Prefeitura de Tanguá - RJ

PREFEITURA MUNICIPAL DE TANGUÁ

ESTADO DO RIO DE JANEIRO

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2007

Notícia:   Prefeitura de Tanguá - RJ selecionará 300 candidatos

A Comissão Especial do Concurso Público da Prefeitura do Município de Tanguá, Estado do Rio de Janeiro, nomeada pela Decreto nº 1 .073/2006 publicada em 13 de junho de 2006, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital de Abertura do 1º Concurso Público de 2007 do Poder Executivo Municipal, doravante denominado simplesmente Município, destinado ao provimento de Empregos Públicos de Pessoal da Prefeitura,sob o Regime CLT- Consolidação das Leis do Trabalho, de acordo com que estabelece a Constituição Federal artigo 37, incisos I a IV, a Constituição do Estado do Rio de Janeiro, artigo 77, incisos I a VI e da LOM, observadas, também, as regras definidas no presente Edital de Convocação.

01- DO CONCURSO

1.1. Este Edital contém as cláusulas e condições que regem este Concurso Público conforme a legislação vigente. A realização da inscrição implica a concordância do candidato com as regras aqui estabelecidas, com renúncia expressa a quaisquer outras;

1.1.1. O Concurso Público terá validade por 02 (dois) anos, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, por ato do Chefe do Poder Executivo Municipal, conforme dispõe o Artigo 37, inciso III, da Constituição Federal;

1.1.2. Os empregos públicos objetos do Concurso Público, os valores dos respectivos vencimentos, os números de vagas e as jornadas de trabalho são os constantes no Anexo I deste Edital;

1.1.3. A PMT reserva-se o direito de admitir o número total ou parcial dos candidatos aprovados, em relação às vagas quantificadas neste Edital;

1.1.4. Os requisitos exigidos para os empregos públicos, em função de sua natureza, os programas mínimos das provas e as sugestões de bibliografia são os constantes do Manual do Candidato, que será entregue quando da inscrição, ou retirado pela Internet, fazendo o download no portal www.ipdep.org.br.

1.2. O Concurso Público será eliminatório e classificatório, constando de prova escrita com questões objetivas, valendo um total de 100 (cem) pontos, para os candidatos dos Níveis Elementar, Fundamental, Médio e Superior. Exceto para os seguintes empregos públicos:

1.2.1. Farão prova escrita e prática, valendo, respectivamente, 80 (oitenta) e 20 (vinte), num total de 100 (cem) pontos, os candidatos aos empregos públicos denominados: AGENTE ADMINISTRATIVO e OFICIAL ADMINISTRATIVO.

1.2.2. Fará prova escrita e prática, valendo, respectivamente, 80 (oitenta) e 20 (vinte), num total de 100 (cem) pontos, a seguinte categoria do Nível Fundamental I (motorista, Operador de Escavadeira, Operador de Niveladora e Tratorista).

1.2.2.1. Somente será permitida ao candidatado a realização da prova prática de direção veicular mediante a apresentação da Carteira Nacional de Habilitação categoria "D ou E", no local e horário que será divulgado posteriormente. Não serão aceitos protocolos do documento ou comprovantes de perda ou roubo de documentos.

1.2.3. A duração da prova prática referente ao emprego dos subitens 1.2.1 e 1.2.2 será, no máximo, de 15 (quinze) minutos.

1.2.4. Conforme dispõe a Constituição Federal, artigo 206, inciso V, para todas as categorias funcionais do Quadro do Magistério, haverá prova escrita e de títulos, com os seguintes valores de pontuação e condições:

a) a prova escrita, com questões objetivas, valerá até 90 (noventa) pontos; e

b) a prova de títulos valerá até 10 (dez) pontos.

1.2.5. Para o Quadro do Magistério, apenas os candidatos que alcançarem, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) de acertos na prova objetiva terão seus títulos avaliados.

1.3. Todas as comunicações referentes ao Concurso Público serão providenciadas e expedidas pela Comissão Especial do Concurso Público;

1.4. Este Concurso estará aberto a todo aquele que:

1.4.1. For brasileiro nato ou naturalizado ou cidadão português que tenha adquirido a igualdade de direitos e obrigações civis e ainda esteja no gozo dos direitos políticos, conforme o Decreto Federal n.º. 70.436, de 18 de abril de 1972, e a Constituição Federal - § 1º do Artigo 12, comprovado por documento oficial fornecido pelo Ministério da Justiça, caso em que não serão aceitos quaisquer protocolos de requerimento;

1.4.2. Tiver idade mínima de 18 (dezoito) anos completos até o dia da posse no emprego público;

1.4.3. Estiver quite com o Serviço Militar, para o sexo masculino, e com a Justiça Eleitoral, para ambos os sexos;

1.4.4. Preencher os requisitos especiais para inscrição no respectivo emprego, quando for o caso.

1.5. Fica o candidato obrigado a acompanhar as publicações oficiais relativas ao Concurso Público, que serão divulgadas através da Imprensa Oficial Resenha Municipal de Tanguá ou pelo portal www.ipdep.org.br;

1.6. O regime de trabalho será Celetista- REGIME DA CLT - CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO.

02 - DAS VAGAS E DOS REQUISITOS

2.1. As vagas definidas pela PMT para este Concurso são em número de 299 (duzentos e noventa e nove) e estão distribuídas de acordo com o Anexo I deste Edital;

2.2. Em cumprimento ao disposto na Constituição Federal, artigo 37, VIII e pela Lei Estadual nº. 2.482/95, Decreto Federal nº. 3.298/99, alterado pelo Decreto nº. 5.296/04 e Lei Orgânica do Município de Tanguá, serão reservadas 2% (dois por cento) das vagas oferecidas às pessoas portadoras de deficiência, respeitando o critério de arredondamento preconizado por lei. As vagas reservadas às pessoas portadoras de deficiência estão expressamente mencionadas no quadro de vagas neste Edital;

2.3. A pessoa portadora de deficiência participará da seleção em igualdade de condições com os demais candidatos às vagas de ampla concorrência no que se refere o conteúdo e avaliação das provas, duração, horário e local de aplicação das provas e nota mínima exigida;

2.3.1. O candidato portador de deficiência deverá entregar, obrigatoriamente, no ato da inscrição presencial LAUDO MÉDICO COM PROBATÓRIO (original),

INDICANDO A ESPÉCIE, O GRAU OU O NÍVEL DE DEFICIÊNCIA, COM EXPRESSA REFERÊNCIA AO CÓDIGO CORRESPONDENTE DA CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE DOENÇAS (CID) VIGENTE, BEM COMO A PROVÁVEL CAUSA DA DEFICIÊNCIA, DE ACORDO COM A LEI. NÃO SERÃO CONSIDERADOS RESULTADOS DE EXAMES E/OU DOCUMENTOS DIFERENTES DO DESCRITO;

2.3.3.. O laudo médico ou atestado não será devolvido e não serão fornecidas cópias do mesmo.

2.3.4. Se o candidato não cumprir o disposto no item 2.3.1 deste Edital, este perderá o direito de concorrer às vagas reservadas aos portadores de deficiência.

2.4. O candidato portador de deficiência que necessitar de algum atendimento especial para a realização das provas deverá fazer a solicitação, POR ESCRITO, à PMT e entregá-la no mesmo local de inscrição, das 09h às 16h, até o término do período destas;

2.4.1. O candidato com dificuldade de locomoção deverá indicar sua condição, informando no Requerimento de Inscrição se utiliza cadeira de rodas ou necessita de local de fácil acesso;

2.4.2. O candidato que necessita de condições especiais para escrever, deverá indicar sua condição, informando no Requerimento de Inscrição que necessita de auxílio para transcrição das respostas. Neste caso, o candidato terá auxílio de um fiscal, não podendo o IPDEP ser responsabilizado por parte do candidato posteriormente, sob qualquer alegação, por eventuais erros de transcrição provocados pelo fiscal;

2.4.3. O candidato portador de deficiência visual total deverá indicar sua condição, informando, no Requerimento de Inscrição, a necessidade de realizar a prova com auxilio de um ledor. Neste caso, o ledor transcreverá as respostas para o candidato, não podendo o IPDEP ser responsabilizado por parte do candidato, sob qualquer alegação, por eventuais erros de transcrição cometidos pelo ledor;

2.4.4. O candidato amplíope deverá indicar sua condição, informando, no Requerimento de Inscrição se deseja que a prova seja confeccionada de forma ampliada. Neste caso, será oferecida prova com tamanho de letra correspondente a corpo 24.

2.5. Caso a deficiência não esteja de acordo com os termos da Organização Mundial da Saúde, da Lei nº 7.853, de 24/10/89, e do Decreto nº 3.298, de 20/12/99, a opção de concorrer às vagas destinadas aos portadores de deficiência será desconsiderada, passando o candidato a fazer parte do grupo geral de inscrição;

2.6. Nos casos de incompatibilidade da deficiência com a função objeto deste Edital, a inscrição não será homologada;

2.7. Se aprovado e classificado para o provimento das vagas, o candidato portador de deficiência realizará exame médico pericial, com o fim de ser apurada a compatibilidade do exercício das atribuições da função com a deficiência de que é portador;

2.8. Não serão considerados como deficiências os distúrbios de acuidade visual ou auditiva passíveis de correção simples pelo uso de lentes ou aparelhos específicos;

2.9. Na falta de pessoas aprovadas para as vagas reservadas aos portadores de deficiência, essas serão preenchidas pelos demais candidatos, com estrita observância da ordem de classificação;

2.10. A convocação dos candidatos aprovados será feita em edital e por correspondência individual, obedecendo rigorosamente à ordem de classificação final do Concurso, divulgado pelo Órgão Oficial Resenha Municipal de Tanguá;

2.10.1. O candidato será responsável pela atualização de seu endereço residencial junto ao setor competente da Prefeitura Municipal de Tanguá enquanto este Concurso estiver dentro de seu prazo de validade.

2.11. Somente quando convocados para contratação, com exceção dos motoristas, Operador de Escavadeira, Operador de Niveladora e Tratorista, os candidatos apresentarão os documentos comprobatórios do atendimento aos requisitos especificados no Anexo I. Caso o candidato não possa comprovar o exigido, será desclassificado por não atender às condições legais exigidas para o emprego;

2.12. A nomeação dos candidatos aprovados dentro do limite das vagas deverá ocorrer de acordo com as necessidades e orçamento da Prefeitura;

2.12.1. As contratações posteriores de pessoal devem se adequar à capacidade financeira e ao cumprimento de metas de arrecadação e adequação das despesas públicas para que haja um equilíbrio entre receitas e despesas públicas e não sejam ultrapassados os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.

2.13. Efetuada a contratação dos candidatos aprovados, estes deverão ser lotados conforme a discricionariedade da Prefeitura em uma das unidades da PMT e entre outros que poderão ser criados.

03 - DA INSCRIÇÃO

3.1. A inscrição ao Concurso Público da PMT poderá ser feita de duas maneiras: presencial no local indicado ou pela Internet;

3.1.1. A inscrição presencial para o Concurso, realizada no local indicado se dará:

3.1.1.1. PERÍODO: 12 de dezembro de 2007 a 04 de janeiro de 2008;

3.1.1.2. HORÁRIO: Segunda a sexta, das 9 às 16 horas (exceto: sábado, domingo e feriados);

3.1.1.3. LOCAL: Escola de Qualificação Profissional - Rua Vereador Manoel Macedo, nº 1040 - Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº).

3.1.2. A inscrição deverá ser feita pelo candidato ou por seu procurador, com instrumento específico e individual com firma reconhecida por autenticidade, acompanhada das originais, e das cópias dos documentos de identidade do candidato e do procurador, caso este em que as cópias das identidades e a procuração serão anexadas ao requerimento de inscrição;

3.1.3. O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador no requerimento de inscrição, arcando com as conseqüências de eventuais erros de preenchimento do documento de inscrição;

3.1.4. Para inscrever-se no Concurso, o candidato deverá:

A) Pagar a taxa de inscrição, mediante depósito bancário simples, em espécie, em quaisquer agências dos bancos mencionados no presente Edital, em favor do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Público e Privado (IPDEP), não sendo admitida a aplicação da Lei n° 1.060/50 (por se tratar de terceirização e, também, porque não se refere à custa ou emolumentos do Judiciário); e

B) Não será aceito depósito feito em caixa automático ou por meio de cheque.

3.1.4.1. Bancos conveniados:

BANCO

AGÊNCIA

CONTA CORRENTE

BRADESCO

2850

9410-2

CAIXA ECONÔMICA

4120

355-5

BANCO DO BRASIL

3801-6

13611-5

UNIBANCO

0288

115943-4

3.1.4.2. O pagamento da taxa não significa que a inscrição está realizada e nem obriga que se processe a inscrição do candidato fora do período previsto neste Edital;

3.1.4.3. Comparecer ao local de inscrição, munido de original e cópia da Carteira de Identidade ou Carteira de Trabalho ou Carteira de Motorista (com foto) ou Passaporte válido ou Identificação do Órgão de Classe (cuja cópia ficará retida);

3.2. A inscrição para o Concurso, realizada pela Internet, se dará:

3.2.1. PERÍODO NA INTERNET: 12 de dezembro de 2007 a 04 de janeiro de 2008;

3.2.2. PORTAL: www.ipdep.org.br

3.2.3. O encerramento das inscrições pela Internet dar-se-á às 23h59min do dia 04 de janeiro de 2008;

3.2.4. O Processo de inscrição para Concurso Público, através da Internet, deverá ser efetuado conforme as seguintes regras e condições:

3.2.4.1. Para inscrever-se pela Internet, o candidato deverá ter um endereço próprio de e-mail válido, obrigatoriamente, e todo o processo deverá ser feito pelo si te.

3.2.5. O candidato deverá acessar o portal: www.ipdep.org.br e clicar no botão que o levará à área do Concurso;

3.2.5.1. Será apresentado um menu de opções situado na lateral esquerda da página. Este menu terá todas as opções disponíveis para o Concurso. Dentre elas a opção INSCRIÇÕES, que deverá ser primeiramente clicada com o mouse;

3.2.5.2. Após ter clicado em INSCRIÇÕES, o usuário deverá seguir os seguintes passo s:

3.2.5.2.1. Formulário de Inscrição - O candidato deverá preencher corretamente o formulário de inscrição com os seus dados. Os seguintes campos são de preenchimento obrigatório: Cargo, Nome do Candidato, Nº. do Documento de Identidade, Órgão Expedidor, Estado do Órgão Expedidor, Data de Nascimento, Sexo, CPF, Estado Civil, Grau de Instrução, Nº. de Filhos, Endereço, Bairro, Cep, Município, Estado e e-mail. Após preencher todos os campos, clicar na opção AVANÇAR;

3.2.5.2.2. Confirmação de Dados - Os dados preenchidos no formulário serão apresentados na tela e o candidato deverá conferi-los. Caso algum dado esteja errado, deverá clicar em CORRIGIR para voltar. Caso contrário deverá ler a declaração situada abaixo dos dados e marcar a caixa que se encontra após a declaração e, com isso, estará concordando com os termos da mesma. Depois deverá clicar na opção AVANÇAR;

3.2.5.2.3. Código de Autenticação - Será exibido um código numérico e um campo de texto, e o usuário deverá digitá-lo como uma medida de segurança do site. Após isso, clicar em AVANÇAR;

3.2.5.2.4. Conclusão - Será aberto em uma nova janela o boleto bancário que DEVERÁ SER IMPRESSO e pago, em qualquer agência bancária, IMPRETERIVELMENTE, até o vencimento constante no boleto, e ser guardado para posterior comprovação do pagamento;

3.2.5.2.5. O boleto bancário, emitido via Internet, será acrescido de tarifa bancária e seu pagamento deverá ser efetuado em qualquer banco até a data de vencimento constante no mesmo. As inscrições não pagas até a data prevista neste edital estarão automaticamente CANCELADAS. A inscrição só será efetivada após a confirmação, pela Instituição Bancária, do pagamento do boleto bancário;

3.2.5.2.6. Estará disponível, após o período de inscrições, no portal www.ipdep.org.br, a relação de inscrições não validadas, ficando o candidato inscrito pela Internet obrigado a acompanhar, pelo portal acima, todas as informações referentes à sua inscrição;

3.2.5.2.7. O candidato inscrito pela Internet deverá apresentar, no dia da prova, o documento de identificação oficial com foto original, declarado na ficha de inscrição preenchida no site. Caso não seja apresentado o documento, o candidato não poderá fazer a prova;

3.2.5.2.8. Não serão aceitos protocolos e outros documentos que não estejam de acordo com o item anterior;

3.2.5.2.9. Só será aceita a inscrição pela Internet através de pagamento do boleto emitido pelo site. Em hipótese alguma serão aceitos transferência ou depósito bancário para as inscrições via internet. Somente após confirmação do recebimento pela instituição bancária, as inscrições serão validadas;

3.2.5.2.10. A inscrição via Internet que tiver seu pagamento efetuado por outros meios que não seja o disponibilizado pelo site (boleto bancário) será invalidada e cancelada e ainda terá perdido o valor depositado, por não ter como identificá-lo;

3.2.5.2.11. As inscrições deverão ser feitas com antecedência, evitando possíveis congestionamentos de comunicação nos últimos dias do prazo de inscrição;

3.2.5.2.12. O IPDEP não se responsabiliza por solicitações de inscrições via Internet NÃO RECEBIDAS, por quaisquer motivos, sejam de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados e por procedimento indevido dos usuários;

3.2.5.2.13. O candidato é responsável pelas informações prestadas no Requerimento de Inscrição, arcando com as conseqüências de eventuais erros no preenchimento desse documento.

3.3. O valor da inscrição será de:

ITEM

NÍVEL DE ESCOLARIDADE

VALOR

A

NÍVEL ELEMENTAR

R$ 25,00

B

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

R$ 30,00

C

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

R$ 35,00

D

NÍVEL MÉDIO

R$ 45,00

E

NÍVEL SUPERIOR

R$ 60,00

3.3.1. Antes de efetuar o pagamento da taxa de inscrição no local ou via Internet, o interessado deverá certificar-se de que preenche os requisitos exigidos neste Edital para a participação no Concurso Público. Em nenhuma hipótese será admitida a inscrição condicional e nem haverá devolução da Taxa de Inscrição.

3.4. Será disponibilizado o seguinte número telefônico 0XX-(22)-2726-3252 nos horários das 9 às 12 horas e das 14 às 18 horas, de segunda a sexta - feira, para informações ao candidato sobre o Concurso;

3.4.1. Todas as ligações serão gravadas e o candidato deverá, ao ligar, fornecer seu nome e número de inscrição;

3.5. Não serão aceitos pedidos de isenção de pagamento do valor da taxa de inscrição;

3.6. O candidato inscrito pela Internet deverá enviar, se solicitado, para efeito de comprovação, cópia do documento utilizado no ato da inscrição, para a CAIXA POSTAL -114341 Campos do Goytacazes'RJ;

3.7. Importante: Os candidatos portadores de deficiências que optarem pela inscrição via Internet também deverão cumprir as exigências contidas no subitem 2.3.1 deste Edital;

3.8. Todas as despesas decorrentes da participação no Concurso Público, inclusive deslocamentos para os locais de inscrição e de realização das provas, serão de inteira responsabilidade do candidato.

04 - DA CONFIRMAÇÃO DA INSCRIÇÃO

4.1. O candidato somente poderá retirar o seu COMPROVANTE DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO (CCI) NO MESMO LOCAL ONDE FEZ A SUA INSCRIÇÃO OU PELA INTERNET;

4.1.1. PERÍODO: 14 a 16 de janeiro de 2008;

4.1.2. HORÁRIO: das 9 às 16 horas;

4.1.3.LOCAL: Escola de Qualificação Profissional - Rua Vereador Manoel Macedo, nº 1040 - Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s'nº).

4.2. Na Internet:

4.2.1. PORTAL: www.ipdep.org.br

4.2.2. PERÍODO: 14 a 16 de janeiro de 2008.

4.3. Ao receber o Comprovante CCI ou retirá-lo na Internet, o candidato deverá, obrigatoriamente:

4.3.1. Fazer a conferência de todos os dados nele transcritos. Caso haja qualquer erro, ou o Comprovante não esteja disponível, o candidato deverá solicitar ao encarregado do posto de confirmação a necessária correção;

4.3.2. Tomar conhecimento do seu número de inscrição, do dia, horário, local e sala onde fará a prova;

4.3.3. O candidato que não conferir as informações contidas no seu CCI estará assumindo total responsabilidade pelos dados ali registrados e suas conseqüências;

4.3.4. As informações sobre os respectivos locais de provas estarão disponíveis, também, no endereço eletrônico do IPDEP: www.ipdep.org.br.

05 - DA PROVA OBJETIVA

5.1. A prova objetiva para a área do Magistério está com data prevista para 20/01/2008, para os Níveis Elementar, Fundamental, Médio com data prevista para o dia 27/01/2008 e para Nível Superior com data prevista para o dia 10/02/2008. A prova para o Nível Elementar constará de 30 (trinta) questões com duração de 03 (três horas) e será constituída de questão do tipo múltipla escolha com 04 (quatro) alternativas (A - B - C - D), e uma única resposta correta. Para os demais níveis a prova constará de 40 (quarenta) questões com duração de 03 (três horas) e será constituída de questão do tipo múltipla escolha com 04 (quatro) alternativas (A - B - C - D), e uma única resposta correta, sendo considerado aprovado o candidato que obtiver o mínimo de 50% (cinqüenta por cento) do total de pontos;

5.2. As provas serão organizadas considerando-se o grau de escolaridade (Níveis Elementar Fundamental, Médio e Superior), exigido para o exercício do emprego, conforme o Anexo I deste edital;

5.3. O candidato deverá comparecer ao local de realização das provas, com antecedência mínima de 01 (uma) hora do horário estabelecido para o fechamento dos portões de acesso aos locais de prova, munido do Comprovante de Confirmação de Inscrição (CCI), de documento original de identificação oficial com foto e de caneta esferográfica azul ou preta;

5.4. Serão considerados documentos de identificação oficial de identidade: carteiras expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelos Corpos de Bombeiros, pelas Polícias Militares, pelos Órgãos fiscalizadores do exercício profissional (Ordens, Conselhos, etc.), passaporte com validade contendo foto e estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato e sua assinatura. Não serão aceitos protocolos, crachás, identidade funcional, CPF, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, cópias ou quaisquer outros documentos que impossibilitem a identificação do candidato, bem como a verificação de sua assinatura;

5.4.1. O candidato que não apresentar o documento oficial de identidade não realizará as provas;

5.4.2. O documento de identidade do candidato deverá ser apresentado ao fiscal da sala para conferência com o Cartão Resposta e a Lista de Presença, que só será assinada, na entrega do Cartão ao término da prova.

5.5. Os portões de acesso aos locais de realização das provas serão fechados, rigorosamente, na hora marcada para o início das mesmas, não havendo tolerância;

5.5.1. As provas acontecerão em dias, horários e locais indicados no Comprovante de Confirmação da Inscrição (CCI) do candidato e não haverá, sob pretexto algum, segunda chamada nem justificação de falta, sendo considerado eliminado do Concurso o candidato que faltar à prova escrita. Não haverá aplicação de provas fora do horário, data e locais pré-determinados;

5.5.2. Não será permitido, ao candidato, realizar a prova em estado etílico (embriagado).

5.6. Cada candidato receberá um Bloco de Provas, contendo questões gerais, e um único Cartão-Resposta, que deverá ser marcado somente com caneta esferográfica azul ou preta;

5.6.1. O Cartão-Resposta não poderá ser rasurado, amassado, manchado ou ser feito uso de borracha ou corretivo e, em nenhuma hipótese, será substituído e terá que ser, obrigatoriamente, assinado pelo candidato no local determinado, sob pena de não ser válido para leitura e atribuição de nota;

5.6.2. A transcrição correta das alternativas para o Cartão-Resposta, bem como a assinatura do mesmo, é de inteira responsabilidade do candidato e é obrigatória, pois a correção da prova objetiva será feita somente nesse documento e por processamento eletrônico de leitura ótica;

5.6.3. Na correção do cartão-resposta da prova objetiva será atribuída nota 0 (zero) à questão:

5.6.3.1. Com mais de uma opção assinalada;

5.6.3.2. Sem opção assinalada;

5.6.3.3. Com emenda ou rasura.

5.7. Por motivo de segurança, serão adotados os seguintes procedimentos:

5.7.1. Iniciadas as provas, nenhum candidato poderá retirar-se da sala antes de decorridos 60 (sessenta) minutos do início das mesmas. Os três últimos candidatos deverão permanecer juntos na sala, sendo somente liberados quando o último deles tiver concluído a prova;

5.7.2. Ao final da prova, o candidato é obrigado a entregar seu Cartão-Resposta obrigatoriamente assinado, ao fiscal de sala, sob pena de ter sua inscrição cancelada, mesmo que sua assinatura conste da folha de presença. O Cartão-Resposta não será aceito, sob qualquer pretexto, após a saída do candidato da sala de prova ou após o encerramento da mesma;

5.7.3. É vedado o porte de armas nos locais das provas e não será admitida qualquer espécie de consulta, comunicação entre os candidatos, nem a utilização de livros, códigos, manuais, impressos, anotações, réguas, compassos, máquina de calcular, agendas eletrônicas, notebook, pal mtop, relógios com mostrador digital, telefone celular, BIP, MP3 Player e/ou similares, walkman, gravador, ou qualquer outro receptor de mensagens;

5.7.4. Durante as provas não será permitido o uso de óculos escuros, boné, boina, chapéu, gorro, lenço ou qualquer outro acessório que impeça a identificação e a visão total das orelhas do candidato. Poderá haver revista pessoal por meio da utilização de detector de metais e os candidatos com cabelos longos deverão prendê-los;

5.7.5. Não será permitido o ingresso de pessoas estranhas ao Concurso no local da prova. Com exceção dos candidatos portadores de Necessidades Especiais e das candidatas que estejam amamentando lactantes, os quais poderão dispor de acompanhantes, que ficarão em dependência designada pelo Coordenador do local;

5.7.6. A candidata que tiver necessidade de amamentar no dia da prova deverá levar um acompanhante, que ficará com a guarda da criança em local reservado e diferente do local da candidata. A amamentação dar-se-á nos momentos em que se fizerem necessários, não tendo a candidata, nesse momento, a companhia do acompanhante, além de não ser dado nenhum tipo de compensação em relação ao tempo de prova dispensado com a amamentação. A não presença de um acompanhante impossibilitará a candidata de realizar a prova;

5.7.7. Não haverá prorrogação do tempo previsto para aplicação das provas, inclusive aquele decorrente de afastamento do Candidato da sala de prova;

5.7.8. O Candidato não poderá alegar desconhecimento dos locais de realização das provas como justificativa por sua ausência. O não comparecimento à prova, qualquer que seja o motivo, será considerado como desistência do candidato e resultará em sua eliminação do Concurso;

5.7.9. Qualquer observação por parte dos candidatos será igualmente lavrada na Ata, ficando seus nomes e números de inscrição registrados pelo fiscal.

5.8. Será automaticamente excluído do Concurso, em qualquer fase, o candidato que:

5.8.1. fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;

5.8.2. for descortês com qualquer membro da equipe encarregada da Inscrição, portaria, portões, entrega dos comprovantes de confirmação (CCI) e aplicação da prova, se recusar a entregar o cartão - resposta no tempo determinado para o término da prova;

5.8.3. for responsável por falsa identificação pessoal;

5.8.4. durante a realização da prova, for surpreendido em comunicação com outro candidato ou em utilização de celular;

5.8.5. utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos para obter aprovação, tais como anotações em papéis, no corpo, roupas etc.

5.8.6. não devolver o Cartão-Resposta, antes de sair da sala;

5.8.7. ausentar-se do recinto da prova sem permissão;

5.8.8. deixar de assinar a lista de presença e o cartão - Resposta;

5.8.9. não atender às determinações deste Edital;

5.8.10. prejudicar ou fraudar o processo de inscrição pela Internet;

5.8.11. após as provas, for constatado por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter utilizado outros procedimentos ilícitos na realização das mesmas.

5.9. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar as publicações de todos os atos e Editais referentes ao presente Concurso;

5.10. As provas objetivas de múltipla escolha serão elaboradas com base no conteúdo programático dos níveis de escolaridade e / ou profissão, aprovado pelos Conselhos de Educação, Ministério da Educação ou Órgão competente de Educação;

5.11. Conteúdos e Bibliografias são os constantes do Manual do Candidato;

5.12. É expressamente proibido fumar durante a prova.

06 - DA PUBLICAÇÃO DO GABARITO

6.1. Os gabaritos das provas objetivas para a área do Magistério serão divulgados no dia 23 de janeiro de 2008, e dos Níveis Elementar, Fundamental e Médio no dia 30 de janeiro de 2008, Nível Superior dia 13 de fevereiro de 2008 no Órgão Oficial Resenha Municipal de Tanguá ou através do portal www.ipdep.org.br.

07 - DOS RECURSOS

7.1. Após a publicação dos gabaritos da prova objetiva, o candidato que se julgar prejudicado poderá recorrer, no período de 24 e 25 de janeiro de 2008, para o Magistério; Níveis Elementar, Fundamental e Médio, dias 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2008 e Nível Superior dias 14 e 15 de fevereiro de 2008, através de requerimento dirigido à Comissão de Concurso e entregue no Protocolo Geral da Prefeitura do Município de Tanguá, situado na rua: Vereador Manoel Macedo, nº 1.040 - Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº;

7.2. Os recursos previstos no 7.1. serão dirigidos à Comissão de Concurso e representados por petição escrita, protocolada no Protocolo Geral da Prefeitura do Município de Tanguá;

7.3. A Comissão de Concurso, interposto o recurso deste capítulo, decidirá, informando no processo a decisão, de caráter irrecorrível;

7.4. Deverá ser interposto um recurso para cada questão em que o candidato se julgar prejudicado, com a indicação precisa da mesma, acompanhado de comprovantes que fundamentem as alegações;

7.5. O recurso deverá ser individual, não sendo admitido litisconsorte, devendo trazer a indicação precisa do item em que o candidato se julga prejudicado, acompanhado de comprovantes que fundamentem as alegações, com citações de artigos de legislação, itens, páginas de livro, nome dos autores. Cada recurso objetivará uma única questão;

7.6. Será indeferido, liminarmente, o recurso que não estiver fundamentado ou for interposto fora do prazo;

7.7. Após o julgamento dos recursos, os pontos correspondentes às questões que porventura forem anuladas serão atribuídos a todos os candidatos;

7.8. Após o julgamento dos recursos interpostos, as notas atribuídas pela Comissão do Concurso serão as notas definitivas dos candidatos, que serão publicadas com o ato de homologação do Concurso pelo Prefeito Municipal;

7.9. No caso de apuração de resultado por processo eletrônico, o candidato poderá solicitar, vista (por meio de cópia) do Cartão-Resposta, para dissipar eventual dúvida sobre as alternativas assinaladas, a ser concedida através de cópia, observado o prazo de 30 e 31 de janeiro de 2008 para o Magistério e demais áreas dias 03 e 04 de março de 2008, através de requerimento dirigido à Comissão Organizadora do Concurso e entregue no Protocolo Geral da Prefeitura do Município de Tanguá;

7.10. Não serão aceitos recursos interpostos por via postal, fax-símile ou e-mail.

08- DA APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS

8.1. Os resultados serão divulgados em listagem por ordem classificatória, já considerando os critérios de desempate, contendo as notas das provas objetivas;

8.1.1. A Publicação do resultado preliminar e gabarito pós-recursos para o Magistério será no dia 29 de janeiro de 2008, e demais áreas no dia 25 de fevereiro de 2008;

8.1.2. A Publicação do resultado final para o Magistério será no dia 25 de fevereiro de 2008, e demais áreas no dia 14 de março de 2008, encerrando-se assim, as atribuições do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Público e Privado (IPDEP).

09 - DA CLASSIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS E DESEMPATES

9.1. A classificação dos candidatos será apresentada em ordem decrescente de pontos, em listagem específica com nota final, por nome e código de inscrição, com os desempates já realizados;

9.1.1. O desempate dos candidatos obedecerá aos seguintes critérios, nesta ordem e sucessivamente:

9.1.1.1. Ter mais Idade, em conformidade com o Parágrafo único, do artigo 27, da Lei Federal nº 10.741, de 01/10/2003, para todos os empregos públicos e persistindo o empate serão adotados, (desempate um); sucessivamente, os seguintes critérios:

9.1.1.2. Ter obtido maior nota na parte de conhecimentos específicos da prova objetiva (desempate dois);

9.1.1.3. Ter obtido maior nota na prova de português (desempate três).

9.1.2. O desempate dos candidatos da área do MAGISTÉRIO obedecerá aos seguintes critérios, nesta ordem e sucessivamente:

9.1.2.1. Ter mais Idade, em conformidade com o Parágrafo único, do artigo 27, da Lei Federal nº 10.741, de 01/10/2003, para todos os empregos públicos e persistindo o empate serão adotados, os seguintes critérios:

9.1.2.2. Ter obtido maior nota na parte de conhecimentos específicos da prova objetiva;

9.1.2.3. Ter obtido maior nota na prova de português;

9.1.2.4. Ter obtido maior nota na prova de títulos.

9.1.3. O desempate dos candidatos aos empregos públicos de AGENTE ADMINISTRATIVO, OFICIAL ADMINISTRATIVO e MOTORISTAS obedecerá aos seguintes critérios, nesta ordem e sucessivamente:

9.1.3.1. Ter mais Idade, em conformidade com o Parágrafo único, do artigo 27, da Lei Federal nº 10.741, de 01/10/2003, para todos os empregos públicos e persistindo o empate serão adotados, os seguintes critérios:

9.1.3.2. Ter obtido maior nota na parte de conhecimentos específicos da prova objetiva; 9.1.3.3. Ter obtido maior nota na prova de português;

9.1.3.4. Ter obtido maior nota na prova prática.

10 - DOS TÍTULOS DO MAGISTÉRIO

10.1. O candidato que tiver títulos para serem julgados, deverá entregá-los ao conferente, ou enviá-los por via postal;

10.2. Deverão entregar ou enviar seus títulos somente aqueles candidatos que obtiverem, na prova escrita, o percentual mínimo exigido para a aprovação, que é de 50% (cinqüenta por cento);

10.3. Não serão considerados os documentos que não estejam em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a sua leitura e avaliação;

10.4. O envelope, fornecido pelo candidato, deverá conter a Folha de Rosto e as cópias dos títulos, e ser identificado, no verso, com nome, número de inscrição e categoria profissional do magistério à qual o candidato concorre;

10.4.1. A apresentação dos títulos do magistério deverá ser feita entre os dias 30 de janeiro a 01 de fevereiro de 2008, não sendo aceitos os postados após a data limite.

10.5. O título entregue no local, por cópias, dispensarão autenticação cartorial, desde que acompanhados de seus originais, para serem vistados pelo conferente que os receber;

10.5.1. O envelope com a Folha de Rosto e os títulos deverá ser entregue no local, horário e datas seguintes:

10.5.1.1. PERÍODO: 30 de janeiro a 01 de fevereiro de 2008;

10.5.1.2. HORÁRIO: das 9 às 16 horas;

10.5.1.3. LOCAL: Protocolo Geral da Prefeitura do Município de Tanguá.

10.6. O envelope com a Folha de Rosto e os títulos, devidamente autenticados em cartório, deverá ser postado através de AR ou registrado, nas seguintes condições:

10.6.1. DESTINATÁRIO: Concurso Público da Prefeitura do Município de Tanguá - CAIXA POSTAL - 114341- Campos do Goytacazes / RJ, CEP 28010-972.

10.6.2. PERÍODO: 30 de janeiro a 01 de fevereiro de 2008.

10.7. A obtenção da Folha de Rosto dos títulos do candidato poderá ser retirada pela Internet, no "site" www.ipdep.org.br, ou no ato de entrega dos Títulos, para ser preenchida, completa e corretamente, com assinatura logo abaixo do último título e colocada dentro do envelope de remessa e devidamente lacrado;

10.8. A análise dos documentos comprobatórios dos títulos, valendo um total de 10 (dez) pontos, avaliará o nível de aperfeiçoamento do candidato ao Quadro de Magistério, em estrita observância às normas contidas neste Edital;

10.9. Por seu esforço de aperfeiçoamento, o candidato ao emprego do Magistério poderá merecer a pontuação máxima de até 10 (dez) pontos;

10.10. Para os empregos do magistério, o esforço de aperfeiçoamento será valorizado segundo:

a) 01 (um) ponto, por curso com um mínimo de 20 (vinte) e o máximo de 100 (cem) horas de aulas, infracionáveis, admitindo-se, para pontuação, até 3 (três) títulos desse tipo;

b) 02 (dois) pontos por curso com mais de 100 (cem) horas de aulas, infracionáveis, admitindo-se, para pontuação, até 03 (três) títulos desse tipo;

c) 03 (três) pontos por pós-graduação ou "lato-sensu" (aperfeiçoamento e especialização) com um mínimo de 360 (trezentos e sessenta) horas, infracionáveis, admitindo-se qualquer quantidade de títulos, limitado ao previsto nos itens 10.8 e 10.9, para contabilização;

d) 04 (quatro) pontos por mestrado registrado na Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior, com qualquer quantidade de títulos, limitado ao previsto nos itens 10.8 e 10.9, para contabilização;

e) 05 (cinco) pontos por doutorado registrado na Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior, com qualquer quantidade de títulos, limitado ao previsto nos itens 10.8 e 10.9, para contabilização;

10.10.1. O aperfeiçoamento, já finalizado, deverá ser comprovado por cópia legível, do certificado, com carga horária expressa, somente sendo aceitos cursos da área para a qual o candidato concorre;

10.10.2. Serão computados, como títulos, apenas os cursos cuja avaliação indique sua correlação com a área onde se situa o emprego pretendido, denotando contribuição para o aperfeiçoamento de seu exercício, e com o certificado fornecido por instituição reconhecida;

10.10.3. O certificado exigido para o exercício do emprego não será computado como título de aperfeiçoamento;

10.10.4. Não serão avaliados os títulos de tempo de serviço, monitoria e estágios;

10.10.5. Os títulos enviados à Comissão de Concurso, para avaliação, deverão ter cargas horárias explícitas;

10.10.6. Não haverá atribuição de pontos cumulativos e a pontuação dos títulos será atribuída a um só título, por espécie (em caso do candidato ter participado de mais de um curso com o mesmo conteúdo programático, apesar de em diferentes instituições);

10.10.7. Não serão considerados documentos ilegíveis, com rasuras ou emendas, nem os que não atenderem às especificações contidas neste Edital;

10.10.8. Não será aceita a entrega de títulos antes ou depois das datas previstas, neste Edital;

10.10.9. Não serão recebidos títulos por fax-símile ou e-mail.

11 - DO PROCESSO DE SELEÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL

11.1 Os candidatos a Guarda Municipal submeter-se-ão a mais duas etapas:

11.1.1. Serão convocados para apresentarem Atestado Médico (autorização médica) os 20 (vinte) primeiros colocados do resultado classificatório de Guarda Municipal. O referido Atestado Médico deverá ser entregue no ato de apresentação para realização da avaliação de aptidão física e obedecerá, rigorosamente, à ordem classificatória;

11.1.2. O Atestado Médico, expedido com data obrigatoriamente posterior à data da prova objetiva, deverá ser entregue no original, em papel timbrado, obedecendo aos itens apresentado no Anexo II;

11.1.3. Deverão ser observados os seguintes critérios de avaliação no Atestado Médico que o candidato deverá apresentar: hipertensão arterial; ausência ou perda parcial de qualquer segmento do corpo que comprometa seu bom desempenho físico; qualquer anomalia congênita ou adquirida que comprometa a funcionalidade do corpo tais como: deformidades, retrações, abaulamentos ou cicatrizes, inclusive as cirúrgicas; hérnias; varizes de membros inferiores;

11.2. Avaliação de Aptidão Física para Guarda Municipal - segunda etapa - os 20 (vinte) primeiros colocados farão, no dia 02 de março de 2008, o local e a hora serão determinados na publicação do Edital de convocação no Órgão Oficial do Município . Fica o candidato obrigado a acompanhar as referidas publicações. Quando chamado para a avaliação, o candidato deverá se apresentar com antecedência mínima de 01 (uma) hora, portando o documento de identidade que foi utilizado no ato da inscrição, o comprovante de confirmação de inscrição CCI e o atestado médico.

11.2.1. Avaliação de Aptidão Física.

11.2.1.1. - Esta avaliação é de caráter eliminatório: o candidato será considerado APTO ou INAPTO;

11.2.1.2. - O candidato deverá portar vestimenta adequada à realização da avaliação. (Calção, Camiseta e Tênis);

11.2.1.3. - O exame de aptidão física constará de TESTE DE RESISTÊNCIA E FORÇA, com metas a serem alcançadas, tendo como pré-requisito a apresentação de ATESTADO MÉDICO;

11.2.1.4. - Estará Apto o candidato que for aprovado em todos os testes de aptidão física;

11.2.1.5. - Não será concedida segunda chamada, sendo considerado Inapto o candidato que, no momento da realização da prova, apresentar quaisquer alterações fisiológicas, psicológicas ou impedimento momentâneo (contusões, fraturas, luxações, gravidez e outros) que o impossibilitem de submeter-se aos testes ou diminuam sua capacidade física ou orgânica.

1- Avaliação do componente cardiorespiratório.

· Protocolo de testagem utilizando técnica de campo.

· Teste de corrida de 2.400 metros.

· Metodologia: o teste consiste em cronometrar o tempo gasto pelo avaliado para percorrer a distância de 2.400 metros.

· Com o resultado apurado, identificar na tabela (anexo), em função do sexo e idade, o nível de capacidade aeróbica do candidato avaliado.

· Estarão classificados os candidatos que alcançarem os tempos da CATEGORIA - NÍVEL MÉDIO DE CAPACIDADE AERÓBICA, conforme tabela.

Tabela dos Níveis de Capacidade Aeróbica

Categoria

13/19 anos

20/29 anos

30/39anos

40/49 anos

50/59 anos

I. M. Fraca

 

 

 

 

 

Homem15min 31seg16min 01seg16min 31seg17min 31seg19min 01seg
Mulher18min 31seg19min 01seg

19min 31seg

20min 01seg20min 31seg

II. Fraca

 

 

 

 

 

Homem

12:11 - 15:30

14:01 - 16:00

14:46 - 16:30

15:36 - 17:30

17:01 - 19:00

Mulher

16:55 - 18:30

18:31 - 19:00

19:01 - 19:30

19:31 - 20:00

20:01 - 20:30

III. Média

 

 

 

 

 

Homem

10:49 - 12:10

12:01 - 14:00

12:31 - 14:45

13:01 - 15:35

14:31 - 17:00

Mulher

14:31 - 16:54

15:55 - 18:30

16:31 - 19:00

17:31 - 19:30

19:01 - 20:00

IV. Boa

 

 

 

 

 

Homem

09:41 - 10:48

10:46 - 12:00

11:01 - 12:30

11:31 - 13:00

12:31 - 14:30

Mulher

12:30 - 14:30

13:31 - 15:54

14:31 - 16:30

15:56 - 17:30

16:31 - 19:00

V. Excelente

 

 

 

 

 

Homem

08:37 - 09:40

09:45 - 10:45

10:00 - 11:00

10:30 - 11:30

11:00 - 12:30

Mulher

11:50 - 12:29

12:30 - 13:30

13:00 - 14:30

13:45 - 15:55

14:30 - 16:30

VI. Superior

 

 

 

 

 

Homem

08min 37seg

09min 45seg

10min 00seg

10min 30seg

11min 15seg

Mulher

11min 50seg

12min 30seg

13min 00seg

13min 45seg

16min 30seg

Fonte da Tabela acima: Cooper, 1982

2-Resistência Abdominal

· Objetivo: medir a resistência da musculatura abdominal por meio da flexão do tronco;

· Metodologia para ambos os sexos: Executar o maior número de abdominais em 60 segundos, da seguinte forma: O candidato deverá assumir a posição em decúbito dorsal, joelhos fletidos formando um ângulo de 90 graus. As plantas dos pés devem estar em pleno contato com o solo e os pés devem estar afastados a uma distância inferior a 30 centímetros. O candidato deverá cruzar os braços à frente do tronco, de forma que a mão direita toque o ombro esquerdo e a mão esquerda toque o ombro direito. A cabeça do candidato também deverá estar em contato com o solo. Um membro da equipe de avaliação deverá segurar os tornozelos do candidato, mantendo o ângulo de 90 graus, e assegurando que os pés fiquem em contato com o solo durante o teste. O candidato deverá elevar o tronco até que os cotovelos toquem as coxas e voltar à posição inicial. Cada toque dos cotovelos nas coxas constitui uma flexão.Só serão considerados válidos os movimentos executados corretamente e completos.

· Observe o esquema abaixo:

* FIGURA 1 NO FIM DO EDITAL

· Resultado: Será a contagem do nº. de toques dos cotovelos nas coxas, executados de maneira correta em 60 segundos, e estarão classificados os candidatos que alcançarem a CATEGORIA - NÍVEL MÉDIO, em uma única tentativa para ambos os sexos;

TABELA DE ABDOMINAIS PARA HOMENS

IDADE

15/19 anos

20/29 anos

30/39 anos

40/49 anos

50/59 anos

60/69 anos

FRACO

< = 32

< = 28

< = 21

< = 16

< = 12

< = 06

REGULAR

33 - 37

29- 32

22 - 26

17 - 21

13 - 17

07 - 11

MÉDIO

38 - 41

33- 36

27 - 30

22 - 25

18 - 21

12 - 16

BOM

42 - 47

37 - 42

31 - 35

26 - 30

22 - 25

17 - 22

EXCELENTE

> = 48

> = 43

> = 36

> = 31

> = 26

> = 23

Fonte da Tabela acima:(Pollock, M.L. ;Wilmore,J.H. ,Exercícios na Saúde e na Doença,2ª ed. ,MEDSI, R.J, 1993)

TABELA DE ABDOMINAIS PARA MULHERES

IDADE

15/19 anos

20/29 anos

30/39 anos

40/49 anos

50/59 anos

60/69 anos

FRACO

< = 26

< = 20

< = 14

< = 6

< = 2

< = 1

REGULAR

27 - 31

21 - 24

15 - 19

7 - 14

3 - 4

2 - 3

MÉDIO

32 - 35

25 - 30

20 - 23

15 - 19

5 - 11

4 - 11

BOM

36 - 41

31 - 35

24 - 28

20 - 24

12 - 18

12 - 15

EXCELENTE

> = 42

> = 36

> = 29

> = 25

> = 19

> = 16

Fonte da Tabela acima:(Pollock, M.L. ;Wilmore,J.H. ,Exercícios na Saúde e na Doença,2ª ed. ,MEDSI, R.J, 1993)

3-RESISTÊNCIA DE MEMBROS SUPERIORES

· Objetivo: Flexão e extensão de braço e antebraço: realizar o maior número de repetições possíveis em uma única tentativa. Serão aprovados os candidatos de ambos os sexos que alcançarem a CATEGORIA - NÍVEL MÉDIO, conforme tabela.

· Observe o esquema abaixo:

* FIGURA 2 NO FIM DO EDITAL

TABELA DE RESISTÊNCIA DE MEMBROS SUPERIORES - HOMENS

IDADE

15/19 anos

20/29 anos

30/39 anos

40/49 anos

50/59 anos

60/69 anos

FRACO

< = 17

< = 16

< = 11

< = 09

< = 08

< = 04

REGULAR

18 - 22

17 - 21

12 - 18

10 - 12

07 -09

05 - 07

MÉDIO

23 - 28

22 - 28

17 - 21

13 - 16

10 - 12

08 - 10

BOM

29 - 38

29 - 35

24 - 29

17 - 21

13 - 20

11 - 17

EXCELENTE

> = 39

> = 36

> = 30

> = 22

> = 21

> = 18

Fonte da Tabela acima: (Pollock, M.L. ;Wilmore,J.H.,Exercícios na Saúde e na Doença,2ª ed.,MEDSI, R.J, 1993)

TABELA DE RESISTÊNCIA DE MEMBROS SUPERIORES - MULHERES

IDADE

15/19 anos

20/29 anos

30/39 anos

40/49 anos

50/59 anos

60/69 anos

FRACO

< =11

< = 09

< = 07

< =04

< = 01

< = 01

REGULAR

12 - 17

10 - 14

08 - 12

05 - 10

02 - 06

01 - 04

MÉDIO

18 - 24

15 - 20

13 - 19

11 - 14

07 - 10

05 - 11

BOM

25 - 32

21 - 29

20 - 26

15 - 23

11 - 20

12 - 16

EXCELENTE

> = 33

> = 30

> = 27

> = 24

> = 21

> = 17

Fonte da Tabela acima:(Pollock, M.L. ;Wilmore,J.H. ,Exercícios na Saúde e na Doença,2ª ed. ,MEDSI, R.J, 1993)

· Metodologia: Homens: os movimentos serão executados com o candidato no chão, deitado de barriga para baixo, as mãos colocadas sobre o chão, braços estendidos na linha e largura dos ombros. O peito deve tocar o chão a cada movimento e os braços devem se estender na volta. As costas devem ficar retas. O exercício deve ser feito até a exaustão (contar o número de repetições) Mulheres: Deitar de barriga para baixo no chão, com o corpo reto e as pernas unidas. Dobrar os joelhos em ângulo reto e colocar as mãos no chão. No nível dos ombros. Erguer o corpo até os braços ficarem estendidos e o peso suportado, completamente, pelas mãos e pelos joelhos.O corpo deve formar uma linha reta da cabeça aos joelhos; não curvar os quadris nem as costas.A seguir, dobrar os braços até que o peito toque o solo. As pernas ou a cintura não devem tocar o solo, o peso continua a ser suportado pelos braços e joelho (contar o número de repetições), completas e corretas.

11.3. Curso de Formação da Guarda Municipal: terceira etapa a ser realizado em data posteriormente divulgada pela Comissão de Concurso e publicada no Órgão Oficial do Município ou através do site: www.ipdep.org.br, Os considerados Aptos na Avaliação de Aptidão Física serão submetidos a Curso de Formação, em horário integral, com exigência de freqüência mínima de 90% (noventa por cento), e média mínima de 60 (sessenta) pontos, sendo efetivados os 5 (cinco) primeiros classificados, respeitando-se a ordem de classificados da 1ª e 2ª etapas.

11.3.1. O não comparecimento ao Curso de Formação, no dia designado para seu inicio, após convocação feita por publicação no Órgão Oficial Resenha Municipal, importará em desclassificação do candidato no Concurso Publico, não sendo admitida, sob fundamento algum, a prorrogação do prazo ou a relevação da falta.

12 - DAS PROVAS PRÁTICAS

12.1. Para estas provas só serão convocados os candidatos habilitados na Prova Objetiva, observado o limite de 3 (três) vezes o número de vagas, por ordem de classificação. Em caso de empate com o ultimo classificado, farão prova prática todos os candidatos que obtiverem a mesma nota do último convocado;

12.2.Todas as provas práticas são classificatórias e valem 20 (vinte) pontos, sendo considerado aprovado o candidato que obtiver o mínimo de 50% (cinqüenta por cento) do total de pontos;

12.2.1. Farão Prova Prática no dia 02 de março de 2008, os candidatos aos empregos públicos denominados: AGENTE ADMINISTRATIVO e OFICIAL ADMINISTRATIVO, observado o limite de 3 (três) vezes o número de vagas, por ordem de classificação;

12.2.2. A prova destina-se a avaliar a capacidade do candidato em reproduzir, salvar e imprimir modelos de documentos (cartas, relatórios, formulários e tabelas) no ambiente Wi ndows/M S-WORD/M S-EXCEL.

12.3. Farão Prova Prática Específica no dia 02 de março de 2008, os candidatos aos empregos públicos denominados: MOTORISTA, OPERADOR DE ESCAVADEIRA, OPERADOR DE NIVELADORA e TRATORISTA que consistirá em tirar caminhão ou ônibus de estacionamento, conduzi-lo em rodovia e estrada de chão batido e estacioná-lo, operar niveladora ou escavadeira, bem como operar trator agrícola;

12.3.1. O local e horário de aplicação da prova prática de direção veicular serão divulgados por meio de Edital;

12.3.2. A prova prática tem caráter classificatório;

12.3.3. A prova prática de direção veicular consistirá na condução de um dos veículos motorizados abrangidos pela categoria de habilitação "D ou E" do Código de Transito Brasileiro (Lei 9.503, de 23/09/1 997). A prova prática será formulada tendo por base, no que couber, a Resolução nº 50 do Conselho Nacional de Transito, de 21 de maio de 1998.

12.4. Estas provas constarão de execução de questões práticas, de acordo com as atribuições de cada emprego público.

13 - DA ADMISSÃO

13.1. Os candidatos aprovados serão chamados, segundo a necessidade do serviço e conveniência da Administração, até que sejam ocupados todos os empregos públicos previstos na Lei Municipal que regula os empregos públicos de Tanguá e de acordo com a ordem de classificação;

13.1.1. No ato da convocação, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:

a) Exame Médico pré-admissional, a ser realizado pelo Médico do Trabalho indicado pelo Município de Tanguá, quando deverá ser apresentado o seu Cartão de Vacinação atualizado, de acordo com o emprego público a que concorre, alertando-se que não serão admitidos em nenhuma hipótese, pedidos de reconsideração ou recurso de julgamento obtido em inspeção médica;

b) Declaração de que não acumula emprego público, nas esferas Municipal, Estadual ou Federal, bem como em suas Autarquias, Fundações e Sociedades de Economia Mista, nos termos do que dispõe o art. 37 da Constituição Federal;

c) Declaração de Bens completa até a data de sua admissão;

d) Carteira de Trabalho e Previdência Social (original e cópias das folhas que contenham as seguintes informações: número e série, qualificação civil do portador, FGTS e número do PIS/PASEP);

e) Comprovante de Inscrição no PIS/PASEP (original e cópia);

f) Cópia do Cadastro de Pessoa Física do Ministério da Fazenda (CPF) e respectivo recadastramento de Isento de Declaração de Imposto de Renda, se for o caso (original e cópia);

g) Cédula de Identidade (original e cópia);

h) Título de Eleitor e comprovante de votação das eleições de 2004 e 2006, inclusive segundo turno, quando for o caso (original e cópia);

i) Certificado de Reservista ou CAM, constando dispensa (original e cópia), se do sexo masculino;

j) Certidão de Nascimento, se solteiro (original e cópia);

k) Certidão de Casamento, constando averbações, se casado, separado consensualmente ou divorciado (original e cópia);

l) Certidão de Nascimento dos filhos, para fins de dedução de IRRF e Salário-Família (original e cópia);

m) Carteira de Vacinação dos filhos com idade entre 0 (zero) e 5 (cinco) anos (original e cópia);

n) Comprovante Escolar correspondente àquela exigida para o emprego público ao qual concorreu (original e cópia);

o) Diploma e/ou Comprovante de Especialização, emitido por órgão oficial, correspondente ao emprego público ao qual concorreu (original e cópia);

p) Comprovante de quitação de anuidade correspondente ao emprego público e Registro ou Protocolo de entrada no mesmo no Conselho Regional da classe ao qual pertence (original e cópia);

q) Carteira Nacional de Habilitação, Classe "D" ou "E", para os empregos públicos de Motorista, Operador de Escavadeira,Operador de Niveladora e Tratorista.

r) 03 (três) fotografias formato 3 x 4 (três por quatro).

14 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

14.1. Verificada, em qualquer época, a apresentação de declaração ou documentos falsos ou inexatos e/ou a não apresentação dos documentos exigidos, isso importará em insubsistência da inscrição, nulidade da habilitação e perda dos direitos decorrentes, sem prejuízo das sanções penais aplicáveis à falsidade de declaração;

14.2. Os candidatos poderão ser fotografados em cada sala de provas, caso haja necessidade futura de comparação de dados, se houver alguma tentativa de fraude no processo;

14.3. As disposições e instruções contidas no Manual do Candidato, site na Internet e nas capas das provas, também constituem normas que complementam o presente Edital. Sempre que necessário, poderão ser divulgadas outras normas complementares ou avisos oficiais;

14.4. O candidato classificado, quando convocado, deverá submeter-se a exame médico para avaliação de sua capacidade física e mental para exercício do cargo, exame este de caráter eliminatório e que constitui condição e pré-requisito para que se concretize sua contratação;

14.5. Caso haja necessidade de alterações nas normas contidas neste Edital, os candidatos serão comunicados através do Diário Oficial Resenha Municipal de Tanguá e/ou através do Portal www.ipdep.org.br. Ficam, assim, obrigados a acompanhar todas as publicações oficiais relativas ao Concurso;

14.6. A inscrição no Concurso implicará a aceitação irrestrita das condições estabelecidas, conforme declaração na ficha de inscrição e aceitação no processo de inscrição pelo site, não cabendo ao candidato qualquer recurso quanto às normas contidas neste Edital;

14.7. À Comissão Especial do Concurso compete:

14.7.1. Deliberar sobre os pedidos de inscrição e casos omissos não previstos neste Edital; apreciar os recursos apresentados, excetuando-se aqueles que digam respeito a questões relativas à matéria de prova; divulgar os resultados das provas; providenciar a publicação final dos resultados; prestar às autoridades competentes as informações necessárias sobre o andamento do certame, sempre que requisitadas.

14.8. O candidato será responsável pela atualização de seu endereço residencial junto ao setor competente do Município de Tanguá enquanto este Concurso estiver dentro de seu prazo de validade. O não cumprimento a essa determinação poderá ocasionar sua ausência à convocação no prazo previsto. Nesse caso, o candidato será considerado desistente;

14.9. O candidato convocado que não se apresentar no local e prazos estabelecidos, deixar de fornecer a documentação exigida ou for INAPTO nos exames médicos pré-admissionais será eliminado do Concurso Público;

14.9.1. O candidato, na ocasião da posse, quando for convocado para o exame médico admissional, deverá apresentar os exames de Raios-X de tórax, eletrocardiograma (quando acima dos quarenta anos), que deverão ser custeados pelo próprio candidato. Os referidos exames deverão ter data limite de 30 dias de emissão antes da apresentação para avaliação médica.

14.10. A homologação do Concurso e as convocações são responsabilidades e competência do Município de Tanguá;

14.11. O candidato, após o término de sua prova, não poderá permanecer no estabelecimento onde a mesma foi realizada;

14.12. Os casos omissos serão resolvidos pelo IPDEP, juntamente com Comissão Especial do Concurso da Prefeitura, no que tange à realização deste Concurso Público.

 Atividades
12/12/2007 A 04/01/2008INSCRIÇÃO PARA O CONCURSO

LOCAL: Escola de Qualificação Profissional - Rua Vereador Manoel Macedo, nº 1040 -- Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº).

HORÁRIO: Segunda a Sexta-feira, das 9 às 16 horas.

INTERNET - SITE: www.ipdep.org.br

Obs. O encerramento das inscrições pela Internet dar-se-á às 23 horas e 59 min do dia 04 de janeiro de 2008.

Até 10/01/2008OBS. Os candidatos portadores de deficiências que optarem pela inscrição via Internet também deverão cumprir as exigências contidas no subitem 2.3.1 deste Edital e enviar, para a CAIXA POSTAL -114341 Campos do Goytacazes / RJ, o atestado comprovando sua deficiência.
14/01/2008 A 16/01/2008CONFIRMAÇÃO DA INSCRIÇÃO

LOCAL: Escola de Qualificação Profissional - Rua Vereador Manoel Macedo, nº 1040 - Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº).

HORÁRIO: Segunda a Sexta-feira, das 9 às 16 horas .

INTERNET - SITE: www.ipdep.org.br

Obs. - (1) Retirar o Comprovante de Confirmação de Inscrição (CCI) obrigatoriamente no local da inscrição;

(2) Conferir o CCI;

(3) Tomar conhecimento da data (dia e horário) e local (endereço e sala) de realização das provas.

20/01/2008PROVA OBJETIVA DE MÚLTIPLA ESCOLHA DA ÁREA DO MAGISTÉRIO

De posse do Comprovante de Confirmação de Inscrição (CCI), o candidato saberá o dia exato de prova. As provas, para todos os empregos, poderão acontecer em um, dois ou mais dias, dependendo da quantidade de inscrições para cada emprego e em função dos locais disponíveis. A duração máxima de cada prova será de 03 (três) horas.

Obs. - Chegar ao local da prova com 01 (uma) hora de antecedência.

23/01/2008PUBLICAÇÃO DOS GABARITOS PARA O MAGISTÉRIO
24 e 25 /01/2008RECURSOS CONTRA OS GABARITOS DA ÁREA DO MAGISTÉRIO

LOCAL: Protocolo Geral da Prefeitura do Município de Tanguá

ENDEREÇO: Rua Vereador Manoel Macedo, nº 1040 - Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº).

26 e ou 27/01/2008PROVA OBJETIVA DE MÚLTIPLA ESCOLHA DAS DEMAIS ÁREAS

De posse do Comprovante de Confirmação de Inscrição (CCI), o candidato saberá o dia exato de prova. As provas, para todos os empregos, poderão acontecer em um, dois ou mais dias, dependendo da quantidade de inscrições para cada emprego e em função dos locais disponíveis. A duração máxima de cada prova será de 03 (três) horas.

Obs. - Chegar ao local da prova com 01 (uma) hora de antecedência.

30/01/2008PUBLICAÇÃO DOS GABARITOS DOS NÍVEIS (Elementar, Fundamental e Médio)
31/01/2008 E 01/02/2008RECURSOS CONTRA OS GABARITOS DOS NÍVEIS (Elementar, Fundamental e Médio)

LOCAL: Protocolo Geral da Prefeitura do Município de Tanguá

ENDEREÇO: Rua Vereador Manoel Macedo, nº 1040 - Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá -Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº).

29/01/2008PUBLICAÇÃO DO RESULTADO PRELIMINAR E GABARITOS PÓS-RECURSOS DA ÁREA DO MAGISTÉRIO
30 e 31/01/2008RECURSOS CONTRA A COMPUTAÇÃO DO CARTÃO-RESPOSTA DA ÁREA DO MAGISTÉRIO
30/01/2008 A 01/02/2008APRESENTAÇÃO DOS TÍTULOS PARA OS EMPREGOS DO MAGISTÉRIO
Envio pelos Correios

DATA: 30/01/2008 a 01/02/2008

ENDEREÇO: Caixa Postal 114341 - Campos dos Goytacazes/RJ Concurso do Município de Tanguá;

Obs. - (1) apresentação dos títulos autenticados;

(2) remessa postal registrada ou AR.

Entrega no local

DATA: 30/01/2008 a 01/02/2008

LOCAL: Protocolo Geral do Município de Tanguá

ENDEREÇO: Vereador Manoel Macedo, nº 1040 - Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº). Horário: 9 às 16 horas

Obs. - Recebimento com conferência do original.

10/02/2008PROVA OBJETIVA DE MÚLTIPLA ESCOLHA NÍVEL SUPERIOR

De posse do Comprovante de Confirmação de Inscrição (CCI), o candidato saberá o dia exato de prova. As provas, para todos os empregos, poderão acontecer em um, dois ou mais dias, dependendo da quantidade de inscrições para cada emprego e em função dos locais disponíveis. A duração máxima de cada prova será de 03 (três) horas.

Obs. - Chegar ao local da prova com 01 (uma) hora de antecedência.

13/02/2008PUBLICAÇÃO DOS GABARITOS DO NÍVEL SUPERIOR
14 E 15/02/2008RECURSOS CONTRA OS GABARITOS DO NÍVEL SUPERIOR

LOCAL: Protocolo Geral da Prefeitura do Município de Tanguá

ENDEREÇO: Rua Vereador Manoel Macedo, nº 1040 -- Centro - Tanguá - RJ (Prédio da Sede Provisória da Prefeitura de Tanguá - Entrada pela Rua Domingos Manhães, s/nº).

15/02/2008PUBLICAÇÃO DO RESULTADO DOS TÍTULOS DO MAGISTÉRIO
18 e 19/02/2008RECURSOS CONTRA AVALIAÇÃO DOS TÍTULOS PARA A ÁREA DO MAGISTÉRIO
25/02/2008PUBLICAÇÃO DO RESULTADO FINAL PARA ÁREA DO MAGISTÉRIO
25/02/2008PUBLICAÇÃO DO RESULTADO PRELIMINAR E GABARITOS PÓS-RECURSOS DAS DEMAIS ÁREAS
26 e 27/02/2008RECURSOS CONTRA A COMPUTAÇÃO DO CARTÃO-RESPOSTA DAS DEMAIS ÁREAS
02/03/2008PROVA PRÁTICA

Para os candidatos aos empregos de AGENTE ADMINISTRATIVO E OFICIAL ADMINISTRATIVO que tenham obtido a pontuação mínima de 50% (cinqüenta por cento) na prova escrita.

LOCAL e HORÁRIO: a ser divulgado por Edital de convocação.

02/03/2008PROVA PRÁTICA DE DIREÇÃO

Para os candidatos aos empregos de Motorista de Veículos que tenham obtido a pontuação mínima de 50% (cinqüenta por cento) na prova escrita.

LOCAL e HORÁRIO: a ser divulgado por Edital de convocação.

Duração: 15 (quinze) minutos

02/03/2008AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA PARA O EMPREGO DE GUARDA MUNICIPAL

LOCAL e HORÁRIO: a serem divulgados por Edital de convocação.

14/03/2008RESULTADO FINAL DAS DEMAIS ÁREAS E DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA PARA O EMPREGO DE GUARDA MUNICIPAL
A SER DIVULGADO POSTERIORMENTECURSO DE FORMAÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL

ANEXO II - Modelo de Atestado

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TANGUÁ
CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO
DE VAGA NO EMPREGO DE GUARDA MUNICIPAL

MODELO DE ATESTADO MÉDICO

Para o Exame de Aptidão Física

Para o EMPREGO de Guarda Municipal

Declaro, a fim de comprovar junto à Prefeitura do Município de Tanguá e o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Público e Privado - IPDEP, que (nome do candidato) ____________________________________________________, (Carteira de Identidade) ____________________________, (CPF) ___________________________, está em pleno gozo de saúde física e mental para ser submetido a todos os testes exigidos na Avaliação de Aptidão Física, discriminada no Edital do Concurso Público para o EMPREGO de Guarda Municipal da Prefeitura do Município de Tanguá.

(Local), de de 2007.

_____________________________
(Nome, CRM do Médico e carimbo)

ANEXO I

NÍVEL ELEMENTAR (ALFABETIZADO)

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

001

Auxiliar de Cozinha

02

-

Ser Alfabetizado

380,00

40

002

Auxiliar de Serviços Gerais

06

-

Ser Alfabetizado

380,00

40

003

Coveiro

02

-

Ser Alfabetizado

380,00

40

004

Gari

06

-

Ser Alfabetizado

380,00

40

005

Servente de Obras

06

-

Ser Alfabetizado

380,00

40

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL ELEMENTAR (ALFABETIZADO)
Auxiliar de Cozinha, Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro, Gari,Servente de Obras.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

3,0

30

Matemática

10

3,0

30

Conhecimentos Gerais do Município de Tanguá

10

4,0

40

 

NÍVEL FUNDAMENTAL I -(4ª SÉRIE)

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

101

Bombeiro Hidráulico

01

-

4ª Série do Ensino Fundamental

390,08

40

102

Carpinteiro

01

-

4ª Série do Ensino Fundamental

390,08

40

103

Cozinheiro

02

-

4ª Série do Ensino Fundamental

380,00

40

104

Eletricista

01

-

4ª Série do Ensino Fundamental

390,08

40

105

Motorista

05

-

4ª Série do Ensino Fundamental e Carteira Nacional de Habilitação "D"

390,08

40

106

Operador de Escavadeira

02

-

4ª Série do Ensino Fundamental e Carteira Nacional de Habilitação "E"

390,08

40

107

Operador de Niveladora

02

-

4ª Série do Ensino Fundamental e Carteira Nacional de Habilitação "E"

390,08

40

108

Pedreiro

01

-

4ª Série do Ensino Fundamental

390,08

40

109

Pintor de Paredes

01

-

4ª Série do Ensino Fundamental

390,08

40

110

Pintor Letrista

01

-

4ª Série do Ensino Fundamental

390,08

40

111

Tratorista

02

-

4ª Série do Ensino Fundamental e Carteira Nacional de Habilitação "E"

390,08

40

112

Vigia

02

-

4ª Série do Ensino Fundamental

380,00

40

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL FUNDAMENTAL I- ( 4ª SÉRIE)
Bombeiro Hidráulico, Carpinteiro, Cozinheiro, Eletricista, Pedreiro, Pintor de Paredes, Pintor Letrista, Vigia.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

15

2.5

37.5

Matemática

15

2.5

37.5

Conhecimentos Gerais do Município de Tanguá

10

2.5

25

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL FUNDAMENTAL I- ( 4ª SÉRIE)
Motorista, Operador de Escavadeira, Operador de Niveladora, Tratorista.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.0

20

Matemática

10

2.0

20

Conhecimentos Específicos

CTB - Código de Trânsito Brasileiro

20

2.0

40

PROVA PRÁTICA DE DIREÇÃO

-

-

20

 

NÍVEL FUNDAMENTAL II - (8ª SÉRIE)

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

201

Agente Administrativo

10

-

Ensino Fundamental Completo

380,00

40

202

Agente de Trânsito

10

-

Ensino Fundamental Completo

380,00

40

203

Auxiliar de Laboratório

02

-

Ensino Fundamental Completo

380,00

36

204

Guarda Municipal

05

-

Ensino Fundamental Completo

380,00

40

205

Monitor de Alunos

05

-

Ensino Fundamental Completo

380,00

40

206

Telefonista

02

-

Ensino Fundamental Completo

380,00

30

207

Atendente de Consultório Dentário

01

-

Ensino Fundamental Completo, Curso Específico e Registro no CRO

380,00

40

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL FUNDAMENTAL I- ( 8ª SÉRIE)
Agente de Trânsito, Auxiliar de Laboratório, Guarda Municipal, Monitor de Alunos, Telefonista.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.5

25

Matemática

10

2.5

25

Conhecimentos Gerais do Município de Tanguá

20

2.5

50

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL FUNDAMENTAL I- ( 8ª SÉRIE)
Agente Administrativo.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.0

20

Matemática

10

2.0

20

Conhecimentos Gerais do Município

20

2.0

40

 

Prova Prática

-

-

20

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL FUNDAMENTAL I- ( 8ª SÉRIE)
Atendente de Consultório Dentário (ACD)

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2,5

25

Matemática

10

2,5

25

Conhecimentos Específicos

Conteúdo Específico da Área

20

2,5

50

 

NÍVEL MÉDIO COMPLETO

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

301

Agente Educador

05

-

Ensino Médio Completo em qualquer área

531,90

40

302

Agente Educador Infantil

05

-

Curso Normal (Formação de Professores)

531,90

40

303

Desenhista

01

-

Ensino Médio Completo + Curso de
Desenho e Arquitetura, Registro no CREA

487,59

40

304

Fiscal de Obras

02

-

Ensino Médio Completo em qualquer área

487,59

40

305

Fiscal de Posturas

04

-

Ensino Médio Completo em qualquer área

487,59

40

306

Fiscal Sanitário

03

-

Ensino Médio Completo em qualquer área

487,59

40

307

Professor I - das 1ª Séries do Ensino Fundamental (Professor I - 1º e 2 º Ano do Ensino Fundamental)

24

01

Curso Normal (Formação de Professores)

390,08

22

308

Professor I - das 2ª à 4ª Séries do Ensino Fundamental (Professor I - 3º ao 5º Ano do Ensino Fundamental)

24

01

Curso Normal (Formação de Professores)

390,08

22

309

Professor I - de Educação Infantil

10

-

Curso Normal (Formação de Professores)

390,08

22

 

NÍVEL MÉDIO COMPLETO

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

310

Guia de Turismo

01

-

Ensino Médio Completo + curso de Guia Turístico reconhecido pela EMBRATUR

487,59

40

311

Oficial Administrativo

10

-

Ensino Médio Completo em qualquer área

487,59

40

312

Técnico Agrícola

01

-

Ensino Médio Completo em Técnico Agrícola, Registro profissional no CREA

487,59

40

313

Técnico de Contabilidade

01

-

Ensino Médio Completo em Técnico Contabilidade, Registro profissional no CRC

487,59

40

314

Técnico de Imobilização em Ortopedia

03

-

Ensino Médio Completo em Técnico de Imobilização em Ortopedia ou Aparelhos Gessados

487,59

36

315

Técnico de Laboratório (Técnico em Patologia Clinica)

01

-

Ensino Médio Completo em Patologia
Clinica

487,59

36

316

Técnico de Radiologia

04

-

Ensino Médio Completo + curso específico de Técnico de Radiologia, Registro profissional

487,59

24

 

NÍVEL MÉDIO COMPLETO

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

317

Técnico de Enfermagem

10

-

Ensino Médio Completo em Técnico de Enfermagem e Registro no COREN

487,59

36

318

Técnico em Prótese Dentária

01

-

Ensino Médio Completo + Técnico em Prótese Dentária e Registro profissional no CRO

487,59

40

319

Topógrafo

01

-

Ensino Médio Completo + Curso de Especifico e Registro no CREA

487,59

40

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL MÉDIO (2° GRAU COMPLETO)
Agente Educador, Desenhista, Fiscal de Obras, Fiscal de Posturas, Fiscal Sanitário, Guia Turístico, Técnico Agrícola, Técnico de contabilidade e Topógrafo.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.5

25

Matemática

10

2.5

25

Conhecimentos Específicos

Conteúdo Específico da Área

20

2.5

50

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL MÉDIO (2° GRAU COMPLETO)
Técnico de Imobilização em Ortopedia, Técnico de Laboratório (Técnico em Patologia Clinica), Técnico de Radiologia, Técnico em Prótese Dentária, Técnico de Enfermagem.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.5

25

Legislação do Sus

10

2.5

25

Conhecimentos Específicos

Conteúdo Específico da Área

20

2.5

50

 

QUADRO DE PROVAS DO ENSINO MÉDIO - MAGISTÉRIO:
Professor I - de Educação Infantil, Professor I - das 1ª Séries do Ensino Fundamental (Professor I - 1º e 2 º Ano), Professor Ensino I - das 2ª à 4ª Séries do Fundamental (Professor I - 3º ao 5º Ano), Agente Educador Infantil.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.25

22.5

Matemática

05

2.25

11.25

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Gerais sobre o Município de Tanguá

Conhecimentos Pedagógicos +Legislações

25

2.25

56.25

Títulos

Pertinentes à Área de Atuação

-

-

10

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL MÉDIO (2° GRAU COMPLETO)
Oficial Administrativo

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos
Gerais

Língua Portuguesa

10

2.0

20

Matemática

10

2.0

20

Conhecimentos
Específicos

Conteúdo Específico da Área

20

2.0

40

 

Prova Prática

-

-

20

 

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

401

Médico Anestesiologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

402

Médico Angiologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

403

Médico Cardiologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

404

Médico Cirurgião Geral

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

405

Médico Cirurgião Pediátrico

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

406

Médico Clínico Geral

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

407

Médico Dermatologista

02

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

*OBS. Jornada Ambulatorial e/ou Plantões diários máximos de 12 horas.

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

408

Médico do Trabalho

02

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

409

Médico Gastroenterologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

410

Médico Ginecologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

411

Médico Neurologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

412

Médico Neurologista Pediátrico

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

413

Médico Obstetra

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

414

Médico Oftalmologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

*OBS. Jornada Ambulatorial e/ou Plantões diários máximos de 12 horas

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

415

Médico Ortopedista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877 ,66

*24

416

Médico Otorrinolaringologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877 ,66

*24

417

Médico Pediatra

05

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

418

Médico Pneumologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

419

Médico Proctologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

420

Médico Psiquiatria

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

421

Médico Radiologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

*OBS. Jornada Ambulatorial e/ou Plantões diários máximos de 12 horas

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

422

Médico Ultrassonografista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

423

Médico Urologista

01

-

Formação Superior em Medicina, acrescida de residência médica na área específica ou título de especialista e Registro no CRM

877,66

*24

424

Médico Veterinário com ênfase em Vigilância Sanitária

01

-

Formação Superior em Medicina Veterinária, Registro no Conselho da Categoria Profissional

877,66

*24

425

Médico Veterinário com ênfase em Vigilância Ambiental

01

-

Formação Superior em Medicina Veterinária, Registro no Conselho da Categoria Profissional

877,66

*24

426

Odontólogo

01

-

Formação Superior em Odontologia, Registro no Conselho da Categoria Profissional

877,66

*24

427

Advogado

03

-

Formação Superior em Direito, Inscrição na OAB/RJ

633,88

30

428

Arquiteto

01

-

Formação Superior em Arquitetura ou Arquitetura e Urbanismo, Registro no CREA

633,88

30

*OBS. Jornada Ambulatorial e/ou Plantões diários máximos de 12 horas

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

429

Assistente Social

04

-

Formação Superior em Serviço Social, Registro no CRESS

633,88

30

430

Bibliotecário

01

-

Formação Superior em Biblioteconomia, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

431

Biólogo com especialização em Análises Clínicas

01

-

Formação Superior em Biologia com ênfase em Análises Clínicas, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

432

Biólogo com especialização em Vigilância Ambiental

01

-

Formação Superior em Biologia com especialização em Vigilância Ambiental, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

433

Comunicador Social

01

-

Formação Superior em Comunicação Social, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

434

Contador

02

-

Formação Superior em Ciências Contábeis,
Registro no CRC

633,88

30

435

Enfermeiro

01

-

Formação Superior em Enfermagem, Registro no COREN

633,88

30

436

Engenheiro Agrônomo

01

-

Formação Superior em Agronomia, Registro no CREA

633,88

30

 

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

437

Engenheiro Civil

02

-

Formação Superior em Engenharia Civil, Registro no CREA

633,88

30

438

Farmacêutico

01

-

Formação Superior em Farmácia, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

439

Fiscal de Meio Ambiente

02

-

Formação Superior em qualquer área

633,88

30

440

Fiscal de Tributos

03

-

Formação Superior em qualquer área

633,88

30

441

Fisioterapeuta

01

-

Formação Superior em Fisioterapia, Registro no CREFITO

633,88

30

442

Fonoaudiólogo

02

-

Formação Superior em Fonoaudiologia, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

443

Nutricionista

02

-

Formação Superior em Nutrição, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

444

Psicólogo

04

-

Formação Superior em Psicologia, Registro no CRP

633,88

30

 

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

445

Sanitarista

01

-

Formação em qualquer curso Superior com especialização em Saúde Pública, Registro no Conselho da categoria profissional

633,88

30

446

Terapeuta Ocupacional

01

-

Formação Superior em Terapia Ocupacional, Registro no CREFITO

633,88

30

447

Turismólogo

01

-

Formação Superior em Turismo

633,88

30

448

Professor II - Artes

02

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

449

Professor II - Ciências

02

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

450

Professor II - Educação Física

01

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

451

Professor II - Geografia

01

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

452

Professor II - História

02

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

 

NÍVEL SUPERIOR

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

453

Professor II - Língua Portuguesa

03

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

454

Professor II - Língua Estrangeira /Inglês

01

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

455

Professor II - Matemática

03

-

Formação Superior em Licenciatura Plena com habilitação na área

633,88

14 horas/aula

456

Professor Especialista em Orientação Educacional

04

-

Formação Superior em Pedagogia com habilitação em Orientação Educacional ou habilitação Múltipla

633,88

22

457

Professor Especialista em Supervisão Educacional

04

-

Formação Superior em Pedagogia com habilitação em Supervisão Educacional ou habilitação Múltipla

633,88

22

458

Professor Especialista em Coordenação Pedagógica (Orientador Pedagógico)

06

-

Formação Superior em Pedagogia com habilitação em Supervisão Educacional ou habilitação Múltipla

633,88

22

 

PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA- PSF

CÓDIGO DO CARGO PARA INSCRIÇÃO

DENOMINAÇÃO DO EMPREGO

TOTAL

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

REQUISITOS

VENCIMENTO BASE R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

459

Técnico de Enfermagem PSF

03

-

Ensino Médio em Técnico de Enfermagem, Registro no COREN

541,77

40

460

Enfermeiro PSF

03

-

Curso Superior de Enfermagem, Registro no COREN

1.462,76

40

461

Médico PSF

03

-

Formação Superior em Medicina, Registro no CRM

1.462,76

40

462

Odontólogo PSF

03

-

Formação Superior em Odontologia, Registro no CRO

1 .462,76

40

 

QUADRO DE PROVAS DO ENSINO SUPERIOR - MAGISTÉRIO:
Professor I I - Língua Portuguesa, Professor I I - Matemática, Professor I I - Língua Estrangeira/ Inglês, Professor I I - Ciências, Professor I I - História, Professor I I - Geografia, Professor I I - Artes, Professor I I - Educação Física.

Provas

Disciplinas

Nº de
questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais Conhecimentos Específicos

Língua Portuguesa

10

2.25

22.5

Conteúdo Específico da Área

15

2.25

33.75

Conhecimentos Pedagógicos e Conhecimentos sobre o Município

Conhecimentos Pedagógicos e Legislação Conhecimentos Gerais sobre o Município

15

2.25

33.75

Títulos

Pertinentes à Área de Atuação

-

-

10

 

QUADRO DE PROVAS DO ENSINO SUPERIOR - MAGISTÉRIO:
Professor Especialista em Orientação Educacional, Professor Especialista em Supervisão Educacional, Professor Especialista em Coordenação Pedagógica (Orientador Pedagógico).

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Específicos

Língua Portuguesa

10

2.25

22.5

Conteúdo Específico da Área

15

2.25

33.75

Legislação e Conhecimentos sobre o Município

Legislação

Conhecimentos Gerais sobre o Município de Tanguá

15

2.25

33.75

Títulos

Pertinentes à Área de Atuação

-

-

10

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL SUPERIOR
Todas as Especialidades Médicas, Médico Veterinário com ênfase em vigilância sanitária, Médico Veterinário com ênfase em vigilância ambiental, Odontólogo, Biólogo com especialização em Análises Clínicas, Biólogo com especialização em Vigilância Ambiental, Enfermeiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Psicólogo, Sanitarista, Terapeuta Ocupacional.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.5

25

Legislação do Sus

10

2.5

25

Conhecimentos Específicos

Conteúdo Específico da Área

20

2.5

50

 

QUADRO DE PROVAS DO NÍVEL SUPERIOR
Advogado, Arquiteto, Assistente Social, Bibliotecário, Comunicador Social, Contador, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Fiscal de Meio Ambiente, Fiscal de Tributos, Turismólogo.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.5

25

Conhecimentos Específicos

Conteúdo Específico da Área

30

2.5

75

 

QUADRO DE PROVAS PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA- PSF
Técnico de Enfermagem - PSF, Enfermeiro - PSF, Médico - PSF, Odontólogo - PSF.

Provas

Disciplinas

Nº de questões

Pontuação ponderada

Nota por questão

Total por Prova

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa

10

2.5

25

Legislação do Sus

10

2.5

25

Conhecimentos Específicos

Conteúdo Específico da Área

20

2.5

50

92042

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231