Prefeitura de Sussuapara - PI

PREFEITURA MUNICIPAL DE SUSSUAPARA

ESTADO DO PIAUÍ

MANUAL DO CANDIDATO

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO

EDITAL 001/2007

A Prefeitura Municipal de Sussuapara, CNPJ nº 01.612.755/0001-00, sediada à Rua Domingos José da Rocha nº 100, Centro, Sussuapara, Estado do Piauí, faz saber que fará realizar CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS para provimento de vagas e cadastro de reserva nas Secretarias de Administração, Educação, Serviço Social, e de Saúde (Programa de Saúde da Família), nos seguintes Cargos: Médico; Dentista; Psicólogo; Nutricionista; Enfermeiro; Auxiliar de Enfermagem; Auxiliar de Consultório Dentário; Assistente Social; Pedagogo, Professor de: Geografia, Biologia, Física, Matemática, Português e História; Digitador; Auxiliar Administrativo; Auxiliar de Secretaria; Motorista; Zelador; Vigia; obedecidas a Lei Orgânica do Município, Lei Municipal Nº 005/97 (Estatutos dos Funcionários Públicos Municipais), a PORTARIA MINISTERIAL Nº 648/GM DE 28 DE MARÇO DE 2006 (Ministério da Saúde), Lei Orgânica da Saúde: 8.808/1990 e Lei 8.142/90 e, no que couber, o Pacto pela Saúde (Portaria Nº 399/GM, de 02/2006) e as demais disposições estabelecidas neste Edital.

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O Concurso Público será regido por este Edital, seus Anexos e eventuais retificações, caso existam, e realizado sob inteira responsabilidade, organização e controle do Instituto Bezerra Nelson Ltda, doravante denominada apenas de Organizadora.

1.2 O Regime Jurídico é regime estatutário, com atribuições e competências estabelecidas na Legislação Municipal.

1.3. Os cargos objetos do Concurso Público, juntamente com o requisito exigido, total de vagas, carga horária semanal, localização, pré-requisito e salário inicial, encontram-se especificados no ANEXO I deste Edital.

1.4. Os aprovados no Concurso Público objeto deste Edital para os cargos ou empregos públicos inseridos no âmbito da Administração Municipal, quando contratados, estão submetidos às normas e condutas estabelecidas na Lei Municipal Nº 005/97 (Estatutos dos Funcionários Públicos Municipais).

1.5. Os aprovados no Concurso Público objeto deste Edital para os cargos ou empregos públicos inseridos no âmbito do Programa de Saúde da Família e Programa de Saúde Bucal e outros na área da Saúde, quando contratados estão submetidos às normas e condutas estabelecidas nos termos da Portaria Ministerial N.º 648/GM, de 28 de março de 2006, que trata da Política Nacional de Atenção Básica, do Atendimento Assistencial Básico nos Municípios, bem como à respectiva legislação do Município contratante.

1.6. O local de trabalho (lotação) é aquele expressamente declinado neste Edital, nos termos do Anexo I.

1.7. Os candidatos aprovados neste concurso vinculados aos Programas Federais da Saúde da Família (PSF) e Programa de Saúde Bucal (PSB), serão atendidos, na esfera do Município, com recursos federais do Sistema Único de Saúde (SUS).

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1. A inscrição no presente concurso público implica o conhecimento e tácita aceitação das condições estabelecidas neste Edital, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento, sob nenhuma hipótese.

2.2. O valor da taxa de inscrição, para cada cargo especificamente, assim fica estabelecido:

CARGO

VALOR DA INSCRIÇÃO

Médico, Dentista, Enfermeiro, Nutricionista, Assistente Social e Psicólogo.

R$ 85,00

Pedagogo e Professor (Língua Portuguesa, História, Biologia, Matemática, Geografia e Física).

R$ 60,00

Auxiliares (enfermagem, secretaria, de consultório odontológico, digitador, administrativo).

R$ 40,00

Vigia, Zelador e Motorista.

R$ 30,00

2.3. A importância recolhida relativa à taxa de inscrição não será devolvida em hipótese alguma.

2.4. O Município de Sussuapara e a Organizadora não se responsabilizam por quaisquer atos ou fatos decorrentes de informações não verídicas, endereço inexato ou incompleto fornecido pelo candidato ou seu procurador.

2.5. A prestação de declaração falsa ou inexata e a não apresentação de qualquer documento exigido importarão em insubsistência de inscrição, nulidade de habilitação e perda dos direitos decorrentes, em qualquer tempo, em qualquer etapa do certame, sem prejuízo das sanções civis e penais cabíveis.

2.6. O candidato somente será considerado inscrito neste Concurso Público após ter cumprido todas as instruções descritas neste item.

2.7. A inscrição será efetuada na sede da Organizadora e no Ginásio Municipal de Sussuapara-PI, Estado do Piauí após o pagamento da taxa de inscrição, no período estabelecido no ANEXO III – Cronograma Previsto, podendo ser presencial ou por procuração, devendo ser observados os procedimentos a seguir:

2.8. Inscrição presencial

2.8.1. Para inscrição presencial será necessário o preenchimento da Ficha de Inscrição (Anexo V), vedada a utilização de caneta de cor que não seja preta ou azul, para preenchimento da ficha, apresentação do comprovante de pagamento da taxa de inscrição, conforme orientação no item 2.8.3., cópias, autenticadas ou apresentação conjunta dos originais, da cédula de identidade e CPF.

2.8.2. O candidato deverá realizar as inscrições no horário de 08:00 h às 12:00 h e 14:00 h às 18:00 h, horário de Teresina, Estado do Piauí.

2.8.3. As inscrições somente serão aceitas após depósito bancário identificado na conta da Organizadora e confirmação do efetivo depósito do valor da taxa de inscrição, que deverá ser feito no Banco do Brasil, Agência 1640-3, Conta Corrente 36.566-1. Não será aceita outra forma de pagamento diferente da descrita, nem mesmo pagamento no momento da entrega da documentação.

2.8.4. O depósito bancário identificado será confirmado, impreterivelmente, até o primeiro dia útil seguinte ao último dia de inscrição, caso contrário, não será considerado. Consulte o ANEXO II – Cronograma Previsto.

2.8.5. Para os candidatos que fizerem sua inscrição com depósito bancário identificado através de cheque, a sua Inscrição somente será validade após a efetiva compensação do cheque.

2.8.6.O descumprimento de qualquer das instruções para inscrição presencial implicará no cancelamento da inscrição.

2.8.7. Não serão aceitas inscrições realizadas através de depósito em caixas eletrônicos.

2.8.8. O candidato deverá procurar fazer sua inscrição com antecedência, evitando-se desta forma os atropelos de última hora, como o possível surgimento de filas e demora nos últimos dias de inscrição.

2.8.9. Os candidatos que se inscreverem terão confirmada sua inscrição por meio de afixação dos seus nomes em Edital, a ser exposto nos locais de Inscrição, podendo ainda confirmar por via telefônica, através do número (86) 3218-4659, ou ainda por meio de comunicação eletrônica, para os que informarem seus endereços eletrônicos (“e-mail”) na Ficha de Inscrição.

2.8.10. No ato da inscrição o candidato receberá cópia do edital e de seus anexos.

2.9. Inscrição por meio de procuração:

2.9.1. Para efetuar a inscrição por meio de procuração serão seguidas as orientações do item 2.8., sendo que o candidato deverá proceder da seguinte forma:

a) anexar aos documentos enumerados no item anterior à procuração;

b) o procurador deverá apresentar documento de identificação com foto, no ato de realizar a inscrição do candidato, para consulta;

c) preencher a Ficha de Inscrição;

3. DA INSCRIÇÃO DO CANDIDATO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA

3.1. A inscrição dos candidatos portadores de deficiência far-se-á de qualquer uma das formas estabelecidas no item (2), observando-se o seguinte:

3.2. O candidato portador de deficiência que pretende concorrer às vagas deverá, sob as penas da lei, declarar esta condição no campo específico da Ficha de Inscrição.

3.3. O candidato portador de deficiência que se inscrever deverá, obrigatoriamente, anexar laudo médico ORIGINAL, atestando claramente a espécie e o grau ou o nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças – CID, bem como a provável causa da deficiência.

3.4. O candidato portador de deficiência que necessitar de auxílio para a realização das provas, além de anexar a documentação indicada no item anterior, deverá anexar solicitação por escrito à Organizadora, da mesma forma e local indicados no subitem (5.3), no ato da inscrição, com justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista de sua área de necessidade especial, para avaliação da Organizadora.

3.5. O candidato que não atender ao dispositivo do item anterior não terá auxílio para a realização das provas, sob as penas cabíveis, seja qual for o motivo alegado.

3.6. Caso haja necessidade de condições especiais para se submeter às provas, o candidato, portador ou não de necessidades especiais, deverá solicitá-la no ato da inscrição, no campo específico da ficha de inscrição, indicando claramente quais os recursos especiais necessários, arcando com as conseqüências de sua omissão.

3.7. A realização das provas em condições especiais requeridas pelo candidato, conforme disposto no subitem (3.6.), ficará sujeita ainda, à apreciação e deliberação da Organizadora, observados os critérios de viabilidade e razoabilidade.

4. DA CONVOCAÇÃO PARA AS PROVAS

4.1. Os locais e os horários de aplicação das Provas serão publicados em jornal de grande circulação no Estado do Piauí e disponibilizados conforme o item 2.8.9., com antecedência mínima de até 05 (cinco) dias da data de realização, conforme consta no ANEXO II - Cronograma Previsto.

4.2. O horário das provas será no horário de Teresina, Estado do Piauí.

4.3. É de responsabilidade exclusiva do candidato, a identificação correta de seu local de realização da prova e o comparecimento no horário determinado.

4.4. Também é de responsabilidade exclusiva do candidato se inteirar do horário que vigora no item 4.2.

5. DAS CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS

5.1. As provas serão realizadas na cidade de Sussuapara, Estado do Piauí.

5.2. O candidato deverá comparecer ao local destinado à realização das provas com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos do horário definido para o fechamento dos portões de acesso ao local de prova, munido de caneta esferográfica (tinta azul ou preta) e documento oficial de identidade original e comprovante de inscrição.

5.3. Os portões de acesso ao local de prova serão fechados 10 minutos antes do horário fixado para o início das provas. Após o fechamento dos portões, não será permitido, o acesso aos candidatos, em hipótese alguma.

5.4. Não será permitido o ingresso nas salas ou a permanência no local de prova, de candidatos sem o documento oficial e original de identidade e comprovante de inscrição nem mesmo sob a alegação de estar aguardando que alguém o traga.

5.5. Serão considerados documentos oficiais de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares (ex-Ministérios Militares), pelos Corpos de Bombeiros e pelas Polícias Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, Conselhos, etc.); Certificado de Reservista; Passaporte; carteiras funcionais do Ministério Público e Magistratura; carteiras expedidas por órgão público que, por Lei Federal, valem como identidade e Carteira Nacional de Habilitação (somente o modelo com foto).

5.6. O documento deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato e sua assinatura.

5.7. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identidade original por motivo de perda, roubo ou furto, deverá apresentar documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, 30 (trinta) dias corridos, ocasião em que será submetido à identificação especial, compreendendo coletas de assinaturas em formulário específico que venha a permitir sua identificação por meio grafotécnico em caso de eventual necessidade.

5.8. O documento de identidade deverá ser apresentado na entrada da sala ao fiscal de sala.

5.9. Não haverá, sob pretexto algum, segunda chamada para prova, bem como aplicação fora do horário, data e locais determinados. O não comparecimento a prova resultará na eliminação automática do candidato.

5.10. O candidato não poderá ausentar-se da sala de realização das provas sem acompanhamento de fiscal, após ter recebido seu Cartão de Respostas.

5.11. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para aplicação das provas em virtude de afastamento do candidato da sala de provas.

5.12. No dia da realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação das provas e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao conteúdo das provas e/ou aos critérios de avaliação.

5.13. Terá sua prova anulada e será automaticamente eliminado do Processo Seletivo, o candidato que, durante a realização das provas:

a) for surpreendido em comunicação verbal ou por escrito ou de qualquer outra forma;

b) fizer, em qualquer documento relativo ao concurso, declaração falsa ou inexata;

c) utilizar-se de livros, códigos impressos, máquinas calculadoras e similares, anotações ou qualquer tipo de consulta;

d) for surpreendido em comunicação, por qualquer meio, com pessoas externas ao ambiente de prova;

e) ausentar-se do local de provas antes de decorrida uma hora do início das provas;

f) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.

5.14. Não será permitido ao candidato, em hipótese alguma, adentrar no ambiente das provas portando telefones celulares, qualquer tipo de aparelho eletrônico, e/ou relógios, digitais ou analógicos, sob pena de ser eliminado do certame, caso o candidato seja surpreendido com tais equipamentos será excluído do certame e convidado a se retirar do local da realização das provas, sofrendo as punições legais cabíveis.

5.14.1. Se, a qualquer tempo, for constatado por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, suas provas serão anuladas e ele será automaticamente eliminado do concurso.

5.15. No dia da realização das provas, na hipótese do nome do candidato não constar nas listagens oficiais relativas aos locais de prova estabelecidos no Edital de Convocação, a Organizadora procederá à inclusão do candidato, mediante a apresentação do comprovante de inscrição com o preenchimento de formulário específico.

5.16. A inclusão será realizada de forma condicional e será analisada pela Organizadora com o intuito de se verificar a pertinência da referida inscrição.

5.17. Constatada a improcedência da inscrição, a mesma será automaticamente cancelada sem direito à reclamação, independentemente de qualquer formalidade, considerados nulos, todos os atos dela decorrentes.

6. DAS ETAPAS

6.1. O Concurso Público objeto deste Edital será realizado de acordo com as etapas que se seguem:

6.1.1. 1ª ETAPA/PROVA OBJETIVA: eliminatória e classificatória.

a) A prova objetiva para os cargos públicos será composta conforme discriminação abaixo:

CARGOS: MÉDICO (PSF), ENFERMEIRO (PSF), DENTISTA (PSB).

DISCIPLINA

NÚMERO DE QUESTÕES

PONTOS POR QUESTÕES (PESO)

TOTAL DE PONTOS

Português

10

1,0

10

Legislação do SUS

10

2,0

20

Conhecimentos Específicos

20

2,5

50

Total

40

---

80

CARGOS: PSICÓLOGO, ASSISTENTE SOCIAL E NUTRICIONISTA.

DISCIPLINA

NÚMERO DE QUESTÕES

PONTOS POR QUESTÕES (PESO)

TOTAL DE PONTOS

Português

10

2,0

20

Conhecimentos Específicos

30

2,0

60

Total

40

---

80

CARGOS DE PROFESSORES e PEDAGOGO

DISCIPLINA

NÚMERO DE QUESTÕES

PONTOS POR QUESTÕES (PESO)

TOTAL DE PONTOS

Português

10

1,0

10

Gestão da educação e Legislação

10

2,0

20

Conhecimentos Específicos

20

2,5

50

Total

40

---

80

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO

DISCIPLINA

NÚMERO DE QUESTÕES

PONTOS POR QUESTÕES (PESO)

TOTAL DE PONTOS

Português

20

1,5

30

Conhecimentos Específicos

20

2,5

50

Total

40

---

80

CARGOS DE NIVEL FUNDAMENTAL

DISCIPLINA

NÚMERO DE QUESTÕES

PONTOS POR QUESTÕES (PESO)

TOTAL DE PONTOS

Português

20

2,5

50

Matemática

20

1,5

30

Total

40

---

80

6.1.2. Os resultados desta etapa serão divulgados no Diário Oficial do Estado D.O.E. e nos locais de inscrição, na conformidade do item 2.8.9.

6.1.3. 2ª ETAPA/PROVA DE TÍTULOS: Classificatória e somente para candidatos inscritos nos cargos de nível superior e aprovados na 1ª etapa terão seus títulos avaliados, estando os demais eliminados do concurso.

7. DA PROVA OBJETIVA

7.1. A prova objetiva valerá 80 (oitenta) pontos no total, sendo que, será constituída por 40 questões de múltipla escolha, conforme detalhado no item anterior, cada uma contendo 5 (cinco) opções de resposta, das quais apenas 1 (uma) será correta.

7.1.1. Os conteúdos programáticos para realização da prova estarão disponíveis na cópia do Edital a ser entregue ao Candidato, no ato da Inscrição, no Anexo IV deste Edital.

7.2. O candidato deverá transcrever as respostas da prova objetiva para o cartão de respostas, que será o único documento válido para correção.

7.3. O candidato deverá seguir as recomendações contidas em seu Cartão de Respostas e no caderno de questões.

7.4. O preenchimento do Cartão de Respostas e sua respectiva assinatura serão de inteira responsabilidade do candidato.

7.4.1. Não haverá substituição do Cartão de Repostas.

7.5. Não será atribuído nenhum ponto à questão da prova objetiva que contiver mais de uma ou nenhuma resposta assinalada no Cartão de Respostas, emenda, rasura ou marcação incorreta.

7.6. O candidato só poderá retirar-se definitivamente do recinto de realização da prova após 60 (sessenta) minutos contados do seu efetivo início.

7.7. Os três últimos candidatos deverão permanecer na sala de prova e somente poderão sair juntos do recinto, após a aposição em ata, de suas respectivas assinaturas.

7.8. O candidato só poderá levar o próprio exemplar do caderno de questões, se deixar a sala de prova faltando meia hora para o término do horário da prova.

7.9. Por motivo de segurança, somente é permitido ao candidato, fazer qualquer anotação em seu caderno de questões.

7.10. O gabarito oficial da prova objetiva será afixado nos locais de inscrição na conformidade do item 2.8.9., na data estabelecida no ANEXO II – Cronograma Previsto.

7.11. A prova objetiva terá duração de 3 horas, neste tempo, incluídos o preenchimento do Cartão de Respostas.

7.12. Será considerado classificado na primeira etapa o candidato que obteve no mínimo de 60% da prova objetiva.

8. DA APROVAÇÃO NA ETAPA ÚNICA E 1ª ETAPA

8.1. Serão considerados aprovados, os candidatos que:

a) obtiverem o mínimo de 60% (sessenta por cento) de acertos no total da prova objetiva, e;

b) não obtiverem 0 (zero) em qualquer dos conteúdos que compõem a prova objetiva.

9. DA PROVA DE TÍTULOS

a) A análise dos títulos é limitada ao número máximo de 05 (cinco) pontos, conforme especificado no Anexo VI deste Edital.

b) Até 03 (três) dias úteis após a divulgação e publicação no mural da Prefeitura e nos postos de inscrições, o candidato aprovado na 1.ª etapa deverá entregar, no local que efetivou a inscrição, Curriculum Vitae Simplificado, em modelo previamente definido (Anexo VI), contendo as informações abaixo relacionadas, com as devidas comprovações, por intermédio de fotocópias legíveis e devidamente autenticadas em cartório:

1) Dados pessoais de identificação;

2) Formação profissional;

3) Pós-graduação;

4) Cursos de atualização/aperfeiçoamento;

5) Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), parte que identifica o candidato e o contrato de trabalho, acrescida de declaração que conforme o período (com início e fim, se for o caso) e a espécie de trabalho realizado, com a descrição das atividades desenvolvidas, se realizado na área privada.

6) declaração/certidão que informe o período (início e fim, se for o caso) e a espécie do serviço realizado, com a descrição das atividades desenvolvidas, se realizado na área pública.

7) contrato de prestação de serviços ou recibo de pagamento autônomo (RPA) acrescido de declaração que informe o período (início e fim, se for o caso) e a espécie do serviço realizado, no caso do serviço prestado como autônomo.

6) Cursos ministrados e livros publicados.

e) Os títulos serão valorados de acordo com as informações discriminadas no Anexo VI deste Edital

f) Somente serão considerados títulos, aqueles expedidos por Instituições de Ensino, nos termos da legalidade, devidamente reconhecidas.

g) Cada título será considerado e avaliado apenas uma vez.

9.1 Serão considerados, para efeito de classificação, somente os títulos especificados no Anexo VI deste Edital, limitada a pontuação máxima de 5 (cinco) pontos para cada cargo, MESMO SE A SOMA DOS VALORES DOS TÍTULOS APRESENTADOS SUPERAR ESSE VALOR.

9.2 A entrega dos títulos não assegura ao candidato a aceitação dos mesmos pela Comissão Organizadora do Concurso.

9.2.1 Serão aceitos títulos de pós-graduação reconhecidos pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), de acordo com o que estabelece a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB), no seu Sistema de Referência (Universidades Federais e Particulares – Sistema Federal – e Universidades Estaduais, Municipais e Comunitárias – Sistema Estadual);

9.2.2 Somente serão aceitos títulos de Residência Médica se devidamente reconhecidos pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM);

9.2.3 Serão aceitos cursos de atualização/aperfeiçoamento emitidos por Universidades, Centros de Estudos, Entidades de Classe, Secretarias Estaduais e Municipais ou Instituições Educacionais devidamente reconhecidas.

9.3. Documentos expedidos no exterior somente serão considerados quando traduzidos para a língua portuguesa, por tradutor juramentado, e revalidados por instituição de ensino brasileira.

9.4. Não serão computados para efeito de prova de títulos:

a) Certificado de curso sem menção expressa de carga horária

b); Comprovante de processos seletivos para residência, estágios, cursos, monitorias ou outros que não visem o provimento de cargo/emprego público;

9.5. A relação das notas da prova objetiva e prova de títulos será publicada e afixada no mural da Prefeitura e nos postos de inscrições em ordem de classificação dos candidatos por cargo.

10. DOS RECURSOS E REVISÃO

10.1. O candidato poderá apresentar recurso, devidamente fundamentado, a qualquer das questões das provas objetivas, informando as razões pelas quais discorda do gabarito ou conteúdo da questão.

10.2. O recurso deverá ser:

a) apresentado em requerimento dirigido a Organizadora informando qual o quesito a ser revisado, seguindo unicamente a orientação do anexo V deste edital, que é o formulário de recursos, se houver mais de um quesito a ser recorrido o candidato terá de preencher a quantidade de formulários de recursos (anexo V), para cada quesito a ser reclamado;

b) contendo a fundamentação das alegações, comprovadas por meio de citação de artigos amparados pela legislação, itens, páginas de livros, nome dos autores e, anexando, sempre que possível, cópia da documentação comprobatória;

c) assinado pelo candidato;

d) O prazo para interposição de recursos referentes as inscrições, ao gabarito da prova, resultado das provas objetivas e provas de títulos, será de 3 (três) dias úteis, a contar da data da circulação do Diário dos Municípios que publicará o fato que lhe deu origem.

e) entregue, em mãos, nos locais de inscrição, no prazo previsto, no horário de 08:00 às 12:00 h e de 14:00 h às 18:00 h.

10.3. Após o julgamento dos recursos interpostos, os pontos correspondentes às questões das Provas Objetivas, porventura anuladas, serão atribuídos a todos os candidatos, indistintamente.

10.4. Será indeferido, o recurso ou pedido de revisão feito fora do prazo estipulado no ANEXO II – Cronograma Previsto e/ou aquele que não atender o estabelecido neste item.

10.5. As alterações de gabarito ou das notas, após exame dos recursos e pedidos de revisão, serão dadas a conhecer, coletivamente, pela aposição de Edital nos locais de inscrição, conforme o item 2.8.9., na data prevista no ANEXO II - Cronograma Previsto.

10.6. A decisão proferida pela Banca Examinadora será irrecorrível.

11. DA CLASSIFICAÇÃO

11.1. A classificação ou nota final considerará a soma dos pontos obtidos na Prova Objetiva e Provas de Títulos.

11.2. A classificação será feita segundo a ordem decrescente da nota final.

12.3. Na hipótese de igualdade no total de pontos entre os aprovados, terá preferência na classificação, sucessivamente o candidato, que:

a) obtiver o maior número de pontos na prova objetiva;

b) obtiver o maior número de pontos nas questões de Conhecimentos Específicos;

c) já pertencente ao serviço público municipal e, havendo mais de um com este requisito, o mais antigo.

d) o mais jovem.

12. DOS REQUISITOS PARA POSSE

12.1. O provimento dos cargos obedecerá à ordem de classificação dos candidatos, às disposições legais pertinentes e aos demais requisitos mencionados no ANEXO I deste Edital.

12.2. A habilitação e a classificação neste Concurso Público não asseguram ao candidato o direito de ingresso automático no quadro de pessoal do Poder Executivo do Município para o qual concorreu, sendo esta nomeação privativa do respectivo Prefeito Municipal, nos limites do interesse e conveniência da Administração.

12.3. O candidato deve atender às seguintes condições, quando de sua convocação:

a) ter nacionalidade brasileira ou gozar das prerrogativas dos Decretos Nº. 70.391/72 e 70.436/72 e artigo 12, parágrafo 1º da Constituição Federal de 1988;

b) estar quite com as obrigações eleitorais, para os candidatos de ambos os sexos;

c) estar quite com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino;

d) achar-se em pleno gozo de seus direitos políticos e civis;

e) não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público;

f) comprovar a escolaridade exigida para o exercício do cargo para o qual se inscreveu, conforme disposto em legislação própria do município de Sussuapara, Estado do Piauí;

g) ter aptidão física e mental e não apresentar deficiência que o incapacite para o exercício das funções do cargo para o qual concorre;

h) ter idade mínima de 18 anos.

12.4.A posse de candidato aprovado dependerá de:

a) comprovação de cumprimento de todos os requisitos exigidos nas normas do Concurso Público, importando sua não apresentação, no prazo estabelecido de 5 (cinco) dias úteis, implicará em eliminação do candidato do Concurso Público a que se refere este Edital.

b) atestado de sanidade física e mental para o perfeito exercício das funções inerentes ao cargo, emitida por Junta Médica da Prefeitura Municipal de Sussuapara, Estado do Piauí, considerando-se que a inaptidão para o exercício do cargo implica automática eliminação do candidato do Concurso Público;

13. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

13.1. A homologação do Concurso é da competência do Município de Sussuapara, Estado do Piauí.

13.2. Após cada etapa, os resultados serão divulgados em jornal de grande circulação no Estado do Piauí e nos locais indicados no item 2.8.9.

13.3 O candidato convocado para a posse deverá apresentar-se à Prefeitura Municipal de Sussuapara, Estado do Piauí, a fim de submeter-se à Avaliação Médica realizada pela Prefeitura Municipal de Sussuapara, Estado do Piauí, com o objetivo de averiguar, em face de exigências das atividades inerentes ao cargo, suas condições somáticas e de higidez. A Avaliação Médica terá caráter eliminatório.

13.3.1. Correrá por conta do candidato a realização de todos os exames médicos necessários, solicitados no ato de sua convocação para a posse.

13.4. O servidor ingresso estará sujeito à avaliação especial de desempenho durante o período do estágio probatório.

13.5. O concurso terá validade de 02 (dois) anos, contados da data da homologação de seu resultado, prorrogável por até 01 (hum) ano, a critério do Município de Sussuapara, Estado do Piauí.

13.6. A Organizadora não fornecerá atestados, certificados ou certidões relativas às notas e resultados de candidatos, valendo para tal fim, os resultados dos aprovados e classificados publicados em jornal de grande circulação no Estado do Piauí.

13.7. A publicação do resultado final do Concurso Público será feita em lista, apresentando somente os resultados dos candidatos que conseguiram classificação no concurso até 04 (quatro) vezes o número de vagas estabelecido neste edital para cada cargo e , quando for o caso, para cada local de serviço.

13.8. A aprovação do candidato no Concurso Público assegurará apenas a expectativa de direito à posse, ficando este ato, condicionado à observância das disposições legais pertinentes, do exclusivo interesse e conveniência da Prefeitura Municipal de Sussuapara, Estado do Piauí, da rigorosa ordem de classificação e do prazo de validade do Concurso Público.

13.9. Toda demanda judicial relativa ao cumprimento das normas para provimento de cargo ou emprego constante deste Edital será de responsabilidade do Município para o qual o candidato pleiteou o cargo ou emprego público.

13.10. É obrigação do candidato manter seus dados atualizados, devendo encaminhar qualquer comprovante de alteração cadastral:

a) antes da homologação: à Organizadora, por meio de SEDEX, com Aviso de Recebimento (AR) para o Instituto Bezerra Nelson - Concurso Público do Município de Sussuapara, Estado do Piauí, Rua Murilo Braga, 1270, Vermelha, Cep: 64.019-350 - Teresina-PI;

b) após a homologação: comparecer à Secretaria Municipal de Administração, do Município de Sussuapara, Estado do Piauí, munido de comprovante de alteração cadastral.

13.11. Os casos omissos ou situações não previstas neste Edital serão resolvidos pela Organizadora.

13.12. A Organizadora reserva-se o direito de promover as correções que se fizerem necessárias, em qualquer fase do presente certame ou posterior ao mesmo, em razão de atos não previstos ou imprevisíveis.

Sussuapara - PI, 11 de janeiro de 2007.

ANEXO I – VAGA

NÍVEL SUPERIOR, MÉDIO E FUNDAMENTAL

CÓD

Cargo

Requisito

Salário base

Vantagens

Lotação

Vagas

Carga horária Semanal

MD1

Médico (PSF)

Nível Superior comprovado por certificado de conclusão do curso de graduação em Medicina, com registro no CRM.

1.050,00

+ vantagens

Zona Urbana e Zona Rural

02

40H

EN1

Enfermeiro (PSF)

Nível Superior comprovado por certificado de conclusão do curso de graduação em Enfermagem, com registro no COREN.

1.000,00

+ vantagens

Zona Urbana e Zona Rural

02

40H

AX1

Auxiliar de Enfermagem (PSF)

Ensino Médio Completo + Curso regular de Auxiliar/Técnico de enfermagem e registro no COREN.

400,00

-

Zona Urbana e Zona Rural

01

40H

DE1

Dentista/Odontólogo (PSB)

Nível Superior comprovado por certificado de conclusão do curso de graduação em Odontologia, com registro no CRO.

1.000,00

+ vantagens

Zona Urbana e Zona Rural

02

40H

ACO

Auxiliar de Consultório Odontológico (PSB)

Nível Médio Completo.

400,00

-

Zona Urbana e Zona Rural

01

40H

MT1

Motorista (PSF)

Ensino Fundamental I (antigo primário) completo + CNH categoria C

350,00

-

Secretaria de Saúde

01

40H

VI1

Vigia

Ensino Fundamental I (antigo primário) completo

350,00

-

Secretaria de Saúde

02

40H

ZL1

Zelador (Auxiliar de Serv. Gerais).

Ensino Fundamental I (antigo primário) completo

350,00

-

Secretaria de Saúde

02

40H

AS1

Assistente Social

Nível Superior comprovado por certificado de conclusão do curso de graduação em Serviço Social, com registro no CRESS.

600,00

+ vantagens

Séc. Assist. Social

01

20H

OS1

Psicólogo

Nível Superior comprovado por certificado de conclusão do curso de graduação em Psicologia, com registro no CRP.

600,00

+ vantagens

Séc. Assist. Social

01

20H

AA1

Auxiliar Administrativo

Nível Médio Completo

350,00

+ vantagens

Séc. Assist. Social

02

40H

PE1

Pedagogo

Nível superior comprovado por diploma de conclusão do Curso de Pedagogia

400,00

+ vantagens

Séc. de Educação

01

40H

PP1

Professor de Língua Portuguesa

Curso Superior Completo – Licenciatura Plena em Letras/Português

400,00

+ vantagens

Séc. de Educação

01

20H

PH1

Professor de História

Curso Superior Completo – Licenciatura Plena em História

400,00

+ vantagens

Séc. de Educação

01

20H

PB1

Professor de Biologia

Curso Superior Completo – Licenciatura Plena em Biologia

400,00

+ vantagens

Séc. de Educação

01

20H

PM1

Professor de Matemática

Curso Superior Completo – Licenciatura Plena em Matemática

400,00

+ vantagens

Séc. de Educação

01

20H

PG1

Professor de Geografia

Curso Superior Completo – Licenciatura Plena em Geografia

400,00

+ vantagens

Séc. de Educação

01

20H

PF1

Professor de Física

Curso Superior Completo – Licenciatura Plena em Física

400,00

+ vantagens

Séc. de Educação

01

20H

NT1

Nutricionista

Nível Superior comprovado por certificado de conclusão do curso de graduação em Nutrição, com registro no CRN.

600,00

+ vantagens

Séc. de Educação

(CR)*

20H

AS1

Auxiliar de Secretaria

Ensino Médio Completo

350,00

-

Séc. de Educação

02

40H

VI2

Vigia

Ensino Fundamental I (antigo primário) completo

350,00

-

Séc. de Educação

05

40H

MT2

Motorista

Ensino Fundamental I (antigo primário) Completo + CNH categoria D

350,00

-

Séc. de Educação

01

40H

DG1

Digitador

Ensino Médio Completo + Curso de Digitação

400,00

-

Séc. de Adm.

02

40H

MT3

Motorista

Ensino Fundamental Completo I (antigo primário) completo + CNH D

350,00

-

Séc. de Adm.

01

40H

· CR – Vagas para cadastro de reserva.

ANEXO II – CRONOGRAMA PREVISTO

ATIVIDADES

DATAS PREVISTAS

Publicação do Edital

11/01/2007

Período de inscrições

22/01/2007 a 09/02/2007

Confirmação de inscrição

19/02/2006

Período para obter informações sobre os locais de prova

01/03/2007 a 08/03/2007

Aplicação da Prova Objetiva

11/03/2007

Divulgação do gabarito

Até 14/03/2007

Prazo para entrega dos recursos

03 dias úteis a contar a publicação do gabarito

Divulgação do resultado dos recursos e das notas da Prova Objetiva

26/03/2007

Prazo para a entrega da titulação

27 a 29/03/2007

Publicação do resultado da análise de títulos

05/04/2007

Prazo para a entrega de possíveis recursos referentes à analise e pontuação dos títulos

09/04/2007

Divulgação do Resultado Final

13/04/2007

ANEXO III – LOCAIS DE INSCRIÇÕES

ENTIDADE

ENDEREÇO

INSTITUTO VICENTE NELSON

Rua Murilo Braga, 1270, Vermelha, Teresina-PI.

GINÁSIO MUNICIPAL DE SUSSUAPARA

Rua Antonio Pereira Leal, 125, Centro Sussuapara.

ANEXO IV – CONTEÚDOS PROGRAMÁTICO

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

LÍNGUA PORTUGUESA COMUM A TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3. Paráfrase, perífrase, síntese e resumo. 4. Significação literal e contextual de vocábulos. 5. Processos de coesão textual. 6. Coordenação e subordinação. 7. Emprego das classes de palavras. 8. Concordância. 9. Regência. 10. Estrutura, formação e representação das palavras. 11. Ortografia oficial. 12. Pontuação.

 

LEGISLAÇÃO DO SUS - COMUM AOS CARGOS DE MEDICO (PSF), ENFERMEIRO (PSF), ODONTÓLOGO (PSF).

Saúde Pública: aspectos evolutivos e conceituais. Atenção Primária de Saúde; Conferência Internacional de Promoção da Saúde; Ações Integradas de Saúde-AIS /SUDS/ SUS. Lei Orgânica da Saúde: 8.808/1990 e alei 8.142/1990. Financiamento do setor saúde Municipalização do setor saúde. NOB-SUS 91, NOB-SUS 93, NOB-SUS 96 - NOAS-SUS 2002. Controle Social: Conferências ( municipal, estadual, nacional) de Saúde; Conselhos(local, municipal e estadual e nacional) de Saúde. Papel do Ministério Público no Controle Social. Programas Agentes Comunitários de Saúde e Programa Saúde da Família. Política Nacional de Atenção Básica (Portaria n.º 648, de 28 de março de2006). Pacto pela Saúde 2006 (Portaria n.º 399/GM de 22 de fevereiro de 2006). Política de Humanização no SUS. Sistema de Informação em Saúde-SIAB. Sistema de Vigilância em Saúde; Agencia Nacional de Vigilância em Saúde (ANVISA). Educação em Saúde, Educação Popular em Saúde e Educação Permanente em Saúde para o SUS.

 

MÉDICO – PSF.

CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Abordagem da Família (a criança, o adolescente, o adulto, o idoso no contexto familiar). Promoção a Saúde. A Educação em Saúde na Prática da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Sistema de Informação da Atenção Básica. Noções Básicas de Epidemiologia. Vigilância Epidemiológica. Epidemiologia das Doenças Transmissíveis. Abordagem Ambulatorial do Paciente com: Enfermidades do Aparelho Digestivo (alterações da cavidade oral, sintomas dispéticos, esofagites, gastrite, úlceras, câncer); Enfermidades do Aparelho Cardiovascular (cardiopatia isquêmica, Insuficiência cardíaca, Arteriosclerose, Hipertensão arterial, tramboflelites); Enfermidades do Aparelho Respiratório (Doenças do Trato Respiratórias Superior, Insuficiência Respiratória, Asma Brônquica, Doença Pulmonar Obstrutiva. Pneumonias, Câncer de Pulmão); Enfermidades dos Rins e Vias Biliares (Litíase Renal, GNDA, Infecção Urinária); Enfermidades do Sistema Nervoso Central (Acidente Vascular Cerebral, Meningites, Epilepsia, Vertigens, Cefaléia); Enfermidades Hematológicas (Anemias, Distúrbios da Hemostasia, Leucemia); Enfermidades Metabólicas e Endócrinos (Diabetes Melitus, Hipotireoidismo, Hipertireoidismo, Dislipidemias, Obesidade, Hipoavitaminose, Desnutrição); Doenças Infecciosas e Parasitárias, Doenças Sexualmente Transmissíveis; Enfermidades Reumáticas (Artrite Reumática, Febre Reumática); Enfermidades Ostroarticulares (Dores musculoesqueléticos, Afecção da Coluna Cervical, Lombalgia, Osteoporose); Enfermidades Dermatológicas (Micose da Pele, Dermatites, Eczema, Escabiose, Pediculose, Urticária); Enfermidades Psiquiátricas (Transtornos Ansiosos, Depressão). Atenção do Médico nos Programas de Saúde Pública: Tuberculose, Hanseníase, Atenção a Saúde da Criança e do Adolescente, Atenção a Saúde da Mulher, Atenção a Saúde do Adulto e do Idoso. Vacinação na Criança e no Adulto. Tabagismo, Alcoolismo, Dependência às Drogas. Saúde do Trabalhador. Saúde da Família na busca da Humanização e da Ética na Atenção a Saúde. Atenção do Médico da ESF nas Emergências: Cardiovasculares, Respiratórias, Ginecológicas, Obstétricas, Neurológicas, Metabólicas, Endocrinológicas e Gastroenterológicas, das Doenças Infecciosas, dos Estados Alérgicos, dos Politraumatizados.

 

ENFERMEIRO – PSF

CONHECIMENTO ESPECÍFICO:

Fundamentação teórica-prática do cuidar: Sistematização da Assistência de Enfermagem, Consulta de Enfermagem, Medidas de Biossegurança Princípios, métodos e técnicas de esterilização. Avaliação das condições de saúde individual e coletiva, Métodos e técnicas de Avaliação clínica, Sinais Vitais, Identificação de Sinais e Sintomas por disfunção de órgãos e sistemas, Exames Complementares. Procedimentos relacionados ao atendimento às necessidades de Higiene e conforto, Alimentação, Eliminações, O processo saúde-doença no cuidar da saúde individual e coletiva: Concepções teóricas sobre saúde-doença. Enfermagem em Saúde Pública. Promoção da Saúde, Prevenção de Doenças, Riscos e Agravos à Saúde e Reabilitação do cliente. Doenças como Problemas de Saúde Pública. Doenças Emergentes, Remergentes e Permanecentes. Políticas Nacionais de Saúde, Legislação do Sistema Único de Saúde (SUS), Historicidade, princípios, diretrizes e financiamento. Participação Popular e o Controle Social. Atenção Básica de Saúde. A Estratégia de Saúde da Família, Agentes Comunitários de Saúde. Sistema de Vigilância a Saúde: epidemiológica, ambiental e sanitária (ANVISA). Informação, Comunicação e Educação. Programas de Saúde. Atuação do Enfermeiro (a) nos Programas de Assistência à Saúde da Mulher. Planejamento Familiar. Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde do Trabalhador, Saúde do Adulto e do Idoso, DST e AIDS, Tuberculose, Hanseníase. Hiperdia (Hipertensão e Diabetes), Programa Nacional de Imunização. Saúde Mental e o CAPS. Educação em Saúde. Educação Popular em Saúde. Ambiente sustentável e Qualidade de vida. Implementação e Avaliação da Assistência de Enfermagem a clientes e grupos humanos no ambiente domiciliar e ambulatorial. Programa de Humanização da Assistência ao cliente. Processo de Trabalho em Saúde. Planejamento, organização e Gerência de Serviços de Saúde. Regulação, Controle e avaliação do Serviço de Saúde e de Enfermagem; Supervisão e Avaliação da Qualidade da Assistência e do Serviço de Enfermagem. Administração de recursos materiais; Relações Interpessoais no Trabalho. Educação Permanente em Saúde e a Enfermagem. Aspectos históricos, éticos e legais do exercício profissional: Princípios éticos e legais da prática profissional. Código de deontologia e o processo ético de transgressões e Penalidades. Competências do Enfermeiro segundo a Lei de Exercício Profissional. Entidades de Classe.

 

DENTISTA

CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Odontologia Social: Saúde Bucal, Saúde Pública e Odontologia Social; Relações da odontologia social com a odontologia e com a saúde pública: Relações com a odontologia preventiva, Caracterização e hierarquização dos problemas da odontologia social, Níveis de prevenção, Organização e Administração de serviços Odontológicos, Planejamento e Avaliação em Odontologia, Educação em Odontologia; Controle de infecção em Odontologia; Farmacologia em Odontologia: Terapêutica Medicamentosa, Analgésicos, antiinflamatórios, antimicrobianos, Farmacologia em pacientes especiais; Emergências em Endodontia; Dentística: Tratamentos preventivos de cicatrículas e fissuras, Ionômero de vidro, Resinas compostas, Amálgama; Políticas de Saúde: Evolução histórica e as perspectivas da Reforma Sanitária e do Sistema Único de Saúde do Brasil, Atenção primária à saúde e a organização do serviços primários de saúde através do PSF, Estratégias para o desenvolvimento do SILOS, Promoção da saúde em todos os níveis de Atenção, Educação e saúde, Participação social no SILOS, Atual sistemática de financiamento do SUS; Sistema de Informação: Componentes do sistema de informação e sua importância no âmbito do SILOS, Sistemas de Informação utilizados pelo Ministério de Saúde, Fontes de dados e informações; Periodontia: Etiologia da doença periodontal, Prevenção da doença periodontal, Tratamento básico da Gengivite Crônica e Periodontite, Abscesso Periodontal, Periodontite Juvenil e Lesões agudas da gengiva.

 

PSICÓLOGO (CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS)

Desenvolvimento histórico da psicologia; Amplitude e Aplicação da Psicologia; Profissionais em Psicologia; Relação da Psicologia com outras Ciências; Métodos de Pesquisa em Psicologia; Estatística em Psicologia; Código de Ética; Mecanismos Fisiológicos do Comportamento; Mecanismo Receptor; Mecanismo Efetor; Mecanismo Conector; Comportamento Social do Indivíduo; Comportamento do Grupo; Percepção; Motivação; Emoção; Aprendizagem; Inteligência; Desenvolvimento; Conceito, Formação e Medida da Personalidade; Teorias da Personalidade; Conflito, Frustrações e Ajustamento; Psicopatologia; Perturbações Transitórias e Situacionais; Neuroses; Psicoses; Psicoterapia. Recrutamento de pessoal: fonte de recrutamento e meios de recrutamento. Seleção de pessoal: planejamento, técnicas, avaliação e controle de resultado. Avaliação de desempenho: objetivos, métodos, implantação e acompanhamento. Análises de cargos: objetivos e métodos. Treinamento: levantamento de necessidades, planejamento, execução e avaliação. Papel do psicólogo na equipe de cuidados básicos à saúde.

 

ASSISTENTE SOCIAL

Assistência social como política pública. Leis Orgânicas: Saúde, assistência social, criança e adolescente, idoso e portadores de deficiência física. Aspectos éticos e regulamentares da profissão do assistente social. A identidade da profissão do serviço social e seus determinantes ideo-políticos. Estratégias de intervenção profissional enfrentamento do contexto organizacional. Planejamento em serviço social. Pesquisa em serviço social. Processo de trabalho do serviço social e as exigências técnico-operativas da contemporaneidade. A questão social e as perspectivas metodológicas do serviço social. A instrumentalidade como elemento da intervenção profissional. A prática profissional dos Assistentes Sociais junto à família.

 

NUTRICIONISTA

Métodos de avaliação nutricional: diretos e indiretos; Epidemiologia das carências nutricionais: desnutrição energético-protéica, anemia por deficiência de ferro, hipovitaminose A e bócio endêmico; Intervenções nutricionais na assistência primária à saúde; Educação Alimentar; Nutrição na gravidez e lactação: recomendações nutricionais, avaliação do estado nutricional; Gestação de risco: desnutrição, diabetes, anemia, doenças hipertensiva da gravidez, gravidez na adolescência; Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança menor de 5 (cinco) anos; incentivo ao aleitamento materno e orientação da alimentação estado complementar. Avaliação do nutricional do indivíduo adulto; ingestão dietética, avaliação antropométrica, avaliação bioquímica e avaliação clinica - nutricional; Dietoterapia nos diabetes mellitus, na obesidade e na magreza; Dietoterapia nas doenças do aparelho digestivo: úlcera péptica, gastrite, constipação intestinal e diarréia; Diototerapia nas doenças do sistema cardiovascular; hipertensão arterial, insuficiência cardíaca e hiperlipidemias. Valor nutritivo dos alimentos de origem animal e vegetal; Técnicas corretas de preparo e conservação de alimentos.

 

GESTÃO DA EDUCAÇÃO E LEGISLAÇÃO (COMUM AOS CARGOS DE PROFESSORES E PEDAGOGO)

- As áreas de atuação da gestão da escola: o planejamento e o projeto pedagógico, a organização e o desenvolvimento do currículo, organização e desenvolvimento do ensino, as práticas de gestão administrativas e pedagógicas, o desenvolvimento profissional, a avaliação institucional e a avaliação da aprendizagem. Educação de qualidade social: princípios e características. Fins da educação brasileira. Administração e gestão da educação e do ensino. Sistema de ensino. Princípios básicos do ensino. Níveis de ensino. Regimento escolar. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Planos de estudos. A criança, o adolescente e a legislação. Avaliação escolar e da aprendizagem.

 

PEDAGOGO

1 Fundamentos da Educação: sociedade, estado e educação: concepções e funções. 2 A História da educação no Brasil: fundamentos históricos. 3 Educação, história e cultura afro-brasileira. 4 Educação no mundo contemporâneo: desafios, compromissos e tendências da sociedade, do conhecimento e as exigências de um novo perfil de cidadão. 5 A escola e a pluralidade cultural. 6 Políticas públicas para educação. 7. Função social e política da escola. 8 Tendências da prática pedagógica. 9 Currículo: elaboração e prática. 10 O desenvolvimento do projeto político pedagógico da escola. 11 A construção coletiva da proposta pedagógica da escola: expressão das demandas sociais, das características multiculturais e das expectativas dos alunos e dos pais. 12 Aspectos do perfil profissional e competências para a atuação na docência. 13. Educação inclusiva: fundamentos legais, conceito e princípios, adaptações curriculares, a escola inclusiva e o papel do professor. 14 Princípios e práticas de gestão escolar. 15 O processo didático pedagógico de ensinar e aprender: concepções e teorias da aprendizagem. 16 As fases do desenvolvimento cognitivo e a organização dos processos de ensino e aprendizagem. 17. Organização curricular: escola organizada por ciclos de formação humana. 18. Organização curricular por áreas de conhecimento. 19 Metodologias do trabalho pedagógico através de projetos temáticos. 20 Planejamentos de ensino: concepção e procedimento relativos às etapas do planejamento. 21 As competências dos conselhos de classe e deliberativo da escola. 22 O trabalho coletivo como fator de aperfeiçoamento da prática docente e da gestão escolar. 23. Avaliação da aprendizagem: concepção e funções. 24 A importância dos resultados da avaliação institucional e da avaliação do desempenho escolar no processo de melhoria da qualidade do ensino. 25 O papel do professor na integração escola-família.

 

PROFESSOR DE LINGUA PORTUGUESA:

CONTEÚDO ESPECÍFICO:1. Texto-compreensão de texto. Conceitos. 2. Coesão – conceitos e mecanismos. 3. Coerência textual – informatividade, intertextualidade e inferências. 4. Tipos de texto e gêneros textuais. 5. Variação lingüística: linguagem formal e informal. 6. Linguagem Figurada. 7. Semântica. Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimos, hiperônimos e hipônimos. 8. Morfossintaxe: classificação das palavras, emprego e flexão; estrutura e formação de palavras; o período-classificação; orações coordenadas e subordinadas, termos da oração. Vocativo e aposto. Sintaxe de regência, concordância e colocação. 9. Ocorrência de crase. 10. Ortografia oficial. 11. Acentuação gráfica.

 

PROFESSOR DE HISTÓRIA

CONTEÚDO ESPECÍFICO: A origem do homem. Pré-história brasileira. História Geral: Antiguidade Oriental, Antigüidade Clássica, Idade Média, Idade Moderna. História do Brasil: Brasil Colônia, Brasil Império e Brasil República. História do Rio Grande do Sul. Atualidades internacional e nacional.

 

PROFESSOR DE BIOLOGIA

CONTEÚDO ESPECÍFICO - Os seres vivos e o ambiente (cadeias e teias alimentares, associação entre os seres vivos, impacto e preservação ambiental, solo e erosão). Estrutura e funções básicas dos seres vivos (células em geral: composição química, estrutural e funcional; tecidos e órgãos; sistemas e principais funções vitais dos seres vivos). Origem, evolução e diversidade dos seres vivos (formas primitivas de vida e processos de obtenção de energia; teorias evolutivas; Classificação dos grandes grupos de organismos: monera, protista, fungi, planta, animália e vírus; regras de nomenclatura). Desenvolvimento, reprodução e hereditariedade (O núcleo e suas relações com o ciclo celular e os processos de divisão em células animais e vegetais. Ciclo celular. Divisão mitótica e meiótica normal e anômala. Os mecanismos de perpetuação e diferenciação dos organismos e a diversificação inter e intra-específica. Gametogênese animal e vegetal. Gametas e fecundação. Substâncias hormonais envolvidas na reprodução. Desenvolvimento do embrião. Genes e diversidade. Tipos particulares de reprodução. Atividade gênica x diversidade).

 

PROFESSOR DE MATEMÁTICA

CONTEÚDO ESPECÍFICO Conjuntos numéricos: naturais, inteiros, racionais, irracionais e reais (formação e operações). Equações do 1º e 2º graus. Sistemas de equações do 1º e 2º graus. Proporcionalidade, regras de três simples e composta e porcentagem. Geometria: elementos geométricos, ângulos, figuras geométricas, área e perímetro. Sistema de medida. Monômios e polinômios. Produtos notáveis e fatoração. Funções de 1º e 2º graus. Médias: aritmética, ponderada e geométrica.

 

PROFESSOR DE GEOGRAFIA

CONTEÚDO ESPECÍFICO Geografia Geral: A Terra no Espaço, A Litosfera, A Atmosfera e Climas, A Hidrosfera, A vida vegetal e animal da Terra, Orientação e Coordenadas Geográficas, Geografia da População, Geografia Urbana, Meio Ambiente e Políticas Ambientais,. Os Continentes: Europa, Ásia, África, América – quadro natural, histórico, geopolítico, humano, econômico e social, Oceania: quadro natural, histórico, geopolítico, humano, econômico e social, As Regiões Polares: quadro natural, humano, e pesquisas científicas. As mudanças no mundo globalizado: ambiente, tecnologia, economia e sociedade; os blocos econômicos e as potências atuais. Geografia do Brasil: quadro natural, histórico, geopolítico, humano, econômico e social; a modernização e a inserção do Brasil no mundo globalizado. Geografia do Rio Grande do Sul: quadro natural, histórico, geopolítico, humano, econômico e social. Atualidades: internacional e nacional.

 

PROFESSOR DE FÍSICA

CONTEÚDO ESPECÍFICO 1. Movimento em uma e duas dimensões. 2. Cinemática da rotação. 3. Movimento relativo. 4. Dinâmica de partículas. 5. Equilíbrio de corpos rígidos. 6. Trabalho e energia. A conservação de energia. A conservação do movimento linear. Colisões. 7. Dinâmica da rotação. 8. Ótica Geométrica. Interferência. Difração. Polarização. 9. Carga e Matéria. Campo Elétrico. Lei de Gauss. Potencial Elétrico. 10. Capacitores e Dielétricos. Corrente e Resistência. Força- Motriz e Circuitos. Lei de Ampére. Lei de Faraday. 11. Campo Magnético

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO

LÍNGUA PORTUGUESA (COMUM A TODOS OS CARGOS)

1. Compreensão de texto. 2. Ortografia: acentuação, emprego de letras e divisão silábica. 3. Pontuação. 4. Classes e emprego de palavras. 5. Gênero e número dos substantivos. 6. Coletivos. 7. Sintaxe da oração. 8. Concordância. 9. Significado das palavras: sinônimos, antônimos, denotação e conotação.

AUXILIAR DE ENFERMAGEM

CONTEÚDO ESPECÍFICO: 1. Lei do exercício profissional e códigos de ética. 2. Relações humanas com o cliente e a equipe multidisciplinar. 3. Cuidados de Enfermagem à saúde do cliente adulto, idoso, mulher, criança e adolescente. 4. Cuidados de Enfermagem no preparo e administração de medicamentos, na realização de controles (hídrico, sinais vitais e diurese), curativo simples, oxigenioterapia e nebulização, com base na fundamentação teórico – prática. 5. Cuidados de Enfermagem ao cliente no período pré, trans e pósoperatório. 6. Cuidados de Enfermagem à gestante, à parturiente, à puérpera, ao recém - nato e à criança. 7. Cuidados de Enfermagem em situações de urgência, emergência e intercorrências clínico – cirúrgicas. 8. Prevenção e controle de infecções hospitalares, aplicação de medidas de biossegurança, classificação de artigos e superfícies hospitalares aplicando conhecimentos de desinfecção, limpeza, preparo e esterilização de material. 9. Cuidados de Enfermagem no preparo dos clientes para exames complementares e diagnóstico.

 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO e AUXILIAR DE SECRETARIA

CONTEÚDO ESPECÍFICO: 1. Redação oficial. 2. Noções de relações humanas. 3. Noções de arquivamento e procedimentos administrativos. 4. Relações Públicas. 5. Noções de administração financeira, de recursos humanos e de material. 6. Noções de cidadania. 7. Constituição da República Federativa do Brasil: organização do Estado, direitos e garantias fundamentais, organização dos Poderes, serviço público, direitos do consumidor.

DIGITADOR

CONTEÚDO ESPECÍFICO: Unidades de medida (bit e byte). Dispositivos de armazenamento. Diretórios e caminhos. Periféricos de um computador. Hardware. Software. Utilização de Sistema Operacional Windows 98/ME/XP/2000. Configurações básicas do Windows 98/ME/XP/2000. Aplicativos Básicos. Aplicativos do Pacote Microsoft Office (Word, Excel, Access, Power Point). Configuração de impressoras. Noções básicas de Internet e uso de navegadores. Noções básicas de correio eletrônico e envio de e-mails.

 

AUXILIAR DE CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO

CONTEÚDO ESPECÍFICO: Auxiliar na seleção e treinamento de pessoal a ser contratado. Marketing e Gerenciamento em clínica Odontológica. Noções de anatomia dentária, cariologia e patologia bucal. Técnicas e programas de orientação aos pacientes quanto à higiene oral e prevenção de cárie. Instrumental clínico básico. Material de uso Odontológico. Conhecimento e discernimento das fases clínicas reversíveis do tratamento Odontológico. Desenvolvimento de habilidades para o estabelecimento e um bom relacionamento interpessoal. Manutenção básica de equipamentos Odontológicos. Treinamento em ergonomia e biossegurança aplicados à realidade clínica ambulatorial.

CARGOS PARA NIVEL FUNDAMENTAL

COMUM A TODOS OS CARGOS

PORTUGUES: 1. Alfabeto. 2. Vogais. 3. Consoantes. 4. Separação de Sílabas. 5. Letras maiúsculas e minúsculas/ completar e ordenar frases.Substantivo (gênero, número e grau)

MATEMÁTICA: 1. Números e Numeral. 2. Adição. 3. Subtração. 4. Multiplicação. 5 .Dobro. 6. Divisão. 7. Mínimo Múltiplo Comum. 8. Máximo Múltiplo Comum.

...TEXTO INCOMPLETO

81100

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231