CEFET - Centro Federal de Educação Tecnológica - MA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO MARANHÃO - CEFET-MA

EDITAL CONJUNTO Nº 001, DE 24 DE OUTUBRO DE 2007

Notícia:   CEFET - MA abre 116 vagas de até R$ 2.200,03

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA CARREIRA TÉCNICO-ADMINISTRATIVA EM EDUCAÇÃO - CEFET-MA, EAF/SÃOLUIZ e EAF/CODÓ.

O Diretor Geral do Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão - CEFET-MA, o Diretor da Escola Agrotécnica Federal de São Luiz - EAF/SÃOLUIZ e o Diretor da Escola Agrotécnica Federal de CODÓ - EAF/CODÓ, no uso de suas atribuições legais, tornam público aos interessados que estarão abertas as inscrições para o Concurso Público destinado ao provimento de cargos efetivos da carreira Técnico-Administrativa nos termos das Leis 8.122/90, de 11 de dezembro de 1990, 11.091/05, de 12 de janeiro de 2005, publicada no DOU de 13 de janeiro de 2005, das Portarias do Ministério de Estado do Planejamento Orçamento e Gestão: nº 450, de 06/11/2002, publicada no DOU de 07/11/2002, nº 123/07, de 24 de abril de 2007, publicada no DOU n.º 80, de 26 de abril de 2007, e da Portaria nº 589/07, de 21/06/2007, do Ministério da Educação, publicada no DOU n.º 119, de 22 de junho de 2007, e do Convênio nº 001/2007, de 25/10/2007, celebrado entre o CEFEFT­MA, a EAF/SÃOLUIZ e a EAF/CODÓ.

1. DAS VAGAS

1.1. O Concurso Público de que trata o presente Edital destina-se ao preenchimento das vagas especificadas no Anexo I deste Edital, pelos candidatos aprovados e classificados, bem como ao Cadastro de Reserva pelos demais candidatos aprovados, dentro do prazo de validade do Concurso, obedecida, em qualquer caso, à ordem de classificação.

1.2. A remuneração básica do servidor obedecerá ao Quadro de remunerações abaixo:

Cargo

Nível de Classificação

Valor (R$)

Administrador

NS

1.424,03

Analista de Tecnologia da Informação

Arquiteto / Urbanista

Bibliotecário Documentalista

Contador

Economista Doméstico

Engenheiro / Área

Médico

Odontólogo

Pedagogo

Programador Visual

Técnico em Assuntos Educacionais

Assistente de Alunos

NI

999,82

Assistente em Administração

NI

1.193,22

Técnico de Laboratório / Alimentos

Técnico de Laboratório / Cerâmica

Técnico de Laboratório / Edificações

Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica

Técnico de Laboratório / Eletrônica

Técnico de Laboratório / Marcenaria

Técnico de Laboratório / Reciclagem

Técnico em Agropecuária

Técnico em Enfermagem

Técnico em Mecânica

Técnico em Tecnologia da Informação

Técnico em Telecomunicações

NS - Nível Superior

NI - Nível Intermediário

1.3. Ao Vencimento Básico do servidor - Lei n° 11.091/2005, de 12.01.2005, estarão acrescidos vantagem pecuniária no valor de R$ 59,87 (cinqüenta e nove reais e oitenta e sete centavos) - Lei nº. 10.698/2003, de 02.07.2003 - e auxílio-alimentação no valor de R$ 126,00 (cento e vinte seis reais) - Decreto nº. 3.887, de 16.08.2001.

1.4. O Regime de Trabalho será de 40 (quarenta) horas semanais, com exceção dos cargos de médico e odontólogo, conforme a Portaria da Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão, nº 1.100/06, de 06 de julho de 2006, publicada no DOU nº 130, de 10 de julho de 2006.

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1. As inscrições serão efetuadas, exclusivamente, via Internet, no endereço www.cefet-ma.br, a partir das 9h do dia 10/12/2007 até às 21h do dia 21/12/2007 (horário local).

2.2. No ato da inscrição, o candidato deverá, obrigatoriamente, optar somente por um cargo. Não serão aceitos pedidos de alteração após o preenchimento da inscrição.

2.3. No último dia de inscrição, caso ocorram problemas técnicos no servidor de Internet que atende o CEFET-MA, o prazo será prorrogado até o 1º dia útil seguinte ao da normalização do serviço. O CEFET-MA não se responsabilizará por solicitação de inscrição não recebida por motivo de ordem técnica nos computadores em que o candidato efetuou a sua inscrição, falhas de comunicação, congestionamento de circuitos de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica alheios ao CEFET­MA, que impossibilitem a transferência de dados.

2.4. O candidato deverá preencher todos os campos exigidos no Formulário de Inscrição.

2.5. Para efeito de inscrição, será considerado qualquer documento oficial de identidade, com validade em todo o território nacional.

2.6. Após o preenchimento do Formulário de Inscrição pela Internet, o candidato deverá imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), que poderá ser paga, em qualquer agência bancária ou na rede conveniada, até o primeiro dia útil posterior ao da inscrição, em horário normal de expediente bancário. O valor da inscrição é de R$ 40,00 (quarenta reais) para os cargos de nível superior, de R$ 29,00 (vinte e nove reais) para o cargo de Assistente de Alunos e de R$ 34,00 (trinta e quatro reais) para os demais cargos de nível médio.

2.7. Não haverá isenção do valor da inscrição.

2.8. Em nenhuma hipótese haverá devolução do valor pago, salvo em caso de cancelamento do Concurso por conveniência do CEFET-MA.

2.9. A inscrição somente será acatada após a confirmação, pelo banco, do pagamento do valor da inscrição, dentro dos prazos estabelecidos nos subitens 2.1 e 2.6.

2.10. A inscrição paga com cheque só será efetivada após a compensação do mesmo.

2.11. A inscrição do candidato implicará, de sua parte, o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.

2.12. No período de 07 a 11/01/2008, o candidato deverá acessar www.cefet-ma.br para confirmar o local de realização da sua prova.

3. DAS PROVAS

3.1. O Concurso Público de que trata este Edital será realizado em uma única etapa, constituída de uma Prova Escrita objetiva, eliminatória e classificatória, constando de 32 questões de múltipla escolha, com cinco opções e uma única resposta correta, distribuídas conforme Quadros a seguir:

3.1.1. O candidato, para a classificação, terá de obter, no mínimo, 25% de acerto em cada prova. A não obtenção deste percentual implicará a eliminação do candidato.

Cargo

Nível de Classificação

Provas

Nº de questões

Administrador

NS

Língua Portuguesa

Noções de Informática

R]U (Lei 8.112/90)

Específicas

08

04

04

16

Arquiteto / Urbanista

Bibliotecário Documentalista

Contador

Economista Doméstico

Engenheiro / Área

Médico

Odontólogo

Pedagogo

Programador Visual

Técnico em Assuntos Educacionais

Analista de Tecnologia da Informação

 

Língua Portuguesa

R]U (Lei 8.112/90)

Específicas

08

04

20

TOTAL

32

Assistente de Alunos

NI

Língua Portuguesa

Matemática

R]U (Lei 8.112/90)

Específicas

08

04

04

16

Assistente em Administração

Técnico de Laboratório / Alimentos

Técnico de Laboratório / Cerâmica

Técnico de Laboratório / Edificações

Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica

Técnico de Laboratório / Eletrônica

Técnico de Laboratório / Marcenaria

Técnico de Laboratório / Reciclagem

Técnico em Agropecuária

Técnico em Enfermagem

Técnico em Mecânica

Técnico em Tecnologia da Informação

Técnico em Telecomunicações

TOTAL

32

3.2. As Provas serão realizadas no dia 13 de janeiro de 2008, das 9h às 12h (horário local), nas cidades de Açailândia, Alcântara, Buriticupu, Codó, Imperatriz, Santa Inês, São Luís e Zé Doca, especificamente para os cargos oferecidos nas referidas cidades, conforme Anexo I deste Edital.

3.3. A aplicação de provas fora dos locais pré-estabelecidos neste Edital, somente acontecerá nos casos estabelecidos em lei.

3.4. O candidato deverá comparecer ao local da Prova Escrita com antecedência de 1 (uma) hora, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, Documento Oficial de Identidade, ou de documento equivalente válido em todo o território nacional, sem os quais não terá acesso à sala do Concurso para realização das provas. Não será aceito BO (Boletim de Ocorrência) para justificar a falta de documento de identidade.

3.5. Não será permitido ao candidato retirar-se da sala de prova antes de decorrida 1h do início da mesma.

3.6. Os dois últimos candidatos deverão permanecer na sala, podendo retirarem-se somente após a entrega da prova por parte dos dois.

3.7. O Cartão-Resposta será o único documento válido para a correção da prova. O preenchimento do Cartão-Resposta será de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas no Caderno de Provas. Em hipótese alguma haverá substituição do Cartão-Resposta por erro do candidato.

3.8. Será desconsiderada a questão da prova que não tenha sido devidamente assinalada, ou aquela que tiver assinalada mais de uma alternativa, ou a que contenha borrões, emendas ou rasuras no Cartão-Resposta.

3.9. Ao final da prova, o candidato deverá entregar ao fiscal da sala o Cartão-Resposta, devidamente assinado.

3.10. O Caderno de Questões só poderá ser levado pelo candidato após o término do tempo estipulado para realização da prova.

3.11. Será eliminado do Concurso o candidato que:

Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão - CEFET-MA, Edital Conjunto Nº 001, de 24 de outubro de 2007

a) durante a realização da prova for surpreendido em qualquer tipo de comunicação com outro candidato; proceder a qualquer espécie de consulta; fizer uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações, telefone celular, máquinas calculadoras, aparelhos eletrônicos ou quaisquer aparelhos de telecomunicações;

b) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;

c) deixar de assinar a lista de presença existente na sala do Concurso;

d) durante a realização das provas, ausentar-se da sala, sem autorização e desacompanhado do fiscal;

e) utilizar-se de expediente ilícito;

f) desrespeitar as disposições contidas neste Edital;

g) não devolver o Cartão-Resposta ao fiscal de sala.

4. DA APROVAÇÃO

4.1. Será aprovado o candidato que obtiver a pontuação mínima, por prova, conforme disposto no subitem 3.1. e 3.1.1.

4.2. A relação dos candidatos aprovados será organizada em ordem decrescente dos pontos obtidos.

4.3. Na hipótese de igualdade de nota, o desempate se dará com observância dos seguintes critérios:

a) maior número de acertos em Conhecimentos Específicos;

b) maior número de acertos em Língua Portuguesa;

c) maior idade (Art. 27, Parágrafo Único da Lei n° 10.741, de 01/10/2003).

5. DA DIVULGAÇÃO DOS GABARITOS E DOS RESULTADOS

5.1. Os gabaritos serão divulgados na Portaria do CEFET-MA e no endereço http://www.cefet-ma.br, no mesmo dia de realização da prova, a partir das 18 horas.

5.2. A relação dos candidatos aprovados será divulgada na Portaria do CEFET-MA e no endereço www.cefet-ma.br, a partir do dia 25/01/2008.

6. DOS RECURSOS

6.1. Os candidatos poderão interpor recursos contra os gabaritos das provas, no prazo de 02 dias, a contar do dia subseqüente ao da realização da prova.

6.2. O recurso deverá ser dirigido à COPEAC, protocolado no CEFET-MA, em horário normal de expediente (8h às 12h e 14h às 18h), devidamente fundamentado, indicando com precisão os pontos a serem examinados. Deverá, ainda, conter o nome do candidato, a assinatura, o número de sua inscrição, o cargo a que concorre, endereço para correspondência e estarem devidamente assinados.

6.3. Se do recurso contra o gabarito resultar anulação de questão integrante da prova de determinado cargo, a pontuação correspondente a essa questão será atribuída a todos os candidatos que concorrerem a esse cargo, independentemente de terem recorrido, ou não.

6.4. O resultado do julgamento do recurso será divulgado na Portaria do CEFET-MA e no endereço http://www.cefet-ma.br, em até 48h após a interposição do mesmo.

6.5. Contra o Resultado Final do Concurso caberá recurso , exclusivamente, de nulidade ou de correção de meros erros materiais, no prazo de 02 dias a contar da data de divulgação do referido resultado.

7. DA HOMOLOGAÇÃO DOS RESULTADOS

7.1. Decorrido o prazo para a interposição de recursos e após o julgamento dos mesmos, o Resultado Final, com a relação dos candidatos aprovados, por ordem de classificação, conforme disposto no item 1, será homologado pelo Diretor Geral do Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão - CEFET-MA, publicado no Diário Oficial da União, divulgado na Portaria do CEFET-MA e no endereço http://www.cefet-ma.br.

8. DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA NO CARGO

8.1. O candidato aprovado e classificado dentro do número de vagas previstas neste Edital será convocado para investidura no cargo, de acordo com a necessidade institucional, se atendidas as seguintes condições:

a) ter nacionalidade brasileira ou, se portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, de acordo com o Decreto n° 70.436/72;

b) estar em pleno gozo dos direitos políticos;

c) ter idade mínima de 18 anos completos até a data de sua admissão;

d) estar em dia com as obrigações eleitorais;

e) estar em dia com as obrigações militares, se do sexo masculino;

f) possuir os requisitos exigidos no Anexo I (Quadro de Vagas) deste Edital;

g) ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;

h) não ter sofrido, no exercício da função pública, penalidade incompatível com a investidura do Cargo Público Federal, prevista no Art. 137, Parágrafo Único da Lei n° 8.112/90;

i) não acumular cargos, empregos ou funções públicas;

j) apresentar outros documentos que forem necessários à época da posse.

9. DA NOMEAÇÃO

9.1. A nomeação do candidato aprovado e classificado far-se-á com rigorosa observância da ordem de classificação, conforme publicação no Diário Oficial da União e de acordo com a necessidade institucional.

9.2. Ao candidato aprovado e classificado não é assegurada a nomeação automática, mas tão-somente a expectativa do direito de nomeação, dentro da ordem de classificação e de reposicionamento de acordo com o número de vagas previstas para cada cargo em conformidade com este Edital. A concretização do Ato de Nomeação fica condicionada à observância da legislação pertinente.

10. DA POSSE

10.1. O candidato aprovado e classificado somente poderá tomar posse após:

a) submeter-se a inspeção médica e julgado apto física e mentalmente;

b) a apresentação de toda a documentação comprobatória do cumprimento dos demais requisitos previstos neste Edital.

10.2. A posse ocorrerá no prazo de 30 (trinta) dias, contados da data da publicação do Ato de Nomeação.

10.3. Será tornado sem efeito o Ato de Nomeação se a posse não ocorrer no prazo estabelecido no subitem 10.2, bem como se o candidato não atender ao disposto no subitem 10.1.

10.4. Os documentos comprobatórios das condições especificadas deverão ser entregues, dentro do prazo previsto no subitem 10.2, em cópias acompanhadas dos respectivos originais.

11. DO PRAZO DE VALIDADE

11.1. O Concurso terá validade de 2(dois) anos, a contar da data de publicação da sua homologação, no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com a conveniência do CEFET-MA, em conformidade com a Lei 8.112/90, o Decreto n° 4.175/02 e a Portaria MEPOG n° 450/02.

12. DAS GARANTIAS ÀS PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS

12.1. Ao candidato portador de necessidade especial é assegurado o direito de inscrição no presente Concurso Público para o cargo/área de atuação, cujas atribuições sejam compatíveis com a necessidade especial de que é portador e deverá declarar esta condição no campo específico no Formulário de Inscrição.

12.2. O candidato portador de necessidades especiais, resguardadas as condições especiais previstas neste Edital, participará do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que concerne:

I - ao conteúdo, horário e local de realização das provas;

II - à avaliação e aos critérios de aprovação;

III -à pontuação mínima exigida para todos os demais candidatos (Art. 41 do Decreto nº 3.298/99).

12.3. O candidato portador de necessidades especiais, que necessitar de qualquer tipo de condição especial para a realização das provas, inclusive de tempo adicional, deverá solicitá-lo, por escrito, ao Presidente da COPEAC, durante o período das inscrições, indicando claramente quais os recursos especiais necessários, anexando ao requerimento, conforme modelo no Manual do Candidato, parecer emitido por especialista da área de sua deficiência (Art. 40 do Decreto n° 3.298/99).

12.4. As condições especiais somente serão oferecidas no local onde forem realizadas as provas, observados os critérios de viabilidade e de razoabilidade.

12.5. Considerando o número de vagas para os cargos constantes do Anexo I do presente Edital, torna-se inexeqüível a reserva de vagas para portadores de deficiência, conforme previsto no § 1°, do artigo 37, do Decreto n° 3.298/99 c/c o § 2°, art. 5°, da Lei n 8.112/90.

12.6. Para investidura no cargo, será ainda avaliada, por uma equipe multiprofissional, a compatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência do candidato aprovado e classificado, conforme disposto no artigo 43, do Decreto n° 3.298/99. A equipe terá decisão conclusiva sobre o grau de deficiência que o capacite para o exercício do cargo.

12.7. Havendo parecer contrário à condição de deficiência e se esta for considerada incompatível com as atribuições do cargo, o candidato terá seu nome excluído da lista de classificação.

12.8. Após a investidura do candidato portador de necessidades especiais, não poderá ser argüida essa necessidade para justificar concessão de aposentadoria.

13. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

13.1. A falsidade de informações e/ou de documentos, ainda que verificada posteriormente à realização do Concurso, implicará a eliminação sumária do candidato. Serão declarados nulos de pleno direito a inscrição e todos os atos posteriores dela decorrentes, sem prejuízo de eventuais sanções de caráter cível e penal.

13.2. Observadas as necessidades da Instituição, o candidato habilitado e classificado, conforme as Normas deste Edital, será convocado para nomeação, por telegrama expedido com "Aviso de Recebimento", encaminhado unicamente para o endereço constante no seu Formulário de Inscrição.

13.3. O candidato convocado terá três dias para se manifestar sobre a aceitação ou não do cargo; o não pronunciamento de sua parte implicará renúncia tácita à sua nomeação.

13.4. O candidato que declarar, por escrito, não desejar sua nomeação de imediato, poderá, uma única vez, requerer sua colocação no final da relação dos aprovados e classificados para uma próxima chamada, desde que haja vaga e seja obedecida à validade do Concurso, conforme previsto no subitem 11.1 deste Edital.

13.5. No caso de mudança de domicílio, na vigência do prazo de validade do Concurso, têm os candidatos aprovados e classificados a obrigação de informar o novo endereço ao Departamento de Recursos Humanos do CEFET-MA.

13.6. O candidato nomeado para o cargo de provimento efetivo ficará sujeito ao Regime Jurídico Único - Lei nº. 8.112/90 e pelas demais disposições constitucionais vigentes.

13.7. Não serão fornecidas, por telefone, informações a respeito de datas, de locais e de horários de realização das provas.

13.8. Serão divulgados na Portaria do CEFET-MA, em sua página na internet (www.cefet-ma.br), e/ou na imprensa local, sempre que necessário, avisos oficiais e normas complementares ao presente Edital.

13.9. Todas as informações disponibilizadas na Internet, na página do CEFET-MA www.cefet-ma.br, bem como os Programas para a Prova Escrita, as Informações Adicionais e os Avisos Oficiais constituem normas que complementam este Edital.

13.10. Quaisquer alterações das disposições ora estabelecidas serão comunicadas através de Nota Oficial, a ser divulgada pela Imprensa e no site www.cefet-ma.br, vindo tal documento a se constituir parte integrante deste Edital.

13.11. O presente Edital poderá ser cancelado ou alterado, em parte ou no todo, a qualquer tempo, desde que motivos supervenientes, legais ou relevantes assim o determinem, sem que isso venha gerar direitos ou obrigações em relação aos interessados, excetuando-se a devolução do valor de inscrição, conforme o subitem 2.8.

13.12. Os casos omissos serão resolvidos pela COPEAC, em conjunto com a Diretoria Geral do CEFET/MA.

13.13. Fica eleito o foro da cidade de São Luís, capital do Maranhão, com a exclusão e a renúncia de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para dirimir as questões oriundas do presente Edital.

José Ferreira Costa
Diretor Geral/CEFET-MA

Vespasiano de Abreu da Hora
Diretor Geral/EAF São Luís

Fábio Lustosa Souza
Diretor Geral/EAF-Codó

QUADRO DE VAGAS

CARGO / ÁREA

REQUISITOS

VAGAS

SÃO LUÍS

SANTA INÊS

AÇAILÂNDIA

ALCÂNTARA

EAF SÃOLUIZ

EAF CODÓ

CEFET SEDE

UNED IMPERATRIZ

Administrador

Curso de Graduação de nível superior em Administração, fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho dessa categoria.

 

 

01

01

 

 

01

 

Analista de Tecnologia da Informação

Curso de Graduação de nível superior em Informática, ou em Engenharia de Sistemas, ou em Engenharia da Informação, ou em Tecnologia da Informação, ou em Ciência da Computação.

01

 

 

 

 

 

 

 

Arquiteto / Urbanista

Curso de Graduação de nível superior em Arquitetura fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho dessa categoria.

 

 

 

 

 

 

01

 

Bibliotecário Documentalista

Curso de Graduação de nível superior em Biblioteconomia, ou em Ciências da Informação fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho dessa categoria.

 

 

01

 

01

01

 

 

Contador

Curso de Graduação de nível superior em Contabilidade, fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho dessa categoria.

 

01

01

 

 

 

 

 

Economista Doméstico

Curso de Graduação de nível superior com especialização em Economia doméstica fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho da categoria.

 

 

 

 

 

 

01

 

Engenheiro / Área Agronomia

Curso de Graduação de nível superior em Agronomia, fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho dessa categoria.

 

 

 

 

01

 

 

 

Médico

Curso de Graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho dessa categoria.

 

01

01

01

 

 

 

 

Odontólogo

Curso de Graduação de nível superior em Odontologia, fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, com registro no Conselho dessa categoria.

 

 

 

 

 

01

 

01

Pedagogo

Curso de Graduação de nível superior em Pedagogia, fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC.

 

 

01

01

 

 

 

 

Programador Visual

Curso de Graduação de nível superior em Design Gráfico, ou em Design de Produtos, em Comunicação Visual.

01

 

 

 

 

 

 

 

Técnico em Assuntos Educacionais

Curso de Graduação de nível superior em Pedagogia, fornecido por instituição de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC, ou Curso superior com Licenciatura Plena.

 

 

01

01

 

 

 

 

Assistente de Alunos

Ensino Médio completo ou equivalente.

 

 

 

01

 

 

 

 

Assistente em Administração

Ensino Médio completo ou equivalente.

 

04

04

04

04

02

01

 

Técnico de Laboratório / Alimentos

Educação profissional Técnica de nível médio em Química, ou em Alimentos, ou Ensino Médio com diploma de curso pós-médio na área de química ou de alimentos.

 

 

01

 

 

 

 

 

Técnico de

Laboratório / Cerâmica

Ensino Médio completo ou equivalente, com experiência comprovada através de documentação e portfólio.

01

 

 

 

 

 

 

 

Técnico de

Laboratório / Edificações

Educação profissional Técnica de nível médio em Edificações, ou Ensino Médio com diploma de curso pós- médio na área de Edificações.

 

01

 

 

 

 

 

 

Técnico de

Laboratório / Eletroeletrônica

Educação profissional Técnica de nível médio em Eletrônica, ou em Eletrotécnica, ou em Telecomunicações, ou em Eletromecânica, ou Ensino Médio com diploma de curso pós-médio na área de eletrônica, ou de eletrotécnica, ou de telecomunicações.

 

 

01

 

 

 

 

 

Técnico de

Laboratório / Eletrônica

Educação profissional Técnica de nível médio em Eletrônica, ou em Eletrotécnica, ou em Telecomunicações, ou Ensino Médio com diploma de curso pós-médio na área de eletrônica, ou de eletrotécnica, ou de telecomunicações.

 

 

 

01

 

 

02

 

Técnico de

Laboratório / Marcenaria

Ensino Médio completo ou equivalente, com experiência comprovada através de documentação e portfólio.

01

 

 

 

 

 

 

 

Técnico de

Laboratório / Reciclagem

Ensino Médio completo ou equivalente, com experiência comprovada através de documentação e portfólio.

01

 

 

 

 

 

 

 

Técnico em Agropecuária

Educação profissional Técnica de nível médio em Agropecuária, ou Ensino Médio com diploma de curso pós- médio na área de agropecuária.

 

 

 

 

 

01

 

 

Técnico em Enfermagem

Educação profissional Técnica de nível médio em Enfermagem ou Ensino Médio com diploma de curso pós- médio na área de enfermagem, com registro no Conselho dessa categoria.

 

 

 

01

 

 

 

 

Técnico em Mecânica

Educação profissional Técnica de nível médio em Mecânica, ou Eletromecânica, ou Ensino Médio com diploma de curso pós-médio na área de mecânica ou eletromecânica, ou Ensino Médio com certificado de Curso Profissionalizante na área.

 

 

 

 

 

 

01

 

Técnico em

Tecnologia da Informação

Educação profissional Técnica de nível médio em Informática, ou Ensino Médio com diploma de curso pós- médio na área de informática.

 

 

01

01

 

 

02

 

Técnico em Telecomunicações

Educação profissional Técnica de nível médio em Telecomunicações, ou em Eletrônica, ou em Eletrotécnica, ou Ensino Médio com diploma de curso pós-médio na área de telecomunicações, ou de eletrônica, ou de eletrotécnica.

 

 

 

 

 

 

01

 

TOTAL

05

07

13

12

06

05

10

01

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

NÍVEL SUPERIOR

Língua Portuguesa (Comum a todos os cargos) - 08 questões

Coerência e Coesão textuais. Ortografia. Pontuação. Colocação pronominal. Emprego do nome. Emprego do pronome. Emprego de tempos e modos verbais. Regência verbal e nominal - aspectos gerais e casos particulares. Concordância verbal e nominal. Estrutura do período e da oração. Variação lingüística - as diversas modalidades do uso da língua.

Noções de Informática (exceto para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação) - 04 questões

Conceitos de internet e intranet. Ferramentas e aplicações de informática. Windows 98 e Windows XP. Microsoft Office: Word 2000 e Word XP. Excel 2000 e Excel XP. Navegador Internet Explorer 5.0. Correio Eletrônico. Procedimento para realização de cópia de segurança (backup). Conceitos de organização de arquivos e métodos de acesso. Hardware: microcomputador - configuração básica e componentes. Impressora - classificação, noções gerais e operação. Outros periféricos: aplicação, funcionamento básico e padrões.

RJU - Lei 8.112/90 (Comum a todos os cargos) - 04 questões

Regime Jurídico Único do Servidor Público (Lei nº 8.112/90 e suas alterações).

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - 16 questões (exceto para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação)

Administrador

O ambiente das organizações: uma abordagem sistêmica. Planejamento Organizacional. Dinâmica das Organizações: Motivação e Liderança. Descentralização. Delegação. Processo Decisório. Processo Grupal nas Organizações: Comunicação Interpessoal e Intergrupal. Trabalho em Equipe. Gestão de Pessoas. Gestão de Materiais e Patrimônio. Gestão de Sistemas de Informação e Decisão. Gestão Financeira. Direito Constitucional e Administrativo: Organização da Administração Pública. Atos Administrativos. Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos - Constituição Federal (Artigo 5°, incisos I a VI, VIII a XIV, XVII, XX a XXI, XXV, XXXIII a XXXVI, LV, LVI, LXXVIII, §§ 1° e 2°). Da Administração Pública - Constituição Federal (Artigos 37 a 41). Da Educação - Constituição Federal (Artigos 205 a 209, 211 e 214), Lei n° 9.394/96 (Artigos 1°, 2°, 3°, 8°, 9°, 12 a 16, 19, 39 a 57 e Decreto n° 5.154/04). Organização dos Centros Federais de Educação Tecnológica - Decreto n° 5.224/04. Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação - Lei n° 11.091/05. Licitações (modalidades, limites, dispensa e inexigibilidade) e Contratos - Lei n° 8.666/93 e suas alterações e Lei n° 10.520/02, seus regulamentos e suas alterações. Regime Jurídico Único - Lei n° 8.112/90 e suas alterações. Finanças e Orçamento Públicos - Constituição Federal (Artigos 70, 71, 74, 100 e 165 a 169), Lei Complementar 101/00 (Artigos 1°, 4°, 5°, 11 a 13, 15 a 18) e Lei n° 4.320/64 (Artigos 1° a 21, 34 a 37, 40 a 46, 58 a 69, 75 a 82). Processo Administrativo - Lei n° 9.784/99. Ética na Administração Pública - Lei n° 8.027/90.

Bibliotecário Documentalista

Formação e informação profissional, legislação e ética. Fontes Institucionais: centros, serviços e sistemas de documentação. Processos e técnicas. Organização e administração de bibliotecas. Formação e desenvolvimento de coleções. Planejamento bibliotecário. Documentação e informação: conceito, desenvolvimento e estrutura de documentação. Classificação Decimal de Dewey (CDD). Classificação Decimal Universal (CDU). Catalogação descritiva AACR2. Indexação, resumos e tesauros: noções básicas. NBR 6023/02. Serviço de referências. Centro de documentação e o papel do bibliotecário. Utilização e disseminação da informação. Organização de arquivo. Uso e acesso à base de dados, INTERNET e fontes de informação on-line.

Contador

Contabilidade Geral. 1. Resoluções do Conselho Federal de Contabilidade: n.º 560/83; n.º 750/93 e 803/96. 2. Patrimônio - componentes patrimoniais: ativo, passivo e situação líquida (ou patrimônio líquido). 3. Diferenciação entre capital e patrimônio. 4. Equação fundamental do patrimônio. 5. Representação gráfica dos estados patrimoniais. 6. Fatos contábeis e respectivas variações patrimoniais. 7. Conta: conceito. Débito, crédito e saldo. Teorias, função e estrutura das contas. Contas patrimoniais e de resultado. 8. Balancete de verificação. 9. Lei 6.404/76: Balanço patrimonial - obrigatoriedade e apresentação; Conteúdo dos grupos e subgrupos; Classificação das contas; Critérios de avaliação do ativo e do passivo. 10. Incidência e Retenção de Impostos Federais, Estaduais e Municipais nos pagamentos realizados a pessoas físicas e jurídicas.

Contabilidade Pública e Orçamentária. 1. Conceito, objeto e regime. 2. Campo de aplicação. 3. Receita e despesa pública. 4. Receitas e despesas orçamentárias e extra-orçamentárias. 5. Plano de contas único da Administração Federal: conceito, estrutura, sistema de contas e fundamentos lógicos. 6 Tabela de eventos: conceito, estrutura e fundamentos lógicos. 7. Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal - SIAFI: conceito, objetivos, principais documentos. 8. Execução Orçamentária e Financeira. 9 Balanços de acordo com a Lei n.º 4.320/64. 10 Lei n.º 8.666/93 e suas alterações posteriores. 11. Lei Complementar n.º101/00 (Lei de responsabilidade Fiscal). 12. Escrituração de operações típicas dos sistemas de contas. 13. Noções de Orçamento Público: Princípios e Ciclo Orçamentário; Integração do Processo de Planejamento-Orçamento: Lei Orçamentária Anual; Lei de Diretrizes Orçamentárias; Plano Plurianual.

Legislação Aplicável à Contabilidade Pública e Orçamentária. 1. Constituição Federal/ 1988: art. 37; art. 165 a 169 e art. 195. 2. Lei 10.180/ 01. 3. Lei 4.320/64. 4. Decreto Lei 200/67. 5. Decreto 93.872/86. 6. Portaria Interministerial MF/MPOG Nº 163/ 2001 e alterações. 7. Portaria MOG Nº 42/ 1999. 8. Lei 8.666/93 e alterações; 9. Instrução Normativa MARE 18/ 1997. 10. Instrução Normativa STN 01/ 1997.

Economista doméstico.

Conceitos Fundamentais de Economista domestico. Recursos. Bens de Consumo. Custos Marginais. Mercado. Produtividade. Bens e Serviços. Agentes Econômicos. Valor. Mercadorias. Teoria do Valor. Força de Trabalho. Mensuração da Atividade Econômica. Modelos das Atividades Econômicas. Sistemas Econômicos. Funcionamento de uma Economia de Mercado. Fatores de Produção. Demanda e Oferta. Introdução à Teoria Monetária. Tipos de Moeda. Política Monetária. Demanda de Moeda. Oferta de Moeda. Funções do Banco Central. Instrumentos de Política Monetária. Evolução do pensamento econômico. Pensamento econômico da Antiguidade Clássica. Contribuições da civilização greco-romana para o pensamento econômico. O Império Romano e sua contribuição ao pensamento econômico. Economia Medieval ( ou a economia da Idade Média). Escola Clássica. Pensamento Marxista. Pensamento Neoclássico. Pensamento Keynesiano.

Engenheiro Agrônomo

Planejamento da agricultura familiar. Manejo ecológico do solo. Manejo ecológico da água e seu uso racional na agricultura. Sistemas Agroflorestais. Agroecologia. Agricultura orgânica. Planejamento de execução de projetos de fruticultura tropical orgânica. Planejamento de execução de projetos de horticultura orgânica. Planejamento de execução de projetos de criações de pequeno porte. Planejamento de execução de projetos de criações de médio porte. Criação de animais silvestres Biomas maranhenses.

Médico

Propedêutica clínica. Medicina da adolescência. Envelhecimento e medicina geriátrica. Princípios de medicina preventiva. Medicina ambiental e do trabalho. Doenças cardiovasculares. Doenças respiratórias. Doenças renais. Doenças gastrointestinais. Doenças hepáticas e das vias biliares. Doenças hematológicas. Oncologia. Doenças endócrinas e metabólicas. Doenças nutricionais. Doenças ósseas. Doenças do sistema imune. Doenças reumatológicas. Doenças infecciosas. Doenças neurológicas. Doenças de pele. Urgências e emergências.

Odontólogo

Anatomia de cabeça e pescoço. Anestesiologia. Farmacologia aplicada à Odontologia. Dentística Restauradora. Periodontia. Radiologia aplicada à Odontologia. Diagnóstico Oral. Patologia Oral. Princípios Básicos de Próteses Dentárias. Ortodontia Preventiva. Materiais Dentários. Odontologia Preventiva. Odontopediatria. Endodontia. Biossegurança. Cariologia. Cirurgia buco­maxilo-facial. Odontologia Social. Ética profissional. Princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde - SUS.

Pedagogo

Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei n° 9.394/96. Princípios e fundamentos das Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio e do Ensino Técnico. Tendências pedagógicas contemporâneas. Planejamento escolar. Projeto político pedagógico. O Sistema de organização e gestão da escola. A avaliação no processo ensino-aprendizagem. Estratégias de coordenação e acompanhamento do trabalho escolar. O trabalho como princípio educativo. Diversidade cultural e inclusão social.

Programador Visual

Produção Gráfica. Tipografia. Embalagem. Cor e Estrutura Bidimensional. Ergonomia Cognitiva / Interface Humano Computador / Acessibilidade. Desenvolvimento do Projeto Gráfico. Semiótica e Design Gráfico. Criatividade Aplicada ao Design Gráfico. Estética do Objeto visual. Web Design.

Técnico em Assuntos Educacionais

Tendências pedagógicas contemporâneas: conservadoras e progressistas. Supervisão pedagógica e a organização do trabalho na escola. Princípios e fundamentos das Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio e do Ensino Técnico e Parâmetros Curriculares Nacionais. Ação supervisora e o projeto político pedagógico: metodologia de elaboração, implementação, acompanhamento e avaliação. Concepções de aprendizagem e as práticas pedagógicas na organização curricular. Estratégias para o desenvolvimento do cotidiano da escola e da sala de aula. Utilização das tecnologias da informação e comunicação. Organização do conhecimento. Diversidade cultural e inclusão social. Lei n° 9.394/96, e suas alterações.

Analista de Tecnologia da Informação - 20 questões

Engenharia de Software: conceitos gerais; ciclo de vida de software, disciplinas (requisitos, análise, projeto, testes e Implementação), análise e projeto orientado a objetos com UML (Unified Modeling Language). Análise de requisitos funcionais e não-funcionais. Padrões de projetos. Processos de software: metodologia ágil XP (Programação Extrema) e MDA (Model Driven Architecture). Arquitetura de aplicações para ambiente web (servidor de aplicações, servidor web, ambientes Internet, Extranet, Intranet e Portal): finalidades, características físicas e lógicas, aplicações e serviços, arquitetura de software (arquitetura 3 camadas, modelo MVC. Soluções de Integração: Service-Oriented Architecture (SOA) e Web services). Padrões de projeto J2EE. Qualidade de software: modelo CMM (Capacity Maturity Model).

Banco de Dados: fundamentos, projeto de banco de dados: conceitual, lógico e físico. Modelo relacional e modelo entidade-relacionamento. Normalização. Linguagem de consulta estruturada (SQL).

Conectividade: tipos de arquiteturas de redes de computadores - topologia, protocolos e modelos. Arquiteturas de redes de computadores, modelo OSI da ISO, principais funções dos níveis físico, enlace, rede, transporte, sessão, apresentação e aplicação, padrão IEEE 802. Arquitetura da Internet TCP/IP, considerações sobre o nível de rede - endereçamento, roteamento, tipos de serviço, controle de congestionamento, protocolo IP (Internet Protocol). ligação inter-redes - repetidores, pontes, roteadores e gateways ,protocolos da camada Internet da arquitetura TCP/IP (IP, ARP, RARP e ICMP). Considerações sobre o nível de transporte - endereçamento, multiplexação e splitting, serviços oferecidos, estabelecimento e encerramento de conexões. Protocolos de transporte da arquitetura TCP/IP (TCP e UDP). VOIP (Voice over IP). Segurança de redes: gerenciamento de redes, vulnerabilidades e ataques a sistemas computacionais. Processos de definição, implantação e gestão de políticas de segurança e auditoria.

Segurança da Informação: conceitos, política de segurança, ameaças, ataques e análise de vulnerabilidade. Segurança de Sistema de Informação. Auditoria de Sistemas e Soluções baseadas em Tecnologia da Informação. Certificação digital e criptografia. Ferramentas de Segurança e performance - Detecção de Intrusão, Firewall, Antivírus, Proxy. Sistemas de Diretórios - OpenLDAP.

NÍVEL MÉDIO

Língua Portuguesa (Comum a todos os cargos) - 08 questões

Coerência e Coesão textuais. Ortografia. Pontuação. Emprego do nome. Emprego do pronome. Emprego de tempos e modos verbais. Regência verbal e nominal - aspectos gerais e casos particulares. Concordância verbal e nominal. Estrutura do período e da oração.

Matemática (Comum a todos os cargos) - 04 questões

Conjuntos numéricos: números inteiros, racionais e reais. Equações do 1° e 2° graus. Sistema de equações do 1° e 2° graus. Inequações do 1° e 2° graus. Razão, proporção e regra de três. Porcentagem, juros e descontos. Unidades de medida. Análise combinatória e probabilidade. Estatística descritiva: gráficos, medidas de posição e medidas de dispersão. Funções de 1° e 2° graus. Geometria: áreas das principais figuras planas. volumes dos principais sólidos.

RJU - Lei 8.112/90 (Comum a todos os cargos) - 04 questões

Regime Jurídico Único do Servidor Público (Lei nº 8.112/90 e suas alterações).

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - 16 questões

Assistente de Alunos

LDB (Lei 9.394/96). O Projeto Político-Pedagógico. Planejamento educacional e seus níveis. Avaliação Educacional: institucional e do processo ensino-aprendizagem. Gestão Escolar democrática. Função social da escola. Desafios da educação: evasão, analfabetismo e repetência. Utilização das tecnologias da informação e comunicação.

Arquiteto / Urbanista

Linguagem técnica. Uso e ocupação do solo. Legislação Urbanística. Lei de Zoneamento. Topografia. Códigos de Edificações. Tipos de Edificações. Insolação, iluminação e Ventilação. Circulação vertical e horizontal. Segurança nas edificações.

Instalações complementares: instalação elétrica e sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) ,instalações de telefonia e lógica,instalação hidráulica e sistema de combate a incêndio,instalações sanitária e de águas pluviais ,gás liquefeito de petróleo (GLP). Normas técnicas sobre edifícios escolares. Acessibilidade.

Assistente em Administração

Princípios constitucionais do Direito Administrativo Brasileiro. Organização administrativa da União: administração direta e indireta; fundações públicas; empresas públicas; sociedades de economia mista. Agentes públicos. Poderes administrativos. Atos administrativos: conceito, classificação e espécies. Serviços Públicos. Constituição Federal art 5º a 41 (atualizadas até a Emenda Constitucional nº 42). Servidor Público (Lei nº 8112/90 e suas alterações): direitos, Do regime disciplinar. Processo Administrativo (Lei nº 9.784/99): Dos direitos dos administrados, Dos deveres dos administrados, Do início do processo, Do impedimento e da suspeição, do dever de decidir, Da motivação, Da anulação, revogação e convalidação, Dos prazos, Das sanções. Licitação: conceito, finalidades, princípio e objeto; modalidades; procedimentos; sanções (Lei nº 8.666/93 e suas alterações, Lei nº 8.429/92, Lei nº 10.520/02). Plano Único de Classificação e Retribuição de Cargos e Empregos (Decreto nº 94.664/87 e Portaria nº 475/87). Educação: princípios, níveis, direitos e deveres (Lei nº 9.394/96)

Técnico de Laboratório / Alimentos

Microbiologia de Alimentos. Higiene e Segurança Alimentar. Embalagens. Conservação de Alimentos. Química de Alimentos. Legislação. Contaminantes de Alimentos.

Técnico de Laboratório / Cerâmica

Aspectos sobre a História da cerâmica. Técnicas de modelagem cerâmica. Aspectos sobre cerâmica utilitária. Aspectos sobre cerâmica decorativa. Técnicas de modelagem em torno. Os processos de queimas em cerâmica. Tipos de engobes e pinturas aplicadas em cerâmica.

Técnico de Laboratório / Edificações

Acompanhamento de construção de edifícios residenciais e industriais, instalações hidráulicas, redes públicas e levantamentos topográficos. Supervisionamento e controle da execução de obras. Realização de levantamento e demarcação de terrenos e loteamentos. Elaboração de orçamentos de materiais, mão-de-obra e programas de trabalho para a obra. Analise de processos administrativos antes de serem aprovados. Atendimento e orientação técnica profissional. Organizar e consulta de mapas e plantas, registro e especificações, estudando-os e calculando as medições a serem efetuadas. Elaboração de esboços, plantas e relatórios técnicos de praças, parques, centros de lazer e outros, indicando pontos e convenções. Acompanhamento de trabalhos de terraplenagem, através de plantas e planilhas, fornecendo os dados necessários. Elaboração de levantamento de ruas, terrenos, tubulações de água pluvial, esgotos e projetos de construções. Conferências de projetos de obras civis. Expedição de intimações, lavratura de notificações, autos de infração e embargos, de acordo com as normas estabelecidas. Elaboração de relatórios periódicos sobre as atividades executadas. Normas de Proteção e Combate contra Incêndio, aplicadas em todas as edificações, existentes e novas. Regras gerais e específicas a serem obedecidas no projeto, construção, uso e manutenção de edificações e, também às edificações existentes, reforma, mudar seu uso e aumento. Utilização de Normas Técnicas quanto à apresentação, elaboração de Projeto Executivo Arquitetônico Residencial. Regulamentos para aprovações e licenciamentos de projetos e vistorias prediais. Regulamento sobre passeios públicos. Fases do procedimento de aprovação e licenciamento de projetos. Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências a edificações, espaço, mobiliário e equipamentos urbanos, proporcionando às pessoas portadoras de deficiências condições adequadas e seguras de acessibilidade autônomas a edificações. NBR 9050 - 2004.

AutoCAD 2004: interface com usuário, menus, toolbox/toolbar; abertura de arquivos de desenho; camadas (layers), sistemas de coordenadas, criação, seleção, agrupamento e manipulação de objetos gráficos; propriedades de objetos; comandos de visualização: zoom, pan, redraw e regen, vista aérea; hachura; dimensionamento (comando, estilos); impressão (plotagem); blocos e arquivos de referência externa (Xref); conceitos de modelagem 3D, elementos básicos, acabamento e visualização de objetos 3D.

Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica

Eletrostática, Eletrodinâmica e Eletromagnestismo. Grandezas Elétricas e Unidades no SI. Carga Elétrica, Corrente Elétrica, Potencial Elétrico, Potência Elétrica e Energia. Funções Constantes e Variáveis. Elementos Ativos e Passivos, Resistência, Indutância, Capacitância, Resistores, Código de Cores de Resistores, Associação de Resistores, Indutores, Associação de Indutores, Código de Cores de Indutores, Capacitores, Código de Cores de Capacitores, Associação de Capacitores, Identificação de Resistores SMD, Identificação de Indutores SMD, Identificação de Capacitores SMD. Lei das tensões de Kirchhoff, Lei das correntes de Kirchhoff, Circuitos Resistivos Série, Circuitos Resistivos Paralelos, Circuitos Resistivos Série-Paralelo, Divisor de Tensão e Divisor de Corrente. Teorema de Thevenin, Teorema de Norton, Teorema da Superposição, Teorema de Millman, Teorema da Máxima Transferência de Potência. Valor Médio e Valor Eficaz. Circuito RC Série, Circuito RL Série, Circuito RLC Série, Circuito RC Paralelo, Circuito RL Paralelo, Circuito RLC Paralelo, Reatância, Impedância e Admitância. Tensão e Corrente Senoidal. Análise de Circuitos em CA, Teoremas de Redes para Circuitos CA, Potência CA. Circuitos Polifásicos. Sistemas de Numeração, Binário, Octal, Decimal e Hexadecimal, Conversões entre os Sistemas de Numeração, Adição no Sistema Binário, Subtração no Sistema Binário, Multiplicação no Sistema Binário. Funções Lógicas e Portas Lógicas, AND, OR, NOT, NAND, NOR, EXOR, EXNOR, Expressões Booleanas, Circuitos Lógicos, Simplificação de Circuitos Lógicos, Álgebra de Boole, Teoremas de De Morgan, Mapas de Karnaugh para 2, 3 e 4 Variáveis. Circuitos Combinacionais, Codificadores e Decodificadores, Somadores e Subtratores. Flip-Flop, Registradores e Contadores, Máquina de Estados Finitos, Conversores AD e Conversores DA, Circuitos Multiplex, Memórias, Famílias de Circuitos Lógicos e Integrados TTL e CMOS. Materiais Semicondutores, Diodos Semicondutores, Transistores de Junção Bipolar, Transistores de Efeito de Campo, Amplificadores para Pequenos Sinais, Amplificadores de Potência, Amplificadores Diferenciais, Osciladores Ressonantes e Não-Ressonantes, Multivibradores Monoestáveis, Astáveis e Biestáveis, Amplificadores Operacionais, Realimentação Positiva e Negativa, Amplificador Inversor, Amplificador Não-Inversor, Amplificador Somador Inversor, Amplificador Somador Não-Inversor, Amplificador Diferenciador, Amplificador Integrador, Comparadores de Tensão, Filtros Passivos e Filtros Ativos. Dispositivos Semicondutores de Potência, Retificadores Monofásicos Não-Controlados, Retificadores Monofásicos Controlados, Retificadores Monofásico e Trifásico com Cargas R e RL, Tiristores, Controlador de Tensão CA, Automação Industrial e Controles de Processo, Controladores Lógicos Programáveis, Sensores Industriais, Aquisição de Dados, Técnicas de Comutação de Tiristores, Conversores CC/CC e Inversores. Operação e Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Elétricos, Análise de Diagramas em Blocos, Análise de Diagramas Esquemáticos, Análise de Datasheets e Databooks, Técnicas de Manutenção e Soldagem. Carga Eletrostática e Controle Eletrostático. Geradores de Corrente Contínua, Motores de Corrente Contínua, Transformadores, Alternador Síncrono, Motores Síncronos, Motor de Indução, Acionamentos de Máquinas, Comandos Elétricos, Luminotécnica, Medição de Potência e Energia Elétrica, Instalações Elétricas de Baixa Tensão, Instalações Residenciais, Prediais e Industriais, Instrumentos de Medidas Elétricas.

Técnico de Laboratório / Eletrônica

Eletrostática, Eletrodinâmica e Eletromagnestismo; Grandezas Elétricas e Unidades no SI; Carga Elétrica, Corrente Elétrica, Potencial Elétrico, Potência Elétrica e Energia; Funções Constantes e Variáveis; Elementos Ativos e Passivos, Resistência, Indutância, Capacitância, Resistores, Código de Cores de Resistores, Associação de Resistores, Indutores, Associação de Indutores, Código de Cores de Indutores, Capacitores, Código de Cores de Capacitores, Associação de Capacitores, Identificação de Resistores SMD, Identificação de Indutores SMD, Identificação de Capacitores SMD; Lei das tensões de Kirchhoff, Lei das correntes de Kirchhoff, Circuitos Resistivos Série, Circuitos Resistivos Paralelos, Circuitos Resistivos Série-Paralelo, Divisor de Tensão e Divisor de Corrente; Teorema de Thevenin, Teorema de Norton, Teorema da Superposição, Teorema de Millman, Teorema da Máxima Transferência de Potência; Valor Médio e Valor Eficaz; Circuito RC Série, Circuito RL Série, Circuito RLC Série, Circuito RC Paralelo, Circuito RL Paralelo, Circuito RLC Paralelo, Reatância, Impedância e Admitância; Tensão e Corrente Senoidal; Análise de Circuitos em CA, Teoremas de Redes para Circuitos CA, Potência CA; Circuitos Polifásicos; Sistemas de Numeração, Binário, Octal, Decimal e Hexadecimal, Conversões entre os Sistemas de Numeração, Adição no Sistema Binário, Subtração no Sistema Binário, Multiplicação no Sistema Binário; Funções Lógicas e Portas Lógicas, AND, OR, NOT, NAND, NOR, EXOR, EXNOR, Expressões Booleanas, Circuitos Lógicos, Simplificação de Circuitos Lógicos, Álgebra de Boole, Teoremas de De Morgan, Mapas de Karnaugh para 2, 3 e 4 Variáveis; Circuitos Combinacionais, Codificadores e Decodificadores, Somadores e Subtratores; Flip-Flop, Registradores e Contadores, Máquina de Estados Finitos, Conversores AD e Conversores DA, Circuitos Multiplex, Memórias, Famílias de Circuitos Lógicos e Integrados TTL e CMOS; Arquitetura interna dos Microprocessadores 8085, 8088 e Z80, Unidade Lógica e Aritmética, Registradores, Unidade de Controle, Registros de Instrução, Barramentos, Interfaces de Comunicação Serial e Paralela, Programação Assembly e Instruções; O microcontrolador 8051, Características, Pinagem, Funções especiais, Organização da memória do 8051, Reset no 8051, O Clock no 8051, Interrupções, Portas de Entrada e Saída, Temporizadores e Contadores, Canal Serial no 8051, Assembler para 8051 e Linguagem C para 8051; Materiais Semicondutores, Diodos Semicondutores, Transistores de Junção Bipolar, Transistores de Efeito de Campo, Amplificadores para Pequenos Sinais, Amplificadores de Potência, Amplificadores Diferenciais, Osciladores Ressonantes e Não-Ressonantes, M ultivibradores Monoestáveis, Astáveis e Biestáveis, O circuito Integrado LM555, Amplificadores Operacionais, Realimentação Positiva e Negativa, Amplificador Inversor, Amplificador Não-Inversor, Amplificador Somador Inversor, Amplificador Somador Não-Inversor, Amplificador Diferenciador, Amplificador Integrador, Comparadores de Tensão, O Circuito Integrado LM741, Filtros Passivos e Filtros Ativos. Componentes Eletrônicos: Fusíveis, Relés Eletrônicos, Reed-Switch, Varistores, Fusistores, NTC, PTC, LDR, Display de 7 Segmentos; Dispositivos Semicondutores de Potência, Retificadores Monofásicos Não-Controlados, Retificadores Monofásicos Controlados, Retificadores Monofásico e Trifásico com Cargas R e RL, Tiristores, Controlador de Tensão CA, Automação Industrial e Controles de Processo, Controladores Lógicos Programáveis, Sensores Industriais, Aquisição de Dados, Técnicas de Comutação de Tiristores, Conversores CC/CC e Inversores; Modulação AM, FM, PM, PAM, PPM, PWM, PSK; Antenas, transmissão de sinais analógicos e digitais; Equipamentos de Medidas em Eletrônica, Ohmímetro, Capacímetro, Voltímetro, Amperímetro, Wattímetro, Osciloscópios, Decibelímetro, Analisador de Espectro, Gerador de Funções, Frequêncímetro, Terrômetro; Elementos de Transmissão e Recepção Óptica, Tipos e Características de Fibras, Transmissores e Receptores, Filtros, Divisores de Potência, Atenuadores e Amplificadores Ópticos, Operação e Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Eletroeletrônicos, Operação e Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos de Medidas e de transmissão e recepção ópticos, Análise de Diagramas em Blocos, Análise de Diagramas Esquemáticos, Análise de Datasheets e Databooks, Técnicas de Manutenção e Soldagem em Dispositivos com Tecnologia DIP, SMD e BGA. Carga Eletrostática e Controle Eletrostático.

Técnico de Laboratório / Marcenaria

Tipos de ferramentas, instrumentos e equipamentos utilizados em marcenaria. Informações sobre saúde, higiene, segurança do trabalho e uso de EPI"s. Tipos de Madeiras e seus derivados. Técnicas de afiar ferramentas. Conceitos de aferições por meio da metrologia. Tipos de juntas e encaixes utilizados na confecção de móveis. Tipos de revestimentos para acabamentos em móveis. Operações com máquinas utilizadas em marcenaria. Técnicas de acabamento em móveis. Informações sobre desenho técnico básico para confecção de móveis

Técnico de Laboratório / Reciclagem

O principio dos 3R´s. Materiais recicláveis e não recicláveis. Código de cores padrão para os diferentes tipos de resíduos, segundo CONAMA. Procedimentos para coleta seletiva. Símbolos de reciclagem. Desenvolvimento sustentável e a reciclagem. Higiene e segurança no processo de reciclagem. Reciclagem de papel. Produtos reciclados

Técnico em agropecuária

Conhecimentos básicos sobre a estrutura da agropecuária local, regional e estadual; técnicas e legislação inerentes à preservação e à recuperação do meio ambiente; Fruticultura orgânica; Horticultura orgânica; noções sobre técnicas de armazenamento da produção agropecuária; criações de médio e pequeno porte; noções sobre a produção orgânica; noções sobre pastagem e alimentação animal; noções sobre a produção e utilização de dejetos de animais; Agricultura familiar maranhense; prática agroecológicas; agroextrativismo; Solos; erosão e seu controle; Água: proteção de nascentes e seu uso na agropecuária.Gerenciamento da produção.

Técnico em Enfermagem

Atribuição do profissional Técnico em Enfermagem e sua inserção na equipe de saúde. A equipe de trabalho: a comunicação, a liderança dentro da equipe e a articulação com o cliente, a família e a comunidade. Registros de enfermagem e passagem de plantão: implicações éticas e legais. Funcionamento dos sistemas: locomotor, pele e anexos, cardiovascular, linfático, respiratório, nervoso, sensorial, endócrino, urinário e órgãos genitais. Instrumentos para ação profissional: agentes infecciosos e ectoparasitos (vírus, bactérias, fungos, protozoários e artrópodes. Doenças transmissíveis pelos agentes infecciosos e ectoparasitos. Meio ambiente: saneamento básico. Assistência integral de enfermagem à saúde: da criança e do adolescente, da mulher, do adulto e do idoso. Assistência ao indivíduo, família e comunidade com transtornos: agudos, crônicos degenerativos, mentais, infecciosos e contagiosos. Assistência a indivíduos acometidos por acidentes. Assistência ao indivíduo criticamente enfermo e seus familiares. Fundamentos da Assistência de Enfermagem: Aferição de sinais vitais, administração de medicamentos (vias: oral, sublingual, retal, vaginal, ocular, cutânea ou tópica, parenteral, intradérmica, subcutânea, intramuscular, intravenosa), inalação, instilação (nasal e otológica). Higiene (oral, cabelo e couro cabeludo, banho de leito e de aspersão). Medidas de conforto e segurança do paciente: prevenção de úlceras de pressão e deformidades, restrição no leito e transporte do paciente. Medidas antropométricas: crianças e adultos. Posições para exames e de conforto. Controle hídrico. Assistência de Enfermagem no pré, trans e pós operatório, pós-morte: preparo do corpo. Oxigenoterapia. Nebulização. Aplicações quentes e frias. Tratamento de feridas. Drenagens. Unidade do paciente: preparo do leito (aberto, fechado, ocupado e operado). Lavagem de mãos. Manuseio de material esterilizado e contaminado. Coleta e encaminhamento de material para realização de exames (fezes, urina, escarro e secreções). Central de Material: desinfecção, limpeza, preparo e esterilização. Uso de Equipamentos de proteção individual, precauções e bloqueios. Noções básicas sobre administração de fármacos, efeitos colaterais e assistência de enfermagem. Código de Ética e Lei do Exercício Profissional.

Técnico em Mecânica

Segurança: Na oficina; Ao usinar. Desenho Técnico - interpretação: Dimensões; Material; Acabamento; superficial; Tolerâncias e ajustes; Tolerâncias convencionais; Tolerâncias de forma; Ajustes 7. Medições: Paquímetros; Recomendações para o uso de Paquímetros; Incertezas na medição com paquímetros; Micrômetro; Relógio comparador. Traçar. Operações de usinagem. Geometria de ferramentas de corte. Propriedades dos materiais e a usinagem. Torneamento: Operações de torno; Torno mecânico; Ferramentas; Parâmetros de Corte. Fresamento: Operação de fresamento; Fresadora; Fresa. Furação: Operação de furação com brocas; Furadeiras; Brocas; Furação para rosquear. Aplainamento: Operação; Plaina; Ferramenta. Soldagem: Terminologia de soldagem (termos técnicos mais usados); Simbologia básica de soldagem; Metalurgia da junta soldada; Tipos de metais base e tipos de consumíveis; Processos de soldagem mais usados na indústria: ER, MIG/MAG, TIG, etc; Posição de soldagem; Preparação de juntas a serem soldadas.

Técnico em Tecnologia da Informação

Algoritmos: constantes, variáveis, expressões, estruturas e comandos de entrada/saída. Banco de dados: conceitos, esquemas de bancos de dados relacionais, linguagem SQL ANSI-92, tabelas, relacionamentos e restrições de integridade. Linguagem de Programação Java: classes, objetos, classes abstratas e interfaces, exceções, sobreposição e sobrecarga de métodos, pacotes básicos (java.lang e java.útil) e acesso a banco de dados com JDBC. Hardware: arquitetura de computadores, processadores, memórias e periféricos. Redes de computadores: topologia, protocolo TCP/IP, dispositivos de rede, endereçamento IP e segurança. Sistemas Operacionais: Linux e Windows.

Técnico em Contabilidade - 20 questões

Contabilidade Geral: Princípios Fundamentais de Contabilidade. Normas Brasileiras de Contabilidade. Estática Patrimonial: Ativo, Passivo e Patrimônio Líquido. Fontes do Patrimônio Líquido. Plano de Contas. Escrituração Contábil das Operações Empresariais. Livros e Documentos Contábeis. Operações com Mercadorias. Avaliação de Investimentos Permanentes. Reavaliação de Ativos. Provisão para Imposto de Renda.Demonstrações Contábeis: Balanço Patrimonial, Demonstração de Resultado de Exercício. Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido. Demonstração do Fluxo de Caixa - modelos direto e indireto. Noções de Contabilidade de Custos: Terminologia dos Custos. Custeio por Absorção. Custeio Variável. Rateio dos Custos. Departamentalização dos Custos- Acumulação de Custos por Ordem e por Processo Contínuo. Custos para Controle. Análise Custos-Volume-Lucro. Contabilidade e Orçamento Público: Tipos de Orçamentos Públicos. Princípios Orçamentários. Elaboração e Aprovação do Orçamento. Créditos Orçamentários e Adicionais. Execução Orçamentária. Estágios da Receita Pública. Estágios da Despesa Pública. Classificação Institucional, Funcional e Programática.

Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão - CEFET-MA. Edital Conjunto Nº 001. de 24 de outubro de 2007

Plano de Contas da Administração Pública Federal. Contabilização de Operações Típicas da Administração Pública Federal. Demonstrações Contábeis. Noções de Prestação de Contas e Controle Interno. Lei de Responsabilidade Fiscal.

Técnico em Telecomunicações

Eletrostática, Eletrodinâmica e Eletromagnestismo; Grandezas Elétricas e Unidades no SI; Carga Elétrica, Corrente Elétrica, Potencial Elétrico, Potência Elétrica e Energia; Funções Constantes e Variáveis; Elementos Ativos e Passivos, Resistência, Indutância, Capacitância, Resistores, Código de Cores de Resistores, Associação de Resistores, Indutores, Associação de Indutores, Código de Cores de Indutores, Capacitores, Código de Cores de Capacitores, Associação de Capacitores, Identificação de Resistores SMD, Identificação de Indutores SMD, Identificação de Capacitores SMD; Lei das tensões de Kirchhoff, Lei das correntes de Kirchhoff, Circuitos Resistivos Série, Circuitos Resistivos Paralelos, Circuitos Resistivos Série-Paralelo, Divisor de Tensão e Divisor de Corrente; Teorema de Thevenin, Teorema de Norton, Teorema da Superposição, Teorema de Millman, Teorema da Máxima Transferência de Potência; Valor Médio e Valor Eficaz; Circuito RC Série, Circuito RL Série, Circuito RLC Série, Circuito RC Paralelo, Circuito RL Paralelo, Circuito RLC Paralelo, Reatância, Impedância e Admitância; Tensão e Corrente Senoidal; Análise de Circuitos em CA, Teoremas de Redes para Circuitos CA, Potência CA; Circuitos Polifásicos; Sistemas de Numeração, Binário, Octal, Decimal e Hexadecimal, Conversões entre os Sistemas de Numeração, Adição no Sistema Binário, Subtração no Sistema Binário, Multiplicação no Sistema Binário; Funções Lógicas e Portas Lógicas, AND, OR, NOT, NAND, NOR, EXOR, EXNOR, Expressões Booleanas, Circuitos Lógicos, Simplificação de Circuitos Lógicos, Álgebra de Boole, Teoremas de De Morgan, Mapas de Karnaugh para 2, 3 e 4 Variáveis; Circuitos Combinacionais, Codificadores e Decodificadores, Somadores e Subtratores; Flip-Flop, Registradores e Contadores, Máquina de Estados Finitos, Conversores AD e Conversores DA, Circuitos Multiplex, Memórias, Famílias de Circuitos Lógicos e Integrados TTL e CMOS; Arquitetura interna dos Microprocessadores, Unidade Lógica e Aritmética, Registradores, Unidade de Controle, Registros de Instrução, Barramentos, Interfaces de Comunicação Serial e Paralela, Programação Assembly e Instruções; Materiais Semicondutores, Diodos Semicondutores, Transistores de Junção Bipolar, Transistores de Efeito de Campo, Amplificadores para Pequenos Sinais, Amplificadores de Potência, Amplificadores Diferenciais, Osciladores Ressonantes e Não-Ressonantes, Multivibradores Monoestáveis, Astáveis e Biestáveis, O circuito Integrado LM555, Amplificadores Operacionais, Realimentação Positiva e Negativa, Amplificador Inversor, Amplificador Não-Inversor, Amplificador Somador Inversor, Amplificador Somador Não-Inversor, Amplificador Diferenciador, Amplificador Integrador, Comparadores de Tensão, O Circuito Integrado LM741, Filtros Passivos e Filtros Ativos. Componentes Eletrônicos: Fusíveis, Relés Eletrônicos, Reed-Switch, Varistores, Fusistores, NTC, PTC, LDR, Display de 7 Segmentos; Dispositivos Semicondutores de Potência, Retificadores Monofásicos Não-Controlados, Retificadores Monofásicos Controlados, Tiristores; Modulação AM, FM, PM, PAM, PPM, PWM, PSK; Antenas, transmissão de sinais analógicos e digitais; Equipamentos de Medidas em Eletrônica, Ohmímetro, Capacímetro, Voltímetro, Amperímetro, Wattímetro, Osciloscópios, Decibelímetro, Analisador de Espectro, Gerador de Funções, Frequêncímetro, Terrômetro; Elementos de Transmissão e Recepção Óptica, Tipos e Características de Fibras, Transmissores e Receptores, Filtros, Divisores de Potência, Atenuadores e Amplificadores Ópticos, Microondas, Radio Difusão, Redes de Computadores, Internet e Intranet, Telefonia Móvel Celular Analógica e Digital, Sistemas AMPS, TDMA, CDMA e GSM, Centrais Telefônicas Analógicas e Digitais, Telefonia e Cabeamento, Comunicação via Satélite, GPS, Bluetooth, Manutenção e Configuração de Computadores, Operação e Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Eletroeletrônicos, Operação e Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos de Medidas e de transmissão e recepção ópticos, Análise de Diagramas em Blocos, Análise de Diagramas Esquemáticos, Análise de Datasheets e Databooks, Técnicas de Manutenção e Soldagem em Dispositivos com Tecnologia DIP, SMD e BGA. Carga Eletrostática e Controle Eletrostático.

91224

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231