fundamentais, renúncias de receita, interpretação e revogação das isenções, anistia. Garantias do crédito tributário: conceito, privilégios, preferências. Fiscalização do crédito tributário. Sistema tributário nacional: conceito, classificação, princípios gerais; competência tributária; limitações ao poder de tributar. Os tributos: conceito, classificação; impostos federais, estaduais e os municipais; especificidades e princípios inerentes a cada imposto; taxas: conceito, requisitos constitucionais, princípios e espécies; contribuição de melhoria: fundamentos, conceito e elementos do fato gerador; contribuições sociais.

Noções de Direito de Empresa: A empresa e o empresário; o empresário individual; requisitos para a aquisição da condição jurídica de empresário, os legalmente impedidos de exercer a atividade de empresário; natureza do registro; o empresário regular. As sociedades: As pessoas jurídicas de direito privado; conceito; espécies de sociedades; definição; adoção da forma de sociedade por ações; sociedade que exerce atividade rural; efeitos da aquisição da condição de empresária pela sociedade; tipos societários; classificação das sociedades; sociedade unipessoal; sociedade entre cônjuges. Personalidade Jurídica das sociedades: aquisição e efeitos. Sociedade Simples: origem, constituição; obrigação e direitos dos sócios; administração, responsabilidade dos sócios pelas dívidas sociais; da resolução da sociedade em relação a um sócio. Sociedade Limitada: evolução, característica; número de sócios e capital; nome empresarial; constituição; alteração do contrato social; natureza jurídica; a cota social; o sócio cotista; dissolução da sociedade; a administração da sociedade; conselho de administração; deliberações sociais. Transformação, incorporação, fusão e cisão das sociedades. Estabelecimento Comercial: noção; designações; natureza; elementos; negociabilidade. Nome Empresarial: conceito; espécies; princípios; alienabilidade; proteção. O registro de Empresas. Livros Empresariais: obrigatórios, facultativo e fiscais.

Sugestões Bibliográficas:

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil.

______ . Código Civil Brasileiro.

______ . Código Penal Brasileiro.

_______ . Código Tributário Nacional.

REALE, Miguel. Lições preliminares de direito. 27ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

PEREIRA, Caio Mário da Silva. Instituições de direito civil. 22ed Rio de Janeiro: Forense, 2008

MORAES, Alexandre de. Direito Constitucional. 3ed. São Paulo: Atlas, 2006.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 18ed. São Paulo: Atlas, 2005.

MADEUS, Diógenes. Legislação de Direito Administrativo 2008. 3ed. São Paulo: Rideel, 2008.

TORRES, Ricardo Lobo. Curso de Direito Financeiro e Tributário. 13ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2006.

MIRABETE, Julio Fabbrini. Manual de Direito Penal Parte Geral - vol 1. 24ed. São Paulo: Atlas, 2007.

CAMPINHO, Sérgio. O Direito de Empresa à Luz do Novo Código Civil. 9ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2008.

COELHO, Fábio Ulhôa. Manual de Direito Comercial. 20 ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

ELETRÔNICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONCEITOS BÁSICOS DE CIRCUITOS ELÉTRICOS: Resistores, capacitores e indutores. Leis de Kirchoff. Equivalentes Thevenin e Norton. Teorema da superposição. Circuitos elétricos com capacitores e indutores. Constante de tempo de carga e descarga de circuitos. Valor médio e valor eficaz. ELETRÔNICA LINEAR BÁSICA: Diodo e Zener. Circuitos básicos com diodo e zener. Ceifadores. Diodo como chave. Retificadores e conversores AC-DC. Reguladores de tensão. Transistor de junção e FET. Circuitos de polarização. Análise AC: modelo para pequenos sinais, papel dos capacitores. Amplificadores básicos. Acoplamento de fonte de sinal e carga. Excursão de sinal. Amplificadores operacionais: aplicações básicas, integradores, diferenciadores e comparadores. Instrumentos de medições e medidas em circuitos. ELETRÔNICA DIGITAL BÁSICA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES: Sistemas de numeração. Portas lógicas. Álgebra booleana e minimização. Circuitos lógicos básicos síncronos e assíncronos. Multivibradores. Organização de computadores: conceitos de unidade central de processamento, memória, barramentos e dispositivos periféricos e ciclo de instrução de máquina.

PRINCÍPIOS BÁSICOS DE TELECOMUNICAÇÕES: Conceitos básicos de transmissão de sinais. Meios guiados e não guiados. Características de transmissão sem fio. Sistema telefônico e técnicas de multiplexação. Modulação. Modems. Transmissão digital: codificações com paridade, Hamming e CRC.

Sugestões Bibliográficas:

CLOSE, Charles M. Circuitos Lineares. Vol. 1 e 2. Livros Técnicos e Científicos Editora, 1975 (ou superior).

SEDRA, Adel S.; SMITH, Kenneth C. Microeletrônica. 5a. ed. Pearson Education do Brasil, 2007.

BOYLESTAD, Robert L.; NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 8a. ed. Pearson Education do Brasil, 2004.

MALVINO, Albert P. Eletrônica. Vol. 1 e 2. Makron Books do Brasil, 1987 (ou superior).

MILLMAN, Jacob; HALKIAS, Christos C. Eletrônica: Dispositivos e Circuitos. Vol 1 e 2. McGraw-Hill do Brasil, 1981 (ou superior).

TAUB, Hebert; SCHILLING, Donald. Eletrônica Digital., MacGraw-Hill do Brasil, 1982.

Bartee, Thomas C. Fundamentos de Computadores Digitais. Guanabara Dois, 1980.

Tanenbaum, Andrew S. Structured Computer Organization. 4a. ed. Prentice-Hall, 1999.

Tanenbaum, Andrew S. Rede de Computadores. 3a. ed. Campus, 1997 (ou superior).

ELETROTÉCNICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Princípios básicos de eletricidade - Carga elétrica, Campo Elétrico, Diferença de potencial, Corrente elétrica, Fontes de eletricidade, Lei de Ohm, Resistência elétrica, Potência elétrica. Circuitos elétricos em corrente contínua - Leis de Ohm. Circuitos série, Circuito paralelo, Circuitos série e paralelo,Tensão e corrente em série e paralelo. Divisão de corrente e tensão. Condutância. Leis de Kirchoff e Cálculo de redes - Leis de Kirchoff para tensão e corrente: nós e malhas. Redes em Y e em delta. Superposição. Teoremas de Norton e Thevenin. Circuitos série / paralelo. Ponte de Wheatstone. Medidas elétricas - Galvanômetro de Bobina Móvel; Amperímetro; Voltímetro; Medida de Resistência; Ohmímetro Série. Eletromagnetismo - Materiais magnéticos. Grandezas magnéticas. Curva de magnetização BH. Circuitos magnéticos. Cálculos de Circuitos Magnéticos, Perdas por Histerese e Correntes Parasitas em Materiais Ferromagnéticos, Indução magnética. Capacitância e indutância - Capacitância, Capacitores série e paralelo. Cálculo da capacitância em função da geometria e do dielétrico. Indutância. Cálculo de Indutância, Unidades. Circuitos elétricos com capacitores e indutores, RC, RL e RLC, Correção do Fator de Potência. Fundamentos de Conversão Eletromecânica de Energia- Torque Eletromagnético, Tensões induzidas. Máquinas de corrente contínua - Gerador de Tensão Ideal; Gerador de Tensão Real; Máxima Transferência de Potência; Associação de Geradores de Tensão Série e Associação de Geradores de Tensão em Paralelo; Gerador de Corrente Ideal; Gerador de Corrente Real; Equivalência entre Gerador de Tensão e Gerador de Corrente; Construção de Gerador de Corrente; máquinas CC simples. Enrolamentos da armadura. Reação da armadura. Comutação. Excitação do campo. Circuitos equivalentes. Equações. Regulação de tensão; Perdas e eficiência. Máquinas enrolamento série. Máquinas enrolamento paralelo. Máquinas compostas. Velocidade de motores CC. Princípios da corrente alternada - Ondas senoidais. Análise gráfica e matemática do sinal senoidal; Corrente alternada. Freqüência e período. Representação com Números Complexos; Operações com diagrama fasorial e números complexos. Relações de fase; fasores. Diagrama fasorial. Valor eficaz. As reatâncias indutivas e capacitivas. Máxima transferência de potência. Teorema da Superposição, Transformação de delta-estrela e estrela-delta. Circuitos Ponte, Potência e fator de potência, correção de fator de potência, wattímetros. Máquinas de corrente alternada - Máquinas monofásicas e trifásicas. Motores de indução trifásicos - campo magnético girante, escorregamento, perdas e eficiência, circuito equivalente, características de torque-velocidade; Geradores Síncronos Trifásicos - Geração da tensão trifásica, Análise linear pelo método geral, Potência, perdas, eficiência, operação em paralelo de geradores síncronos. Transformadores - Transformador ideal. Circuito equivalente. Perdas e eficiência, regulação de tensão, indutância mútua, Razão de transformação. Razão de Impedância. Convenção de pontos e Polaridade de Bobinas. Autotransformador. Sistemas trifásicos - Geração de tensão trifásica, ligações em estrela e em triângulo, seqüência de fase, cargas equilibradas, ligações entre transformadores trifásicos. Potência em cargas trifásicas equilibradas. Medição de potência trifásica.

Sugestões Bibliográficas:

ALBUQUERQUE, RÔMULO O. Análise de Circuitos em Corrente Contínua. Editora Érica

ALBUQUERQUE, RÔMULO O. Análise de Circuitos em Corrente Alternada. Editora Érica

CAVALCANTI, P. J. M. - Fundamentos de Eletrotécnica. Biblioteca Técnica Freitas Bastos.

DEL TORO, Vincent - Fundamentos de Máquinas Elétricas. Livros Técnicos e Científicos Editora

EDMINISTER, J. A. Circuitos Elétricos. Ed. McGraw-Hill.

GUSSOV, Milton - Eletricidade Básica. Schaum McGraw Hill.

MALLEY, John O - Análise de Circuitos. Schaum McGraw Hill

NAVY, U. S. - Curso Completo de Eletricidade Básica. Ed Hemus

ENFERMAGEM - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Anatomia Humana. Histologia. Bioquímica. Microbiologia e Imunologia. Parasitologia. Fundamentos de Enfermagem. Enfermagem em Saúde Coletiva. Enfermagem Médico-Cirúrgica. Enfermagem na Saúde da Mulher. Enfermagem na Saúde da Criança e do Adolescente. Enfermagem em Saúde Mental. Enfermagem no Cuidado ao Paciente Crítico. Ética Profissional. Processo de Enfermagem. Administração de Unidades de Enfermagem.

Sugestões Bibliográficas:

ALFARO-LEFEVRE, Rosa linda. Aplicação do Processo de Enfermagem: promoção do cuidado colaborativo. Porto Alegre: Artmed. 5ª ed. 2005.

ALMEIDA, FAbiane de Amorim. SABATÉS, Anna Llonch (orgs.). Enfermagem Pediátrica: a criança, o adolescente e sua famíia no hospital. São Paulo: Manole. 2007

BRANDEN, Pennie Sessler. Enfermagem Materno-Infantil. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso. 2ª ed. 2000.

CHAPEL, Helen et al. Imunologia para o Clínico. Rio de Janeiro: Revinter. 4ª ed. 2001.

CHAUD, Massae Noda. O Cotidiano da Prática de Enfermagem Pediátrica. Rio de Janeiro: Atheneu. 1999.

GUYTON, Arthur C. Fisiologia Humana. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 6ª ed. 1988.

JAWETZ, Ernest. Microbiologia Médica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 18ª ed. 1991.

JUNQUEIRA, L. C. ; CARNEIRO, José. Histologia Básica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 8ª ed. 1995.

KAWAMOTO, Emiia Emi (coord.). Enfermagem Comunitária. São Paulo: EPU. 1995.

KAWAMOTO, Emiia Emi; FORTES, Julia Ikeda. Fundamentos de Enfermagem. São Paulo: EPU. 1997.

KURCGANT, Paulina (coord.). Gerenciamento em Enfermagem. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2005.

LEHNINGER, Albert L.; NELSON, David L.; COX, Michael M. Princípios de Bioquímica. São Paulo: Sarvier. 2ª ed. 1995.

MILER, Donna. Administração de Medicamentos. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso. 2002.

MOORE, Keith L.; DALLEY, Arthur F. Anatomia - Orientada para a clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 4ª ed. 2001.

MOORE, Keith L.; PERSAUD, T. V. N. Embriologia Clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 5ª ed. 1994.

NETTINA, Sandra M. Prática de Enfermagem. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 6ª ed. 1998.

OGUISSO, Taka. ZOBOLI, Elma (coords.). Ética e Bioética: desafios para a enfermagem e a saúde. São Paulo: Manole. 2006.

SMELTZER, Suzanne C.; BARE, Brenda. Brunner e Suddarth: Tratado de Enfermagem Médico-Cirúrgica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 10ª ed. 2005.

SOUSA, Nilton Elias de. A Enfermagem na Saúde Mental. AB Editora. 2006.

SPARKS, Sheila M.; TAYLOR, Cynthia M.; DYER, Janyce G. Diagnóstico de Enfermagem. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso. 2000.

TALBOT, Laura. MEYERS-MARQUARDT, Mary. Cuidados Críticos. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso. 3ª ed. 2001.

VERONESI, Ricardo. Doenças Infecciosas e Parasitárias. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 8ª ed. 1991.

INFORMÁTICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Microinformática: Inglês Técnico. Modalidades de processamento "batch", "offline", "online" e "real time". Sistemas de Numeração. Hardware: conceitos e configurações, placa-mãe, microprocessadores, dispositivos de entrada e saída, componentes e funções, memórias, discos rígidos, padrões e tecnologias IDE, SCSI e SATA, barramentos PCI, AGP e USB, interfaces serial e paralela, conexões, mídias, CD e DVD, instalação, configuração e operação, montagem e manutenção de equipamentos de informática. Software: Sistemas Operacionais: conceitos, multiprocessamento, multiprogramação "time sharing" e multitarefa, plataformas Windows e Linux, Software Básico e Utilitários. Aplicativos computacionais: conceitos e conhecimentos sobre MS Office e Open Office. Redes: conceitos, tecnologias, terminologia, meios de transmissão, topologias, protocolos, padrões, interconexão de redes, equipamentos, TCP/IP, Redes Wireless. Web: conceitos sobre Internet, modalidades de acesso, navegação e pesquisa, browser, e-mail, instalação, configuração e utilização dos recursos, HTML, XML, CSS, JavaScript, ASP, PHP e JSP, construção de páginas para Web. Segurança física e lógica: proteção de equipamentos e de sistemas de informática e em redes e na Internet, backup, vírus, prevenção, firewall. Algoritmos e Linguagens de Programação: conceitos, algoritmos, estruturas básicas de programação, pseudocódigo e fluxograma, estruturas de dados, procedimentos e funções, recursividade, Passagem de parâmetros, algoritmos de ordenação e de pesquisa, arquivo e registro, programas, técnicas, interpretação X compilação X linkedição, código-fonte e código-objeto, Programação Orientada a Objetos, conhecimentos sobre Pascal, C, C++, C#, Visual Basic, Delphi, plataforma .Net e Java. Bancos de Dados: conceitos, modelagem, Abordagem Relacional, Formas Normais, SGBD, DLL e DML, SQL, Interface e conectividade Web, Segurança, Bancos de Dados Orientados a Objeto, Administração, Aplicações. SQL Server e MySQL. Gestão Empresarial: Sistemas automatizados, ferramentas para Projeto, Análise e Desenvolvimento, abordagens Estruturada, Essencial e Orientada a Objetos, Prototipação, Modelagem, Diagramas, UML, Processo Unificado Rational (RUP), softwares Case - Rational Rose e Power Design, Qualidade de Software (ISO e CMM), DataWarehouse, Planejamento Estratégico de Sistemas de Informação, Gerência de Projetos, software MSProject, Modelo PMBOK/PMI, 2000. Computação Gráfica: conceitos relacionados a imagens, resoluções, cores, conhecimentos sobre Corel Draw, Photoshop e Flash.

Sugestões Bibliográficas:

DATE, C. J. Introdução a Sistemas de Banco de Dados, Campus, 2004.

DEITEL, H. M. & DEITEL, P. J. Java: Como Programar, Bookman, 2002.

FORBELLONE, A. L. V. & EBERSPACHER, H. F. Lógica de Programação: a Construção de Algoritmos e Estruturas de Dados, Makron Books, 2005.

MANZANO, José Augusto N. G. OpenOffice.org, Érica, 2003.

MANZANO, J. A. N. G. Estudo Dirigido de SQL: Structured Query Language, Érica, 2002.

MORIMOTO, C. E. Linux, Entendendo o Sistema: Guia Prático, Sul Editores, 2006.

MORIMOTO, C. E. Redes e Servidores Linux: Guia Prático, Sul Editores, 2005.

MURHAMMER, M. W. et all. TCP/IP Tutorial e Técnico, Makron Books, 2000.

PEREIRA, S. L. Estruturas de Dados Fundamentais - Conceitos e Aplicações, Érica, 2001.

RUMBAUGH, J. & BLAHA, M. Modelagem e Projetos Baseados em Objetos com UML 2, Campus, 2006.

RUMBAUGH, J. & BOOCH, G. & JACOBSON, I. UML: Guia do Usuário, Campus, 2005.

SAWAYA, Márcia Regina. Dicionário de Informática e Internet: Inglês/Português, Nobel, 2003.

SCHMITZ, E. A. & TELES, A. A. S. Pascal e Técnicas de Programação, LTC, 1988.

SETZER, W , Banco de Dados Orientados a Objetos, Edgard Blucher, 1999

SETZER, W , Banco de Dados, Edgard Blucher, 2005

STALLINGS, W. Arquitetura e Organização de Computadores, Makron Books, 2002.

TANENBAUM, A. S. Organização Estruturada de Computadores, Prentice Hall, 2003.

TANENBAUM, A. S. Redes de Computadores, Campus, 2003.

YOURDON, E. Análise Estruturada Moderna, Campus, 1990.

Manuais Técnicos e Normas ABNT.

Obs: As sugestões bibliográficas são apresentadas a título de subsídio, servindo apenas como orientação ao candidato, não obrigando a que as questões sejam elaboradas diretamente do texto da bibliografia sugerida.

MECÂNICA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Dinâmica: Cinemática da Partícula: Movimento Retilíneo e Curvilíneo. Dinâmica da Partícula: Leis de Newton, Métodos da Energia e da Quantidade de Movimento. Cinemática de Corpo Rígido. Dinâmica de Corpo Rígido no Plano: Forças e Acelerações, Energia e Quantidade de Movimento. Vibrações Mecânicas Com e Sem Amortecimento. Estática: Forças no Plano e no Espaço. Sistemas Equivalentes de Forças Atuando em um Corpo Rígido. Equilíbrio de Corpos Rígidos em Duas e Três Dimensões. Análise de Estruturas: Treliças e Máquinas. Forças em Vigas e Cabos. Atrito. Centro de Gravidade: Linhas, Áreas e Volumes. Momento de Inércia de Áreas e de Massa. Mecanismos: Sistemas Articulados. Engrenagens Cilíndricas de Dentes Retos e Helicoidais. Trem de Engrenagens. Análise Cinemática de Mecanismos. Resistência dos Materiais: Lei de Hooke. Tensões Normais e Cisalhantes. Tensões Admissíveis. Solicitações Axiais. Diagrama Tensão x Deformação. Deformações Devidas à Variação de Temperatura. Coeficiente de Poisson. Deformação por Cisalhamento. Concentração de Tensões. Torção. Deformações em Eixos Circulares. Tensões no Regime Elástico. Potência. Concentração de Tensões. Tensões em Molas Helicoidais. Flexão. Estado Plano de Tensões. Tensões Principais e Tensão Cisalhante Máxima. Círculo de Mohr. Estado Geral de Tensões. Tensões Principais no Estado Geral. Estado Plano de Deformações. Tensões em Vasos de Pressão de Paredes Finas e Espessas. Critérios de Resistência. Dimensionamento de Eixos. Flambagem. Fadiga. Resistência a Fadiga para Vida Finita e Infinita. Fatores Modificadores do Limite de Resistência a Fadiga. Tensões Flutuantes. Elementos de Máquinas: Parafusos. Chavetas. Rebites. Eixos. Freios, Embreagens e Acoplamentos. Molas. Cabos de Aço. Termodinâmica: Propriedades da Termodinâmicas. Equilíbrio Termodinâmico. Propriedades de uma Substância Pura. Gases Ideais e Reais. Trabalho e Calor. Primeira Lei da Termodinâmica. Segunda Lei da Termodinâmica. Ciclos Termodinâmicos. Mecânica dos Fluidos: Estática dos Fluidos. Análise de Escoamentos. Leis Básicas para Sistemas e Volumes de Controle. Escoamentos Compressíveis e Incompressíveis. Informática: Conceitos Básicos. Hardware do PC. Sistemas operacionais. Conceitos básicos sobre Comunicação de Dados e Redes de computadores, meios físicos, topologias e protocolos. Equipamentos. Técnicas de Programação e Algoritmos. Conhecimentos sobre Pascal, C e Java. Noções do MS Office e do OpenOffice. Noções sobre Internet. Uso dos recursos. Conhecimentos sobre HTML. Segurança de redes e na Internet. Desenho: Vistas e Cortes. Noções sobre Geometria Descritiva: Métodos Descritivos, Problemas Métricos e Poliedros. Desenho de Maquinas. Eletricidade: Conceitos básicos sobre Eletrostática: Lei de Coulomb, Campo Elétrico, Potêncial Eletrostático, Capacitores; sobre Eletrodinâmica: Corrente Elétrica, Estudo dos Resistores, Geradores e Receptores e Circuitos Elétricos. Eletromecânica: Noções de magnetismos e campo magnético, Medidores de Potência, Corrente e Tensão; Motores Eletrico, Ligações em Triangulo e Estrela, Medidas Eletricas, Condutores Eletricos, Proteção e Controle de Circuitos, Instalações de Motores Eletricos, Manutenção, Normas Técnicas, Gerador, Transformador, Proteção de Equipamentos. Segurança do Trabalho e Meio Ambiente: Conceitos basicos em geral. Normas Técnicas em mecânica e eletricidade. Organização e Normas: Conceitos Básicos Equipamentos: Motor Diesel. Bomba. Válvulas. Compressores.Turbinas. Freza. Torno. Furadeira. Esmerilhadora. Solda. Programas Computacionais: Auto Cad. Primavera. MS Project. Solid Work.

Sugestões Bibliográficas:

AGOSTINO, O.L., RODRIGUES, A. C. S., LIRANI, J. Tolerâncias, Ajustes, Desvios e Análise de Dimensões, Editora Edgard Blücher.

ALBUQUERQUE, ROMULO OLIVEIRA. Analise de Circuitos em Corrente Continua, 10ª Edição, Editora Erica, 1995.

ALBUQUERQUE, ROMULO OLIVEIRA. Analise De Circuitos Em Corrente Alternada, 1ª Edição, Editora Erica , 2006.

BEER, F. P., & JOHNSTON, E. R. Mecânica Vetorial Para Engenheiros - Estática. 5ª Ed Revisada, Makron Books, São Paulo, 1994.

BEER, F. P., & JOHNSTON, E. R. Mecânica Vetorial Para Engenheiros - Cinemática e Dinâmica. 5ª Ed Revisada, Makron Books, São Paulo, 1994.

BEER, F. P., & JOHNSTON, E. R. Resistência dos Materiais. 3ª Ed, Makron Books, São Paulo, 1995.

CHIAVERINI, V. Tecnologia Mecânica, Vol. I e II, McGraw-Hill do Brasil;

CHIAVERINI, V. Aços e Ferros Fundidos, Ed. ABM, 1990, ROSSI, M.

CREDER, H. Instalações Elétricas. 10ª Ed., Editora LTC, Rio de Janeiro, 1986.

DIETER, G. Metalurgia Mecânica, Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Dois,

DEITEL, H. M. & DEITEL, P. J. Java: Como Programar, Bookman, 2002.

FAIRES, V. M. Termodinâmica. 6ª Ed, Editora Guanabara-Koogan, Rio de Janeiro, 1978.

FORBELLONE, A. L. V. & EBERSPACHER, H. F. Lógica de Programação: a Construção de Algoritmos e Estruturas de Dados, Makron Books, 2005.

FOX, R. W. & MAC DONALD A. T. Introdução à Mecânica dos Fluidos. 3ª Ed, Editora Guanabara, Rio de Janeiro, 1988.

HALLIDAY, RESNICK. Física I,II e III, Editora LTC, Rio de Janeiro, 1976.

KOSOW, IRVING. Máquinas Elétricas e Transformadores, Editora Globo.

Lima, E. P. C.; Mecânica das Bombas. Editora Interciência Ltda, 2003.

MACINTYRE, A. J. Bombas e Instalações de Bombeamento. Editora Guanabara, Rio de Janeiro, 1980.

Macintyre, A. J.; Equipamentos Industriais e de Processo. LTC- Livros Técnicos e Científicos Editora, S. A., 1997.

MACINTYRE, A. J. & NISKIER, J. Instalações Elétricas, Editora Guanabara Dois, Rio de Janeiro, 1985.

MAMEDE FILHO, JOAO. Instalações Elétricas Industriais, 4a Edição, Editora LTC.

MANZANO, José Augusto N. G. OpenOffice.org, Érica, 2003.

Manual de Tecnologia Automotivo - Bosch, Editora Edgard Blucher.

MATTOS,EDSON EZEQUIEL & FALCO, REINALDO DE. Bombas Industriais, 2ªed , Editora Interciência,1998.

MELCONIAM, Sarkis. Elementos de máquinas. 3.ed. São Paulo: Érica, 2002.

MICELI, M.T., FERREIRA, P. Desenho Técnico Básico, Editora Ao Livro Técnico.

MORIMOTO, C. E. Linux, Entendendo o Sistema: Guia Prático, Sul Editores, 2006.

MORIMOTO, C. E. Redes e Servidores Linux: Guia Prático, Sul Editores, 2005.

MURHAMMER, M. W. et all. TCP/IP Tutorial e Técnico, Makron Books, 2000.

PRINCIPE, ALFREDO DOS REIS JR. Noções de Geometria Descritiva, Vol 1 e 2, 35ª Edição, Editora Nobel, 1984.

PROVENZA, FRANCESCO. Mecânica Aplicada, Vols. I, II e III, F. Provenza, São Paulo,1991.

RAMALHO, NICOLAU e TOLEDO. Os Fundamentos da Física, Vol. I, II e III, 6ªEdição, Editora. Moderna, 1995.

SAWAYA, Márcia Regina. Dicionário de Informática e Internet: Inglês/Português, Nobel, 2003.

SHIGLEY J. E., Mechanical Engineering Design; Ed. McGraw Hill; 4a Edição.

STALLINGS, W. Arquitetura e Organização de Computadores, Makron Books, 2002.

Manuais Técnicos e Normas ABNT.

VAN WYLEN, G. J. & SONNTAG, R. E. Fundamentos da Termodinâmica Clássica, 2ª. Ed, Editora Edgard Blücher, São Paulo, 1995.

YUNUS A. ÇENGEL, MICHAEL A. BOLES; TRADUÇÃO KÁTIA APARECIDA ROQUE. Termodinâmica, 5a Ed., Editora Mcgraw-Hill, São Paulo, 2006.

MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONSERVAÇÃO E MANEJO DOS RECURSOS NATURAIS: A mecanização e a conservação do solo e da água. Práticas de conservação do solo e da água. Aptidão e uso agrícola dos solos. Prevenção e controle da poluição na agricultura. Propriedades Químicas, Físicas e Biológicas do solo. Classificação dos solos do Estado do Rio de Janeiro. Conservação de nascentes. Planejamento, dimensionamento e construção de pequenas barragens de terra. Conservação de estradas e carreadores. MÁQUINAS AGRÍCOLAS: Tipos de máquinas e suas utilizações. Seleção dos equipamentos. Tração animal. Tratores agrícolas. Semeadoras-adubadoras, cultivadores, pulverizadores. MECANIZAÇÃO NA AGRICULTURA E PECUÁRIA: Uso de máquinas nas principais culturas agrícolas e criações. Preparo correto do solo, calagem e semeadura mecanizados. Uso de máquinas para a realização de tratos culturais: controle do mato, adubações e pulverizações. Colheita mecanizada das culturas e transporte da produção. ECONOMIA E PLANEJAMENTO AGROPECUÁRIO: Administração, planejamento e desenvolvimento agropecuário. Custo horário das máquinas agrícolas. Regras de segurança no uso de máquinas e equipamentos agrícolas. Extrato fundiário, utilização das terras do RJ. Agropecuária fluminense.

Sugestões Bibliográficas:

DE-POLLI, Helvécio (coordenador) e ALMEIDA, Dejair Lopes de (colaboração) et al. Manual de adubação para o Rio de Janeiro. Itaguaí: Ed. Universidade Rural, 1988.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Cultura da Banana - Aspectos técnicos, sócio- econômicos e agroindustriais - Serviço de Produção e Informação - Brasília -DF., 585p., 1997.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. MATTOS, P. L. p. de; GOMES, J. de. C. (Coord.). O Cultivo da Mandioca. 122p. Cruz das Almas - BA, 2000.

FILGUEIRA, Fernando Antônio Reis. Novo manual de olericultura - agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 2ª edição - revista e ampliada - Viçosa - Editora UFV - 2003, 412p.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário 1995 - 1996 - nº 18 - Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1997, 199p.

PIRES, Fábio Ribeiro; DE SOUZA, Caetano Marciano. Práticas mecânicas de conservação do solo e da água. Viçosa, MG, 2003, 176p. Editora UFV.

PRIMAVESI, Ana. Manejo ecológico do solo - A agricultura em regiões tropicais. Editora Nobel. São Paulo - SP, 1999, 549p.

SARAIVA LOPES, José Demerval e LIMA, Francisca Zenaide de. Pequenas barragens de terra. Editora Aprenda Fácil - Viçosa - MG, 2005, 268p.

SILVEIRA, Gastão Moraes da. Máquinas para plantio e condução das culturas. Editora Aprenda Fácil - Viçosa - MG, 2001 334p.

SILVEIRA, Gastão Moraes da. Os cuidados com o trator. Editora Aprenda Fácil - Viçosa - MG, 2001 312p.

Valente, Osvaldo Ferreira; GOMES, Marco Antônio - Conservação de Nascentes - Hidrologia e Manejo de Bacias Hidrográficas de Cabeceiras - 210p. Editora Aprenda Fácil, Viçosa - MG, 2005.

MEIO AMBIENTE - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Conceitos Básicos de Ecologia: Meio Ambiente - Biosfera; populações, comunidades e biótopos; habitat e nicho ecológico; ecossistema. Estudo das comunidades / Fluxo de matéria e energia. Cadeias e teias alimentares; fluxo de energia e níveis tróficos em ecossistemas terrestres e aquáticos; ciclos biogeoquímicos. Interação entre os seres vivos na comunidade. Estudo das populações (densidade populacional, taxas e curvas de crescimento, potencial biótico, resistência do meio); relações ecológicas entre seres vivos. Sucessão ecológica e biomas: Evolução das comunidades durante a sucessão; fatores que afetam a evolução dos ecossistemas (insolação, circulação de calor, correntes oceânicas, solos); grandes biomas mundiais; principais biomas brasileiros; ecossistemas aquáticos. O ser humano no ambiente: Padrões de crescimento populacional nas várias regiões do planeta (explosão demográfica e impactos ambientais da urbanização); Atuação humana e consequências sobre a biosfera (impactos ambientais sobre a biodiversidade, impactos ambientais sobre os recursos hídricos, impactos ambientais sobre o solo, inversão térmica, efeito estufa, desertificação, lixo - 3 Rs - lixo orgânico, eutrofização, maré vermelha, extinção das espécies - fauna e flora, impacto humano sobre a vegetação, animais, clima e atmosfera, queimadas e incêndios, pastoreio, desmatamento, salinização, erosão, variação no nível do mar, poluição). Problemas ambientais em escala global: Chuva ácida; destruição da camada de ozônio; mudanças climáticas; crise da água; poluentes orgânicos persistentes. Sociedade contemporânea e Desenvolvimento Sustentável: Revolução Industrial; crescimento econômico; consumismo; a economia predatória; responsabilidade sócio-econômica; relação entre sociedade e natureza; a importância da educação voltada para os problemas sócio-econômicos; experiências sociais de sustentabilidade; normas ISO 14000; visão globalizada de indústrias modernas que se preocupam com o desenvolvimento sustentável; pragas urbanas e controles das pragas; uso de tecnologias limpas; reciclagem; ecoeficiência e desenvolvimento sustentável; turismo sustentável x indústria turística; cidadania pelas águas; acordos internacionais; agenda 21 nacional; energias para o ano de 2100. Direito Ambiental no Brasil: A constituição Federal e o Meio Ambiente; Mecanismos Jurídicos de proteção ao Meio Ambiente: medidas preventivas e medidas punitivas; Política Nacional do Meio Ambiente; Legislação ambiental no Brasil; Crimes Ambientais; Sistema de Licenciamento Ambiental - SLA; Lei 9695; Lei 9638; Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro - PNGC; Política Nacional de Recursos Hídricos; Programa Nacional de Diversidade Biológica - PRONABIO; Sistema Nacional de Unidade de Conservação; Política Nacional e Desenvolvimento Sustentável e Agenda 21. Atribuições e competências: Ministério do Meio Ambiente; Sistema Nacional do Meio ambiente - SISNAMA, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis - IBAMA; Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA.

Sugestões Bibliográficas:

ATLAS DO MEIO AMBIENTE "Le Monde Diplomatique " Brasil - 13º Edição - 2008. Ed. Fundação Calouste Gulbenkian

AMABIS, José Mariano e MARTHO, Gilberto Rodrigues. Biologia. Vol 3. Ed. Moderna, 2005

BRANCO, Samuel Murgel. Ecossistema - uma abordagem integrada dos problemas do meio ambiente. Ed Edgard Glucher

CARVALHO, Isabel Cristina de moura. Educação ambiental - A formação do sujeito ecológico. Ed Cortez

DAJOZ, Roger. Princípios de Ecologia. Ed.Artmed

DIAS, Enebaldo Freire. Educação Ambiental - princípios e práticas. Ed Gaia

FAVARETTO, José Arnaldo e MERCADANTE, Clarinda. Biologia. Vol Único. Ed. Moderna, 2005

FROTA-PESSOA, Oswaldo. Biologia. Vols 3. Ed. Ática, 2005

JÚNIOR, César da Silva e SASSON, Sezar. Biologia. Vols 3. Ed. Saraiva, 2005

LAURENCE, J. Biologia. Vol único. Editora Nova geração, 2005

LINHARES, Sérgio e GEWANDSZNAJDER, Fernando. Biologia. Vol único. Ed. Ática, 2005

LOPES, Sônia e ROSSO, Sérgio . Biologia. Vol Único. Ed Saraiva, 2005

ODUM Eugene. Fundamentos de Ecologia. Ed. Calouste Gulbenkian

PARÂMETROS Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Ministério da Educação. Brasília: Ministério da Educação/ Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 1999.

ODONTOLOGIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Ética Profissional, administração do consultório e do laboratório de prótese dentária, ergonomia, biossogurança, esterilização do instrumental, doenças infectocontagiosas, prevenção à cárie e doença periodontal, equipamentos e aparelhos odontológicos, instrumentais, materiais dentários, noções básicas de anatomia, patologia, prótese, radiologia, dentística, odontopediatria, periodontia, farmacologia, instrumentais odontológicos, isolamento do campo operatório, responsabilidades dos profissionais da área de odontologia, índices epidemiológicos, saúde coletiva, epidemiologia aplicada à odontologia, índices e indicadores, promoção de saúde e prevenção das doenças bucais, materiais, equipamentos e instrumental de prótese dentária, relação de prótese dentária e especialidades odontológicas, técnicas protéticas, políticas públicas em saúde bucal, PGRSS, métodos e técnicas de ensino e estudo, recursos didáticos, planejamento de cursos e aulas, ensino, pesquisa e a extensão na Odontologia, áreas de atuação dos técnicos de prótese dentária e de higiene bucal e do auxiliar de consultório dentário e legislação pertinente.

Sugestões Bibliográficas:

ANDRADE, Eduardo Dias de. Terapêutica medicamentosa em odontologia. 2. ed. São Paulo: Artes Médicas, 2006.

ABO. Odontologia Integrada. Rio de Janeiro: Medsi, 2003.

BARATIERI, Luiz N./ et al. Odontologia Restauradora- Fundamentos e Possibilidades. São Paulo: Ed Santos, 2003

BRASIL RDC 306 de 07/12/2004. Regulamento técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde. Publicada em Diário Oficial da União (DOU) de 07/12/2004. Brasília, DF

COHEN, Stephen; BURNS, Richard C.. Caminhos da polpa. Tradução Edson Jorge Lima Moreira. 7. ed . Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

ESTRELA, Carlos. Metodologia Científica. 2 ed. São Paulo: Artes Médicas, 2005.

FRAGA, Ricardo C; LUCA-FRAGA, Lucíola R. Dentística: bases biológicas e aspectos clínicos. 2. ed . Rio de Janeiro:MEDSI, 2001.

GALAN, João Jr. Materiais Dentários Ed Santos São Paulo: São Paulo, 1999

GUIMARÃES, Jayro Jr. Biossegurança e controle de infecção cruzada em consultórios. 1. ed. São Paulo:Ed Santos, 2001.

LINDHE, Jan. Tratado de periodontia clínica e implantologia oral. 4. ed Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.

LOBAS, Cristiane F. S. et al. THD e ACD - Técnico em Higiene Dental e Auxiliar de Consultório Dentário 2 ed. São Paulo: Ed Santos 2006

.MCDONALD, Ralph E.; AVERY, David R. Odontopediatria. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001

PEREIRA A C. et al. Odontologia em saúde coletiva: planejando ações e promovendo saúde. 1 ed. Porto Alegre: Artmes, 2003.

PINTO, Victor G. Saúde Bucal Coletiva. 4. ed. São Paulo: Santos, 2000.

RIBEIRO, Antônio I. Atendente de Consultório Dentário. Ed Maio-Odontex, 2 ed. 2002

SANTOS, Willian N.; COIMBRA, Juan L. ACD- Auxiliar de Consultório dentário. Ed Rubio. 1 ed, 2005

SICHER, Harry. Anatomia oral. 8. ed São Paulo: Artes Médicas, 1991

MALAMED, Stanley F; QUINN, Christine L. Manual de anestesia local. 5. ed. Rio de Janeiro: Mosby, 2005

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual de Condutas . Controle de infecções e a prática odontológica em tempos de AIDS. Brasília-DF, 2000.

NEVILLE, Brad W. et al. Patología Oral e Maxilofacial. 2. ed . Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004.

PASLER, Friedrich A , VISSER, H. Radiologia Odontológica, 2 ed. Ed Artmed, 2006

MAROTTI, Flavio Z. Consultório Odontológico: guia prático para técnicos e auxiliares. Ed Senac São Paulo: São Paulo, 2006

DECRETO Nº 87.689, DE 11 DE OUTUBRO DE 1982

LEI Nº 6.710, DE 5 DE NOVEMBRO DE 1979

SALVADOR, Milton C. G. e cols Manual de Laboratório - Prótese Total Ed Santos São Paulo: São Paulo, 2007

PRODUÇÃO ANIMAL - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

PEQUENOS E MÉDIOS ANIMAIS: Principais criações: minhocultura, apicultura, coturnicultura, avicultura, cunicultura, caprinocultura, suinocultura. Raças, aptidão zootécnica, instalações, condições climáticas, alimentação, sanidade, sistemas de criação, manejo, aspectos fisiológicos, reprodução, comercialização. Tecnologias e métodos de conservação e beneficiamento de alimentos. GRANDES ANIMAIS: Bovinocultura. Raças, aptidão zootécnica, instalações, condições climáticas, alimentação, sanidade, sistemas de criação, manejo, aspectos fisiológicos, reprodução, comercialização. Tecnologias e métodos de conservação e beneficiamento de alimentos. CONSERVAÇÃO E MANEJO DOS RECURSOS NATURAIS: Topografia, instalações zootécnicas e controle climático. Práticas de prevenção e controle da poluição agropecuária. Tratamento de estercos e resíduos, compostagem. Conservação do solo e da água; da fauna e flora nativas. Agroecologia. ECONOMIA E PLANEJAMENTO AGROPECUÁRIO: Administração, planejamento e desenvolvimento agropecuário. Cerca elétrica. Custos de produção agropecuário. Extrato fundiário, utilização das terras do RJ, agropecuária fluminense. Sistemas de organização rural e de comercialização. PRODUÇÃO DE ALIMENTOS FORRAGEIROS: Pastagens naturais e artificiais: formação, manejo e recuperação. Capineiras. Silagens. Fenação. Cana-de-açúcar e o seu uso com uréia na alimentação animal. Banco de proteínas.

Sugestões Bibliográficas:

ALBINO, Luiz Fernando Teixeira [et al.]. Criação de frango e galinha caipira. Editora Aprenda Fácil 208p. Viçosa - MG, 2005.

ALBINO, Luiz Fernando Teixeira e BARRETO, Sérgio Luiz de Toledo. Criação de codornas para ovos e carne. Editora Aprenda Fácil 290p. Viçosa - MG, 2003.

CHAPAVAL, Lea [et al.]. Manual do produtor de cabras leiteiras. Editora Aprenda Fácil 214p. Viçosa - MG, 2006.

DE-POLLI, Helvécio (coordenador) e ALMEIDA, Dejair Lopes de (colaboração) et al. Manual de adubação para o Rio de Janeiro. Itaguaí: Ed. Universidade Rural, 1988.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. CORRÊA, Afonso Nogueira Simões [et al.]. Gado de Corte: o produtor pergunta a EMBRAPA responde. Brasília - DF, 1996, 208p.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. DE CAMPOS, Oriel Fajardo; LIZIERE, Rosane Scatamburlo, [et al.]. Gado de Leite: o produtor pergunta a EMBRAPA responde. 213p. Brasília - DF, 1993.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. NASCIMENTO NETO, Fénelon [et al.]. Recomendações Básicas para a Aplicação de Boas Práticas Agropecuárias e de Fabricação na Agricultura Familiar. 243p. Brasília - DF, 2006.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário 1995 - 1996 - nº 18 - Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1997, 199p.

ITAGIBA, Maria da Glória O. Rade - Noções Básicas sobre a Criação de Abelhas - Editora Nobel - S. Paulo - SP -1997 - 110p.

KIEHL, José Edmar - Fertilizantes Orgânicos - Editora Agronômica Ceres - Piracicaba - SP, 1985, 492p.

MACIEL, Nelson Fernandes e LOPES, José Demerval Saraiva - Cerca Eelétrica: equipamentos, instalação e manejo - Editora Aprenda Fácil - Viçosa - MG, 2000, 166p.

MELLO, Hélcio Vaz de e SILVA, José Francisco da. Criação de coelhos. Editora Aprenda Fácil 264p. Viçosa - MG, 2003.

MIGDALSKI, Marcos César - Criação de Minhocas - Editora Aprenda Fácil - Viçosa - MG, 2001, 120p.

PIRES, Wagner et al. - Manual de Pastagem - Formação, Manejo e Recuperação. Editora Aprenda Fácil - Viçosa - MG, 2006, 302p.

PRODUÇÃO VEGETAL - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

SOLOS: Propriedades Químicas, Físicas e Biológicas do solo. Correção da acidez do solo, adubos e corretivos. Nutrição vegetal e recomendações de nutrientes / adubações orgânica e mineral. Mecanização e preparo correto do solo. Classificação dos solos do Estado do Rio de Janeiro. SEMENTES E MUDAS: Propagação de plantas e produção de sementes e mudas. Planejamento e instalação de viveiros de mudas. AGRICULTURA COMERCIAL E SOCIAL: Principais culturas agrícolas: olericultura, fruticultura, forragicultura, culturas anuais e silvicultura. Aspectos edáficos, fisiológicos, climáticos, classificação botânica, variedades, irrigação e drenagem, fitossanidade, plantio, tratos culturais, colheita, classificação, embalagem, transporte e comercialização da produção. Controle de pragas, doenças e plantas invasoras. CONSERVAÇÃO E MANEJO DOS RECURSOS NATURAIS: Topografia. Práticas de controle da erosão. Aptidão e uso agrícola dos solos. Conservação do solo e da água; da fauna e flora nativas. Prevenção e controle da poluição na agricultura. Agricultura orgânica e agroecologia. ECONOMIA E PLANEJAMENTO AGROPECUÁRIO: Administração, planejamento e desenvolvimento agropecuário. Custos de produção agropecuário. Extrato fundiário, utilização das terras do RJ, agropecuária fluminense. PRODUÇÃO ANIMAL: Bovinocultura, caprinocultura, cunicultura, criação de galinhas caipiras e codornas. AGROINDUSTRIALIZAÇÃO: Tecnologia de alimentos. métodos de conservação de alimentos e envenenamento alimentar.

Sugestões Bibliográficas:

DE-POLLI, Helvécio (coordenador) e ALMEIDA, Dejair Lopes de (colaboração) et al. Manual de adubação para o Rio de Janeiro. Itaguaí: Ed. Universidade Rural, 1988.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. A cultura do Coqueiro no Brasil. Centro de Pesquisa Agropecuária dos Tabuleiros Costeiros. Aracaju, 1998, 292p.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Agroecologia: princípios e técnicas para uma agricultura orgânica sustentável - Serviço de Produção e Informação - Brasília -DF., 517p., 2007.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Cultura da Banana - Aspectos técnicos, sócio- econômicos e agroindustriais - Serviço de Produção e Informação - Brasília -DF., 585p., 1997.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. LIMA, A. de A.(Coord.). O Cultivo do Maracujá. 130p. Cruz das Almas - BA, 1999.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. MATTOS, P. L. p. de; GOMES, J. de. C. (Coord.). O Cultivo da Mandioca. 122p. Cruz das Almas - BA, 2000.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. NASCIMENTO NETO, Fénelon [et al.]. Recomendações Básicas para a Aplicação de Boas Práticas Agropecuárias e de Fabricação na Agricultura Familiar. 243p. Brasília - DF, 2006.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. PEREIRA FILHO, Israel Alexandre [et al.]. O cultivo do milho-verde. 204p. Brasília - DF, 2003.

FILGUEIRA, Fernando Antônio Reis. Novo manual de olericultura - agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 2ª edição - revista e ampliada - Viçosa - Editora UFV - 2003, 412p.

GALLO, Domingos (in memoriam) et al. Agroecologia - Entomologia agrícola - Piracicaba, FEALQ, 2002. 920p., Biblioteca de Ciências Agrárias Luiz de Queiroz, 10.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário 1995 - 1996 - nº 18 - Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1997, 199p.

KIMATI, Hiroshi, et al. - Manual de fitopatologia - 3ª edição, São Paulo, Editora Agronômica Ceres, 1995 - 1997, volume 2: doenças das plantas cultivadas, 774p.

LORENZI, Harri - Árvores Brasileiras - Manual de Identificação e Cultivo de Plantas Arbóreas Nativas do Brasil - Vols. I e II. 2a edição - Nova Odessa - SP. Editora Plantarum, 1998.

LORENZI, Harri et al. - Árvores Exóticas no Brasil - madereiras, ornamentais e aromáticas - Nova Odessa - SP. Editora Plantarum, 2003, 368 p.

PIRES, Fábio Ribeiro; DE SOUZA, Caetano Marciano. Práticas Mecânicas de Conservação do Solo e da Água. Viçosa, MG, 2003, 176p. Editora UFV.

PRÓTESE DENTÁRIA - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Anatomia e escultura dental: dentes decíduos e dentes permanentes. Ciência dos Materiais: propriedades físicas, propriedades químicas, propriedades térmicas e considerações biológicas do uso dos materiais. Modelos de Gesso: princípios básicos e considerações técnicas. Articuladores. Revestimentos. Resinas autopolimerizáveis , Resinas termopolimerizáveis e resinas fotopolimerizáveis. Resinas estéticas . Prótese Total: placa base, planos oclusais, montagem de dentes clássica e caracterizada. Restaurações fundidas: sistemas de troquelização, ceroplastia , fundição .Conhecimento de ligas metálicas para o uso odontológico. Conhecimento técnico de próteses fixas. Porcelanas odontológicas e sistemas cerâmicos livres de metal. Princípios básicos de restaurações em cerâmica e em cerômero. Soldagem. Próteses parciais removíveis com grampos de fio de aço. Próteses parciais removíveis (Roach): delineamento, desenho, confecção e polimento. Sistema de encaixe de precisão e semi-precisão. Equipamentos . Ortodontia para protéticos. Ética e Legislação. Prótese sobre implante. Sugestões Bibliográficas

CHICHE, Pinault. Estética de prótese fixa anterior - Ed. Santos

CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO

CÓDIGO DE ÉTICA ODONTOLÓGICA

CÓDIGO PENAL BRASILEIRO

CORRÊA ,G.A. Prótese Total Híbrida. Santos Livraria e Editora , 1996

DE FIORI,S. Atlas de Prótese parcial removível, 3ª edição. Editora Artes Médicas

JIMÉNEZ LOPEZ, Vicente. Reabilitação Bucal em Prótese sobre implantes. Ed. Quintessence, 2000

KENNETH J. Anusavice, GEORGE R. BARAN .Clínicas Odontológicas da América do Norte - Cerâmicas. Livraria Roca , 1988

KLIEMANN, Cláudio. Manual de prótese parcial removível. Santos Livraria e Editora

MARTIGNONI; SCHÖNENBERGER. Precisão em prótese fixa. Quintessence Editora, 1998.

MEZZOMO, Elio. Reabilitação Oral. Santos Livraria e Editora ,1994

MOTTA , N.S. Ética e vida profissional. Ed. Âmbito Cultural Edições Ltda , 1984

MOYERS, R.E. Ortodontia - 4ª edição. Ed. Guanabara Koogan , 1991

MUCHA, J.N. Grampos e placas ortodônticas. Ed. Guanabara Koogan, 1997

NETTO, Garone & BURGER, Carlos. Inlay e onlay. São Paulo: Santos Livraria e Editora, 1998.

OWAL B. et al, Prótese Dentária - 1ª edição. Ed. Artes Médicas , 1997

PHILPS,RALPH W. Materiais dentários. 10. ed. Guanabara Koogan, 1998.

PROFFIT, W.R. Ortodontia contemporânea. Ed. Guanabara Koogan , 1995

REGEZI & SCIUBRA J. Patologia Bucal. Correlações clínico patológicas. Ed. Guanabara Koogan , 1998

REYNALDO, Todescan. Atlas de prótese parcial removível. São Paulo : Santos Livraria e Editora, 1996.

SCHÄRER , P. & RINN, L. A. & KOPP F.R. Normas Estéticas para a Reabilitação Bucal Quintessence Editora, 1986

SHILLINGBURG, Hobo. Fundamentos de prótese fixa. Quintessence Editora, 1998

SILVA, R.G. & PECORA, j.d. Anatomia dental: dentes permanentes - 1ª edição. Ed. Livraria Santos, 1998

SUMYA HOBO ; EIJI ICHIDA ; LILY T. GARCIA. Osseointegração e Reabilitação Oclusal. Ed. Santos: Quintessence Books , 1997

TODESCAN,MS. Atlas de prótese parcial removível. Santos Livrearia Editora, 1997

TOUATI , Bernard. Odontologia Estética e Restaurações Cerâmicas. Santos Livraria Editora,2000

TURANO,J.C. & TURANO,L.M. Fundamentos de prótese total. Quintessence Editora, 1993

VAN VLACK. L.H. Princípios de Ciência e Tecnologia dos materiais. Ed. Campus, 4ª ed., 1994

VIEIRA, Glauco Fioranelli. Restaurações Estéticas Indiretas em Dentes Posteriores Inlay/Onlay, Santos Livraria e Editora ,1995

WALDEMAR, Cantisano; RENAN PALHARES, Walace; JORGE DOS SANTOS, Hélio. Anatomia e escultura dental. 3. ed. Rio de Janeiro : Editora Guanabara, 1987.

TURISMO - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Componentes e serviços de viagens e turismo - serviços de transporte, hospedagem e agenciamento - planejamento turístico - impactos do turismo - Sistema de turismo - oferta turística - demanda turística - operação do turismo - marketing turístico - comportamento do consumidor em turismo - turismo e território - turismo e sustentabilidade - turismo e mercado de trabalho.

Sugestões Bibliográficas:

HALL, Collin Michael. Planejamento Turístico: políticas, processos e Relacionamento . São Paulo: Contexto, 2001. OMT. Introdução ao Turismo. São Paulo: Roca, 2001.

OMT. Turismo Internacional: uma perspectiva global. Porto Alegre: Bookman, 2003.

SWARBROOKE, John e HORNER, Susan. O comportamento do consumidor no Turismo. São Paulo: Aleph: 2002.

LAGE, Beatriz Helena Gelas e MILONE, Paulo Cesar.Turismo: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2000.

ANEXO V - Coordenadorias Regionais

COORDENADORIA REGIONAL

ENDEREÇO

MUNICÍPIO SEDE

ÁREA DE ABRANGÊNCIA

CR 01
Noroeste
Fluminense I

CE Padre Mello
Av. Gov. Roberto Silveira, nº 578 - Centro - Bom Jesus do Itabapoana - CEP: 28.360-000

BOM JESUS DO ITABAPOANA

BOM JESUS DO ITABAPOANA
Natividade, Porciúncula, Varre-Sai

CR 02
Noroeste
Fluminense II

Rua Expedicionário Cabo Gama, s/nº - Cidade Nova - Itaperuna - CEP: 28.300-000

ITAPERUNA

ITAPERUNA
Laje do Muriaé, São José de Ubá

CR 03
Noroeste
Fluminense III

Av. Carvalho, nº 523 - Santa Teresa - Miracema - CEP: 28.460-000

MIRACEMA

MIRACEMA
Santo Antônio de Pádua, Aperibé,
Itaocara

CR 04
Norte
Fluminense I

Praça da República, nº 06 - Centro - Campos dos Goytacazes - CEP:28.010-000

CAMPOS DOS GOYTACAZES

CAMPOS DOS GOYTACAZES
São Francisco de Itabapoana, São João da Barra

CR 05
Norte
Fluminense II

Rua Velho Campos, nº 479 - Centro Macaé - CEP: 27.910-210

MACAÉ

MACAÉ
Conceição de Macabu, Quissamã, Carapebus, Rio das Ostras, Casemiro de Abreu

CR 06
Norte
Fluminense III

CE Barão de Macaúbas
Av. Gov. Roberto Silveira, nº 237 - Barão de Macaúbas - São Fidélis - Tel.: 2758-1537

SÃO FIDÉLIS

SÃO FIDÉLIS
Cardoso Moreira, Italva, São Fidélis e Cambuci

CR 07
Baixadas
Litorâneas I

Rua Prof. Ismar Gomes de Azevedo, nº 13 - Centro - Cabo Frio - CEP.: 28.907-100

CABO FRIO

CABO FRIO
Armação de Búzios, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia

CR 08
Baixadas
Litorâneas II

Rua Bernardo Vasconcellos, nº 505 - Centro - Araruama -
CEP: 28.970-000

ARARUAMA

ARARUAMA
Maricá, Saquarema, Iguaba Grande

CR 09
Serrana I

CEA Prof. Ítalo Mileno Lopes
Av. Presidente Vargas, nº 197 - Centro - Cordeiro - CEP.: 28.540-000

CORDEIRO

CORDEIRO
Cantagalo, Macuco, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Trajano de Moraes

CR 10
Serrana II

Av. José Pires Barroso, s/nº Olaria - Nova Friburgo - CEP:
28.610-160

NOVA FRIBURGO

NOVA FRIBURGO
Carmo, Bom Jardim, Duas Barras, Sumidouro

CR 11
Serrana III

Av. Barão do Rio Branco, nº 279 - Centro - Petrópolis -
CEP: 25.680-150

PETRÓPOLIS

PETRÓPOLIS
São José do Vale do Rio Preto, Teresópolis

CR 12
Serrana IV

CE Visconde de Sepetiba
Praça da Bandeira, nº 308 - Centro - Magé - CEP: 25.900-000

MAGÉ

MAGÉ
Guapimirim

CR 30
Serrana V

Rua João Carmo, 200 - Centro - Rio Bonito - CEP: 28.800-000

RIO BONITO

Rio Bonito
Cachoeiras de Macacu
Silva Jardim

CR 13
Centro-Sul I

Rua Manoel Duarte, nº 81 - Centro - Três Rios - CEP: 25.804-020

TRÊS RIOS

TRÊS RIOS
Comendador Levy Gasparian, Paraíba do Sul, Sapucaia, Areal

CR 14
Centro-Sul II

Rua Barão de Vassouras, nº 133 - Centro - Vassouras - CEP: 27.700-000

VASSOURAS

VASSOURAS
Eng. Paulo de Frontin, Mendes, Miguel Pereira, Paty do Alferes

CR 15
Médio Paraíba I

Rua Antônio da Silva Brinco, nº 1.068 - Oficinas Velhas - Barra do Piraí - CEP: 27.110-020

BARRA DO PIRAÍ

BARRA DO PIRAÍ
Pinheiral, Piraí, Rio das Flores, Valença

CR 16
Médio Paraíba II

Rua São João, nº 651 - São João - Volta Redonda - CEP: 27.253-360

VOLTA REDONDA

VOLTA REDONDA
Rio Claro, Barra Mansa

CR 17
Médio Paraíba III

Av. Presidente Getúlio Vargas, nº 397 - Campos Elísios - Resende - CEP: 27.542-140

RESENDE

RESENDE
Itatiaia, Porto Real, Quatis

CR 18
Baía da Ilha Grande

Rua Coronel Carvalho, 230 A - Centro - Angra dos Reis - CEP: 23.900-000

ANGRA DOS REIS

ANGRA DOS REIS
Mangaratiba, Paraty

CR 19
Metropolitana I

Rua Profª. Venina Corrêa Torres, nº 41 - Centro - Nova Iguaçu - CEP: 26.200-100

NOVA IGUAÇU

NOVA IGUAÇU
Nilópolis, Queimados, Mesquita, Japeri

CR 23
Metropolitana II

Rua José Joaquim de Oliveira, s/nº - Paiva - São Gonçalo - Cep.: 24.426-010

SÃO GONÇALO

SÃO GONÇALO

CR 26
Metropolitana III

Rua Dias da Cruz, nº 638 - 3º andar - Méier - CEP: 20.071-004

RIO DE JANEIRO (Zona Norte)

RIO DE JANEIRO (Norte)
Ilha do Governador, Penha, Vila da Penha, Higienópolis, Colégio, Madureira, Méier, Cascadura, Bonsucesso, Inhaúma, Olaria, Lins, Engenho de Dentro, Penha Circular, Caju, Marechal Hermes, Ramos, Quintino, Irajá, Acari, Oswaldo Cruz, Água Santa, Piedade, Vigário Geral, Jacaré, Brás de Pina, Cachambi, Rocha, Bento Ribeiro, Turiaçu, Vista Alegre, Vaz Lobo, Rocha Miranda, Maria da Graça, Pilares, Cavalcante, Jardim América, Coelho Neto, Engenho Novo, Vila Kosmos, Tomás Coelho

CR 27
Metropolitana IV

Rua Maria de Jesus Botelho, nº 100 Centro - Campo Grande - CEP: 23.080-280

RIO DE JANEIRO (Zona Oeste)

RIO DE JANEIRO (Zona Oeste)
CAMPO GRANDE
Jabour, Realengo, Costa Barros, Santa Cruz, Inhoaíba, Bangu, Jardim Bangu, Anchieta, Ricardo de Albuquerque, Magalhães Bastos, Pedra de Guaratiba, Senador Camará, Ilha de Guaratiba, Padre Miguel, Paciência, Vila Kennedy, Jardim Palmares, Santa MArgarida, Vila Militar, Vila Aliança, Deodoro, Sepetiba, Santissímo, Pavuna, Guadalupe, Cosmos, Honório Gurgel

CR 28
Metropolitana V

Rua Maria Luiza Reis, s/nº - Parque Lafayete - Duque de Caxias - CEP: 20.015-040

DUQUE DE CAXIAS

DUQUE DE CAXIAS

CR 20
Metropolitana VI

Rua General Bocaiúva, 229 - Centro - Itaguaí - CEP: 23.840-260

ITAGUAÍ

ITAGUAÍ
Paracambi, Seropédica

CR 21
Metropolitana VII

Avenida Floripes Rocha, n° 690 à 692 - 2° andar - salas 2,3 e 4 - Centro - Belford Roxo

BELFORD ROXO

BELFORD ROXO

CR 22
Metropolitana VIII

Rua José Clemente, n° 17 - 5ª andar (Gabinete) Centro - Niterói - CEP.: 24.020-000

NITERÓI

NITERÓI

CR 24
Metropolitana IX

Rua Promotor Ciro Olímpio da Mata, s/n° - Centro - Itaboraí

ITABORAÍ

ITABORAÍ
Tanguá

CR 25
Metropolitana X

Rua do Matoso, 254 - Rio Comprido - Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO

RIO DE JANEIRO
Jardim Botânico, Laranjeiras, Leblon, Botafogo, Copacabana, Gávea, Ipanema, Barra da Tijuca, Lagoa, Catete, Centro, Rio Comprido, Glória, Estácio, Santa Tereza, Ilha de Paquetá, Santo Cristo, Praça da Bandeira, Jacarepaguá, Vargem Grande, Vargem Pequena, Vidigal, São Cristóvão, Praça Mauá, Gamboa, Maracanã, São Francisco Xavier, Grajaú, Vila Isabel, Tijuca, Vila Valqueire, Campinho, Itanhangá, Urca, Catumbi, São Conrado, Triagem

CR 29
Metropolitana XI

Rua Roberto Bedran, s/nº - Centro - São João de Meriti - CEP: 25.520-070

SÃO JOÃO DE MERITI

SÃO JOÃO DE MERITI

COORDENADORIA ESPECIAL DE UNIDADES ESCOLARES PRISIONAIS E SÓCIO- EDUCATIVAS

Rua da Ajuda, nº 05 - 5º andar - Centro - RJ - CEP: 20.040-000

RIO DE JANEIRO

Bangu, Estácio, São Cristovão, Belford Roxo, Ilha do Governador

101321

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231