Prefeitura de Palmares - PE

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMARES

ESTADO DE PERNAMBUCO

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2007.

O Município dos Palmares, Estado de Pernambuco, em cumprimento ao Art. 37, inciso II da Constituição Federal, informa que fará realizar, mediante as condições estabelecidas neste Edital, CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E DE PROVAS E TÍTULOS, para admissão de pessoal efetivo à sua estrutura, para os cargos indicados no “anexo I” deste Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O concurso será regido por este Edital e pelos princípios gerais do Direito que norteiam a Administração Pública.

1.2. O concurso destina-se a selecionar candidatos para admissão no quadro efetivo do Município de Palmares aos cargos disposto no “anexo I” deste Edital, onde se encontram também dispostos os respectivos vencimentos, carga horária e exigências mínimas à admissão.

1.3. Os candidatos admitidos através do presente processo seletivo terão a relação de trabalho regida pelo regime jurídico estatutário.

1.4. O “anexo II” conterá o conteúdo programático que será utilizado à elaboração das questões das provas.

1.5. O processo seletivo ocorerá por meio de aplicação de provas objetivas de caráter eliminatório e classificatório, e Provas de Títulos de caráter classificatório.

1.6. Os candidatos aprovados serão convocados para a realização dos procedimentos pré-admissionais e de exames médico-psicotécnicos complementares, de caráter unicamente eliminatório.

2. DOS CANDIDATOS

2.1. São requisitos indispensáveis aos candidatos quando da admissão: 2.1.1. Estarem quites com o serviço militar, se do sexo masculino.

2.1.2. Terem nacionalidade brasileira ou portuguesa, desde que estejam amparados pelo disposto no art. 12, § 1º da Constituição Federal.

2.1.3. Estarem quites com obrigação eleitoral.

2.1.4. Terem idade mínima de 18 (dezoito) anos.

2.2. Outros pré-requisitos constam no “anexo I” deste Edital.

3. DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA

3.1. As pessoas portadoras de deficiências poderão participar do Concurso Público, desde que a deficiência seja compatível com as atribuições do cargo, na proporção de três por cento e no mínimo uma vaga, quando o numero ofertado for superior a uma vaga, conforme legislação vigente.

3.2. É considerada pessoa portadora de deficiência a que se enquadra nas categorias descritas no artigo 4º do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, cuja nova redação se encontra no Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004.

3.3. Os portadores de deficiência participarão do concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que concerne ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para aprovação nas diversas fases do certame.

3.4. Quando da inscrição, os portadores de deficiência deverão informar esta condições na ficha de inscrição e, caso necessário, requerimento para tratamento diferenciado nos dias do concurso, indicando as condições diferenciadas de que necessita para a realização das provas.

3.5. As solicitações de condições especiais serão atendidas de acordo com os critérios da razoabilidade e exeqüibilidade.

3.6. Os candidatos inscritos como portadores de deficiência serão convocados para se submeterem a junta pericial oficial ou credenciada pela Administração Pública, que será realizada antes da posse, e que terá decisão terminativa sobre a qualificação do candidato como deficiente ou não, o grau de deficiência ou não com as atribuições do cargo.

3.7. A compatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência apresentada pelo candidato será avaliada, ainda, durante o estágio probatório.

3.8. O não comparecimento á convocação para a Perícia acarretará na eliminação do candidato do Concurso.

3.9. A perícia será realizada, preferencialmente, por especialista na área de deficiência de cada candidato, devendo o laudo ser proferido no prazo de cinco dias úteis contados a partir da data da realização do exame.

3.10. Quando a perícia concluir pela inaptidão do candidato, havendo recurso, constituir-se-á junta pericial para nova inspeção, da qual poderá participar profissional indicado pelo interessando e sua indicação ser feita no prazo de três dias úteis, contados a partir da data de ciência do laudo.

3.11. A junta pericial deverá apresentar o laudo conclusivo no prazo de cinco dias úteis contados a partir da data da realização do exame.

3.12. Não caberá qualquer recurso da decisão proferida pela junta pericial referenciada no item anterior.

3.13. O candidato que não for qualificado pela junta pericial oficial ou credenciada como portador de deficiência, nos termos do art.4º do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, cuja nova redação se encontra no Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004, perderá o direito de concorrer ás vagas reservadas a candidatos em tal condição e passará a concorrer juntamente com os demais candidatos.

3.14. O candidato que for qualificado pela junta pericial ou credenciada como portador de deficiência, mas esta seja considerada, pela perícia, incompatível para o exercício do cargo, será considerado INAPTO e, conseqüente, eliminado do Concurso, para todos os efeitos.

3.15. Das vagas destinadas aos portadores de deficiência, aquelas que não forem preenchidas, em virtude da inexistência de candidatos aprovados em número suficiente ou em decorrência de reprovação no concurso ou na perícia, serão incorporadas as destinadas à ampla disputa.

4. DAS INSCRIÇÕES

4.1. Período: De 13 de dezembro de 2006 a 12 de janeiro de 2007 (exceto sábados, domingos e feriados), no horário de 8 as 12 h e das 14 as 17 h.

Local: As inscrições serão realizadas na Prefeitura Municipal dos Palmares (Secretaria de Finanças), Praça Ismael Gouveia, 270 - Centro - Palmares – PE.

4.2. No ato da inscrição, o candidato deverá:

4.2.1. Inscrição presencial.

4.2.1.1. Adquirir o Manual de Inscrição pelo valor de R$ 5,00 (cinco reais).

4.2.1.2. Preencher a Ficha do Candidato que acompanha o Manual.

4.2.1.3. Pagar a taxa de inscrição em qualquer agência bancaria ou correspondente bancário que utilize para recebimentos o código FEBRABAN.

4.2.1.4. Entregar comprovante de pagamento e a Ficha do Candidato no local de inscrição para receber seu Comprovante de Inscrição validado.

4.2.1.5. Não haverá entrega de cartão de inscrição em data posterior, a relação de inscritos e os locais de provas serão divulgados no site www.neconsultoria.com.br em 23 de janeiro de 2007.

4.2.2. Inscrição pela internet.

4.2.2.1. A inscrição poderá ser através da internet, no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br, solicitada de 13 de dezembro de 2006 a 12 de janeiro de 2007, devendo o pagamento da taxa de inscrição ser efetuado até o dia 15 de janeiro de 2007.

4.2.2.2. Para os candidatos que solicitarem sua inscrição por meio da internet não haverá taxa de aquisição do manual do candidato, devendo o mesmo fazer download do edital e seus anexos no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br.

4.2.2.3. O Documento para o pagamento da taxa de inscrição e aquisição do manual estará disponível no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br.

4.2.2.4. A Nordeste Consultoria não se responsabilizará por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

4.2.2.5. As inscrições efetuadas somente serão acatadas após a comprovação de pagamento da taxa de inscrição.

4.3. O período de inscrições poderá ser prorrogado a critério da Administração Municipal.

4.4. As taxas de inscrições corresponderão ao valor de R$ 60,00 (sessenta reais) para os cargos do nível intermediário e R$ 120,00 (cento e vinte reais) para os cargos do nível superior.

4.5. A efetivação da inscrição presencial só ocorrerá quando o candidato devolver a Ficha do Candidato, devidamente preenchido e quitado, e receber o Comprovante de Inscrição validado.

4.6. Não haverá sob hipótese alguma, isenção total ou parcial da taxa de inscrição.

4.7. No caso de inscrição por terceiro, mediante procuração simples, especificar, no instrumento de mandato, o cargo ou emprego ao qual se candidata, juntando à inscrição a cópia da Cédula de Identidade do outorgante. O candidato inscrito por procuração, assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador.

4.8. Em nenhuma hipótese haverá devolução do valor pago a título de inscrição.

4.9. O candidato é responsável por todas as informações contidas na Ficha do Candidato, sendo eliminado do certame caso preste uma informação inexata.

4.10. O candidato só poderá inscrever-se utilizando os códigos dispostos no “Anexo I” deste Edital; caso haja desistência do cargo, o candidato deverá efetuar uma nova inscrição, sem devolução da taxa paga anteriormente.

4.11. Os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos no presente Edital serão apresentados por ocasião da posse.

4.12. A relação dos inscritos será divulgada na internet no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br, em 19 de janeiro de 2007, devendo ser observada pelos candidatos, visto que será contado desta data, o prazo de 05 dias úteis, para qualquer requerimento dos candidatos em relação à sua inscrição (inclusão, alteração de dados, etc).

4.13. O candidato que pagar o valor da taxa de inscrição não correspondente ao cargo, constará em relação de inscrições pendentes, e terá que fazer opção a um dos cargos referente ao valor pago, no prazo estabelecido no item 4.12, caso contrário, a inscrição será indeferida por haver divergência da taxa paga com o cargo apontado na Ficha do Candidato.

4.14. Havendo divergência entre o código e o nome do cargo, será considerado como válida a informação do código.

5. DAS PROVAS

5.1. Nível Intermediário.

5.1.1. Auxiliar de Odontologia, Técnico em Enfermagem e Técnico de Laboratório.

5.1.2. Para os cargos de Auxiliar de Odontologia, Técnico em Enfermagem e Técnico de Laboratório, a prova constará de 50 (cinqüenta) questões, sendo 30 (trinta) questões de conhecimentos específicos, 10 (dez) questões de Saúde Pública, 10 (dez) questões de Português.

5.1.3. Todas as questões serão de Múltipla escolha, sendo 01 (uma) correta.

5.2. Nível Superior.

5.2.1. Assistente Social, Bioestatístico, Enfermeiro com especialização em Pneumologia, Enfermeiro com especialização em Psiquiatria, Enfermeiro do PSF, Enfermeiro do trabalho, Enfermeiro sanitarista, Farmacêutico/ Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico do PSF, Médico do Trabalho, Médico Pediatra, Médico Psiquiatra, Médico Sanitarista, Médico Toco-ginecologista, Nutricionista, Odontólogo Buço-maxilo-facial, Odontólogo Endodontista, Odontólogo Ortodontista, Odontólogo Periodontista, Odontólogo do PSF, Psicólogo, Psicólogo com especialização em RH, Terapeuta Ocupacional e Veterinário.

5.2.2. Para os cargos de Assistente Social, Bioestatístico, Enfermeiro com especialização em pneumologia, Enfermeiro com especialização em psiquiatria, Enfermeiro do PSF, Enfermeiro do trabalho, Enfermeiro sanitarista, Farmacêutico/ Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico do PSF, Médico do Trabalho, Médico Pediatra, Médico Psiquiatra, Médico Sanitarista, Médico Toco-ginecologista, Nutricionista, Odontólogo Buço-maxilo-facial, Odontólogo Endodontista, Odontólogo Ortodontista, Odontólogo Periodontista, Odontólogo do PSF, Psicólogo, Psicólogo com especialização em RH, Terapeuta Ocupacional e Veterinário, as provas constarão de 50(cinqüenta) questões, sendo 30(trinta) questões de conhecimentos específicos e 20(vinte) questões de saúde pública.

5.2.3. Todas as questões serão de múltipla escolha, sendo 01(uma) correta.

5.3. Os programas para todos os cargos estão disponíveis no Manual do Candidato.

6. DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS

6.1. A prova objetiva será realizada no dia 28 de janeiro de 2007 em horário e local a ser divulgado no site www.neconsultoria.com.br, no Diário Oficial do Estado e na sede da Prefeitura Municipal dos Palmares em 23 de janeiro de 2007.

6.2. O candidato deverá comparecer ao local da realização das provas com antecedência mínima de 01(uma) hora, munido do Documento de Identidade original, Comprovante de Inscrição e caneta esferográfica azul ou preta.

6.3. Serão considerados documentos de identidade: Carteiras expedidas pelos militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Conselhos, Ordens, etc.); Passaporte; Certificado de Reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgãos públicos que, por lei federal, valham como identidade; Carteira de Trabalho; Carteira Nacional de Habitação (somente o modelo com foto).

6.4. Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquina calculadora e/ou similares, livros, anotações, impressos e/ou qualquer outro material de consulta. Não será permitida, também, a entrada de candidatos portando armas e/ou a otimização de aparelhos eletrônicos (celular, bip, telefone, walkman, receptor, gravador, etc.).

6.5. Acarretará a eliminação do candidato do processo seletivo, sem prejuízo das sanções penais cabíveis, à burla ou a tentativa de burla a quaisquer das normas definidas neste edital e/ou em outros editais relativos ao concurso, nos comunicados e/ou nas instruções constantes de cada prova, bem como o tratamento incorreto e/ou descortês a qualquer pessoa envolvida na aplicação das provas.

6.6. Terá sua prova anulada e será automaticamente eliminado do concurso o candidato que, durante a realização das provas:

6.6.1. Usar ou tentar usar meios fraudulentos e/ou ilegais para a sua realização;

6.6.2. For surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução de quaisquer provas;

6.6.3. Faltar com a devida cortesia para com qualquer membro da equipe de aplicação da prova, as autoridades presentes e/ou aos demais candidatos;

6.6.4. Recusar-se entregar o material de prova ao término do tempo estabelecido.

6.6.5. Afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento do fiscal;

6.6.6. Ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de resposta e/ou a folha de rascunho;

6.6.7. Descumprir as instruções contidas no caderno de provas;

6.6.8. Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido,

6.6.9. Quando, após as provas, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, suas provas serão anuladas e ele será automaticamente eliminado do concurso.

6.7. No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação de prova e/ou qualquer outro presente, informações referentes ao conteúdo das provas.

6.8. Não haverá segunda chamada para nenhuma das provas.

6.9. O tempo máximo de duração, das provas, será de 03(três) horas a partir do início da sua realização, que será determinado pelo fiscal.

7. DA AVALIAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

7.1. A prova terá um valor máximo de 100 (cem) pontos.

7.2. O candidato que obtiver nota inferior a 40(quarenta) pontos na prova objetiva (escrita-eliminatória) será desclassificado.

7.3. Qualquer candidato que deixar de comparecer a prova objetiva (escrita-eliminatória), qualquer que seja o motivo, será, de pronto, desclassificado.

7.4. Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no site www.neconsultoria.com.br, 48 (quarenta e oito) horas após o término aplicação.

8. DA CLASSIFICAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

8.1. Os candidatos serão classificados se obtiverem nota igual ou superior a 40(quarenta) pontos.

8.2. A classificação final dos candidatos obedecerá à ordem decrescente das notas finais por código a que está inscrito, já devidamente aplicado o critério de desempate.

9. DA PROVA DE TÍTULOS

9.1. Será realizada a prova de títulos para os candidatos ao cargo de nível superior que obtiverem nota superior a 40 (quarenta) pontos na prova objetiva.

9.2. A Prova de Títulos terá valoração de 3 a 30 pontos aplicada apenas aos candidatos classificados na prova objetiva, conforme tabela abaixo:

9.3. O local e data para entrega de Título será divulgado junto com o resultado da prova objetiva.

1.0

TÍTULOS DE PÓS-GRADUAÇÃO – (não cumulativo).

Valor Unitário

1.1

Doutorado “Scritu Sensu” ou Livre docência sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou em saúde pública, reconhecida pelo MEC.

30

1.2

Mestrado “Scritu Sensu” sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou em saúde pública, reconhecida pelo MEC.

20

1.3

Especialização “Latu Sensu” com exigência de aproveitamento e freqüência, com duração mínima de 360 horas, em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou, ainda, conclusão com aproveitamento comprovado pelos conceitos de todos os créditos de Mestrado ou Doutorado em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou em Saúde Pública, reconhecida pelo MEC – 10 pontos por participação, até o limite máximo de 03 participações.

10 pontos por participação

 

2.0

DEMAIS TÍTULOS

Valor Unitário

2.2.

Participação em Curso de aperfeiçoamento com carga horária mínima de 40 h, em área de concentração conexa

03 pontos por

àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou em Saúde Pública – 03 pontos por participação, até o limite máximo de 10 participações.

participação

9.4. Os títulos do quadro 1.0 são cumulativo com os títulos do quadro 2.0, até o limite de 30 pontos.

9.5. Os Títulos deverão ser entregue no protocolo da Secretaria Municipal de Saúde em datas a serem divulgadas junto do o resultado do certame.

9.6. Os títulos deverão ser apresentados em cópias xerográficas legíveis, devidamente autenticadas, ou acompanhadas dos originais para autenticação na entrega.

9.7. A inexatidão, a falta de autenticação e/ou o não comparecimento no período de entrega dos títulos caracterizará a ausência de títulos por parte do candidato.

10. DOS RECURSOS

10.1. Serão admitidos recursos quanto: a) à formulação das questões; b) à opção considerada como certa nas provas objetivas; c) ao resultado das provas e; d) ao resultado final do Concurso Público.

10.2. Admitir-se-á um único recurso para cada candidato, para cada evento, sendo desconsiderado recurso de igual teor.

10.3. Somente serão apreciados os recursos expressos em termos convenientes e que apontarem as circunstâncias que os justifiquem, bem como tiverem indicados o nome do candidato, número de sua inscrição, cargo e endereço para correspondência, se interposto dentro do prazo.

10.4. O(s) ponto(s), à(s) questão (ões) eventualmente anulada(s) será (ão) atribuído(s) a todos os candidatos que participam do certame.

10.5. O prazo para interposição de recurso será de 48(quarenta e oito) horas após a divulgação oficial do resultado, no caso de recurso referente à formulação de questão, resultado das provas objetivas e gabaritos, a contar da divulgação oficial dos respectivos.

10.6. O recurso interposto fora do prazo acima especificado, não será apreciado, por ser intempestivo.

10.7. Os recursos deverão ser protocolados em 03(três) vias junto na Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de PALMARES.

11. DO RESULTADO DA PROVA OBJETIVA

11.1. O resultado da prova objetiva ocorerá no prazo máximo de 30 dias após a realização das provas.

11.2. A lista de aprovados será publicada em ordem decrescente, de acordo com a nota obtida, segundo as informações contidas na Ficha de Inscrição.

11.3. Será publicado o resultado das provas na Sede da Prefeitura e no site www.neconsultoria.com.br.

12. DO RESULTADO FINAL

12.1. O resultado final para os cargos que não forem submetidos à prova de títulos será o resultado da prova objetiva, e para os cargos que participem das provas de títulos será o resultado da prova objetiva acrescido do valor da prova de títulos e poderá chegar a 130 (cento e trinta) pontos.

13. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

13.1. Em caso de igualdade de notas, o desempate beneficiará sucessivamente o candidato que:

13.1.1. Tiver maior número de acertos nas questões específicas da prova objetiva.

13.1.2. Tiver maior número de acertos nas questões de saúde pública da prova objetiva.

13.1.3. Tiver maior número de acertos nas questões de português. 13.1.4. Tiver maior idade civil.

13.2. As informações utilizadas para critério de desempate constante na ficha de inscrição, em caso de evento posterior à data de inscrição, não serão consideradas para esta finalidade.

13.3. Quando a prova objetiva não tiver questões específicas o desempate inicia-se pelo item seguinte.

14. DOS CRITÉRIOS DE ADMISSÃO

14.1. A admissão obedecerá rigorosamente à ordem de classificação final para cada código de inscrição, ficando a concretização desse ato, condicionada às disposições legais e às necessidades de pessoal do Município de PALMARES.

14.2. Para todas as categorias, são condições de admissão:

14.2.1. Estar quite com o serviço militar, se do sexo masculino;

14.2.2. Estar quite com a obrigação eleitoral.

14.2.3. Apresentar cópia da Cédula de Identidade, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento e/ou Casamento e CPF.

14.2.4. Comprovação do nível de escolaridade e/ou habitação legal para o exercício do cargo.

14.2.5. Declaração de bens.

14.2.6. Declaração negativa de acumulação de cargo público.

14.2.7. Gozar de boa saúde física e mental comprovada mediante exame médico, determinado pelo Município de Palmares.

14.2.8. Uma fotografia recente tipo 3x4.

14.2.9. Idade mínima de 18 anos.

14.3. O candidato deverá comprovar, na data de admissão, às informações constantes na inscrição.

15. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

15.1. O concurso terá prazo de validade de 02 (dois) anos, contado da data de sua homologação, prorrogável por mais 02 (dois) anos consecutivo, a critério da Administração Municipal, por Decreto específico.

15.2. O resultado final do concurso será homologado pelo Senhor Prefeito do Município de Palmares.

15.3. A inscrição do candidato importará no conhecimento das presentes instruções e na aceitação tácita das condições do concurso, tais como se acham estabelecidas neste Edital.

15.4. A inexatidão das informações ou as irregularidades dos documentos eliminarão o candidato ao concurso, tornado sem efeito os atos decorrentes da inscrição.

15.5. A chamada para admissão poderá ser feita por mala direta ou comunicação via Correios, unicamente pelo endereço constante da Ficha do Candidato ou de sua alteração, ou por edital publicado no Diário Oficial do Estado.

15.6. O Município de Palmares excluirá do concurso àquele que não atender à chamada para admissão, no prazo de 30(trinta) dias, convocando no seu lugar o imediatamente classificado.

15.7. O candidato admitido deverá cumprir estágio probatório por período de 03 (três) anos, quando adquirirá a estabilidade após avaliação especial de desempenho, conforme art. 41 da Constituição Federal.

15.8. O candidato residente neste ou em outro Município se classificado e nomeado, não terá direito à ajuda de custo para se deslocar até o local de trabalho, exceto quando determinado em Lei.

15.9. A classificação não assegura ao candidato o direito ao ingresso automático, mas apenas a expectativa de ser admitido, segundo as rigorosas ordens classificatórias, ficando a concretização deste ato, condicionada à observância das disposições legais pertinentes e, sobretudo, ao interesse e conveniência do Município de Palmares.

15.10. O candidato aprovado e classificado sendo convocado poderá exercer sua função na zona urbana ou rural de acordo com a necessidade do Município de Palmares.

15.11. Não será fornecido ao candidato, qualquer documento comprobatório de classificação.

15.12. Qualquer alteração no presente Edital será feita através de publicação afixada nos quadros de avisos da Prefeitura e no Diário Oficial do Estado.

15.13. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Concurso Público, criada por ato do Exmo. Sr. Prefeito do Município de Palmares e de acordo com as normas legais vigentes.

15.14. Publique-se e cumpra-se.

Gabinete do Prefeito Municipal de Palmares (PE), 11 de dezembro de 2006.

Enoelino Magalhães Lyra
Prefeito

ANEXO I

Cód

Cargo

Exigências

Vagas

Vencimento Base em R$

Carga Horária Semanal

I01

Auxiliares de Odontologia

Nível Médio e registro no CRO

16

300,00

40h

I02

Técnico de Enfermagem

Nível Médio, Curso de Técnico em Enfermagem e registro no COREN

40

300,00

40h

I03

Técnicos de Laboratório

Nível Médio e Curso de Técnico em Laboratório

03

550,00

40h

S04

Assistente Social

Graduação em Serviço Social e registro no CRESS

02

1.100,00

40h

S05

Bioestatístico

Graduação em Estatística

01

1.100,00 (3)

33h

S06

Enfermeiro com especialização em Pneumologia

Graduação em enfermagem com especialização em Pneumologia e registro no COREN

01

1.100,00 (3)

33h

S07

Enfermeiro com especialização em Psiquiatria

Graduação em Enfermagem com especialização em Psiquiatria e registro no COREN

01

1.100,00 (3)

33h

S08

Enfermeiro de PSF

Graduação em Enfermagem e registro no COREN

18

1.466,00 (2)

40h

S09

Enfermeiro do Trabalho

Graduação em Enfermagem com especialização em Enfermagem do Trabalho e registro no COREN

01

1.100,00 (3)

33h

S10

Enfermeiro Sanitarista

Graduação em Enfermagem com especialização em Saúde Pública ou Saúde Coletiva e registro no COREN

01

1.100,00 (3)

33h

S11

Farmacêutico Bioquímico

Graduação em Farmácia, com Habilitação em Bioquímica e Registro no CRF ou Graduação em Ciências Biomédicas com registro no CRBM.

03

1.100,00 (3)

33h

S12

Fisioterapeuta

Graduação em Fisioterapia e registro no CREFITO.

02

1.100,00 (3)

33h

S13

Fonoaudiólogo

Graduação em Fonoaudiologia e Registro no CRF

02

1.100,00 (3)

33h

S14

Médico do PSF

Graduação em Medicina e registro no CRM

18

2.200,00 (1)

40h

S15

Médico do Trabalho

Graduação em Medicina, com especialização ou residência médica em Medicina do Trabalho credenciada pelo MEC ou título de Mestrado ou Doutorado em Medicina de e registro no CRM

02

1.100,00 (4)

20h

S16

Médico Pediatra

Curso superior completo em Medicina com residência médica em Pediatria credenciada pelo MEC ou título de Mestrado ou Doutorado em Pediatria, e registro no conselho competente.

01

1.100,00 (4)

20h

S17

Médico Psiquiatra

Curso superior completo em Medicina com residência médica em Psiquiatria credenciada pelo MEC ou título de Mestrado ou Doutorado em Psiquiatria, e registro no conselho competente.

01

1.100,00 (4)

20h

S18

Médico Sanitarista

Curso superior completo em Medicina com especialização em saúde pública ou saúde coletiva credenciada pelo MEC ou título de Mestrado ou Doutorado em saúde pública ou saúde coletiva.

01

1.100,00 (4)

20h

S19

Médico Toco-Ginecologista

Curso superior completo em Medicina com residência médica em Toco-Ginecologia credenciada pelo MEC ou título de Mestrado ou Doutorado em Toco-Ginecologia, e registro no conselho competente.

01

1.100,00 (4)

20h

S20

Nutricionista

Graduação em Nutrição e registro no CRN

01

1.100,00 (3)

33h

S21

Odontólogo Buco-maxilo-facial

Graduação em Odontologia com aperfeiçoamento ou especialização em Buco-maxilo-facial e registro no CRO.

01

1.100,00 (3)

33h

S22

Odontólogo Endodontista

Graduação em Odontologia com aperfeiçoamento ou especialização em endodontia e registro no CRO.

01

1.100,00 (3)

33h

S23

Odontólogo Ortodontista

Graduação em Odontologia com aperfeiçoamento ou especialização em Ortodontista e registro no CRO.

01

1.100,00 (3)

33h

S24

Odontólogo Periodontista

Graduação em Odontologia com aperfeiçoamento ou especialização em Periodontia e registro no CRO.

01

1.100,00 (3)

33h

S25

Odontólogos do PSF

Graduação em Odontologia e registro no CRO.

10

1.466,00 (2)

40h

S26

Psicólogo

Graduação em Psicologia e registro no CRP

02

1.100,00 (3)

33h

S27

Psicólogo com especialização de RH

Graduação em Psicologia com habilitação para Recursos Humanos e registro no CRP

01

1.100,00 (3)

33h

S28

Terapeuta Ocupacional

Graduação em Terapia Ocupacional e registro no CREFITO

02

1.100,00 (3)

33h

S29

Veterinário

Graduação em Medicina Veterinária e Registro no CRMV

02

1.100,00 (3)

33h

A remuneração poderá ser acrescida de gratificações de até:

(1) Gratificação R$ 3.300,00

(2) Gratificação R$ 1.210,00

(3) Gratificação R$ 600,00

(4) Gratificação R$ 660,00

PROGRAMAS

CONTEÚDO COMUM A TODOS OS CARGOS

Saúde Pública: Plano Municipal de Saúde de Palmares, Pacto pela Saúde e pela Vida, Lei orgânica do SUS (8080/90), Legislação e Ética profissional, Lei 7498/86, NOAS. Legislação Básica do SUS (Leis Federais 8080/90 e 8.142/90). Noas 2002. Programa Estratégia Saúde da Família – PSF (Programa Saúde da Família) – Normas e Bases Operacionais. Sistema Municipal de Saúde Palmares. Organização da estrutura física e funcional. Pacto pela vida, em defesa do SUS e de Gestão – Port MS 399/2006. COAS/DST/AIDS (Centro de Orientação e Aconselhamento Sorológico a Doenças Sexualmente Transmissíveis e AIDS), CEREST (Centro Regional em Saúde do Trabalhador), CAF’S (Centro de Atendimento à Família Reabilitação, São Sebastião e Especialidade Papa João Paulo II). Pacto da VS (Vigilância em Saúde), Atenção Básica de Saúde. CEMA – Central Municipal de Regulação de Consultas e Exames Complementares . UBS’s Unidades Básicas de Saúde de Saúde. Plano Municipal de Saúde e Fundo Municipal de Saúde (Palmares). CAPS – Centro de Apoio Psico – Social.

CONTEÚDO COMUM AOS CARGOS DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO

PORTUGUÊS: Leitura, Analise, Compreensão e interpretação de textos. Estudo de classes de palavras (flexão de gênero, número e grau); substantivo; adjetivo; artigo; numeral; pronome; verbo; advérbio; conjunção; preposição; interjeição, Crase, Pontuação. Ortografia, emprego do porquê, por que, por quê, porque. Acentuação gráfica.

CONHECIMENTO ESPECÍFICO

AUXILIAR DE ODONTOLOGIA

PREVENÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL: Níveis de prevenção; Conceitos sobre técnicas de escovação, Fluoretação, Fio Dental, Dieta Alimentar. Meios Educativos: Contato Pessoal, Trabalho em grupo, Comunicação em massa, Atribuições do THD. CÁRIE DENTÁRIA E DOENÇA PERIODONTAL: Conceitos Básicos; Noções de prevenção. NOÇÕES BÁSICAS DE PARASITOLOGIA E MICROBIOLOGIA. ESTRUTURAS DENTÁRIAS: Conceitos; Dentição Decídua / Dentição Permanente; Fórmulas Dentárias. ESTERILIZAÇÃO EM ODONTOLOGIA: Processos utilizados - Meios físicos e químicos; Manipulação dos materiais utilizados; Cuidados básicos. MATERIAIS DENTÁRIOS: Conceitos Básicos; Tipos - Forradores e Restauradores; Manipulação. EQUIPAMENTO E INSTRUMENTAL EM ODONTOLOGIA: Materiais usados para exame clínico; Profilaxia Dental; Cirurgia (Exodontia); Periodontia; Dentisteria. TÉCNICAS DE REANIMAÇÃO DO PACIENTE: Parada Cárdio-respiratória; Lipotímias; Choques. VERIFICAÇÃO DE SINAIS VITAIS: Pressão Arterial, Temperatura e Pulso. TÉCNICAS DE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS: Vias de aplicação - Oral e Parenteral.

TÉCNICO DE ENFERMAGEM

Fundamentos de Enfermagem.Lei do exercício profissional .Ética e legislação profissional.Noções de Farmacologia. Admissão,alta ,óbito.Assistência de enfermagem ao exame físico.Enfermagem nos exames complementares.Assistência de enfermagem aos pacientes graves e agonizantes e preparo do corpo pós morte. Tratamento e assistência de enfermagem em: clínica médica, emergências, clínica medico-cirúrgica, pediatria,psiquiatria,ginecologia e obstetrícia, neonatologia.Doenças infecto parasitárias. Programa de imunização e rede de frios,conservação de vacinas,esquema básico de vacinação,vias de administração.Políticas Públicas de saúde.Saúde do idoso.Procedimentos técnicos relacionados ao conforto e à segurança do paciente:higiene,massagem de conforto,posições para exames,transporte do paciente e paciente terminal.Técnicas básicas:sinais vitais,medicação, coleta de material para exames,técnicas de curativo,crioterapia, e termoterapia, nebulização, oxigenoterapia e sondagens.Controle de infecção hospitalar: assepsia e antissepsia ,esterilização,controle e prevenção de infecção hospitalar Atuação do técnico de enfermagem na unidade de:clínica médica,cirúrgica,pré e pós operatório ,emergências,hemorragia, envenenamento ,choque, queimaduras,insuficiência respiratória e ressuscitação cardiopulmonar.Saúde da mulher:gravidez e suas complicações,parto e suas complicações ,assistência do puerpério e suas complicações,prevenção do câncer cérvico-uterino, e mama, planejamento familiar.

SUS: Legislação básica do SUS 8080/90 e 8142/90.NOAS –Norma Operacional de Assistência à Saúde. Política Nacional de Saúde do Idoso (portaria 1395/ MG-10/12/99.Política de Saúde da Pessoa Portadora de Deficiência (portaria 1060 GM/05/07/02).Programas : saúde da família,saúde da mulher, saúde da criança,saúde bucal,hipertensão,diabetes,tuberculose, hanseníase ,saúde mental (portaria GM 399/2006)

TÉCNICO DE LABORATÓRIO

Normas gerais para colheita de material: preparação do paciente; socorro de emergência; tipos de anticoagulantes e sua proporção em relação ao volume de sangue; técnicas de biossegurança na colheita e manipulação de sangue, liquor, secreções, urina e fezes; colheita para gasometria; separação, acondicionamento, conservação, identificação e transporte das amostras. Identificação e utilização de vidrarias e equipamentos e materiais de laboratório. Técnicas de filtração, destilação e deionização. Técnicas de lavagem, preparação e esterilização de vidrarias e eliminação de amostras contaminadas. Colheitas especiais: anal-swab, escarro, hemocultura, secreções genitais e suor. Hematologia: origem, composição e função do sangue; hematócrito; hemoglobina; câmara de Neubauer; diluição e contagem de plaquetas, leucócitos e eritrócitos; hemossedimentação; coagulograma; reticulócitos e colorações usadas em hematologia. Epidemiologia: conceito e importância da epidemiologia, história natural e prevenção de doenças, imunização, endemias e epidemias, doenças transmissíveis e não-transmissíveis. Imuno-hematologia: sistema ABO, Rh e tipagem ABO, Rh e Du. Transfusão de sangue e componentes; aspecto técnico e efeitos indesejáveis. Microbiologia: preparação e esterilização de meios de cultura; colheitas para coprocultura, material do trato geniturinário, garganta, escarro; colorações usadas em microbiologia. Parasitologia: helmitoses e protozooses sangüínea, tissulares e intestinais humanas. Bioquímica: dosagem de glicose, uréia e creatinina no sangue; noções de fotometria. Noções de formação da urina, caracteres gerais e coleta da urina, exame químico e sedimentoscopia da urina. Métodos usados nas análises toxicológicas. Microscópio: noções gerais de uso e conservação. Preparação de soluções e medidas volumétricas. Uso da balança analítica.

ASSISTENTE SOCIAL

O Serviço Social na divisão social e técnica do trabalho: necessidades, finalidades, demandas e utilidades da profissão. Ética profissional em Serviço Social, Assistência Social como garantia de direitos: seguridade social (saúde, assistência social e previdência). Álcool, tabagismo, outras drogas e redução de danos; Aids: formas de transmissão, epidemia atualmente no Brasil e tratamento; DST: formas de transmissão e tratamento. Legislação profissional. Lei Orgânica da Assistência Social. Lei Orgânica da Saúde. Lei da Pessoa Portadora de Deficiência. SUAS – Sistema único de assistência social. Papel do serviço social no CAPS. Noções básicas de Doenças Mentais.

BIOESTATÍSTICO

Estatística descritiva e análise exploratória de dados: distribuições de freqüências - medidas descritivas de locação e de dispersão (média, mediana, moda, quartis, resumo de 5 números, variância, desvio padrão, coeficiente de variação, intervalos entre quartis, valores atípicos, histogramas, boxplot e ramo e folhas). Análise bidimensional. Cálculo de Probabilidades: definições básicas e axiomas, probabilidade condicional e independência, variáveis aleatórias discretas e contínuas, função de distribuição, função de probabilidade, função de densidade de probabilidade, esperança e momentos, distribuições especiais; distribuições condicionais e independência, esperança condicional, funções geradoras de momentos, leis dos grandes números, teorema central do limite, amostras aleatórias, distribuições amostrais. Inferência Estatística: estimação pontual - métodos de estimação, propriedades dos estimadores, estimação por intervalos, testes de hipóteses – hipóteses simples e compostas, nível de significância e potência, teste t de Student, testes qui-quadrado – de aderência e de independência e de homogeneidade em tabelas de contingência. Métodos não paramétricos. Modelos lineares: mínimos quadrados, regressão linear simples, inferência na regressão, correlação e regressão, análise de resíduos, regressão múltipla. Técnicas de Amostragem: amostragem aleatória simples, tamanho amostral, estimadores de razão e regressão, amostragem estratificada, amostragem sistemática, amostragem por conglomerados.

ENFERMEIRA COM ESPECIALIZAÇÃO EM PNEUMOLOGIA

Ética e legislação do exercício da enfermagem profissional. Assistência de enfermagem em Saúde da Criança – puericultura, AIDPI, criança feliz, teste do pezinho, suplementação de ferro e vitamina A. Assistência de enfermagem à saúde da mulher (planejamento familiar, pré-natal de baixo risco, puerpério, aleitamento materno, prevenção de câncer do colo de útero e mama). Assistência de enfermagem em clínica médica - programa de hipertensão e diabetes. Assistência de enfermagem à saúde do adolescente. Infecções sexualmente transmissíveis/ AIDS. Assistência de enfermagem à saúde do idoso. Assistência de enfermagem em Saúde Mental. Programa de imunização (calendário de vacinação da secretaria estadual de saúde do estado de Pernambuco, rede de frio, vias de administração). Assistência de enfermagem a doenças crônico - Degenerativas. Assistência de enfermagem à saúde do trabalhador. Assistência de enfermagem nas urgências e emergências (primeiros socorros, crises hipertensivas, distúrbios glicêmicos). Doença de notificação compulsória, doenças endêmicas de acordo com o perfil nosológico/ epidemiológico do Município. Anatomia e fisiologia respiratória. Cuidados de Enfermagem ao paciente com diagnostico em pneumologia. Tabagismo. Pneumonias. Tuberculose pulmonar. Micoses pulmonares. Asma brônquica. Bronquectasias. Abscessos pulmonares. Doença pulmonar obstrutiva crônica. Doenças pulmonares na SIDA. Insuficiência respiratória. Câncer de pulmão e outros tumores de tórax. Doenças pleurais. Doenças pulmonares difusas. Tromboembolismo pulmonar. Traumatismo de tórax. Doenças ocupacionais. Hipertensão pulmonar. Vasculites. Distúrbios respiratórios do sono. Síndromes eosinofílicas. Anomalias de caixa torácica e diafragma.

ENFERMEIRA COM ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA

Ética e legislação do exercício da enfermagem profissional. Assistência de enfermagem em Saúde da Criança – puericultura, AIDPI, criança feliz, teste do pezinho, suplementação de ferro e vitamina A. Assistência de enfermagem à saúde da mulher (planejamento familiar, pré-natal de baixo risco, puerpério, aleitamento materno, prevenção de câncer do colo de útero e mama). Assistência de enfermagem em clínica médica - programa de hipertensão e diabetes. Assistência de enfermagem à saúde do adolescente. Infecções sexualmente transmissíveis/ AIDS. Assistência de enfermagem à saúde do idoso. Assistência de enfermagem em Saúde Mental. Programa de imunização (calendário de vacinação da secretaria estadual de saúde do estado de Pernambuco, rede de frio, vias de administração). Assistência de enfermagem a doenças crônico - Degenerativas. Assistência de enfermagem à saúde do trabalhador. Assistência de enfermagem nas urgências e emergências (primeiros socorros, crises hipertensivas, distúrbios glicêmicos). Doença de notificação compulsória, doenças endêmicas de acordo com o perfil nosológico/ epidemiológico do Município. Histórico do SUS. Princípios e políticas atuais em atenção à saúde. História da psiquiatria e da reforme psiquiátrica. Novo paradigma. Política atual de Saúde Mental: Conceitos, princípios, Portarias. Conceitos Saúde Mental X Doença Mental. Centro de Atenção Psicossocial – CAPS. Família na contemporaneidade: Conceitos. Uso/abuso de álcool e outras drogas: Proposta de redução de danos, Humanização, acolhimento e encaminhamento responsável. Subjetividade e Cidadania. O trabalho multidisciplinar na área da saúde. Planejamento estratégico em saúde e saúde mental. Oficinas terapêuticas. Legislação e Política do sistema Único de Saúde (SUS): Constituição Federal, Lei 8080, Lei 8142, NOB 01/96, NOAS-SUS 01/2001, NOAS-SUS 01/2002; Bioética e Saúde Pública; Programa Saúde da Família; Fundamentos Epidemiológicos em Saúde Pública.

ENFERMEIRA DE PSF

Ética e legislação do exercício da enfermagem profissional. Assistência de enfermagem em Saúde da Criança – puericultura, AIDPI, criança feliz, teste do pezinho, suplementação de ferro e vitamina A. Assistência de enfermagem à saúde da mulher (planejamento familiar, pré-natal de baixo risco, puerpério, aleitamento materno, prevenção de câncer do colo de útero e mama). Assistência de enfermagem em clínica médica - programa de hipertensão e diabetes. Assistência de enfermagem à saúde do adolescente. Infecções sexualmente transmissíveis/ AIDS. Assistência de enfermagem à saúde do idoso. Assistência de enfermagem em Saúde Mental. Programa de imunização (calendário de vacinação da secretaria estadual de saúde do estado de Pernambuco, rede de frio, vias de administração). Assistência de enfermagem a doenças crônico - Degenerativas. Assistência de enfermagem à saúde do trabalhador. Assistência de enfermagem nas urgências e emergências (primeiros socorros, crises hipertensivas, distúrbios glicêmicos). Doença de notificação compulsória, doenças endêmicas de acordo com o perfil nosológico/ epidemiológico do Município.

ENFERMEIRA DO TRABALHO

Ética e legislação do exercício da enfermagem profissional. Assistência de enfermagem em Saúde da Criança – puericultura, AIDPI, criança feliz, teste do pezinho, suplementação de ferro e vitamina A. Assistência de enfermagem à saúde da mulher (planejamento familiar, pré-natal de baixo risco, puerpério, aleitamento materno, prevenção de câncer do colo de útero e mama). Assistência de enfermagem em clínica médica - programa de hipertensão e diabetes. Assistência de enfermagem à saúde do adolescente. Infecções sexualmente transmissíveis/ AIDS. Assistência de enfermagem à saúde do idoso. Assistência de enfermagem em Saúde Mental. Programa de imunização (calendário de vacinação da secretaria estadual de saúde do estado de Pernambuco, rede de frio, vias de administração). Assistência de enfermagem a doenças crônico - Degenerativas. Assistência de enfermagem à saúde do trabalhador. Assistência de enfermagem nas urgências e emergências (primeiros socorros, crises hipertensivas, distúrbios glicêmicos). Doença de notificação compulsória, doenças endêmicas de acordo com o perfil nosológico/ epidemiológico do Município. Lei do exercício profissional; entidades de classe; código de ética profissional; bioética; problemas éticos e deontológicos no exercício de Enfermagem. Sistematização do cuidado de enfermagem: plano de assistência de enfermagem. Processo de Enfermagem do Trabalho junto a saúde do trabalhador: atribuições do enfermeiro. Importância da atuação da Enfermagem do Trabalho na equipe multiprofissional. Aspectos básicos da assistência de enfermagem médico-cirúrgica, saúde e doença, conceitos, causas de doenças e métodos de tratamento. Assistência de enfermagem no pré, e pós-operatório do paciente cirúrgico. Assistência de enfermagem em urgências e emergências. Atuação do Enfermeiro do Trabalho na ocorrência de acidentes do trabalho e emergências. Assistência de enfermagem durante o pré-natal, pré-parto e parto. Aleitamento materno. Conceituação de Enfermagem do Trabalho, atribuições e atividades da equipe de Enfermagem do Trabalho. Políticas e diretrizes para a saúde do trabalhador no Brasil. Legislação geral e específica que orienta as ações de saúde e controle das doenças dos trabalhadores. Serviço especializado em Segurança do trabalho (SESMT): organização, implantação, execução, custeio e exames obrigatórios. Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO): planejamento, implantação, execução, custeio e exames obrigatórios. Administração e Planejamento dos Serviços de Saúde do Trabalhador. Riscos Ambientais: agentes físicos, químicos, biológicos e mecânicos, riscos ergonômicos e demais riscos de acidentes. Fisiologia do Trabalho e Ergonomia: análise ergonômica em saúde do trabalhador. Doenças relacionadas com o trabalho. Enfermagem do Trabalho no controle de riscos e das doenças profissionais. Acidente de Trabalho: conceituação, causa dos acidentes, análise dos acidentes, estatísticas. Comissão Interna de Prevenção a Acidentes (CIPA): organização, composição, registro, mandatos, reuniões, competências, cursos para cipeiros. Vigilância epidemiológica: Conceito, definição, histórico, bases e métodos. Doenças de notificação compulsória. Atuação da equipe de enfermagem na vigilância epidemiológica. Prevenção e controle das doenças transmissíveis / DSTs / HIV. Programa Nacional de Imunizações.

ENFERMEIRA SANITARISTA

Sistema Único de Saúde – SUS. Constituição da República Federativa do Brasil/88: Título VIII – Da Ordem Social, Capítulo II – Da Seguridade Social, Seção II – Da Saúde e Capítulo VII – Da Família, da Criança, do Adolescente e do Idoso. Lei Federal 8.080/90. Lei Federal 8.142/90. Ética profissional e Legislação de Enfermagem. Epidemiologia: conceitos básicos e aplicações. Modelos de Saúde-Doença. Níveis de Prevenção. Indicadores epidemiológicos: mortalidade e morbidade. Noções de epidemiologia descritiva: o processo epidêmico. Sistematização da Assistência de Enfermagem – SAE: processo de enfermagem. Consulta de Enfermagem nos Programas de Saúde. Promoção e educação em saúde: papel e atuação do enfermeiro. Elaboração de programas de educação em saúde. Doenças transmissíveis: conceitos básicos. Modos de transmissão. Doenças emergentes e reemergentes no Brasil. Transição epidemiológica: conceito e implicações para a Saúde Pública. Assistência de enfermagem nas doenças não transmissíveis. Vigilância à saúde. Vigilância Epidemiológica: conceito, objetivos, aplicação e importância. Sistemas de vigilância epidemiológica. Doenças de Notificação Compulsória. Assistência de enfermagam nos Programas de Saúde: da Mulher, da Criança, do Adolescente, do Adulto, do Idoso e do Trabalhador. Assistência de enfermagem aos portadores de doenças sexualmente transmissíveis – DST. Assistência de enfermagem no Programa de Prevenção do Câncer cérvico-uterino e da mama. Coleta do exame de Papanicolaou. Auto-exame das mamas. Doenças preveníveis por imunização. Imunização da criança, do adolescente, da gestante, do adulto, do trabalhador e do idoso. Programa Nacional de Imunização. Calendário de Vacinação da Secretaria do Estado da Saúde do Estado de Pernambuco. Conservação de vacinas: cadeia de frio. Visita domiciliária: conceito, objetivos. Planejamento da visita domiciliária. Assistência de enfermagem no planejamento familiar. Métodos anticoncepcionais. Indivíduos com necessidades especiais – feridas crônicas, incontinências e ostomias – como problema de saúde pública: assistência de enfermagem. Aconselhamento genético como prática de saúde pública: atuação do enfermeiro. Violência e abuso de drogas lícitas e ilícitas como problemas de saúde pública. Assistência de enfermagem em urgência e emergências. Administração em enfermagem: conceitos básicos. Liderança. Trabalho em equipe. Controle da infecção em Unidades Básicas de Saúde: conceitos básicos. Métodos de desinfecção e esterilização. Doença de notificação compulsória, doenças endêmicas de acordo com o perfil nosológico/ epidemiológico do Município.

FARMACÊUTICO BIOQUÍMICO

Estatística Básica: distribuição de freqüência, expressões de tendência central, medidas de dispersão, avaliação de testes laboratoriais (sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo). Controle de Qualidade: gráfico de Levey-Jennings, regras de Westgard; controle de qualidade de reações de ELISA. Hemostasia: mecanismos normais da coagulação e testes laboratoriais de triagem das desordens hemorrágicas. Diagnóstico laboratorial das Hemofilias A e B e Doença de Von Wilebrand. Antígenos eritrocitários e seus anticorpos (sistemas ABO, Rh, Lewis, P, MNSs, Lutheran, Kel, Duffy e Kidd, alo e auto-anticorpos. Testes imuno-hematológicos. Fatores que afetam a hemaglutinação, mecanismos indutores da hemaglutinação, teste da antiglobulina, pesquisa e identificação de anticorpos irregulares, prova cruzada. Hemoterapia: normas gerais de banco de sangue; doação de sangue; critérios para triagem de doador de sangue, sorologia de doadores de sangue. Microbiologia: Correlação clínica e exames microbiológicos de urina, secreção purulentas, exames das DST; Hemocultura: Doenças diarréicas – correlação clínico-laboratorial. Parasitologia: Diagnóstico e epidemiologia das parasitas intestinais e do sangue. Imunologia: Marcadores sorológicos das doenças infecciosas de notificação compulsória, metodologias e princípios; Determinação de citocinas e proteínas de fase aguda: Aplicação dos diagnósticos por biologia molecular e citometria de fluxo, Automação. Princípios gerais dos imunoensaios. Diagnóstico sorológico das infecções pelo HIV 1+2, HBV, HCV, HTLVI/II, Trypanosoma. cruzi e Treponema palidum. Bioquímica: Correlação clínica e marcadores de doenças coronarianas e diabetes melitus; Determinação de bilirrubinas, proteínas, metabolismos nitrogenados não-protécicos, íons inorgânicos e suas implicações clínicas; Enzimologia: Correlação clínico-laboratorial, Automação. Hematologia: Métodos de diagnóstico das coagulopatias, anemias, leucemias e processos infecciosos, Automação; Variantes de hemoglobinas – anemias falsiformes: recticulocitos / Índices hematimétricos; Imunohematologia. Hemoglobinopatias: Testes de triagem para detecção de Hemoglobina S, eletroforese de hemoglobinas em pH alcalino e ácido, dosagens de Hemoglobinas A2 e Fetal, coloração intra-eritrocitária para Hemoglobina Fetal. Relação clínica laboratorial da tuberculose e da hanseníase. Urinálise - Relação clínica laboratorial. Hormônio: Perfil tireoidiano, Fertilidade; Marcadores tumorais. Controle de qualidade e biossegurança. Ética Profissional. NOB-SUS Norma Operacional Básica do SUS 01/96: Introdução finalidade, campos da atenção a saúde, relações entre os sistemas municipais, papel gestor Estadual e Federal; Direção e Articulação; Bases para um novo modelo de atenção à saúde; Legislação Básica do SUS - Lei – 8080/90, Pacto pela Vida 2006. Leis que regem a criação dos CFF e CRF / Atribuições do Farmacêutico. Controle de Infecção Hospitalar.

FISIOTERAPÊUTA

VASCULAR PERIFÉRICO: Fisioterapia na Mastectomia, no Edema Linfático; Tratamento Fisioterapêutico nos amputados dos membros inferiores. CARDIOFISIOTERAPIA: Tratamento fisioterapêutico no pós-operatório das cirurgias cardíacas (avaliação funcional, instruções do paciente, treinamento respiratório), no pós-operatório: programa de reabilitação cardíaca. REUMATOFISIOTERAPIA: Tratamento fisioterapêutico na artrite reumatóide no adulto, na espondilite anquilosante, nas artroses, no ombro doloroso, nas lombalgias. PNEUMOFISIOTERAPIA: Semiologia do sistema respiratório – Provas de funções pulmonares, Tratamento fisioterapêutico nas doenças pulmonares obstrutivas crônicas ( D.P.0C), asma, bronquiectasias, fibrose cística; Treimaneto muscular respiratório; Tratamento fisioterápico pré e pós-operatório nas cirurgias tóraco-abdominais, nebulizações, padrões musculares resperatórios, incentivadores respiratórios. FISIOTERAPIA EM PEDIATRIA: Enfermidades cirúrgicas ortopédicas em pediatria, disfunção cerebral (paralisia cerebral), tratamento fisioterápico nos toco-traumatismos (lesões do plexo braquial). NEUROFISIOTERAPIA: Tratamento fisioterapêutico na paralisia facial, na síndrome piramidal, na síndrome medular, na paralisia radial, na paralisia cubital. FISIOTERAPIA EM TRAUMATOLOGIA: Tratamento fisioterapêutico nas fraturas de Coles, nas fraturas de colo de fêmur, nas lesões ligamentares de joelho, nas lesões de menisco, nas lesões cápsulo-ligamentares de ombro.

FONOAUDIÓLOGO

Sistema do Aparelho Auditivo: Bases Anatômicas e Funcionais; Audiologia Clínica: Procedimentos Subjetivos e Objetivos de Testagem Audiológica – indicação, Seleção e Adaptação do Aparelho de Ampliação Sonora Individual; Audiologia do Trabalho: Ruído, Vibração e Meio Ambiente. Exame Otoneurológico, Otoemissões Acústicas; Audiologia Educacional; Neurofisiologia do Sistema motor da Fala; Funções Neurolingüísticas; Desenvolvimento da Linguagem; Estimulação Essencial; Deformidades Craniofaciais: Características Fonoaudiológicas – Avaliação Miofuncional – Tratamento Fonoaudiológico; Distúrbios da Voz: Disfonias – Aspectos Preventivos, Avaliação e Fonoterapia; Distúrbios de Linguagem, da Fala e da Voz, decorrentes de fatores Neurológicos, Psiquiátricos, Psicológicos e Sócio-Ambientais; Desvios Fonológicos; Sistema Sensório – Motor – Oral – Etapas Evolutivas; Fisiologia da Deglutição, Desequilíbrio da Musculatura Orofacial e Desvios da Deglutição – Prevenção, Avaliação e Terapia Miofuncional; Disfagia; Distúrbios da Aprendizagem da Linguagem Escrita: Prevenção, Diagnóstico e Intervenção Fonoaudiológica.

MÉDICO DO PSF

Cuidados gerais com o paciente em medicina interna. Doenças cardiovasculares: hipertensão arterial, cardiopatia isquêmica, insuficiência cardíaca, miocardiopatias e valvulopatias, arritmias cardíacas. Doenças pulmonares: asma brônquica e doença pulmonar obstrutiva crônica; embolia pulmonar; pneumonias e abscessos pulmonares; doença pulmonar intersticial; hipertensão pulmonar. Doenças gastrointestinais e hepáticas: úlcera péptica, doenças intestinais inflamatórias e parasitárias, diarréia, colelitíase, e colecistite, pancreatite, hepatites virais, e hepatopatias tóxicas, insuficiência hepática crônica, cirrose hepática, Doenças renais: insuficiência renal aguda, e crônica, glomerulonefrites, síndrome nefrótica, litíase renal, Doenças endócrinas: diabetes melitus, hipotireoidismo e hipertireoidismo, tireoidite e nódulos tireoidianos, distúrbios das glândulas supra-renais, distúrbios das glândulas paratireóides. Doenças reumáticas: artrite reumatóide, espondiloartropatias, colagenoses, gota. Doenças infecciosas e terapia antibiótica: abordagem do paciente febril, malária, estreptococcias, endocardite infecciosa, estafilococcia, meningites, tétano, Febre tifóide, tuberculose, DST, leptospirose, resfriado comum, influenza, malaria, micoses sistêmicas, herpes simples e varicela-zoster, doença de Chagas, leishmanioses, sida e principais infecções oportunista. Distúrbios idroeletrolíticos e acidobásicos. Exames complementares invasivos e não-invasivos de uso corriqueiro na prática clínica diária. Emergências clínicas. Neoplasias: rastreamento e história natural das neoplasias ginecológicas, próstata, cólon e pulmão. Relação médico-paciente. Pré e pós-operatório: avaliação pré-operatória, critérios e complicações da transfusão de hemoderivados, profilaxia e tratamento do tromboembolismo venoso. Pré natal de baixo risco. Crescimento e desenvolvimento infantil e esquema básico vacinal.

MÉDICO DO TRABALHO

Introdução ao Estudo dos Mecanismos de patogênese do trabalho. Estudos Epidemiológicos. Condições de risco de natureza química. Ruído. Radiações ionizantes. Câncer relacionado com o trabalho. Hematopatologia relacionada com o trabalho. Patologia do ouvido relacionada com o trabalho. Patologia respiratória relacionada com o trabalho. Dermatoses ocupacionais. Doença Osteomuscular Ralacionada com Trabalho. Políticas públicas em saúde e segurança do trabalho. Epidemiologia ocupacional. Estatística aplicada à saúde ocupacional. Medicina do trabalho. Normas Regulamentadores: a. NR 5, b. NR7, c. NR9, d. NR 32.

MÉDICO PEDIATRA

Crescimento e desenvolvimento: crescimento normal e os problemas do crescimento e desenvolvimento do recém-nascido à puberdade (adolescência); imunizações (vacinação); alimentação da criança. Distúrbios nutricionais desidratação; desnutrição protéico-calórica. Sobrepeso e obesidade na infância e adolescência. Problemas neurológicos: meningites e meningoencefalites. Abscesso Cerebral. Tumores intracranianos. Tétano. Convulsões. Epilepsia. Cefaléia. Problemas oftalmológicos: conjuntivites; alterações oculares nas hipovitaminoses; estrabismo. Problemas do ouvido, nariz, boca e garganta: otites; infecções das vias aéreas superiores; rinites; sinusites; amídalas e adenóides. Distúrbios respiratórios do trato inferior: bronquiolite; bronquites; asma; tuberculose pulmonar; pneumonias; fibrose cística (mucoviscidose). Distúrbios cardiológicos: cardiopatias congênitas cianóticas e acianóticas; endocardite infecciosa; miocardite; insuficiência cardíaca; febre reumática. Problemas do aparelho digestivo: doença diarréica aguda; diarréia crônica; doença celíaca; alergia alimentar; parasitoses intestinais; patologias cirúrgicas; hepatites; constipação. Problemas urinários: infecções do trato urinário; hematúria; glomerulonefrite difusa aguda e glomerulopatias; síndrome nefrótica; refluxo vésico-ureteral; válvulas da uretra posterior. Problemas hematológicos: anemias carenciais; anemia aplástica; anemia falciforme; anemias hemolíticas; leucemias; púrpuras (trombocitopênica e anafilactóide); hemofilia. Hepatoesplenomegalia e adenomegalia: mononucleose; adenite cervical; toxoplasmose; calazar; blastomicose. A febre e as infecções na infância: a criança febril; doenças imunopreveníveis; dengue; doenças exantemáticas; febre tifóide e salmonelose; malária; brucelose; síndromes de deficiência imunológica na infância; doença estafilocócica; cólera. Tumores na infância: tumor de Wilms; neuroblastoma; doença de Hodgkin; linfomas; rabdomiossarcoma. Antibióticos e quimioterápicos. Patologias endocrinológicas, diabetes infanto-juvenil. Disfunções da tireóide. Emergências em pediatria: Abordagem da criança seriamente doente; abordagem da criança politraumatizada; avaliação e abordagem inicial do trauma craniano; queimaduras; acidentes com animais (ofídicos, mordidas); envenenamentos; abordagem do choque; afogamento; abdômen agudo; sinais de abuso e violência à criança. Abuso de substâncias (álcool e drogas).

MÉDICO PSIQUIATRA

Delirium, demência, transtornos amnésticos e outros transtornos cognitivos. Transtornos por uso de susbstâncias psicoativas. Esquizofrenia. Outros transtornos psicóticos: esquizoafetivo, esquizofreniforme, psicótico breve, delirante persistente, delirante induzido. Síndromes psiquiátricas do puerpério. Transtornos do humor. Transtorno obsessivo-compulsivo e transtornos de hábitos e impulsos. Transtornos fóbicos-ansiosos: fobia específica, social e agorafobia. Outros transtornos de ansiedade: pânico, ansiedade generalizada. Transtornos alimentares. Transtornos do sono. Transtornos de adaptação e transtorno de estresse pós-traumático. Transtornos somatoformes. Transtornos dissociativos. Transtornos da identidade. Transtornos da personalidade. Transtornos factícios, simulação, não adesão ao tratamento. Retardo mental. Transtornos do desenvolvimento psicológico. Transtornos comportamentais e emocionais que aparecem habitualmente durante a infância ou adolescência. Transtornos psiquiátricos relacionados ao envelhecimento. Interconsulta psiquiátrica. Emergências psiquiátricas. Psicoterapia. Psicofarmacoterapia. Eletroconvulsoterapia. Reabilitação em psiquiatria. Psiquiatria Forense. Epidemiologia dos transtornos psiquiátricos. Classificação em Psiquiatria.

MÉDICO SANITARISTA

Doenças transmissíveis: Conceito, Classificação, Fisiopatologia, Etiopatogênia, Quadro Clínico, Diagnóstico, Tratamento, Conduta terapêutica. Endemia, epidemia, hospedeiro, portador, período de incubação e de tranmissibilidade. A defesa do organismo: Vacinas. Períodos de incubação e contágio, formas de contágio das seguintes doenças: Amebiase, ancilostomiase, febre tifóide, parasitoses, tuberculose, conjuntivite e meningite. Higiene Bucal - Toxicomanias, Alcoolismo e Tabagismo - Agravos à saúde da população. Normas sobre: Coleta e destino dos excretos e do lixo, proteção das águas, higiene da alimentação, proteção dos alimentos, saneamento da zona rural, disposições gerais de saneamento, estatística sanitária, educação sanitária. Construção, ampliação, reforma e reconstrução em: Estabelecimentos de trabalho em geral, Escolas e internatos, Hospitais e estabelecimentos de assistência médica hospitalar, Cemitérios.

MÉDICO TOCO - GINECOLOGISTA

Obstetrícia: Anatomia e Fisiologia da gravidez; Propedêutica da gestação; Assistência pré-natal: baixo e alto risco; Malformações fetais; Sangramento na primeira metade da gestação; Sangramento na segunda metade da gestação; Doenças infecciosas na gravidez; Doenças hipertensivas na gravidez; Endocrinopatias; Cardiopatias; Nefropatias; Hepatopatias; Pneumopatias; Hemopatias; Colagenoses; Patologias venosas; Ginecopatias; Mecanismo do parto; Assistência ao parto; Cesárea; Fórceps; Distócias; Anestesia obstétrica; Sofrimento fetal agudo e crônico; Distúrbio do líquido amniótico; Prematuridade e gravidez prolongada; Restrição do crescimento fetal; Emergências obstétricas; Cardiotocografia, ultrassonografia, dopplerfluxometria; Patologias do puerpério; Câncer e gravidez; Drogas na gravidez; Ética em obstetrícia. Ginecologia: Anatomia do aparelho genital; Endocrinologia do ciclo menstrual; Esteroidogênese; Determinismo e diferenciação sexual; Amenorréia; Genética aplicada à ginecologia; Imaginologia; Citopatologia do trato genital inferior e mamário; Anamnese e exame ginecológico; Dosagens hormonais e testes funcionais; Mastologia; Doenças sexualmente transmissíveis; Dor pélvica/endometriose; Uroginecologia; Doenças benignas e malignas da vulva, vagina, colo, útero, ovário e trompas; Endocrinologia ginecológica; Infertilidade conjugal e técnicas de reprodução assistida; Planejamento familiar; Climatério; Cirurgia ginecológica para patologias benigna e maligna; Complicações per e pós-operatórias; Videolaparoscopia e histeroscopia; Ética em ginecologia.

NUTRICIONISTA

Nutrição em Saúde Pública: principais nutricionais do Brasil, em especial no Nordeste, - Programas de Assistência Integral à Saúde da Mulher e de Criança: terapia de reidratação oral – TRO, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança – programa de suplementação alimentar – PSA – vigilância alimentar e nutricional – indicadores diretos e indiretos do estado de nutrição comunidades – nutrição nos grupos etários no 1o ano de vida, pré – escolar, no adulto (gestantes e nutrizeis), Patologia da nutrição e Dietoterapia: - metabolismo basal – modificações da dieta normal para atendimento ao enfermo – alterações na nutrição ( obesidade, magresa, doenças carências) – patologias e dietoterapias aparelho digestivo, sistema endocrino, sistema cardiovascular – Técnica Dietética – introdução à técnica dietética – alimento: classificação, princípios nutritivos – seleção, preparo a perdas decorrentes – planejamentos de cardápios – Administração de Serviços de Nutrição: unidade de serviço de alimentação e nutrição – conceituação, tipos de serviços – planejamento físico, funcional, Lay – out, fluxograma peculiaridades da área física e construção social do serviço de alimentação e nutrição – previsão numérica e distribuição.

ODONTÓLOGO BUCO MAXILO FACIAL

Materiais restauradores: Amálgama. Resinas compostas. Cimentos de ionômero de vidro. Instrumentais. Materiais protetores. Diagnóstico e plano de tratamento. Métodos preventivos. Oclusão: Ajuste oclusal. Movimentos oclusivos. Posições: relação cêntrica, máxima intercuspidação habitual, dimensão vertical, relação de oclusão cêntrica. Disfunção miofacial. Restaurações preventivas: Selantes. Ionômero de vidro. Resinas compostas. Facetas estéticas. Prótese adesiva: direta e indireta. Clareamento dental. Inter-relação dentística/periodontia. Restaurações em dentes posteriores com resinas compostas. Restaurações em amálgama. Flúor: Mecanismo de ação do flúor. Farmacocinética do flúor. Toxicologia. Física das radiações. Natureza e produção dos raios X. Aparelhos e tubos. Constituição e funcionamento. Formação da imagem radiográfica. Filmes radiográficos. Câmara escura – métodos de processamento. Técnicas radiográfias intra-bucais: Técnica periapical (bissetriz e paralelismo); Técnica interproximal; Técnica oclusal. Efeitos biológicos das radiações ionizantes: Higiene das radiações. Métodos de localização. Anatomia radiográfica dentomaxilomandibular. Anatomia radiográfica crânio- facial. Técnicas radiográficas extrabucais: Panorâmica; Telerradiografia; Lateral da face; ATM. Estudo das anomalias dentais: Lesões do órgão dentário. Alterações regressivas da dentição. Radiologia aplicada ao diagnóstico da cárie. Estudo radiográfico das periapicopatias e periodojntopatias. Estudo radiográfico dos cistos e tumores odontogênicos e não odontogênicos.

ODONTÓLOGO ENDODONTISTA

PATOLOGIA ORAL – Alterações no desenvolvimento e crescimento das estruturas orais e para-orais; Cárie dentária e suas seqüelas; Neoplasias benignas de origem não-odontogênica; Lesões pré-malígnas e malignas da cavidade oral; Tumores odontogênicos e não­odontogênicos; Cistos odontogênicos e não-odontogênicos; Manifestações orais das doenças sistêmicas e infecções orais por fungos, vírus e bactérias; Doenças das glândulas salivares; Lesões inflamatórias dos maxilares; Aspectos semiológicos da prática odontológica: anamnese, exames objetivos e complementares. FARMACOLOGIA – Conceitos gerais de vias de introdução e eliminação dos medicamentos e suas posologias; Anestésicos locais, analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos, quimioterápicos e coagulantes: uso em odontologia; Pacientes especiais fármacos-dependentes, condutas do profissional de odontologia; Tratamento das emergências médicas no consultório dentário; Interações medicamentosas de interesse do cirurgião-dentista.. DENTÍSTICA – Diagnóstico e plano de tratamento em dentística; Preparo do campo operatório, isolamento relativo e absoluto do campo operatório – instrumental e técnica; Técnicas de aumento de coroa clínica, cirurgia de cunha distal e proximal, espaço biológico – conceitos e importância; Materiais dentários: resina composta, ionômero de vidro, compômeros, amálgama dentário e materiais utilizados na proteção do complexo pulpar; Clareamento dental. CIRURGIA – Períodos pré e pós- operatórios; Exodontia; Acidentes e complicações em cirurgia buco-maxilo-facial; Cirurgia dos dentes inclusos; Princípios gerais de traumatologia buco-maxilo-facial; Tratamento cirúrgico das infecções orais bem como de cistos e tumores da cavidade oral; Cirurgia pré-protética; Instrumental cirúrgico; Anestesiologia. RADIOLOGIA- Princípios gerais de aplicação em odontologia; Conceito e física das radiações; Filmes e métodos de processamento radiográfico; Efeitos biológicos dos RX; Técnicas radiográficas intra e extra-orais; Métodos de localização radiográfica; Interpretação radiográfica das patologias orais; Novos métodos em imagenologia odontológica.BIOSSEGURANÇA EM ODONTOLOGIA – Métodos de controle de infecção e esterilização; Proteção profissional e do paciente. OCLUSÃO – Fundamentos de oclusão e dos movimentos mandibulares; Classificação, diagnóstico e tratamento das disfunções têmporo­mandibulares. ÉTICA E LEGISLAÇÃO ODONTOLÓGICA – O código de ética odontológico.ENDODONTIA – Topografia da cavidade pulpar e do periápice; Estrutura do complexo dentino-pulpar, desenvolvimento, elementos estruturais e função pulpar; Etiopatogenia, métodos e técnicas de exames, diagnóstico e plano de tratamento na endodontia, caracteristicas, classificação e tratamento das alterações pulpares e periapicais; Intervenções endodônticas: isolamento, técnicas de instrumentação manual e preparo automatizado, medicações utilizadas na terapia endodôntica, instrumental utilizado em endodontia; Proteção do complexo dentino-pulpar; Traumatismo dental e dento-alveolar: diagnóstico e tratamento, alterações da polpa dental, tratamento conservador da polpa dental, pulpectomia apexificação, alterações patológicas no periápice, tempos operacionais do tratamento dos canais radiculares, exame microbiológico dos canais radiculares, obturação canais radiculares, tratamento dos dentes traumatizados, clareamento dos dentes com alterações de cor, cirurgia em endodontia, seleção de casos para tratamento dos canais radiculares (Fatores relacionados com o estado geral do paciente, fatores relacionados com o doente e estrturas adjacentes).

ODONTÓLOGO ORTODONTISTA

Introdução à ortodontia. Biogenese da oclusão. Evolução filogenética. Erupção dentária. Aspectos da dentição decídua. Aspectos da dentição mista. Aspectos da dentição permanente. Planejamento do tratamento preventivo. Etiologia da maloclusão. Diagnóstico ortodôntico. Análise de modelos. Crescimento e desenvolvimento crânio-facial. Desvio da deglutição de fonação-hábitos. Cefalometria. Conceitos de ortodontia interceptiva. Ancoragem. Extraçãosucessiva. Princípios da ortopedia funcional dos maxilares. Evolução do aparelho ortodôntico. Ortodontia corretiva. Conceitos básicos de farmacologia. Vias de administração de fármacos. Absorção e distribuição. Biotransformação e Eliminação de Fármacos. Antibióticos; Penicilinas e Cefalosporinas. Aminoglicosídeos; Tetraciclina e Cloranfenicol. Digitálicos. Antihipertensivos. Vasodilatadores. Vasodilatadores coronarianos. Hipnóticos. Barbitúricos. Hipnoanalgesicos. Antidepressivos. Neurolépticos. Ansioliticos. Anestésicos locais. Anestésicos gerais. Histamina e Antihistaminicos. Prostaglandinas e bradicinina. Antiinflamatórios não-esteroidais. Antiinflamatórios esteroidais. Analgésico-antipiréticos. Cariostáticos e cariogénicos. Anti-sépticos e desinfetantes. Hemostáticos. Fármacos e Gravidez. Antineoplásicos. Código de Ética Odontológica.

ODONTÓLOGO PERIODONTISTA

PATOLOGIA ORAL – Alterações no desenvolvimento e crescimento das estruturas orais e para-orais; Cárie dentária e suas seqüelas; Neoplasias benignas de origem não-odontogênica; Lesões pré-malígnas e malignas da cavidade oral; Tumores odontogênicos e não­odontogênicos; Cistos odontogênicos e não-odontogênicos; Manifestações orais das doenças sistêmicas e infecções orais por fungos, vírus e bactérias; Doenças das glândulas salivares; Lesões inflamatórias dos maxilares; Aspectos semiológicos da prática odontológica: anamnese, exames objetivos e complementares. FARMACOLOGIA – Conceitos gerais de vias de introdução e eliminação dos medicamentos e suas posologias; Anestésicos locais, analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos, quimioterápicos e coagulantes: uso em odontologia; Pacientes especiais fármacos-dependentes, condutas do profissional de odontologia; Tratamento das emergências médicas no consultório dentário; Interações medicamentosas de interesse do cirurgião-dentista.. DENTÍSTICA – Diagnóstico e plano de tratamento em dentística; Preparo do campo operatório, isolamento relativo e absoluto do campo operatório – instrumental e técnica; Técnicas de aumento de coroa clínica, cirurgia de cunha distal e proximal, espaço biológico – conceitos e importância; Materiais dentários: resina composta, ionômero de vidro, compômeros, amálgama dentário e materiais utilizados na proteção do complexo pulpar; Clareamento dental. CIRURGIA – Períodos pré e pós- operatórios; Exodontia; Acidentes e complicações em cirurgia buco-maxilo-facial; Cirurgia dos dentes inclusos; Princípios gerais de traumatologia buco-maxilo-facial; Tratamento cirúrgico das infecções orais bem como de cistos e tumores da cavidade oral; Cirurgia pré-protética; Instrumental cirúrgico; Anestesiologia. RADIOLOGIA- Princípios gerais de aplicação em odontologia; Conceito e física das radiações; Filmes e métodos de processamento radiográfico; Efeitos biológicos dos RX; Técnicas radiográficas intra e extra-orais; Métodos de localização radiográfica; Interpretação radiográfica das patologias orais; Novos métodos em imagenologia odontológica.BIOSSEGURANÇA EM ODONTOLOGIA – Métodos de controle de infecção e esterilização; Proteção profissional e do paciente. OCLUSÃO – Fundamentos de oclusão e dos movimentos mandibulares; Classificação, diagnóstico e tratamento das disfunções têmporo­mandibulares. ÉTICA E LEGISLAÇÃO ODONTOLÓGICA – O código de ética odontológico.PERIODONTIA E PREVENÇÃO – Anatomia do Periodonto, Importância da saliva, da película adquirida e sua formação, composição e ultra-estrutura dos depósitos microbianos na superfície dentária; Cariologia; Doenças periodontais: exame, diagnóstico e tratamento; Higiene oral, níveis de prevenção; Estudo do flúor: seus efeitos, aplicações, indicações, toxicologia e formulações em odontologia; Estruturas periodontais de proteção e inserção; Interrelação prótese-endodontia-dentística-periodontia. Placa dental e calculo dental, Microbiologia da doença periondontal associada à placa, Patogênese da doença periodontal associada à placa, Gengivite necrosante, Trauma de oclusão, Inter-relação entre o periodontia e endodontia, Manivestação de doenças sistêmicas no periodonto, exames de pacientes com doenças periodontais, plano de tratamento, terapia periodontal: fase associada à placa, Antissepticos e antibióticos em periodontia, Cirurgia periodontal, Cirurgia Mucogengival, Reinserção – Novainserção, Estética e terapia periodontal, tratamento de dente com envolvimento de furca, Terapia aclusal, Aspectos Técnicos e biofísicos do tratamento com coroas e pontes, Movimento dentário ortodôntico na Terapia Periodontal, Visão global dos efeitos da terapia periodontal e Fase de Manutenção da terapia periodontal.

ODONTÓLOGO PSF

PATOLOGIA ORAL – Alterações no desenvolvimento e crescimento das estruturas orais e para-orais; Cárie dentária e suas seqüelas; Neoplasias benignas de origem não-odontogênica; Lesões pré-malígnas e malignas da cavidade oral; Tumores odontogênicos e não­odontogênicos; Cistos odontogênicos e não-odontogênicos; Manifestações orais das doenças sistêmicas e infecções orais por fungos, vírus e bactérias; Doenças das glândulas salivares; Lesões inflamatórias dos maxilares; Aspectos semiológicos da prática odontológica: anamnese, exames objetivos e complementares. FARMACOLOGIA – Conceitos gerais de vias de introdução e eliminação dos medicamentos e suas posologias; Anestésicos locais, analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos, quimioterápicos e coagulantes: uso em odontologia; Pacientes especiais fármacos-dependentes, condutas do profissional de odontologia; Tratamento das emergências médicas no consultório dentário; Interações medicamentosas de interesse do cirurgião-dentista.. DENTÍSTICA – Diagnóstico e plano de tratamento em dentística; Preparo do campo operatório, isolamento relativo e absoluto do campo operatório – instrumental e técnica; Técnicas de aumento de coroa clínica, cirurgia de cunha distal e proximal, espaço biológico – conceitos e importância; Materiais dentários: resina composta, ionômero de vidro, compômeros, amálgama dentário e materiais utilizados na proteção do complexo pulpar; Clareamento dental. CIRURGIA – Períodos pré e pós- operatórios; Exodontia; Acidentes e complicações em cirurgia buco-maxilo-facial; Cirurgia dos dentes inclusos; Princípios gerais de traumatologia buco-maxilo-facial; Tratamento cirúrgico das infecções orais bem como de cistos e tumores da cavidade oral; Cirurgia pré-protética; Instrumental cirúrgico; Anestesiologia. RADIOLOGIA- Princípios gerais de aplicação em odontologia; Conceito e física das radiações; Filmes e métodos de processamento radiográfico; Efeitos biológicos dos RX; Técnicas radiográficas intra e extra-orais; Métodos de localização radiográfica; Interpretação radiográfica das patologias orais; Novos métodos em imagenologia odontológica.BIOSSEGURANÇA EM ODONTOLOGIA – Métodos de controle de infecção e esterilização; Proteção profissional e do paciente. OCLUSÃO – Fundamentos de oclusão e dos movimentos mandibulares; Classificação, diagnóstico e tratamento das disfunções têmporo­mandibulares. ÉTICA E LEGISLAÇÃO ODONTOLÓGICA – O código de ética odontológico.

PSICÓLOGO

Psicologia da família: dinâmica, ciclo de vida familiar e novas contribuições familiares. Psicologia do desenvolvimento. Psicologia geral. Tanatologia. Conhecimento específico das DST, HIV/AID – rotinas de COAS e de SAE. Impacto do diagnóstico: processo de adoecimento, enfrentamento da doença e adesão ao tratamento. Processo de Hospitalização. Psicologia Hospitalar. Psicossomática. Reforma psiquiátrica no Brasil. Equipe interdisciplinar em saúde. Clínica infantil – teoria e técnica. Clínica de adolescente – teoria e prática. Psicoterapia familiar – teoria e prática. Psicoterapia de grupo – teoria e técnica. Clínica da terceira idade – teoria e prática. Saúde do trabalhador – conceitos e prática. Código de ética profissional. Tratamento multidisciplinar da obesidade.

PSICÓLOGO COM ESPECIALIZAÇÃO DE RH

Psicologia da família: dinâmica, ciclo de vida familiar e novas contribuições familiares. Psicologia do desenvolvimento. Psicologia geral. Tanatologia. Conhecimento específico das DST, HIV/AID – rotinas de COAS e de SAE. Impacto do diagnóstico: processo de adoecimento, enfrentamento da doença e adesão ao tratamento. Processo de Hospitalização. Psicologia Hospitalar. Psicossomática. Reforma psiquiátrica no Brasil. Equipe interdisciplinar em saúde. Clínica infantil – teoria e técnica. Clínica de adolescente – teoria e prática. Psicoterapia familiar – teoria e prática. Psicoterapia de grupo – teoria e técnica. Clínica da terceira idade – teoria e prática. Saúde do trabalhador – conceitos e prática. Código de ética profissional. Tratamento multidisciplinar da obesidade. RH: Avaliação psicológica: fundamentos da medida psicológica. Instrumentos de avaliação: critérios de seleção, avaliação e interpretação dos resultados. Técnicas de entrevista. Psicologia do desenvolvimento: o desenvolvimento normal. Psicopatologia do desenvolvimento.

TERAPEUTA OCUPACIONAL

Processo de Terapia Ocupacional: avaliação, recursos terapêuticos, modelo de atuação, materiais e instrumentais. Análise da atividade: abordagem individual, abordagem grupal. Áreas de Atuação: saúde mental, habilitação/reabilitação. A importância do Terapeuta Ocupacional na equipe interdisciplinar. Ocupação Terapêutica: princípios e fundamentos. Evolução histórica da ocupação como forma de tratamento. Terapia Ocupacional na paralisia cerebral - definição, transtornos, avaliação e tratamento. Princípios básicos do tratamento terapêutico-ocupacional nas áreas de neurologia, traumato-ortopedia e reumatologia. Terapia ocupacional aplicada à deficiência mental. Modelos de Terapia Ocupacional – Positivistas, Humanista, Materialista. Terapia Ocupacional aplicada à saúde mental - Princípios básicos, fundamentos teóricos para a prática, dinâmica do mecanismo de tratamento terapêutico - ocupacional.

VETERINÁRIO

Anatomia, Fisiologia e Patologia dos animais domésticos (pequenos, médios e grandes) de interesse na produção de alimentos de origem animais; sanidade animal: enfermidade que acontecem os animais; procedimentos de diagnósticos, prevenção e controle. Inspeção sanitária dos produtos de origem animal como fator de qualidade; boas práticas de fabricação e análise de perigos e pontos críticos de controle; higiene e tecnologia dos produtos de origem animal e seus requisitos regulamentares; água de abastecimento e sua significação higiênica nos produtos de origem animal; Legislação Federal e procedimentos de inspeção e controle; enfermidades do homem transmitidas através dos alimentos de origem animal; padrão de identidade e Qualidade dos produtos de origem animal; desenvolvimento de programas de saúde animal; legislação de defesa sanitária animal; conhecimentos básicos de epidemiologia; análise de risco; bioestatística; principais programas de erradicação de doenças em execução no país; doenças nas listas A e B do Escritório Internacional de Epizootias (OIE); clínica médica; enfermidades transmissíveis; métodos de amostragem e análise de produtos de origem animal; legislação Federal sobre reprodução animal; controle de produtos veterinários; conhecimentos sobre organismos e Fóruns Internacionais (OIE, OMC, FAO, ETC...); noções básicas sobre normas e procedimentos operacionais em vigilância agropecuária nacional. Saúde Pública e principais zoonoses; normas e procedimentos do responsável técnico; vigilância sanitária. Acidentes com animais peçonhentos.

Doenças endêmicas de acordo com o perfil nosológico/ epidemiológico do Município.

Dengue, esquitossomoses, hansen, turbeculose, DST/ AIDS, Leishimaniose, HAS, ICC – Insuficiência cardíaca congênita, dermatoses, diarréia, pneumonias, parasitoses, viroses, pré-natal de baixo risco, planejamento familiar, asmas, ansiedades, depressão, psicoses, diabetes militus e vulvovaginites.

80122

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231