Prefeitura de Caxias do Sul - RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO

EDITAL Nº 01/2008

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS NA ADMINISTRAÇÃO DIRETA, INDIRETA E FUNDACIONAL

A SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização de Concurso Público, destinado a selecionar candidatos para provimento nos cargos efetivos da Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Caxias do Sul, sob o regime estatutário, nos termos da Constituição Federal e legislação pertinente.

1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. Este Concurso Público será executado pela FUNDAÇÃO CONESUL DE DESENVOLVIMENTO, com base no contrato celebrado com o Município de Caxias do Sul.

1.2. Os cargos e vagas oferecidas são aquelas constantes no quadro abaixo. Durante a validade do concurso, abrindo-se novas vagas, será assegurado o percentual de 12% aos candidatos portadores de deficiência, conforme Lei Municipal nº 4.912/98, e no percentual de 10% aos candidatos afros-descendentes, conforme Lei Municipal n° 6.377/05.

Código

Cargo

Padrão

Vencimento

Carga horária semanal

Total de vagas previstas

Reserva de vagas

Deficiente

Afro‑descendente

01

Bibliotecário

14

R$ 3.067,60

33 horas

1

-

-

02

Médico Neurologista

60% do 14

R$ 1.840,56

20 horas

1

-

-

03

Médico Otorrinolaringologista

60% do 14

R$ 1.840,56

20 horas

*

-

-

04

Médico Perito

60% do 14

R$ 1.840,56

20 horas

1

-

-

05

Médico Radiologista/Ecografista

60% do 14

R$ 1.840,56

20 horas

1

-

-

06

Médico Reumatologista

60% do 14

R$ 1.840,56

20 horas

1

-

-

07

Professor G3 AII Língua Estrangeira -Inglês

G3

R$ 1.120,90

20 horas

11

1

1

08

Professor G3 AII Língua Estrangeira - Espanhol

G3

R$ 1.120,90

20 horas

*

-

-

09

Técnico em Informática

10

R$ 1.488,04

33 horas

2

-

-

10

Técnico em Radiologia

10

R$ 1.488,04

24 horas

1

-

-

1.3. A aprovação e classificação no concurso não asseguram ao candidato o direito de nomeação no cargo público municipal, mas apenas a expectativa de nele ser admitido, seguindo rigorosa ordem de classificação, ficando a concretização desse ato condicionada às disposições legais pertinentes e, sobretudo, ao interesse e necessidade da Administração.

2 - DAS VAGAS RESERVADAS PARA CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

2.1. É assegurado o direito de optar por concorrer a uma das vagas reservadas aos portadores de deficiência, nos termos do artigo 3º da Lei nº 4.912/98, as quais totalizam 12% das vagas oferecidas, desde que haja compatibilidade entre as atribuições do cargo almejado e a deficiência de que são portadores.

2.2. As pessoas portadoras de deficiência participarão da seleção em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere ao conteúdo da prova, à avaliação, aos critérios de aprovação, ao horário e local de aplicação das provas.

2.3. O percentual de vagas reservadas aos portadores de deficiência será observado ao longo do período de validade do Concurso Público, inclusive em relação às vagas que surgirem ou que forem criadas. Quando o número de vagas reservadas aos portadores de deficiência resultar em fração igual ou superior a 0,5 (zero vírgula cinco), arredondar para o número inteiro superior, ou para o número inteiro inferior, quando resultar em fração menor que 0,5 (zero vírgula cinco), conforme Decreto Municipal nº 13.439/07.

2.4. Os candidatos portadores de deficiência que necessitem de algum atendimento especial para a realização das provas, deverão declará-lo no Formulário de Inscrição, no espaço reservado para esse fim, para que sejam tomadas as providências cabíveis, com antecedência.

2.5. O laudo médico terá validade somente para este Concurso Público e não será devolvido.

2.6. Após a investidura do candidato no cargo, a deficiência não poderá ser argüida para justificar a concessão de aposentadoria.

2.7. A necessidade de intermediários permanentes para auxiliar na execução das atribuições do cargo é impeditiva à inscrição no Concurso.

3 - DA AVALIAÇÃO DA DEFICIÊNCIA

3.1. A comprovação da deficiência, sua identificação e compatibilidade para o exercício do cargo na forma prevista em Lei, serão avaliadas previamente por uma junta especial, composta por dois médicos designados pelo Município e dois profissionais da área da saúde, indicados por instituições que atendam deficientes, que emitirão laudo declarando, conforme a deficiência do candidato, se este deve ou não usufruir do benefício previsto no artigo 3º, da Lei Municipal nº 4.912/98, com base na legislação federal relativa às deficiências, especialmente a Lei Federal nº 7.853/89 e o Decreto nº 3.298/99.

3.2. A avaliação prevista no item 7.4 deverá ser agendada e realizada durante o período ali previsto, devendo o candidato apresentar Carteira de Identidade e laudo médico original, expedido no prazo máximo de 90 (noventa) dias antes do término das inscrições, por profissional competente, contendo nome e RG (Carteira de Identidade) do candidato, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças - CID, bem como a provável causa da deficiência.

3.3. O candidato inscrito como portador de deficiência que não se submeter à avaliação prevista no item 7.4, na data e horário agendado, por qualquer motivo, terá sua inscrição homologada somente para as vagas gerais do Concurso.

4 - DAS VAGAS RESERVADAS PARA AFROS-DESCENDENTES

4.1. É assegurado o direito de optar por concorrer a uma das vagas reservadas aos afros-descendentes, nos termos da Lei Municipal nº 6.377/05, as quais totalizam 10% das vagas oferecidas.

4.2. Os candidatos afros-descendentes participarão da seleção em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere ao conteúdo da prova, à avaliação, aos critérios de aprovação, ao horário e local de aplicação das provas.

4.3. O percentual de vagas reservadas aos afros-descendentes será observado ao longo do período de validade do Concurso Público, inclusive em relação às vagas que surgirem ou que forem criadas. Quando o número de vagas reservadas aos afros-descendentes resultar em fração igual ou superior a 0,5 (zero vírgula cinco), arredondar para o número inteiro superior, ou para o número inteiro inferior, quando resultar em fração menor que 0,5 (zero vírgula cinco), conforme Decreto Municipal nº 13.439/07.

4.4. Para efeitos do previsto neste Edital, considerar-se-á afro-descendente aquele que assim se declare expressamente, mediante declaração escrita, reconhecida em Cartório, identificando-se como de cor preta ou parda e como pertencente à raça/etnia negra, devendo tal informação integrar os registros cadastrais de ingresso de servidores, conforme o disposto no art. 2º do Decreto nº 13.146/07.

4.5. Para inscrição como afro-descendente, o candidato deverá observar os procedimentos previstos neste Edital, caso contrário não concorrerá às vagas reservadas, mas automaticamente às vagas gerais do concurso.

4.6. Detectada a falsidade na declaração a que se refere o item 5.1, após a homologação das inscrições para a respectiva reserva de vagas, sujeitar-se-á o candidato à anulação da inscrição no Concurso e de todos os atos e efeitos daí decorrentes, e à pena de demissão caso já nomeado.

5 - DA AVALIAÇÃO DE AFROS-DESCENDENTES

5.1. A comprovação da condição de afro-descendente dar-se-á mediante auto-declaração, identificando-se o candidato como sendo de cor negra ou parda, pertencente à raça/etnia negra, conforme modelo disponibilizado no site de inscrição, devendo a mesma ser reconhecida em Cartório.

5.2. A declaração preenchida, assinada e reconhecida em Cartório deverá ser entregue quando do comparecimento do candidato junto à Comissão de Acompanhamento do Ingresso de Afros-descendentes, nos termos e prazos constantes nos itens 7.5 e 7.6, munido de RG (Carteira de Identidade).

5.3. O candidato inscrito como afro-descendente que não se submeter à avaliação prevista no item 7.5, na data e horário agendado, por qualquer motivo, terá sua inscrição homologada somente para as vagas gerais do Concurso.

6 - DA DIVULGAÇÃO

6.1. A divulgação oficial de todas as etapas referentes a este Concurso Público se dará através de Editais e/ou Avisos publicados nos seguintes meios e locais:

a) no jornal Pioneiro, de Caxias do Sul;

b) no saguão da Prefeitura Municipal de Caxias do Sul, localizada na Rua Alfredo Chaves, 1333, Bairro Exposição, em Caxias do Sul/RS;

c) no site da Fundação Conesul (www.conesul.org).

6.2. É de responsabilidade exclusiva do candidato o acompanhamento das etapas deste Concurso através dos meios de divulgação acima citados.

7 - DAS INSCRIÇÕES

7.1. As inscrições para o Concurso deverão ser realizadas via Internet no endereço eletrônico www.conesul.org, no período de 29/03/2008 a 09/04/2008. Para os candidatos que não possuem aceso à Internet será disponibilizado um Posto de Atendimento na sede da Fundação Conesul em Caxias do Sul/RS, localizada na Rua Tronca, 2038, Bairro Exposição, de segunda a sexta-feira, no horário das 8 às 18 horas.

7.2. Após o preenchimento do formulário, o candidato deve transmitir os dados pela internet, imprimir o seu registro de inscrição provisória, que também é o documento para pagamento da taxa de inscrição. O pagamento deverá ser efetuado exclusivamente nas agências do Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul), até o dia 10/04/2008, em horário de atendimento bancário. Não serão aceitos pagamentos com cheques.

7.3. O candidato terá a sua inscrição provisória aceita somente após o recebimento, pela Fundação Conesul, através do Banrisul, da confirmação do pagamento da sua taxa de inscrição.

7.4. O candidato que desejar concorrer às vagas reservadas para portadores de deficiência deverá agendar perícia médica na Biometria Médica Municipal (prédio do IPAM, Rua Pinheiro Machado, 2269, térreo, Bairro Centro), ou pelos telefones (54) 3202-5880 e (54) 3289-5446, até as 10 horas do dia 10/04/08. A Biometria determinará os horários das perícias, sendo que o prazo final para a sua realização será dia 10/04/08.

7.5. O candidato que desejar concorrer às vagas reservadas para afros-descendentes deverá agendar avaliação perante a Comissão específica, no Centro Administrativo Municipal (Rua Alfredo Chaves, 1333, Bairro Exposição), junto à Divisão de Recursos Humanos ou pelos telefones (54) 3218-6050 e (54) 3218-6052, até as 10 horas do dia 10/04/08. A Comissão determinará os horários das avaliações, sendo que o prazo final para a sua realização será dia 10/04/08.

7.6. O candidato que desejar concorrer às vagas reservadas para afros-descendentes deverá preencher declaração, informando ser da cor negra ou parda, pertencente à raça/etnia negra, reconhecer firma em Cartório e entregá-la perante a Comissão de Acompanhamento do Ingresso de Afros-descendentes quando da realização da avaliação referida no item 7.5.

7.7. A correta interpretação do atendimento aos requisitos do cargo é de inteira responsabilidade do candidato.

7.8. A FUNDAÇÃO CONESUL DE DESENVOLVIMENTO não se responsabiliza por inscrições, via Internet, não recebidas por motivos de ordem técnica de computadores, falhas de comunicação, congestionamento de linhas de comunicação, bem como outros fatores externos que impossibilitem a transferência de dados.

7.9. O candidato, após preencher o formulário eletrônico de inscrição, disponível no site www.conesul.org, deverá imprimir o boleto bancário para pagamento do valor referente à inscrição, até o vencimento.

7.10. O sistema de inscrição via Internet permite ao candidato, dentro do período de inscrição, emitir a segunda via do seu boleto bancário.

7.11. Os valores das inscrições para os cargos previstos neste Edital são os seguintes:

NÍVEL DE ESCOLARIDADE

VALOR DA INSCRIÇÃO (R$)

MÉDIO/TÉCNICO

30,00

SUPERIOR

65,00

7.12. A inscrição somente será considerada válida após a constatação do pagamento do boleto (taxa), constituído pelo código de barras. Qualquer outra forma de pagamento invalida a inscrição.

7.13. Não serão aceitos pagamentos do boleto após o prazo do seu vencimento, conforme item 7.2..

7.14. O candidato, ao efetivar sua inscrição assume inteira responsabilidade pelas informações que fizer constar no formulário emitido pela Internet, sob as penas da lei.

7.15. É vedada a inscrição condicional ou extemporânea.

7.16. O valor relativo à inscrição não será devolvido em hipótese alguma, salvo no caso de cancelamento do concurso por decisão da Secretaria da Administração do Município de Caxias do Sul.

7.17. O comprovante de pagamento da inscrição deverá ser mantido em poder do candidato até o final do concurso.

7.18. Não será aceita inscrição via postal, por FAX, e/ou outra forma que não a estabelecida neste edital.

7.19. Efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alteração de cargo.

7.20. Havendo inscrições múltiplas do mesmo candidato em cargos cujas provas ocorram em um único turno, ficará o candidato responsável pela escolha da prova a ser feita, sendo vedada a possibilidade de concorrer em mais de um cargo no mesmo turno.

7.21. As inscrições efetuadas de acordo com o disposto neste item serão homologadas pela Secretaria da Administração do Município de Caxias do Sul, significando tal ato que o candidato está habilitado a participar das demais etapas do concurso.

7.22. Após a divulgação dos locais de prova, os candidatos deverão conferir todos os seus dados e, caso haja divergência, deverá o candidato comunicar ao Fiscal de Sala no dia da prova ou, antes dela, à Fundação Conesul.

7.23. Será encaminhado a cada candidato, e-mail (caso fornecido pelo candidato) ou correspondência pelos correios, comunicando-lhe dados de sua inscrição, o cargo para o qual se inscreveu, a data de realização da prova, seu local de prova (escola/sala), com respectivo endereço e horário.

7.24. A inscrição no presente Concurso Público implica no conhecimento e na expressa aceitação das condições estabelecidas neste Edital, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento.

8 - DAS INFORMAÇÕES SOBRE OS CARGOS

As informações sobre os cargos deste Concurso constam no Anexo I deste Edital.

9 - DA PROVA OBJETIVA - CLASSIFICATÓRIA E ELIMINATÓRIA

9.1. A prova objetiva conterá 50 (cinqüenta) questões, totalizando 100 pontos. As questões serão formuladas de acordo com os programas constantes no Anexo II.

9.2. O valor de cada questão e os componentes (matérias) da prova são os especificados no quadro demonstrativo constante no item 9.5.

9.3. Será considerado aprovado o candidato que, cumulativamente, obtiver:

a) no mínimo 30 pontos em Conhecimentos Específicos;

b) no mínimo 60 pontos no total da prova objetiva.

9.4. A prova objetiva terá a duração de 3 (três) horas e trinta (30) minutos.

9.5. Quadro demonstrativo das provas objetivas do presente concurso público:

Cargo

Componentes das Provas (matérias)

Número de questões

(50)

Pontos/questão

Número mínimo de acertos por componente

Número mínimo de pontos por componente

Nota mínima da prova

Níveis Superior e Médio

Língua Portuguesa (C)

10

2,0

-

-

60

Conhecimentos Específicos (E/C)

30

2,0

15

30

Informática (C)

05

2,0

-

-

Legislação (C)

05

2,0

-

-

* Caráter: (C) Classificatória (E/C) Eliminatória/Classificatória

9.6. As Provas Objetivas serão realizadas no Município de Caxias do Sul.

9.7. As questões da Prova Objetiva serão do tipo múltipla escolha e cada questão conterá 5 (cinco) alternativas de resposta, sendo somente 1 (uma) correta.

9.8. O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de 1 (uma) hora do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, do Comprovante de Pagamento da Inscrição e, obrigatoriamente, do documento de identificação.

9.9. O ingresso na sala de provas será permitido somente ao candidato que apresentar comprovante de inscrição e documento hábil de identidade: Cédula de Identidade, ou carteira expedida por Órgão ou Conselho Profissional, ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (modelo novo), ou Carteira Nacional de Habilitação (modelo novo), ou Passaporte no prazo de validade.

9.10. O documento de identificação deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato e de sua assinatura.

9.11. Não será admitido o ingresso de candidatos no local de realização das provas após o horário fixado para o seu início.

9.12. Ao entrar na sala o candidato recebe seu Cartão de Respostas, o qual deve ser assinado e ter seus dados conferidos.

9.13. Não haverá segunda chamada para a Prova Objetiva. O não comparecimento na Prova Objetiva, qualquer que seja a alegação, acarretará a eliminação automática do candidato do concurso.

9.14. É vedado ao candidato prestar a prova objetiva fora do local, data e horário divulgados pela organização do Concurso Público.

9.15. O candidato somente poderá retirar-se do local de realização da prova após 1h (uma hora) do início da mesma.

9.16. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em virtude do afastamento do candidato da sua sala.

9.17. Durante a realização das provas não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação, informações referentes ao conteúdo e aos critérios de avaliação das mesmas.

9.18. Será automaticamente ELIMINADO do concurso o candidato que, durante a realização da prova:

a) usar ou tentar usar meios fraudulentos ou ilegais para a sua realização;

b) for surpreendido dando ou recebendo auxílio na resolução da prova;

c) utilizar-se de anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta;

d) utilizar-se de quaisquer equipamentos eletrônicos que permitam o armazenamento ou a comunicação de dados e informações;

e) faltar com a devida urbanidade para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, as autoridades presentes ou candidatos;

f) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

g) ausentar-se da sala, durante a prova, portando o Cartão de Respostas ou Caderno de Questões;

h) descumprir as instruções contidas no Caderno de Questões;

i) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.

9.19. Será anulada a resposta que contiver mais de uma ou nenhuma alternativa assinalada, ou que contiver emenda ou rasura.

9.20. O candidato deverá transcrever as respostas da prova objetiva para o Cartão de Respostas, que será o único documento válido para a correção. O preenchimento do Cartão de Respostas é de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder de conformidade com as instruções específicas contidas na capa do Caderno de Questões. Não haverá substituição do Cartão de Respostas por erro do candidato.

9.21. Ao terminar a Prova Objetiva, o candidato entregará ao Fiscal de Sala, obrigatoriamente, o Cartão de Respostas devidamente assinado.

10 - DA PROVA DE TÍTULOS (SOMENTE PARA OS CARGOS DE PROFESSOR)

10.1. Os candidatos ao cargo de Professor serão submetidos a Prova de Títulos, de caráter classificatório.

10.2. Somente serão julgados os títulos dos candidatos aprovados na Prova Objetiva (itens 9.3 e 9.5).

10.3. Não serão considerados os títulos que não expressarem em seu corpo a carga horária de duração.

10.4. Os títulos deverão ser relacionados em Formulário específico, constante no Anexo III.

10.5. A escolha dos títulos para cada item, de acordo com a sua freqüência é de inteira responsabilidade do candidato. À Comissão Examinadora cabe apenas analisar a prova apresentada pelo candidato.

10.6. O Formulário da Prova de Títulos (Anexo III) deverá ser apresentado em 2 (duas) vias, juntamente com as cópias dos títulos, autenticadas em Cartório.

10.7. Caso o candidato apresente título com nome diverso, decorrente de alteração do estado civil ou decisão judicial, deverá ser anexada uma cópia de documento comprobatório da alteração, autenticada em Cartório.

10.8. A Prova de Títulos deverá ser entregue na Divisão de Recursos Humanos da Secretaria de Administração do Município de Caxias do Sul no prazo divulgado em edital, a ser publicado conforme item 6. As cópias autenticadas dos títulos entregues, ficam sob a guarda da Secretaria da Administração do Município de Caxias do Sul, não havendo devolução dos mesmos em hipótese alguma.

10.9. Na prova de títulos constante no item 10.20, letras "d" a "f", só serão aceitos os cursos realizados a partir do ano de 2003 (inclusive).

10.10. A prova de títulos terá o valor máximo de dez (10) pontos.

10.11. Os certificados e diplomas que concederem direito ao provimento do cargo não serão avaliados como título.

10.12. Serão considerados títulos a serem valorizados, diplomas ou certificados de participação em cursos, encontros, seminários, simpósios ou atualizações, relacionados com a área profissional ou disciplina em que o candidato se inscreveu, excetuando-se os obtidos por correspondência

10.13. Todo e qualquer certificado que estiver em língua estrangeira somente será considerado se vier acompanhado da tradução por tradutor público juramentado (tradução original) ou no caso de graduação e pós-graduação, da revalidação de acordo com a Lei 9.394/96, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, excetuando-se dessa exigência os certificados expedidos pelos países integrantes do MERCOSUL.

10.14. Serão aceitos comprovantes de participação em cursos de Informática Educativa, em cursos relacionados à Biblioteca Escolar e em cursos pela Internet, relacionados à Educação (quando reconhecidos pelo Ministério da Educação e Cultura), desde que atendam os critérios do item 10.20.

10.15. A irregularidade ou ilegalidade constatada em algum(uns) do(s) título(s) acarretará na anulação do referido título para fins desta Prova.

10.16. Comprovada a culpa do candidato, o mesmo será excluído do concurso.

10.17. Não serão considerados os títulos obtidos após o enceramento do prazo para a entrega dos mesmos.

10.18. Não serão recebidos títulos apresentados fora do prazo, local e horários estabelecidos em Edital ou em desacordo com o disposto neste item.

10.19. Somente serão avaliados os títulos relacionados nos espaços a eles destinados no Formulário, sendo, portanto, desconsiderados os que se apresentarem em folhas anexas ou adicionados além do permitido neste Edital.

10.20. Os títulos serão avaliados conforme tabela abaixo:

Títulos

Quantidade de Títulos

Valor Unitário

Valor Máximo

a) Comprovante de Pós Graduação em nível de Doutorado ou Mestrado

1

2,00

2,00

b) Comprovante de Pós Graduação em nível de Especialização (mínimo 360 horas)

1

1 ,75

1,75

c) Comprovante de Graduação em nível de Licenciatura

1

1,50

1,50

d) Comprovante de participação em curso a partir de 150 horas

2

1,125

2,25

e) Comprovante de participação em curso a partir de 80 horas

2

0,75

1,50

f) Comprovante de participação em eventos a partir de 40 horas

2

0,50

1,00

TOTAL

10

-

10,00

10.21. A nota obtida na Prova de Títulos será acrescida à nota da Prova Objetiva.

11 - DOS RECURSOS

11.1. O candidato poderá interpor recurso, a contar do primeiro dia útil subseqüente à publicação, conforme item 6, nos seguintes casos e prazos:

a) referente ao edital de abertura do concurso, no prazo de 3 (três) dias úteis;

b) referente às inscrições não homologadas, no prazo de 2 (dois) dias úteis;

c) referente ao gabarito preliminar da prova objetiva, no prazo de 3 (três) dias úteis;

d) referente à nota da Prova de Títulos, no prazo de 3 (três) dias úteis;

e) referente às incorreções ou irregularidades constatadas na execução do concurso, no prazo de 3 (três) dias úteis, contados da data da ocorrência das mesmas.

11.2. Os recursos deverão ser protocolados no Protocolo Geral da Prefeitura de Caxias do Sul, na Rua Alfredo Chaves, 1333, Bairro Exposição, das 10 às 16 horas.

11.3. Para cada questão recorrida deverá ser utilizado um formulário denominado Recurso Administrativo, onde devem ser fundamentadas as razões pelas quais o recorrente discorda do gabarito ou conteúdo da questão.

11.4. O Requerimento de Recurso, devidamente preenchido, deverá capear o(s) recurso(s) administrativo(s) referido no item 11.3.

11.5. O(s) Recurso(s) Administrativo(s) e o Requerimento de Recurso deverão ser digitados ou datilografados.

11.6. Não serão aceitos recursos enviados por via postal, via e-mail e fac-símile ou qualquer outro meio que não o previsto neste Edital.

11.7. Após o julgamento dos recursos sobre gabaritos e questões objetivas, os pontos correspondentes às questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os candidatos, indistintamente, do mesmo modo, quando houver alteração de gabarito, serão atribuídos os pontos da respectiva questão apenas aos candidatos que acertaram a resposta de acordo com o novo gabarito, independentemente de terem recorrido.

11.8. Eventuais alterações de gabarito, após análise de recursos, serão divulgadas conforme item 6 deste Edital.

11.9. A Comissão Examinadora da FUNDAÇÃO CONESUL DE DESENVOLVIMENTO é a última instância para recursos, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

11.10. Serão indeferidos os recursos que não atenderem os dispositivos aqui estabelecidos.

12 - DA APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

12.1. A nota, para fins de classificação dos candidatos aprovados, será a soma dos pontos obtidos na prova objetiva, conforme quadro demonstrativo constante no item 9.5 deste Edital.

12.2. Para os cargos de Professor, a nota final será a soma dos pontos da Prova Objetiva com os pontos obtidos na Prova de Títulos.

12.3. A classificação final dos candidatos aprovados dar-se-á após a fase recursal e observadas as disposições do item 13 deste Edital, pela ordem decrescente da nota.

12.4. Não ocorrendo a aprovação de candidatos para as vagas reservadas a portadores de deficiência ou a afros-descendentes, essas serão preenchidas pelos demais candidatos aprovados.

13 - DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

13.1. Em caso de igualdade na pontuação final do Concurso, o desempate dar-se-á adotando-se os critérios abaixo, pela ordem e na seqüência apresentada, obtendo melhor classificação o candidato que tiver:

a) amparo nos termos do parágrafo único do artigo 27 da Lei Federal nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso), na data do término das inscrições;

b) obtido a maior pontuação em Conhecimentos Específicos;

c) obtido a maior pontuação em Legislação;

d) obtido a maior pontuação em Língua Portuguesa;

e) obtido a maior pontuação em Informática.

13.2. Persistindo o empate entre os candidatos, depois de aplicados todos os critérios acima, o desempate dar-se-á através de sorteio.

13.3. O sorteio de que trata o item acima, será realizado ordenando-se as inscrições dos candidatos empatados, de acordo com o seu número de inscrição, de forma crescente ou decrescente, conforme o resultado do primeiro prêmio da extração da Loteria Federal do dia imediatamente anterior ao dia de aplicação da Prova Objetiva, conforme os seguintes critérios: se a soma dos algarismos do número sorteado no primeiro prêmio da Loteria Federal for par, a ordem será a crescente e se a soma dos algarismos da Loteria Federal for ímpar, a ordem será a decrescente.

14 - DA PUBLICAÇÃO DOS RESULTADOS

14.1. O Gabarito Preliminar (antes da análise dos recursos) será divulgado, conforme item 6, em até 05 (cinco) dias úteis após a realização da prova objetiva e, ao término da análise dos recursos, será divulgado o Gabarito Definitivo.

14.2. A Classificação Final será divulgada através de Edital, conforme disposto no item 6 deste Edital.

14.3. Havendo candidatos inscritos nas vagas reservadas para portadores de deficiência ou afros-descendentes, serão divulgados três relatórios de classificação: um contendo todos os candidatos (inclusive os candidatos às reservas de vagas), outro contendo somente os candidatos concorrentes à reserva de vagas para portadores de deficiência e outro contendo somente os candidatos concorrentes à reserva de vagas para afros-descendentes.

15 - DO PROVIMENTO DOS CARGOS

15.1. O provimento dos cargos dar-se-á conforme as necessidades do Poder Executivo Municipal de Caxias do Sul, Administração Direta, Indireta e Fundacional, seguindo rigorosamente a ordem de classificação dos candidatos aprovados, dentro do prazo de validade do concurso e observando o disposto no Decreto nº 13.439/07.

15.2. Ficam comunicados os candidatos classificados que sua pose no cargo está condicionada ao atendimento das exigências a seguir:

a) ser brasileiro nato ou naturalizado, ou, ainda, gozar das prerrogativas contidas no artigo 12, § 1º, da Constituição Federal;

b) estar em dia com as obrigações eleitorais;

c) estar em dia com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino;

d) ter 18 (dezoito) anos completos na data da pose;

e) preencher os requisitos previstos para cada cargo, na data da pose;

f) não estar incompatibilizado com a investidura do Cargo, inclusive em razão de demissão por atos de improbidade, comprovados por meio de sindicância e ou inquérito Administrativo, na forma da Lei;

g) não registrar antecedentes criminais, achando-se em pleno gozo dos direitos civis e políticos;

h) ter boa saúde física e mental, verificada através de inspeção da Biometria Médica Municipal;

i) possuir as características e habilidades emocionais exigidas para o ingresso no serviço público municipal de Caxias do Sul, estabelecidas na Lei Municipal nº 6.664/07, que serão verificadas após a nomeação dos candidatos em Edital de Citação, por meio da avaliação psicológica realizada por profissionais do quadro de servidores do Município de Caxias do Sul, conforme previsto na Lei Complementar nº 3.673/91, e se necessário, complementada por avaliação psiquiátrica e/ou neurológica a cargo do Município;

j) entregar duas fotos 3x4, cópia do documento de identidade, do CPF, do PIS ou PASEP e Declaração de Bens.

15.3. Os candidatos aprovados deverão comunicar à Divisão de Recursos Humanos da Secretaria de Administração do Município de Caxias do Sul qualquer mudança de endereço, sob pena de, não sendo encontrados, serem considerados eliminados deste Concurso Público.

16 - DA HOMOLOGAÇÃO E DA VALIDADE

16.1. O resultado final homologado será divulgado por cargo e conterá os nomes dos candidatos classificados, obedecendo a estrita ordem de classificação.

16.2. A validade do Concurso Público será de 2 (dois) anos a partir da homologação final, podendo ser prorogado pelo prazo máximo de 2 (dois) anos, a critério da autoridade administrativa.

17 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

17.1. O Município de Caxias do Sul e a FUNDAÇÃO CONESUL DE DESENVOLVIMENTO não assumem qualquer responsabilidade quanto ao transporte, alojamento e/ou alimentação dos candidatos, quando da realização das etapas deste concurso.

17.2. O candidato que fizer qualquer declaração falsa ou inexata ao se inscrever, ou que não posa satisfazer todas as condições enumeradas neste Edital, terá cancelada sua inscrição e serão anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que tenha sido aprovado nas provas ou nomeado.

17.3. Os casos omissos, pertinentes à realização deste Concurso Público, serão dirimidos pela Comissão Executiva do Concurso da Prefeitura de Caxias do Sul, em conjunto com a FUNDAÇÃO CONESUL DE DESENVOLVIMENTO.

18 - ÍNDICE DE ANEXOS

18.1. Os anexos abaixo relacionados são parte integrante deste Edital.

ANEXO I - INFORMAÇÕES SOBRE OS CARGOS

ANEXO II - CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

ANEXO III - FORMULÁRIO PARA PROVA DE TÍTULOS

ANEXO I

INFORMAÇÕES SOBRE OS CARGOS

CARGO: Bibliotecário

Síntese dos deveres: executar trabalhos especializados em bibliotecas do Município. Habilitação mínima: Curso Superior em Biblioteconomia e registro no CRB da 10ª Região. Lotação: exclusivamente em bibliotecas.

CARGO: Médico

Síntese dos deveres: prestar assistência médico-cirúrgica e preventiva, diagnosticar e tratar das doenças do corpo humano, em ambulatórios, escolas, hospitais ou órgãos afins; fazer inspeção de saúde em servidores municipais, bem como candidatos a ingresso no serviço público. Condições de trabalho: o exercício do cargo exige a prestação de serviços à noite, sábados, domingos e feriados, sujeito a trabalho externo e atendimento ao público. Lotação: em serviços de Saúde e Assistência.

Médico Neurologista

Habilitação mínima: Curso Superior em Medicina e registro profissional no CREMERS e Certificado de residência na especialidade devidamente reconhecido pelo MEC, ou registro de qualificação de especialidade expedido pelo CREMERS.

Médico Otorrinolaringologista

Habilitação mínima: Curso Superior em Medicina e registro profissional no CREMERS e Certificado de residência na especialidade devidamente reconhecido pelo MEC, ou registro de qualificação de especialidade expedido pelo CREMERS.

Médico Perito

Habilitação mínima: Curso Superior em Medicina com registro profissional no CREMERS, e título de especialista em Medicina do Trabalho, emitido pela AMB (Associação Médica Brasileira) com registro no CREMERS.

Médico Radiologista/Ecografista

Habilitação mínima: Curso Superior em Medicina e registro profissional no CREMERS e Certificado de residência na especialidade devidamente reconhecido pelo MEC, ou registro de qualificação de especialidade expedido pelo CREMERS.

Médico Reumatologista

Habilitação mínima: Curso Superior em Medicina e registro profissional no CREMERS e Certificado de residência na especialidade devidamente reconhecido pelo MEC, ou registro de qualificação de especialidade expedido pelo CREMERS.

CARGO: Professor G3 AII Língua Estrangeira - Espanhol

Síntese dos deveres: Ministrar aulas em estabelecimentos de ensino fundamental e executar outras tarefas pertinentes ao exercício do Magistério. Condições de trabalho: carga horária distribuída em aulas (de acordo com o horário estabelecido pela Direção), atividades diversas (reuniões para tratar de assuntos específicos da classe ou de outros interesses da escola; comissões sobre assuntos de educação e ensino geral; elaboração de estatística escolar) e outras (atividades obrigatórias além do horário normal, elaboração de planos e diários de classe, escolha de procedimentos didáticos e preparo de aulas; planejamento, organização e correção de provas e trabalhos). Habilitação Mínima: Licenciatura Plena em Letras/Espanhol e Literatura da Língua Espanhola ou habilitação através de curso especial de Língua Espanhola, com complementação pedagógica, fornecida por Universidade. Outros requisitos: possuir boas condições auditivas, visuais e de dicção. Lotação: exclusiva em estabelecimentos de ensino.

CARGO: Professor G3 AII Língua Estrangeira - Inglês

Síntese dos deveres: Ministrar aulas em estabelecimentos de ensino fundamental e executar outras tarefas pertinentes ao exercício do Magistério. Condições de trabalho: carga horária distribuída em aulas (de acordo com o horário estabelecido pela Direção), atividades diversas (reuniões para tratar de assuntos específicos da classe ou de outros interesses da escola; comissões sobre assuntos de educação e ensino geral; elaboração de estatística escolar) e outras (atividades obrigatórias além do horário normal, elaboração de planos e diários de classe, escolha de procedimentos didáticos e preparo de aulas; planejamento, organização e correção de provas e trabalhos). Habilitação Mínima: Licenciatura Plena em Letras/Inglês e Literatura da Língua Inglesa ou habilitação através de curso especial de Língua Inglesa, com complementação pedagógica, fornecida por Universidade. Outros requisitos: possuir boas condições auditivas, visuais e de dicção. Lotação: exclusiva em estabelecimentos de ensino.

CARGO: Técnico em Informática

Síntese dos deveres: Acompanhar a implantação de serviços de informática; acompanhar a utilização dos serviços implantados; orientar e supervisionar os usuários dos sistemas de informática; conhecer os sistemas operacionais: DOS, Unix, Windows, Windows NT e Netware; treinar os usuários para a correta utilização de equipamentos e sistemas. Condições de trabalho: o exercício do cargo está sujeito à prestação de serviços à noite, fim de semana e feriado; trabalho externo. Habilitação mínima: ensino médio completo. Lotação: em serviços de administração em geral.

CARGO: Técnico em Radiologia

Síntese dos deveres: Executar tarefas relacionadas com o manejo de aparelhos de Raio X e revelação de chapas radiográficas. Condições de trabalho: o exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviço externo, sábado e domingo. Habilitação Mínima: ensino médio completo e Curso Técnico em Radiologia e registro profissional no CREMERS. Lotação: em serviços de Saúde e Assistência.

ANEXO II

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

LEGISLAÇÃO (COMUM PARA TODOS OS CARGOS)

1. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, promulgada em 05/10/88, atualizada até a Emenda Constitucional nº 53, de 19/12/2006.

TÍTULO III - Da Organização do Estado

Capítulo VII - Da Administração Pública - Arts. 37 ao 43.

2. ESTATUTO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE CAXIAS DO SUL (LEI COMPLEMENTAR Nº 3.673/91), com suas alterações posteriores.

TÍTULO I - Do Regime Jurídico Único - art. 1º ao 51;

TÍTULO III - Do Regime de Trabalho - art. 71 ao 88;

TÍTULO IV - Dos Direitos e Vantagens Capítulo II - Do Vencimento e da Remuneração - art. 97 ao 107;

Capítulo III - Das Vantagens Pecuniárias - art. 108 ao 162;

Capítulo IV - Das Férias - art. 163 ao 176;

Capítulo IX - Das Licenças - art. 188 ao 224;

TÍTULO V - Do Regime Disciplinar - art. 241 ao 306.

LÍNGUA PORTUGUESA (COMUM PARA TODOS OS CARGOS)

Fonemas. Grafemas. Dígrafos.Encontros vocálicos e consonantais. Ortografia Oficial. Acentuação Gráfica. Reconhecimento de Classes de Palavras: Nome, Adjetivo, Artigo, Advérbio, Numeral, Pronome, Verbo. Preposição,. Conjunções. Flexão Nominal e Verbal. Pronomes: colocação, uso, formas pronominais de tratamento. Concordância nominal e verbal. Emprego de tempos e modos. Vozes do verbo. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Estrutura do Vocábulo: radicais e afixos. Formação de palavras: composição e derivação. Termos da oração. Tipos de predicação. Estrutura do período: coordenação e subordinação. Nexos oracionais: valor lógico e sintático das conjunções. Sinonímia, homonímia e antonímia. Discurso direto e indireto. Interpretação de textos: Variedade de textos e adequação de linguagem. Estruturação do texto e dos parágrafos. Conotação e denotação. Figuras de Linguagem. Informações literais e inferências. Estruturação do texto: recursos de coesão. Significação contextual de palavras e expressões. Ponto de vista do autor.

INFORMÁTICA (COMUM PARA TODOS OS CARGOS)

Conhecimentos sobre os programas OpenOffice.org - Writer: Identificar o ambiente, características, componentes da janela, funcionalidades e utilização dos menus, ícones e botões da janela principal do Writer. Abrir, criar, formatar um documento e salvá-lo, utilizado menu, barras de ferramentas, objetos e funções; ícones, teclado e/ou mouse. Identificar e utilizar os ícones das barras de ferramentas, objetos e funções para formatar e reconhecer a formatação de textos e documentos. Identificar a formatação de documentos. Utilizar réguas, barra de status, recuos, espaçamentos e alinhamentos; tabulações, parágrafos, desenho, configuração e impressão de páginas, revisão ortográfica, autocorreção, cabeçalhos e rodapé, quebras de página, inserir figuras e números de páginas; listas, tabelas, plano de fundo e bordas; Conhecimentos sobre o programa OpenOffice.org - Calc: Identificar o ambiente, características, componentes da janela, funcionalidades e utilização dos menus, barras de títulos, menus, fórmulas, funções, objetos; ícones e botões da janela principal do Calc. Definir e identificar célula, planilha e pasta. Abrir, fechar, formatar e salvar uma pasta e planilha, executando as funcionalidades do Calc através das barras de títulos, menus, fórmulas, funções, objetos; ícones, teclado e/ou mouse. Utilizar seleção de células, inserir textos e números; funções, seqüência com incremento; copiar, excluir, alterar, inserir, mover, ocultar células, linhas e colunas; localização e substituição; inserir quebras, alterar cores, estilos, ordenação, filtro e autofiltro; gráficos; Conhecimentos sobre o programa OpenOffice.org - Impress: Identificar o ambiente, características, componentes da janela, funcionalidades e utilização dos menus, barras de títulos, menus e ferramentas. Abrir, fechar, formatar e salvar uma apresentação, executando as funcionalidades do Impress através das barras de títulos, menus, ferramentas; ícones, teclado e/ou mouse. Utilizar piloto automático, buscar e substituir, duplicar, eliminar página, réguas, barra de status, vista de trabalho (modo desenho, tópicos, slide, anotações e folheto); parágrafo, página, modificar layout, trabalho de fonte, efeito 3D, ortografia, autocorreção, galeria, pipeta, apresentação na tela e configuração da apresentação; transição de slides e efeitos.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS POR CARGO:

BIBLIOTECÁRIO

Ciência da Informação, Biblioteconomia, Documentação: conceitos, princípios, evolução e relação com outras áreas do conhecimento; Profissional bibliotecário: legislação, órgãos de classe, ética profissional; Representação descritiva dos documentos: princípios gerais de catalogação. Catalogação de diferentes tipos de materiais e em diferentes suportes. CCAA2 e formato MARC 21; Representação temática dos documentos: princípios gerais de classificação, Sistemas de classificação bibliográfica (CDU e CDD); Indexação: conceitos, características e sistemas. Indexação automática. Vocabulário controlado e tesaurus. Metadados., índices e resumos; Formação e desenvolvimento e avaliação de coleções: políticas de seleção, aquisição e descarte. Aquisição. Aquisição planificada. Coleções não convencionais. Intercâmbio - empréstimo entre unidades de informação; Serviço de referência: Conceito, função e técnicas. Bibliotecário de referência. Estudo de uso e necessidades de informação. Usuários reais e potenciais. Disseminação da informação e disseminação seletiva da informação (DSI). Serviço de referência virtual. Educação de usuários; Redes e sistemas de informação: conceito, características. Produtores, provedores e usuários de redes e sistemas de informação. Sistemas de hipertexto e hiperdocumento. Gerenciamento da informação no ambiente web; Gestão de unidades de informação: planejamento, organização, administração de recursos materiais e humanos. Avaliação. Marketing em unidades de informação. Gestão da qualidade em unidades de informação. Preservação de documentos; Normatização e controle bibliográfico: conceitos e funções. Normas brasileiras de documentação. Direitos autorais; Desenvolvimento de projetos e ações culturais em bibliotecas.

MÉDICO NEUROLOGISTA

Fundamentos em neurociências: motricidade, sensibilidade e funções superiores; Exame neurológico: semiologia neurológica; Síndromes do sistema nervoso periférico; Síndromes medulares, do tronco cerebral e cerebelares; Síndromes diencefálicas e telencefálicas; Síndrome de hipertensão intracraneana; Hidrocefalias; Comas; Síndromes piramidais e extrapiramidais; Processos infecciosos e parasitários do sistema nervoso; Processos tumorais do sistema nervoso; Processos vasculares do sistema nervoso; Processos degenerativos do sistema nervoso; Processos neurológicos decorrentes de drogas e outros agentes químicos; Alcoolismo: manifestações neurológicas; Traumas crâneo-encefálicos e raque-medulares; Manifestações neurológicas das doenças sistêmicas; Cefaléias e algias faciais; Epilepsias; Esclerose múltipla e outras doenças desmielinizantes; Parkinson e outras doenças do sistema motor; Demências; distúrbios de linguagem; Agnosias e dispraxias; Neuropatias periféricas; Miopatias; Exames complementares em neurologia: exame do líquor; eletroencefalografia; polissonografia; eletroneuromiografia; potenciais evocados; tomografia computadorizada; ressonância magnética e angiografia.

MÉDICO OTORRINOLARINGOLOGISTA

Anatomia e fisiologia de ouvido, nariz, cavidades paranasais, laringe, faringe, pescoço; Antibioticoterapia em otorrinolaringologia; Corticoterapia em otorrinolaringologia; Relação médico paciente; Tratamento clínico das otites externa, média aguda e crônica; Perda auditiva - avaliação, diagnóstico e tratamento; Perda Auditiva Induzida por Ruído, identificação e relatórios; Vertigem - avaliação, diagnóstico e tratamento; Paralisia facial idiopática - avaliação, diagnóstico e tratamento; Doenças dos seios da face - avaliação, diagnóstico e tratamento; Tumores nasais e de seios da face; Cefaléias em Otorrinolaringologia; Tratamento das faringotonsilites; Indicação de adenoamigdalectomia; Doença de glândulas salivares - avaliação, diagnóstico e tratamento; Investigação do paciente com tosse; Tumores e lesões da cavidade oral; Massas cervicais; Doenças de laringe - avaliação, diagnóstico e tratamento; Síndrome do refluxo faringolaríngeo; Disfagia; Trauma de face.

MÉDICO PERITO

Medicina Geral: Ética médico-profissional. Noções de epidemiologia: conceito, histórico e objetivos; relações de causa e efeito; índices e coeficientes sanitários; noções sobre a evolução natural das variadas doenças e os conceitos de epidemia, endemia, pandemia e prozodemia; epidemiologia atualmente no Brasil; epidemias e endemias atuais; doenças comunicáveis; investigação epidemiológica; níveis de prevenção e medidas profiláticas. Clínica médica e conduta médico-pericial: a) noções gerais das áreas médicas: clínica médica; cirurgia; gineco-obstetrícia; psiquiatria; ortopedia; cardiologia. b) conduta pericial. Legislação de Assistência Social: conteúdo; fontes e autonomia (Lei nº 8.742/93 e Decreto 1.744/95 ). Legislação referente ao SUS: Lei nº 8.080 de 19/09/1990, Títulos I e II; Portaria 3.908 de 30/10/1998; Portaria MS 1679 de 19/09/2002; Portaria MS 656 de 20/09/2002; Portaria MS 666 de 30/09/2002; Portaria MS 777 de 28/04/2004. Medicina do Trabalho: A Segurança e Saúde no Trabalho nos diplomas legais vigentes no país: Constituição da República Federativa do Brasil de 1988; Segurança e a Saúde no Trabalho nas seguintes Normas Internacionais da Organização Internacional do Trabalho - OIT: Convenção nº 81 - Inspeção do Trabalho (Decreto nº 95.461, de 11/12/1987); Convenção nº 139 - Prevenção e controle de riscos profissionais causados por substâncias ou agentes cancerígenos (Decreto nº 157, de 02/06/1991); Convenção nº 148 - Proteção dos Trabalhadores contra os riscos profissionais devidos à contaminação do ar, ao ruído, às vibrações no local de trabalho (Decreto nº 93.413, de 15/10/1986); Convenção nº 155 - Segurança de Saúde dos Trabalhadores (Decreto nº 1.254, de 29/09/1994); Convenção nº 161 - Serviços de Saúde do Trabalho (Decreto nº 127, de 22/05/1991). Doenças ocupacionais, acidente do trabalho e conduta médico-pericial: conceito e epidemiologia; impacto do trabalho sobre a saúde e segurança dos trabalhadores; indicadores de saúde - doença dos trabalhadores; situação atual da saúde dos trabalhadores no Brasil; patologia do trabalho; conduta pericial; Normas Técnicas das LER/DORT. Legislação do Trabalho: Consolidação das Leis do Trabalho - CLT - Títulos I e II; Normas Regulamentadoras aprovadas pela Portaria MTb nº 3.214, de 08/06/1978. Lei Complementar Municipal nº 241, de 30/06/05 e Lei Complementar Municipal nº 252 de 20/12/05.

MÉDICO RADIOLOGISTA/ECOGRAFISTA

Ossos e articulações; Sistema respiratório; Sistema cardiovascular; Abdômen e trato gastrintestinal; Trato urogenital; Sistema nervoso central; Face e pescoço; Princípios do estudo por imagens de tomografia computadorizada; Estudo por imagens do cérebro; Estudo por imagens da cabeça e pescoço; Exame por imagens da coluna vertebral; Estudo por imagens do tórax; Estudo por imagens do abdômen e da pelve; Exame por imagens do sistema musculoesquelético; Estudo ecográfico abdominal e pélvico.

MÉDICO REUMATOLOGISTA

Estrutura e Função do Tecido Conectivo; Artrite Reumatóide; Artrites Infecciosas; Lupus Eritematoso Sistêmico; Esclerose Sistêmica; Vasculites; Miopatias Inflamatórias; Amiloidose; Gota; Policondrites; Osteoartrites; Artrites e Doenças Sistêmicas; Reumatismo não Articular; Tumores Articulares; Doenças Infecciosas e Parasitárias; Imunologia Clínica; Drogas e Interações Medicamentosas; Doenças da infância em reumatologia.

PROFESSOR G3 AII LÍNGUA ESTRANGEIRA - INGLÊS

Interpretação: identificação do tema central e das diferentes idéias contidas nos textos. Estabelecimento de relações entre as diferentes partes nos textos. Identificação de enunciados que expressam lugar, tempo, modo, finalidade, causa condição, conseqüência e comparação. Estudo do vocabulário: significado de palavras e expressões num contexto. Semelhanças e diferenças de significados de palavras e expressões (falsos cognatos). Aspectos gramaticais/aplicação prática: flexão do nome, do pronome e do artigo. Substantivos (contáveis e não contáveis). Flexão do verbo. Significado através da utilização do tempo verbal e verbos auxiliares. Regência e concordância verbal/nominal. Preposições de tempo/lugar. Substantivos, adjetivos e verbos seguidos de preposição. Orações com relação de causa, conseqüência, tempo, modo, condição, concessão, comparação. Orações relativas. Pronomes interrogativos. Frases interrogativas. Metodologia e abordagens do ensino de inglês. O ensino das habilidades: ler, falar, ouvir e escrever. Didática: Projeto Pedagógico; Processo de ensino/aprendizagem: objetivos/conteúdos; Organização do ensino: planejamento escolar - ações educativas/planos e seus componentes/estratégias/tratamento do conteúdo; Processo de avaliação. Estrutura e funcionamento: Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (da Educação, da Cultura, do Desporto, da Ciência e Tecnologia e do Meio Ambiente); Lei Federal nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional; Estatuto da Criança e do Adolescente (direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer); Organização do Sistema Educacional Brasileiro; Princípios e fins da educação nacional.

PROFESSOR G3 AII LÍNGUA ESTRANGEIRA-ESPANHOL

Interpretação: identificação do tema central e das diferentes idéias contidas nos textos. Estabelecimento de relações entre as diferentes partes nos textos. Identificação de enunciados que expressam lugar, tempo, modo, finalidade, causa condição, conseqüência e comparação. Estudo do vocabulário: significado de palavras e expressões num contexto. Semelhanças e diferenças de significados de palavras e expressões (falsos cognatos). Aspectos gramaticais/aplicação prática: flexão do nome, do pronome e do artigo. Flexão do verbo. Significado através da utilização do tempo verbal e verbos auxiliares. Regência e concordância nominal/verbal. Preposições de tempo/lugar. Substantivos, adjetivos e verbos seguidos de preposição. Orações com relação de causa, conseqüência, tempo, modo, condição, concessão, comparação. Orações relativas. Pronomes interrogativos. Frases interrogativas. Metodologia e abordagens do ensino de espanhol. O ensino das habilidades: ler, falar, ouvir e escrever. Didática: Projeto Pedagógico; Processo de ensino/aprendizagem: objetivos/conteúdos; Organização do ensino: planejamento escolar - ações educativas/planos e seus componentes/estratégias/tratamento do conteúdo; Processo de avaliação. Estrutura e funcionamento: Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (da Educação, da Cultura, do Desporto, da Ciência e Tecnologia e do Meio Ambiente); Lei Federal nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional; Estatuto da Criança e do Adolescente (direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer); Organização do Sistema Educacional Brasileiro; Princípios e fins da educação nacional.

TÉCNICO EM INFORMÁTICA

Configuração e instalação de equipamentos e periféricos. Montagem, desmontagem e substituição de componentes de microcomputadores.Conhecimentos de sistemas operacionais. Instalação e configuração de Windows 98, Windows XP e Linux (Desktop). Comandos MS-DOS e Shell Linux.Conhecimentos gerais de software. Instalação e atualização. Conhecimento da Suíte BrOffice: Writer, Calc, Impress, Base. Conhecimentos de redes de computadores. Funcionamento do protocolo TCP/IP. Configuração de equipamentos em rede. Noções de segurança em rede (invasão, vírus, spyware, malware e correlatos) e segurança da informação. Conhecimento sobre funcionamento da internet. Elaboração de páginas html.

TÉCNICO EM RADIOLOGIA

Anatomia geral do corpo humano; organização estrutural, sistemas orgânicos; Anatomia esquelética; Artrologia (articulações). Terminologia radiográfica; planos, cortes e linhas do corpo. Superfícies e partes do corpo, posicionamento e posições do corpo. Incidências radiográficas, uso especial de termos de incidências. Termos de relação. Princípios básicos de formação da imagem, critérios de avaliação, precisão do posicionamento. Marcadores de filme e identificação do paciente. Técnica radiográfica e qualidade de imagem: densidade, contraste, detalhe, distorção. Proteção radiológica: proteção do radiologista; princípios Alara, doses para o paciente. Proteção do paciente. Cálculo da dose. Ética profissional e cuidados com o paciente. Protocolo e ordem para procedimentos radiológicos. Diagnósticos Gerais. Princípios de posicionamento, incidências essenciais, rotinas de posicionamento, pontos de reparo de posicionamento topográfico, biótipo. Análise de Radiografias. Análise de imagens por TC e RM. Limpeza e manutenção das processadoras: écrans, câmara escura, produtos químicos e manuseio dos mesmos. Temperaturas da câmara escura. Tipos e tamanhos de chassis e magazines. Tipos, tamanhos e modelos de filmes: temperatura e armazenamento dos mesmos. Revelação e preparo de químicos. Lei nº. 7.394, de 29 de outubro de 1985. (pub. DOU de 30/10/85). Lei nº. 10.508, de 10 de julho de 2002. Projeto de Lei n.º 2079/2007. Decreto n.º 92.790, de 17 de junho de 1986. Decreto n.º 5.211, de 22 de setembro de 2004. Código de Ética dos Profissionais das Técnicas Radiológicas. Resoluções do CONTER (Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia).

ANEXO III

PROVA DE TÍTULOS

NOME: ______________________________________________________________________________

N.º INSCRIÇÃO: ______________________________________________________________________

CARGO: _____________________________________________________________________________

INSTRUÇÃO PARA PREENCHIMENTO

O candidato deverá preencher (digitado, datilografado ou em letra de forma legível) os espaços correspondentes aos títulos, em 2 (duas) vias, tudo em conformidade com o item 10 do edital.

RELAÇÃO DE TÍTULOS ENCAMINHADOS (CÓPIAS AUTENTICADAS)

(a ser preenchida pelo candidato)

1. Comprovante de Pós Graduação em nível de Doutorado ou Mestrado.

Quantidade: máximo 01

Valor Unitário: 2,00

Valor Máximo: 2,00

Curso:_________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________

Entidade:_______________________________________________________________________________

Carga Horária:___________________________________________________________________________

(a ser preenchido pela Comissão)

2. Comprovante de Pós Graduação em nível de Especialização (mínimo 360 horas).

Quantidade: máximo 01

Valor Unitário: 1,75

Valor Máximo: 1,75
Curso:________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Entidade:______________________________________________________________________________

Carga Horária:__________________________________________________________________________

(a ser preenchido pela Comissão)

3. Comprovante de Graduação em nível de Licenciatura (não vale o comprovante do curso que habilita à inscrição).

Quantidade: máximo 01

Valor Unitário: 1,50

Valor Máximo: 1,50

Curso:________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Entidade:______________________________________________________________________________

Carga Horária:_________________________________________________________________________

(a ser preenchido pela Comissão)

4. Comprovante de participação em curso a partir de 150 horas.

Quantidade: máximo 02

Valor Unitário: 1,125

Valor Máximo: 2,25

Curso:________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Entidade:______________________________________________________________________________

Carga Horária:__________________________________________________________________________

Curso:________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Entidade:______________________________________________________________________________

Carga Horária:_________________________________________________________________________

(a ser preenchido pela Comissão)

5. Comprovante de participação em curso a partir de 80 horas.

Quantidade: máximo 02

Valor Unitário: 0,75

Valor Máximo: 1,50

Curso:_______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

Entidade:_____________________________________________________________________________

Carga Horária:________________________________________________________________________

Curso:_______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

Entidade:_____________________________________________________________________________

Carga Horária:_________________________________________________________________________

(a ser preenchido pela Comissão)

6. Comprovante de participação em eventos a partir de 40 horas.

Quantidade: máximo 02

Valor Unitário: 0,50

Valor Máximo: 1,00

Curso:______________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

Entidade:____________________________________________________________________________

Carga Horária:________________________________________________________________________

Curso:______________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

Entidade:____________________________________________________________________________

Carga Horária:________________________________________________________________________

(a ser preenchido pela Comissão)

Encaminhou documento comprovando alteração de nome: ( ) SIM ( ) NÃO

Total de comprovantes encaminhados: ______________________________________________________

Total de pontos pleiteados, conforme documentos encaminhados:__________________________________

Declaro serem verdadeiras as informações aqui descritas, bem como a validade dos documentos encaminhados.

Caxias do Sul, em _____ de _______________de 2008.

Assinatura do candidato: __________________________________________________________________

Comissão Examinadora

Assinatura: ___________________________________

Assinatura: ___________________________________

Nota Final da Prova

Caxias do Sul, em ___/___/2008.

Caxias do Sul, 29 de março de 2008.

Edson João Adami Mano Eduardo Bertoglio
Secretário Municipal de Administração Presidente da Comissão Executiva do Concurso

Edital de Concurso Público nº 01/2008

Execução: FUNDAÇÃO CONESUL - Fone (54) 3228-2322 - www.conesul.org

95191

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231