Prefeitura de Cruzília - MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZÍLIA

ESTADO DE MINAS GERAIS

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2.007, DE 15 DE OUTUBRO DE 2007

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZÍLIA-MG.

O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZÍLIA-MG, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o contrato nº. 075/2007, celebrado em 29 de maio de 2.007 com a Liberal Assessoria e Consultoria Sociedade Civil Ltda., faz saber que realizará, em locais, datas e horários a serem oportunamente divulgados, Concurso Público para provimento de cargos de provimento efetivo da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG.

I. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. O presente Concurso Público será de Provas e Títulos para todos os cargos que exigem escolaridade de nível superior do Quadro Geral da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, e de Provas para os demais cargos, na forma deste Edital.

2. O Concurso Público realizar-se-á sob a responsabilidade da Liberal Assessoria e Consultoria Sociedade Civil Ltda., obedecidas as normas deste Edital.

3. O Concurso destina-se ao provimento de cargos vagos, criados pela Lei Municipal nº. 1.819, de 09 de outubro de 2007, bem como dos que vierem a vagar ou forem criados durante o prazo de validade do Concurso, previsto neste Edital.

4. O provimento dos cargos observará as diretrizes e normas deste Edital, inclusive quanto à compatibilidade entre as atividades exercidas e a área de conhecimento demandada no Concurso.

5. Os candidatos investidos no cargo serão regidos pelo Estatuto dos Servidores Públicos Municipais e legislação municipal pertinente, e ficarão sujeitos à respectiva carga horária semanal do cargo.

6. O Conteúdo Programático consta do Anexo I deste Edital.

7. O quantitativo de vagas por Cargos, grau de escolaridade exigida, vencimento e carga horária é o seguinte:

DENOMINAÇÃO DO CARGO

Nº VAGAS

ESCOLARIDADE EXIGIDA

VENCIMENTO INICIAL (R$) Outubro/2007

CG. HORÁRIA SEMANAL

Agente Epidemiológico

04

Ensino Fundamental completo

380,00

40 horas

Atendente de Farmácia

02

Ensino Médio completo + Curso Específico.

380,00

40 horas

Auxiliar Administrativo

20

Ensino Médio completo

400,00

40 horas

Auxiliar de Biblioteca

03

Ensino Médio completo

380,00

30 horas

Auxiliar de Enfermagem

13

Ensino Médio completo + Curso Específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

380,00

40 horas

Auxiliar de Secretaria Escolar

04

Ensino Médio completo

380,00

30 horas

Coveiro

01

Alfabetizado

390,00

40 horas

Especialista de Educação Básica - Supervisor Pedagógico

01

Curso Superior específico + Registro no MEC

760,00

40 horas

Fiscal Sanitário

02

Ensino Médio completo.

380,00

40 horas

Gari

10

Alfabetizado

380,00

40 horas

Inspetor de Alunos

03

Ensino Fundamental completo

380,00

40 horas

Jardineiro

02

Alfabetizado

380,00

40 horas

Magarefe

01

Alfabetizado

380,00

40 horas

Mecânico

01

Alfabetizado

1.380,00

40 horas

Motorista

22

Alfabetizado + CNH C, D ou E

464,00

40 horas

Operador de Máquina Leve

01

Alfabetizado + CNH C.

390,00

40 horas

Operador de Máquina Pesada

02

Alfabetizado + CNH C.

492,78

40 horas

Professor de Educação Básica I

04

Curso Médio - Magistério

382,00

01 Cargo horário

Professor de Educação Básica II

04

Curso Superior específico (normal superior ou equivalente) + Registro no MEC.

411,00

01 Cargo horário

Professor de Educação Básica III - Ciências

01

Curso Superior específico + Registro no MEC. (lic. plena - Ciências)

471,00

01 Cargo horário

Professor de Educação Básica III - Educação Física

01

Curso Superior específico + Registro no MEC. (lic. plena - Edec. Física)

471,00

01 Cargo horário

Professor de Educação Básica III - Geografia

01

Curso Superior específico + Registro no MEC. (lic. plena - Geografia)

471,00

01 Cargo horário

Professor de Educação Básica III - História

01

Curso Superior específico + Registro no MEC. (lic. plena - História)

471,00

01 Cargo horário

Professor de Educação Básica III -

Língua Portuguesa

01

Curso Superior específico + Registro no MEC. (lic. plena - Língua Portuguesa)

471,00

01 Cargo horário

Professor de Educação Básica III - Matemática

01

Curso Superior específico + Registro no MEC. (lic. plena - Matemática)

471,00

01 Cargo horário

Recepcionista

02

Ensino Médio completo

380,00

40 horas

Servente de Pedreiro

10

Alfabetizado

380,00

40 horas

Serventual

30

Alfabetizado

380,00

40 horas

Soldador

01

Alfabetizado

854,00

40 horas

T.N.M. Técnico em Contabilidade

02

Ensino Médio completo + Registro no respectivo Conselho de Classe

854,00

40 horas

T.N.M. Técnico em Enfermagem

10

Ensino Médio completo + Registro no respectivo Conselho de Classe.

482,00

30 horas

T.N.S. Assistente Social

02

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

1.374,00

40 horas

T.N.S. Cirurgião Dentista

01

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

687,00

20 horas

T.N.S. Contador

01

Curso Superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe

1.378,00

20 horas

T.N.S. Enfermeiro

04

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

671,00

20 horas

T.N.S. Farmacêutico

02

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

634,00

20 horas

T.N.S. Farmacêutico/Bioquímico

01

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

634,00

20 horas

T.N.S. Fisioterapeuta

01

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

687,00

20 horas

T.N.S. Fonoaudiólogo

01

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

687,00

20 horas

T.N.S. Nutricionista

02

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

869,00

40 horas

T.N.S. Psicólogo

01

Curso superior específico + Registro no respectivo Conselho de Classe.

496,00

20 horas

Vigia/Rondante

10

Alfabetizado

380,00

40 horas

TOTAL

187

-

II. DA ESPECIFICAÇÃO DOS CARGOS

CARGO

ATRIBUIÇÕES

001 - Agente Epidemiológico

Executar atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção da saúde, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor de cada ente federado.

002 - Atendente de Farmácia

Executar serviços de dos arquivos da farmácia; arquivar receitas; criar controle de entrada e saída de medicamentos; elaborar relatório de entrada e saída de medicamentos; receber e catalogar os medicamentos recebidos; conferir notas fiscais com a ordem de fornecimento; conferir prazos de validade de medicamentos; atualizar fichários; atender chamadas telefônicas; redigir ofícios, comunicação interna, memorandos; informar à Secretaria o limite mínimo de medicamentos para a realização de compras, para que não haja falta de medicamentos na farmácia sob seu controle, realizar outras atividades correlatas.

003 - Auxiliar Administrativo

Execução de atividades de assessoramento a autoridades superiores, bem como o controle de aplicações de leis, regulamento e normas de administração geral ou específica, além de executar tarefas simples ou complexas de rotina administrativa, relacionadas com o cargo tais como: digitação, arquivo, redação, controle de protocolo, atendimentos diversos e outras atividades afins.

004 - Auxiliar de Biblioteca

Atender os leitores, orientando-os no manuseio dos fichários e localização de livros e publicações, auxiliá-los em suas consultas; efetuar o registro dos livros retirados por empréstimos, controlar a entrada dos livros devolvidos a fim de manter o acervo bibliográfico. Realizar outras tarefas correlatas.

005 - Auxiliar de Enfermagem

Executar atribuições como o auxílio nos serviços de enfermagem atendendo pacientes, fazendo curativos, aplicando injeções, preparando e esterilizando materiais cirúrgicos.

006 - Auxiliar de Secretaria Escolar

Auxiliar no planejamento dos trabalhos de secretaria da unidade escolar, observando o projeto político-pedagógico da escola e a proposta político-pedagógica da Rede Municipal de Ensino. Realizar os registros de arquivamento de formulários e documentos. Elaborar fichas, mapas e documentos necessários ao funcionamento do sistema de registro, informações e arquivos escolares. Executar outras tarefas correlatas.

007 - Coveiro

Executar serviços de manutenção, limpeza e fiscalização de cemitérios, bem como os relativos aos sepultamentos; observar e cumprir as normas de higiene e segurança do trabalho; executar outras tarefas correlatas.

008 - Especialista de Educação Básica - Supervisão Escolar

Atribuições como a de planejar, supervisionar, coordenar, executar e avaliar o desenvolvimento dos trabalhos relacionados com a orientação, supervisão educacional e ocupacional do aluno e com a integração escola-família-comunidade.

009 - Fiscal Sanitário

Orientar os serviços de profilaxia e policiamento sanitário na área sob sua jurisdição, coordenando ou executando os trabalhos de inspeção aos estabelecimentos ligados à industrialização e comercialização de produtos alimentícios, a imóveis recém-construídos ou reformados e a estabelecimento de ensino, para proteger a saúde da coletividade; coordenar ou executar a inspeção de fábricas de laticínios, massas, conservas ou de outros tipos de produtos alimentícios, como armazéns, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos similares, verificando as condições sanitárias dos seus interiores, limpeza do equipamento, refrigeração, suprimento de água, instalações sanitárias e condições de asseio e saúde dos que manipulam alimentos, para assegurar as condições necessárias à produção e distribuição de alimentos sadios e de boa qualidade.

010 - Gari

Executar sob supervisão, tarefas manuais simples que necessitem de esforço físicos relacionadas aos serviços de construção, manutenção e recuperação de obras e outros serviços gerais em obras de construção civil, capina, limpeza, coleta de lixo em logradouros e demais instalações municipais.

011 - Inspetor de Alunos

Executar sob supervisão, serviços de controle de atividades de alunos fora da sala de aula mas nas dependências do prédio escolar, orientar o comportamento dos alunos nas dependências escolares, responsabilizar-se pela entrada e saída de pessoas no prédio escolar e executar outras atividades delegadas pelo gestor da unidade escolar.

012 - Jardineiro

Executar sob supervisão, tarefas manuais simples que necessitem de esforços físicos relacionadas aos serviços de jardinagem, plantio e conservação de praças e jardins, limpeza e coleta de lixo e entulhos nos jardins e canteiros, irrigação e cuidados especiais contra pragas, insetos, plantio e conservação de hortas.

013 - Magarefe

Execução de serviços pertinentes ao Matadouro Público Municipal, de acordo com as normas sanitárias vigentes.

014 - Mecânico

Execução de serviços mecânicos em veículos e máquinas.

015 - Motorista

Execução de tarefas referentes a dirigir veículos, manipulando o comando de marchas e direção, o transporte de servidores, autoridades, direção de caminhões pesados, ambulância e outros.

016 - Operador de Máquina Leve

Atribuições a operação de máquinas leves, efetuando serviços de abertura e aterro de valetas, bueiros, serviços de drenagem, nivelamento de ruas, terrenos e estradas.

017 - Operador Máquina Pesada

Atribuições a operação de máquinas pesadas, efetuando serviços de abertura e aterro de valetas, bueiros, serviços de drenagem, nivelamento de ruas, terrenos e estradas.

018 - Professor de Educação Básica I

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

019 - Professor de Educação Básica II

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

020 - Professor de Educação Básica III - Ciências

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

021 - Professor de Educação Básica III - Educação Física

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

022 - Professor de Educação Básica III - Geografia

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

023 - Professor de Educação Básica III - História

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

024 - Professor de Educação Básica III - Língua Portuguesa

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

025 - Professor de Educação Básica III - Matemática

Execução de atividades relacionadas ao desenvolvimento de programas de ensino do estabelecimento escolar e planejar, controlar e avaliar o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem do aluno; realizar estudos pesquisas e levantamentos na sua área de especialização.

026 - Recepcionista

Execução dos serviços de recepção, atendimento, triagem e portaria de unidades do serviço público, executar outras atividades correlatas.

027 - Servente de Pedreiro

Execução de serviços auxiliares ao profissional leigo de Pedreiro; executar serviços específicos pertinentes à profissão acima descrita, sob a supervisão e orientação de outro profissional; observar e cumprir as normas de higiene e segurança do trabalho; zelar pela economicidade dos materiais e mão de obra aplicada ao serviço executado, e pela racionalidade dos serviços; executar outras tarefas correlatas, quando determinadas pelos seus superiores.

028 - Serventual

Responsabilizar-se pelos trabalhos da cozinha merenda e refeições, zelando pela higiene e qualidade dos alimentos; preparar e servir refeições; encarregar-se da guarda e conservação dos alimentos; fazer o pedido e controle de suprimentos de material necessário à cozinha e a preparação dos alimentos; zelar pela conservação de higiene dos equipamentos e instrumentos de cozinha; exercer outras atividades correlatas e/ou que lhe forem atribuídas.

029 - Soldador

Executar tarefas de soldagens em geral, utilizando solda elétrica, oxigênio, maçarico e afins; realizar tarefas correlatas.

030 - T.N.N. - Técnico em Contabilidade

Executar serviços contábeis em conjunto com o Contador, na administração dos tributos, apurando os impostos devidos, compensando tributos, gerando dados para preenchimento de guias, levantando informações para recuperação de impostos; registrar atos e fatos contábeis, estruturando plano de contas conforme a atividade do Município, definindo procedimentos contábeis, atualizando procedimentos internos, parametrizando aplicativos contábeis/fiscais e de suporte, administrando o fluxo de documentos, classificando documentos, escriturando livros fiscais e contábeis, conciliando saldos de contas, gerando diário/razão; aplicar as normas técnicas de contabilidade, em especial a Lei 4.320/64.

031 - T.N.M. Técnico em Enfermagem

Executar atribuições como o auxílio nos serviços de enfermagem atendendo pacientes, fazendo triagem, curativos, aplicando injeções, preparando e esterilizando materiais cirúrgicos e outras atividades afins.

032 - T.N.S. - Assistente Social

Execução trabalhos variados de assistência social, de ordem moral, social e econômica de pessoas ou famílias desajustadas; manter intercâmbio com estabelecimento congêneres oficiais ou particulares com os quais haja convênio para a interpretação dos problemas de menores internados e egressos, e para estudo de assuntos relacionados com a assistência social e desempenhar tarefas afins.

033 - T.N.S. - Contador

Administrar os tributos, apurando os impostos devidos, compensando tributos, gerando dados para preenchimento de guias, levantando informações para recuperação de impostos; registrar atos e fatos contábeis, estruturando plano de contas conforme a atividade do Município, definindo procedimentos contábeis, atualizando procedimentos internos, parametrizando aplicativos contábeis/fiscais e de suporte, administrando o fluxo de documentos, classificando documentos, escriturando livros fiscais e contábeis, conciliando saldos de contas, gerando diário/razão; responder pela responsabilidade técnica da contabilidade, elaborar a prestação de contas anual junto ao TCEMG, elaborar relatórios periódicos pertinentes à LC 101/2000, aplicar as normas técnicas de contabilidade, em especial a Lei 4.320/64.

034 - T.N.S. - Dentista

Executar atividades de planejamento, coordenação, supervisão, execução e avaliação de programas de saúde; prestação de assistência direta a pacientes graves; realização de consulta de odontologia; promoção e recuperação da saúde bucal; executar atribuições correlatas

035 - T.N.S. - Enfermeiro

Treinar e coordenar os trabalhos dos Auxiliares de Enfermagem, executar atividades correlatas de acordo com a coordenação superior.

036 - T.N.S. - Farmacêutico

Exercer atividades de responsabilidade técnica por farmácia de hospital, ambulatório; controlar produtos farmacêuticos, químicos e biológicos; coordenar e responder pela vigilância sanitária Municipal, executar atribuições correlatas.

037 - T.N.S. - Farmacêutico/Bioquímico

Coletar materiais para exames laboratoriais, realizar exames que o laboratório municipal possa atender e executar outras tarefas afins.

038 - T.N.S. - Fisioterapeuta

Exercer atividades de natureza qualificada, concernente à melhoria do estado de pacientes; prescrever, ministrar e supervisionar terapia física; executar atribuições correlatas

039 - T.N.S. - Fonoaudiólogo

Promover avaliação e diagnóstico, orientação, terapia, monitoramento e aperfeiçoamento de aspectos fonoaudiólogos; executar atribuições correlatas.

040 - T.N.S. - Nutricionista

Planejar, coordenar e supervisionar serviços ou programas de nutrição e alimentação da coletividade no âmbito da saúde pública, desenvolvendo campanhas educativas e outras atividades correlatas, a fim de contribuir para a criação de hábitos e regimes alimentares adequados entre a população e conseqüente melhoria da saúde coletiva; examinar o estado de nutrição do indivíduo ou do grupo, avaliando os diversos fatores relacionados com problemas de alimentação, como classe social, meio de vida e outros, para aconselhar e instruir a população; proceder ao planejamento e elaboração de cardápios e dietas especiais, baseando-se na observação da aceitação dos alimentos pelos comensais e no estudo dos meios e técnicas de introdução gradativa de produtos naturais mais nutritivos e econômicos, para oferecer refeições balanceadas. Exercer as atividades e funções inerentes à profissão, de acordo com as normas técnicas.

041 - T.N.S. - Psicólogo

Executar tarefas de: planejar, supervisionar e realizar trabalhos médicos-cirurgicos, participar de estudos, orientar pacientes, familiares e comunidade quanto a prevenção de doenças, promoção e recuperação da saúde; executar atribuições correlatas.

042 - Vigia/Rondante

Executar serviços de segurança patrimonial dos órgãos municipais; observar e cumprir as normas de higiene e segurança do trabalho; zelar pela economicidade dos materiais e mão de obra aplicada ao serviço executado, e pela racionalidade dos serviços; executar outras tarefas correlatas, quando determinadas pelos seus superiores.

III. DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NOS CARGOS

1. O candidato aprovado no Concurso de que trata este Edital, será investido no cargo se atender às seguintes exigências, na data da posse:

a) tiver obtido classificação no Concurso, na forma estabelecida neste Edital;

b) ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do art. 13 do Decreto nº. 70.436, de 18/4/1972;

c) ter idade mínima de 18 (dezoito) anos;

d) estar em pleno gozo e exercício dos direitos políticos;

e) estar em dia com as obrigações eleitorais;

f) estar em dia com os deveres do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;

g) ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por inspeção médica oficial realizada por profissionais designados pela Prefeitura Municipal de Cruzília-MG;

h) possuir os documentos comprobatórios da escolaridade e pré-requisitos constantes do Capítulo II deste Edital;

i) apresentar outros documentos porventura necessários, definidos pelo Serviço de Pessoal da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG.

2. O candidato que, na data da posse, não reunir os requisitos enumerados no item 1 deste Capítulo, perderá o direito à investidura no referido cargo.

3. A falta de comprovação de qualquer um dos requisitos especificados no item 1 deste Capítulo e daqueles que vierem a ser estabelecidos impedirá a posse do candidato.

IV. DAS INSCRIÇÕES

1. A inscrição do candidato implicará a completa ciência e aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital e na legislação pertinente, acerca das quais não poderá alegar desconhecimento.

1.1. Objetivando evitar ônus desnecessário, o candidato deverá recolher o valor da inscrição somente após tomar conhecimento de todos os requisitos e condições exigidas para o Concurso.

1.2. Considerando que o concurso abrangerá todas as áreas da Administração Municipal e as provas poderão ser aplicadas no mesmo dia e horário, o candidato poderá se inscrever somente para um único cargo.

2. As inscrições realizar-se-ão por meio da Internet, de acordo com o item 4 deste Capítulo, no período de 22 a 29 de outubro de 2.007, até às 22h00min (horário de Brasília), ou na sede da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, no período de 22 a 26 de outubro de 2007, das 09:00 às 16:00 horas.

- Endereço da Prefeitura: Rua Coronel Cornélio Maciel, 135, Centro, Cruzília-MG-

3. Para inscrever-se, o candidato deverá, no período das inscrições:

3.1. Comparecer a sede da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG e:

a) solicitar o formulário da ficha de inscrição;

b) ler as informações relativas ao Concurso, preencher e assinar a ficha de inscrição;

c) estar munido de documento original de identidade. São considerados documentos de identidade: Carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pelo Ministério das Relações Exteriores e pela Polícia Militar; Cédula de Identidade para Estrangeiros; Cédulas de Identidade fornecidas por Órgãos ou Conselhos de Classe que, por Lei Federal, valem como documento de identidade, a exemplo das carteiras do CREA, CRO, CRA, OAB, CRC, CRM etc.; Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia na forma da Lei n.º 9.503/1997);

d) entregar a ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada-la;

e) efetuar o depósito, nos valores definidos no quadro abaixo, a favor da LIBERAL ASSESSORIA E CONSULTORIA SOCIEDADE CIVIL LTDA., conta corrente: nº. 665.388-X, Agência 3014-7 - Banco do Brasil S/A.

DENOMINAÇÃO DO CARGO

VALOR DA TAXA DE INSCRIÇÃO R$

Agente Epidemiológico

25,00

Atendente de Farmácia

25,00

Auxiliar Administrativo

25,00

Auxiliar de Biblioteca

25,00

Auxiliar de Enfermagem

25,00

Auxiliar de Secretaria Escolar

25,00

Coveiro

25,00

Especialista de Educação Básica - Supervisor Pedagógico

50,00

Fiscal Sanitário

25,00

Gari

25,00

Inspetor de Alunos

25,00

Jardineiro

25,00

Magarefe

25,00

Mecânico

90,00

Motorista

30,00

Operador de Máquina Leve

25,00

Operador de Máquina Pesada

30,00

Professor de Educação Básica I

25,00

Professor de Educação Básica II

27,00

Professor de Educação Básica III - Ciências

31,00

Professor de Educação Básica III - Educação Física

31,00

Professor de Educação Básica III - Geografia

31,00

Professor de Educação Básica III - História

31,00

Professor de Educação Básica III - Língua Portuguesa

31,00

Professor de Educação Básica III - Matemática

31,00

Recepcionista

25,00

Servente de Pedreiro

25,00

Serventual

25,00

Soldador

56,00

T.N.M. Técnico em Contabilidade

56,00

T.N.M. Técnico em Enfermagem

31,00

T.N.S. Assistente Social

90,00

T.N.S. Cirurgião Dentista

45,00

T.N.S. Contador

90,00

T.N.S. Enfermeiro

44,00

T.N.S. Farmacêutico

41,00

T.N.S. Farmacêutico/Bioquímico

41,00

T.N.S. Fisioterapeuta

45,00

T.N.S. Fonoaudiólogo

45,00

T.N.S. Nutricionista

57,00

T.N.S. Psicólogo

30,00

Vigia/Rondante

25,00

3.1.2 Não haverá isenção de pagamento do valor da inscrição, seja qual for o motivo alegado.

3.2. O responsável pelo recebimento das inscrições ao concurso reterá a ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada e o candidato receberá apenas o comprovante de inscrição - parte do candidato.

3.3. O pagamento do valor da inscrição poderá ser feito em dinheiro ou cheque do próprio candidato. Os pagamentos efetuados por meio de cheque somente serão considerados quitados após a respectiva compensação.

3.3.1. Em caso de devolução do cheque considerar-se-á automaticamente sem efeito a inscrição.

3.4. Será permitida a inscrição por procuração, mediante entrega do original do instrumento de mandato, que será retido no ato de inscrição, acompanhado de cópia autenticada do documento de identidade do candidato e apresentação da identidade do procurador.

3.4.1. Deverá ser apresentada uma procuração para cada candidato, sem necessidade de reconhecimento de firma, que ficará retida no ato da inscrição.

3.5. O candidato ou seu procurador é responsável pelas informações prestadas na Ficha de Inscrição, arcando o candidato com as conseqüências de eventuais erros no preenchimento do respectivo formulário.

4. Para inscrever-se via Internet, o candidato deverá acessar o endereço eletrônico www.liberalconsultores.com.br durante o período das inscrições e, por meio do link correspondente ao Concurso da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, efetuar sua inscrição, conforme os procedimentos estabelecidos abaixo:

4.1. Ler atentamente o Edital de Abertura de Inscrições e o Requerimento de Inscrição.

4.2. Preencher o Formulário Eletrônico de Inscrição e transmitir os dados pela Internet.

4.3. Imprimir o boleto bancário para pagamento do valor da inscrição correspondente.

4.4. Efetuar o pagamento da importância referente à inscrição, de acordo com as instruções constantes no endereço eletrônico, até a data limite para encerramento das inscrições via internet.

4.5. Em caso de feriado ou evento que acarrete o fechamento da agência bancária de Cruzília-MG, o boleto deverá ser pago antecipadamente.

4.6. As inscrições efetuadas via Internet somente serão processadas após a confirmação do pagamento do valor da inscrição.

4.7. Serão tornadas sem efeito as solicitações de inscrição via Internet, cujos pagamentos forem efetuados após a data estabelecida no item 2 deste Capítulo, não sendo devido ao candidato qualquer ressarcimento da importância paga extemporaneamente.

4.8. Não se exigirá do candidato inscrito via Internet a cópia do documento de identidade, sendo de sua exclusiva responsabilidade a veracidade dos dados informados no ato de inscrição, sob as penas da lei.

4.9. A Liberal Assessoria e Consultoria S/C Ltda. e a Prefeitura Municipal de Cruzília-MG não se responsabilizam por solicitações de inscrições via Internet não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados.

4.10. O descumprimento das instruções para inscrição implicará a sua não efetivação.

5. Ao inscrever-se o candidato deverá necessariamente indicar na Ficha de Inscrição ou no Formulário Eletrônico de Inscrição o Cargo para o qual estar se inscrevendo, conforme cargos disponíveis neste Edital.

5.1. O candidato que deixar de indicar o Cargo ou fizer indicação de Cargo inexistente, terá sua inscrição cancelada.

6. As informações prestadas na Ficha de Inscrição ou no Formulário Eletrônico de Inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, reservando-se a Prefeitura Municipal de Cruzília-MG e a Liberal Assessoria e Consultoria S/C Ltda. o direito de excluir do Concurso Público aquele que não preencher o respectivo documento de forma completa, correta e legível, bem como fornecer dados inverídicos ou falsos.

7. Efetivada a inscrição, em nenhuma hipótese serão aceitos pedidos de alteração da opção do Cargo, bem como de devolução dos valores pagos a título de inscrição no certame.

8. Prefeitura Municipal de Cruzília-MG e a Liberal Assessoria e Consultoria S/C eximem-se das despesas com viagens e estada dos candidatos para prestar as provas do Concurso.

9. Não serão aceitas inscrições por depósito em caixa eletrônico, via postal, fac-símile (fax), transferência ou depósito em conta corrente, DOC, ordem de pagamento, condicionais e/ou extemporâneas ou por qualquer outra via que não as especificadas neste Edital.

10. Não serão aceitas as solicitações de inscrição que não atenderem rigorosamente ao estabelecido neste Edital.

11. O candidato portador de deficiência que necessitar de condição especial para realização da prova, deverá solicitá-la, por meio de requerimento enviado através de Sedex ou Aviso de Recebimento (AR) à Liberal Assessoria e Consultoria S/C (Rua dos Guajajaras, 628, coj. 105, Bairro de Lourdes, Belo Horizonte-MG, CEP 30.180-100), no qual declarará a causa da solicitação e informará os recursos especiais necessários à prestação das provas.

11.1. O candidato que não o fizer até o término das inscrições, seja qual for o motivo alegado, terá como não atendida a condição requerida.

11.2. O atendimento às condições solicitadas ficará sujeito à análise de viabilidade e razoabilidade do pedido.

12. A candidata lactante que necessitar amamentar durante a realização da prova, poderá fazê-lo em sala reservada, desde que assim o requeira.

12.1. Não haverá compensação do tempo de amamentação em favor da candidata.

12.2. A criança deverá permanecer no ambiente reservado para amamentação, acompanhada de adulto responsável por sua guarda (familiar ou terceiro indicado pela candidata).

V. DAS INSCRIÇÕES PARA CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

1. Às pessoas portadoras de deficiência, que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas pelo inciso VIII do artigo 37 da Constituição Federal, de 5/10/1988, e do artigo 37 do Decreto nº. 3.298/1999 e alterações posteriores, que regulamenta a Lei n.º 7.853/1999, é assegurado o direito de inscrição para os cargos oferecidos neste Edital, desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com as atribuições do cargo em provimento.

2. Em cumprimento ao disposto no §1º do art. 37 do Decreto nº. 3.298/1999, ser-lhes-á reservado o percentual de 5% (cinco por cento) das vagas existentes, que surgirem ou forem criadas no prazo de validade do Concurso.

2.1. Aos portadores de deficiência física serão destinadas, para as vagas que surgirem ou forem criadas no prazo de validade do Concurso, a 1ª, 5ª, 10ª vagas e assim sucessivamente, observada a ordem de classificação, salvo se já restar observado o percentual estabelecido no item 2.

3. Considera-se pessoa portadora de deficiência aquela que se enquadra nas categorias discriminadas no art. 4º do Decreto nº. 3.298/1999 e suas alterações, assim definidas:

3.1. Deficiência física: alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, carretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho das funções.

3.2. Deficiência auditiva: perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas freqüências de 500 Hz, 1.000Hz, 2.000Hz e 3.000Hz.

3.3. Deficiência visual: cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60°; ou a ocorrência simultânea de quaisquer condições anteriores.

3.4. Deficiência mental: funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação antes dos dezoito anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como: comunicação; cuidado pessoal; habilidades sociais; utilização dos recursos da comunidade; saúde e segurança; habilidades acadêmicas; lazer; e trabalho.

3.5. Deficiência múltipla: associação de duas ou mais deficiências.

4. As pessoas portadoras de deficiência, resguardadas as condições previstas no Decreto nº. 3.298/1999, particularmente em seu art. 40, participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao dia, horário e local de aplicação das provas e à nota mínima exigida.

4.1. As condições especiais previstas nos §§ 1º e 2º do art. 40 do Decreto n.° 3.298/1999 deverão ser solicitadas por escrito durante o período das inscrições, via SEDEX, à Liberal Assessoria e Consultoria S/C, ficando o deferimento do pedido condicionado à indicação constante do Laudo referido no item 8 deste Capítulo e parecer favorável da Equipe Multiprofissional designada pela Prefeitura Municipal de Cruzília-MG.

4.2. O atendimento às condições especiais solicitadas ficará sujeito à análise de viabilidade e razoabilidade do pedido.

5. O candidato deverá declarar, quando da inscrição, ser portador de deficiência, especificando-a na Ficha de Inscrição fornecida pela Liberal Assessoria e Consultoria S/C, declarando, ainda, estar ciente das atribuições do cargo e de que, no caso de vir a exercê-lo, estará sujeito à avaliação pelo desempenho dessas atribuições, para fins de habilitação no estágio probatório.

6. No período das inscrições, o candidato deverá encaminhar via SEDEX ou Aviso de Recebimento (AR), à Liberal Assessoria e Consultoria S/C, os documentos a seguir:

a) Laudo Médico, original e expedido no prazo máximo de 90 (noventa) dias antes do término das inscrições, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência, inclusive para assegurar previsão de adaptação da sua prova. Ao laudo médico deverão ser anexadas as seguintes informações: nome completo, número do documento de identidade (RG), número do CPF, número do telefone, Opção de Cargo.

b) O candidato portador de deficiência visual, além do envio da documentação indicada na letra "a" deste item, deverá solicitar, por escrito, até o término das inscrições, o formato adaptado de sua prova, observados o item 3.1 deste Capítulo.

c) O candidato portador de deficiência que necessitar de tempo adicional e/ou leitura de prova, além do envio da documentação indicada na letra "a" deste item, deverá encaminhar solicitação, por escrito, com justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência, até o término das inscrições.

6.1. Aos deficientes visuais (cegos) que solicitarem prova especial em Braile, serão oferecidas provas nesse sistema e suas respostas deverão ser transcritas também em Braile. Os referidos candidatos deverão levar para esse fim, no dia da aplicação da prova, reglete e punção podendo, ainda, utilizar-se de soroban.

6.2. Aos deficientes visuais (amblíopes) que solicitarem prova especial Ampliada, serão oferecidas provas com tamanho de letra correspondente a corpo 24.

6.3. Os candidatos que, dentro do período das inscrições, não atenderem aos dispositivos mencionados no:

6.3.1. Item 6, letra "a", serão considerados como não portadores de deficiência.

6.3.2. Item 6, letra "b", não terão a prova especial preparada, seja qual for o motivo alegado.

6.3.3. Item 6, letra "c", não terão tempo adicional para realização das provas e/ou pessoa designada para a leitura da prova, seja qual for o motivo alegado.

7. O candidato portador de deficiência que não realizar a inscrição conforme as instruções constantes neste Capítulo, perderá o direito de concorrer à reserva de vagas referida no item 2.

8. Encerrado o período das inscrições, a Equipe Multiprofissional designada pela Prefeitura Municipal analisará o Laudo Médico encaminhado pelo candidato, conforme item 6 deste Capítulo, verificando se há correspondência entre a Classificação Internacional de Doença - CID constante do respectivo Laudo e as exigências do Decreto nº. 3.298/1999 e suas alterações. Em caso negativo, a sua inscrição será deferida para a lista geral de candidatos, excluindo-o da lista dos portadores de deficiência.

9. A Prefeitura Municipal divulgará, por meio da Imprensa Oficial, a relação dos candidatos que tiveram suas inscrições e/ou pedido de tratamento diferenciado indeferidos.

10. O candidato portador de deficiência de que trata o item 1 deste Capítulo, se aprovado e classificado na forma do Capítulo XI deste Edital, será submetido à avaliação por Equipe Multiprofissional designada pela Prefeitura Municipal de Cruzília, tencionando verificar se a deficiência se enquadra na previsão do art. 4º e seus incisos do Decreto nº. 3.298/1999 e suas alterações, bem como se há compatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo a ser ocupado, nos termos do art. 43 do Decreto, observadas as seguintes disposições:

10.1. Competirá ao Secretário Municipal de Administração, de forma terminativa, acerca das avaliações realizadas pela Equipe Multiprofissional, prevista no art. 43 do Decreto nº. 3.298/1999 e suas alterações.

10.2. A avaliação ficará condicionada à apresentação, pelo candidato, de documento de identidade original e terá por base o Laudo Médico encaminhado no período das inscrições, conforme item 9 deste Capítulo, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência.

10.3. Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato portador de deficiência à avaliação tratada no item 10.

10.4. Se a deficiência do candidato não se enquadrar na previsão do art. 4º e seus incisos do Decreto nº. 3.298/1999 e suas alterações, ele será classificado em igualdade de condições com os demais candidatos.

11. As vagas definidas neste Edital para os candidatos portadores de deficiência que não forem providas por falta de candidatos, por reprovação no Concurso ou na perícia médica, serão preenchidas pelos demais candidatos, com estrita observância à ordem classificatória.

12. A não observância, pelo candidato, de qualquer das disposições deste Capítulo, implicará a perda do direito de ser nomeado às vagas reservadas aos portadores de deficiência.

13. O laudo médico terá validade somente para este Concurso Público e não será devolvido.

14. Após a investidura do candidato no cargo, a deficiência não poderá ser argüida para justificar a concessão de aposentadoria.

VI. DAS PROVAS

1. O Concurso será composto das seguintes provas, número de questões, pontuação:

CARGO

PROVAS

N° QUESTÕES

001 - Agente Epidemiológico

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Saúde Pública

. Conhecimentos Gerais

10

10

10

10

002 - Atendente de Farmácia

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Conhecimento Específico

10

10

20

003 - Auxiliar Administrativo

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Noções de Informática

. Conhecimento Específico

10

10

05

15

004 - Auxiliar de Biblioteca

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Noções de Informática

. Conhecimentos Gerais

10

10

05

15

005 - Auxiliar de Enfermagem

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Conhecimento Específico

10

10

20

006 - Auxiliar de Secretaria Escolar

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Noções de Informática

. Conhecimento Específico

10

10

05

15

007 - Coveiro

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

008 - Especialista de Educação Básica - Supervisão Escolar

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Conhecimento Específico

10

10

20

009 - Fiscal Sanitário

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Saúde Pública

10

10

20

010 - Gari

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

011 - Inspetor de Alunos

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Conhecimentos Gerais

10

10

20

012 - Jardineiro

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

013 - Magarefe

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

014 - Mecânico

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

015 - Motorista

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

016 - Operador de Máquina Leve

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

017 - Operador Máquina Pesada

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

018 - Professor de Educação Básica I

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

019 - Professor de Educação Básica II

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

020 - Professor de Educação Básica III - Ciências

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

021 - Professor de Educação Básica III - Educação Física

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

022 - Professor de Educação Básica III - Geografia

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

023 - Professor de Educação Básica III - História

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

024 - Professor de Educação Básica III - Língua Portuguesa

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

025 - Professor de Educação Básica III - Matemática

. Língua Portuguesa

. Fundamentos da Educação

. Didática Específica

10

10

20

026 - Recepcionista

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Conhecimentos Gerais

10

10

20

027 - Servente de Pedreiro

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

028 - Serventual

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

029 - Soldador

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

030 - T.N.N. - Técnico em Contabilidade

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Noções de Informática

. Conhecimento Específico

10

10

05

15

031 - T.N.M. Técnico em Enfermagem

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

032 - T.N.S. - Assistente Social

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

033 - T.N.S. - Contador

. Língua Portuguesa

. Noções de Informática

. Conhecimento Específico

10

05

15

034 - T.N.S. - Dentista

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

035 - T.N.S. - Enfermeiro

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

036 - T.N.S. - Farmacêutico

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

037 - T.N.S. - Farmacêutico/Bioquímico

. Língua Portuguesa

. Saúde pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

038 - T.N.S. - Fisioterapeuta

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

039 - T.N.S. - Fonoaudiólogo

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

040 - T.N.S. - Nutricionista

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

041 - T.N.S. - Psicólogo

. Língua Portuguesa

. Saúde Pública

. Conhecimento Específico

10

10

20

042 - Vigia/Rondante

. Língua Portuguesa

. Matemática

. Prova Prática

10

10

20

2. Para todos os cargos, as provas de Conhecimentos Básicos e de Conhecimentos Específicos constarão de questões objetivas de múltipla escolha (com cinco alternativas cada questão - A, B, C, D e E ) e versarão sobre assuntos dos Programas constantes do Anexo I deste Edital, observando-se a pertinência do assunto às atribuições de cada cargo.

3. As Provas Objetivas de Conhecimentos Básicos, de Conhecimentos Específicos procurarão avaliar habilidades mentais que vão além do mero conhecimento memorizado, abrangendo compreensão, aplicação dos conhecimentos, análise, síntese e avaliação, valorizando a capacidade de raciocínio.

4.1. Cada questão das provas objetivas poderá contemplar mais de um objeto de avaliação.

4.2. Os conhecimentos serão avaliados em diferentes níveis de complexidade.

5. Para os cargos de COVEIRO, GARI, JARDINEIRO, MAGAREFE, MECÂNICO, MOTORISTA, OPERADOR DE MÁQAUINA LEVE, OPERADOR DE MÁQUINA PESADA, SERVENTE DE PEDREIRO, SERVENTUAL, SOLDADOR e VIGIA/RONDANTE, haverão Provas Práticas, que avaliarão a capacidade técnica, habilidade e experiência dos candidatos.

6. Para os cargos de MOTORISTA e OPERADORES DE MÁQUINAS - haverão Provas Práticas de Direção Veicular e operação de máquinas, que serão ministradas por profissionais examinadores credenciados pelo DETRAN-MG.

VII. DA PRESTAÇÃO DAS PROVAS

1. A aplicação das provas objetivas, para todos os cargos, está prevista para o dia 25 de novembro de 2007, em horário e local que serão divulgados até o dia 20 de novembro de 2007, na sede da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG.

1.1. Para os cargos de nível alfabetizado, primário e ensino fundamental, a duração mínima da prova será de 1 (uma) hora e máxima de 2 horas (duas horas).

1.2. Para os cargos de Ensino Médio e Ensino Superior, a duração mínima da prova será de 1 (uma) hora e máxima de 3 horas (três horas).

1.3. As Provas Objetivas serão realizadas na Cidade de Cruzília-MG.

2. A aplicação das provas na data prevista dependerá da disponibilidade de locais adequados à sua realização.

3. Caso o número de candidatos inscritos exceda à oferta de lugares adequados nos estabelecimentos localizados na cidade de Cruzília-MG, a Liberal Assessoria e Consultoria S/C reserva-se o direito de alocá-los em outras datas e horários.

4. Havendo alteração da data prevista, as provas poderão ocorrer em sábados, domingos ou feriados.

5. A confirmação da data das provas e as informações sobre horários e locais serão divulgadas por meio de Edital de Convocação publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, Avisos Informativos publicados nas sedes dos Poderes Executivo e Legislativo de Cruzília.

5.1. Na definição dos horários de realização das provas será considerado o Horário de Brasília.

5.1.1. É de exclusiva responsabilidade do candidato observar as diferenças de horário decorrentes de fuso horário ou adoção de horário de verão.

5.2. A comunicação feita por intermédio de Avisos Informativos não tem caráter oficial, sendo meramente informativos. O candidato deverá acompanhar pelo Diário Oficial do Estado de Minas Gerais ou pela publicação do Edital de Convocação para realização das provas, na sede da Prefeitura e Câmara Municipal de Cruzília-MG.

6. O candidato que não conseguir se informar quanto o local de aplicação das provas, deverá entrar em contato até o 3º (terceiro) dia que anteceder a aplicação das provas em horário comercial, com a Liberal Assessoria e Consultoria S/C, pelo telefone (0xx)3130242728, das 09:00 às 11:00 horas, ou pelo E-mail: liberala@terra.com.br

7. O candidato só poderá realizar as provas, na data, local e horário previamente definido e publicado pelos organizadores do certame.

8. Eventuais retificações de erros de digitação verificados na relação de candidatos publicada, quanto ao nome, número do documento de identidade, sexo, data de nascimento, endereço, etc., deverão ser solicitadas somente no dia da respectiva prova, juntamente aos aplicadores da prova, que estarão orientados para procederem tais correções.

9. Caso haja inexatidão na informação relativa à Opção de Cargo e/ou à condição de portador de deficiência, o candidato deverá entrar em contato com a Liberal Assessoria e Consultoria S/C com, no mínimo, 48 (quarenta e oito) horas de antecedência da data de realização das provas.

9.1. A alteração de Opção de Cargo somente será processada na hipótese de o dado expresso pelo candidato em sua Ficha de Inscrição ter sido transcrito erroneamente para a relação de candidatos disponibilizada na sede da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, a partir do dia 19 de novembro de 2.007.

9.2. Não será admitida troca de Opção de Cargo em outras hipóteses que não a mencionada no item 9.1 deste Capítulo.

9.3. O candidato que não entrar em contato com a Liberal Assessoria e Consultoria S/C, no prazo mencionado, será o único responsável pelas conseqüências advindas de sua omissão.

10. Somente será admitido à sala de provas o candidato que apresentar qualquer um dos documentos de identidade originais descritos no item 3.1.c do Capítulo IV deste Edital.

10.1. Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato.

10.2. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identidade original, por motivo de extravio, perda, roubo ou furto, deverá apresentar boletim de ocorrência expedido em órgão policial há no máximo, 30 (trinta) dias, sendo então submetido à identificação especial, compreendidas a coleta de assinaturas e impressão digital.

11. Não haverá segunda chamada ou repetição de prova. O candidato não poderá alegar desconhecimento acerca da data, local e horário de realização da prova, como justificativa de sua ausência.

12. O não comparecimento à prova, por qualquer motivo, caracterizará desistência do candidato e resultará em sua eliminação do certame.

13. A Liberal Assessoria e Consultoria S/C, objetivando garantir a lisura, a autenticidade e a idoneidade do Concurso e, zelando pelo interesse público e, em especial, dos candidatos, solicitará, quando da aplicação das provas, a autenticação digital do candidato na Folha de Respostas Personalizada.

14. A correção das provas far-se-á, exclusivamente, por meio da Folha de Respostas personalizada, sendo nula qualquer outra forma de correção. O preenchimento da Folha de Respostas será de inteira responsabilidade do candidato que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas na capa do Caderno de Provas. Em hipótese alguma haverá substituição da Folha de Respostas por erro do candidato.

14.1. O candidato será o único responsável pelos prejuízos advindos de marcações incorretas na Folha de Respostas.

15. O candidato deverá comparecer ao local de provas designado, com antecedência mínima de 1(uma) hora, munido de:

a) original de um dos documentos de identificação referidos no item 3.1.c do Capítulo IV deste edital;

b) caneta esferográfica de tinta azul ou preta, lápis preto n.º 2 e borracha; e

c) comprovante de inscrição.

16. O candidato deverá marcar as respostas, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, bem como assinar no campo apropriado.

16.1. Não será computada questão com emenda ou rasura, ainda que legível, nem questão não respondida ou que contenha mais de uma resposta, mesmo que uma delas esteja correta.

16.2. Não deverá ser feita nenhuma marca fora do campo reservado às respostas ou à assinatura, vez que qualquer marca poderá ser identificada pelos meios de correção, prejudicando o desempenho do candidato.

17. Eventuais pertences pessoais deverão ser depositados em local indicado pelos fiscais de sala durante todo o período de permanência dos candidatos no local da prova, não se responsabilizando a liberal Consultoria por perdas, extravios ou danos que ocorrerem.

18. Durante a realização da prova, não será permitida nenhuma espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos, nem a utilização de máquina calculadora, livros, códigos, manuais, impressos ou quaisquer anotações.

19. Motivará a eliminação do candidato, sem prejuízo das sanções penais cabíveis, a burla ou a tentativa de burla a quaisquer das normas definidas neste Edital ou a outras relativas ao Concurso, aos comunicados, às instruções ao candidato ou às instruções constantes da prova.

20. Será ainda excluído do Concurso Público o candidato que:

a) apresentar-se após o horário estabelecido, inadmitindo-se qualquer tolerância;

b) não comparecer às provas, qualquer que seja o motivo alegado;

c) não apresentar documento que bem o identifique, de acordo com o item 10 e item 15, alínea "a", deste Capítulo;

d) ausentar-se da sala de provas sem o acompanhamento do fiscal, ou antes de decorrida uma hora do início da aplicação das provas;

e) for surpreendido, durante a realização das provas, em comunicação com outro candidato, bem como utilizando-se de quaisquer dos recursos mencionados no item 18 deste Capítulo;

f) estiver portando ou fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação (bip, telefone celular, relógios digitais, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador ou outros equipamentos similares), bem como de protetores auriculares;

g) fizer anotação de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição ou em qualquer outro meio, que não o fornecido pela Liberal Assessoria e Consultoria S/C;

h) ausentar-se da sala de provas levando a Folha de Respostas ou outros materiais não permitidos;

i) utilizar-se de meios ilícitos para a execução das provas;

j) não devolver integralmente o material recebido;

k) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;

l) estiver portando armas, mesmo que possua o respectivo porte, e

m) tratar incorretamente ou agir com descortesia em relação a qualquer pessoa envolvida na aplicação das provas, bem como aos Coordenadores e seus Auxiliares ou Autoridades presentes.

21. O candidato, ao terminar a prova, entregará ao fiscal o Caderno de Questões juntamente com a Folha de Respostas.

22. Poderá participar do Concurso Público objeto deste Edital o candidato cujo nome, por qualquer motivo, no dia da prova, não constar das listagens oficiais estabelecidas no Edital de Convocação, desde que apresente o respectivo comprovante de recolhimento tempestivo do valor da inscrição e mediante preenchimento de formulário específico, observadas as demais regras constantes deste Edital.

22.1. A inclusão da inscrição de que trata este item está condicionada à verificação da sua regularidade pela Liberal Assessoria e Consultoria S/C, na fase do julgamento das Provas Objetivas.

22.2. Constatada a irregularidade da inscrição, a inclusão será automaticamente cancelada independentemente de qualquer formalidade, considerados nulos todos os atos dela decorrentes.

23. Quando, após a prova, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, sua prova será anulada e o mesmo será automaticamente eliminado do Concurso.

24. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em virtude de afastamento do candidato da sala de prova.

25. Em hipótese nenhuma será realizada qualquer prova fora do local, data e horário determinados.

26. Por razões de ordem técnica e segurança, a Liberal Assessoria e Consultoria S/C somente disponibilizará os exemplares dos Cadernos de Provas aos candidatos, após o enceramento da aplicação das provas, quando as mesmas serão colocadas a disposição dos candidatos no local onde a mesma foi aplicada.

26.1. Para o candidato reaver sua prova, se de seu interesse, este deverá identifica-la com o seu nome.

VIII. DO JULGAMENTO DAS PROVAS OBJETIVAS PARA TODOS OS CARGOS

1. A nota para cada questão da prova objetiva, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: (+) 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova.

2. O cálculo da nota da prova objetiva, comum às provas de todos os candidatos, será igual à soma dos pontos obtidos em todas as questões que a compõem.

3. Será reprovado na prova objetiva e eliminado do concurso o candidato que obtiver nota menor que 50% (cinquenta por cento) do total de pontos atribuídos à prova objetiva.

4. Será também reprovado, independentemente do número de pontos totais obtidos, o candidato que obtiver nota igual a zero em uma ou mais matérias em avaliação na prova objetiva de conhecimento.

5. Os candidatos não-eliminados segundo os critérios definidos neste Edital, serão ordenados de acordo com os valores decrescentes do total geral de pontos obtidos.

6. Com base na lista de candidatos, serão considerados aprovados os candidatos classificados em até três vezes o número de vagas oferecido para cada cargo, respeitados os empates na última colocação.

7. Os candidatos colocados em posição superior a três vezes o número de vagas oferecidas para o cargo, ou para portadores de deficiência física, respectivamente, estarão automaticamente eliminados do concurso e não terão classificação.

8. Em hipótese alguma haverá segunda chamada para a prova objetiva de conhecimento ou sua realização fora da data, do horário, do local predeterminados.

IX DO JULGAMENTO DAS PROVAS PRATICAS

1. Prova prática para os candidatos aos Cargos de COVEIRO, GARI, JARDINEIRO, MAGAREFE, MECÂNICO, MOTORISTA, OPERADOR DE MÁQAUINA LEVE, OPERADOR DE MÁQUINA PESADA, SERVENTE DE PEDREIRO, SERVENTUAL, SOLDADOR e VIGIA/RONDANTE, classificados na prova objetiva até três vezes o número de vagas oferecido para cada cargo. Serão convocados, por Edital, para prestar prova prática na Cidade de Cruzília-MG, em local, data e horário a serem divulgados no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais e no mural de publicação da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG.

2. Ao total de candidatos classificados, na forma estabelecida no item 6, do capítulo VIII, serão acrescidos aqueles que tiverem sua nota final na prova objetiva empatada com a do último candidato convocado.

3. Os demais candidatos não convocados para a prova prática serão, automaticamente, considerados reprovados, para todos os efeitos.

4. A prova prática, de caráter classificatório, constará de avaliação do conhecimento e das habilidades do candidato na execução dos serviços pertinentes ao cargo concorrido, que poderá ser realizada com a execução das tarefas pertinentes ao cargo, ou com a exposição pelo candidato na forma escrita de como executar determinada tarefa pertinente ao cargo concorrido, ou ainda, através de entrevista prática, destarte, devendo o candidato estar preparado para se submeter a todas estas hipóteses de avaliação.

5. Será também reprovado, independentemente do número de pontos totais obtidos na prova objetiva de conhecimentos, o candidato ausente ou que obtiver nota igual a zero na prova prática.

6. A prova prática será realizada sob a orientação e avaliação de profissional técnico devidamente habilitado na respectiva área, em se tratado de execução prática ou entrevista prática.

7. A prova pratica para os cargos de Motorista e Operadores de Máquinas será realizada sob orientação, supervisão e avaliação de profissionais do DETRAN-MG ou por ele credenciados.

8. O desempenho do candidato na prova prática de direção veicular ou operação de máquinas será registrado pelo Examinador em Ficha Individual de Avaliação.

9. O candidato deverá comparecer para prestar a prova prática munido de documento de identidade original e comprovante de inscrição no concurso.

10. Os candidatos ao cargo de Motorista e Operadores de Máquinas deverão comparecer munidos dos documentos de identidade original, comprovante de inscrição no concurso, além da Carteira Nacional de Habilitação na categoria exigida para o respectivo cargo. A não apresentação da CNH implicará na eliminação do candidato e seu impedimento de realizar a prova prática.

11. O candidato que, uma vez convocado, deixar de comparecer à prova prática de direção, será, automaticamente, eliminado do concurso.

12. Em hipótese alguma haverá segunda chamada para a prova prática ou sua realização fora da data, do horário, do local predeterminados.

13. A Prova prática para todos os cargos descritos no item 1 de capítulo, valerá 20,00 (vinte pontos).

14. A prova prática terá duração máxima de 60 (sessenta) minutos.

X. DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

1. Para os Cargos cuja exigência de escolaridade é o nível superior, avaliar-se-á títulos na forma regulamentada por este capítulo.

2. Para o julgamento de títulos, de caráter classificatório, serão recebidos e julgados apenas os títulos dos candidatos que forem aprovados na provas objetiva de múltipla escolha, observado o número máximo de candidato classificados por vaga conforme disposto no item 6, do capítulo VIII, deste Edital, sendo atribuído o máximo de 10 (dez) pontos, conforme abaixo discriminado:

TÍTULOS

PONTOS

. Especialização na área de atuação candidato, com o mínimo de 360 horas, realizada em instituição de ensino reconhecida pelo MEC ou pelo CEE

2,0 (dois) pontos

Até o máximo de 10 (dez) pontos

. Mestrado na área de atuação do candidato, realizado em instituição de ensino reconhecida pelo MEC ou pelo CEE

3,0 (três) pontos

. Doutorado na área de atuação do candidato, realizado em instituição de ensino reconhecida pelo MEC ou pelo CEE

5,0 (cinco) pontos

2.1.1. Os títulos dos candidatos aprovados na prova objetiva, dentro do número limite de candidatos classificados, imposto pelo item 6, do capítulo VIII, deverão ser entregues na sede da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, nos cinco dias úteis subseqüente à divulgação do resultado definitivo das provas objetivas, no horário de 13h às 17h. Os títulos deverão ser entregues em envelope aberto (Tamanho: 260 x 360 mm), contendo externamente em sua face frontal, os seguintes dados: Concurso Público - Edital 01/2007, o nome, o número de inscrição do candidato e o cargo.

2.1.1.1. A Prefeitura emitirá um protocolo de recebimento, com o número de documentos apresentados.

2.1.2. Só serão considerados os títulos que tiverem correlação com a área de Educação, sendo pontuados apenas 01 título de Especialização, 01 de Mestrado e 01 de Doutorado.

2.1.2.1. A comprovação de títulos referentes a pós-graduação: especialização em nível "lato sensu" será feita mediante a apresentação de fotocópia autenticada em cartório do certificado de conclusão (frente e verso), expedido por instituição superior reconhecida pelo MEC ou pelo CEE, com indicação da carga horária e dos conteúdos ministrados. Não se aceitará: declarações, atestados e documentos em língua estrangeira.

2.1.2.2. A comprovação de títulos referentes a pós-graduação "stricto-sensu" (Mestrado e Doutorado) será feita mediante apresentação de fotocópias autenticadas em cartório dos respectivos diplomas (frente e verso), expedidos por instituição superior reconhecida pelo MEC ou pelo CEE ou de fotocópias autenticadas em cartório das Atas das Bancas Examinadoras, devidamente assinadas, comprovando a aprovação das dissertações ou teses. Não se aceitará: declarações, atestados e documentos em língua estrangeira.

2.1.2.3. Os candidatos detentores de Mestrado ou Doutorado realizados em universidades estrangeiras só terão seus cursos considerados, se seus diplomas tiverem sido revalidados por universidade brasileira.

2.1.3 Será de responsabilidade exclusiva do candidato a entrega da documentação referente a títulos, não sendo aceitos títulos entregues via correio, fax ou Internet e/ou fora do prazo estabelecido.

2.1.4. Serão recusados, liminarmente, os títulos que não atenderem às exigências deste Edital.

2.1.5. Em hipótese alguma a documentação referente a títulos será devolvida aos candidatos após a realização do concurso.

XI. DA CLASSIFICAÇÃO FINAL DOS CANDIDATOS

1. Para os cargos que não exigem prova prática e/ou título: a nota final dos candidatos habilitados será igual ao total de pontos obtido nas Provas Objetivas de Conhecimentos Básicos e de Conhecimentos Específicos.

2. Para os cargos que exigem prova prática: a nota final dos candidatos habilitados será igual ao total de pontos obtido nas Provas Objetivas de Conhecimentos Básicos e Prova Prática.

3. Para os cargo que contam títulos: a nota final dos candidatos habilitados será igual ao total de pontos obtido nas Provas Objetivas de Conhecimentos Básicos e de Conhecimentos Específicos e o total de pontos atribuídos aos títulos.

4. Para todos os cargos, os candidatos aprovados serão classificados em ordem decrescente da nota final, em listas de classificação para cada Cargo.

5. Na hipótese de igualdade de nota final para todos os Cargos que não exigem Prova Prática: terá preferência, para fins de desempate, após a observância do disposto no parágrafo único do artigo 27 da Lei n.º 10.741, de 1º/10/2003 (Estatuto do Idoso), sucessivamente, o candidato que:

5.1. obtiver maior nota na Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos;

5.2. tiver maior idade.

6. Na hipótese de igualdade de nota final para todos os Cargos que exigem Prova Prática: terá preferência, para fins de desempate, após a observância do disposto no parágrafo único do artigo 27 da Lei n.º 10.741, de 1º/10/2003 (Estatuto do Idoso), sucessivamente, o candidato que:

6.1. obtiver maior nota na Prova Prática;

6.2. tiver maior idade.

7. O resultado final do concurso conterá somente o nome dos candidatos aprovados e classificados e será publicado em duas listas, por Cargo, em ordem classificatória: uma com a relação de todos os candidatos, inclusive os portadores de deficiência, e outra somente com a relação dos portadores de deficiência, quando houver classificados.

XII. DOS RECURSOS

1. Será admitido recurso quanto:

a) indeferimento de Laudo Médico pela Equipe Multiprofissional;

b) à aplicação das Provas;

c) às questões das Provas Objetivas e gabaritos preliminares;

d) ao resultado das Provas (Objetivas/Práticas);

2. O prazo para interposição de recurso será de 2 (dois) dias úteis após a concretização do evento que lhes disser respeito (indeferimento de Laudo Médico, aplicação das provas, formulação das questões das provas, divulgação de gabaritos preliminares, divulgação do resultado das Provas Objetivas/Práticas), tendo como termo inicial o 1º dia útil subseqüente à data do evento a ser recorrido.

3. Admitir-se-á um único recurso por candidato, para cada evento referido no item 1, deste Capítulo, devidamente fundamentado, sendo desconsiderado recurso de igual teor.

4. Os recursos mencionados no item 1 deste Capítulo, alíneas "b, c e d", deverão ser remetidos por intermédio dos Correios, via SEDEX, à Liberal Assessoria e Consultoria Sociedade Civil Ltda, Rua dos Guajajaras, 628, Conj. 105, Bairro de Lourdes, Belo Horizonte-MG, CEP 30.180-100.

4.1. O recurso mencionado na alínea "a" do item 1 deste Capítulo, deverá ser dirigido ao Prefeito Municipal de Cruzília, através de protocolo diretamente na sede da Prefeitura Municipal.

4.2. O recurso interposto fora do respectivo prazo não será aceito, sendo considerada, para tanto, a data da postagem.

4.3. Não serão aceitos os recursos interpostos em prazo destinado a evento diverso do questionado.

5. Os candidatos deverão enviar o recurso em duas vias. Os recursos deverão ser digitados ou datilografados. Cada questão ou item deverá ser apresentado em folha separada, identificada conforme modelo que estará disponível ao candidato no Serviço de pessoal da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG.

6. Não serão aceitos recursos interpostos por fac-simile (fax), telex, Internet, telegrama ou outro meio que não seja o especificado neste Edital.

7. A Banca Examinadora constitui última instância para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

8. Os recursos interpostos em desacordo com as especificações contidas neste Capítulo não serão avaliados.

9. O(s) ponto(s) relativo(s) à(s) questão(ões) eventualmente anulada(s) será(ão) atribuído(s) a todos os candidatos presentes à prova, independentemente de formulação de recurso.

10. O gabarito divulgado poderá ser alterado, em função dos recursos impetrados e as provas serão corrigidas de acordo com o gabarito oficial definitivo.

11. Na ocorrência do disposto nos itens 9 e 10, poderá haver, eventualmente, alteração da classificação inicial obtida para uma classificação superior ou inferior, ou, ainda, poderá ocorrer a desclassificação do candidato que não obtiver a nota mínima exigida para a prova.

12. As decisões dos recursos serão dadas a conhecer, coletivamente.

XIII DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO

1. Ter sido aprovado no concurso, na forma estabelecida neste edital.

2. Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do §1º, do art. 12 da Constituição Federal.

3. Possuir diploma que comprove escolaridade e/ou formação profissional exigida para o respectivo cargo, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

4. Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos.

5. Comprovante de inscrição no CPF;

6. Comprovante de inscrição no PIS ou PASEP;

7. Declaração de acumulação de cargo ou função pública, quando for o caso, ou a sua negativa;

8. Comprovante de quitação com as obrigações eleitorais (titulo de eleitor e comprovante de votação na última eleição e/ou justificativa de não-votação, ou certidão da Justiça Eleitoral de onde reside) e com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino - Leis 4.375/64 e 4.754/65 e Decreto 57.654/66

9. Apresentar certidões dos setores de distribuição dos forros criminais dos lugares em que tenha residido nos últimos cinco anos, das Justiças Federal e Estadual.

10. Apresentar declaração do(s) órgão(s) público(s) a que esteja ou esteve vinculado nos últimos 05(cinco) anos, registrando que o candidato tem situação jurídica compatível com a nova investidura em cargo público municipal.

11. Apresentar declaração quanto ao exercício ou não de outro cargo, emprego ou função pública e sobre recebimento de provento decorrente de aposentadoria e pensão.

12. Apresentar declaração de bens e valores que constituam patrimônio, se casado(a), a do cônjuge, na forma da Lei 8.429/92.

13. Submeter-se a exame de higidez física e mental, capacitante ou incapacitante, de responsabilidade exclusiva da Prefeitura Municipal de Cruzília -MG, com o objetivo de aferir se as condições físicas e psíquica são adequadas ao exercício das atividades inerentes ao cargo.

14. Providenciar, a suas expensas, se solicitado, os exames laboratoriais e complementares necessários à realização do exame médico a que será submetido.

15. Comprovar a escolaridade exigida para o cargo.

16. Apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da posse.

17. Estará impedido de tomar posse o candidato:

17.1. que deixar de comprovar qualquer um dos requisitos especificados neste item e daqueles que vierem a ser estabelecidos em editais posteriores.

18. Para efeito de nomeação e posse dos Cargos de Professor de Educação Básica I e II, havendo candidatos aprovados para os dois cargos, somente será nomeado o candidato aprovado para o Cargo de Professor de Educação Básica I, após preenchidas das vagas oferecidas para o Cargo de Professor de Educação Básica II.

19. O presente certame visa selecionar candidatos para provimento de cargos vagos na Administração Pública Municipal, sendo que as vagas poderão ocorrer na zona urbana ou não zona rural, portanto o local de lotação do candidato aprovado estará subordinado ao interesse público e a conveniência administrativa, destarte poderá ocorrer na zona urbana ou zona rural.

XIV. DA HOMOLOGAÇÃO

1. O resultado final do Concurso, após decididos todos os recursos interpostos, será homologado pelo Prefeito Municipal de Cruzília-MG e publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais.

XV. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

1. A inscrição do candidato implicará o conhecimento das presentes instruções e a tácita aceitação das condições do Concurso, tais como se acham estabelecidas no Edital e nas normas legais pertinentes, bem como em eventuais aditamentos e instruções específicas para a realização do certame, acerca das quais não poderá alegar desconhecimento.

2. Legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste Edital, bem como as alterações em dispositivos de lei e atos normativos a ela posteriores, não serão objeto de avaliação nas provas do Concurso.

3. Todos os cálculos descritos neste Edital, relativos ao julgamento das provas e classificação, serão realizados com números inteiros.

4. O Concurso Público terá validade de 01 (um) ano, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, por igual período, a critério do Poder Executivo Municipal de Cruzília-MG.

5. Os atos relativos ao presente Concurso, a exemplo de convocações, avisos e resultados serão publicados na Imprensa Oficial, na forma de extrato, (Diário Oficial do Estado de Minas Gerais), Prefeitura e Câmara Municipal de Cruzília-MG.

5.1. Caso o mesmo ato seja publicado em datas distintas, contar-se-á o prazo da última publicação realizada.

6. Será publicada no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, apenas a lista de resultados dos candidatos habilitados no Concurso, conforme estabelece este Edital.

6.1. A lista contendo a Classificação por Cargo será disponibilizada no site da Liberal Assessoria e Consultoria Sociedade Civil Ltda: www.liberalconsultores.com.br

7. O acompanhamento das publicações de Editais, avisos e comunicados relacionados ao Concurso Público é de responsabilidade exclusiva do candidato. Não serão prestadas informações relativas ao resultado do Concurso Público por telefone.

8. A aprovação e classificação no Concurso geram para o candidato apenas expectativa de direito à nomeação.

9. O Poder Executivo Municipal reserva-se o direito de proceder às nomeações, em número que atenda ao interesse e à necessidade do serviço, de acordo com a disponibilidade orçamentária e o número de vagas existentes.

10. Não serão fornecidos atestados, declarações, certificados ou certidões relativos à habilitação, classificação, ou nota de candidatos, valendo para tal fim, a publicação do resultado final e homologação em órgão de divulgação oficial.

11. A qualquer tempo poder-se-á anular a inscrição, prova e/ou tornar sem efeito a nomeação do candidato, desde que verificadas falsidades ou inexatidões de declarações ou irregularidades na inscrição, nas provas ou nos documentos.

12. As despesas relativas à participação do candidato no Concurso para provimento de cargos e a apresentação para posse e exercício correrão às expensas do próprio candidato.

13. A Prefeitura Municipal de Cruzília-MG e a Liberal Assessoria e Consultoria S/C não se responsabilizam por quaisquer cursos, textos e apostilas referentes a este Concurso.

14. Em caso de alteração dos dados pessoais (nome, endereço, telefone para contato) constantes na Ficha ou no Formulário de Inscrição, o candidato deverá dirigir-se à sala de coordenação do local em que estiver prestando provas e solicitar a correção.

15. A Prefeitura Municipal de Cruzília-MG e a Liberal Assessoria e Consultoria S/C não se responsabilizam por prejuízos de qualquer ordem, causados ao candidato, decorrentes de:

a) endereço não atualizado;

b) endereço de difícil acesso;

c) correspondência devolvida pela Empresa de Correios e Telégrafos - ECT por razões diversas de fornecimento e/ou endereço errado do candidato;

d) correspondência recebida por terceiros.

16. Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, até a data da convocação dos candidatos para as provas correspondentes, circunstância que será mencionada em Edital ou aviso a ser publicado.

17. Os casos em que houver omissão ou forem duvidosos serão resolvidos pela Liberal Assessoria e Consultoria Sociedade Civil Ltda e a Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, com a participação da Comissão Fiscalizadora do Concurso, criada pela Portaria nº. 039, de 11 de outubro de 2.007, no que a cada um couber.

JOSÉ CARLOS MACIEL DE ALKMIN
Prefeito Municipal

Comissão Especial de Fiscalização e Acompanhamento do Concurso Público:

EDMAR FERREIRA PEREIRA

MARIA LÚCIA PEREIRA

SEBASTIÃO NELSON XAVIER

ANEXO I

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

NÍVEL DE ESCOLARIDADE: ALFABETIZADO

CARGOS: MOTORISTA, SERVENTUAL, VIGIA/RONDANTE, SERVIÇAL, AJUDANTE DE SERVIÇO PÚBLICO, COVEIRO, GARI, JARDINEIRO, MECÂNICO, OPERADOR DE MÁQAUINA LEVE, OPERADOR DE MÁQUINA PESADA, PEDREIRO, PINTOR, SERVENTE DE PEDREIRO, SOLDADOR, OPERÁRIO, MAGAREFE E ZELADOR.

OBS. Entende-se como Alfabetizado o(a) cidadão (ã), capaz de lêr, escrever e interpretar texto de simples compreensão, conhecer e desenvolver as operações básicas da matemática.

CONHECIMENTOS BÁSICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROGRAMA: 1. Leitura e Interpretação de texto. 2. Ortografia. 3. Divisão Silábica. 4. Acentuação Gráfica. 5. Verbo: conjugação e emprego dos tempos e modos verbais. 6. Substantivo e adjetivo. Pronome pessoal, demonstrativo e possessivo. 7. Sinônimos e antônimos. 8. A estrutura do período simples, termos da oração.

CONHECIMENTOS BÁSICOS DE MATEMÁTICA

PROGRAMA: 1. Números naturais e operações: a) Escrita e leitura de números até milhões; valor relativo e valor absoluto. b) Múltiplos e divisores de um número, regras de divisibilidade, números primos. c) Problemas relacionados a situações da vida diária, envolvendo as quatro operações. 2. Números racionais: a) Escrita e leitura de números racionais através de frações e de números decimais. b) Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão, envolvendo os casos mais simples. c) Problemas relacionados a situações da vida diária, envolvendo as quatro operações. 3. Porcentagem: a) Cálculo da porcentagem de números, de juros e de descontos. b) Problemas relacionados a situações da vida diária, envolvendo o cálculo da porcentagem. 4. Sistema monetário: a) O meio circulante brasileiro, como se escreve e como deve ser lido. b) Preço, salário, vantagens e descontos. c) O que significa o que é caro e o que é barato, compras à vista e à prestação. d) Resolução de problemas, envolvendo os conteúdos indicados. 5. Sistema métrico: a) comprimento, capacidade, massa, tempo, superfície e volume e suas aplicações. b) Resolução de problemas, envolvendo os conteúdos indicados.

NÍVEL DE ESCOLARIDADE: ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

CARGOS: AGENTE EPIDEMIOLÓGICO e INSPETOR DE ALUNO

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROGRAMA: 1 - Conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua: A - Estrutura fonética: encontros vocálicos e consonantais, dígrafo, divisão silábica, ortografia, acentuação gráfica. B - Classes de palavras: classificação, flexões nominais e verbais. C - Teoria Geral da Frase e sua análise: orações, períodos e funções sintáticas. D - Sintaxe de concordância: concordâncias verbal e nominal. E - Colocação de pronomes: próclise, mesóclise, ênclise. F - Pontuação. G - Crase. 2 - Interpretação de texto.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA

PROGRAMA: 1. Conjunto dos números naturais: a numeração decimal; operações e resoluções de problemas. 2. Múltiplos e divisores de um número natural: divisibilidade; máximo divisor comum; mínimo múltiplo comum. 3. Números fracionários; operações com números fracionários; resolução de problemas. 4. Frações e números decimais.Operações com números decimais. 5. Sistema Métrico Decimal: Perímetro de figuras planas. Áreas dos retângulos, dos quadrados e dos triângulos. Volume dos paralelepípedos retângulos e dos cubos. Resoluções de problemas. 6. Conjunto dos números inteiros relativos: operações e resoluções de problemas. 7. Conjunto dos números racionais: resoluções de equações do 1º grau. Resoluções de problemas. 8. Razão e proporção: propriedades das proporções; divisão proporcional; média aritmética simples e ponderada; regra de três simples; regra de três, composta. 9. Porcentagem, juros simples e montante.

NÍVEL DE ESCOLARIDADE: ENSINO MÉDIO COMPLETO

CARGOS: ATENDENTE DE FARMÁCIA, AUXILIAR ADMINISTRATIVO, AUXILIAR DE BIBLIOTECA, AUXILIAR DE ENFERMAGEM, AUXILIAR DE SECRETARIA ESCOLAR, FISCAL SANITÁRIO, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I, RECEPCIONISTA, T.N.M. TÉCNICO EM CONTABILIDADE, T.N.M. TÉCNICO EM ENFERMAGEM

CONHECIMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROGRAMA: 1. Leitura, compreensão e interpretação de textos. 2. Conhecimentos lingüísticos gerais e específicos. 3. relativos à leitura e produção de textos. 4. Conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua. 5. Estrutura fonética: encontros vocálicos e consonantais, dígrafo, divisão silábica, ortografia, acentuação tônica e gráfica. 6. Classes de palavras: classificação, flexões nominais e verbais, emprego. 7. Teoria geral da frase e sua análise: orações, períodos e funções sintáticas. 8. Sintaxe de concordância: concordância nominal e verbal (casos gerais e particulares). 9. Crase. 10. Colocação de pronomes: próclise, mesóclise e ênclise. 11. Pontuação: emprego dos sinais de pontuação.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA

PROGRAMA: 1. Conjunto dos números naturais: a numeração decimal; operações e resoluções de problemas. 2. Múltiplos e divisores de um número natural: divisibilidade; máximo divisor comum; mínimo múltiplo comum. 3. Números fracionários: operações com números fracionários; resoluções de problemas. 4. Frações e números decimais: Operações com números decimais. 5. Sistemas Métrico Decimal: Perímetro de figuras planas. Áreas dos retângulos, dos quadrados e dos triângulos. Volumes dos paralelepípedos retângulos e dos cubos. Resoluções de problemas. 6. Conjunto dos números inteiros relativos: Operações e resoluções de problemas. 7. Conjunto dos números racionais: Resolução de equações do 1º grau. Resolução de problemas. 8.Razão e proporção. Propriedades das proporções. Divisão proporcional. Média aritmética simples e ponderada. Regra de três simples. Regra de três, composta. 9. Porcentagem, juros simples e montante. 10. Conjunto dos números reais: Operações com polinômios. Produtos notáveis. Fatoração. Sistemas de equações do 1º grau com duas incógnitas. Equações do 2º grau. Resolução de problemas. 11. Relações métricas e trigonométricas nos triângulos retângulos: aplicação do teorema de Pitágoras. 12. Funções: Função do 1º grau. Função quadrática. Função exponencial. Função logarítmica. 13. Resolução de sistemas lineares. 14. Análise Combinatória Simples.

NÍVEL DE ESCOLARIDADE: ENSINO SUPERIOR

CARGOS: ESPECIALISTA DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II , PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA III - Todas especialidades, T.N.S. - ASSISTENTE SOCIAL, T.N.S. - CIRURGIÃO DENTISTA, T.N.S. - CONTADOR, T.N.S. - ENFERMEIRO, T.N.S. - FARMACÊUTICO, T.N.S. - FARMACÊUTICO/BIOQUÍMICO, T.N.S.- FISIOTERAPEUTA, T.N.S.-FONOAUDIÓLOGO, T.N.S. - NUTRICIONISTA e T.N.S - PSICÓLOGO.

CONHECIMENTO DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROGRAMA: 1. Leitura, compreensão e interpretação de textos. 2. Conhecimentos lingüísticos gerais e específicos. 3. relativos à leitura e produção de textos. 4. Conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua. 5. Estrutura fonética: encontros vocálicos e consonantais, dígrafo, divisão silábica, ortografia, acentuação tônica e gráfica. 6. Classes de palavras: classificação, flexões nominais e verbais, emprego. 7. Teoria geral da frase e sua análise: orações, períodos e funções sintáticas. 8. Sintaxe de concordância: concordância nominal e verbal (casos gerais e particulares). 9. Crase. 10. Colocação de pronomes: próclise, mesóclise e ênclise. 11. Pontuação: emprego dos sinais de pontuação.

MATÉRIAS ESPECÍFICAS COMUNS

SAÚDE PÚBLICA

CARGOS: AGENTE EPIDEMIOLÓGICO, ATENDENTE DE FARMÁCIA, AUXILIAR DE ENFERMAGEM, T.N.M. TÉCNICO EM ENFERMAGEM, T.N.S. - ASSISTENTE SOCIAL, T.N.S. - CIRURGIÃO DENTISTA, T.N.S. - ENFERMEIRO, T.N.S. - FARMACÊUTICO, T.N.S. - FARMACÊUTICO/BIOQUÍMICO, T.N.S.- FISIOTERAPEUTA, T.N.S.-FONOAUDIÓLOGO, T.N.S. - NUTRICIONISTA e T.N.S - PSICÓLOGO.

PROGRAMA: 1. Organização dos Serviços de Saúde no Brasil - Sistema Único de Saúde: antecedentes históricos, princípios e diretrizes do SUS, controle social - organização da gestão colegiada, financiamento do SUS, legislação e normalização complementar do SUS. 2. Planejamento e Programação Local de Saúde. 3. A medida da saúde coletiva: indicadores de saúde. 4. Administração e inovação nos serviços públicos de saúde. 5. Ações coletivas de saúde, vigilância epidemiológica, vigilância sanitária, controle das principais zoonoses. 6. Modelo Assistencial. Política Nacional de Humanização.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA

CARGOS: AUXILIAR ADMINISTRATIVO, AUXILIAR DE BIBLIOTECA, AUXILIAR DE SECRETARIA ESCOLAR, T.N.M - TÉCNICO EM CONTABILIDADE e T.N.S.- CONTADOR.

PROGRAMA: 1. Sistema Operacional Microsoft Windows: a) Configurações básicas do Sistema Operacional (painel de controle). b) Organização de pastas e arquivos. c) Operações de manipulação de pastas e arquivos (copiar, mover, excluir e renomear). d) Mapeamento de unidades de rede. 2. Editor de Textos Microsoft Word: a) Criação, edição, formatação e impressão. b) Criação e manipulação de tabelas. c) Inserção e formatação de gráficos e figuras. d) Geração de mala direta. 3. Planilha Eletrônica Microsoft Excel: a) Criação, edição, formatação e impressão. b) Utilização de fórmulas. c) Geração de gráficos. d) Classificação e organização de dados. 4. Internet: a) Produção, manipulação e organização de mensagens eletrônicas (e-mail).

CONHECIMENTOS GERAIS

CARGOS: INSPETOR DE ALUNOS, AGENTE EPIDEMIOLÓGICO, AUXILIAR DE BIBLIOTECA e RECEPCIONISTA.

PROGRAMA: 1. Conhecimentos gerais sobre Geografia, Literatura, Artes, Política, História, Estudos Sociais, dados e atualidades regionais, atualidades do Brasil e do mundo.

FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO

CARGOS: ESPECIALISTA DE EDUCAÇÃO BÁSICA-SUPERVISOR PEDAGÓGICO, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I, II e III

PROGRAMA: 1.Fundamentos filosóficos, psicológicos, sociológicos e históricos da educação: Concepções filosóficas da educação; Relação entre educação, sociedade e cultura; A escola como instituição social; Teorias do desenvolvimento e da aprendizagem. 2. Fundamentos didático-metodológicos da Educação: Tendências pedagógicas na prática escolar; Planejamento, metodologia e avaliação do processo ensino/aprendizagem; Projeto Político Pedagógico. 3. Fundamentos legais da Educação: Constituição Federal de 1988 - capítulo da Educação; Educação básica na Lei nº 9.394/96 (LDBEN); Parâmetros Curriculares Nacionais da Educação Básica

MATÉRIAS ESPECÍFICAS POR CARGO

CONHECIMENTO ESPECÍFICO

CARGO: AGENTE EPIDEMIOLÓGICO

PROGRAMA: 1. Organização dos Serviços de Saúde no Brasil - Sistema Único de Saúde: antecedentes históricos, princípios e diretrizes do SUS, controle social - organização da gestão colegiada, financiamento do SUS, legislação e normalização complementar do SUS. 2. Planejamento e Programação Local de Saúde. 3. A medida da saúde coletiva: indicadores de saúde. 4. Administração e inovação nos serviços públicos de saúde. 5. Ações coletivas de saúde, vigilância epidemiológica, vigilância sanitária, controle das principais zoonoses. 6. Modelo Assistencial. Política Nacional de Humanização.

CARGO: ATENDENTE DE FARMÁCIA

PROGRAMA: 1 - Conceito, objetivos e atribuições da Farmácia Hospitalar e Drogaria. 2 - Requisitos técnicos e exigências legais para instalação, licenciamento e funcionamento de Farmácia Hospitalar e Drogaria. 3 - Iniciação ao conhecimento de medicamentos. 4 - Noções de estoque e armazenamento de medicamentos. 5 - Dispensação de medicamentos. 6 - Preparação de fórmulas e Farmácia Galênica. 7 - Noções de farmacotécnica. 8 - Noções de farmacologia (ações das principais drogas e principais drogas que afetam os sistemas orgânicos). 9 - Noções de higiene e primeiros socorros. 10 - Parasitologia (parasitas mais comuns - Leishmania, Trypanossoma, Taenia, Giardia, Toxoplasma). 11 - Microbiologia (Enterobactérias, Micobactérias e Estreptococos). 12 - Legislação Sanitária e Farmacêutica. 13 - Lei nº 3.820, de 11 de novembro de 1960. 14 - Lei nº 5991, de 17 de dezembro de 1973.

CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

PROGRAMA: NOÇÕES DE DIREITO: CONSTITUCIONAL: I - A Constituição da República Federativa do Brasil, de 5/10/88: 1.Princípios Fundamentais. 2.Direitos e Garantias Fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direitos sociais; nacionalidade. 3.Administração Pública: disposições gerais; servidores públicos civis. 4. Os três Poderes constituídos nos três níveis de governo. 5. A Lei Orgânica do Município de Cruzília - MG. ADMINISTRATIVO: 1.Atos Administrativos: conceito; requisitos; atributos; classificação; invalidação. 2.Contratos Administrativos: idéia central sobre contrato; formalização; execução. 3. Licitações: Conceitos e aplicabilidade da Lei Fedral nº 8.666, de 21/6/93, e suas alterações). 4. A inovação inaugurada pela Lei Federal 10.520/2002 - modalidade pregão - conceitos e aplicabilidade.

CARGO: AUXILIAR DE BIBLIOTECA

PROGRAMA: 1. Conhecimentos gerais sobre Geografia, Literatura, Artes, Política, História, Estudos Sociais, dados e atualidades regionais, atualidades do Brasil e do mundo.

CARGO: AUXILIAR DE ENFERMAGEM

PROGRAMA: 1. Organização da assistência e cuidados de enfermagem à mulher, a criança, adolescente, ao adulto, ao idoso e saúde mental. 2 -Cuidados de Enfermagem na prevenção e controle de doenças infecto contagiosas, sexualmente transmissíveis e de doenças crônicas e degenerativas. 3 - Imunização: Vacinas e rede de frio. 4 - Executar Técnicas de Enfermagem: tais como sinais vitais, sondagens, higienização, procedimentos e técnicas pre-hospitalares, administração de medicamentos, administração de dietas, coleta de material para exame, oxigenoterapia, nebulização, procedimento pós-morte. 5 - Cuidados de Enfermagem no tratamento de feridas e prevenção de lesões cutâneas. 6 - Central de Material Esterelizado: Métodos e procedimentos específicos de Limpeza, desinfecção e esterilização. 7 - Políticas institucionais de Humanização da Assistência. 8 - Prontuário e Registro de enfermagem. 9 - Assistência domiciliar de enfermagem. 10 - Resíduos de Saúde.

CARGO: AUXILIAR DE SECRETARIA ESCOLAR

PROGRAMA: 1.Escrituração Escolar: a-Escrituração referente ao docente, especialista e pessoal administrativo b- Livro de escrituração escolar: Tipos e Finalidades. 2.Instrumentos utilizados para o registro da vida escolar do aluno - Organização didática: matrícula, atas, transferências, ficha individual, histórico escolar, boletim escolar, diário de classe, declaração provisória de transferência, certificados, diplomas. 3.Arquivo: finalidade, tipos, importância, Organização, Processo de incineração, microfilmagem e informática. 4. Regimento Escolar e Proposta Pedagógica. 5. Quadro Curricular. 6. Legislação aplicável à educação.

CARGO: ESPECIALISTA DE EDUCAÇÃO BÁSICA - SUPERVISOR PEDAGÓGICO

PROGRAMA: 1. Educação e diversidade sócio-cultural. Educação e sociedade da informação. 2. A inclusão da pessoa com deficiência na educação. 3. Organização dos tempos e trabalhos escolares. 4. Os ciclos de formação na Escola Plural. 5. A infância como tempo de formação. 6. A adolescência como tempo de formação. 7. A experiência social dos alunos e o cotidiano. 8. O currículo e a globalização do conhecimento: impasses e polêmicas entre conteúdo e metodologia na sala de aula. 9. A avaliação e o processo de ensino e aprendizagem: em busca de uma coerência e integração. 10. Prática profissional e projeto educativo: os professores, suas concepções e opções didáticas. 11. A formação do profissional da educação: conceitos e dimensões.

CARGO: FISCAL SANITÁRIO

PROGRAMA: 1. Organização dos Serviços de Saúde no Brasil - Sistema Único de Saúde: antecedentes históricos, princípios e diretrizes do SUS, controle social - organização da gestão colegiada, financiamento do SUS, legislação e normalização complementar do SUS. 2. Planejamento e Programação Local de Saúde. 3. A medida da saúde coletiva: indicadores de saúde. 4. Administração e inovação nos serviços públicos de saúde. 5. Ações coletivas de saúde, vigilância epidemiológica, vigilância sanitária, controle das principais zoonoses. 6. Modelo Assistencial. Política Nacional de Humanização.

CARGO: INSPETOR DE ALUNO

PROGRAMA: 1. Conhecimentos gerais sobre Geografia, Literatura, Artes, Política, História, Estudos Sociais, dados e atualidades regionais, atualidades do Brasil e do mundo.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I

PROGRAMA I - ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA: 1. 1. Concepções de ensino e aprendizagem da leitura e da escrita: . A construção do sentido da leitura e da escrita; . Relação leitor-texto-autor. 2. 2. Usos e funções da leitura e da escrita. 3. Relação oralidade-escrita. 4. Variação lingüística e norma padrão. 5. Aspectos lingüísticos da alfabetização: sistema fonológico e sistema ortográfico. 6. Aspectos psicolingüísticos da alfabetização - aquisição do sistema de escrita. 7. Aspectos metodológicos do ensino da leitura e da escrita. 8. Leitura literária/literatura infantil. 9. Avaliação dos processos de ensino e aprendizagem da leitura e da escrita.

PROGRAMA II - MATEMÁTICA: Sobre Educação Matemática: 1. Educação Matemática - Perspectivas Atuais. 2. Os objetivos do ensino de Matemática na escola básica. 3. A construção dos conceitos matemáticos. 4. O conteúdo de Matemática no Ensino Fundamental e Ensino Médio: Seleção e Organização para propostas inclusivas de educação. 5. Aspectos metodológicos do Ensino da Matemática; o uso dos recursos tecnológicos; o uso dos jogos e de materiais concretos; a resolução de problemas, Investigações matemáticas na sala de aula.

PROGRAMA III - CIÊNCIAS: 1. Educação Científica. Perspectivas históricas e atuais (fases e tendências). 2. O conteúdo de Ciências Naturais no Ensino Fundamental: Seleção e Organização para propostas alternativas de educação. 3. O conhecimento científico e suas características. 4. Os objetivos do ensino de Ciências Naturais na escola. 5. A construção dos conceitos científicos. 6. Aspectos metodológicos do Ensino de Ciências Naturais. 7. Ciências Naturais e o uso da tecnologia no seu processo de ensino e aprendizagem. 8. Ciências Naturais e o uso dos jogos e de materiais concretos (aparelhos e modelos) no seu processo de ensino e aprendizagem. 9. A resolução de problemas como ponto de partida do ensino e aprendizagem das Ciências Naturais. 10. O trabalho de campo e o uso do laboratório no processo de ensino e aprendizagem das Ciências Naturais. 11. A avaliação como processo transformador. 12. Conteúdos e eixos temáticos: Terra e Universo; . Vida e ambiente; Ser humano e saúde; Tecnologia e sociedade.

PROGRAMA IV - GEOGRAFIA: 1. Os homens como sujeitos que constroem e reconstroem historicamente o espaço geográfico ao se organizarem em sociedade. 2. A prática interdisciplinar de ensino da geografia no campo das ciências humanas e sua contribuição para a construção da cidadania. 3. Compreensão da dimensão espacial da realidade: 3.1. O lugar ocupado pelo educando na estrutura social; 3.2. Produção e organização da vida: na sala de aula, na escola, na moradia e em seu entorno; 3.3. Produção e organização do espaço de vivência maior no bairro; 3.4. Os espaços de vivência na cidade.

PROGRAMA V - HISTÓRIA: A história como conhecimento das constantes mudanças vividas pelas sociedades humanas. O ensino da história como instrumento de compreensão da realidade social.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II

PROGRAMA I - ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA: 1. 1. Concepções de ensino e aprendizagem da leitura e da escrita: . A construção do sentido da leitura e da escrita; . Relação leitor-texto-autor. 2. 2. Usos e funções da leitura e da escrita. 3. Relação oralidade-escrita. 4. Variação lingüística e norma padrão. 5. Aspectos lingüísticos da alfabetização: sistema fonológico e sistema ortográfico. 6. Aspectos psicolingüísticos da alfabetização - aquisição do sistema de escrita. 7. Aspectos metodológicos do ensino da leitura e da escrita. 8. Leitura literária/literatura infantil. 9. Avaliação dos processos de ensino e aprendizagem da leitura e da escrita.

PROGRAMA II - MATEMÁTICA: Sobre Educação Matemática: 1. Educação Matemática - Perspectivas Atuais. 2. Os objetivos do ensino de Matemática na escola básica. 3. A construção dos conceitos matemáticos. 4. O conteúdo de Matemática no Ensino Fundamental e Ensino Médio: Seleção e Organização para propostas inclusivas de educação. 5. Aspectos metodológicos do Ensino da Matemática; o uso dos recursos tecnológicos; o uso dos jogos e de materiais concretos; a resolução de problemas, Investigações matemáticas na sala de aula.

PROGRAMA III - CIÊNCIAS: 1. Educação Científica. Perspectivas históricas e atuais (fases e tendências). 2. O conteúdo de Ciências Naturais no Ensino Fundamental: Seleção e Organização para propostas alternativas de educação. 3. O conhecimento científico e suas características. 4. Os objetivos do ensino de Ciências Naturais na escola. 5. A construção dos conceitos científicos. 6. Aspectos metodológicos do Ensino de Ciências Naturais. 7. Ciências Naturais e o uso da tecnologia no seu processo de ensino e aprendizagem. 8. Ciências Naturais e o uso dos jogos e de materiais concretos (aparelhos e modelos) no seu processo de ensino e aprendizagem. 9. A resolução de problemas como ponto de partida do ensino e aprendizagem das Ciências Naturais. 10. O trabalho de campo e o uso do laboratório no processo de ensino e aprendizagem das Ciências Naturais. 11. A avaliação como processo transformador. 12. Conteúdos e eixos temáticos: Terra e Universo; . Vida e ambiente; Ser humano e saúde; Tecnologia e sociedade.

PROGRAMA IV - GEOGRAFIA: 1. Os homens como sujeitos que constroem e reconstroem historicamente o espaço geográfico ao se organizarem em sociedade. 2. A prática interdisciplinar de ensino da geografia no campo das ciências humanas e sua contribuição para a construção da cidadania. 3. Compreensão da dimensão espacial da realidade: 3.1. O lugar ocupado pelo educando na estrutura social; 3.2. Produção e organização da vida: na sala de aula, na escola, na moradia e em seu entorno; 3.3. Produção e organização do espaço de vivência maior no bairro; 3.4. Os espaços de vivência na cidade.

PROGRAMA V - HISTÓRIA: A história como conhecimento das constantes mudanças vividas pelas sociedades humanas. O ensino da história como instrumento de compreensão da realidade social.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA III - CIÊNCIAS

PROGRAMA: Terra e Universo Vida e Ambiente Ser humano e saúde Tecnologia e Sociedade

O Universo

Componentes celestes. Surgimento do planeta Terra. O Sol.

A Biosfera, seus ambientes e ecossistemas

Biociclos terrestres. Marinho. Água doce. Ecossistema: habitat, nicho. Biodiversidade. Principais Ecossistemas do Brasil

Caatinga, cerrado. Floresta amazônica. Mata atlântica. Pantanal. Manguezais. Relação entre os seres vivos e o ambiente

Cadeia alimentar. Relações ecológicas. Harmônicas: colônia, sociedade, mutualismo, comensalismo, desarmônicos. Parasitismo, canibalismo, predatismo.

A Hidrosfera:

Composição da água. Estados físicos da água. Mudança dos estados físicos da água. Filtração. Fervura e estação de tratamento. Doenças transmitidas pela água contaminada: esquistossomose, amebíase, febre tifóide, verminose, cólera e dengue. A Atmosfera

Componentes da atmosfera. Poluição da atmosfera. Controle de poluição atmosférica. A Litosfera ou Crosta Terrestre

Poluição do solo. Doenças comuns transmitidas pelo solo contaminado: verminose, tétano. Lixo. Lixo radiativo. Surgimento da vida na Terra

Os reinos da natureza: monera, protistas, fungos, vegetal, animal Os Vegetais

Classificação. Órgãos dos vegetais. Raiz, caule, folha, flor, fruto, semente, fotossíntese. Animais Invertebrados

Poríferos. Celenterados. Platelmintos. Nematelmintos. Anelídeos. Moluscos. Equinodermas. Artrópodes. Animais Vertebrados

Peixes. Anfíbios. Répteis. Aves. Mamíferos. O Homem

Célula. Tecido. Os alimentos e as vitaminas. Sistema digestivo e a digestão. Sistema respiratório. O sangue ABO - grupo sanguíneo. Sistema circulatório. Órgãos excretores. Glândulas sudoríparas, pulmões, rins, sistema urinário. Sistema locomotor. Ossos e músculos. Sistema sensorial: órgãos dos sentidos. Sistema reprodutor. Doenças sexualmente transmissíveis. Sistema glandular. Sistema nervoso. Drogas. Química - Matéria

Constituição: moléculas e átomo. Propriedades gerais: extensão, massa. Inércia. Divisibilidade. Elasticidade. Compressibilidade. Porosidade. Elementos químicos e fórmulas químicas. Substâncias simples e compostas. Mistura. Fenômenos físicos e químicos. Física

Movimento. Força. As máquinas. O calor. Som. Luz. Eletricidade. Magnetismo.

O ensino de Ciências

Fundamentos filosóficos, sociais e legais de Ciências no ensino fundamental.

Metodologias para o ensino de Ciências no ensino fundamental

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA III - EDUCAÇÃO FÍSICA

PROGRAMA:

1. Construção histórica da Educação Física no âmbito escolar.

2. Legislação atual sobre a Educação Física na educação básica: LDB e Diretrizes Curriculares Nacionais.

3. A Educação Física como espaço de construção de sujeitos, de contextos e de conhecimentos:

3.1. Diferentes concepções do objeto da Educação Física;

3.2. Teorias pedagógicas da Educação Física;

3.3. Educação Física e lazer;

3.4. Educação Física e cultura corporal;

3.5. Educação Física, saúde e qualidade de vida;

3.6. Educação Física e o trato das diferenças: gênero, idade e habilidade.

4. O ensino da Educação Física na escola

4.1. Objetivos, princípios, conteúdos básicos e metodologias;

4.2. Organização do conhecimento e avaliação do processo ensino-aprendizagem.

5. Formação de professores de Educação Física: saberes e habilidades.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA III - GEOGRAFIA

PROGRAMA: A Natureza e o Espaço Geográfico

1.1. A Geografia: Da Natureza à sociedade

1.1.1. Geografia Física: ciência da natureza

1.1.2. Evolução e Estudos da Geografia Física

1.2. Os Sistemas Naturais

1.2.1. Processos endógenos formadores do relevo

1.2.2. Processos exógenos e a esculturação das formas do relevo

1.2.3. Estruturas, formas e unidades do relevo brasileiro

1.2.4. Dinâmica atmosférica e fenômenos climáticos

1.2.5. Características climáticas do território brasileiro

1.2.6. Solos: formação e classificação e conservação

1.2.7. A biosfera e os ecossistemas

1.3. Os Impactos Ambientais resultantes da ação antrópica A Modernização e os Espaços Mundiais

2.1. A Estruturação do Mundo Moderno

2.1.1. A Construção da Sociedade Moderna e seus impasses

2.1.2. Globalização, revolução tecnocientífica e reestruturação da economia mundial

2.1.3. A Formação da Economia Mundial e os Blocos Econômicos Supranacionais

2.1.4. A inserção do Brasil na Economia Mundial Sociedade e Espaço Geográfico

3.1. O crescimento demográfico e seus efeitos

3.2. Os povos em movimento: as migrações internas e internacionais

3.3. População e urbanização no Brasil

3.4. Industrialização e espaço industrial brasileiro

3.5. Modernização da agricultura e conflitos agrários no Brasil A Cultura e o Espaço

4.1. Civilizações e identidades culturais

4.2. Conflitos étnicos e a questão dos nacionalismos Espaço e Representações

5.1. A Cartografia e sua evolução

5.2. As representações cartográficas do mundo

5.3. A cartografia e o ensino Geografia e Ensino

6.1. A evolução da ciência geográfica e a geografia escolar

O ensino da geografia: problemas e perspectivas atuais.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA III - HISTÓRIA

PROGRAMA:

Parte I - Conteúdo Historiográfico

1 - A Modernidade: O Renascimento. Os Estados Nacionais. As reformas religiosas. O iluminismo.

2. O Mundo Contemporâneo A Revolução Francesa. A Revolução Industrial. O Imperialismo. A Grande Guerra de 1914/18. A Revolução Russa. Os totalitarismos de direita. A Segunda Guerra Mundial. A política e blocos e a Guerra Fria. A Globalização.

3. O Brasil e seu processo histórico/cultural A colonização e a formação das estruturas econômico-sociais. Brasil monárquico: a economia, a sociedade, o escravismo e a abolição. A república liberal / oligárquica. A Era Vargas e a modernização conservadora. A república populista. A ditadura militar. O Brasil contemporâneo.

Parte II - Ensino de História

4. Características e funções da História como disciplina curricular no Ensino Fundamental. A cidadania no currículo escolar de História. A história local, a educação patrimonial e a identidade cultural. Projetos de trabalho pedagógico: interdisciplinaridade e transversalidade. Pesquisa e produção do conhecimento histórico. Novas fontes, linguagens, recursos e estratégias no ensino de história.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA III - LÍNGUA PORTUGUESA

PROGRAMA: Princípios e pressupostos teórico-conceituais e metodológicos do ensino de Língua Portuguesa no Ensino Fundamental, considerados os documentos de parametrização do ensino e as contribuições de diferentes áreas da Lingüística moderna. Práticas discursivas e gêneros textuais orais e escritos na escola, tendo em vista os objetivos do ensino de Língua Portuguesa. Parâmetros para a avaliação de atividades de leitura e de escrita na escola. Abordagem dos aspectos gramaticais em atividade de leitura e escrita em sala de aula.

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA III - MATEMÁTICA

PROGRAMA:

O candidato deverá demonstrar conhecimento matemático crítico e abrangente sobre Educação Matemática e metodologias de ensino aplicáveis no Ensino Fundamental, bem como domínio sobre os conteúdos matemáticos do Ensino Básico e sua relação com temas matemáticos mais avançados. Conjuntos numéricos:

a. N, Z, Q, I, R.

b. Em N e Z, as quatro operações básicas - algoritmos.

c. Potências e raízes. Funções, equações, inequações e sistemas; 1º e 2º graus. Ângulos. Polígonos. Circunferência e círculo. Perímetros, áreas e volumes. Semelhanças. Simetrias. Resolução de problemas de matemática no Ensino Fundamental. Uso de materiais concretos no ensino de conceitos matemáticos. História da Matemática e sua aplicação no ensino.

A educação matemática no Ensino Fundamental.

CARGO: RECEPCIONISTA

PROGRAMA: 1. Conhecimentos gerais sobre Geografia, Literatura, Artes, Política, História, Estudos Sociais, dados e atualidades regionais, atualidades do Brasil e do mundo.

CARGO: T.N.M. TÉCNICO EM CONTABILIDADE

PROGRAMA:

1. Estrutura conceitual básica da Contabilidade, campo de atuação. 2.Princípios fundamentais de Contabilidade. 3. Plano de contas, fatos contábeis. 4.Lançamento e escrituração. 5. Principais livros e documentos fiscais e societários. 6. Ativo, Passivo e Patrimônio Líquido. 7. Receitas, Despesas e Custos. 8. Operações com mercadorias, provisões e reservas. 9. Apuração do resultado. 10. Balanço patrimonial e Demonstrações do Resultado do Exercício. 11. Contabilidade pública: conceito objeto e regime. 12. Orçamento: conteúdo e forma da proposta orçamentária. 13. Exercício financeiro. 14. Controle da execução orçamentária. 15. Receita e despesas públicas. 16. Inventário: objeto e classificação. 17. Balancetes mensais de receita e despesas. Balanços. 18. Lei de Responsabilidade Fiscal - Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. 19. Leis de Licitações e Contratos Administrativos. (Lei 8666/93 e alterações - Lei 10.520/2002). 20. Lei Federal 4.320/64

CARGO: T.N.M. TÉCNICO EM ENFERMAGEM

PROGRAMA: 1. Ética profissional: Código de Ética e Legislação profissional do COFEN e COREN e relações humanas no trabalho. 2. Sistema Único de Saúde: conceitos, definições e atribuições. 3. Legislação e normas aplicadas ao Sistema Único de Saúde. 4. Noções básicas de anatomia, fisiologia, farmacologia, microbiologia e parasitologia. 5. Técnicas de enfermagem: sinais vitais, higiene, conforto, transporte, administração de dietas, oxigenoterapia e nebulização, hidratação, coleta de material para exames laboratoriais, ataduras, aplicações quentes e frias, cuidados com a pele, sondagens e drenos, cuidados com traqueostomia, drenagem torácica e ostomias, procedimentos pós-morte, prontuário e anotação de enfermagem. 6. Assistência domiciliar de enfermagem / visita domiciliar. 7. Fármacos: conceitos e tipos, efeitos gerais e colaterais, cálculo de soluções: vias de administração de medicamentos. 8. Curativos e tratamento de feridas. 9. Atenção à saúde da criança, da mulher e do adulto. 10. Central de material esterilizado: métodos e procedimentos específicos de desinfecção e esterilização de materiais.

CARGO: T.N.S. - ASSISTENTE SOCIAL

PROGRAMA: 1. O trabalho do assistente social com a questão social nas diferentes expressões cotidianas. 2. O Serviço Social nas relações sociais no Brasil. 3. O Serviço Social no desenvolvimento de programas, projetos e pesquisas. 4. Atendimentos / orientações / informações aos usuários, aos grupos, à comunidade e/ou clientes da empresa. 5. Competências e habilidades do profissional.

CARGO: T.N.S. - DENTISTA

PROGRAMA: 1. Biossegurança em odontologia: técnicas de acondicionamento, desinfecção e esterilização do material e ambiente; doenças ocupacionais; controle de infecção; medicamentos. 2. Semiologia: Métodos e técnicas de exame, anamnese, diagnóstico, plano de tratamento, exames complementares. 3. Estomatologia: Patologias intra e extra-ósseas da cavidade bucal - características clínicas, diagnóstico e tratamento. Manifestações bucais de doenças Sistêmicas. Câncer Bucal. Doenças Sexualmente Transmissíveis. Síndromes. 4. Farmacologia e terapêutica: Bases farmacológicas da terapêutica medicamentosa em odontologia; prevenção e controle da dor; uso clínico dos medicamentos; protocolos indicados na prática odontológica; mecanismos de ação e efeitos tóxicos dos fármacos; receituário e regulamentação dos fármacos. 5. Anestesiologia: Considerações anatômicas da cabeça e pescoço; técnicas e soluções anestésicas; acidentes, risco e prevenção; indicações e contra-indicações; emergências. 6. Radiologia: Técnicas, equipamentos e interpretação. 7. Cariologia: Epidemiologia, diagnóstico, patologia e prevenção da cárie dentária. 8. Dentística: Diagnóstico; técnicas, materiais restauradores e de proteção do complexo dentina-polpa; tratamentos não invasivos. 9.Periodontia: Diagnóstico e tratamento dos problemas periodontais. 10. Endodontia: Topografia da cavidade pulpar e periápice; diagnóstico e tratamento das alterações pulpares e periapicais; traumatismos; emergências. 11. Prótese: Diagnóstico, plano de tratamento, técnicas, materiais; prótese fixa e removível. 12. Cirurgia: Procedimentos cirúrgicos de pequeno e médio porte; urgências e emergências. traumatismo dental. 13. Odontopediatria: diagnóstico e tratamento das afecções bucais em crianças e adolescentes; anomalias do desenvolvimento. 14. Oclusão: fundamentos biológicos básicos; crescimento e desenvolvimento craniofacial e da oclusão; classificações das má-oclusões. Dor e Disfunção temporo-mandibular. 15. Ortodontia: prevenção e interceptação das má-oclusões; fisiologia do movimento dentário; pequenos movimentos; manutenção de espaço; indicações. 16. Prática odontológica baseada na promoção de saúde; epidemiologia das doenças bucais; educação para a saúde. 17. Planejamento, organização e financiamento da saúde no Brasil; recursos humanos em odontologia. 18. Urgências e emergências em odontologia. 19. Procedimentos estéticos: preparos cavitários, restaurações unitárias diretas e indiretas com resina composta e cerômeros, restaurações provisórias em acrílico; 20. Restaurações complexas com amálgama; 21. Núcleo metálico fundido; 22. Núcleo de preenchimento com pinos pré-fabricados; 23. Restabelecimento das relações dinâmicas e funcionais dos dentes em oclusão; 24. Manutenção e controle das restaurações; 25. Confecção de próteses adesivas diretas e indiretas.

CARGO: T.N.S. - CONTADOR

PROGRAMA:

1. Contabilidade Geral: Conceitos básicos de contabilidade. Princípios fundamentais de contabilidade. Patrimônio. Componentes patrimoniais: ativo, passivo e patrimônio líquido. Equação fundamental do patrimônio. Fatos contábeis e as respectivas variações patrimoniais. Contas: patrimoniais e de resultado. Conceito de despesas, receitas e resultado. Conceito de débito e crédito. Método das partidas dobradas. Provisões. Orçamentos. Balancetes de verificação. Principais livros fiscais e comerciais. As contas do Balanço Patrimonial: conceito, objetivo, periodicidade e elaboração. Ativo e passivo como aplicação e fontes de recursos. Grupos de contas: significados de cada grupo de contas. Classificação das contas nos grupos. Critérios de avaliação das contas. 2. Demonstração do resultado do exercício: conceito, objetivo, periodicidade e elaboração. Elementos da demonstração, apropriações, pelo regime de competência, de receitas e despesas, antecipações e diferimentos. Destinação do resultado do exercício. 3. Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos - DOAR. Interpretação do aumento ou diminuição do capital circulante líquido. 4. Demonstração de lucros ou prejuízos acumulados. 5. Demonstração das mutações do patrimônio líquido. 6. Notas explicativas às demonstrações contábeis. 7. Análise das demonstrações contábeis: conceitos básicos. Análise horizontal e vertical das demonstrações contábeis. Análise por quocientes. Análise da situação financeira, por índices: solvência e liquidez. Análise da situação econômica - indicadores de rentabilidade: rentabilidade de vendas, do capital próprio e do ativo total. Margens: bruta, operacional e líquida. Prazos médios de contas a receber, de renovação de estoques e de pagamento de fornecedores, índice de cobertura das despesas financeiras. Rotação de estoques, contas a receber, contas a pagar, ativo imobilizado e ativo real. Análise da estrutura patrimonial: grau de imobilização do ativo total, dos recursos próprios e de endividamento. Participação de capital próprio. Interpretação dos indicadores financeiros, econômicos e patrimoniais. 8. Contabilidade fiscal e tributária - Introdução à Contabilidade Tributária: Conceitos, princípios e normas básicas. Conceitos, princípios e normas básicas de legislação tributária. Contabilidade tributária aplicada. Tributação sobre o lucro. Tributação da pessoa jurídica com base no lucro real. Escrituração do LALUR - Livro de Apuração do Lucro Real. 9. Constituição Federal - Capítulo VII - Da Administração Pública 10. Lei de Responsabilidade Fiscal - Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. 11. Lei de Licitações e Contratos Administrativos. Lei 8666/93 e suas alterações. 12. Lei Federal 10.520/2002 - institui o sistema de pregão para compras e contratações na Administração Pública. 13. Lei Federal 4.320/64 - Normas gerais de direito financeiro público.

CARGO: T.N.S. - ENFERMEIRO

PROGRAMA: 1. Gerenciamento da assistência de enfermagem e Gerenciamento dos serviços de saúde, educação continuada e Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). 2. Atuação gerencial e assistencial do enfermeiro nas clínicas: médica e cirúrgica. 3. Atuação gerencial e assistencial do enfermeiro nos serviços de controle e prevenção das infecções hospitalares e normas de biosseguranca. 4. Atuação gerencial e assistencial do enfermeiro nos serviços de saúde mental. 5. Atuação gerencial e assistencial do enfermeiro nos serviços de urgência e emergência: pré-hospitalar e hospitalar (pronto atendimento e terapia intensiva). 6. Programa de saúde da Mulher: assistência de enfermagem à gestante de risco habitual e alto risco, à parturiente, puérpera, aleitamento materno; assistência de enfermagem a mulher com afecções ginecológicas, clínicas e cirúrgicas, no período reprodutivo e no climatério; assistência de enfermagem ao recém nascido normal, pré-termo e de alto risco. 7. Programas de atenção à saúde: criança, adolescente, mulher, adulto, idoso. 8. Programas de atenção à saúde mental. 9. Educação em Saúde. 10. Código de ética e lei do exercício profissional de Enfermagem. 11. Tratamento e prevenção de lesões cutâneas. 12. SAE - Sistemas de classificação da prática profissional do enfermeiro.

CARGO: T.N.S. - FARMACÊUTICO

PROGRAMA: Conceito, objetivos e atribuições da Farmácia Hospitalar e Drogaria. Requisitos técnicos e exigências legais para instalação, licenciamento e funcionamento da Farmácia Hospitalar e Drogaria. Seleção e padronização dd medicamentos e correlatos. Gestão de estoque - Curva ABC - Parâmetros de identificação dos medicamentos para o controle de estoque. Armazenamento de medicamentos e correlatos - exigências legais, normas técnicas e funcionais. Sistemas de dispensação de medicamentos. Farmácia hospitalar e controle de infecções hospitalares. Germicidas de uso hospitalar: formulações, preparo e emprego. Atuação da farmácia hospitalar no suporte nutricional. Manuseio, preparo e dispensação de medicamentos cistotáticos. Química farmacêutica: volumetria de neutralização e de oxi-redução. Cálculos para determinação de concentração em preparações farmacêuticas. Conhecimento quanto à origem, à química, à atividade farmacológica, aos mecanismos de ação, ao emprego terapêutico e à toxidade dos medicamentos, necessária ao desenvolvimento da assistência farmacêutica. Farmacologia da dor e da inflamação. Farmacologia do sistema respiratório. Farmacologias do sistema digestivo. Farmacologia da Reprodução. Farmacologia dos processos infecciosos. Controle de qualidade de medicamentos - Ensaios físico-químicos, biológicos e microbiológicos. Interpretação de certificados de análise de controle de qualidade de medicamentos. Estabilidade de medicamentos. Farmacotécnica das preparações sólidas e líquidas, para uso oral e para uso externo. Formas farmacêuticas sólidas, líquidas, cremes, pomadas e preparações estéreis: conceito, importância, fabricação e acondicionamento. Farmacologia. Fármacos que atuam no sistema nervoso autônomo, central e periférico. Fármacos que atuam no sistema cardiovascular - antimicrobianos - interações medicamentosas. Legislação: Lei 5.991, de 17/12/73. Lei 8.666, de 21/06/93. Resolução 288/96 - Conselho Federal de Farmácia. Resolução 290/96, de 26/04/1996 - Conselho Federal de Farmácia - Aprova o Código de Ética Farmacêutica. Portaria 272, de -08/04/98 - Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde. Portaria 2.616, de 12/05/98 - Ministério da Saúde. Portaria 344 de 12/05/98 - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Decreto 3.181, de 23/09/99. Resolução 391, de 09/08/99 - Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

CARGO: T.N.S. - FARMACÊUTICO/BIOQUÍMICO

PROGRAMA 1: PARASITOLOGIA CLÍNICA: 1. Patogenia, sintomatologia, epidemiologia, profilaxia e diagnóstico das parasitoses humanas. 2. Fundamento das técnicas utilizadas no diagnóstico das parasitoses humanas. MICROBIOLOGIA CLÍNICA: 1. Enterobacteriaceae, Mycobacteriacea e Streptococaceae: patologia, profilaxia e diagnóstico laboratorial. 2. Meios de cultura para bacteriologia: generalidades, métodos de coloração. BIOQUÍMICA CLÍNICA: 1. Causas de variação nas determinações laboratoriais: a preparação do paciente. Variações e erros devidos à amostra biológica. 2. Reagente utilizados no L.A.C.: preparo de soluções reagentes e soluções padrões. 3.Fotometria em Bioquímica Clínica: conceito, tipos, leis de fotometria, aplicação nas análises clínicas, transmitência, absorbância, curva e fator de calibração, seleção do comprimento de onda para as dosagens bioquímicas. 4. Técnicas, fundamentos químicos e interpretação clínica das dosagens de: glicose, hemoglobina glicolisada, uréia, ácido urino, creatinina, colesterol e frações, triglicérides, proteínas totais e albumina, bilirrubina total, direta e indireta. Fosfatases: ácido e alcalina, amilase, creatino fosfotransferase, desidrogenase lática. Transminases: glutânico-oxaloscética e glutânico-pirúvico. Urinálise: fundamentos químicos, interpretação das análises. HEMATOLOGIA CLÍNICA: 1. Interpretação clínica de eritrograma e hemograma: valores de referência. Índices hematimátricos. Hematoscopia normal e patológica. Alterações qualitativas e quantitativas. 2. Anemias. 3.Leucoses: Alterações no sangue periférico. 4. Imuno-hematologia: exames laboratoriais para classificação sangüínea, diagnóstico da DHPN e doenças auto-imunes. 5. Coagulação e hemostasia: diagnóstico laboratorial das doenças vasculares, plaquetárias e das principais coagulopatias. 6. Coleta e métodos de colocação para exames hematológicos.

CARGO: T.N.S. - FISIOTERAPÊUTA

PROGRAMA: 1. Anatomia humana: sistemas esquelético, muscular, nervoso, circulatório e respiratório. 2. Fisioterapia humana: neurofisiologia, fisiologia do exercício, fisiologia circulatória e respiratória. 3. Biofísica: respostas fisiológicas do organismo aos seguintes agentes físicos: calor, água, luz, eletricidade, vibrações mecânicas. 4. Cinesiologia: princípios básicos de biomecânica, análise dos movimentos articulares. 5. Fundamentos de traumatologia, ortopedia, reumatologia, neurologia, cardiologia, pneumologia e psicologia. 6. Avaliação funcional: teste da função articular e muscular e espirometria, eletrodiagnóstico, cinesioterapia, mecanoterapia, eletroterapia, termoterapia, fototerapia, fototerapia, hidroterapia. 7. Princípios da prática fisioterapêutica nos diferentes níveis de atuação e especialidades clínicas.

CARGO: T.N.S. - FONOAUDIÓLOGO

PROGRAMA: 1. Aquisição, desenvolvimento e alterações da linguagem oral e da linguagem escrita. 2. Avaliação e tratamento fonoaudiológico nas áreas da Voz e da Motricidade Oral e facial. 3. Avaliação e tratamento das alterações auditivas. 4. Audiologia Educacional.

CARGO: T.N.S. - NUTRICIONISTA

PROGRAMA: 1.Regulamentação das atividades do profissional de nutrição. 2. Características sensoriais, físico-químicas, nutricionais e higiênico-sanitárias dos alimentos. 3.Métodos de avaliação e efeitos das diversas modalidades de aquisição, seleção, armazenamento, pré-preparo, preparo e conservação da qualidade nutricional dos alimentos. 4. Higienização e sanitização dos alimentos, utensílios e equipamentos. 5. Doenças veiculadas por alimentos e microrganismos patogênicos de importância em alimentos. 6. Energia e nutrientes: definição, classificação, propriedades, funções, digestão, absorção, metabolismo, biodisponibilidade, requerimentos, recomendações e fontes alimentares. 7. Definição, fundamentação e característica da dieta normal e suas modificações. 8. Alimentação e nutrição nos diferentes grupos etários e para aqueles nutricionalmente vulneráveis. 9. Avaliação nutricional de indivíduos e comunidades: tipos, conceitos, material e métodos, interpretação e aplicabilidade dos resultados. 10. Nutrição clínica: Patologia da nutrição e dietoterapia nas doenças nutricionais. Assistência dietoterápica hospitalar, ambulatorial e em consultórios de nutrição e dietética. 11. Saúde coletiva e nutrição: programas de aplicação e nutrição, atenção primária e educação em saúde, epidemiologia dos problemas nutricionais brasileiros, Política Nacional de Alimentação e Nutrição, situação alimentar e nutricional no Brasil e segurança alimentar. 12. Educação nutricional: conceitos, objetivos, metodologias e aspectos sociais, econômicos e culturais, planejamento, organização, implementação e avaliação de programas de educação nutricional. 13. Alimentação coletiva: conceitos básicos da administração geral e sua aplicação a Unidade de Alimentação e Nutrição, planejamento e operacionalização de cardápios, tipos e sistema de serviços, planejamento físico funcional, controle e avaliação de recursos humanos, financeiros e de materiais, higienização, segurança e ergonomia no trabalho. 14. Legislação relacionada à área de Nutrição e alimentos.

CARGO: T.N.S. - PSICÓLOGO

PROGRAMA: 1. Psicologia e Educação. 1.1. Processos psicológicos de aprendizagem e desenvolvimento humano. 1.2. Questões de Psicologia Educacional: exclusão, inclusão, marginalização social, fracasso escolar. 1.3. Propostas da psicologia para as questões educacionais no Brasil. 2. Psicologia e Clínica. 2.1.Estrutura psíquica dos sujeitos humanos. 2.2. Saúde e doença mental. 2.3. Diagnóstico fenomenológico e diagnóstico psicanalítico. 2.4. Atendimento psicoterapêutico em instituições de saúde. 2.5. Clínica psicológica de crianças e adolescentes.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZÍLIA-MG. O Prefeito Municipal de Cruzília-MG, torna público que fará realizar Concurso Público de provas e títulos para provimento de diversos cargos efetivos, a saber: Agente Epidemiológico, Atendente de Farmácia, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Biblioteca, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Secretaria Escolar, Coveiro, Especialista de Educação Básica- Supervisor Pedagógico, Fiscal Sanitário, Gari, Inspetor de Alunos, Jardineiro, Magarefe, Mecânico, Motorista, Operador de Máquina Leve, Operador de Máquina Pesada, Professor de Educação Básica I, Professor de Educação Básica II, Professor de Educação Básica III - Ciências, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa, Matemática, Recepcionista, Servente de Pedreiro, Serventual, Soldador, T.N.M. Técnico em Contabilidade, T.N.M. Técnico em Enfermagem, T.N.S. Assistente Social, T.N.S. Cirurgião Dentista, T.N.S. Contador, T.N.S. Enfermeiro, T.N.S. Farmacêutico, T.N.S. Farmacêutico/Bioquímico, T.N.S. Fisioterapeuta, T.N.S. Fonoaudiólogo, T.N.S. Nutricionista, T.N.S. Psicólogo e Vigia/Rondante. Período de inscrição: 22 a 26/10/2007. Edital e informações na sede da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, 15/10/2007. (a): José Carlos Maciel de Alkmin-Prefeito Municipal.

COMUNICADO

O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZÍLIA-MG, Senhor JOSÉ CARLOS MACIEL DE ALKMIN, torna público aos interessados que fará realizar CONCURSO PÚBLICO de Provas e Títulos para provimento efetivo dos seguintes Cargos Públicos: Agente Epidemiológico, Atendente de Farmácia, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Biblioteca, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Secretaria Escolar, Coveiro, Especialista de Educação Básica- Supervisor Pedagógico, Fiscal Sanitário, Gari, Inspetor de Alunos, Jardineiro, Magarefe, Mecânico, Motorista, Operador de Máquina Leve, Operador de Máquina Pesada, Professor de Educação Básica I, Professor de Educação Básica II, Professor de Educação Básica III - Ciências, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa, Matemática, Recepcionista, Servente de Pedreiro, Serventual, Soldador, T.N.M. Técnico em Contabilidade, T.N.M. Técnico em Enfermagem, T.N.S. Assistente Social, T.N.S. Cirurgião Dentista, T.N.S. Contador, T.N.S. Enfermeiro, T.N.S. Farmacêutico, T.N.S. Farmacêutico/Bioquímico, T.N.S. Fisioterapeuta, T.N.S. Fonoaudiólogo, T.N.S. Nutricionista, T.N.S. Psicólogo e Vigia/Rondante.

Período de inscrição: de 22 a 26 de outubro de 2.007.

Cruzília-MG, 15 de outubro de 2007.

JOSÉ CARLOS MACIEL DE ALKMIN
Prefeito Municipal

PORTARIA Nº. 039, de 11 de outubro de 2007.

Nomeia e constitui Comissão Supervisora de Concurso Público,

e dá outras providências.

O Prefeito Municipal de Cruzília-MG, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE:

Art. 1º. Nomear e constituir Comissão Supervisora do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Cruzília-MG.

Art. 2º. Para compor a Comissão Supervisora criada por esta Portaria, ficam nomeados os seguintes cidadãos/servidores:

I - Edmar Pereira Ferreira, RG 746.762-SSPMG;

II - Maria Lúcia Pereira, RG M3.583.536-SSPMG;

III - Sebastião Nelson Xavier, RG M5.307.214-SSPMG.

Art. 3º. A Comissão Supervisora instituída por esta Portaria, supervisionará os eventos externos pertinentes à realização do processos seletivo.

Art. 4º. Os eventos internos pertinentes aos processos seletivos ficarão a cargo da empresa Liberal Assessoria e Consultoria Sociedade Civil Ltda., em função da responsabilidade técnica e da proteção do sigilo requeridos.

Art. 5º. A Comissão Supervisora reportar-se-á diretamente à Liberal Assessoria e Consultoria S/C Ltda.

Art. 6º. Esta Comissão Supervisora extinguirá na data da homologação do concurso público de que trata esta Portaria.

Art. 7º. Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação.

Prefeitura Municipal de Cruzília-MG, 11 de outubro de 2007.

JOSÉ CARLOS MACIEL DE ALKMIN
Prefeito Municipal

90084

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231