Prefeitura de Guia Lopes da Laguna - MS

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUIA LOPES DA LAGUNA

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2013

EDITAL Nº. 001/2013

Notícia:   Prefeitura de Guia Lopes da Laguna - MS suspense realização das provas do concurso 001/2013

ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O QUADRO DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE GUIA LOPES DA LAGUNA - MS

O PREFEITO MUNICIPAL DE GUIA LOPES DA LAGUNA, Estado de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições, através da Comissão Municipal de Concurso Público, nomeada pelo Decreto nº 281/2013, de 11 de novembro de 2013, alterado torna público a abertura de inscrições para o Concurso Público de Provas e Títulos para recrutamento e seleção de candidatos ao provimento de cargos efetivos do Quadro de Pessoal do Poder Executivo, de conformidade com as regras e condições a seguir.

1. DOS CARGOS

1.1. Este Edital tem por objeto estabelecer as regras e as condições para selecionar os candidatos às vagas oferecidas neste Concurso Público para o Quadro de Pessoal da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, aptos à convocação para ocuparem cargos integrantes de categorias funcionais do Quadro de Pessoal da Prefeitura Municipal.

1.2. As categorias funcionais, o número de vagas, a carga horária, os vencimentos, a escolaridade e ou os requisitos são os constantes do Anexo I.

1.3. As atribuições básicas dos cargos a serem providos são as constantes do Anexo II deste Edital.

1.3.1. As vagas que porventura forem abertas ou criadas, durante o prazo de validade deste Concurso Público, serão preenchidas por candidatos aprovados, obedecida exclusivamente à ordem de classificação para o cargo de aprovação.

1.4. Os candidatos classificados neste Concurso Público terão precedência na nomeação para os cargos que se habilitaram, em relação a candidatos aprovados em concursos públicos realizados posteriormente à homologação deste certame.

1.5. São requisitos básicos para investidura em qualquer dos cargos/funções:

a) Ser brasileiro nato ou naturalizado;

b) Estar em gozo dos direitos políticos e civis;

c) Estar quite com as obrigações eleitorais e militares, se do sexo masculino;

d) Ter, na data da posse, idade igual ou superior a dezoito anos;

e) Comprovar a escolaridade e os requisitos específicos exigidos para ocupar o cargo, sendo para os cargos de nível superior obrigatória a apresentação de diploma, devidamente registrado;

f) Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, verificada em exame médico-pericial;

g) Não exercer cargo, emprego ou função pública e não acumular proventos de aposentadoria na Administração Pública federal, estadual ou municipal, salvo as exceções previstas na Constituição Federal;

h) Não ter sofrido penalidade de demissão, por justa causa, de órgão ou entidade da administração pública municipal, estadual ou federal.

1.6. O candidato investido no cargo/função habilitado neste Concurso Público e que for nomeado e empossado ficará submetido ao regime jurídico estatutário.

1.7. A nomeação ocorrerá durante o prazo de validade do Concurso, em atendimento ao interesse e à conveniência da Administração Municipal, de acordo com as demandas apresentadas por órgãos da Prefeitura Municipal.

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1. Antes de formalizar a inscrição, o candidato deverá tomar conhecimento do Edital, certificando-se de que preenche todos os requisitos exigidos para o provimento do cargo que pretende concorrer. A inscrição do candidato pressupõe-se que tomou conhecimento e aceitou todas as normas e condições do concurso estabelecidas neste Edital e seus anexos, não podendo alegar desconhecimento.

2.2. As inscrições serão realizadas exclusivamente no período de 25 de novembro a 06 de dezembro de 2013, e o candidato poderá inscrever-se:

a) Pela internet, no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br, onde estarão disponibilizados, para preenchimento e impressão, o Formulário de Inscrição e o Edital do Concurso contendo todas as regras deste certame;

b) Na sede da Prefeitura Municipal, na Rua Adalberto de Menezes nº 208, Vila Planalto, em Guia Lopes da Laguna - MS, onde será disponibilizado terminal de computador para o candidato fazer sua inscrição na forma da alínea "a' deste item, nos dias úteis no horário das 07h00min às 11h00min.

2.3. O candidato deverá recolher a taxa de inscrição para concorrer à vaga do cargo/função de seu interesse, nos seguintes valores:

a) Cargos de nível superior: R$ 120,00 (cento e vinte reais);

b) Cargos de nível médio: R$ 60,00 (sessenta reais);

c) Cargos de nível fundamental e fundamental incompleto: R$ 20,00 (vinte reais).

2.4. Para realizar sua inscrição o candidato deverá:

a) Preencher no terminal de computador todos os campos da Ficha de Inscrição, na qual declarará ter conhecimento e que aceita todas as condições do concurso;

b) Imprimir a Ficha de Inscrição, após preenchidos todos os seus campos e datar e assinar;

c) Efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor corresponde à escolaridade do cargo que está se inscrevendo, mediante depósito bancário em nome da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna/MS, no Banco do Brasil, Agencia 0543-6 - Conta Corrente nº. 13.519-4:

d) Anexar à Ficha de Inscrição o comprovante de recolhimento da taxa de inscrição e uma cópia do registro geral de identificação (RG) e entregar na sede da Prefeitura de Guia Lopes da Laguna ou encaminhar via SEDEX para a Comissão do Concurso Público, na Rua Adalberto de Menezes nº 208 Vila Planalto, CEP 79230-000, até o dia 09 de dezembro de 2013.

2.4.1. Podem ser apresentados como (RG): cópia da Carteira de Identidade, Carteira de Identidade Militar ou Carteira de Identidade Profissional, conforme o caso, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto e carteira de Trabalho e Previdência Social.

2.5. Os candidatos ao cargo de Agente Comunitário de Saúde deverão anexar à Ficha de Inscrição o comprovante de residência na região de atuação da função, conforme também indicado na respectiva ficha.

2.5.1. Serão aceitos como comprovante de residência: contas de energia elétrica, conta de serviços de água e esgoto, contas de telefone fixo ou declaração do proprietário ou locador do imóvel que o candidato reside no endereço apontado na sua Ficha de Inscrição.

2.5.2. As áreas de atuação de cada ESF, na qual o candidato deverá residir são as constante do Anexo IV deste Edital.

2.6. Serão indeferidas as inscrições cujos documentos não forem entregues ou postados até o dia 09 de dezembro de 2013, bem como aquelas cujo pagamento da taxa de inscrição for efetuado após até o dia 09 de dezembro de 2013.

2.7. Ao preencher a ficha de inscrição o candidato deverá destacar a parte inferior da mesma, no local indicado, sendo esta parte o Cartão de Identificação, que deverá ser apresentado no ato da realização das provas, juntamente com o documento de identidade.

2.8. O valor da inscrição não será devolvido em hipótese alguma, salvo cancelamento do processo seletivo antes da ocorrência das provas.

2.9. Poderá requerer a isenção do pagamento da taxa de inscrição, nos termos da Lei Municipal nº. 920 de 09/12/2005, regulamentada pelo Decreto nº 275/2013, de 05 de novembro de 2013, o candidato que comprovadamente se encontra na data da abertura das inscrições:

I - Desempregado;

II - Recebendo até um salário mínimo por mês;

III - Carente.

2.9.1. A condição de desempregado será comprovada mediante a apresentação:

a) Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS com baixa do ultimo emprego ou acompanhada do número de inscrição na Agência Pública de Emprego do Estado de Mato Grosso do Sul; ou

b) Cópia da publicação do ato que o desligou do serviço público, se ex-servidor publico vinculado à administração pública pelo regime estatutário.

2.9.2. A condição de trabalhador com renda de até um salário mínimo por mês será comprovada mediante apresentação da Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS ou certidão expedida por órgão público, se for servidor público pelo regime estatutário.

2.9.3. A condição de carente, mediante declaração firmada pelo próprio candidato, conforme modelo do Anexo V deste Edital, de que a renda per capita da família é de valor igual ou inferior 25% (vinte e cinco por cento) do salário mínimo nacional, considerando, para tanto, os ganhos do cônjuge, dos filhos menores ou incapazes, que vivam sob o mesmo teto.

2.9.4. Para requerer a isenção do pagamento da taxa de inscrição o candidato deverá preencher e assinar o formulário constante do Anexo V deste Edital, junto os documentos ali solicitados.

2.10. O candidato para obter a isenção deverá acessar o endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br para imprimir a Ficha de Inscrição preenchê-la e anexar as fotocópias do documento de identidade (RG), os documentos comprobatórios das situações apontadas nos subitens 2.9.1, 2.9.2 ou 2.9.3 e entregar, juntamente com o formulário do Anexo V deste Edital, pessoalmente, nos dias 25 e 26 de novembro de 2013, no horário das 7h00 min. às 11h00min, à Comissão do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna - MS, na Rua Adalberto de Menezes nº 208 Vila Planalto, CEP 79230-000, para análise e parecer da Comissão.

2.10.1. Não poderá pleitear isenção da taxa, o candidato que efetivar sua inscrição após o período mencionado no subitem 2.10.

2.10.2. O candidato que tiver indeferido seu pedido de isenção será notificado por edital publicado no mural da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna e divulgado no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br no dia 02 de dezembro de 2013 e, tendo interesse em permanecer no concurso, deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 09 de dezembro de 2013, comprovando até a mesma data o pagamento junto à Comissão do Concurso.

2.10.3 A falta de comprovação do pagamento até o dia 09 de dezembro de 2013 importará no cancelamento da inscrição.

2.10.4 O candidato que apresentar comprovante inidôneo ou firmar declaração falsa para se beneficiar da isenção perderá os direitos decorrentes da inscrição no Concurso Público, sendo considerado inabilitado, além de responder pela infração.

2.11. O candidato que realizar a inscrição estará ciente de todas as informações sobre este Concurso Público, disponíveis no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br, constantes do Edital de Abertura, cabendo-lhe:

a) Digitar corretamente no Formulário de Inscrição o nome completo, o nº do documento de identidade com o órgão expedidor e o estado, o nº do CPF, a data de nascimento, o sexo, o nº dos telefones residencial e celular, o endereço completo e o CEP;

2.12. Indicar a Categoria Funcional que está se inscrevendo e no caso dos Agentes Comunitários de Saúde, para qual ESF pretende concorrer.

2.13. As informações dos dados cadastrais prestadas no ato da inscrição serão de exclusiva responsabilidade dos candidatos.

2.14. A Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna não se responsabilizará por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados;

2.15. Não serão aceitos pedidos para quaisquer alterações depois de realizada a inscrição, bem como não será aceita inscrição condicional ou via fac-símile..

2.16. Na impossibilidade de comparecimento do candidato, serão aceitos os documentos entregues por terceiros, mediante a apresentação de documento de identidade original do procurador e de procuração, pública ou particular, com firma reconhecida em cartório, acompanhada de cópia legível do documento de identidade do candidato.

2.16.1. Serão de inteira responsabilidade do candidato as informações prestadas por seu procurador no ato da entrega dos documentos, bem como a entrega dos documentos na data e local previstos no edital, arcando o candidato com as conseqüências de eventuais erros de seu representante.

2.16.2. Somente será aceita uma procuração por candidato.

2.16.3. O candidato que efetuar o pagamento da inscrição com cheque, sem a necessária compensação, independentemente do motivo, terá sua inscrição cancelada.

2.17. A inscrição do candidato somente será efetivada e aceita após o recebimento da Ficha de Inscrição, anexada com o comprovante do pagamento da taxa de inscrição e cópia do RG, bem como dos candidatos a Agente Comunitário de Saúde, a cópia do comprovante de residência.

2.17.1. Encerrado o prazo de inscrição, a relação nominal dos candidatos cujas inscrições forem deferidas, será divulgada em ordem alfabética, por categoria funcional de inscrição no mural da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, na imprensa oficial do Município e no site www.guialopesdalaguna.ms.gov.br, bem como o nome dos candidatos cujas inscrições forem indeferidas.

2.17.2. O candidato poderá recorrer no prazo de 2 (dois) dias úteis a contar da data da publicação, ao Presidente da Comissão Municipal de Concurso, contra o indeferimento de sua inscrição, a omissão de seu nome ou solicitando a retificação de dados na relação nominal dos inscritos, sendo liminarmente indeferidos os pedidos de mudança de categoria funcional.

2.18. A inscrição implicará ao candidato conhecimento e tácita aceitação das condições estabelecidas neste Edital e demais instrumentos normativos do Concurso Público, dos quais o candidato não poderá alegar desconhecimento.

3. DA INSCRIÇÃO DE CANDIDATO PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS

3.1. Ao candidato portador de necessidades especiais que pretenda fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no inciso VIII do artigo 37 da Constituição Federal e nos termos da Lei Federal nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, e alterações posteriores, regulamentada pelo Decreto nº 3.298/99 é assegurado o direito de inscrição para os cargos do Concurso Público.

3.2. Aos candidatos com deficiência serão destinadas 10% (dez por cento) das vagas oferecidas no Concurso para cada categoria funcional, desde que as atribuições sejam compatíveis com o grau de deficiência apresentado, observados os dispositivos constantes nos artigos 3º, 4º, 5º, 37, 41 do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999.

3.2.1 . Quando o cálculo para o número de vagas mencionado no item anterior resultar em número fracionário, elevar-se-á até o primeiro número inteiro subsequente, em conformidade com o disposto no § 2º do art. 37 do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999.

3.2.2. Para as categorias funcionais em que está sendo disponibilizada menos de cinco vagas não haverá reserva para candidato portador de necessidades especiais.

3.3. Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas situações discriminadas no art. 4º do Decreto Federal nº 3.298, de 1999, com redação dada pelo art. 70 do Decreto Federal nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004.

3.4. O candidato deverá declarar, no ato da inscrição, possuir deficiência, especificando-a na Ficha de Inscrição.

3.5. O candidato com necessidades especiais participará deste Concurso Público em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao dia, horário e local de aplicação das provas, e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.

3.6. O candidato deverá declarar, conforme art. 39 do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, possuir deficiência e, se necessitar de tratamento diferenciado no dia do concurso, deverá especificá-lo na Ficha de Inscrição.

3.6.1. O candidato deverá entregar na Comissão do Concurso Público, na sede da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, na Rua Adalberto de Menezes nº 208 Vila Planalto, CEP 79230-000, no horário das 7h00min às 11h00 min., exceto sábados, domingos e feriados ou encaminhar por SEDEX, com AR, para esse endereço, até à data de encerramento das inscrições, os documentos a seguir:

a) Laudo Médico original atestando a espécie, o grau e o nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência;

b) Cópia do documento de identidade, cópia do CPF e informar telefone para contato;

c) Solicitação, por escrito:

i - se necessitar da confecção de prova especial em Braile ou ampliada, especificando o tipo de deficiência.

ii - se necessitar de tempo adicional e/ou Ledor de prova e/ou Intérprete de Libras, com justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência.

3.6.2. O deficiente visual (cego) que solicitar prova especial em Braile deverá levar para esse fim, no dia da aplicação da prova, reglete e punção, podendo, ainda, utilizar-se de soroban.

3.6.3. Ao deficiente visual (amblíope) que solicitar prova especial ampliada serão oferecidas provas nesse sistema, com tamanho de letra correspondente a corpo 24.

3.7. O candidato que, dentro do prazo do período das inscrições, não atender aos dispositivos mencionados no subitem 3.6.1, conforme o caso:

a) No subitem 3.6.1, letra "a': não será considerado com deficiência e não concorrerá às vagas reservadas para pessoas com deficiências.

b) Subitem 3.6.1, letra "c', subalínea "i': não terá a prova especial preparada, seja qual for o motivo alegado.

c) Subitem 3.6.1, letra "c', subalínea "ii': não terá tempo adicional para realização das provas e/ou pessoa designada para a leitura da prova e/ou Intérprete de Libras, seja qual for o motivo alegado.

3.7.1. Na ocasião da publicação da relação dos candidatos cujas inscrições forem deferidas, na forma do subitem 2.17.1 deste Edital, constará em separado a relação dos candidatos portadores de necessidades especiais, cujas inscrições forem deferidas nesta condição

3.7.2. No ato da inscrição o candidato com deficiência deverá declarar estar ciente das atribuições do cargo para o qual pretende se inscrever e que, no caso de vir a exercê-lo, estará sujeito à avaliação pelo desempenho dessas atribuições, para fins confirmação no estágio probatório.

3.7.3. As vagas que não forem providas por falta candidatos com deficiência serão preenchidas pelos demais candidatos, com estrita observância à ordem classificatória.

3.8. Antes da posse dos candidatos, a Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna designará um Médico e/ou equipe multidisciplinar para analisar o efetivo enquadramento às regras deste Edital, daqueles que se declararam com deficiência, para atestar se as atribuições do cargo de habilitação são compatíveis com a respectiva deficiência.

3.9. A publicação do resultado final do Concurso Público será feita em duas listas, contendo, a primeira geral, com base na pontuação de todos os candidatos, incluindo os candidatos com deficiência e, a segunda especial, considerando a pontuação destes últimos, para efeito de precedência na nomeação, nos termos da legislação.

3.9.1. Se a deficiência do candidato, conforme avaliação prevista no item 3.8, não se enquadrar na previsão do art. 4º do Decreto Federal Nº 3.298, de 1999, com redação dada pelo art. 70 do Decreto Federal Nº 5.296, de 2004, sua nomeação obedecerá à classificação geral.

3.9.2. Será eliminado da lista de candidatos com deficiência aquele cuja deficiência assinalada na Ficha de Inscrição não for confirmada, devendo o mesmo figurar apenas na lista de classificação geral.

3.9.3. A não observância, pelo candidato, de quaisquer das disposições do item 3 deste Edital implicará a perda do direito a ser nomeado para as vagas reservadas a candidato portador de necessidades especiais.

3.9.4. O laudo médico deverá ser completo, contendo todos os itens mencionados no subitem 3.6.1 alínea "a" e terá validade somente para este Concurso Público e não será devolvido.

3.9.5. A nomeação do candidato portador de deficiência será na proporção de um classificado na lista geral e outro na lista especial, neste último caso, até o limite do número de vagas reservadas para esta modalidade de provimento, relativamente às vagas oferecidas para a categoria funcional.

3.9.6. Após a investidura do candidato, a deficiência não poderá ser arguida para justificar a readaptação ou concessão de aposentadoria por invalidez

3.9.7. O candidato portador de necessidades especiais, que não realizar a inscrição identificando sua condição especial, conforme a instrução constante deste Edital não poderá pleitear direitos em favor de sua situação.

3.9.8.

4. DAS PROVAS

4.1. Este Concurso Público constará de:

a) Prova Escrita, de caráter eliminatório para todos as categoria funcionais;

b) Prova Prática, de caráter eliminatório, para as categorias funcionais de Motorista, Motorista de Transporte Escolar, Operador de Máquinas Pesadas e Tratorista, que serão convocados na forma prevista no subitem 4.3 deste Edital

c) Prova de Títulos, de caráter classificatório, aplicada aos candidatos às funções de nível superior e médio que serão convocados, na forma prevista no subitem 4.4 deste Edital.

4.2. Das Provas Escritas

4.2.1. As Provas Escritas serão realizadas no dia 12 de janeiro de 2014.

4.2.2. A Prova Escrita será objetiva e envolverá questões de múltipla escolha com 4 (quatro) alternativas, das quais constará uma única opção correta, pontuadas de acordo com os seguintes critérios:

a) Para todas as Categorias Funcionais de nível superior, exceto da área Educacional

Modalidades Provas Objetivas

Número questões

Valor de Cada Questão

Pontuação Máxima

Língua Portuguesa

15

2,5

37,5

Conhecimentos específicos

25

2,5

62,5

b) Para as Categorias Funcionais de Professor e Coordenador Pedagógico

Modalidades Provas Objetivas

Número questões

Valor de Cada Questão

Pontuação Máxima

Língua Portuguesa

15

2,5

37,5

Conhecimentos Pedagógicos

10

2,5

25,0

Conhecimentos Específicos

15

2,5

37,5

c) Para as Categorias Funcionais de Assistente de Administração e Atendente de Consultório Dentário

Modalidades Provas Objetivas

Número questões

Valor de Cada Questão

Pontuação Máxima

Língua portuguesa

16

2,5

40

Matemática

14

2,5

35

Conhecimentos de informática

10

2,5

25

d) Para as Categorias Funcionais de Técnico de Laboratório, Agente Comunitário de Saúde e Agente de Creche, Motorista, Motorista de Transporte Escolar, Operador de Máquinas Pesadas e Tratorista

Modalidades Provas Objetivas

Número questões

Valor de Cada Questão

Pontuação Máxima

Língua portuguesa

16

2,5

40

Matemática

14

2,5

35

Conhecimentos específicos

10

2,5

25

e) Para todas categorias funcionais de nível Fundamental e Alfabetizado, exceto os do item anterior:

Modalidades Provas Objetivas

Número questões

Valor de Cada Questão

Pontuação Máxima

Língua portuguesa

20

2,5

50

Matemática

20

2,5

50

4.2.3. O conteúdo programático das provas escritas é o constante do Anexo III deste Edital.

4.2.4. As provas de conhecimentos específicos serão elaboradas e aplicadas de acordo com as atribuições da função que o candidato concorrer e a área de atuação do respectivo cargo.

4.2.5. A prova escrita terá e será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos.

4.2.6. A nota de cada candidato será a soma dos pontos obtidos em cada modalidade de prova.

4.2.6.1. Será eliminado o candidato que tiver rendimento nas provas escritas inferior a 50,0 (cinquenta) pontos ou obtiver nota zero em qualquer uma das disciplinas.

4.2.7. A duração total das provas será de 3 (três) horas para todos as categoria funcionais.

4.2.8. Os locais e horários de realização das Provas Escritas constarão em edital específico que será publicado no mural da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, na imprensa oficial do Município e no site www.guialopesdalaguna.ms.gov.br.

4.2.8.1. É de responsabilidade de o candidato conhecer, conforme divulgação, os respectivos locais e horários de realização das provas.

4.2.9. O candidato deverá comparecer ao local de realização das provas com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário fixado, munido do documento original de identidade e caneta esferográfica azul ou preta, lápis preto e borracha.

4.2.10. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda ou furto, deverá substituí-lo por documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial com, no máximo, 30 (trinta) dias da expedição, sendo, nessa ocasião submetido à identificação especial, em formulário próprio, para coleta de dados, assinatura e impressão digital.

4.2.11. O candidato que não apresentar documento de identidade, para realização das Provas Escritas, não poderá realizar as provas, sendo automaticamente eliminado do Concurso Público.

4.2.12. Para entrar na sala de provas, o candidato deverá identificar-se, apresentando ao fiscal o seu documento original de identidade ou outro documento oficial com foto.

4.2.13. O candidato será identificado rigorosamente durante a realização das Provas Escritas e, na ocasião, deverá assinar a Lista de Presença.

4.2.14. Não será admitido, na sala de provas, o candidato que se apresentar após o horário oficial de Mato Grosso do Sul, estabelecido para o fechamento dos portões.

4.2.15. A ausência do candidato implicará em sua eliminação do concurso, não havendo, em hipótese alguma, outra oportunidade.

4.2.16. O candidato deverá transcrever todas as respostas para o cartão-resposta, mediante o uso de caneta esferográfica azul ou preta, que será o único documento considerado para a correção eletrônica.

4.2.17. O candidato, ao terminar a prova, deverá entregar ao fiscal o cartão-resposta, somente depois de decorrida 1 (uma) hora do início da prova e poderá levar o caderno de questões.

4.2.18. Os três últimos candidatos deverão permanecer na sala, sendo liberados somente quando todos tiverem concluído as provas.

4.2.19. Não serão computadas questões não assinaladas, que contenham mais de uma resposta, emendas ou rasuras, não sendo permitido o uso de corretivo.

4.2.20. Será sumariamente eliminado do Concurso o candidato que se utilizar de meios ilícitos para a execução das provas;

a) Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido ou descortês para com qualquer dos aplicadores, seus auxiliares ou autoridades;

b) Afastar-se da sala de provas sem o acompanhamento do fiscal, antes de tê-las concluído;

c) For surpreendido, durante as provas, em qualquer tipo de comunicação com outro candidato ou se utilizando de máquinas de calcular ou similar, livros, códigos, manuais, impressos ou anotações;

d) For constatado, após as provas, por meio de perícia, ter-se utilizado de processos ilícitos na realização das mesmas.

4.2.20.1. Não será permitido, durante a realização das provas, o uso de quaisquer meios eletrônicos, inclusive aparelhos celulares, que deverão permanecer desligados durante todo o período de realização das provas.

4.2.21. Não será permitida, em hipótese alguma, no local de provas, durante a realização das mesmas, a permanência de pessoas acompanhantes de candidatos.

4.2.22. A Comissão de Concurso Público reserva-se o direito de, a qualquer momento, mandar colher a impressão digital para análise por especialistas em identificação, de qualquer candidato cuja documentação suscitar dúvidas.

4.2.23. As eventuais ocorrências verificadas durante a realização das provas, bem como qualquer questionamento sobre dúvidas quanto a formulação de questões da prova, deverão, por determinação dos fiscais de sala ou a pedido de qualquer dos candidatos, constarem em ata, para posterior análise da Comissão do Concurso Público e encaminhamento à organizadora do Concurso.

4.2.24. Não haverá segunda chamada para as provas e nem realização de provas fora da data, horário e local estabelecidos para cada candidato.

4.2.25. Será dado conhecimento do Gabarito Oficial do Concurso a todos os candidatos até 3 (três) dias após a realização das Provas Escritas, através de Edital Específico que será publicado no Mural da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna/MS, na imprensa oficial do Município e disponibilizado no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br.

4.3. Provas Práticas: Para as provas práticas serão convocados, em ordem decrescente das notas das provas escritas, candidatos dentro de 05 (cinco) vezes o número de vagas oferecidas para as categorias funcionais de Motorista, Motorista de Transporte Escolar, Operador de Máquinas Pesadas e Tratorista, incluídos os empate na última posição.

4.3.1. As provas práticas serão aplicadas de acordo com as normas do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul, para habilitação nas categorias exigidas para o provimento da categoria funcional.

4.3.2. As provas práticas serão avaliadas nos conceitos "Aptos" ou "Inaptos" e terá caráter eliminatório.

4.3.3. As provas práticas serão realizadas em local e horário que serão amplamente divulgados por edital publicado na imprensa oficial do município e no site www.guialopesdalaguna.ms.gov.br

4.4. Prova de Títulos:

4.4.1. Para a Prova de Títulos serão convocados, em ordem decrescente das notas da prova escrita, candidatos dentro de 05 (dez) vezes o número de vagas oferecidas para cada categoria funcional de nível superior e nível médio, incluídos os empates na última posição.

4.4.2. Os candidatos convocados para fazer a entrega dos títulos, deverão entregar os documentos comprobatórios de titulação através de fotocópias autenticadas em cartório ou à vista dos originais, em data e local a serem definidos através de Edital específico que será publicado no Mural da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna/MS, na imprensa oficial do Município e disponibilizado no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br.

4.4.3. Receberá nota zero o candidato que não entregar os títulos na forma, no prazo e no local estipulados no edital de convocação para a Prova de Títulos.

4.4.4. Para efeito de avaliação, todas as atividades previstas dos títulos deverão estar concluídas.

4.4.5. Não serão aceitos títulos encaminhados via postal, via fax ou via correio eletrônico.

4.4.6. Não serão consideradas, para efeito de pontuação, as cópias não autenticadas em cartório ou que não venham acompanhadas dos respectivos originais para autenticação pela Banca Examinadora.

4.4.7. Na impossibilidade de comparecimento do candidato, serão aceitos os títulos entregues por terceiros, mediante a apresentação de documento de identidade original do procurador e de procuração, pública ou particular, com firma reconhecida em cartório, acompanhada de cópia legível de documento de identidade do candidato.

4.4.7.1. Somente será aceita uma procuração por candidato.

4.4.7.2. Serão de inteira responsabilidade do candidato as informações prestadas por seu procurador no ato da entrega dos títulos, bem como a entrega dos títulos na data prevista no edital de convocação para a Prova de Títulos, arcando o candidato com as consequências de eventuais erros de seu representante.

4.4.8. Os títulos serão aferidos pela Comissão de Avaliação da Prova de Títulos, observados os critérios e o valor correspondente em pontos explicitados nos quadros abaixo:

Item

Títulos

Pontuação

Unitária

Máxima

1

Diploma, certificado ou declaração original de conclusão de curso de pós-graduação em nível de Doutorado na área do cargo que concorrer:

4

4

2

Diploma, certificado ou declaração original de conclusão de curso de pós-graduação em nível de Mestrado na área do cargo que concorrer:

2,5

5,0

3

Diploma, certificado ou declaração original de conclusão de curso de pós-graduação em nível de Especialização - lato sensu, com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas, na área de atuação da função que concorre, exclusive quando utilizado para atender requisito para o cargo/função:

2,0

4,0

4

Diploma ou Certificado de conclusão de curso de nível superior de graduação, em qualquer área, quando o pré requisito para provimento do cargo for nível médio.

2,0

2,0

5Experiência profissional exclusivamente na área do cargo que concorrer, comprovada através de Carteira de trabalho e Previdência Social ou Certidão de Tempo de Serviço, por ano ou fração de ano superior a 182 dias0,55,0

TOTAL

20

4.4.9. Não serão computados documentos que não consignem, de forma expressa e precisa, as informações necessárias à sua avaliação, assim como aqueles cujas cópias estiverem ilegíveis, mesmo que parcialmente.

4.4.10. São consideradas informações necessárias nos documentos: carga horária; período do curso; nome da instituição com timbre ou carimbo impresso; assinatura do responsável pela instituição, com identificação e/ou carimbo e conteúdo programático.

4.3.10.1. Não serão computados certificados de estágio, monitoria, bolsa de estudos, serviço voluntário, curso preparatório para concursos, visita técnica ou de viagem cultural.

4.4.11. Para efeito de pontuação, cada título será considerado uma única vez.

4.4.12 Quando da apresentação dos títulos, o candidato receberá documento comprobatório dos pontos obtidos, com a assinatura do candidato e da pessoa designada pela Presidência da Comissão.

4.4.13. Os títulos, apresentados após sua entrega, não poderão ser substituídos ou devolvidos e não será permitido acrescentar outros títulos aos já entregues.

4.4.14. Todo documento, expedido em língua estrangeira, somente será considerado quando traduzido para a Língua Portuguesa, por tradutor público.

4.4.14.1. Os documentos de conclusão de curso de graduação ou pós-graduação, expedidos em língua estrangeira, deverão estar revalidados por Instituição de Ensino Superior no Brasil, conforme art. 48 da Lei nº 9394/96, de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

4.4.15. O resultado do total dos pontos obtidos na Prova de Títulos será divulgado através de edital específico que será publicado no Mural da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna/MS, na imprensa oficial do Município e disponibilizado no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br.

4.4.16. A nota da Prova de Títulos será a soma dos pontos obtidos com a titulação apresentada e terá caráter classificatório.

4.4.17. A Comissão de Avaliação da Prova de Títulos não analisará documentos que não expressem com clareza o objetivo do evento, associado a categoria funcional que o candidato concorre..

4.4.20 A apresentação de documento que não coadune com a verdade implicará na eliminação do candidato, mediante publicação em edital.

4.4.21. A apresentação de documento com rasuras ou alterações em qualquer informação, se comprovadas, será caracterizado fraude e implicará na eliminação do candidato, mediante publicação em edital.

5. DOS RECURSOS

5.1. O candidato poderá recorrer nos dois dias úteis subsequentes à data de publicação:

a) Face à omissão de seu nome ou para retificação de dados ocorridos por erro de digitação, na publicação da relação de candidatos inscritos;

b) Se não concordar com o Gabarito Oficial, para apresentar recurso, devidamente fundamentado, digitado ou em letras de forma, devendo constar o nome do candidato e endereço completo para correspondência;

c) Contra o resultado escrita, da prova prática e da prova de títulos, e do resultado final devidamente fundamentado.

5.1.1. O recurso referente à divulgação do resultado pelo Gabarito Oficial deverá ser encaminhado em folha individualizada por questão, assinado e com cópia da bibliografia que o fundamente.

5.1.2. Os recursos apresentados em desacordo com o subitem anterior, que se basearem em razões meramente subjetivas ou decorrentes de inconformismo do candidato serão liminarmente indeferidos.

5.2. Não serão aceitos recursos enviados por fac-símile ou por meio eletrônico.

5.3. O recurso deverá ser endereçado à Comissão Municipal de Concurso Público e entregue pessoalmente, por procurador nos dias úteis, no horário das 7h00min às 11h00min, na Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, sito a Rua Adalberto de Menezes nº 208 Vila Planalto ou encaminhado por SEDEX, com AR, CEP 79230-000, valendo a data da postagem.

6. DAS NOTAS FINAIS

6.1. A nota da Prova Escrita corresponderá ao somatório dos pontos obtidos em cada modalidade de prova objetiva que o candidato realizou, segundo a seguinte fórmula:

a) para os cargos de nível superior:

NPE = NPLP + NPCE

b) para os cargos de Professor e Coordenador Pedagógico:

NPE = NPLP + NPCP + NPCE + NPCI

c) para os cargos de Assistente de Administração e Atendente de Consultório Dentário:

NPE = NPLP + NPM + NPCI

d) para os cargos de Técnico de Laboratório, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Creche, Motorista, Motorista de Transporte Escolar, Operador de Máquinas Pesadas e Tratorista:

NPE = NPLP + NPM + NPCE

d) para as funções de nível Fundamental e Alfabetizado: NPE = NPLP + NPM

Sendo:

NPE = Nota da Prova Escrita;
NPLP = Nota da Prova de Língua Portuguesa;
NPM = Nota da Prova de Matemática;
NPCP = Nota da Prova de Conhecimentos Pedagógicos;
NPCE = Nota da prova de Conhecimentos Específicos;
NPCI = Nota da Prova de Conhecimentos de Informática

6.2. Serão considerados aprovados na Prova Escrita, os candidatos que obtiverem NPE igual ou superior a 50% (cinqüenta por cento) do somatório da pontuação máxima prevista para as modalidades que se submeteu.

6.3. A Nota Final dos candidatos aos cargos de nível superior e médio corresponderá ao somatório da pontuação obtida na Prova Escrita (NPE) com os pontos obtidos na Prova de Títulos.

7. DA CLASSIFICAÇÃO FINAL

7.1. A classificação dos candidatos será realizada pela ordem decrescente da Nota Final obtida no Concurso Público.

7.2. Na hipótese de igualdade de Nota Final, o desempate dar-se-á com observância dos seguintes critérios, sucessivamente:

a) idade mais elevada, desde que o candidato tenha mais de 60 (sessenta) anos, conforme disposições do Estatuto do Idoso;

b) maior nota na modalidade de Conhecimentos Específicos;

c) maior nota na modalidade de Língua Portuguesa;

d) maior nota na modalidade de Matemática

e) tiver mais idade (para o caso daqueles que não se enquadrarem na letra "a".

7.3. O resultado do Concurso será homologado pelo Prefeito Municipal, divulgado através de Edital publicado no Mural da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna/MS, na imprensa oficial do Município e disponibilizado no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br.

8. DA NOMEAÇÃO E POSSE

8.1. Os candidatos aprovados no Concurso Público serão nomeados, obedecendo rigorosamente a ordem de classificação, por ato do Prefeito Municipal e convocados, através de Edital publicado na imprensa oficial do Município e no mural da Prefeitura Municipal e no endereço eletrônico www.guialopesdalaguna.ms.gov.br para entrega dos comprovantes dos requisitos exigidos para provimento do cargo.

8.2. A posse dos candidatos, desde que se apresentarem e comprovarem os requisitos exigidos será efetivada perante o Prefeito Municipal ou por autoridade designada.

8.3. Para tomar posse, o candidato nomeado e convocado fica sujeito à aprovação em exame médico realizado pela perícia médica, conforme se dispuser no ato convocatório, correndo as eventuais despesas por conta do candidato convocado.

8.4. Depois de empossado, o candidato será lotado de acordo com as necessidades dos órgãos da Prefeitura.

8.5. A posse ocorrerá no prazo de até trinta dias, contados a partir da data da nomeação, podendo ser prorrogada a pedido do candidato, por igual período, atendido o interesse da Prefeitura Municipal.

8.6. Será considerado desistente, perdendo a vaga respectiva, o candidato aprovado que:

a) Não se apresentar para tomar posse no prazo fixado;

b) Não comprovar os requisitos exigidos para provimento do cargo ou categoria funcional;

c) Não for considerado apto no exame médico ou na avaliação da compatibilidade da respectiva deficiência com as exigências para execução das tarefas do cargo de nomeação;

d) Não apresentar a documentação comprobatória necessária para posse no cargo.

8.6.1. Os candidatos empossados e que entrarem em exercício só adquirirão a estabilidade após a avaliação de desempenho, durante o período do estágio probatório de três anos, de acordo com a legislação vigente.

8.7. O candidato nomeado e empossado que não entrar no exercício será exonerado do cargo de investidura.

8.8. O candidato classificado nomeado ou não, que tiver impedimento para a posse e exercício poderá solicitar seu reposicionamento no final da classificação do cargo de habilitação.

9. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

9.1. O Concurso Público objeto deste Edital será executado pela empresa VALE - CONSULTORIA E ASSESSORIA LTDA. - ME, estabelecida à Rua 25 de Dezembro, 768, Jardim dos Estados em Campo Grande, Estado de Mato Grosso do Sul, contratada pela Prefeitura Municipal, através de licitação.

9.2. A Comissão do Concurso Público ficará instalada na sede da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, e atenderá os candidatos na sede da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, nos dias úteis, horário das 7h00minh às 11h00min, na Rua Adalberto de Menezes nº 208 Vila Planalto, Guia Lopes da Laguna.

9.3. O candidato será o único responsável pela tomada de conhecimento das atribuições do cargo e, também, das datas, locais, horários e procedimentos pertinentes às várias etapas do Concurso Público.

9.4. O prazo de validade do Concurso será de dois anos, a contar da data da homologação do seu resultado, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Municipal.

9.5. Na hipótese de abertura de novas vagas, por criação ou vacância, durante a vigência do Concurso objeto deste Edital, serão nomeados os candidatos aprovados e por necessidade da Prefeitura Municipal, rigorosamente a ordem de classificação.

9.6. O candidato será responsável, perante a Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna/MS, pelo preenchimento, exatidão e atualização dos dados constantes em sua Ficha de Inscrição, durante a realização do Concurso, em especial do endereço residencial e, após a homologação do resultado.

9.7. Não será fornecido documento comprobatório de participação ou classificação no Concurso Público, valendo para esse fim a publicação no órgão oficial do Município.

9.8. A verificação, em qualquer época, de declaração ou de apresentação de documentos falsos ou a prática de atos dolosos pelo candidato, importará na anulação de sua inscrição e de todos os atos dela decorrentes, sem prejuízo de outros procedimentos legais.

9.9. Não será efetivada a posse de candidato aprovado que tenha sido condenado por sentença transitada em julgado ou demitido do serviço público por qualquer órgão ou entidade da União, de Estados, do Distrito Federal ou de Municípios, de qualquer dos seus Poderes.

9.10. Os candidatos poderão dirimir dúvidas relativas ao concurso, através dos telefones (67) 3269- 1081, (67) 8132-4070 ou ainda pelo site www.guialopesdalaguna.ms.gov.br.

9.11. As disposições deste Edital poderão ser alteradas ou complementadas, enquanto não efetivado o fato respectivo, através da publicação do Edital correspondente.

9.12. Os casos omissos e as dúvidas que surgirem na interpretação deste Edital serão apreciados pela Comissão de Concurso Público e aprovados pelo Prefeito Municipal.

GUIA LOPES DA LAGUNA/MS, 13 de novembro de 2013.

JACOMO DAGOSTIN
Prefeito Municipal

Comissão Municipal de Concurso Público

ROBERTA ALYCE KATAYAMA TRAVAIN
Presidente

Membros:

BERNARDINO DOS SANTOS MEIRELES

HEITOR CLÓVIS NAGEL

ANEXO I

RELAÇÃO DOS CARGOS A PROVER

GRUPO I - ATIVIDADES PROFISSIONAIS NÍVEL SUPERIOR E TÉCNICO - APNST

CATEGORIA FUNCIONAL

VAGAS

CARGA HORÁRIA SEMANAL (h)

PADRÃO

VENCIMENTO BASE

REQUISITO PARA PROVIMENTO

 

TOTAL

VAGAS PARA PNE

 

 

 

 

BIOQUÍMICO/BIOMÉDICO

01

-

20

XII

1.687,53

Nível Superior com Registro no Conselho da Classe

FARMACÊUTICO/BIOQUÍMICO

01

-

40

XIII

2.318,06

ENFERMEIRO

03

-

40

XIII

2.318,06

NUTRICIONISTA

02

-

20

XII

1.687,53

ODONTÓLOGO

03

-

40

XIII

2.318,06

FISIOTERAPEUTA

02

-

20

XII

1.687,53

PSICÓLOGO

02

-

40

XIII

2.318,06

MÉDICO

03

-

40

XV

6.939,45

ASSISTENTE SOCIAL

03

-

40

XIII

2.318,06

FONOAUDIÓLOGO

01

-

40

XIII

2.318,06

ENGENHEIRO AGRÔNOMO

01

-

40

XIII

2.318,06

TÉCNICO DE LABORATÓRIO

01

-

40

XI

776,27

Ensino Médio Completo c/ Curso Profissionalizante

OBSERVAÇÕES:

1) Ao vencimento base será acrescido de 10% a títulos de gratificação.

2) Será feita complementação salarial para os que recebem valor inferior ao salário mínimo nacional.

GRUPO II - ATIVIDADES PROFISSIONAIS DIVERSAS - APD

CATEGORIA FUNCIONAL

VAGAS

CARGA HORÁRIA SEMANAL (h)

PADRÃO

VENCIMENTO BASE

REQUISITO PARA PROVIMENTO

 

TOTAL

VAGAS PARA PNE

 

 

 

 

ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO

09

01

40

IX

708,75

Ensino Médio Completo

ATENDENTE DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

03

-

40

IX

708,75

Ensino Médio Completo com registro no CRO

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF Ovidio Paulo de Oliveira

07

01

40

XI

776,27

Ensino Médio Completo

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF Ranolfo Pereira da Silva

07

01

40

XI

776,27

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF São Miguel

08

01

40

XI

776,27

AGENTE DE CRECHE

05

01

40

X

742,51

Ensino Médio com Magistério Completo

INSPETOR DE ALUNOS

03

-

40

IV

556,88

Ensino Fundamental

MOTORISTA

03

-

40

IX

708,75

Alfabetizado com CNH "E"

MOTORISTA DE TRANSPORTE ESCOLAR

04

-

40

IX

708,75

Alfabetizado com CNH "D" e certificado de conclusão e aprovação em curso de transporte escolar

OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

03

-

40

XI

776,27

Alfabetizado com CNH "D"

TRATORISTA

04

-

40

IX

708,75

Alfabetizado com CNH "C"

GRUPO II - ATIVIDADES PROFISSIONAIS DIVERSAS - APD - CONTINUAÇÃO

CATEGORIA FUNCIONAL

VAGAS

CARGA HORÁRIA SEMANAL (h)

PADRÃO

VENCIMENTO BASE

REQUISITO PARA PROVIMENTO

TRABALHADOR BRAÇAL

08

01

40

I

506,24

Alfabetizado

AUXILIAR DE COPA E COZINHA

04

-

40

III

540,01

Alfabetizado

VIGIA

02

-

40

IV

556,88

Alfabetizado

OBSERVAÇÕES:

1) Ao vencimento base será acrescido de 10% a títulos de gratificação.

2) Será feita complementação salarial para os que recebem valor inferior ao salário mínimo.

GRUPO III - ATIVIDADES PROFISSIONAIS DA ÁREA EDUCACIONAL - APE

CATEGORIA FUNCIONAL

VAGAS

CARGA HORÁRIA SEMANAL (h)

NÍVEL

VENCIMENTO BASE

REQUISITO PARA PROVIMENTO

 

TOTAL

VAGAS PARA PNE

 

 

 

 

COORDENADOR PEDAGÓGICO

06

01

40

I

1.820,74

Nível superior com formação em Pedagogia ou nível superior na área educacional com especialização em Planejamento, Supervisão, Orientação, Administração ou Inspeção Escolar

PROFESSOR REGENTE

28

03

20

I

910,36

Formação em Pedagogia ou Normal Superior

PROFESSOR DE GEOGRAFIA

01

-

20

I

910,36

Nível Superior com habilitação em Geografia

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

06

01

20

I

910,36

Nível Superior com habilitação em Educação Física

PROFESSOR DE ARTES

02

-

20

I

910,36

Nível Superior com habilitação em Artes

PROFESSOR DE CIÊNCIAS

01

-

20

I

910,36

Nível Superior com habilitação em Ciências

PROFESSOR DE MATEMÁTICA

01

-

20

I

910,36

Nível Superior com habilitação em Matemática

PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA

02

-

20

I

910,36

Nível Superior com formação em Letras e habilitação em Língua Portuguesa

PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA

02

-

20

I

910,36

Nível Superior com formação em Letras e habilitação em Língua Estrangeira moderna - Inglês

PROFESSOR DE HISTÓRIA

01

-

20

I

910,36

Nível Superior com habilitação em História

ANEXO II

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

GRUPO I - ATIVIDADES PROFISSIONAIS NÍVEL SUPERIOR E TÉCNICO - APNST

CATEGORIA FUNCIONAL

ATRIBUIÇÕES

BIOQUÍMICO/BIOMÉDICO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução qualificada de tarefas análises de toxicológicas, hematológicas e clinicas para apoio a diagnóstico.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Desenvolver e interpretar a rotina de todos os setores laboratoriais (bioquímica, imunologia, microbiologia, hematologia e urinálise clínicas, parasitologia, bacteriologia, virologia, mitologia e outros, valendo-se de técnicas específicas para complementar o diagnóstico de doenças);

- Manter controle de qualidade no setor laboratorial;

- Preparar boletins informativos com a finalidade de fornecer subsídios para a classe médica

- Orientar e controlar atividades de equipes auxiliares;

- Dar pareceres sobre a compra de materiais e equipamentos laboratoriais, fornecendo as especificações técnicas necessárias

- Preparar reagentes, soluções, vacinas, meios de cultura e outros para aplicação em análise clínica;

- Efetuar controle de qualidade de máterias primas, produtos em elaboração e produtos acabados, realizando análise de laboratório, para assegurar-se de que os mesmos atendem as especificações propostas;

- Supervisionar o trabalho de auxiliares de manipulação e controle de produtos de análises clinica e saúde pública;

- Assessorar e assumir a responsabilidade técnica de órgão ou laboratórios de analises clinica ou de saúde pública;

- Executar vistoria, perícia, avaliação, arbitramento e serviços técnicos, elaboração de pareceres, laudos e atestados do âmbito das atribuições respectivas;

- Realizar pesquisas microbiológicas e imunológicas, químicas, físico-químicas e físicas relativas a quaisquer substâncias ou produtos que interesse à saúde pública;

- Examinar e controlar composição e atividade de qualquer produto de uso parenteral, vacinas, anatoxinas, antitoxinas, antibióticos, fermentos, alimentos, saneamento, produtos de uso cirúrgico, plástico e quaisquer outros de interesse da saúde pública;

FARMACÊUTICO/BIOQUÍMICO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de atividades inerentes às atividades de supervisão, programação, coordenação de estudos e tarefas relativas a métodos e técnicas de produção, distribuição e controle de medicamentos e execução qualificada de tarefas análises de toxicológicas, hematológicas e clinicas para apoio a diagnóstico

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Desenvolver e interpretar a rotina de todos os setores laboratoriais (bioquímica, imunologia, microbiologia, hematologia e urinálise clínicas, parasitologia, bacteriologia, virologia, mitologia e outros, valendo-se de técnicas específicas para complementar o diagnóstico de doenças);

- Manter controle de qualidade no setor laboratorial;

- Preparar boletins informativos com a finalidade de fornecer subsídios para a classe médica

- Orientar e controlar atividades de equipes auxiliares;

- Dar pareceres sobre a compra de materiais e medicamentos, fornecendo as especificações técnicas necessárias;

- Efetuar controle de qualidade de matérias primas, produtos em elaboração e produtos acabados, realizando análise de laboratório, para assegurar-se de que os mesmos atendem as especificações propostas;

- Supervisionar o trabalho de auxiliares de manipulação e controle de produtos farmacêuticos

- Executar vistoria, perícia, avaliação, arbitramento e serviços técnicos, elaboração de pareceres, laudos e atestados do âmbito das atribuições respectivas;

- Assumir a responsabilidade técnica das farmácias de hospitais, ambulatórios e dispensários;

- Supervisionar a organização e controle de produtos farmacêuticos, químicos e biológicos;

- Participar dos exames e controle de qualidade de drogas e medicamentos, produtos biológicos, químicos, odontológicos e outros que interessem à saúde humana;

- Orientar a supervisionar a manipulação farmacêutica e o aviamento de receitas médicas;

- Promover o controle de receitas, realizando periodicamente o balanço de entorpecentes;

- Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

ENFERMEIRO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de atividades de atendimento aos pacientes hospitalizados, dispensando-lhes cuidados simples de enfermagem, sob orientação e supervisão média.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Prestar cuidados diretos de enfermagem a pacientes hospitalizados, administrando-lhe os medicamentos prescritos pelo médico, auxiliando-os em sua higiene pessoal, em sua movimentação e na alimentação, para proporcionar-lhes conforto e bem-estar;

- Acompanhar ou transportar pacientes para os raios X, laboratórios, sala de operações ou outros locais, utilizando cadeiras de rodas ou maca, para assegurar a realização do exame ou tratamento;

- Efetuar coleta de urina, fezes e escarro em pacientes adequados, seguindo rotina estabelecida para possibilitar a realização dos exames de laboratórios requisitados;

- Efetuar a chamada do paciente e o posicionamento adequado do mesmo, seguindo as instruções recebidas para auxiliar o médico na realização do exame;

- Executa atividades de apoio, como a lavagem e preparo do material para esterilização, preparo de cama simples e de operado, o recebimento, conferencia e arranjo da roupa vinda da lavanderia, a arrumação e manutenção da ordem e limpeza no ambiente de trabalho, seguindo processos rotineiros, para facilitar as tarefas dos demais membros da equipe de saúde;

- Auxiliar o médico nas salas de cirurgia;

- Fazer assepsia e curativos em ferimentos e outras lesões;

- Participa de campanhas de vacinação e outras de saúde pública;

- Participa de equipes de Saúde da Família;

- Coordenar e gerenciar programas de saúde de interesses da Secretaria Municipal de Saúde;

- Promover campanhas de saúde;

- Promover atividades educativas;

- Executar outras tarefas afins.

NUTRICIONISTA

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de atividades de pesquisar, elaborar, dirigir e controlar os programas e serviços de nutrição nas diversas unidades da Prefeitura, bem como a população de baixa renda no Município;

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Identificar e analisar hábitos alimentares e deficiências nutritivas nos indivíduos, bem como compor cardápios especiais visando suprir as deficiências diagnosticadas;

- Supervisionar, orientar e coordenar os serviços de alimentação promovidos pelo Hospital Municipal, verificando o cumprimento das normas estabelecidas;

- Supervisionar, orientar e coordenar os serviços de alimentação da rede municipal de Ensino;

- Proceder com recomendações que visem à melhoria das condições de vida da comunidade de baixa renda no que se refere a difundir hábitos alimentares mais adequados, de higiene e educação do consumidor;

- Elaborar previsões de consumo de gêneros alimentícios e utensílios, calculando e determinado às quantidades necessárias a execução dos serviços de nutrição, bem como estimulando os respectivos custos;

- Pesquisar o mercado fornecedor, seguindo critério custo/qualidade;

- Elaborar pareceres, informes técnicos e relatórios, fazendo observações e sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento e aperfeiçoamento de atividade em sua área de atuação;

- Participar de grupos de trabalho e/o reuniões com unidades da Prefeitura e outras entidades publicas e particulares, realizando estudos, emitindo pareceres ou fazendo exposições sobre situações e/ou problemas identificados, opinando, oferecendo sugestões, revisando discutindo trabalhos técnico científicos, para fins de formulação de diretrizes, planos e programas de trabalho afetos ao Município

- Executar outras atribuições afins.

ODONTÓLOGO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de atividades de diagnosticar e tratar afecções da boca, dentes e região maxilofacial, utilizando processos clínicos ou cirúrgicos, para manter ou recuperar a saúde oral, bem como contribuir para o bem-estar da coletividade.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Examinar os dentes e a cavidade bucal, utilizando aparelhos ou por via direta, para verificar a presença de caries e outras afecções;

- Identificar as afecções quando a extensão e profundidade, valendo-se de instrumentos especiais, exames laboratoriais, e/ou radiológicos, para estabelecer o plano de tratamento;

- Aplicar anestesia troncular, gengival eutópica, utilizando medicamentos anestésicos, para dar composto e facilitar o tratamento;

- Extrair raízes e dentes, utilizando boticões, alavanca e outros instrumentos especiais, para prevenir infecções mais graves;

- Restaurar cáries dentárias, empregando instrumentos, aparelhos e substâncias especiais, como amálgama, cimento, porcelana e outros, para evitar o agravamento do processo e restabelecer a forma e a função do dente;

- Executar limpeza profilática dos dentes e gengivas, extraindo tártaro, para eliminar a instalação de focos de infecção;

- Substituir ou restaurar partes da coroa dentária, colocando incrustações ou coroas protéticas, para completar ou substituir o órgão dentário, facilitar a mastigação e restabelecer a estética;

- Coordenar, supervisionar ou executar a coleta de dados sobre o estado clínico dos pacientes, lançando-os em fichas individuais, para acompanhar a evolução do tratamento;

- Participar do planejamento, execução e avaliação de programas educativos de prevenção à saúde da boca e dos dentes, a fim de contribuir para a melhoria da saúde bucal da comunidade e em especial dos alunos da rede municipal de ensino;

- Executar e avalia atividades de fluoretização dos dentes ou outras técnicas para desenvolver programas de profilaxia de cárie dentária;

- Executar outras tarefas determinadas pelo superior imediato;

FISIOTERAPEUTA

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a orientação, a execução e tratamento de doenças reumáticas, de paralisias, seqüelas de acidentes vascular cerebrais e outros, empregando ginástica corretiva, cinesioterapia, eletroterapia e demais técnicas especiais de reeducação funcional dos órgãos e tecidos afetados.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Avaliar e reavaliar o estado de saúde de doentes e acidentados, realizando testes musculares, funcionais, de amplitude articular, de verificação de cinética e movimentação, de pesquisa de reflexos, provas de esforço, de sobrecarga e de atividades, para identificar o nível de capacidade funcional dos órgãos afetados;

- Planejar e executar tratamentos de afecções reumáticas, osteoartroses, seqüelas de acidentes vasculares cerebrais, poliomielite, de traumatismos raquimedulares, de paralisias cerebrais, motoras, neurógenas e de nervos periféricos, miopatias e outros, utilizando-se de meios físicos especiais como cinesioterapia e hidroterapia, para reduzir ao mínimo as conseqüências dessas doenças;

- Atender amputados, preparando o coto e fazendo treinamento com prótese, para possibilitar sua movimentação ativa e independente;

- Ensinar exercícios corretivos, de coluna, defeitos dos pés, afecções dos aparelhos respiratórios e cardiovasculares, orientando e treinando o pacientes em exercícios ginásticos especiais, para promover correções de desvios de postura e estimular a expansão respiratória e a circulação sanguínea;

- Realizar exercícios de relaxamento, exercícios de jogos com pacientes portadores de problemas psíquicos, treinando-os de forma sistemática, para promover a descarga ou liberação da agressividade e estimular a sociabilidade;

- Supervisionar e avalia atividades do pessoal auxiliar de fisioterapia, orientando-os na execução de tarefas, para possibilitar a execução correta de exercícios físicos e a manipulação de aparelhos mais simples;

- Assessorar autoridades superiores em assuntos de fisioterapia, preparando informes, documentos e pareceres, para avaliação da política da saúde;

- Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

PSICÓLOGO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de atividades de assistência a saúde mental, bem como atender e orientar a área educacional e organizacional de recursos humanos, elaborando e aplicando técnicas psicológicas para possibilitar

a orientação e o diagnostico clinico.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Prestar atendimento à comunidade e aos casos encaminhados à unidade de saúde, visando o desenvolvimento psíquico, motor e social do individuo, em relação a sua integração a família e a sociedade;

- Prestar atendimento aos casos de saúde mental como toxicômanos, alcoólatras, organizando-os em grupos homogêneos, desenvolvendo técnicas de terapia de grupo, para solução dos seus problemas

- Prestar atendimento psicológico na área educacional, visando o desenvolvimento psíquico motor das crianças e adolescentes em relação a sua integração a escola e a família, pra promover o seu ajustamento;

- Organizar e aplicar testes, provas e entrevistas, realizando sondagem de aptidões e capacidade profissional, objetivando o acompanhamento do pessoal para possibilitar maior satisfação no trabalho;

- Efetuar análise de ocupações e acompanhamento de avaliação de desempenho pessoal, colaborando com equipes multiprofissinais, aplicando testes, métodos ou técnicas da psicologia aplicada ao trabalho;

- Executar as atividades relativas ao recrutamento, seleção, orientação e treinamento profissional, realizando a identificação e análise de funções;

- Promover o ajustamento do individuo no trabalho, através de treinamento para se obter a sua auto-realização;

- Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

MÉDICO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende as atividades de efetuar exames médicos, emitindo diagnóstico, prescreve medicamentos e outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, aplicando recursos de medicina preventiva ou terapêutica, para promover a saúde e o bem-estar do paciente.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Examinar os pacientes, palpando ou utilizando instrumentos especiais para determinar o diagnóstico ou, sendo necessários, requisitar exames complementares e encaminhá-lo ao especialista;

- Registrar a consulta médica, anotando em prontuário próprios a queixa, os exames físicos e complementares, para efetuar a orientação adequada;

- Analisar e interpretar resultados de exames de raios-X, bioquímicos, hematológicos e outros, comparando-os com padrões normais, para confirmar ou informar diagnósticos;

- Prescrever medicamentos, indicando dosagem e respectiva via de administração, assim como cuidados a serem observados, para conservar ou estabelecer a saúde do paciente;

- Efetuar exames médicos destinados a admissão de candidatos a cargos em ocupações definidas, baseando-se nas exigências da capacidade física e mental das mesmas, para possibilitar o aproveitamento dos mais aptos;

- Prestar atendimento de urgência em casos de acidentes de trabalho ou alterações agudas de saúde, orientando a terapêutica adequada, para prevenir conseqüências mais graves ao trabalhador;

- Emitir atestados de saúde, sanidade e aptidão física e mental e de óbito, para atender as determinações legais;

- Participar de programas de saúde pública, acompanhando a implantação e avaliação dos resultados, assim como a realização em conjunto com equipe da unidade de saúde, ações educativas de prevenção às doenças infecciosas, visando preservar a saúde no município;

- Participar de reuniões de âmbito local, distrital ou regional, mantendo constantemente informações sobre as necessidades na unidade de saúde, para promover a saúde o bem-estar da comunidade;

- Encaminhar os pacientes para centros especializados, quando a gravidade da doença assim o exigir;

- Participar dos Programas de Saúde da Família;

- Realizar pequenas cirurgias e procedimentos médicos diversos;

- Zelar pela conservação de boas condições de trabalho, quanto ao ambiente físico, limpeza e arejamento adequado, visando proporcionar aos pacientes um melhor atendimento;

- Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato;

ASSISTENTE SOCIAL

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a elaboração e execução de programas de assistência e promoção social à população do Município e aos supervisores municipais, identificando, analisando e contribuindo para a solução dos problemas identificados.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Coordenar, elaborar, executar, supervisionar e avaliar estudos, pesquisas, planos, programas e projetos na área da assistência social;

- Realizar vistorias, perícias técnicas, laudos periciais, informações e pareceres sobre a matéria de serviço social;

- Participar da elaboração e implementação de políticas sociais a serem implantadas pela prefeitura;

- Planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social;

- Coordenar levantamento de dados para identificar problemas sociais de grupos específicos de pessoas, como menores, migrantes, estudantes da rede escolar municipal, entre outros;

- Elaborar e executar programas de capacitação de mão-de-obra e sua integração no mercado de trabalho;

- Participar da elaboração e execução de campanhas educativas e instrutivas no campo da saúde, educação e cultura;

- Organizar atividades ocupacionais para usuários do serviço social para fins de promoção humana;

- Orientar o comportamento de grupos específicos de pessoas em face de problemas de habilitação, saúde, higiene, educação, planejamento familiar e outros;

- Promover, por meio de entrevistas, visitas em domicilio e outros meios, a prevenção ou solução de problemas sociais identificados entre grupos específicos de pessoas;

- Organizar e manter atualizadas referências sobre as características socioeconômicas dos usuários do serviço social;

- Coordenar, executar ou supervisionar a realização de programas de serviço social, desenvolvendo atividades de caráter educativo, recreativo ou de assistência à saúde para proporcionar a melhoria da qualidade de vida pessoal e familiar dos servidores municipais;

- Realizar estudo social para os casos referentes à adoção, posse, guarda ou tutela de menores;

- Colaborar no tratamento de doenças orgânicas e psicossomáticas, identificando e atuando na remoção dos fatores psicossociais e econômicos que interferem no ajustamento funcional e social do cidadão;

- Orientar indivíduos e grupos de diferentes segmentos sociais no sentido de identificar recursos e de propor o uso dos mesmos no atendimento e na defesa de seus direitos;

- Elaborar pareceres, informes técnicos e relatórios, realizando pesquisas, entrevistas, fazendo observações e sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento e aperfeiçoamento de atividades em sua área de atuação

- Participar das atividades administrativas, de controle e de apoio referentes a sua área de atuação;

- Realizar outras atribuições compatíveis com sua especialização profissional.

FONOAUDIÓLOGO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de atividades de orientação e identificação de problemas ou deficiências ligadas à comunicação oral, empregando técnicas próprias de avaliação, executando treinamento fonético, auditivo e de

dicção, para possibilitar o aperfeiçoamento e/ou reabilitação da fala.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Avaliar as deficiências do paciente, realizando exames fonéticos, de linguagem, audiometria, gravação e outras técnicas próprias, para estabelecer o plano de treinamento ou terapêutico;

- Orientar pacientes com problemas de linguagem e audição, utilizando a logopedia e audiologia em sessões terapêuticas, visando sua reabilitação;

- Orientar a equipe pedagógica, preparando informes e documentos sobre assuntos de fonoaudióloga, a fim de possibilitar-lhe subsídios;

- Controlar e testar periodicamente a capacidade auditiva dos servidores, principalmente daqueles que trabalham em locais onde há muito ruído;

- Aplicar teste audiométricos para pesquisar problemas auditivos; identificando a localização da lesão auditiva e suas conseqüências na voz, fala e linguagem do individuo;

- Orientar os professores sobre o comportamento verbal da criança, principalmente com relação à voz;

- Atender e orientar os pais sobre deficiências e / ou problemas de comunicação detectados nas crianças, emitindo parecer de sua especialidade e estabelecendo tratamento adequado, para possibilitar-lhes a reeducação e a reabilitação

- Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato;

ENGENHEIRO AGRÔNOMO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de atividades de planejar, orientar e supervisionar as ações ligadas a cultivo e pastos, utilizando métodos e técnicas para aproveitamento do solo.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Estudar e executar trabalhos práticos, relacionados com a pesquisa e experimentação no campo da agronomia;

- Elaborar métodos de combate a ervas daninhas e pragas de insetos;

- Orientar a aplicação de medidas fito sanitárias;

- Elaborar estudos sobre tecnologia agrícola;

- Realizar avaliação de perícias agronômicas;

- Prestar orientação sobre produção vegetal;

- Participar de trabalhos científicos compreendidos nos campos da botânica, da fito patologia, entomologia e microbiologia agrícola;

- Orientar e coordenar trabalhos de adubagem, irrigação, frenagem e construção de barragens para fins agrícolas;

- Desenvolver pesquisas ecológicas e de climatologia agrícola;

- Planejar, supervisionar e executar projetos de ajardinamento e conservação de áreas verdes;

- Expedir notificações e autos de infração referentes a irregularidades por infringencias as normas e posturas municipais;

- Responsabilizar-se por equipes auxiliares necessárias à execução das atividades próprias do cargo;

- Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade, inclusive as editadas no respectivo regulamento da profissão.

TÉCNICO EM LABORATÓRIO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende as atividades de serviços laboratoriais e análises clínicas em geral

- ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Desenvolver atividades técnicas de laboratório, realizando exames através da manipulação de aparelhos de laboratório e por outros meios, para possibilitar o diagnóstico, o tratamento ou a prevenção de doenças;

- Elaborar rotinas para o preparo de pacientes, observando a natureza do exame a ser realizado, coleta de materiais físicos, químicos e biológicos para possibilitar realizações de exames, manipulação de aparelhos de laboratórios e outros meios de possibilitar o diagnóstico, o tratamento ou a prevenção de doença;

- Limpeza, conservação e manutenção e esterilização de aparelhos e utensílios do laboratório;

- Realização de exames laboratoriais através de equipamentos e aparelhos e outros meios com supervisão dos profissionais superiores;

- Elaborar rotinas para o preparo de reagentes, observando as normas de biossegurança; preparar reativos segundo fórmulas estabelecidas;

- Execução de métodos de análise aplicáveis a materiais biológicos e colaborar para prevenir complicações e intercorrências inerentes as atividades laboratoriais.

Executar outras tarefas afins de interesse do setor.

GRUPO II - ATIVIDADES PROFISSIONAIS DIVERSAS- APD

CATEGORIA FUNCIONAL

ATRIBUIÇÕES

ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de tarefas de apoio administrativo que envolva médio grau de complexidade.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Atender ao público, interno e externo, prestando informações simples, recebendo correspondência e efetuando encaminhamentos;

- Operar microcomputador utilizando programas básicos e aplicativos, para incluir, alterar e obter dados e informações, bem como consultar registros;

- Redigir ou participar da redação de correspondências pertinentes a unidade em que está lotado;

- Elaborar sob orientação, quadros e tabelas estatísticas, fluxogramas, organogramas e gráficos em geral;

- Auxiliar nos serviços de contabilidade, tais como elaboração e notas de empenhos, ordens de pagamentos, conferência de notas fiscais e documentos de despesas e receitas, conferir extratos e conciliações bancárias e outras atividades do setor;

- Auxiliar nos serviços de compras e licitações;

- Auxiliar nos serviços de almoxarifado, recebendo, conferindo e armazenando materiais de consumo e materiais permanentes, fazendo os devidos registros;

- Auxiliar nos serviços relativos ao lançamento e arrecadação de impostos municipais, bem como na expedição de certidões, alvarás e outros documentos;

- Auxiliar na gestão de recursos humanos, efetuando registros, elaborando folhas de pagamentos e holerits;

- Colaborar na elaboração de relatórios parciais e anuais atendendo as exigências ou normas da unidade administrativa;

- Digitar serviços diversos, transcrever originais, manuscritos ou impressos;

- Operar máquinas de transmissão de dados;

- Digitar e conferir os dados digitados:

- Elaborar atas de reuniões;

- Operar máquina copiadora;

- Coletar e transcrever dados diversos, consultando documentos, arquivos e fichários, efetuando cálculos com auxilio de máquinas, para obter informações necessárias ao cumprimento das rotinas da área administrativa;

- Participar de reuniões quando convocado;

- Executar serviços de assessoramento direito aos superiores hierárquicos, quando convocados para essa ocupação;

- Executar tarefas correlatas a critério do superior imediato;

ATENDENTE DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a recepção de pessoas em consultório dentária, procurando identificá-la averiguando suas necessidades, para prestar informações, receber ou encaminhá-las ao dentista.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Auxiliar o dentista no desempenho de suas funções, preparando materiais e instrumentos necessários ao tratamento dentário;

- Esterilizar os instrumentos, de acordo com as normas técnicas exigidas;

- Preparar os pacientes para o atendimento odontológico;

- Atender os pacientes, procurando identificá-los, averiguando as necessidades e o histórico clínico dos mesmos para prestar-lhes informações e encaminhá-los ao dentista;

- Efetuar o controle da agenda de consultas e procedimentos odontológicos, verificando os horários disponíveis, registrando as marcações realizadas, para mantê-las organizadas e atualizadas;

- Controlar o fichário e ou arquivo de documentos relativos ao histórico do paciente;

- Executar outras tarefas correlatas:

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende o exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor municipal.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Utilização de instrumentos para diagnóstico demográfico e sócio-cultural da comunidade;

- A promoção de ações de educação para a saúde individual ou coletiva;

- Efetuar o registro, para fim exclusivo de controle e planejamento das ações de saúde, de nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde;

- Estimular à participação da comunidade nas políticas públicas voltadas para a área da saúde;

- Realizar visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família;

- Participar em ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas que promovam a qualidade de vida;

AGENTE DE CRECHE

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende as atividades de auxilio no planejamento e execução de trabalho docente, a preparação de materiais psicopedagógicos, a orientação da formação de bons hábitos e atitudes, a fim de contribuir para o primoramento da qualidade de desenvolvimento da mesma.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Auxiliar no planejamento e executar o trabalho docente nas creches e ceinfs;

- Desenvolver atividades lúdicas e esportivas, visando a socialização das crianças;

- Observar e informar à coordenação pedagógica ou direção os casos de crianças com dificuldades de aprendizagem, de socialização ou com comportamentos inadequados;

- Zelar pela integridade física das crianças;

- Cooperar com a coordenação pedagógica educacional;

- Organizar registros de observação do aluno;

- Coordenar área de estudo;

- Participar de atividades extraclasses;

- Realizar procedimentos de higiene infantil, banho, escovação dentárias e corte de unhas;

- Oferecer e preparar mamadeiras, papinhas, mingaus e outros tipos de alimentação para crianças;

- Executar os trabalhos de servir refeições, lanches, merenda e outros tipos de alimentação para crianças;

- Manter as instalações de uso das crianças devidamente arrumadas e limpas, especialmente em relação à proteção e segurança no uso de brinquedos e material didático pedagógico;

- Executar outras tarefas correlatas.

INSPETOR DE ALUNOS

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende as atividades de zelar pelo bem estar dos alunos, bem como por sua disciplina nas dependências da unidade escolar:

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Zelar pela boa conduta e segurança dos alunos nas dependências da escola;

- Cumprir e fazer cumprir o regimento escolar, controlando os horários de entrada e saída dos alunos, bem como fiscalizar os espaços de recreação, definindo limites nas atividades livres;

- Garantir o cumprimento do horário escolar;

- Auxiliar os alunos que apresentem algum mal estar físico, adotando as medidas cabíveis e com a urgência necessária;

- Reportar ao diretor da unidade escolar as infrações cometidas pelos alunos;

- Cuidar das requisições de material escolar;

- Recepcionar a pais de alunos, membros da comunidade escolar e visitantes, fornecendo informações, orientando as pessoas quanto suas necessidades na unidade escolar;

- Auxiliar a zelar pela manutenção e conservação das dependências físicas da unidade escolar, móveis e equipamentos;

- Executar outras tarefas corretas;

MOTORISTA

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a atividade de dirigir veículos automotores de médio e grande porte, zelando pela conservação e funcionamento do mesmo.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Dirigir caminhões, vans e micro-ônibus, ambulâncias e automóveis de transporte de passageiros e cargas, dentro ou fora do Município;

- Verificar diariamente as condições de funcionamento do veículo, antes de sua utilização: pneus, água do radiador, bateria, nível do óleo, sinaleiros, freios, embreagem, faróis, abastecimento de combustível, entre outros;

- Verificar se a documentação do veículo a ser utilizado está completa, bem como devolvê-la a chefia imediata quando do término da tarefa;

- Zelar pela segurança dos passageiros, verificando o fechamento de portas e o uso de cintos de segurança; Fazer o transporte de saibro, terra, areia, britas, entulhos e outras cargas, conforme determinação superior;

- Trafegar sempre utilizando cinto de segurança e com respeito à legislação de trânsito, especialmente quanto aos limites de velocidade, sinalização, regras de circulação e transito, a fim de evitar infrações, multas e acidentes; Dirigir sempre de forma defensiva, com a finalidade de evitar acidentes;

- Ao dirigir ambulância, e outros veículos de passageiros tratar os pacientes e passageiros com respeito e urbanidade;

- Fazer uso correto de giroflex e sirenes;

- Prestar socorro às vítimas em caso de acidentes;

- Bascular corretamente o caminhão, no momento da descarga;

- Fazer pequenos reparos de urgência;

- Manter o veículo limpo, interno e externamente, e em condições de uso, levando-o à manutenção sempre que necessário, zelando pela sua conservação;

- Observar os períodos de revisão e manutenção preventiva do veiculo;

- Informar ao setor de manutenção, a necessidade de serviços de reparos e manutenção do veículo e auxiliar na sua execução;

- Anotar, segundo normas estabelecidas, a quilometragem rodada, viagens realizadas, objetos, cargas e pessoas transportados, itinerários e outras ocorrências;

- Recolher o veículo após o serviço, deixando-o corretamente estacionado e fechado;

- Executar outras atribuições afins.

MOTORISTA DE TRANSPORTE ESCOLAR

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a atividade de dirigir veículos automotores de passageiros, de médio e grande porte, zelando pela conservação e funcionamento do mesmo.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Dirigir ônibus, micro-ônibus e vans, de transporte de escolares, dentro ou fora do Município;

- Verificar diariamente as condições de funcionamento do veículo, antes de sua utilização: pneus, água do radiador, bateria, nível do óleo, sinaleiros, freios, embreagem, faróis, abastecimento de combustível, entre outros;

- Verificar se a documentação do veículo a ser utilizado está completa, bem como devolvê-la a chefia imediata quando do término da tarefa;

- Zelar pela segurança dos passageiros, verificando o fechamento de portas e o uso de cintos de segurança, tratando-os com respeito e civilidade;

- Zelar pelo cumprimento dos horários das viagens respeitando os horários de aulas das escolas do município;

- Tomar os devidos cuidados no embarque e desembarque de estudantes, a fim de evitar acidentes;

- Auxiliar no embarque e desembarque de alunos portadores de necessidades especiais;

- Trafegar sempre utilizando cinto de segurança e com respeito à legislação de trânsito, especialmente quanto aos limites de velocidade, sinalização, regras de circulação e transito, a fim de evitar infrações, multas e acidentes;

- Dirigir sempre de forma defensiva, com a finalidade de evitar acidentes;

- Prestar socorro às vítimas em caso de acidentes;

- Fazer pequenos reparos de urgência;

- Manter o veículo limpo, interno e externamente, e em condições de uso, levando-o à manutenção sempre que necessário, zelando pela sua conservação;

- Observar os períodos de revisão e manutenção preventiva do veiculo;

- Informar ao setor de manutenção, a necessidade de serviços de reparos e manutenção do veículo e auxiliar na sua execução;

- Anotar, segundo normas estabelecidas, a quilometragem rodada, viagens realizadas, pessoas transportados, itinerários e outras ocorrências;

- Recolher o veículo após o serviço, deixando-o corretamente estacionado e fechado;

- Executar outras atribuições afins.

OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a atividade de operar máquinas rodoviárias e tratores, destinadas aos diversos tipos de serviços de terraplanagem, nivelamento, escavação, abaulamento, transporte de terras e similares.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Operar máquinas rodoviárias, e tratores, tais como, moto niveladora, pá carregadeira, retro escavadeira, trator de esteira, rolos compactadores e compressores, moto scrap e outros equipamentos;

- Verificar diariamente as condições de funcionamento da máquina e ou equipamento, antes de sua utilização:

pneus, água do radiador, bateria, nível do óleo do motor, transmissões, hidráulicos, freios e outros, sinaleiros, sistemas de freios, embreagem, faróis, abastecimento de combustível, entre outros;

- Executar terraplanagem, nivelamento de ruas e estradas, assim como abaulamentos, abrir valetas e cortar taludes;

- Operar máquinas rodoviárias em escavação, transporte de terras, aterros e trabalhos semelhantes;

- Operar com máquinas de compactação, varredouras mecânicas, tratores e outros

- Comprimir com rolo compressor cancha para calçamento ou asfaltamento;

- Trafegar em vias públicas obedecendo as normas de circulação e trânsitos, com respeito à legislação de trânsito, limites de velocidades e sinalização a fim de evitar infrações, multas e acidentes;

- Durante a operacionalização da máquina ou equipamento zelar pela segurança das pessoas que transitam nas proximidades, sinalizando os locais corretamente, para evitar acidentes;

- Prestar socorro às vítimas em caso de acidentes;

- Fazer pequenos reparos de urgência;

- Manter o equipamento limpo, interno e externamente, e em condições de uso, levando-o à manutenção sempre que necessário, zelando pela sua conservação;

- Observar os períodos de revisão e manutenção preventiva da máquina ou equipamento;

- Informar ao setor de manutenção, a necessidade de serviços de reparos e manutenção da máquina ou equipamento e auxiliar na sua execução;

- Anotar, segundo normas estabelecidas, as horas trabalhadas, os serviços executados e outras ocorrências, conforme normas da administração;

- Recolher a máquina em local seguro após o serviço, deixando-o corretamente estacionado e fechado;

- Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

TRATORISTA

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a atividade de operar tratores agrícolas com ou sem implementos, para auxiliar nos serviços gerais de limpeza pública, conservação de vias e logradouros e serviços agrícolas.

- ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Operar tratores agrícolas, com ou sem implementos, tais como, carretas, tanques, arados, grades, roçadeiras, plantadeiras e colheitadeiras e outros

- Lavrar e discar terras preparando-as para o plantio;

- Fazer a roçagem de gramados, canteiros, praças, campos de futebol, margens de estradas vicinais e outros locais;

- Fazer a coleta e transporte de entulhos, restos de podas de árvores, resíduos sólidos, lixo, água e outros materiais;

- Verificar diariamente as condições de funcionamento do trator e implementos antes de sua utilização: pneus, água do radiador, bateria, nível do óleo do motor, transmissões, hidráulicos, freios e outros, sinaleiros, sistemas de freios, embreagem, faróis, abastecimento de combustível, entre outros;

- Trafegar em vias públicas obedecendo as normas de circulação e trânsitos, com respeito à legislação de trânsito, limites de velocidades e sinalização a fim de evitar infrações, multas e acidentes;

- Durante a operacionalização do trator zelar pela segurança das pessoas que transitam nas proximidades, sinalizando os locais corretamente, para evitar acidentes;

- Prestar socorro às vítimas em caso de acidentes;

- Fazer pequenos reparos de urgência;

- Manter o equipamento limpo, interno e externamente, e em condições de uso, levando-o à manutenção sempre que necessário, zelando pela sua conservação;

- Observar os períodos de revisão e manutenção preventiva do trator e implementos;

- Informar ao setor de manutenção, a necessidade de serviços de reparos e manutenção do equipamento e auxiliar na sua execução;

- Anotar, segundo normas estabelecidas, as horas trabalhadas, os serviços executados e outras ocorrências, conforme normas da administração;

- Recolher o trator em local seguro após o serviço, deixando-o corretamente estacionado e fechado;

- Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

AUXILIAR DE COPA E COZINHA

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de preparação e distribuição de café, chá, sucos e bebidas conforme necessidades ou critérios de seus superiores.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Executar tarefas relacionadas a preparar e servir sucos, chás e cafés, lanches e refeições;

- Auxiliar nos serviços de cozinha, quando solicitado, no preparo de refeições e lanches em qualquer unidade da

Prefeitura, escolas, ceinfs, creches, postos de saúde, hospitais e outros setores;

- Receber, conferir, separar e armazenar corretamente os gêneros alimentícios;

- Conferir os prazos de validades dos alimentos perecíveis, comunicando ao superior hierárquico em caso de prazo vencido ou prestes a vencer;

- Cuidar da higienização e limpeza de utensílios e equipamentos de copa e cozinha e local de trabalho;

- Operar aparelhos ou equipamentos de preparo e manipulação dos gêneros alimentícios e aparelhos de aquecimento ou refrigeração;

- Desenvolver suas atividades, aplicando normas e procedimentos de biossegurança;

- Cuidar de sua higiene pessoal, utilizando, na manipulação de alimentos, luvas, gorros, máscaras, aventais ou uniformes adequados;

- Executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade ou a critério de seu superior.

TRABALHADOR BRAÇAL

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a execução de serviços de limpeza, capinação, jardinagem, aplicação de herbicidas, inseticidas, movimentação de materiais e outras atividades manuais que exigem esforço físico.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Limpar e arrumar as dependências e instalações de edifícios públicos municipais, a fim de mantê-los nas condições de asseio requeridas;

- Executar serviços de capinação e roçagem;

- Executar serviços de jardinagem e podas de arvores ornamentais;

- Aplicar herbicidas nos locais determinados;

- Aplicar inseticidas nos prédios municipais, quando determinados;

- Auxiliar dos serviços de construção civil, carregando tijolos, pedra, vergalhões, pisos, cerâmicos e outros materiais e preparando concreto e argamassa manualmente ou com o uso de betoneiras;

- Auxiliar na montagem de caixas para concretagem;

- Auxiliar na concretagem de lajes, estruturas e alicerces;

- Auxiliar nos serviços de carpintaria e marcenaria;

- Auxiliar nos serviços de mecânica, lavagem. Lubrificação e manutenção de veículos, tratores e máquinas;

- Efetuar o transporte de materiais, carga e descarga de veículos;

- Abrir e compactar valas;

- Trabalhar nos serviços de varrição de ruas, avenidas, praças, parques e jardins, bem como efetuando a coleta e remoção de lixo e entulhos;

- Auxiliar na coleta de lixo domiciliar e transporte até o destino final;

- Recolher o lixo da unidade em que serve, acondicionando detritos e depositando-os de acordo com as determinações definidas;

- Manter o material arrumado sob sua guarda;

- Comunicar ao superior imediato qualquer irregularidade verificada, bem como a necessidade de consertos e reparos nas dependências, móveis e utensílios que lhe cabe manter limpos e com boa aparência;

- Executar outras tarefas afins.

VIGIA

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende a exercer a vigilância e segurança em logradouros e próprios municipais.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Exercer vigilância em locais previamente determinados;

- Realizar ronda de inspeção em intervalos fixados, adotando providências tendentes a evitar roubos, incêndios, danificações nos edifícios, praças, jardins, veículos, máquinas, equipamentos e outros materiais sob sua guarda;

- Controlar a entrada e saída de pessoas e veículos pelos portões de acesso sob sua vigilância, verificando, quando necessário, as autorizações de ingresso;

- Verificar se as portas, janelas e demais vias de acesso estão devidamente fechadas, investigando quaisquer condições anormais que tenha observado;

- Responder as chamadas telefônicas e anotar recados;

- Levar ao imediato conhecimento das autoridades competentes qualquer irregularidade verificada;

Acionar a autoridade policial quando necessário, a fim de evitar furtos ou qualquer outro dano ao patrimônio público;

- Acionar o Corpo de Bombeiros em caso de algum princípio de incêndio;

- Acompanhar funcionários, quando necessário no exercício de suas funções;

- Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

GRUPO III - ATIVIDADES PROFISSIONAIS NA ÁREA EDUCACIONAL - APE

CATEGORIA FUNCIONAL

ATRIBUIÇÕES

PROFESSOR

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Compreende executar atividades a orientar a aprendizagem do aluno, participando do processo de planejamento atividades da escola, organizando as operações inerentes ao processo de ensino aprendizado e contribuindo para o aprimoramento da qualidade do ensino.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Participar da elaboração da proposta pedagógica da unidade escolar;

- Elaborar e cumprir planos de trabalho, segundo a proposta pedagógica da unidade escolar;

- Zelar pela aprendizagem do aluno;

- Ministrar as aulas e cumprir os dias letivos estabelecidos no calendário escolar;

- Realizar o exame final dos alunos nos período previstos no calendário escolar;

- Estabelecer estratégias de recuperação de habilidade e competência para os alunos de menor rendimento;

- Participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;

- Comunicar em tempo hábil ao Diretor da unidade escolar as eventuais faltas;

- Participar do Conselho de Classe;

- Corrigir com o devido cuidado e dentro do prazo estabelecido, as atividades escolares;

- Proceder à avaliação do rendimento do aluno, em termos objetivos propostos, como o processo contínuo de acompanhamento e aprendizagem;

- Manter permanente contato com os pais ou responsáveis, informando-os e orientando-os sobre o desenvolvimento alunos e obtendo dados de interesse para o processo educativo;

- Comentar com os alunos as provas e trabalhos escolares, esclarecendo os erros e os critérios adotados;

- Fornecer ao Coordenador Pedagógico a relação de materiais de consumo necessários ao desenvolvimento atividades curriculares;

- Manter a disciplina em sala de aula e colaborar para a ordem geral da unidade escolar;

- Participar dos cursos, seminários, palestras e orientações promovidos pela Secretaria Municipal de Educação;

- Comparecer pontualmente à aulas e às reuniões;

- Conhecer e respeitar as leis, os estatutos, os regulamentos, os regimentos e demais normas vigentes;

- Utilizar metodologia de ensino adequada e compatível com os objetivos da unidade escolar;

- Escriturar diário de classe, observando as normas pertinentes;

- Participar das atividades educativas promovidas pela comunidade escolar;

- Cooperar e manter o espírito de solidariedade e companheirismo com todos os servidores e a comunidade escolar;

- Analisar juntamente com o Coordenador Pedagógico, as ementar curriculares dos alunos, a fim de definir as adaptações necessárias;

- Acatar as orientações dos superiores e tratar com respeito e urbanidade os colegas e os usuários dos serviços educacionais;

- Prestar assistência aos alunos que necessitem de estudos de adaptação;

- Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL

- Atender crianças de até 03 anos de idade;

- Participar das atividades referente a higienização e aos cuidados pessoais das crianças m sua permanência diária na unidade;

- Preparar, desenvolver e registrar atividades educativas (jogos, brincadeiras, música, etc.) com grupos de crianças;

- Colaborar no processo de orientação educacional, identificando necessidades e carências de ordem social, psicológicas, materiais ou de saúde para posterior encaminhamento à equipe técnica para orientações específicas;

- Acompanhar e registrar o desenvolvimento da criança, procurando identificar necessidades de ordem física, social e mental;

- Inteirar-se da realidade física e social da criança;

- Receber e acompanhar a criança diariamente na sua entrada e ou saída da unidade, observando seu estado geral de saúde e comunicando ao Diretor os casos de anormalidade;

- Registrar diariamente observações sobre o desenvolvimento das crianças sob sua responsabilidade;

- Manter contato com os pais ou responsáveis para troca de informações, bem como para informá-los sobre problemas ocorridos ou observados com as crianças após comunicar a direção da unidade;

- Entregar a criança aos pais, relatando eventuais incidentes ocorridos ou alterações observadas, bem como atitudes de comportamento;

- Participar de entrevistas com os pais quando convocados pelo Diretor/Professor Coordenador;

- Desenvolver todas as atividades com profissionalismos e atenção necessários ao desenvolvimento global da criança;

- Zelar pela segurança e bem estar das crianças sob sua responsabilidade;

- Prestar assistência às crianças que sofrem acidente na Unidade, comunicando ao Diretor imediatamente;

- Participar dos curso, seminários, palestras e orientações promovidos pela Secretaria Municipal de Educação;

- Comunicar ao Diretor qualquer irregularidade ocorrida na unidade;

- Registrar diariamente a presença e ausência dos alunos;

- Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

COORDENADOR PEDAGÓGICO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

- Oferecer suporte que gerencia, coordena e supervisiona as atividades relacionadas com o processo de ensino e aprendizagem, visando sempre a permanência dos alunos com sucesso.

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS

- Coordenar as atividades pedagógicas da unidade escolar;

- Participar das decisões sobre as transgressões disciplinares dos alunos;

- Coordenar e incentivar o processo pedagógico de forma articulada com os professores, respeitando as diretrizes educacionais do órgão competente;

- Organizar, acompanhar e avaliar a execução do processo pedagógico, do horário de aulas, do calendário escolar e dos planos de trabalho, em articulação com o Diretor e os professores, quando for o caso;

- Garantir o processo de planejamento e execução das atividades curriculares, criando condições para que participação efetiva de toda a equipe em torno dos objetivos gerais da unidade escolar e em função das

- características específicas das diversas áreas de trabalho;

- Assessorar o professor técnica e pedagogicamente de forma a adequar o seu trabalho aos objetivos da unidade

- escolar e aos fins da educação;

- Assistir aos professores e alunos em seus problemas de relacionamento que estejam interferindo no processo de ensino e aprendizagem;

- Propiciar as condições de atendimento aos educandos que apresentem necessidades especiais;

- Participar da elaboração da proposta pedagógica e do calendário escolar da unidade escolar;

- Manter permanente contato com os pais ou responsáveis, informando-os e orientando-os sobre o desenvolvimento do aluno e obtendo dados de interesse para o processo educativo;

- Participar das atividades cívicas, culturais e educativas da unidade escolar;

- Participar da Associação de Pais e Mestres e de outras instituições auxiliares da unidade escolar;

- Analisar, juntamente com o Secretário Escolar e o Diretor de Escola, as guias de transferências e ementas curriculares e compatibilizá-las com a matriz curricular, a fim de definir adaptações;

- Criar condições de leitura e estudos sistemáticos individuais e em grupo, estimulando a realização de experimentos inovadores das diversas áreas de conhecimento;

- Participar de cursos, seminários, palestras e orientações promovidos pela Secretaria Municipal de Educação;

- Criar mecanismos efetivos de combate à evasão e à repetência;

- Emitir parecer sobre requerimento relativo às ações pedagógicas do Corpo Docente;

- Organizar o Conselho de Classe e coordenar suas reuniões, com registro em livro próprio;

- Desempenhar outras atribuições que lhe forem delegadas, compatíveis com as suas funções;

- Proceder à observação dos alunos, identificando as necessidades e carências de ordem social, psicológica, material ou de saúde que interfiram na aprendizagem, encaminhando-os aos setores especializados;

- Orientar os professor na seleção e utilização de técnicas e estratégias de ensino visando à melhoria do rendimento escolar;

- Realizar encontros com professores para troca de experiências e proposição de alternativas que visem à melhoria do ensino;

- Orientar e acompanhar as ações desenvolvidas para a recuperação da aprendizagem e o processo de avaliação do rendimento escolar;

- Assessorar o Diretor da Escola na elaboração de todas as atividades pedagógicas da unidade escolar;

- Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

ANEXO III

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CATEGORIA FUNCIONAL

DISCIPLINA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Todos os cargos de Nível Superior
Professor (todos)
Coordenador Pedagógico

Língua Portuguesa (Com base na Reforma ortográfica 2009)

Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados; Reconhecimento de tipos e gêneros textuais; Campos semânticos; coerência e coesão textual; articulação e mecanismos textuais; Domínio da ortografia oficial; Emprego/correlação de tempos e modos verbais; Domínio da estrutura morfossintática do período; Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração; Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração; Emprego dos sinais de pontuação; Concordância verbal e nominal; Emprego do sinal indicativo de crase; Colocação dos pronomes átonos; Substituição de palavras ou de trechos de texto; Adequação da linguagem ao tipo de documento; Adequação do formato do texto ao gênero; Conhecimentos linguísticos; Ortografia: emprego das letras, divisão silábica, acentuação gráfica, encontros vocálicos e consonantais, dígrafos; Classes de palavras: substantivos, adjetivos, artigos, numerais, pronomes, verbos, advérbios, preposições, conjunções, interjeições: conceituações, classificações, flexões, emprego, locuções.

Bioquímico/Biomédico

Conhecimentos Específicos

Métodos de armazenamento e manipulação de amostras biológicas. Descarte de materiais utilizados na coleta e tratamento de amostras contaminadas. Fatores que afetam a interpretação dos resultados de exames laboratoriais. Bioquímica: correlação de resultados de exames bioquímicos com a fisiopatologia. Conceitos básicos das principais técnicas bioquímicas. Avaliação da função hepática, função renal, e enzimas cardíacas. Proteínas plasmáticas. Carboidratos e diabetes. Lipídeos, lipoproteínas, dislipidemias. Ácido úrico, uréia e creatinina. Gasometria. Erros inatos do metabolismo. Automação em bioquímica clínica. Hematologia: Fisiologia da hemostasia. Técnicas hematológicas básicas. Citologia hematológica. Testes que avaliam a coagulação sanguínea. Investigação laboratorial das anemias, das doenças hemorrágicas vasculares e plaquetárias. Leucoses. Princípios Gerais em Imunohematologia. Urinálise. Exame de Líquidos Cavitários. Exames laboratoriais de rotina parasitológica. Métodos de diagnóstico laboratorial das doenças infecciosas, parasitárias e autoimunes. Microbiologia: noções sobre colheita, transporte e processamento de amostras para diagnóstico bacteriológico. Principais meios de cultura para bactérias e fungos. Princípio das colorações microbiológicas. Teste de sensibilidade a antimicrobianos. Noções de diluição. Aplicações das técnicas de biologia molecular no diagnóstico das diferentes áreas da clínica médica. Controle de qualidade em laboratório de análises clínicas. Noções de Biosegurança. Sistema Único de Saúde: Lei 8.080/1990, Lei 8.142/1990, Norma operacional Básica do Sistema Único de Saúde - NOB-SUS de 1996. Norma Operacional da Assistência a Saúde - NOB-SUS de 2002, Programa de Controle de Infeção Hospitalar. Programa Nacional de Saúde da Criança. Programa Nacional de Saúde da Mulher. Programa Saúde da Família. Programa Nacional de Imunização. Programa Nacional de Atenção à Saúde do Idoso. Programa Nacional de Prevenção as DST's e AIDS. Vigilância Epidemiológica. Vigilância Sanitária. Sistemas de Informação no SUS. Ética profissional.

Farmacêutico Bioquímico

Conhecimentos Específicos

Atribuições Profissionais e Noções de Ética Profissional; Higiene e Boas Práticas o Laboratório: Biossegurança; Riscos gerais; Descarte de substâncias químicas e biológicas.Princípios de lavagem e esterilização de material. Vidrarias e equipamentos utilizados no laboratório: pesagem; volumetria; conversões e unidades; abreviaturas e símbolos. Aplicação dos princípios básicos e fundamentos de: enzimoimunoensaio; fluorometria; fotometria; turbidimetria; nefelometria; eletroforese; quimioluminescência; radioimunoensaio e microscopia. Procedimentos pré-analíticos: obtenção; conservação; transporte e manuseio de amostras biológicas destinadas àanálise. Procedimentos analíticos aplicados às principais dosagens laboratoriais: Exames bioquímicos; Dosagens Bioquímicas do Sangue; Uroanálise; Métodos parasitológicos e identificação microscópica; Isolamento e identificação de bactérias (meios de cultura, identificação e antibiograma); Imunoglobulinas; Sistema Complemento; Reações sorológicas (aglutinação, precipitação, imunofluorescência) e Rotina hematológica (Hemostasia, Coagulação, Anemias e Hemopatias malignas). Observações Gerais para Todas as Dosagens, Curvas de Calibração; Colorações especiais e Interpretação de Resultados.Conceitos: Vigilância Sanitária; Vigilância Epidemiológica, Legislação Farmacêutica, Legislação do Sistema Único de Saúde: Lei nº 8.080 de 19/09/90, Lei nº 8.142 de 28/12/90. . Ética profissional; Vias de Administração de Formas Farmacêuticas. Farmacocinética; Farmacodinâmica; Farmacovigilância; Farmacologia; Reações adversas a medicamentos. Interações e incompatibilidades medicamentosas. Legislação farmacêutica. Fármaco-economia. Análise Farmacêutica. Estabilidade de Medicamentos. Controle de qualidade de produtos farmacêuticos. Preparo de soluções. Conceitos: molaridade, normalidade.. Gestão em laboratório clínico e legislação pertinente.

Enfermeiro

Conhecimentos Específicos

Sistematização da Assistência de Enfermagem, Consulta de Enfermagem, Medidas de Biossegurança Princípios, métodos e técnicas de esterilização, Avaliação das condições de saúde individual e coletiva, Métodos e técnicas de Avaliação clínica, Sinais Vitais, Identificação de Sinais e Sintomas por disfunção de órgãos e sistemas, Exames Complementares. Procedimentos relacionados ao atendimento às necessidades de Higiene e conforto, Alimentação, Eliminações, O processo saúde-doença no cuidar da saúde individual e coletiva: Concepções teóricas sobre saúde- doença. Enfermagem em Saúde Pública. Promoção da Saúde, Prevenção de Doenças, Riscos e Agravos à Saúde e Reabilitação do cliente. Doenças como Problemas de Saúde Pública. Doenças Emergentes, Remergentes e Permanecentes. Políticas Nacionais de Saúde, Legislação do Sistema Único de Saúde (SUS), Atenção Básica de Saúde. A Estratégia de Saúde da Família, Agentes Comunitários de Saúde. Sistema de Vigilância a Saúde: epidemiológica, ambiental e sanitária (ANVISA). Informação, Comunicação e Educação. Programas de Saúde. Atuação do Enfermeiro (a) nos Programas de Assistência à Saúde da Mulher. Planejamento Familiar. Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde do Trabalhador, Saúde do Adulto e do Idoso, DST e AIDS, Tuberculose, Hanseníase. Hiperdia (Hipertensão e Diabetes), Programa Nacional de Imunização. Saúde Mental. Educação em Saúde. Implementação e Avaliação da Assistência de Enfermagem a clientes e grupos humanos no ambiente domiciliar e ambulatorial. Programa de Humanização da Assistência ao cliente. Processo de Trabalho em Saúde. Planejamento, organização e Gerência de Serviços de Saúde. Regulação, Controle e avaliação do Serviço de Saúde e de Enfermagem; Supervisão e Avaliação da Qualidade da Assistência e do Serviço de Enfermagem. Administração de recursos materiais; Relações Interpessoais no Trabalho. Educação Permanente em Saúde e a Enfermagem. Aspectos históricos, éticos e legais do exercício profissional: Princípios éticos e legais da prática profissional. Código de Ética e o processo ético de transgressões e Penalidades. Competências do Enfermeiro segundo a Lei de Exercício Profissional. Entidades de Classe. Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem, Lei Federal nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, atualizada até maio de 2011, que dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e institui o SUS; Decreto Federal nº 7.508, de 28 de junho de 2011, Regulamenta a Lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a organização do Sistema Único de Saúde - SUS,

Nutricionista

Conhecimentos Específicos

Nutrição em Saúde Pública: Programas de Assistência Integral à Saúde da Mulher e de Criança:

terapia de reidratação oral - TRO, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança.

Programa de suplementação alimentar - PSA; vigilância alimentar e nutricional; indicadores diretos e indiretos do estado de nutrição comunidades; nutrição nos grupos etários no 1o ano de vida, pré-escolar, no adulto (gestantes e nutrizeis), Patologia da nutrição e Dietoterapia: metabolismo basal; modificações da dieta normal para atendimento ao enfermo; alterações na nutrição (obesidade, magreza, doenças carências); patologias e dietoterapias aparelho digestivo, sistema endocrino, sistema cardiovascular; Técnica Dietética; introdução à técnica dietética alimento: classificação, princípios nutritivos; seleção; preparo a perdas decorrentes; planejamentos de cardápios;

Administração de Serviços de Nutrição: unidade de serviço de alimentação e nutrição; conceituação, tipos de serviços - planejamento físico, funcional, Lay - out, fluxograma peculiaridades da área física e construção social do serviço de alimentação e nutrição; previsão numérica e distribuição. Ética Profissional, Sistema Único de Saúde: Lei nº 8.080 de 19/09/90, Lei nº 8.142 de 28/12/90.

Odontólogo

Conhecimentos Específicos

PATOLOGIA ORAL - Alterações no desenvolvimento e crescimento das estruturas orais e para-orais; Cárie dentária e suas seqüelas; Neoplasias benignas de origem não-odontogênica; Lesões pré-malígnas e malignas da cavidade oral; Tumores odontogênicos e não-odontogênicos; Cistos odontogênicos e não odontogênicos; Manifestações orais das doenças sistêmicas e infecções orais por fungos, vírus e bactérias; Doenças das glândulas salivares; Lesões inflamatórias dos maxilares; Aspectos semiológicos da prática odontológica: anamnese, exames objetivos e complementares. FARMACOLOGIA - Conceitos gerais de vias de introdução e eliminação dos medicamentos e suas posologias; Anestésicos locais, analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos, quimioterápicos e coagulantes: uso em odontologia; Pacientes especiais fármacos-dependentes, condutas do profissional de odontologia; Tratamento das emergências médicas no consultório dentário; Interações medicamentosas de interesse do cirurgião-dentista.. DENTÍSTICA - Diagnóstico e plano de tratamento em dentística; Preparo do campo operatório, isolamento relativo e absoluto do campo operatório - instrumental e técnica; Técnicas de aumento de coroa clínica, cirurgia de cunha distal e proximal, espaço biológico - conceitos e importância; Materiais dentários: resina composta, ionômero de vidro, compômeros, amálgama dentário e materiais utilizados na proteção do complexo pulpar; Clareamento dental. CIRURGIA - Períodos pré e pós- operatórios; Exodontia; Acidentes e complicações em cirurgia buco-maxilo-facial; Cirurgia dos dentes inclusos; Princípios gerais de traumatologia buco-maxilofacial; Tratamento cirúrgico das infecções orais bem como de cistos e tumores da cavidade oral; Cirurgia pré-protética; Instrumental cirúrgico; Anestesiologia. RADIOLOGIA- Princípios gerais de aplicação em odontologia; Conceito e física das radiações; Filmes e métodos de processamento radiográfico; Efeitos biológicos dos RX; Técnicas radiográficas intra e extra-orais; Métodos de localização radiográfica; Interpretação radiográfica das patologias orais; Novos métodos em imagenologia odontológica. BIOSSEGURANÇA EM ODONTOLOGIA - Métodos de controle de infecção e esterilização; Proteção profissional e do paciente. OCLUSÃO - Fundamentos de oclusão e dos movimentos mandibulares; Classificação, diagnóstico e tratamento das disfunções têmporo- mandibulares. ÉTICA E LEGISLAÇÃO ODONTOLÓGICA - O código de ética odontológico. Saúde pública: Lei orgânica do SUS (8080/90), Legislação e Ética profissional, Legislação Básica do SUS (Leis Federais 8080/90 e 8.142/90). Programa Estratégia Saúde da Família - PSF (Programa Saúde da Família) - Normas e Bases Operacionais. Pacto pela vida, em defesa do SUS e de Gestão - Port. MS 399/2006. Doenças endêmicas de acordo com o perfil nosológico/ epidemiológico do Município: Dengue, esquitossomoses, hanseníase, turbeculose, DST/ AIDS, Leishmaniose, HAS, ICC - Insuficiência cardíaca congênita, dermatoses, diarréia, pneumonias, parasitoses, viroses, pré-natal de baixo risco, planejamento familiar, asmas, ansiedades, depressão, psicoses, diabetes millitus e vulvovaginites.

Fisioterapeuta

Conhecimentos Específicos

Fisioterapia: conceituação, recursos e objetivos. Reabilitação: conceituação, objetivos, sociologia, processo e equipe técnica. Papel nos serviços de saúde. Modelos alternativos de atenção à saúde das pessoas deficientes. Processo de avaliação de fisioterapia: semiologia; exame e diagnóstico, postura, diagnósticos das anomalias posturais (patomecânica e correção). Processos incapacitantes mais importantes (processo de trabalho, problemas de atenção à saúde pré, peri, pós-natal e na infância, doenças infecto-contagiosas, crônico-degenerativas e as condições de vida). Trabalho multidisciplinar em saúde; papel profissional e as instituições de saúde. Fisioterapia em Traumato-Ortopedia. Fisioterapia em Neurologia e Neuro-Pediatria. Fisioterapia em Pneumologia. Fisioterapia nas Afecções Reumáticas. Fisioterapia em Queimados. Fisioterapia em Cardiologia e Angiologia. Fisioterapia em Ginecologia e Reeducação Obstétrica. Fisioterapia em Geriatria. Reabilitação profissional: conceito, objetivos, processo e equipe técnica. Recursos terapêuticos em Fisioterapia. Prevenção: modelos alternativos de atenção à saúde. Ética Profissional, Sistema Único de Saúde: Lei nº 8.080 de 19/09/90, Lei nº 8.142 de 28/12/90.

Psicólogo

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos técnicos profissionais inerentes à psicologia no contexto da saúde pública; psicopatologia geral; psicologia geral, experimental e do desenvolvimento; práticas e técnicas psicológicas, especialmente aplicáveis à população estudantil e à população em geral; ação do psicólogo nas atividades de saúde pública a cargo do Município; orientação profissional; teoria e técnicas psicoterápicas; acompanhamento e tratamento às pessoas portadoras de deficiências e seus familiares; ações preventivas; interpretação de sinais e sintomas; procedimentos psicológicos; conhecimentos básicos inerentes à área de atuação, e das políticas, ações e serviços de saúde pública; Código de Ética Profissional, Programas de Saúde Pública, SUS - Princípios e Diretrizes. Noções sobre Políticas de Saúde no Brasil, Lei Orgânica da Saúde, Constituição Federal de 1988. Lei nº 8.080 de 19/09/90, Lei nº 8.142 de 28/12/90, Norma Operacional Básica do Sistema Único de Saúde - , Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS.

Médico

Conhecimentos Específicos

Lei Federal nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, atualizada até maio de 2011, que dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e institui o SUS; Decreto Federal nº 7.508, de 28 de junho de 2011, Regulamenta a Lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a organização do Sistema Único de Saúde - SUS, o planejamento da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa, e dá outras providências. (textos disponíveis www.planalto.gov.br/ccivil03/Leis/L8080.htm. Código de Ética Profissional, Programas de Saúde Pública, SUS - Princípios e Diretrizes. Noções sobre Políticas de Saúde no Brasil. Epidemiologia, fisiopatologia, diagnóstico, clínica, tratamento e prevenção das doenças cardiovasculares, insuficiência cardíaca, insuficiência coronariana, arritmias cardíacas, doenças reumáticas, aneurismas de aortas, insuficiência arterial periférica, tromboses venosas, hipertensão arterial, choque. Pulmonares: insuficiência respiratória aguda, bronquite aguda e crônica, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica, pneumonia, tuberculose, tromboembolismo pulmonar, pneumopatia intersticial. Neoplasias do sistema digestivo: gastrite e úlcera péptica, colecistopatias, diarréia aguda e crônica, pancreatites, hepatites, insuficiência hepática, parasitoses intestinais, doenças intestinais, inflamatórias, doença diverticular do cólon, tumores de cólon. Renais: insuficiência renal aguda e crônica, glomerulonefrites, distúrbios hidroeletrolíticos e do sistema ácido/base, nefrolitíase, infecções urinárias. Metabólicas e do Sistema Endócrino: hipovitaminoses, desnutrição, diabetes melito, hipotireoidismo, hipertireoidismo, doenças da hipófise e da adrenal. Hematológicas: osteoartrose, doença reumatóide juvenil, gota, lúpus eritematoso sistêmico, artrite infecciosa, doenças do colágeno. Neurológicas: coma, cefaléias, epilepsias, acidentes vascular cerebral, meningites, neuropatias periféricas, encefalopatias. Psiquiátricas: alcoolismo, abstinência alcoólica, surtos psicóticos, pânico, depressão. Infecciosas e transmissíveis: sarampo, varicela, rubéola, poliomielite, difteria, tétano, coqueluche, raiva, febre tifóide, hanseníase, doenças sexualmente transmissíveis, AIDS, doença de Chagas, esquistossomose, leishmaniose, leptospirose, malária, tracoma, estreptocócicas, estafilococias, doença meningocócica, infecções por anaeróbios, toxoplasmose, virose. Dermatológicas: escabiose, pediculose, dermatofitoses, eczema, dermatite de contato, onicomicoses, infecções bacterianas. Imunológica: doença do soro, edema angioneurótico, urticária, anafiloxia. Ginecológicas: doença inflamatória pélvica, câncer ginecológico, leucorréia, câncer de mama, intercorrentes no ciclo gravídico.

Assistente Social

Conhecimentos Específicos

Planejamento Social: Projetos, Planos e Programas. Avaliação de Programas e Políticas Sociais. Pesquisa social: Elaboração de Projetos, Métodos e Técnicas Quantitativas e Qualitativas. O Serviço Social e as Instituições: Conceito de Instituições. Estratégia de Trabalho de Serviço Social nas Instituições. Fundamentos Teóricos e Éticos do Serviço Social. Relação entre Teoria e Prática do Serviço Social. Ética Profissional. Estratégias. Instrumentos e Técnicas de Intervenção Social: Abordagem Individual e Coletiva. Diagnóstico. Atendimento Assistencial: Familiar e Hospitalar. Legislação do Sistema Único de Saúde.

Fonoaudiólogo

Conhecimentos Específicos

Ética profissional, Sistema Único de Saúde: Lei nº 8.080 de 19/09/90, Lei nº 8.142 de 28/12/90, Norma Operacional Básica do Sistema Único de Saúde, Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS -, Audição: - Anatomia e fisiologia da audição; - Desenvolvimento normal da audição e da linguagem; - Avaliação auditiva no adulto e na criança; - Inspeção do meato acústico externo, audiometria, imitância acústica (fundamentos, técnicas, interpretação de resultados, patologias, conduta e discussão de casos); -Triagem auditiva em escolares; - Avaliação eletro fisiológica- EOA, BERA; - Processamento auditivo central; - Aparelhos auditivos: Princípios gerais na indicação, seleção e adaptação de aparelhos auditivos. Voz: - Anatomia e fisiologia dos órgãos envolvidos na fonação; - Desenvolvimento da fonação; - Avaliação perceptual e acústica da voz; - Atuação fonoaudiológica nas disfonias funcionais; - Atuação fonoaudiológica nas disfonias presentes na infância e terceira idade; - Atuação fonoaudiológica nas disfonias neurológicas; - Atuação fonoaudiológica nas seqüelas de cirurgia de cabeça e pescoço. Linguagem: - Desenvolvimento da linguagem oral na criança; - Desenvolvimento da linguagem escrita; - Percepção auditiva e de fala. Fundamentos da lingüística; - Atuação fonoaudiológica nos distúrbios de linguagem escrita; - Atuação fonoaudiológica nos distúrbios de fala e linguagem relacionados ao crescimento e desenvolvimento; - Atuação fonoaudiológica nos distúrbios de fala e linguagem relacionados ás lesões cerebrais. Motricidade Oral: - Crescimento maxilofacial; - Amadurecimento das funções orofaciais; - Sistema estomatognático; - Aleitamento materno no desenvolvimento da motricidade oral; - Acompanhamento fonoaudiológico em pacientes portadores de fissura lábio palatal; - Disfagia- avaliação e tratamento.

Engenheiro Agrônomo

Conhecimentos Específicos

Conteúdo programático: Edafologia: Perfil do Solo; Classificação e Levantamento do Solo; Métodos para Análise de Solo; Determinação da Necessidade de Adubação e Calagem. Mecânica dos Motores e Máquinas Agrícolas: Princípios Básicos de Mecânica Aplicada às Máquinas Agrícolas. Hidráulica Agrícola: Tópicos de Hidrologia e Hidráulica Agrícola; Dimensionamento de Barragens, Vertedouros, Canais e Encanamentos. Construções Rurais: Planejamento Físico de uma Propriedade Rural. Cultivo das grandes Culturas Brasileiras. Olericultura: Importância Econômica das Hortaliças; Controle de Ervas Daninhas: Tipos mais Comuns de Ervas Daninhas e seu Controle Econômico. Drenagem Agrícola: Sistemas de Escoamento de Solos Encharcados; Culturas das Várzeas. Irrigação: Importância da Irrigação na Produtividade das Principais Culturas; Métodos de Irrigação. Experimentação Agrícola: A Pesquisa Agropecuária no Brasil; Princípios Básicos. Climatologia Agrícola. Topografia: Planimetria e Altimetria. Fitossanidade: Fitopatologia e Entomologia; Doenças que Atacam as Principais Culturas; Pragas que causam sérios Danos Econômicos; Pragas quarentenárias; Pragas não quarentenárias regulamentadas; Manejo integrado de pragas; Uso correto de agrotóxicos e afins. Tecnologia de Produtos Agrícolas: Aproveitamento Industrial e Conservação de Produtos de Origem Animal e Vegetal. Tecnologia de Sementes: Métodos de Produção de Sementes Sadias. Genética: Princípios Básicos de Genética. Fisiologia Vegetal: Fotossíntese; Funções dos Órgãos dos Vegetais. Fruticultura. Extensão Rural: A Filosofia da Extensão Rural e suas implicações Sociais

Professor (todos)

Coordenador Pedagógico

Conhecimentos

Pedagógicos

Conceitos de Educação; gestão democrática da educação; Abordagens Pedagógicas: psicomotora, construtivista, desenvolvimentista e críticas; A Didática e a formação profissional do professor: objeto de estudo da Didática; Parâmetro Curricular Nacional (Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos); Currículo e Programas Educacionais do Ensino Fundamental em 9 anos; Planejamento Didático; Projeto Político Pedagógico; Tendências pedagógicas; Conceitos de Luckesi e Libâneo sobre a classificação de Tendências Pedagógicas; planejamento do ensino, O relacionamento professor-aluno ; Concepções e tipos de avaliação; A prática do ensino e da aprendizagem Vygotsky ; Desafios da Educação Brasileira: analfabetismo, evasão, repetência, qualidade de ensino. ; Educação especial/inclusiva; Prova Brasil e Provinha Brasil. LEGISLAÇÃO Constituição da República Federativa do Brasil - 1988. (artigos 5º, 7º; 205 a 214); LEI Nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança do Adolescente - ECA (Artigos 1º a 7º; 15 a 18; 60 a 69; 53 a 73 e 129 a 144); LEI Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB - Arts. 01 a 34, 37 a 38, 58 a 67. RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, DE 17 de junho de 2004. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana (anexo o Parecer CNE/CP Nº 3/2004).

Coordenador Pedagógico

Conhecimentos Específicos

A história da pedagogia no Brasil; Noções de fundamentos da educação: aspectos filosóficos, psicológicos e sociológicos; Aspectos teóricos e metodológicos da prática escolar: diversidade e inclusão na educação; A prática pedagógica; A didática como prática educativa; A didática e o cotidiano escolar: professor, aluno e o conhecimento; Os recursos didáticos e os processos de ensino aprendizagem; A organização do trabalho pedagógico: currículo, seleção e organização dos objetivos e conteúdos escolares, planejamento e gestão dos processos de ensino aprendizagem, métodos e avaliação mediadora; didática e democratização do ensino; Os saberes necessários à prática educativa; Relações entre desenvolvimento e aprendizagem: abordagem piagetiana - abordagem sociocultural; O planejamento no âmbito da unidade escolar; O plano Nacional e Estadual de educação; O currículo na educação básica; O projeto político pedagógico; Alfabetização e Letramento; avaliação: princípios, finalidades e objetivos da avaliação institucional; a avaliação como meio de promoção da qualidade do trabalho escolar - avaliação da escola como instituição; o sistema de avaliação da educação básica - SAEB - prova Brasil - provinha Brasil; Como utilizar os indicadores da qualidade na educação; Legislação educacional: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº. 9394/96); (Portaria Nº 482, de 7 de junho de 2013). Decreto nº. 6.629, de 04 de novembro de 2008. Regulamenta o Programa Nacional de Inclusão de Jovens/Projovem, instituído pela Lei Nº 11.129, de 30 de junho de 2005, e regido pela Lei Nº 11.692, de 10 de junho de 2008; Lei Federal nº 8.069 de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente; Lei Nº 8.662, de 7 de junho de 1993. Dispõe sobre a organização da Assistência Social e dá outras providências. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor Regente

Conhecimentos Específicos

Prova de Língua Portuguesa - Nova Regra Ortográfica - Leitura e interpretação de textos; substituição de palavras e de expressões no texto, sinônimos e antônimos; Estrutura e formação de palavras. Denotação e conotação; Sistema ortográfico vigente, acentuação gráfica, Fonética: relações entre fonemas e letras; classificação dos fonemas; encontros consonantais e vocálicos; dígrafos; separação silábica, funções sintáticas termos da oração; uso da crase; Concordância nominal e verbal; regência nominal e verbal; Emprego e flexão das classes gramaticais. Prova de Matemática Conjunto: Teoria dos conjuntos, símbolos lógicos, pertinência, representação, igualdade, desigualdade e inclusão; conjunto vazio, diferença, complementar; Conjuntos Numéricos: dos números naturais, dos números inteiros, dos números racionais, irracionais e reais; Função do 1º Grau; Equações do 1º e 2ª graus; Sistemas de equações simultâneas do 1º grau; Inequações; progressão geométrica; O Ensino e Aprendizagem da Matemática e Suas Implicações Teóricas; A Compreensão dos Conceitos Matemáticos pelas Crianças; Princípios e Tipos de Aprendizagem da Matemática; O Conceito do Ensino da Geometria e Aritmética. Prova de Conhecimentos Pedagógicos Práticas pedagógicas na educação infantil; Desenvolvimento e Aprendizagem da criança de 0 a 5 anos nos aspectos físicos, afetivos, cognitivos e sociais; O Profissional da Educação Infantil; O processo de Inclusão na Educação Infantil; Gestão democrática e participativa; Organização e práticas do trabalho pedagógico; Currículo e matérias pedagógicas; Concepção de infância; O Brincar o cuidar e o educar na educação infantil; Desenvolvimento moral e intelectual: autonomia, limites, regras, cooperação e interação social; Projetos pedagógicos na educação infantil; Processo de Avaliação - BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil Art. 205 ao 214 ; Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 que estabelece as diretrizes e bases da educação Nacional; Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente Art. 53 ao 58. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de Geografia

Conhecimentos Específicos

O ensino da Geografia; A importância do estudo da Geografia para a compreensão do espaço geográfico; O planeta Terra; A superfície terrestre, as estruturas e formas do relevo: endógenos e exógenos; A estrutura geológica e o relevo da Terra; O clima: a atmosfera e a vida terrestre; As características climáticas do Brasil; Agricultura brasileira: transformações recentes; Interação sociedade-natureza: os impactos ambientais, o uso e a conservação do solo, da água e da cobertura vegetal; As mudanças climáticas; Cartografia: Conceitos e linguagens; Sociedade, Industrialização e Regionalização do Brasil; Globalização; A mundialização do capitalismo e a geopolítica mundial no final do século XX e nos dias de hoje; A geopolítica e as redefinições do território: os conflitos políticos, étnicos religiosos e a nova organização econômica mundial; Questões ambientais mundiais e os problemas ambientais brasileiros; Movimentos Sociais no campo e a reforma agrária; As grandes potencias mundiais e os países emergentes; Conflitos de ordem mundial ; blocos econômicos - UE, NAFTA, MERCOSUL, APEC, CARICOM, ASEAN; Geografia do Estado de Mato Grosso do Sul: vegetação, clima e hidrografia; as microrregiões; a economia do Estado; o MERCOSUL; fronteiras e limites do Estado; o Pantanal e o Gasoduto Brasil- Bolívia; Meio ambiente: conceitos de educação ambiental; preservação, conservação e desenvolvimento sustentável. Danos ambientais, degradação e poluição. Impacto ambiental nos bromas do Pantanal e Cerrado. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de Educação Física

Conhecimentos Específicos

A história da Educação Física no Brasil; Metodologia do Ensino de Educação Física; A importância social da Educação Física: na escola, no lazer, na formação do indivíduo, na transformação social e na inclusão escolar; Tendências pedagógicas da Educação Física Escolar: abordagem desenvolvimentista; abordagem construtivista; abordagem crítico-superadora; As relações entre a Educação Física e as outras disciplinas; Jogo: conceituação; jogo simbólico; jogo de construção; jogo de regras. Jogo e competição: o aspecto cooperativo do jogo competitivo; O lazer enquanto elemento pedagógico; Avaliação em Educação Física; Atividades Rítmicas da infância e na adolescência; interação dos movimentos naturais e o ritmo musical. Dança: dança na escola: princípios e objetivos; Movimento humano: conceituação; importância do movimento no desenvolvimento humano. Processo e estágios de desenvolvimento motor e psicomotor. Cultura corporal de movimento: conceituação; Conhecimento das regras dos esportes em geral e treinamentos esportivos; Regras oficiais dos Esportes nas modalidades de: voleibol, handebol, basquetebol, futsal, atletismo e tênis de mesa; Atualidades esportivas. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de Artes

Conhecimentos Específicos

História do Ensino das Artes no Brasil; As Artes Cênicas como um modo de conhecimento e interpretação do mundo; Metodologias e procedimentos pedagógicos, recursos materiais e objetivos do ensino do Teatro na escola; A Importância do Teatro na Educação; Dança. Abordagens pedagógicas da Dança na escola e em espaços não escolares. O ensino da Dança e Atividades Rítmicas e Expressivas segundo os parâmetros curriculares nacionais; Dança inclusão, saúde e qualidade de vida. Música: Influências socioculturais na formação da música brasileira; A construção das linguagens musicais da criança e do adolescente; avaliação do processo de ensino e aprendizagem de Artes; O ensino das Artes Plásticas. Arte, expressão, comunicação e tecnologia; Fundamentos Didáticos e Pedagógicos para o Ensino das Artes Visuais; Artes visuais: no Paleolítico Superior; Arte do Neolítico; Arte no Egito; Arte na Grécia; Arte Bizantina; Arte romântica; Arte gótica; Renascimento na Itália; Barroco na Itália, na Espanha e nos Países Baixos; Neoclassicismo e o Romantismo; Realismo; Principais movimentos artísticos do Século XX; Arte no Brasil: Arte da Pré-História brasileira; Arte dos índios brasileiros; Barroco no Brasil; Missão Artística Francesa e suas influências; Movimento Modernista; Artistas e movimentos após a Semana de Arte Moderna; Arte Brasileira Contemporânea; As Artes Visuais, Rupestre e Contemporânea em Mato Grosso do Sul; Manifestações da Cultura Popular em Mato Grosso do Sul. O teatro e os Aspectos históricos e culturais das danças folclóricas em Mato Grosso do Sul até os dias atuais. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de Ciências

Conhecimentos Específicos

A Origem do Universo: movimentos de rotação e translação; Evolução do Ser Humano. Ser humano e saúde: alimentação; higiene dos alimentos, do corpo e do ambiente; Vida e ambiente: animais e plantas - características principais; ecossistema regional; cadeia alimentar; medidas de preservação e conservação ambiental; A importância da energia solar; composição e propriedades do ar, do solo e da água; O que é história natural do planeta; Mudanças climáticas ambientais; história natural do planeta. Formas de degradação ambiental: lixo, assoreamento, queimada e desmatamento; Conceitos gerais da Ecologia: produtores, consumidores e energia, cadeias e teias alimentares, fluxo de energia, ciclo da matéria, fotossíntese; Classificação biológica e características dos principais grupos de seres vivos: Histologia e Embriologia do seres humanos. Base molecular da vida (A água / Sais minerais / Glicídios / Lipídios / Proteínas / Vitaminas / Ácidos nucléicos); reprodução celular, Visão geral da célula Membrana plasmática (organização molecular): Permeabilidade celular (transportes passivo e ativo) / Endocitose e exocitose / Envoltórios externos à membrana plasmática (glicocálix / parede celular); Citoplasma: O citoplasma das células procarióticas e das células eucarióticas) / Organelas citoplasmáticas (retículos endoplasmáticos granuloso e não granuloso), complexo Golgiense, lisossomos, peroxissomos, vacúolos, citoesqueleto, centríolos, cílios e flagelos, mitocôndria ,plastos e ribossomos; Núcleo celular e cromossomos; Divisão celular (mitose e meiose); Respiração celular; a origem da vida: teorias, características dos seres vivos, abiogênese e biogênese, experimento de Redi e de Pasteur, atmosfera primitiva, o Reino dos Seres Vivos, Vírus, Bactérias, principais doenças causadas por Protozoários, principais doenças causadas por micróbios: Vírus, Microorganismos, Bactérias e Protozoários. Reino Protista (Algas), Briófitas e Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas, Fungos. Reino Metazoa (invertebrados): Poríferos e Cnidàrios, Platelmintos e Nematelmintos, doenças causadas por Vermes, Moluscos, Anelídeos e Artrópodes, Equinodermos; O corpo humano; Sistemas do Corpo Humano: -(Sistema muscular / Sistema Esquelético / Sistema digestório / Sistema respiratório / Sistema circulatório / Sistema urinário / Sistema nervoso / Sistema Endócrino / Sistema reprodutor masculino / Sistema reprodutor feminino/Sistema sensorial; Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), hereditariedade: genética. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de Matemática

Conhecimentos Específicos

Conjuntos Numéricos: Números Naturais, Inteiros, Racionais (fracionários e decimais) e Reais - Operações e Propriedades. Números e Grandezas Proporcionais: Razões e Proporções; Divisão Proporcional; Regras de Três Simples e Composta. Sistemas de Medidas: Área, Volume, Massa, Capacidade, Tempo, Sistema Monetário Brasileiro. Funções Algébricas. Equações e Inequações: de 1º e 2º graus, Problemas. Potenciação e radiciação em R; Produtos notáveis; Fatoração; Porcentagem; Lógica matemática (lógica argumentativa, conectivos lógicos, lógica dedutiva); Sistema decimal de numeração; Sistemas de unidades; Funções: Composição de funções; Inversão de funções; Funções do 1º grau; Funções do 2º grau; Equações e Inequações exponenciais; Logaritmos (definição e propriedades) ;Logaritmos decimais (característica e mantissa de um logaritmo decimal); Equações e Inequações logarítmicas; Composição de funções; Inversão de funções; Progressões Aritméticas; Progressões geométricas; Tratamento da informação (organização, interpretação e resolução de situações problema); Medidas de posição (médias aritméticas simples e ponderada, moda, mediana); Medidas de dispersão (desvio absoluto médio, variância, desvio padrão); Matrizes (definição e operações); Matemática financeira (juros simples e compostos, amortizações); Razões Trigonométricas no triângulo retângulo; Identidades trigonométricas; Transformações Trigonométricas (arco soma e diferença, arco duplo e arco metade); Equações e Inequações trigonométricas; Ângulos planos; Triângulos planos (soma dos ângulos internos e externos, teorema do ângulo externo, classificação dos triângulos);; Linhas proporcionais (teorema de Tales, semelhança de figuras planas); Resolução de triângulos retângulos; Resolução de triângulos quaisquer (lei dos senos, lei dos cossenos); Quadriláteros notáveis (trapézios,paralelogramos, retângulos, losangos, quadrados); Comprimentos na circunferência(perímetro da circunferência, potências de ponto); Áreas de figuras planas; Relações entre raízes e coeficientes - Pesquisa de raízes racionais.Geometria espacial de posição (postulados fundamentais, posições relativas entre pontos, retas e planos;Ângulo entre duas retas; Distância de ponto a reta; Equações da circunferência; Cônicas (elipse,hipérbole, parábola); Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de Língua Portuguesa

Conhecimentos Específicos

COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS: Estrutura-relação entre partes do texto e entre textos; Conteúdo idéias principais e secundárias, relações de sentido entre partes do texto e entre textos; Características de diferentes tipos de textos; Discurso direto e indireto. CONVENÇÕES ORTOGRÁFICAS: Acentuação das palavras; Grafia das palavras. MORFOSSINTAXE: Estrutura, formação e classificação das palavras; Flexão verbal e nominal; Emprego das diferentes classes gramaticais; Período simples-colocação e emprego dos termos; Período composto-coordenação e subordinação, orações reduzidas e desenvolvidas, emprego dos nexos oracionais; Concordância verbal e nominal; Regência verbal e nominal; Uso do acento indicativo de crase; Pontuação. Morfologia: Prefixos e Sufixos; Classes de Palavras e Mecanismo de flexão; Colocação Pronominal. Sintaxe; Análise Sintática: Termos Essenciais, integrantes e acessórios da oração; Oração coordenada e Subordinada. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de Língua Inglesa

Conhecimentos Específicos

Texts Comprehension; Personal Pronouns; Possessive Adjectives and Pronouns ;TO BE (present tense / past tense); Articles; Plural of Nouns; Present Continuous; Tense / Past Continuous Tense; Simple Past Tense; Simple Present Tense; Simple Future Tense; Prepositions; Reflexive Pronouns; Comparatives and Superlatives; Genitive Case; Present Perfect Tense / Past Perfect Tense; Anomalous Verbs; Question Tags; Conditional Sentences; Relative Pronouns; Reported Speech; Passive Voice; Indefinite Pronouns; Countable and Uncountable Nouns. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Professor de História

Conhecimentos Específicos

A história e a Pré-história; A ANTIGUIDADE ORIENTAL: As Civilizações: Egípcias; Mesopotâmicas; dos hebreus e dos fenícios; A ANTIGUIDADE CLÁSSICA: a Civilização Grega e o Império romano; A civilização bizantina; A civilização árabe e a expansão do islamismo; O MUNDO MEDIEVAL: A formação da Europa feudal (os reinos bárbaros; as origens do feudalismo; o sistema feudal de produção; a cultura e a sociedade feudal); as Cruzadas; a Igreja Medieval; A crise do feudalismo; A IDADE MODERNA: A construção da Idade Moderna: AS origens do capitalismo; As etapas do capitalismo; O mercantilismo; A formação das monarquias nacionais na Europa; O Absolutismo; O renascimento comercial, urbano e cultural; As reformas religiosas e suas principais causas; A contra-reforma católica; O MUNDO COLONIAL: As civilizações da América pré-colombiana; A colonização da América; O sistema colonial na América: apogeu e desagregação do sistema colonial; O tráfico de escravos e as relações comerciais com a África. A ERA DAS REVOLUÇÕES: As revoluções inglesas; O movimento iluminista; A Revolução Francesa; A Revolução Industrial; O Império Napoleônico; As revoluções liberais; O nacionalismo; O movimento operário e o advento do socialismo e suas influências no mundo; Do Imperialismo a descolonização na África e na Ásia; A Primeira Guerra Mundial; A Revolução Russa; A crise de 29 e seus reflexos; A ascensão do totalitarismo; A Segunda Guerra Mundial; O populismo na América Latina; A Guerra Fria; Os conflitos no Oriente Médio; Revolução e protesto nos anos 60; A luta contra o racismo nos Estados Unidos; O colapso do socialismo no Leste europeu e suas consequências; O novo capitalismo global e o neoliberalismo; HISTÓRIA DO BRASIL: Pré-história brasileira; A América Portuguesa: A conquista e o início da exploração do território; A organização político-administrativa (O Império Português e o papel do Brasil; O sistema de capitanias hereditárias; Governo geral; as Câmaras Municipais); A economia e a sociedade na América portuguesa; O trabalho escravo no Brasil e suas resistências; As missões religiosas; As invasões holandesas e francesas; As entradas e bandeiras; A crise do sistema colonial; As revoltas nativistas e separatistas; A vinda da corte portuguesa ao Brasil e seus reflexos; A volta da família real para Portugal; Primeiro Reinado; Período regencial; Segundo Reinado; A crise do império; A proclamação e a consolidação da República: A República da Espada; A República Oligárquica; A crise do liberalismo no Brasil; O tenentismo; O governo Vargas (1930-1945); Os governos populistas e a República democrática (1945-1964); A Ditadura militar (1964 a 1985) ; O BRASIL CONTEMPORÂNEO: A Redemocratização e a nova república; Os governos de FHC; Lula e Dilma Rousseff; Os Indígenas no Brasil atual; O processo de globalização e seus efeitos; A revolução tecnológica e as mudanças nas relações humanas; Os desafios sociais e ambientais no século XXI; Atualidades. HISTÓRIA DE MATOGROSSO DO SUL: Realidade atual e passada dos povos indígenas; colonização do território no séc. XVI e XVII; Investidas dos bandeirantes nos séc. XVII e XVIII; A Pecuária no Planalto Maracaju e Campos de Vacarias na metade do séc. XIX; A guerra do Paraguai; Ciclo da Erva Mate; formação das oligarquias sulmatogrossenses e lutas coronelistas no inicio do séc.XX; A ferrovia Noroeste e a expansão urbana; O movimento divisionista; Divisão do estado e a emancipação econômica e político-administrativa Atual. Conhecimentos básicos de informática: ambiente operacional Windows. Processador de texto: MS Word: conceitos básicos criação de documentos, impressão, ícones, digitação, atalhos do teclado, uso de recursos. Excel: conceitos básicos, planilha, criação de documentos, estilos, formatação, fórmulas, gráficos. Internet."

Todos os cargos de Nível Médio

Língua Portuguesa

(Com base na Reforma ortográfica 2009)

Compreensão e interpretação de textos: identificar informações centrais e periféricas, elementos de retomada/progressão/coesão; identificar o tema/assunto de um texto; Encontros vocálicos: hiato, ditongo, tritongo. Encontros consonantais. Dígrafos. Divisão silábica. Tonicidade. Ortografia. Acentuação gráfica. Uso do acento indicador de crase. Significação das palavras: sinônimos e antônimos, homônimos, parônimos e homógrafos, denotação e conotação. Pontuação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Significação das palavras. Colocação dos pronomes pessoais oblíquos átonos. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem.

Todos os cargos de Nível Médio

Matemática

Conjunto dos números inteiros relativos. Operações fundamentais em Z, propriedades; múltiplos e divisores. Números primos e números compostos; M.M.C. e M.D.C. Números fracionários, operações com frações ordinárias; propriedades. Frações decimais, conversão de fração de fração decimal em fração ordinária e ordinária em decimal; transformação de fração imprópria em número misto; Redução ao mesmo denominador; Sistema de medidas: sistema métrico decimal, medidas de comprimento, área e volume; mudança de unidade, perímetros dos polígonos. Cálculo de circunferência: comprimento, raio, diâmetro, área: Cálculo de área das figuras planas. Teorema de Pitágoras. Cálculo de volume do principais sólidos geométricos; Equações de 1º e 2º graus. Problemas do 1º e 2º graus; sistemas de equações simultâneas do 1º grau; Inequações do 1º grau; Razão, Proporção e Escala. Números proporcionais: Divisão de números em partes diretamente e inversamente proporcionais: Regras de três simples e composta. Juros simples, desconto, porcentagem. Funções do 1º grau.

Assistente de Administração e Atendente de Consultório Dentário

Conhecimentos de Informática

Ambiente operacional Windows Fundamentos do Windows, operações com janelas, menus, barra de tarefas, área de trabalho, trabalho com pastas e arquivos, localização de arquivos e pastas, movimentação e cópia de arquivos e pastas e criação e exclusão de arquivos e pastas, compartilhamentos e áreas de transferência; Configurações básicas do Windows: Resolução da tela, cores, fontes, impressoras, aparência, segundo plano e protetor de tela; Windows Explorer. Ambiente Intranet e Internet. Conceito básico de internet e intranet e utilização de tecnologias, ferramentas e aplicativos associados à internet. Principais navegadores. Ferramentas de Busca e Pesquisa. Processador de Textos. MS - Word. Conceitos básicos. Criação de documentos. Abrir e Salvar documentos. Digitação. Edição de textos. Estilos. Formatação. Tabelas e tabulações. Cabeçalho e rodapés. Configuração de página. Corretor ortográfico. Impressão. Ícones. Atalhos de teclado. Uso dos recursos. Planilha Eletrônica. Excel. Conceitos básicos. Criação de documentos. Abrir e Salvar documentos. Estilos. Formatação. Fórmulas e funções. Gráficos. Corretor ortográfico. Impressão. Ícones. Atalhos de teclado. Uso dos recursos. Correio Eletrônico. Conceitos básicos. Formatos de mensagens. Transmissão e recepção de mensagens. Catálogo de endereços. Arquivos Anexados. Uso dos recursos. Ícones. Atalhos de teclado. Segurança da Informação. Cuidados relativos à segurança e sistemas antivírus.

Técnico em Laboratório

Conhecimentos Específicos

Parasitologia: Técnica de exames em parasitologia médica. Identificação de protozoários parasitas do homem. Identificação dos helmintos parasitas do homem. Técnicas para pesquisa de sangue oculto nas fezes. Anal Swab: técnica de coleta e realização do exame. Hematologia: Hematimetria - contagem de hemácias. Leucometria - contagem de leucócitos. Dosagem da hemoglobina. Índices Hematimétricos. Contagem plaquetas. Contagem diferencial dos leucócitos. Técnicas de coloração de esfregaços em hematologia. Velocidade da hemossidimentação. Tipagem sanguinea: sistema ABO e Rh. Testes Coombs, direto e indireto. Coagulaço sanguinea: Tempo de sangramento. Tempo de Coagulação. Tempo e atividade protombinica. Tempo de tromboplatina parcial ativada. Retração do coagulo. Pesquisa de célula LÊ. Teste de falcização. Teste de fragilidade osmótica-resistencia globular. urinalise:urina tipo 1.Coleta de urina para o exame.Exame físico da urina.Exame química da urina.Exame microscópio da urina.Bioquímica:Prova da função hepática. Transaminases. Bilirrubinas. Fosfatase alcalina. Gama glutamil transpeptidase. Provas da função renal. Dosagem da uréia. Dosagem dacreatinina. Clearance da uréia. Prova da atividade reumática: Dosagem do acido úrico. Proteína C reativa. Antiestreptolisina O. Fator reumatoide-prova do látex. Dosagem das mucoproteinas. Dosagem da glicose sanguinea. Curva glicemica clássica. Glicemia pós-prandial e pos carga. Microbiologia: Urocultura. Coleta de material. Preparação de meios utilizados no exame. Semeadura. Identificação. Coprocultura: coleta de material. Meios utilizados no exame Bacteroscopia: Colorações. Técnicas de feitura de esfregaço. Microscopia. Biossegurança: Norams Gerais de biossegurança. Equipamento de proteção individual.

Agente Comunitário de Saúde

Conhecimentos Específicos

Legislação do SUS; Programa de Agente Comunitário de Saúde; Atribuições do Agente

Comunitário de Saúde - Lei 11.350; Estratégia de Saúde da Família; Noções elementares sobre as doenças sexualmente transmissíveis - tipos, forma de contágio e prevenção, saúde bucal Visita domiciliar - objetivos; Sistema de Atenção Básica; Cadastramento das famílias e o acompanhamento à gestante, hipertenso, diabético, e portadores de tuberculose e hanseníase; Noções referentes as doenças de notificação compulsória; Assistência a saúde da mulher - pré natal, preventivo do câncer do colo do útero e mama, planejamento familiar; Noções elementares referente a assisência a saúde do adulto - problemas respiratórios, cardiológicos, diabetes mellitus, hipertensão arterial; Noções sobre transmissão de doenças e respectivo tratamento.

Agente de Creche

Conhecimentos Específicos

O ser educador e a pessoa do professor na Educação Infantil; Elementos da Prática Pedagógica Infantil: planejamento, currículo, regimento, metodologias, projetos e avaliação; Os estágios do desenvolvimento cognitivo das crianças; Concepção de infância e de educação infantil; Construindo identidades nas interações infantis; Educação Infantil: todo cuidado educa e toda educação cuida; Importância da arte e brincadeiras na Educação Infantil; Higiene e limpeza de crianças em creches; Prevenção de acidentes; Noções de Primeiros Socorros; Segurança alimentar e noções de valor nutricional na alimentação de crianças; Princípios fundamentais para o bom atendimento em creches; Estratégias para a educação de alunos com necessidades educacionais especiais. Atendimento Educacional Especializado. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil resolução CNE-CEB 05/2009. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9394/96. Títulos I- Da Educação; Título II- Dos Princípios e fins da Educação Nacional; Título III. Do Direito à Educação e do Dever de Educar Título V, Dos Níveis e das Modalidades de Educação e Ensino; Capítulo II, Seção II- Da Educação Infantil; Constituição Federal de 1988, com as alterações introduzidas por suas Emendas Constitucionais: - Título I: dos princípios fundamentais (art. 1º a 4º) - Título II: dos direitos e garantias fundamentais (art. 5º a 17) - Título III: da organização do Estado (art. 18 a 30). - Titulo VIII; da Ordem Social (art.205 a 217). Direitos da criança e do adolescente garantidos no ECA (Lei 8069 de 13 de julho de 1990) - Estatuto da Criança e do Adolescente: Título I - Das Disposições Preliminares: art.1º ao 7º; Título II - Dos Direitos Fundamentais:Capítulo I - Do Direito à vida e à saúde; Capítulo II - Do direito à liberdade, ao respeito e à dignidade;Capítulo IV - Do direito à educação, à cultura, ao esporte e ao lazer. BRASIL - Ministério da Educação. Critérios para um atendimento em Creches que respeite os Direitos Fundamentais das Crianças. Brasília: MEC/ SEF, 2009. PDF no site <www.mec.gov.br>.

Inspetor de Alunos

Língua Portuguesa (Com base na Reforma ortográfica 2009)

Interpretação de texto. Significação das palavras: sinônimos, antônimos e homônimos. Encontros vocálicos: hiato, ditongo e tritongo. Encontros consonantais. Dígrafos. Divisão silábica. Acentuação gráfica. Palavras oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas. Pontuação. Classificação, flexão e emprego das palavras: artigo; gênero, número, definido e indefinido; substantivo próprio, comum, coletivo, simples, composto, primitivo e derivado; grau do substantivo; adjetivo, grau do adjetivo, pronome pronomes pessoais de tratamento; pronomes possessivos; verbo, advérbio e numeral. Concordância nominal e verbal. Crase.

Inspetor de alunos

Matemática

Conjunto dos números naturais: operações fundamentais em N; propriedades; Expressões numéricas, múltiplos e divisores. Números primos e números compostos; M.M.C. e M.D.C. Números fracionários, operações com frações ordinárias; propriedades. Frações decimais, conversão de fração de fração decimal em fração ordinária e ordinária em decimal; transformação de fração imprópria em número misto; Redução ao mesmo denominador; Sistema de medidas: sistema métrico decimal, medidas de comprimento; mudança de unidade, perímetros dos polígonos. Cálculo de circunferência: comprimento, raio, diâmetro, Cálculo de área das figuras planas; Equações de 1º grau. Problemas do 1º grau; sistemas de equações simultâneas do 1º grau; Razão, Proporção e Escala. Números proporcionais: Divisão de números em partes diretamente e inversamente proporcionais: Regras de três simples Juros simples, desconto, porcentagem.

Motorista
Motorista de Transporte Escolar
Operador de Máquinas Pesadas
Tratorista
Trabalhador Braçal
Auxiliar de Copa e Cozinha
Vigia

Língua Portuguesa

(Com base na Reforma ortográfica 2009)

Interpretação texto: mensagem do texto; Reconhecimento da significação de algumas palavras; divisão silábica; acentuação gráfica; Encontros vocálicos: hiato, ditongo e tritongo. Encontros consonantais. Concordância nominal e verbal; regência verbal e nominal. Ortografia. Sinais de pontuação. Classes de palavras: substantivo (gênero, número e grau), adjetivo (tipos, gênero, número e grau), artigo (classificação). Verbo.

Motorista
Motorista de Transporte Escolar
Operador de Máquinas Pesadas
Tratorista
Trabalhador Braçal
Auxiliar de Copa e Cozinha
Vigia

Matemática

Conjunto dos números naturais: operações fundamentais em N; propriedades; Números pares e números impares. Numerais Romanos.Expressões numéricas; Números fracionários, operações com frações ordinárias; Frações decimais, Sistema de medidas: sistema métrico decimal, medidas de comprimento; hora; Problemas com operações fundamentais.

Motorista
Motorista de Transporte Escolar
Operador de Máquinas Pesadas Tratorista

Conhecimentos Específicos

Legislação de Trânsito - (Código Brasileiro de Trânsito); Classificação dos veículos; Infrações de Trânsito e Penalidades. Regras Gerais de Circulação e Conduta; Sinalização de trânsito; Direção defensiva; Noções de Primeiros socorros; Conhecimentos básicos de mecânica e funcionamento dos veículos e máquinas; Regras gerais de manutenção e conservação.

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUIA LOPES DA LAGUNA ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2013 EDITAL Nº. 001/2013

ANEXO IV

DELIMITAÇÃO DAS ÁREAS DOS ESF - AGENTE COMUNITÁRIOS DE SAÚDE ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: OVIDIO PAULO DE OLIVEIRA:

Abrange a seguinte delimitação:

Micro Área 01 - Rua Lino Alves da Rocha até a BR saída para Bonito - Bairro São Cristóvão e Jalú:

Micro Área 02 - Rua Municipal até Rua General Câmara - Bairro Planalto;

Micro Área 03 - Rua General Câmara até Rua Antônio João - Bairro Planalto;

Micro Área 04 - Av. Macias Barbosa até a Rua Castro Alves - Bairro Planalto;

Micro Área 05 - Rua Antônio João até a Rua Princesa Izabel - Centro;

Micro Área 06 - Rua Lino Alves da Rocha até Av. Santa Terezinha - Bairro São Cristóvão;

Micro Área 07 - Rua Duque de Caxias até Rua 1º de Maio - Centro.

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: RANOLFO PEREIRA DA SILVA Abrange a seguinte delimitação:

Micro Área 08 - Rua Antônio Pereira da Silva até a Rua Antônio de Oliveira Flores - Bairro Cohab, Planalto e Aeroporto I;

Micro Área 09 - Rua Jardim (São Miguel) até a Rua Dorvalino Martins Acosta - Aeroporto 1 e 2;

Micro Área 10 - Rua Antônio de Oliveira Flores até a Av. Santa Terezinha - Bairro Planalto e Cohab;

Micro Área 11 - Rua Ramão Maidana (industrial) até a Rua Antônio Mauro Caetano (Vila Caetano);

Micro Área 12 - Rua José Scaff Barbosa (industrial) até a Rua A - Vila Natal;

Micro Área 13 - Rua Professora Candinha (Vila Caetano) até a Rua José Scaff Barbosa (Industrial);

Micro Área 14 - Rua Antônio Pereira da Silva (Mutirão) até a Rua Mauro Antônio Caetano (Vila Caetano).

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: SÃO MIGUEL Abrange a seguinte delimitação:

Micro Área 15 - Retirada da Laguna

Micro Área 16 - Retirada da Laguna

Micro Área 17 - Rua Maracaju à Rua Major Pires (São Miguel)

Micro Área 18 - Rua Rubens Bertola (São Miguel) à Rua Antônio Ferreira de Souza (Nery Arce)

Micro Área 19 - Rua José Bião Neto à Rua Castro Alves - Bairro São Miguel;

Micro Área 20 - Av. Presidente Vargas à Rua Antônio Oliveira Flores - Bairro Planalto;

Micro Área 21 - Rua General Câmara à Rua Rubens Bertola - Bairro São Miguel;

Micro Área 22 - Assentamento Rio Feio.

177752

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231