Prefeitura de Pirapora do Bom Jesus - SP

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAPORA DO BOM JESUS

ESTADO DE SÃO PAULO

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/12

Notícia:   Estendido prazo de inscrições do edital de Pirapora do Bom Jesus - SP

A Prefeitura Municipal de Pirapora do Bom Jesus, nos termos da legislação vigente, torna pública a abertura de inscrições ao Concurso Público de Provas e Títulos para provimento de cargos públicos do seu quadro de pessoal.

As provas serão realizadas no dia 06 de maio de 2012, em horário e local a ser definido em Edital de Convocação para provas, que será publicado no dia 30 de abril de 2012 no jornal "Folha de Pirapora" e divulgado nos sites www.piraporadobomjesus.sp.gov.br e www.aplicativaassessoria.net

A realização do Concurso Público foi autorizada pelo Senhor Prefeito conforme despacho exarado em processo próprio. O Concurso Público será regido pelas instruções especiais a seguir descritas.

O regime ao qual estarão vinculados os candidatos empossados a cargo público é o estatutário, disciplinado na Lei Complementar Municipal n.° 004, de 05 de março de 2001, que institui o Plano de Carreira e de Remuneração do Magistério Público de Pirapora do Bom Jesus, e demais alterações, aplicando-se subsidiariamente, nos casos de omissão, a Lei Complementar Municipal n.° 001, de 18 de novembro de 1999, que disciplina o Regime Jurídico dos Servidores Públicos de Pirapora do Bom Jesus, nos termos do art. 60 da Lei Complementar Municipal n.° 004, de 05 de março de 2001.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS

1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES:

1.1 - Dos cargos públicos, requisitos, carga horária, vencimentos, número de vagas, taxas de inscrição e formas de avaliação:

CARGO

VAGAS

REQUISITOS EXIGIDOS

JORNADA HORAS/SEMANAL E REMUNERAÇÃO

VALOR DA INSCRIÇÃO

AVALIAÇÃO

(CONFORME LEGISLAÇÃO VIGENTE)

Agente Comunitário de Saúde - Jardim Bom Jesus

4

Ensino Fundamental Completo e Comprovação de Residência no Bairro

40h

R$ 846,40 (1) (2)

R$ 23,00

CB + CE

Agente Comunitário de Saúde - Parque Paiol

4

Agente Comunitário de Saúde - Vila Nova

4

Agente de Vigilância em Saúde

5

Ensino Fundamental Completo

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 23,00

CB + CE

Atendente de Farmácia

4

Ensino Médio Completo

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 35,00

CB + CE

Auxiliar de Consultório Dentário (40h)

3

Ensino Médio Completo

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 35,00

CB + CE

Auxiliar de Manutenção

1

Ensino Fundamental incompleto e seis meses de experiência relacionada às atividades a serem desempenhadas

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 19,00

CB + CE

Farmacêutico

2

Curso Superior Completo em Farmácia e Inscrição no Conselho de Classe

30h

R$ 2.074,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico Clínico Geral (20h)

5

Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Clínica Geral e Inscrição no Conselho de Classe

20h

R$ 5.190,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico do Programa Saúde Da Família (PSF) - (20h)

2

Curso Superior Completo em Medicina e Inscrição no Conselho de Classe

20h

R$ 5.190,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico do Programa Saúde Da Família (PSF) - (40h)1Curso Superior Completo em Medicina e Inscrição no Conselho de Classe40hR$ 10.264,40 (2) (3)R$ 50,00CB + CE + T
Médico Otorrinolaringologista1Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Otorrinolaringologia e Inscrição no Conselho de Classe20hR$ 5.190,40 (2) (3)R$ 50,00CB + CE + T
Médico Ultrassonografista (20h)1Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Ultrassonografia e Inscrição no Conselho de Classe20hR$ 5.190,40 (2) (3)R$ 50,00CB + CE + T
Médico Pediatra (20h)1Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Pediatria e Inscrição no Conselho de Classe20hR$ 5.190,40 (2) (3)R$ 50,00CB + CE + T
Técnico de Enfermagem5Ensino Médio Completo e Inscrição no Conselho de Classe40hR$ 909,40 (1) (2)R$ 35,00CB + CE
Técnico de Informática1Ensino Fundamental Completo e Curso Técnico em Informática40hR$ 1.024,40 (2)R$ 23,00CB + CE

Notas:

1 - Abono Assiduidade = R$ 100,00

2 - Insalubridade = R$ 124,40

3 - Gratificação escolaridade = 30% do salário

CB = Conhecimentos Básicos / CE = Conhecimentos Específicos / T = Títulos

1.2 - As atribuições que caracterizam cada cargo público são as estabelecidas no Anexo I do presente Edital.

1.3 - Os candidatos habilitados serão nomeados segundo necessidade de pessoal, disponibilidade orçamentária da Prefeitura e limites legais para tais despesas, obedecendo a ordem de classificação final.

1.3.1 - Os remanescentes formarão listagem para serem aproveitados, dentro do prazo de validade do Concurso Público, à medida que forem vagando ou sendo criadas novas vagas.

1.4 - O Concurso Público terá as provas em caráter classificatório e eliminatório de acordo com o item 4 deste Edital.

1.5 - O Concurso Público será realizado na cidade de Pirapora do Bom Jesus/SP.

2 - DAS INSCRIÇÕES:

2.1 - A inscrição implica no conhecimento e aceitação tácita de todo o disposto neste Edital.

2.1.1 - As inscrições serão recebidas, no período de 16 de abril de 2012 a 20 de abril de 2012, pela internet, no endereço www.aplicativaassessoria.net, e presencialmente, no seguinte endereço: Secretaria Municipal de Saúde, localizado na Av. Maria José Oliveira Bueno, S/N, Vila Nova, Pirapora do Bom Jesus, das 08h00 às 17h00.

2.1.2 - Para o pagamento da taxa de inscrição realizada pela internet e de modo presencial, deverá ser utilizado o boleto bancário impresso.

2.1.3 - A inscrição poderá ser acompanhada e confirmada pelo candidato no site www.aplicativaassessoria.net.

2.1.4 - A Comissão do Concurso Público não se responsabiliza por solicitação de inscrição pela internet não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados ou a impressão do boleto.

2.1.5 - O candidato que preencher incorretamente sua inscrição ou que fizer qualquer declaração falsa, inexata ou, ainda, que não possa satisfazer todas as condições estabelecidas no Edital, terá sua inscrição cancelada, tendo, em conseqüência, anulados os atos decorrentes dela, mesmo que aprovado nas provas e exames ou ainda que o fato seja constatado posteriormente.

2.1.6 - Não haverá devolução da taxa de inscrição, em hipótese alguma.

2.2 - O candidato, ao se inscrever, estará declarando, sob as penas da lei, que, após a habilitação no Concurso Público e no ato da posse do cargo público, irá satisfazer as seguintes condições:

2.2.1 - Ser brasileiro nato ou naturalizado, na forma do artigo 12 da Constituição Federal;

2.2.2 - Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos;

2.2.3 - Estar quite com o Serviço Militar, se for o caso;

2.2.4 - Estar em gozo dos seus direitos civis e políticos;

2.2.5 - Estar quite com a Justiça Eleitoral;

2.2.6 - Não registrar antecedentes criminais, comprovado mediante Atestado de Antecedentes;

2.2.7 - No caso de servidor público, não ter sofrido, no exercício da função pública, a imposição de sanções de natureza civil, penal ou administrativa, apresentando as certidões correspondentes;

2.2.8 - Não exercer qualquer cargo, emprego ou função pública de acumulação proibida com o exercício do novo cargo, emprego ou função pública, conforme Art. 37, incisos XVI e XVII da Constituição Federal;

2.2.9 - Preencher as exigências do cargo público segundo o que determina a legislação aplicável e a tabela do item 1.1 deste Edital.

2.2.10 - Conhecer, entender, aceitar e submeter-se às condições estabelecidas neste Edital, das quais não poderá alegar desconhecimento.

2.3 - A apresentação dos documentos comprobatórios das condições exigidas no item anterior será feita por ocasião da posse ao cargo público, que deverá ocorrer no prazo de 24 (vinte e quatro) horas, contadas a partir da publicação da portaria de nomeação, obedecendo-se a ordem final de classificação deste concurso público, nos termos do art. 19 da Lei Complementar Municipal n.° 004, de 05 de março de 2001.

2.3.1 - A não-apresentação da referida documentação é fator de nulidade da portaria de nomeação, nos termos do § 4.° do art. 37 da Lei Complementar n.° 001, de 18 de novembro de 1999.

2.4 - A Comissão do Concurso Público divulgará, juntamente com o Edital de Convocação para as provas os números das inscrições indeferidas.

2.5 - Verificando-se, a qualquer tempo, o recebimento de inscrição que não atenda a todos os requisitos exigidos, será ela cancelada.

2.6 - O candidato responde, administrativa, civil e criminalmente, pelas informações prestadas na Ficha de Inscrição.

2.7 - É permitido ao candidato inscrever-se para mais de um cargo público utilizando uma Ficha de Inscrição, ficando ciente que, em caso de coincidência de horários e datas de realização das provas, deverá optar por um dos cargos públicos, sendo essa opção de sua inteira responsabilidade.

3 - DO CANDIDATO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA:

3.1 - Às pessoas portadoras de deficiência, que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no inciso VIII do artigo 37 da Constituição Federal, é assegurado o direito de inscrição no presente Concurso Público, desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com as atribuições do cargo público em provimento.

3.1.1 - Serão reservadas 5% (cinco por cento) das vagas oferecidas no presente Edital, por cargo público, para candidatos portadores de deficiência conforme estabelece a legislação. Caso a aplicação deste percentual resulte em número fracionado, este deverá ser elevado até o primeiro número inteiro subseqüente.

3.1.2 - Consideram-se pessoas portadoras de deficiência aquelas que se enquadrarem nas categorias discriminadas no artigo 4° do Decreto Federal 3.298/99 e alterações.

3.1.3 - As pessoas portadoras de deficiência participarão do Concurso Público em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.

3.1.4 - O candidato deverá declarar, quando da inscrição, ser portador de deficiência, especificando-a na ficha de inscrição/formulário de inscrição via internet e, no período das inscrições, deverá entregar no local das inscrições o Laudo Médico (com especificação do CID) atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, bem como a provável causa da deficiência, inclusive para assegurar a previsão de adaptação da sua prova (solicitação de prova especial Braile ou Ampliada).

3.1.5 - Os candidatos que não atenderem os dispositivos mencionados no item 3.1.4. dentro do prazo do período das inscrições, serão considerados como não portadores de deficiência e não terão a prova especial preparada, seja qual for o motivo alegado, estando impossibilitados de realizar a prova em condições especiais.

3.1.6 - O candidato portador de deficiência que, no ato da inscrição, não declarar essa condição, não poderá impetrar recurso em favor de sua situação.

3.1.7 - Não será contratado o candidato cuja deficiência não for configurada ou quando esta for considerada incompatível com a função a ser desempenhada.

4 - DAS PROVAS E SEU JULGAMENTO:

4.1 - A avaliação será realizada com base em instrumentos que mensuram as habilidades e conhecimentos exigidos pelo cargo público, conforme indicação do item 1.1: Prova Escrita Objetiva de Conhecimentos Básicos (CB) e/ou de Conhecimentos Específicos (CE).

4.2 - O programa relativo à prova de conhecimentos básicos e conhecimentos específicos é o estabelecido no Anexo II do presente Edital.

4.2.1 - A prova conterá 40 (quarenta) questões, sendo atribuído 1 (um) ponto para cada questão, considerando-se habilitados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 20 (vinte) pontos.

4.2.2 - Os pontos relativos às questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os candidatos presentes à prova.

5 - DA EXECUÇÃO DAS PROVAS:

5.1 - A convocação para a prova escrita será afixada no quadro de avisos da Prefeitura, publicada no Jornal "Correio de Pirapora", divulgada no site www.piraporadobomjesus.sp.gov.br e www.aplictivaassessoria.net no dia 30 de abril de 2.012, contendo informações quanto à data, aos horários e local de realização das provas.

5.1.1 - Os candidatos deverão comparecer ao local da prova, pelo menos 30 (trinta) minutos antes da hora marcada, munidos do protocolo de inscrição, documento oficial de identidade com foto e no original, caneta esferográfica azul ou preta, lápis preto e borracha.

5.1.2 - São considerados documentos de identidade: Carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pelo Ministério das Relações Exteriores e pela Polícia Militar; Cédula de Identidade para Estrangeiros; Cédulas de Identidade fornecidas por Órgãos ou Conselhos de Classe que, por Lei Federal, valem como documento de identidade como, por exemplo, as Carteiras do CREA, OAB, CRC, CRM etc.; Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia na forma da Lei nº 9.503/97),

5.2 - Não será admitido na sala de Prova o candidato que se apresentar após o horário estabelecido para o fechamento do portão do prédio ou que não estiver de posse dos documentos hábeis previstos no item anterior.

5.3 - Durante a prova não será permitida comunicação entre os candidatos ou pessoa estranha ao Concurso Público, bem como consulta de nenhuma espécie a livros, revistas ou folhetos, nem uso de máquina calculadora, celulares ou qualquer outro aparelho eletrônico.

5.4 - Os candidatos deverão manter seus celulares desligados, enquanto permanecerem no recinto onde estarão sendo realizadas as provas.

5.5 - Será vedado ao candidato se ausentar do recinto desacompanhado do fiscal.

5.6 - As instruções dadas pelos fiscais, assim como as contidas na prova, deverão ser respeitadas pelos candidatos.

5.7 - A folha de respostas será identificada, em campo específico, pelo próprio candidato com sua assinatura.

5.8 - As respostas deverão ser assinaladas pelos candidatos com caneta esferográfica azul ou preta.

5.9 - Não serão computadas questões não assinaladas, questões que contenham mais de uma resposta (mesmo que uma delas esteja correta), emendas ou rasuras, ainda que legível.

5.10 - Não haverá, em hipótese alguma, substituição das folhas de respostas.

5.11 - O candidato ao terminar a prova entregará ao fiscal, juntamente com a folha de respostas, seu caderno de questões.

5.11.1 - Por razões de segurança, de ordem técnica e de direitos autorais adquiridos, não serão fornecidos exemplares do caderno de questões a candidatos ou Instituições de Direito Público ou Privado, mesmo após o encerramento do Concurso Público.

5.11.1.1 - Será eliminado do Concurso Público o candidato que não devolver integralmente o material recebido.

5.12 - Não haverá, em hipótese alguma, segunda chamada, vista, revisão de provas, seja qual for o motivo alegado.

5.13 - As provas não serão aplicadas em outra data, local e/ou horário, senão aqueles previstos no Edital de Convocação.

5.14 - Em casos de comportamentos inadequados, desobediência a qualquer regulamento constante deste Edital, persistência em comunicação entre os candidatos e consultas vedadas no item 6.4, o candidato será eliminado do Concurso Público.

6 - DOS TÍTULOS

6.1 - Os candidatos deverão apresentar na data e local de realização das provas até 1 (uma) hora após o encerramento das respectivas provas, em salas especialmente designadas, cópias reprográficas simples de eventuais títulos que possuam, conforme tabela do item 6.7 do presente Edital. Não serão considerados os títulos apresentados fora do dia, horário e local acima determinado.

6.1.1 - Os títulos deverão ser entregues em envelope lacrado, identificado com nome, área de atuação e número de inscrição do candidato, e será emitido comprovante de recebimento do envelope. O candidato é totalmente responsável pelo conteúdo do envelope entregue.

6.2 - O candidato inscrito em duas ou mais áreas de atuação deverá apresentar os títulos para cada área de inscrição.

6.3 - Serão considerados Títulos somente os constantes na Tabela a seguir, limitada a pontuação ao máximo descrito nesta tabela sendo que os pontos excedentes serão desconsiderados.

6.4 - O total de pontos alcançados na prova de títulos será somado à nota obtida na Prova Escrita Objetiva.

6.5 - O candidato deverá apresentar os respectivos títulos acompanhados de relação, que deverá ser apresentada em duas vias de igual teor sem rasuras ou emendas, e cujo modelo é o constante do Anexo IV deste Edital, identificada e assinada por extenso, em que será descrito cada título.

6.6 - Entregue a relação dos títulos, não serão aceitos pedidos de inclusão de documentos, sob qualquer hipótese ou alegação.

6.7 - Constituem Títulos somente os indicados a seguir, desde que devidamente comprovados e relacionados à área para a qual o candidato está se candidatando:

Títulos

Valor Unitário

Valor Máximo

A) Título de Doutor na área/disciplina a que está concorrendo2,0 pontos 2,0 pontos
B) Título de Mestre na área/disciplina a que está concorrendo 1,0 pontos 1,0 pontos
C) Diploma ou Certificado de Conclusão de curso de Pós-Graduação lato sensu (mínimo de 360 horas) na Educação Básica ou na área/disciplina a que está concorrendo acompanhado do Histórico Escolar 0,5 pontos 1,0 pontos

6.8 - Não serão aceitos protocolos dos documentos.

6.9 - O(s) diploma(s) e/ou certificados dos títulos mencionados deverá/deverão ser expedido(s) por instituição de ensino devidamente reconhecidos pelo Ministério da Educação.

6.10 - Somente serão aceitos, para pontuação, documentos nos quais constem todos os dados necessários à sua perfeita avaliação.

6.11 - Somente serão pontuados os cursos reconhecidos, estando vedada a pontuação de qualquer curso/documento que não preencher todas as condições previstas neste Edital.

6.12 - Comprovada, em qualquer tempo, irregularidade ou ilegalidade na obtenção dos títulos constantes da Tabela apresentada, o candidato terá anulada a respectiva pontuação e comprovada a culpa do mesmo, este será excluído do Concurso Público.

6.13 - Os pontos dos Títulos serão contados apenas para efeito de "classificação" e não de "Aprovação".

7 - DA CLASSIFICAÇÃO FINAL:

7.1 - A Lista de Classificação Final será em ordem decrescente de acordo com a nota final.

7.2 - Haverá 01 (uma) lista de classificação final para todos os candidatos aprovados, destacando-se, na mesma, os portadores de deficiência e uma lista contendo a classificação desses últimos.

7.3 - Em caso de igualdade de classificação, na Lista de Classificação Final terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

7.3.1 - Tenha obtido maior nota na parte de conhecimentos específicos da prova, se for o caso.

7.3.2 - Tenha a maior idade.

7.4 - Caso haja candidato idoso empatado, será utilizado como primeiro critério de desempate o de maior idade, atendendo ao que dispõe o Estatuto do Idoso, Lei 10.741/03.

7.5 - A Comissão do Concurso Público responsável pela realização do Concurso Público dará publicidade ao Edital, às convocações, e resultados no Quadro de Avisos da Sede da Prefeitura, no jornal "Correio de Pirapora", no site da Prefeitura www.piraporadobomjesus.sp.gov.br e no site da Aplicativa www.aplicativaassessoria.net.

8 - DOS RECURSOS:

8.1 - Recursos quanto ao gabarito, notas e classificação final deverão ser feitos por escrito, dirigidos à Comissão do Concurso Público, devendo ser entregues e protocolizados junto ao Setor de Protocolo da Prefeitura, das 10h00min às 16h00min, estar devidamente fundamentados, constando o nome do candidato, a opção de cargo público, o número de inscrição e telefone.

8.1.1 - O modelo de formulário para recursos é o constante do Anexo III deste Edital.

8.1.2 - Somente serão apreciados os recursos interpostos dentro do prazo do fato que lhe deu origem e que possuírem argumentação lógica e consistente que permita sua adequada avaliação.

8.1.3 - O gabarito divulgado poderá ser alterado, em função dos recursos impetrados e as provas serão corrigidas de acordo com o gabarito oficial definitivo.

8.1.4 - O prazo para interposição de recursos é de 02 (dois) dias úteis após a ocorrência do fato.

8.1.5 - Serão indeferidos os recursos interpostos fora dos prazos e condições estabelecidos.

8.1.6 - A Comissão de Concurso Público constitui última instância para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

9 - DA NOMEAÇÃO E POSSE DO CARGO PÚBLICO:

9.1 - Os candidatos aprovados, classificados, nomeados e que tomarem posse do cargo estarão sujeitos ao estágio probatório nos termos constitucionais e às normas da Lei Complementar Municipal n.º 004, de 05 de março de 2001, que institui o Plano de Carreira e de Remuneração do Magistério Público de Pirapora do Bom Jesus, e demais alterações, aplicando-se subsidiariamente, nos casos de omissão, a Lei Complementar Municipal n.º 001, de 18 de novembro de 1999, que disciplina o Regime Jurídico dos Servidores Públicos de Pirapora do Bom Jesus, nos termos do art. 60 da Lei Complementar Municipal n.º 004, de 05 de março de 2001.

9.2 - A nomeação mediante portaria obedecerá a ordem da Lista de Classificação Final.

9.3 - Antes de tomar posse do cargo público e adquirir a sua titularidade, o candidato nomeado mediante portaria deverá submeter-se a prévia inspeção médica oficial, que será realizada por médico do trabalho da Prefeitura de Pirapora do Bom Jesus ou por sua ordem, que avaliará sua aptidão física e mental para o exercício do cargo público, nos termos do "caput" do art. 36 da Lei Complementar Municipal n.º 001, de 18 de novembro de 1999. Somente será empossado o nomeado que for julgado apto físico e mentalmente para o exercício do cargo público, nos termos do parágrafo único do art. 36 da Lei Complementar Municipal n.º 001, de 18 de novembro de 1999.

9.4 - O candidato nomeado que não apresentar toda documentação exigida no ato de sua convocação, em conformidade aos documentos exigidos no item 2.2 deste Edital, ou que não comparecer à convocação no prazo estipulado no instrumento de convocação, dará causa à edição de portaria que tornará nula e sem efeito a portaria de nomeação do candidato, nos termos do art. 37, § 4.º, e art. 39, ambos da Lei Complementar Municipal n.º 001, de 18 de novembro de 1999.

9.5 - A convocação do candidato será feita utilizando-se o mesmo endereço constante da ficha de inscrição. Por essa razão, qualquer alteração no endereço deverá ser comunicada ao Setor de Recursos Humanos da Prefeitura.

9.6 - O não-comparecimento ou a desistência formalizada implicará na declaração de nulidade de sua nomeação, passando-se a nomear o próximo candidato, obedecida a ordem final de classificação do concurso público.

9.7 - É facultado à Prefeitura, exigir dos candidatos classificados, quando da posse ao cargo público, além da documentação prevista nos itens 1.1 e 2 deste Edital, outros documentos.

10 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS:

10.1 - A inscrição do candidato implicará o conhecimento das presentes instruções e a tácita aceitação das condições do Concurso Público, tais como se acham estabelecidas no Edital e nas normas legais pertinentes, bem como em eventuais aditamentos e instruções específicas para a realização do certame, acerca das quais não poderá alegar desconhecimento.

10.2 - Caberá à Banca Examinadora a responsabilidade pela prova, pelo grau de dificuldade, abrangência e quantidade de questões dos assuntos, bem como pela extensão da mesma.

10.3 - A inexatidão das afirmativas ou irregularidades de documentação, ainda que verificada posteriormente, eliminará o candidato do Concurso Público, cancelando-se todos os atos decorrentes da inscrição.

10.4 - A Comissão de Concurso Público não autoriza a comercialização de apostilas e não se responsabiliza pelo teor das mesmas.

10.5 - O prazo de validade do Concurso Público será de 01 (um) ano, contado a partir da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período segundo interesse da Administração.

10.6 - Qualquer regra prevista neste Edital poderá ser alterada, atualizada ou sofrer acréscimos, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito ou até a data de convocação dos candidatos para a correspondente prova, circunstância que será mencionada em Edital ou aviso a ser publicado.

10.7 - O Concurso Público será homologado pelo Senhor Prefeito e nos termos da Legislação vigente.

10.8 - Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Concurso Público.

Pirapora do Bom Jesus, 13 de abril de 2012.

Comissão de Concurso Público

ANEXO I - REQUISITO

CARGO

VAGAS

REQUISITOS EXIGIDOS

JORNADA HORAS/SEMANAL E REMUNERAÇÃO

VALOR DA INSCRIÇÃO

AVALIAÇÃO

(CONFORME LEGISLAÇÃO VIGENTE)

Agente Comunitário de Saúde - Jardim Bom Jesus

4

Ensino Fundamental Completo e Comprovação de Residência no Bairro

40h

R$ 846,40 (1) (2)

R$ 23,00

CB + CE

Agente Comunitário de Saúde - Parque Paiol

4

Agente Comunitário de Saúde - Vila Nova

4

Agente de Vigilância em Saúde

5

Ensino Fundamental Completo

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 23,00

CB + CE

Atendente de Farmácia

4

Ensino Médio Completo

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 35,00

CB + CE

Auxiliar de Consultório Dentário (40h)

3

Ensino Médio Completo

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 35,00

CB + CE

Auxiliar de Manutenção

1

Ensino Fundamental incompleto e seis meses de experiência relacionada às atividades a serem desempenhadas

40h

R$ 746,40 (2)

R$ 19,00

CB + CE

Farmacêutico

2

Curso Superior Completo em Farmácia e Inscrição no Conselho de Classe

30h

R$ 2.074,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico Clínico Geral (20h)

5

Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Clínica Geral e Inscrição no Conselho de Classe

20h

R$ 5.190,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico do Programa Saúde Da Família (PSF) - (20h)

2

Curso Superior Completo em Medicina e Inscrição no Conselho de Classe

20h

R$ 5.190,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico do Programa Saúde Da Família (PSF) - (40h)

1

Curso Superior Completo em Medicina e Inscrição no Conselho de Classe

40h

R$ 10.264,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico Otorrinolaringologista

1

Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Otorrinolaringologia e Inscrição no Conselho de Classe

20h

R$ 5.190,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico Ultrassonografista (20h)

1

Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Ultrassonografia e Inscrição no Conselho de Classe

20h

R$ 5.190,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Médico Pediatra (20h)

1

Curso Superior Completo em Medicina com especialização em Pediatria e Inscrição no Conselho de Classe

20h

R$ 5.190,40 (2) (3)

R$ 50,00

CB + CE + T

Técnico de Enfermagem

5

Ensino Médio Completo e Inscrição no Conselho de Classe

40h

R$ 909,40 (1) (2)

R$ 35,00

CB + CE

Técnico de Informática

1

Ensino Fundamental Completo e Curso Técnico em Informática

40h

R$ 1.024,40 (2)

R$ 23,00

CB + CE

Notas:

1 - Abono Assiduidade = R$ 100,00 - 2 - Insalubridade = R$ 124,40 3 - Gratificação escolaridade = 30% do salário

CB = Conhecimentos Básicos / CE = Conhecimentos Específicos / T = Títulos

ANEXO II - ATRIBUIÇÕES

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

Realiza o mapeamento de sua área de atuação; Cadastra e mantém atualizado o cadastro das famílias de sua área;Identifica indivíduos e famílias expostas a situações de risco;Realiza, através de visita domiciliar, acompanhamento de todas as famílias de sua responsabilidade; Coleta dados para análise da situação das famílias acompanhadas; Promove educação em saúde e mobilização comunitária visando uma melhor qualidade de vida mediante ações de saneamento e melhorias do meio ambiente; Orienta as famílias para utilização adequada dos serviços de saúde, em especial a adequada utilização do Pronto Atendimento; Informa os demais membros da equipe, acerca das dinâmicas sociais das comunidades, suas disponibilidades e necessidades; Participa no processo de planejamento local das ações relativas ao território de abrangência da unidade, visando encontrar as soluções e encaminhamentos dos problemas identificado e outras atividades solicitadas pela chefia imediata.

AGENTE DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Realiza a pesquisa larvária em imóveis para levantamento de índices e descobrimento de focos nos municípios infestados e em armadilhas e pontos estratégicos nos municípios não infestados. Realiza a eliminação de criadouros tendo como método de primeira escolha o controle mecânico (remoção, destruição, vedação, etc). Executa o tratamento focal e perifocal com medida complementar ao controle mecânico, aplicando larvicidas autorizados conforme orientação técnica. Orienta a população com relação aos meios de evitar a proliferação de vetores. Utiliza corretamente os equipamentos de proteção individual indicados para cada situação. Repassa ao supervisor da área os problemas de maior grau de complexidade não solucionados. Mantém atualizados os cadastros de imóveis e pontos estratégicos de sua zona. Registra as informações referentes ás atividades executadas nos formulários específicos. Deixa seu itinerário diário de trabalho no posto de atendimento. Encaminha aos serviços de saúde os casos suspeitos de dengue.

ATENDENTE DE FARMÁCIA

Exerce atividades a fim de classificar os diferentes tipos de produtos e de formas farmacêuticas. Executa as rotinas de armazenamento e dispensação de produtos, além do controle e manutenção do estoque de produtos farmacêuticos. Atende as prescrições médicas dos medicamentos e identificar as diversas vias de administração, atender ao munícipe orientando-o sobre o uso correto e a conservação dos medicamentos, e atividades designadas pela chefia imediata.

AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO (40H)

Compete ao Auxiliar de Consultório Dentário, sempre sob a supervisão do Cirurgião-Dentista ou do Técnico em Higiene Dental: orientar os pacientes sobre higiene bucal, marcar consultas, preencher e anotar fichas clínicas, manter em ordem arquivo e fichário, controlar o movimento diário/mensal, revelar e montar radiografias intra-orais, preparar o paciente para o atendimento, auxiliar no atendimento ao paciente, instrumentar o Cirurgião Dentista e o Técnico em Higiene Dental junto à cadeira operatória, promover isolamento do campo operatório, manipular materiais de uso odontológico, selecionar moldeiras, confeccionar modelos em gesso, aplicar métodos preventivos para controle da cárie dental, proceder à conservação e à manutenção do equipamento odontológico. Desempenhar tarefas afins.

AUXILIAR DE MANUTENÇÃO

Executa atividades auxiliares dentro das diversas áreas de manutenção, tais como encanamento, alvenaria, pintura, jardinagem, marcenaria/carpintaria e eletricidade, conforme orientação da chefia.

FARMACÊUTICO

Executa tarefas diversas relacionadas com a composição e fornecimento de medicamentos e outros preparados; analisa substâncias, matérias e produtos acabados, valendo-se de técnicas e aparelhos especiais, baseando-se em fórmulas estabelecidas, para atender a receitas médicas, odontológicas e veterinárias. Faz a manipulação dos insumos farmacêuticos, como medição, pesagem e mistura, utilizando instrumentos especiais e fórmulas químicas, para atender à produção de remédios. Controla entorpecentes e produtos equiparados, anotando sua venda em mapas, livros, segundo os receituários devidamente preenchidos, para atender aos dispositivos legais. Faz análises clínicas de sangue, urina, fezes, saliva e outros, valendo-se de diversas técnicas específicas, para complementar o diagnóstico de doenças. Efetua análise bromatológica de alimentos, valendo-se de métodos, para garantir o controle de qualidade, pureza, conservação e homogeneidade, com vistas ao resguardo da saúde pública. Fiscaliza farmácias, drogarias e indústrias químico-farmacêuticas, quanto ao aspecto sanitário, fazendo visitas periódicas e autuando os infratores, se necessário, para orientar seus responsáveis no cumprimento da legislação vigente. Assessora autoridades superiores, preparando informes e documentos sobre legislação e assistência farmacêutica, a fim de fornecer subsídio para elaboração de ordens de serviços, portarias, pareceres e manifestos. Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

MÉDICO CLÍNICO GERAL

Faz exames médicos, emite diagnóstico, prescreve medicamentos e outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, aplicando recursos de medicina preventiva ou terapêutica, para promover a saúde e o bem estar do paciente. Zelar pela conservação de boas condições de trabalho, quanto ao ambiente físico, limpeza e arejamento adequado, visando proporcionar aos pacientes um melhor atendimento. Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

MÉDICO DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA (PSF)

Presta assistência integral aos indivíduos, membros das famílias sob sua responsabilidade; Realiza visita domiciliar programada ou em função de uma busca ativa, segundo critérios epidemiológicos. Promove integração com os demais membros da equipe e, em especial com o Agente Comunitário, que representa o elemento facilitador para a identificação das necessidades da população servida. Promove internação domiciliar, quando o objetivo for humanizar o quadro que se apresenta, visando conforto e qualidade de vida. Será realizada somente quando as condições clínicas permitirem e não oferecerem riscos. Participa em reuniões com a comunidade local, discutindo temas relativos ao diagnóstico local e a busca de soluções. Valoriza a relação médico-paciente estabelecendo relações de confiança. Executa ações básicas de Vigilância Epidemiológica e Sanitária. Executa ações de assistência nas áreas de saúde da criança e adolescente, da mulher, do trabalhador, do adulto e idoso; Realiza atendimento do primeiros cuidados nas urgências e pequanas cirurgias ambulatoriais.

MÉDICO OTORRINOLARINGOLOGISTA

Participar em eventos especiais ligados à saúde propostos pela Secretaria Municipal de Saúde, inclusive atendimento em unidade móvel em ações comunitárias de saúde e outros programas especiais. Dar atendimento básico a adultos e crianças, realizando cirurgias de pequeno porte em postos de saúde da rede pública, sob supervisão da Secretaria Municipal de Saúde. Prestar atendimento ou qualquer atribuição correlata a área de otorrinolaringologia.

MÉDICO PEDIATRA (20H)

Faz exames médicos, emite diagnósticos, prescreve medicamentos e outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, prestando assistência médica específica às crianças até a adolescência, para avaliar, prevenir preservar ou recuperar sua saúde. Examina a criança, auscultando-a, executando palpações e percussões, por meio de estetoscópio e de outros aparelhos específicos, para verificar a presença de anomalias e mal-formações congênitas do recém-nascido, avaliar-lhe as condições de saúde e estabelecer o diagnóstico. Avalia o estágio de crescimento e desenvolvimento da criança, comparando-o com os padrões normais, para orientar a alimentação, indicar exercícios, vacinação e outros cuidados. Estabelece o plano médico-terapêutico-profilático, prescrevendo medicação, tratamento e dietas especiais, para solucionar carências alimentares, anorexias, desidratação, infecções, parasitoses e prevenir contra tuberculose, tétano, difteria, coqueluche e outras doenças. Trata lesões, doenças ou alterações orgânicas infantis, indicando ou realizando cirurgias, prescrevendo pré-operatório, para possibilitar a recuperação da saúde. Participa do planejamento, execução e avaliação de planos, programas e projetos de Saúde Pública, enfocando os aspectos de sua especialidade, para cooperar na promoção, proteção e recuperação da saúde física e mental das crianças. Indica a suplementação alimentar à criança, quando houver justificativa clínica e de acordo com a programação. Encaminha para atendimento especializado interno ou externo ao Centro de Saúde, os casos que julgar necessário. Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

MÉDICO ULTRASSONOGRAFISTA (20H)

Realizar, diagnosticar e emitir laudos de exames ultrassonográficos abrangendo a ecografia geral e/ou específica (pélvica obstétrico abdominal, pediátrico, peq. partes etc.) empregando técnicas específicas da medicina preventiva e terapêutica, a fim de promover a proteção, recuperação ou reabilitação da saúde.

TÉCNICO DE ENFERMAGEM

Sob a supervisão do Enfermeiro: Participam do planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de Enfermagem; Presta cuidados diretos de Enfermagem a pacientes em estado grave; Atua na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral e em programas de vigilância epidemiológica; Atua na prevenção e controle sistemático de danos físicos que possam ser causados a pacientes durante a assistência de saúde; Participa na elaboração, execução e avaliação de medidas que visem o controle das doenças transmissíveis em geral e nos programas de vigilância epidemiológica; Participa em programas e atividades de educação sanitária, visando a melhoria de saúde do indivíduo, da família e da população em geral; Observa, reconhece e descreve sinais e sintomas, ao nível de sua qualificação; Executa as ações atribuídas ao Auxiliar de Enfermagem, na ausência dessa categoria.

TÉCNICO DE INFORMÁTICA

Executa serviços de programação de computadores, processamento de dados, dando suporte técnico. Orienta os usuários para utilização de softwares e hardwares. Elabora programas de computador, conforme definição do analista de informática. Instala e configura softwares e hardwares, orientando os usuários nas especificações e comandos necessários para sua utilização. Organiza e controla os materiais necessários para a execução das tarefas de operação, ordem de serviço, resultados dos processamentos, suprimentos, bibliografias etc. Opera equipamentos de processamento automatizados de dados, mantendo ativa toda a malha de dispositivos conectados. Interpretar as mensagens exibidas no monitor, adotando as medidas necessárias. Notifica e informa aos usuários do sistema ou ao analista de informática, sobre qualquer falha ocorrida. Executa e controla os serviços de processamento de dados nos equipamentos que opera. Executa o suporte técnico necessário para garantir o bom funcionamento dos equipamentos, com substituição, configuração e instalação de módulos, partes e componentes. Administra cópias de segurança, impressão e segurança dos equipamentos de sua área de atuação. Executa o controle de fluxos de atividades, preparação e acompanhamento da fase de processamento dos serviços e/ou monitoramento do convocado. Controla e zela pela correta utilização dos equipamentos. Ministra treinamento em área de seu conhecimento. Auxilia na execução de planos de manutenção, dos equipamentos, dos programas, das redes de computadores e dos sistemas operacionais. Elabora, atualiza e mantém a documentação técnica necessária para a operação e manutenção das redes de computadores. Executa outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.

ANEXO III - PROGRAMA

- AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

POCB - Português: Compreensão de texto. Sinônimo e antônimo. Pontuação. As classes gramaticais: confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas e Ortografia oficial.

Matemática: Conjunto dos números naturais: resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais em suas formas fracionária e decimal. Sistema de medidas: comprimento, capacidade, massa e tempo; resolução de situações-problema.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Noções de trabalho em equipe. Doenças sexualmente transmissíveis (DST). Métodos contraceptivos. Vacinação. Assistência à mulher, à criança e ao idoso. Doenças: tipos, formas de prevenção e tratamento. Dengue. Malária. Drogas. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- AGENTE DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

POCB - Português: Compreensão de texto. Sinônimo e antônimo. Pontuação. As classes gramaticais: confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas e Ortografia oficial.

Matemática: Conjunto dos números naturais: resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais em suas formas fracionária e decimal. Sistema de medidas: comprimento, capacidade, massa e tempo; resolução de situações-problema.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Noções básicas sobre zoonoses e animais, e/ou insetos transmissores. Noções sobre o controle de animais e insetos (desratização e desinsetização). Combate a insetos e peçonhentos. Noções sobre as espécies de roedores e de raticidas anticoagulantes de dose única e dose múltipla nas formas de pó, peletizado e parafinado. Localização de foco de roedores. Inseticidas organo-fosforados e piretróides. Noções sobre higiene e necessidade da utilização de equipamentos de segurança. Manuseio de animais de grande e pequeno porte. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- ATENDENTE DE FARMÁCIA

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Português: Questões que possibilitem avaliar a capacidade de Interpretação de texto, conhecimento da norma culta na modalidade escrita do idioma e aplicação da ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Classes gramaticais; Concordância verbal e nominal; Pronomes: emprego e colocação e Regência nominal e verbal.

Matemática: Teoria dos Conjuntos; Conjuntos dos números Reais: operações, propriedades e problemas; Cálculos Algébricos; Grandezas Proporcionais - Regra de Três Simples e Composta; Porcentagem e Juros Simples; Sistema Monetário Brasileiro; Equação do Primeiro e Segundo Graus - problemas; Sistema Decimal de Medidas (comprimento, superfície, volume, massa, capacidade e tempo) - transformação de unidades e resolução de problemas; Funções; Geometria: Ponto, reta, plano, ângulos, polígonos, triângulos, quadriláteros, circunferência, círculo e seus elementos respectivos - figuras geométricas planas (perímetros e áreas) - sólidos geométricos (figuras espaciais): seus elementos e volumes; Resolução de problemas.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Fundamentos e Técnicas de armazenamento, conservação e reposição de medicamentos; distribuição, registro e controle de remédios; ações e planejamento de saúde. Noções de Informática: Sistema Operacional Windows XP, Vista e Seven: Windows Explorer, Internet Explorer, Outlook Express; Microsoft Office: Editor de Texto (Word), editor de planilhas (Excel) e demais aplicativos. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO (40H)

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Português: Questões que possibilitem avaliar a capacidade de Interpretação de texto, conhecimento da norma culta na modalidade escrita do idioma e aplicação da ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Classes gramaticais; Concordância verbal e nominal; Pronomes: emprego e colocação e Regência nominal e verbal.

Matemática: Teoria dos Conjuntos; Conjuntos dos números Reais: operações, propriedades e problemas; Cálculos Algébricos; Grandezas Proporcionais - Regra de Três Simples e Composta; Porcentagem e Juros Simples; Sistema Monetário Brasileiro; Equação do Primeiro e Segundo Graus - problemas; Sistema Decimal de Medidas (comprimento, superfície, volume, massa, capacidade e tempo) - transformação de unidades e resolução de problemas; Funções; Geometria: Ponto, reta, plano, ângulos, polígonos, triângulos, quadriláteros, circunferência, círculo e seus elementos respectivos - figuras geométricas planas (perímetros e áreas) - sólidos geométricos (figuras espaciais): seus elementos e volumes; Resolução de problemas.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Odontologia Preventiva - higiene dental, placa bacteriana, cárie e doença periodontal (etiologia, prevenção e controle); flúor (composição e aplicação); Processo Saúde/Doença - levantamentos epidemiológicos: noções de vigilância à Saúde, Educação em Saúde: Materiais, Equipamentos e Instrumentais - manutenção e conservação; Materiais dentários - forradores e restauradores; Esterilização e Desinfecção. Conhecimentos em Saúde Pública: Constituição Federal de 1988: Artigos 196 a 200; Lei 8.080/90; Lei 8.142/90; Portaria 373, 27/02/2002 - Norma Operacional da Assistência à Saúde - NOAS-SUS 01/2002. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- AUXILIAR DE MANUTENÇÃO

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Português: Compreensão de texto. Sinônimo e antônimo. Pontuação. As classes gramaticais: confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas e Ortografia oficial.

Matemática: Conjunto dos números naturais: resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais em suas formas fracionária e decimal. Sistema de medidas: comprimento, capacidade, massa e tempo; resolução de situações-problema.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Noções de segurança individual, coletiva e de instalações. Noções de Primeiros Socorros. Identificação e uso de ferramentas para eletricidade e hidráulica. Eletricidade básica. Redes elétricas. Componentes. Instalação e inspeção. Manutenção e reparos. Eletrônica e equipamentos de áudio. Proteção contra choques elétricos. Redes hidráulicas. Componentes. Instalação e inspeção. Manutenção e reparos. Leitura e interpretação de projetos. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- FARMACÊUTICO

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Português: Questões que possibilitem avaliar a capacidade de Interpretação de texto, conhecimento da norma culta na modalidade escrita do idioma e aplicação da ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Classes gramaticais; Concordância verbal e nominal; Pronomes: emprego e colocação e Regência nominal e verbal.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Avaliação da área física e condições adequadas de armazenamento. Conceitos: Sistema Único de Saúde, vigilância sanitária, vigilância epidemiológica e assistência farmacêutica. Controle de estoques de medicamentos e material de consumo. Educação em saúde - noções básicas. Farmacologia. Legislação do Sistema Único de Saúde - SUS. Organização de almoxarifados. Padronização dos itens de consumo. Política de medicamentos - legislação para o setor farmacêutico. Sistema de compra. Sistema de dispensação de medicamentos e materiais de consumo. Código de Ética Profissional. Conhecimentos em Saúde Pública: Constituição Federal de 1988: Artigos 196 a 200; Lei 8.080/90; Lei 8.142/90; Portaria 373, 27/02/2002 - Norma Operacional da Assistência à Saúde - NOAS-SUS 01/2002. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- MÉDICO CLÍNICO GERAL (20H)

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Políticas de Saúde Pública: Diretrizes e bases da implantação do SUS. Organização da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde. Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças. Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde - Vigilância em Saúde. Indicadores de nível de saúde da população. Políticas de descentralização e atenção primária à Saúde. Doenças de notificação compulsória no Estado de São Paulo. Código de Ética Médica.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Epidemiologia, fisiopatologia, diagnóstico, clínica, tratamento e prevenção das doenças cardiovasculares: insuficiência cardíaca, insuficiência coronariana, arritmias cardíacas, doença reumática, tromboses venosas, hipertensão arterial. Insuficiência respiratória aguda e crônica, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica, pneumonia, tuberculose, trombo-embolismo pulmonar, pneumopatia intersticial, neoplasias. Gastrite e úlcera péptica, colicistopatias, diarréia aguda e crônica, pancreatites, hepatites, insuficiência hepática, parasitoses intestinais, doenças intestinais inflamatórias, doença diverticular de cólon, Insuficiência renal aguda e crônica, glomerulonefrites, distúrbios hidroeletrolíticos e do sistema ácido base, nefrolitíase, infecções urinárias. Hipovitaminoses, desnutrição, diabetes mellitus, hipotiroidismo, hipertiroidismo, doenças da hipófise e da adrenal. Anemias hipocrônicas, macrociticas e homolíticas, anemia aplástica, leucopenia, púrpuras, distúrbios da coagulação, leucemias e linfomas, acidentes de transfusão. Osteoartrose, doença reumatóide juvenil, gota, lupus eritematoso sistêmico, artrite infecciosa, doenças do colágeno; Neurológicas: coma, cefaléias, epilepsia, acidente vascular cerebral, meningites, neuropatias periféricas, encefalopatias. Alcoolismo, abstinência alcoólica, surtos psicóticos, pânico, depressão. Infecciosas e transmissíveis: sarampo, varicela, rubéola, poliomielite, difteria, tétano, coqueluche, raiva, febre tifóide, hanseníase, doenças sexualmente transmissíveis, AIDS, doença de Chagas, esquistossomose, leishmaniose, lepstopirose, malária, tracoma, estreptococciais, estafilococciais, doença meningocócica, infecções por anaeróbicos, toxoplasmose, viroses. Escabiose, pediculose, dermatofitoses, eczema, dermatite de contato, onicomicoses urticária, anafiloxia, intoxicações exógenas agudas. Urgência e emergência em Clínica Médica, urgência e emergência do trauma. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- MÉDICO DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA (PSF) (2011 E 4011)

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Políticas de Saúde Pública: Diretrizes e bases da implantação do SUS. Organização da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde. Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças. Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde - Vigilância em Saúde. Indicadores de nível de saúde da população. Políticas de descentralização e atenção primária à Saúde. Doenças de notificação compulsória no Estado de São Paulo. Código de Ética Médica.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Prontuário do paciente; transferência de paciente; atestado médico (legislação); informações às famílias de paciente falecido; intercorrência na ausência do médico assistente; sigilo médico e segredo profissional; remoção de paciente; responsabilidades do médico. Indicadores de saúde pública; Portaria 1886/97 do Ministério da Saúde; Programa de saúde da família; noções de medicina comunitária; verminoses; noções de trabalho em equipe; noções de administração e planejamento público; cronograma de atendimento; territorialização; visitas médicas domiciliares; tuberculose; dermatologia. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- MÉDICO OTORRINOLARINGOLOGISTA (20H)

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Políticas de Saúde Pública: Diretrizes e bases da implantação do SUS. Organização da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde. Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças. Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde - Vigilância em Saúde. Indicadores de nível de saúde da população. Políticas de descentralização e atenção primária à Saúde. Doenças de notificação compulsória no Estado de São Paulo. Código de Ética Médica.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Otologia: fisiologia auditiva, avaliação do paciente com vertigem, patologia do pavilhão auricular e do conduto auditivo; patologia da membrana timpânica e do ouvido médio; Audiologia. Rinologia - Anatomia e histologia do nariz e seios paranasais; fisiologia do nariz e seios paranasais; distúrbios de olfação; Patologias inflamatórias da fossa nasal e dos seios paranasais; Angina; Faringo e Laringologia: Rinites; Sinusites; Anatomia e histologia das glândulas salivares; Traumatismos maxilo faciais. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- MÉDICO PEDIATRA (2011)

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Políticas de Saúde Pública: Diretrizes e bases da implantação do SUS. Organização da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde. Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças. Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde - Vigilância em Saúde. Indicadores de nível de saúde da população. Políticas de descentralização e atenção primária à Saúde. Doenças de notificação compulsória no Estado de São Paulo. Código de Ética Médica.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Acidentes na infância: causas mais comuns e prevenção. Afecções agudas do aparelho respiratório. Afecções dermatológicas mais comuns na infância. Afecções do aparelho cárdio-circulatório: endocardite infecciosa, cardiopatias congênitas, insuficiência cardíaca congestiva. Afecções do aparelho urinário: infecções do trato urinário, glomerulonefrite aguda, síndrome nefrótica. Afecções do sistema nervoso central: síndrome convulsiva, meningite e encefalite. Afecções endocrinológicas: diabetes mellitus, hipotireoidismo congênito. Afecções ortopédicas na infância: infecciosas (osteomielite e artrite), congênitas e posturais (pé torto, luxação do quadril, pés planos, escoliose). Aleitamento materno: aspectos nutricionais, imunológicos, psicoafetivos e sócio-econômicos. Alimentação: necessidades nutricionais e higiene alimentar. Crescimento e desenvolvimento: neuropsicomotor, normalidade e distúrbios mais comuns, motorização do crescimento, puberdade. Distrofias: desnutrição protéico-calórica, raquitismo carencial. Distúrbios hidroeletrolíticos e do equilíbrio ácido-básico: desidratação, terapia de reidratação oral (TRO), fluidoterapia parental. Afecções agudas do aparelho digestivo. Doenças infecto-contagiosas próprias da infância e tuberculose, parasitoses mais comuns na infância: aspectos clínicos e epidemiológicos. Higiene do ambiente físico: habitação, creche, escola. Imunização: composição das vacinas, contra-indicações e calendário atual da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Imunopatoloia: AIDS (aspectos epidemiológicos), asma, febre reumática, artrite reumatóide juvenil. Doenças onco-hematológicas: anemia ferropriva, anemia falciforme, diagnóstico precoce das neoplasias mais freqüentes na infância. Morbidade e mortalidade infantil. Recepção em sala de parto. Urgência e emergência em pediatria: reanimação cardiorrespiratória, choque, insuficiência respiratória, laringite aguda, mal asmático, mal convulsivo, politraumatizado. Procedimentos: intubação traqueal, punção de líquido céfaloraquidiano e toracocentese. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- MÉDICO ULTRASSONOGRAFISTA (2011)

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Políticas de Saúde Pública: Diretrizes e bases da implantação do SUS. Organização da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde. Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças. Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde - Vigilância em Saúde.

Indicadores de nível de saúde da população. Políticas de descentralização e atenção primária à Saúde. Doenças de notificação compulsória no Estado de São Paulo. Código de Ética Médica.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Abdominal geral, Prostática, Transvaginal, Tocoginecológica, Doppler, Mama, Tireóide, Músculo esquelético, Pequenas partes, Neurossonografia, Intervenção, Pediátrica e Física. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- TÉCNICO DE ENFERMAGEM

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Português: Questões que possibilitem avaliar a capacidade de Interpretação de texto, conhecimento da norma culta na modalidade escrita do idioma e aplicação da ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Classes gramaticais; Concordância verbal e nominal; Pronomes: emprego e colocação e Regência nominal e verbal.

Matemática: Teoria dos Conjuntos; Conjuntos dos números Reais: operações, propriedades e problemas; Cálculos Algébricos; Grandezas Proporcionais - Regra de Três Simples e Composta; Porcentagem e Juros Simples; Sistema Monetário Brasileiro; Equação do Primeiro e Segundo Graus - problemas; Sistema Decimal de Medidas (comprimento, superfície, volume, massa, capacidade e tempo) - transformação de unidades e resolução de problemas; Funções; Geometria: Ponto, reta, plano, ângulos, polígonos, triângulos, quadriláteros, circunferência, círculo e seus elementos respectivos - figuras geométricas planas (perímetros e áreas) - sólidos geométricos (figuras espaciais): seus elementos e volumes; Resolução de problemas.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Participação na programação de enfermagem. Execução de ações assistenciais de enfermagem, exceto as privativas do Enfermeiro; ações educativas aos usuários dos serviços de saúde; ações de educação continuada; atendimento de enfermagem em urgências e emergências; atendimento de enfermagem nos diversos programas de saúde da criança, da mulher, do adolescente, do idoso e da vigilância epidemiológica. Preparo e esterilização de material, instrumental, ambientes e equipamentos. Controle de abastecimento e estoque de materiais médico-hospitalares e medicamentos. Participação na orientação e supervisão do trabalho de enfermagem, em grau auxiliar. Participação na equipe de saúde. Código de Ética Profissional. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

- TÉCNICO DE INFORMÁTICA

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS (CB)

Português: Compreensão de texto. Sinônimo e antônimo. Pontuação. As classes gramaticais: confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas e Ortografia oficial.

Matemática: Conjunto dos números naturais: resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais em suas formas fracionária e decimal. Sistema de medidas: comprimento, capacidade, massa e tempo; resolução de situações-problema.

PROVA ESCRITA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (CE)

Conhecimentos da Área: Lógica de programação: Algoritmos, Estruturas de Controle, Estrutura de dados; Desenvolvimento de aplicações: princípios de engenharia de software, modelos de desenvolvimento, análise e técnicas de levantamento de requisitos, análise e projeto estruturados, análise e projetos, análise essencial e projeto de sistemas, ciclos de vida de um software; Sistema Operacional Windows (XP e Vista): conceitos, instalação, configurações, compartilhamento de recursos, modos de utilização; Sistema Operacional Linux: conceitos, GNU, arquitetura, componentes, instalação, configurações, permissões de acesso, servidores, gerenciamento de recursos e serviços, comandos; Redes de Computadores: conceitos de comunicação de dados, meios de comunicação, componentes e dispositivos de rede, tipos de rede, arquiteturas, protocolos, sistemas operacionais de rede, conceitos de Internet e Intranet; Segurança de Redes: Firewall, Criptografia, Certificação Digital e Antivírus; Banco de Dados: Conceitos e arquitetura para sistemas de banco de dados: características de um SGBD, modelagem de dados e projeto de banco de dados para ambiente relacional; Normalização de dados: conceitos, primeira, segunda e terceira formas normais. Linguagens SQL (ANSI) e PL/SQL: Conceitos gerais, principais instruções de manipulação de dados, noções de procedures, functions triggers, restrição, integridade, segurança em banco de dados. Backup e restauração de dados. Demais conhecimentos compatíveis com as atribuições do cargo.

ANEXO IV - MODELO DE FORMULÁRIO

CONCURSO PÚBLICO - PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAPORA DO BOM JESUS/SP

FORMULÁRIO DE RECURSO

DADOS DO CANDIDATO:
Nome: RG:
Cargo Inscrito: Nº de Inscrição:
Endereço
Telefone: Celular:

 

XTIPO DE RECURSO:
 Contra indeferimento de inscrição
 Contra gabarito da prova objetiva
 Contra nota da Prova Escrita Objetiva
 Contra a Classificação

Justificativa do candidato - Razões do Recurso:
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Preencher em letra de forma ou à máquina; entregar este formulário em 02 (duas) vias, uma via será devolvida como protocolo.

Pirapora do Bom Jesus, __________ de _______________________ de ___________.

____________________________
Assinatura do candidato

_______________________________________
Assinatura do Responsável p/ recebimento

ANEXO V - FORMULÁRIO DE ENTREGA DE TÍTULO

DADOS DO CANDIDATO:
Nome: RG:
Cargo Inscrito: Nº de Inscrição:
Endereço
Telefone: Celular:

Relação de Documentos entregues (Assinalar com um "X'):

( ) Título de Doutor na área a que está concorrendo.
Número de Folhas: Acompanha Histórico: ( ) Sim ( ) Não
( ) Título de Mestre na área a que está concorrendo.
Número de Folhas: Acompanha Histórico: ( ) Sim ( ) Não
( ) 1 - Certificado de Conclusão de curso de Pós-Graduação lato sensu (mínimo de 360 horas) na área a que está concorrendo acompanhados do Histórico Escolar.
Número de Folhas: Acompanha Histórico: ( ) Sim ( ) Não
( ) 2 - Certificado de Conclusão de curso de Pós-Graduação lato sensu (mínimo de 360 horas) na área a que está concorrendo acompanhados do Histórico Escolar.
Número de Folhas: Acompanha Histórico: ( ) Sim ( ) Não

ATENÇÃO: Somente serão recebidos documentos constantes da relação acima. A entrega destes documentos é para efeito de pontuação extra que será somada a nota da prova. Os diplomas de Graduação (que são requisitos básicos para os cargos) serão exigidos em outra ocasião.

Pirapora do Bom Jesus, __________ de _______________________ de ___________.

_________________________
Assinatura do candidato

________________________________________
Assinatura do Responsável p/ recebimento

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

PROTOCOLO DE ENTREGA DE TÍTULOS

Nome: RG:
Cargo Inscrito: Nº de Inscrição:
Endereço
Telefone: Celular:

Relação de Documentos entregues (Assinalar com um "X'):

[_] Título de Doutor na área a que está concorrendo.

[_] Título de Mestre na área a que está concorrendo.

[_]1) Certificado de Conclusão de curso de Pós-Graduação lato sensu (mínimo de 360 horas) na área a que está concorrendo acompanhado do Histórico Escolar.

[_] 2) Certificado de Conclusão de curso de Pós-Graduação lato sensu (mínimo de 360 horas) na área a que está concorrendo acompanhado do Histórico Escolar.

Pirapora do Bom Jesus, __________ de _______________________ de ___________.

______________________________
Assinatura do candidato

__________________________________
Assinatura do Responsável p/ recebimento

ANEXO VI - DECLARAÇÃO PARA CANDIDATO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA

DADOS DO CANDIDATO:
Nome: RG:
Cargo Inscrito: Nº de Inscrição:
Endereço
Telefone: Celular:

 

DEFICIÊNCIA DECLARADA: CID
  

 

DEFICIÊNCIA DECLARADA: CID
  

NECESSITA DE CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA REALIZAÇÃO DA PROVA? [_] SIM [_] NÃO

[_] SALA DE FÁCIL ACESSO (ANDAR TÉRREO COM RAMPA)

[_] MESA PARA CADEIRANTE

[_] LEDOR

[_] PROVA EM BRAILE

[_] PROVA COM FONTE AMPLIADA - FONTE TAMANHO: _______

[_] INTERPRETE DE LIBRAS

[_] OUTRA. QUAL?________________________________________________________________________________

ATENÇÃO: Esta Declaração e o respectivo Laudo Médico deverão ser encaminhados via sedex ou carta com aviso de recebimento para a empresa Aplicativa Assessoria Pública, localizada na Rua Ytaipu, nº 403 - Bairro Mirandópolis, São Paulo/SP, até o último dia do período de inscrição, na via original ou cópia reprográfica simples e na Declaração deverá haver o reconhecimento de firma, em cartório.

Pirapora do Bom Jesus, ______ de ____________________ de _________.

Assinatura do candidato

148840

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231