FURP - Fundação para o Remédio Popular - SP

EDITAL DE ABERTURA

CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2006

A FUNDAÇÃO PARA O REMÉDIO POPULAR - Furp, no uso de suas atribuições, por contrato celebrado com a FUNDAÇÃO CONESUL DE DESENVOLVIMENTO, torna pública a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização de Concurso Público, destinado a selecionar candidatos para os cargos de Ajudante de Carga, Analista BPF Pl., Analista BPF Sr., Analista Contábil Jr., Analista Contas a Pagar, Analista Desenvolvimento Farmacotécnico - Área Analítica, Analista Desenvolvimento Farmacotécnico - Área de Farmacotécnica, Analista Laboratório Pl., Analista Sistemas Jr., Assistente Administrativo, Assistente Distribuição, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Farmácia, Auxiliar de Produção, Auxiliar de Serviços Gerais, Farmacêutico Responsável, Guardete, Motorista, Operador de Empilhadeira, Analista BPF Jr., Analista Custos Sr., Analista Laboratório Jr., Assistente Licitação, Auditor, Auxiliar Almoxarifado, Auxiliar Lavanderia e Rouparia, Auxiliar Limpeza, Auxiliar Tesouraria, Comprador Jr., Inspetor de Qualidade, Supervisor Manut. Preventiva, Supervisor Prod. Farmacêutica, Técnico Ferramenteiro, Técnico Instrumentação, Chefe de Licitação, Analista de Registro de Produtos, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem do Trabalho, Chefe de Meio Ambiente e Técnico de Segurança do Trabalho.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 O presente Concurso Público destina-se ao preenchimento de vagas e formação do Cadastro de Reserva para atendimento às vagas existentes, que vierem a existir ou que forem criadas dentro do prazo de validade definido neste Edital para:

QUADRO 1:

CÓD.

CARGO

Nº DE VAGAS

VAGAS PDE

CADASTRO RESERVA

001

AJUDANTE DE CARGA

5

1

SIM

002

ANALISTA BPF PL

3

1

SIM

003

ANALISTA BPF SR

3

1

SIM

004

ANALISTA BPF JR

1

1

SIM

005

ANALISTA CONTÁBIL JR

1

1

SIM

006

ANALISTA CONTAS A PAGAR

1

1

SIM

007

ANALISTA CUSTOS SR

1

1

SIM

008

ANALISTA DE REGISTRO DE PRODUTOS

1

1

SIM

009

ANALISTA DESENV. FARMACOTÉCNICO - ÁREA ANALÍTICA

3

1

SIM

010

ANALISTA DESENV. FARMACOTÉCNICO - ÁREA DE FARMACOTÉCNICA

4

1

SIM

011

ANALISTA LABORATÓRIO JR

1

1

SIM

012

ANALISTA LABORATÓRIO PL

7

1

SIM

013

ANALISTA SISTEMAS JR

1

1

SIM

014

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

4

1

SIM

015

ASSISTENTE DISTRIBUIÇÃO

1

1

SIM

016

ASSISTENTE LICITAÇÃO

2

1

SIM

017

AUDITOR

1

1

SIM

018

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

6

1

SIM

019

AUXILIAR ALMOXARIFADO

6

1

SIM

020

AUXILIAR DE ENFERMAGEM

1

1

SIM

021

AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO TRABALHO

1

1

SIM

022

AUXILIAR DE FARMÁCIA

37

2

SIM

023

AUXILIAR DE PRODUÇÃO

54

3

SIM

024

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

1

1

SIM

025

AUXILIAR LAVANDERIA E ROUPARIA

3

1

SIM

026

AUXILIAR LIMPEZA

2

1

SIM

027

AUXILIAR TESOURARIA

1

1

SIM

028

CHEFE DE MEIO AMBIENTE

1

1

SIM

029

CHEFE DE LICITAÇÃO

1

1

SIM

030

COMPRADOR JR

1

1

SIM

031

FARMACÊUTICO RESPONSÁVEL

2

1

SIM

032

GUARDETE

1

1

SIM

033

INSPETOR DE QUALIDADE

5

1

SIM

034

MOTORISTA

2

1

SIM

035

OPERADOR DE EMPILHADEIRA

1

1

SIM

036

SUPERVISOR MANUT. PREVENTIVA

1

1

SIM

037

SUPERVISOR PROD. FARMACÊUTICA

1

1

SIM

038

TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

2

1

SIM

039

TÉCNICO FERRAMENTEIRO

1

1

SIM

040

TÉCNICO INSTRUMENTAÇÃO

1

1

SIM

1.2 Este Concurso estará sob a responsabilidade, organização e controle da Fundação Conesul de Desenvolvimento, localizada à Av. Cel. Aparício Borges, 2664, Porto Alegre, RS, CEP 90680-570, endereço eletrônico: www.conesul.org

1.3 As Provas e as Avaliações serão realizadas na cidade de Guarulhos, SP, em datas, horários e locais, de conformidade com o estabelecido no item 4 deste Edital. Eventualmente, se a capacidade das escolas não for suficiente para atender a todos os inscritos, as avaliações também serão realizadas na Região da Grande São Paulo.

1.4 Os candidatos aprovados em todas as etapas deste Concurso e convocados para admissão serão contratados pelo regime CLT, Legislação Trabalhista.

2. DAS ATRIBUIÇÕES DO CARGO E INFORMAÇÕES CORRELATAS

2.1 Os pré-requisitos, escolaridade, o horário de trabalho e as demais informações pertinentes ao exercício dos cargos deste Concurso estão detalhados a seguir:

2.1.1 Idade mínima: 18 anos

2.1.2 Jornada de trabalho: 40 horas semanais de segunda à sexta-feira.

2.1.3 Horário de Trabalho: Turno Fixo (manhã, tarde ou noite) ou horário comercial.

QUADRO 2:

CÓD.

CARGO

LOCAL DE TRABALHO

SALÁRIO

PRÉ-REQUISITOS/ ESCOLARIDADE/ QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL/ EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

001

AJUDANTE DE CARGA

Farmácia Dose Certa e Guarulhos

619,96

Ensino Fundamental completo - (disponibilidade para viagens intermunicipais e interestaduais)

002

ANALISTA BPF PL

Guarulhos

2.643,16

Superior completo em Farmácia e experiência de 1 ano em Garantia da Qualidade no ramo Farmacêutico.

003

ANALISTA BPF SR

Guarulhos

3.038,04

Superior completo em Farmácia e experiência de 2 anos em Garantia da Qualidade no ramo Farmacêutico.

004

ANALISTA BPF JR

Guarulhos

2.299,59

Superior Completo em Farmácia ou cursando o último ano em Farmácia e experiência de 6 meses em Garantia da Qualidade no ramo Farmacêutico.

005

ANALISTA CONTÁBIL JR

Guarulhos

2.299,59

Superior completo ou cursando a partir do 2º ano em Administração de Empresas, Economia ou Ciências Contábeis.

006

ANALISTA CONTAS A PAGAR

Guarulhos

1.432,89

Ensino Médio completo

007

ANALISTA CUSTOS SR

Guarulhos

3.491,93

Superior Completo em Administração de Empresas, Economia ou Ciências Contábeis e experiência de 2 anos no cargo ou 4 anos na área Financeira, sendo 2 anos no cargo de Analista de Custos.

008

ANALISTA DE REGISTRO DE PRODUTOS

Guarulhos

3.058,52

Superior Completo em Farmácia e experiência de 2 anos na área de Desenvolvimento Farmacotécnico/Produtos, Garantia ou Controle da Qualidade, Registro de Produtos, no ramo Farmacêutico ou Farmoquímico.

009

ANALISTA DESENVOLVIMENTO FARMACOTÉCNICO - ÁREA ANALÍTICA

Guarulhos

3.058,52

Superior completo em Farmácia e experiência de 2 anos nas áreas de Desenvolvimento Farmacotécnico/ Produtos, Garantia ou Controle de Qualidade no ramo Farmacêutico ou Farmoquímico.

010

ANALISTA DESENVOLVIMENTO FARMACOTÉCNICO - ÁREA DE FARMACOTÉCNICA

Guarulhos

3.058,52

Superior completo em Farmácia e experiência de 2 anos nas áreas de Desenvolvimento Farmacotécnico/Produtos, Garantia ou Controle de Qualidade no ramo Farmacêutico ou Farmoquímico.

011

ANALISTA LABORATÓRIO JR

Guarulhos

1.928,87

Técnico de Nível Médio em Química, ou Cursando Superior em Farmácia e experiência de 6 meses no ramo Farmacêutico ou Farmoquímico

012

ANALISTA LABORATÓRIO PL

Guarulhos

2.428,90

Superior completo em Farmácia ou Química e experiência de 1 ano na área de Controle ou Garantia da Qualidade no ramo Farmacêutico ou Farmoquímico

013

ANALISTA SISTEMAS JR

Guarulhos

3.038,04

Superior completo ou cursando a partir do 2º ano em Processamento de Dados, Análise de Sistemas ou Ciências da Computação.

014

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

Guarulhos

1.432,89

Ensino Médio completo

015

ASSISTENTE DISTRIBUIÇÃO

Guarulhos

3.038,04

Superior completo em Farmácia. Experiência de 2 anos em cargo de Supervisão na área de Expedição ou Materiais, ou experiência de 4 anos na área de Expedição ou Materiais.

016

ASSISTENTE LICITAÇÃO

Guarulhos

2.299,59

Superior Completo ou cursando a partir do 2º ano em Direito ou Administração de Empresas e experiência de 1 ano na área de Licitação

017

AUDITOR

Guarulhos

3.491,93

Superior Completo em Administração de Empresas, Ciências Contábeis ou Economia e experiência de 3 anos no cargo

018

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Farmácia Dose Certa e Guarulhos

988,00

Ensino Médio completo

019

AUXILIAR ALMOXARIFADO

Guarulhos

966,05

Ensino Médio Completo e experiência de 1 ano na área de Almoxarifado

020

AUXILIAR DE ENFERMAGEM

Guarulhos

1.531,81

Ensino Médio completo, com habilitação em Auxiliar de Enfermagem, Registro no COREN e experiência de 2 anos em atividades de enfermagem

021

AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO TRABALHO

Guarulhos

1.928,87

Ensino Médio completo, com habilitação em Auxiliar de Enfermagem do Trabalho, Registro no COREN e experiência de 2 anos em atividades de enfermagem

022

AUXILIAR DE FARMÁCIA

Farmácia Dose Certa

966,05

Ensino Médio completo

023

AUXILIAR DE PRODUÇÃO

Guarulhos

737,63

Ensino Médio completo

024

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

Guarulhos

1.216,46

Ensino Médio completo

025

AUXILIAR LAVANDERIA E ROUPARIA

Guarulhos

619,96

Ensino Fundamental Completo

026

AUXILIAR LIMPEZA

Guarulhos

619,96

Ensino Fundamental Completo.

027

AUXILIAR TESOURARIA

Guarulhos

1.211,63

Ensino Médio Completo e experiência de 1 ano na área Financeira ou Administrativa

028

CHEFE DE MEIO AMBIENTE

Guarulhos

5.261,67

Superior Completo com habilitação em Meio Ambiente ou Pós Graduação na área de Meio Ambiente.

029

CHEFE DE LICITAÇÃO

Guarulhos

5.261,67

Superior Completo em Direito ou Administração de Empresas e experiência de 3 anos no cargo ou 5 anos na área de Licitação, sendo 2 anos em cargos de liderança

030

COMPRADOR JR

Guarulhos

2.643,16

Superior Completo ou cursando a partir do 2º ano e experiência de 1 ano na área de Compras.

031

FARMACÊUTICO RESPONSÁVEL

Farmácia Dose Certa

2.299,59

Superior completo em Farmácia e Registro no CRF

032

GUARDETE

Guarulhos

988,00

Ensino Médio completo

033

INSPETOR DE QUALIDADE

Guarulhos

1.531,81

Ensino Médio Completo e experiência de 1 ano nas áreas de Produção, Controle de Qualidade e Almoxarifado.

034

MOTORISTA

Farmácia Dose Certa

1.531,81

Ensino Fundamental completo e Carteira Nacional de Habilitação categoria D.

035

OPERADOR DE EMPILHADEIRA

Guarulhos

1.531,81

Ensino Médio completo e Habilitação para Operar Empilhadeira.

036

SUPERVISOR MANUT. PREVENTIVA

Guarulhos

4.013,61

Superior Completo em: Engenharia Mecânica, Mecatrônica ou Engenharia de Produção Mecânica, ou Técnico de Nível Médio em Gestão de Processo Industrial ou Mecânica (Supervisor de 1ª linha em Manutenção Mecânica) e experiência de 2 anos em cargos de liderança na área de Manutenção Mecânica ou 4 anos na área de Manutenção Mecânica

037

SUPERVISOR PROD. FARMACÊUTICA

Guarulhos

3.058,52

Superior Completo em Farmácia e experiência de 1 ano no ramo Farmacêutico.

038

TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

Guarulhos

2.643,16

Técnico de Nível Médio em Segurança do Trabalho com Registro no Ministério do Trabalho e experiência de 2 anos no cargo

039

TÉCNICO FERRAMENTEIRO

Guarulhos

2.428,90

Ensino Médio Completo e Curso Profissionalizante de Fresador ou Curso Técnico de Nível Médio em Mecânica e experiência de 2 anos na área de Manutenção Mecânica

040

TÉCNICO INSTRUMENTAÇÃO

Guarulhos

3.058,52

Técnico de Nível Médio em Eletrônica ou Instrumentação, experiência 2 anos no cargo ou 4 anos na área de Manutenção Elétrica e/ou Manutenção Eletrônica e/ou Manutenção de Instrumentação.

2.2 Descrição das Atividades:

QUADRO 3:

CÓD.

CARGO

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

001

AJUDANTE DE CARGA

Conferir, carregar, descarregar e entregar medicamentos conforme o roteiro de distribuição. Auxiliar e acompanhar o motorista na realização da solicitação de veículos, limpeza e conservação do veículo.

002

ANALISTA BPF PL

Em atendimento às normas de BPF, executar atividades de baixo e médio nível de complexidade relacionadas aos processos de validação e monitorização e/ou Procedimentos Operacionais Técnicos e/ou treinamentos e/ou programa integrado de controle de pragas e/ou plano de auditorias internas e externas.

003

ANALISTA BPF SR

Em atendimento às normas de BPF, executar atividades de baixo, médio e alto nível de complexidade relacionadas aos processos de validação e monitorização e/ou Procedimentos Operacionais Técnicos e/ou treinamentos e/ou programa integrado de controle de pragas e/ou plano de auditorias internas e externas.

004

ANALISTA BPF JR

Em atendimento às normas de BPF, executar atividades de baixo nível de complexidade relacionadas aos processos de validação e monitorização e/ou Procedimentos Operacionais Técnicos e/ou treinamentos e/ou programa integrado de controle de pragas e/ou plano de auditorias internas.

005

ANALISTA CONTÁBIL JR

Conferir, analisar e alterar quando necessário, os relatórios de lançamentos efetuados automaticamente. Efetuar a contabilização manual dos lançamentos contábeis. Conciliar e analisar contas. Realizar a checagem de documentos. Arquivar e fornecer documentos para consulta. Operacionalizar os dados para sistema SIAFEM.

006

ANALISTA CONTAS A PAGAR

Analisar, conferir e tramitar faturas de frete e Notas Fiscais. Desenvolver e emitir relatórios financeiros, analisar , efetuar e baixar pagamentos. Efetuar manutenção diária de documentos via sistema.Analisar documentos componentes dos processos de pagamento, tais como "Ordem de Compras, Relatórios de Recebimento, Cartas Convites, Concorrências, Compras Diretas, Contratos em Geral".

007

ANALISTA CUSTOS SR

Realizar estudos de viabilidade econômica. Desenvolver novas sistemáticas de custo. Preparar relatórios gerenciais.

008

ANALISTA DE REGISTRO DE PRODUTOS

Auxiliar a Chefia da Seção no que se refere a elaboração de processos de registro de produtos e a sua manutenção/atualização junto ao Ministério da Saúde assim como manter a Fundação regularizada junto aos órgãos de Vigilância Sanitária e entidades de fiscalização profissional, em conformidade com as leis vigentes. Manter-se atualizado quanto a legislação sanitária e quanto a adequação da Fundação às leis sanitárias vigentes, assim como subsidiar informações aos superiores hierárquicos visando contribuir para a tomada de decisão.

009

ANALISTA DESENVOLVIMENTO FARMACOTÉCNICO - ÁREA ANALÍTICA

Realizar testes farmacotécnicos envolvendo as atividades de desenvolvimento de novos produtos, assistência técnica, adaptação de processos e formulações. Executar testes físico-químicos de produtos em estudos farmacotécnicos, estabilidade, referência futura, desenvolver e validar métodos analíticos. Executar procedimentos relacionados a emissão, revisão de documentação técnica e atualização de dados no sistema.

010

ANALISTA DESENVOLVIMENTO FARMACOTÉCNICO - ÁREA DE FARMACOTÉCNICA

Realizar testes farmacotécnicos envolvendo as atividades de desenvolvimento de novos produtos, assistência técnica, adaptação de processos e formulações. Executar testes físico-químicos de produtos em estudos farmacotécnicos, estabilidade, referência futura, desenvolver e validar métodos analíticos. Executar procedimentos relacionados a emissão, revisão de documentação técnica e atualização de dados no sistema.

011

ANALISTA LABORATÓRIO JR

Realizar amostragem de material de embalagem, a fim de certificar-se da sua conformidade ou não face às suas especificações. Realizar testes físico-químicos em produtos farmacêuticos. Acompanhar o desempenho dos materiais de embalagem nas áreas produtivas. Efetuar conferência e análise crítica de especificações de materiais de embalagem. Analisar amostras prévias de materiais de embalagem. Conferir provas heliográficas de materiais produtivos gravados. Organizar a seção de estabilidade, conforme as normas de BPF. Efetuar o controle ambiental de salas limpas. Preparar acondicionar soluções e reagentes de uso no laboratório. Controlar estoques de reagentes e vidrarias de laboratórios. Aferir vidrarias volumétricas.

012

ANALISTA LABORATÓRIO PL

Analisar matéria-prima, produto semi-acabado, acabado, em estudo de estabilidade bem como toda água utilizada na Fundação. Executar testes físico-químicos como volumetria, titulação, colorimetria e reações químicas. Realizar as análises microbiológicas necessárias ao laboratório. Analisar os resultados obtidos em testes. Auxiliar na emissão e revisão de métodos e procedimentos. Orientar estagiários e cargos de menor complexidade.

013

ANALISTA SISTEMAS JR

Efetuar análise sobre viabilidade e o custo da utilização de sistemas de processamento de dados. Realizar a manutenção dos sistemas. Preparar diagrama de fluxo e outras informações referentes ao sistema de processamento de dados.

014

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

Desenvolver trabalhos relativos ao controle de matérias-primas armazenados no Almoxarifado: controle de notas fiscais de entrada e das pré-faturas de saída. Participar do inventário físico anual dos medicamentos em estoque. Executar serviços administrativos diversos, como: arquivo, protocolo, digitação de dados no sistema, impressão de documentos e relatórios, requisição de materiais improdutivos. Atender os profissionais de diversas áreas da Fundação.

015

ASSISTENTE DISTRIBUIÇÃO

Orientar e acompanhar os trabalhos de separação de lotes às áreas produtivas, beneficiamento em terceiros e armazenagens em geral atendendo as normas de BPF. Controlar saídas de mercadorias na nossa frota e/ou transporte controlados. Orientar atividades de recebimento de materiais produtivos e improdutivos.

016

ASSISTENTE LICITAÇÃO

Efetuar serviços referentes as licitações tais como: elaborar editais, controlar os prazos legais de todo procedimento licitatório, controlar as publicações legais, orientar os fornecedores quanto ao procedimento licitatório e cadastro de fornecedores. Acompanhar as aberturas das licitações, bem como orientar a comissão nos procedimentos quanto a aplicabilidade da legislação vigente.

017

AUDITOR

Efetuar auditoria em todas as áreas da Fundação, seguindo o Programa Anual de Auditoria e eventuais necessidades. Coletar as informações junto as áreas auditadas elaborando o Relatório Intermediário para análise e parecer final da Chefia. Realizar auditorias específicas para apurar possíveis irregularidades.

018

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Executar serviços administrativos diversos, como: digitação, arquivo, protocolo, digitação de dados no sistema, impressão de documentos e relatórios, requisição de materiais improdutivos. Atender os profissionais de diversas áreas da Fundação.

019

AUXILIAR ALMOXARIFADO

Realizar serviços de recebimento, conferência, armazenagem, separação e distribuição de materiais improdutivos, matérias-primas, e de embalagem às áreas solicitantes. Separar e identificar as caixas dos produtos. Separar medicamentos da Secretaria de Saúde de acordo com as especificações da requisição de saída de material. Organizar o armazenamento dos medicamentos controlados pela Secretaria de Vigilância Sanitária (SVS) e termolábeis.

020

AUXILIAR DE ENFERMAGEM

Atender os profissionais e crianças do Centro de Convivência Infantil que se dirigem ao ambulatório médico verificando a necessidade de consulta médica, encaminhando à especialistas do convênio médico ou Pronto-Socorro; bem como dispensar cuidados simples de enfermagem, como: aplicação de medicamentos, curativos, inalações, vacinas, enfaixamentos, limpeza ocular, aspiração nasal, etc. Auxiliar o médico em exames admissionais, demissionais e periódicos. Manter registro dos quais podem ser levantados dados estatísticos das atividades da área. Esterilizar todo material utilizado no ambulatório.

021

AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO TRABALHO

Auxiliar o médico do trabalho na execução de programas de avaliação da saúde dos empregados. Executar atividades de enfermagem do trabalho, conforme sua qualificação nos programas: prevenção e controle das doenças profissionais e acidentes do trabalho e educação para a saúde dos empregados.

022

AUXILIAR DE FARMÁCIA

Executar as principais atividades de dispensação de medicamentos em unidades públicas de saúde sob orientação do Farmacêutico Responsável.

023

AUXILIAR DE PRODUÇÃO

Receber, conferir, identificar e armazenar materiais de embalagem e produtos semi-acabados. Realizar revisões em produtos semi-acabados e acabados bem como seu acondicionamento. Realizar limpeza da área. Auxiliar na desmontagem, montagem e limpeza de equipamentos.

024

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

Acompanhar, remanejar e orientar todas as atividades de Limpeza/Jardinagem, nas dependências da Fundação, mantendo-as dentro dos padrões de higiene exigido e controlar as atividades do setor de Lavanderia/Rouparia. Controlar e executar todas as tarefas ligadas direta ou indiretamente com a lavagem de uniformes e utensílios de pano, de acordo com os procedimentos operacionais . Controlar a entrada de material improdutivo no setor (uniformes, calçados, toalhas, etc.)

025

AUXILIAR LAVANDERIA E ROUPARIA

Efetuar lavagem, secagem, reparo de costura, separar e guardar os uniformes dos profissionais de acordo com o tamanho e numeração; enumerar etiquetas de identificação e estampar o logotipo nos uniformes do CCI. Executar todas tarefas que estão envolvidas direta ou indiretamente na lavagem de uniformes e utensílios de pano, de acordo com os procedimentos operacionais.

026

AUXILIAR LIMPEZA

Executar serviços rotineiros de limpeza em geral em todas as áreas da Fundação, varrer, lavar, desinfetar, encerar dependências, móveis e instalações, para manter as condições de higiene e conservá-los. Retirar lixo comum, material reciclável e material para incinerar das áreas produtivas, varrer pateos e ruas da área interna da Fundação.

027

AUXILIAR TESOURARIA

Auxiliar o Assistente de Tesouraria na execução das tarefas do Setor. Acompanhar e fornecer assistência e atendimento a fornecedores e profissionais da Fundação no que se refere a pagamento de notas fiscais e reembolso de despesas diversas. Operacionalizar os dados para o SIAFEM.

028

CHEFE DE MEIO AMBIENTE

Planejar, implementar o plano de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde com o objetivo de minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados um encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando a proteção dos empregados, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente de acordo com a legislação vigente (RDC 33-25/02/2003).

029

CHEFE DE LICITAÇÃO

Coordenar e acompanhar todos os procedimentos licitatórios da Fundação, bem como, assessorar as Comissões de Licitações e de Cadastro de Fornecedores em seus trabalhos quanto a aplicabilidade da legislação. Orientar a Seção de Compras e os fornecedores sobre os procedimentos.

030

COMPRADOR JR

Efetuar compra de materiais improdutivos, através de processos licitatórios ou compras diretas. Efetuar pesquisas visando o desenvolvimento de fornecedores e produtos alternativos. Realizar o acompanhamento das ordens de compra a fim de garantir a entrega dos produtos dentro dos prazos.

031

FARMACÊUTICO RESPONSÁVEL

Coordenar todas as atividades de organização e distribuição de medicamentos nas unidades públicas de saúde, bem como fornecer as informações necessárias sobre o medicamento ao consumidor.

032

GUARDETE

Executar serviços de vigilância na Fundação, verificando a entrada e saída de pessoal, veículos e materiais. Efetuar rondas nas áreas internas e externas, observando irregularidades.

033

INSPETOR DE QUALIDADE

Efetuar inspeções nas linhas de produção, matérias-primas (estéreis e não estéreis) e psicotrópicos, em fase de recebimento e recontrole do material em estoque. Realizar testes físicos durante a fase de fabricação e embalagem dos produtos. Retirar amostras de matérias-primas e produtos para análise e referência futura. Realizar inspeção nos setores produtivos. Coletar amostras de início, meio e final de cada lote de fabricação. Efetuar cálculos diversos, como desvio padrão e porcentagem. Realizar inspeção em terceiros.

034

MOTORISTA

Dirigir carros de passeio e caminhões, transportando profissionais, visitas, pequenas e grandes cargas. Realizar e fiscalizar as entregas de medicamentos, matérias-primas e documentos. Cuidar da manutenção do veículo relacionando os problemas existentes. Preencher relatório de despesa acertando o adiantamento que lhe foi fornecido para a viagem.

035

OPERADOR DE EMPILHADEIRA

Operar empilhadeira elétrica e a gás nas dependências da Fundação com carga e descarga de materiais produtivos e improdutivos. Guardar materiais nas estantes porta pallets. Carregar e descarregar caminhões cuidando para que os trabalhos de transporte, arrumações sejam executados com a máxima segurança e manter o equipamento em perfeito estado de limpeza e conservação.

036

SUPERVISOR MANUT.PREVENTIVA

Supervisionar e controlar os trabalhos de manutenção mecânica preventiva com auxílio da área elétrica, verificando as necessidades, bem como, distribuir as tarefas aos funcionários de acordo com as ordens de serviço e as necessidades das áreas de produção farmacêutica requeridas pelas normas de BPF, ISO 9002 e Segurança do Trabalho. Realizar cronograma de Manutenção Preventiva, acompanhamento e atualização, fichas máquinas e documentação formal técnica de cada equipamento. Coordenar equipe de mecânicos de manutenção. Realizar treinamentos técnicos.

037

SUPERVISOR PROD.FARMACÊUTICA

Supervisionar e acompanhar os profissionais quanto a qualidade, produtividade, normas de BPF, segurança, organização, arrumação e limpeza. Administrar a equipe e controlar materiais produtivos e improdutivos, a fim de atender a programação de produção.

038

TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

Inspecionar os diversos setores da Fundação, avaliando as eventuais falhas ocorridas com relação ao uso dos Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs), por parte dos profissionais, orientando, analisando e coordenando o uso correto dos equipamentos e principalmente conscientizando os profissionais da importância do uso destes equipamentos. Inspecionar as áreas de Produção procurando detectar os Riscos de Acidentes existentes nos locais de trabalho. Elaborar PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário. Ministrar palestras de Segurança e Prevenção de Acidentes aos profissionais, registrar mensalmente dados sobre os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais.

039

TÉCNICO FERRAMENTEIRO

Operar e regular máquina fresadora com comando numérico, regulando seus comandos, selecionando e posicionando o ferramental adequado e o material necessário a fim de confeccionar ou realizar reparos em peças conforme especificações técnicas e desenhos. Interpretação de desenhos e especificações técnicas a fim de verificar a qualidade e precisão das operações a serem executadas.

040

TÉCNICO INSTRUMENTAÇÃO

Coordenar os trabalhos de manutenção eletrônica, elétrica, instrumentação e as atividades administrativas necessárias. Executar a manutenção corretiva e preventiva em sistema de automação e instrumentos, que estão ligados aos processos industriais, calibrar os instrumentos de campo para atender a certificação ISO 9002. Realizar a manutenção em painéis elétricos e eletrônicos de equipamentos. Automação em equipamentos e acompanhar star-up em máquinas.

2.3. Os candidatos deverão ter disponibilidade para trabalhar em qualquer local e nos postos para os quais forem designados.

3. DOS CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA

3.1 À pessoa com deficiência é assegurado o direito de se inscrever neste Concurso Público, desde que as atribuições do cargo pretendido sejam compatíveis com a deficiência de que é portadora. Serão reservadas 5% (cinco por cento) do total de vagas a serem preenchidas, de acordo com o artigo 37, inciso VIII da Constituição Federal e Decreto 3.298, de 20 de dezembro de 1999.

3.1.1 Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no artigo 4º do Decreto 3.298/99 e no artigo 70º do Decreto 5.296/2004.

3.2 Os candidatos com deficiência participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere a conteúdo das provas, avaliação e critérios de aprovação, dia, horário e local de realização das provas.

3.3 O candidato com deficiência deverá declarar essa condição quando da inscrição, especificando a deficiência da qual é portador, em consonância com o item 3.1.1 deste Edital.

3.4 O candidato com deficiência que precisar de condições específicas para a realização da Prova Escrita deverá indicar as necessidades, por ocasião da inscrição.

3.5 Se a condição específica demandada for tempo adicional para a realização da prova, o candidato, além de preencher esta condição no formulário de inscrição, deverá enviar justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência, em conformidade com parágrafo 2º, do artigo 40, do Decreto 3.298/99.

3.6 O parecer previsto no item anterior, 3.5, deverá obrigatoriamente postar, até o primeiro dia útil após o término do período de inscrições, laudo médico original atestando o tipo e o grau ou nível de sua deficiência com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças - CID, bem como a provável causa da deficiência, via SEDEX ou correspondência registrada - AR, para a Fundação Conesul de Desenvolvimento - Conesul, A/C Concurso 01/2006 - FURP, localizada à Av. Angélica n° 1.814 Cj. 1402 - Higienópolis - CEP: 01228-200 - São Paulo - S.P, sem o qual não será concedido o tempo adicional solicitado.

3.7 O candidato com deficiência deverá obrigatoriamente postar, até o primeiro dia útil após o término do período de inscrições, laudo médico original atestando o tipo e o grau ou nível de sua deficiência com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças - CID, bem como a provável causa da deficiência, via SEDEX ou correspondência registrada - AR, à Fundação Para o Remédio Popular - Furp, A/C Concurso 01/2006 - Furp/ Gerência de Recursos Humanos, localizada na R. Endres, 35 - Itapegica, Guarulhos - SP, CEP 07043-902.

3.8 O candidato com deficiência, se classificado no Concurso, figurará em duas listagens: a primeira, lista de classificação geral dos candidatos ao cargo de sua opção e a segunda, composta somente por candidatos com deficiência.

3.9 O candidato com deficiência aprovado na Prova Escrita terá seu laudo avaliado por médico designado pela Fundação Para o Remédio Popular - Furp, sob o ponto de vista do seu enquadramento legal, conforme item 3.1.1. No caso do não enquadramento como pessoa com deficiência, o candidato passará para a lista geral de candidatos. Nesse caso, o candidato será informado que não consta mais da lista reservada à pessoa com deficiência.

3.10 A não observância do disposto nos subitens anteriores acarretará a perda do direito ao pleito das vagas reservadas aos candidatos em tais condições.

3.11 As vagas reservadas aos candidatos com deficiência que não forem providas por falta de candidatos, por reprovação ou eliminação do Concurso, serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação de cada um.

3.12 A Fundação Para o Remédio Popular - Furp formará uma equipe multiprofissional, conforme determina a legislação em vigor, Artigo 43, do Decreto 3.298 de 1999, que emitirá parecer observando:

a) as informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição;

b) a natureza das atribuições e tarefas essenciais do cargo ou da função a desempenhar;

c) a viabilidade das condições de acessibilidade e as adequações do ambiente de trabalho na execução das tarefas;

d) a possibilidade de uso, pelo candidato, de equipamentos ou outros meios que habitualmente utilize;

e) a CID e outros padrões reconhecidos nacional e internacionalmente.

3.13 A equipe multiprofissional avaliará a compatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência do candidato.

4. DA DIVULGAÇÃO

4.1 A divulgação oficial de todas as etapas, resultados e demais comunicações referentes a este Concurso se dará na forma de Editais, Extratos de Editais e Avisos, através dos seguintes meios e locais:

4.1.1 Divulgação eletrônica pelos endereços www.conesul.org, da Fundação Conesul de Desenvolvimento;

4.1.2 Divulgação nos quadros de aviso da Fundação Para o Remédio Popular - Furp e pelo endereço eletrônico www.conesul.org;

4.2 Publicação deste Edital de Abertura de Inscrições no jornal Diário Oficial do Estado de São Paulo - DOE;

4.3 Publicação do Gabarito Preliminar da Prova Escrita, a partir do dia 16 de maio de 2006.

4.4 É responsabilidade do candidato informar-se sobre todas as divulgações deste certame, pelos meios citados anteriormente.

5. DAS INSCRIÇÕES

5.1 A inscrição do candidato, para os fins deste Concurso Público, implicará a aceitação irrestrita e cumprimento obrigatório de todas as exigências e condições estabelecidas neste Edital e nos demais comunicados a serem publicados oportunamente pela Fundação Conesul de Desenvolvimento e/ou Fundação Para o Remédio Popular - Furp, das quais não poderá alegar desconhecimento, assumindo inteira responsabilidade pelas informações constantes em seu formulário de inscrição, sob as penas da lei.

5.2 As inscrições serão realizadas somente via Internet:

5.2.1 No endereço eletrônico www.conesul.org, a partir das 00h00 do dia 31/03/2006 até 24h00 do dia 18/04/2006 observando o horário oficial de Brasília/DF e os itens estabelecidos neste capítulo;

5.2.2 As inscrições podem ser efetuadas em qualquer computador conectado à Internet. Na impossibilidade de acesso à Internet, os candidatos poderão procurar os Postos de Atendimento do programa "Acessa São Paulo" e Telecentros, onde o acesso à Internet é gratuito, durante o mesmo período estabelecido no item 5.2.1, no horário das 8h00 às 17h00, de segunda a sábado.

5.3 Caso o candidato efetue inscrição para mais de um cargo, será considerada válida somente a primeira inscrição, não sendo devolvidos os valores das demais.

5.4 Depois de efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alterações de qualquer natureza.

5.5 São condições de inscrição:

a) ter nacionalidade brasileira ou gozar das prerrogativas dos Decretos nº 70.391/72 e 70.436/72 e da Constituição Federal, § 1º do Art. 12;

b) ter idade mínima de 18 anos até a data de abertura das inscrições, comprovada por documentação legal;

c) ter concluído o curso de ensino fundamental, o curso de ensino médio, o curso superior, curso técnico ou profissionalizante, conforme escolaridade exigida para a vaga que estará concorrendo no certame, até a data da inscrição, comprovado por meio de documento expedido por órgão competente;

d) possuir Certificado de Reservista de 1ª ou 2ª categoria ou Certificado de Dispensa de Incorporação ou de isenção do Serviço Militar, para os candidatos de sexo masculino;

e) estar em dia com as obrigações eleitorais;

f) não possuir antecedentes criminais;

g) Estar em dia com as exigências do Cadastro de Pessoa Física da Receita Federal - CPF.

5.6 As condições de inscrição descritas no item 5.5, deverão ser comprovadas quando da convocação para Checagem de Pré-requisitos e Comprovação de Documentos.

5.7 Valor da Inscrição:

QUADRO 4:

CARGOS

VALOR DA INSCRIÇÃO (R$)

TODOS OS CARGOS

13,88

5.8 O candidato, após preencher o formulário de inscrição, deverá imprimir o boleto bancário e com ele efetuar o pagamento da taxa de inscrição até a data de vencimento do boleto, em qualquer agência bancária.

5.9 A Fundação Para o Remédio Popular - Furp e a Fundação Conesul de Desenvolvimento não se responsabilizam pelas inscrições realizadas por meio de Internet que não forem recebidas por motivos de ordem técnica alheias ao seu âmbito de atuação, tais como falhas de telecomunicações, falhas nos computadores, nos provedores de acesso e quaisquer outros fatores exógenos que impossibilitem a correta transferência dos dados dos candidatos para a Organizadora do Concurso.

5.10 A inscrição somente será considerada válida após o pagamento do respectivo boleto bancário.

5.11 O candidato será considerado inscrito no certame somente após o recebimento, pela Fundação Conesul de Desenvolvimento, da confirmação do pagamento bancário de sua taxa de inscrição.

5.12 Os boletos bancários emitidos no último dia do período de inscrições poderão ser pagos até o primeiro dia útil subseqüente ao término das inscrições.

5.13 O candidato que for empregado da Fundação Para o Remédio Popular - Furp deverá informar, no campo apropriado do formulário de inscrição, seu número de Registro (funcional) de Empregado.

5.14 O candidato que tenha sido empregado da Fundação Para o Remédio Popular - Furp deverá declarar esta condição no campo apropriado do formulário de inscrição e informar o número de seu antigo Registro (funcional) de Empregado.

5.15 Não serão válidas as inscrições realizadas fora do prazo estipulado.

5.16 As informações sobre as inscrições para este concurso, bem como outras informações sobre este Edital, poderão ser obtidas via Internet, no endereço eletrônico www.conesul.org

5.17 É vedada a inscrição condicional ou extemporânea.

5.18 O valor relativo à inscrição não será devolvido, salvo no caso de cancelamento do certame por conveniência da Administração da Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

5.19 O comprovante de pagamento da inscrição deverá ser mantido em poder do candidato e apresentado quando da realização das provas, para eventual conferência.

5.20 Não será aceita inscrição por via postal, por fax, e/ou por outra forma que não a estabelecida neste Edital.

5.21 A declaração falsa ou inexata dos dados constantes do Formulário de Inscrição determinará o cancelamento da inscrição e anulação de todos os atos decorrentes dela, em qualquer época, podendo o candidato responder a conseqüências legais.

5.22 A Relação dos Candidatos Inscritos será divulgada a partir do dia 21/04/2006, pelos meios estabelecidos no item 4 deste Edital.

5.23 O candidato que identificar qualquer não conformidade em sua inscrição, por ocasião da divulgação da Relação de Candidatos Inscritos, conforme item 5.22, deverá efetuar Recurso Administrativo específico dentro dos prazos previstos, de acordo com o estabelecido no item 9.2 deste Edital.

5.24 Os pedidos de Recursos de Inscrição que apresentarem vícios de forma e/ou que contrariarem o disposto no item 9.2 do presente Edital serão indeferidos.

5.25 A não apresentação de recurso no prazo estabelecido ou o indeferimento do mesmo acarretará o cancelamento do pedido de inscrição e a conseqüente eliminação do candidato do presente Concurso.

5.26 As inscrições efetuadas de acordo com o disposto no presente edital, item 5, e, após a análise dos recursos interpostos referentes a esta etapa do certame, serão homologadas pela Fundação Para o Remédio Popular - Furp, significando tal ato que o candidato está habilitado a participar das demais etapas do Concurso.

5.27 A Lista de Candidatos Inscritos Homologados será publicada a partir de 02/05/2006, em forma de Aviso, de acordo com o item 4, no endereço eletrônico www.conesul.org e www.furp.sp.gov.br da Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

5.28 A inscrição implicará a completa ciência e tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste edital, sobre as quais não se poderá alegar desconhecimento.

6. DAS ETAPAS

O certame constará da realização das seguintes etapas:

QUADRO 5:

Etapas

Classificatória

Eliminatória

Prova Escrita

X

X

Checagem de Pré-requisitos e Comprovação de Documentos

-

X

Prova Prática

-

X

Avaliação Médica com Exames Complementares

-

X

6.1 DA PROVA ESCRITA - CLASSIFICATÓRIA E ELIMINATÓRIA

6.1.1 Do Tipo

6.1.1.1 A Prova Escrita, para o cargo de ANALISTA BPF PL, ANALISTA BPF SR, ANALISTA BPF JR, ANALISTA CONTÁBIL JR, ANALISTA CUSTOS SR, ANALISTA DE REGISTRO DE PRODUTOS, ANALISTA DESENVOLVIMENTO FARMACOTÉCNICO - ÁREA ANALÍTICA, ANALISTA DESENVOLVIMENTO FARMACOTÉCNICO - ÁREA DE FARMACOTÉCNICA, ANALISTA LABORATÓRIO JR, ANALISTA LABORATÓRIO PL, ANALISTA SISTEMAS JR, ASSISTENTE DISTRIBUIÇÃO, ASSISTENTE LICITAÇÃO, AUDITOR, AUXILIAR DE ENFERMAGEM, AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO TRABALHO, CHEFE DE MEIO AMBIENTE, CHEFE DE LICITAÇÃO, COMPRADOR JR, FARMACÊUTICO RESPONSÁVEL, SUPERVISOR MANUT. PREVENTIVA, SUPERVISOR PROD. FARMACÊUTICA, TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO, TÉCNICO FERRAMENTEIRO, TÉCNICO INSTRUMENTAÇÃO, valerá 100 (cem) pontos. Será composta de 50 (cinqüenta) questões de múltipla escolha, valendo 2 (dois) pontos cada. As questões de múltipla escolha conterão 5 (cinco) alternativas de resposta, identificadas pelas letras a, b, c, d, e, sendo correta apenas uma dessas alternativas.

A Prova abrangerá as disciplinas constantes no quadro a seguir:

QUADRO 6:

DISCIPLINAS

Nº DE QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA

Nº DE PONTOS

Conhecimentos Específicos

20

40

Língua Portuguesa

15

30

Conhecimentos Gerais

15

30

Total

50

100

6.1.1.2 A Prova Escrita, para os cargos de AJUDANTE DE CARGA, ANALISTA CONTAS A PAGAR, ASSISTENTE ADMINISTRATIVO, AUXILIAR ADMINISTRATIVO, AUXILIAR ALMOXARIFADO, AUXILIAR DE FARMÁCIA, AUXILIAR DE PRODUÇÃO, AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS, AUXILIAR LAVANDERIA E ROUPARIA, AUXILIAR LIMPEZA, AUXILIAR TESOURARIA, GUARDETE, INSPETOR DE QUALIDADE, MOTORISTA e OPERADOR DE EMPILHADEIRA valerá 100 (cem) pontos. Será composta de 50 (cinqüenta) questões de múltipla escolha, valendo 2 (dois) pontos cada. As questões de múltipla escolha conterão 5 (cinco) alternativas de resposta, identificadas pelas letras a, b, c, d, e, sendo correta apenas uma dessas alternativas.

A Prova abrangerá as disciplinas constantes no quadro a seguir:

QUADRO 7:

DISCIPLINAS

Nº DE QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA

Nº DE PONTOS

Língua Portuguesa

30

60

Conhecimentos Gerais

10

20

Matemática

10

20

Total

50

100

6.1.2 A Prova Escrita abrangerá o Conteúdo Programático constante no Anexo II deste Edital.

6.1.3 Será considerado aprovado o candidato que atingir, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) do total de pontos da prova, desde que atinja um mínimo de 40% de acertos em cada uma das disciplinas.

6.1.4 A Prova Escrita será realizada no dia 14/05/2006.

6.1.5 A partir do dia 03/05/2006, serão divulgados: o horário (período da manhã ou tarde) e o local das provas, por meio de Aviso, conforme estabelecido no item 4 deste Edital.

6.1.6 A bibliografia é de livre escolha dos candidatos.

6.1.7 Das Condições para a Realização da Prova Escrita:

6.1.7.1 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização da prova com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta e com documento de identidade original, preferencialmente o constante no formulário de inscrição.

6.1.7.2 Prova Escrita duração de 3 (três) horas.

6.1.7.3 Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc.); passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente o modelo novo, com foto).

6.1.7.4 Não serão aceitos como documentos de identificação: certidões de nascimento, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não-identificáveis ou danificados.

6.1.7.5 Não serão aceitas cópias de documentos de identidade, ainda que autenticados, nem protocolos de entrega de documentos.

6.1.7.6 Não será admitido o ingresso de candidatos no local de realização da prova após o horário fixado para o seu início.

6.1.7.7 Não será permitida, durante a realização da prova, a comunicação entre os candidatos, nem a utilização de anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta, inclusive consulta a livros, a legislação comentada ou anotada, a súmulas, a livros doutrinários e a manuais.

6.1.7.8 Não será permitido, durante a realização da prova, o uso de quaisquer equipamentos que permitam o armazenamento ou a comunicação de dados e informações.

6.1.7.9 Não será permitido ao candidato fumar na sala da prova.

6.1.7.10 Não haverá segunda chamada para a prova. O não comparecimento na Prova Escrita implicará a imediata eliminação do candidato.

6.1.7.11 O candidato somente poderá retirar-se do local de realização da prova após a primeira hora do início da mesma.

6.1.7.12 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova, em virtude do afastamento do candidato da sala onde está sendo aplicada a Prova.

6.1.7.13 No dia de realização da prova não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação da prova ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao conteúdo e aos critérios de avaliação da prova.

6.1.7.14 Terá sua prova anulada e será automaticamente eliminado do Concurso o candidato que, durante a realização:

a) usar ou tentar usar meios fraudulentos ou ilegais para a sua realização;

b) for surpreendido dando ou recebendo auxílio para a execução de quaisquer das provas;

c) utilizar-se de máquinas de calcular ou equipamentos similares, livros, dicionário, notas ou impressos que não forem expressamente permitidos, telefone celular, gravador, receptor, pager, qualquer equipamento de rádio comunicação ou que se comunicar com outro candidato;

d) faltar com a devida urbanidade para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, as autoridades presentes ou candidatos;

e) fizer anotação de informações relativas às suas respostas em qualquer meio que não os permitidos;

f) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

g) ausentar-se da sala, durante a prova, portando a folha de respostas ou caderno de questões;

h) descumprir as instruções contidas no caderno de provas e na folha de respostas;

i) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.

6.1.7.15 Será atribuída pontuação zero à questão da Prova Escrita que contiver no cartão de respostas mais de uma ou nenhuma resposta assinalada, ou que contiver emenda ou rasura.

6.1.7.16 O candidato deverá transcrever as respostas da Prova Escrita para o Cartão de Respostas, que será o único documento válido para a correção. O preenchimento do Cartão de Respostas é de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder de conformidade com as instruções específicas contidas na capa do Caderno de Questões. Não haverá substituição do Cartão de Respostas por erro do candidato.

6.1.7.17 Ao terminar a Prova o candidato entregará ao Fiscal de Sala, obrigatoriamente, o Cartão de Respostas, devidamente assinado.

6.1.7.18 O Caderno de Questões da Prova Escrita será liberado ao candidato no mesmo dia da realização da prova, de acordo com as orientações dadas no início da prova.

6.2 DA CHECAGEM DE PRÉ-REQUISITOS E COMPROVAÇÃO DE DOCUMENTOS - ELIMINATÓRIA

6.2.1 Conforme a necessidade da Fundação Para o Remédio Popular - Furp, considerando os critérios específicos para preenchimento das vagas e do cadastro de reserva disponível, serão convocados os candidatos habilitados na Prova Escrita conforme item 6.1, em ordem decrescente de pontuação, para a apresentação da respectiva documentação e comprovação dos pré-requisitos exigidos para o cargo, conforme Quadro 2, deste Edital.

6.2.2 Serão convocados para a Checagem de Pré-Requisitos e Comprovação de Documentos, os candidatos classificados, na proporção de 3 (três) candidatos para cada vaga, em ordem decrescente de pontuação, pelo resultado da Prova Escrita, conforme o estabelecido no item 6.1 deste Edital.

6.2.3 Caso o número de candidatos convocados seja insuficiente para as necessidades da Fundação Para o Remédio Popular - Furp, serão chamados, na mesma ordem, tantos candidatos classificados quantos forem necessários para o suprimento destas necessidades, dentro do período de validade do edital.

6.2.4 Os candidatos serão convocados por meio de Aviso, conforme item 4 deste Edital e por correspondência.

6.2.5 O não comparecimento, a não apresentação dos documentos e/ou não comprovação dos pré-requisitos nas datas estabelecidas de sua convocação implicará a exclusão do candidato do certame.

6.2.6 A comprovação da Escolaridade e da Qualificação Profissional dar-se-á com a apresentação do diploma, certificado de conclusão e/ou atestado em papel timbrado da escola, constando as matérias e respectivas cargas horárias.

6.2.7 Não serão aceitos protocolos dos documentos exigidos, nem fotocópias ou xerocópias, ainda que autenticadas.

6.2.8 Serão aceitos os registros em funções compatíveis com os cargos e devidamente registrado em Carteira Profissional de Trabalho e Previdência Social - CTPS, para comprovação da experiência profissional, ou declaração da empresa ou órgão com firma reconhecida ou certidão comprovando conforme solicitado no Quadro 2 deste edital.

6.3 DA PROVA PRÁTICA - ELIMINATÓRIA

6.3.1 A Prova Prática é eliminatória e será realizada para os candidatos aos cargos de: MOTORISTA e OPERADOR DE EMPILHADEIRA.

6.3.2 A Prova Prática visa aferir, por meio da execução de tarefas típicas do cargo, conforme descrito no item 2.2 deste Edital, a aplicabilidade do conhecimento técnico do candidato. O detalhamento será fornecido no dia e local da prova.

6.3.3 Serão convocados para a Prova Prática, os candidatos classificados pelo resultado da soma dos pontos obtidos na Prova Escrita e aprovados na Checagem de Pré-requisitos e Comprovação de Documentos, conforme o estabelecido no item 6.2 deste edital.

6.3.4 Na Prova Prática o candidato receberá parecer favorável (qualificado) ou desfavorável (não qualificado).

6.3.5 O candidato que for considerado não qualificado na Prova Prática será eliminado do certame.

6.3.6 Os candidatos serão convocados por meio de Aviso, conforme o item 4 deste Edital.

6.3.7 Os candidatos que não comparecerem, por qualquer motivo, no dia e horário aprazados, serão considerados desistentes e excluídos do certame.

6.4 DA AVALIAÇÃO MÉDICA - ELIMINATÓRIA

6.4.1 Os candidatos aprovados na Prova Escrita e Prova Prática, serão convocados, em ordem decrescente de pontuação, e conforme a necessidade da Fundação Para o Remédio Popular - Furp, para a Avaliação Médica.

6.4.2 Os candidatos serão convocados por meio de Aviso, conforme o item 4 deste Edital e por correspondência.

6.4.3 Os candidatos que não comparecerem, por qualquer motivo, no dia e horário aprazados, serão considerados desistentes e excluídos do certame.

6.4.4 Esta etapa tem caráter eliminatório.

7. DA ADMISSÃO

7.1 A admissão ocorrerá mediante apresentação dos documentos exigidos e cumprimento das exigências do Quadro 2 e do item 12.3 deste edital.

7.2 O candidato convocado que, por qualquer motivo, não consolidar o processo de admissão no prazo designado pela Fundação Para o Remédio Popular - Furp não mais será admitido. Sua vaga será oferecida ao candidato subseqüente e será desconsiderada a sua participação no Concurso para todos os efeitos.

8. DO CADASTRO DE RESERVA

8.1 Formarão o Cadastro de Reserva, os candidatos que forem aprovados na Prova Escrita, homologados de acordo com a classificação obtida.

8.2 A aprovação para compor o Cadastro de Reserva gera, para o candidato, apenas a expectativa de direito para a realização das demais Etapas do Processo. Em nenhuma hipótese implicará a obrigatoriedade de admissão do candidato pela Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

9. DOS RESULTADOS E RECURSOS

9.1 Dos Resultados

9.1.1 O Gabarito Oficial Definitivo da Prova Escrita será divulgado pelos meios apontados no item 4 deste Edital, a partir de 29 de maio de 2006.

9.1.2 O resultado da Prova Escrita, a Classificação Final e os resultados das demais etapas deste Concurso serão divulgados pelos meios apontados no item 4 deste Edital.

9.2 Dos Recursos

9.2.1 Os candidatos poderão interpor recursos nas fases da Divulgação das Inscrições, da Divulgação do Gabarito Preliminar da Prova Escrita e do Resultado Final, no prazo de 03 (três) dias úteis, a contar do dia subseqüente à data de divulgação dos resultados de cada uma das respectivas fases, conforme item 4 deste Edital.

9.2.2 Não caberá recurso das etapas da Prova Prática e da Avaliação Médica.

9.2.3 Os recursos deverão ser dirigidos à Fundação Conesul de Desenvolvimento, localizada à Av. Angélica, 1814 - Conjunto 1402 - Higienópolis - São Paulo / SP, CEP 01228-200, contendo nome completo e número de inscrição do candidato, número do Edital do Concurso, nome do cargo a que concorre, nome da etapa, prova, especificação da(s) questão(ões) objeto do recurso, com exposição de motivos e fundamentação circunstanciada, conforme Formulário de Recurso constante do Anexo I deste Edital.

9.2.4 Os recursos deverão ser legíveis e estar dentro dos prazos estabelecidos, conforme item 9.2.1.

9.2.5 Não serão aceitos recursos enviados por via postal, via eletrônica (e-mail), fax ou qualquer outro meio que não o previsto neste Edital.

9.2.6 Serão indeferidos os recursos que não atenderem aos dispositivos aqui estabelecidos.

9.2.7 Após o julgamento dos recursos sobre o gabarito preliminar das questões da Prova Escrita, os pontos correspondentes às questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os candidatos, indistintamente.

9.2.8 Eventuais alterações de gabarito, após análise de recursos, serão divulgadas conforme item 4 deste Edital no Gabarito Oficial Definitivo.

9.2.9 A Comissão Examinadora da Fundação Conesul de Desenvolvimento é a última instância para recursos, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

10. DA CLASSIFICAÇÃO

10.1 Serão classificados os candidatos aprovados na Prova Escrita, em conformidade com o item 6.1. A classificação observará a ordem numérica decrescente a pontuação individualmente alcançada na Prova Escrita, atribuindo-se o primeiro lugar ao candidato que obtiver a maior pontuação, e assim sucessivamente.

11. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

11.1 Em caso de igualdade na pontuação da Prova Escrita, o desempate se dará adotando-se os critérios abaixo, pela ordem e na seqüência apresentada, obtendo melhor classificação o candidato que:

a) tiver obtido maior pontuação nas questões de múltipla escolha de Conhecimentos Específicos, para os cargos descritos no Item 6.1.1.1;

b) tiver obtido maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;

c) tiver obtido maior pontuação nas questões de Conhecimentos Gerais

d) tiver obtido maior pontuação nas questões de Matemática.

11.2 Persistindo o empate entre os candidatos, depois de aplicados todos os critérios acima, o desempate se dará através do sistema de sorteio abaixo descrito:

11.2.1 Os candidatos empatados serão ordenados de acordo com seu numero de inscrição, de forma crescente ou decrescente, conforme o resultado do primeiro prêmio da extração da Loteria Federal imediatamente anterior ao dia da Prova Escrita, segundo os critérios a seguir:

a) se a soma dos algarismos do número sorteado no primeiro prêmio da Loteria Federal for par, a ordem será a crescente;

b) se a soma dos algarismos da loteria federal for ímpar, a ordem será a decrescente.

12. DO PROVIMENTO DE VAGAS

12.1 O provimento das vagas obedecerá rigorosamente a ordem de classificação dos candidatos aprovados.

12.1.1 A convocação para admissão será através do envio de telegrama no endereço informado no ato da inscrição sendo considerado desistente o candidato que não comparecer no prazo improrrogável de 4 dias a contar da data de envio do telegrama.

12.2 O candidato aprovado obriga-se a manter atualizado seu endereço junto à Fundação Para o Remédio Popular - Furp, localizada na R. Endres, 35 - Itapegica, Guarulhos - SP, CEP 07043-902 via SEDEX ou correspondência registrada AR informando: concurso 01/2006 Furp, nome, cargo, classificação, endereço completo e telefone para contato.

12.3 Fica comunicado ao candidato classificado que a sua admissão só lhe será atribuída se atender às exigências que seguem:

a) Ter sido aprovado no presente concurso,

b) Ter nacionalidade brasileira ou gozar das prerrogativas dos Decretos nº 70.391/72 e 70.436/72 e da Constituição Federal, § 1º do Art. 12,

c) Estar quite com as obrigações eleitorais; apresentando o último comprovante de votação ou a Certidão da Justiça Eleitoral,

d) Estar quite com as obrigações militares, para os candidatos de sexo masculino;

e) Comprovar todos os pré-requisitos exigidos,

f) Ser considerado qualificado na Avaliação Médica,

g) Apresentar documento pessoal de identidade e Cadastro de Pessoa Física da Receita Federal - CPF,

h) Apresentar certidão negativa de antecedentes criminais,

i) Poder assumir atividades em qualquer local da Fundação Para o Remédio Popular - Furp para as quais for designado,

j) Não ter sido demitido por justa causa e não ter sido desligado por Programa de Demissão Voluntária ou Incentivada ou em razão de rescisão contratual individual decorrente de contrato de trabalho celebrado com a Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

k) Os aposentados terão avaliada sua condição para aferir eventual percepção simultânea de aposentadoria com a remuneração de cargo, emprego ou função pública, nos termos do § 10 do artigo 37 da Constituição Federal.

l) Se empregado da Fundação Para o Remédio Popular - Furp, perceber salário igual ou inferior ao da vaga que estará concorrendo no certame.

m) Apresentar declaração de que não detém vínculo empregatício com outro órgão ou empresa pública, em atendimento ao disposto no artigo 37 e 38 da Constituição Federal e Decreto 99.210 de 16/04/1990.

12.4 Os candidatos admitidos deverão ter disponibilidade para trabalhar em qualquer área de atuação da Furp, nos postos para os quais forem designados.

13. DA HOMOLOGAÇÃO E DA VALIDADE DO CONCURSO

13.1 O resultado final será divulgado depois de decorridos os prazos para interposição de recursos e será homologado pela Fundação Para o Remédio Popular - Furp, por meio de Aviso, conforme estabelecido no item 4 deste Edital, contendo os nomes dos candidatos classificados, obedecendo à estrita ordem de classificação.

13.2 A validade do Concurso será de 1 (um) ano, a contar da data de publicação da homologação deste Edital de Abertura de Inscrições, no Diário Oficial do Estado - D.O.E., podendo ser prorrogada por igual período, a critério da Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

14. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

14.1 A Fundação Para o Remédio Popular - Furp e a Fundação Conesul de Desenvolvimento não assumem qualquer responsabilidade quanto ao transporte, alojamento e/ou alimentação dos candidatos, quando da realização das etapas deste concurso público.

14.2 O candidato que fizer inexatas ou falsas declarações ao se inscrever, ou que não possa comprovar todas as condições arroladas neste Edital, terá sua inscrição cancelada e será anulado todo o ato dela decorrente, mesmo que tenha sido aprovado nas provas e avaliações, ou mesmo tenha sido admitido.

14.3 O candidato não deve estar incompatibilizado com a investidura no cargo, inclusive em razão de demissão por atos de improbidade, comprovados por meio de sindicância e/ou Inquérito Administrativo, na forma da Lei.

14.4 O candidato aprovado será convocado na medida das necessidades de pessoal da Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

14.5 Todas as demais informações sobre o presente Concurso serão divulgadas conforme o disposto no item 4 deste Edital, cabendo ao candidato a responsabilidade de manter-se informado.

14.6 Os casos omissos a este Edital, pertinentes à realização do Concurso Público nº 001/2006, serão esclarecidos e resolvidos pela Fundação Conesul de Desenvolvimento em conjunto com a Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

14.7 O Foro da cidade de São Paulo é competente para dirimir qualquer questão relacionada ao Concurso Público de que trata este Edital.

São Paulo, 31 de março de 2006.

Fundação Para o Remédio Popular - Furp.

...TEXTO INCOMPLETO

==> CONTINUAÇÃO - ANEXOS (clique aqui)

71182

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231