Prefeitura de Escada - PE

PREFEITURA MUNICIPAL DE ESCADA

SECRETARIAS DO MUNICÍPIO DE ESCADA

ESTADO DO PERNAMBUCO

EDITAL - ALTERADO PELA RETIFICAÇÃO I

Notícia:   422 vagas destinadas a Prefeitura de Escada - PE

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, NÍVEL MÉDIO E NÍVEL FUNDAMENTAL NO ÂMBITO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE ESCADA

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 O concurso público visa o provimento de 422 (quatrocentas e vinte e duas) vagas de provimento imediato, no âmbito dos órgãos e Secretarias do Município de Escada, em conformidade com as Leis Municipais n.°s 2.190, de 17 de dezembro de 2007, 2.249, de 03 de junho de 2009, 2.193, de 17 de dezembro de 2007, 2.192 de 17 de dezembro de 2007, 2.138 de 26 de dezembro de 2005, 2.139 de 28 de dezembro 2005, além de outras pertinentes ao presente Edital, observando o detalhamento constante do Anexo II.

1.2. O concurso referido no subitem anterior será realizado da seguinte forma:

1.2.1 Cargos de Nível Superior:

a) Primeira Etapa - Prova de Conhecimentos, estruturada com 40 (quarenta) questões objetivas - de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os participantes;

b) Segunda Etapa - Avaliação de Títulos, de caráter classificatório, apenas para os candidatos aos cargos de Professor com Graduação;

1.2.2 Cargos de Nível Médio:

a) Etapa Única - Prova de Conhecimentos, estruturada com 40 (quarenta) questões objetivas - de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os participantes.

1.2.3 Cargos de Nível Médio (2.° grau completo e habilitação técnica):

1.2.3.1

a) Etapa Única - Prova de Conhecimentos, estruturada com 40 (quarenta) questões para todos os cargos, à exceção dos Cargos de Professor de Educação Infantil e Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano), de caráter eliminatório e classificatório, para todos os participantes.

1.2.3.2 Para os Cargos de Professor de Educação Infantil e Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5° Ano):

a) Primeira Etapa - Prova de Conhecimentos, estruturada com 50 (cinqüenta) questões objetivas - de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os participantes;

b) Segunda Etapa - Avaliação de Títulos e Experiência Profissional, de caráter classificatório;

1.2.4 Cargos de Nível Fundamental Completo (1.° grau completo - 9° Ano completo):

a) Etapa Única - Prova de Conhecimentos, estruturada com 30 (trinta) questões objetivas - de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os participantes.

1.2.5 Cargos de Nível Fundamental incompleto (5.° Ano completo) e de Nível Fundamental incompleto (1.° ao 5.° Ano incompleto):

a) Etapa Única - Prova de Conhecimentos, estruturada com 30 (trinta) questões objetivas - de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os participantes.

1.3 Aos atos advindos da execução do Concurso Público, para os quais é exigida ampla divulgação, será utilizado o Diário Oficial do Estado de Pernambuco, o site "www.ipad.com.br/escada2009", e o site "www.escada.pe.gov.br", como forma de garantir a transparência do processo.

1.4 As Provas Objetivas de Conhecimentos serão realizadas nos Municípios de Escada e Recife.

1.4.1. Na hipótese de não haver prédios suficientes para abrigar a quantidade de candidatos inscritos no concurso, o IPAD poderá designar municípios circunvizinhos aos previstos no subitem anterior, visando à realização das provas objetivas.

1.5. São de responsabilidade exclusiva dos candidatos as despesas necessárias à realização de todas as fases/etapas do presente concurso, inclusive as decorrentes de deslocamento, hospedagem e modificações de datas ou locais de prova.

1.5.1. Sem prejuízo do disposto no subitem 1.3, poderá ser dada a publicidade dos atos em jornais de ampla circulação ou outro veículo de comunicação.

1.5.2. Poderá ocorrer alteração da data das provas até 24 horas que antecedem a aplicação, bem como por motivo de caso fortuito ou força maior.

2. DAS VAGAS

As vagas destinadas ao Concurso Público estão distribuídas nos órgãos e Secretarias do Município da Escada, na forma prevista no Anexo II. Estas vagas serão preenchidas pelos critérios de conveniência e necessidade, respeitada a ordem de classificação constante da homologação do resultado final do concurso. Deste modo, antes de realizar a inscrição, o interessado deverá certificar-se das atribuições e requisitos específicos do cargo, conforme previsto no Anexo II deste Edital.

2.1 DAS VAGAS DESTINADAS AOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS

2.1.1 Às pessoas portadoras de necessidades especiais que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes são conferidas pela Lei Orgânica do Município de Escada, é assegurado o direito de inscrição no Concurso Público, desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com a atribuição do cargo ao qual concorrerá. Ao candidato portador de necessidades especiais será reservada a quantidade de 3% (três por cento) das vagas, como prevê o artigo 97, inciso IV, alínea "a", da Constituição do Estado de Pernambuco (será reservado por ocasião dos concursos públicos, de provas ou de provas e títulos, o percentual de três por cento e o mínimo de uma vaga, para provimento por pessoa portadora de deficiências, observando-se a habilitação técnica e outros critérios previstos em edital público), seguindo o detalhamento do Anexo II deste Edital.

2.1.2. Serão considerados portadores de necessidades especiais os candidatos enquadrados no contido na Lei n° 7.853 de 24/10/1989 e Decreto n.° 3.298 de 20.12.1999 e suas alterações.

2.1.3. O candidato que desejar concorrer às vagas definidas no subitem 2.1.1 deverá, no ato de inscrição, declarar sua condição e enviar/entregar ao IPAD, laudo médico original, ou cópia autenticada, emitido nos 12 últimos meses, atestando a espécie e o grau de deficiência, com expressa referência ao código da Classificação Internacional de Doença (CID).

2.1.3.1. O laudo de que trata o subitem anterior deverá ser postado (via SEDEX) até a data prevista no Anexo IV, endereçado ao CONCURSO PÚBLICO DO MUNICÍPIO DE ESCADA - LAUDO MÉDICO DE PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS, Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico - IPAD, Rua Santo Elias, n.° 535, bairro do Espinheiro, Recife/PE, CEP: 52020­090, ou entregue pessoalmente até a mesma data e no mesmo endereço, no horário das 9h (nove horas) às 16h (dezesseis horas).

2.1.4. Os candidatos que se declararem portadores de necessidades especiais, quando apresentarem o laudo médico de que trata o subitem anterior, participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, quanto ao conteúdo, local e horário das provas, avaliação e critérios de aprovação e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos, como determinam os artigos 37 e 41, do Decreto n.° 3.298/99, e alterações posteriores.

2.1.5. Sem prejuízo do disposto nos subitens 2.1.3 e 2.1.3.1, o candidato aprovado e classificado dentro do número de vagas destinadas aos portadores de necessidades especiais, será convocado para submeter-se à perícia médica, promovida pelo órgão competente, ou por entidade credenciada, que terá decisão terminativa sobre a sua qualificação como portador de deficiência ou não, bem como sobre a compatibilidade da deficiência com o exercício do cargo pretendido.

2.1.6. A inobservância do disposto neste subitem 2.1 (inclusive nos seus subitens) acarretará a perda do direito ao pleito das vagas reservadas aos candidatos portadores de necessidades especiais, valendo a sua inscrição para a concorrência geral de vagas.

2.1.7. O candidato que, após perícia médica, não tenha sido qualificado como portador de necessidades especiais, terá seu nome excluído da lista de portadores de necessidades especiais, permanecendo seu nome da lista da classificação geral do concurso.

2.1.8. O candidato portador de necessidades especiais cuja deficiência seja julgada pela perícia médica como incompatível com o exercício das atividades do cargo ao qual concorreu, será excluído do processo e considerado desclassificado para todos os efeitos.

2.1.9. O candidato portador de necessidades especiais que, no ato da inscrição, não informar essa condição, receberá, em todas as fases do Concurso, tratamento igual ao previsto para os candidatos não portadores de necessidades especiais.

2.1.10. As vagas destinadas aos portadores de necessidades especiais que não forem preenchidas por falta de candidatos, por reprovação no Concurso ou na perícia médica, serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação.

2.1.11. Após a investidura no cargo, o candidato que utilizar a prerrogativa de que trata o subitem 2.1.1 não poderá argüir a deficiência constatada para justificar a concessão de licença ou aposentadoria por invalidez, salvo se adquiridas posteriormente ao ingresso no serviço público, observadas as disposições legais pertinentes.

3. DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA O PROVIMENTO/POSSE

3.1 Ter sido aprovado no Concurso Público.

3.2 Ter nacionalidade brasileira.

3.3 Estar em dia com as obrigações eleitorais.

3.4 Ter certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso do candidato do sexo masculino.

3.5 Possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício da função e registro no órgão de classe competente.

3.6 Ter idade mínima de dezoito anos completos.

3.7 Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições da função.

3.8 Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público e/ou entidade da esfera federal, estadual e/ou municipal.

3.9 Cumprir as determinações deste edital.

4 DA INSCRIÇÃO NO CONCURSO PÚBLICO

4.1. As inscrições serão realizadas via Internet, no site "www.ipad.com.br/escada2009", durante o período estabelecido no Anexo IV, observado o horário oficial do Estado de Pernambuco.

4.1.1 Os candidatos que realizaram e pagaram a inscrição no Concurso Público do Município de Escada do ano de 2007, não precisarão realizar novo pagamento. Deverão, apenas, convalidar sua inscrição mediante o preenchimento de formulário próprio que estará disponível no site "www.ipad.com.br/escada2009". Caso, contudo, desejem fazer uma segunda inscrição, deverão pagar a taxa respectiva, conforme tabela do subitem 4.3.

4.2 O Município de Escada e a entidade executora não se responsabilizam por solicitação de inscrição via Internet não recebida, por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

4.3 O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição, através de boleto bancário, em qualquer agência bancária, observando os seguintes valores:

1 - Nível Superior:

CARGO

R$

Assistente Social

55,00

Auditor Municipal

Biomédico

Controlador de Contas Públicas

Enfermeiro

Engenheiro Agrônomo

Engenheiro Civil

Farmacêutico

Fisioterapeuta

Fonoaudiólogo

Nutricionista

Médico Anestesista

Médico Clínico Plantonista

Médico Colposcopista

Médico Dermatologista

Médico Oftalmologista

Médico Obstetra Plantonista

Médico Ginecologista

Médico Pediatra Plantonista

Psicólogo Clínico

Psicólogo Educacional

Professor de Ciências

50,00

Professor de Educação Física

Professor de Matemática

Professor de Letras

Veterinário

55,00

2 - Nível Médio (2 ° grau completo):

CARGO

R$

Auxiliar Administrativo

40,00

Agente Fiscal Tributário

Auxiliar de Biblioteca

Digitador

Fiscal de Cadastro Econômico

Fiscal de Cadastro Imobiliário

Fiscal Ambiental

Lançador da Receita

3 - Nível Médio (2.° grau completo e habilitação técnica):

CARGO

R$

Auxiliar de Enfermagem

45,00

Técnico em Laboratório

Técnico em Farmácia

Técnico em Saúde da Família

Técnico em Comunicação e Locução

Técnico em Informática

Técnico Agropecuário

Técnico em Contas Públicas

Técnico em Radiologia

Professor de Educação Infantil

Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano)

Técnico em Controle Interno

4 - Fundamental completo - 9.º Ano completo:

CARGO R$
Guarda Municipal 40,00
Agente Comunitário de Saúde

5 - Fundamental incompleto (1.º ao 5.º Ano incompleto):

CARGO R$
Ajudante de Caminhão 35,00
Cozinheira
Merendeira
Sepultador
Motorista (categoria "B")
Motorista (categoria "C" ou "D")
Zelador
Servente

4.4. O boleto bancário de que trata o subitem 4.3 estará disponível no endereço eletrônico "www.ipad.com.br/escada2009", devendo ser impresso para pagamento, logo após a conclusão do preenchimento da ficha de solicitação de inscrição, pela internet (on-line).

4.5. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia indicado no Anexo IV.

4.6. As solicitações de inscrição serão acatadas após a comprovação pelo banco do pagamento da respectiva taxa.

4.7. Valerá como comprovante de inscrição o canhoto de pagamento da taxa referente ao boleto bancário emitido.

4.7.1. Poderá ainda o candidato emitir novo comprovante no site "www.ipad.com.br/escada2009 ", após o acatamento do pagamento.

4.7.2 O Comprovante de Inscrição deverá ser mantido em poder do candidato e apresentado no local de realização das provas, quando solicitado.

4.8 Serão disponibilizados terminais com microcomputadores, no período indicado no Calendário previsto no Anexo IV, deste Edital, destinados à inscrição no presente concurso, no horário das 09 (nove) às 17 (dezessete) horas, no endereço do IPAD, localizado na Rua Santo Elias, n.° 535, bairro do Espinheiro, Recife/PE, CEP: 52020-090, bem como na Escola Municipal Barão de Suassuna, s/n, Centro, no Município da Escada/PE.

4.9 São de responsabilidade exclusiva do candidato o preenchimento do formulário on-line, a transmissão de dados e demais atos necessários para as inscrições realizadas no âmbito das unidades referidas no subitem 4.8.

4.10 DISPOSITIVOS GERAIS DO PROCEDIMENTO DE INSCRIÇÃO

4.10.1 O candidato poderá obter informações acerca de sua inscrição através do serviço previsto no item 11.14 deste Edital.

4.10.2 As inscrições serão consideradas válidas, após o pagamento da respectiva taxa, e sendo o pagamento realizado por cheque, após a compensação válida do valor nele representado.

4.10.3 É proibida a transferência do valor pago a título de taxa para terceiros, assim como a transferência da inscrição para outrem.

4.10.4 Quando se tratar de inscrição realizada por terceiro, a pedido do interessado, todas as informações registradas na solicitação de inscrição serão de inteira responsabilidade do mesmo (interessado/candidato), arcando este com as conseqüências de eventuais erros no preenchimento.

4.10.5 Não serão aceitas inscrições via fax, via correio eletrônico (e-mail) e via postal.

4.10.6 Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá certificar-se dos requisitos exigidos para o cargo.

4.10.6.1 É de responsabilidade exclusiva do candidato/interessado a identificação correta e precisa dos requisitos e das atribuições dos cargos.

4.10.7 Caso o candidato realize mais de uma inscrição, valerá, para efeitos do presente edital, apenas aquela em que o mesmo tenha realizado a Prova Objetiva de Conhecimentos.

4.10.8 Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição.

4.10.9 O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido, salvo em caso de cancelamento do certame pela Administração Pública Municipal.

4.10.10 As informações prestadas no Formulário de Inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, devendo a comissão instituída e/ou o IPAD excluir do concurso aquele candidato que não preencher o formulário de forma completa e correta e/ou fornecer dados comprovadamente inverídicos, sem prejuízo das sanções (penalidades) administrativas, civis e penais.

4.10.11 Não será aceita a inscrição que não atender ao estabelecido neste Edital.

4.10.12 A qualquer tempo, será anulada a inscrição e todos os atos e fases/etapas dela decorrentes, se verificar falsidade em qualquer declaração e/ ou qualquer irregularidade nos documentos apresentados e/ou na prova.

4.10.13. DO ATENDIMENTO ESPECIAL

4.10.13.1 O candidato que necessitar de qualquer tipo de atendimento diferenciado para a realização das provas deverá solicitá-lo, no ato de inscrição, indicando claramente no formulário quais os recursos especiais necessários (materiais, equipamentos etc.).

4.10.13.1.1 O candidato deverá, ainda, enviar, até a data prevista no Anexo IV, via SEDEX - Encomenda Expressa da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), endereçada ao "CONCURSO DO MUNICÍPIO DA ESCADA - LAUDO MÉDICO PARA ATENDIMENTO ESPECIAL", Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico - IPAD, Rua Santo Elias, n° 535, Espinheiro, Recife/PE, CEP: 52020-090, laudo médico (original ou cópia autenticada) que justifique o atendimento especial solicitado. Após esse período, a solicitação será indeferida, salvo nos casos de força maior.

4.10.13.1.2 O laudo médico poderá também ser entregue, até a data fixada no Anexo IV, das 9h (nove horas) às 17h (dezessete horas), pessoalmente ou por terceiro, no(s) mesmo(s) endereço(s) indicado(s) no subitem 4.10.13.1.1.

4.10.13.2 A candidata com necessidade de amamentar, durante a realização das provas, deverá levar um acompanhante que ficará em sala reservada para essa finalidade. O acompanhante ficará responsável pela guarda da criança. Não é autorizada, contudo, a presença de menores, não lactantes acompanhando o candidato.

4.10.13.2.1 Nenhuma pessoa da equipe de fiscalização das provas ficará responsável pela guarda da criança no período de realização das provas.

4.10.13.2.2. A candidata lactante, acompanhada da criança, ficará impedida de realizar as provas, se deixar de levar um responsável para guarda da criança.

4.10.13.3. Aplica-se à situação do subitem 5.1.14 aos casos de Atendimento Especial.

4.10.13.4 A solicitação de recursos especiais será atendida observando-se os critérios de viabilidade e razoabilidade.

4.10.13.5 A não-solicitação de recursos especiais no ato de inscrição implica a sua não concessão no dia de realização das provas.

4.10.13.6 O IPAD poderá utilizar recursos para gravação e registros nas hipóteses dos atendimentos especiais.

4.10.13.7 Nada obstante o disposto no subitem 4.10.8, estará isento do pagamento da taxa de inscrição o candidato que:

a) no dia de divulgação deste edital, já estiver regularmente inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) de que trata o Dec. Federal n° 6.135, de 26/06/2007; e

b) for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto Federal n° 6.135, de 26/06/2007.

4.10.13.7.1. A isenção deverá ser solicitada mediante requerimento do candidato, disponível por meio do site "www.ipad.com.br/escada2009", até o 5.° dia posterior ao de início das inscrições.

4.10.13.7.2. O requerimento para isenção da taxa de inscrição deverá indicar, necessariamente:

a) Número de Identificação Social (NIS), atribuído pelo CadÚnico; e

b) declaração de que atende às condições estabelecidas no subitem 4.10.13.7 deste edital.

4.10.13.7.3. O IPAD - Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico consultará o órgão gestor do CadÚnico, para verificar a veracidade das informações prestadas pelo candidato.

4.10.13.7.4. As informações prestadas no requerimento de isenção serão de inteira responsabilidade do candidato, podendo responder este, a qualquer momento, por crime contra a fé pública, o que acarretará sua eliminação do concurso, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único, art. 10 do Decreto Federal n° 83.936, de 06/09/1979.

4.10.13.7.5. Não será concedida isenção de taxa de inscrição ao candidato que:

a) omitir informações e/ou torná-las inverídicas;

b) fraudar e/ou falsificar documentação.

4.10.13.7.6. Não será aceita solicitação de isenção de taxa de inscrição via postal, via fax ou via correio eletrônico.

4.10.13.7.7. Cada pedido de isenção de taxa de inscrição será analisado e julgado pelo IPAD. E cada candidato terá direito a isenção de apenas uma inscrição neste concurso. Deste modo, se realizar outra(s), esta(s) só será(ão) convalidada(s) mediante o pagamento da(s) respectiva(s) taxa(s) de inscrição.

4.10.13.7.8. A relação dos pedidos de isenção de taxa de inscrição será divulgada através do site "www.ipad.com.br/escada2009".

4.10.13.7.9. O candidato disporá de 01 (um) dia para contestar o indeferimento através do site "www.ipad.com.br/escada2009", não sendo admitidos pedidos de revisão após tal prazo.

4.10.13.7.10. Os candidatos que tiverem seus pedidos de isenção indeferidos, para validar a inscrição requerida, deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição dentro do prazo estabelecido no Anexo IV deste edital.

4.11 RETIFICAÇÃO E CONVALIDAÇÃO DAS INFORMAÇÕES DE INSCRIÇÃO

4.11.1 Validada a inscrição, ficará divulgado na Internet, no site "www.ipad.com.br/escada2009", as informações apresentadas no Formulário de Inscrição para conhecimento dos candidatos.

4.11.2 O candidato, após efetivação de sua inscrição, poderá retificar os dados apresentados no Formulário de Inscrição, nos limites estabelecidos neste Edital, até a data de realização da Prova Objetiva de Conhecimentos.

4.11.3 Poderão ser retificadas as seguintes informações apresentadas no Formulário de Inscrição:

a) nome, data de nascimento, número de CPF, número de identidade, tipo de documento de identidade, Estado expedidor, sexo, números do DDD e telefone, filiação, naturalidade e endereço eletrônico - e-mail;

b) endereço, número da residência/domicílio, complemento de endereço, número de CEP, bairro, Município e Estado;

c) a opção de concorrer como portador de necessidades especiais, quando respeitado o prazo para entrega ou remessa, conforme o caso, do laudo médico previsto no subitem 2.1.3.1 deste Edital.

4.11.4 Transcorrido o prazo do item 4.11.2, mesmo sem qualquer manifestação do candidato, todas as informações apresentadas no Formulário de Inscrição serão, automática, irrestrita e tacitamente convalidadas, correspondendo à real intenção do candidato, não podendo sofrer alteração.

4.11.5 Não serão aceitas as retificações das informações que visem à transferência da inscrição para terceiros, ou que pretendam burlar quaisquer normas ou condições previstas neste Edital.

4.11.6 Os pedidos de retificação das informações de inscrição serão analisados pelo IPAD, aplicando-se as normas deste Edital e o ordenamento jurídico vigente.

4.11.7 O requerimento de retificação deverá observar o modelo a ser obtido na sede da entidade executora, conforme subitem 11.13, estando acompanhado do documento que comprove a informação a ser retificada, sob pena de ser indeferido.

4.11.7.1 Poderá o candidato formular requerimento em meio digital, no endereço eletrônico do Concurso (www.ipad.com.br/escada2009), devendo o documento ser encaminhado ao(s) endereço(s) citado(s) no subitem 2.1.3.1, dentro do prazo definido no Anexo IV.

4.11.7.2 O não envio do documento no prazo definido, implicará o seu indeferimento.

4.11.7.3 O documento deverá ser enviado por SEDEX, sendo postado até o último dia de recebimento do documento, conforme definido no Anexo IV. O cumprimento do prazo será comprovado pela data de postagem do SEDEX.

4.11.8 Não será admitida a retificação de quaisquer outras informações não previstas no subitem 4.11.3 deste Edital.

5. DA PROVA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS

5.1 A Prova Objetiva de Conhecimentos, de caráter eliminatório e classificatório, será aplicada para todos os candidatos e abrangerá o conteúdo programático constante no Anexo I deste edital, de acordo com o que se segue:

- NÍVEL SUPERIOR:

Conhecimentos de língua portuguesa, 15(quinze) questões; e conhecimentos específicos 25 (vinte e cinco) questões.

- NÍVEL MÉDIO (2.° GRAU COMPLETO):

Conhecimentos de língua portuguesa, 15 (quinze) questões; e conhecimentos específicos 25 (vinte e cinco) questões. Exceto para o Auxiliar Administrativo que terá 20 (vinte) questões de Conhecimentos de língua portuguesa; e 20 (vinte) questões de matemática.

- NÍVEL MÉDIO (2.° GRAU COMPLETO E HABILITAÇÃO TÉCNICA):

Conhecimentos de língua portuguesa, 15 (quinze) questões; e conhecimentos específicos 25 (vinte e cinco) questões. Exceto para os cargos de Professor de Educação Infantil e Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano) que terão 10 (dez) questões de Conhecimentos Pedagógicos; e 40 (quarenta) questões de conhecimentos específicos.

- FUNDAMENTAL COMPLETO (9.° ANO COMPLETO):

Conhecimentos de língua portuguesa, 15 (quinze) questões; conhecimentos específicos 15 (quinze) questões.

- FUNDAMENTAL INCOMPLETO (1.° ao 5.° ANO INCOMPLETO):

Conhecimentos de língua portuguesa, 15 (quinze) questões; e conhecimentos específicos 15 (quinze) questões. Exceto para os cargos de Ajudante de Caminhão, Sepultador e Zelador que terão 15 (quinze) questões de língua portuguesa; e 15 (quinze) questões de matemática.

5.1.1 A prova terá duração de 04 (quatro) horas, sendo aplicada na data fixada no Anexo IV deste Edital.

5.1.2 Os locais e os horários de aplicação da prova serão divulgados na Internet, no site "www.ipad.com.br/escada2009". É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização da prova e o comparecimento no horário determinado.

5.1.3 É dever do candidato acompanhar todos os comunicados, que vierem a ser publicados no site: " www.ipad.com.br/escada2009". Poderão, ainda, ser feitas divulgações de informação em jornais de ampla circulação no Estado de Pernambuco, na imprensa oficial e na Internet.

5.1.4 O candidato deverá comparecer ao local da prova com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta preta ou azul, de comprovante de inscrição e de documento de identidade original.

5.1.5 Não será admitido ingresso de candidato nos locais de realização da prova após o horário fixado para o seu início.

5.1.6 Não haverá segunda chamada para a realização da prova. O não-comparecimento implicará a eliminação automática do candidato.

5.1.7 Não será aplicada prova fora da data, do local ou do horário predeterminados em Edital e/ou em comunicado.

5.1.7.1. Quaisquer casos de alterações orgânicas permanentes ou temporárias, que impossibilitem o candidato de submeter-se à prova, diminuam ou limitem sua capacidade física, mental e/ou orgânica não serão aceitas, para fins de tratamento diferenciado por parte da Coordenação da aplicação da prova.

5.1.8 Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Ministérios Militares, pela Secretaria de Defesa Social ou órgão equivalente, pelo Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Militar; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc.); passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (modelo com foto). Para validação como documento de identidade, o documento deve encontrar-se no prazo de validade.

5.1.8.1 Caso o candidato não apresente, no dia de realização da prova, documento de identidade original, por motivo de perda, furto ou roubo, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, dentro do prazo de validade definido no documento.

5.1.8.1.1 Quando a ocorrência policial não registrar o prazo de validade, considerar-se-á válido, para efeitos do presente Edital, quando expedido até 30 (trinta) dias antes da data de realização da Prova Objetiva de Conhecimentos.

5.1.8.2 Caso a Coordenação de Aplicação julgue necessário, inclusive no caso de comparecimento com ocorrência policial, dentro do prazo de validade, será realizada identificação especial no candidato, mediante coleta de sua assinatura e impressões digitais, além da possibilidade do devido registro fotográfico para segurança do certame.

5.1.8.3 Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo sem foto), carteiras de estudante, carteiras ou crachás funcionais sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados, além dos documentos fora do prazo de validade.

5.1.9 Por ocasião de aplicação da prova, o candidato que não apresentar documento de identidade original, na forma definida no subitem 5.1.8 deste Edital, não poderá realizá-la, sendo automaticamente excluído do concurso.

5.1.10 Não será permitida, durante a realização das provas de conhecimentos, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, impressos, ou qualquer outro material de consulta, inclusive consulta a códigos e à legislação.

5.1.10.1 Não será permitido o acesso de candidatos aos prédios e/ou às salas de aplicação das provas portando quaisquer armas ou equipamentos eletrônicos, inclusive telefone celular, ainda que desligado e sem a respectiva bateria.

5.1.10.2 Não será permitida ainda a utilização de quaisquer materiais de consulta e/ou de quaisquer outros aparelhos eletrônicos (Ex.: bip, walkman, diskman, receptor, gravador, notebook, pendrive, mp3 player, mp4 player, ipod, palm top, agenda eletrônica, calculadora, etc.).

5.1.11 Como medida de segurança, o candidato somente poderá sair do prédio de aplicação portando o caderno de provas faltando 45min (quarenta e cinco minutos) para o término da aplicação.

5.1.12 Terá sua prova anulada e será automaticamente eliminado do concurso, sem prejuízo das sanções (penalidades) civis, administrativas e penais pertinentes, o candidato que, durante a realização da prova:

a) usar ou tentar usar meios fraudulentos e/ou ilegais para a sua realização;

b) for surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução da prova;

c) portar ou utilizar régua de cálculo, livros, máquinas de calcular e/ou equipamento similar, aparelhos eletrônicos, dicionários, notas e/ou impressos, telefone celular, gravador, receptor e/ou pagers, e/ou qualquer tipo de arma, e/ou que se comunicar com outro candidato;

d) fizer anotação de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição e/ou em qualquer outro meio, que não seja a prova ou a folha de respostas;

e) abster-se de entregar, a qualquer tempo, os materiais da prova, necessários à avaliação;

f) reter temporariamente os materiais da prova, necessários à avaliação do candidato, após o término do tempo destinado para a sua realização;

g) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal ou portando as provas, a folha de respostas ou qualquer outro material de aplicação;

h) descumprir as instruções contidas no caderno de prova, na folha de rascunho e/ou na folha de respostas;

i) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido;

j) praticar qualquer outro ato contrário aos bons costumes, à regular aplicação da fase do concurso, e/ou à ordem jurídica vigente ou mesmo aos dispositivos e condições estabelecidos neste Edital e/ou em qualquer outro instrumento normativo vinculado ao presente concurso;

k) praticar qualquer ato de coação física ou moral, ou ainda agredir física ou verbalmente qualquer membro da equipe de aplicação do concurso, sem prejuízo das sanções administrativas, civis e penais;

1) for surpreendido com qualquer tipo de arma, material de consulta e/ou equipamento eletrônico, inclusive os de transmissão de dados ou voz (bip, celular, receptor, notebook, etc.), durante a realização da prova;

5.1.12.1 O candidato, quando eliminado pelo descumprimento de qualquer dispositivo do presente Edital, não poderá permanecer no prédio de aplicação, devendo retirar-se do mesmo.

5.1.13 Quando, após a prova, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, dactiloscópico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado procedimentos ilícitos, sua prova será anulada e ele será eliminado do concurso.

5.1.14 Não haverá prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova, em virtude de afastamento de candidato da sala de prova.

5.1.15 No dia de realização da prova, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao seu conteúdo.

5.1.16. Por conveniência da Administração Pública Municipal, ou outro motivo não previsto neste Edital, poderão ser modificados a data, o horário e local da prova, desde que sejam respeitadas as condições de prova e os direitos dos candidatos.

5.1.17. Os fiscais poderão utilizar aparelho detector de metais, inclusive no acesso ao prédio e/ou da sala de aplicação de provas, estando, desde já, autorizados pelos candidatos para tal prática, com o objetivo de manter a segurança e a lisura do certame.

5.1.18. O Município da Escada, a entidade executora e a equipe de fiscalização não se responsabilizarão por perdas ou extravios de objetos ou de equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização da prova, nem por danos neles causados.

5.1.19 DAS QUESTÕES DA PROVA DE CONHECIMENTOS OBJETIVA

5.1.19.1 A Prova de Conhecimentos Objetiva será estruturada com questões do tipo múltipla escolha, com cinco opções de resposta ("A" a "E") e uma única resposta correta.

5.1.19.2 O candidato deverá transcrever, dentro do tempo de duração previsto, as respostas da Prova Objetiva de Conhecimentos para a folha de respostas, que será o único documento válido para a correção da prova. O preenchimento da folha de respostas será de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder de conformidade com as instruções específicas contidas neste Edital e na folha de respostas. Não haverá substituição da folha de respostas por erro do candidato.

5.1.19.3 Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos de marcações feitas incorretamente na folha de respostas.

5.1.19.4 Serão consideradas marcações incorretas as que estiverem em desacordo com o gabarito oficial, com este Edital e com as instruções da folha de respostas, tais como: dupla marcação, marcação rasurada ou emendada e campo de marcação não-preenchido integralmente.

5.1.19.5 As questões da prova serão elaboradas respeitando-se o programa constante do Anexo 1 deste Edital.

5.1.19.6 Não será permitido que as marcações na folha de respostas sejam feitas por outras pessoas salvo em caso de candidato que fizer solicitação específica para esse fim. Nesse caso, se houver necessidade, o candidato será acompanhado por um fiscal do IPAD devidamente treinado.

5.1.19.7 Para provas com 30 (trinta) questões, cada uma valerá 3,0 (três) pontos; para as de 40 (quarenta) questões, cada uma valerá 2,5 (dois vírgula cinco) pontos; e para as de 50 (cinquenta) questões, cada uma valerá 2,0 (dois) pontos.

5.2 DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

5.2.1. Participarão da Prova de Títulos, de caráter apenas classificatório, todos os candidatos aos cargos de Professor (nível superior e médio completo) aprovados na Primeira Etapa - Prova Objetiva de Conhecimentos.

5.2.2. Para fins da avaliação, só serão considerados os títulos e critérios de pontuação estabelecidos nas tabelas que seguem:

- Para o cargo de Professor de Nível Superior:

TÍTULO

PONTUAÇÃO

NÚMERO MÁXIMO

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU: Certificado de Pós - Graduação lato sensu, ou;

10

1

MESTRADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Mestrado, ou;

15

1

DOUTORADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Doutorado.

20

1

 

- Para os cargos de Professor de Nível Médio (2 ° grau completo e habilitação técnica):

TÍTULO

PONTUAÇÃO

NÚMERO MÁXIMO

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU: Certificado de Pós -Graduação lato sensu, ou;

10

1

MESTRADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Mestrado, ou;

15

1

DOUTORADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Doutorado, ou;

20

1

Tempo de Serviço: Certidão expedida pelo órgão público, que registre o exercício do cargo/função de Professor de 1a a 4a Séries, desde que não seja de confiança ou em comissão ou que a lei declare de livre exoneração, no período mínimo de 05 (cinco) anos continuados e 10 1 anteriores à promulgação da Constituição Federal de 1988, apenas para os candidatos em condição de efetivação no serviço público, nos termos do Art. 19 da ADCT.

101

5.2.3. Apresentado mais de um título, será considerado, para efeito de avaliação, apenas o de maior pontuação.

5.2.4. O título deverá ser entregue na data, horário e local informados no Anexo IV.

5.2.4.1. O candidato que, nos termos no subitem anterior, não apresentar o título receberá zero nesta etapa do concurso.

5.2.5. Somente será aceito o título de especialista no qual conste a carga horária do curso.

5.2.6. Os comprovantes de conclusão dos cursos deverão ser expedidos por instituição reconhecida pela autoridade competente.

5.2.7. Os documentos em língua estrangeira de cursos realizados somente serão considerados quando traduzidos para a Língua Portuguesa, por tradutor juramentado, devidamente validados pela autoridade competente ou por ela delegada oficialmente.

5.2.8. Cada título será considerado uma única vez.

5.2.9. O título deverá ser entregue em cópia autenticada, junto com formulários constantes do Anexos V - A e B (Nível Médio) ou Anexos VI - A e B (Nível Superior), devidamente preenchidos e assinados.

5.2.9.1. Não serão considerados para efeito de pontuação:

a) cópia não autenticada;

b) documento entregue fora do prazo estabelecido e sem observar a forma e os critérios exigidos neste edital; e

c) documento que não atenda aos requisitos estabelecidos neste Edital.

5.2.9.2. Deverá ser entregue apenas uma única cópia autenticada em cartório do(s) documento(s) previsto(s), que não será(ão) devolvida(s), em qualquer hipótese.

5.2.9.3. O documento entregue não implica automática atribuição da pontuação prevista no subitem 5.2.2, somente sendo atribuídos os pontos correspondentes aos documentos em que a equipe avaliadora julgue respeitados os requisitos estabelecidos neste Edital.

5.2.10. A entrega do título dar-se-á de forma presencial ou via postal SEDEX (apenas para o IPAD), nos dias, horários e local informados no Anexo IV. Poderão ser utilizados os quadros de aviso da Prefeitura de Escada para ampliar a divulgação.

5.2.10.1. O título encaminhado por SEDEX só será acatado se for postado até o último dia do prazo para a entrega, nos termos do Anexo IV.

5.2.11. A Prova de Títulos e Experiência Profissional, se for o caso, terá pontuação máxima de 20 (vinte) pontos.

6. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO

6.1 Todos os candidatos terão sua Prova Objetiva de Conhecimentos corrigida por meio de processamento eletrônico.

6.1.1 A nota do candidato na Prova Objetiva de Conhecimentos será calculada da seguinte forma:

NPC= QC x VQ, em que:

NPC = nota da Prova Objetiva de Conhecimentos

QC = número de questões da folha de respostas concordantes com os gabaritos oficiais definitivos;

VQ = valor de cada questão.

6.1.2 Será reprovado do concurso público o candidato que se enquadrar em qualquer dos itens a seguir:

6.1.2.1 Para os cargos de Nível Superior:

a) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 10 (dez) questões certas no componente de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 20 (vinte) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.2.2 Para os cargos de Nível Médio (2.° grau completo), exceto Auxiliar Administrativo:

a) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 10 (dez) questões certas no componente de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 20 (vinte) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.2.2.1 Para o cargo de Auxiliar Administrativo de Nível Médio (2.° grau completo):

a) obtiver menos de 08 (oito) questões certas no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 08 (oito) questões certas no componente de Conhecimentos de Matemática da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 20 (vinte) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.2.3 Para os cargos de Nível Médio (2.° grau completo e habilitação técnica), exceto Professor de Educação Infantil e Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano):

a) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 10 (dez) questões certas no componente de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 20 (vinte) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.2.3.1 Para os cargos de Professor de Educação Infantil e Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano) de Nível Médio (2.° grau completo e habilitação técnica):

a) obtiver menos de 04 (quatro) questões certas no componente de Conhecimentos Pedagógicos da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 16 (dezesseis) questões certas no componente de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 25 (vinte e cinco) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.2.4 Para os cargos de Nível Fundamental completo (9.° Ano completo):

a) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 15 (quinze) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.2.5 Para os cargos de Nível Fundamental Incompleto (1.° ao 5.° Ano incompleto), exceto Ajudante de Caminhão, Sepultador e Zelador:

a) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 15 (quinze) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.2.5.1 Para os cargos de Ajudante de Caminhão, Sepultador e Zelador - Nível Fundamental Incompleto (1.° ao 5.° Ano incompleto):

a) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

b) obtiver menos de 06 (seis) questões certas no componente de Conhecimentos de Matemática da Prova Objetiva de Conhecimentos, previsto no item 5.1, deste Edital;

c) obtiver menos de 15 (quinze) questões certas do total das questões da Prova Objetiva de Conhecimentos;

d) não realizar a Prova Objetiva de Conhecimentos.

6.1.3 Serão consideradas questões certas, as que estiverem de acordo com o gabarito oficial definitivo.

6.2 O candidato reprovado ou eliminado não receberá classificação alguma no certame.

6.3 Para efeito de classificação, o cálculo da nota será considerado até a segunda casa decimal, arredondando-se para cima, se o algarismo da terceira casa decimal for igual ou superior a cinco.

6.4 Apenas para os candidatos dos cargos de Professor, aprovados na Primeira Etapa, será realizada a Avaliação de Título prevista na Segunda Etapa.

7 DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

7.1 Será utilizado como critério de desempate, sucessivamente:

7.1.1 Para todos os cargos, à exceção de Auxiliar Administrativo e dos de Nível Fundamental incompleto (5.° Ano completo) e Fundamental Incompleto (1.° ao 5.° Ano incompleto):

a) maior nota/pontuação no componente de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva de Conhecimentos;

b) maior nota/pontuação no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa ou de Conhecimentos Pedagógicos, conforme o caso, da Prova Objetiva de Conhecimentos;

c) o candidato mais idoso.

7.1.2 Para os cargos de Auxiliar Administrativo e dos de Nível Fundamental incompleto (5.° Ano completo) e Fundamental Incompleto (1.° ao 5.° Ano incompleto):

a) maior nota/pontuação no componente de Conhecimentos de Língua Portuguesa da Prova Objetiva de Conhecimentos;

b) maior nota/pontuação no componente de Conhecimentos de Conhecimentos Específicos ou de Matemática, conforme o caso, da Prova Objetiva de Conhecimentos;

c) o candidato mais idoso.

7.2 Nada obstante o disposto nos demais subitens imediatamente acima transcritos, fica assegurado aos candidatos que tiverem idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, nos termos do art. 27, da Lei Federal n° 10.741/2003 (Estatuto do Idoso), a idade mais avançada como primeiro critério para desempate, sucedido dos outros previstos neste item 7 DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE.

8 DOS RECURSOS

8.1 Os cadernos de provas e o gabarito oficial preliminar da Prova de Conhecimentos Objetiva serão divulgados na Internet, no site do IPAD, "www.ipad.com.br/escada2009", na data prevista no Calendário.

8.2 O candidato que desejar interpor recurso contra os gabaritos oficiais preliminares da Prova de Conhecimentos Objetiva e da Avaliação de Títulos disporá do período informado no Calendário (Anexo IV), mediante preenchimento de formulário digital, que estará disponível no endereço eletrônico acima. Ficando ressalvado que o Município de Escada e a entidade executora não se responsabilizam por recursos via internet não recebidos, por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

8.3 Os recursos poderão ainda ser protocolizados no IPAD, Rua Santo Elias, n.° 535, bairro do Espinheiro, Recife/PE, CEP: 52020-090, e no Município de Escada, em local a ser definido, mediante apresentação da cédula de identidade do próprio candidato, no mesmo dia previsto em Calendário, utilizando-se do Modelo do Anexo 111-A e III-B, deste Edital.

8.3.1 No caso de interposição de recurso presencial, o candidato poderá ser representado por terceiro, constituído por instrumento original e particular de procuração (documento individual).

8.4 Os recursos interpostos serão respondidos pelo IPAD, até a data especificada no Anexo IV, através de veiculação em internet, sendo visualizados na página de consulta da situação do candidato.

8.5 Não será aceito recurso via fax e/ou via correio eletrônico (e-mail) ou remetido pelos Correios.

8.6 No caso de interposição de recurso presencial, o candidato deverá entregar dois conjuntos idênticos de recursos (original e uma cópia), sendo que cada conjunto deverá ter todos os recursos e apenas uma capa.

8.7 Cada conjunto de recursos deverá ser apresentado com as seguintes especificações:

a) folhas separadas para questões diferentes - Anexo III- B;

b) em cada folha - Anexo III-B, indicação do número da questão, da resposta marcada pelo candidato e da resposta divulgada pelo IPAD;

c) para cada questão, argumentação lógica e consistente;

d) capa única - Anexo III-A - constando o nome, o número de inscrição e a assinatura do candidato;

e) sem identificação do candidato no corpo dos recursos (Anexo III-B);

8.7.1 Os recursos presenciais deverão ser datilografados ou digitados. Não serão aceitos recursos manuscritos.

8.8 Recursos inconsistentes, em formulário diferente do exigido e/ou fora das especificações estabelecidas neste Edital serão indeferidos.

8.8.1 Não serão apreciados os recursos interpostos contra avaliação, nota e/ou resultado de outro(s) candidato(s), sendo, de imediato, desconsiderados na forma do item 8.8 deste instrumento normativo.

8.9 Se do exame de recursos resultar a anulação de questão(ões), a pontuação correspondente a essa(s) questão(ões) será atribuída a todos os candidatos, independentemente de terem recorrido. Se houver alteração do gabarito oficial preliminar, por força de impugnações, as provas serão corrigidas de acordo com o gabarito oficial definitivo. O quantitativo de questões de cada uma das Provas de Conhecimentos Objetiva não sofrerá alterações.

9 DA CLASSIFICAÇÃO FINAL

9.1 A nota final do Concurso será:

a) Para todos os cargos, a exceção os de Professor de Nível Superior e de Professor de Educação Infantil e de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano), a nota obtida na Prova Objetiva de Conhecimentos;

b) Para os cargos de Professor de Nível Superior e de Professor de Educação Infantil e de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano), a nota obtida através da seguinte fórmula:

CF = [(NPO x 9) + (NAT x 1)] / 10, sendo:

NPO = Nota da Prova Objetiva / NAT = Nota da Avaliação de Títulos / CF = Classificação Final

9.2 O Resultado Final deste Concurso será homologado pela autoridade administrativa municipal e publicado na imprensa oficial em listagem por ordem decrescente da nota final, separada por cargo, contendo: nome do candidato, número de inscrição, pontuação final no certame e ordem de colocação.

10 DA NOMEAÇÃO E ADMISSÃO

10.1. A admissão dos candidatos dar-se-á através de nomeação pelo Prefeito de Escada, obedecida a ordem de classificação para cada cargo, mediante publicação no Diário Oficial, que será a fonte oficial para tomada de conhecimento dos candidatos das informações e convocações deste item. 10.1.1 Os candidatos, quando empossados, serão regidos pelo Estatuto dos Servidores Públicos do Município.

10.2. O candidato nomeado deverá satisfazer os requisitos legais para a posse em cargo público municipal, inclusive ser declarado apto nos exames médicos admissionais, conforme legislação em vigor e normas estabelecidas neste Edital.

10.3. A posse fica condicionada à apresentação dos documentos comprobatórios dos requisitos exigidos no Anexo II (Requisitos Específicos) e no item 3. DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA O PROVIMENTO/POSSE deste Edital.

10.4. Os candidatos nomeados deverão, dentro do prazo legal, comparecer à Secretaria Municipal de Educação, portando os documentos comprobatórios dos requisitos legais, a fim de serem encaminhados à realização de exames médicos admissionais por órgão indicado pela Prefeitura de Escada para tal finalidade.

10.4.1 Documentos de apresentação obrigatória na posse do candidato nomeado ao cargo:

a) 01 (uma) foto 3x4 (três por quatro);

b) Original e Cópia do CPF;

c) Original e Cópia da Cédula de Identidade;

d) Original e Cópia do Título de Eleitor com a comprovação de votação (1° e 2° Turnos);

e) Original e Cópia do PIS/PASEP;

f) Original e Cópia da Certidão de Nascimento e/ou Casamento;

g) Original da Certidão Negativa de Antecedentes Criminais;

h) Original e Cópia do Certificado de Reservista, se do sexo masculino;

i) Original e Cópia do Comprovante de Residência em nome do candidato;

j) Cópia autenticada do Diploma, ou da Certidão de colação de grau, de Graduação ou de Curso Técnico, ou Histórico Escolar, conforme o caso, além de registro e quitação de anuidade no órgão ou conselho de classe, se necessário ao exercício da atividade;

l) Declaração de Bens, com firma reconhecida;

m)Declaração de Cargos e/ou Empregos Públicos, com firma reconhecida, ou;

n) Declaração de que não tem vínculo empregatício com órgão público, com firma reconhecida;

10.4.2 O candidato deverá providenciar, às suas expensas, os seguintes exames: Teste VDRL - Sífilis; Glicemia em jejum; Hemograma completo; Sumário de urina; e Parecer Cardiológico.

10.4.2.1 Os resultados dos exames serão apresentados na ocasião da realização do exame médico admissional.

10.5. A posse do candidato deverá ocorrer no prazo de 30 (trinta) dias da nomeação.

10.6. Será tornada sem efeito a nomeação dos candidatos que:

a) não se apresentarem para posse no prazo estabelecido por Lei;

b) não satisfizerem os requisitos legais, incluindo todas as normas estabelecidas no Edital.

11 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

11.1 A inscrição do candidato implicará na aceitação das normas para o Concurso contidas neste Edital e nos comunicados que vierem a ser publicados/divulgados.

11.1.1 Nenhum candidato poderá alegar o desconhecimento do presente Edital, ou de qualquer outra norma e comunicado posterior e regularmente divulgados, vinculados ao certame, ou utilizar-se de artifícios de forma a prejudicar o Concurso.

11.2 Acarretará a eliminação do candidato no Concurso, sem prejuízo das sanções penais cabíveis, à burla ou a tentativa de burla a quaisquer das normas definidas neste Edital e/ou em outros comunicados relativos ao certame, e/ou nas instruções constantes de cada prova.

11.2.1 Ocorrendo a comprovação de falsidade de declaração/informação ou de inexatidão dolosa ou culposa dos dados expressos no Formulário de Inscrição, bem como falsidade e adulteração dos documentos apresentados pelo candidato, o mesmo terá sua inscrição cancelada, bem como a anulação de todos os atos dela decorrentes, independentemente da época em que tais irregularidades vierem a ser constatadas, além de sujeitar o candidato às penalidades cabíveis.

11.3 O resultado final do Concurso Público será publicado no Diário Oficial.

11.4 A aprovação e a classificação final no presente Concurso não confere ao candidato selecionado o direito ao provimento, apenas impede que o Município preencha as presentes vagas fora da ordem de classificação ou com outros candidatos, até o final do prazo de validade deste Concurso. A Administração Pública Municipal reserva-se o direito de formalizar as nomeações em número que atenda ao interesse e às necessidades do serviço, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira.

11.5 O prazo de validade do Concurso esgotar-se-á em 02 (dois) anos a contar da data da homologação de seu resultado final no Diário Oficial, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da Administração Pública Municipal.

11.6. Não serão aceitos protocolos dos documentos exigidos.

11.7. Não será fornecido ao candidato documento comprobatório de classificação no presente Concurso, valendo, para esse fim, a publicação na imprensa oficial.

11.8. O candidato deverá manter atualizado o seu endereço na entidade executora, enquanto estiver participando do Concurso, até 48h da divulgação do resultado final. Após tal período, deverá fazê-lo diretamente junto ao Município. São de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos decorrentes da não atualização de seu endereço.

11.9. Os casos omissos deste Edital serão resolvidos pela comissão instituída por portaria específica, ouvido a entidade executora no que couber.

11.10. A Legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste Edital, bem como alterações em dispositivos legais e normativos a ele posteriores, não será objeto de avaliação nas provas de conhecimentos do concurso.

11.11. A interpretação do presente Edital deve ser realizada de forma sistêmica, mediante combinação dos itens previstos para determinada matéria consagrada, prezando pela sua integração e correta aplicação, sendo dirimidos os conflitos e dúvidas pela Comissão instituída por Portaria específica, ouvido a entidade executora, quando necessário.

11.12. O Município de Escada e a entidade executora não têm qualquer participação e não se responsabilizam por quaisquer cursos, textos ou apostilas referentes a este Concurso.

11.13. Todo e qualquer requerimento a ser formulado pelo candidato à Coordenação da Seleção, poderá ser obtido na sede da entidade executora, Rua Santo Elias, n° 535, Espinheiro, Recife/PE. Será também disponibilizado no site do concurso o formulário de requerimento, acessível por senha cadastrada pelo candidato no ato da inscrição.

11.13.1 Optando pela formulação de requerimento digital, através do endereço eletrônico do Concurso (www.ipad.com.br/escada2009), o candidato, se for o caso, deverá encaminhar o documento comprobatório dentro do prazo definido neste Edital.

11.13.2 O candidato deverá enviar por SEDEX até o último dia de recebimento definido em Edital, o documento comprobatório da situação informada no requerimento. O cumprimento do prazo será comprovado pela data de postagem do SEDEX.

11.14 Os candidatos poderão obter informações referentes a este concurso público no site " www.ipad.com.br/escada2009".

11.15. Permanecerão sob a guarda e responsabilidade da Administração Municipal as fichas de inscrições, as provas e os comprovantes dos critérios de desempate, em envelopes lacrados, pelo prazo de 10 (dez) anos, a partir da data da homologação do resultado do Concurso Público, como prazo decadencial para desfazimento dos atos administrativos correlatos.

11.16. O não-comparecimento a qualquer etapa, fase ou convocação deste certame, implicará a eliminação automática do candidato. Deste modo, os casos de alteração psicológica e/ou fisiológica temporários (luxações, fraturas, contusões, câimbras, lesões musculares, torções, menstruações, gravidez, etc.) ou permanentes que impossibilitem a realização de qualquer fase ou etapa prevista neste edital ou diminuam a capacidade física ou orgânica de qualquer candidato não autorizam tratamento diferenciado ou possibilidade de segunda convocação, o que é expressamente vedado, sob qualquer hipótese.

Escada, 07 de outubro de 2009.

Jandelson Gouveia da Silva
Prefeito do Município de Escada

ANEXO I

PROGRAMAS

1. NÍVEL SUPERIOR

1.1 Para todos os cargos

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA- Para todos os cargos.

1. Análise de textos, para reconhecer, entre outros aspectos: 1.1. O tema ou a ideia global do texto ou, ainda, o tópico de um parágrafo; 1.2. Os argumentos defendidos pelo autor; 1.3. O propósito ou finalidade pretendida; 1.4. A síntese do seu conteúdo global; 1.5. As características do tipo ou do gênero textual em que se realizam; 1.6. A função (referencial, expressiva, apelativa, poética, fática, metalingüística) que desempenham; 1.7. Relações de intertextualidade, por exemplo, a fidelidade de paráfrases a seus segmentos de origem e/ou o efeito argumentativo da citação; 1.8 Informações explícitas e implícitas veiculadas; 1.9. O nível (formal ou informal) da linguagem; 1.10. As relações lógico-discursivas (causalidade, temporalidade, conclusão, comparação, finalidade, oposição, condição, explicação, adição, entre outras) estabelecidas entre parágrafos, períodos ou orações; 1.11. Elementos sequenciadores que asseguram a continuidade do texto; 1.12. Relações de referenciação e substituição; 1.13. Relações de sentido entre as palavras (sinonímia, antonímia, hiperonímia, hiponímia e partonímia); 1.14. Efeitos de sentido pretendidos pelo uso de certos recursos lexicais e gramaticais; 1.15. Usos metafóricos e metonímicos das palavras e expressões; 1.16. Marcas lingüísticas com base nas quais se podem identificar o autor, o destinatário do texto e o tipo de relações sociais entre eles. 2. Morfossintaxe: 2.1. Processos de formação de palavras; 2.2. Radicais, prefixos e sufixos; 2.3. Colocação, regência e concordância nominal e verbal. 3. Padrão escrito no nível culto: ortografia, acentuação gráfica, pontuação 4. Figuras de linguagem (pensamento, sintaxe e palavra).

- CARGO: ASSISTENTE SOCIAL

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Fundamentos teórico-metodológicos do Serviço Social. O debate contemporâneo entre as diferentes vertentes; conhecimento da realidade social; Relação teoria-prática. Reestruturação produtiva e as transformações no mundo do trabalho: Mudanças nas relações de trabalho; Impactos no Serviço Social. Estado, direito sociais e políticas sociais: Políticas sociais no neoliberalismo; Seguridade Social Previdência, Assistência Social e Saúde; Norma Operacional Básica; Planejamento e Gestão em Serviço Social: instrumentos de planejamento; planejamento estratégico; Práticas administrativas; Espaço institucional e poder nas organizações: divisão sociotécnica do trabalho; Relações profissionais no espaço institucional. Processo de trabalho e Prática profissional; Instrumentalidade e mediação na intervenção profissional; O instrumental técnico em Serviço Social. Gestão Participativa de Políticas Públicas; Controle social; Conselho de políticas setoriais; Estado e Sociedade Civil: Aspectos conceituais históricos; Relação entre público e privado; Relação governo e sociedade. Assistência Social Comunitária e suas relações.

- CARGO: AUDITOR MUNICIPAL

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Noções gerais sobre auditoria: conceituação e objetivos. Auditoria interna, externa e fiscal: conceito, objetivos, forma de atuação, responsabilidades e atribuições. Procedimentos de auditoria. Normas de execução dos trabalhos de auditoria. Estudo e avaliação do sistema contábil e de controles internos. Aplicação dos procedimentos de auditoria. Documentação de auditoria. Continuidade normal dos negócios da entidade. Processamento eletrônico de dados. Estimativas contábeis. Carta de responsabilidade da administração. Contingências. Parecer do auditor. Parecer sem ressalva. Parecer com ressalva. Parecer adverso. Parecer com abstenção de opinião. Fraude e erro. Presunção de omissão de receitas: ativos ocultos ou fictícios, passivos ocultos ou fictícios, saldo credor na conta caixa, suprimentos não comprovados, diferenças em levantamentos quantitativos por espécie, diferenças em levantamentos econômicos ou financeiros, omissão do registro de pagamentos efetuados. Auditoria das contas de resultado: receitas, despesas e custos. Finanças públicas: Atividade financeira do Estado: conceito, características e finalidades. Receitas Públicas: conceito, classificação, categoria, fontes e estágios. Dívida ativa: conceito, inscrição, cobrança. Receitas patrimoniais. Receitas tributárias: impostos, taxas de poder de polícia, taxas de serviços públicos, contribuição de melhoria, preço público e contribuições. Receitas de Transferências Constitucionais: Índice de Participação dos Municípios no ICMS - IPMICMS, Fundo de Participação dos Municípios - FPM, Cota Parte do IPVA e Cota Parte do ITR: conceitos constitucionais, regras gerais, regras específicas, critérios de distribuição. Renúncia de receita: conceito e a aplicação da Lei de Responsabilidade Fiscal. Noções de Direito Constitucional: Sistema Tributário Nacional: princípios constitucionais tributários. Competência tributária da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Limitações ao poder de tributar. Impostos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Repartição das receitas tributárias. Matemática Financeira: Juros simples: montante, juros, taxa real, taxa efetiva, taxas equivalentes e capitais equivalentes. Juros compostos: montante, juros, taxa real, taxa efetiva, taxas equivalentes, capitais equivalentes e capitalização contínua. Descontos: simples, composto, desconto racional e desconto comercial. Amortizações: sistema francês, sistema de amortização constante e sistema misto. Fluxo de caixa: valor atual e taxa interna de retorno.

- CARGO: BIOMÉDICO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Bioquímica: controle de qualidade: lei de Lambert-Beer, curva e fator de calibração; Padrões; Fotometria: conceitos gerais, fotocolorimetria e espectrofotometria; Fotometria de chama; Dosagens bioquímicas no sangue: métodos enzimáticos; Eletroforese: definições de termos técnicos, materiais e reagentes; Proteínas, lipoproteínas e hemoglobina; Técnicas de imunoeletroforese e interpretação; Enzimologia clínica. 2. Parasitologia: Colheita; Métodos de concentração para exame parasitológico de fezes: Faust, Hoffman, Baerman, Ritchie, Stoll, Graham; Identificação de protozoários intestinais; Identificação de ovos, larvas e formas adultas de helmintos intestinais; Colheita e métodos de coloração para o exame parasitológico: esfregaço em camada delgada; Gota espessa; Identificação de plasmódios e filárias no sangue; Profilaxia das doenças parasitárias; Ciclo evolutivo dos protozoários e helmintos. 3. Imunologia: princípios de Imunologia e Imunoquímica; Imunidade inata e adquirida; Imunidade celular; Imunidade humoral; Sistema HLA; Sistema Complemento; Automação no Laboratório de Imunologia; Reações antígeno-anticorpo; Reações sorológicas para sífilis; Provas sorológicas para doenças reumáticas; Provas de aglutinação nas doenças infecciosas, imunoglobulinas; Reações de imunofluorescência; Dosagens HIV (teste rápido e Elisa). 4. Uroanálise: colheita, conservantes, exame qualitativo: caracteres gerais, propriedades físicas; Exame Químico: elementos normais e anormais; Sedimentoscopia: sedimento organizado; Estudo de componentes anormais; Cálculos Renais. 5. Bacteriologia: Esterilização: métodos físicos: princípios e tipos; Métodos químicos: princípios e tipos; Coleta de amostras para exames; Métodos de coloração; Meios de cultura: condições gerais de preparo, armazenamento, provas de controle de qualidade; Isolamento e identificação de bactérias de interesse médico: estafilococus, estreptococus, neisserias, enterobacteriaceae, bacilos gram-negativos não fermentadores, bacilos gram-positivos não-esporulados, espiroquetas e bastonetes em espiral; Microbactérias, Clamydias; Determinação de sensibilidade das bactérias aos antimicrobianos. 6. Hematologia: colheita; Anticoagulantes; Contagem de células: leucócitos, hemácias, plaquetas; Automação em hematologia; Determinação de hemoglobina: método da oxihemoglobina e cianohemoglobina; Determinação de hematócrito; Índices hematimétricos; Hemossedimentação: Wintrobe, Westergreen; Coloração de células: método de Wright e Giemsa; Coloração e contagem de reticulócitos; Pesquisa de hemácias falciforme; Leucograma; Coagulograma: tempo de coagulação, tempo de sangramento, fragilidade capilar, tempo de protrombina, tempo de tromboplastina parcial ativado, tempo de trombina, pesquisa de células LE, alterações dos leucócitos, alterações das hemácias e das plaquetas: interpretação do hemograma. 7. Biossegurança no Laboratório: práticas de biossegurança; Barreiras primárias e equipamentos protetores; Seleção e aquisição de materiais e reagentes; Descontaminação, esterilização, desinfecção e anti-sepsia; Tratamento do lixo laboratório: estoque, acondicionamento, descarte; Prevenção dos acidentes de laboratório; Normas e condutas de emergência nos acidentes de laboratório. 8. Hormônios: Coleta, conservação de amostras e métodos de dosagens dos hormônios da glândula tireóide, glândulas adrenais e gônadas.

- CARGO: CONTROLADOR DE CONTAS PÚBLICAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Definição de controle. Sistemas de controle. Controles interno e externo. Controles na Administração pública. Controle orçamentário. Instrumentos de controle. Indicadores no Controle e na Gestão Pública. Controle na Administração municipal. Limites a observar.

- CARGO: ENFERMEIRO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Ética e legislação profissional: princípios, código, lei e decreto que regulamentam o exercício profissional e os direitos do cliente. Processo de enfermagem; Sistematização de enfermagem; Administração de medicação, antibióticos, quimioterápicos e corticoides; Atuação do enfermeiro na prevenção e controle de infecção hospitalar; Assistência de enfermagem no pré, trans e pós-operatório; Atuação do enfermeiro no centro cirúrgico e na central de material de esterilização; Nutrição enteral e parental; Desequilíbrio hidroeletolítico; Assistência de enfermagem aos pacientes relacionados com os respectivos sistemas: neurológico, respiratório, digestivo, renal, endócrino, hematopoético, muscular, urinário, esquelético. Conhecimentos referentes a determinadas patologias: esofagite, gastrite, ulcera péptica, doença intestinal inflamatória, hemorragia digestiva e cirrose hepática, coma, acidente vascular cerebral, lesão raquimedular, convulsão, cefaléia, delírio, arteriosclerose, distrofia muscular distúrbios relacionados, distúrbios da medula espinhal e doença de Alzheimer, angina pectoris, infarto agudo do miocárdio, hipertensão arterial sistêmica, ICC, pneumonia, bronco pneumonia, DPOC, edema agudo de pulmão, asma, embolia pulmonar, tuberculose, infecções do trato urinário, GNDA, GNC e insuficiência renal aguda, anemias, leucoses, linfomas, febre reumática, artrite reumática, parasitoses, filariose, leptospirose, hepatite, AIDS, sífilis, hanseníase, cólera, febre tifóide, meningoencefalite. Diabetes mellitus, insuficiência hepática e doenças da tireóide. Prevenção, nutrição e doenças nutricionais. Assistência de enfermagem ao paciente com câncer. Administração em enfermagem.

- CARGO: ENGENHEIRO AGRÔNOMO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Fundamentos e Fertilidade de Solos, Conservação de Solos, Topografia, Fotogrametria e Fotointerpretação, Climatologia e Meteorologia, Mecânica Aplicada e Elementos de Mecânica dos Solos, Mecanização Agrícola (motores e máquinas), Construções Rurais, Hidrologia, Irrigação e Drenagem, Horticultura, Olericultura, Fruticultura, Silvicultura, Floricultura e Paisagismo, Zootecnia Especial, Nutrição Animal, Plantas Forrageiras e Pastagens, Tecnologia de Produtos de Culturas Agrícolas, Industriais e Agropecuários, Tecnologia de Produção de Sementes, Melhoramento Vegetal. 2. Pragas quarentenárias Al e A2 e pragas não quarentenárias regulamentadas. 3. Manejo integrado de pragas quarentenárias. 4. Uso correto e seguro de agrotóxicos e afins. 4.1. Lei Federal n° 7.802, de 11 de julho de 1989. 4.2. Lei Federal n° 9.974, de 06 junho de 2000. 4.3. Decreto Federal n° 4.074, de 4 de janeiro de 2002. 5. Quarentena vegetal. 6. Tratamentos quarentenários. 7. Estações de Avisos Fitossanitários. 8. Zonas de baixa prevalência de pragas. 9. Zonas livres de pragas. 10. Certificação fitossanitária. 11. Certificação fitossanitária de origem. 12. Legislação federal sobre defesa sanitária vegetal (Decreto Federal n° 24.114, de 12 de abril de 1934) 13. Legislação federal sobre padronização e classificação de produtos de origem vegetal, seus produtos, subprodutos e resíduos de valor econômico (Lei Federal n° 9.972, de 25 de maio de 2000 e Decreto Federal n° 3.664, de 17 de novembro de 2000. 14. A modernização da Defesa Vegetal no Brasil. 15. Conhecimentos básicos sobre os organismos internacionais (CIPP e COSAVE).

- CARGO: ENGENHEIRO CIVIL

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Topografia: Levantamento Planoaltimétrico; Perfis e curvas de nível; Erros. Materiais de construção civil: Aglomerantes: gesso, cal, cimento portland; Agregados; Argamassa; Concreto: dosagem, tecnologia do concreto; Aço; Madeira; Materiais cerâmicos. Mecânica de solos: Origem e formação; Índices físicos; Caracterização e propriedades; Pressões; Prospecção geotécnica; Permeabilidade e percolação; Compactação, compressibilidade, adensamento, estimativa de recalques; Resistência ao cisalhamento; Empuxos de terra, estruturas de arrimo, estabilidade de taludes, fundações superficiais e fundações profundas. Resistência dos materiais: Tensões e Deformações - Lei de Hooke; Flexão simples; Flexão composta; Tensões de cisalhamento devido ao esforço cortante; Flambagem. Análise estrutural: Esforços seccionais: esforço normal, esforço cortante torção e momento fletor; Relação entre esforços; Apoios e vínculos; Diagrama de esforços; Estudos das estruturas isostáticas (vigas, pórticos e treliças).Dimensionamento do concreto armado: Características mecânicas e reológicas do concreto; Tipos de aço para concreto armado; características mecânicas do aço; aderência; ancoragem e emendas em barras de armação; Dimensionamento de seções retangulares sob flexão e cisalhamento; Dimensionamento de pilares; Detalhamento de armação em concreto armado. Instalações prediais: Instalações elétricas; Instalações hidráulicas; Instalações de esgoto. Fiscalização: Controle de materiais (cimento, agregados aditivos, concreto usinado, aço, madeira, materiais cerâmicos, vidro, etc.); Controle de fabricação e montagem de estruturas pré-fabricadas; Controle de execução de obras e serviços.

- CARGO: FARMACÊUTICO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Legislação e Ética Profissional. Hospital: Definição, Objetivos, Classificação, Estrutura Organizacional. Farmácia Hospitalar: Histórico, Conceitos, Objetivos. Funções do Farmacêutico Hospitalar. Padrões Mínimos para Farmácia Hospitalar. Noções Básicas de Administração. Métodos de Controle de Estoque. Planejamento de Compras. Boas Práticas de Armazenagem. Central de Abastecimento Farmacêutico - CAF. Padronização de Medicamentos e Correlatos: Objetivos, Comissão de Farmácia e Terapêutica, Composição e Funções. Sistemas de Distribuição de Medicamentos: Conceitos e Objetivos de Distribuição e de Dispensação, Classificação, Vantagens e Desvantagens. Farmacotécnica Hospitalar: Conceito, Objetivo, Germicidas, Misturas Parenterais, Fracionamento e Reembalagem. Controle de Infecção Hospitalar. Terapia Nutricional Parenteral/Legislação. Fármacos que atuam no SNA e SNC. Fármacos de Função Renal e Cardiovascular. Antimicrobianos e Antiinflamatórios esteróides e não esteróides.

- CARGO: FISIOTERAPEUTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Fisioterapia geral: efeitos fisiológicos, indicações e contra-indicações de termoterapia, fototerapia, hidroterapia, massoterapia, cinesioterapia, eletroterapia e técnicas de manipulação. 2. Fisioterapia em traumatologia, ortopedia e reumatologia. 3. Fisioterapia em neurologia. 4. Fisioterapia em ginecologia e obstetrícia. 5. Fisioterapia em mastectomias. 6. Fisioterapia em pediatria e neonatologia. 7. Fisioterapia em geriatria. 8. Fisioterapia em doenças cardiovasculares. 9. Fisioterapia em amputados: próteses e órteses. 10. Fisioterapia respiratória. 11. Pneumopatias. 12. Fisioterapia em queimados. 13. Lesões do Sistema Nervoso Central. 14. Lesões do Sistema Nervoso Periférico. 15. Avaliação fisioterapêutica de paciente crítico. 16. Fisioterapia na saúde do trabalhador: conceito de ergonomia, doenças ocupacionais relacionadas ao trabalho, práticas preventivas no ambiente de trabalho. 17. Assistência fisioterapêutica domiciliar. 18. Ética e legislação profissional.

- CARGO: FONOAUDIÓLOGO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Sistema do aparelho auditivo: bases anatômicas e funcionais; Audiologia Clínica; Procedimentos subjetivos de testagem audiológica: indicação, seleção e adaptação do aparelho de ampliação sonora individual; Audiologia do trabalho: ruído, vibração e meio-ambiente; Audiologia educacional; Neurofisiologia do sistema motor da fala; Funções neurolinguísticas; Sistema sensório/motor/oral: etapas evolutivas; desenvolvimento da linguagem; Deformidades craniofaciais: características fonoaudiológicas, avaliação miofuncional, tratamento fonoaudiológico; Distúrbios da voz: disfonias; aspectos preventivos, avaliação e fonoterapia; Distúrbios de linguagem, da fala e da voz, decorrentes de fatores neurológicos, congênitos, psiquiátricos, psicológicos e socioambientais; Desvios fonológicos; Fisiologia da deglutição; Desequilíbrio da musculatura orofacial e desvios da deglutição: prevenção, avaliação e terapia miofuncional; Disfemias: teorias, avaliação e tratamento fonoaudiológico; Distúrbios da aprendizagem da linguagem escrita: prevenção, diagnóstico e intervenção fonoaudiológica; Aleitamento materno: vantagens, fisiologia da lactação.

- CARGO: NUTRICIONISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Avaliação nutricional de pacientes hospitalizados e ambulatoriais: métodos objetivos e subjetivos. Dietoterapia e cuidados nutricionais nas: Doenças do sistema gastrintestinal: esôfago, estômago, intestino e glândulas anexas. Doenças metabólicas: obesidade/magreza, Diabetes mellitus e dislipidemias. Doenças cardiovasculares: insuficiência cardíaca, infante do miocárdio, aterosclerose, hipertensão. Doenças reumáticas: artrite reumatóide, gota úrica, lupus eritematoso sistêmico. Doenças hematológicas: anemias nutricionais por deficiência de ferro, proteína, b12, ácido fálico, piridoxina e cobre. Doenças renais: GNDA, síndrome nefrótica, IRA, IRC, nefrolitíase, hemodiálise Doença neoplásica, quimioterapia e radioterapia. Pré e pós-operatório de cirurgia do sistema digestivo. Suporte nutricional oral e enteral. 4. Fisiopatologia.

- CARGO: MÉDICO ANESTESISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Avaliação e medicação pré-anestésica; Farmacologia dos anestésicos locais; Transmissão e bloqueio neuromuscular; Bloqueios espinhais e periféricos; Anestesia para procedimentos diagnósticos; Anestesia venosa; Anestesia inalatória; Anestesia em pediatria; Anestesia em geriatria; Anestesia em urgências. Anestesia para videolaparascopia; Anestesia nas especialidades: Obstetrícia, urologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, buco/maxilo/facial, cirurgia torácica e neurocirurgia; Monitorização do paciente anestesiado; Reposição volêmica e transfusão; Parada cardíaca e reanimação cardiorrespiratória; sala de recuperação e complicações pós-anestésicas. Noções sobre Políticas de Saúde. Determinantes e condicionantes da saúde-doença. Transição demográfica e epidemiológica no Brasil. Situação da mortalidade no Brasil. Situação de doenças transmissíveis no Brasil. Vigilância epidemiológica. Programa de Saúde da Família.

- CARGO: MÉDICO CLÍNICO PLANTONISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Cuidados gerais e preventivos da saúde do adulto e do idoso. 2. Doenças cardiovasculares - hipertensão arterial sistêmica, cardiopatia isquêmica, insuficiência cardíaca, miocardiopatias, valvulopatias e arritmias cardíacas. 3. Doenças pulmonares - asma brônquica, doença pulmonar obstrutiva crônica, embolia pulmonar, infecções respiratórias e pneumonias, abscessos pulmonares, doença pulmonar intersticial e hipertensão pulmonar. 4. Doenças gastrintestinais e hepáticas, doenças pépticas, hemorragia digestiva, diarréias agudas e crônicas, colelitiase, colecistite, pancreatites, hepatites e insuficiência hepática. 5. Doenças renais - insuficiência renal, nefropatias, litiase urinária e infecções urinárias. 6. Doenças endócrinas - diabetes, doenças da tireoide, paratireoides e adrenais. Dislipidemias. 7. Doenças reumáticas e colágenos - artrites, espondiloartropatias, gota e vasculites. 8. Doenças infecciosas e parasitárias. antibioticoterapia. 9. Distúrbios hidro-eletrolíticos e acidobásicos.10. Distúrbios da consciência e da memória. Acidentes vasculares cerebrais. 11. Interpretação clinica de exames complementares de uso frequente na prática clínica. 12. Emergências clínicas.

- CARGO: MÉDICO COLPOSCOPISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Código de Ética Médica. Indicações de colposcopia. Descrição dos achados colposcópicos. Técnica da realização da colposcopia. Reagentes utilizados na colposcopia. Aparência colposcópica do colo normal e anormal. Aparência colposcópica da vagina normal e anormal. Aparência colposcópica da vulva normal e anormal. Biópsia: como e quando fazer. Colposcopia na gravidez. HPV. Ênfase em Saúde de Coletiva. Doenças de Notificação Compulsória. Exame ginecológico. material, condições técnicas e indicações da colposcopia. Dor abdominal e/ou pélvica em ginecologia. Prurido vulvar. Corrimento genital. Hemorragia genital: etiopatogenia, diagnóstico e tratamento. Incontinência urinária de esforço. Fístulas uro e enterogenitais. Prolapso genital. Planejamento familiar. Saúde da mulher. Classificação, indicações e contra-indicações dos métodos anticoncepcionais. Antibioticoterapia na gestação. Lesões colposcópicas típicas: colo normal, zona de transformação, lesões inflamatórias, infecciosas e parasitárias. Sequelas da inflamação e da ulceração. Doenças sexualmente transmissíveis. Lesões colposcópicas atípicas. Gravidez ectópica. Abortamento. Neoplasia trofoblástica gestacional. Patologia benigna da mama, da vulva, da vagina, do colo do útero, do corpo uterino e dos ovários. Endometriose. Hemorragia uterina disfuncional. Amenorreia. Dismenorreia. Tensão pré-menstrual. Climatério. Lesões colposcópicas invasivas. Urgências ginecológicas. Vulvoscopia. Indicações e tratamento.

- CARGO: MÉDICO DERMATOLOGISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Anatomia e ultra-estrutura da pele. 2. Dermatoses bacterianas, virais, alérgicas, eritêmato-pápulo-escamosas, bolhosas e granulomatosas. 3. Tumores benignos e malignos da pele. 4. Micoses superficiais e profundas. 5. Hanseníase. 6. Doenças sexualmente transmissíveis. 7. Leishmaniose cutânea. 8. Paniculites. 9. Vasculites. 10. Colagenoses. 11. Linfomas e Pseudolinfomas. 12. Histiocitoses.

- CARGO: MÉDICO OFTALMOLOGISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Embriologia ocular. 2. Anatomia e histologia ocular: órbita - conteúdo e relações anatômicas. 2.1. Pálpebras e conjuntiva. 2.2. Globo ocular e túnicas fibrosas, vascular e nervosa. 2.3. Meios dióptricos. 2.4. Músculos extrínsecos. 2.5. Aparelho lacrimal. 3. Fisiologia da visão. 4. Refração: noções de óptica oftálmica. 4.1. Vícios de refração. 4.2. Prescrição de óculos e lentes de contato. 5. Patologia, diagnóstico e tratamento das doenças do(a): órbita, conjuntiva, esclera, úvea, retina, vítreo, cristalino e aparelho lacrimal. 6. Glaucoma: classificação. 6.1. Quadro clínico. 6.2. Diagnóstico. 6.3. Tratamento clínico e cirúrgico. 7. Estrabismo: classificação. 7.1. Quadro clínico. 7.2. Diagnóstico. 7.3. Tratamento clínico e cirúrgico. 8. Repercussões oculares de patologias sistêmicas. 9. Urgências em oftalmologia: clínicas e cirúrgicas. 10. AIDS - manifestações oculares.

- CARGO: MÉDICO OBSTETRA PLANTONISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Assistência ao parto normal. 2. Assistência ao pré-natal de baixo e alto risco. 3. Hemorragias da primeira metade da gestação. 4. Hemorragias da segunda metade da gestação. 5. Infecção puerperal. 6. Gestação de alto risco (diabetes, cardiopatia, nefropatia, tuberculose, doenças autoimunes). 7. Estados hipertensivos na gravidez. 8. Prematuridade. 9. Choque em obstetrícia. 10. Tocotraumatismo materno e fetal.

- CARGO: MÉDICO GINECOLOGISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Propedêutica ginecológica. 2. Fisiopatologia do eixo neuroendócrino. 3. Emergências em ginecologia. 4. Climatério. 5. Planejamento familiar (Anticoncepção). 6. Patologias benignas e malignas dos genitais internos e externos. 7. Patologia mamária. 8. Distopia genital. 9. Doença inflamatória pélvica e Doenças sexualmente transmissíveis. 10. Tuberculose genital feminina.

- CARGO: MÉDICO PEDIATRA PLANTONISTA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Humanização da Atenção à Saúde. 2. Morbimortalidade na infância e na adolescência. 3. A atenção integral à saúde da criança. Crescimento e desenvolvimento, Aleitamento materno e orientação alimentar para desmame. 4. Imunizações. Doenças prevalentes na infância. 5. Puericultura: o recém-nascido normal, pré-termo e pós-termo. 6. Infecções e agravos prevalentes no recém-nascido. 7. A atenção integral à saúde do adolescente. Crescimento e Desenvolvimento. Sexualidade. Gravidez na Adolescência. Violência. Doenças prevalentes. 8. Doenças infecto-contagiosas. 9. Emergência em pediatria / A criança grave. 10. Ética e legislação profissional.

- CARGO: PSICÓLOGO CLÍNICO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Reforma Psiquiátrica no Brasil. História do movimento da Reforma Psiquiátrica. Garantia dos Direitos de cidadania aos Portadores de Sofrimento Psíquico. A Superação do Modelo Asilar: A Nova Lógica de Assistência em Saúde Mental. Fundamentos de Psicopatologia Geral. Saúde Mental. Conceito. Promoção e Prevenção. Ressocialização. Interdisciplinaridade. Abordagem Clínica e Psicoterápica. Entrevista psicológica / Anamnese. Neuroses. Psicoses. Perversões. Deficiência Mental. Drogadição. Psicologia Hospitalar. Noções de Epidemiologia em Saúde Mental. Noções de Testes Psicológicos. Psicologia e morte - tanatologia. Psicologia no hospital - acompanhamento ao paciente e à família. Ética profissional. Elaboração de parecer e laudo psicológico.

- CARGO: PSICÓLOGO EDUCACIONAL

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Desenvolvimento humano: concepções e modelos teóricos da Psicologia Evolutiva. 2. As teorias psicogenéticas de Jean Piaget, Lev Vygotsky e Henri Wallon e suas Implicações para o construtivismo na Educação. 3. Cultura, cognição e sociedade: implicações psicológicas e educacionais. 4. Identidade do Psicólogo Educacional: concepções atuais, formação e intervenção. 5. Abordagem Psicopedagógica da Aprendizagem e a intervenção do Psicólogo Educacional. 6. Avaliação e intervenção psicopedagógicas na Escola. 7. Dificuldades de aprendizagem: aspectos sociais, escolares, familiares e psicodinâmicos. 8. Dificuldades de aprendizagem: avaliação, intervenção e encaminhamentos. 9. Relações sociais na escola: intervenções psicológicas e educacionais. 10. Indisciplina na Escola: aspectos sociais e educacionais. 10. Distúrbios de comportamento: aspectos sociais, familiares e psicodinâmicos. 11. Psicologia Educacional e sua interface com a Educação Inclusiva.

- CARGO: PROFESSOR DE CIÊNCIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Terra e Universo: Terra e Ambiente; Movimento da Terra, tempo ano, calendário de estações do ano; Ambiente: fisionomia, constituição, dinâmica e equilíbrio; A gravitação e suas conseqüências. Vida e Ambiente: Seres vivos: organização funcional e utilização como recurso natural. Os diferentes ambientes, seus elementos bióticos e abióticos e as interações existentes entre eles; Ecossistemas; Os seres vivos suas diferentes representações e participações nas cadeias ecológicas, bem como suas causas e conseqüências; Pirâmides ecológicas; Visão ambiental envolvendo os aspectos: econômicos, políticos, sociais e históricos, resgatando a relação de equilíbrio homem/natureza/sociedade. Matéria e energia, resgatando suas diferentes fontes, formas, aplicações e os recursos tecnológicos aplicados. Ser Humano e Saúde: Desenvolvimento e Saúde; Reprodução e sexualidade; Organismo humano; As funções vitais e suas interdependências com o meio para uma vida saudável; Anatomia, fisiologia e programa de saúde dos aparelhos: digestivo, circulatório, respiratório e excretor; Os movimentos e a sustentabilidade do organismo humano num processo saudável de execução; Reprodução humana e sexualidade numa abordagem biopsicossocial. Tecnologia e sociedade: Organização da sociedade humana e a tecnologia; A origem e o destino social dos recursos tecnológicos; Os recursos tecnológicos e as implicações éticas e ambientais na produção e utilização de tecnologia; Os recursos tecnológicos e o uso diferenciado nas diferentes camadas da população e as conseqüências para saúde pessoal e ambiental; Domínio da informática e as suas relações na atualidade social;As relações entre ciência tecnologia e sociedade, no presente e no passado, no BRASIL e no mundo em vários contextos culturais;Acesso e o uso da tecnologia no meio social e na realidade econômica;Transformação dos ciclos naturais.Ensino de Ciências: Concepções a respeito do ensino de Ciências na Educação Básica; Seqüências didáticas no ensino de Ciências, envolvendo investigação.A pedagogia dos projetos e a interdisciplinaridade.

- CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Educação Física e os Parâmetros Curriculares Nacionais da Educação Básica. Educação Física como componente curricular na Educação Básica: Função social. Objetivos. Características. Conteúdos. Educação Física e suas Abordagens Metodológicas: intenção, fundamentos, objetos de estudo. O processo de ensino-aprendizagem em Educação Física: a relação professor/aluno, situações didáticas, avaliação formativa. Esporte Escolar: A técnica. A tática. A regra. A competição.

- CARGO: PROFESSOR DE MATEMÁTICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Números e suas operações: .Conjuntos numéricos: naturais, inteiros, racionais, irracionais, reais, operações, propriedades, problemas. Números: multiplicidade, divisibilidade, fatoração, MDC e MMC, representações, relações de ordem, reta numérica, intervalos. Proporcionalidade: razão, proporção, porcentagem, divisão proporcional, juros. Geometria: Geometria plana: conceitos fundamentais, a reta e suas partes, ângulos, polígonos regulares e quaisquer, circunferência e círculo, relações métricas, teorema de Pitágoras, semelhança, teorema de Tales, relações trigonométricas, leis dos senos e cossenos. Geometria espacial: posições relativas de pontos, retas e planos no espaço tridimensional, figuras espaciais e suas grandezas, princípio de Cavalieri. Geometria analítica: sistema cartesiano, pontos, retas, planos, circunferências, equações, intersecções, posições relativas. Grandezas e medidas: Comprimento, massa, tempo, área, volume, armazenagem (Kb, Gb, etc.), grandezas compostas (KwH, Km/h, etc.). Álgebra e funções: Equações, inequações e sistemas: lineares, quadráticas, exponenciais e logarítmicas, resolução de problemas. Funções: representações gráficas e algébricas, domínio, imagem, máximos e mínimos, funções lineares, quadráticas, exponenciais e logarítmicas. .Funções trigonométricas: seno, cosseno e tangente. Progressões aritméticas e geométricas, princípio multiplicativo, permutações, arranjos e combinações. Matrizes e determinantes: operações com matrizes, matriz quadrada, matriz inversa, cálculo de determinantes. Polinômios: operações, raízes, decomposição, teorema fundamental da álgebra. Estatística e probabilidade: Médias, tabelas, gráficos, probabilidade. Ensino de Matemática: .0 processo de ensino e aprendizagem em Matemática: concepções, situações didáticas, contrato e transposição didática, avaliação e análise de erros, campos conceituais, tempo didático. Aspectos didáticos e cognitivos relativos a: número e operações, geometria, grandezas e medidas, álgebra e funções, estatística e probabilidade.

- CARGO: PROFESSOR DE LETRAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Análise Textual: O tema ou a ideia global ou tópico de parágrafos; Argumento principal defendido pelo autor; O objetivo ou finalidade defendido pelo autor; Elementos característicos de cada tipo e gêneros textuais - literários e não-literários; Função da linguagem; Paráfrase: fidelidade aos segmentos de origem; Relações de intertextualidade; Informações explícitas e implícitas veiculadas; Níveis de linguagem; Relações lógico-discursivas (causalidade, temporalidade, conclusão, comparação, finalidade, oposição, condição, explicação, adição, estabelecidas entre parágrafos, períodos ou orações); Coesão e coerência; Relação de sentido entre palavras (sinonímia, antonímia, hiperonímia); Efeitos de sentido pretendidos pelo uso de recursos lexicais e gramaticais; Usos metafóricos e metonímicos das palavras e expressões; Língua oral e língua escrita; Implicações sociohistóricas dos índices contextuais e situacionais na construção da imagem de locutor e interlocutor (marcas dialetais, níveis de registros, jargão, gíria). Análise Lingüística: Gramática normativa, descritiva e internalizada; Concepção de erro; Processo de formação de palavras; Colocação pronominal; Regência verbal e nominal; Concordância verbal e nominal; Ortografia, acentuação e pontuação. Figuras de linguagem: pensamento, sintaxe e palavra. Teoria Literária: Conceito de Literatura; Estilos de época; Movimentos literários. Literatura Brasileira: Literatura colonial; Barroco; Arcadismo;Romantismo; Realismo; Naturalismo; Parnasianismo; Simbolismo; Pré-Modernismo; Modernismo; Tendências Contemporâneas. Ensino da Língua Portuguesa: O trabalho com a oralidade na escola; Ensino e avaliação em leitura; Ensino e avaliação na produção de textos; Ensino e avaliação de gramática.

- CARGO: VETERINÁRIO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Introdução à Medicina Veterinária: contribuições do médico veterinário nas atividades de saúde pública. 2. Epidemiologia Geral: cadeia epidemiológica, formas de ocorrência de doenças em populações, profilaxia geral e prevenção. 3. Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Pública: controle sanitário, projetos de saúde animal e saúde pública. 4. Educação Sanitária. 5. Legislação. 6. Tecnologia e Inspeção de Produtos de Origem Animal: legislação e fiscalização sanitária, manipulação e armazenamento de produtos de origem animal. 7. Clínica Médica e Cirurgia Veterinária: noções básicas com vistas de instituir diagnóstico, prognóstico e tratamento individual. 8. Economia, Administração, Extensão Rural e Ecologia: noções básicas com vistas de elaborar, executar e gerenciar projetos agropecuários bem como de relacionamento e atuação de equipes multidisciplinares na defesa do meio ambiente e do bem estar social. 9. Planejamento e desenvolvimento rural sustentado. 10. Zootecnia: técnicas de criação, manejo, alimentação e produção animal.

2. NÍVEL MÉDIO (2.° GRAU COMPLETO)

2.1 Para todos os cargos

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e pra quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

- CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Conhecimentos de Matemática. 1. Números Naturais, inteiros e fracionários: as operações de adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de problemas. 2. Números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. 3. Expressões numéricas e resolução de problemas. 4. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. 5. Unidades de Medidas: de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo; cálculo de áreas e volumes e resolução de problemas. 6. Equações do 1° grau: resolução de Problemas do 1° Grau. 7. Razão, proporção, regra de três simples, porcentagem, juros simples e médias. Conhecimentos de Informática 1. Noções básicas do computador, principais componentes de um PC e periféricos (visão do usuário). 2. Noções do ambiente Windows XP e Windows Vista. 2. Utilização do Word 2003 e 2007. 3. Utilização do Excel 2003 e 2007.4. Conceitos relacionados à internet; Correio eletrônico: Outlook Express (versão 6).

- CARGO: AGENTE FISCAL TRIBUTÁRIO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1.Noções gerais sobre auditória: conceituação e objetivos. 2. Auditoria: interna, externa, fiscal, forma de atuação, responsabilidades e atribuições. 3 Procedimentos de auditoria. 4. Normas de execução dos trabalhos de auditoria. 5. Estudo e avaliação do sistema contábil e de controles internos .6 Aplicação dos procedimentos de auditoria. 7. Documentação de auditoria. 8. Parecer do auditor: Parecer sem ressalva, Parecer com ressalva, Parecer adverso, Parecer com abstenção de opinião. 9. Fraude e erro. 10. Presunção de omissão de receitas: ativos ocultos ou fictícios, passivo ocultos ou fictícios, saldo credor na conta caixa, suprimentos não comprovados, diferenças em levantamentos quantitativos por espécie, diferenças em levantamentos econômicos ou financeiros, omissão do registro de pagamentos efetuados. 11. Finanças públicas: conceito, características e finalidades. 12. Receitas Públicas: conceito, classificação, categoria, fontes e estágios. 13. Dívida ativa: conceito, inscrição, cobrança. 14. Receitas patrimoniais. 15. Receitas tributárias: impostos, taxas de poder de polícia, taxas de serviços públicos, contribuição de melhoria, preço público e contribuições. 16. Receitas de transferências Constitucionais: Índice de Participação dos Municípios no ICMS, Fundo de Participação dos Municípios - FPM, Cota Parte do IPVA e Cota Parte do ITR, critérios de distribuição. 17. Renúncia de receita: conceito e a aplicação da Lei de Responsabilidade Fiscal. 18. Noções do Direito Constitucional: Sistema Tributário Nacional, princípios constitucionais tributários, Competência tributária da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, Limitações ao poder de tributar.

- CARGO: AUXILIAR DE BIBLIOTECA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1 Concepção, tipos e conceitos de biblioteca: a) História do livro. Partes que compõem o livro. b) História da Biblioteca; c) Tipos de Biblioteca; d) Recursos humanos na biblioteca: perfil dos profissionais que trabalham na biblioteca; 2 Acervo: Conceito. b) Obras que compõem o acervo. c) Tombamento. d) Noções de classificação e de catalogação. Catálogo. e) Preparação física do livro f) Sinalização das estantes g) Organização do ambiente h) Noções de conservação, preservação e restauração. i) Inventário. 3 Serviços oferecidos aos usuários a) Empréstimo domiciliar b) Orientação para pesquisa bibliográfica c) Serviço de alerta d) Recortes de jornais e) Acesso à internet f) Atividades de Dinamização da Biblioteca: hora do conto, dramatizações, recitais, etc. 4 Ações administrativas a) Regimento. Normas de funcionamento. b) Atualização do acervo. c) Estatísticas da biblioteca. d) Comunicações formais. e) Auxílio às atividades de planejamento de atualizações do acervo. 5 Qualidade do atendimento a) Marketing para biblioteca b) Motivação pessoal

- CARGO: DIGITADOR

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Conhecimentos básicos de microinformática e operação com microcomputadores tipo PC. 2. Conhecimentos básicos da arquitetura de um PC e seus periféricos. 3. Conhecimentos de Sistema operacional MS Windows XP. 4. Conhecimentos de Microsoft Word 2003 para Windows. 5. Conhecimentos de Microsoft Excel 2003 para Windows.

- CARGO: FISCAL DE CADASTRO ECONÔMICO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Atos oficiais: Lei, decretos, portarias, requerimentos, petição e processos. 2. Tributos: definição, natureza jurídica, espécies de tributos. 3. Sistema Tributário Nacional: Obrigação tributária principal e acessória. 4. Fato gerador: da obrigação principal e acessória. 5. Sujeito da obrigação tributária: sujeito ativo, sujeito passivo, contribuinte e responsável, Solidariedade, capacidade e domicílio tributário. 6. Crédito tributário: lançamento e modalidades de lançamento. 7. Suspensão do crédito tributário: moratória e depósito. 8. Extinção do crédito tributário: modalidades, extinção e pagamento indevido. 8. Exclusão do crédito tributário: isenção e anistia. 9. Administração tributária: competência, poderes da autoridade administrativa, dívida ativa e certidões negativas. 10. Código Tributário Municipal: legislação do ISS, lista de atividades, livros contábil e fiscal, prazo de recolhimento e de escrituração, termo inicial e de encerramento de fiscalização, Auto de infração. 11. Relatórios de Ação Fiscal.

- CARGO: FISCAL DE CADASTRO IMOBILIÁRIO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: a) Leitura e interpretação de plantas e projetos de arquitetura (locação, situação, fachadas, cortes); b) Matemática com ênfase em geometria plana; c) Estatística (médias, mediana, moda, desvio-padrão, variância); d) Escalas (conceito, escala gráfica/escala numérica); e) Sistema de coordenadas planas (conceitos e aplicações): coordenadas retangulares e polares; f) Coordenadas geográficas (conceito de latitude, longitude, meridianos e paralelos); g) Tipos de erro nas medições de cumprimentos (erro grosseiro, sistemático e aleatório); h) Métodos clássicos de levantamento para fins cadastrais (conceitos e aplicações): alinhamento, ortogonal e polar; i) Noções de GPS (conceitos e aplicações); j) Legislação Tributária do Município de Escada; I) Estatuto da Cidade (Lei Federal n° 10.257/01 - endereço eletrônico: www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/LEIS_2001/L10257.htm); n) Planilhas eletrônicas, editores de texto.

- CARGO: FISCAL AMBIENTAL

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: O Sistema Nacional de Unidades de Conservação/ SNUC (Lei 9985/00). Noções de ecologia marinha e terrestre. Conhecimento da fauna e flora do ecossistema Mata Atlântica. Legislação ambiental federal, estadual e municipal. Lei de Crimes Ambientais (Lei 9605/98).

- CARGO: LANÇADOR DA RECEITA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Orçamento Público: conceito e objetivos, Sumário da Receita, comparativo da Receita orçada com a arrecadada, evolução da Receita. 2. Receita Pública: conceito, classificação, categoria, fontes e estágios. 3. Divida ativa: conceito, inscrição e cobrança. 4. Receita tributária: impostos, taxas, contribuições de melhoria, preço público e contribuições. 5. Receitas de transferências constitucionais: ICMS, FPM, Cota Parte do IPVA, Cota Parte do ITR, Cota Parte do IPI. 6. Critérios de distribuição. 7. Cancelamento e restituição de receita. 8. Crédito tributário: lançamento, modalidades, suspensão, moratória e depósito. 9. Extinção do credito tributário. 10. Receita patrimonial. 11. Receita de contribuições. 12. Receita de serviços 13. Outras receitas diversas. 14. Transferências Correntes. 15. Operação de crédito. 16. Alienação de bens. 17. Lançamento: conceito, finalidade. 18. Escrituração: portaria STN 577/578/2008. 19. Renuncia de Receita - Lei n.° 101/2000. 20. Código Tributário Municipal: legislação e documentos de arrecadação fiscal.

3. NÍVEL MÉDIO (2.° GRAU COMPLETO E HABILITAÇÃO TÉCNICA)

3.1 Para todos os cargos, exceto Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano) e Professor de Educação Infantil

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e pra quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

- CARGO: AUXILIAR DE ENFERMAGEM

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Procedimentos técnicos relacionados com a satisfação das necessidades de conforto e segurança do paciente: limpeza da unidade, higiene do paciente, massagem de conforto, posições para exames, transporte do paciente, assistência ao doente em fase terminal. Procedimentos técnicos no auxílio ao diagnóstico e tratamentos diversos: sinais vitais, coleta de materiais para exames. Medicação: cálculo, vias, diluições, dosagens. Insulinoterapia. Processo cicatricial e técnicas de curativos e bandagens. Crioterapia e termoterapia. Cuidados de Enfermagem em procedimentos técnicos específicos: drenagem postural, nebulização, inalação, tapotagem, oxigenoterapia. Aspiração de secreções, sondagens, manobras de ressuscitação cardiopulmonar. Atuação do Auxiliar na prevenção e controle da infecção hospitalar. Conceitos de assepsia e antissepsia, Esterilização: métodos físicos e químicos. Classificação das cirurgias segundo o potencial de contaminação. Controle e prevenção da infecção hospitalar. Assistência de Enfermagem na unidade cirúrgica. Assistência ao paciente no pré-operatório, assistência ao paciente no transoperatório, circulação da sala de cirurgia, assistência ao paciente na recuperação pós-anestésica. Atuação do Auxiliar nas emergências: controle nas hemorragias, queimaduras, imobilizações, medidas de ressuscitação, envenenamentos, insuficiência respiratória. Assistência pré-natal e ginecológica em nível ambulatorial: Atribuições do auxiliar no pré-natal, .complicações da gravidez: sinais e sintomas, Prevenção do câncer cérvico-uterino e de mama. Planejamento familiar. Assistência ao trabalho de parto: Períodos de dilatação, expulsão e delivramento. Complicações do parto: sinais e sintomas, Assistência à puérpera do parto normal e cesariano. Complicações do puerpério: sinais e sintomas: Assistência à criança: primeiros cuidados ao recém-nascido na sala de parto, admissão do recém-nascido no berçário, medidas antropomédicas, hidratação, amamentação, registros. Assistência à criança doente. Saúde Pública: Organização dos serviços de saúde no Brasil - SUS: princípios, diretrizes, controle social, planejamento. Indicadores de saúde, sistema de notificação e de vigilância epidemioló ica e sanitária.

- CARGO: TÉCNICO EM LABORATÓRIO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Biossegurança - esterilização e desinfecção, desinfetantes, níveis de biossegurança, descarte de material biológico, manuseio e transporte de amostras, equipamentos de contenção, equipamento de proteção individual e coletivo. 2.Microbiologia - meios de cultura utilizados na rotina bacteriológica / colaboração de rotina / microscopia / semeio / coleta de secreções e de linfa. 3. Bioquímica - obtenção de amostra (sangue, soro, plasma e urina) e anticoagulantes utilizados; Métodos analíticos e controle de qualidade aplicados à Bioquímica. 4. Hematologia - coleta de sangue e anticoagulantes utilizados. Esfregaços e técnicas de coloração de sangue periférico. Hemossedimentação, hemograma, grupos sangüíneo, fator RH, provas de coagulação e célula LE: determinação e técnicas utilizadas. 5.Parasitologia - coleta de material. Fixadores. Conservadores. Técnica para diagnóstico das protozooses e helmitíase intestinais. 6.Imunologia / Hormônio - coleta de sangue. Proteínas de fase aguda, marcadores virais: metodológicas. VDRL e HIV. Principais hormônios da tireóide e de fertilidade e metodologias aplicadas. Controle de qualidade aplicado à Imunologia. 7. Urinálise - sumário de urina. Planoteste. 8. Ética e Legislação Profissional.

- CARGO: TÉCNICO EM FARMÁCIA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1.Técnica de preparação de medicamentos; degermantes, antissépticos e Desinfetantes. 2. Noções básicas de bacteriologia. 3. Noções de esterilização e desinfecção em farmácia. 4. Controle de Qualidade e Normas de Segurança. 5. Qualidade da água empregada na preparação de produtos farmacêuticos. 6. Controle de qualidade de medicamentos Estabilidade de Medicamentos; prazo de validade e sinais de instabilidade. 7. Armazenamento de medicamentos. 8. Dispensação de medicamentos. 9. Qualidade no atendimento ao público 10. Código de Defesa do Consumidor. 11. Plantas medicinais. Saúde Pública: Organização dos serviços de saúde no Brasil - SUS: princípios, diretrizes, controle social, planejamento. Indicadores de saúde, sistema de notificação e de vigilância epidemiológica e sanitária.

- CARGO: TÉCNICO EM SAUDE DA FAMÍLIA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Noções sobre Políticas de Saúde. Sistema Único de Saúde - SUS: Princípios e Diretrizes, - Leis- 8080/90 e 8142/90. Financiamento do SUS; Política Nacional de Atenção Básica (Portaria n° 648/GM de 28 de março de 2006); Estratégia de Saúde da Família e de Agentes Comunitários de Saúde;Sistema de Informação de Atenção Básica (SIAB); Processo saúde-doença e seus determinantes/condicionantes; Doenças de Notificação Compulsória (Portaria n° 5/Ministério da Saúde, de 21 de fevereiro de 2006); Programa Nacional de Imunização: calendários de vacinação, estratégias de vacinação, contraindicações gerais, reações adversas e acondicionamento das vacinas. Programas de Saúde: da Criança, da Mulher, do Adolescente, do Idoso, de Hipertensão, de Diabetes, de Saúde Bucal, de DST-AIDS, de Tuberculose, de Hanseníase, de Saúde Mental e de Planejamento Familiar; Educação em saúde; Cuidados higiênicos com o corpo e alimentos; cuidados com o meio ambiente e saneamento básico; Princípios da administração de medicamentos; Esterilização de material; Técnicas de curativos; Noções de ética e cidadania.

- CARGO: TÉCNICO EM COMUNICAÇÃO E LOCUÇÃO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: História da Televisão e do Rádio no Brasil. Teorias da Comunicação. Teorias e Técnicas de Jornalismo. Conceitos de noticia. Legislação e Ética em Jornalismo. Código Brasileiro de Telecomunicações. Código de Ética da Radiodifusão. Estrutura da linguagem jornalística: texto, pirâmide invertida, lide, sublide, título, intertítulo. Especificidades da linguagem jornalística em rádio e tv. Redação de matérias jornalísticas. Gêneros de redação: definição, reportagem, entrevista, editorial, artigo, crítica, crônica, comentário, notas, coluna, pauta, espelho, roteiro, informativo, comunicado, carta e release. Tipos de texto no rádio. Estrutura do texto para TV Edição de imagens. Estrutura das emissoras de rádio e de W. Aspectos estratégicos e editoriais da programação do rádio e da TV. Categorias, gêneros e formatos de programas no rádio e na W. Produção, captação, decupagem, tratamento de material bruto, sonorização e finalização em Radiojornalismo e em Telejornalismo. Contextualização de sonoras no rádio e na W. Modelos e padrões de roteiros para Radiojornalismo e Telejornalismo. Características do rádio e da mensagem radiofônica. Emissoras e freqüências: transmissão de programação de rádio AM / FM. Equipamentos e profissionais do rádio. Tipos de microfone e suas características específicas. Sonoplastia. Intensidade vocal: timbre, entonação e ressonância. Articulação de palavras e ritmo de leitura: interpretação e impostação. Naturalidade, convencimento e credibilidade. Pronúncia: aspectos físicos e culturais. Técnicas de locução e apresentação. Voz, fala, dicção, entonação e suas funções na comunicação. Preparação da voz e exercícios vocais. Recursos corporais e vocais. Ênfase, inflexão e pausas. Tipos de locução: com acentuação, com assimilação e com elisão. Entendimento e clareza na leitura do texto radiofônico.

- CARGO: TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Sistema Operacional Linux: 1.1. Comandos para configurações básicas do Sistema Operacional Linux; 1.2. Sistema de arquivos; 1.3. Comandos de manipulação de arquivos e diretórios; 1.4. Configurações de rede. 2. Sistema Operacional Microsoft Windows: 2.1. Configurações básicas do Sistema Operacional Microsoft Windows (painel de controle); 2.2. Organização de pastas e arquivos; 2.3. Operações de manipulação de pastas e arquivos (copiar, mover, excluir e renomear); 2.4. Mapeamento de unidades de rede. 3. Editor de Textos Microsoft Word: 3.1. Criação, edição, formatação e impressão; 3.2. Criação e manipulação de tabelas; 3.3. Inserção e formatação de gráficos e figuras; 3.4. Geração de documentos HTML; 3.5. Geração de mala direta; 3.6. Criação de campos. 4. Planilha eletrônica Microsoft Excel: 4.1. Criação, edição, formatação e impressão; 4.2. Utilização de fórmulas; 4.3. Formatação condicional; 4.4. Geração de gráficos; 4.5. Importação e exportação de dados; 4.6. Classificação e organização de dados; 4.7. Criação e manipulação de tabelas e gráficos dinâmicos. 5. Software de apresentação Microsoft Powerpoint: 5.1. Criação, edição, formatação e impressão; 5.2. Utilização de imagens, figuras e gráficos; 5.3. Configuração, personalização e animação; 6. Operação e schedulagem de mainframe: 6.1. JCL; 6.2. Comandos de operação de console; 6.3. Sistema operacional ZOS; 6.4. Operação de periféricos; 7. Internet: 7.1. Conceitos e arquitetura; 7.2. Configuração de Web Browsers; 7.3. Configuração de ferramentas de manipulação de mensagens eletrônicas (Microsoft Outlook Express e Netscape Mail); 7.4. Utilização dos recursos WWW a partir dos Web Browsers; 7.5. Produção, manipulação e organização de mensagens eletrônicas (e-mail); 7.6. Transferência de arquivos (FTP); 7.7. Conexão remota (Telnet); 7.8. Conexão remota segura (SSH); 7.9. Protocolos (TCP/IP, SNA, Ethernet, Frame-relay).

- CARGO: TÉCNICO AGROPECUÁRIO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Gestão: Administração Rural; Economia Rural; Comercialização Rural; Administração da Produção; e Gerenciamento e Difusão de Tecnologia. 2. Produção Agroindustrial: Matérias Primas na Agroindústria; Higiene Agroindustrial; Indústrias Rurais e Processamento Agroindustrial. 3. Produção Vegetal: Uso e Manejo do Solo; Climatologia; Desenvolvimento Vegetativo; Propagação e Plantio; Manejo de Pragas, Doenças e Plantas Daninhas; Uso adequado de agrotóxicos; Culturas (em especial, fruticultura), Planos de Colheita e Pós-Colheita; Horticultura; Edafologia Sustentável na Agricultura; Máquinas e Equipamentos na Agricultura. 4. Conservação do solo e água. 5.Vigilância ambiental:conceito,atribuições;processo de degradação e parâmetros de qualidade ambiental ,do solo da água e do ar ;aspectos sociais econômicos ,culturais e comportamentais envolvidos na questão da exploração dos recursos naturais; 6. Controle das principais zoonoses: tipos e características, vetores de doenças e níveis de população de animais. 7. Uso de pesticidas: a poluição do solo, da água, do ar e dos produtos agrícolas; boas práticas de produção na agricultura; manejo correto dos pesticidas e seus resíduos; 8. Biossegurança 9. Resíduos urbanos: domésticos, dos serviços de saúde e industrial. 10. Educação Ambiental.

- CARGO: TÉCNICO EM CONTAS PÚBLICAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Tributo: definição, natureza jurídica, espécies de tributos. 2. Sistema Tributário Nacional - Impostos dos Estados e do Distrito Federal - Impostos dos Municípios - Participação dos Municípios no produto da arrecadação dos impostos da União e dos Estados. 3. Obrigação Tributária: principal e acessória. 4. Fato gerador da obrigação principal e acessória. 5 - Sujeito da obrigação tributária: sujeito ativo, sujeito passivo, contribuinte e responsável. 6. Solidariedade, Capacidade e Domicílio tributário. 7. Responsabilidade tributária dos sucessores. 8. Crédito Tributário: lançamento, modalidades. 9. Suspensão do Crédito Tributário: moratória, depósito, reclamações e recursos administrativos, concessão de medida liminar em mandato de segurança. 10. Extinção do Crédito Tributário: modalidades, pagamento indevido. 11. Exclusão do Crédito Tributário: isenção, anistia. 12. Garantias e Privilégios do Crédito Tributário. 13. Administração tributária: competência e poderes da autoridade administrativa divida ativa, certidões Negativas. 14. Orçamento Público: conceito, objetivo, princípios, vigência, prazo de entrega do projeto de lei. Lei de Diretrizes Orçamentárias, Plano Plurianual. 15. Direito Administrativo: contratos, espécie, vigência, 16. Licitação Pública: conceito, modalidades, tipo, edital, julgamento, homologação, adjudicação 17. Finanças Públicas: conceito, características e finalidade. 18. Receitas Públicas: conceito, classificação, categoria, fontes, estágios, lançamentos, cancelamentos, escrituração. 19. Despesas Públicas: conceito, classificação, categoria, funções, programa, elementos, escrituração, estágios. 20. Empenho da Despesa: conceito, classificação, subempenho, anulação. 21. Créditos Adicionais: suplementar, especial, extraordinário. 22. Fontes de Recursos: anulação de dotação, excesso de arrecadação, superávit financeiro, operação de crédito. 23. Contabilidade Pública: conceito, objetivo, lei n.° 4320/64, plano de contas, regimes contábeis. 24. Sistemas Contábeis: orçamentário, financeiro, patrimonial, compensado, principais lançamentos. 25. Balanços Públicos: orçamentário, financeiro, patrimonial, compensado, variação das demonstrações patrimoniais. 26. Dívida Pública: divida flutuante, divida consolidada ou fundada. 27. Análise e Interpretação do Balanço. 28. Lei n.° 101/2000 - Lei de Responsabilidade Fiscal.

- CARGO: TÉCNICO EM RADIOLOGIA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Noções básicas sobre as Radiações: Riscos das Radiações na Radiologia Diagnóstica. Meios de Proteção. Aparelhos de Raios X. Grades, Cones, Colinadores, Ecrans, Intensificadores. Câmara Escura. Revelação manual e automática. Componente da câmara escura. Filmes. Revelador, fixador e componentes. Fatores Radiológicos: Incidências. Identificação das radiografias. Incidências de rotina e incidências especiais. Técnica Radiológica: Membro Superior; Mão - Ossos do Corpo - Quirodáctilos; Mão - Corpo estranho; Idade óssea - Punho; Cotovelo - Antebraço; Braço: Ombro; - Omoplata; Articulação acrômio clavicular; Clavícula; Articulação externo­clavicular. Membro inferior; Pé Antepé; Pé Retro-pé; Pododáctilos; Calcâneo; Pés planos; Articulação tíbio társica (ruturas ligamentares); Perna; Joelho; Rótula; Fêmur; Colo do fêmur; Articulação coxo femural; Bacia; Púbis; Articulação sacro ilíaca; Escanograma. Coluna Vertebral; Coluna Cervical; Coluna Toráxica; Coluna Lombo-sacra; Cóccix; Coluna para Escoliose. Crânio: Radiografias Panorâmicas; Radiografias do crânio no politraumatizado; Sela túrcica; Buraco óptico; Mastóides; Seios da face. Radiografias simples de abdômen e do tórax. Exames contrastados. Noções de Hemodinâmica. Saúde Pública: Organização dos serviços de saúde no Brasil - SUS: princípios, diretrizes, controle social, planejamento. Indicadores de saúde, sistema de notificação e de vigilância epidemiológica e sanitária.

- CARGO: PROFESSORES EDUCAÇÃO INFANTIL e ENSINO FUNDAMENTAL (1.° ao 5.° Ano)

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS: Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano) e Educação Infantil; Parâmetros Curriculares Nacionais para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental. A escolaridade de 9 anos no Ensino Fundamental. Os Ciclos de Aprendizagem. O currículo centrado na pedagogia das competências, na pedagogia dos projetos e na pedagogia inclusiva. Aprendizagem e desenvolvimento. O processo de ensino e aprendizagem: concepções, seqüências didáticas, avaliação formativa e análise de erros. Alfabetização. Apropriação do Sistema de Escrita Alfabética. Alfabetização na perspectiva do letramento. Psicogênese da língua escrita.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Conhecimentos de Língua Portuguesa: Leitura: compreensão e interpretação Reconstrução de informações do texto: identificação de informações implícitas; reconhecimento de relações entre textos verbais e ilustrações; relação entre informações do texto e conhecimentos prévios; reconhecimento de ambigüidade, ironia, opiniões e valores no texto; identificação do sentido de uma palavra pelo contexto; reconhecimento do tema principal de um texto; identificação de locutor e interlocutor de um texto. Gêneros textuais: estrutura e elementos de texto narrativo em diversos gêneros: narrador, personagens, conflito, desfecho; elementos do texto argumentativo - gênero opinião: tese, argumento e contra-argumento, refutação; aspectos formais, estilísticos e temáticos de textos poéticos; Intertextualidade: relações temáticas entre textos; a citação como elemento argumentativo; síntese de textos ou de parágrafos. Tópicos de gramática contextualizada: Representação e emprego das palavras; Pontuação; Relações de referência; Relações semântico-sintáticas de explicação, oposição, conclusão, adição, alternância, causa, conseqüência, tempo, finalidade, condição, comparação. Conhecimentos de Matemática: Geometria: Espaço - localização, movimentação e representação (pontos de referência); Formas bidimensionais e tridimensionais (elementos e propriedades). Medidas: Significado e unidades de medida - comprimento, superfície, capacidade e massa; Significado e unidades de medida de tempo; Significado e unidades de medida de temperatura; Significado e unidades de medidas do sistema monetário. Números: Números naturais e sistema de numeração decimal; Números racionais e positivos - representação decimal e fracionária. Operações: Significado das operações - adição, subtração, multiplicação e divisão; Propriedades das operações; Cálculo. Estatística: Lista, tabela simples e de dupla entrada e gráfico. Conhecimentos de Ciências: Terra e Ambiente: Movimento da Terra - tempo, ano, calendário e estações do ano; Planeta Terra - história, estrutura e transformações no tempo e no espaço; Água - características, estados físicos e seus diversos usos; Solo: tipos de solo, características, uso do solo; Ambientes - fisionomia, constituição, dinâmica e equilíbrio; Seres vos - organização funcional e utilização como recurso natural; A energia em nossa vida - suas fontes e transformações (calor e eletricidade); Recursos naturais; Matéria; Ecologia. Ser Humano: Desenvolvimento e Saúde - reprodução e sexualidade; Organismo humano; Saúde; Ambiente e convívio. Conhecimentos de História: A) Relações sociais no espaço em que a criança vive: Relações de parentesco; Tipos de organizações familiares; Semelhanças e diferenças entre os grupos sociais da comunidade; A diversidade étnica e as desigualdades sociais. Relações de trabalho existentes no meio em que a criança vive: Noções das atividades relativas ao trabalho dos grupos sociais; Relações sociais decorrentes das atividades de trabalho. Construção das noções de Tempo: Noções elementares de tempo - períodos do dia, calendário e os diversos instrumentos de contagem do tempo; Noções básicas de marcação do tempo histórico. d) A Construção do Espaço Social: movimentos de população; As diferentes fontes históricas (iconografia, documentos pessoais, objetos da cultura material, textos históricos, relato oral, etc.); e) Aspectos gerais da História de Pernambuco. Conhecimentos de Geografia: Espaço vivido e percebido: O eu e o outro; O grupo da família; Os grupos da escola; Os grupos do bairro; Diferenças sociais e culturais. Espaço Representado: Organização e orientação espacial (pontos de referência situacionais e relacionais); Noções de escala; Representação simbólica; Figuras cartográficas (tipos de gráficos e mapas). O Ambiente em que vivemos: Campo e cidade; A natureza e sua dinâmica; Trabalho e a organização do espaço geográfico. Aspectos Geográficos de Pernambuco: Hidrografia; Relevo; População; Biodiversidade e questões ambientais.

- CARGO: TÉCNICO EM CONTROLE INTERNO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Controle Interno: Conceito, finalidade, normas, princípios, métodos e procedimentos: Constituição Estadual, Artigos 29, 30,33 e 86; Constituição Federal, Artigos 31,70 e 74 e Lei n° 101/2000. 2. Planejamento e Orçamento: Leis de Diretrizes Orçamentárias, Plano Plurianual, Lei Orçamentária Anual. 3. Patrimônio: Registro de Bens e Inventário. 4. Pessoal: Ativo, Inativo e Contratos. 5. Protocolo: Entrada, Saída de documentos oficiais. 6. Contabilidade: Lei 4.320/64, Princípios fundamentais de contabilidade, Balanços Públicos, Receita, Despesa, Lei de Responsabilidade Fiscal, Lei 8.666/93, Resoluções TCE /TCU, Portarias STN/Receita/Despesa. 7. Fundos Municipais: Conceitos, Finalidades, Autonomia. 8. Regime Próprio de Previdência: Lei de Criação, Avaliação Atuarial, Contribuições Previdenciárias, CRP. 9. Limites Constitucionais: Saúde e Educação.

4. FUNDAMENTAL COMPLETO - 9.° ANO COMPLETO

- CARGO: GUARDA MUNICIPAL

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: A) 1. Leitura e compreensão de texto, incluindo o reconhecimento, em um texto, de: 1.1. O significado contextuai de palavras e expressões. 1.2. O locutor e interlocutor (quem fala e para quem fala); 1.3. A finalidade ou propósito; 1.4. Informações explícitas e implícitas; 1.5. O tema principal; 1.6. Relações entre partes de um texto com base na substituição de termos. 1.7. Relações de causa, tempo, condição, oposição, comparação, conclusão, explicação, entre outras. 2. Princípios normativos da língua: 2.1. Ortografia; 2.2. Uso da pontuação expressiva; 2.3. Relações de concordância nominal e verbal; 2.4. Flexão nominal e verbal.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA: 1. Números Naturais e Sistema de Numeração Decimal. Operações com números naturais: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de situações-problema. Expressões numéricas e resolução de problemas. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e números compostos, decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. 2. Números inteiros e frações; números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. 3. Equações e inequações de 10 e 2o graus, sistemas de equações de 1° grau, funções quadráticas, gráficos, problemas envolvendo resolução de equações de 1° e 2° graus e de sistemas de equações. 4. Razões e proporções; escalas, grandezas direta e inversamente proporcionais, regra de três simples e composta e resolução de problemas sobre esses assuntos. Porcentagem, taxa de porcentagem, lucro, prejuízo, acréscimo, desconto, juros simples e montante. Resolução de problemas. 5. Unidades-padrão: de tempo, de comprimento, de massa e de capacidade. Problemas. 6. Ângulos: unidades de medidas, classificação, operações com medidas de ângulos e resolução de problemas. Semelhança de triângulos: teorema de Tales, relações métricas num triângulo retângulo e num triângulo qualquer, teorema de Pitágoras e suas aplicações, circunferência, relações métricas no círculo e resolução de problemas; trigonometria do triângulo retângulo: seno, co-seno e tangente; resolução de problemas. 7. Área das figuras geométricas planas: quadrado, retângulo, triângulo, losango, trapézio, círculo e resolução de problemas. Unidades de área. Noções de Primeiros Socorros Conceitos aplicados aos primeiros socorros. Aspectos legais do socorro. As fases do socorro. Remoção do acidentado. Lesões musculares. Lesões articulares. Lesões ósseas. Hemorragias. Desmaio e estado de choque. Queimaduras, insolação e intermação. Asfixia e afogamento. Ressuscitação cardiopulmonar (RCP). Equipamentos para socorros de urgência. Conhecimentos de legislação: Constituição Federal de 1988: art. 5.°; Código de Trânsito Brasileiro.

- CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA

1. Leitura e compreensão de texto, incluindo o reconhecimento, em um texto, de: 1.1. O significado contextuai de palavras e expressões. 1.2. O locutor e interlocutor (quem fala e para quem fala); 1.3. A finalidade ou propósito; 1.4. Informações explícitas e implícitas; 1.5. O tema principal; 1.6. Relações entre partes de um texto com base na substituição de termos. 1.7. Relações de causa, tempo, condição, oposição, comparação, conclusão, explicação, entre outras. 2. Princípios normativos da língua: 2.1. Ortografia; 2.2. Uso da pontuação expressiva; 2.3. Relações de concordância nominal e verbal; 2.4. Flexão nominal e verbal.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Trabalho em equipe de saúde e práticas em saúde da família; Conduta profissional; Princípios e diretrizes do SUS e as políticas públicas de saúde; Sistema Municipal de Saúde: estrutura, funcionamento e responsabilidades; Cultura popular, práticas tradicionais de saúde e a estratégia de saúde da família na atenção básica à saúde; Conceitos, importância e práticas de comunicação intersubjetiva e em educação popular; Família: socioantropologia e psicologia da família; moral, preconceitos e aceitação ativa da diferença; Eventos vitais e sociais: nascimento, infância, adolescência, maturidade e envelhecimento; adoecimentos e morte; casamento, separação e uniões familiares diversas; vida produtiva, aposentadoria e desemprego; alcoolismo, drogas e atos ilícitos e a abordagem familiar ou de redução de danos, etc.; Acompanhamento de família e grupos sociais: conceito e práticas de educação popular em saúde.

5. FUNDAMENTAL INCOMPLETO -1 ° AO 5.° ANO INCOMPLETO

- CARGO: AJUDANTE DE CAMINHÃO

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e para quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA: Números Naturais, inteiros e fracionários: as operações de: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de problemas. Números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. Expressões numéricas e resolução de problemas. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. Unidades de Medidas: de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo; cálculo de áreas e volumes e resolução de problemas. Equações do 1° grau: resolução de problemas do 1°. Grau. Razão, proporção, regra de três simples, porcentagem, juros simples e médias.

- CARGO: COZINHEIRA

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e para quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA: Números Naturais, inteiros e fracionários: as operações de: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de problemas. Números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. Expressões numéricas e resolução de problemas. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. Unidades de Medidas: de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo; cálculo de áreas e volumes e resolução de problemas. Equações do 1° grau: resolução de problemas do 1°. Grau. Razão, proporção, regra de três simples, porcentagem, juros simples e médias.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Alimentos: função dos alimentos, vitaminas e nutrientes. Estocagem dos alimentos. Controle de estoque. Reaproveitamento de alimentos. Conservação e validade dos alimentos. 2. Nutrição. 3. Merenda escolar. 4. Limpeza e conservação dos objetos de uso, dos equipamentos e do local de trabalho. 5. Noções gerais sobre limpeza e higiene em geral. Remoção de lixos e detritos. 6. Segurança e higiene do trabalho.

- CARGO: MERENDEIRA

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e para quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA: Números Naturais, inteiros e fracionários: as operações de: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de problemas. Números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. Expressões numéricas e resolução de problemas. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. Unidades de Medidas: de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo; cálculo de áreas e volumes e resolução de problemas. Equações do 1° grau: resolução de problemas do 1°. Grau. Razão, proporção, regra de três simples, porcentagem, juros simples e médias.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. Alimentos: função dos alimentos, vitaminas e nutrientes. Estocagem dos alimentos. Controle de estoque. Reaproveitamento de alimentos. Conservação e validade dos alimentos. 2. Nutrição. 3. Merenda escolar. 4. Limpeza e conservação dos objetos de uso, dos equipamentos e do local de trabalho. 5. Noções gerais sobre limpeza e higiene em geral. Remoção de lixos e detritos. 6. Segurança e higiene do trabalho.

- CARGO: SEPULTADOR

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e para quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA: Números Naturais, inteiros e fracionários: as operações de: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de problemas. Números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. Expressões numéricas e resolução de problemas. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. Unidades de Medidas: de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo; cálculo de áreas e volumes e resolução de problemas. Equações do 1° grau: resolução de problemas do 1°. Grau. Razão, proporção, regra de três simples, porcentagem, juros simples e médias.

- CARGO: MOTORISTAS CATEGORIA "B" E MOTORISTA CATEGORIA "C" OU "D"

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Leitura e compreensão de texto, incluindo o reconhecimento, em um texto, de: 1.1. O significado contextuai de palavras e expressões. 1.2. O locutor e interlocutor (quem fala e para quem fala); 1.3. A finalidade ou propósito; 1.4. Informações explícitas e implícitas; 1.5. O tema principal; 1.6. Relações entre partes de um texto com base na substituição de termos. 1.7. Relações de causa, tempo, condição, oposição, comparação, conclusão, explicação, entre outras. 2. Princípios normativos da língua: 2.1. Ortografia; 2.2. Uso da pontuação expressiva; 2.3. Relações de concordância nominal e verbal; 2.4. Flexão nominal e verbal.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Legislação de trânsito: Direção defensiva e prevenção de acidentes: Velocidade de segurança; Percepção, reação e frenagem; Condições desfavoráveis à segurança: Condições da via, Conduta do motorista e o uso de bebidas alcoólicas ou drogas, Influência do meio ambiente. Precauções para evitar colisões e atropelamentos. Conhecimentos básicos de mecânica automotora: Veículos automotores, Reparos de emergência e Cuidados especiais com o veículo, seus equipamentos e acessórios. Primeiros socorros a acidentados no trânsito.

- CARGO: ZELADOR

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e para quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA: Números Naturais, inteiros e fracionários: as operações de: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de problemas. Números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. Expressões numéricas e resolução de problemas. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. Unidades de Medidas: de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo; cálculo de áreas e volumes e resolução de problemas. Equações do 1° grau: resolução de problemas do 1°. Grau. Razão, proporção, regra de três simples, porcentagem, juros simples e médias.

- CARGO: SERVENTE

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura e compreensão de texto, considerando, sobretudo, os seguintes aspectos: identificar o tema, a finalidade e as características de textos de diferentes gêneros; localizar informações em um texto; reconhecer, em um texto, locutor e interlocutor, ou seja, quem fala e para quem fala; selecionar palavra ou trecho que complementa o sentido de um texto, considerando a coerência; estabelecer relações entre partes de um texto, com base na repetição ou substituição de um termo; reconhecer o efeito sobre o sentido de determinados recursos, como, o vocabulário, a ordem das palavras na frase, os padrões de ortografia e de concordância.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA: Números Naturais, inteiros e fracionários: as operações de: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação e suas propriedades. Resolução de problemas. Números decimais: leitura, identificação, representação, comparação, equivalência, forma mista, simplificação; transformação de frações em números decimais e vice-versa; operações, expressões fracionárias e resolução de problemas. Expressões numéricas e resolução de problemas. Múltiplos e divisores, divisibilidade, critérios de divisibilidade, números primos e decomposição de um número em fatores primos, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Resolução de problemas. Unidades de Medidas: de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo; cálculo de áreas e volumes e resolução de problemas. Equações do 1° grau: resolução de problemas do 1°. Grau. Razão, proporção, regra de três simples, porcentagem, juros simples e médias.

ANEXO II

QUADRO DE VAGAS

Nível Superior

Cargo

Remuneração

Total de Vagas*

Vagas Reservadas para Portadores de Necessidades Especiais****

Assistente Social

R$ 2. 078,51

1

0

Auditor Municipal

1

0

Biomédico

1

0

Controlador de Contas Públicas

2

1

Enfermeiro

2

1

Engenheiro Agrônomo

2

1

Engenheiro Civil

1

0

Farmacêutico

2

1

Fisioterapeuta

1

0

Fonoaudiólogo

2

1

Nutricionista

2

1

Médico Anestesista

1

0

Médico Clínico Plantonista

8

1

Médico Colposcopista

1

0

Médico Dermatologista

2

1

Médico Oftalmologista

1

0

Médico Obstetra Plantonista

8

1

Médico Ginecologista

2

1

Médico Pediatra Plantonista

10

1

Psicólogo Clínico

1

0

Psicólogo Educacional

R$ 910,71

1

0

Professor de Ciências

R$ 4,96/hora aula

4

1

Professor de Educação Física

4

1

Professor de Matemática

6

1

Professor de Letras

5

1

Veterinário

R$ 2.078,51

2

1

TOTAL

73

16

* Total de vagas incluindo-se a reserva de vagas para candidatos portadores de necessidades especiais.

Nível Médio (2.° grau completo)

Cargo

Remuneração

Total de Vagas*

Vagas Reservadas para Portadores de Necessidades Especiais

Auxiliar Administrativo

R$ 463,65

15

01

Agente Fiscal Tributário

R$ 556,37

2

01

Auxiliar de Biblioteca

R$ 468,17

2

01

Digitador

10

01

Fiscal de Cadastro Econômico

R$ 556,37

1

00

Fiscal de Cadastro Imobiliário

1

00

Fiscal Ambiental

2

01

Lançador de Receita

R$ 468,17

1

00

TOTAL

34

05

* Total de vagas incluindo-se a reserva de vagas para candidatos portadores de necessidades especiais.

Nível Médio (2 ° grau completo e habilitação técnica)

Cargo

Remuneração

Total de Vagas*

Vagas Reservadas para Portadores de Necessidades Especiais

Auxiliar de Enfermagem

R$ 463,65

15

1

Técnico em Laboratório

R$ 474,96

2

1

Técnico em Farmácia

2

1

Técnico em Saúde da Família

1

O

Téc. em Comunicação e Locução

R$ 559,78

2

1

Técnico em Informática

R$ 474,96

10

1

Técnico Agropecuário

4

1

Técnico em Contas Públicas

R$ 1.041,37

2

1

Técnico em Radiologia

R$ 479,48

2

1

Professor de Educação Infantil

R$ 475,00

39

2

Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano)

80

3

Técnico em Controle Interno

R$ 479,48

02

1

TOTAL

161

14

* Total de vagas incluindo-se a reserva de vagas para candidatos portadores de necessidades especiais.

Fundamental completo - 9° ano completo

Cargo

Remuneração

Total de Vagas*

Vagas Reservadas para Portadores de Necessidades Especiais

Guarda Municipal

R$ 469,31

20

1

Agente Comunitário de Saúde

R$ 475,00

23

1

TOTAL

43

02

* Total de vagas incluindo-se a reserva de vagas para candidatos portadores de necessidades especiais.

Fundamental incompleto -1 ° ao 5.° Ano incompleto

Cargo

Remuneração Conf. Lei n.° 3.435/2008 (Plano Cargo)

Total de Vagas*

Vagas Reservadas para Portadores de Necessidades Especiais

Ajudante de Caminhão

R$ 441,03

20

01

Cozinheira

R$ 445,56

2

01

Merendeira

33

02

Sepultador

4

01

Motorista (categoria "B")

R$ 1.014,37

3

01

Motorista (categoria "C" ou "D")

10

01

Zelador

R$ 441,03

15

01

Servente

24

01

TOTAL

111

09

* Total de vagas incluindo-se a reserva de vagas para candidatos portadores de necessidades especiais.

Obs.: os cargos que indicam remuneração inferior ao salário mínimo são contemplados com uma gratificação complementar, conforme cada caso, que asseguram a percepção de valor maior ou igual ao estabelecido no piso nacional.

2. CÓDIGO DOS CARGOS (UTILIZAR NO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO):

Nível Superior

Cargo

Código

Total de Vagas

Assistente Social

0101

1

Auditor Municipal

0102

1

Biomédico

0103

1

Controlador de Contas Públicas

0104

2

Enfermeiro

0105

2

Engenheiro Agrônomo

0106

2

Engenheiro Civil01071
Farmacêutico01082
Fisioterapeuta01091
Fonoaudiólogo01102
Nutricionista01112
Médico Anestesista01121
Médico Clínico Plantonista01138
Médico Colposcopista01141
Médico Dermatologista01152
Médico Oftalmologista01161
Médico Obstetra Plantonista01178
Médico Ginecologista01182
Médico Pediatra Plantonista011910
Psicólogo Clínico01201
Psicólogo Educacional01211
Professor de Ciências01224
Professor de Educação Física01234
Professor de Matemática01246
Professor de Letras01255
Veterinário01262
TOTAL 73

 

Nível Médio (2.° grau completo)

Cargo

Código

Total de Vagas

Auxiliar Administrativo

0201

15

Agente Fiscal Tributário

0202

2

Auxiliar de Biblioteca

0203

2

Digitador

0204

10

Fiscal de Cadastro Econômico

0205

1

Fiscal de Cadastro Imobiliário

0206

1

Fiscal Ambiental

0207

2

Lançador da Receita

0208

1

TOTAL 34

 

Nível Médio (2.° grau completo e habilitação técnica)

Cargo

Código

Total de Vagas

Auxiliar de Enfermagem

0301

15

Técnico em Laboratório

0302

2

Técnico em Farmácia

0303

2

Técnico em Saúde da Família

0304

1

Técnico em Comunicação e Locução

0305

2

Técnico em Informática

0306

10

Técnico Agropecuário

0307

4

Técnico em Contas Públicas

0308

2

Técnico em Radiologia

0309

2

Professor de Educação Infantil

0310

39

Professor de Ensino Fundamental (1.° ao 5.° Ano)

0311

80

Técnico em Controle Interno

0312

02

TOTAL 161

 

Fundamental Completo - 9° ano completo

Cargo

Código

Total de Vagas

Guarda Municipal

0401

20

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Matadouro

0402

03

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Alvorada040302
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Barão de Suassuna040402
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Centro040502
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Cidade Centro040602
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Frexeiras040702
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Jaguaribe040801
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Mangueira040901
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Maracujá041001
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Massauassú041102
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Riacho do Navio041201
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Vale Verde041301
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Engenho Boa Vista041401
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Engenho Bela Vista041501
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - Engenho Limão041601
TOTAL 43

 

Fundamental Incompleto -1 ° ao 5.° Ano Incompleto

Cargo

Código

Total de Vagas

Ajudante de Caminhão

0501

20

Cozinheira

0502

2

Merendeira

0503

33

Sepultador

0504

4

Motorista (categoria "B")

0505

3

Motorista (categoria "C" ou "D")

0506

10

Zelador

0507

15

Servente

0508

24

TOTAL 111

3. DESCRIÇÃO DOS CARGOS E REQUISITOS ESPECÍFICOS

3.1 NÍVEL SUPERIOR

Cargo: ASSISTENTE SOCIAL

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: realizar pesquisas sobre casos de desajustamento social; propor programas de assistência social; dar assistência especializada a funcionários municipais; auxiliar na seleção de candidatos aos benefícios de serviços de assistência social; dar assistência a gestantes; auxiliar na execução de programas de educação sanitária e de reabilitação; organizar grupos comunitários; efetuar levantamento de necessidades básicas de vida de comunidades carentes do Município; desempenhar outras atribuições compatíveis com a sua competência profissional.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Assistente Social depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: AUDITOR MUNICIPAL (Lei 2249/2009 - Anexo II)

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: 1 - efetuar estudos e prestar assessoramento na formulação de políticas de diretrizes financeiras e tributárias do Município,assim como na elaboração de planos, programas e orçamentos da Secretaria de Administração e Finanças; 2 - examinar a regularidade dos processos de arrecadação, fiscalização e recolhimento das receitas municipais, bem como dos processos de defesa, compreendendo todas as suas fases; 3 - verificar o cumprimento de contatos, convênios, acordos, ajustes e de outros atos de que resulte o nascimento ou extinção de direitos e obrigações para o Município; 4 - avaliar os resultados alcançados pelos administradores, face á finalidade e aos objetivos dos órgãos ou entidades que dirigem, sem prejuízo de outros controles que porventura estejam submetidos; 5 - fiscalizar a guarda a aplicação de dinheiro, valores outros bens do município a este confiados; 6 - examinar a eficiência e o grau de confiabilidade dos controles financeiros, orçamentos, patrimoniais e de recursos humanos, bem como outros existentes nos órgão e entidades municipais; 7 - examinar e certificar a regularidade das tomadas de contas dos responsáveis por órgãos de administração direta e dirigentes das entidades da administração indireta, fundações oriundas do patrimônio público ou que recebem transferências à conta do orçamento e órgãos autônomos; 8 - fiscalizar as entidades ou organizações em geral, dotadas de personalidade jurídica de direito privado, que recebem transferências á conta do orçamento municipal ou que tenham contratado financiamentos ou operações de crédito com garantia do Município; 9 - examinar se os recursos oriundos de quaisquer fontes das quais a administração do Poder Executivo participe como gestora ou mutuaria foram adequadamente aplicados de acordo com os projetos e atividades a que se referem; 10 - levantar e analisar dados das entidades da administração direta e indireta, bem como fundações municipais, avaliando sua situação econômico-financeira-administrativa; 11 - orientar e recomendar a adoção e alteração de práticas e controles internos das entidades da Administração Municipal; 12 - organizar e manter atualizado cadastro institucional de todos os órgãos e entidades do Poder Executivos; 13 - elaborar relatórios, pareceres ou certificados dos exames, avaliações, análises e verificações realizadas; 14 - realizar estudos econômico-financeiros, fiscais e administrativos visando a melhoria do funcionamento dos serviços a cargo da Administração Tributária e Financeira do Município; 15 - efetuar estudos e análise sobre os efeitos da carga tributária na conjuntura econômico-financeira do Município; 16 - prestar orientação fiscal ao contribuinte, quanto ao cumprimento das obrigações tributárias; 17 - exercer, na forma da programação estabelecida, atividades de fiscalização, inclusive diligências em estabelecimentos, relativamente a tributos municipais ou outros cuja fiscalização tenha sido delegada ao Município, competindo-lhe: a) examinar livros, arquivos e documentos comerciais e fiscais; b) proceder á argüição de infração à legislação tributária; c) reter documentos ou livros de escrituração, quando necessários para comprovação da infração ou falsificação ou quando possuídos com intenção de fraude, lavrando o competente termo; d) coletar dados relativos aos documentos de arrecadação e de informações econômico-fiscais; e) examinar as dependências do estabelecimento; f) lavrar os termos de início e de encerramento do exame fiscal nos livros ou documentos próprios; 18 - prestar informações em processo fiscal; 19 - solicitar, quando necessário ao desempenho de suas funções, o auxílio e autoridade administrativa ou da força pública; 20 - assessorar o Secretário de Administração e Finanças e o Prefeito no que couber; 21 - desenvolver outras tarefas correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Auditor Municipal, conforme Lei Municipal n° 2.249/2009, depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: BIOMÉDICO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: executar e orientar a execução de testes e exames clínicos laboratoriais e bacteriológicos; supervisionar a coleta de materiais para exame; efetuar eventuais testes de análise de alimentos, bebidas, água, etc.; chefiar e orientar serviços de laboratório clínico; organizar e manter atualizados dados estatísticos de fatores bioquímicos incidentes sobre a saúde pública do Município; supervisionar inspeções sanitárias, no Município; emitir pareceres ou fazer relatórios, na área de bioquímica, com vistas à saúde sanitária do Município; desempenhar outras atribuições compatíveis com a sua competência profissional.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Biomédico depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Biomedicina ou Bioquímica, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: CONTROLADOR DE CONTAS PÚBLICAS

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Auxiliar o Coordenador do órgão Central do Sistema de Controle Interno na realização de auditoria internas nas áreas contábil, financeira, operacional de Gestão, informática, Licitações, Contratos e compras; acompanhar e superintender a produção dos relatórios exigíveis pela Lei de Responsabilidade Fiscal; propor a implementação de programas de redução de custos no âmbito do Município; incumbir-se de outras atribuições correlatas determinadas pelo Chefe do Poder Executivo.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Controlador das Contas Públicas depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: ENFERMEIRO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Prestar serviços em hospitais, unidades sanitárias, ambulatórios e seções de enfermagem; prestar cuidados de enfermagem aos pacientes hospitalizados, aplicar vacinas e injeções; ministrar remédios, responder pela observância das prescrições médicas relativas a pacientes; velar pelo bem-estar físico e psíquico dos pacientes; supervisionar a esterilização do material em salas de operações; auxiliar os médicos nas intervenções cirúrgicas; prestar socorros de urgência; orientar o isolamento dos pacientes; supervisionar os serviços de higienização dos pacientes; providenciar no abastecimento de material de enfermagem; controlar o serviço de alimentação e rouparia; fiscalizar a limpeza das unidades onde estiverem lotados; supervisionar os trabalhos executados pelo pessoal que lhe for subordinado; acompanhar o desenvolvimento contínuo da educação do pessoal de enfermagem; elaborar programas de trabalho referentes à enfermagem; participar de programas de educação sanitária, para enfermeiros, outros grupos profissionais e grupos de comunidade; participar do ensino em escolas de enfermagem ou cursos para auxiliares de enfermagem; participar dos serviços de saúde pública nos diversos setores; apresentar relatórios referentes às atividades sob sua supervisão; executar tarefas afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Enfermeiro depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de Diploma de Graduação do Curso de Enfermagem em instituição reconhecida pelo MEC, Registro no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: ENGENHEIRO AGRÔNOMO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: supervisão, coordenação, programação e execução especializada, em grau de maior complexidade, relativas à biologia e à patologia vegetal, defesa fitossanitária, a fiscalização e inspeção no comércio nacional e internacional de vegetais de produtos e subprodutos de origem vegetal e de insumos agrícolas. Desenvolver projetos e pesquisas de investigação científica no campo da agronomia.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Engenheiro Agrônomo depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Agronômica ou Agronomia, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: ENGENHEIRO CIVIL

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: dirigir, orientar e fiscalizar a execução de projetos de edificações, instalações e fundações de engenharia, bem como implantar projetos de organização e controle de circulação, por vias públicas de trânsito, emitir pareceres e orientação às prefeituras sobre questões da sua profissão; planejar, elaborar, coordenar, fiscalizar, dirigir e executar projetos de engenharia civil, preparação de planos, métodos de trabalho e demais dados requeridos, para possibilitar e orientar a construção, manutenção e reparo de obras e assegurar os padrões técnicos exigidos; planejar e elaborar projetos de engenharia civil, estudando traçados e especificações, preparando plantas, orçamentos, técnicas de execução e outros dados, para possibilitar e orientar o traçado, a construção, conservação e remodelação de obras dentro dos padrões técnicos; proceder a uma avaliação geral das condições requeridas para a obra, estudando o projeto e examinando as características do terreno disponível, para determinar o local mais apropriado para a construção; reparar o programa de trabalho, elaborando plantas, croquis, cronogramas e outros subsídios que se fizerem necessários, para possibilitar a orientação e fiscalização do desenvolvimento das obras; dirigir a execução de projetos, acompanhando e orientando as operações à medida que avançam as obras, visando assegurar o cumprimento dos prazos e dos padrões de qualidade e segurança recomendados; examinar os projetos e realizar estudos necessários para a determinação do local mais adequado para construção, calculando a natureza e o volume de circulação de ar, da terra e da água, a fim de determinar as suas conseqüências em relação ao projeto. Calcular os esforços e deformações previstas na obra projetada ou que afetam a mesma, consultando tabela e efetuando comparações, levando em consideração fatores como carga calculada, pressões de águas, resistência aos ventos e mudanças de temperatura, para apurar a natureza dos materiais que deverão ser utilizados na construção; consultar os outros especialistas, como engenheiros, mecânicos, eletricistas e químicos, arquitetos de edifícios paisagistas, trocando informações relativas ao trabalho a ser desenvolvido, para decidir sobre as exigências técnicas e estéticas relacionadas a obra a ser executada; desenhar plantas baixas com cadastro, marcação das curvas horizontais e outros elementos necessários à localização, recorrendo à colaboração de outros especialistas, para elaboração de projetos de rodovias e terminais rodoviários; participar de projetos-pilotos de construção, visitando os trabalhos, promovendo treinamentos e aconselhando quanto a utilização correta das técnicas e processos, para assegurar o cumprimento dos padrões de qualidade e segurança recomendados; fornecer orientação técnica e revisão teórica e prática a profissionais e auxiliares, no desenvolvimento de projetos e detalhes complementares, acompanhando a sua execução, para possibilitar o atendimento às normas e especificações técnicas; executar outras tarefas correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Engenheiro Civil depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: FARMACÊUTICO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: elaborar laudo de avaliação dos medicamentos postos à disposição dos munícipes; assumir a responsabilidade técnica pelas farmácias administradas pelo Município; manipular, quando solicitado, medicamentos; controlar a administração das farmácias municipais; padronizar os medicamentos a serem adquiridos pelo município; responsabilizar-se pelos medicamentos sob sua guarda; controlar o estoque de medicamentos e colaborar na elaboração de estudos e pesquisas farmacodinâmicas e toxicológicas; emitir parecer técnico a respeito de produtos e equipamentos utilizados na farmácia, principal em relação a compra de medicamentos; controlar psicotrópicos e fazer boletins de acordo com a vigilância sanitária; planejar e coordenar a execução de assistência farmacêutica no município; coordenar o consumo e a distribuição dos medicamentos; supervisionar, orientar e realizar exames hematológicos e imunológicos, microbiológicos e outros empregando aparelhos e reagentes apropriados; orientar e supervisionar profissionais de nível técnico, médio e básico, quanto a procedimentos adequados em laboratórios; responsabilizar-se pela introdução de novos métodos para a realização de exames; elaborar e promover os instrumentos necessários, objetivando o desempenho adequado das atividades de armazenamento, distribuição, dispensação e controle de medicamentos pelas unidades de saúde; avaliar o custo do consumo de medicamentos; realizar supervisão técnico-administrativa em unidades de saúde do Município no tocante a medicamentos e sua utilização; realizar treinamento e orientar os profissionais da área; dispensar medicamentos e acompanhar a dispensação realizada pelos funcionários subordinados, dando a orientação necessária e iniciar acompanhamento do uso (farmacovigilância); realizar procedimentos técnicos administrativos no tocante a medicamentos a serem utilizados; acompanhar a validade dos medicamentos e seus remanejamentos; fiscalizar as farmácias e drogarias quanto ao aspecto sanitário; executar manipulação de ensaios farmacêuticos, pesagem, mistura e conservação; subministrar produtos médicos e cirúrgicos, seguindo receituário médico; executar tarefas administrativas inerentes ao cargo.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Farmacêutico depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Farmácia, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: FISIOTERAPEUTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: prestar assistência fisioterápica em nível de prevenção, tratamento e recuperação de seqüelas em ambulatórios, hospitais ou órgãos afins; executar atividades técnicas específicas de fisioterapia no tratamento de entorses, fraturas em vias de recuperação, paralisias, perturbações circulatórias e enfermidades nervosas por meios físicos, geralmente de acordo com as prescrições médicas; planejar e orientar as atividades fisioterápicas de cada paciente em função de seu quadro clínico; supervisionar e avaliar atividades do pessoal auxiliar de fisioterapia, orientando-os na execução das tarefas para possibilitar a realização correta de exercícios físicos e a manipulação de aparelhos simples; fazer avaliações fisioterápicas com vistas à determinação da capacidade funcional; participar de atividades de caráter profissional, educativa ou recreativa organizadas sob controle médico e que tenham por objetivo a readaptação física ou mental dos incapacitados, responsabilizar-se por equipes auxiliares necessárias à execução das atividades próprias do cargo; executar tarefas afins inclusive as editadas no respectivo regulamento da profissão. Elaborar o diagnóstico fisioterapêutico compreendido como avaliação físico-funcional, sendo esta, um processo pelo qual, através de metodologias e técnicas fisioterapêuticas, são analisados e estudados os desvios físico-funcionais intercorrentes, na sua estrutura e no seu funcionamento, com a finalidade de detectar e parametrar as alterações apresentadas, considerados os desvios dos graus de normalidade pra os de anormalidade, prescrever, baseado no constatado na avaliação físico-funcional as técnicas próprias da Fisioterapia, qualificando-as e quantificando-as, dar ordenação ao processo terapêutico baseando-se nas técnicas fisioterapêuticas indicadas; induzir o processo terapêutico no paciente; dar altas nos serviços de Fisioterapia, utilizando o critério de reavaliações sucessivas que demonstrem não haver alterações que indiquem necessidade de continuidade dessas práticas terapêuticas; auxiliar o Secretário de Saúde; exercer outras atividades correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Fisioterapeuta depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Fisioterapia, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: FONOAUDIÓLOGO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Realização de avaliação audiométrica e impedanciométrica; indicação de adaptação de aparelhos auditivos; criação de programa para prevenção de problemas auditivos; reeducação de fala e voz em crianças e adolescentes; avaliação de linguagem compreensiva e expressiva em crianças e adolescentes; tratamento das diferentes disfunções na área da linguagem; diagnosticar padrões de deglutinação, atendimento à retardado de linguagem, deglutinação atípica, distúrbios da leitura escrita e distúrbios articulatórios; executar tarefas afins, inclusive as editadas no respectivo regulamento da profissão; desenvolver trabalho de prevenção no que se refere à área de comunicação escrita e oral, voz e audição; participar de equipes de diagnósticos realizando à avaliação da comunicação ora e escrita, voz e audição; realizar terapia fonoaudiológica dos problemas de comunicação oral e escrita, voz e audição; realizar o aperfeiçoamento dos padrões de voz e fala; projetar, dirigir ou efetuar pesquisas fonoaudiológicas; dirigir serviços de fonoaudiologia em estabelecimentos públicos; participar da Equipe de Orientação e planejamento Escolar, inserindo aspectos preventivos ligados a assuntos fonoaudiológicos; dar parecer fonoaudiólogico, na área de comunicação oral e escrita, voz e audição; exercer outras atividades compatíveis com o cargo.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Fonoaudiólogo depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Fonoaudiologia, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: NUTRICIONISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Realizar a avaliação do estado nutricional do paciente, utilizando indicadores nutricionais subjetivos e objetivos, com base em protocolo pré-estabelecido, de forma a identificar o risco ou a deficiência nutricional; Elaborar a prescrição dietética com base nas diretrizes estabelecidas na prescrição médica; Formular a NE estabelecendo a sua composição qualitativa e quantitativa, seu fracionamento segundo horários e formas de apresentação; Acompanhar a evolução nutricional do paciente em TNE, independente da via de administração, até alta nutricional estabelecida pela EMTN; Adequar a prescrição dietética, em consenso com o médico, com base na evolução nutricional e tolerância digestiva apresentadas pelo paciente; Garantir o registro claro e preciso de todas as informações relacionadas à evolução nutricional do paciente; Orientar o paciente, a família ou o responsável legal, quanto à preparação e à utilização da NE prescrita para o período após a alta hospitalar; Utilizar técnicas pré-estabelecidas de preparação da NE que assegurem a manutenção das características organolépticas e a garantia microbiológica e bromatológica dentro de padrões recomendados na BPPNE; Selecionar, adquirir, armazenar e distribuir, criteriosamente, os insumos necessários ao preparo da NE, bem como a NE industrializada; Qualificar fornecedores e assegurar que a entrega dos insumos e NE industrializada seja acompanhada do certificado de análise emitido pelo fabricante; Assegurar que os rótulos da NE apresentem, de maneira clara e precisa, todos os dizeres exigidos no item 4.5.4 - Rotulagem e Embalagem da BPPNE; Assegurar a correta amostragem da NE preparada para análise microbiológica, segundo as BPPNE; Atender aos requisitos técnicos na manipulação da NE; Participar de estudos para o desenvolvimento de novas formulações de NE.; Organizar e operacionalizar as áreas e atividades de preparação; Participar, promover e registrar as atividades de treinamento operacional e de educação continuada, garantindo a atualização de seus colaboradores, bem como para todos os profissionais envolvidos na preparação da NE. Participar, promover e registrar as atividades de treinamento operacional e de educação continuada, garantindo a atualização de seus colaboradores, bem como para todos os profissionais envolvidos na preparação da NE; Fazer o registro, que pode ser informatizado, onde conste, no mínimo: data e hora da manipulação da NE; nome completo e registro do paciente; número seqüencial da manipulação; número de doses manipuladas por prescrição; identificação (nome e registro) do médico e do manipulador; prazo de validade da NE. Desenvolver e atualizar regularmente as diretrizes e procedimentos relativos aos aspectos operacionais da preparação da NE. Supervisionar e promover auto-inspeção nas rotinas operacionais da preparação da NE.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Nutricionista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Nutrição, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: MÉDICO ANESTESISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Realizar procedimentos anestésicos nas cirurgias eletivas do Município, prestar atendimento de urgência e emergência, quando se fizer necessário, dentro da área de atuação, aos pacientes que procuram pelo Pronto Socorro e seguimento dos mesmos. REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Anestesista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, acrescido de comprovação de residência, ou certificado ou declaração de curso de especialização na área, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: MÉDICO CLÍNICO PLANTONISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: atendimento de todas as urgências e emergências aos pacientes que procuram pelo Pronto Socorro e seguimento dos mesmos dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM; estar em disponibilidade para cobertura da rede de urgência e emergência do Pronto Socorro Central e Periféricos; realização de triagem de pacientes de acordo com a solicitação da Coordenadoria do Pronto Socorro; atendimento de intercorrências em pacientes internados nas alas e participação em auxílio de cirurgias de urgência/emergência.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico cínico Plantonista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos:.

Cargo: MÉDICO COLPOSCOPISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES:. efetuar exames médicos, emitir diagnósticos, prescrever medicamentos e realizar outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, aplicando recursos da medicina preventiva ou terapêutica; analisar e interpretar resultados de exames diversos, comparando-os com padrões normais, para confirmar ou informar o diagnóstico; manter registro dos pacientes examinados, anotando a conclusão diagnóstica, o tratamento prescrito e a evolução da doença; encaminhar pacientes para atendimento especializado, quando for o caso; assessorar a elaboração de campanhas educativas no campo da saúde pública e medicina preventiva; participar das atividades de treinamento e aperfeiçoamento de pessoal técnico e auxiliar, realizando-as em serviço ou ministrando aulas e palestras, a fim de contribuir para o desenvolvimento qualitativo dos recursos humanos em sua área de atuação; participar de grupos de trabalho e/ou com unidades da Prefeitura e outras entidades públicas e particulares, realizando estudos, emitindo pareceres ou fazendo exposições sobre situações e/ou problemas identificados, opinando, oferecendo sugestões, revisando e discutindo trabalhos técnico-científicos, para fins de formulação das diretrizes, dos planos e programas de trabalhos afetos ao Município; executar outras tarefas correlatas

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Colposcopista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, acrescido de comprovação de residência, ou certificado ou declaração de curso de especialização na área, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: MÉDICO DERMATOLOGISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Acolher o usuário, identificando o mesmo, se apresentando e explicando os procedimentos a serem realizados; executar o diagnóstico e tratamento clínico-cirúrgico das doenças que acometem a pele e os anexos cutâneos (cabelos, unhas e mucosas); atuar em todos os processos fisiopatológicos que envolvem a pele: desde simples infecções, reações autoimunes e inflamatórias, e tumores; efetuar exames médicos, emitir diagnósticos, prescrever medicamentos e realizar outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, aplicando recursos da medicina preventiva ou terapêutica; analisar e interpretar resultados de exames diversos, comparando-os com padrões normais, para confirmar ou informar o diagnóstico; manter registro dos pacientes examinados, anotando a conclusão diagnóstica, o tratamento prescrito e a evolução da doença; prestar atendimento em urgências clínicas, cirúrgicas e traumatológicas; encaminhar pacientes para atendimento especializado, quando for o caso; assessorar a elaboração de campanhas educativas no campo da saúde pública e medicina preventiva; participar do desenvolvimento de planos de fiscalização sanitária; proceder a perícias médico-administrativas, examinando os doentes, a fim de fornecer atestados e laudos previstos em normas e regulamentos; elaborar pareceres, informes técnicos e relatórios, realizando pesquisas, entrevistas, fazendo observações e sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento e aperfeiçoamento de atividades em sua área de atuação; participar das atividades administrativas, de controle e de apoio referentes à sua área de atuação; participar das atividades de treinamento e aperfeiçoamento de pessoal técnico e auxiliar, realizando-as em serviço ou ministrando aulas e palestras, a fim de contribuir para o desenvolvimento qualitativo dos recursos humanos em sua área de atuação; participar de grupos de trabalho e/ou com unidades da Prefeitura e outras entidades públicas e particulares, realizando estudos, emitindo pareceres ou fazendo exposições sobre situações e/ou problemas identificados, opinando, oferecendo sugestões, revisando e discutindo trabalhos técnico-científicos, para fins de formulação das diretrizes, dos planos e programas de trabalhos afetos ao Município; executar outras tarefas correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Dermatologista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, acrescido de comprovação de residência, ou certificado ou declaração de curso de especialização na área, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: MÉDICO OFTALMOLOGISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Investigar e tratar as doenças relacionadas com a visão e com os olhos e seus anexos; estudar e tratar as doenças e erros de refração apresentados pelo olho; realizar cirurgias, prescrever tratamentos e correções para os distúrbios de visão; efetuar exames médicos, emitir diagnósticos, prescrever medicamentos e realizar outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, aplicando recursos da medicina preventiva ou terapêutica; analisar e interpretar resultados de exames diversos, comparando-os com padrões normais, para confirmar ou informar o diagnóstico; manter registro dos pacientes examinados, anotando a conclusão diagnóstica, o tratamento prescrito e a evolução da doença; prestar atendimento em urgências clínicas, cirúrgicas e traumatológicas; encaminhar pacientes para atendimento especializado, quando for o caso; assessorar a elaboração de campanhas educativas no campo da saúde pública e medicina preventiva; participar do desenvolvimento de planos de fiscalização sanitária; proceder a perícias médico-administrativas, examinando os doentes, a fim de fornecer atestados e laudos previstos em normas e regulamentos; elaborar pareceres, informes técnicos e relatórios, realizando pesquisas, entrevistas, fazendo observações e sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento e aperfeiçoamento de atividades em sua área de atuação; participar das atividades administrativas, de controle e de apoio referentes à sua área de atuação; participar das atividades de treinamento e aperfeiçoamento de pessoal técnico e auxiliar, realizando-as em serviço ou ministrando aulas e palestras, a fim de contribuir para o desenvolvimento qualitativo dos recursos humanos em sua área de atuação; participar de grupos de trabalho e/ou com unidades da Prefeitura e outras entidades públicas e particulares, realizando estudos, emitindo pareceres ou fazendo exposições sobre situações e/ou problemas identificados, opinando, oferecendo sugestões, revisando e discutindo trabalhos técnico-científicos, para fins de formulação das diretrizes, dos planos e programas de trabalhos afetos ao Município; executar outras tarefas correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Oftalmologista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, acrescido de comprovação de residência, ou certificado ou declaração de curso de especialização na área, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: MÉDICO OBSTETRA PLANTONISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: atendimento de todas as urgências e emergências aos pacientes que procuram pelo Pronto Socorro e seguimento dos mesmos dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM; estar em disponibilidade para cobertura da rede de urgência e emergência do Pronto Socorro Central e Periféricos; realização de triagem de pacientes de acordo com a solicitação da Coordenadoria do Pronto Socorro; atendimento de intercorrências em pacientes internados nas alas e participação em auxílio de cirurgias de urgência/emergência.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Obstetra Plantonista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, acrescido de comprovação de residência, ou certificado ou declaração de curso de especialização na área, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: MÉDICO GINECOLOGISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Acolher o usuário, identificando o mesmo, se apresentando e explicando os procedimentos a serem realizados; desenvolver ações de saúde da mulher, individuais e coletivas, da adolescência à velhice; prestar atendimento médico especializado a todas as afecções ginecológicas e obstétricas, realizar procedimentos específicos relativos às ações específicas como: colposcopia, cauterização de colo uterino, biópsias, colocação, de DIU, etc.; prestar atendimento de urgência e emergência, quando se fizer necessário, dentro da área de atuação, aos pacientes que procuram pelo Pronto Socorro e seguimento dos mesmos; realizar ações de anticoncepção e concepção, prevenção e assistência a DST/HIV/AIDS e propedêutica mamária; atender a mulher no ciclo gravídico - puerperal, prestando a assistência médica específica e ações de Atenção à Saúde com equipe interdisciplinar; atender a mulher climatérica e menopausada, prestando a assistência médica específica e orientações e ações de Atenção à Saúde com equipe interdisciplinar;coordenar e realizar trabalhos em grupos específicos climatério, pré-natal, DST/HIV/AIDS, adolescentes; participação em outras atividades de grupos dentro do serviço; participar das equipes ampliadas de referência do Projeto PAIDÉIA de Saúde da Família; encaminhar os pacientes que necessitam para outros níveis do sistema, garantindo a referência e contra-referência.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Ginecologista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, acrescido de comprovação de residência, ou certificado ou declaração de curso de especialização na área, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo: MÉDICO PEDIATRA PLANTONISTA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: atendimento de todas as urgências e emergências aos pacientes que procuram pelo Pronto Socorro e seguimento dos mesmos dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM; estar em disponibilidade para cobertura da rede de urgência e emergência do Pronto Socorro Central e Periféricos; realização de triagem de pacientes de acordo com a solicitação da Coordenadoria do Pronto Socorro; atendimento de intercorrências em pacientes internados nas alas e participação em auxílio de cirurgias de urgência/emergência.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Médico Pediatra Plantonista depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, acrescido de comprovação de residência, ou certificado ou declaração de curso de especialização na área, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos

Cargo: PSICÓLOGO CLÍNICO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Realizar psicodiagnósticos para fins de ingresso, readaptação, avaliação das condições pessoais do servidor; proceder à análise dos cargos e funções sob o ponto de vista psicológico, estabelecendo os requisitos necessários ao desempenho dos mesmos, efetuar pesquisas sobre atitudes, comportamentos, moral, motivação, tipos de liderança; averiguar causas de baixa produtividade, assessorar o treinamento em relações humanas; fazer psicoterapia breve, ludoterapia individual e grupai, com acompanhamento clínico, para tratamento dos casos; fazer exames de seleção em crianças, para fins de ingresso de instituições assistências, bem como para contemplação com bolsas de estudos; empregar técnicas como testes de inteligência e personalidade, observações de conduta, etc.; atender crianças excepcionais, com problemas de deficiência mental e sensorial ou portadora de desajustes familiares ou escolares, encaminhando-se para escolas ou classes especiais; formular hipóteses de trabalho para orientar as explorações psicológicas, médicas e educacionais; apresentar o caso estudado e interpretado à discussão em seminário; realizar pesquisas psicopedagógicas; confecciona e seleciona o material psicopedagógico e psicológico necessário ao estudo dos casos; elaborar relatórios de trabalhos desenvolvidos; redigir a interpretação final após o debate e aconselhamento indicado a cada caso, conforme as necessidades psicológicas, escolares, sociais e profissionais do indivíduo; manter atualizado o prontuário de cada caso estudado, fazendo os necessários registros; manter-se atualizado nos processos e técnicas utilizadas pela Psicologia; executar tarefas afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Psicólogo Clínico depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Psicologia, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos:.

Cargo: PSICÓLOGO EDUCACIONAL

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: realizar atividades de orientação e acompanhamento do desenvolvimento psicopedagógico dos alunos, e principalmente orienta o professor no acompanhamento do desenvolvimento psicopedagógico do aluno; realizar diagnóstico, emite parecer e procede a avaliação em sua área de atuação; acompanha os alunos que apresentam desempenho insuficiente; acompanha os alunos portadores de necessidades educativas especiais; realizar atividades de prevenção das causas sociais e educacionais que proporcionam a distorção idade/série; participar da elaboração e execução de projetos de intervenção voltados para erradicação da distorção idade/série; realizar atividades de prevenção em sua área de atuação de situações comportamentais que interfiram na aprendizagem do aluno; elaborar textos e materiais psicopedagógico; participar da elaboração do currículo do planejamento das atividades da escola; participar com todos os setores dos aspectos administrativos e pedagógicos da escola; participar de estudos e pesquisas referentes à sua área de atuação; participar do planejamento das atividades da educação especial; participar do planejamento e avaliação das atividades de sua área de atuação; atender ao pessoal da escola e da comunidade; redigir ofícios, relatórios e formulários estatísticos; participar de reuniões, sessões de estudo e cursos na sua área de atuação; executa atividades correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Psicólogo Educacional depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Psicologia com Especialização em Psicologia Educacional, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

Cargo Único: PROFESSOR

Descrição das atribuições gerais: Exercício da Docência em classes do 1.° ao 9.° ano do Ensino Fundamental, Ensino Infantil, Ensino Médio, Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos e de atividades técnico-pedagígicas que dão diretamente suporte às atividades de ensino; planejar e ministra aulas; participa da elaboração e seleção de material didático utilizado em sala de aula; desenvolver atividades de reforço escolar para alunos que apresentam desempenho insuficiente; participar da elaboração, execução e avaliação da proposta administrativo-pedagógica da escola em uma ação coletiva com os demais seguimentos; participar da elaboração e avaliação de propostas curriculares; participar da elaboração, execução, acompanhamento e avaliação de política de ensino; participar da escolha do livro didático; participar de estudos e pesquisas de sua área de atuação; participar da promoção de reuniões, encontros seminários, cursos e outros eventos da escola; produzir textos pedagógicos; articular atividades interescolares; normatizar as vigências curriculares e a vida escolar dos alunos e zela pelo cumprimento da legislação escolar; analisar dados referentes à recuperação, aprovação e reprovação de alunos; executar outras atividades correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo Único de Professor, conforme Lei municipal n° 2138/2005, depende da aprovação prévia em concurso público de provas e títulos aos profissionais com titulação em formação para o Magistério Nível Médio, Graduação em Pedagogia e/ou Licenciatura Plena nas diversas disciplinas do currículo educacional, com certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC e idade mínima de 18 anos.

Cargo: PROFESSOR DE CIÊNCIAS

REQUISITOS: Observados aos requisitos do cargo Único de Professor, no que couber, e possuir Diploma ou Declaração fornecida por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC de Graduação e/ou Licenciatura Plena em Ciências Biológicas.

Cargo: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

REQUISITOS: Observados os requisitos do cargo Único de Professor, no que couber, possuir Diploma ou Declaração fornecida por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC de Graduação e/ou Licenciatura Plena em Educação Física.

Cargo: PROFESSOR DE MATEMÁTICA

REQUISITOS: Observados os requisitos do cargo Único de Professor, no que couber, possuir Diploma ou Declaração fornecida por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC de Graduação e/ou Licenciatura Plena em Matemática.

Cargo: PROFESSOR DE LETRAS

REQUISITOS: Observados os requisitos do cargo Único de Professor, no que couber, possuir Diploma ou Declaração fornecida por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC de Graduação e/ou Licenciatura Plena em Letras.

Cargo: VETERINÁRIO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: prestar assistência especializada na sua área de atuação; executar atividade de inspeção de saúde de animais destinados ao abate; orientar e auxiliar a vigilância sanitária; prestar assessoramento ao Conselho Municipal de Saúde; realizar exames médicos, diagnósticos, prescrever e ministrar tratamentos para as diversas doenças, perturbações e lesões em animais de sua especialidade, aplicando os métodos da medicina aceitos e reconhecidos cientificamente; e praticar atos cirúrgicos e correlatos.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Veterinário depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina Veterinária, fornecido por instituição de ensino oficial reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC, registro profissional no Conselho Regional competente e idade mínima de 18 anos.

3.2 Nível Médio (2.° grau completo)

CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: participar da programação e elaboração das atividades ligadas à seleção, treinamento e aperfeiçoamento de pessoal; executar tarefas administrativas envolvendo a interpretação e observância da lei, regulamentos, portarias e normas gerais; redigir ofícios, ordens de serviço e/ou outros; executar trabalhos de digitação e datilografia; preencher fichas, formulários, talões, mapas e/ou outros, encaminhando-os aos órgãos específicos; preparar documentação para admissão e rescisão de contrato de trabalho, procedendo às anotações na carteira profissional e distribuição de identidade funcional; elaborar folha de pagamento de pessoal, efetuando cálculos para preenchimento das guias relativas às obrigações sociais; controlar, sob supervisão, a freqüência dos servidores municipais e fazer o acompanhamento da escala de férias; desempenhar outras tarefas que, por suas características, se incluam na sua esfera de competência. REQUISITOS: A investidura no cargo de Auxiliar Administrativo depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: AGENTE FISCAL TRIBUTÁRIO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: 1- auxiliar o Auditor Municipal no exercício de suas atribuições; 2 - Constituir, mediante lançamento, o crédito tributário; 3 - proceder á orientação do sujeito passivo no tocante á aplicação de legislação tributária, por intermédio de atos normativos e solução de consultas; 4 - auxiliar o Auditor Municipal nos procedimentos de fiscalização objetivando verificar o cumprimento das obrigações tributárias pelo sujeito passivo, podendo examinar a contabilidade das empresas e dos contribuintes em geral, praticando todos os atos que considerar necessário para o êxito do munus fiscalizador, inclusive os relativos á interdição e suspensão de funcionamento em prestadora de serviços, apreensão de equipamentos, livros, documentos e assemelhados; 5 - efetuar a lavratura de Auto de Infração quando constatar a ocorrência do descumprimento de obrigação legal e de Auto de Apreensão e Guarda de documentos, materiais, livros e assemelhados para verificação de existência de fraude e irregularidades; 6 - elaborar e proferir decisões em processo administrativo-fiscal ou delas participar, bem como em relação a processos de restituição de tributos e de reconhecimento de benefícios fiscais; 7 - auxiliar nas demais atividades de competência do departamento de arrecadação Municipal.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Agente Fiscal Tributário, conforme Lei Municipal n° 2.249/2009, depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: AUXILIAR DE BIBLIOTECA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Auxiliar o Bibliotecário em suas tarefas; atender aos leitores, para auxiliá-los em suas consultas bem como no manuseio dos fichários e localização de livros e Públicações; efetuar o registro dos livros por empréstimos, anotando seus títulos, autores, códigos de referência, identidade do usuário, data prevista para entrega e outros dados de importância, para garantir a futura devolução dos mesmos e obter dados para levantamentos estatísticos; controlar a entrega de livros cuja data de devolução esteja vencida, preenchendo formulários apropriados, remetendo-os pelo correio a seus usuários ou de outro modo, para possibilitar a recuperação dos volumes não devolvidos; repor nas estantes, os livros utilizados pelos usuários posicionando-os nas prateleiras de acordo com o sistema de possibilitar novas consultas na biblioteca, para mantê-los ordenados e possibilitar novas consultas e registros; manter atualizados os fichários, catálogos da biblioteca complementando-os e ordenando suas fichas de consulta, para assegurar a pronta localização dos livros e Públicações; limpar os livros ou supervisionar a limpeza dos mesmos; carimbar e conferir documentos; executar outras tarefas correlatas ou afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Auxiliar de Biblioteca depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: DIGITADOR

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: realizar atividades inerentes à área de digitação, operando equipamento apropriado e seguindo instruções técnicas de operacionalização de sistemas computacionais; alimentar o computador com dados específicos e listar as respostas fornecidas pelo mesmo; realizar operação de computador; realizar pequenos reparos; instalar programas; manutenção preventiva; executar outras atividades compatíveis com o cargo correlatas ou afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Digitador depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada, certificado de conclusão do curso de digitador e idade mínima de 18 anos.

CARGO: FISCAL DE CADASTRO ECONÔMICO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Instruir o contribuinte sobre o cumprimento de legislação vigente; fazer o cadastramento de contribuintes, bem como lançamento, cobrança e controle do recebimento dos tributos; observar que os lançamentos fiscais sejam realizados dentro do calendário fiscal do Município; verificar, em estabelecimentos comerciais, a existência e a autenticidade de livros e registros fiscais instituídos e exigidos pela legislação especifica; verificar a regularidade das escritas desses livros; verificar os registros de pagamentos dos tributos nos documentos em poder dos contribuintes; lavrar autos de infração e apreensão, bem como termos de exame de escrita, fiança, responsabilidade, intimação e documentos correlatos; averbar os imóveis transferidos; expedir as respectivas certidões e providenciar a cobrança das taxas pertinentes; promover o lançamento e cobrança de contribuições de melhorias, conforme diretrizes previamente estabelecidas; sugerir a realização de campanhas de relações públicas nas épocas de cobrança de tributos municipais; auxiliar na elaboração do relatório geral de fiscalização; promover a inscrição na divida ativa dos contribuintes que não saldarem seus débitos nos prazos regulamentares, bem como manter assentamentos individualizados dos devedores inscritos; promover a baixa dos débitos da divida ativa, tão logo sejam pagos, e fornecer certidões relativas à situação fiscal dos contribuintes; sugerir a revisão do lançamento de tributos, sempre que se verificar erro na fixação da base tributária; inspecionar o funcionamento de feiras livres, verificando, o cumprimento das normas relativas à localização, instalações, horário e organização; verificar a regularidade da exibição e utilização dos anúncios, auto-falantes e outros meios de publicidade em vias públicas, bem como a propaganda comercial afixadas em muros, tapumes e vitrines; verificar o horário de fechamento e abertura do comércio em geral e de outros estabelecimentos bem como a observância das escalas de plantões das farmácias; verificar a colocação de faixas de pano ou plástico nas vias públicas conferindo os desenhos e dimensionamento aprovados com as normas para sua exibição; verificar, além das indicações de segurança, o cumprimento de posturas relativas ao fabrico, manipulação, depósito, embarque, desembarque, transporte, comércio e uso de inflamáveis, explosivos e corrosivos; apreender, por infração, veículos, mercadorias, animais e objetos expostos, negociados ou abandonados em ruas e logradouros públicos; receber as mercadorias apreendidas e guardá-las em depósitos públicos, desenvolvendo-as mediante cumprimento das formalidades legais, inclusive o pagamento de multas; verificar o emplacamento de logradouros públicos; verificar o licenciamento de placas comerciais nas facadas dos estabelecimentos respectivos ou em outros locais; verificar o licenciamento para realização de festas populares em vias e logradouros públicos; verificar o licenciamento para instalações de circos e outros tipos de espetáculos públicos promovidos por particulares, inclusive exigindo a apresentação de documentos de responsabilidade de engenheiro devidamente habilitado; determinar a desobstrução de vias públicas; fiscalizar abrigos nem logradouros públicos; verificar as violações às normas de poluição sonora, uso de buzina, casa de discos, clubes, boates, discotecas, alto-falantes, bandas de música, entre outras; intimar, autuar, estabelecer prazos e tomar providências relativas aos violadores das posturas municipais e da legislação urbanística; verificar, de acordo com as normas estabelecidas, os horários, itinerários e freqüência, bem como as condições de segurança, higiene e comodidade e os limites de lotação dos ônibus dos serviços de transporte no Município; participar da vistoria dos transportes concedidos do Município no que se refere à documentação e registro dos veículos, equipamentos de segurança e sinalização e poluição ambiental; realizar sindicâncias especiais para instrução de processos ou apuração de denuncias e reclamações; emitir relatórios periódicos sobre suas atividades; executar tarefas correlatas e afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Fiscal de Cadastro Econômico depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: FISCAL DE CADASTRO IMOBILIÁRIO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Exercer a fiscalização nas áreas de obras, indústrias e comércio, fazendo notificações e embargos; registrar e comunicar irregularidades referentes à propaganda, rede de iluminação pública, calçamento e logradouro público, sinaleiras e demarcações de trânsito; executar sindicâncias para verificação das alegações decorrentes de requerimentos de revisões, isenções, imunidades, demolições de prédios e pedidos de baixa de inscrição; efetuar levantamentos fiscais nos estabelecimentos dos contribuintes sujeitos ao pagamento de tributos municipais; orientar aos contribuintes quanto às leis tributárias municipais; intimar contribuintes ou responsáveis, lavrar autos de infração; proceder quaisquer diligências, prestar informações e emitir pareceres; elaborar relatórios de suas atividades; dirigir veículos da administração a serviço do cargo, desde que habilitado; executar tarefas correlatas e afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Fiscal de Cadastro Imobiliário depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: FISCAL AMBIENTAL

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Atuar na fiscalização do município para atendimento de denúncias ambientais; realizar lavratura de autos de notificação, a partir de conhecimentos básicos nas áreas florestais e de agrotóxicos; atuar na área de saneamento, aplicando as legislações federal, estadual e municipal na área ambiental; desempenhar outras tarefas que, por suas características, se incluam na sua esfera de competência.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Fiscal Ambiental depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: LANÇADOR DA RECEITA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: emissão de documentos necessários à manutenção de controle do setor; emissão de guias (DAm'S) para o controle de arrecadação e dos requerimentos; controle das dividas ativas e IPTU; preenchimento e cálculo das áreas dos BCI'S; cálculo para emissão dos DAM'S, ITBI Aforamento, etc, ligados ao setor Imobiliário; controle e encaminhamento das licenças (construção, reconstrução e demolição; informações gerais ligados ao setor imobiliário, e outras atividades correlatas a fins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Lançador da Receita depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

3.3 Nível Médio (2.° grau completo e habilitação técnica)

CARGO: AUXILIAR DE ENFERMAGEM

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Fazer curativos, aplicar vacinas e injeções, observar prescrições médicas relativas aos doentes, ministrar remédios e cuidados a doentes, atender a solicitação de pacientes internados, verificar temperaturas, pulso, respiração e anotar nos gráficos respectivos, pesar e medir pacientes, coletar material para exame de laboratório, registrar as ocorrências relativas a doentes, participar de trabalhos de isolamento de doentes, esterilizar o material da sala de operações, auxiliar os médios nas intervenções cirúrgicas, promover a higiene dos doentes, requisitar material de enfermagem, executar tarefas afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Auxiliar de Enfermagem depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada, Certificado de Conclusão do Curso Técnico em Enfermagem, Registro no Conselho de Classe e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO EM LABORATÓRIO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Efetuar coleta de amostras e dados em laboratório ou em atividades de campo; elaborar a análise de materiais e substâncias em geral, utilizando métodos específicos para cada caso; efetuar registros das análises realizadas; preparar reagentes, peças, circuitos e outros materiais utilizados em experimentos; proceder à montagem e execução de experimentos para utilização em aulas experimentais e ensaios de pesquisa; auxiliar na elaboração de relatórios técnicos e na computação de dados estatísticos, reunindo os resultados dos exames e informação; selecionar material e equipamentos a serem utilizados em aulas práticas, pesquisas e extensão; dispor os elementos biológicos em local apropriado e previamente determinados, montando-o de modo a possibilitar a exposição cientifica dos mesmos; zelar pela limpeza e conservação de vidrarias, bancadas e equipamentos em geral dos laboratórios de pesquisa e didático; controlar o estoque de material de consumo dos laboratórios; executar outras tarefas correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico em Laboratório depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada, certificado de conclusão do Curso Técnico em Laboratório de instituição reconhecida pelo MEC, registro no Conselho Regional Competente e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO EM FARMÁCIA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Confecção dos pedidos de medicamentos e material médico-hospitalar ao serviço de farmácia de acordo com o cronograma da Unidade. Recebimento, conferência e correto armazenamento dos medicamentos e materiais. Controle de validade de produtos estocados. Organização da área de estocagem da farmácia da unidade. Entrega dos medicamentos à população e orientação quanto ao uso correto dos medicamentos de acordo com a prescrição médica. Cordialidade no atendimento aos munícipes e/ou demais colegas. Arquivamento de documentos. Cumprimento rigoroso dos procedimentos operacionais existentes.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico em Farmácia depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada, certificado de conclusão do Curso Técnico em Farmácia de instituição reconhecida pelo MEC, registro no Conselho Regional Competente e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO EM SAÚDE DA FAMÍLIA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Realizar mapeamento; cadastrar as famílias e atualizar, permanentemente, esse cadastro; identificar indivíduos e famílias expostos à situação de risco; identificar áreas de risco; orientar as famílias para utilização adequada dos serviços de saúde, encaminhando-as, e até agendando consultas, exames e atendimento odontológico, quando necessário; realizar ações e atividades, no nível de sua competência, nas áreas prioritárias da Atenção Básica; realizar, por meio da visita domiciliar, acompanhamento mensal de todas as famílias sob sua responsabilidade; estar sempre bem informado, e informar aos demais membros da equipe sobre a situação das famílias acompanhadas, particularmente daquelas em situação de risco; desenvolver ações de educação e vigilância à saúde, para promoção da saúde e prevenção de doenças; identificar os problemas de saúde e situações de risco mais comuns aos quais a população esteja exposta; elaborar, com a participação da comunidade, um plano local para o enfrentamento dos problemas de saúde e fatores que colocam em risco a saúde; promover a educação e a mobilização comunitária, visando desenvolver ações coletivas de saneamento e melhoria do meio ambiente, executar outras atividades correlatas e afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico em Saúde da Família depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO EM COMUNICAÇÃO E LOCUÇÃO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Transmitir, apresentar, anunciar, com clareza e criatividade, seqüências da programação, hora certa, chamadas, noticiosos, informações de rádio ou televisão de qualquer natureza; operar equipamentos de processamento de dados; efetuar o registro e o controle de produção bem como elaborar relatórios de ocorrências durante o período de operação do equipamento.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico em Comunicação e Locução depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO EM INFORMÁTICA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Executar a manutenção de equipamentos de informática e suporte em "softwares" diversos a usuários; ter conhecimento de implantação em ambiente de rede; orientar, coordenar e controlar atividades relativas aos equipamentos de informática; exercer as atividades previstas na legislação que regula o exercício da profissão; executar outras tarefas correlatas e afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico em Informática depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada, comprovante de conclusão de curso Técnico em Informática de instituição reconhecida pelo MEC e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO AGROPECUÁRIO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: auxiliar o Engenheiro Agrônomo em suas atividades; organizar o trabalho nos programas e projetos agropecuários municipais; promovendo a aplicação de novas técnicas de trabalho, cultivo da terra e manejo de animais; orientar agricultores e membros de projetos agrícolas nas tarefas de preparação do solo, plantio, colheita e beneficiamento de espécies vegetais; executar, quando necessário, esboços e desenhos técnicos de sua especialidade; estudar parasitas e doenças e outras pragas que afetam a produção agrícola para indicar os meios mais adequados de combatê-las; proceder à coleta e a análise de amostras da terra e determinar a composição da mesma, assim como o fertilizante adequado; orientar e coordenar os trabalhos de defesa contas a intempéries e outros fenômenos que possam assolar a agricultura; orientar os pecuaristas e membros de projetos agropecuários nas atividades de criação e reprodução de animais, na preparação de forragens, pastagens, alimentação em geral, bem como em outros aspectos do manejo com animais; realizar a demarcação de áreas a serem ajardinadas como praças, rotatórias, áreas de lazer, parques, entre outras, conforme os projetos existentes; prestar orientação técnica aos encarregados das turmas volantes de jardineiros; acompanhar os trabalhos de jardinagem; participar das atividades nos programas específicos desenvolvidos na rede básica de saúde do município, de acordo com a normalização dos serviços.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico Agropecuário depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada, Certificado de Conclusão do Curso Técnico Agrícola ou de Curso Técnico em Agropecuária de instituição reconhecida pelo MEC, registro no Conselho Regional Competente e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO EM CONTAS PÚBLICAS

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Auxiliar o Controlador das Contas Públicas no exercício de suas funções.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico em Contas Públicas depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

CARGO: TÉCNICO EM RADIOLOGIA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: realizar exames de Raio X convencional e contrastado em clientes referendados pelos profissionais das unidades básicas e hospitalar de saúde; selecionar os filmes a serem utilizados, de acordo com o tipo de radiologia requisitada pelo médico e colocá-los no chassi; posicionar o paciente adequadamente, medindo as distâncias para focalização da área a ser radiografada, a fim de assegurar a boa qualidade das chapas; orientar o preparo do exame, a realização e proteção; encaminhar o chassi à câmara escura para ser feita a revelação do filme; operar máquina reveladora, preparando e utilizando produtos químicos adequados, para revelar, fixar e secar as chapas radiográficas; encaminhar a radiografia, já revelada, ao médico responsável, efetuando as anotações e registros necessários; controlar o estoque de filmes e demais materiais de uso no setor, verificando e registrando o consumo para solicitar reposição, quando necessário; coordenar e supervisionar os auxiliares, a fim de garantir a correta execução dos trabalhos; zelar pela conservação dos equipamentos que utilizar; executar outras tarefas correlatas e afins.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico em Radiologia depende da aprovação prévia em concurso público de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada, Certificado de Conclusão do Curso Técnico em Radiologia de instituição reconhecida pelo MEC, registro no Conselho de Classe e idade mínima de 18 anos.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: planeja e ministra aulas; participa da elaboração e seleção de material didático utilizado em sala de aula; desenvolve atividades de reforço escolar para alunos que apresentam desempenho insuficiente; participa da elaboração, execução e avaliação da proposta administrativo-pedagógica da escola em uma ação coletiva com os demais seguimentos; participa da elaboração e avaliação de propostas curriculares; participa da elaboração, execução, acompanhamento e avaliação de política de ensino; participa da escolha do livro didático; participa de estudos e pesquisas de sua área de atuação; participa da promoção de reuniões, encontros seminários, cursos e outros eventos da escola; Produz textos pedagógicos; articula atividades interescolares; normatiza vigências curriculares e a vida escolar dos alunos e zela pelo cumprimento da legislação escolar; analisa dados referentes à recuperação, aprovação e reprovação de alunos; executa outras atividades correlatas.

REQUISITOS: aprovação em concurso público de provas, ou de provas e títulos; nacionalidade brasileira; idade mínima de 18 (dezoito) anos; possuir Titulação em formação para o Magistério nível médio, Graduação em Pedagogia; estar em gozo dos direitos políticos; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; gozar de boa saúde, comprovada em inspeção médica oficial, possuindo aptidão física e psíquica para ocupar o cargo; ter sido aprovado em todas as etapas do concurso; ser portador de boa conduta moral e social; não possuir antecedentes criminais.

CARGO: PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL (1.° ao 5.° ANO)

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES (Lei 2138/2005): Planejar e ministrar aulas em turma de educação infantil e de 1.° ao 5.° ano do ensino fundamental, de educação especial e educação de jovens e adultos; Participa da elaboração e seleção de material didático utilizado em sala de aula; Desenvolve atividades de reforço escolar aos alunos que apresentam desempenho insuficiente; Participa da elaboração, execução e avaliação da proposta administrativo-pedagógica da escola em uma ação coletiva com os demais seguimentos; Participa da elaboração e avaliação de propostas curriculares; Participa da elaboração, execução, acompanhamento e avaliação de política de ensino; Participa da escolha do livro didático; Participa de estudos e pesquisa da sua área de atuação; Participa da promoção de reuniões, encontros, seminários, cursos e outros eventos da escola; Produz textos pedagógicos; Articula atividades interescolares; Normatiza vigências curriculares e a vida escolar dos alunos e zela pelo cumprimento da legislação escolar; Analisa dados referentes à recuperação aprovação e reprovação de alunos; Executa outras atividades correlatas.

REQUISITOS: aprovação em concurso público de provas, ou de provas e títulos; nacionalidade brasileira; idade mínima de 18 (dezoito) anos; possuir Titulação em formação para o Magistério nível médio, Graduação em Pedagogia; estar em gozo dos direitos políticos; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; gozar de boa saúde, comprovada em inspeção médica oficial, possuindo aptidão física e psíquica para ocupar o cargo; ter sido aprovado em todas as etapas do concurso; ser portador de boa conduta moral e social; não possuir antecedentes criminais.

CARGO: TÉCNICO EM CONTROLE INTERNO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Exercer as atividades de apoio ao Sistema de Controle Interno Municipal junto nas diversas Unidades Executoras da estrutura organizacional Administrativa do Poder Executivo Municipal.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Técnico de Controle Interno depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino médio (2° grau) completo fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada e idade mínima de 18 anos.

3.4 Nível Fundamental completo - 9° ano completo

CARGO: Guarda Municipal

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES - Lei Municipal n.°. 2139/2005, Art.17 - II: conforme disposto na Lei Municipal n.°. 2139/2005, art.17, inciso II: Exercer a função de permanência e fazer rondas, quando necessário; Atuar como agente de trânsito quando devidamente capacitado; Exercer suas funções no setor operacional, assistência, meio ambiente e turismo; Levar ao conhecimento dos seus superiores diretos, verbalmente ou por escrito, todas as ocorrências, quando não lhe caiba resolver; Conhecer a planta da cidade, sistema viário, repartições e hotéis; Guarda permanente dos logradouros e bens municipais, detendo quando produzirem danos; Proteção e defesa da população e seus patrimônios em caso de calamidade pública; Tratar com Civil Municipalidade as pessoas com que tenham de entender-se, usando de energia apenas quando necessário, para repelir a violência ou fazer-se respeitar, dentro dos justos limites da sua autoridade; Orientar a população sobre qualquer fato ou circunstância que lhe possa trazer prejuízo ou perigo; Tratar com cuidado, calma e paciência os loucos ou ébrios, detendo-os e apresentando-os a autoridade competente, quando se tornarem inconvenientes na via pública; Solicitar com urgência o socorro das autoridades competentes, pelo meio mais rápido, quando assim exigirem as circunstancia; Levar ao conhecimento das autoridades competentes a existência de menores que perambulem, sem assistência, pelo seu posto de serviço, bem como os idosos; Quando necessário, tomar providência de caráter urgente, na ausência ou impedimento do seu superior imediato e dando-lhe conhecimento na primeira oportunidade.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Guarda Municipal, conforme Lei Municipal n° 2139/2005, depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais portadores de certificado devidamente registrado ou declaração de conclusão do ensino fundamental completo (1.° ao 9.° Ano) fornecido por instituição de ensino legalmente autorizada; ter nacionalidade brasileira; idade mínima de 18 anos completos; altura mínima de 1,65 m para homens e de 1,60 m para mulheres; ter inscrição e regularidade eleitoral; inscrição no cadastro de pessoa física do Ministério da Fazenda (CPF/MF); registro de identidade; quitação com o serviço militar para os homens; comprovação mediante a apresentação de certidões expedidas pelos órgãos públicos da inexistência do registro de antecedentes criminais.

CARGO: Agente Comunitário de Saúde

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES (art. 3.°, da Lei Federal n.° 11.350/2006): exercer atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor municipal; utilizar instrumentos para diagnóstico demográfico e sócio-cultural da comunidade; promover ações de educação para a saúde individual e coletiva; registrar, para fins exclusivos de controle e planejamento das ações de saúde, de nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde; estimular a participação da comunidade nas políticas públicas voltadas para a área da saúde; realizar visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família; e participar de ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas que promovam a qualidade de vida.

REQUISITOS ESPECÍFICOS (art. 6.° da Lei Federal n.° 11.350/2006):

a) residir na área da comunidade em que atuar, desde a data da publicação do edital do processo seletivo público. É de 1 Km (um quilômetro) a distância máxima admitida da área de atuação;

b) haver concluído o ensino médio, salvo se o candidato estiver exercendo atividades próprias de Agente Comunitário de Saúde na data de publicação da citada Lei n.° 11.350/2006.

3.5 Nível Fundamental Incompleto - 1.° ao 5.° Ano incompleto

CARGO: AJUDANTE DE CAMINHÃO

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: responsabilidade pela coleta do lixo do município; cuidar do material do caminhão do lixo; responsável pela carga do lixo até o encaminhamento do local a ser depositado; cumpri com todas as determinações do superior.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Ajudante de Caminhão depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto e idade mínima de 18 anos.

CARGO: COZINHEIRA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Preparar e cozinhar alimentos; responsabilizar-se pelos trabalhos da cozinha; preparar refeições de acordo com cardápios; encarregar-se de todos os tipos de cozimentos em larga escala, tais como vegetais, cereais, legumes, carnes de variadas espécies; preparar sobremesas e sucos dietéticos; encarregar-se da guarda e conservação dos alimentos; fazer o pedido de suprimentos de material necessário a cozinha ou à preparação dos alimentos; operar diversos tipos de fogões, aparelhos e demais equipamentos de cozinha; distribuir, fiscalizar e orientar os trabalhos dos auxiliares; supervisionar os serviços de limpeza, zelando pela conservação e higiene dos equipamentos e instrumentos de cozinha; executar tarefas afins. Zelar pela guarda e manutenção do patrimônio da CDG.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Cozinheira depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto e idade mínima de 18 anos.

CARGO: MERENDEIRA

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: conservar o local de preparação da merenda em boas condições de trabalho procedendo à limpeza e arrumação; seguir o cardápio elaborado pelos nutricionistas, visando um melhor aproveitamento da merenda; fazer anotações diárias da quantidade de merenda; fazer e servir diariamente a merenda, zelar pelo material de uso e consumo na preparação da merenda escolar, além de efetuar demais tarefas correlatas a sua função.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Merendeira depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto e idade mínima de 18 anos.

CARGO: SEPULTADOR

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Abrir covas para realização de sepultamento; realizar sepultamentos; zelar pela limpeza e conservação do cemitério; desempenhar outras atribuições que, por suas características, se incluam na sua esfera de competência.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Sepultador depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto e idade mínima de 18 anos.

CARGO: MOTORISTA (CATEGORIA "B")

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: dirigir veículos leves (automóveis e outros correlatos) de acordo com as limitações do atual Código de Trânsito Brasileiro à categoria "B" de qualquer finalidade (saúde, educação, finanças, etc.) do Município da Escada, em serviços urbanos, viagens interestaduais e/ou intermunicipais, transportando pessoas e/ou materiais; examinar diariamente as condições de funcionamento do veículo, abastecendo-o regularmente e providenciando a sua manutenção, vistoriando pneumáticos, direção, freios, nível de águas e óleo, bateria, radiador, combustível, sistema elétrico e outros itens de manutenção, para certificar-se de suas condições de funcionamento; recolher passageiros em lugares e horas predeterminados, conduzindo-os pelos itinerários estabelecidos, conforme instruções específicas; realizar viagens para outras localidades, segundo ordens superiores e atendendo às necessidades dos serviços, de acordo com o cronograma estabelecido; recolher o veículo à garagem quando concluído o serviço, comunicando, por escrito, qualquer defeito, observando e solicitando os reparos necessários, para assegurar seu bom estado; responsabilizar-se pela segurança de passageiros, mediante observância do limite de velocidade e cuidados ao abrir e fechar as portas nas paradas do veículo; zelar pela guarda, conservação e limpeza de veículo para que seja mantido em condições regulares de funcionamento; executar outras atividades correlatas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Motorista depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto, possuidor de Carteira Nacional de Habilitação na categoria "B", "C" ou "D", e idade mínima de 18 anos.

CARGO: MOTORISTA (CATEGORIA "C" OU "D")

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: dirigir veículos leves e pesados (automóveis, ônibus, caminhões, carretas e outros correlatos) de acordo com as limitações do atual Código de Trânsito Brasileiro à categoria "C" ou "D" de qualquer finalidade (saúde, educação, finanças, etc.) do Município da Escada, em serviços urbanos, viagens interestaduais e/ou intermunicipais, transportando pessoas e/ou materiais; examinar diariamente as condições de funcionamento do veículo, abastecendo-o regularmente e providenciando a sua manutenção, vistoriando pneumáticos, direção, freios, nível de águas e óleo, bateria, radiador, combustível, sistema elétrico e outros itens de manutenção, para certificar-se de suas condições de funcionamento; recolher passageiros em lugares e horas predeterminados, conduzindo-os pelos itinerários estabelecidos, conforme instruções específicas; realizar viagens para outras localidades, segundo ordens superiores e atendendo às necessidades dos serviços, de acordo com o cronograma estabelecido; recolher o veículo à garagem quando concluído o serviço, comunicando, por escrito, qualquer defeito, observando e solicitando os reparos necessários, para assegurar seu bom estado; responsabilizar-se pela segurança de passageiros, mediante observância do limite de velocidade e cuidados ao abrir e fechar as portas nas paradas do veículo; zelar pela guarda, conservação e limpeza de veículo para que seja mantido em condições regulares de funcionamento; executar outras atividades correlatas

REQUISITOS: A investidura no cargo de Motorista depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto, possuidor de Carteira Nacional de Habilitação nas categorias "C" ou "D", e idade mínima de 18 anos.

CARGO: ZELADOR

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: zelar pelo patrimônio em que estiver de serviço; responder pelo bom andamento dos serviços pertinentes aos serventes; solicitar com urgência, pessoal de manutenção para ocorrências imprevistas tais como vazamentos, entupimentos, substituições de lâmpadas, reparos na parte elétrica, vitrôs, vidros quebrados, fechaduras, etc., solicitar junto ao responsável pela unidade em que estiver prestando serviços os materiais e equipamentos necessários para a execução dos serviços diários, bem como armazená-los em local previamente determinado; controlar e administrar os materiais que estejam sob sua responsabilidade; proceder de forma coerente a inspeção e fiscalização durante e após a realização dos trabalhos afetos.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Zelador depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto e idade mínima de 18 anos.

CARGO: SERVENTE

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: execução de trabalhos administrativos de natureza simples e básica, inclusive de conservação e limpeza em geral nas dependências dos diversos prédios onde funcionam unidades da Prefeitura, inclusive sanitárias e áreas externas; limpar e conservar o mobiliário e máquinas de escritório e aparelhos elétricos; executar mandados; requisitar e manter sob sua guarda os materiais de limpeza em geral; auxiliar na distribuição de entrega de correspondência; e encaminhar pessoas.

REQUISITOS: A investidura no cargo de Servente depende da aprovação prévia em concurso publico de provas aos profissionais com escolaridade nível elementar (1.° ao 5.° Ano) completo ou incompleto e idade mínima de 18 anos.

ANEXO III - A

Modelo de formulário para a interposição de recurso

Código para uso do IPAD:____________

CAPA DE RECURSO

SOLICITAÇÃO: À Comissão Organizadora.

Como candidato a vaga do cargo de:__________________________________________ solicito revisão:

[_] do gabarito oficial preliminar da Prova Objetiva de Conhecimentos, questão(ões)

[_] do resultado oficial preliminar da Avaliação de Título e de Experiência Profissional, se for o caso (apenas para os cargos de Professor). conforme especificações inclusas.

____________de ___________ de ________ 20______.

Assinatura do Candidato

Nome:_________________________________________________________________________________

Número de inscrição:______________________________________________________________________

Cargo:_________________________________________________________________________________

Tipo de Prova:___________________________________________________________________________

INSTRUÇÕES - O candidato deverá:

- Entregar dois conjuntos idênticos de recursos (original e uma cópia), sendo que cada conjunto deverá ter todos os recursos e apenas uma capa.

- Datilografar ou digitar o recurso e entregá-lo de acordo com as especificações estabelecidas neste Edital.

- Usar formulário de recurso individual para cada questão (Anexo III-B).

- Identificar-se apenas nas capas de cada um dos conjuntos (Anexo III-A).

- No caso de recurso contra o gabarito oficial preliminar, e este se referir a mais de uma questão, as questões sob contestação deverão ser agrupadas e colocada uma capa de recurso para cada conjunto de questões de uma mesma disciplina.

- Apresentar argumentação lógica e consistente.

Atenção! O desrespeito a qualquer uma das instruções acima resultará no indeferimento do recurso.

PREFEITURA MUNICIPAL DA ESCADA

CONCURSO PÚBLICO 2009

Nome:_________________________________________________________________________________

Número de inscrição:______________________________________________________________________

Cargo:_________________________________________________________________________________

Tipo de Prova:___________________________________________________________________________

Cidade e Unidade:__________________________________ . Data:_______________ ; Hora:____________

Atendente:__________________________________________________ ; Rubrica: ____________________

ANEXO III -B

Código para uso do IPAD:

FORMULÁRIO DE RECURSO

RECURSO

Cargo:_________________________________________________________________________________

Tipo de Prova:_____________________________________

JUSTIFICATIVA DO CANDIDATO
(Se necessário, use o verso.)

ANEXO IV

CALENDÁRIO

ATIVIDADEDATA/PERÍODOLOCAL
InscriçãoA partir das 16 horas de 09/10/2009 às 22 horas de 08/11/2009Via Internet, através da página www.ipad.com.br/escada2009.

Terminal de Computador na sede do IPAD - das 09h às 17h na Rua Santo Elias, n° 535, bairro do Espinheiro Recife/PE, CEP: 52020.090.

19/10/2009 a 06/11/2009Terminal(is) de Computador na Escola Municipal Barão de Suassuna, s/n, Centro, no Município da Escada/PE, 09:00 (nove) às 17:00 (dezessete) horas. Em ambos os casos, exceto sábados, domingos e feriados.
Entrega de Laudo Médico, para os candidatos às vagas destinadas aos Portadores de Necessidades

Especiais e para Atendimento Especial

até 13/11/2009SEDEX - Concurso Público do MUNICÍPIO DA ESCADA - LAUDO MÉDICO, Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico - IPAD, Rua Santo Elias, n° 535, bairro do Espinheiro Recife/PE, CEP: 52020.090.

Presencial - Sede do IPAD, Rua Santo Elias, n° 535, bairro do Espinheiro Recife/PE, no horário das 9h (nove horas) às 17h (dezessete horas).

Informações sobre Local de Prova10/12/2009 a 16/01/2010 www.ipad.com.br/escada2009
Prova Objetiva de Conhecimentos17/01/2010Municípios de Escada e Recife, podendo ser utilizados prédios de outros municípios (item 1.4 e 1.4.1 do Edital)
Gabarito Preliminar da Prova Objetiva de Conhecimentos20/01/2010 www.ipad.com.br/escada2009
Recurso contra Gabarito Preliminar da Prova de Objetiva Conhecimentos21 e 22/01/2010Local a ser definido na ocasião da divulgação do Gabarito Preliminar
Divulgação do Gabarito Definitivo da Prova Objetiva de ConhecimentosAté 09/02/2010 www.ipad.com.br/escada2009
Resultado da Prova ObjetivaAté 09/02/2010 www.ipad.com.br/escada2009
Resposta dos Recursos contra Gabarito Preliminar das Provas Objetivas de ConhecimentosAté 09/02/2010 www.ipad.com.br/escada2009 (página de situação do candidato)
Entrega dos Documentos para a Etapa de Avaliação de Título para os cargos de Professor17 e 18/02/2010Presencial: - sede da Secretaria de Administração e Finanças na Rua Rui Barbosa, n.° 150, Centro, e na Secretaria de Educação, Av. Cícero Batista de Oliveira, 1350 - Br 232, em Escada/PE, de segunda a sexta-feira, no horário dás 07:00 às 13:00; e - no IPAD situado na Rua Santo Elias, n° 535, bairro do Espinheiro Recife/PE, de segunda a sexta-feira, no horário das 09h às 17h.
SEDEX: apenas para "Concurso Público do Município de Escada - TÍTULO, IPAD, Rua Santo Elias, n° 535, bairro do Espinheiro Recife/PE - CEP: 52020.090".
Divulgação do Resultado Preliminar da Avaliação de TítuloAté 16/03/2010 www.ipad.com.br/escada2009
Recurso contra Resultado Preliminar da Avaliação de Título18 e 19/03/2010Local a ser definido na ocasião da divulgação do Resultado Preliminar da Avaliação de Título
Divulgação do Resultado Definitivo da Avaliação de TítuloAté 30/03/2010 www.ipad.com.br/escada2009
Resposta dos Recursos contra Resultado da Etapa de Avaliação de TítuloAté 30/03/2010 www.ipad.com.br/escada2009 (página de situação do candidato)
Divulgação do Resultado Final do ConcursoAté 30/03/2010 www.ipad.com.br/escada2009

ANEXO V - A

Modelo de formulário para a apresentação de documentos relacionados à Avaliação de Títulos

QUADRO DE AVALIAÇÃO DE TÍTULO

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E DE ENSINO FUNDAMENTAL (1.° ao 5.° Ano)

NOME:______________________________________________________________________

NÚMERO DA IDENTIDADE:____________________________________________________

NÚMERO DA INSCRIÇÃO:_____________________________________________________

CARGO:_____________________________________________________________________

INSTRUÇÕES:

1. O recebimento da documentação não implica na concessão imediata da pontuação, devendo ser analisada pela Banca Examinadora, aplicando-se as normas previstas no Edital e na legislação pertinente.

2. Apresentado mais de um título, será considerado, para efeito de avaliação, apenas o de maior pontuação.

3. A documentação deverá ser entregue na data, horário e local previamente informados.

4. Os documentos em língua estrangeira de cursos realizados somente serão considerados quando traduzidos para a Língua Portuguesa por tradutor juramentado e validado pela autoridade competente ou por ela delegada oficialmente.

5. A DOCUMENTAÇÃO DO TÍTULO DEVERÁ SER ENTREGUE DEVIDAMENTE AUTENTICADA EM CARTÓRIO.

6. Não serão considerados para efeito de pontuação a cópia não autenticada e o documento entregue fora do prazo estabelecido ou sem observar a forma e os critérios exigidos neste edital.

7. O título encaminhado por SEDEX só será acatado se for postado até o último dia do prazo para a entrega.

QUADRO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULO

TITULO

PONTUAÇÃO DO CANDIDATO

EQUIPE DE AVALIAÇÃO

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU: Certificado de Pós - Graduação lato sensu; ou

 

 

MESTRADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Mestrado; ou

 

 

DOUTORADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Doutorado; ou

 

 

Tempo de Serviço: Certidão expedida pelo órgão público, que registre o exercício do cargo/função de Professor de 1a a 4a Séries, desde que não seja de confiança ou em comissão ou que a lei declare de livre exoneração, no período mínimo de 05 (cinco) anos continuados e anteriores à promulgação da Constituição Federal, apenas para os candidatos em condição de efetivação no serviço público, nos termos do Art. 19 da ADCT.

 

 

Assinatura do Candidato

O campo abaixo é para uso exclusivo da Equipe de Avaliação I I 1 I(

Equipe de Avaliação

ANEXO V - B

Modelo de formulário de comprovante de entrega de documentos relacionados à Avaliação de Títulos

QUADRO DE AVALIAÇÃO DE TÍTULO - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E DE ENSINO FUNDAMENTAL (1.° ao 5.° Ano)

NOME:_______________________________________________________________________________

NÚMERO DA IDENTIDADE:_____________________________________________________________

NÚMERO DA INSCRIÇÃO:______________________________________________________________

CARGO:______________________________________________________________________________

INSTRUÇÕES:

1. O recebimento da documentação não implica na concessão imediata da pontuação, devendo ser analisada pela Banca Examinadora, aplicando-se as normas previstas no Edital e na legislação pertinente.

2. Apresentado mais de um título, será considerado, para efeito de avaliação, apenas o de maior pontuação.

3. A documentação deverá ser entregue na data, horário e local previamente informados.

4. Os documentos em língua estrangeira de cursos realizados somente serão considerados quando traduzidos para a Língua Portuguesa por tradutor juramentado e validado pela autoridade competente ou por ela delegada oficialmente.

5. A documentação do título deverá estar entregue devidamente autenticada em cartório.

6. Não serão considerados para efeito de pontuação a cópia não autenticada e o documento entregue fora do prazo estabelecido ou sem observar a forma e os critérios exigidos neste edital.

7. O título encaminhado por SEDEX só será acatado se for postado até o último dia do prazo para a entrega.

QUADRO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULO

TITULO

DOCUMENTO APRESENTADO

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU: Certificado de Pós - Graduação lato sensu; ou

 

MESTRADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Mestrado; ou

 

DOUTORADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Doutorado; ou

 

Tempo de Serviço: Certidão expedida pelo órgão público, que registre o exercício do cargo/função de Professor de 5a a 8a Séries, desde que não seja de confiança ou em comissão ou que a lei declare de livre exoneração, no período mínimo de 05 (cinco) anos continuados e anteriores à promulgação da Constituição Federal, apenas para os candidatos em condição de efetivação no serviço público, nos termos do Art. 19 da ADCT.

 

Responsável pela Recepção

ANEXO VI - A

Modelo de formulário para a apresentação de documentos relacionados à Avaliação de Títulos

QUADRO DE AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

PROFESSOR DE NÍVEL SUPERIOR

NOME:_________________________________________________________________________________

NÚMERO DA IDENTIDADE:_______________________________________________________________

NÚMERO DA INSCRIÇÃO:________________________________________________________________

CARGO:________________________________________________________________________________

INSTRUÇÕES:

1. O recebimento da documentação não implica na concessão imediata da pontuação, devendo ser analisada pela Banca Examinadora, aplicando-se as normas previstas no Edital e na legislação pertinente.

2. Apresentado mais de um título, será considerado, para efeito de avaliação, apenas o de maior pontuação.

3. A documentação deverá ser entregue na data, horário e local previamente informados.

4. Os documentos em língua estrangeira de cursos realizados somente serão considerados quando traduzidos para a Língua Portuguesa por tradutor juramentado e validado pela autoridade competente ou por ela delegada oficialmente.

5. A documentação do título deverá estar entregue devidamente autenticada em cartório.

6. Não serão considerados para efeito de pontuação a cópia não autenticada e o documento entregue fora do prazo estabelecido ou sem observar a forma e os critérios exigidos neste edital.

7. O título encaminhado por SEDEX só será acatado se for postado até o último dia do prazo para a entrega.

QUADRO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULO

TITULO

PONTUAÇÃO DO CANDIDATO

EQUIPE DE AVALIAÇÃO

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU: Certificado de Pós - Graduação lato sensu; ou

 

 

MESTRADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Mestrado; ou

 

 

DOUTORADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Doutorado; ou

 

 

Assinatura do Candidato

O campo abaixo é para uso exclusivo da Equipe de Avaliação

Equipe de Avaliação

ANEXO VI - B

Modelo de formulário de comprovante de entrega de documentos relacionados à Avaliação de Títulos

QUADRO DE AVALIAÇÃO DE TÍTULOS - PROFESSOR DE NÍVEL SUPERIOR

NOME:_________________________________________________________________________________

NÚMERO DA IDENTIDADE:_______________________________________________________________

NÚMERO DA INSCRIÇÃO:________________________________________________________________

CARGO:________________________________________________________________________________

INSTRUÇÕES:

1. O recebimento da documentação não implica na concessão imediata da pontuação, devendo ser analisada pela Banca Examinadora, aplicando-se as normas previstas no Edital e na legislação pertinente.

2. Apresentado mais de um título, será considerado, para efeito de avaliação, apenas o de maior pontuação.

3. A documentação deverá ser entregue na data, horário e local previamente informados.

4. Os documentos em língua estrangeira de cursos realizados somente serão considerados quando traduzidos para a Língua Portuguesa por tradutor juramentado e validado pela autoridade competente ou por ela delegada oficialmente.

5. A DOCUMENTAÇÃO DO TÍTULO DEVERÁ SER ENTREGUE DEVIDAMENTE AUTENTICADA EM CARTÓRIO.

6. Não serão considerados para efeito de pontuação a cópia não autenticada e o documento entregue fora do prazo estabelecido ou sem observar a forma e os critérios exigidos neste edital.

7. O título encaminhado por SEDEX só será acatado se for postado até o último dia do prazo para a entrega.

QUADRO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULO

TITULO

DOCUMENTO APRESENTADO

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU: Certificado de Pós - Graduação lato sensu; ou

 

MESTRADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Mestrado; ou

 

DOUTORADO: Declaração de Conclusão ou Diploma de Doutorado; ou

 

Responsável pela Recepção

114083

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231