Prefeitura de Caçapava do Sul - RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇAPAVA DO SUL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

IGRH - INSTITUTO GAÚCHO DE RECURSOS HUMANOS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N° 1593/2007

www.igrh.com.br

* EDITAL

* TABELA DE CARGOS

* PROCESSO DE INSCRIÇÃO

* CONTEÚDO (ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS)

* BIBLIOGRAFIA OU CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº. 1593/2007

O Prefeito Municipal de Caçapava do Sul, no uso de suas atribuições legais e nos termos do Artigo 37 da Constituição Federal, torna público que realizará Concurso Público sob regime Estatutário, para provimento de Vagas do Quadro Geral dos Servidores Municipais de Caçapava do Sul, regendo-se pelas instruções especiais neste Edital contidas e pelas demais leis vigentes.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS

CAPÍTULO I

Dos Cargos

1 - Tabela de cargos:

CARGOS

VAGAS

PADRÃO

Carga HorÁria SEMANAL

Escolaridade e Exigência Mínima

VENCIMENTOS

Taxa de Inscrição

AGENTE ADMINISTRATIVO

06

15

40

Ensino Médio Completo

R$ 638,00

R$ 40,00

AGENTE ADMINISTRATIVO AUXILIAR

10

9

40

Ensino Fundamental Completo

R$ 478,49

R$ 30,00

AGENTE ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO

04

15

40

Ensino Médio Completo

R$ 638,00

R$ 40,00

ARQUITETO

01

25

20

Curso Superior em Arquitetura e Urbanismo e Registro no CREA/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

ARTÍFICE - CONSTRUÇÃO CIVIL

04

9

40

Ensino Fundamental Incompleto

R$ 478,49

R$ 30,00

ARTÍFICE - ELETRICIDADE

02

9

40

Ensino Fundamental Incompleto

R$ 478,49

R$ 30,00

ARTÍFICE - MECÂNICA

06

9

40

Ensino Fundamental Incompleto

R$ 584,83

R$ 30,00

ASSESSOR ADMINISTRATIVO

01

25

20

Curso Superior em Administração Pública, Administração de Empresas, Ciências Jurídicas e Sociais, Ciências Econômicas, Contábeis ou Curso Superior em geral, suplementado por Curso de Extensão ou Especialização em Administração.

R$ 903,81

R$ 60,00

ASSISTENTE SOCIAL

01

25

20

Curso Superior em Serviço Social e Registro no CRESS/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

AUXILIAR DE CONSTRUÇÃO CIVIL

06

5

40

4ª Série Completa do Ensino Fundamental

R$ 386,21

R$ 30,00

AUXILIAR DE MECÂNICA

02

5

40

4ª Série Completa do Ensino Fundamental

R$ 386,21

R$ 30,00

AUXILIAR DE SERV. COMPLEMENTARES - OPERÁRIO

08

3

40

4ª Série Completa do Ensino Fundamental

R$ 371,00

R$ 30,00

CIRURGIÃO DENTISTA

05

25

20

Curso Superior em Odontologia e Registro no CRO/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

ELETROTÉCNICO

01

17

40

Ensino Médio Completo em Eletrotécnica

R$ 691,16

R$ 40,00

ENFERMEIRO

10

25

20

Curso Superior em Enfermagem e Registro no COREN/RS

R$ 903,,81

R$ 60,00

ENGENHEIRO CIVIL

01

25

20

Curso Superior em Engenharia Civil e Registro no CREA/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

FARMACÊUTICO

01

25

20

Curso Superior em Farmácia e Registro no CRF/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

FISCAL AMBIENTAL

01

17

40

Ensino Médio Completo

R$ 691,16

R$ 40,00

FISIOTERAPEUTA

02

25

20

Curso Superior em Fisioterapia e Registro no CREFITO/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

FONOAUDIÓLOGO

02

25

20

Curso Superior em Fonoaudióloga e Registro no CRFa/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

INSPETOR DE TRIBUTOS

02

15

40

Ensino Médio Completo

R$ 638,00

R$ 40,00

MÉDICO ANESTESIOLOGISTA

01

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e Registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MÉDICO CARDIOLOGISTA

01

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e Registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MÉDICO NEUROLOGISTA

01

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e Registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MÉDICO OBSTETRA

01

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e Registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MÉDICO OFTALMOLOGISTA

01

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e Registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MÉDICO PEDIATRA

04

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e Registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MÉDICO PSIQUIATRA

01

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MÉDICO TRAUMATOLOGISTA

01

25

20

Curso Superior em Medicina com Habilitação Específica e Registro no CREMERS

R$ 903,81

R$ 60,00

MOTORISTA

12

13

40

Ensino Fundamental Incompleto e Carteira de Habilitação (CNH) Categoria "C"

R$ 584,83

R$ 40,00

MOTORISTA/ OPERADOR

10

16

40

Ensino Fundamental Incompleto e Carteira de Habilitação (CNH) Categoria "D"

R$ 664,57

R$ 40,00

NUTRICIONISTA

01

25

20

Curso Superior em Nutrição e Registro no CRN

R$ 903,81

R$ 60,00

PROFESSOR - ENSINO MÉDIO - MAGISTÉRIO

37

N1

20

Habilitação Legal para o Exercício da Profissão e Certificado de Registro no MEC em conformidade com a LDB

R$ 386,33

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

06

N1

20

Certificado de Registro no MEC de Professor Habilitado na Disciplina e Diploma de Curso Superior reconhecido e registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA EDUCAÇÃO ARTÍSTICA

04

N1

20

Certificado de Registro no MEC de Professor Habilitado na Disciplina e Diploma de Curso Superior Reconhecido e Registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA EDUCAÇÃO FÍSICA

05

N1

20

Certificado de Registro no MEC de Professor Habilitado na Disciplina, Diploma de Curso Superior Reconhecido e Registrado (Licenciatura Plena) e Registro no CREF2/RS

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA ENSINO RELIGIOSO

05

N1

20

Certificado de Registro no MEC de Professor Habilitado na Disciplina e Diploma de Curso Superior Reconhecido e Registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA ESPECIALISTA EDUCAÇÃO INFANTIL

04

N1

20

Certificado de registro no MEC de professor habilitado na disciplina e Diploma de Curso Superior reconhecido e registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA GEOGRAFIA

02

N1

20

Certificado de Registro no MEC de Professor Habilitado na Disciplina e Diploma de Curso Superior Reconhecido e Registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA HISTÓRIA

02

N1

20

Certificado de Registro no MEC de Professor Habilitado na Disciplina e Diploma de Curso Superior Reconhecido e Registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA LÍNGUA ESTRANGEIRA - ESPANHOL

02

N1

20

Certificado de Registro no MEC de professor habilitado na disciplina e Diploma de Curso Superior reconhecido e registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA LÍNGUA ESTRANGEIRA -

INGLÊS

02

N1

20

Certificado de Registro no MEC de professor habilitado na disciplina e Diploma de Curso Superior reconhecido e registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA MATEMÁTICA

10

N1

20

Certificado de Registro no MEC de professor habilitado na disciplina e Diploma de Curso Superior reconhecido e registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PROFESSOR-ENSINO SUPERIOR-LIC. PLENA PORTUGUÊS

02

N1

20

Certificado de Registro no MEC de professor habilitado na disciplina e Diploma de Curso Superior reconhecido e registrado (Licenciatura Plena)

R$ 484,96

R$ 60,00

PSICÓLOGO

02

25

20

Curso Superior em Psicologia e Registro no CRP/RS

R$ 903,81

R$ 60,00

RECEPCIONISTA

04

11

40

Ensino Fundamental Completo

R$ 531,66

R$ 30,00

SOLDADOR

01

9

40

Ensino Fundamental Incompleto

R$ 478,49

R$ 30,00

TÉCNICO EM APOIO PEDAGÓGICO - ORIENTADOR

10

N1

20

Curso Superior em Pedagogia com Habilitação ou Especialização

R$ 484,96

R$ 60,00

TÉCNICO EM APOIO PEDAGÓGICO - SUPERVISOR

10

N1

20

Curso Superior em Pedagogia com Habilitação ou Especialização

R$ 484,96

R$ 60,00

TÉCNICO EM CONTABILIDADE

02

15

40

Ensino Médio Completo, Habilitação Legal e Registro no CRC/RS

R$ 638,00

R$ 40,00

TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES

02

19

40

Ensino Médio-Curso Técnico em Edificações e Registro no CREA/RS

R$ 744,33

R$ 40,00

TÉCNICO EM ENFERMAGEM

10

17

40

Ensino Médio-Curso Técnico em Enfermagem e Registro no COREN/RS

R$ 691,16

R$ 40,00

TÉCNICO EM INFORMÁTICA

02

17

40

Ensino Médio-Curso Técnico em Informática

R$ 691,16

R$ 40,00

TESOUREIRO

01

17

40

Ensino Médio Completo

R$ 691,16

R$ 40,00

ZELADOR DE CEMITÉRIO

02

5

40

Ensino Fundamental Incompleto

R$ 386,21

R$ 30,00

OBS. 1: Para os cargos de Professores será exigida habilitação legal em conformidade com a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - Lei Federal Nº 9.394 de 26/12/96)

CAPÍTULO II

Das Inscrições

1 - O período de inscrições será do dia 26 de novembro de 2007 a 10 de dezembro de 2007, na Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul - Prédio da Secretaria de Município da Fazenda, sito a Rua Benjamin Constant, 686 das 8h às 14h.

2 - A inscrição no Concurso implica, desde logo, o conhecimento e o compromisso tácito com a aceitação pelo candidato, das condições estabelecidas neste Edital.

3 - São condições de inscrição:

a) ser brasileiro nato ou naturalizado;

b) encontrar-se em pleno exercício dos direitos civis e políticos;

c) ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade completos quando do provimento da vaga;

d) estar quite com as obrigações militares (candidatos do sexo masculino);

e) estar quite com as obrigações eleitorais;

f) não ter contrato de trabalho anterior com o município rescindido por justa causa;

g) ter habilitação específica para o cargo.

4 - No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar obrigatoriamente:

a) Carteira de Identidade ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), ou ainda Carteira de Identidade Profissional, com fotocópia dos mesmos, não sendo aceito protocolo desse documento ou similar.

b) Taxa de inscrição paga em moeda corrente somente na Tesouraria da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul.

5 - Para a inscrição por procuração, deverá ser apresentado documento de identidade do procurador não sendo este, servidor do município, e entregue o instrumento de mandato outorgado através de instrumento público e fotocópia da identidade do candidato.

6 - Não serão aceitas inscrições via postal, extemporâneas ou condicionais.

7 - As informações prestadas na ficha de inscrição, bem como o preenchimento dos requisitos determinados no item '3' deste capítulo, serão de total responsabilidade do candidato.

8 - É vedado anexar documentos após a inscrição.

9 - Aos deficientes físicos é assegurado o direito de inscrição no presente concurso para os cargos cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores. Deverão os mesmos, no ato da inscrição, apresentar laudo médico emitido por junta médica, atestando a espécie e o grau de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID), sujeito à verificação pericial da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul. Deverão entregar, também, requerimento solicitando prova especial, se for o caso, constando o tipo de deficiência e a necessidade de condição da prova especial, sujeito a verificação das possibilidades de atendimento, obedecendo a critérios de viabilidade e de razoabilidade.

10 - Não será permitida a inscrição para mais de um cargo.

11 - Em nenhuma hipótese haverá devolução da Taxa de Inscrição.

CAPÍTULO III

Da Prova Escrita

1 - A prova escrita do concurso será aplicada em local e dia a serem publicados no mural da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul e no site www.igrh.com.br. Não serão realizadas provas fora dos locais indicados na lista publicada e nem em datas e/ou horários diferentes.

2 - Desde já os candidatos ficam convocados a comparecer com antecedência de 30 minutos ao local das provas.

3 - Para a Prova Escrita, o ingresso na sala só será permitido ao candidato que apresentar documento de identidade que originou a inscrição e o documento de inscrição no concurso, entregue quando do ato da inscrição.

4 - O candidato deverá comparecer ao local designado, no ato de realização da prova, munido de caneta esferográfica azul ou preta.

5 - Não será permitido o ingresso de candidato no local da realização da prova, após o horário limite estabelecido. Não haverá segunda chamada seja qual for o motivo alegado.

6 - Durante a prova não será permitida nenhuma consulta a qualquer tipo de material (livros, apostilas, etc.) ou uso de equipamentos eletro-eletrônicos (calculadoras, agendas eletrônicas, computadores, etc.).

7 - Não será permitido ao candidato ingressar no local da prova portando aparelhos eletro-eletrônicos e de comunicação (telefone celular, pager, etc). O Candidato que for flagrado portando os aparelhos descritos ou similares será imediatamente excluído do concurso.

8 - Será excluído do concurso o candidato que:

I - não atender as determinações dos fiscais de provas, bem como empreender ofensas ou agressões aos mesmos, seus auxiliares ou autoridades presentes;

II - for surpreendido, durante a realização das provas, em comunicação com outro candidato ou terceiros, bem como, se utilizando de livros, notas, impressos ou equipamentos não permitidos;

III - ausentar-se do recinto da prova sem o acompanhamento do fiscal.

9 - O candidato, ao terminar a prova Escrita, devolverá ao fiscal da sala, juntamente com o cartão de respostas, o caderno de questões. O candidato que não observar esta exigência será automaticamente excluído do Concurso.

10 - O cartão de respostas é o único documento que será considerado para correção da prova. Em nenhuma hipótese o caderno de questões será considerado para pontuação.

11 - Ao final da prova Escrita, os dois últimos candidatos deverão permanecer no recinto, a fim de assinar o lacre do envelope das provas juntamente com os fiscais, sendo seus nomes identificados na respectiva ata.

CAPÍTULO IV

Das Pontuações da Prova Escrita

1 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Agente Administrativo de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

2- O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Agente Administrativo Auxiliar de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

5

12,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

PROVA DE INFORMÁTICA

5

12,5

3 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Agente Administrativo Tributário de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

4 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Arquiteto de 1 (duas) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

5 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Artífice - Construção Civil de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova Prática.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

6 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Artífice - Eletricidade de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova Prática.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

7 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Artífice - Mecânica de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova Prática.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

8 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Assessor Administrativo de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE LEGISLAÇÃO

20

50

9- O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Assistente Social de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

10 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Auxiliar de Construção Civil de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

11 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Auxiliar de Mecânica de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova Prática.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

12 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Auxiliar Serv. Complementares - Operário de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

13 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Cirurgião Dentista de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

14 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Eletrotécnico de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

15 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Enfermeiro de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

16- O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Engenheiro Civil de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

17 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Farmacêutico de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

18 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Fiscal Ambiental de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE LEGISLAÇÃO

20

50

19- O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Fisioterapeuta de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

20 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Fonoaudiólogo de 1 (uma) etapa: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

21 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Inspetor de Tributos de 1(uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE MATEMÁTICA

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

22- O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Anestesiologista de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

23 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Cardiologista de 1(uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

24 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Neurologista de 1(uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

25 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Obstetra de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

26 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Oftalmologista de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

27 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Pediatra de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

28 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Psiquiatra de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

29 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Médico Traumatologista de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

30 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Motorista de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova Prática.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE LEGISLAÇÃO

20

50

31 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Motorista / Operador de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova Prática.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE legislação

20

50

32 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Nutricionista de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

33 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor de Ensino Médio - Magistério de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

34 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor-Ensino Superior-Lic. Plena Ciências Biológicas de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

35 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Artística de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

36 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Física de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

37 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ensino Religioso de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

38 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Especialista em Educação Infantil de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

39 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor -Ensino Superior-Lic. Plena Geografia de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

40 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor -Ensino Superior-Lic. Plena História de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

41 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Espanhol de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

42 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Inglês de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

43 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Matemática de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

10

25

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

10

25

PROVA DE LEGISLAÇÃO

05

12,5

44 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Português de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

45 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Psicólogo de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

46 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Recepcionista de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE MATEMÁTICA

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

47 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Soldador de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova Pratica.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

48 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Técnico em Apoio Pedagógico - Orientador de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

49 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Técnico em Apoio Pedagógico - Supervisor de 2 (duas) etapas: Prova Escrita e Prova de Títulos.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

50 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Técnico em Contabilidade de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

51 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Técnico em Edificações de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

52 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Técnico em Enfermagem de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

53 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Técnico em Informática de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

54 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Tesoureiro de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

15

37,5

PROVA DE MATEMÁTICA

15

37,5

PROVA DE LEGISLAÇÃO

10

25

55 - O Concurso Público - Edital 1593/2007 constará, para o cargo de Zelador de Cemitério de 1 (uma) etapa: Prova Escrita.

Prova Escrita: 100 pontos, assim divididos:

CONTEÚDOS

Nº DE QUESTÕES

PONTOS

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

20

50

PROVA DE MATEMÁTICA

20

50

CAPÍTULO V

Da Prova de Títulos

1 - A Prova de Títulos será um processo exclusivo para os cargos de Professor de Ensino Médio - Magistério, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ciências Biológicas, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Artística, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Física, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ensino Religioso, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Especialista em Educação Infantil, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Geografia, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena História, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Espanhol, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Inglês, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Matemática, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Português, Técnico em Apoio Pedagógico - Orientador e Técnico em Apoio Pedagógico - Supervisor previstos neste Edital.

2 - Somente os candidatos aprovados na prova Escrita terão seus títulos avaliados.

3 - A pontuação máxima da prova de títulos será de 15 (quinze) pontos. Ultrapassada tal pontuação será aposta a sigla UCP (ultrapassou a contagem de pontos).

4 - Só serão aceitos títulos emitidos a partir do ano de 2002.

5 - Os títulos deverão ser apresentados em fotocópias, acompanhados dos originais para simples conferência, devendo ser rubricados e numerados pelo candidato, na ordem cronológica que constar na Relação de Títulos Entregues (Anexo 3). O Anexo 3 deverá ser entregue em 02 (duas) vias assinadas pelo candidato, uma das quais lhes será restituída com protocolo de recebimento (data e horário), devendo ser entregue na Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul, em data a ser publicada em edital.

6 - Os documentos comprobatórios de títulos não podem apresentar rasuras, emendas ou entrelinhas.

7 - O candidato que possuir alteração de nome (casamento, separação, etc.) deverá anexar cópia do documento comprobatório da alteração sob pena de não ter pontuado títulos com nome diferente da inscrição e/ou identidade.

8 - Comprovada em qualquer tempo, irregularidade ou ilegalidade na obtenção dos títulos do candidato, bem como o encaminhamento de um título em duplicidade, com o fim de obter dupla pontuação, o candidato será excluído do concurso.

9 - Consideram-se títulos, para fins de pontuação, aqueles de formação específica à área de educação.

Tabela de Títulos

Especificação

Item

Pontuação

9.1. Participação em congressos, simpósios, seminário, cursos, encontros, ligados às especificidades técnicas do cargo, até o máximo de 3 (três) pontos:

Obs. Será considerado apenas um curso de cada carga horária estabelecida.

9.1.1. Cursos com carga horária definida em dias ou meses serão considerados na seguinte proporção:

a) 01 dia = 04 horas / 01 mês = 80 horas

a) Até 20 horas aula

0,5 (zero vírgula cinco) pontos

b) De 21 a 50 horas aulas

1 (um) ponto

c) Mais de 51 horas aulas

1,5 (um vírgula cinco) pontos

9.2. Trabalhos publicados relacionados às especificidades técnicas do cargo, como livros, teses, artigos, até o máximo de 3 (três) pontos:

a) Livros

1,5 (um vírgula cinco) pontos

b) teses

1 (um) ponto

c) artigos

0,5 (zero vírgula cinco) pontos

9.3. Cursos de Especialização e Pós Graduação ligados à área do Cargo:

a) Doutorado

5 (cinco) pontos

b) Mestrado

4 (quatro) pontos

c) Especialização (carga horária mínima de 360 horas)

3 (três) pontos

CAPÍTULO VI

Da Prova Prática (para os cargos de Artífice - Construção Civil, Artífice - Eletricidade, Artífice - Mecânica, Auxiliar de Mecânica, Motorista, Motorista Operador e Soldador).

1 - A Prova Prática do Concurso ocorrerá em local e dia a serem publicados no mural da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul e no site www.igrh.com.br. A relação dos candidatos inscritos com a designação do local desta 2º etapa do Concurso e a indicação do número de inscrição dos mesmos, devem ser anotadas pelo próprio candidato. Esta etapa do Concurso não acontecerá fora dos locais indicados na lista publicada e nem em datas e/ou horários diferentes.

2 - Desde já os candidatos ficam convocados a comparecer com antecedência de 30 minutos ao local da Prova Prática.

3 - Para a Prova Prática, o ingresso no local da mesma só será permitido ao candidato que apresentar a Carteira de Identidade ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), documento que originou a inscrição.

4 - Para os cargos de Motorista e Motorista Operador também será exigida a Carteira Nacional de Habilitação para Condutores (CNH) compatível com a função.

5 - Não será admitido à prova o candidato que se apresentar após o horário estabelecido; em nenhuma hipótese haverá segunda chamada seja qual for o motivo alegado.

6 - Durante a prova não será permitida nenhuma consulta.

7 - Será excluído do concurso o candidato que:

a) tornar-se culpado por incorreção ou descortesia para com quaisquer dos fiscais, executores e seus auxiliares ou autoridades presentes;

b) for surpreendido, durante a realização da Prova Prática, em comunicação com outro candidato ou terceiros.

c) ausentar-se do local sem o acompanhamento do fiscal.

8 - O candidato só será considerado apto para realizar a prova prática se obtiver a classificação mínima na Prova Escrita, 1º Etapa, que é de 60 (sessenta) dos pontos totais desta fase.

9 - A aprovação na prova prática (2o. etapa) somente ocorrerá se o candidato obtiver 60 (sessenta) dos pontos totais desta fase.

CAPÍTULO VII

Da Aprovação e Classificação

1 - Para os cargos de Agente Administrativo, Agente Administrativo Auxiliar, Agente Administrativo Tributário, Arquiteto, Assessor Administrativo, Assistente Social, Auxiliar de Construção Civil, Auxiliar de Mecânica, Auxiliar de Serv. Complementares - Operário, Cirurgião Dentista, Eletrotécnico, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Farmacêutico, Fiscal Ambiental, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Inspetor de Tributos, Médico Anestesiologista, Médico Cardiologista, Médico Neurologista, Médico Obstetra, Médico Oftalmologista, Médico Pediatra, Médico Psiquiatra, Médico Traumatologista, Nutricionista, Psicólogo, Recepcionista, Técnico em Contabilidade, Técnico em Edificações, Técnico em Enfermagem, Técnico em Informática, Tesoureiro e Zelador de Cemitério, a nota final, para efeito de classificação, será a nota da Prova Escrita.

2 - Para os cargos de Artífice - Construção Civil, Artífice - Eletricidade, Artífice - Mecânica, Auxiliar de Mecânica, Motorista, Motorista Operador e Soldador, a nota final, para efeito de classificação, será a média dos pontos obtidos na Prova Escrita e Prova Prática.

3 - Para os cargos de Professor de Ensino Médio - Magistério, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ciências Biológicas, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Artística, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Física, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ensino Religioso, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Especialista em Educação Infantil, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Geografia, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena História, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Espanhol, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Inglês, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Matemática, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Português, Técnico em Apoio Pedagógico - Orientador e Técnico em Apoio Pedagógico - Supervisor, a nota final, para efeito de classificação, será a soma de pontos obtidos nas Provas Escritas e de Títulos.

4 - A prova Escrita terá o valor de 100 (cem) pontos. A nota mínima de aprovação será de 60 (sessenta) pontos.

5 - Candidato que não obter aprovação na Prova Escrita estará automaticamente desclassificado do Concurso.

6 - A lista final de classificação das provas do concurso apresentará apenas os candidatos aprovados.

7 - Os candidatos aprovados serão classificados na ordem decrescente dos pontos obtidos.

8 - Caso ocorra empate serão observados, sucessivamente, os seguintes critérios:

8.1 Para os cargos de Agente Administrativo e Agente Administrativo Tributário:

a) Maior Pontuação na Prova de Língua Portuguesa.

b) Maior Pontuação na Prova de Legislação

8.2 Para o cargo de Agente Administrativo Auxiliar:

a) Maior Pontuação na Prova de Língua Portuguesa.

b) Maior Pontuação na Prova de Legislação.

c) Maior Pontuação na Prova de Informática.

8.3 Para os cargos de Arquiteto, Assistente Social, Cirurgião Dentista, Eletrotécnico, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico Anestesiologista, Médico Cardiologista, Médico Neurologista, Médico Obstetra, Médico Oftalmologista, Médico Pediatra, Médico Psiquiatra, Médico Traumatologista, Nutricionista, Psicólogo, Técnico em Contabilidade, Técnico em Edificações, Técnico em Enfermagem e Técnico em Informática:

a) Maior Pontuação na Prova de Conhecimentos Específicos.

b) Maior Pontuação na Prova de Língua Portuguesa.

8.4 Para os cargos de Artífice - Construção Civil, Artífice - Eletricidade, Artífice - Mecânica, Assessor Administrativo, Auxiliar de Construção Civil, Auxiliar de Mecânica, Auxiliar Serv. Complementares - Operário, Fiscal Ambiental, Soldador e Zelador de Cemitério:

a) Maior Pontuação na Prova de Língua Portuguesa.

8.5 Para os cargos de Inspetor de Tributos, Recepcionista e Tesoureiro:

a) Maior Pontuação na Prova de Língua Portuguesa.

b) Maior Pontuação na Prova de Matemática.

8.6 Para os cargos de Motorista e Motorista Operador:

a) Maior Pontuação na Prova de Legislação.

8.7 Para os cargos de Professor de Ensino Médio - Magistério, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ensino Religioso, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Especialista em Educação Infantil, Técnico em Apoio Pedagógico - Orientador e Técnico em Apoio Pedagógico - Supervisor:

a) Maior Pontuação na Prova de Língua Portuguesa.

b) Maior Pontuação na Prova de Conhecimentos Pedagógicos.

8.8 Para os cargos de Professor-Ensino Superior-Lic. Plena Ciências Biológicas, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Artística, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Física, Professor -Ensino Superior-Lic. Plena Geografia, Professor -Ensino Superior-Lic. Plena História, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Espanhol, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Inglês, Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Matemática e Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Português:

a) Maior Pontuação na Prova de Língua Portuguesa.

b) Maior Pontuação na Prova de Conhecimentos Pedagógicos.

c) Maior Pontuação na Prova de Conhecimentos Específicos.

9 - Persistindo o empate será utilizado o critério de Sorteio Público, que será realizado em ato público, a ser divulgado através de Edital.

CAPÍTULO VIII

Dos Recursos

1- Serão admitidos recursos pelos candidatos, de acordo com os preceitos estabelecidos neste Edital. O prazo para interposição de recurso inicia-se no dia da publicação do resultado. Os recursos deverão ser devidamente fundamentados e dirigidos ao Prefeito Municipal de Caçapava do Sul, devendo os mesmos ser protocolados, na forma de requerimento, conforme o Anexo IV, junto à Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul.

2- Para os recursos relativos ao resultado das provas, os candidatos poderão ingressar com pedidos a respeito das questões ou pontos, os quais devem ter circunstanciado exposição, contendo a identificação do candidato, seu número de inscrição e o cargo ao qual concorre.

OBS: Não serão conhecidos os recursos que não atendem as exigências acima.

3- Em caso de haver questões que possam vir a serem anuladas, seja na fase de recurso ou aplicação de provas, as mesmas serão pontuadas como corretas a todos os candidatos.

4 - O prazo para interposição de recursos, em qualquer fase do concurso, será de 03 (três) dias úteis a contar da publicação de cada edital.

CAPÍTULO IX

Da Provimento do Cargo

1 - A nomeação do cargo obedecerá rigorosamente à ordem de classificação dos candidatos aprovados.

2 - O candidato aprovado obriga-se a manter atualizado seu endereço junto à Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul.

3 - A posse ocorrerá no prazo de 10 (dez) dias contados da publicação do ato de provimento, podendo a pedido, ser prorrogada por mais 10 (dez) dias a requerimento do interessado.

4 - Decorrido o prazo retro e deixando o candidato chamado de apresentar-se regularmente, o não comparecimento caracterizará renúncia, desistindo o candidato do direito da respectiva admissão, operando-se automaticamente, a extinção plena de todos e quaisquer direitos relativos a este concurso e/ou dele decorrentes.

5 - Caso o candidato não queira assumir de imediato, e o mesmo tenha atendido os requisitos mínimos, conforme letra "a" do item 7 deste capítulo, poderá, mediante requerimento próprio, solicitar para passar para o final da lista dos aprovados, e para concorrer novamente, será observada sempre a nova ordem de classificação e a validade do concurso.

6 - O concurso terá validade por 2 (dois) anos a partir da data de homologação dos resultados, prorrogável por mais 2 (dois) anos, a critério da Administração da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul.

7 - Ficam advertidos os candidatos de que, no caso de admissão, o provimento da vaga só lhes será deferida no caso de apresentarem:

a) a documentação comprobatória das condições previstas no capítulo I e II - item 3, deste Edital, juntamente com a habilitação específica para o cargo ao qual é exigível, acompanhado de fotocópia;

b) atestado de boa saúde física, mediante exame médico, que comprove aptidão necessária para o exercício do cargo.

8 - A não apresentação dos documentos acima, por ocasião da posse, implicará na impossibilidade do aproveitamento do candidato aprovado, anulando-se todos os atos ou efeitos decorrentes da inscrição no Concurso.

CAPÍTULO X

Das Disposições Finais

1 - A habilitação no processo seletivo não assegura ao candidato a admissão imediata, mas apenas a expectativa de ser admitido segundo os cargos existentes, na ordem de classificação, ficando a concretização deste ato condicionado às disposições pertinentes, sobretudo à necessidade e a possibilidade da Administração.

2 - A inexatidão das informações e/ou irregularidades e documentos, ainda que verificados posteriormente, eliminarão o candidato do concurso, anulando-se todos os atos decorrentes da inscrição.

3 - As publicações sobre o processamento deste concurso, tais como prorrogação das inscrições, mudança na data de realização, local e horário das provas, prazos para recursos e homologação de resultados serão veiculados junto ao mural da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul e no site www.igrh.com.br.

4 - Casos omissos serão resolvidos pela Administração da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul, juntamente com a empresa executora do Concurso.

5 - Todas as informações pertinentes a este concurso podem ser obtidas no site: www.igrh.com.br.

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CAÇAPAVA DO SUL, aos (12) doze dias do mês de novembro dois mil e sete (2007).

José Erli de Vargas,
Prefeito.

Registre-se e Publique-se:

Luiz Pinto Torres,
Secretário de Município da Administração

ANEXO I

ATRIBUIÇÕES TÍPICAS DOS CARGOS

1.

Agente Administrativo:

DESCRIÇÕES SINTÉTICAS DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio, de relativa complexidade, envolvendo a execução de trabalho relacionados com aplicação da legislação de pessoal, material e de organização administração.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Colaborar em estudos e pesquisas que tenham por objetivo o aprimoramento de normas e métodos de trabalho para o melhor desenvolvimento das atividades de repartição;

02 - Participar de estudos destinados a simplificar o trabalho e reduzir os custos das operações;

03 - Efetuar levantamentos com vista á elaboração da proposta orçamentária da repartição;

04 - Colaborar em estudos relativos a estrutura organizacional da repartição, visando a identificação de falhas e correções necessárias;

05 - Efetuar levantamento de necessidades com vistas ao desenvolvimento da programação do setor de trabalho;

06 - Elaborar, sob orientação, planos in iniciais de organização, gráficos, fichas, roteiros e manuais de serviço;

07 - Orientar e supervisionar o registro de dados relativos ao setor de trabalho;

08 - Pesquisar elementos necessários ao estudo de casos relativos a direitos e deveres dos servidores;

09 - Auxiliar no desenvolvimento das atividades de recrutamento, seleção e demais funções relativas á administração de pessoal;

10 - Elaborar folhas de pagamento de pessoal e quadros demonstrativos;

11 - Estudar e informar processos que tratem de assuntos relacionados com a legislação específica de pessoal preparando os expedientes que se fizerem necessário;

12 - Auxiliar em estudos preliminares relacionados com a classificação de cargos e empregos, bem como, em processos de análise, avaliação e remuneração de cargos e empregos;

13 - Orientar, sob a supervisão, o funcionamento de cadastro de pessoal, material e patrimônio;

14 - Orientar e coordenar as tarefas de recebimento, venda, guarda, controle e conferência de valores ou bens públicos;

15 - Preparar ou orientar a preparação de qualquer modalidade de expediente relativo á licitação;

16 - Supervisionar a organização e atualização de registro de estoque de material existente no almoxarifado, bem como, providenciar na aquisição de suprimento de material de consumo e permanente;

17 - Promover periodicamente, balancetes, inventários e balanço do material em estoque ou movimentado;

18 - Passar certidões com base nos dados e registros existente, mediante solicitação ou por determinação superior;

19 - Redigir, de acordo com critérios predeterminados, informações, apostilas, instruções, ordem de serviço, contratos e relatórios;

20 - Prestar informações ao público relativos ao andamento de expedientes;

21 - Auxiliar em estudos relativos a lotação de cargos nas unidades administrativas;

22 - Auxiliar na programação das atividades de aperfeiçoamento e treinamento de pessoal;

23 - Organizar, por determinação superior, coletânea de Leis, regulamentos e normas relativas ás atividades da repartição;

24 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares;

25 - Executar trabalhos de datilografia em geral;

26 - Efetuar a digitação de dados com vistas ao processamento eletrônico;

27 - Executar outras tarefas semelhantes.

2.

Agente Administrativo Auxiliar:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio, envolvendo a execução de trabalhos auxiliares de rotina administrativa, bem como, de atendimento ao público.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Classificar documentos ou papéis em geral a serem protocolados na repartição;

02 - Protocolizar processos e documentos na repartição, registrando entradas, saídas e movimentação;

03 - Preparar índices e fichários - índices, de acordo com orientação recebida;

04 - Auxiliar no arquivamento de processo, documentos e papéis em geral, bem como, nas tarefas de registro e dados em fichas ou outros processos de controle e pesquisa em arquivo;

05 - Auxiliar na elaboração de balancetes, inventários e balanços do material movimentado ou em estoque;

06 - Auxiliar no levantamento de dados para a proposta orçamentária;

07 - Auxiliar os trabalhos de coleta e registro de dados pertinentes ás atividades do setor de trabalho;

08 - Estudar e informar processos de rotina, referentes ás atividades específicas do setor de trabalho, de acordo com orientação recebida;

09 - Executar tarefas datilográficas relacionadas com as atividades do setor de trabalho;

10 - Identificar, qualificar e registrar pacientes, para fins de atendimento médico e hospitalar, de acordo com orientação recebida;

11 - Receber, registrar e anexar o prontuário de doentes, fichas clínicas, laudos de exames laboratoriais, bem como, qualquer documentação semelhante, de acordo com normas pré-determinadas;

12 - Organizar, atualizar e arquivar os prontuários de doentes, bem como, efetuar sua movimentação e guarda, de acordo com orientação recebida;

13 - Localizar, arquivar, receber e entregar, interna e externamente, chapas- radiografias, responsabilizando-se pela sua guarda, preservação e movimentação;

14 - Executar tarefas de rotina administrativa em estabelecimento hospitalar, clínico ou de ensino, de acordo com orientação recebida;

15 - Efetuar o registro de freqüência do pessoal;

16 - Preparar mapa de freqüência de pessoal, comunicando as alterações ocorridas, bem como, organizar a efetividade do pessoal para fins de pagamento, de acordo com orientação recebida;

17 - Elaborar sob orientação folhas de pagamento de pessoal;

18 - Efetuar, sob supervisão, os assentamentos individuais do pessoal da repartição;

19 - Elaborar grades ou certidões de tempo de serviço do pessoal;

20 - Auxiliar nos trabalhos de aquisição de material de consumo ou permanente, mediante tomada de preços, registros de fornecedores, expedição de concites, divulgação de editais e outras tarefas correlatas;

21 - Requisitar e manter suprimento de material necessário ao trabalho, de acordo com determinação superior;

22 - Auxiliar na conferência de material e suprimento em geral, com faturas, conhecimentos ou notas de entrega;

23 - Distribuir o material de consumo necessário ao serviço, de acordo com normas pré-determinadas;

24 - Efetuar a guarda de material de acordo com as instruções existentes, bem como, providenciar o recolhimento do material inaproveitável;

25 - Redigir termo de danos e avarias;

26 - Registrar e controlar a aquisição e o empréstimo de livros e publicações, de acordo com critérios pré-determinados;

27 - Atualizar e ordenar de acordo com instruções recebidas, catálogos e fichários de bibliotecas;

28 - Operar máquinas simples de reprodução e duplicação de documentos;

29 - Zelar pela conservação do equipamento em uso, providenciando nos consertos que se fizerem necessários;

30 - Atender ao público, prestando as informações solicitadas;

31 - Efetuar a digitação de dados, com vistas ao processamento eletrônico;

32 - Executar outras tarefas semelhantes.

3.

Agente Administrativo Tributário:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio, de grande responsabilidade e relativas complexidade, envolvendo a execução de trabalhos relacionados com cadastro imobiliário do Município, lançamento, controle e arrecadação de IPTU, ITBI, IVVC, ICMS e outros impostos e taxas municipais.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Fazer levantamento físico do cadastro imobiliário;

02 - Manter atualizado os dados da planta de valores do Município, com vistas a estabelecer os valores do IPTU;

03 - Manter atualizado o cadastro de loteamento individual;

04 - Fornecer dados atualizados para avaliações, com vistas a estabelecer o valor do ITBI;

05 - Emitir relatórios de acompanhamento da arrecadação do IVVC;

06 - Fazer a distribuição de talonários aos produtores rurais do Município;

07 - Distribuir, acompanhar receber e conferir as gias informativas do ICMS;

08 - Colaborar por convênio ou quando solicitado pelo Estado, prestando informações, junto ao ICMS;

09 - Fornecer relatórios de acompanhamento de arrecadação do ICMS no Município;

10 - Arrecadar e controlar todas as taxas municipais;

11 - Fornecer certidões, alvarás e outros documentos requeridos pelos contribuintes, obedecidas as normas recebidas;

12 - Executar outras tarefas semelhantes.

4.

Arquiteto:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior de grande complexidade, envolvendo a execução de trabalhos referentes à construção e fiscalização de obras e à elaboração de normas para a administração e conservação de prédios artísticos.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Executar trabalhos relacionados com o estudo, projeto, direção, fiscalização, construção e restauração de edifício, com todas as suas obras complementares e de obras que tenham caráter essencialmente artístico ou monumental;

02 - Verificar o estado de conservação de prédios, agrupamentos artísticos e históricos e projetar obras de restauração;

03 - Realizar técnicos de expedientes relativos à execução de obras;

04 - Elaborar especificações e normas para obras arquitetônicas;

05 - Realizar estudos e pesquisas para estabelecimento de normas e padrões mínimos de construções específicas;

06 - Realizar pesquisas de mobiliário, divisórias e complementos para arranjos físicos de repartições municipais;

07 - Colaborar na elaboração de projetos de plano diretor da sede do município;

08 - Elaborar projetos de conjuntos residenciais, praças e edifícios públicos;

09 - Fazer orçamentos e cálculos sobre projetos de construção em geral;

10 - Fazer avaliações, perícias e arbitramentos relativos à especialidade;

11 - Projetar, dirigir e fiscalizar obras de urbanismo, de arquitetura paisagística e de decoração arquitetônica;

12 - Efetuar visitas à fábricas, para observar a qualidade e as técnicas empregadas na indústria do mobiliário, para conhecimento das diferenças e detalhes comuns nas diversas linhas de fabricação;

13 - Efetuar estudos de "lay-out" dos diversos órgãos da administração municipal, coletando os dados que se fizerem necessários;

14 - Projetar e decorar "stands" de mostras e exposições;

15 - Analisar e selecionar espaços para exposições e certames;

16 - Emitir pareceres sobre matéria de sua especialidade;

17 - Prestar assessoramentos a autoridades em assuntos de sua competência;

18 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares;

19 - Executar outras tarefas semelhantes.

5.

Artífice - Construção Civil:

01 - Fazer alicerces, paredes, muros de arrimo, blocos de cimento, etc...;

02 - Fazer e preparar bueiros, fossas e pisos de cimento;

03 - Trabalhar com instrumentos de nivelamento e prumo;

04 - Preparar ou orientar a preparação de argamassa para junção de tijolos ou para rebocos de paredes;

05 - Rebocar, preparar caiações em paredes;

06 - Preparar e colocar concretos em formas e fazer artefatos de cimento;

07 - Assentar marcos de portas e janelas;

08 - Colocar telhas, azulejos e ladrilhos;

09 - Armar andaimes;

10 - fazer concreto em obras de alvenaria;

11 - Preparar e combinar tintas em geral;

12 - Remover tintas antigas, lavar, massar e preparar superfícies para pintura;

13 - Aplicar tintas decorativas ou de proteção, esmaltes, etc..., em paredes, estruturas, objetos de madeira ou metal;

14 - Fazer instalações de encanamento em geral, de aparelhos sanitários, de caixa de descargas;

15 - Efetuar consertos para encanamentos, aparelhos sanitários, caixas de descargas, cabos e mangueiras, etc...;

16 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares;

17 - Executar outras tarefas semelhantes.

6.

Artífice - Eletricidade:

01 - Instalar e reparar linhas e cabos de transmissão, inclusive os de alta tensão;

02 - Fazer reparos em aparelhos elétricos em geral;

03 - Consertar e preparar elevadores, geradores, motores, relógios clétricos, inclusive de controle de ponto, etc;

04 - Executar enrolamentos de pequenos motores, transformadores, dínamos, magnetos e bobinas;

05 - Fazer instalações elétricas de lâmpadas, de campainhas, chaves de distribuição, bobinas, automáticos, etc;

06 - Concertar e preparar instalações elétricas internas e externas;

07 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares;

08 - Executar outras tarefas semelhantes.

7.

Artífice - Mecânica:

01 - Consertar máquinas e acessórios de diferentes espécies;

02 - Fazer soldas elétricas ou a oxigênio;

03 - Converter ou adaptar peças de máquinas ou motores;

04 - Executar consertos de instalações eletromecânicas;

05 - Revisar automóveis, caminhões, tratores, compressores, guindaste, bombas, etc;

06 - Efetuar a substituição de peças e máquinas e motores em geral;

07 - Esmerilhar e assentar válvulas;

08 - Ajustar anéis de segmentos;

09 - Desmontar e montar caixas de mudanças;

10 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares;

11 - Executar outras tarefas semelhantes.

8.

Assessor Administrativo:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo o assessoramento em assuntos administrativos, bem como pesquisa, estudo e elaboração de normas, pareceres, anteprojetos e informações.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Pesquisar e coletar os dados que se fizerem necessários para decisões importantes na órbita administrativa;

02 - Elaborar pareceres fundamentados na legislação ou pesquisas efetuadas;

03 - Efetuar pesquisas para o aperfeiçoamento do serviço;

04 - Elaborar ou examinar anteprojetos de Lei e outros atos normativos, por determinação superior;

05 - Elaborar exposições de motivos e justificativas;

06 - Participar da elaboração de normas ou regulamentos que envolvam matéria ligada às atividades próprias da repartição;

07 - Proceder a estudos e apresentar sugestões sobre proposta orçamentárias;

08 - Orientar a instrução dos processos que envolvam interpretação e aplicação da legislação pertinente à pessoal;

09 - Estudar e sistematizar a legislação de interesse da repartição, bem como a respectiva aplicação;

10 - Assessorar estudos para execução de projetos de organização e reorganização na área administração;

11 - Prestar assessoramento quando da expedição de normas gerais, visando estabelecer a aplicação uniforme de jurisprudência sobre pessoal;

12 - Revisar atos e informações antes de submetê-los à apreciação das autoridades superiores;

13 - Prestar assessoramento à autoridades superiores ou a unidades administrativas em assuntos de sua especialidade;

14 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares;

15 - Executar outras tarefas semelhantes.

9.

Assistente Social:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior de grande complexidade envolvendo a execução de trabalhos relacionados com o desenvolvimento, diagnóstico e tratamento de comunidade em seus aspectos sociais.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Realizar estudos e pesquisas no campo da assistência social, bem como programas de trabalho referente ao serviço social;

02 - Supervisionar o trabalho dos auxiliares do serviço social e dos estagiários;

03 - Fazer triagem dos casos apresentados, procurando a sua reintegração;

04 - Organizar e ministrar cursos de treinamento social;

05 - Promover o recolhimento de crianças ou adultos abandonados;

06 - Orientar e incentivar entidades para a implantação de creches;

07 - Planejar e promover inquéritos sobre a situação social de escolares e sua família;

08 - Encaminhar clientes a dispensários e hospitais, acompanhar o tratamento e a recuperação dos mesmos e dar assistência aos familiares;

09 - Estudar os antecedentes da família, participar de seminários para estudo e diagnósticos dos casos e orientar os pais, em grupo ou individualmente, sobre o tratamento adequado;

10 - Orientar investigações sobre a situação moral e econômica de pessoas que desejam receber ou adotar crianças;

11 - Fazer levantamentos sócio-econômico de famílias, com vistas ao planejamento habitacional nas comunidades;

12 - Prestar assistência aos apenados, bem como a suas respectivas famílias;

13 - Promover a reintegração do apenado na família e na sociedade;

14 - Orientar e coordenar trabalhos nos casos de reabilitação profissional;

15 - Orientar seleção sócio-econômico familiar para a concessão de bolsas de estudo e ingresso de menores em colônias de férias, bem como selecionar candidatos ao amparo dos serviços de assistência à velhice, ao menor abandonado e ao excepcional;

16 - Realizar e interpretar pesquisas sociais;

17 - Participar no desenvolvimento de pesquisa médico-sociais e interpretar, junto ao médico, a situação social do doente e de sua família;

18 - Cooperar com asa autoridades e instituições, na aplicação dos recursos correspondentes às necessidades de indivíduos ou grupos desajustados;

19 - Cooperar com as autoridades, visando a medidas de alcance social;

20 - Indicar métodos e sistemas para recuperação de desajustados social;

21 - Organizar fichários e registros de casos investigados;

22 - Identificar e mobilizar recursos comunitários;

23 - Promover atividades em grupo com pacientes hospitalizados;

24 - Realizar perícias sobre assuntos relacionados com a assistência social;

25 - Emitir pareceres sobre matéria de sua especialidade;

26 - Prestar assessoramento à autoridades em assuntos de sua competência;

27 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares;

28 - Executar outras tarefas semelhantes.

10.

Auxiliar de Construção Civil:

01 - Fazer alicerces, paredes, muros, etc..., sob orientação de um pedreiro;

02 - Manejar instrumentos de nivelamento e prumo;

03 - Fazer consertos em pisos de cimento;

04 - Preparar argamassa;

05 - Ajudar no reboco de paredes;

06 - Preparar e colocar, de acordo com as instruções do pedreiro, concretos em formas e fazer artefatos de cimento;

07 - Auxiliar o assentamento de marcos e a colocação de azulejos e ladrilhos;

08 - Armar andaimes;

09 - Desempenhar os serviços rotineiros determinados pelos pedreiros;

10 - Auxiliar pintores no preparo e mistura de tintas e vernizes em geral;

11 - Lavar, amasssar e preparar superfícies para pinturas;

12 - Participar dos serviços de pintura decorativa ou de proteção em paredes, estruturas, objetos de madeira ou metal;

13 - Retocar pinturas antigas, de acordo com a orientação de pintor;

14 - Executar outras tarefas semelhantes.

11.

Auxiliar de Mecânica:

01 - Engraxar e lubrificar carros, caminhões e aeronaves;

02 - Desmontar veículos e motores, preparando-os para consertos;

03 - Auxiliar mecânico nos consertos de motores;

04 - Limpar e conservar os utensílios e maquinarias de garagem, oficina e hangar;

05 - Auxiliar no conserto de motores e lubrificação de aeronaves;

06 - Auxiliar na execução de serviços de manutenção de aviões, motores, equipamentos e acessórios;

07 - Manejar, quando determinado, bombas de abastecimento, observando suas respectivas conexões;

08 - Conhecer e usar, convenientemente, os vários extintores;

09 - Realizar, sob orientação, tarefas de mecânica em geral;

10 - Executar outras tarefas semelhantes.

12.

Auxiliar Serviços Complementares - Operário:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades rotineiras, envolvendo a execução de trabalhos auxiliares de preparação de alimentos, limpeza em geral, e serviços agropastoris simples, executar trabalhos rotineiros de cozinha e lavanderia, conservação e segurança dos prédios, circulação de correspondência e processos nas repartições públicas.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Carregar e descarregar veículos em geral;

02 - Transportar e arrumar mercadorias e materiais diversos;

03 - Transportar instrumentos de topografia e de construção;

04 - Efetuar serviços de capina, de remoção de detritos e outros;

05 - Executar trabalhos auxiliares de construção e conservação de vias permanentes;

06 - Transportar e elevar materiais de construção em geral;

07 - Preparar argamassa e armar andaimes, sob orientação;

08 - Transportar e arrumar mercadorias e materiais diversos;

09 - Executar tarefas auxiliares de limpeza em geral;

10 - Proceder a abertura de valos;

11 - Fazer e conservar canteiros;

12 - Executar tarefas auxiliares referentes a lavouras e jardins;

13 - Executar outras tarefas semelhantes.

13.

Cirurgião Dentista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atribuições de nível superior, de grande complexidade, envolvendo diagnóstico, tratamento buco-dental, cirurgia, odontologia preventiva, interpretação de exames de laboratório e de radiografias, bem como participar de programas voltados para a saúde pública.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Exercer funções relacionadas com o tratamento buco-dental e cirurgia;

02 - Fazer diagnóstico, determinado o respectivo tratamento;

03 - Executar as operações de prótese em geral e de profilaxia dentária;

04 - Fazer extração de dentes ou raízes;

05 - Realizar restauração e obturações, bem como a inclusão de dentes artificiais;

06 - Ajustar e fixar dentaduras artificiais, coroas e trabalhos de pontes;

07 - Tratar condições patológicas da boca e da face;

08 - Fazer esquemas das condições da boca e dos dentes dos pacientes;

09 - Aplicar anestesia local ou truncular;

10 - Realizar odontologia preventiva;

11 - Efetuar a identificação das doenças buco-dentais e o encaminhamento a especialistas, quando diante de alterações fora da área de sua competência ;

12 - Proceder a interpretação dos resultados de exames de laboratório, microscópios, bioquímicos e outros;

13 - Fazer radiografias na cavidade bucal e na região crânio-facial;

14 - Interpretar radiografias da cavidade bucal e da região crânio-facial;

15 - Participar de programas voltados para a saúde pública;

16 - Participar de juntas médicas;

17 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares;

18 - Executar outras tarefas semelhantes.

14.

Eletrotécnico:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atuar na área de Projetos de Eletrificação rural, levantamento dos consumidores, fazer projetos, desenho, orçamento, etc...

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

a) Atuando na Zona Rural:

01 - Fazer levantamento de campo referente ao traçado da rede, buscando um melhor terreno para efetuar uma rede;

02 - Fazer levantamento de campo referente aos usuários;

03 - Fazer o ante-projeto;

04 - Fazer o projeto;

05 - Fazer o desenho;

06 - Fazer o orçamento do projeto;

07 - Preencher a documentação que acompanha o projeto;

08 - Encaminhar o projeto à AES SUL;

09 - Definir os custos aos usuários;

10 - Efetuar reuniões no local onde está sendo feito o projeto, buscando englobar todos os moradores do local no projeto;

11 - Executar a obra;

12 - Implantar postes, estruturas, instalações de transformadores e lançamentos de condutores;

13 - Fiscalizar a rede, corrigindo eventuais defeitos.

b) Atuando na Zona Urbana:

01 - Fazer projetos elétricos de prédios construídos pela Prefeitura;

02 - Executar instalações prediais;

03 - Fazer orçamento de materiais elétricos;

04 - Atuar na parte de iluminação pública.

15.

Enfermeiro:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo a execução de trabalhos de enfermagem relativos à observação, ao cuidado e à educação sanitária dos doentes, à aplicação de tratamentos prescritos, bem como a participação de programas voltados para a saúde pública.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Planejar, organizar, coordenar e avaliar serviços de enfermagem;

02 - Prestar serviço de enfermagem em hospitais, unidades sanitárias, ambulatórios e seções próprias;

03 - Prestar cuidados de enfermagem aos pacientes hospitalizados;

04 - Ministrar medicamentos prescritos, bem como cumprir outras determinações médicas;

05 - Velar pelo bem estar físico e psíquico dos pacientes;

06 - Preparar o campo operatório e esterilizar o material;

07 - Orientar o isolamento de pacientes;

08 - Supervisionar os serviços de higienização dos pacientes:

09 - Orientar, coordenar e supervisionar a execução das tarefas relacionadas com a prescrição alimentar;

10 - Planejar, executar, supervisionar e avaliar a assistência integral de enfermagem a clientes de alto e médio risco, enfatizando e participando da sua alta da instituição médica;

11 - Acompanhar o desenvolvimento dos programas de treinamento de recursos humanos para a área de enfermagem;

12 - Ministrar treinamento na área de enfermagem;

13 - Aplicar terapia dentro da área de sua competência sob controle médico;

14 - Prestar os primeiros socorros;

15 - Aprazar exames de laboratório, de raio x e outras;

16 - Aplicar terapia especializada sobre controle médico;

17 - Promover e participar de estudos para o estabelecimento de normas e padrões dos serviços de enfermagem;

18 - Participar de programas de educação sanitária e de programas de saúde pública em geral;

19 - Auxiliar nos serviços de atendimento materno-infantil;

20 - Participar de programas de imunização;

21 - Realizar visitas domiciliares para prestar esclarecimentos sobre trabalhos a ser desenvolvido por equipes auxiliares;

22 - Realizar consulta de enfermagem a sadios e portadores de doenças prolongadas;

23 - Prover e controlar os estoque de medicamentos;

24 - Manter contato com responsáveis por unidades médicas e enfermaria, para promover a integração do serviço de enfermagem com os de assistência médica;

25 - Participar de inquéritos epidemiológicos;

26 - Participar de programas de atendimento a comunidades atingidas por situações de emergência ou de calamidade pública;

27 - Realizar e interpretar testes imuno-diagnósticos e auxiliares de diagnósticos;

28 - Requisitar exames de rotina para os pacientes em controle de saúde, com vistas à aplicação de medidas preventivas;

29 - Colher material para exames laboratoriais;

30 - Prestar assessoramento à autoridades em assuntos de sua competência;

31 - Emitir pareceres em matéria de sua especialidade;

32 - Orientar, coordenar e supervisionar, trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares;

33 - Executar outras atividades semelhantes.

16.

Engenheiro Civil:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo a execução de trabalhos relacionados com obras e projetos de engenharia, bem como de fiscalização e controle de serviços contratados nas suas diversas fases de desenvolvimento.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Analisar e avaliar projetos de obras públicas, equipamentos e instalações, aquisição de imóveis e os em regime de programação especial, no que diz respeito a : oportunidades, custos, formas e prazos de execução, aspectos de contratação, adequação e alternativas técnicas;

02 - Coordenar atividades referentes a estudos e projetos de engenharia para instalação de distrito industrial;

03 - Manter por determinação superior, contatos com órgãos da administração federal e estadual, objetivando a implantação de complexo industrial;

04 - Efetuar estudos e emitir parecer técnico sob forma de sessão de terrenos para instalação de distrito industrial;

05 - Examinar expedientes relativos a pontes municipais, emitindo o respectivo parecer técnico;

06 - Emitir parecer técnico que envolva estudos para padronização de construção de pontes, quer em estrutura de concreto armado convencional ou pretendido ou de aço;

07 - Prestar apoio técnico as equipes encarregadas dos mapeamentos para elaboração e execução de mapas rodoviários, hidroviários, etc...;

08 - Controlar a programação e execução de obras de arte;

09 - Fiscalizar a construção de estradas de rodagem;

10 - Colaborar na elaboração do orçamento plurianual de investimentos;

11 - Dirigir e fiscalizar a construção de prédios públicos e obras complementares;

12 - Projetar, dirigir e fiscalizar trabalhos de urbanismo;

13 - Estudar, projetar, dirigir e executar a instalações de força motriz, mecânicas e outras que utilizem energia elétrica;

14 - Executar estudos que visem ao controle da poluição ambiental;

15 - Projetar e executar instalações de circuitos eletrônicos;

16 - Emitir parecer, por determinação superior, sobre projetos a usinas hidrelétricas, termelétricas, subestações, linhas de transmissão, linhas de distribuições e redes de distribuição;

17 - Fiscalizar a execução de serviços de engenharia contratados em suas diversas fases, fazendo com que sejam cumpridas as especificações contratuais;

18 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares;

19 - Executar outras tarefas semelhantes.

17.

Farmacêutico:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo a manipulação farmacêutica e o aviamento de receitas médicas, bem como, trabalhos e estudos relativos ao controle e análise clínica e toxicológica de medicamentos.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Executar a manipulação farmacêutica e o aviamento de receitas médicas;

02 - Controlar a requisição e guarda de medicamentos, drogas e matérias primas a preparação e esterilização de vidros e utensílios de uso nas farmácias;

03 - Registrar entorpecentes e psicotrópicos requisitados, recitados, fornecidos ou utilizados no aviamento das fórmulas manipuladas;

04 - Controlar receita e serviço de rotulagem, realizando periodicamente o balanço de entorpecentes e de barbitúricos;

05 - Organizar e atualizar fichário de produtos farmacêuticos, químicos e biológicos, mantendo registro permanente de estoque de drogas;

06 - Verificar os fermentos, antibióticos e outros produtos de conservação limitada, a fim de constatar se estão dentro dos respectivos prazos de validade;

07 - Proceder a ensaios físicos e físico-químicos necessários ao controle de quaisquer substâncias ou produto;

08 - Participar de estudos e pesquisas microbiológicas e imunológicas químicas, físico-químicas e físicas relativas a quaisquer substâncias ou produtos que interessam a saúde pública;

09 - Colaborar na realização de estudos e pesquisas farmacodinâmicas e toxicológicas;

10 - Participar de pesquisas farmacológicas e clínicas sobre novas substâncias, quando interessam à saúde humana;

11 - Preparar padrões de toxinas a antitoxinas e quaisquer outras substâncias ou produtos, cuja atividade seja controlável por processo imunológico e microbiológico;

12 - Manter a coleção de culturas microbianas - padrão;

13 - Orientar a fabricação de soros;

14 - analisar os efeitos de substâncias adicionadas aos alimentos;

15 - Realizar estudos e pesquisas sobre efeitos dos medicamentos;

16 - Detectar e identificar substâncias tóxicas;

17 - Realizar inspeções relacionadas com a manipulação farmacêutica e aviamento do receituário médico;

18 - Efetuar análises clínicas;

19 - Fazer requisições de medicamentos, drogas e materiais necessários à farmácia;

20 - Emitir pareceres sobre assuntos de sua competência;

21 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares;

22 - Executar outras tarefas semelhantes.

18.

Fiscal Ambiental:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Fiscalizar as atividades, sistemas e processos produtivos, acompanhar e monitorar as atividades efetivas ou potencialmente poluidoras, causadores de degradação ou promotoras de distúrbios, além das utilizadoras de bens naturais.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Observar e fazer respeitar a correta aplicação da legislação ambiental vigente, fiscalizar os prestadores de serviço, os demais agentes econômicos, o poder público e a população em geral no que diz respeito às alterações ambientais, conforme o caso, decorrentes de seus atos, revisar e lavrar autos de infração e aplicar multas em decorrência da violação à legislação ambiental vigente, requisitar, aos entes públicos ou privados, sempre que entender necessário, os documentos pertinentes às atividades de controle de regulação e fiscalização, programar e supervisionar a execução das atividades de controle, regulação e fiscalização na área ambiental, analisar e dar parecer nos processos administrativos relativos às atividades de controle, regulação e fiscalização na área ambiental, apresentar propostas de aprimoramento e modificação dos procedimentos de controle, regulação e fiscalização na área ambiental, apresentar propostas de adequação, aprimoramento e modificação da legislação ambiental do Município, verificar a observância das normas e padrões ambientais vigentes, proceder a inspeção e apuração das irregularidades e infrações através do processo competente, instruir sobre o estudo ambiental e a documentação necessária à solicitação de licença de regularização ambiental, emitir laudos, pareceres e relatórios técnicos sobre matéria ambiental, executar outras tarefas correlatas.

19.

Fisioterapeuta:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo a execução de trabalhos relativos à utilização de métodos e técnicas fisioterápicas para a reabilitação física do indivíduo.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Executar métodos e técnicas fisioterápicas prescritas pelo médico fisiatra e sob a supervisão deste com a finalidade de auxiliar na restauração da capacidade física diminuída por doenças ou lesões. A execução compreende a efetivação final de uma prescrição médica nos seus aspectos de movimentação de paciente, manipulação de aparelhos e supervisão de exercício;

02 - Executar métodos e técnicas fisioterápicas prescritas pelo médico fisiatra e sob a supervisão deste com a finalidade de conservas e desenvolver a capacidade física do paciente;

03 - Esses métodos são executados em pacientes com lesões músculo-osteo-articulares, em fase de recuperação ou pacientes pneumológicos que necessitem terapia física, juntamente com outra forma de terapia.

04 - Estes serviços serão executados em hospitais, unidades, ambulatórios e secções próprias.

05 - Informar ao médico e solicitar sua orientação sovbre qualquer manifestação que se acrescente ao quadro inicial sobre a evolução eventualmente desfavorável no caso ou qualquer aspecto que não se inclua na sua competência;

06 - Participar de reunião de equipe relatando o tratamento executado e a evolução observada;

07 - Dar assessoria quanto a questões relativas à sua competência.

20.

Fonoaudiólogo:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo a execução de trabalhos relacionados com a prevenção no que se refere a área de comunicação escrita e oral, voz e audição.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Desenvolver trabalho de prevenção no que se refere a área da comunicação escrita e oral, voz e audição;

02 - Participar de equipes de diagnóstico, realizando a avaliação da comunicação oral e escrita, voz e audição;

03 - Realizar terapia fonoaudiológica dos problemas de comunicação oral, escrita, voz e audição;

04 - Realizar o aperfeiçoamento dos padrões da voz e fala;

05 - Colaborar em assuntos fonoaudiológicos ligados a outras ciências;

06 - Projetar, dirigir ou efetuar pesquisas fonoaudiológicas promovidas por entidades públicas, privadas, autarquias e mistas;

07 - Lecionar teoria e prática fonoaudiológicas;

08 - Dirigir serviços de fonoaudiologia em estabelecimento públicos, privados, autárquicos e mistos;

09 - Supervisionar profissionais e alunos em trabalhos teóricos e práticos de fonoaudiologia;

10 - Assessorar órgãos e estabelecimentos públicos, autárquicos, privados ou mistos no campo da fonoaudiologia;

11 - Participar da Equipe de Orientação e Planejamento Escolar, inserindo aspectos preventivos ligados a assuntos fonoaudiológicos;

12 - Dar Parecer fonoaudiológico na área da comunicação oral e escrita, voz e audição;

13 - Realizar outras atividades inerentes à sua formação universitária pelo currículo.

21.

Inspetor de Tributos:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio, de grande responsabilidade e relativa complexidade, envolvendo a execução de trabalhos relacionados com a fiscalização e arrecadação de tributos.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Cumprir e fazer cumprir as disposições relativas aos tributos no município e orientar contribuintes;

02 - Levantar e lançar débitos de contribuintes;

03 - Lavrar autos de infração;

04 - Replicar contestações fiscais, justando provas requerendo sua produção;

05 - Informar processos e expedientes que lhe forem distribuídos;

06 - Encaminhar dentro dos prazos determinados, ao seu superior e hierárquico, os relatórios e a documentação referente as atividades desenvolvidas;

07 - Arquivar finanças e propor cancelamento de inscrições, nos casos previstos em Lei;

08 - Denunciar ao seus superiores sob pena de co-responsabilidade, quaisquer anormalidade ou irregularidades observada no serviço;

09 - Atender outras tarefas que lhe for cometida por superiores hierárquicos, oferecendo sugestões, visando o aperfeiçoamento do serviço;

10 - Executar outras tarefas semelhantes.

22.

Medico Anestesiologia:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Efetuar anestesia geral ou condutiva, exercendo os controles específicos da hemastease do equilíbrio hidro-eletrolítico o ácido base e da respiração dos pacientes;

02 - Submeter pacientes a exames pré-anestésicos;

03 - Acompanhar o paciente durante todo o ato anestésico, até sua total recuperação;

04 - Reanimar pacientes com problemas cardiorespiratórios;

05 - Ministrar tratamento à insuficiência respiratória;

06 - Executar funções diagnósticas ou terapêuticas;

07 - Participar de juntas médicas;

08 - Participar de programas voltados para saúde pública;

09 - Solicitar exames laboratoriais e outros que se fizerem necessários;

10 - executar outras tarefas semelhantes.

23.

Medico Cardiologista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Ministrar atendimento médico a portadores de doenças cardiovasceulares;

02 - Interpretar eletrocardiogramas, fonocardiogramas e vectocardioagramas, radiografias, radioscopia do coração e vasos da base e demais exames e atos da íntima correlação com a cardiologia;

03 - Realizar estudos e investigações no campo de cardiologia;

04 - Prestar o devido atendimento aos pacientes aos pacientes encaminhados por outro especialista;

05 - Prescrever tratamento médico;

06 - Participar de juntas médicas;

07 - Participar de programas voltados para a saúde pública;

08 - Exercer censura sobre produto médicos de acordo com sua especialidade;

09 - Solicitar exames laboratoriais e outros que se fizerem necessários;

10 - Executar outras tarefas semelhantes.

24.

Medico Neurologista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Diagnosticar e tratar as afecções do sistema nervoso central e periférico;

02 - Fazer diagnóstico e tratamento das afecções que acompanham os acessos mentais;

03 - Acompanhar o tratamento de pacientes quando o caso assim o exigir;

04 - Preencher fichas médicas dos clientes;

05 - Prestar o devido atendimento aos pacientes encaminhados por outro Especialista;

06 - Participar de juntas médicas;

07 - Participar de programas voltados à saúde pública;

08 - Solicitar exames laboratoriais e outros que se fizerem necessários;

09 - Solicitar o concurso de outros Médicos Especialistas em casos que requeiram esta providência;

10 - Executar outras tarefas semelhantes.

25.

Medico Obstetra:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Atender à gestantes que procurem a Unidade Sanitária, procedendo exame geral e obstétrico;

02 - Solicitar exames laboratoriais e outros que o caso requeira;

03 - Controlar a pressão arterial e o peso da gestante;

04 - Dar orientação médica à gestante e encaminha-la à maternidade;

05 - Preencher fichas médicas das clientes;

06 - Auxiliar, quando necessário, a maternidade e ao bem estar fetais;

07 - Atender ao parto e ao puerpério;

08 - Dar orientação relativa à nutrição e higiene da gestante;

09 - Prestar o devido atendimento às pacientes encaminhadas por outro especialista;

10 - Prescrever tratamento;

11 - Participar de programas voltados à saúde pública;

12 - Exercer censura sobre produtos médicos, de acordo com sua especialidade;

13 - Participar de juntas médicas;

14 - Solicitar o concurso de outros Médicos Especialistas em casos que requeiram esta providência;

15 - Executar outras tarefas semelhantes.

26.

Medico Oftalmologista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Fazer diagnóstico e tratamento das moléstias e anormalidades do aparelho visual, bem como, de doenças, acidentes e deficiência do ouvido, nariz e garganta;

02 - Efetuar exame sistemático em escolares e pre´-escolares;

03 - Preencher fichas médicas dos clientes;

04 - Prestar o devido atendimento aos pacientes encaminhados por outro Especialista;

05 - Participar de juntas médicas;

06 - Participar de programas voltados à saúde pública;

07 - Solicitar exames laboratoriais e outros que se fizerem necessários;

08 - Solicitar o concurso de outros Médicos Especialistas em casos que requeiram esta providência;

09 - Executar outras tarefas semelhantes.

27.

Medico Pediatra:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Atender crianças que necessitam dos serviços de Pediatria para fins de exame clínico, educação e adaptação;

02 - Providenciar no encaminhamento dos pacientes a serviços especializados, para fins de diagnóstico, quando necessário;

03 - Ministrar tratamento e, quando for o caso, prescrever regime dietético;

04 - Examinar, periodicamente, escolares em geral;

05 - Orientar os responsáveis pelas crianças, no que se fizer necessário;

06 - Preencher fichas clínicas individuais;

07 - Prestar o devido atendimento aos pacientes encaminhados por outros especialistas;

08 - Participar de juntas médicas;

09 - Executar censura sobre produtos médicos, de acordo com sua especialidade;

10 - Participar de programas voltados à saúde pública;

11 - Solicitar exames laboratoriais e outros que se fizerem necessários;

12 - Solicitar o concurso de outros Médicos Especialistas em casos que requeiram esta providência;

13 - Executar outras tarefas semelhantes.

28.

Medico Psiquiatra:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Fazer diagnóstico e aplicar terapia em pacientes;

02 - Acompanhar o andamento dos tratamentos prescritos, através de visitas aos pacientes;

03 - Determinar as dosagens dos medicamentos a serem ministrados aos pacientes e observar e analisar as reações apresentadas;

04 - Aplicar psicoterapia através de entrevistas com o paciente;

05 - Realizar psicoterapia de grupo com os pacientes;

06 - Examinar os pacientes encaminhados ou que recorrem a serviços de Orientação Educacional ou Profissional, classificando-os no seu aspecto clínico e tipológico;

07 - Efetuar atendimento clínico a alunos de escolas especiais e dar orientação profissional, indicando as situações de trabalho mais condizentes com o biótipo e personalidade;

08 - Observar e dialogar com os pacientes nas salas de recreação e praxiterapia;

09 - Observar os resultados de praxiterapia, analisar e interpretar os trabalhos feitos pelos pacientes, registrando as observações feitas;

10 - Preparar registros dos exames feitos para fins de diagnose e discussão;

11 - Participar de reuniões para debates dos casos em tratamento;

12 - Propor baixas e altas de pacientes em hospitais;

13 - Atender aos familiares dos pacientes informando-se sobre o doente;

14 - Fornecer dados e relatórios sobre o número de pacientes, seus progressos e forma de tratamento adotado;

15 - Prestar o devido atendimento aos pacientes encaminhados por outro Especialista;

16 - Participar de juntas médicas;

17 - Exercer censura sobre produtos médicos de acordo com sua especialidade;

18 - Participar de programas voltados para a saúde pública;

19 - Solicitar exames especializados;

20 - Solicitar o concurso de outros Médicos Especialistas em casos que requeiram esta providência;

21 - Executar outras tarefas semelhantes.

29.

Medico Traumatologista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividade de nível superior, de grande complexidade, envolvendo trabalhos de defesa e proteção da saúde do indivíduo, nas várias especialidades médicas através de programas voltados para a saúde pública, tratamento clínico ou cirúrgico.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Efetuar exames médicos, fazer diagnósticos, prescrever e ministrar tratamento para doenças e lesões do organismo humano;

02 - Aplicar os métodos da medicina preventiva;

03 - Providenciar ou realizar tratamento especializado;

04 - Praticar intervenções cirúrgicas;

05 - Prescrever exames laboratoriais;

06 - Emitir atestado de saúde e participara de junta médica;

07 - Requisitar exames complementares;

08 - Interpretar resultados de exames;

09 - Preencher fichas dos pacientes atendidos (FAA);

10 - Preencher relatórios comprobatórios dos atendimentos;

11 - Participar de reuniões médicas;

12 - Prestar atendimento a pacientes encaminhados por outro especialista;

13 - Atender a consultas médicas ambulatoriais e nas unidades sanitárias;

14 - Encaminhar casos especiais a setor especializados;

15 - Fornecer dados que orientem a aquisição de aparelhos e equipamentos para uso de sua especialidade;

16 - Fazer diagnóstico e executar processos de terapêutica em pacientes, como imobilizações e infiltrações a nível ambulatorial;

17 - Orientar e supervisionar serviços de enfermagem e outros correlatos com a especialidade;

18 - Diagnosticar e tratar as afecções ortopédicas;

19 - Executar outras tarefas afins;

30.

Motorista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio, envolvendo a execução de trabalhos relacionados com a condução e conservação de veículos automotores do Município.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Dirigir automóveis, caminhões e outros veículos destinados ao transporte de passageiros e cargas;

02 - Recolher o veículo à garagem quando concluída a jornada de trabalho;

03 - Manter os veículos em perfeitas condições de funcionamento;

04 - Fazer reparos de emergência;

05 - Zelar pela conservação do veículo que lhe for entregue;

06 - Encarregar-se do transporte e entrega de correspondência ou de carga que lhe for confiada;

07 - Providenciar no abastecimento de combustível, água e óleo;

08 - Comunicar a seu superior imediato, qualquer anomalia verificada no funcionamento do veículo;

09 - Executar outras tarefas semelhantes.

31.

Motorista Operador:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio, envolvendo a execução de trabalhos relacionados com a condução e conservação de veículos automotores, com operação de máquinas rodoviárias, agrícolas e tratores do Município.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Dirigir automóveis, caminhões e outros veículos destinados ao transporte de passageiros e cargas;

02 - Recolher o veículo à garagem quando concluída a jornada de trabalho;

03 - Manter os veículos em perfeitas condições de funcionamento;

04 - Fazer reparos de emergência;

05 - Zelar pela conservação do veículo que lhe for entregue;

06 - Encarregar-se do transporte e entrega de correspondência ou de carga que lhe for confiada;

07 - Providenciar no abastecimento de combustível, água e óleo;

08 - Comunicar a seu superior imediato, qualquer anomalia verificada no funcionamernto do veículo;

09 - Executar outras tarefas semelhantes.

10 - Operar com equipamentos de terraplanagem na construção de estradas, açudes e barragens;

11 - Operar com máquinas de drenagem na execução de obras de drenagem;

12 - Executar serviços de deslocamento com equipamento adequado, para implantação de lavouras mecanizadas;

13 - Operar com máquinas rodoviárias em escavação, transporte de terras, aterros e trabalhos semelhantes;

14 -Operar com máquina agrícola de compactação, varredouras mecânicas, tratores, etc;

15 - Comprimir com rolo compressor concha para calçamento ou asfaltamento;

16 - Lavar e discar terras, preparando-as para o plantio;

17 - Executar a limpeza, lubrificação e abastecimento das máquinas cuja a operação lhe for confiada;

18 - Executar pequenos reparos mecânicos em tratores ou máquinas, quando necessário;

19 - Fazer registro completo, em boletins apropriado, do andamento das obras sob, sua responsabilidade;

20 - Executar outras tarefas semelhantes.

32.

Nutricionista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo a execução qualificada de trabalhos relativos à educação alimentar, nutrição e dietética, bem como, a participação em programas voltados para a saúde pública.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Realizar inquéritos sobre hábitos alimentares, considerando os seguintes fatores:

a) Caracterizando da área pesquisada (aspectos econômicos e recursos naturais);

b) Condições habitacionais (características de habitação, equipamento doméstico, instalações sanitárias);

c) Consumo de alimentos (identificação, valor nutritivo, procedência, custo e método de preparação);

02 - Proceder à avaliação técnica da dieta comum da coletividade e sugerir medidas para sua melhoria;

03 - Participar de programas de saúde pública, realizando inquéritos clínico-nutricicional, bioquímicos e somatométricos;

04 - Fazer avaliação nos programas de nutrição em saúde pública;

05 - Pesquisar informações técnica específicas e preparar para divulgação, informes sobre:

a) Noções de higiene e alimentação;

b) Orientação para melhor aquisição de alimentos, qualitativa e quantitativamente;

c) Controle sanitário dos gêneros adquiridos pela comunidade;

06 - Participação da elaboração de programas e projetos específicos de nutrição e de assistência alimentar a grupos vulneráveis da população;

07 - Sugerir a doação de normas, padrões e métodos de educação e assistência alimentar, visando à proteção materno-infantil;

08 - Elaborar cardápios normais e dieterápicos;

09 - Verificar nos prontuários dos doentes, a prescrição da dieta, dados pessoais e resultados de exames de laboratório para estabelecimento do tipo de dieta, distribuição e horário de alimentação de cada um;

10 - Fazer a previsão dos gêneros alimentícios e providenciar a usa aquisição, de modo a assegurar a continuidade dos serviços de nutrição;

11 - Inspecionar os gêneros estocados e propor os métodos e técnicas mais adequados à conservação de cada tipo de alimento;

12 - Adotar medidas que assegurem preparação higiênica e a perfeita conservação dos alimentos;

13 - Controlar o custo médio das refeições servidas e o custo total dos serviços de nutrição;

14 - Orientar serviços de cozinha, copa e refeitórios na correta preparação e apresentação de cardápios;

15 - Emitir parecer sobre assuntos de sua competência;

16 - Orientar coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares;

17 - Executar outras tarefas semelhantes.

33.

Professor de Ensino Médio - Magistério:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

34.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ciências Biológicas:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

35.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Artística:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

36.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Educação Física:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

37.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Ensino Religioso:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

38.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Especialista em Educação Infantil:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

39.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Geografia:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

40.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena História:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

41.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Espanhol:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

42.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Língua Estrangeira - Inglês:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

43.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Matemática:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

44.

Professor - Ensino Superior - Lic. Plena Português:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a preparação e planejamento da ação pedagógica, segundo a proposta político-pedagógica da escola para o exercício da docência.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

1 - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

2 - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;

3 - zelar pela aprendizagem dos alunos;

4 - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;

5 - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento a avaliação e ao desenvolvimento profissional;

6 - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

45.

Psicólogo:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior, de grande complexidade, envolvendo a execução de trabalhos relacionados com o comportamento humano e a dinâmica da personalidade com vista à orientação psicopedagógica e ao ajustamento individual.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Coordenar e orientar os trabalhos de levantamento de dados científicos, relativos ao comportamento humano e ao mecanismo psíquico;

02 - Coordenar a elaboração de diagnósticos, prognósticos e controle do comportamento do paciente na vida social;

03 - Analisar os fatores psicológicos que intervêm no diagnóstico, tratamento e prevenção das enfermidades mentais e dos transtornos emocionais da personalidade;

04 - Colaborar com médicos, assistentes sociais e outros profissionais, na ajuda aos inadaptados;

05 - Idealizar e orientar a elaboração, aplicação e interpretação de testes psicológicos, com vistas à orientação psicopedagógica e à seleção profissional;

06 - Realizar entrevistas complementares;

07 - Propor a solução conveniente para os problemas de desajustamento escolar, profissional e social;

08 - Colaborar no planejamento de programas de educação, inclusive a sanitária e na avaliação de seus resultados;

09 - Participar em congressos, seminários e conferências ligadas ao desenvolvimento social, quando designado;

10 - Manter-se atualizado nas novas técnicas utilizadas pela psicologia;

11 - Desenvolver psicoterapia nas situações de envolvimento emocional, nos bloqueios inconscientes e nas reações de imaturidade;

12 - Atender crianças excepcionais com problemas de deficiência mental e sensorial ou portadores de desajuste familiar ou escolar, encaminhando-os para escolas ou classes especiais;

13 - Formular, na base dos colhidos, hipóteses de trabalho para orientar as explorações psicológicas, médicas e educacionais a serem feitas;

14 - Confeccionar e selecionar o material psicopedagógico e psicológico necessário ao estudo e solução dos casos;

15 - Redigir a interpretação final, após o debate e aconselhamento indicado a cada caso, conforme as necessidades psicológicas escolares, sociais e profissionais do indivíduo;

16 - Emitir pareceres sobre matéria de sua especialidade;

17 - Prestar assessoramento à autoridades em assuntos de sua competência;

18 - Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares;

19 - Executar outras tarefas semelhantes .

46.

Recepcionista:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio, de relativa complexidade, envolvendo atendimento ao público em geral e autoridades, bem como, o estabelecimento de ligação entre diferentes setores da repartição.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES

01 - Recepcionar partes e autoridades;

02 - Acompanhar as partes e autoridades quando necessário, aos setores competentes;

03 - Realizar a triagem e o encaminhamento das partes de acordo com os assuntos apresentados;

04 - Fazer registros relativos ao atendimento de pessoas;

05 - Prestar informações sobre a repartição, dentro de seu âmbito de ação;

06 - Secretariar reuniões quando solicitada;

07 - Datilografar e arquivar ofícios, minutas, etc...;

08 - Atender e realizar telefonemas;

09 - Transmitir recados, convites, etc...;

10 - Providenciar na preparação do material necessário à reuniões;

11 - Estabelecer a conexão entre os diversos setores da repartição;

12 - Executar outras tarefas semelhantes.

47.

Soldador:

01 - Executar diferentes tipos de soldas em chapas, peças de máquinas, lâminas de escarificador, peças de veículos, chassis, carcaças de motores, radiadores, rodas motrizes, esteiras, pinos, molas, etc;

02 - Executar soldas comuns, elétricas e a oxigênio, inclusive soldas com prata e alumínio, etc;

03 - Manejar maçaricos e outros instrumentos de soldagem;

04 - Preparar as superfícies a serem soldadas;

05 - Cortar metais por meio de chama dos aparelhos de solda;

06 - Executar serviços de solda em ferro, aço, ferro fundido e outros metais;

07 - Encher, por meio de solda elétrica, pontas de eixo, pinos, engrenagens, mancais, etc;

08 - Zelar pela conservação do equipamento e pela limpeza dos locais de trabalho;

09 - Orientar e supervisionar trabalhos de auxiliares;

10 - Executar tarefas afins.

48.

Técnico em Apoio Pedagógico - Orientador

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível superior envolvendo a coordenação do processo da construção coletiva do projeto político-pedagógico da escola e sua implementação.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:FUNÇÃO ORIENTADOR EDUCACIONAL

1 - desenvolver seu trabalho em conjunto com os professores;

2 - incentivar a participação das famílias e da comunidade nas decisões relativas ao funcionamento da escola.

3 - construir uma política de trabalho em nível de orientação educacional, com vistas a uma ação pedagógica transformadora;

4 - priorizar relações entre a escola-família-comunidade, desenvolvendo valores de participação, cooperação e integração.

5 - realizar o trabalho voltado mais para a prevenção do que para a adaptação.

49.

Técnico em Apoio Pedagógico - Supervisor

1 - Enfatizar na ação supervisora a compreensão da educação e da escola no processo da reconstrução democrática da sociedade brasileira;

2 - coordenar o processo curricular e a permanente reconstrução do currículo numa dimensão interdisciplinar priorizando a construção do conhecimento;

3 - contribuir na orientação do trabalho da escolha em nível escolar quanto a procedimentos a serem adotados em relação aos fenômenos pedagógicos, aprovação, reprovação, evasão escolar, materiais didáticos, horário escolar, diário de classe, planos curriculares, entre outros.

4 - coordenar estudos, propondo discussão e atualização dos profissionais da educação;

5 - promover a construção coletiva da proposta político-pedagógica da escola.

50.

Técnico em Contabilidade:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades de nível médio de relativa complexidade, envolvendo a execução de trabalhos relativos aos registros inerentes à área de contabilidade da repartição.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Executar trabalhos que envolvam os registros contábeis da repartição;

02 - Elaborar empenhos de despesas, observando a classificação e a existências saldo nas anotações;

03 - Instruir processos de prestação de contas;

04 - Exercer tarefas, sob orientação relativas a execução orçamentária;

05 - Auxiliar no desenvolvimento dos trabalhos de tomadas de contas da repartição;

06 - Auxiliar no levantamento de dados para a elaboração de relatórios patrimoniais;

07 - Executar outras tarefas semelhantes.

51.

Técnico em Edificações:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Executar, sob supervisão direta, tarefas de caráter técnico relativas a execução de projetos de edificações e outras obras de engenharia civil, de interesse da municipalidade.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Auxiliar na realização de diagnósticos, estudos pesquisas e levantamentos que fornecem subsídios à formulação de políticas, diretrizes, planos e ações à implantação, manutenção e funcionamento de atividades relacionadas com a construção civil; participar da análise de projetos arquitetônicos tomado por base as leis de postura municipais; auxiliar na preparação de programas de trabalhos, especificações, orçamentos, cronogramas físico-financeiro, das obras da municipalidade; participar da realização de estudos no canteiros de obras, tomando e registrando medidas, analisando amostras de material e efetuando cálculos para a preparação de plantas e especificação relativas à construção, reparação e conservação de obras civis; elaborar esboços e desenhos técnico-estruturais, utilizando instrumentos de desenhos; auxiliar na avaliação das quantidades e custos de materiais de construção e mão-de-obra, efetuando cálculos, para fornecer dados necessários à elaboração da proposta de execução das obras; auxiliar no controle da qualidade de materiais, inspecionando e estabelecendo testes, de acordo com a espécie e o emprego dos mesmo; identificar e resolver problemas que surjam em relação à construção da obras, sua conservação, instalações hidráulicas, sanitárias; ajudar e supervisionar os trabalhos dos encarregados das construções, tendo em vista o cumprimento das especificações técnicas e de prazos da obra; fazer observar o cumprimento das normas de segurança do trabalho; auxiliar na vistoria de imóveis do município anotando os dados da mesma, com o objetivo de fornecer subsídios para confecção de certidões, habite-se, cadastro imobiliário e outros, bem como avaliações de terrenos e edificações para efeitos de desapropriação e outros; executar vistorias nos materiais de incêndio instalados nos edifícios do município; auxiliar na execução de vistoria técnicas nas obras aprovadas e licenciadas, objetivando o cumprimento do projeto aprovado nos seus elementos geométricos essenciais, com base na legislação de postura municipal; fiscalizar e embargar obras não licenciadas emitindo notificações, autos de infração e intimações; emitir notificações e atuações quando a execução da obra não tiver de acordo com as leis de postura municipal; participar de perícia técnica, quando designado; participar de reuniões e grupos de trabalhos; responsabilizar-se pelo controle e utilização dos equipamentos, instrumentos e materiais colocados a sua disposição; participar das atividades nos programas específicos, desenvolvidos na rede básica de saúde do município, de acordo com a normatização do serviço; executar outras atribuições afins.

52.

Técnico em Enfermagem:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Exercer atividades auxiliares, de nível médio técnico, atribuídos à equipe de enfermagem.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Planejar, programar, orientar e supervisionar atividades de assistência de enfermagem;

02 - Prestar cuidados diretos de enfermagem a pacientes em estado grave;

03 - Atuar na prevenção e controle de doenças transmissíveis em geral, em programas de vigilância epidemiológica;

04 - Atuar na prevenção e no controle sistemático de danos físicos que possam ser causados à pacientes durante à assistência de saúde;

05 - Atuar na prevenção e no controle sistemático da infecção hospitalar;

06 - Executar as atividades de assistente de enfermagem;

07 - Sugerir medidas visando o aproveitamento dos recursos da Secretaria de Município da Saúde e do Meio Ambiente;

08 - Responsabilizar-se por equipe de auxiliares necessários à execução de atividades próprias do cargo;

09 - Preencher fichas e relatórios de atendimento;

10 - Manter registros necessários ao bom funcionamento da Secretaria de Município da Saúde e do Meio Ambiente;

11 - Integrar a equipe de saúde;

12 - Executar tarefas afins, inclusive as editadas no respectivo regulamento da profissão.

53.

Técnico em Informática:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Prestar assistência na manutenção dos sistemas informatizados do Município.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Auxiliar o desenvolvimento e manutenção de sistemas informatizados, realizar instalação e manutenção de software e hardware, controlar e monitorar ambiente operacional da rede de computadores do Município, prestar assistência técnica na instalação e utilização de equipamentos de informática e seus programas, desenvolver rotinas operacionais, prestar suporte ao usuário, realizar comunicação entre dispositivos, operar sistemas de áudio e vídeo, codificar, depurar, testar e documentar programas novos, bem como as alterações dos programas já existentes, identificar e solucionar problemas em softwares e hardwares, elaborar e manter páginas para Internet e Intranet e outras tarefas afins.

54.

Tesoureiro:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Receber e guardar valores, efetuar pagamentos e ser responsável pelos valores entregues a sua guarda.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Receber e pagar em moeda corrente;

02 - Receber, entregar e guardar valores em custódia;

03 - Dirigir os serviços de tesouraria, distribuindo os trabalhos entre auxiliares;

04 - Supervisionar os serviços de segurança da tesouraria;

05 - Movimentar fundos;

06 - Efetuar nos prazos legais, os recolhimentos devidos;

07 - Conferir e rubricar livros;

08 - Informar, dar parecer e encaminhar processos de competência da tesouraria;

09 - Conferir suprimentos de valores;

10 - Endossar cheques e assinar os demais documentos, relativos ao movimento de valores;

11 - Preencher e assinar cheques bancários;

12 - Executar outras tarefas correlatas.

55.

Zelador de Cemitério:

DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Promover a limpeza e conservação dos cemitérios municipais.

DESCRIÇÃO ANALÍTICA DAS ATRIBUIÇÕES:

01 - Promover o alinhamento e numeração das sepulturas e de signar lugares onde se devam abrir novas covas;

02 - Manter registro de sepulturas, registrado em livro próprio;

03 - Realizar sepultamentos, abrindo e fechando covas e túmulos;

04 - Proceder à limpeza e conservação do mesmo;

05 - Executar tarefas afins.

ANEXO II

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E/OU BIBLIOGRAFIA

1.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE AGENTE ADMINISTRATIVO:

41.4Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

1.2 Matemática Sistema de numeração decimal. Quatro operações fundamentais em N (Números Inteiros). Frações ordinárias - quatro operações. Números decimais - quatro operações. Porcentagem, juros simples e regra de três simples e composta. Sistema de medidas. Figuras planas: logaritmos e função logarítmica. Razões trigonométricas do triângulo retângulo. Resolução de triângulos quaisquer. Funções trigonométricas. Identidades trigonométricas. Equações e Inequações trigonométricas. Progressões Aritméticas Progressões Geométricas. Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares. Equações do Segundo Grau. Tópicos em Geometria (Polígonos, Triângulos, Quadriláteros, Sistema Circular para medida de ângulos planos, Poliedros, Prismas, Sólidos de Revolução). Trigonometria Plana (segmento orientado, circunferência trigonométrica, funções trigonométricas, quadrantes, sinais das funções trigonométricas, as funções trigonométricas na circunferência de raio unitário, variação das funções trigonométricas e seus intervalos de definição, relação entre as funções trigonométricas de um mesmo ângulo, relação trigonométricas, os valores das funções trigonométricas, redução ao primeiro quadrante, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas a triângulos quaisquer, leis dos senos e co-senos). Equações trigonométricas. Logaritmos Equações exponenciais.

1.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências.

2.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE AGENTE ADMINISTRATIVO AUXILIAR:

2.1 Língua Portuguesa Interpretação de texto; Identificar e diferenciar: Fonema; Letra. Encontros vocálicos: Ditongo; Tritongo; Hiato. Encontros consonantais: Dígrafos Acentuação de vocábulos Regras de acentuação Divisão silábica. Classificação quanto a acentuação tônica e n.º de sílabas Notações léxicas: Til; Trema; Apóstrofe; Cedilha. Empregar os principais sinais de pontuação; Sinônimos; Antônimos; Homônimos; Parônimos. Reconhecer e empregar as classes gramaticais: Substantivo (todos os tipos); Classificação em gênero, número e grau. Adjetivo; Gênero, número e grau, adjetivos pátrios e locução adjetiva. Pronome (todos os tipos); Colocação pronominal (próclise, mesóclise e ênclise) Artigo; Definido, indefinido e flexões. Classificação e flexão de numerais Interjeição. Preposição (essenciais, combinação e contração). Verbos: modos: Indicativo, subjuntivo e imperativo; Formas nominais (infinitivo, gerúndio, particípio); Regulares; Irregulares; Verbos de ligação; Verbos transitivos e intransitivos; Auxiliares; Vozes do verbo. Advérbios; Classificação; Locução adverbial; Concordância verbal e nominal. Conjunções Elementos essenciais da oração: Sujeito (todos os tipos); Predicado (verbal, nominal); Predicativo do objeto e do sujeito; Adjunto adnominal e adjunto adverbial; Objeto direto e objeto indireto; Aposto e vocativo; Agente da passiva; Orações coordenadas e subordinadas. Processo de formação de palavras: Derivação sufixal; Derivação prefixal; Parassintética; Imprópria - regressiva; Justaposição; Aglutinação. Figuras de linguagem (Comparação, Metáfora, Metonímia, Prosopopéia, Antítese, Pleonasmo). Uso dos "porquês". Crase.

2.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

2.3 Legislação Lei Municipal Nº 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências.

2.4 Informática

§ Conhecimento básico de rede.

§ Sistema Operacional Windows e Microsoft Office e seus aplicativos (Word, Excel e Power Point).

§ Outlook Express e Internet.

3.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE AGENTE ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO:

3.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

3.2 Matemática Sistema de numeração decimal. Quatro operações fundamentais em N (Números Inteiros). Frações ordinárias - quatro operações. Números decimais - quatro operações. Porcentagem, juros simples e regra de três simples e composta. Sistema de medidas. Figuras planas: logaritmos e função logarítmica. Razões trigonométricas do triângulo retângulo. Resolução de triângulos quaisquer. Funções trigonométricas. Identidades trigonométricas. Equações e Inequações trigonométricas. Progressões Aritméticas Progressões Geométricas. Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares. Equações do Segundo Grau. Tópicos em Geometria (Polígonos, Triângulos, Quadriláteros, Sistema Circular para medida de ângulos planos, Poliedros, Prismas, Sólidos de Revolução). Trigonometria Plana (segmento orientado, circunferência trigonométrica, funções trigonométricas, quadrantes, sinais das funções trigonométricas, as funções trigonométricas na circunferência de raio unitário, variação das funções trigonométricas e seus intervalos de definição, relação entre as funções trigonométricas de um mesmo ângulo, relação trigonométricas, os valores das funções trigonométricas, redução ao primeiro quadrante, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas a triângulos quaisquer, leis dos senos e co-senos). Equações trigonométricas. Logaritmos Equações exponenciais.

3.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Código Tributário do Município de Caçapava do Sul. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

4.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ARQUITETO:

4.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

4.2 Conhecimentos Específicos AZEREDO, Hélio Alves de. O edifício até sua cobertura. 2ª ed. São Paulo: Edgard Blücher, 1997. AZEREDO, Hélio Alves de. O edifício e seu acabamento. 1ª ed. São Paulo: Edgard Blücher, 1987. BAUER, L. A Falcão. Materiais de Construção. 5ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 1994.

§ LE CORBUSIER, A carta de Atenas. São Paulo: Hucitec, 1996.

§ MASCARÓ, Juan Luís. O custo das decisões arquitetônicas: como explorar boas idéias com orçamento limitado. Porto Alegre: Sagra Luzzato, 1998.

§ MASCARÓ, Lúcia E. R. de. Energia na edificação. São Paulo: Projeto, 1991.

§ NEUFERT, Ernst; FRANCO, Benelisa. Arte de projetar em arquitetura: princípios, normas, regulamentos sobre projeto, construção, forma, necessidades e relações espaciais, dimensões de edifícios, ambientes, mobiliário. 17. ed. Barcelona: Gustavo Gili, 2004.

§ NBR 9050 - Acessibilidade a Edificações Mobiliário, Espaços e Equipamentos Urbanos.

§ RIPPER, Ernesto. Como evitar erros na construção. São Paulo: Pini, 1996.

§ RIVERO, Roberto. Arquitetura e clima. Porto Alegre: D.C. Luzzatto, 1985.

§ ROMERO, Marta Adriana B. Princípios Bioclimáticos para o Desenho Urbano. São Paulo: Projeto Editores Associados, 1988.

4.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Lei Municipal Nº. 2004, de 05 de setembro de 2006. Dispõe sobre o desenvolvimento de Caçapava do Sul, institui o Plano Diretor de desenvolvimento do município e dá outras providências. Lei Municipal Nº. 1615, de 15 de janeiro de 2004. Institui o Código de Edificações do Município de Caçapava do Sul.

5.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ARTÍFICE - CONSTRUÇÃO CIVIL:

5.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

5.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

6.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ARTÍFICE - ELETRICIDADE:

6.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

6.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

7.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ARTÍFICE - MECÂNICA:

7.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

7.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

8.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ASSESSOR ADMINISTRATIVO:

8.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

8.2 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências.

9.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ASSISTENTE SOCIAL:

9.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

9.2 Conhecimentos Específicos ABRANCHES, Sérgio Henrique. Política social e combate à pobreza. Rio de Janeiro; Jorge Zahar Editores Ltda., 1987. BAPTISTA, Myrian Veras. Planejamento: Introdução à metodologia do planejamento social. 4ª ed. São Paulo: Moraes, 1981. BARROCO, Maria Lucia Silva. Ética e Serviço social: fundamentos ontológicos. São Paulo, Cortez, 2001. BONETTI, Dilsea A. et. Al. (org). Serviço Social e Ética: convite a uma nova práxis. 4.ed. São Paulo, Cortez, 2001. DEMO, Pedro. Participação é conquista. 5ª ed. São Paulo: Cortez, 2001. DESLANDES, Suely Ferreira. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Suely Ferreira Deslandes, Otávio Cruz Neto, Romeu Gomes, Maria Cecília de Souza Minayo (Org.). Petrópolis, RJ. Vozes, 1994. FALEIROS, Vicente de Paula. Estratégias em Serviço Social. 4ª ed. São Paulo: Cortez, 2002. FRITSCH, Rosângela. Planejamento Estratégico: Um instrumento de Intervenção. Porto Alegre: Da casa, 1996. GUERRA, Yolanda. A instrumentalidade do serviço social. São Paulo: Cortez, 1995. IAMAMOTO, Marilda Vilela. O Serviço Social na Contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 2.ed. São Paulo: Cortez,1999. IAMAMATO, Marilda Vilela. Renovação e conservadorismo no serviço social. São Paulo.Cortez, 1992. KARSCH, Ursula M. Simon. O serviço social na era dos serviços. São Paulo: Cortez, 1987. MARTINELLI, Maria Lúcia (org). Pesquisa Qualitativa: um instigante desafio. São Paulo: Veras Editora, 1999. (Série Núcleo de Pesquisa; I). MARTINELLI, Maria Lúcia. Serviço social: identidade e alienação. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 1991. SCHERER - WARREN, Ilse. Movimentos sociais: um ensaio de interpretação sociológica. Florianópolis: Ed. Da UFSC, 3ª ed., 1989. SILVA, Maria Ozanira da Silva e. Avaliação das políticas sociais: concepção e modelos analíticos, Revista Serviço Social & Sociedade. São Paulo,n. 53, p. 74-79, Março, 1997. SILVA, Maria Ozanira da Silva (org.). Renda mínima e restruturação produtiva. São Paulo: Cortez, 1997. SPOSATI, Aldaíza. Desafios para fazer avançar a Política de Assistência Social no Brasil. Revista Serviço Social & Sociedade. São Paulo, n. 68, p. 54-82, novembro, 2001. SPOSATI, ílian de Oliveira. Os direitos (dos desassistidos) sociais. Aldaisa Sposati, Maria do Carmo Falcão, Sônia Maria Fleury Teixeira. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 1991. STEIN, Rosa Helena. A descentralização político-administrativa na Assistência Social, In: Serviço Social & Sociedade, São Paulo.n. 59, p. 74-79. Março, 1999. VITALE, Maria Amália Faller. Famílias monoparentais: indagações. Revista Serviço Social & Sociedade. São Paulo, n. 71, p. 45-62, Setembro, 2002.

9.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990). BRASIL. Lei n.º 8142, de 28 de dezembro de 1990. Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde - SUS e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências. Diário Oficial da União, seção I ,p. 25694-25695. Brasília, 31 de dezembro de 1990. BRASIL. Lei n. º 8080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, a proteção e a recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Diário Oficial de União, seção I, n.º 182, p. 18055-18059. Brasília, 20 de setembro de 1990. BRASIL. Constituição de República Federativa do Brasil 1988. Título VIII - Da Ordem Social, Capítulo II - Da Seguridade Social (seção II). Brasília: Gráfica do Senado Federal, 1988. CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL. Coletânea de leis. Porto Alegre; CRESS 10ª região, 2005. RIO GRANDE DO SUL. Constituição do Estado do Rio Grande do Sul 1989. Título VII - Da Seguridade Social, Capitulo III - Da saúde e do Saneamento Básico (seção I e II). Porto Alegre: Companhia Riograndense de Artes Gráficas- CORAG, 1989.

10.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE AUXILIAR DE CONSTRUÇÃO CIVIL:

10.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

10.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

11.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE AUXILIAR DE MECÂNICA:

11.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

11.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

12.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE AUXILIAR SERV. COMPLEMENTARES - OPERÁRIO:

12.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

12.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

13.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE CIRURGIÃO DENTISTA:

13.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

13.2 Conhecimentos Específicos

§ CERON, PREVENCION INTEGRAL EM ODONTOLOGIA. Caracas, 1981

§ CHAVES, Mario M. ODONTOLOGIA SOCIAL, Porto Alegre, Artes Médicas, 1986.

§ CORDON, Jorge. SAÚDE BUCAL E A MUNICIPALIZAÇÃO, Saúde em Debate nº 32 p.175-178, 1981.

§ NARVAI, Paulo Capel, SAÚDE BUCAL, ASSISTÊNCIA OU ATENÇÃO, 1992.

§ (Trabalho elaborado para subsidiar a Oficina GT silos da Rede Cedros)

§ ODONTOLOGIA E OS SERVIÇOS BÁSICOS DE SAÚDE. In 7º CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE. Brasília. Anais...Brasília, 1980.

§ TOLEDO, Orlando Aírton. ODONTOPEDIATRIA: FUNDAMENTOS PARA A PRÁTICA CLÍNICA, São Paulo, Panamenrica, 1992.

§ PINTO, Vitor Gomes, SAÚDE BUCAL... Santos, São Paulo, 1987.

§ KRASSE, Bo. RISCO DE CÁRIES. São Paulo Quintessence, 1988.

§ NEWBRUN, Ernest. CARIOLOGIA, São Paulo, Santos, 1988.

§ REZENDE, Ana Lucia Magela. SAÚDE DIALÉTICA DO PENSAR E DO FAZER. São Paulo, Cortez, 1989, Cap. V.

§ BARATIERI, Luiz Narciso e Cols. DENTÍSTICA PROCEDIMENTOS PREVENTIVOS E RESTAURA-DORES, Rio de Janeiro Santos, 1989, Cap. 1 e 2.

§ THYLSTRUP, Anders, íl Fejerskoz: TRATADO DE CARIOLOGIA 1988, 388p.

§ LINDHE, Jan. TRATADO DE PERIODONTIA CLÍNICA, Rio de Janeiro, Guanabara, 1989.

§ FLÚOR, MANUAL INFORMATIVO DA SSMA / UFRGS, Porto Alegre, 1989.

§ SAÚDE BUCAL - PANORAMA INTERNACIONAL, Vitor Gomes Pinto, 1990.

§ POLÍTICAS DE SAÚDE PÚBLICA.

13.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. LEGISLAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90).

§ CÓDIGO DE ÉTICA ODONTOLÓGICA, CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA, Rio de Janeiro, 1992.

§ Resolução CFO 185/93, CONSOLIDAÇÃO DAS NORMAS PARA PROCEDIMENTOS NOS CONSELHOS DE ODONTOLOGIA. Conselho Federal de Odontologia, Rio de Janeiro, 1993, Título I, Capítulos II, IV e V.

14.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ELETROTÉCNICO:

14.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

14.2 Conhecimentos Específicos BONACORSO,Nelso G., NOLL, Valdir. Automação Eletropneumática. São Paulo: Érica. CAVALCANTI, Paulo J. M. Fundamentos de Eletrotécnica. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 2001. CAVALIN, Geraldo, CERVELIN, Severino. Instalações Elétricas Prediais. São Paulo: Érica, 2004. COTRIM, Ademaro A. M. B. Instalações Elétricas. São Paulo: Prentice Hall, 2002. CRUZ, Eduardo César A; CHOUERI JR, Salomão. Eletrônica Aplicada. São Paulo: Érica, 2007. GUSSOW, Milton. Eletricidade Básica. São Paulo: Makron Books, 1997. KOSOW, Irving I. Máquinas Elétricas e Transformadores. São Paulo: Globo, 2000. LIMA FILHO, Domingos Leite. Projetos de Instalações Elétricas Prediais. São Paulo: Érica. NISKIER, Júlio. Instalações Elétricas. Rio de Janeiro: LTC, 2002. NBR 5410 - Instalações Elétricas de Baixa Tensão. NBR 5413 - Iluminância de Interiores. NBR 5419 - Proteção de Estruturas Contra Descargas Atmosféricas. NR 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade.

14.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências.

15.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ENFERMEIRO:

15.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

15.2 Conhecimentos Específicos NASI, Luis Antonio. Rotinas de Pronto Socorro, Ed. Artes Médicas PARSON, Polly e WIERNER, Janine B. Segredos da terapia intensiva. Ed. Artes Médicas. KURGANT, Paulina. Administração em enfermagem. Ed. Pedagógica e Universitária LTDA. HERMANN, Hellma e Aildes dos Santos Pegorarfo. Enfermagem em Doenças Transmissíveis.EPU BRUNNER/SUDDARTH Enfermagem Médico Cirúrgica. Ed. Guanabara FORTES Julia Ikeda. Enfermagem em emergências. Ed. Pedagógica e Universitária LTDA. GOMES, Alice Martins. Enfermagem na unidade de terapia intensiva. Ed. Pedagógica e Universitária LTDA. GUYTON, Arhur C. Tratado de Fisiologia Médica. Ed. Interamericana. Calendário de Vacinas do Estado do Rio Grande do Sul atualizado. Norma Técnica de Acidentes com Material Biológico. Guias de Vigilância Epidemiológica - Ministério da Saúde. Manuais do Ministério da Saúde: Planejamento Familiar, Assistência a Saúde da Mulher, Assistência a Saúde da Criança, Assistência a Saúde do Adulto, Assistência ao Pré-natal e DST/AIDS. BOLICK, Dianna. Segurança e Controle de Infecção.Reichmann & Affonso Editores. CARVALHO, Geraldo Mota. Enfermagem em Obstetrícia. EPU

15.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº. 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

16.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ENGENHEIRO CIVIL:

16.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

16.2 Conhecimentos Específicos

§ ALONSO, Urbano Rodrigues. Exercícios de Fundações. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda, 1983.

§ ASSED; José Alexandre. Construção Civil Viabilidade, Planejamento e Controle. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S. A.

§ CAPUTO, Homero. Mecânica dos Solos e suas Aplicações. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A., 1988.

§ CHIOSSI, Nivaldo José. Geologia Aplicada à Engenharia.; São Paulo: Ed. Grêmio Politécnico - DLP; USP; Escola Politécnica.

§ GOLDMAN, Pedrinho. Introdução ao Planejamento e Controle de Custos na Construção Civil Brasileira. São Paulo: Editora PINI Ltda.

§ JUNIOR, Mário Massaro. Manual de Concreto Armado. São Paulo: Livraria Nobel S.A.

§ MOLITERNO, Antônio. Caderno de Muros de Arrimo. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda, 2003.

§ NETTO, José M. de Azevedo. Manual de Hidráulica. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda, 2003.

§ NOWATZKI, Carlos H; ZELTZER, Flora. Minerais e Rochas. Porto Alegre: Redacta-Prodil.

§ PETRUCCI, Eládio. G. R. Materiais de Construção. Porto Alegre: Globo Editora.

§ PETRUCCI, Eládio. G. R.Concreto de Cimento Portland. Porto Alegre: Globo Editora.

§ ROGÉRIO; Paulo Ricardo Gomes. Problemas Resolvidos de Concreto Estrutural. Editado por Werner Puttner - Eng. Civil, São Paulo.

§ SÜSSEKIND, José Carlos. Curso de Análise Estrutural. Porto Alegre: Globo Editora.

§ SÜSSEKIND, José Carlos. Curso de Concreto. Porto Alegre: Globo Editora.

16.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Lei Municipal Nº. 2004, de 05 de setembro de 2006. Dispõe sobre o desenvolvimento de Caçapava do Sul, institui o Plano Diretor de desenvolvimento do município e dá outras providências. Lei Municipal Nº. 1615, de 15 de janeiro de 2004. Institui o Código de Edificações do Município de Caçapava do Sul.

17.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE FARMACEUTICO:

17.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

17.2 Conhecimentos Específicos BIER, O. Microbiologia e Imunologia. 24º edição. São Paulo: Ed. Melhoramentos, 1985. Centro de Informação de Saúde, Manual de Vigilância Epidemiológica: Normas e instruções, Secretaria de Estado de Saúde - SP, 1978. BONASSA, Edva M. ª . Enfermagem em Quimioterapia. Rio de Janeiro: Ed. Atheneu, 1992. DICIONÁRIO DE ESPECIALIDADES FARMACÊUTICAS - DEF 98/99 - 27 Ed. Jornal Brasileiro de medicina, RJ, Ed. Publicações Científicas. FARMACOPÉIA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL - 3 edição. FONSECA, A e PRISTA N.L. Manual de Terapêutica Dermatológica e Cosmética. GOODMAN a GILMAN. As Bases Farmacológicas da Terapêutica. 9 ed., Ed. Guanabara Koogan, 1996. MICROBIOLOGIA DE DAVIS. Infecções Bacterianas e Micóticas. 2º ed. São Paulo: Editora Harper & Row do Brasil Ltda, 1979. Ministério da Saúde, Normas, Métodos e Técnicas para Isolamento e Diagnóstico das Enterobactérias, em Especial dos Vibriões Coléricos. 1975. MOMENTO TERAPÊUTICO, CEME. NETO, ª Vicente, et al. Antibióticos na prática Médica. São Paulo: Ed. Roca, 1994. PADRONIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS - Manual de Implantação, Ministério da educação e cultura, Secretaria da Educação Superior, Brasília, 05/86. Guia Básico para Farmácia Hospitalar, Ministério da Saúde - Coordenação de Controle de Infecção Hospitalar, Brasília, 1994. RIELLA, M.C. Suporte Nutricionista Parenteral e Enteral. RJ: Ed. Guanabara, 1993. SKEEL, R.T. Manual de Quimioterapia. RJ: MEDSI, 1993. TODD, Sandford - D. Diagnósticos Clínicos e Conduta Terapêutica por E. Laboratoriais. 16º ed. Vol. I e II. São Paulo: Ed. Manole Ltda, 1982.

17.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. LEGISLAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). PORTARIA 2.616 de 12/05/98 - Ministério da Saúde. PORTARIA 344 de 12/05/98 e republicada em 01/02/99 atualizada - Ministério da Saúde.

18.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE FISCAL AMBIENTAL:

18.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

18.2 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Lei Municipal nº. 943, de 28 de janeiro de 1998. Dispõe sobre a Política do Meio Ambiente do Município de Caçapava do Sul e dá outras providências.

19.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE FISIOTERAPEUTA:

19.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

19.2 Conhecimentos Específicos

· HOPPENFELD, S. Propedêutica Ortopédica. Rio de Janeiro: Livraria Atheneu. 1980.

· Fulkerson, John P.. Patologia da Articulação Patelofemural Rio de Janeiro:Revinter. 2000.

· Hamill,Joseph, Knutzen,Katheen M. Bases Biomecânicas do Movimento Humano. São Paulo:Manole. 1999.

· KAPANDJI, I.A. Fisiologia Articular. São Paulo: Manole. 1990.

· Souchard, E. RPG a Serviço do Esporte. São Paulo: Manole. 1996.

· Sullivan, S.B. e Schimits, Thomas J. Fisioterapia: Avaliação e Tratamento. São Paulo: Manole. 1993.

· Kitchen, Sheila; Bazin, Sarah. Eletroterapia de Clayton. São Paulo: Manole. 1998.

19.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. LEGISLAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90).

20.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE FONOAUDIOLOGO:

20.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

20.2 Conhecimentos Específicos

§ JAKUBOVICZ, Regina. A gagueira: teoria e tratamento de adultos e crianças. RJ: Ed. Antares, 1986.

§ SEBASTIAN, Gonzalo de e colaboradores. Audiologia Prática. Ed. Enelivros, 1986.

§ CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA. Legislações. Brasília- DF.

§ ISSLER, Solange. Articulação e Linguagem: avaliação-diagnóstico na fonoaudiologia 3 metodologias para a terapia das dislalias. RJ: Ed. Antares, 1983.

§ ALMEIDA, Kátia de e IORIO, Maria C. M. Prótese auditiva: fundamentos teóricos e aplicações clínicas. Ed. Lovise

§ ALTMANN, Elisa. Fissuras lapiopalatinas. SP: Pró-fono divisão Editorial, 1992.

§ CONDEMARÍN, Mabel.; CHADWICK, Mariana e MILICIC, Neva. Maturidade Escolar. RJ: Ed. Enelivros,1986

§ FONSECA, Vitor da. Uma introdução às dificuldades de aprendizagem . RJ: Ed. Icobé, 1987.

§ CICCONE, Maria M. C. et al. Comunicação total. RJ: Ed. Cultura médica,1990.

§ RODRIGUES, Norberto. Neurolingüística dos distúrbios da fala. SP: Ed. Cortez, 1989.

§ SANTOS, Tereza M. M. e RUSSO, Ieda C. P. A prática da audiologia clínica. SP: Ed. Cortez, 1986.

20.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. LEGISLAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90).

21.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE INSPETOR DE TRIBUTOS:

21.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

21.2 Matemática Sistema de numeração decimal. Quatro operações fundamentais em N (Números Inteiros). Frações ordinárias - quatro operações. Números decimais - quatro operações. Porcentagem, juros simples e regra de três simples e composta. Sistema de medidas. Figuras planas: logaritmos e função logarítmica. Razões trigonométricas do triângulo retângulo. Resolução de triângulos quaisquer. Funções trigonométricas. Identidades trigonométricas. Equações e Inequações trigonométricas. Progressões Aritméticas Progressões Geométricas. Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares. Equações do Segundo Grau. Tópicos em Geometria (Polígonos, Triângulos, Quadriláteros, Sistema Circular para medida de ângulos planos, Poliedros, Prismas, Sólidos de Revolução). Trigonometria Plana (segmento orientado, circunferência trigonométrica, funções trigonométricas, quadrantes, sinais das funções trigonométricas, as funções trigonométricas na circunferência de raio unitário, variação das funções trigonométricas e seus intervalos de definição, relação entre as funções trigonométricas de um mesmo ângulo, relação trigonométricas, os valores das funções trigonométricas, redução ao primeiro quadrante, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas a triângulos quaisquer, leis dos senos e co-senos). Equações trigonométricas. Logaritmos Equações exponenciais.

21.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Código Tributário do Município de Caçapava do Sul. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

22.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO ANESTESIOLOGISTA:

22.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

22.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998.

22.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

23.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO CARDIOLOGISTA:

23.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

23.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998.

23.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

24.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO NEUROLOGISTA:

24.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

24.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998.

24.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

25.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO OBSTETRA:

25.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

25.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998.

25.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

26.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO OFTALMOLOGISTA:

26.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

26.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998.

26.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

27.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO PEDIATRA:

27.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

27.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998.

27.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

28.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO PSIQUIATRA:

28.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

28.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

28.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

29.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MEDICO TRAUMATOLOGISTA:

29.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

29.2 Conhecimentos Específicos Métodos diagnósticos - Consulta rápida. José Luiz Möller Soares, Alessandro Pasqualoto, Daniela Rosa, Verônica Leite. Artmed, 2000; Medicina Ambulatorial - Condutas de atenção primária baseadas em evidências. Bruce Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa Giugliani. 3ª edição. Artmed, 2004; Diagnóstico e Tratamento 2004. Lawrence Tierney Jr., Stephen McPhee, Maxine Papadakis. 41ª edição. Atheneu editora. 2004; Medicina Interna de Netter. Marschall Runge, M. Andrew Greganti. Artmed, 2005; French's - Diagnóstico diferencial em Clínica Médica. Ian Bouchier, Harold Ellis, Peter Fleming. 13ª edição. MEDSI editora. 2002; Condutas em Clínica Médica. Norma Filgueira, José Iran Costa Júnior, Clézio Leitão, Virgílio de Lucena, Heloísa de Melo, Carlos Alexandre de Brito. 3ª edição. MEDSI editora; Clínica Médica - Consulta Rápida. 2ª edição. Stephen Doral Stefani, Elvino Barros. Artmed. 2003; Antimicrobianos - Consulta Rápida. 3ª edição. Elvino Barros, Henrique Bittencourt, Maria Luiza Caramori, Adão Machado. Artmed. 2003; Atualização Terapêutica 2005. F. Cintra do Prado, Jairo Ramos, J. Ribeiro do Valle. 22ª edição. Artes Médicas. 2005; CECIL - Medicina Interna Básica. 4ª edição. Thomas Andreoli, J. Claude Bennet, Charles Carpenter, Fred Plum. Guanabara Koogan. 1998.

29.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

30.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MOTORISTA:

30.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

30.2 Legislação LEGISLAÇÃO DO CÓDIGO BRASILEIRO DE TRÂNSITO - LEI FEDERAL N.º 9.503 DE 23 DE SETEMBRO DE 1997.

31.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE MOTORISTA OPERADOR:

31.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

31.2 Legislação LEGISLAÇÃO DO CÓDIGO BRASILEIRO DE TRÂNSITO - LEI FEDERAL N.º 9.503 DE 23 DE SETEMBRO DE 1997.

32.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE NUTRICIONISTA:

32.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

32.2 Conhecimentos Específicos

§ BURTON, BENJAMIN T. Nutrição Humana. São Paulo: Ed. Mc Graw-Hill do Brasil, Ltda. 1979. CHAVES, Nelson. Nutrição Básica e Aplicada. 2ª edição. Rio de Janeiro. Ed.Guanabara Koogan, 1985. CUPPARI, ílian. Guia de Nutrição: nutrição clínica no adulto. 1ª Ed. São Paulo. Ed. Manole, 2002. GUYTON, Arthur C. Fisiologia Humana e Mecanismos das Doenças. 6ª edição. Rio de Janeiro: Guanabara, 1998. KRAUSE&MAHAN. Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 9ª Ed. São Paulo: Rocca, 1998. MITCHELL, Helen S. et alli. Nutrição. 17ª Ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1988. ORNELLAS, Lieselotte Hoeschl. Seleção e Preparo de Alimentos. 6ª ed. São Paulo, Atheneu, 1995. RIEGEL, Romeo Ernesto. Bioquímica. 3ª edição, São Leopoldo. Ed. Unisinos, 2001. ROUQUAYROL, M. Zélia. Epidemiologia & Saúde. 5ª Ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 1999.

32.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº. 8080/90 e 8142/90).

33.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR ENSINO MEDIO - MAGISTÉRIO:

33.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

33.2 Conhecimentos Pedagógicos BUORO, Anamelia Bueno. O olhar em construção - uma experiência de ensino e aprendizagem na ante da escola. SP: Cortez, 1998. CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização e lingüística. 2ª ed. São Paulo: Scipione, 1990. CARRETERO, Mario. Constituir e ensinar - As Ciências Sociais e a História. POA: Artmed, 1997. COLL, César et al. O construtivismo na sala de aula. São Paulo: Ática, 1999. FERREIRO, Emília e Teberosky, Ana. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1986. HOFFMANN, Jussara. Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação e Realidade, 1993. KAMII, Constance. A criança e o número - implicações educacionais da teoria de Piaget para atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. Campinas: Papirus, 1990. LERNER, Delia. Ler e escrever na escola - o real, o possível e o necessário. POA: Artmed, 2002. MORAIS, Arthur Gomes de. Ortografia: ensinar e aprender. SP: Ática, 1998. PIAGET, Jean. A representação do mundo na criança. Rio de Janeiro: Record. S.d. ______________A formação do símbolo na criança imitação, jogo e sonho, imagem e representação. Rio de Janeiro: Zahar, 1971. _____________ O julgamento moral da criança. São Paulo: Metrjou, 1977. _____________ O nascimento da inteligência na criança. 3ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1978. RANGEL, Ana Cristina, S. Educação Matemática e a Construção do Número pela criança. POA: Artmed, 1992. TEBEROSKY, Ana. Aprendendo a escrever: perspectivas psicológicas e implicações educacionais. SP: Ática, 1995. WEISSMANN, Hilda (org.) Didática das ciências Naturais - contribuições e reflexões. POA: Artmed, 1998. VIGOTSKI, Liev. S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

33.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

§ Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

34.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA CIENCIAS BIOLOGICAS:

34.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

34.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

34.3 Conhecimentos Específicos

1. A vida na Terra

- A Terra no Sistema Solar

- Os minerais e a formação dos diferentes tipos de solo

- A atmosfera

- Adaptação dos seres vivos

- Morfologia e fisiologia do Corpo Humano

2. Origem e Evolução da Vida

- Teorias evolutivas

- Evolução dos seres vivos

3. Relações Ecológicas e a vida no Planeta

- Relações existentes nos ecossistemas

- Cadeias alimentares

- Transformações energéticas na fotossíntese

4. Matéria

- Transformações físicas e químicas da matéria

- Estados físicos da matéria

- Propriedades da matéria

5. Energia e suas transformações

- Som

- Óptica

- Eletricidade

- Magnetismo

Bibliografia Indicada:

§ AMABIS, J. M. Biologia 3 - Populações - Genética, Evolução e Ecologia. São Paulo: Moderna, 2005.

§ __________, J. M.; MARTHO, G. R. Fundamentos da Biologia Moderna - Vol. Único. São Paulo: Moderna; 1999.

§ BURNS,G.W; ET AL. GENETICA. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1991. 381 P.

§ JUNQUEIRA, Luiz C. Biologia Celular e Molecular. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 1991.

§ __________, L. C.; CARNEIRO, J. Histologia Básica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004.

§ LEINZ, V. Geologia Geral. São Paulo: Nacional, 1985.

§ LOPES, S. BIO. Volume Único. São Paulo: Saraiva, 2004. 606 P.

§ ODUM, E. P. Ecologia. São Paulo: Guanabara Koogan S.A., 1988.

§ PARANA, D. N. Física. 6. ed. Reformulada. São Paulo: Ática. 1998.

§ POPP, J. H. Geologia Geral. São Paulo: LTC, 2002.

§ RICKLEFS, R. E. A Economia da Natureza. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

§ SOARES, P. T. & FERRARO, N. G. Aulas de Física. Vol. 1, 2 e 3. São Paulo: Atual, 2003.

§ USBERCO, J.& SALVADOR, E. Química. Volume Único. São Paulo: Saraiva, 2000.

§ _________, J. & SALVADOR, E. Química 2 - Físico-química. São Paulo: Saraiva, 2004.

34.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

35.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA EDUCACAO ARTÍSTICA;

35.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

35.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

35.3 Conhecimentos Específicos Objetivos gerais da Educação Artística. Avaliação e integração da Educação Artística. Sentido e amplitude da Educação Artística. Som: ruídos e sons musicais - Mundo sonoro. Materiais e objetos da experiência musical. Qualidades próprias do som. Discriminação dos sons. Gêneros musicais Jogos coletivos, lúdicos e sociais. Repertório e canto coletivo. Folclore regional. Bandinha rítmica. Passos para o aprendizado de uma canção. Artes Cênicas - Arte Dramática:

- Jogo dramático (adaptação)

- Improvisação (expressão corporal e facial)

- Técnica vocal (entoação) Identidade do professor de Educação Artística:

- O perfil do professor de Educação Artística

- Ação pedagógica em Educação Artística.

- Finalidades e objetivos das aulas de Educação Artística.

- Sentido e amplitude da Educação Artística no ensino.

- Análise e crítica no processo ensino/aprendizagem.

- Importância e valorização da Educação Artística.

- Atividades artísticas e o desempenho do professor.

- Improvisação, interpretação e criação na música e na dança.

- O papel do professor na sistematização das atividades musicais. Educação Artística:

- Pressupostos teóricos;

- Compromisso;

- Ações;

- Técnicas. O aluno e a Educação Artística:

- Arte: expressão e comunicação.

- Educação Artística: liberdade, espontaneidade, imaginação, criatividade e sensibilidade.

- O diálogo e a busca do Conteúdo Programático.

- O Planejamento das aulas de Educação Artística. Criatividade na Educação Artística: Habilitação. Carga horária da disciplina. Flexibilidade no horário: planejamento e visita à exposições, museus... Arte - Educação:

- Educação através da Arte;

- Educação pela Arte. Espaço físico; instalações e equipamento para o desenvolvimento da Educação Artística: Exploração de técnicas, instrumentos e materiais em Educação Artística. Expressão Corporal. Técnica Vocal. Instrumento: corpo e mente. (voz) Liberdade e Criatividade. Evolução do pensamento da criança relativas à criatividade, dentro da faixa etária. Atividades musicais na Educação Artística. Dança: expressão corporal, gestual, improvisação e criação nas manifestações.

Bibliografia Indicada:

§ BARBOSA, Ana Mae. A Imagem no Ensino das Artes. São Paulo: Perspectiva, 1991.

§ CAMARGO. Luis et alii. A Arte-educação da Pré-Escola à Universidade. São Paulo: Nobel, 1989.

§ CHEIDA SANS, Paulo de Tarso. A Criança e o Artista. São Paulo: Papirus, 1994.

§ FUSARI, M.F. de Rezende et FERRAZ, M.H. Arte na Educação Escolar. São Paulo: Cortez, 1991.

§ GOMBRICH,E.H. A História da Arte. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2000.

§ MARTINS, Miriam; PICOSQUE, Giza; GUERRA, Terezinha. Didática de Ensino de Arte. São Paulo: FTD, 1998.

§ REVERBEL: Olga. Um Caminho do Teatro na Escola. São Paulo: Scipione, 1990.

35.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

36.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA EDUCACAO FISICA:

36.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

36.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

36.3 Conhecimentos Específicos

1. Educação Física. O que é? O papel da Educação Física. O conteúdo da Educação Física. O significado da Educação Física. Disciplina ou uma prática educativa. Educação Física e a realidade. Educação Física e a inteligência. Educação Física e o indivíduo. Educação Física e a afetividade. Visão antropológica da Educação Física. Concepções de Educação Física. Tendências da educação Física brasileira.

2. Identidade do Professor de Educação Física. A busca da identidade. Quem é ele? Quem é esse profissional? Qual o papel dentro da sociedade? Qual o nível de compromisso com o processo educacional? Qual a sua contribuição?

3. Professor de Educação Física. Ação pedagógica em Educação Física. Metodologia. Técnicas. Finalidades e objetivos das aulas de Educação Física. Conteúdos. Avaliação.

4. Aluno na aula de Educação Física. Motivação. Interesses. O aluno no centro do ensino da Educação Física. Concepções abertas - O que se entende por tal? Como o ensino da Educação Física pode ser planejado de modo significativo para o aluno?

5. Criatividade e Educação Física. Criatividade e Educação Física nas escolas. A Educação Física nas escolas. Métodos criativos de ensino da Educação Física.

6. O Corpo. Entender o corpo. O que é? Educação Física e o corpo. Concepção de corpo. A expressão da corporeidade.

Bibliografia Indicada:

§ COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino de Educação Física. Ed. Cortez , SP - 1992.

§ FOX, E.L; MATHEUS, D. K.. Bases Fisiológicas da Educação Física e dos Desportos. Rio de Janeiro: Interamericana, 1991.

§ GUEDES, Dartagnan P. Crescimento Composição Corporal e Desempenho Motor de Crianças e Adolescentes. CLR Balieiro - SP - 1997.

§ ________, Dartagnan P; GUEDES, Joana E. R. P. Exercício Físico na Promoção da Saúde. Paraná: Midiograf, 1995.

§ GOMES, Antonio Carlos; PALOMARES, Edson M. De Godoy. Educação Física Escolar - teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Grupo Palestra Sport, 1997.

§ MCARDIE, W. D.; KATCH, F. I.; KATCH, V. I. Fisiologia no Exercício - Energia Nutrição e Desempenho Humano. São Paulo: Guanabara Koogan, 2003.

§ POLLOCK, Michel L.; WILMORE, Jack H; Tradução: SOUZA, Maria C. A. de Exercícios na saúde e na Doença: avaliação e prescrição para prevenção e reabilitação. MEDSI , 1993.

§ TANI, Go e outros. Educação Física - Fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista. EPU - SP - 1988.

§ WEINECH, Jurger. Manual de Treinamento Esportivo. São Paulo: Manole, 1989.

36.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

37.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA ENSINO RELIOGIOSO:

37.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

37.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

37.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

38.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA ESPECIALISTA EM EDUCACAO INFANTIL:

38.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

38.2 Conhecimentos Pedagógicos BUORO, Anamelia Bueno. O olhar em construção - uma experiência de ensino e aprendizagem na ante da escola. SP: Cortez, 1998. CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização e lingüística. 2ª ed. São Paulo: Scipione, 1990. CARRETERO, Mario. Constituir e ensinar - As Ciências Sociais e a História. POA: Artmed, 1997. COLL, César et al. O construtivismo na sala de aula. São Paulo: Ática, 1999. FERREIRO, Emília e Teberosky, Ana. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1986. HOFFMANN, Jussara. Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação e Realidade, 1993. KAMII, Constance. A criança e o número - implicações educacionais da teoria de Piaget para atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. Campinas: Papirus, 1990. LERNER, Delia. Ler e escrever na escola - o real, o possível e o necessário. POA: Artmed, 2002. MORAIS, Arthur Gomes de. Ortografia: ensinar e aprender. SP: Ática, 1998. PIAGET, Jean. A representação do mundo na criança. Rio de Janeiro: Record. S.d. ______________A formação do símbolo na criança imitação, jogo e sonho, imagem e representação. Rio de Janeiro: Zahar, 1971. _____________ O julgamento moral da criança. São Paulo: Metrjou, 1977. _____________ O nascimento da inteligência na criança. 3ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1978. RANGEL, Ana Cristina, S. Educação Matemática e a Construção do Número pela criança. POA: Artmed, 1992. TEBEROSKY, Ana. Aprendendo a escrever: perspectivas psicológicas e implicações educacionais. SP: Ática, 1995. WEISSMANN, Hilda (org.) Didática das ciências Naturais - contribuições e reflexões. POA: Artmed, 1998. VIGOTSKI, Liev. S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

38.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

39.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA GEOGRAFIA:

39.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

39.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

39.3 Conhecimentos Específicos

1. Leitura e representação do espaço geográfico. 2. Identificação da unidade espacial: lugar, paisagem e território. 3. Fenômenos naturais: localização e freqüência. 4. A natureza e as questões sócio-ambientais. 5. O campo e a cidade como formações sócio-espaciais. 6. Revolução Industrial: o surgimento do capitalismo e seu papel na conformação das regiões do mundo contemporâneo. 7. Geopolítica mundial. Blocos internacionais de poder. 8. O espaço geográfico da Sociedade Brasileira. Condições naturais do País e as interferências da ação do homem. Repercussões da modernização da agricultura em relação ao processo de urbanização. Implicações do processo industrial na organização do espaço geográfico brasileiro. 9. A estruturação do espaço e sociedade riograndense. Posição e situação do Rio Grande do Sul. O espaço físico e recursos naturais em relação à ocupação humana do Estado do Rio Grande do Sul. O homem e o espaço social. 10. A problemática ambiental.

Bibliografia Indicada:

§ ALMEIDA, Lúcia Marina Alves de e RIGOLIN, Tércio B. Geografia Geral e do Brasil. Vol. Único. São Paulo: Ed. Ática, 2003.

§ COELHO, Marcos Amorim e TERRA, Lygia M. "Geografia: O espaço natural e Socioeconômico", Vol. Único. São Paulo: Editora Moderna, 2001.

§ MAGNOLI, Demétrio e ARAUJO, Regina. "Geografia: a construção do mundo: geografia geral e do Brasil". Vol. Único. São Paulo: Editora Moderna, 2005.

§ MOREIRA, João Carlos e SENE, José Eustáquio de. Geografia. São Paulo: Scipione, 2002.

§ MOREIRA, Igor. Espaço e Sociedade no Rio Grande do Sul. POA: Mercado Aberto. 2002.

39.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

40.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA HISTÓRIA:

40.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

40.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

40.3 Conhecimentos Específicos

1. Estruturação histórica do Rio Grande do Sul. Interesses Ibéricos na expansão comercial e na ocupação territorial do Rio Grande do Sul. Os Sete Povos das Missões. As imigrações açoriana, alemã e italiana. A Revolução Farroupilha. 2. Organização Histórica do Brasil. Período Pré-colonial. Brasil Colônia. Brasil Império. Brasil Republicano: da "República Velha" aos desafios dos dias de hoje. 3. A Pré-História. 4. Constituição das Antigas Civilizações e seu legado. 5. Idade Média. Surgimento da sociedade feudal, apogeu e declínio do Feudalismo. 6. Idade Moderna. 7. Idade Contemporânea. Principais mudanças políticas e econômicas (com a formação das novas repúblicas no Leste Europeu). Os grandes conflitos mundiais e suas conseqüências.

Bibliografia Indicada:

§ ALENCAR, Francisco. História da sociedade brasileira. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 2003.

§ COTRIM, Gilberto Vieira. História Global - Brasil e Geral. Volume único. São Paulo: Saraiva, 2003.

§ MORAES, José Geraldo Vinci de. História Geral e do Brasil. Volume único. São Paulo: Ed. Atual, 2003.

§ SCHMIDT, Mário F. Nova história crítica. Volume único. São Paulo: Nova Geração, 2005.

§ CESAR, Guilhermino. História do Rio Grande do Sul - Período Colonial. Porto Alegre: Martins Livreiro, 2002.

§ PESAVENTO, Sandra J. História do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1981.

40.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

41.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA LINGUA ESTRANGEIRA - ESPANHOL:

41.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

41.2 Conhecimentos Pedagógicos

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo, Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ ____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo, Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ ____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

41.3 Conhecimentos Específicos Análise e interpretação de textos Vocabulário (significado de palavras e expressões; semelhança e diferenças de significado de palavras). Tradução Gramática (flexão do nome, pronome e artigo; flexão do verbo; concordância nominal e verbal; regência nominal e verbal; nexos - preposições, conjunções; processo de relação de idéias de causa, conseqüência, fim, tempo, condição, oposição, concessão, comparação).

Bibliografia Indicada: Diccionario para la enseñanza de la lengua española para brasileños- SEÑAS, 2000. Dicionário de falsos cognatos em Espanhol e Português - Editora Moderna. FANJUL, Adrían. Gramática Y Prática de Español - Para Brasileños. Editora Moderna. GÓMEZ TORREGO, Leonardo. Gramática didática del español. Madrid: SM, 1998. MASIP, Vicente. Gramática española para brasileños. Tomo I: Morfosintasis. Barcelona: Difusión, 1999. MILANI, Esther Maria. Gramática de Espanhol para Brasileiros. 3ª ed. São Paulo: Saraiva, 2006. RINALDI. S. Vasques M. C. "ARRIBA!" Vol. 1,2,3,4. São Paulo: Editora Santillana, 2004.

41.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

42.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA LINGUA ESTRANGEIRA - INGLÊS:

42.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

42.2 Conhecimentos Pedagógicos

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo, Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ ____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ ____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo, Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ ____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

42.3 Conhecimentos Específicos

1. Análise e Entendimento de Textos

2. Vocabulário

3. Tradução

4. Gramática Inglesa

Bibliografia Indicada:

- LILTLEJOHN, Andrew, Company To Company. Ed. Cambridge University Press, 2ª edição, Cambridge - United Kingdom, 1994.

- MURPHY, Raymond. English Grammar In Use - with answers. Editora Cambridge University Press, 2ª edição, Cambridge - United Kingdom, 1994.

- MURPHY, Raymond; RUTHEFORD, Willian. Grammar In Use - with answers. Editora Cambridge University Press, 8ª edição, Cambridge - United Kingdom, 1996.

- SWAN, Michael; WALTER, Catherine. How English Works - A grammar practice book - with answers. Editora Oxford University Press, 3ª edição, Oxford - United Kingdom, 1997.

42.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

43.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA MATEMATICA:

43.1 Língua Portuguesa

§ Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário.

§ Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases.

§ Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras.

§ Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal.

§ Sintaxe: análise sintática

43.2 Conhecimentos Pedagógicos

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo, Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ __________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ __________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ __________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ __________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo, Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ _________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

43.3 Conhecimentos Específicos

1. Geometria Plana:

- Noções fundamentais

- Figuras geométricas

- Áreas das principais figuras planas

- Unidades de medida

- Perímetro

- Volume dos principais sólidos

2. Problemas referentes aos números reais com as operações (adição, subtração, divisão, multiplicação, potenciação, radiciação)

3. Regra de três simples e composta

4. Porcentagem, desconto e juros

5. Razões, proporções e proporcionalidade

6. Progressões aritméticas, progressões geométricas

7. Sistemas lineares

- Matrizes

- Determinantes

8. Geometria Analítica

- Utilização de coordenadas cartesianas para resolução de problemas geométricos simples na reta e no plano.

- Representação analítica de lugares geométricos: retas, circunferências e demais cônicas, regiões simples, posições relativas

- Distância (entre dois pontos e de ponto a reta), perpendicularismo e áreas

9. Funções

- Noção de função, gráficos, funções crescentes e decrescentes, máximos e mínimos

- Funções lineares, afins e quadráticas

- Composição e inversão de funções

- Funções exponenciais e logarítmicas

10. Trigonometria

- Arcos e ângulos: medida, relações entre arcos

- Funções trigonométricas

- Resolução de triângulos

11. Geometria Espacial

- Prismas, pirâmides, cilindros, cones e respectivos troncos: cálculo de áreas e volumes.

Bibliografia Indicada:

§ FERNANDEZ, Vicente Paz & YOUSSEF, Antônio Nicolau. Matemática para o 2º Grau. São Paulo: Scipione, 1998.

§ GIOVANI, José Ruy. & BONJORNO, José Roberto. Matemática 2º Grau. Vol. 1, 2 e 3. FTD, 1988.

§ GENTIL, MARCONDES, GRECO, BELLOTTO, SERGIO. Matemática para o 2º Grau. São Paulo: Ática, 1998.

43.4 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230,

de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

44.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PROFESSOR - ENSINO SUPERIOR - LIC. PLENA PORTUGUES:

44.1 Conhecimentos Específicos - Língua Portuguesa

1. Processo de Comunicação

1.2 Compreensão, análise e síntese na interpretação de mensagens

1.3 A língua e seus níveis

1.4 A linguagem e suas funções sociais

2. Domínio da língua

2.1 Significado contextual das palavras estruturadas na mensagem

- sinônimos

- antônimos

- conotação

- denotação

3. Relação dos signos gráficos com o sistema fônico

- som/fonema

- tonicidade

- acentuação gráfica

3.1 Utilização dos sinais de pontuação

3.2 Reconhecimento e distinção das palavras e seus componentes estruturais

- classes

- estrutura

- formação

- flexão

3.3 Relação entre os elementos do contexto na seqüência verbal

- concordância (nominal, verbal)

- regência verbal

- análise sintática

- frase

- oração

- período (coordenado, subordinado)

Bibliografia Indicada:

§ ANDRÉ, Hildebrando A de. Curso de Redação. São Paulo: Moderna, 1989.

§ FARACO e MOURA. Gramática, São Paulo: Ed. Ática, 2001.

§ FAVERO, Lionor Lopes; KOCH, Ingedore G. Villaça. Lingüística Textual: introdução. Cortez Editora, 1984.

§ LIMA Rocha, Gramática Normativa da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Editora Livraria José Olympio, 2006.

§ MACHADO, Irene A. Literatura e Redação. Scipione, São Paulo, 1994.

§ NICOLA, José de; INFANTE, Ulisses. Gramática Contemporânea da Língua Portuguesa. São Paulo: Scipione, 2002.

§ OLIVEIRA, Édisom de; LUZZATTO, Sagra. Todo o mundo tem dúvida, inclusive você. Porto Alegre : Sagra, 1999.

§ SARMENTO, Leila Luar. Oficina de Redação. São Paulo: Moderna, 2000.

§ VALENTE, André. Aulas de Português - Perspectivas inovadoras. Petrópolis: Vozes, 1999.

44.2 Conhecimentos Pedagógicos

§ DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

§ ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

§ FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo, Cortez e Autores Associados, 1986 a.

§ ____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996.

§ FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

§ ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

§ ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000.

§ FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

§ FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

§ HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

§ KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001.

§ Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. - 4ª ed. - Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001.

§ LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986.

§ ________________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo, Loyola, 1986.

§ LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996.

§ ________________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983.

§ LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986.

§ MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.

§ OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.

§ SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

§ VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5)

§ VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

§ VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

44.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

45.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE PSICOLOGO:

45.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

45.2 Conhecimentos Específicos

§ WINNICOTT. D.W, O Brincar & a Realidade. Rio de Janeiro: Imago. .

§ KLEIN, Melanie; HEIMANN, Paula; ISAACS, Susan; RIVIERE, Joan, Os progressos da Psicanálise. 2ª Ed., Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1982.

§ KLEIN, Melanie; RIVIERE, Joan, Amor, Ódio e Reparação. 2ª Ed., Editora da Universidade de São Paulo, 1975.

§ KLEIN, Melanie, Psicanálise da Criança. São Paulo: Mestre Jou, 1981.

§ WINNICOTT. D.W, Explorações Psicanalíticas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

§ CHEMAMA, Roland, Elementos Lacanianos para uma Psicanálise no Cotidiano. Porto Alegre: CMC, 2002.

§ WINNICOTT. D.W, Da Pediatria à Psicanálise. Rio de Janeiro: Imago, 2000.

§ ABRAM, Jan, A Linguagem de Winnicott. Rio de Janeiro: Revinter.

§ FREUD, Sigmund, Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1990.

§ ZIMERMAN, David E, Vocabulário Contemporâneo de Psicanálise. Porto Alegre: Artmed, 2001.

§ LAPLANCHE, J; PONTALIS, J.-B., Vocabulário da Psicanálise. 10ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

§ HANNS, Luis Alberto. Dicionário Comentado do Alemão de Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

§ FENICHEL, Otto. Teoria Psicanalítica das Neuroses. São Paulo: Atheneu, 2000.

§ AJURIAGUERRA, J. e MARCELLI, D. Manual de Psicopatologia Infantil. Porto Alegre: Artes

§ RODULFO, Ricardo. O Brincar e o Significante. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

§ OUTEIRAL, José. Clínica da Transicionalidade, fragmentos da análise de uma adolescente, Rio de Janeiro, Revinter, 2001.

§ Outeiral, José (organizador), Clínica Psicanalítica de Crianças e Adolescentes, Rio de Janeiro, Revinter, 1998.

§ OUTEIRAL, José, Adolescer, 2º Edição Revisada, Revinter, 1998.

§ GREEN, André, André Green e a fundação Squiggle, São Paulo, ROCA, 2003.

§ GREEN, André, Narcisismo de morte, São Paulo, Editora Escuta, 1988.

§ GRENN, André, Conferências Brasileiras de André Green, Metapsicologia dos limites, Rio de Janeiro, Imago, 1990.

§ FÉDIDA, Pierre, Depressão, São Paulo, Editora Escuta, 1999.

45.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº 8080/90 e 8142/90).

46.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE RECEPCIONISTA:

46.1 Língua Portuguesa Interpretação de texto; Identificar e diferenciar: Fonema; Letra. Encontros vocálicos: Ditongo; Tritongo; Hiato. Encontros consonantais: Dígrafos Acentuação de vocábulos Regras de acentuação Divisão silábica. Classificação quanto a acentuação tônica e n.º de sílabas Notações léxicas: Til; Trema; Apóstrofe; Cedilha. Empregar os principais sinais de pontuação; Sinônimos; Antônimos; Homônimos; Parônimos. Reconhecer e empregar as classes gramaticais: Substantivo (todos os tipos); Classificação em gênero, número e grau. Adjetivo; Gênero, número e grau, adjetivos pátrios e locução adjetiva. Pronome (todos os tipos); Colocação pronominal (próclise, mesóclise e ênclise) Artigo; Definido, indefinido e flexões. Classificação e flexão de numerais Interjeição. Preposição (essenciais, combinação e contração). Verbos: modos: Indicativo, subjuntivo e imperativo; Formas nominais (infinitivo, gerúndio, particípio); Regulares; Irregulares; Verbos de ligação; Verbos transitivos e intransitivos; Auxiliares; Vozes do verbo. Advérbios; Classificação; Locução adverbial; Concordância verbal e nominal. Conjunções Elementos essenciais da oração: Sujeito (todos os tipos); Predicado (verbal, nominal); Predicativo do objeto e do sujeito; Adjunto adnominal e adjunto adverbial; Objeto direto e objeto indireto; Aposto e vocativo; Agente da passiva; Orações coordenadas e subordinadas. Processo de formação de palavras: Derivação sufixal; Derivação prefixal; Parassintética; Imprópria - regressiva; Justaposição; Aglutinação. Figuras de linguagem (Comparação, Metáfora, Metonímia, Prosopopéia, Antítese, Pleonasmo). Uso dos "porquês". Crase.

46.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

46.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências.

47.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE SOLDADOR:

47.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

47.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

48.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE TECNICO EM APOIO PEDAGOGICO - ORIENTADOR:

48.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

48.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

48.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

49.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE TECNICO EM APOIO PEDAGOGICO - SUPERVISOR:

49.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática

49.2 Conhecimentos Pedagógicos DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 1996. ESTEBAN, Maria Teresa. o que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. 4ª Ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986 a. _____________. Com todas as letras. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 1996. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia - Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. ____________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. ____________. Pedagogia da Indignação - Cartas pedagógicas e outros escritos - São Paulo: Ed. UNESP, 2000. FREITAS, Ana Lúcia. Pedagogia da Conscientização - Um legado de Paulo Freire à formação de professores. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. FREITAS, Lia. A produção de ignorância na escola. São Paulo: Cortez, 1998. HORTON, Myles, 1905 - O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. / Myles Horton, Paulo Freire. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. KRUG, Andréa. Ciclos de Formação: uma proposta transformadora. Porto Alegre: Mediação, 2001. Ler e escrever: compromisso de todas as áreas/ organizado por Iara Conceição Bitencourt Neves, Jusamara Vieira Souza, Neiva Otero Schäffer, Paulo Coimbra Guedes e Renita Klüsener. 4ª ed. Porto Alegre: Ed Universidade/ UFRGS, 2001. LIBÂNEO, José Carlos. Tendências pedagógicas na prática escolar. São Paulo: Loyola, 1986. _____________. Democratização da escola pública; a pedagogia crítico - social dos conteúdos. 3ª ed. São Paulo: Loyola, 1986. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem Escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1996. _____________. Otimização do autoritarismo In: Equívocos teóricos na Prática educacional. 2ª ed. Rio de Janeiro: ABT, 1983. LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens qualificativas. São Paulo: EPU, 1986. MORIN, Edgar. Saberes Globais e Saberes Locais - o olhar interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2000. OLIVEIRA, M.K. In: La Taille, Y et alli. Piaget, Vygotski, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. SANTOMÉ, J.T. Globalização e interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Superação da Lógica classificatória e excludente da avaliação: do "é proibido reprovar" ao "é preciso garantir a aprendizagem". São Paulo: Libertad, 1998. (Coleção Cadernos Pedagógicos Libertad, V.5) VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995. VYGOTSKI, Liev Semiónovitch. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

49.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Federal nº. 9.394/96 (LDB) Lei Federal nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) Lei Municipal N° 1104, de 01 de dezembro de 1999. Institui Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Caçapava do Sul, dispõe sobre os Profissionais da Educação e dá outras providências.

50.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE TECNICO EM CONTABILIDADE:

50.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

50.2 Conhecimentos Específicos

§ Estudo do Patrimônio:

§ inventário geral inicial - sua importância, o patrimônio ativo, o passivo, o patrimônio líquido, a equação patrimonial básica, relação entre os valores ativo e passivo.

§ O inventário geral final - relação entre os valores do capital próprio de dois inventários, considerações sobre o inventário geral.

§ A elaboração do balanço patrimonial a partir do inventário geral. As origens e aplicações de capitais.

§ Avaliação Patrimonial. Critérios de avaliação de estoques. Métodos de avaliação: UEPS, PEPS, Preço Médio ponderável variável.

§ Variações Patrimoniais Permutativas. Variações permutativas (fatos administrativos) - a contabilidade como uma seqüência de balanços, como um balanço movimentado. O nascimento da contas patrimoniais. A contabilidade é um circuito fechado.

§ Variações Patrimoniais Modificadas. Esquema de funcionamento das contas. O débito e o crédito. O método de partidas dobradas. Registro das variações modificadas na contas capital. O nascimento das contas de resultados.

§ Administração de Mercadorias pelo Sistema de Três Contas

§ A escrituração em função da conta, lucros e perdas. O sistema de escrituração de mercadorias pelo método de três contas. O cálculo e registro das mercadorias vendidas

§ Capital Próprio. A constituição do capital. Capital social, reservas, lucros acumulados, previsões e provisões.

§ Plano de Contas. Conceito e finalidade. Técnicas de elaboração. Codificação, elenco, função e funcionamento das contas.

§ Os Livros Contábeis. Obrigatoriedade, funções e formas de escrituração. O sistema das partidas dobradas.

§ As Contas Retificadas do Ativo. A previsão para créditos de liquidação duvidosa, sua constituição e liquidação. As depreciações: conceito, considerações iniciais, causas, bases e critérios de amortização das depreciações . As contas de regularização.

§ Regimes Contábeis. Regime de caixa. Regime de competência. O ajustamento do saldo das contas patrimoniais.

§ Demonstrações Contábeis. Balancete de Verificação. Balanço Patrimonial. Apuração do Resultado do Exercício. Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos. Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados.

50.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230,

de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Código Tributário do Município de Caçapava do Sul. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 Lei Federal Nº 4320 de 17 de março de 1964. Institui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000).

51.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE TECNICO EM EDIFICACOES:

51.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

51.2 Conhecimentos Específicos Desenho Técnico. Projetos Arquitetônicos: Plantas; detalhamentos construtivos; dimensionamento (cálculo de áreas); simbologia e convenções técnicas; legislação e normas técnicas de desenho. Elementos Materiais e Técnicas Construtivas: características e propriedades dos materiais de construção (identificação das especificações técnicas dos materiais, interpretação de normas técnicas); sistemas construtivos, elementos estruturais (lages, vigas, pilares), fundações. Noções de Topografia. Acompanhamento de Obras: orçamentos (composição de BDI, composição de cronograma físico e físico-financeiro, composição de orçamento quantitativo e financeiro, custo unitário básico (CUB), orçamento estimativo); canteiro de obras (interpretação de levantamento topográfico, layout, locação de fundações, baldrames e pilares); patologia das construções. Instalações especiais de edifícios: dimensionamento de instalações (ar-condicionado, incêndio, lógica, gás, etc.). Noções de instalações hidrossanitárias e instalações elétricas.

Bibliografia Indicada: AZEREDO, Hélio Alves de. O edifício até sua cobertura. São Paulo: Edgard Blücher, 1997. AZEREDO, Hélio Alves de. O edifício e seu acabamento. São Paulo: Edgard Blücher, 1987. BAUER, L. A Falcão. Materiais de construção. Vol 1 e 2. Rio de Janeiro: LTC, 1994. CREDER, Hélio, Instalações elétricas. 15ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2007. CREDER, Hélio, Instalações hidráulicas e sanitárias. 6ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006. GOLDMAN, Pedrinho. Introdução ao planejamento e controle de custos na construção civil brasileira. 4ª ed. São Paulo: Pini, 2004. MONTENEGRO, Gildo A. Desenho Arquitetônico. São Paulo: Edgard Blücher, 1995. NBR 5410. Instalações elétricas de baixa tensão. NBR 5626. Instalações prediais de água fria. NETTO, José M. de Azevedo. Manual de Hidráulica. São Paulo: Edgard Blücher, 2003.

51.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Lei Municipal Nº. 2004, de 05 de setembro de 2006. Dispõe sobre o desenvolvimento de Caçapava do Sul, institui o Plano Diretor de desenvolvimento do município e dá outras providências. Lei Municipal Nº. 1615, de 15 de janeiro de 2004. Institui o Código de Edificações do Município de Caçapava do Sul.

52.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE TECNICO EM ENFERMAGEM:

52.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

52.2 Conhecimentos Específicos

§ BURROUHS, Arlene. Uma introdução à Enfermagem Materna. Porto Alegre: Artes Médicas. 6ªedição 1995.

§ FORTES, Paulo A. de Carvalho. Ética e Saúde. São Paulo: EPU. 1998.

§ SMELTZER, Suzane, C. & Bare, Brenda G. Tratado de Enfermagem Médico - Cirúrgica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1993.

§ VEIGA, Débora de Azevedo; Corsetti, Maria da Graça. Manual de Técnicas de Enfermagem. 4ª ed. Porto Alegre: Sangra DC Luzzato, 1993.

§ REIBNITZ, Kenyas., Prado Marta Lenise. Série Auxiliar de Enfermagem. Volumes: 1, 2, 3, 4, 5, Florianópolis. NFR/SPB, CCS - UFCS 1997. 315P 2º edição. Série Auxiliar de Enfermagem.

§ ARAÚJO, Maria josé bezerra de. Ações de Enfermagem em Saúde Pública, volume1. 4 edição Rio de Janeiro: M. \J. Bezerra de Araújo ed., 1995.

§ HERMANN, Hellma & Pegoraro, Aildes dos Santos. Enfermagem em Doenças Transmissíveis. São Paulo,: E.P.U.,1986.

§ MENNA BARRETO, Sérgio S. Rotinas em Terapia intensiva. 2º edição. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

§ GENZ, Gessy Corrêa. Auxiliar de Enfermagem: enfermagem para a Promoção da Saúde. 5 Ed. Porto alegre, 1995. V.1.

§ ______ Auxiliar de enfermagem: Enfermagem para Recuperação da Saúde do Adulto. 5 Ed. 1993. V.3.

§ ______ Enfermagem para Recuperação da Saúde Materno - infantil. 4 Ed. Porto Alegre, 1996. V. 3.

§ TAYLOR, CECELIA M. Manual de enfermagem psiquiátrica de Mereness/Cecelia M. Taylor; trad. Dayse Batista. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

§ Calendário de Vacinas do Estado do Rio Grande do Sul atualizado.

§ Guias de Vigilância Epidemiológica - Ministério da Saúde.

§ Manuais do Ministério da Saúde: Planejamento Familiar, Assistência a Saúde da Mulher, Assistência a Saúde da Criança, Assistência a Saúde do Adulto, Assistência ao Pré-natal e DST/AIDS.

§ NASI, Luis Antonio. Rotinas de Pronto Socorro. Artes Médicas

§ COORDENAÇÃO: IDEOMINA LOPES DE LIMA. MANUAL DE TÉCNICA E AUXILIAR DE ENFERMAGEM. EDITORA AB GOIÁS, 6º EDIÇÃO.

52.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Legislação do Sistema Único de Saúde (Leis Federais nº. 8080/90 e 8142/90). Lei Federal nº. 10.424, de 15 de abril 2002. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento de serviços correspondentes e regulamentando a assistência domiciliar no Sistema Único de Saúde.

53.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE TECNICO EM INFORMATICA:

53.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

53.2 Conhecimentos Específicos

§ Conhecimento básico de rede.

§ Conhecimento de Linguagem Visual

§ Microinformática básica - Instalação e configuração de Software.

§ Suporte ao Hardware e Periféricos.

§ Segurança Física e Lógica.

§ Internet

§ Windows 2000 Profissional.

§ Conhecimentos de Word e Excel

Bibliografia Indicada:

§ Rede de Computadores - Andrew S. Tanenbaum - Rio de Janeiro - Ed. Campus -1997.

§ Microsoft Word 2000: passo a passo - Catapult, Inc - São Paulo. Ed. Makron Boos - 2000.

§ Microsoft Excel 2000 - Lino Floriano Blanco - Ed. Anaya Multimedia.

§ O Guia Oficial do Microsoft Internet Explorer - Bryan Pfaffenberger - Rio de Janeiro - Ed. Campus - 1997.

§ Aprenda em 21 dias Microsoft Windows 2000 Server - Peter T. Davis, Barry D. Lewis - Ed. Campus - Rio de Janeiro - 2000.

§ Microsoft Visual Basic 6.0 Professional : Sem Limites - Tradução: Célia Taniwaki - São Paulo - Ed. Berkeley - 2000.

53.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências.

54.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE TESOUREIRO:

54.1 Língua Portuguesa Leitura e análise de texto: compreensão do texto, significado contextual de palavras e expressões, vocabulário. Morfologia: classes de palavras, classificação, formação, flexão, ajuste e harmonia nas frases. Ortografia: acentuação gráfica, divisão silábica, crase, grafia das palavras. Princípios informativos da língua: uso dos sinais de pontuação, uso dos porquês, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal. Sintaxe: análise sintática.

54.2 Matemática Sistema de numeração decimal. Quatro operações fundamentais em N (Números Inteiros). Frações ordinárias - quatro operações. Números decimais - quatro operações. Porcentagem, juros simples e regra de três simples e composta. Sistema de medidas. Figuras planas: logaritmos e função logarítmica. Razões trigonométricas do triângulo retângulo. Resolução de triângulos quaisquer. Funções trigonométricas. Identidades trigonométricas. Equações e Inequações trigonométricas. Progressões Aritméticas Progressões Geométricas. Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares. Equações do Segundo Grau. Tópicos em Geometria (Polígonos, Triângulos, Quadriláteros, Sistema Circular para medida de ângulos planos, Poliedros, Prismas, Sólidos de Revolução). Trigonometria Plana (segmento orientado, circunferência trigonométrica, funções trigonométricas, quadrantes, sinais das funções trigonométricas, as funções trigonométricas na circunferência de raio unitário, variação das funções trigonométricas e seus intervalos de definição, relação entre as funções trigonométricas de um mesmo ângulo, relação trigonométricas, os valores das funções trigonométricas, redução ao primeiro quadrante, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas ao triângulo retângulo, aplicação das funções trigonométricas a triângulos quaisquer, leis dos senos e co-senos). Equações trigonométricas. Logaritmos Equações exponenciais.

54.3 Legislação Lei Municipal Nº. 1425, de 18 de dezembro de 2002. Modifica o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Caçapava do Sul, instituído pela Lei nº 230, de 14 de outubro de 1991 e dá outras providências. Lei Orgânica do Município de Caçapava do Sul. Lei Municipal Nº. 1426, de 18 de dezembro de 2002. Reorganiza o Quadro Geral dos Servidores do Município, estabelece Plano de Carreira, Cargos e Salários e dá outras providências. Código Tributário do Município de Caçapava do Sul. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 Lei Federal Nº 4320 de 17 de março de 1964. Institui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000).

55.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E/OU BIBLIOGRAFIA PARA O CARGO DE ZELADOR DE CEMITERIO:

55.1 Língua Portuguesa Ortografia: emprego de maiúsculas; emprego do "m" antes de "p" e "b", "r" e "rr", "h" inicial; "ç" ou "c" antes de vogais; "l" e "u" em final de sílaba; "s" e "ss" entre vogais; acentuação gráfica; divisão silábica. Morfologia: flexão dos substantivos e adjetivos simples, gênero e número, emprego dos verbos regulares e irregulares (dar, ler, dizer, ir, vir) nos tempos do modo indicativo. Pontuação, uso do ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, vírgula (enumeração, datas e endereços). Leitura e compreensão de texto: significado de palavras e expressões no texto, idéias principais e secundárias, interpretação, significação contextual de palavras e expressões.

55.2 Matemática Conjunto dos números naturais. Expressões numéricas. Divisibilidade. Números primos (até 100). Múltiplos e divisores de um número. Máximo divisor comum. Mínimo múltiplo comum. Frações: leitura, classificação, propriedades, simplificação, redução ao mesmo denominador. Operações com frações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Números decimais. Sistema métrico decimal. Regra de três.

ANEXO III

PROVA DE TÍTULOS

(a emprego da Banca)

CARGO: ________________________________________________________________________________

Nº da inscrição: ___________________________________________________________________________

Nome do candidato: ________________________________________________________________________

RELAÇÃO DE TÍTULOS ENTREGUES

Campos preenchidos pelo candidato

(deixar em branco)

Nº de horas

Histórico / Resumo

Pré - pontuação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Observação: Preencher em letra de forma ou à máquina nos campos destinados ao candidato, entregar este formulário em 02 (duas) vias, conforme Edital.

Data: ____/____/____

Assinatura do candidato _____________________________

Assinatura do Responsável _____________________________

ANEXO IV

FORMULÁRIO DE RECURSO

Para Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul

NOME DO CANDIDATO: __________________________________________________________________

Nº DE INSCRIÇÃO: _____________________________ CARGO: __________________________________

Recurso Administrativo

Homologação das Inscrições ( )

Gabarito ( )

Notas ( )

Justificativa do Candidato
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________.

Data: ____/____/____

Assinatura do candidato: _____________________________

Assinatura do responsável pelo recebimento: _____________________________

91103

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231