Prefeitura de Glorinha - RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE GLORINHA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

IGRH - INSTITUTO GAÚCHO DE RECURSOS HUMANOS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N° 01/2007

Notícia:   Oportunidades na Área da Educação em Glorinha - RS

www.igrh.com.br

* EDITAL

* TABELA DE EMPREGOS

* PROCESSO DE INSCRIÇÃO

* CONTEÚDO (ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGOS)

* BIBLIOGRAFIA OU CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2007

O Prefeito Municipal de Glorinha, no uso de suas atribuições legais e nos termos do Artigo 37 da Constituição Federal, torna público que realizará Concurso Público sob regime Celetista, para admissão de empregos para o Quadro Geral dos Servidores Municipais de Glorinha, regendo-se pelas instruções especiais neste Edital contidas e pelas demais leis vigentes.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS

CAPÍTULO I

Dos Empregos

1 - Tabela de empregos:

EMPREGOS

VAGAS

PADRÃO

CARGA HORÁRIA SEMANAL

ESCOLARIDADE E EXIGÊNCIA MÍNIMA

VENCIMENTOS

TAXA DE INSCRIÇÃO

ATENDENTE DE EDUCAÇÃO INFANTIL

10

3.03

30 h

Ensino Médio Completo e Curso na área de Educação Infantil (min.120 horas) ou Magistério ou Normal ou Normal Pós-Médio

R$ 700,75

R$ 30,00

MONITOR DE ESCOLA

02

3.04

40 h

Ensino Médio Completo

R$ 733,90

R$ 30,00

SECRETÁRIO DE ESCOLA

03

3.04

40 h

Ensino Médio Completo

R$ 733,90

R$ 30,00

PROFESSOR ÁREA I

07

NÍVEL 1

22 h

Curso de nível médio, na modalidade normal, normal pós-médio, normal superior, e/ou curso Superior em Pedagogia com habilitação em Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental

R$ 696,04

R$ 30,00

PEDAGOGO ORIENTADOR EDUCACIONAL

01

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior em Pedagogia com habilitação em Orientação Educacional, e/ou pós-graduação em Orientação Educacional

R$ 800,45

R$ 50,00

PEDAGOGO SUPERVISOR ESCOLAR

02

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior em Pedagogia com habilitação em Supervisão Escolar e/ou pós-graduação em Supervisão Escolar

R$ 800,45

R$ 50,00

PROFESSOR ÁREA II DE CIÊNCIAS

01

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior Licenciatura Plena em Biologia

R$ 800,45

R$ 50,00

PROFESSOR ÁREA II DE EDUCAÇÃO FÍSICA

01

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior Licenciatura Plena em Educação Física

R$ 800,45

R$ 50,00

PROFESSOR ÁREA II DE GEOGRAFIA

01

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior Licenciatura Plena em Geografia

R$ 800,45

R$ 50,00

PROFESSOR ÁREA II DE HISTÓRIA

01

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior Licenciatura Plena em História

R$ 800,45

R$ 50,00

PROFESSOR ÁREA II DE LÍNGUA INGLESA

02

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior Licenciatura Plena em Letras com Habilitação em Inglês

R$ 800,45

R$ 50,00

PROFESSOR ÁREA II DE LÍNGUA PORTUGUESA

03

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior Licenciatura Plena em Letras

R$ 800,45

R$ 50,00

PROFESSOR ÁREA II DE MATEMÁTICA

03

NÍVEL 2

22 h

Curso Superior Licenciatura Plena em Matemática

R$ 800,45

R$ 50,00

CAPÍTULO II

Das Inscrições

1 - O período de inscrições será de 13 a 31 de agosto de 2007. As inscrições deverão ser feitas pela internet, através do site do Instituto Gaúcho de Recursos Humanos - www.igrh.com.br.

1.1 - Será disponibilizado microcomputadores com acesso à internet na Secretaria Municipal de Educação, sito a Av. Dr. Pompílio Gomes Sobrinho n° 23810, Centro, Glorinha, para a realização das inscrições, de segunda a sexta-feira das 8h 30min às 12 horas e das 13 às 17 horas.

2 - A inscrição no Concurso implica, desde logo, o conhecimento e o compromisso tácito com a aceitação pelo candidato, das condições estabelecidas neste Edital.

3 - São condições de inscrição:

a) ser brasileiro nato ou naturalizado;

b) encontrar-se em pleno exercício dos direitos civis e políticos;

c) ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade completos quando do provimento da vaga;

d) estar quite com as obrigações militares (candidatos do sexo masculino);

e) estar quite com as obrigações eleitorais;

f) não ter contrato de trabalho anterior com o município rescindido por justa causa.

4 - Para a inscrição pela Internet:

4.1 - Após o preenchimento do formulário eletrônico, o candidato deverá imprimir o boleto bancário para o pagamento da taxa de inscrição.

4.2 - O pagamento do boleto bancário relativo à taxa de inscrição poderá ser feito em qualquer agência bancária até o dia 03 de setembro de 2007.

4.3 - O boleto bancário, quitado, será o comprovante de inscrição no Concurso.

4.4 - Não serão consideradas as solicitações de inscrição via Internet que não forem recebidas por falhas de comunicação, congestionamento de linha, ou outros fatores de ordem técnica dos computadores.

4.5 - Não serão aceitas inscrições via postal.

4.6 - As informações prestadas no formulário eletrônico, bem como o preenchimento dos requisitos determinados no item 3 deste capítulo, serão de total responsabilidade do candidato.

4.7 - Para efetivar a inscrição é imprescindível o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o número de um documento de identidade válido em todo território nacional.

4.8 - Aos deficientes físicos fica assegurada a reserva de 5% das vagas.

4.9 - Aos deficientes físicos é assegurado o direito de inscrição no presente concurso para os empregos cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores, devendo os mesmos, até o último dia de inscrição, enviar, via postal ou pessoalmente, à Secretaria Municipal de Educação, na Av. Dr. Pompílio Gomes Sobrinho n° 23810, Centro, Glorinha, CEP 94.380-000, o laudo médico emitido por junta médica atestando a espécie e o grau de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID), sujeito à verificação pericial da Prefeitura Municipal de Glorinha.

5 - Não será permitida a inscrição para mais de um emprego.

6 - Em nenhuma hipótese haverá devolução da Taxa de Inscrição.

CAPÍTULO III

Da Prova Escrita

1 - A prova Escrita do concurso será aplicada em local e dia a serem afixado no mural da Prefeitura Municipal de Glorinha e no site www.igrh.com.br. Não serão realizadas provas fora dos locais, datas e/ou horários diferentes, indicados na lista publicada.

2 - Desde já os candidatos ficam convocados a comparecer com antecedência de 30 minutos ao local das provas.

3 - Para a prova Escrita, o ingresso na sala só será permitido ao candidato que apresentar documento de identidade com foto, no qual conste o número do documento que originou a inscrição via internet e o documento de inscrição no concurso (boleto bancário), impresso quando do ato da inscrição.

4 - O candidato deverá comparecer ao local designado, no ato de realização da prova, munido de caneta esferográfica azul ou preta.

5 - Não será permitido o ingresso de candidato no local da realização da prova, após o horário limite estabelecido. Não haverá segunda chamada seja qual for o motivo alegado.

6 - Durante a prova não será permitida nenhuma consulta a qualquer tipo de material (livros, apostilas, etc.) ou uso de equipamentos eletro-eletrônicos (Calculadoras, agendas eletrônicas, computadores, etc.).

7 - Não será permitido ao candidato ingressar no local da prova portando aparelhos eletro-eletrônicos e de comunicação (telefone celular, pager, etc). O Candidato que for flagrado portando os aparelhos descritos ou similares será imediatamente excluído do concurso.

8 - Será excluído do concurso o candidato que:

I - não atender as determinações dos fiscais de provas, bem como empreender ofensas ou agressões aos mesmos, seus auxiliares ou autoridades presentes;

II - for surpreendido, durante a realização das provas, em comunicação com outro candidato ou terceiros, bem como, se utilizando de livros, notas, impressos ou equipamentos não permitidos;

III - ausentar-se do recinto da prova sem o acompanhamento do fiscal.

9 - O candidato, ao terminar a prova Escrita, devolverá ao fiscal da sala, juntamente com o cartão de respostas, o caderno de questões. O candidato que não observar esta exigência será automaticamente excluído do Concurso.

10 - O cartão de respostas é o único documento que será considerado para correção da prova. Em nenhuma hipótese o caderno de questões será considerado para pontuação.

11 - Ao final da prova Escrita, os dois últimos candidatos deverão permanecer no recinto, a fim de assinar o lacre do envelope das provas juntamente com os fiscais, sendo seus nomes identificados na respectiva ata.

CAPÍTULO IV

Das Pontuações da Prova Escrita

1 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Atendente de Educação Infantil de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

52,00

PROVA DE CONHECIMENTOS Pedagógicos E LEGISLAÇÃO

48,00

2 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Monitor de Escola de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

52,00

PROVA DE LEGISLAÇÃO

48,00

3 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Secretário de Escola de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

40,00

PROVA DE MATEMÁTICA

28,00

PROVA DE LEGISLAÇÃO e informática

32,00

4 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área I de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

40,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

60,00

5 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Pedagogo Orientador Educacional de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

40,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

60,00

6 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Pedagogo Supervisor Escolar de 2 (duas) etapa: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

40,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

60,00

7 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área II de Ciências de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

32,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

28,00

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

40,00

8 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área II de Educação Física de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

32,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

28,00

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

40,00

9 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área II de Geografia de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

32,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

28,00

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

40,00

10 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área II de História de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

32,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

28,00

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

40,00

11 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área II de Língua Inglesa de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

32,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

28,00

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

40,00

12 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área II de Língua Portuguesa de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA E DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

60,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

40,00

13 - O Concurso Público - Edital 01/2007 constará, para o emprego de Professor Área II de Matemática de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

32,00

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO

28,00

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

40,00

CAPÍTULO V

Da Prova de Títulos

1 - A Prova de Títulos será um processo exclusivo para a admissão de empregos de Pedagogo Orientador Educacional, Pedagogo Supervisor Educacional, Professor Área I, Professor Área II de Ciências, Professor Área II de Educação Física, Professor Área II de Geografia, Professor Área II de História, Professor Área II de Língua Inglesa, Professor Área II de Língua Portuguesa e Professor Área II de Matemática, previstos neste Edital.

2 - Somente os candidatos aprovados na prova Escrita terão seus títulos avaliados.

3 - A pontuação máxima da prova de títulos será de 15 (quinze) pontos. Ultrapassada tal pontuação será aposta a sigla UCP (ultrapassou a contagem de pontos).

4 - Só serão aceitos títulos emitidos a partir do ano de 2002.

5 - Os títulos deverão ser apresentados em fotocópias, acompanhados dos originais para simples conferência, devendo ser rubricados e numerados pelo candidato, na ordem cronológica que constar na Relação de Títulos Entregues (Anexo III). O Anexo III deverá ser entregue, juntamente com os títulos, em 02 (duas) vias assinadas pelo candidato, uma das quais lhes será restituída com protocolo de recebimento (data e horário), devendo ser entregue na Prefeitura Municipal de Glorinha.

6 - Os documentos comprobatórios de títulos não podem apresentar rasuras, emendas ou entrelinhas.

7 - O candidato que possuir alteração de nome (casamento, separação, etc.) deverá anexar cópia do documento comprobatório da alteração sob pena de não ter pontuado títulos com nome diferente da inscrição e/ou identidade.

8 - Comprovada em qualquer tempo, irregularidade ou ilegalidade na obtenção dos títulos do candidato, bem como o encaminhamento de um título em duplicidade, com o fim de obter dupla pontuação, o candidato será excluído do concurso.

9 - Consideram-se títulos, para fins de pontuação, aqueles de formação específica à área da Educação.

Tabela de Títulos

9.1. Participação em congressos, simpósios, seminário, cursos, encontros, ligados às especificidades técnicas do emprego, até o máximo de 3 (três) pontos:

a) Até 20 horas aula: 0,5 (zero vírgula cinco) pontos

b) De 21 a 50 horas aulas: 1 (um) ponto

c) Mais de 51 horas aulas: 1,5 (um vírgula cinco) pontos

Obs. Será considerado apenas um curso de cada carga horária estabelecida.

9.1.1. Cursos com carga horária definida em dias ou meses serão considerados na seguinte proporção:

a) 01 dia = 04 horas / 01 mês = 80 horas

9.2. Trabalhos publicados relacionados às especificidades técnicas do emprego, como livros, teses, artigos, até o máximo de 3 (três) pontos:

a) Livros: 1,5 (um vírgula cinco) pontos

b) teses: 1 (um) ponto.

c) artigos: 0,5 (zero vírgula cinco) pontos.

Obs. Será considerado apenas um título de cada categoria acima descrita.

9.3. Cursos de Especialização e Pós Graduação ligados à área do Emprego:

a) Doutorado: 5 (cinco) pontos

b) Mestrado: 4 (quatro) pontos

c) Especialização (carga horária mínima de 360 horas): 3 (três) pontos

CAPÍTULO VI

Da Aprovação e Classificação

1 - Para os empregos de Atendente de Educação Infantil, Monitor de Escola e Secretário de Escola a nota final, para efeito de classificação do candidato, será a nota da Prova Escrita.

2 - Para os empregos de Pedagogo Orientador Educacional, Pedagogo Supervisor Escolar, Professor Área I, Professor Área II de Ciências, Professor Área II de Educação Física, Professor Área II de Geografia, Professor Área II de História, Professor Área II de Língua Inglesa, Professor Área II de Língua Portuguesa e Professor Área II de Matemática a nota final, para efeito de Classificação, será a soma de pontos obtidos nas Provas Escrita e de Títulos.

3 - A prova Escrita terá o valor de 100 (cem) pontos. A nota mínima de aprovação será de 60 (sessenta) pontos.

4 - Candidato que não obter aprovação na Prova Escrita estará automaticamente desclassificado do Concurso.

5 - A lista final de classificação das provas do concurso apresentará apenas os candidatos aprovados.

6 - Os candidatos aprovados serão classificados na ordem decrescente dos pontos obtidos.

7 - Caso ocorra empate será utilizado o critério de Sorteio Público, que será realizado em ato público, a ser divulgado através de Edital.

CAPÍTULO VII

Dos Recursos

1 - Serão admitidos recursos pelos candidatos, de acordo com os preceitos estabelecidos neste Edital. O prazo para interposição de recurso inicia-se no primeiro dia útil seguinte ao da publicação do resultado. Os recursos deverão ser devidamente fundamentados e dirigidos ao Prefeito Municipal de Glorinha, devendo os mesmos ser protocolados, na forma de requerimento, conforme o Anexo IV, junto à Prefeitura Municipal de Glorinha.

2 - Para os recursos relativos ao resultado das provas, os candidatos poderão ingressar com pedidos a respeito das questões ou pontos, os quais devem ter circunstanciada exposição, contendo a identificação do candidato, seu número de inscrição e o emprego ao qual concorre.

OBS: Não serão conhecidos os recursos que não atendem as exigências acima.

3 - Em caso de haver questões que possam vir a serem anuladas, seja na fase de recurso ou aplicação de provas, as mesmas serão pontuadas como corretas a todos os candidatos.

4 - O prazo para interposição de recursos, em qualquer fase do concurso, será de 03 (três) dias úteis a contar da publicação de cada edital.

CAPÍTULO VIII

Da Admissão do Emprego

1 - A admissão do emprego obedecerá rigorosamente à ordem de classificação dos candidatos aprovados.

2 - O candidato aprovado obriga-se a manter atualizado seu endereço junto à Prefeitura Municipal de Glorinha.

3 - Contados do recebimento do aviso da convocação para a admissão, o candidato terá o prazo de 05 (cinco) dias úteis para apresentar-se na Prefeitura Municipal de Glorinha, no horário de expediente externo.

4 - Decorrido o prazo retro e deixando o candidato chamado de apresentar-se regularmente, o não comparecimento caracterizará renúncia, desistindo o candidato do direito da respectiva admissão, operando-se automaticamente, a extinção plena de todos e quaisquer direitos relativos a este concurso e/ou dele decorrentes.

5 - Caso o candidato não queira assumir de imediato, e o mesmo tenha atendido os requisitos mínimos, conforme letra "a" do item 7 deste capítulo, poderá, mediante requerimento próprio, solicitar para passar para o final da lista dos aprovados, e para concorrer novamente, será observada sempre a nova ordem de classificação e a validade do concurso.

6 - O concurso terá validade por 2 (dois) anos a partir da data de homologação dos resultados, prorrogável por mais 2 (dois) anos, a critério da Administração da Prefeitura Municipal de Glorinha.

7 - Ficam advertidos os candidatos de que, no caso de admissão, o provimento da vaga só lhes será deferida no caso de apresentarem:

a) a documentação comprobatória das condições previstas no capítulo I e II - item 3, deste Edital, juntamente com a habilitação específica para o emprego ao qual é exigível, acompanhado de fotocópia;

b) atestado de boa saúde física, mediante exame médico, que comprove aptidão necessária para o exercício do emprego.

8 - A não apresentação dos documentos acima, por ocasião da posse, implicará na impossibilidade do aproveitamento do candidato aprovado, anulando-se todos os atos ou efeitos decorrentes da inscrição no Concurso.

CAPÍTULO IX

Das Disposições Finais

1 - A habilitação no processo seletivo não assegura ao candidato a admissão imediata, mas apenas a expectativa de ser admitido segundo as vagas existentes, na ordem de classificação, ficando a concretização deste ato condicionado às disposições pertinentes, sobretudo à necessidade e a possibilidade da Administração.

2 - A inexatidão das informações e/ou irregularidades e documentos, ainda que verificados posteriormente, eliminarão o candidato do concurso, anulando-se todos os atos decorrentes da inscrição.

3 - As publicações sobre o processamento deste concurso, tais como prorrogação das inscrições, mudança na data de realização, local e horário das provas, prazos para recursos e homologação de resultados serão veiculados junto ao mural da Prefeitura Municipal de Glorinha e no site do Instituto Gaúcho de Recursos Humanos - www.igrh.com.br.

4 - Casos omissos serão dirimidos pela Prefeitura Municipal de Glorinha, juntamente com a empresa executora do Concurso.

5 - Todas as informações necessárias poderão ser obtidas através do site Instituto Gaúcho de recursos Humanos - www.igrh.com.br ou através de requerimento protocolado junto à Prefeitura Municipal de Glorinha.

Glorinha, 08 de agosto de 2007.

João Carlos Fialho Gomes
PREFEITO MUNICIPAL DE GLORINHA

ANEXO I

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS DOS EMPREGOS

1.

Atendente de Educação Infantil

1.1 Descrição Sintética: Atividade de nível médio, de relativa complexidade, envolvendo a execução de tarefas próprias de orientação e recreação infantil em estabelecimentos de ensino.

1.2 Descrição Analítica: Prestar assistência geral às crianças; atender as crianças quanto as necessidades básicas afetivas, intelectuais, cognitivas, sociais e físicas, visando seu pleno desenvolvimento; recepcionar e controlar a entrada e a saída das crianças, diariamente; auxiliar as mesmas no que se refere à higiene pessoal; servir refeições e auxiliar as crianças a se alimentarem; acompanhar as crianças em passeios, visitas e atividades esportivas, culturais cívicas e sociais; observar a saúde e bem-estar das crianças; intervir, de imediato, diante da necessidade de primeiros socorros e comunicar à direção o ocorrido; ministrar medicamento conforme prescrição médica e autorização do responsável; executar atividades diárias de recreação e trabalhos educacionais de artes diversas; auxiliar a criança a desenvolver a coordenação motora; organizar o tempo e o espaço das crianças, planejando atividades diárias a serem desenvolvidas, organizando a sala de aula. Participar da elaboração da Proposta Pedagógica, Planos de Estudos e Regimento Escolar; participar de reuniões e cursos de atualização e formação continuada.

2.

Monitor de Escola

2.1 Descrição Sintética: Atividade de nível médio, de relativa complexidade, envolvendo a execução de tarefas próprias de estabelecimento de ensino.

2.2 Descrição Analítica: Coordenar, controlar e registrar a movimentação de alunos no estabelecimento de ensino, na entrada e na saída em horário normal ou fora dele, durante as aulas e intervalos no pátio ou no refeitório; encaminhar e acompanhar, quando solicitado pela direção, os alunos, quando da realização de atividades extra classe e extracurriculares; subsidiar as atividades curriculares e extracurriculares, viabilizando o uso de material didático pedagógico; receber e entregar correspondência, interna e externa; orientar o acesso da comunidade escolar e visitante nas dependências da escola; encaminhar à direção da escola situações que coloquem em risco a segurança dos alunos formalizar por escrito as ocorrências graves de desvio de conduta, primeiramente ao serviço de Orientação Educacional da Escola; zelar pela disciplina nos estabelecimentos escolares e áreas adjacentes; operar os aparelhos e equipamentos existentes na escola e zelar por sua manutenção e conservação; executar outras tarefas semelhantes.

3.

Secretário de Escola

3.1 Descrição Sintética: Atividade de nível médio, de relativa complexidade, envolvendo a execução de tarefas próprias de secretaria de estabelecimentos de ensino.

3.2 Descrição Analítica: Supervisionar os serviços de secretaria de estabelecimentos de ensino, de acordo com a orientação da Direção; manter atualizado os assentamentos referentes ao corpo docente e funcionários; manter cadastro dos alunos; manter em dia a escrituração escolar do estabelecimento; organizar e manter atualizados prontuários de legislação referentes ao ensino, às atividades escolares; extrair certidões; escriturar os livros, fichas e demais documentos que se refiram as avaliações dos alunos, efetuando em época hábil os cálculos de apuração dos resultados finais; preencher boletins estatísticos; preparar e revisar efetividade e controle de freqüência dos corpos docente e discente e demais funcionários do estabelecimento de ensino, listas de exames, etc; colaborar na formação dos horários; preparar o material referente a realização de exames; arquivar recortes e publicações de interesse para o estabelecimento de ensino; lavrar e assinar atas em geral; criar, desenvolver e expedir documentos a serem expedidos pela escola; receber e expedir correspondência; elaborar e distribuir boletins de notas, histórico escolar, etc; lavrar termos de abertura e encerramento dos livros de escrituração escolar; redigir e subscrever, de ordem da direção, editais de chamada para exames, matrículas, etc; encarregar-se da publicação e controle de avisos em geral, das comunicações recebendo e transmitindo as informações através da operação de equipamentos eletrônicos; orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares; fazer o controle das ocorrências diárias da escola, faltas de pessoal, passeios, recados, notificações aos pais, ocorrência de doenças infecto-contagiosas em alunos e funcionários; executar outras tarefas semelhantes. Participar para fins de registro de reuniões e solenidades e eventos especiais da escola; atender, quando requisitado pela mantenedora, a mais de um estabelecimento de ensino; integrar comissões de sindicâncias e processos disciplinares quando requisitado; participar de conselhos de classe.

4.

Professor Área I

6.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

6.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação e recuperação de estudos para alunos de menor rendimento; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e da elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de estudos e Regimento escolar; executar tarefas afins.

5.

Pedagogo Orientador Educacional

4.1 Descrição Sintética: executar atividades específicas de orientação educacional no âmbito do sistema de Ensino.

4.2 Descrição Analítica: elaborar o Plano de Ação do Serviço de Orientação Educacional, de acordo com o Projeto Pedagógico e Plano Global; assistir as turmas realizando entrevistas e aconselhamentos, encaminhando, quando necessário, a outros profissionais; orientar o professor na identificação de comportamento divergente dos alunos, levantando e selecionando em conjunto, alternativas de solução a serem adotadas; promover sondagem de aptidões e oportunizar informação profissional; participar da composição, caracterização e acompanhamento das turmas e grupos de alunos; integrar o processo de controle das unidades escolares, atendendo direta e indiretamente às escolas; sistematizar as informações coletadas necessárias ao conhecimento global do educando; executar tarefas afins.

6.

Pedagogo Supervisor Educacional

5.1 Descrição Sintética: executar atividades especificas de supervisão escolar no âmbito do sistema de Ensino.

5.2 Descrição Analítica: coordenar a elaboração do Projeto Pedagógico e Plano Global de Rede Escolar; coordenar a elaboração do Plano Curricular; elaborar o Plano de Ação do Serviço de Supervisão Escolar, a partir do Plano Global, orientar e supervisionar atividades e diagnósticos, controle e verificação do rendimento escolar; assessorar o trabalho docente quanto à métodos e técnicas de ensino na avaliação dos alunos; assessorar a direção na tomada de decisões relativas ao desenvolvimento do Plano Curricular; acompanhar o desenvolvimento do trabalho escolar; elaborar e acompanhar o cronograma das atividades docentes; dinamizar o currículo da escola, colaborando com a direção no processo de ajustamento do trabalho escolar às exigências do meio; coordenar conselhos de classe; analisar o histórico escolar dos alunos com vistas e adaptações, transferências, reingressos e recuperações; integrar o processo de controle das unidades escolares, atendendo direta ou indiretamente as escolas, estimular e assessorar a efetivação de mudanças no ensino; executar tarefas afins.

7.

Professor Área II de Ciências

7.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

7.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e na elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de Estudo e Regimento Escolar; executar tarefas afins.

8.

Professor Área II de Educação Física

8.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

8.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e na elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de Estudo e Regimento Escolar; executar tarefas afins.

9.

Professor Área II de Geografia

9.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

9.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e na elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de Estudo e Regimento Escolar; executar tarefas afins.

10.

Professor Área II de História

10.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

10.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e na elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de Estudo e Regimento Escolar; executar tarefas afins.

11.

Professor Área II de Língua Inglesa

11.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

11.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e na elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de Estudo e Regimento Escolar; executar tarefas afins.

12.

Professor Área II de Língua Portuguesa

12.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

12.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e na elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de Estudo e Regimento Escolar; executar tarefas afins.

13.

Professor Área II de Matemática

13.1 Descrição Sintética: Orientar a aprendizagem do aluno; participar no processo de planejamento das atividades da escola; organizar as operações inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino.

13.2 Descrição Analítica: Planejar e executar o trabalho docente; levantar e interpretar dados relativos à realidade da classe; estabelecer mecanismos de avaliação; constatar necessidade e carências do aluno e propor o seu encaminhamento a setores específicos de atendimento; organizar registros de observações do aluno; participar de atividades extra-classe; coordenar a área do estudo; integrar órgãos complementares da escola; participar e atuar em reuniões e conselhos de classe e na elaboração e execução da Proposta Pedagógica da escola, Planos de Estudo e Regimento Escolar; executar tarefas afins.

ANEXO II

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E/OU BIBLIOGRAFIA

1.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE ATENDENTE DE EDUCAÇÃO INFANTIL

1.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática.

1.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

§ Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

§ Lei Federal nº 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ HOFFMANN, Jussara. Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação e Realidade, 1993.

§ PIAGET, Jean. A representação do mundo na criança. Rio de Janeiro: Record. S.d.

§ ___________. A formação do símbolo na criança imitação, jogo e sonho, imagem e representação. Rio de Janeiro: Zahar, 1971.

2.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE MONITOR DE ESCOLA

2.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

2.2 Legislação

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

3.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE SECRETÁRIO DE ESCOLA

3.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

3.2 Matemática

§ Sistema de numeração decimal.

§ Quatro operações fundamentais em N (Números Inteiros).

§ Frações ordinárias - quatro operações.

§ Números decimais - quatro operações.

§ Porcentagem, juros simples e regra de três simples.

§ Sistema de medidas.

§ Figuras planas: logaritmos e função logarítmica.

§ Progressões Aritméticas

§ Progressões Geométricas.

§ Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares.

§ Equações do Segundo Grau.

§ Logaritmos

§ Equações exponenciais.

3.3 Legislação

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

3.4 Informática

§ Conhecimento básico de rede.

§ Sistema Operacional Windows e Microsoft Office e seus aplicativos (Word, Excel e Power Point).

§ Outlook Express e Internet.

4.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA I

4.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

4.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

BUORO, Anamelia Bueno. O olhar em construção - uma experiência de ensino e aprendizagem na ante da escola. SP: Cortez, 1998.

CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização e lingüística. 2ª ed. São Paulo: Scipione, 1990.

CARRETERO, Mario. Constituir e ensinar - As Ciências Sociais e a História. POA: Artmed, 1997.

COLL, César et al. O construtivismo na sala de aula. São Paulo: Ática, 1999.

FERREIRO, Emília e Teberosky, Ana. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1986.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação e Realidade, 1993.

KAMII, Constance. A criança e o número - implicações educacionais da teoria de Piaget para atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. Campinas: Papirus, 1990.

LERNER, Delia. Ler e escrever na escola - o real, o possível e o necessário. POA: Artmed, 2002.

MORAIS, Arthur Gomes de. Ortografia: ensinar e aprender. SP: Ática, 1998.

PIAGET, Jean. A representação do mundo na criança. Rio de Janeiro: Record. S.d.

______________A formação do símbolo na criança imitação, jogo e sonho, imagem e representação. Rio de Janeiro: Zahar, 1971.

_____________ O julgamento moral da criança. São Paulo: Metrjou, 1977.

_____________ O nascimento da inteligência na criança. 3ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

RANGEL, Ana Cristina, S. Educação Matemática e a Construção do Número pela criança. POA: Artmed, 1992.

TEBEROSKY, Ana. Aprendendo a escrever: perspectivas psicológicas e implicações educacionais. SP: Ática, 1995.

WEISSMANN, Hilda (org.) Didática das ciências Naturais - contribuições e reflexões. POA: Artmed, 1998.

VIGOTSKI, Liev. S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2000. Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

· Plano de Carreira do Magistério Municipal.

5.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PEDAGOGO ORIENTADOR EDUCACIONAL

5.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

5.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. São Paulo: Autores Associados, 1996.

ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

_____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: UNESP, 2000.

FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis: Vozes, 2003.

KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

_____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

______________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et al. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

Lei Federal nº 8.069/1990 - Estatuto da criança e do adolescente.

Lei nº 9394, de 20.12.96 - Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

Plano de Carreira do Magistério Municipal.

6.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PEDAGOGO SUPERVISOR EDUCACIONAL

6.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

6.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

_____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: UNESP, 2000.

FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

_____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

_____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

Lei Federal nº 8.069/1990 - Estatuto da criança e do adolescente.

Lei nº 9394, de 20.12.96 - Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

Plano de Carreira do Magistério Municipal.

7.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA II DE CIÊNCIAS

7.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

7.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

_____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

_____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

_____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Plano de Carreira do Magistério Municipal.

7.3 Conhecimentos Específicos

1. A vida na Terra

- A Terra no Sistema Solar

- Os minerais e a formação dos diferentes tipos de solo

- A atmosfera

- Adaptação dos seres vivos

- Morfologia e fisiologia do Corpo Humano

2. Origem e Evolução da Vida

- Teorias evolutivas

- Evolução dos seres vivos

3. Relações Ecológicas e a vida no Planeta

- Relações existentes nos ecossistemas

- Cadeias alimentares

- Transformações energéticas na fotossíntese

4. Matéria

- Transformações físicas e químicas da matéria

- Estados físicos da matéria

- Propriedades da matéria

5. Energia e suas transformações

- Som

- Óptica

- Eletricidade

- Magnetismo

7.4 Bibliografia Indicada:

§ AMABIS, J. M. Biologia 3 - Populações - Genética, Evolução e Ecologia. São Paulo: Moderna, 2005.

§ __________, J. M.; MARTHO, G. R. Fundamentos da Biologia Moderna - Vol. Único. São Paulo: Moderna; 1999.

§ BURNS,G.W; ET AL. GENÉTICA. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1991. 381 P.

§ JUNQUEIRA, Luiz C. Biologia Celular e Molecular. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 1991.

§ __________, L. C.; CARNEIRO, J. Histologia Básica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004.

§ LEINZ, V. Geologia Geral. São Paulo: Nacional, 1985.

§ LOPES, S. BIO. Volume Único. São Paulo: Saraiva, 2004. 606 P.

§ ODUM, E. P. Ecologia. São Paulo: Guanabara Koogan S.A., 1988.

§ PARANA, D. N. Física. 6. ed. reformulada. São Paulo: Ática. 1998.

§ POPP, J. H. Geologia Geral. São Paulo: LTC, 2002.

§ RICKLEFS, R. E. A Economia da Natureza. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

§ SOARES, P. T. & FERRARO, N. G. Aulas de Física. Vol. 1, 2 e 3. São Paulo: Atual, 2003.

§ USBERCO, J.& SALVADOR, E. Química. Volume Único. São Paulo: Saraiva, 2000.

§ _________, J. & SALVADOR, E. Química 2 - Físico-química. São Paulo: Saraiva, 2004.

8.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA II DE EDUCAÇÃO FÍSICA

8.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

8.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ ______________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo, Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ _______________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

· Plano de Carreira do Magistério Municipal.

8.3 Conhecimentos Específicos

1. Educação Física. O que é? O papel da Educação Física. O conteúdo da Educação Física. O significado da Educação Física. Disciplina ou uma prática educativa. Educação Física e a realidade. Educação Física e a inteligência. Educação Física e o indivíduo. Educação Física e a afetividade. Visão antropológica da Educação Física. Concepções de Educação Física. Tendências da educação Física brasileira.

2. Identidade do Professor de Educação Física. A busca da identidade. Quem é ele? Quem é esse profissional? Qual o papel dentro da sociedade? Qual o nível de compromisso com o processo educacional? Qual a sua contribuição?

3. Professor de Educação Física. Ação pedagógica em Educação Física. Metodologia. Técnicas. Finalidades e objetivos das aulas de Educação Física. Conteúdos. Avaliação.

4. Aluno na aula de Educação Física. Motivação. Interesses. O aluno no centro do ensino da Educação Física. Concepções abertas - O que se entende por tal? Como o ensino da Educação Física pode ser planejado de modo significativo para o aluno?

5. Criatividade e Educação Física. Criatividade e Educação Física nas escolas. A Educação Física nas escolas. Métodos criativos de ensino da Educação Física.

6. O Corpo. Entender o corpo. O que é? Educação Física e o corpo. Concepção de corpo. A expressão da corporeidade.

8.4 Bibliografia Indicada:

- COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino de Educação Física. Ed. Cortez , SP - 1992.

- FOX, E.L; MATHEUS, D. K.. Bases Fisiológicas da Educação Física e dos Desportos. Rio de Janeiro: Interamericana, 1991.

- GUEDES, Dartagnan P. Crescimento Composição Corporal e Desempenho Motor de Crianças e Adolescentes. CLR Balieiro - SP - 1997.

- ________, Dartagnan P; GUEDES, Joana E. R. P. Exercício Físico na Promoção da Saúde. Paraná: Midiograf, 1995.

- GOMES, Antonio Carlos; PALOMARES, Edson M. de Godoy. Educação Física Escolar - teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Grupo Palestra Sport, 1997.

- MCARDIE, W. D.; KATCH, F. I.; KATCH, V. I. Fisiologia no Exercício - Energia Nutrição e Desempenho Humano. São Paulo: Guanabara Koogan, 2003.

- POLLOCK, Michel L.; WILMORE, Jack H; Tradução: SOUZA, Maria C. A. de Exercícios na saúde e na Doença: avaliação e prescrição para prevenção e reabilitação. MEDSI , 1993.

- TANI, Go e outros. Educação Física - Fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista. EPU - SP - 1988.

- WEINECH, Jurger. Manual de Treinamento Esportivo. São Paulo: Manole, 1989.

9.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA II DE GEOGRAFIA

9.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

9.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ ______________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ ______________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et al. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre, Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB).

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

· Plano de Carreira do Magistério Municipal.

9.3 Conhecimentos Específicos

1. Leitura e representação do espaço geográfico. 2. Identificação da unidade espacial: lugar, paisagem e território. 3. Fenômenos naturais: localização e freqüência. 4. A natureza e as questões sócio-ambientais. 5. O campo e a cidade como formações sócio-espaciais. 6. Revolução Industrial: o surgimento do capitalismo e seu papel na conformação das regiões do mundo contemporâneo. 7. Geopolítica mundial. Blocos internacionais de poder. 8. O espaço geográfico da Sociedade Brasileira. Condições naturais do País e as interferências da ação do homem. Repercussões da modernização da agricultura em relação ao processo de urbanização. Implicações do processo industrial na organização do espaço geográfico brasileiro. 9. A estruturação do espaço e sociedade riograndense. Posição e situação do Rio Grande do Sul. O espaço físico e recursos naturais em relação à ocupação humana do Estado do Rio Grande do Sul. O homem e o espaço social. 10. A problemática ambiental.

9.4 Bibliografia Indicada:

- ALMEIDA, Lúcia Marina Alves de e RIGOLIN, Tércio B. Geografia Geral e do Brasil. Vol. Único. São Paulo: Ed. Ática, 2003.

- COELHO, Marcos Amorim e TERRA, Lygia M. "Geografia: O espaço natural e Socioeconômico", Vol. Único. São Paulo: Editora Moderna, 2001.

- MAGNOLI, Demétrio e ARAUJO, Regina. "Geografia: a construção do mundo: geografia geral e do Brasil". Vol. Único. São Paulo: Editora Moderna, 2005.

- MOREIRA, João Carlos e SENE, José Eustáquio de. Geografia. São Paulo: Scipione, 2002.

- MOREIRA, Igor. Espaço e Sociedade no Rio Grande do Sul. POA: Mercado Aberto. 2002.

10.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA II DE HISTÓRIA

10.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

10.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ ____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ ______________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et al. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

· Plano de Carreira do Magistério Municipal.

10.3 Conhecimentos específicos

1. Estruturação histórica do Rio Grande do Sul. Interesses Ibéricos na expansão comercial e na ocupação territorial do Rio Grande do Sul. Os Sete Povos das Missões. As imigrações açoriana, alemã e italiana. A Revolução Farroupilha. 2. Organização Histórica do Brasil. Período Pré-colonial. Brasil Colônia. Brasil Império. Brasil Republicano: da "República Velha" aos desafios dos dias de hoje. 3. A Pré-História. 4. Constituição das Antigas Civilizações e seu legado. 5. Idade Média. Surgimento da sociedade feudal, apogeu e declínio do Feudalismo. 6. Idade Moderna. 7. Idade Contemporânea. Principais mudanças políticas e econômicas (com a formação das novas repúblicas no Leste Europeu). Os grandes conflitos mundiais e suas conseqüências.

Bibliografia Indicada:

- ALENCAR, Francisco. História da sociedade brasileira. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 2003.

- COTRIM, Gilberto Vieira. História Global - Brasil e Geral. Volume único. São Paulo: Saraiva, 2003.

- MORAES, José Geraldo Vinci de. História Geral e do Brasil. Volume único. São Paulo: Ed. Atual, 2003.

- SCHMIDT, Mário F. Nova história crítica. Volume único. São Paulo: Nova Geração, 2005.

- CESAR, Guilhermino. História do Rio Grande do Sul - Período Colonial. Porto Alegre: Martins Livreiro, 2002.

- PESAVENTO, Sandra J. História do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1981.

11.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA II DE LÍNGUA INGLESA

11.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

11.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et al. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

· Plano de Carreira do Magistério Municipal.

11.3 Conhecimentos Específicos

1. Análise e Entendimento de Textos

2. Vocabulário

3. Tradução

4. Gramática Inglesa

11.4 Bibliografia Indicada:

- LILTLEJOHN, Andrew, Company To Company. Ed. Cambridge University Press, 2ª edição, Cambridge - United Kingdom, 1994.

- MURPHY, Raymond. English Grammar In Use - with answers. Editora Cambridge University Press, 2ª edição, Cambridge - United Kingdom, 1994.

- MURPHY, Raymond; RUTHEFORD, Willian. Grammar In Use - with answers. Editora Cambridge University Press, 8ª edição, Cambridge - United Kingdom, 1996.

- SWAN, Michael; WALTER, Catherine. How English Works - A grammar practice book - with answers. Editora Oxford University Press, 3ª edição, Oxford - United Kingdom, 1997.

12.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA II DE LÍNGUA PORTUGUESA

12.1 Conhecimentos Específicos

1. Processo de Comunicação

1.2 Compreensão, análise e síntese na interpretação de mensagens

1.3 A língua e seus níveis

1.4 A linguagem e suas funções sociais

2. Domínio da língua

2.1 Significado contextual das palavras estruturadas na mensagem

- sinônimos

- antônimos

- conotação

- denotação

3. Relação dos signos gráficos com o sistema fônico

- som/fonema

- tonicidade

- acentuação gráfica

3.1 Utilização dos sinais de pontuação

3.2 Reconhecimento e distinção das palavras e seus componentes estruturais

- classes

- estrutura

- formação

- flexão

3.3 Relação entre os elementos do contexto na seqüência verbal

- concordância (nominal, verbal)

- regência verbal

- análise sintática

- frase

- oração

- período (coordenado, subordinado)

12.2 Bibliografia Indicada:

§ ANDRÉ, Hildebrando A de. Curso de Redação. São Paulo: Moderna, 1989.

§ FARACO e MOURA. Gramática, São Paulo: Ed. Ática, 2001.

§ FAVERO, Lionor Lopes; KOCH, Ingedore G. Villaça. Lingüística Textual: introdução. Cortez Editora, 1984.

§ LIMA Rocha, Gramática Normativa da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Editora Livraria José Olympio, 2006.

§ MACHADO, Irene A. Literatura e Redação. Scipione, São Paulo, 1994.

§ NICOLA, José de; INFANTE, Ulisses. Gramática Contemporânea da Língua Portuguesa. São Paulo: Scipione, 2002.

§ OLIVEIRA, Édisom de; LUZZATTO, Sagra. Todo o mundo tem dúvida, inclusive você. Porto Alegre : Sagra, 1999.

§ SARMENTO, Leila Luar. Oficina de Redação. São Paulo: Moderna, 2000.

§ VALENTE, André. Aulas de Português - Perspectivas inovadoras. Petrópolis: Vozes, 1999.

12.3 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ ____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ ______________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et al. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

· Plano de Carreira do Magistério Municipal.

13.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O EMPREGO DE PROFESSOR ÁREA II DE MATEMÁTICA

13.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

13.2 Conhecimentos Pedagógicos e Legislação

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo, Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ ____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ ________________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo, Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ ________________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

· Lei Federal nº 9.394/96 (LDB)

· Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

· Plano de Carreira do Magistério Municipal.

13.3 Conhecimentos Específicos

1. Geometria Plana:

- Noções fundamentais

- Figuras geométricas

- Áreas das principais figuras planas

- Unidades de medida

- Perímetro

- Volume dos principais sólidos

2. Problemas referentes aos números reais com as operações (adição, subtração, divisão, multiplicação, potenciação, radiciação)

3. Regra de três simples e composta

4. Porcentagem, desconto e juros

5. Razões, proporções e proporcionalidade

6. Progressões aritméticas, progressões geométricas

7. Sistemas lineares

- Matrizes

- Determinantes

8. Geometria Analítica

- Utilização de coordenadas cartesianas para resolução de problemas geométricos simples na reta e no plano.

- Representação analítica de lugares geométricos: retas, circunferências e demais cônicas, regiões simples, posições relativas

- Distância (entre dois pontos e de ponto a reta), perpendicularismo e áreas

9. Funções

- Noção de função, gráficos, funções crescentes e decrescentes, máximos e mínimos

- Funções lineares, afins e quadráticas

- Composição e inversão de funções

- Funções exponenciais e logarítmicas

10. Trigonometria

- Arcos e ângulos: medida, relações entre arcos

- Funções trigonométricas

- Resolução de triângulos

11. Geometria Espacial

- Prismas, pirâmides, cilindros, cones e respectivos troncos: cálculo de áreas e volumes.

13.4 Bibliografia Indicada:

§ FERNANDEZ, Vicente Paz & YOUSSEF, Antônio Nicolau. Matemática para o 2º Grau. São Paulo: Scipione, 1998.

§ GIOVANI, José Ruy. & BONJORNO, José Roberto. Matemática 2º Grau. Vol. 1, 2 e 3. FTD, 1988.

§ GENTIL, MARCONDES, GRECO, BELLOTTO, SERGIO. Matemática para o 2º Grau. São Paulo: Ática, 1998.

ANEXO III

PROVA DE TÍTULOS

(a emprego da Banca)

EMPREGO: _______________________________________________________________________________

Nº da inscrição: _____________________________________________________________________________

Nome do candidato: _________________________________________________________________________

RELAÇÃO DE TÍTULOS ENTREGUES

Campos preenchidos pelo candidato

(deixar em branco)

Nº de horas

Histórico / Resumo

Pré - pontuação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Observação: Preencher em letra de forma ou à máquina nos campos destinados ao candidato, entregar este formulário em 02 (duas) vias, conforme Edital.

Data: ____/____/____

Assinatura do candidato _________________________

Assinatura do Responsável _______________________

ANEXO IV

FORMULÁRIO DE RECURSO

PARA

PREFEITURA MUNICIPAL DE GLORINHA

NOME DO CANDIDATO: __________________________________________________________________

Nº DE INSCRIÇÃO: ______________________________ EMPREGO: _______________________________

Recurso Administrativo

Homologação das Inscrições ( )

Gabarito ( )

Notas ( )

Justificativa do Candidato

________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________;

Data: ____/____/____

Assinatura do candidato: ________________________________

Assinatura do responsável pelo recebimento: ________________________________

87314

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231