Prefeitura de Carapicuíba - SP

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N° 01/2005

A Comissão Organizadora do Concurso Público Municipal, nomeada através da Portaria no 117/2005 , faz saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE CARAPICUÍBA fará realizar, em locais, datas e horários a serem oportunamente divulgados, pôr intermédio da ARHB-ASSESSORIA EM RECURSOS HUMANOS, Concurso Público de Provas, em cumprimento ao disposto no artigo 37, II da Constituição Federal, conforme normas e instruções do presente Edital.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS

1. Dos Cargos e Vagas

1.1.O concurso destina-se ao preenchimento de Cargos atualmente vagos, ou dos que se vagarem e forem necessários à Administração, e dos que forem criados durante o prazo de validade deste Concurso e que serão regidos pelas Leis n°, 1.619, de 30 de julho de 1993; 2.174 de 24 de janeiro de 2001; 2.188 de 02 de abril de 2001, 2.401 de 15 de julho de 2003, 2599/05 de 15 de setembro de 2005 e Decreto n° 1758 de 10/03/1 989.

1.1.1. As quantidades de Cargos necessárias para administração na presente data, são os constantes no item 1.2..

1.2.Os Cargos a serem preenchidos pelo Concurso são:

Código

Cargos / Horas Semanais

Vagas

Salário R$ Inicial (*)

Escolaridade / Requisitos

Taxa De Inscrição

101

Assistente de Serviços Administrativos (**)
40 horas semanais

03

R$ 1.182,00

Ensino Médio Completo

R$ 35,00

102

Auxiliar de Serviços Administrativos (**)
40 horas semanais

05

R$ 538,00

Ensino Fundamental Completo

R$ 30,00

103

Auxiliar de Serviços Gerais
40 horas semanais

08

R$ 432,00

Ensino Fundamental Incompleto

R$ 25,00

104

Oficial de Serviços Administrativos
40 horas semanais

01

R$ 1.250,00

Curso Superior e Experiência Comprovada em Recursos Humanos

R$ 40,00

105

Recepcionista
40 horas semanais

03

R$ 538,00

Ensino Fundamental Completo

R$ 30,00

106

Redator de Atas (**)
40 horas semanais

01

R$ 1.182,00

Técnico em Secretariado com registro em órgão competente

R$ 35,00

107

Segurança
40 horas semanais

05

R$ 432,00

Ensino Fundamental Completo e Curso de Segurança

R$ 30,00

108

Telefonista
36 horas semanais

03

R$ 538,00

Ensino Fundamental Completo

R$ 30,00

(*) Acréscimo de R$ 300,00 (trezentos reais), a título Auxílio Alimentação, Lei nº 2368 de 13 de fevereiro de 2003 e outros adicionais previstos em Lei.

(**) Cargos que serão submetidos à Prova Prática

1.2.1. Os salários dos Cargos objeto deste Edital correspondem à jornada de trabalho conforme item 1.2.;

1.2.2. Os salários iniciais mencionados neste Edital correspondem ao valor de setembro/2005, podendo sofrer alterações conforme reajustes do período;

1.2.3.Os candidatos aprovados e nomeados estarão sujeitos ao Estatuto dos Servidores Públicos Municipais Lei n.º 1619, de 30 de julho de 1993, e demais normas aplicáveis ao funcionalismo público municipal, percebendo o vencimento inicial consignado no item 1.2. deste item.

1.2.4. A jornada de trabalho a ser cumprida estará sujeita à prestação da carga horária mencionada no quadro anterior e será exercida no âmbito da Câmara Municipal de Carapicuíba, de acordo com suas necessidades e conveniência da Administração;

1.2.5. As atribuições de cada cargo encontram-se especificadas no Anexo I deste Edital;

1.2.6. O candidato portador de deficiência concorrerá em igualdade de condições com os demais inscritos, no que tange ao conteúdo, avaliação e critérios de aprovação das provas, data, horário e local de aplicação, e à nota mínima exigida em cada etapa, nos termos do artigo 2º, da Lei Complementar nº 683/92 e no artigo 41, do Decreto nº 3.298/99.

1.2.7. Será assegurada aos portadores de deficiência a reserva de vaga neste Concurso Público, na proporção de 2% (dois por cento) das vagas oferecidas, conforme prevê a Lei Orgânica Municipal no seu artigo 96, desconsideradas as frações inferiores a 0,5 (meio), que serão arredondadas para o primeiro número inteiro, em obediência ao disposto no § 3º, do artigo 1º, da Lei Complementar nº 683, de 18.09.1992. A perícia médica realizar-se-á de acordo com a legislação aplicável à espécie, conforme estabelecido neste Edital.

1.2.8. Os portadores de deficiência, quando da inscrição, deverão obedecer ao procedimento descrito no subitem 2.10, do Item 2. DAS INSCRIÇÕES, deste Edital.

1.2.9. As vagas asseguradas aos portadores de deficiência ficarão liberadas se não tiver ocorrido inscrição ou aprovação desses candidatos, nos termos do artigo 2º, § 2º, da Lei Complementar nº 683/92.

2. Das Inscrições

2.1. As inscrições estarão abertas no período de 03/10/2005 à 17/10/2005, impreterivelmente, das 9 h às 16 h, na Junta Militar - Av. Mirian, nº 153 - Centro - Carapicuíba - SP.

2.2. Cada Candidato poderá se inscrever para mais de 01(um) Cargo desde que os horários das Provas não coincidam. Deverão ser observadas as datas constantes no Boletim Informativo do Concurso Público.

2.3. No ato da inscrição o candidato deverá apresentar:

2.3.1.Original da Cédula Oficial de Identidade (RG), ou Cédula de Identidade Profissional ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), ou Certificado de Reservista, ou Carteira Nacional de Habilitação, (CNH) expedida nos termos da Lei Federal nº 9503/97 e dentro do prazo de validade.

2.4. Para inscrever-se, o candidato deverá comparecer, no período de inscrição, no local indicado no item 2.1., preencher o Requerimento de Inscrição com os dados solicitados onde, sob as penas da Lei, indicará:

2.4.1. Ser brasileiro nato ou naturalizado, ou cidadão português a quem foi concedida igualdade nas condições previstas no artigo 12, inciso II, § 1.º, da Constituição Federal;

2.4.2. Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos à data da nomeação, desde que haja compatibilidade de escolaridade, habilitação legal e observância dos requisitos legais para o Cargo;

2.4.3. Quando do sexo masculino estar em dia com o Serviço Militar até a data de sua nomeação;

2.4.4. Entregar, na data da posse, atestado de que não registra antecedentes criminais;

2.4.5. Não ter sido condenado pôr crime contra o patrimônio, contra a Administração, contra a fé pública, contra os costumes e os previstos na Lei 6.368 de 21/10/76, estar em gozo de seus direitos civis, políticos e eleitorais;

2.4.6. Ter capacidades física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovadas em Avaliação Médica;

2.4.7. Não haver sofrido, no exercício de Atividade Pública, penalidade pôr atos incompatíveis com o serviço público;

2.4.8. Não receber proventos de aposentadoria, conforme teor do Artigo 37, § 10 da Constituição Federal, com a redação da Emenda Constitucional nº 20, de 15/1 2/1 998 e nem estar com idade de aposentadoria compulsória;

2.4.9.Conhecer e estar de acordo com as exigências contidas neste Edital.

2.4.10. Possuir, na data da nomeação, habilitação e os requisitos para o Cargo conforme item 1.2.

2.5. No ato da inscrição:

2.5.1. No momento da inscrição, nenhum documento será retido, exceto quando se tratar de inscrição pôr procuração;

2.5.2. Deverá ser recolhida a Taxa de Inscrição em favor da empresa ARHB- ASSESSORIA EM RECURSOS HUMANOS, como ressarcimento de despesas com materiais e serviços.

2.5.2.1.O pagamento da importância correspondente à inscrição poderá ser efetuado em dinheiro ou cheque;

2.5.2.2.A inscrição pôr pagamento em cheque somente será considerada efetuada após a respectiva compensação;

2.5.2.3.Se, pôr qualquer razão, o cheque for devolvido, a inscrição do candidato será automaticamente tornada sem efeito;

2.5.2.4. Não será aceito pagamento de inscrição pôr meio de transferência bancária ou depósito bancário.

2.6. Assinar declaração de que possui os documentos comprobatórios das condições exigidas no item 2.4.

2.7. A inscrição deverá ser feita pessoalmente ou pôr procurador legalmente constituído, não se aceitando inscrição condicional, via postal, via Internet, fac-símile.

2.8. No caso de inscrição pôr procuração, deverá ser apresentado o instrumento de mandato, documento de identidade do procurador e assinatura de declaração de que o candidato possui os documentos comprobatórios das condições exigidas nos itens 2.3.1. e 2.4.. Deverá ser apresentada uma procuração para cada candidato, que ficará retida.

2.9. O deferimento das inscrições dependerá do correto preenchimento pelo candidato do documento de inscrição, conforme especificado no item 2.

2.10. No ato da inscrição, o candidato portador de deficiência deverá declarar sua qualificação como deficiente, através de atestado médico, requerer e especificar as qualificações completas do candidato para o cargo ao qual esta concorrendo, e a necessidade de prova braile ou ampliada ou de condições especiais, sendo que se não o fizerem nesta oportunidade, não poderão prevalecer-se desta condição, seja qual for o motivo alegado.

2.10.1. O atestado médico tem apenas a finalidade de descrever a deficiência do candidato;

2.10.2. A emissão do atestado a que se refere este artigo terá pôr base exame médico específico, que poderá ser realizado pôr médico particular ou pôr especialista na área da saúde da Administração Pública Municipal, Estadual ou Federal, ou de entidades filantrópicas ligadas à pessoa portadora de deficiência;

2.10.3. O candidato que não atender ao solicitado no item 2.10 não será considerado portador de deficiência, não poderá impetrar recurso em favor de sua situação, bem como não terá sua prova especial preparada, seja qual for o motivo alegado;

2.10.4. Os candidatos constantes da lista especial (portadores de deficiência) serão encaminhados pela Câmara Municipal de Carapicuíba para Perícia Médica em 19/10/2005 das 9 às 16 horas, com finalidade de avaliação da compatibilidade das atribuições do cargo com a deficiência declarada;

2.10.5. Será excluído do Concurso Público o candidato que tiver deficiência considerada incompatível com as atribuições do cargo. Será excluído da Lista Especial (portadores de deficiência aprovados) o candidato que não tiver configurada a deficiência declarada (declarado não portador de deficiência pelo órgão de saúde encarregado da realização da perícia), passando a figurar somente na Lista Geral;

2.10.6. Serão considerados deficiências aquelas conceituadas pela medicina especializada, de acordo com os padrões mundialmente estabelecidas e legislação aplicável à espécie, e que constituam inferioridade que implique em grau acentuado de dificuldade para integração social;

2.10.7. Não serão considerados como deficiência, os distúrbios passíveis de correção;

2.10.8. Após o ingresso do candidato portador de deficiência, a mesma não poderá ser argüida para justificar a concessão de readaptação do cargo, bem como aposentadorias por invalidez.

2.11. Os pedidos de inscrição dos candidatos serão analisados pela Comissão Organizadora do Concurso Público, que se manifestará pelo deferimento ou indeferimento das mesmas.

2.11.1. A relação dos candidatos inscritos com a indicação dos respectivos números de inscrição, bem como a dos que tiverem suas inscrições indeferidas, serão divulgadas pôr listagem, afixadas no Quadro de Avisos da CÂMARA a partir de 12/11/2005;

2.11.2. Do indeferimento do pedido de inscrição poderá caber recurso, à Comissão Organizadora do Concurso Público, no prazo de 02 (dois) dias úteis a contar da data de sua divulgação;

2.11.3. Interposto o recurso, poderá o candidato participar da prova, em caráter condicional;

2.11.4. Efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alteração do Cargo.

2.12. Em nenhuma hipótese haverá devolução da importância paga, nem isenção de pagamento do valor da taxa de inscrição, seja qual for o motivo alegado.

2.13. O candidato será responsável pôr qualquer erro, rasura ou omissão no preenchimento do Requerimento de Inscrição, bem como as informações prestadas, pessoalmente ou pôr seu procurador, assim como a devolução do Requerimento de Inscrição no Posto de Inscrição será de total responsabilidade do candidato ou de seu procurador.

2.13.1. O candidato que fizer qualquer declaração falsa, inexata ou, ainda, que não possa satisfazer toas as condições estabelecidas neste Edital, terá sua inscrição cancelada e, em conseqüência, anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que aprovado nas provas e que o fato seja constatado posteriormente.

3. Das Provas e Avaliações

3.1. As provas objetivas serão compostas de questões de múltipla escolha, que versarão sobre o conteúdo programático estabelecido no Anexo II deste Edital, com 4 (quatro) alternativas pôr questão.

3.1.1. As Provas Objetivas dos Cargos indicados no item 1.2., constará dos seguintes tipos de provas, conforme discriminado abaixo:

3.1.2. Tipo de Prova para os cargos de: Auxiliar de Serviços Gerais, Recepcionista, Segurança e Telefonista:

Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais e Específicos - Peso 3 (três) - com 40 (quarenta) questões objetivas, no valor de 2,5 (dois e meio) pontos cada, em forma de teste de múltipla escolha, com 04 (quatro) alternativas cada, sendo 20 (vinte) questões da Língua Portuguesa e 10 (dez) questões de Matemática e 10 (dez) questões específicas - Lei 2401/03;

3.1.3. Tipo de Prova para os cargos de: Assistente de Serviços Administrativos e Auxiliar de Serviços Administrativos:

Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais e Específicos - Peso 1 (um) - com 40 (quarenta) questões objetivas, no valor de 2,5 (dois e meio) pontos cada, em forma de teste de múltipla escolha, com 04 (quatro) alternativas cada, sendo 20 (vinte) questões de Língua Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática e 10 (dez) questões específicas - Lei 2401/03;

3.1.4. Tipo de Prova para o cargo de: Oficial de Serviços Administrativos:

Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais e Específicos - Peso 3 (três) - com 40 (quarenta) questões específicas, no valor de 2,5 (dois e meio) pontos cada, em forma de teste de múltipla escolha, com 04 (quatro) alternativas cada, sendo 20 (vinte) questões de Língua Portuguesa, 10 (dez) questões de Noções de Administração e 10 (dez) questões específicas - Lei 2401/03;

3.1.5. Tipo de Prova para o cargo de: Redator de Atas:

Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais e Específicos - Peso 2 (dois) - com 40 (quarenta) questões específicas, no valor de 2,5 (dois e meio) pontos cada, em forma de teste de múltipla escolha, com 04 (quatro) alternativas cada, sendo 30 (vinte) questões de Língua Portuguesa e 10 (dez) questões específicas - Lei 2401/03.

3.2. Provas Práticas: (2a Fase):

3.2.1. A Prova Prática para os cargos de Assistente de Serviços Administrativos, Auxiliar de Serviços Administrativos e Redator de Atas constará de Prova de Operacionalização de microcomputador, conforme os pesos abaixo:

3.2.1.1 Cargos: Assistente de Serviços Administrativos e Auxiliar de Serviços Administrativos - Peso 2 (dois);

3.2.1.2 Cargo: Redator de Atas - Peso 1 (um).

4. Da Prestação das Provas

4.1. A confirmação da data e as informações sobre horário e local para realização da Prova serão divulgadas oportunamente pôr meio de Edital de Convocação a ser publicado pelo jornal CIDADE EM ALERTA e afixado na Câmara Municipal de Carapicuíba.

4.2. Nos 5 (cinco) dias que antecederem a data prevista para as Provas, a listagem estará afixada, com horário e locais de Provas, na Câmara Municipal de Carapicuíba, na Av. Mirian, nº 92, Carapicuíba - São Paulo - SP.

4.3. Eventualmente, se, pôr qualquer motivo, o nome do candidato não constar na Lista de Deferidos, mas que seja apresentado o respectivo comprovante de pagamento, efetuado nos moldes previstos neste Edital, o mesmo poderá participar deste Concurso Público, devendo preencher, no dia da realização das provas, formulário específico

4.4. Os candidatos deverão comparecer ao local designado para as Provas, com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos, não serão admitidos nos locais de provas os candidatos que se apresentarem após o horário estabelecido, onde deverão estar munidos de:

4.4.1.Original de um dos seguintes documentos de identificação: Cédula de Identidade (RG), ou Carteira de Órgão ou Conselho de Classe, ou Carteira de Trabalho e Previdência (CTPS), ou Certificado Militar, ou Carteira Nacional de Habilitação expedida nos termos da Lei Federal n.º 9.503/97 e dentro do prazo de validade;

4.4.2.Comprovante de inscrição;

4.4.3.Caneta de tinta azul ou preta, lápis preto n.º 2 e borracha macia.

4.5. O ingresso nos locais de prova e nas salas só será permitido aos candidatos que apresentarem um dos documentos discriminados no subitem anterior, desde que permita, com clareza, a sua identificação.

4.6. Durante a execução das provas não será permitida consulta de nenhuma espécie à legislação, livro, revista ou folheto, bem como o uso de qualquer tipo de aparelho eletrônico (máquina calculadora, BIP, Fone Celular, Pager, e outros quaisquer tipos de aparelho de comunicação) como também não será admitida comunicação entre os candidatos.

4.7. No ato da realização da Prova Objetiva, o candidato receberá o Caderno de Questões e a Folha Definitiva de Respostas (pré identificadas)

4.7.1. O candidato lerá o Caderno de Questões e marcará suas respostas na Folha Definitiva de Respostas, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta; bem como assinará no campo apropriado;

4.7.1.1. A Folha Definitiva de Respostas, cujo preenchimento é de responsabilidade do candidato, é o único documento válido para a correção eletrônica e deverá ser entregue ao final, ao Aplicador de Prova, juntamente com o Caderno de Questões.

4.7.2. Ao terminar a Prova, solicitará a Folha Intermediária de Respostas para a qual transcreverá, as respostas anteriormente assinaladas; a mesma ficará com o candidato, para conferência com o gabarito a ser publicado;

4.7.3. Não serão computadas questões não respondidas nem questões que contenham mais de uma resposta (mesmo que uma delas esteja correta), emenda ou rasura, ainda que legível;

4.7.4. Não deverá ser feita nenhuma marca fora do campo reservado às respostas ou à assinatura, pois quaisquer marca poderá ser lida pelas leitoras ópticas, prejudicando o desempenho do candidato;

4.7.5.Em hipótese alguma haverá substituição da Folha Definitiva de Respostas por erro do candidato;

4.7.6. Em hipótese alguma haverá vistas ou revisão da prova.

4.8. O candidato que, eventualmente, necessitar alterar algum dado cadastral pôr erro de digitação, deverá procurar o Aplicador de Prova informa-lo o ocorrido e preencher formulário específico, devidamente datado e assinado pelo Aplicador da sala. O candidato que queira fazer alguma reclamação ou sugestão, deverá procurar a Sala de Coordenação no local em que estiver prestando a prova.

4.9. Pôr razões de ordem técnica e de direitos autorais adquiridos, a ARHB não fornecerá exemplares dos Cadernos de Questões a candidatos ou a Instituições de direito público ou privado, mesmo após o encerramento do Concurso Público.

4.10. Será automaticamente excluído do Concurso Público o candidato que:

4.10.1. Apresentar-se após o fechamento dos portões;

4.10.2. Não apresentar o documento de identidade exigido no item 2.3.1;

4.10.3. Não comparecer à prova, seja qual for o motivo alegado;

4.10.4. Ausentar-se da sala de provas sem o acompanhamento do Aplicador de Provas;

4.10.5. For surpreendido em comunicação com outras pessoas ou utilizando-se de livros, notas, impressos não permitidos ou calculadoras;

4.10.6. Estiver portando qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação;

4.10.7. Lançar mão de meios ilícitos para executar as provas;

4.10.8. Não devolver a Folha Definitiva de Respostas assinada e o Caderno de Questões;

4.10.9. Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.

4.11. Nenhum candidato reprovado ou inapto será submetido a novo exame ou prova, nem haverá reexame.

4.12. Sob nenhuma alegação serão feitas provas fora dos locais preestabelecidos.

5 - Do Julgamento das Provas Objetivas

5.1. As Provas Objetivas tem caráter classificatório e eliminatório.

5.2. As provas Objetivas serão avaliadas na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos e multiplicada pelo seu peso.

5.3. Na avaliação será utilizada a média aritmética simples.

5.3.1. Para os Cargos de: Assistente de Serviços Administrativos e Auxiliar de Serviços Administrativos, com pontuação, igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos, já multiplicado pelo seu respectivo peso, serão habilitados para a próxima fase, conforme a proporção estabelecida no item 5.6.

5.3.2. Para o Cargo de: Redator de Atas, com pontuação, igual ou superior a 100 (cem) pontos, já multiplicado pelo seu respectivo peso, serão habilitados para a próxima fase, conforme a proporção estabelecida no item 5.6.

5.3.3 Para os Cargos de: Auxiliar de Serviços Gerais, Oficial de Serviços Administrativos, Recepcionista, Segurança e Telefonista, com pontuação, igual ou superior a 150 (cento e cinqüenta) pontos, já multiplicados pelo seu respectivo peso, serão classificados, conforme item 5.5;

5.4. Para os candidatos aos Cargos com exigência de Prova Prática, terão somado os pontos obtidos na Prova Objetiva mais os pontos da mesma.

5.5. A Prova Objetiva para o Cargo sem exigência de Prova Prática, será eliminatória; assim todos os candidatos que atingirem a pontuação mínima exigida, serão habilitados para as etapas seguintes do concurso;

5.6. Serão convocados para a Prova Prática - no mínimo 03 (três) candidatos habilitados pôr vaga, mais os empatados na última classificação dos candidatos convocados;

5.7. A Câmara Municipal de Carapicuíba, divulgará conforme cronograma, através dos órgãos de comunicação descritos no item 4.1, bem como, afixará no Quadro de Avisos, o Gabarito das respostas objeto deste Edital.

5.8. Os pontos relativos as Questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os Candidatos presentes às respectivas Provas.

6. Da Prova Prática

6.1. As Provas Práticas para os cargos de Assistente de Serviços Administrativos, Auxiliar de Serviços Administrativos e Redator de Atas, visam registrar o desempenho satisfatório ou não na execução de tarefas pertinentes ao cargo. Esta avaliação será após a Prova Objetiva em época posterior, na seguinte conformidade:

6.1.1. Somente serão convocados para 2a fase - Prova Prática, no mínimo 03 (três) candidatos habilitados pôr vaga, mais os empatados na última classificação dos candidatos convocados;

6.1.2. As Provas Práticas terão caráter eliminatório e classificatórios, e serão considerados habilitados os candidatos que obtiverem a nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos para os cargos de Assistente de Serviços Administrativos e Auxiliar de Serviços Administrativos e 100 (cem) pontos para o cargo de Redator de Atas, multiplicados pelos seus respectivos pesos.

7. Do Julgamento das Provas Práticas

7.1. A Prova Prática será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos conforme previsto no item 6.1.2.:

7.1.1. A Prova Prática dos Cargos indicados no item 6.1. constará conforme o discriminado abaixo:

Prova Prática: de Operacionalização de Microcomputadores e Digitação em Microsoft Word:

a) A Prova Prática constará de cópia de texto alfanumérico (digitação), elaborado no Microsoft Word ou superior, operacionalizado em microcomputador PC (486 ou superior);

b) Em princípio, a nota 100 (cem) será atribuída à transcrição sem erros, em que o candidato tenha produzido, no mínimo 900 (novecentos) toques líquidos em 6 (seis) minutos ou seja 150 (cento e cinqüenta) toques líquidos por minutos, conforme a tabela, mais os conhecimentos atribuídos da Planilha a ser utilizada na prova.

TL (Toques líquidos)

Avaliação Conforme Planilha

Mínimo de

Máximo

900 ou mais

Ótimo

780 a 899

Bom

660 a 779

Regular

659 ou menos

Ruim

Os toques líquidos serão calculados levando-se em conta o número de toques brutos, diminuindo-se o número de erros cometidos, segundo a fórmula:

TL=TB-ERROS, onde:
TL= toques líquidos
TB = toques brutos
ERROS = toques errados

Os toques brutos correspondem à totalização do número de toques dados pelo candidato, incluindo vírgulas, espaços, pontos e mudanças para parágrafo.

Os erros serão observados toques a toques, comparando-se com o texto original, considerando-se 1 (um) erro cada uma das seguintes ocorrências:

-inversão de letras: omissão e/ou excesso de letras, sinais e/ou acentos errados, duplicados de letras; -falta de espaço entre palavras; espaço a mais entre palavras ou letras;

-falta ou uso indevido de maiúsculas;

-tabulação desigual; falta de tabulação e colocação de tabulação onde não existe.

8. Da Classificação

8.1. A nota final dos candidatos resultará da soma do total de pontos obtidos na Prova Objetiva (1a fase), mais a Prova Prática (2a fase), para os cargos que assim exigirem.

8.2. Os candidatos habilitados serão classificados em ordem decrescente da nota final.

8.2.1. A Câmara Municipal de Carapicuíba publicará através do jornal CIDADE EM ALERTA descrito no item 4.1, bem como, afixará no seu Quadro de Avisos, a Lista de Classificação Final, por Cargo.

9. Do Critério de Desempate

9.1. Na hipótese de igualdade de classificação, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

9.1.1. For servidor da Administração Municipal;

9.1.2. Obtiver maior nota na Prova Objetiva, (para os cargos que exigirem Prova Prática);

9.1.3. Que tiver maior número de filhos dependentes;

9.1.4. For mais idoso.

10. Dos Recursos

10.1. Qualquer recurso deverá ser impetrado no prazo de 02 (dois) dias do fato que lhe deu origem, protocolado na Câmara Municipal de Carapicuíba, sito à Av Mirian, nº 92 - Centro - Carapicuíba - SP, no horário das 9h às 16h no Departamento Jurídico, com as seguintes especificações: nome do candidato; número de inscrição; número do documento de identidade; cargo e código do cargo para o qual se inscreveu; endereço residencial completo; fundamentação ou o embasamento, com as devidas razões do recurso e dirigido á Comissão Organizadora do Concurso Público.

10.2. Os recursos serão encaminhados a ARHB - ASSESSORIA EM RECURSOS HUMANOS para análise e manifestação a propósito do argüido.

10.3. No caso de provimento de recurso interposto dentro das especificações, poderá, eventualmente, alterar a nota de classificação superior ou inferior ou ainda poderá ocorrer a desclassificação do candidato que não obtiver nota mínima exigida para habilitação.

10.4. Serão indeferidos os recursos interpostos fora da forma e dos prazos estipulados neste Edital.

11. Da Convocação e Nomeação

11.1. A convocação dos candidatos classificados no Concurso Público não significa imediata admissão, a qual será efetivada seguindo os critérios de conveniência e oportunidade, e obedecerá a ordem de classificação de acordo com as condições técnicas de trabalho e disponibilidade financeira da Câmara Municipal de Carapicuíba não gerando o fato de sua aprovação, o direito à nomeação.

11.1.1. Os candidatos serão convocados através de Edital que será afixado no Quadro de Avisos da Câmara Municipal de Carapicuíba, sito à Av. Mirian, nº 92 - Centro - Carapicuíba - SP, e pelo órgão de comunicação descrito no item 4.1.

11.2. Pôr ocasião da nomeação, serão exigidos dos candidatos classificados os seguintes documentos:

11.2.1. Duas fotos 3x4 e duas fotos 2x2;

11.2.2. Carteira de Identidade (cópia reprográfica);

11.2.3. Cadastro de Pessoa Física regularizado (cópia reprográfica);

11.2.4. PIS/PASEP (cópia reprográfica);

11 .2.5.Título de Eleitor e comprovante de haver votado na última eleição - 2 (dois) turnos, conforme o caso (cópia reprográfica);

11.2.6. Certidão de estar em dia com a Justiça Militar, para os candidatos do sexo masculino (cópia reprográfica);

11.2.7. Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento, se for casado, ou de Casamento com Averbação, se for separado judicialmente (cópia reprográfica);

11.2.8. Carteira de Vacinação de filhos menores de 14 (quatorze) anos;

11.2.9. Certidão de Nascimento dos filhos menores de 18 (dezoito) anos e dos maiores de 18 (dezoito) e menores de 24 (vinte e quatro) anos que estejam cursando universidade e dos filhos deficientes de qualquer idade (cópia reprográfica);

11.2.10. Atestado que não registra Antecedentes Criminais expedido pela Secretaria de Segurança Pública;

11.2.11. Diploma ou Certificado de Conclusão de Curso exigido para o cargo de opção (cópia );

11.2.12. Registro no respectivo Conselho Regional de Classe (quando for o caso) - (cópia autenticada);

11.2.13. Outros documentos que a Câmara Municipal de Carapicuíba julgar necessários.

11.3. Para efeito de sua nomeação, fica o candidato sujeito à aprovação em Exame Médico Admissional, bem como à apresentação, no prazo legal, dos documentos que lhe forem exigidos. Não serão aceitos protocolos dos documentos solicitados.

11.4. Os candidatos deverão comparecer munidos dos documentos no Departamento Pessoal da Câmara Municipal de Carapicuíba.

11.5. Obedecida à ordem de classificação, os candidatos serão submetidos a Exame Médico Admissional de caráter eliminatório.

11.6. O Concurso terá a validade de 02 (dois) anos, contados da data da homologação de seus resultados, pelo Presidente da Câmara, podendo ser prorrogado a critério da Administração, pôr igual período.

11.7. O candidato terá um prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da data de publicação da convocação pelo órgão de comunicação descrito no item 4.1, para manifestar seu interesse em assumir o local para onde for designado, com toda a documentação, sua omissão, ou sua negação expressa, será entendida como desistência da convocação, ensejando à Administração ao chamamento de candidato seguinte na lista final de classificação e perderá os direitos decorrentes de sua nomeação.

11.8. No ato da posse o candidato apresentará, obrigatoriamente, declaração dos bens e valores que constituem seu patrimônio e declaração sobre o exercício de outro cargo, emprego ou função pública.

11.9. Os candidatos classificados serão nomeados, sujeitos a um estágio probatório de 03 (três) anos, período no qual serão avaliadas suas aptidões no cargo ao qual concorreu, para posterior efetivação.

12. Das Disposições Finais

12.1. A inscrição do candidato implicará a completa ciência das normas e condições estabelecidas neste Edital e nas normas legais pertinentes, sobre as quais não poderá alegar desconhecimento.

12.2. Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais atualizações ou retificações, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, circunstância que será mencionada em Edital ou Aviso publicado pelo descrito no item 4.1.

12.3. As informações sobre o presente Concurso Público, até a publicação da classificação final, serão prestadas pela ARHB­ASSESSORIA EM RECURSOS HUMANOS, pelo telefone (11) 3831-5604, de Segunda-feira à Sexta-feira, das 10 ás 16 horas, sendo que após a competente homologação serão de responsabilidade da Câmara Municipal de Carapicuíba.

12.4. Em caso de alteração de algum dado cadastral, até a emissão da classificação final, o candidato deverá requerer a atualização à ARHB, após e durante o prazo de validade deste Concurso Público na sede da Câmara Municipal de Carapicuíba, sito na Av. Mirian, nº 92, Centro, Carapicuíba, no horário das 10 às 16 horas, para efetuar atualização dos dados.

12.5. A CÂMARA MUNICIPAL DE CARAPICUÍBA e a ARHB se eximem das despesas com viagens e estadas dos candidatos para comparecimento em quaisquer das fases deste Concurso Público.

12.6. A ARHB não emitirá declaração de desempenho e/ou de aprovação ou não aprovação no Certame, pois a própria publicação por um dos Órgãos e Imprensa Oficial local é documento hábil para fins de comprovação da aprovação.

12.7. Todas as convocações, avisos e resultados oficiais, referentes a este Concurso Público, serão comunicados e/ou publicados conforme item 4.1, sendo de inteira responsabilidade do candidato o seu acompanhamento.

12.8. A convocação dos candidatos observada a ordem de classificação final, pôr Cargo, será feita pela Câmara Municipal de Carapicuíba obedecido o limite de vagas existentes, as que vierem a vagar e as que forem criadas posteriormente, durante o prazo de validade deste Concurso, a seu exclusivo critério e necessidade do serviço público obedecida as limitações previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal nº. 101 de 04/05/2000.

12.9. A CÂMARA MUNICIPAL DE CARAPICUÍBA e a ARHB não se responsabilizam pôr eventuais prejuízos ao candidato decorrentes de:

a)endereço não atualizado;

b)endereço de difícil acesso;

c)correspondências devolvida pela ECT pôr razões diversas de fornecimento e/ou endereço errado do candidato; d)correspondência recebida pôr terceiros.

12.10. A inexatidão das afirmativas e/ou irregularidade de documentos, mesmo que verificadas posteriormente, acarretarão a nulidade da inscrição e desqualificação do candidato, com todas as suas decorrências, sem prejuízo das medidas de ordem Administrativa, Civil e Criminal.

12.11. Decorridos 90 (noventa) dias da homologação e não caracterizando qualquer óbice, é facultada a incineração das Provas e demais registros escritos, mantendo-se, porém pelo prazo de validade do Concurso Público, os registros eletrônicos.

12.12. As chamadas para provimento das vagas serão feitas pelo Órgão da Imprensa Oficial local, com prazo marcado para a apresentação, implicando o não comparecimento no prazo marcado, em desistência tácita.

12.13. O candidato classificado obriga-se a manter atualizado seu endereço perante a CÂMARA MUNICIPAL DE CARAPICUÍBA.

12.14. Fazem parte integrante deste Edital, ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS CARGOS RESUMIDOS, ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO e ANEXO III - CRONOGRAMA.

12.15. Caberá ao Senhor Presidente da Câmara a Homologação dos Resultados Finais, no prazo de até 10 (dez) dias, a partir da publicação da lista de Classificação Final.

12.16. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Concurso Público.

Carapicuíba, 03 de outubro de 2.005.

A Comissão Organizadora do
Concurso Público

ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS CARGOS RESUMIDOS

101 - ASSISTENTE DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

Redige correspondências e demais documentos; recebe e protocola correspondências registrando, conferindo dados e dá encaminhamento ao setor destinado; emite notas de empenho e controle da execução orçamentária; controla os bens patrimoniais, controla o consumo de combustíveis, emite as ordens de pagamentos, organiza, controla e atualiza arquivos de correspondências e documentos da área legislativa; presta e recebe informações, agenda assuntos e tarefas inerentes a atividade legislativa; mantém reposto o estoque de material de consumo; recebe, classifica, numera e escritura em livros e fichas de controle e dá encaminhamento às proposições (requerimentos, projetos lei, resolução e decreto legislativo) apresentadas pelo vereador; efetua autuação de projetos de lei, resolução e decreto legislativo; presta informação sobre a tramitação das proposições; recebe e classifica as notas taquigráficas; monta e revista texto para inclusão nos Anais da Câmara, dentre outras tarefas correlatas.

102 - AUXILIAR DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

Executa, sob supervisão, tarefas simples de apoio na área administrativa, nos diversos órgãos da administração, auxiliando em tarefas gerais de datilografia e/ou operacionalização de micro computador e arquivo, utiliza-se de materiais e equipamentos necessários; Executa atividades na área administrativa de caráter rotineiro; digita cartas, ofícios, memorandos, relatórios; tabelas simples, formulários, atas e demais documentos, a partir de minutas e rascunhos; atualiza fichários e arquivos de correspondências e documentos; recebe, ordena, protocola e distribui correspondências, encomendas e outros documentos, controlando sua movimentação e encaminhamento ao setor destinado; requisita material de consumo, guardando-o e distribuindo-o; efetua cálculos simples, utilizando máquinas, tabelas e outros meios auxiliares; coleta e levanta dados, consultando documentos e transcrições, bem como presta informações; atende chamadas telefônicas, anotando e enviando recados para obter ou fornecer informações; executa outras tarefas correlatas que lhe forem atribuídas pelo superior imediato.

103 - AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

Executa trabalho rotineiro de limpeza em geral e serviço de copa e cozinha entre as quais fazer e servir café, chá e afins, etc, em qualquer Unidade, para manter as condições de higiene e conservá-los; remove o pó dos objetos, parede, teto, com flanela ou vassouras apropriadas, limpa escadas, pisos, passadeiras e tapetes, varrendo-os, lavando-os ou encerando-os; limpa utensílios, como cinzeiros e objetos de adorno, utilizando pano ou esponja embebida em água e sabão ou outro meio adequado, para manter a boa aparência dos locais; limpa banheiros e toaletes com água, sabão, desinfetantes e água sanitária, reabastecendo-os, para conservá-los em condições de uso; coleta o lixo das salas em geral, recolhendo em sacos plásticos e depositando na lixeira; zela pela limpeza e higienização da cozinha e despensa; providencia a lavagem das louças, talheres e utensílios usados; realiza pequenos serviços de copa e cozinha; cuida das plantas ornamentais das dependências da administração municipal, regando-as e removendo as folhas danificadas, controla o consumo de materiais de limpeza e de cozinha, solicitando sua reposição quando necessário; limpeza de ruas; executa outras tarefas correlatas que lhe forem atribuídas pelo superior imediato.

104 - OFICIAL DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

Coordena, controla e executa atividades da área administrativa nos diversos órgãos da Câmara que exijam grande experiência no serviço público e capacidade de interpretar e aplicar leis, normas e regulamentos gerais e municipais; elabora estudos, pareceres, despachos de assuntos não rotineiros e outros documentos; opera micro computador, coordena, controla e executa procedimentos administrativos relativos à organização do Recursos Humanos, controle e desenvolvimento dos serviços burocráticos de apoio e controle administrativo; planejar, analisar e elaborar relatórios, pesquisas, estatísticas e outros levantamentos que subsidiem o controle dos serviços administrativos e seu aperfeiçoamento; além de outras tarefas correlatas que lhe forem determinadas.

105 - RECEPCIONISTA

Compreende as tarefas iniciais, no atendimento aos munícipes, recepcionando-os, procurando identificá-los, averiguando sua pretensões, orientando-os e os encaminhando às pessoas ou setores procurados; atende chamadas telefônicas, presta informações e anota recados; efetua o controle de agenda de assuntos, verificando os horários disponíveis e registrando as marcações realizadas, para mantê-las organizadas e atualizadas; atende aos interessados, procurando identificar suas necessidades, para prestar-lhes informações ou encaminhá-los aos servidores competentes; controla o fichário e/ou arquivo de documentos relativos ao histórico dos assuntos, organizando-os e mantendo-os atualizados, para possibilitar ao setor responsável consultá-los, quando necessário; noções de micro computador, preencher formulários e fichas; executa tarefas cotidianas de escritório em caráter limitado; executa outras atividades determinadas pelo superior imediato.

106 - REDATOR DE ATAS

Redige e elabora as Atas das Sessões Plenárias, das reuniões das Comissões e outras reuniões da Câmara Municipal; procede revisão ortográfica e outros trabalhos de redação; Redige e elabora as Atas das sessões e das reuniões das Comissões Permanentes, Especiais e de Inquérito; redige e elabora as Atas, Relatórios e outros documentos referente a atividade do Legislativo Municipal.

107 - SEGURANÇA

Exerce a vigilância nos estabelecimentos da CÂMARA e outros bens patrimoniais, percorrendo-os sistematicamente e inspecionando suas dependências, visando a proteção, a manutenção da ordem, evitando a destruição de objetos, aparelhos, automóveis e outros bens; cuida da abertura e fechamento total do prédio, no início e após o encerramento das atividades; executa pequenos reparos de manutenção no prédio tais como troca de lâmpadas, torneiras, etc.; efetua a ronda diurna ou noturna nas dependências dos prédios e áreas adjacentes, controla a movimentação de pessoas, veículos e materiais, fazendo os registros pertinentes e anotando o número dos mesmos, para evitar desvio de materiais e outras faltas; zela pela segurança de veículos, equipamentos e materiais em geral , fiscalizando a entrada de pessoas nas dependências sob sua guarda; verifica se a pessoa procurada está no prédio, utilizando-se de telefone, interfone e outros meios, para encaminhar o visitante ao local; inspeciona as dependências da Câmara, efetuando ou supervisionando os trabalhos de limpeza, remoção ou incineração de resíduos, para assegurar o bem estar dos ocupantes; encarrega-se das encomendas de pequeno porte enviadas aos ocupantes do prédio; recebendo e encaminhando aos destinatários, para evitar extravios e outras ocorrências; executa outras tarefas correlatas que lhe forem determinadas pelo superior imediato.

108 - TELEFONISTA

Executa as tarefas que se destinam a operação de painel telefônico, acionando teclas e outros dispositivos, estabelecendo ligações internas, locais e interurbanas; atende efetua chamadas telefônicas distribuindo em ramais; registra a duração e o custo das ligações, fazendo anotações em formulários apropriados para permitir a cobrança e o controle de ligações; bem como; o arquivamento deste controle; opera faz, zela pelo equipamento telefônico, comunicando defeito ao superior imediato ou à unidade competente, solicitando conserto e manutenção para assegurar o perfeito funcionamento; mantém atualizada e sob sua guarda as listas telefônicas internas, externas e de outras localidades para facilitar a consulta; atende pedidos de informações telefônicas, anotando recados e registrando chamadas; executa outras tarefas afins determinadas pelo superior imediato.

ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

101 - ASSISTENTE DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

LÍNGUA PORTUGUESA

Análise Morfológica e Sintática; Compreensão e Interpretação de Texto; Concordância Nominal e Verbal; Correção de Texto; Verbo Defectivo; Emprego Conjunção; Flexão Nominal e Verbal; Ortografia; Pontuação; Pronome Obliquo e Possessivo; Pronomes; Uso Colocação e Formas de tratamento, Regência Nominal e Verbal.

MATEMÁTICA

Equações Algébricas; Equações do 1º Grau; Equações Numéricas; Expressões Aritméticas; Forma Trigonométrica de um número complexo; Inequações do 1º e 2º Grau; Logaritmos; Média Aritmética; Números Inteiros; Operações Aritméticas; Polinômios; Porcentagem; Potenciação; Progressão Aritmética; Progressão Geométrica; Proporções; Raiz Quadrada; Relação e Função; Resolução de Inequações.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

LIVRO: CARAPICUÍBA: PASSADO E PRESENTE - 1580/2003 - (PEDRO TENÓRIO) - Lei 2401/03

Significado do topônimo "Carapicuíba"; Emancipação política de Carapicuíba; Limites (divisas); Tombamento CONDEPHAAT; Festa Santa Cruz; Festa Santa Cruzinha; Importância do Rio Tiête para Carapicuíba; Educandário Santa Terezinha;Inundação da Alverca - Porto de Areia; Semana Nordestina; COHAB; Helipark; Símbolos Oficiais.

102 - AUXILIAR DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

LÍNGUA PORTUGUESA

Acentuação Gráfica; Análise Sintática; Colocação das Palavras; Concordância Nominal; Concordância Verbal; Crase; Fonética e Fonologia; Grafia das Palavras; Morfologia; Pontuação; Regência Nominal; Regência Verbal; Significação das Palavras.

MATEMÁTICA

Conjuntos Numéricos; Divisores; Números Primos; Polinômios; Equações Algébricas; Números Inteiros; Progressões Geométricas; Progressão; Equação Algébrica; Pontos no Plano; Soma de Coeficientes; Probabilidades; Matrizes; Sistemas de Equações Lineares; Geometria Analítica do Plano; Funções Reais; Função Injetora; Equações e Inequações Trigonométricas; Arcos e Ângulos; Progressão Aritmética; Progressão Geométrica; Geometria Plana e Espacial.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

LIVRO: CARAPICUÍBA: PASSADO E PRESENTE - 1580/2003 - (PEDRO TENÓRIO) - Lei 2401/03

Significado do topônimo "Carapicuíba"; Emancipação política de Carapicuíba; Limites (divisas); Tombamento CONDEPHAAT; Festa Santa Cruz; Festa Santa Cruzinha; Importância Rio Tiête para Carapicuíba; Educandário Santa Terezinha;Inundação da Alverca - Porto de Areia; Semana Nordestina; COHAB; Helipark; Símbolos Oficiais

103 - AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

LÍNGUA PORTUGUESA

Compreenção e Interpretação de Textos; Pontuação; Uso de Pronome Indefinido; Uso de Substantivo: Acentuação; Divisão Silábica; Flexão Nominal - Gênero (masculino); Flexão Nominal - Plural; Ortografia; Patronímicos; Uso de Advérbio; Uso de Locução Adjetiva; Uso de Substantivo (numeral).

MATEMÁTICA

Expressão Aritmética; Expressão Numérica; Múltiplo; Múltiplos e Divisores de Números Naturais; Operações Fundamentais; Pesos e Medidas; Porcentagem; Problema com Operações Fundamentais, e Sistema Monetário Brasileiro; Proporção; Sistemas Monetários Brasileiros.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

LIVRO: CARAPICUÍBA: PASSADO E PRESENTE - 1580/2003 - (PEDRO TENÓRIO) - Lei 2401/03

Significado do topônimo "Carapicuíba"; Emancipação política de Carapicuíba; Limites (divisas); Tombamento CONDEPHAAT; Festa Santa Cruz; Festa Santa Cruzinha; Importância Rio Tiête para Carapicuíba; Educandário Santa Terezinha; Inundação da Alverca - Porto de Areia; Semana Nordestina; COHAB; Helipark; Símbolos Oficiais

104 - OFICIAL DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

CONHECIMENTOS GERAIS: LÍNGUA PORTUGUESA

Análise Sintática, Compreensão e Interpretação de Textos; Divisão Silábica; Flexão Verbal; Predicado; Regência Nominal; Superlativo.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO

Conhecimentos sobre Rotinas de Escritório; Divisão do Trabalho e das Responsabilidades; Noções de Informática; Noções sobre Administração Pública; Noções sobre Atos Administrativos; Organização e Administração.

BIBLIOGRAFIA:

Organização e Administração - José, Geraldo de Lima e Joaquim Lima Delgado; Direito Administrativo Brasileiro - Hely Lopes Meirelles

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

LIVRO: CARAPICUÍBA: PASSADO E PRESENTE - 1580/2003 - (PEDRO TENÓRIO) - Lei 2401/03

Significado do topônimo "Carapicuíba"; Emancipação política de Carapicuíba; Limites (divisas); Tombamento CONDEPHAAT; Festa Santa Cruz; Festa Santa Cruzinha; Importância Rio Tiête para Carapicuíba; Educandário Santa Terezinha; Inundação da Alverca - Porto de Areia; Semana Nordestina; COHAB; Helipark; Símbolos Oficiais

105 - RECEPCIONISTA / 107- SEGURANÇA / 108 - TELEFONISTA

LÍNGUA PORTUGUESA

Compreensão e Interpretação de textos; Divisão Silábica; Antônimo e Sinônimo; Singular e Plural; Substantivos; Adjetivos; Locução Adjetiva; Pronomes; Flexão Nominal; Artigos; Verbos; Advérbios; Conjunção; Ortografia.

MATEMÁTICA

Números inteiros e racionais relativos: - leitura e escrita de números - operações (adição, subtração, divisão e potencialização) - expressões numéricas - múltiplos e divisores de números naturais - problemas Sistema de medidas: - medidas de tempo - sistema decimal de medidas - sistema monetário brasileiro - problemas Números e grandezas proporcionais: - razões e proporções - divisão em partes proporcionais - regra de três simples - porcentagem - problemas

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

LIVRO: CARAPICUÍBA: PASSADO E PRESENTE - 1580/2003 - (PEDRO TENÓRIO) - Lei 2401/03

Significado do topônimo "Carapicuíba"; Emancipação política de Carapicuíba; Limites (divisas); Tombamento CONDEPHAAT; Festa Santa Cruz; Festa Santa Cruzinha; Importância Rio Tiête para Carapicuíba; Educandário Santa Terezinha; Inundação da Alverca - Porto de Areia; Semana Nordestina; COHAB; Helipark; Símbolos Oficiais

106 - REDATOR DE ATAS

LÍNGUA PORTUGUESA

Gramática: Ortografia. Acentuação gráfica. Pontuação; Classes de palavras: artigo, nome, pronome, verbo, palavras relacionais (preposição e conjunção), advérbio; Flexão nominal; Concordância verbal; Formação de palavra: composição e derivação; Estrutura da frase portuguesas: - termos da oração; - coordenação e subordinação; Regência nominal e verbal; Colocação pronominal; Sinonímia, polissemia, denotação, conotação; Recursos estilísticos (linguagem figuradas); Tipos de discursos: narração, diálogo, descrição, dissertação; Literatura geral; Compreensão e Interpretação de Texto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

LIVRO: CARAPICUÍBA: PASSADO E PRESENTE - 1580/2003 - (PEDRO TENÓRIO) - Lei 2401/03

Significado do topônimo "Carapicuíba"; Emancipação política de Carapicuíba; Limites (divisas); Tombamento CONDEPHAAT; Festa Santa Cruz; Festa Santa Cruzinha; Importância Rio Tiête para Carapicuíba; Educandário Santa Terezinha; Inundação da Alverca - Porto de Areia; Semana Nordestina; COHAB; Helipark; Símbolos Oficiais

ANEXO III - CRONOGRAMA

EVENTOS PRINCIPAIS

DATAS SUJEITAS A CONFIRMAÇÃO

1) Abertura das Inscrições

03/10/2005

2) Encerramento das Inscrições

17/10/2005

3) Convocação para as Provas Objetivas (1a fase)

12/11/2005

4) Distribuição do Comunicado de Informação ao Candidato (CIC) para as Provas Objetivas (1a fase)

14/11/2005 à 18/11/2005

5) Aplicação das Provas Objetivas (1a fase)

19/11/2005 e 20/11/2005

6) Divulgação do Gabarito das Provas Objetivas

21/11/2005

7) Resultado da (1a fase), para os cargos que exigirem (2a fase)

28/11/2005

8) Convocação para as Provas Práticas (2a fase)

03/12/2005

9) Distribuição do Comunicado de Informação ao Candidato (CIC) para as Provas Práticas (2a fase)

07/12/2005 à 09/12/2005

10) Aplicação das Provas Práticas (2a fase)

10/12/2005

11) Divulgação Provável dos Resultados Gerais (Prova Objetiva e Prova Prática)

17/12/2005

12) Divulgação Provável dos Resultados Finais

24/12/2005

13) Homologação

04/01/2005

65170

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231